Issuu on Google+

AZETA G

SEM MEIAS PALAVRAS. NEM MEIAS VERDADES.

LUIZA VALDETARO SE PREPARA PARA VIVER HILDA, UMA JOVEM QUE SONHA EM SER CANTORA TV, 12

D O

O E S T E

Ano 37 — Nº 9.459— Mossoró-RN, SÁBADO E DOMINGO, 7 e 8 de setembro de 2013 WILSON MORENO

DESFILE CÍVICO

Pequenos produtores rurais, que perderam espaço para o Projeto de Irrigação na Chapada

@gazetaoeste

www.gazetadooeste.com.br

WILMA CONFIRMA PRESSÃO POPULAR Em visita ao jornal GAZETA DO OESTE, na sexta-feira, 6, a ex-governadora Wilma de Faria (PSB) confirmou que vem sendo pressionada para disputar o governo estadual no processo eleitoral do próximo ano. Página 3 g

Militares e civis desfilam neste sábado, 7 de setembro, em alusão à Independência do Brasil. Tradicional comemoração ocorre em Mossoró, Natal e outros municípios. MOSSORÓ, 2 e CIDADES, 6

Agricultores familiares lutam por terras para produzir

gazetadooeste

ALCIVAN COSTA

EXPRESSÃO

Grupo Ecoart comemora seis anos de música

do Apodi, reivindicam terras para morar e desenvolver a agricultura familiar. CIDADES, WILSON MORENO

EXPRESSÃO, Capa WILSON MORENO

NOS JARDINS

Francisco Carlos avalia mandato e detalha projetos

CAMPEONATO

BRASILEIRO SÁBADO X

X

FLUMINENSE BAHIA

VITÓRIA ATLÉTICO-MG

Rio de Janeiro - 18h30

Barradão - 18h30

X

X

PONTE PRETA INTERNACIONAL

SANTOS GOIÁS

Campinas - 18h30

Santos - 18h30

CAMPEONATO

BRASILEIRO DOMINGO

EXPRESSÃO, 4 e 5

A BUSCA PELA DEFINIÇÃO DOS MÚSCULOS NO FISICULTURISMO Famílias acampadas resistem contra o projeto e esperam conquista da terra

MOSSORÓ, 6 e 7

JUSTIÇA DETERMINA CORTE DE PONTO DOS GREVISTAS DA SEGURANÇA PÚBLICA MOSSORÓ, 9

X

X

CORINTHIANS NÁUTICO

CRUZEIRO FLAMENGO

São Paulo - 16h

Belo Horizonte - 16h

X

X

CORITIBA SÃO PAULO

VASCO ATLÉTICO-PR

Curitiba - 16h

Rio de Janeiro - 18h30

BARAÚNAS RECEBE O SAMPAIO CORRÊA Página 9

PROJETOS DO LAR DA CRIANÇA POBRE MOSSORÓ, Capa

FALE COM A GENTE: 3314-1687 — redação@gazetadooeste.com.br; comercial@gazetadooeste.com.br — ESTA EDIÇÃO TEM 72 páginas — PREÇO DESTA EDIÇÃO R$ 2,00

CMYK


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Opinião Circulando em OFF

Espaço Dorian Jorge Freire VOTO SECRETO NOS PARLAMENTOS Jules Queiroz - Procurador da Fazenda Nacional

Gilberto de Sousa gilberto@gazetadooeste.com.br diretorderedacao@gazetadooeste.com.br gilberto-de-sousa@hotmail.com

NATAL NA COPA O ministro do Esporte, Aldo Rabelo, saiu bem de Natal, após observar o andamento das obras destinadas a contribuir para que a capital possa sediar jogos da Copa do Mundo. Antes de embarcar de volta a Brasília, depois de cumprir agenda em Natal na abertura dos Jogos Escolares da Juventude, participar de um fórum de secretários de Esporte e visitar a obra da Arena das Dunas, o ministro Aldo Rebelo almoçou com a governadora Rosalba Ciarlini e aproveitou o momento de informalidade para uma conversa sobre os futuros projetos esportivos do Rio Grande do Norte. "Eu tenho acompanhado desde o início a presença do Rio Grande do Norte na Copa de 2014, e nós temos trabalhado, junto com a governadora, para criar um legado não só para a Copa, mas para todo o Estado. Equipamentos como a pista de atletismo que visitamos ontem e a nova pista que será construída no interior do Estado darão ao RN um protagonismo importante nos eventos esportivos", disse o ministro. Ainda segundo ele, "Natal, seguramente, será um destino importante desses eventos". As informações foram passadas pela assessoria de imprensa do governo. PREFEITOS ÓRFÃOS Muitos prefeitos do PMDB demonstram não comungar com o partido em relação ao rompimento com a governadora Rosalba Ciarlini. Outros estão alheios à situação. É que nem foram consultados quanto à permanência na base governista, assim como não foram ouvidos sobre a ruptura.

VISITA

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 349/01 está andando a passos largos no Congresso Nacional por força da afronta que foi a negativa do Plenário da Câmara em cassar o mandato do deputado-presidiário Natan Donadon, condenado pelo Supremo Tribunal Federal por crime de peculato e quadrilha. É louvável a iniciativa do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, em levar a diante essa bandeira. A motivação dos seus colegas deputados parece mais com hipocrisia - acabar com o voto secreto depois de usá-lo como instrumento de corporativismo - do que um chamado do dever cívico. Os senadores parecem resistir à pretensão de extinguir o voto secreto. Só para ilustração, é importante informar que o Congresso Nacional comporta dois regimes de votação: ostensivo (pelo processo nominal ou simbólico) e secreto. Os casos em que se adota o voto secreto estão delimitados na Constituição Federal e no Regimento Interno de cada uma das casas. A regra é a votação ostensiva, é claro, uma vez que os deputados são representantes da soberania popular, devendo prestar suas contas ao povo. Ocorre que, em tese, o voto secreto tem o objetivo final de proteger os congressistas contra pressões externas do Poder Executivo ou

de agentes privados não comprometidos com o interesse público. Tome, por exemplo, a competência de cada uma das casas do Congresso para decidir, por voto secreto, sobre suspensão das imunidades parlamentares durante o estado de sítio e manutenção ou derrubada de vetos do Poder Executivo. Nesses casos, o Congresso se contrapõe à pressão externa, sendo recomendável que os parlamentares se sintam protegidos contra a violência simbólica ou real do Poder Executivo. Por outro lado, também dispõem os Regimentos que se dá por voto secreto a deliberação sobre perda de mandatos parlamentares, prisão dos mesmos e sustação de processos criminais movidos contra eles. Nesses casos, de fato, o Congresso age em causa própria ou, no mínimo, de seus membros. Não existe aqui qualquer controle externo sobre os atos do Legislativo. Assim, em casos como esses, o voto secreto funciona menos frequentemente como proteção democrática e mais comumente como instrumento de favorecimento e coleguismo. O que é importante destacar é que o caminho para uma democracia madura não é passar um trator sobre o Congresso, mas sim fortalecê-lo e torná-lo verdadeiramente representativo. Assim, o voto secreto tem que ter seu papel. No lugar certo e na hora certa.

Charge

ALCIVAN COSTA

POR: LAÉRCIO EUGÊNIO

DONO Em conversa com a coluna, um desses prefeitos do PMDB acrescentou que o parA ex-governadora Wilma de Faria visitou ontem tido é muito personalista. Para ele, na vera GAZETA DO OESTE, por sinal, muito dade, a sigla pertence ao deputado Henrientusiasmada com a receptividade ao seu nome que Alves e ao ministro Garibaldi Filho, que atuam de cima para baixo. Assim, necessariamente não encontram estímulo e PARA REFLETIR "Não há fatos eternos, como não há verse consideram à vontade para se posiciodadesabsolutas",jádiziaFriedrichNietzsche. nar da forma que desejarem. LOCUTOR OFICIAL E o bom radialista Rodrigo Rodrigues chega hoje ao 11º ano consecutivo como locutor oficial da solenidade municipal do 7 de Setembro.Competente,Rodrigo se destacou ao longo dos tempos também como locutor oficial em solenidades, além de grande loPRESENÇA Quem esteve visitando ontem esta GA- cutor de noticiários e comentarista. Avante! ZETA DO OESTE foi a vice-prefeita de Natal e ex-governadora Wilma de Faria (PSB). ASSEMBLEIA NO SERIDÓ Os deputados estaduais do Rio GranEla confirmou que vem sendo pressionada tanto por lideranças políticas, quanto atra- de do Norte aprovaram em plenário a muvés de apelo popular a voltar a disputar o dança da sede da Assembleia Legislativa governo. Para ela, o ambiente é favorável, para a cidade de Caicó, nos dias 11 e 12 mas o momento é de seguir com os enten- de setembro. A Assembleia Itinerante, nodimentos entre os partidos que fazem opo- me do projeto de interiorização das ações sição ao atual governo e daí amadurecer a do legislativo,chega à região do Seridó com discussões sobre o programa governamenconversa em sintonia com essas forças. tal Pró-Sertão e os problemas enfrentados em setores como a saúde pública, além de PROJETO No momento, seu projeto é disputar homenagens a personalidades que contriuma vaga na Câmara dos Deputados. No buem ou contribuíram para o desenvolvientanto, muita água ainda está para cor- mento da região. Os caicoenses também rer. Wilma estava acompanhada do espo- serão contemplados com os serviços da Assembleia Cidadã.(Com informações da asso, José Maurício e de assessores. sessoria de imprensa da AL) VOTO SECRETO A Federação das Câmaras Municipais do A QUEM INTERESSAR POSSA "A derrota só é uma bebida amarga se Rio Grande do Norte (FECAM/RN) está orientandoesecolocandoàdisposiçãodasCâ- concordarmos em tragá-la". maras Municipais sobre a atualização dos regimentosinternosedeterminando,comopon- NOS JARDINS Quem está hoje Nos jardins da Gazeto mais importante, o fim do voto secreto. ta é o vereador Francisco Carlos (PV), que fala sobre projetos e política. PIONEIRISMO "A Fecam está modernizando os regimentos. A exemplo da Câmara de Mosso- SETE DE SETEMBRO Em razão do feriado deste 7 de Setemró, primeira do país a abolir o voto secreto, outras Câmaras também estão optando pe- bro, o jornal GAZETA DO OESTE cirlas votações abertas.É um caminho sem vol- cula hoje com as datas de sábado e dota. O da transparência total", destaca Fran- mingo, normalizando sua circulação na terça-feira. Bom feriado, então! cisco José Júnior, presidente da Fecam.

INFIDELIDADE A propósito, o ano que vem é de eleições gerais em que não há disputa municipal.Portanto, estão tranquilos em relação à questão da fidelidade partidária. É aguardar.

RELAX

"Sua presença me faz rir/Nos dias feitos pra chover/Não há revolta pra sentir/Nem há milagre pra não crer..." CHICO CÉSAR

Artigo SE JULES RIMET SOUBESSE... Rubens Coelho - Jornalista Que sua criação em 1928 viraria um antro de mafiosos inescrupulosos, não teria criado o campeonato internacional de futebol.A Copa do Mundo de Futebol, cujo objetivo maior do seu idealizador, é promover o congraçamento e a paz entre os povos através do esporte das multidões,agora está completamente desvirtuado. A Fédération Internationale de Footboll Association (FIFA) tornou-se um covil de larápios desde o tempo da presidência do poderoso chefão João Havelange, eleito para comandar a entidade em 1974, com o ostensivo apoio da ditadura, que lhe deu o suporte financeiro, político e diplomático para ele bangolar pelo mundo, visitou 186 países, em busca de apoio a sua candidatura vitoriosa à presidência da Fifa, com votos comprados especialmente de atrasados e ditatoriais países africanos. João Havelange exerceu a presidência de 1974 a 1998.Hoje está sendo acusado de corrupção quando à frente da entidade. Essa herança maldita da ditadura, contudo, tem um pouco de remissão, graças à atitude máscula, patriótica e de sensibilidade social, adotada pelo presidente, militar da ditadura de João Baptista Figueiredo. Diferentemente do presidente civil,democraticamente eleito,dito de esquerda,Luiz Inácio Lula da Silva, que se agachou, acovardouse diante das chantagens dos poderosos chefões,comandados por Joseph Blater. Eis os fatos registrados numa reportagem do jornal Zero Hora, de Porto Alegre/RS em 11 de

março de 1983. "Governo brasileiro veta a Copa do Mundo". O presidente João Figueiredo negou ontem aval do Governo Federal para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) pleitear, junto a Fifa, que o Brasil seja sede da Copa do Mundo de 1986. A decisão foi tomada depois das reuniões com ministros e anunciado pelo porta-voz Carlos Atila. A crise econômica que recomenda "irrestrita austeridade" segundo despacho, foi um dos fatores para decisão. O Havelange ofereceu a Copa do Mundo no Brasil e o presidente Figueiredo lhe respondeu: "Você conhece uma favela do Rio de Janeiro? Você já viu a seca no Nordeste? E você acha que vou gastar dinheiro com estádio de futebol?". Era o que Lula deveria ter dito para o mafioso Ricardo Teixeira, e o chefão internacional atual, mas não, no seu populismo esquizofrênico e demagogia exacerbada, preferiu dobrar-se às exigências absurdas dos gangsteres da CBF e Fifa.Gastar bilhões em estádios,monumentos à extravagância e desprezo às necessidades básicas dos cidadãos e cidadãs. Eis o resultado, o Estado brasileiro em frangalhos e o povo desesperado, sem educação, sem saúde, segurança, transportes, enfim só com deveres,mas sem direitos.A explosão de junho passado é consequência dessa situação caótica que a presidente Dilma Rousseff não tem tido força política e condições econômicas de resolver.Enquanto isso, Lula fica na moita, olhando a paisagem, como se nada tivesse a ver com ele.

Gazeta do Oeste www.gazetadooeste.com.br

Um produto da C. Q. Organização Gráfica e Editorial Ltda. Fundada em 30 de abril de 1977 por Canindé Queiroz

Diretor CANINDÉ QUEIROZ

Diretor-adjunto PAULO LINHARES

Diretor de Redação Editora GILBERTO DE SOUSA DANIELE SILVEIRA

Av. Cunha da Mota, 96/100 – Centro – Mossoró/RN – Fone: 3314-1687 Site: www.gazetadooeste.com.br – e-mail: gazeta@gazetadooeste.com.br AS MATÉRIAS ASSINADAS SÃO DA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES

Diretor Comercial LEÔNIDAS TERCEIRO


Gazeta do Oeste 3

Política

Wilma admite pressão para ser candidata ALCIVAN COSTA

Ex-governadora visitou a GAZETA DO OESTE e falou sobre carinho do povo em relação ao seu nome

LUÍS JUETÊ Da Redação A presidente do Partido Socialista Brasileiro no Rio Grande do Norte, viceprefeita Wilma de Faria, confirmou que vem recebendo constantes pressões populares para concorrer ao Governo do Estado em 2014. Em visita à Redação da GAZETA DO OESTE na tarde de ontem, Wilma revelou que,nos quatro cantos do Estado,por onde tem percorrido,a população defende o seu retorno ao comando do Poder Executivo. Para a ex-governadora do Rio Grande do Norte, esse desejo popular de vê-la novamente governando o Estado, é resultado do bom trabalho realizado durante as suas duas gestões. "Esse sentimento das pessoas, esse desejo para que eu se-

Wilma quer ser deputada federal, mas diz que não vai de encontro ao desejo da população

ja candidata ao Governo do Estado é um reflexo do nosso trabalho,resultado do que as nossas duas administrações fizeram pelo Rio Grande do Norte e pelo seu povo", raciocinou Wilma de Faria.

Ela entende que a população tem feito comparativos entre as suas administrações e a gestão Rosalba Ciarlini. Dentro dessas comparações, explica Wilma de Faria, a população com-

preendeu que o atual governo não está atendendo as expectativas mínimas da sociedade norte-rio-grandense. Apesar de se sentir lisonjeada com as lembranças populares, a vice-prefeita de

PMDB/RN reúne prefeitos e vereadores JOÃO BATISTA

Após convocar na semana passada os membros de sua executiva potiguar para tratar da ruptura com o sistema político governista estadual, o comando do Partido do Movimento Democrático Brasileiro reunirá na próxima segunda-feira os prefeitos,vice-prefeitos e vereador filiados à legenda para comunicar de modo oficial o afastamento do PMDB da base de sustentação política da chefe do Poder Executivo norte-rio-grandense. No embate eleitoral ocorrido no ano passado,o PMDB foi a legenda que elegeu o maior número de prefeitos no Rio Grande do Norte. Dos 167 municípios do Estado, o partido conseguiu eleger 50 prefeitos,representando 30%

das cidades potiguares comandadas pela legenda. O deputado Henrique Eduardo Alves assim como o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, apresentarãoaosdetentoresde mandato eletivo do PMDB, um panorama da agremiação hoje e quais as perspectivas no que se refere ao processo eleitoral do próximo ano. O PMDB, após a oficialização do rompimento com a chefe do Executivo do Rio GrandedoNorte,passouatrabalhar com a possibilidade de apresentar candidatura ao Governo do Estado. A última vez que um peemedebista concorreu ao cargo foi em 1998 quando o senador Garibaldi Filho concorreu à reeleição. Desde então o partido

Henrique Eduardo Alves comunicará a decisão aos prefeitos

temmarcadosuaparticipação nas disputas pelo Governo do Estado como coadjuvantes. Diante da situação em que se encontra o Rio Grande do Norte hoje, existe um clamor entre os filiados do PMDB, sobretudo os prefei-

tos de que um nome deve ser lançado como pré-candidato ao governo estadual.Na reunião de segunda-feira,os prefeitos deverão sugerir o nome do senador Garibaldi Filho ou do deputado Walter Alves ao Governo do Estado.

Genilson fala sobre sua posição em CEI Membro da Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Câmara Municipal de Mossoró, o vereador Genilson Alves apresentou seu voto sobre recurso impetrado pelos vereadores situacionistas, que questiona o recebimento de requerimento para abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito pelo presidente da CMM, vereador Francisco José Júnior (PSD). Genilson Alves se po-

sicionou a favor do parecer apresentado pelo relator, vereador Manoel Bezerra de Maria, segundo o qual o Regimento Interno da CMM não foi respeitado e que, portanto, não o requerimento apresentado para abertura da CEI não deveria ter sido recebido. "Segui o parecer do relator e votei pelo respeito ao Regimento Interno da Casa", argumentou o parlamentar frisando que para

ele,uma CEI é uma ação importante, que não pode ser aberta de qualquer maneira, pois isso implicaria em quebra do regimento e na possibilidade de, no futuro, outros serem abertos de maneira injusta e arbitrária. O vereador Genilson Alves entende que é necessário esclarecer que não era a CEI propriamente dita que estava em questão,mas o ato do recebimento do requerimento que pedia a abertura

da CEI, cujo objeto a ser investigado, além de não ser claro, não foi seguido de documentos que justificassem a abertura da investigação. "Não podemos querer a coisa certa, de um jeito errado, ou dizendo de outra forma, os fins não justificam os meios", argumentou, finalizando que continuará cumprido seu mandato com coerência e decência, em respeito ao povo e a legislação em vigor.

Natal assinalou que não se posicionou a respeito desta questão. Ao ser questionada sobre o seu desejo pessoal, ela afirmou que pessoalmente o seu interesse é o de tentar voltar à Câmara dos Deputados. "O nosso desejo é de disputar assento na Câmara Federal,mas não posso deixar em momento algum de considerar o fato de que a população quer a minha candidatura ao Governo do Estado",ponderou a dirigente socialista. Ela revelou que hoje o PSB mantém boas relações políticas com o Partido dos Trabalhadores (PT), Partido Popular Socialista (PPS), Partido Social Democrático (PDT), Partido Humanista da Solidariedade (PHS), Partido Trabalhista Cristão (PTC) e Partido Comunista do Brasil (PC do B). De acordo com a ex-governadora, todas essas agremiações partidárias estão dialogando frequentemente, no entanto, até este momento não existem discussões quanto a nomes. Wilma assegurou que existe um entendimento dos dirigentes das siglas, primeiramente, que todas elas devem estar juntas em 2014 e também que o melhor nome deve contar com o apoio das demais siglas. "Nós precisa-

mos estar todos juntos",reitera. Em relação ao rompimento do PMDB com o governo do DEM,Wilma de Faria deixou claro que a legenda é bemvinda na oposição.Mesmo assim,a ex-chefe do Poder Executivo do Rio Grande do Norte entende que o partido presidido pelo deputado federal Henrique Eduardo Alves demorou muito tempo para se afastar da administração Rosalba Ciarlini. "Para mim,o PMDB demorou a romper com o governo estadual.Mas de qualquer modo, o partido é importante, merece respeito e nós vamos manter diálogos, conversações com o PMDB e com as legendas que hoje fazem parte do bloco de oposição em nível estadual. E, como isso,nos prepararmos para as eleições do próximo ano", explicou. Para ela, a discussão mais importante neste momento não diz a respeito a alianças políticas e sim a grandes projetos de recuperação para o Estado. "Não adianta se discutir alianças partidárias. A grande necessidade hoje é um grande projeto voltado para a recuperação da capacidade de investimento, resgatar a autoestima perdida do povo do Rio Grande do Norte", acrescentou.

Assembleia Legislativa discute situação da Uern em Assu A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte promoveu uma audiência pública para discutir a ampliação da oferta de cursos no Campus Avançado Prefeito Walter de Sá Leitão - Uern, em Assu, através de uma proposição do deputado estadual George Soares O Campus Avançado foi implantado no ano de 1974 e atualmente possui oferta de apenas cinco cursos: geografia - implantado em 2013 - Letras, Pedagogia, História e Ciências Econômicas. A proposta apresentada pelo deputado George Soares é ampliar esse número de cursos, implantando inclusive as faculdades de Direito e Engenharia entre outros, para que se atenda a uma crescente demanda do mercado de trabalho na região do Vale do Açu. Além do deputado George Soares, estiveram presentes na audiência diversas autoridades, entre elas o reitor e professor da Uern, Milton Marques, o futuro reitor e recém-eleito, professor Pedro Fernandes, a vereadora Elisângela Albano, o diretor do DCE da Uern José Elias, Padre Flávio e

várias lideranças do município de Assu. O evento trouxe à sociedade assuense a oportunidade de apresentar sugestões, discutindo com as autoridades presentes a melhor forma de conduzir o processo de ampliação na oferta de cursos. "Hoje, o povo do Vale do Açu deu um passo muito importante para o seu futuro. A qualificação de mão de obra que essa ampliação de cursos pode trazer para a região será um catalisador para o desenvolvimento da nossa economia. Mas precisamos fazer mais. Recebi novos pleitos dos estudantes por melhorias necessárias e vou continuar a lutar para que tenhamos em Assu uma universidade com a qualidade que nossos estudantes merecem", ratificou o deputado estadual George Soares. Ainda durante o evento, o parlamentar anunciou a liberação da verba de sua emenda apresentada, no valor de R$ 100 mil para reformas e melhoramentos da biblioteca da Uern, beneficiando toda a comunidade acadêmica com esse importante equipamento para estudos.


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Política

Renan manterá algumas votações secretas ABR

Presidente do Senado disse que esse tema é consensual entre Câmara e Senado, por isso deve virar lei

O

presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que vai promulgar somente parte da proposta que acaba com o voto secreto no Legislativo, mantendo sigilosas as votações de vetos presidenciais e indicações de autoridades do Executivo e Judiciário. Como o Senado já aprovou o fim do voto secreto para cassação de mandatos dos congressistas, Renan disse que esse tema é consensual entre Câmara e Senado, por isso deve virar lei. O fim do voto secreto para indicações e vetos, segundo Renan, vai continuar tramitando no Senado em uma proposta "paralela" a ser analisada posteriormente pelos parlamentares. Na prática, os senadores vão votar apenas o fim do voto secreto para as cassações de mandato, sem que a proposta tenha que retornar para uma nova análise dos de-

putados. A manobra de Renan é uma resposta à Câmara, que ontem à noite aprovou PEC (proposta de emenda constitucional) que acaba com todas votações secretas no Legislativo.Além de cassações, ficariam abertas as votações de indicações de autoridades do Executivo e Judiciário, além dos vetos da presidente da República. Muitos senadores, especialmente da oposição, são contrários à abertura dos votos nesses dois casos porque consideram que a votação secreta "blinda" os congressistas de influências do Executivo. O PMDB da Câmara também ameaçava manter o fim total do voto secreto caso a proposta retornasse para análise dos deputados. "O que já foi votado lá e é consensual, aqui você vota aqui e promulga em seguida. O resto continua a tramitar, por isso que ele chama paralela.Eu defendo que haja extensão da abertura dos votos para todas as matérias, mas isso não é consenso", afirmou. Renan citou como exemplo a indicação do procurador-geral da República, responsável por denúncias contra deputados e senadores,que precisaria ocorrer de forma sigilosa para evitar retaliações futuras da autoridade vetada ou escolhida pelos senadores.

Presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB)

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado marcou para a próxima quarta-feira a votação de parte da PEC aprovada ontem pela Câmara. Depois de aprovada na comissão, o plenário do Senado tem cinco sessões para discutir e votar a proposta. Ela será promulgada após a aprovação final no plenário do Senado,sem voltar à Câmara --como teria que ocorrer se não houvesse o seu "fatiamento". "A resposta mais concreta que nós podemos dar é votando aqui no Senado o que a Câmara já votou e é consenso,que é a abertura do voto no julgamento de deputado e senador. É essa a resposta concreta que a socie-

dade cobra e nós podemos dá-la. O restante tramita mais demoradamente", disse Renan. O presidente do Senado disse que seu objetivo é dar "respostas rápidas" à sociedade, acabando com o voto secreto em casos de cassações de mandato depois que a Câmara absolveu o deputado Natan Donadon (sem partido-RO) --preso e condenado pelo Supremo Tribunal Federal. "Eu vou conversar com o presidente [da Câmara] Henrique Eduardo Alves, mas nós precisamos objetivar uma resposta rápida. A proposta da Câmara é ampla. Por ser ampla, ela não é consensual."

BNDES aprova R$ 500 mi para estoque de álcool, visando segurar preço da gasolina Na sexta-feira (6), o BNDES aprovou financiamento de R$ 500 milhões à Copersucar, uma das maiores companhias do setor, para ampliar a capacidade de estocagem de álcool combustível e tentar evitar um aumento do preço dos combustíveis. O objetivo do programa de apoio ao setor é aumentar os estoques e evitar que em períodos de safra ruim de cana ou problemas de usinas elevem os preços do álcool por redu-

ção da oferta do combustível. Nesses períodos, a gasolina fica mais vantajosa para o consumidor e a Petrobras tem de importar mais, onerando o caixa da companhia --ainda mais agora com a alta do dólar. Da dotação de R$ 1 bilhão de crédito para o setor, o BNDES já firmou empréstimos ou analisa pedidos no valor de R$ 790 milhões. As usinas produtoras de etanol poderão contar ainda com recursos

adicionais do Banco do Brasil, também no valor de R$ 1 bilhão para financiar a estocagem de etanol. O empréstimo a Copersucar trata-se de uma operação indireta, a ser realizada através dos bancos Itaú BBA, Santander Brasil, Bradesco e Safra. Em 2010, a empresa já havia recebido outro financiamento no valor de R$ 190 milhões. Na última safra, a Copersucar foi responsável por comercializar 7,8 mi-

lhões de toneladas de açúcar, para os mercados interno e externo. Esta participação corresponde a 11% do comércio global de açúcar. Com relação ao mercado de etanol, a empresa comercializou 4,5 bilhões de litros --20% de toda a produção brasileira. Após a recente aquisição da norte-americana EcoEnergy, a Copersucar passou a ser a maior empresa comercializadora de etanol do mundo.


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Opinião PRF do RN não desfilará para cuidar de segurança em caso de protestos

A

Polícia Rodoviária Federal do Rio Grande do Norte (PRF-RN) não participará do desfile cívico em comemoração ao Dia da Independência neste sábado,7,em Natal.Com parte do efetivo deslocado para Brasília,os policiais rodoviários ficarão de prontidão para fazer a segurança em possíveis protestos no dia 7 de setembro. O inspetor Everaldo Morais explica que o deslocamento dos policiais para Brasília acontecerá pela expectativa de uma movimentação maior de manifestações no Distrito

Federal. Com efetivo reduzido, o comando da PRF no RN preferiu se precaver. "Estamos atentos à possibilidade de manifestações e estaremos prontos para agir em caso de necessidade", afirma. As escolas estaduais também não participarão do desfile cívico.A decisão partiu da Secretaria Estadual de Educação (SEEC),que confirma ter adotado a medida por segurança diante da possibilidade de protestos.A assessoria de comunicação da secretaria informou que geralmente participam entre 10 e 15 escolas da rede estadual de ensino.

Responsável pela organização do desfile em 2013, a Força Aérea Brasileira (FAB) informou que o número de militares desfilando será menor, mas negou que isso esteja acontecendo por causa de eventuais manifestações. "Estamos sabendo da possibilidade de protestos, mas não vai ser nada diferente de anos anteriores. Teremos o policiamento e a própria força balizando o circuito. Nada de excepcional do que sempre ocorreu", explica o tenente Andrews Soares Ribeiro, do setor de comunicação da FAB. (Do G1 RN) WILSON MORENO

PRF participou em outras edições de desfiles cívicos no RN

Penso, logo...

Canindé Queiroz

Rubens Coelho rubensfcoelho@hotmail.com

WILMA DE NOVO! Se depender dos apelos populares, a vice-prefeita Wilma de Faria será candidata ao governo do Rio Grande do Norte nas eleições de 2014. VISITA AGRADÁVEL Ontem,a presidente regional do PSB visitou a Redação da GAZETA, onde falou com entusiasmo a respeito da forma de como vem sendo recebida pelo povo norte-rio-grandense. "Não posso deixar de me entusiasmar com o sentimento de carinho que as pessoas comigo,lembrando com carinho do nosso governo, de tudo que nós fizemos pelo RN", comentou. DESEJO FEDERAL Na verdade, modo muito franco, Wilma de Faria disse que o seu desejo pessoal é sim o de tentar retornar à Câmara Federal. No entanto, a dirigente maior da legenda socialista norte-rio-grandense reforçou que terá dificuldades de ir ao encontro ao sentimento popular. AMPLIAÇÃO DA BANCADA Ela falou que o PSB potiguar tem como projeto definido para 2014 a ampliação de sua bancada,tanto na Assembleia Legislativa quanto na Câmara Federal.Para o Legislativo estadual,a ideia do PSB é conquistar cinco cadeiras e na Câmara Federal passar de um para dois deputados. Obrigado pela visita e volte sempre governadora. SEM INICIATIVA Um popular nos aborda para se queixar da ineficiência que marca a gerência regional da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN).A resolutividade dos problemas que afetam a estatal em nossa cidade acontece de forma lenta. Devagar quase parando,bem ao estilo do comando da Caern em Mossoró. E, com isso, os problemas e dificuldades se avolumam consideravelmente na Caern.Exatamente a falta de iniciativa de quem gerencia a estatal que a leva para o buraco. MAL CRÔNICO Esse tipo de conduta do gestor é que faz do serviço público um mal crônico. Ora, o sujeito está na função, mas quem o remunera somos nós, mas ainda assim, quem esta no exercício do cargo pensa ser intocável e inatingível. No entanto, consegue mesmo é ser inacessível. NA MIRA A assessoria jurídica do Sindicato dos Servidores da Administração Indireta (SINAI-RN) solicitou o afastamento e a prisão do diretor-presidente da Empresa de Pesquisa Agropecuária do RN (EMPARN), José Geraldo Medeiros, e que seja designado novo servidor para cumprir decisão judicial em processo de Reclamação Trabalhista impetrado pelo Sindicato, por desobediência à ordem judicial. MARCA DO GOVERNO O Sinai pede ainda que o diretorpresidente apresente, no prazo de 24 horas, a folha de pagamento dos subs-

tituídos retratando a implantação do reajuste salarial de 6,30% concedido em sentença judicial, sob pena de incidência do dobro da multa fixada na sentença, dentre outras providências. O processo tramita na 9ª Vara do Trabalho, no Tribunal Regional do Trabalho. Essa, nada mais é do que a marca da administração dos Democratas no Rio Grande do Norte. PROTESTO BRANCO Os médicos que atuam na capital do Estado realizam hoje uma manifestação com concentração no Sindicato dos Médicos do RN a partir das 8h30 e depois seguem em caminhada até a praça cívica, onde encontram com outras categorias que realizam manifestação neste dia. MOBILIZAÇÃO GERAL Os médicos do Estado,município,estudantes e professores do RN participam desta mobilização nacional por melhorias na saúde pública,valorização do médico brasileiro e pelo Revalida, exame de Revalidação de diplomas. A manifestação faz parte das atividades de greve deflagrada durante assembleia que ocorreu na semana passada. Os médicos estaduais do RN votaram pela greve em forma de operação-padrão nas unidades de urgência e emergência e paralisam todos os atendimentos ambulatoriais do CRI e Centro de Saúde Reprodutiva do Alecrim. WALTER E FÁTIMA A imprensa nacional vê como favas contadas a candidatura do deputado estadual Walter Alves ao Governo do Estado e da deputada federal Fátima Bezerra para o Senado da República.Tratase da sacramentação da aliança entre o PMDB e PT no Rio Grande do Norte, atendendo assim, aos interesses, sobretudo, do PT nível nacional que sonhou, trabalhou e atuou fortemente para afastar os peemedebistas do governo do DEM. INDÚSTRIA DO CONHECIMENTO O Sesi realizou,na Casa da Indústria, reunião com prefeitos e representantes dos municípios que receberão as novas unidades da Indústria do Conhecimento que serão instaladas no Rio Grande do Norte. Na ocasião, o presidente da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte, Amaro Sales, falou sobre a importância do projeto, e o superintendente do Serviço Social da Indústria, Marcos Lael,fez uma breve explanação, focando principalmente nos aspectos técnicos da implantação das unidades. POSSE NO TRT/RN O presidente do TRT-RN,desembargador José Rêgo Júnior,empossa,na segunda-feira próxima, 9, às 17h, a juíza substituta do Trabalho, Sarah Vanessa Araújo Paixão. Pernambucana de Belo Jardim, ela é formada em Direito pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL), em 2008, e pós-graduada em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho, pela Universidade Anhanguera de Mato Grosso do Sul. Atualmente, a nova juíza substituta do TRT-RN exerce o cargo de analista judiciário da área judiciária no TRT de São Paulo.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Sociais Karenine Fernandes karenine_f@hotmail.com twitter: @kareninefernand site: www.kareninefernandes.com

COM CORES... O Salão Selma Cabelos, que a cada dia faz o seu diferencial com a competência profissional da cabeleireira e empresária Selma Gomes Gurgel, fechou contrato com a maquiadora toda linda, jovem e antenada Nath Freire, ela que é neta do jornalista Dorian Jorge Freire e mostra sua potência em um blog: http://www.blogdacherry.com/ sucesso por todo Brasil. Já tem mais de 10 mil seguidores no Instagram e faz maquiagens lindas. Agora, ela também faz parte da equipe nota 1000 mil do Selma Cabelos, à Rua Frei Miguelinho. Juntas, elas prometem pintar as cores do verão 2014. FOTOS: CEDIDAS

CAMPEÃO O Colégio Diocesano Santa Luzia foi mais uma vez campeão geral dos Jern's 2013. Participando em diversas modalidades, o Dió conseguiu obter 156 pontos no geral, sendo campeão 12 vezes nesta competição. O colégio conquistou medalhas e troféus nas modalidades de ciclismo, futsal, natação, tênis de mesa, voleibol e xadrez. O segundo colocado obteve 88 pontos.

AGENDA CHEIA A Master Eventos de agenda cheia nesta semana, pilotou a noite de festa dos nutricionistas na última quarta-feira, no Requinte Buffet. Presença do dr. Thiago Rego, que proferiu a palestra 'O papel do suporte nutricional em pacientes com câncer'. Cem nutricionistas participaram desta noite, que foi realizada pela Qualivita, com animação de André Luví e cerimonial da Master. Durante o evento, foram sorteados vários brindes entre os participantes.

Selma Cabelos recebendo a maquiadora Nath Freire, para integrar a sua equipe de excelência

Pelo dom da vida, a iluminada Aliany Patrícia escancara sorriso e a coluna deseja muitas felicidades!

PRODUÇÃO TOTAL A colunista Marilene Paiva já está em campo acertando todos os detalhes da sua festa, que acontece dia 4 de outubro, no Requinte Buffet. Com a super produção da Master Produções e Eventos, a festa 'Gente fina, elegante e sincera' contará com atrações de peso, que prometem uma noite inesquecível para os convidados. Na próxima semana, Marilene se reúne com Eronildo Pereira e sua equipe de talentos para definir os detalhes da decoração. Aguardem novidades!

O empresário Talles Diego comemorando o sucesso da abertura da bodynutri, ao lado de Andreza Reis e Raphael, personal trainers e novos parceiros da BodyNutri

O casal anfitrião da noite, Talles Diego e Jaelyka Melo com a arquiteta Priscyllianna Gondim, no coquetel de inauguração da BodyNutri

FESTA DA LIBERDADE A Festa da Liberdade, evento que celebra a abolição da escravatura, é mais um ato de pioneirismo de Mossoró, acontecerá de 23 a 30 de setembro. A cantora Dayanne Nunes, além do talento musical, mostrará ao público sua paixão pelo teatro, atuando no Espetáculo Auto da Liberdade 2013, no Ato Resistência ao Bando de Lampião. Dayanne Nunes também se apresentará na programação dos shows musicais no Corredor Cultural, no dia 27, com o projeto 'Elas Cantam Brega', ao lado das cantoras Symara Tâmara, Renata Falcão e Nida Lira.

REFLETINDO...

Talles Diego recebendo os amigos Renan e Victor Meneses, no coquetel de inauguração da BodyNutri

Oração: Misericordioso Senhor, obrigado por cada letra, palavra e frase que revela quão grande é o seu amor por nós. Que possamos conhecer cada vez melhor esta Palavra; por meio dela, Jesus; e por meio dele, nosso Pai. Verdadeiramente, é feliz quem crê na revelação. Obrigado, Pai.


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Opinião Neto Queiroz netoqueiroz@uol.com.br

PARA REFLETIR Um tesouro que vale a pena CEDIDA

Muito bom o projeto que o vereador Francisco Carlos (PV) deu entrada na Câmara Municipal, obrigando as empresas que contratam obras com a Prefeitura Municipal, cujo valor ultrapasse os 300 mil reais, a contratar um jornalista para fazer a publicidade devida do andamento de todas as etapas da obra

O programa do leite do Governo do Estado está definhando. Além de estar com quatro quinzenas em atraso, o número de famílias beneficiadas está bem reduzido.

AINDA EXISTE TEMPO O deputado Betinho Rosado vai aguardar até o final do mês a decisão do TSE sobre seu pedido de desfiliação ao DEM. Ele ainda acredita que receberá o aval da Justiça Eleitoral. Caso contrário, decidirá na primeira semana de outubro seu destino.

O reitor eleito e nomeado da Uern, Pedro Fernandes, anunciará, até a próxima sexta-feira, os nomes da sua equipe de trabalho. A maioria já recebeu o convite do reitor.

NENHUM ATO DE IMPROBIDADE A governadora Rosalba Ciarlini pode ser acusada pelos seus adversários de tudo, incompetência, centralização, falta de visão, o que seja, mas seu governo até agora não passou por nenhuma acusação de uso indevido dos recursos públicos. SURGE A PRIMEIRA INVESTIGAÇÃO O primeiro problema que Rosalba terá desta natureza será agora com a investigação aberta pelo Ministério Público sobre o uso irregular de cerca de l65 milhões de reais do orçamento da Educação. É uma investigação apenas, não há uma acusação formal, ainda.

A estimativa do Governo Federal é que até o final de 2015 a obra esteja concluída. Serão duplicados 23 quilômetros e o preço da obra supera os 60 milhões de reais.

UMA NOVA DATA PARA REUNIÃO O deputado Henrique Alves voltou a remarcar a data da reunião com os prefeitos, vereadores e lideranças do PMDB pelo Estado. O encontro, que estava marcado para ontem, e havia sido adiado para segunda-feira, agora ficou para dia 16 de setembro.

A comissão da Câmara, que planeja a reforma política, bateu martelo sobre dois temas: fim da reeleição e unificação de todas as datas eleitorais.

MAIS DE 200 MIL ELEITORES Mossoró deverá chegar às eleições municipais com 200 mil eleitores, no mínimo. Nas cidades com mais de 200 mil eleitores, as eleições municipais se decidem no segundo turno, caso nenhum dos concorrentes obtenha mais de 50% dos votos válidos no primeiro turno.

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, deu entrevistas dizendo que seu compromisso é com Natal e não aceitará disputar o Governo do Estado.

CRESCIMENTO NATURAL Atualmente, Mossoró tem pouco mais de 165 mil eleitores registrados. Isso representa apenas 57% de sua população. Esse número deverá crescer com a revisão biomédica, que acontecerá no ano que vem e com o aumento natural da população.

• PRAZO - Restam apenas quatro meses para que o Governo do Estado entregue pronto o Estádio Arena das Dunas. O prazo é 31 de dezembro. • AUSENTE - Por determinação da Secretaria Estadual de Educação, as escolas da rede estadual de ensino ficarão de fora dos desfiles de hoje. • FERIADO - Os supermercados em Mossoró funcionam hoje até meio-dia. O comércio estará com suas portas fechadas por conta do feriado. • SUS - Decisão da Justiça determina que pacientes do SUS com câncer diagnosticado terão que receber tratamento em, no máximo, 60 dias. • DECISÕES - Cresce a preocupação no Poder Judiciário local com os seguidos descumprimentos dos sindicatos e do Governo das decisões judiciais. REGY CARTE

Audiência na Reitoria, ontem, reuniu lideranças em clima de cordialidade

Deputada Larissa indicará mais recursos para Universidade do Estado do RN A deputada estadual Larissa Rosado (PSB) reservará mais recursos para a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) no Orçamento Geral do Estado (OGE) de 2014, através de emenda sugerida pela própria instituição. O assunto foi tratado em audiência ontem à tarde, na Reitoria, com o reitor Milton Marques e o reitor eleito Pedro Fernandes, deputada federal Sandra Rosado (PSB) e vice-prefeita de Natal,ex-governadora Wilma de Faria (PSB). Larissa facultou à Uern

NOTAS GERAIS

O Diário Oficial da União trouxe a publicação do edital para a licitação da duplicação da Reta Tabajara na BR 304. Até o final do mês conheceremos a empresa vencedora.

RÁPIDAS

A um certo homem de negócios foi solicitado um donativo, em benefício de algumas obras assistenciais que vinham sofrendo muito pela falta de recursos. O homem, entendendo o valor dessas obras e desejando colaborar também em favor dos oprimidos, pobres e sofredores, prontamente preparou e entregou nas mãos do solicitante um cheque portador de uma respeitável soma que daria, certamente, para suprir várias necessidades urgentes. Enquanto ainda recebia as expressões de reconhecimento, feitas em nome das instituições beneficiadas, chegou um dos seus secretários trazendo-lhe um telegrama. Pediu licença e imediatamente leu a mensagem contida no referido telegrama. O seu semblante manifestou uma perturbação visível e, sem fazer segredo, disse ao solicitante, ainda presente: - Este telegrama informou sobre um incêndio com um dos seus armazéns e um grande prejuízo que minha empresa acabava de tomar. Isto me obriga a alterar agora o meu donativo e terei de lhe preparar um novo cheque. Não me leve a mal, amigo, mas é absolutamente necessário que eu assim proceda. Espere por uns poucos instantes, por favor. O solicitante das obras sociais em questão compreendeu perfeitamente a situação e lhe devolveu de imediato o cheque, julgando que ele passaria outro, de menor valor. O negociante fez outro e o entregou. Mas, qual não foi o seu espanto ao verificar que o novo cheque representava o dobro do valor do primeiro. Um tanto conturbado, indagou o solicitante: - Não teria o prezado amigo se enganado, ao preencher esse cheque? - Não - respondeu o homem de negócios. - Não me enganei. Essa importância está correta. E naquele momento, com os olhos marejados pelas lágrimas que não puderam ser evitadas, o homem continuou: - Eu conheço bem os ensinamentos de Cristo que recomendou: "Não ajunteis tesouros na terra." Mas só ao ocorrer um prejuízo dessa monta é que a gente desperta no sentido de estar lutando apenas por uma coisa perecível e passageira. - Não perdi tesouro nenhum com meu prejuízo, mas com esse cheque estou ajuntando o verdadeiro tesouro.

PLUGADO

a escolha da indicação da verba,que será reservada na apreciação do projeto do Orçamento na Assembleia Legislativa, até o final do ano, quando os deputados têm prerrogativa de remanejar recursos no OGE. SUGESTÃO "A equipe orçamentária da Uern nos dará direcionamento e elegerá prioridades, que serão contempladas entre as emendas que apresentaremos ao Orçamento de 2014. Ou seja, o objeto da emenda será decidido em conjunto", explica.

A ação, segundo a deputada, contribuirá para resolver a maior crise financeira da Uern dos últimos tempos. "Faremos a nossa parte, e continuaremos insistindo para que o Governo do Estado aumente investimentos para a universidade", diz. Na audiência, também ficou acertado que a deputada Sandra Rosado levará à Câmara dos Deputados proposta de iniciativa da Uern, que garante R$ 2 mil mensais por aluno e asseguraria R$ 26 milhões/ano à universidade.

Vereador Nacizio Silva lança projeto Mais Saúde O vereador Nacizio Silva (PTN) começou mais um projeto que beneficiará o capital social da cidade.O programa Mais Saúde ofertará palestras gratuitas sobre prevenção e tratamento de doenças para população de baixa renda. O objetivo é levar informação para as pessoas e proporcionar um encontro dos profissionais da Saúde com os pacientes, além das Unidades Básicas de Saúde (UBS). O projeto deu o pontapé inicial no Abolição IV, em agosto.Houve uma palestra

sobre cálculo renal com o dr. Hallison Castro, urologista pela Santa Casa de São Paulo e membro titular da Sociedade Brasileira de Urologia. "Vamos colocar médicos renomados e experientes em contato com a população para interação com perguntas e dúvidas",acrescenta o vereador Nacizio. A proposta do Mais Saúde é realizar duas palestras ao mês no bairros. A equipe do parlamentar articula as comunidades através das entidades religiosas e sociais das comunidades.Elas rece-

bem o evento e colaboram na divulgação em seus encontros regulares. Mais Saúde - Na próxima terça-feira, 10, haverá mais uma etapa do projeto no bairro Santa Delmira, às 19h, no salão paroquial da igreja do Menino Jesus.Valdemir Ferreira, cirurgião cancerologista, palestrará sobre fatores de risco do câncer. Haverá a palestra sobre o assunto, e em seguida, os moradores poderão fazer perguntas e tirar suas dúvidas sobre causas,prevenção e tratamento da doença. CEDIDA

Projeto do vereador Narcízio Silva começa no Abolição IV


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Esporte

Felipão admite cobrança e valoriza Austrália BRUNO SPADA/VIPCOMM

Comandante nacional elogiou os australianos e ressaltou a importância da vitória

tália, Inglaterra, França e Suíça. Estes foram os últimos quatro adversários da Seleção Brasileira em jogos amistosos. Neste sábado, porém, o duelo é com a Austrália, seleção com menor tradição que as anteriores, mas que,segundo o técnico Luiz Felipe Scolari,tem o seu valor. Em entrevista coletiva concedida em Brasília ontem, o comandante nacional elogiou os Socceroos e ressaltou a importância do confronto,que pode "ser do mesmo estilo que o de uma Copa do Mundo". Isto porque a Austrália - assim como Brasil, Japão, Irã e Coreia do Sul -, já garantiu vaga no Mundial do ano que vem. Vice-líder do Grupo B das Eliminatórias Asiáticas, a seleção da Oceania classificou-se com facilidade para a quarta Copa do Mundo de sua histó-

I

Felipão ressaltou importância da vitória para que seleção fique em 'sintonia' com o torcedor

ria (a terceira seguida). Além deste, Felipão destacou os outros motivos pelos quais o amistoso deste sábado pode agregar à preparação da Seleção Brasileira para o torneio de 2014. "Vocês (jornalistas) vão

observar o jogo amanhã. A Austrália joga com nove jogadores atrás do meio de campo, e tem sete ou oito atletas com mais de 1,85m. É um estilo de jogo diferente, que podemos encontrar em alguns adversários na

Copa do Mundo", declarou Scolari, antes de listar as outras importâncias do duelo. "Vale por se um dos nossos últimos jogos no Brasil antes da Copa;Vale para que a gente possa ter uma sintonia com o nosso torcedor,

Arena das Dunas será inaugurada em dezembro A Arena das Dunas já está bem perto de ser concluída. Com quase 90% de suas obras finalizadas, o espaço esportivo recebeu a visita da governadora Rosalba Ciarlini e do ministro do Esporte Aldo Rebelo, na tarde de sexta-feira,6. Acompanhados do secretário especial da Copa, Demétrio Torres e do diretor-presidente da Arena das Dunas, Charles Maia, eles conferiram o andamento das obras e observaram o trabalho de acabamento, que está sendo feito, no momento, pelos 1.800 trabalhadores do local. A comitiva também conheceu um dos camarotes vips do estádio, que já está pronto para receber torcedores.Com o serviço dentro do cronograma formulado pe-

la FIFA, a Arena das Dunas tem previsão de ser inaugurada no mês de dezembro. Depois de conhecer parte dos camarotes, arquibancadas e da estrutura interna do estádio, a governadora, o ministro e o secretário da Copa participaram de uma coletiva de imprensa. Antes disso,falaram sobre o andamento da construção. Para a chefe do Executivo Estadual, a Arena das Dunas "é uma vitória", já que o estádio foi um dos últimos a iniciar as obras, mas não será o último a entregar o equipamento à população. "A gente se orgulha também em dizer que esta obra não passou por nenhum tipo de reajuste, ela foi orçada em R$ 400 milhões e essa mesma cifra

continua até hoje", afirmou Rosalba Ciarlini. O novo estádio potiguar está sendo executado por meio de Parceria PúblicoPrivada - PPP, modelo de sociedade em que o Poder Público se alia à iniciativa privada para viabilizar projetos. Orçada em R$ 400 milhões - R$ 300 milhões garantidos a partir de empréstimo contraído junto ao BNDES e R$ 100 milhões investidos em recursos próprios pela Construtora OAS - o espaço terá capacidade para receber até 42 mil pessoas. O ministro Aldo Rebelo reiterou que participa da construção da Arena desde que foi dada a ordem de serviço: "Eu sempre acreditei na conclusão dessa obra,

vejo com otimismo a Copa do Mundo em Natal". Segundo Rebelo, não há o que questionar sobre a utilização do estádio após o mundial de futebol: "O legado deixado por esse grande evento esportivo vai beneficiar todo o Rio Grande do Norte, empregos serão gerados e a renda certamente vai movimentar a economia potiguar". Ao final da entrevista coletiva, a governadora anunciou que no próximo ano, o Rio Grande do Norte irá sediar mais um campeonato internacional. No mês de março, a pista de atletismo do Campus Universitário, que também está em fase de conclusão, receberá o Campeonato Sulamericano de Atletismo.

como foi na Copa das Confederações; E vale para que eu possa fazer novas observações",completou.Este último motivo, aliás, foi ao qual o treinador mais se apegou. Como não poderá contar com três jogadores que

foram titulares na disputa da Copa das Confederações (Daniel Alves, Hulk e Fred estão machucados), Felipão vê na partida deste sábado uma excelente oportunidade para fazer novos testes na equipe que recentemente conquistou a Copa das Confederações. "Eu não quero ter somente onze jogadores. Eu quero 23 atletas que eu possa colocar em campo e não ter dúvidas. Então, esta é a hora de quem entrar no time mostrar a mim e a vocês que pode ser convocado para o Mundial", completou o técnico, que estará mais uma vez à frente do banco da Seleção Brasileira neste sábado, diante do Japão, às 16 horas (de Brasília), no Estádio Mané Garrincha, na capital federal. Vindo de derrota para a Suíça, o time de Luiz Felipe Scolari não será poupado em caso de novo tropeço. Isto foi o que garantiu o próprio técnico: "Como eu já disse, não vou cobrar os jogadores pela derrota contra a Suíça, porque era uma situação diferente, eles estavam voltando de Pré-Temporada. Mas a partir desta partida com a Austrália eu vou cobrar. Todos estão em condições", decretou. FOTOS: ELISA ELSIE

Governadora e Aldo Rebelo visitam obras no Arena das Dunas

Arena das Dunas tem quase 90% das obras concluídas


Gazeta do Oeste 9

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Esporte Quase rebaixado, Baraúnas recebe Sampaio Corrêa no Estádio Nogueirão

Cantinho da recordação Olismar Lima

ALCIVAN COSTA

RAMON NOBRE Da Redação om poucas chances de permanecer na Série C do Campeonato Brasileiro, o Baraúnas enfrenta neste domingo, às 16h, a equipe do Sampaio Corrêa, no Estádio Nogueirão, em Mossoró, para tentar ao menos proporcionar que o seu torcedor continue sonhando na competição. Nenhum jogador está suspenso para a partida, porém o zagueiro Índio segue como dúvida devido a um problema no tornozelo direito. O xerife Tricolor realizou fisioterapia na tarde de ontem e deve fazer um teste no vestiário para saber se tem condições de enfrentar o Sampaio. O meio-campista Ricardo Soares, que torceu o joelho direito na vitória sobre o Rio Branco-AC, por 2 a 1, no dia 1º de setembro, continua fora de combate e só deve estar à disposição para a partida contra o Cuiabá, no dia 15 de setembro. O Baraúnas está 10 pontos atrás do Treze-PB, na tabela de classificação do grupo A. Restando apenas 18 pontos a serem disputados, a equipe mossoroense precisa praticamente vencer todos os seis jogos e torcer por tropeços de Treze e Cuiabá. Apesar da situação na competição es-

C

Pedrosa segue comandando a zaga ao lado de Índio

tar cada vez mais complicada, o técnico Paulo Renato garante que os jogadores seguem focados em tirar o clube desta situação. "Os caras estão tranquilos e querendo ganhar os jogos. Estão focados. Depois fazemos os cálculos. Temos 18 pontos para disputar, mas estamos foca-

dos nesses três. Precisamos jogar diante do Sampaio como jogamos contra o Treze. O adversário ficou surpreso com a nossa forma de jogo. Surpreendemos, marcamos bem. Tivemos chances", comentou. Como vem fazendo desde a partida que assumiu o Baraúnas, contra Forta-

leza, Paulo Renato despistou sobre qual time utilizará contra o Sampaio. O meio-campista Júlio Brasília, teve o seu nome publicado no Boletim Informativo Diário (BID),daCBF,epoderáganhar a vaga no meio de campo. "Não sei se vou ser titular, mas se for estarei preparado para o desafio", disse Júlio. Caso Índio não tenha condições físicas de jogo, quem deve ganhar a posição é Ramon Baiano. "Amanhã vou ter uma conversa com os atletas. Não temos campo para treinar hoje.No domingo defino a equipe", disse. O Baraúnas deve ir a campo contra o Treze com: Érico; Ângelo, Pedrosa, Índio e Renatinho Carioca; Wilker, Fidélis, Tiago Alagoano (Júlio Brasília) e Radamés; Duvanilson e Fabinho Cambalhota. O Sampaio, adversário do Baraúnas, ocupa a quarta colocação do grupo A, e precisa da vitória para não ficar ameaçado de ser ultrapassado e deixar assim o G4. O técnico Flávio Araújo terá à disposição o zagueiro Paulo Sérgio, o volante Arlindo Maracanã e o meia Cleitinho, que estavam lesionados. O Sampaio deve ir a campo com: Rodrigo Ramos;Denílson,Mimica, Paulo Sérgio e Deca; Jonas, Arlindo Maracanã, Eloir e Cleitinho; Pimentinha e Tiago Cavalcanti.

Diretoria aguarda depósito de 'ajuda' financeira prometida A diretoria do Baraúnas aguarda o depósito dos 150 mil reais, da ajuda financeira do empresário 'misterioso', que não quer ter o nome e nem a empresa divulgada para a imprensa. A ajuda ao Baraúnas só foi possível devido ao intermédio do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, que em reunião na última terça-feira prometeu buscar uma solução para amenizar a crise financeira do Tricolor mossoroense. "A ajuda já foi confirmada e estamos aguardando o depósito. Estamos estudando como vamos gas-

tar esse dinheiro, já que as dívidas do Baraúnas não são de agora", informou o presidente do Tricolor, Eudes Fernandes. Questionado quantos meses de salários os jogadores deverão receber,o presidente do Baraúnas afirmou que ao menos uma folha salarial poderá ser quitada. "Um mês, sim. Na próxima segunda-feira vamos fazer os pagamentos",disse. Sobre a situação delicada do Baraúnas na Série C, Eudes frisou que segue acreditando em uma recuperação do clube na competição. "Não podemos desistir. Enquanto existirem chances

vamos continuar acreditando na recuperação do Baraúnas. Ainda temos jogos pa-

ra disputar e acredito na capacidade do grupo de dar a volta por cima", finalizou.

CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE C GRUPO A

TIME

PG

J

V

E

01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11

26 24 23 23 23 21 21 20 17 10 03

13 14 14 13 13 13 13 14 13 14 14

08 07 07 07 07 06 06 06 05 03 01

02 03 02 02 02 03 03 02 02 01 00

Luverdense Águia de M. Fortaleza Sampaio Corrêa CRB Santa Cruz Brasiliense Treze Cuiabá Baraúnas Rio Branco-AC

CEDIDA D GP GC SG

03 04 05 04 04 04 04 06 06 10 13

21 20 29 26 15 21 11 18 21 11 05

12 16 15 12 09 13 12 26 17 31 35

09 04 14 14 06 08 -01 -08 04 -20 -30

NILSON

REPRODUÇÃO

NILSON: eficiente goleiro que defendeu as metas do Potiguar e Baraúnas

Mais um craque que atuou no nosso futebol merece ser lembrado, nesta edição. Desta feita, focalizamos a presença do excelente goleiro Nilson, que jogou pelo Potiguar e Baraúnas, nas disputas dos certames estaduais de futebol. Vestiu, pela primeira vez a jaqueta de número um, do time macho, no dia 3 de fevereiro de 2002, oportunidade em que o Potiguar deslocou-se até a cidade de São Gonçalo do Amarante, onde empatou com o São Gonçalo, em um tenho. Observe a súmula do referido jogo. Potiguar:- Nilson; Izaquiel, Nei, André Ricardo e Welder; Gil Oliveira, Josicley, Celso Cruz e Wlisvan (Fredson); Jânio e Cícero Ramalho (Barreto). São Gonçalo:- Júnior; Clécio, Pantera, Romildo e Paulinho; Erivan, Kel, Adriano (Washington) e Flaviano (Nildo); Hermano Silva (Maratá) e André. Os gols da partida foram marcados através de Cícero Ramalho para o Potiguar, cabendo a Hermano Silva descontar para o São Gonçalo. Árbitro do espetáculo: João Alberto Gomes Duarte, assistido por Lizandro Moreira e Cícero Caetano. Renda: R$ 1.209,00, para um público pagante de 403 torcedores. Na temporada de 2004, foi a vez do goleiro Nilson defender a meta do Baraúnas, tendo feito

a sua estreia no dia 10 de março, por ocasião da disputa do 31° certame patrocinado pela FNF, oportunidade em que, no "mundão" do Nova Betânia, o Leão do Oeste foi derrotado pelo Caicó, por dois tentos a um. Conheça a súmula da partida. Baraúnas:- Nilson; Arthur (Júnior Melo), Vinícius, Thiago e Geílson; Josicley, Redondo, Edinho (Muriquito) e Fábio Besouro (Jackson); Brinquedo e Elder. Caicó:Dida; Cláudio Ari, Clécio, Ronaldo e Agnaldo (Fernandão; Rosivaldo (Mazinho), Israel, Sidenir e Janilson (Helder); Fredson e Nino Baiano. Os gols da partida foram assinalados através de Edinho, para o leão do oeste, cabendo a Fredson e Nino Baiano, os tentos do Caicó. Dirigiu a partida, o árbitro Antônio Cipriano de Almeida, assistido nas bandeiradas por Milton Otaviano dos Santos e Robson Bezerra. Renda: R$ 5.687,50, para 1.326 pagantes, mais 532 não pagantes, totalizando 1.858 torcedores, presentes ao espetáculo. Nilson retornou a meta do Potiguar, nas temporadas de 2006 e 2010, constituindo-se numa das peças indispensáveis, ao setor defensivo do alvirrubro. Por tudo quanto realizou em prol do futebol mossoroense, Nilson será para sempre reverenciado, no nosso Cantinho da Recordação.


10 Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Gerais

Obama reconhece pouco apoio à ação militar O pronunciamento será feito um dia após a votação do Congresso para avaliar a ação armada

O

presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reconheceu nesta sexta-feira a divisão entre os países do G20 sobre a intervenção militar na Síria. Em entrevista, ele voltou a defender a ação armada e confirmou para a próxima terça, 10, um discurso à população americana. O pronunciamento será feito um dia após a votação do Congresso para avaliar a ação armada contra o regime de Bashar alAssad, um pedido de Obama. Na semana passada, o mandatário acusou Assad de usar armas químicas contra civis da periferia de Damasco,em 21 de agosto. Segundo relatório da inteligência americana, a ação deixou 1.429 mortos, sendo 426 crianças, o que poderia ser o pior inciden-

JEWEL SAMAD/AFP

te com armas químicas em 25 anos. A França afirmou que participaria de uma intervenção americana, que também pode receber o respaldo da Turquia e de países do golfo Pérsico. Na entrevista, Obama afirmou que recebeu o apoio de diversos países e que muitos deles concordaram com o uso da força no caso síria, mas reconheceu que há divisão entre as delegações sobre o tema. "A maioria dos países concorda com nossa conclusão de que Assad foi o responsável pelo uso de armas químicas". Ele qualificou como "sincera" a conversa com o presidente russo, Vladimir Putin,que é contra a intervenção. "Eu disse a ele que não esperava que ele concordasse comigo. Mas a Rússia e outros países terão que deixar de lado as divergências para trabalhar em uma solução de longo prazo para a crise na Síria". POUCO APOIO Apenas cinco países do G20 respaldaram a ação armada sem a autorização da ONU --Arábia Saudita,Canadá, França, Turquia e Reino Unido, cujo Parlamento negou autorização para intervir na Síria.

Em nota divulgada pelos Estados Unidos, Austrália, Itália, Japão e Coreia do Sul afirmam que Assad usou armas químicas, mas descartam intervir na Síria sem apoio da ONU. Os outros países também requisitam autorização,embora não saibam ou não acusem o regime pela morte dos civis. Mais cedo, o presidente russo, Vladimir Putin, disse que a intervenção seria contraproducente e perturbaria a economia mundial. Ele lembrou que a maioria dos países,incluindo a Rússia, é contrária a uma ação armada sem respaldo do Conselho de Segurança. "As opiniões não estão divididas pela metade. [...] A chanceler alemã é cautelosa e o país não vai participar de nenhuma ação militar.Quem condena e se opõe a esse modo de ação? Rússia, China, Indonésia, Argentina,Brasil,África do Sul e Itália, além do secretário-geral da ONU. E não podemos esquecer do papa, que considerou a intervenção inadmissível". Diante da possibilidade de veto da Rússia, uma das principais aliadas do regime de Bashar al-Assad, Obama afirmou que atuará mesmo sem autorização

Em entrevista coletiva, Obama defende ação militar, mas reconhece pouco apoio à intervenção entre países do G20

do Conselho de Segurança da ONU e disse que preferiria uma ação armada com a participação e respaldo de outros países. "Não estou me coçando para fazer uma intervenção militar. Eu sei que fui criticado nos últimos anos por não atuar. Tenho uma reputação razoavelmente merecida e um pensamento sóbrio sobre o envolvi-

mento militar". CONGRESSO Obama não quis especular sobre o resultado da votação no Congresso. Obama reconheceu o ceticismo de alguns parlamentares e da população americana sobre a intervenção militar, mas afirmou que continuará a tentar convencê-los da necessidade de atuar con-

tra o regime de Bashar alAssad. "Eu preferi consultar o Congresso porque eu não poderia honestamente afirmar que o uso de armas químicas por Assad se mostra como uma ameaça iminente aos Estados Unidos. Se fosse uma ameaça direta aos EUA ou a nossos aliados,tomaria uma providência sem consulta".


Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Mossoró

Editora: Monalisa Cardoso mossorogazetadooeste@gmail.com

INDEPENDÊNCIA

PREMIADO

Desfile cívico será 2 iniciado às 8h

Fotógrafo mossoroense conta sua trajetória

8

Lar da Criança Pobre transforma vidas ALCIVAN COSTA

Projetos desenvolvidos pela instituição contemplam desde crianças e adolescentes a idosos carentes LUCIANA ARAÚJO Da Redação

Quando eu cheguei aqui eu só tinha uma peça de roupa,não tinha ninguém por mim”, diz Edvaldo Santos Marinho. Ele, que veio de Macapá para Mossoró de carona,não possuía emprego, parentes ou qualquer vínculo na cidade. Foi no Lar da Criança Pobre que, a exemplo de muitas outras pessoas, Edvaldo encontrou oportunidade de mudar de vida. A data da chegada ao Lar ainda está gravada em sua memória, dia 14 de maio. Ele lembra que não tinha nada e só não chegou a dormir na rua porque foi acolhido por irmã Elen, que lhe oportunizou trabalho, como ajudante de cozinha, e um local para dormir. Foi também na instituição que ele conheceu Maricleide, que hoje é sua esposa. Maricleide Alves Marinho também recorreu ao local buscando apoio. "Cheguei aqui desempregada, precisando muito de ajuda, foi quando eu pedi à irmã Elen e ela me deu", relembra.Hoje,ela é uma das funcionárias da instituição. Por questões de saúde, Edvaldo Marinho precisou viajar e, atualmente, está desempregado, mas sua vida agora é estruturada e tem a sua casa para morar. "A todas as pessoas que batem nesse portão, ela estende a mão", diz Edvaldo sobre irmã Elen. Essas são apenas algumas das demonstrações da importância do trabalho desenvolvido pela instituição administrada pela religiosa Liselotte Elfriede Scherzinger, ou simplesmente irmã Elen, para as vidas de diversas pessoas em Mossoró. Mas as ações são bem mais abrangentes. Para se ter uma ideia, a entidade contempla, atualmente, seis escolas no Oeste do Rio Grande do Norte, das quais quatro estão localizadas em áreas carentes de Mossoró. O número já chegou a ser maior,porém, algumas das instituições de ensino tiveram que ser fechadas. Quem passou por um desses colégios sabe como a instituição fez a diferença para tantas vidas. Rosi-

Edvaldo Santos Marinho e a esposa Maricleide Alves Marinho são alguns dos beneficiados

vânia Moura,Josineide Ferreira Rebouças e Ronaldo Aldriano da Silva são pro-

vas disso. Os três foram alunos da Escola Santa Elizabeth, que permanece em

funcionamento no bairro Barrocas. "Eu comecei no prezi-

nho. Naquela época, a gente era muito carente", conta Rosivânia. Essa era, então, a alternativa para as mães da comunidade. Ela, que permaneceu na escola durante todo o ensino fundamental, concluiu os estudos na rede estadual, ingressou na universidade e é formada em Recursos Humanos. Atualmente, é uma das funcionárias do Lar. "O Lar da Criança Pobre faz parte da minha vida desde a infância até hoje", conta. As influências, segundo ela, são muitas, desde a questão dos valores até a espiritualidade, já que o trabalho da entidade possui um caráter evangelizador. A família de Rosivânia pode atestar o que ela afir-

ma, pois todos os seus irmãos estudaram na mesma escola e a nova geração também é aluna da instituição. "É fundamental em todos os sentidos", acrescenta. "Para mim foi tudo", concorda o marceneiro Ronaldo. Ele conta que, juntamente com seus irmãos, foi criado pela avó. Seus estudos, bem como o curso profissionalizante, foram realizados na entidade, onde hoje permanece como funcionário. "Passou muita gente por aqui, só não aproveitou quem não quis", diz ele. "Foi meu primeiro emprego e foi uma coisa que me marcou também", complementa Josineide, que também permanece como funcionária.

ALCIVAN COSTA

"O Lar da Criança Pobre faz parte da minha vida desde a infância até hoje", diz Rosivânia Moura

ALCIVAN COSTA

"Para mim foi tudo", reforça Ronaldo Aldriano da Silva, beneficiado pelas ações da instituição

Projetos destinados a famílias são mantidos através de doações WILSON MORENO

A instituição parece funcionar como um ciclo do bem,onde quem foi contemplado no passado hoje trabalha para que outras pessoas possam ser beneficiadas.A base para a manutenção desse ciclo é a contribuição da população, pois é isso que mantém a entidade. "O Lar da Criança Pobre existe porque existem pessoas que doam. Começou com minha mãe doando e até hoje o Lar funciona com doações", conta irmã Elen. Segundo ela, a principal necessidade é financeira. Até porque, é preciso pagar despesas como salários de professores e funcionários, abastecimento de energia

GAZETA DO OESTE desenvolve projeto no Dia da Criança

elétrica e água, telefone e combustível, entre outros. Porém, como muitas pessoas não gostam de doar dinheiro, os alimentos são muito bem vindos.A diretora da entidade comenta que

doações alimentícias são muito importantes, pois a comida é fornecida tanto para crianças como para adultos. "Toda comida é bemvinda", afirma. Fora os gêneros alimen-

tícios as necessidades incluem material de limpeza (detergente,baldes,panos de chão) e higiene pessoal, além de fraldas descartáveis para adultos e material de escritório (cartuchos para impressão e resmas de papel). São necessários ainda produtos como chinelos,sobretudo para adultos (dos números 37 ao 44), lençóis, cadeiras de rodas e colchões de ar,pois as equipes sempre visitam os hospitais e, em várias ocasiões, se deparam com doentes que estão abandonados nas unidades de saúde, precisando de ajuda. Todos os dias, a instituição recebe várias doações, porém, muitas são as neces-

sidades. As pessoas que quiserem contribuir,financeiramente, podem fazê-lo através de depósito no Banco do Brasil, em nome do Lar da Criança Pobre de Mossoró, Conta Corrente 17363-0, Agência 036-1. Porém, para irmã Elen é preferível que a doação seja feita em mãos, pois é uma forma de o voluntário conhecer o trabalho e estabelecer um vínculo de amizade com a instituição. Para colaborar com os projetos do Lar da Criança Pobre deve entregar suas doações na sede da instituição, localizada na Rua Maria Salém Duarte, Nº 131, Abolição II.

Conheça as frentes de atuação social da instituição O Lar da Criança Pobre atua em várias linhas. A instituição presta assistência a crianças e adolescentes carentes, através das escolas cristãs católicas existentes nas periferias, sendo quatro em Mossoró,uma em Baraúna e uma em Apodi, e cursos profissionalizantes. Além disso, a entidade também desenvolve um trabalho de educação integral de crianças carentes e semi-abandonadas em Ca-

ruaru (PE). O trabalho inclui assistência aos doentes, com o Consultório dos pobres,sob a responsabilidade da médica irmã Cristina;doação de remédios; visitas em hospitais; evangelização em quartos de doentes; consulta aos idosos do Abrigo Amantino Câmara; assistência material às pessoas carentes; refeições e hospedagem para acompanhantes carentes de pacien-

tes internados em hospitais da cidade. A instituição oferece lar para as pessoas com deficiência que são abandonadas pelas famílias. Faz parte da linha de atuação, também, a ajuda a moradores de favelas da cidade, com visitas, evangelização, doações de alimentos e roupas, ajuda para obtenção de documentos. O auxílio aos desabrigados, com ofer-

ta de abrigo de emergência, dormida para sem-tetos e oferta de refeições. A equipe também trabalha no auxílio aos presos, evangelizando, realizando doações,contatando familiares e órgãos da Justiça, além de ajudar os ex-presidiários. Todos esses grupos atendidos recebem assistência religiosa. O Lar atende ainda pessoas de outros locais que, ao

chegar a Mossoró, não encontram ajuda. Isso desde aquelas que passam um ou dois até aquelas que ficam permanentemente. Mas não são apenas os seres humanos que são contemplados com as benfeitorias da equipe. Como em Mossoró não existem abrigos de animais, é para a instituição que são destinados boa parte dos bichos abandonados na cidade.


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Mossoró Desfile da Independência terá início às 8h, na Avenida Alberto Maranhão WILSON MORENO

D

esfiles cívicos e militares alusivos ao dia 7 de Setembro acontecem hoje, às 8h, na Avenida Alberto Maranhão. Nesta edição,será comemorado o 191º ano de independência do país. Às 7h, militares, autoridades e oficiais serão recebidos pela prefeita Cláudia Regina para um café da manhã. Depois, acontecerá o hasteamento das bandeiras e a execução do Hino Nacional Brasileiro. Em seguida,às 8h,após a prefeita passar em revista às tropas formadas ao longo do desfile, dá-se início ao tradicional desfile do dia 7 de Setembro. Para o professor de História da Universidade do Es-

tado do Rio Grande do Norte (UERN), Antônio Gomes,a data é importante para demonstrar o patriotismo e reivindicar melhorias nos serviços públicos. "É uma tradição que deve ser mantida em função do patriotismo que a data representa.Além disso,os movimentos sociais devem aproveitar a oportunidade para levantar as suas bandeiras em prol de melhorias,principalmente na Saúde, Educação e Segurança", declara. O estudante do 1º período de Direito da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA), Joathan Robério, de 19 anos, enfatiza: "Eu acho que o 7 de setembro é um dia para renovarmos nossos valores cívi-

Grito dos Excluídos é organizado pelos movimentos sociais

cos,sem esquecer de que ainda estamos construindo o Brasil e que cada um de nós é importante para a construção de uma pátria que preze pela justiça social". Aluna de Jornalismo da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

(UERN), Ana Paula Cardoso, de 20 anos, acredita que a data é um momento de reflexão. "Para mim, [a data] é o primeiro passo para a construção da identidade brasileira, livre do julgo econômico-cultural português", diz.

Grito dos Excluídos acontece hoje,durante o desfile Como acontece tradicionalmente todos os anos,o Grito dos Excluídos realizará a 19ª edição hoje, no desfile do dia 7 de Setembro, data em que é comemorado o 191º ano da independência do país. Segundo uma das participantes, os integrantes do Grito dos Excluídos se concentrarão às 8 horas no Ginásio de Esportes Engenheiro Pedro Ciarlini. De lá, eles seguem o percurso normal do desfile. Unido com o Movimento Pau de Arara (MPA), que reivindica melhorias na mobilidade urbana da cidade, o Grito dos Excluídos realizou

várias manifestações ao decorrer do ano. Recentemente no bairro Belo Horizonte, zona sul de Mossoró, pediu a abertura da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que,apesar de inaugurada está sem funcionamento, além do Grito no Jucuri, que também pediu melhorias em setores como Saúde e Segurança Públicas. Os dois movimentos se reúnem tanto para pedir melhorias no serviço público quanto para protestar contra homofobia,racismo,machismo, violência e também contra o projeto do Departamen-

CONFIRA A ORDEM DO DESFILE • Apresentação dos ex-combatentes de Mossoró • Tiro de Guerra 07-010 • 2º Batalhão da Polícia Militar • 12º Batalhão da Polícia Militar • Rede Municipal de Ensino - Bandeiras e Fanfarras • Grupos dos Escoteiros • Grupo de Escoteiros do AR Alberto Santos Dumont • Grupo de Escoteiros Nossa Senhora de Aparecida • Grupo de Escoteiros Francisco Leonardo Júnior • Grupo de Escoteiros Cruzeiro do Sul • Grupo de Escoteiros do MAR Solonópolis da cidade de Grossos • Grupo de Escoteiros do AR Monsenhor João Penha Filho • Grupo de Escoteiros Hermógenes Nogueira • Grupo de Escoteiros Monsenhor Américo • Curso de Formação de Bombeiros Civil - Empresa Inove • Banda Artur Paraguai • Polícia Ambiental • Departamento de Polícia Rodoviária Estadual • Corpo de Bombeiros Militar • Polícia Rodoviária Federal Motorizada • Departamento Penitenciário Federal Motorizado • Corpo de Bombeiro Militar Motorizado • 2º Batalhão da Polícia Militar Motorizado • 12º Batalhão da Polícia Militar Motorizado • Grito dos Excluídos • Esquadrão de Polícia Montada

to Nacional de Obras Contra à Seca (DNOCS) na Chapada do Apodi,que,segundo os movimentos sociais que integram o Grito dos Excluídos, ameaça expulsar famílias para beneficiar empresas do agronegócio."Para nós [componentes dos movimentos sociais] é uma data importante para gritar.O país só será verdadeiramente livre quando vencermos a miséria, desigualdade e quando tivermos uma nação em que todos e todas possam viver bem",declara Camila Paula, de 23 anos,que integra o Centro Feminista e participa da Marcha

Mundial das Mulheres. Ela acrescenta que o movimento é político,porém não partidário e enfatiza: "É um momento de convergência das nossas lutas e ideias", acrescenta. Segundo ela, haverá panfletagem, faixas, gritos de guerra, músicas e apresentações teatrais "questionando o modelo em que vivemos". Este ano, o grupo enfatizará o tema "Juventude que ousa lutar constrói um projeto popular", que tem norteado todas as movimentações do Grito dos Excluídos e MPA.

CONVITE MISSA DE 7°

ANIVERSÁRIO DE FALECIMENTO KÁSSIO RODRIGO LOPES MAIA Os familiares de KÁSSIO RODRIGO LOPES MAIA convidam parentes e amigos para assistirem à missa de 7° aniversário de falecimento, que mandarão celebrar em sufrágio de sua alma hoje, 07/09/2013, às 17h, na Paróquia São José. Agradecem, antecipadamente, aos que comparecerem a este ato de fé e solidariedade cristã.


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Mossoró

Fotógrafo mossoroense é premiado WILSON MORENO

FRED VERAS

Fred Veras saiu vitorioso dos três concursos que participou este ano com primeiro lugar e menção honrosa

JUCILENE MENDES Da Redação

Fotografia é uma forma de contar história”, é com esta afirmação que o fotógrafo Fred Veras começa a falar sobre os dois mais recentes prêmios que ganhou. No 11º Concurso Nacional de Fotografia da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD), do Ministério da Justiça, Fred Veras participou pela segunda vez e levou o primeiro lugar com a foto "Esse é o caminho, andai nele". Na imagem vencedora, dois meninos muito amigos estão escolhendo livros em uma estante.Um deles é deficiente físico e recebe ajuda do amigo para ter acesso à leitura. O tema do concurso deste ano foi: "A educação na prevenção do uso de drogas". A imagem agora vai fazer parte do programa educacional do Governo Federal no combate ao uso de drogas. "Através da leitura, a criança tem a oportunidade de caminhar para a educação. A leitura tem essa condição de levar a lugares que não são conhecidos", explica Fred. O fotógrafo registrou o momento durante a programação da Feira do Livro de Mossoró em 2012. Depois da premiação,ele procurou conhecer as duas crianças registradas por suas lentes. Ao conhecer Paulo e João Victor, o profissional confirmou a amizade que há entre os dois meninos.Ambos ficaram muito felizes ao saber que uma fotografia deles foi escolhida em um concurso nacional. Após receber o prêmio,Fred pretende dividir o valor em dinheiro com os dois. "A amizade entre eles é impressionante. O João Victor tem dificuldade também para falar, mas é incrível como a expressão dele muda quando ele escuta o nome do Paulo. A felicidade dele é evidente", relata. Esta foi a segunda participação de Fred no concurso de fotografia do Senad. Em 2004, ele levou o segundo lugar com a imagem intitulada "Gol de Placa". "Acho que não ganhei o primeiro lugar por causa do título da foto, senti isso no recebimento da premiação. Percebi que o título é muito importante em um C M A P

Fred Veras fala sobre os títulos conquistados e trajetória na fotografia

concurso", diz. No dia 16 outubro, o fotógrafo mossoroense viajará a Brasília para receber o prêmio das mãos da presidente da República, Dilma Rousseff, em cerimônia realizada no Palácio do Planalto. A recompensa é de R$ 3 mil. Mas para Fred o reconhecimento do trabalho dele conta muito mais do que o dinheiro. Outra grande surpresa veio pouco tempo depois desta primeira.Uma das 10 fotografias enviadas por Fred para O Prêmio New Holland de Fotojornalismo foi selecionada para a exposição em vários países da América Latina. Ele explica que a "New Holland" é uma marca de tratores que há mais de nove anos promove a disputa fotográfica. O objetivo da competição é retratar a vida, o trabalho e a realidade do campo. A imagem captada pelo mossoroense será divulgada em uma exposição itinerante que percorrerá Brasil, Argentina, Chile, Paraguai e Uruguai, com trabalhos de 30 fotógrafos selecionados. "Esse é um dos mais importantes porque a foto não fica em um só local, ela viaja vários países. Fiquei muito feliz porque não estava esperando. Foi em cima da hora que enviei as imagens para os três concursos que participei este ano. Ganhei um e nos outros dois recebi menção honrosa. Esse internacional era o que eu tinha menos expectativa", fala. Em uma participação anterior neste mesmo concurso, Fred ganhou menção honrosa. Ele ainda não recebeu nenhuma notificação sobre datas da exposição da New Holland. "Quando participo, não penso no valor do prêmio. Penso em minha fotografia estar entre as melhores, mas não com arrogância",afirma. A terceira competição que Fred Veras participou neste ano foi o Concurso Fotográfico da Cidade de Santa Maria.Recebeu mais uma menção honrosa. Foi neste mesmo concurso que ele ganhou o primeiro prê-

mio nacional de fotografia. TRAJETÓRIA Fred Veras começou a trabalhar com fotografia aos 17 anos. Na verdade, ele começou entregando fotografias em uma bicicleta aos clientes do "Foco Estúdio", dos profissionais Wilson Moreno, Pacífico Medeiros e Jean Kléber. O curioso entregador aproveitava os momentos de folga para ler o material de trabalhos dos fotógrafos.Foi através da leitura de livros e revistas de fotografia que ele começou a ter interesse pelo assunto,especialmente pelos ensinamentos de um dos melhores profissionais brasilei-

"Esse é o caminho, andai nele", foto vencedora do Senad 2013

ros: Sebastião Salgado. "Aprendi primeiro que fotografar não é só apertar botão. Foi amor à primeira vista", diz. Com as leituras e com os ensinamentos dos colegas do estúdio,ele começou a fazer as primeiras fotos ainda sem câmera própria.Passou cerca de quatro anos usando equipamento emprestado.Mesmo assim o trabalho do fotógrafo já era mostrado em exposições em Mossoró. Em uma dessas, realizada na praça em frente à Catedral de Santa Luzia,recebeu cerca de 400 visitantes em uma noite. "A primeira câmera já foi uma digital que meu irmão

comprou em São Paulo. Depois disso passei a desenvolver com mais intensidade.No início segui a linha documental. Depois,o fotojornalismo chamou mais atenção", lembra. Há 15 anos na fotografia, ele afirma que a teoria é necessária, mas que o olhar do mundo, e como isso é mostrado na foto é o que realmente interessa. Sobre a nova geração de fotógrafos que está surgindo em Mossoró, o profissional fala que ela está chegando com bastante força. "São pessoas que estão iniciando a trabalhar com fotografia buscando livros, estudando, sentado nos bancos das universidades.Se tiverem humil-

dade, eles vão longe", prevê. Entre outros trabalhos realizados, Fred destaca o ensaio "Um olhar sobre o idoso",cujas imagens foram usadas pela jornalista Izaíra Thalita em livro intitulado com mesmo nome. "No jornal De Fato, onde trabalhou por cinco anos, desenvolveu o ensaio 'Um olhar sobre a diferença" com crianças assistidas pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE/Mossoró).O mossoroense também foi finalista em prêmios de fotografia do Instituto Airton Senna, Banco do Nordeste e Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN).


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Mossoró

“ ”

Fé & Vida

A vitória que vence o mundo:

Joscelito Marques

a nossa fé.

joscelitomarques@hotmail.com site: www.jocelitomarques.blogspot.com

(1 Jo 5,4)

Refletindo o evangelho "A CONDIÇÃO PARA SER DISCÍPULO DE JESUS" Lucas 14, 25-33 "E quem não carrega a sua cruz e me segue, não pode ser meu discípulo". (Lc 14, 27) Quais são as condições exigidas para seguir Jesus? O texto do evangelho deste domingo começa pela informação de que grandes multidões acompanhavam Jesus. Mas, o que estas multidões buscavam? O que eles encontraram? Todos tinham a mesma intenção? A resposta do evangelho é intrigante e fundamental. É preciso, para segui-lo, uma através de uma atitude radical: "... renunciar a tudo o que tem" (v.32).Esta é a condição para ser discípulo de Cristo. Para seguir Jesus é preciso fazer uma escolha. Em primeiro lugar estar disposto ao desapego. Sem desprezar a quem se ama, os familiares,é preciso não permitir que eles se constituam em obstáculo para o seguimento de Cristo. Se assim o fosse, não seria amor verdadeiro, mas possessão. Mas o desapego tem de ser da própria vida. A defesa de interesses, privilégios e seguranças pessoais é incompatível com o seguimento de Cristo. Em segundo lugar é preciso aceitar o risco do seguimento de Cristo, a saber, a perseguição, o sofrimento. É exatamente isto que significa "carregar a cruz" (v. 27). Em terceiro lugar é preciso renunciar aos bens (v. 33). Tratase, então, de renunciar, como exigência do seguimento de Jesus Cristo, às seguranças afetivas e materiais. A quem se dispõe a seguir Jesus, desde o início, é exigido renunciar a tudo que possa ser um obstáculo para se colocar livremente a serviço do Reino de Deus.A segurança do discípulo é,antes de tudo, seu Senhor.

GENTE DE FÉ

Nossa homenagem de hoje vai para uma senhora cheia da luz de Cristo. Nós a chamamos de Chiquita. Ela é a caridade em pessoa, capaz de dar o que possui para ver o seu próximo feliz. Dona Chiquita é exemplo atual de santidade, doação, perseverança e fé. Como poucos, ela sabe ouvir a voz de Cristo presente nos excluídos e marginalizados. Que Deus nos permita tê-la entre nós por muitos e muitos anos. Shalom, dona Chiquita! CEDIDA

Dona Chiquita

Maior parte dos visitantes do Museu Lauro da Escóssia é de estudantes WILSON MORENO

O Museu Lauro da Escóssia continua recebendo um público diversificado. Turistas em época de realização do Mossoró Cidade Junina em junho,caravanas de escolas, universitários e professores são os que mais frequentam o local. Depois de estar fechado desde o ano 2000 para reforma, o ambiente, que guarda muitos detalhes da história de Mossoró,foi reaberto em 22 de dezembro do ano passado. "Muitas pessoas vêm pesquisar acervo de jornais antigos para fazer trabalhos. Temos muitas visitas das escolas,inclusive de outras cidades do Rio Grande do Norte que agendam as datas e pessoas que vêm aleatoriamente e em horários indeterminados. Mas, sem dúvida, o maior público é mesmo de estudante", explica o diretor do Museu, Ronaldo Silva. Parte do Museu retrata a história da cidade e outra expõe materiais mais antigos que pertencem à arqueologia e paleontologia. O acervo histórico conta com materiais relacionados à resistência ao bando de Lampião, o motim das mulheres, o primeiro voto feminino e a história do jornal O Mossoroense, um dos impressos mais

Exposição de Manuelito preserva a história através de fotos

antigos do País. A estrutura é dividida em várias etapas.Na sala de imprensa, o visitante conhece a primeira máquina de impressão de jornal utilizada na cidade, técnica da xilogravura, galeria dos exprefeitos, história de Ana Floriano, da escravatura, Estandarte da Liberdade de 1883, vida do jornalista Lauro da Escóssia e objetos do Centenário da Emancipação Política de 1970. Um dos maiores setores no prédio é destinada a exposição de fotos, máquinas de fotografia e outros objetos e material de trabalho do fotógrafo Manuelito Pereira dos Santos Magalhães Benigno.

Segundo Ronaldo Silva, a parte mais procurada pelos visitantes é a Estética do Cangaço, que conta a história do movimento e aborda a resistência mossoroense ao Bando de Lampião e expõe anéis, faixas, bordados e armas usados na batalha no entorno da Capela de São Vicente em 1927. Em outro setor estão expostos objetos antigos, como máquina de datilografia, ferro de passar roupa, esculturas, telefones, porcelanas. Na área de arqueologia e paleontologia o que chama mais atenção é um osso da mandíbula de uma baleia com mais de três metros de tamanho.

SEMANA LEGIONÁRIA Os Legionários e Legionárias de Maria, Movimento cristão de forte e abnegada atuação missionária em nossa Igreja, conclui, neste domingo, sua Semana Legionária. O encerramento acontece em missa, às 9h, na Catedral de Santa Luzia.

VI LEVANTA-TE Tudo preparado para o VI "Levanta-te" em Mossoró. Este evento tem como tema: 'Pelo poder da cruz, a graça da restauração'. Será no próximo final de semana, 14 e 15, no Centro de Evangelização da RCC, na Marechal Deodoro, Barrocas.

ALAVANCA O Movimento de Cursilhos de Cristandade realiza na segundafeira, 9, a partir das 19h30, mais uma Alavanca. Um momento forte de espiritualidade e encontro com Deus. Será em sua sede, vizinho à Matriz de São Paulo Apóstolo, no Nova Betânia. A responsabilidade desta Alavanca é dos grupos: São Pedro e Nossa Senhora das Graças.

ENCONTRO A Infância e Adolescência Missionária realizará dias 14 e 15 de setembro um Encontro de formação para seus coordenadores e assessores. O evento terá a assessoria do Coordenador Estadual do IAM,Gerdson Nascimento e acontecerá em Governador Dix-sept Rosado, no Centro Social São José.

VISITA PASTORAL Dom Mariano inicia neste domingo,8,sua 28ª Visita Pastoral, desta feita à Paróquia de São Manoel. Nosso bispo permanecerá até o dia 22 animando as comunidades, visitando os necessitados e conhecendo mais e melhor suas ovelhas. ACOLHIDA A Comunidade de Santa Clara prepara uma acolhida calorosa para Dom Mariano. Será na próxima quarta-feira, às 15h, quando de sua visita ao Mosteiro Fraternidade São Francisco de Assis, no Dom Jaime Câmara.E,em celebração eucarística, às 19h, as equipes da Pastoral da Grutta apresentarão ao nosso bispo diocesano suas ações pastorais. Muito do bom! HOMENAGEM E por falar em visita, o papa Francisco também fará uma Visita Pastoral à cidade de Assis,localizada na região da Úmbria,Itália,com o intuito de homenagear São Francisco de Assis. A data já está confirmada: 4 de outubro, dia em que se celebra a festa do santo. Entre os lugares do roteiro,está a Porciúncula,a terceira igreja restaurada por São Francisco e lugar onde o Santo faleceu.

JORNADA A 2ª Jornada de Espiritualidade do Clero de nossa Diocese acontecerá nos dias 23 e 24 deste mês,no Santuário do Lima, em Patu/RN. ROMARIA A 2ª Romaria dos Idosos ao Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis, em Patu, ocorrerá dia 29 deste mês. COMUNIDADE SHALOM A Comunidade Shalom de Mossoró prepara com esmero dois grandes eventos de evangelização: o Acamp's, dias 2 e 6 de outubro e o Halleluya, dias 25 e 26 de outubro. Muito do bom! 8º MUTICOM Marcão e Rejane, coordenadores da Pastoral de Comunicação em nossa Diocese, já mobilizam os comunicadores que participarão do 8º Mutirão Brasileiro de Comunicação.Este Mutirão acontecerá em Natal,no Hotel Praiamar,no período de 27 de outubro a 1º de novembro de 2013. Imperdível! PARA REFLETIR "O amor de Deus não é algo vago,genérico;o amor de Deus tem um nome e um rosto: Jesus Cristo". (Papa Francisco)


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Mossoró Déjà Vu Milton Marques de Medeiros milton@tcm10.com.br

COMPORTAMENTOS BIZARROS Passei 30 anos atendendo pessoas simples e humildes de Mossoró. Homens e mulheres que apresentavam algumas alterações mentais e há certa altura da evolução dos seus sintomas recorreram ao psiquiatra. Foram mais de 12 mil clientes particulares. Cheguei a atender até 20 pessoas por dia, em dois ou três turnos. Ouvi muitas histórias, algumas nascidas da própria mente humana. Muitas dessas histórias ricas em sinais e sintomas patológicos plenamente explicados pela ciência médica. Outras pela psicologia, outra parte explicada pela psicopatologia,pela parapsicologia.Ouvi também algumas sem qualquer explicação plausível à luz dessas chamadas ciências humanas. Nem a neuropsicociência que na visão do Dr. Edson Amâncio em " O homem que fazia chover, "explica tudo", é capaz de responder a algumas narrativas tão intrigantes. Oportunamente serão relatadas, hoje apenas o convencional. PITI Em psiquiatria nenhum quadro me deixou mais perplexo na vida do que observar as diversas modalidades de histeria. O francês Jean-Marie Charcot (1825-93) foi o primeiro médico a entender que a histeria era doença e não simulação. Embora muito combatido no meio científico da época, foi sob a sua indiscutível autoridade que se firmou o conceito de que essas manifestações mereciam toda atenção e

interesse da medicina clínica. Para se ter uma ideia da complexidade dessa enfermidade, as pessoas acometidas pela mesma são capazes de apresentar sintomas que podem ser confundidos com todas as demais doenças do glossário médico. É a única manifestação patológica que faz diagnóstico diferencial com todas as demais doenças conhecidas pela medicina. Daí a dificuldade dos profissionais da saúde, sejam médicos, odontólogos, enfermeiros, farmacêuticos, terapeutas ocupacionais, fisioterapeutas, psicólogos, fonoaudiólogos, educadores físicos, assistentes sociais, sociólogos e outros.

Logo o zunzunzum de que iria morrer. Estava fria,pálida,sem pulso,nenhum reflexo,diziam. Algumas mulheres que estavam acompanhando outros enfermos por lá,logo se postaram em torno da moça. Antônio Bolão, velho enfermeiro prático de muitos anos em pronto-socorro, tirou uma "peinha" de fumo do bolso da calça e enquanto mastigava como se fosse um chiclete, apanhou no armário, um vidro contendo amoníaco. Começou a agitar o líquido do franco e eis que de repente a moça misteriosamente logo abriu os olhos e pôs-se a fazer caretas tão feias e tão forte, revirando os olhos, buscando distorcer os membros, gemendo e rosnando que todo mundo fugiu de medo, deixando-a sozinha, porque suspeitavam que fosse feitiçaria. O rosto da moça realmente estava totalmente deformado. A mãe me falou para não temer. Ora, logo eu! Essa menina, dizia, "sofre do grande mal" doutor. Ela queria dizer epilepsia. Pobre mãe, duplamente enganada. Prevenia-me a não temer e pensava em epilepsia.

QUADRO CONVENCIONAL Ela deveria ter uns 18 anos de idade. Foi ao Pronto-Socorro do Inamps,idos de 197476, acompanhando sua mãe que se queixava de forte dor de cabeça. Mais ou menos 23h. A recepção fez a ficha de identificação da mãe, a filha não estava sentindo nada. Logo no atendimento da sua mãe, eis que de repente, ela estando perto de um leito, foi se escorregando para trás e caiu num grito só. A seguir ficou estendida, gelada, sobre o leito que se encontrava vazio, como se estivesse morta. Gerou uma cena ímpar, para os que estavam presentes.

HOJE Muito tempo se passou,hoje a doença ainda existe com as mesmas características e intensidades de antes. Certo dia, fui visitar um amigo num pronto-socorro da cidade e vi que se repetem os quadros. Todos já dominam muito bem. A visão da atualidade sobre as manifestações já não causam tanta estranheza como antes. E já foi pior. O caso Polissena, no século XVI ficou histórico. O episódio Poli di San Macário foi relatado pelo historiador Carlo Ginzburg, após o julgamento de um tribunal do Santo Ofício em Lucca,em 1571, uma moça foi queimada viva por haver apresentado quadro histérico e naquele momento qualificada como feiticeira. Lugar dos endemoniados,na época,era a fogueira. Imagine.

REAÇÃO De imediato, a mãe tornou-se apta a assistir a filha.O importante para ela agora era a jovem que havia desmaiado de repente.

EXPLICAÇÕES Hipócrates que descreveu o quadro nos séculos V-IV a. C. atribuía os sintomas da histeria a movimentos uterinos decorren-

tes da abstinência sexual. Galeno (século II d. C.) também propunha como explicação a abstinência sexual e recomendava como tratamento o intercurso sexual. Na segunda metade do século XIX, o neurologista Charcot ganhou notoriedade em todo mundo com os famosos casos de histeria em homens. Nada, portanto, somente relacionado com úteros. Nada relacionado somente a mulheres. Foi um avanço. MAIS INFORMAÇÕES A histeria na linguagem interna médica é escrita nos prontuários como Hy e popularmente é conhecida por piti. Nem sempre os sintomas são tão evidentes, claros, transparentes, na maioria das vezes se mostram camuflados e discretos. As causas são psíquicas e variam de uma simples contrariedade a fortes traumas mentais. Quando os sinais são evidentes fica claro o diagnóstico,quando são tênues passam muitas vezes despercebidos ou " gente um pouco exibida". GRANDE PLATEIA ATENTA No meio coletivo é quando o quadro mais se manifesta. Aliás, ela só se manifesta se tiver plateia, mesmo pequena, serve. O histérico sabe cair, ou procura uma cadeira próxima para se escorregar, uma cama ou um braço amigo em que lhe proteja. Difere do epiléptico que cai sem defesa, até sobre o fogo, se for o caso. Um dos recursos para abortar as crises é deixar a criatura sozinha, opção de difícil convencimento por parte da família que a acompanha. REALIDADE Uma coisa é certa, como a vida está hoje tão cheia de estresse, a histeria se mostra presente em vários ambientes do dia a dia e com sintomatologia muito variada. A grande maioria das pessoas nas ruas, praças, desfiles, e outros ambientes, se apresentam com sintomas e sinais bem leves, discretos. O mais fácil é encarar tudo normalmente, mesmo que não seja normal. Fazer o quê? Afinal, São Paulo, o Apóstolo, recomenda: " Suportai-vos uns aos outros".


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Especial Construindo o próprio

CORPO

OS PRATICANTES DO FISICULTURISMO ESTÃO SEMPRE QUERENDO MAIS VOLUME, MAIS DEFINIÇÃO, MAIS SIMETRIA, SEMPRE EM BUSCA DA PERFEIÇÃO FOTOS: CEDIDAS

mente o mesmo, segundo Barbosa,com alterações no intervalo de descanso entre as séries. "O aumento gradativo dos exercícios aeróbicos, pós-treino e em jejum, devido à restrição nos carboidratos, a carga utilizada tende a cair, mas procuro fazer um treino bastante intenso,com duração média de uma a uma hora e meia", destaca.

BRUNO SOARES Da Redação

O

ser humano está sempre querendo modificar as coisas que estão ao seu redor. O motivo para isso pode vir de um incômodo com o que se tem ou uma obstinação para chegar o mais próximo do ideal. Mudar a si mesmo, aproveitando a genética favorável e a mente equilibrada, na construção do corpo até as desejadas formas sem deixar de lado a qualidade da saúde. Isso é o que buscam os fisiculturistas. O 'bodybuilder', praticantes do 'bodybuilding' que traduzido livremente do inglês significa fisiculturismo (musculação que visa desenvolver os músculos, praticada em geral com vistas a aprimorar a estética corporal), está sempre querendo mais volume, mais definição, mais simetria. Enfrentar várias horas e dias na academia pegando peso, consumir vários suplementos alimentares e seguir uma dieta bastante rigorosa (com tipos de alimentos,quantidade e horários bem definidos) são algumas das obrigações na rotina desses superatletas. Desde criança, Wescley Barbosa se dedica ao esporte. Ele já jogou futebol de salão, handebol, é faixa roxa de jiu-jitsu.Porém,foi na musculação que se encontrou há 13 anos. "Não pretendo parar mais", disse o técnico de segurança do trabalho que há pouco tempo resolveu se preparar para competir. O nível de definição muscular necessário para estrear não foi atingido em 2012,mas nada que desanimasse. Em janeiro deste

ESTIMULANDO Além de praticar, Wescley tem o interesse de fomentar o esporte na cidade, incentivando o início

de novos atletas no esporte e até realizando uma competição na cidade. "Mossoró é uma cidade que têm um potencial absurdo. Prova disso é a quantidade de academias de musculação que se tem na cidade. Acredito que em cada academia tem no mínimo 10 praticantes com vontade e com potencial para competir. Inclusive na nossa Academia Fisio, iniciamos a preparação de cinco pessoas que nos procurou para realizar a preparação", explica.

Wescley Barbosa se sagrou campeão na sua estreia em competições

ano, o trabalho foi reforçado e em pouco tempo apareceram os resultados. "Esse ano me preparei para o campeonato estadual estreante da IFBBRN (International Federation of Body Builders), me sagrei campeão da categoria pesada, até 90 kg e fui terceiro colocado da disputa do Overall", comenta, orgulhoso, o proprietário de uma academia de musculação no bairro Abolição 3. Uma pequena lesão impediu que ele se preparasse para a competição no âmbito Estadual em Natal e o Brasileiro em Foz do Iguaçu. A dificuldade de encontrar orientação nas academias em que treinou,o fizeram estudar e se aprofundar cada vez mais no esporte. "Passei

a comprar livros, revistas, fazer cursos, participar de eventos de fisiculturismo, e foi em um desses eventos que decidi me preparar para competições",disse Wescley, que pretende cursar Nutrição em 2014 e foca no estadual e o nacional do próximo ano. Os períodos de treinamento no fisiculturismo podem ser divididos em três etapas, cada uma delas com objetivos diferentes, que servem de base para a seguinte. A primeira é a fase da hipertrofia,também conhecida como 'off season', que tem como principal objetivo desenvolver ao máximo a massa muscular magra.A segunda é a fase da definição,que visa diminuir a gor-

dura corporal e definir a musculatura. Já a terceira fase é considerada como de transição, onde há o descanso e a preparação para novo ciclo. Quando está em 'off season', Wescley divide o treino da seguinte forma: os membros inferiores em três dias diferentes, e os membros superiores nos outros três dias. "Lembrando que em 'off season' os treinos são bem mais intensos, porém, curtos, não ultrapassando uma hora de treino. Os intervalos de descanso são maiores e com cardios (exercícios aeróbicos) de baixa intensidade de três a quatro vezes por semana, no pós-treino", explica. O treinamento próximo a uma competição é basica-

Passei a comprar livros, revistas, fazer cursos, participar de eventos de fisiculturismo, e foi em um desses eventos que decidi me preparar para competições”, Wescley Barbosa


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Especial CEDIDA

‘A união faz a força’, literalmente... O servidor público federal Girão Junior vive no clima de musculação há 17 anos. Apesar de ter facilidade em ganhar massa e ter um corpo que faz inveja a muito marmanjo, ele só começou a competir há um ano e meio. A principal incentivadora foi a esposa, Esther Ruanda, que ficou empolgada com o universo do fisiculturismo e também passou a se dedicar ao esporte. Para ele, a vida de fisiculturista casado com uma também fisiculturista é cheia de pontos positivos. "É excelente tudo fica mais fácil e compreensível a dificuldade em fazer dieta in natura, aeróbicos em jejum, pós-treino e tantas outras coisas que sozinho seria um martírio, a dois fica extremamente tranquilo e prazeroso", revela o vice-campeão do RN em 2012, vice-campeão em um aberto (NTT Classic 2012), campeão overall estreantes RN 2013 e vicecampeão de um aberto 2013 (II NTT CLASSIC). O sentimento é recíproco, garante a publicitária que não exerce a profissão, mas divide o tempo com o filho de um ano e três me-

ses, afazeres domésticos, treinos e estudos. "A vida fica bem mais fácil quando os dois são do mesmo meio. Há muita abdicação na rotina do atleta e se o casal não estiver em sintonia, a relação pode enfraquecer. Existe muita cumplicidade em nosso relacionamento. Somos muitos parceiros, muitos parecidos também. Acordamos juntos para fazer o aero, a mesma dieta. Enfim, sou grata a ele por todo o apoio que me dá", conta a atual campeã do RN na categoria Wellness e 3º lugar em uma competição de nível aberto em Natal. Por onde passa, o casal chama a atenção pelo tamanho do corpo dele e definição dos músculos de ambos, mas nada que incomode os dois. "É muito interessante, pois, como não é de costume vermos homens e mulheres com corpos avantajados e bem definidos, acaba atraindo olhares de pessoas que, às vezes, nos admiram e que, na maioria das vezes, nos veem com repúdio, inveja. Com o tempo, a gente se acostuma", ressalta Girão.

NUTRIÇÃO PARA ATLETAS A nutrição esportiva é a área que aplica a base de conhecimentos em: nutrição, fisiologia e bioquímica no esporte e atividade física. Ela pode auxiliar um programa de exercícios com finalidade específica, seja para promover saúde, emagrecimento, aumento de força ou hipertrofia muscular. Na entrevista a seguir, Kaline Melo aborda a nutrição voltada para o mundo dos atletas, em particular os fisiculturistas. Ela é nutricionista e personal diet com especialização em Nutrição Clínica; Nutrição em Terapia Renal (ICM); e em Bases Nutricionais da Atividade Física. WILSON MORENO

Esther Ruanda e Girão Junior dividem a mesma rotina intensa de treinos e alimentação restrita

Nutricionista Kaline Melo dá dicas de que tipos de alimentos devem ser consumidos

Esther Ruanda acrescenta que é impossível agradar a todos. "O que é bonito para um, pode não ser para outro. Respeito a opinião das pessoas. Graças a Deus, tenho recebido mais elogios do que críticas. Na academia, as mulheres param, elogiam, fazem perguntas, pedem dicas. Isso também acontece todos os dias através das redes sociais. Na medida do

GAZETA DO OESTE - Como é o acompanhamento nutricional de um atleta, em especial o fisiculturista? KALINE MELO - A avaliação nutricional é fundamental para elucidar a composição corporal e os hábitos alimentares destes indivíduos, bem como investigar o possível uso de auxílios ergogênicos dentro da prática de atividade física. Cabe destacar, também, que o acompanhamento ou mesmo orientações nutricionais destinadas a esta população são de suma importância a fim de garantir uma alimentação adequada e, consequentemente, minimizar possíveis agravos nutricionais à saúde desses praticantes.

possível, ajudo com o pouco que aprendi", salienta. Para os dois, como também para a maioria dos fisiculturistas, a pedra no sapato é a alimentação limitada. "Tem que ter disciplina e foco. É sentar em uma mesa com as amigas e comer frango com batata enquanto elas devoram uma pizza. E é pra comer sorrindo, hein?" brinca Esther.

ALIMENTOS QUE DEVEM SER PRIORIZADOS PELOS ATLETAS PEIXES BRANCOS São fontes de proteína de alto valor biológico, fácil digestibilidade. É possível se utilizar as versões enlatadas, por exemplo, de atum light quando não for possível o consumo de peixes frescos.

FRANGO COM BATATA DOCE O peito de frango possui alta quantidade de proteína e pouca gordura. Bem versátil, pode ser utilizado de várias maneiras, não só nas refeições principais junto com carboidratos complexos ou saladas. Já a batata doce tem grande sucesso devido ao seu baixo índice glicêmico, isto a torna ideal para ser consumida como fonte de carboidratos durante o dia e, principalmente, entre uma e duas horas antes de uma sessão de treinamento com pesos. Além do índice glicêmico favorável, esse alimento possui alta taxa de vitamina A, vitaminas do complexo B e alguns sais minerais, como cálcio, ferro, potássio, fósforo e um pouco de vitamina C.

OVOS São fontes de proteína de alto valor biológico, além de ser fonte de vitaminas como A, E, K e vitaminas do complexo B e minerais como cálcio, ferro e zinco. um ovo contém cerca de 6g de proteína, 5g de gordura, mas apenas 1,6 é gordura saturada, então a maior parte é gordura insaturada. Uma sugestão para controlar a quantidade de gordura consumida é desprezar algumas gemas no preparo do seu omelete.

VEGETAIS Alface, aipo, aspargos, brócolis, cogumelos frescos, espinafre, couveflor, repolho e vagem: são ricos em fibras, não irão fornecer muitas calorias, além de fazer com que o organismo gaste energia para metabolizá-los. E por terem poucas calorias, não irão fornecer muita energia para o organismo. Então o corpo gasta muito para digerir e obtém pouca energia desses alimentos. Além disso, nosso organismo é incapaz de utilizar as fibras como fonte de energia e com isso eles não irão causar pico de insulina.

GO - Qual a importância para um atleta de se alimentar e se suplementar corretamente? KM - Nenhum programa de treinamento poderá alcançar sucesso se não for acompanhado de nutrição adequada e compatível com a fase do treinamento em que o atleta se encontra. Uma dieta bem balanceada deve conter quantidades adequadas de proteína, gordura, carboidratos, vitaminas, minerais e água. Alguns fisiculturistas se concentram no consumo de um grupo alimentar e se esquecem dos outros. Como consequência, não conseguem muitos ganhos ou aumentam percentual de gordura. É o caso daqueles que consomem excessivas quantias de carboidratos com o intuito de ganhar peso, e ganham, mas em gordura. Carboidratos são importantes, mas tem-se de saber quanto. Com uma dieta equilibrada é possível crescer com qualidade. GO - Qual o suplemento que não pode faltar na dieta desses atletas? KM - Nesta fase, a suplementação alimentar pode ser muito útil, em especial para auxiliar na manutenção da gordura corporal, devido a sua ação anticatabólica, dentre os quais podemos citar: BCAA'S, whey protein,glutamina,HMB,vitamina C.Não acreditem em suplementos que prometem "fritar" gorduras, muitas pessoas enganam-se, acreditando em produtos que prometem milagres. GO - Algumas pessoas ainda fazem uso de anabolizantes com o objetivo de ter resultados mais rápidos. Quais os efeitos e perigos do uso desses produtos? KM - Os anabolizantes são substâncias análogas à testosterona. Se ela já existe em quantidade suficiente no organismo, doses adicionais inibirão a produção orgânica (natural). A questão é que as substâncias sintéticas não são aceitas da mesma forma que a testosterona natural por outras glândulas, o que inicia um desequilíbrio na troca de mensagens entre os hormônios que regulam os ritmos do corpo. Em consequência, isso leva aos efeitos indesejáveis. Portanto, não se deve tomar se não existe carência provada em exames laboratoriais. Elas agem, por exemplo, sobre a glândula suprarrenal, estimulando a maior liberação de noradrenalina, que pode aumentar o risco de desenvolvimento de arritmias cardíacas (alterações do ritmo cardíaco), podendo levar até a morte súbita. Portanto, qualquer uso dessas substâncias deverá ser solicitado por médico, único e responsável que pode prescrever.


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Mossoró

Poucas lixeiras e muitos panfletos Rua Coronel Gurgel é uma das que mais recebem panfletistas e lixo jogado em via pública

Q

uem anda pelas ruas do Centro de Mossoró, principalmente pela Rua Coronel Gurgel, não escapa de sair com as

mãos cheias de panfletos. Devido à grande quantidade de anúncios distribuídos, muitos desses papéis acabam sendo jogados em via pública. O trabalho acaba sobrando para os garis, mas no dia seguinte começa tudo de novo. A cidadã Francisca Araújo conta que nem sempre as informações que estão nos panfletos são interessantes, mas ela pega todos que são oferecidos e guarda na bolsa."Chego em casa com a bolsa cheia de papel,aí vou olhar se tem alguma coisa interessante. Não gosto de jogar no chão por-

que suja as ruas", diz. O mesmo não é feito por Edmundo Tárcio de Souza. Ele conta que joga todos no chão, isso quando resolve receber algum. "Até procuro uma lixeira, mas nunca vejo. Às vezes encontro do outro lado da rua.Como estou sempre apressado eu jogo no chão mesmo, não atravesso só pra jogar o papel", fala. Já Rutileide de Oliveira diz que acha incômodo andar no Centro de Mossoró por causa dos panfletistas que estão em todas as esquinas. Ela conta que também sente dificuldades em en-

contrar lixeiras e por isso acaba jogando lixo em via pública. "Geralmente as informações não são importantes", declara. Uma panfletista que pediu para não identificado, diz que muitas pessoas passam sem pegar o panfleto, algumas até reclamam: "Eu não quero papel", outras dizem: "Era bom que distribuíssem dinheiro". Ela diz que entregar panfletos na rua é única forma de ganhar dinheiro. Desempregada, usa o que ganha entregando anúncios para ajudar em casa. "Entendo que as pessoas não gostam,

porque existem muitas pessoas entregando aqui. Mas é o meu trabalho. Dependo disso", afirma. A panfletista acredita que o fato dos anúncios acabarem sujando as ruas seja por causa das poucas lixeiras disponíveis. "Pode ser também pela falta de educação da pessoa que recebe e não tem consciência de jogar no lixo", diz. A estudante Rhátyla Oliveira fala que também acha falta de educação jogar os papéis na rua e por isso aca-

ba voltando para casa com o caderno cheio de anúncios. "Eu não gosto de jogar no chão e também fico com pena de não receber o panfleto.Quando abro o caderno está cheio de papel que pego na rua", fala. A reportagem do jornal GAZETA DO OESTE tentou falar com o responsável pela Subsecretaria de Serviços Urbanos sobre a questão das poucas lixeiras, mas o secretário não estava em nenhum dos dias procurados. WILSON MORENO

Panfletos entregues nas ruas acabam sendo jogados no chão

Uern será contemplada com pista de atletismo Durante jantar oferecido na quinta-feira, 5, pela governadora Rosalba Ciarlini, em Natal,o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo, garantiu a construção de uma pista de atletismo para o campus Mossoró da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). O projeto contemplará a instituição de ensino superior do interior do Estado com uma pista construída nos mesmos moldes da que foi inaugurada na quintafeira,5,na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em Natal. Este equipamento instalado na UFRN foi feito com o mesmo material utilizado

nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, e custou aos cofres do Governo Federal uma verba de R$ 6,7 milhões. Ainda não foram revelados os detalhes sobre quando serão iniciadas as obras para a construção da pista na Uern. O vice-reitor eleito da Uern,Aldo Gondim,comemorou: "Há anos que estávamos lutando por essa pista. Já temos todo o projeto pronto, só falta enviar o orçamento, que faremos em breve, para o Ministério dos Esportes", declara, acrescentando que o orçamento será entregue o mais rápido possível. REPRODUÇÃO

Uern ganhará uma pista nos moldes da inaugurada na UFRN C M A P


Gazeta do Oeste 9

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Polícia

Polícia Civil e Itep terão salários cortados FOTOS WILSON MORENO

Neste sexta, 6, fez um mês que a Polícia Civil está em greve e justiça determinou corte de ponto da categoria

ompletou na sextafeira,6, um mês da greve da Polícia Civil no Rio Grande do Norte e na próxima quinta-feira, 12, completam 30 dias de paralisação de 70% dos serviços no Instituto Técnico-científico de Polícia (ITEP) e a Justiça se mobiliza no sentido de punir a categoria com o corte nos salários. O Tribunal de Justiça (TJ) já enviou para o Ministério Público (MP/RN) denúncia contra o Sindicato da Polícia Civil (SINPOL/RN) por desobediência à determinação judicial que implicará,ainda,no pagamento de multas diárias. Em Mossoró,somente a Delegacia de Plantão está funcionando para receber os casos de flagrante, as demais delegacias especializadas permanecem fechadas devido à greve. No Itep

C

Delegacias especializadas de Mossoró estão fechadas há um mês devido à greve e população é prejudicada

local, a situação também é semelhante: somente o serviço de recolhimento e liberação de cadáveres e exames de corpo de delito em casos de flagrantes estão sendo realizados pelo órgão. Desde a paralização do Itep, não estão sendo realizados os serviços de perícias técnicas em veículos e prédios. O órgão em Mossoró é responsável pela realização dos serviços de perícia em Mossoró em todas as cidades que compõem o Oeste e alto Oeste. Ontem, o Portal do Judiciário expôs matéria que detalhava as providên-

cias adotadas pelo TJRN. PROVIDÊNCIAS TJRN O desembargador Cláudio Santos, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, determinou ontem, 6, o envio de cópia do processo que trata da greve dos policiais civis encampada pelo sindicato da categoria (SINPOL-RN) ao procurador geral de Justiça, Rinaldo Reis, para, ao seu critério, abertura de inquérito prévio ou oferta de denúncia pelos crimes de desobediência à ordem judicial e abandono de função. "Em

tese, entre outros, especialmente com relação ao sr. Djair José de Oliveira Júnior e a srª. Renata Cristina Alves Pimenta, presidente e 1º vice-presidente do Sindicato-réu". A decisão é baseada no teor de notícias veiculadas pela mídia nos últimos dias, bem como de ofícios enviados pelo diretor do Itep e do delegado geral de Polícia Civil, que dão conta do "do injustificado, acintoso e desafiador desatendimento à decisão judicial exarada por este Relator às fls. 41/58, datado de 28 de agosto último,

Militares dizem não ter o que comemorar Após os praças da Polícia Militar do RN terem expressado insatisfação com o Governo do Estado e realizado um grande ato público no dia 23 de agosto, os oficiais da PM também demonstram preocupação com a atual administração. Eles criticam o governo e afirmam que a categoria militar não tem o que comemorar hoje, 7 de setembro. A Associação dos Oficiais Militares do RN produziu uma nota explicando alguns dos pontos da insatisfação. De acordo com a entidade, que congrega

os oficiais da PM e Bombeiros, há meses vem sendo pleiteada uma reunião com o Governo do Estado para discutir questões ligadas à segurança pública e a categoria. "Esta desatenção do governo, que não dialoga com os oficiais, evidencia que a situação real da segurança pública do Estado não condiz com uma realidade que tenta ser escondida por autoridades da segurança pública", afirma a nota. Com isso, os oficiais destacam que neste dia 7 de setembro, os militares do RN não têm muito o que come-

morar. A Associação apresenta ainda, na nota, alguns dos principais pontos que são alvo de solicitações e mostram como a realidade é diferente da propaganda do governo. Os oficiais pedem que o governo cumpra e aplique as promoções de posto dos oficiais,interrompidas desde abril de 2011. Além disso, a categoria pede que haja a revogação do Decreto 20663. "Isso é fundamental para a redução da interferência política nas promoções dos oficiais. Esse decreto extinguiu, ainda no governo passado, o limite quantitativo para a pro-

moção dos oficiais",explica a associação. O objetivo dos oficiais da PM é a revogação do decreto para que apenas 50% dos aptos a promoção possam concorrer às vagas por merecimento e tempo de serviço. Isto, de acordo com eles, prestigiará os oficiais que estão há mais tempo trabalhando no exercício de atividades e diminuirá a probabilidade das indicações políticas. Outro ponto da pauta dos oficiais é que o governo abra concurso interno para cabos e sargentos,a fim de motivar a tropa e facilitar o comando dos policiais.

Corpo é encontrado às margens da BR-110 O CÂMERA 2

O corpo de um homem sem qualquer identificação foi localizado no final da manhã de ontem, 6, às margens da BR-110, saída para o município de Upanema-RN. O cadáver apresentava possíveis sinais de violência,porém,como já apresentava estado de decomposição, somente um exame pericial poderá identificar a causa da morte. O cadáver foi achado por populares que passavam pela rodovia e perceberam a presença do corpo e acionaram o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP).

Após a confirmação da informação,uma equipe do InstitutoTécnico-científicodePolícia (ITEP) foi chamada para fazerorecolhimentodocorpo. O homem estava vestido de calção de cor amarela,camiseta cinza e chinelo de dedo. Da forma em que foi encontrado, o cadáver apresentava perfurações no tórax, mas não é possível determinar se foram provocadas por tiro ou ação de algum objeto cortante. O corpo ainda foi examinado ontem,porém,até o fechamento desta edição permanecia sem identificação.

Cadáver apresentava estado de decomposição

e com conhecimento formal do presidente do Sindicatoréu no dia 2 do corrente mês". O desembargador determinou ao secretário estadual da Segurança Pública, ao delegado-geral da Polícia Civil e ao diretor do Itep que enviem, até a data de fechamento da folha de vencimentos dos funcionários de cada desses órgãos, deste mês corrente, ao secretário estadual da Administração e dos Recursos Humanos, a relação dos que estejam em greve, para desconto dos dias parados, com data inicial no dia 3 de setembro,dia

seguinte à formalização de notificação da ordem judicial. Essas autoridades deverão ainda informar ao relator a data em que a greve for suspensa ou terminada, para os efeitos de reiniciar os pagamentos dos vencimentos. Cláudio Santos também determinou a aplicação de multa ao Sinpol no percentual de 20% sobre o valor da causa, além de aumentar a multa por dia de descumprimento de R$ 10 mil para R$ 15 mil, ficando o procurador geral do Estado incumbido de promover a consequente execução, remetendo ao magistrado a devida documentação comprobatória. "Esclareço, por último, que, na defesa da efetividade e autoridade das decisões emanadas deste Tribunal de Justiça, outras medidas coativas poderão ser tomadas - o que, de ofício, não se pretende, a priori -, bem como para a preservação do Estado Democrático de Direito e do interesse público, onde repousa a essencial necessidade da segurança pública", destaca o desembargador Claudio Santos. (Com informações do Portal do Judiciário).

Assaltante invade casa, rende família e acaba dominado e preso Um assaltante levou a pior na tarde de quinta-feira, 5, e foi espancado por populares. O homem armado entrou em uma casa, na rua Antônio Maia, no bairro de Lagoa Seca, no momento em que o proprietário estava chegando.No local,já estavam a esposa e duas filhas do homem. O bandido conseguiu render as vítimas e começou a perguntar onde era guardado o cofre. O proprietário da casa então foi até o cofre com o assaltante, mas afirmou que não estava com a chave. Então,o ladrão pediu que ele pegasse uma faca para tentar arrombar o cofre. Neste momento,homem foi buscar a faca e quando iria entregar para o bandido, reagiu e se agarrou com ele. O assaltante chegou a atirar duas vezes,mas ninguém foi atingido. Então, a vítima e o ladrão entraram em luta corporal e saíram brigando pela rua. Foi aí que populares ajudaram a dominar o suspeito e iniciaram o linchamento. A Polícia Militar foi chamada para controlar a situação e prender o suspeito, identificado como sendo Ítalo Pereira Severiano, de 25 anos. A vítima, que pediu para ter o nome

preservado, acredita que a ação foi planejada, pois o assaltante estaria sendo orientado por alguém, tendo em vista que ele estava carregando certa quantia em dinheiro. Já Ítalo declarou que estava sozinho. EM MOSSORÓ No final da manhã de sexta-feira,6,em Mossoró,outro suspeito de arrombamento e assalto também se deu mal. Um homem identificado como Willame Daliane Batista Ferreira,31 anos,foi preso em flagrante após arrombar uma residência na Rua Camilo Paula, no bairro Nova Betânia, em Mossoró. De acordo com informações repassadas pela vítima, instantes após o crime, ele avistou uma viatura da Rocam que ia passando e comunicou o fato, repassando as características do elemento, que acabou sendo preso ainda no bairro com o material furtado: uma mochila com roupas, um tênis e R$ 30,00 em cédulas. Após a prisão, o bandido foi conduzido pela viatura 234 composta pelos soldados Ocimar e Getsemani, para a DP de plantão, para ser apresentado à autoridade que tomará as medidas cabíveis.


10 Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Mossoró Impressionando

O que as vitórias têm de mau é que não são definitivas. O que as derrotas têm de bom é que também não são definitivas.

Carlos Augusto impressionandonagazeta@gmail.com

José Saramago

NOTÍCIAS - DESTAQUE DA SEMANA TURBULÊNCIA DEIXA 15 PESSOAS FERIDAS E AVIÃO DA TAM FAZ POUSO DE EMERGÊNCIA EM FORTALEZA Esta semana, uma turbulência pegou desprevenido os passageiros do voo 8065 da TAM, que saiu de Madri com destino ao Aeroporto de Guarulhos. A aeronave que operava o voo JJ8065 (Madri - São Paulo/Guarulhos) pousou no aeroporto de Fortaleza às 1h36 (hora local) da segunda-feira passada, 2, após passar por uma forte turbulência, que provocou ferimentos em 12 passageiros e 03 tripulantes. A aeronave aterrissou em no aeroporto de Fortaleza e os feridos foram encaminhados para atendimento

médico.Minha opinião: o que se percebe é o seguinte, por mais que o comissariado tentem conscientizar os passageiros da importância de estar sempre com o cinto afivelado durante o período do voo, menos as pessoas colaboram. A obrigação de estar com o cinto na realidade é so nos pousos e decolagens, porém, por uma questão de segurança se aconselha, ao estar sentado, manter sempre o cinto afivela-

SERVIÇO

do. Muitas vezes, as turbulência acontecem sem dar tempo ao comandante de avisar e evitar o pior, como aconteceu nesse voo. 15 pessoas machucadas, algumas com traumas sérios. Portanto, fica o aviso: a não ser que você precise ir ao banheiro, mantenha-se na aeronave sempre sentado e com o conto bem afivelado. Assim, suas chances de escapar de um problema ileso serão maiores. SAVE THE DATE FARRA DO AVIÕES. E VAI ROLAR A FESTA, VAI ROLAR...

O mês de setembro começou e a expectativa do público aumenta para a chegada da Farra do Aviões. O evento acontecerá no dia 29,véspera de feriado na cidade de Mossoró, no Espaço Villa Oeste a partir da 17h. Serão mais de 10 horas de festa para ninguém ficar parado As vendas do primeiro lote de acessos promocionais já começaram a ser realizadas no Centro Empresarial Caiçara, loja 5. A grande festa ficará por conta das bandas Aviões do Forró,Solteirões do Forró,Lagosta Bronzeada,André Luví e Pegada de Luxo. Os acessos estão disponíveis para pista, Aréa VIP (Front Stage) e Camarote. O Camarote 1ª Classe vem trazendo novidades especiais para quem gosta de conforto e muita mordomia. O espaço será montado nas laterais do palco, com vista privilegiada para os shows, acesso ao backstage, além de cerveja Skol e refrigerante free durante toda a festa.Os acessos do primeiro lote são limitados e é preciso ficar atento para não perder as promoções de lançamento.

CONFIRA AQUI O ESQUEMA DE ACESSO PARA SHOW DE BEYONCÉ EM FORTALEZA

A Cantora Beyoncé faz show em Fortaleza hoje na Arena Castelão e, segundo informações, mais de 200 mossoroenses, inclusive este que vos escreve, a essas alturas estarão na capital cearense na expectativa de assistir a esse mega evento. O esquema de acesso e segurança para o show de Beyoncé foi divulgado na terça-feira,dia 3.De acordo com e-mail recebido da organização do evento, a expectativa é de 35 mil a 40 mil pessoas estejam na Arena Castelão hoje. Fortaleza será a primeira cidade do Brasil a receber a nova turnê da cantora america The Mrs. Carter Show. Além de Fortaleza, a cantora americana se apresenta em outras quatro cidades brasileiras.

400 vagas. Lá, o público pagará um ticket de R$ 4,00 e deverá tomar um táxi até o local do show. TRÂNSITO De acordo com a organização, as avenidas Paulino Rocha e Alberto Craveiro devem ter único sentido no domingo. Uma mão da Paulino Rocha deve ser reservada apenas para fluxo de pedestres. O restante da via deve ser direcionado para o tráfego dos veículos com adesivo de estacionamento. Na lateral da Arena, na Rua do Contorno, o trânsito vai ser apenas para os carros que vão para os estacionamentos (aberto e fechado) e os táxis credenciados para o evento. Por fim, vans e ônibus irão passar apenas pela Avenida Juscelino Kubitschek.

ENTRADA Os portões estão previstos para ser abertos a partir das 16h30. Segundo a organização, mais de 100 pessoas devem orientar o público no esquema. ESTACIONAMENTOS Para quem quiser ir de carro, a capacidade do estacionamento da Arena Castelão é de 3.400 vagas. Os adesivos que dão acesso à área estão à venda por R$ 20,00 nos pontos de venda do evento no shopping Via Sul e no North Shopping, no terceiro piso. Os adesivos permitem a entrada nos estacionamentos coberto e descoberto da Arena Castelão.As vagas serão ocupadas por ordem de chegada. O estacionamento descoberto abrirá às 14h,do dia do show e o coberto,às 16h30. Outra opção é o bolsão no Shopping Via Sul, que terá

Esquema de trânsito para show de Beyoncé (Foto: jornal o Povo)

SEGURANÇA Segundo a organização do show, a segurança dentro evento será feita por mil seguranças particulares. O comando de policiamento da capital informou que haverá efetivo motorizado, a pé, além da cavalaria. Os policiais militares estarão distribuídos em dois carros do Choque, três equipes do Raio, sete equipes dos batalhões da PM e 50 homens do Batalhão de Policiamento de Eventos.

Estirão MAS QUE BOLA FORA, HEIN DR MESSI.. Deu no francês Le Monde. Quando achava que ia entrar com bola e tudo, Messi acabou desarmado e ainda levou um lençol do Fisco espanhol. É que nas declarações de Imposto de Renda de 2006 a 2009, ele informou que os direitos de imagem dele tinham sido negociados com empresas de paraísos fiscais, tipo Belize e Uruguai. O jogador também tinha assinado contratos de prestação de serviços em países como Suíça e Reino Unido. Tudo isso para escapar da Receita Federal espanhola, claro. Só que a zaga do time de fiscais espanhóis se recuperou a tempo e Messi já teve que pagar 5 milhôes de euros só pra começar o acordo, sob pena de ele e o pai, mentor da engenharia, irem em cana. Mamma Mia! COMPETÊNCIA, A GENTE VÊ POR AQUI A Coluna TEENS E TAIS desta GAZETA esta semana esteve em festa pelos 5 anos que a sempre muito antenada Rafaella Costa esta a frente como colaboradora da mesma . Rafaela, que já estreou prometendo,hoje faz parte do seleto grupo dos colunistas que escrevem bem e despertam o interesse na sua leitura. Não é tarefa fácil escrever uma coluna diária, e ainda mais com a qualidade e competência que o texto de Rafaella Costa passa. Um texto enxuto, informativo e de conteúdo sempre rico. Parabéns, Rafaella. Você é uma mulher impressionante. EU INDICO... 3 cds que não saem mais do meu carro.Vanessa da Mata Canta Tom Jobim, Arnaldo Antunes Ao vivo lá em e Nando Reis, Sei. Eu recomendo de olhos fechads. Musica de qualidade que da um fôlego e um basta em tanto forró e Anittas da vida... BOM DE SE VER, BOM DE SE LER, BOM DE SE ESCUTAR... E vejam que notícia bacana de se publicar. Veja como a música brasileira faz sucesso lá fora. No oitavo episódio da atual temporada de Dexter, o seriado americano, o personagem principal dirige seu carro ouvindo Desafinado, na voz de João Gilberto. De emocionar, pode crer! ACORDA CRIATURA... Ei, nesse cenário que vivemos de competitividade , não se admite que algumas empresas não tenham ainda um departamento de telefonia eficiente. Esta semana tentando contatar uma famosa empresa de venda de automóveis, levei um chá de ouvido de 12 minutos, tendo que suportar aquela musiquinha chata e insistente, que se o cristão ouvir por muito tempo, padece até de ficar com algum tipo de trauma irreversível. E para piorar, desliguei sem ser atendido. O que é que custa esta telefonista ou recepcionista, sei lá o nome que se dá, pedir o telefone ao cliente e depois retornar a ligação? Assim não tem segmento que segure uma crise! E ainda reclamam da pobre de Dilma... REVEILLON 2014 DO HOTEL THERMAS O Thermas Hotel e Resort já definiu as atrações que vão animar a sua tradicional festa de réveillon. Estão confirmadas as presenças do fenômeno André Luvi e da cantora Natali Vox. O réveillon 2014 do Thermas promete ser um dos mais animados do estado, já que os artistas contratados são conhecidos pelo repertório animado e energia que levam ao palco. A festa é conhecida na região pela sua qualidade, conforto, segurança e também pelo show pirotécnico que é sempre um espetáculo à parte na hora da virada. Quem quiser se antecipar e garantir um lugar no réveillon 2014 do Thermas Hotel e Resort, basta entrar em contato com o setor comercial. O LADO BOM DE AMOR A VIDA ... Amor à Vida é um celeiro de atores em estado de graça. Mateus Solano, Elizabeth Savalla, Tatá Werneck, Luís Mello, Bárbara Paz, Rosamaria Murtinho, Nathália Timberg e Malvino Salvador são alguns deles. E Vanessa Giácomo tem um lugar de destaque nesse grupo. Sua Aline é uma das personagens mais dissimuladas,sonsas e perigosas que já apareceram na teledramaturgia. E o rostinho de anjo e a voz doce da atriz servem como uma luva para um papel tão complexo. É verdade que alguns golpes da secretária no patrão-amante, César, são óbvios demais para que um homem tão vivido como o médico não percebesse. Mas isso não compete a atriz, que dá um show de interpretação. De 10!


Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Cidades

ÁGUA

Abastecimento de Jucurutu é normalizado

Editora: Kalidja Sibéria cidades@gazetadooeste.com.br

SAÚDE 4

Profissionais do Mais Médicos já atuam no RN

rurais

5

WILSON MORENO

TRABALHADORES

LUTAM POR TERRAS

KALIDJA SIBÉRIA Da Redação

A

visita, esta semana,de representantes da Igreja Católica ao acampamento das famílias camponesas que estão sendo desapropriadas de suas terras para dar lugar ao Projeto de Irrigação na Chapada do Apodi, novamente chama a atenção da sociedade para o drama vivido na região. As 1.200 famílias instaladas no Assentamento Edivan Pinto ocupam as terras que fazem parte dos lotes desapropriados para o projeto do Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (DNOCS) na Chapada,mais precisamente no quilômetro 69 da BR 405. Há mais de um mês instaladas no acampamento, as famílias, todas compostas por agricultores,buscam obter terras para morar e desenvolver a agricultura familiar. Além disso, a ocupação foi feita com o objetivo de resistir contra o projeto do Dnocs,apelidado de "Projeto da Morte" e que consiste em desocupar as áreas dos trabalhadores rurais que produzem agricultura familiar para que a administração desta área seja feita por cinco empresas do agronegócio.

Uma dessas famílias é a da agricultora Damiana da Silva. Ela está acampada desde o primeiro dia, juntamente com seu esposo e os dois filhos adolescentes. Eles moravam numa casa alugada na zona urbana de Apodi, onde pagavam R$ 150,00 por mês. "A gente não tava mais podendo pagar o aluguel. Entregamos a casa e viemos para o acampamento na esperança de conseguirmos uma terra para morar e dela tirar o nosso sustento. É muito

injusto o Governo dar terras para grandes empresários ricos,enquanto nós pobres e trabalhadores não recebemos nada fácil. A forma que encontramos para tentar conseguir ajuda foi essa, e por isso vamos ficar acampados aqui até que a gente consiga alguma coisa", diz, enquanto mostra à reportagem o pequeno barraco de lona onde está vivendo com a família. No local, cabem apenas as quatro redes e pequenos utensílios domésticos usaWILSON MORENO

Acampamento já tem mais de mil famílias instaladas

Damiana da Silva se diz esperançosa para conseguir um lugar para morar

dos para fazer a comida. Em um dos cantos,uma panela de arroz fervia no fogo feito à lenha dentro do próprio barraco. Sobre a espera, Damiana da Silva diz que às vezes até perde a esperança de que um dia terá seu próprio lugar para morar e plantar. "A gente desanima, pensa que nunca vai conseguir, mas no mesmo instante volta atrás e tenta pensar positivo. Estar aqui nesse acampamento sem nenhum conforto é ruim,mas eu tento pensar que esse sofrimento vai acabar logo e nós vamos ter um lugar digno para morar. Quando penso nos meus filhos, então toda a falta de esperança vai embora e Deus nos dá forças para seguir lutando", emociona-se. A água utilizada é comprada pelos próprios acampados e levada em carrospipa onde é despejada numa piscina de plástico,e dela cada família retira o necessário para o uso em seus barracos. No local não há energia elétrica nem banheiros.As necessidades fisiológicas são feitas em sacolas plásticas e jogadas no mato ou enterradas.

De acordo com a coordenadora do Movimento dos Sem-Terra (MST) na região,Neide Cordeiro,as famílias só deixarão o acampamento quando as terras forem remetidas a eles. Segundo ela, uma equipe do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) já esteve no local e iniciou uma pesquisa na região para detectar terras que possam ser entregues aos trabalhadores rurais. "A gente só sai daqui para as nossas terras", declara. Neide Cordeiro lamenta a situação e afirma que "se é pra vir recurso do Governo Federal, então que venha pra agricultura familiar e não para o agronegócio,que só vai poluir nossas terras,nossas águas e explorar a nossa gente". Dentre as associações dos assentamentos da Chapada do Apodi na resistência junto ao MST, estão Laje do Meio,Nova Descoberta, Milagres, Santa Cruz, Bamburral, Sítio do Góis. Capitaneado pelo Ministério da Integração Nacional através do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS)

e com investimentos provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o "Projeto de Irrigação Santa Cruz do Apodi", poderá ser instalado na região da Chapada do Apodi, entre os municípios de Apodi e Felipe Guerra. O referido projeto pretende desapropriar cerca de 13.855 hectares para a implementação de um programa de fruticultura irrigada. No local habitam,atualmente, cerca de 800 famílias, divididas em cerca de 30 comunidades rurais.São grupos populacionais que possuem aspectos culturais, históricos e sócio-econômicos próprios, constituindo-se uma referência nacional em produção agroecológica e familiar. A região apresenta, também, características de relevo, fauna e flora peculiares, possuindo uma ampla lista de espécies endêmicas, bem como formações arqueológicas de grande importância para o patrimônio histórico e cultural brasileiro que, da mesma forma, encontram-se em risco latente de degradação. WILSON MORENO

Produtores rurais temem poluição A região da Chapada do Apodi vem se consolidando como uma das experiências mais exitosas de produção de alimentos de forma agroecológica e familiar do nordeste, destacando o arroz, frutas, criação de caprinos, ovinos e bovinos, projetos de piscicultura, além do mel de abelha, maior produtora de maneira orgânica do país. Com a possibilidade de instalação de grandes empresas de fruticultura irrigada os pequenos produtores temem que o uso de agrotóxicos prejudique suas produções e até mesmo a saúde da comunidade. Desde o ano de 2011, terras da Chapada do Apodi estão sendo desapropriadas para o perímetro irrigado.Centenas de famílias estão sendo expulsas de suas

terras para dar lugar a um projeto que, na visão dos trabalhadores, vai destruir as comunidades camponesas e todo o trabalho de agricultura familiar desenvolvido na região. No Assentamento Milagres moram 28 famílias e a maioria delas sobrevive da produção do mel de abelha. Mesmo não fazendo parte das terras que serão desapropriadas, a possibilidade da utilização de agrotóxico pelas empresas que farão parte do perímetro irrigado preocupa os pequenos produtores. "A gente sabe que essas grandes empresas usam os agrotóxicos e esse veneno acaba matando também as abelhas e, se isso acontecer, vamos ter a produção prejudicada ou até mesmo extinta. Nós todos estamos com medo e não

sabemos o que fazer para que isso não venha a acontecer",disse a vice presidente do Assentamento Milagres, Neli Cleide. Além da produção de mel, a localidade também é referência no manejo e cultivo de frutas, legumes e verduras. A produção abastece o comércio local de Apodi e comunidades vizinhas. Um dos pequenos produtores é Raimundo Maurílio, que fez do seu quintal um verdadeiro pomar, de onde ele tira o sustento da família vendendo a produção tanto para os mercados da cidade como também na Feirinha de Agricultura Familiar,que acontece todos os sábados,ao lado do mercado Público de Apodi e reúne os agricultores de várias comunida-

des da Chapada. No terreno de Raimundo Maurílio é possível encontrar laranja, jerimum, coentro, cebola, macaxeira,banana,mamão e diversos outros tipos de frutas. Ele também tem uma criação de galinhas que são abatidas e também vendidas na feirinha. O agricultor conta que não utiliza nenhum tipo de agrotóxico e o adubo é orgânico e feito no próprio quintal da casa. Ele acredita que a mistura das plantas é eficaz na prevenção de pragas. "A gente planta tudo junto e as plantas produzem a sua própria defesa", revela. Muitos dos pequenos produtores também vendem seus produtos para o município utilizar na merenda escolar.

Raimundo Maurílio é um dos pequenos produtores


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Sociais

Alto-Oeste

A VIDA CONTA... A CASA QUE A FOME MORA

Soraya Vieira sorayavieiraf@gmail.com twitter: @sorayavieiraf site: www.sorayavieira.com.br

REPRODUÇÃO

REPRODUÇÃO

AGENDA CIDADÃ Pau dos Ferros Finecap Sábado, 7 Dorgival Dantas Biquíni Cavadão Giannini e Thábata Domingo, 8 Luan Santana Farra de Rico Arreio de Prata

O poeta Dorgival, no sábado FOTOS: WWW.SORAYAVIEIRA.COM.BR

O cantor Luan Santana, no domingo

Prefeito de Pau dos Ferros, Fabrício Torquato, faz discurso na abertura da IX edição da Vitrine Cultural "Xanana Diógenes"

O poeta Antônio Francisco foi o palestrante da Sessão Magna Branca

Grupo de Violões da Casa de Cultura Joaquim Correia

Lançamento do livro "Pau dos Ferros à sombra da oiticica", de autoria do poeta Manoel Cavalcante. Aqui, com o prefeito Fabrício Torquato

Vi num barraco de lona Um fio de esperança, Nos olhos de uma criança, De um pai abandonado, Primo carnal do pecado, Irmãos dos raios da lua, Com as costas seminuas Tatuadas de caliça Pedindo um pão da justiça Do outro lado da rua. Vi a gula pendurada No peito da precisão, Vi a preguiça no chão Sem ter força de vontade, Vi o caldo da verdade Fervendo numa panela, O jejum numa janela Dizendo: aqui ninguém come! Ouvi os gritos da fome, Mas, não vi o rosto dela.

Apresentação do Grupo Dançart com o espetáculo: Pau dos Ferros 157 Anos

Coral Voart da 15ª Dired

O coordenador de Cultura, Israel Vianney, fazendo a abertura da IX edição da Vitrine Cultural "Xanana Diógenes"

Vi o orgulho ferido Nos braços da ilusão, Vi pedaços de perdão Pelos iníquos quebrados, Vi sonhos despedaçados Partidos antes da hora, Vi o amor indo embora Vi o tridente da dor, Mas nem de longe vi a cor Da casa que a fome mora:

Secretária de Educação, Francisca Dantas de Lima Costa, fala na abertura da Vitrine Cultural

Passei a noite acordado Sem saber o que fazer, Louco, louco pra saber Onde a fome residia E por que naquele dia Ela não foi na favela E qual o segredo dela, Quando queria pisava Amolecia e matava E ninguém matava ela? No outro dia eu saí De novo á procura dela, Mas não naquela favela, Fui procurar num sobrado Que tinha do outro lado Onde morava um sultão. Quando eu pulei o portão Eu vi a fome deitada Em uma rede estirada No alpendre da mansão.

Eu pensava que a fome Fosse magricela e feia, Mas era uma sereia De corpo espetacular E quem iria culpar Aquela linda princesa De tirar o pão da mesa Dos subúrbios da cidade ou pisar sem piedade Numa criança indefesa? Engoli três vezes nada E perguntei o seu nome. Respondeu-me: sou a fome Que assola a humanidade, Ataco vila e cidade Deixo o campo moribundo, Eu não descanso um segundo Atrofiando e matando Me escondendo e zombando Dos governantes do mundo. Me alimento das obras Que são superfaturadas, Das verbas que são guiadas Pros bolsos dos marajás E me escondo por traz Da fumaça do canhão, Dos supérfluos da mansão, Da soma dos desperdícios, Da queima dos artifícios Que cega a população. Tenho pavor da justiça E medo da igualdade, Me banho na vaidade Da modelo desnutrida, Da renda mal dividida Na mão do cheque sem fundo, Sou pesadelo profundo Do sonho do bóia-fria E almoço todo dia Nos cinco estrelas do mundo. Se vocês continuarem Me caçando nas favelas, Nos lamaçais das vielas Nunca vão me encontrar, Eu vou continuar Usando meu terno xadrez, Metendo a bola da vez, Atrofiando e matando, Me escondendo e zombando Da burrice de vocês. ANTÔNIO FRANCISCO


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Natal Rodrigo Loureiro rodrigo_sloureiro@hotmail.com twitter: @loureirorn site: www.rodrigoloureiro.com.br

Sociais ‘EU, RIO’ As atrações da festa 'Eu, Rio' sem dúvida nenhuma casaram perfeitamente com o clima do evento. Já na entrada da festa, os convidados eram recepcionados pela Balanço do Morro, escola de samba natalense que levou sua bateria nota 10. No palco principal, Isaque Galvão, com muito samba, agradou Gregos e Troianos. O Dj Luiz Couto mostrou porque é referência nas pick-ups. E a Bateria da Mangueira trouxe toda magia do samba carioca para o Olimpo Recepções. O público, uma energia só. Valeu, Chrystian de Saboya, mais um festão! FOTOS: JOVINHO/JOÃO NETO/KÁSSIA FERNANDES/EDUARDO KENNEDY/ALEX COSTA

Chrystian de Saboya com Cleiber e Ceição Rosado

Denise e Arnaldo Gaspar com Zélia Madruga. Quero bem!

Casal que a coluna curte: Akira Yano e Renée Silveira

Laíre e Sandra Rosado, nos embalos da Eu, Rio!

As queridas da coluna, Zélia Madruga e Sandra Elali

Em pose no Olimpo, Terezinha e Zé Antônio Menezes

Sempre doce Kyara Bezerra, com o seu Gustavo

Mariana Alves, Nilton Júnior e Ana Zélia Facci, queridos!

Vânia Leite com Fran, Fátima e Tâmisa Vieira

Magnólia Fonseca, Aimberê Câmara e a deputada Márcia Maia

Gladys e Fernando Fernandes com Wilma de Faria e Maurício

Joãozinho, Mayuri e Lidyane - Equipe JB Cerimonial. Eu, Rio!


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Sociais Gente de Umarizal

Quando ensinar, não seja arrogante.

CESIMAR OLIVEIRA cesimardeoliveira@yahoo.com.br cesimaroliveira@bol.com.br gentedeumarizal.blogspot.com

BLOG GENTE DE UMARIZAL

RICARDO PEREIRA

Jovem casal Cícero Renato/Patrícia. Ela aniversaria hoje e a coluna envia muitos parabéns para esta figura bonita e simpática. Patrícia Duarte será a entrevistada deste sábado, no blog Gente de Umarizal. Tintim!

Empresária elegante e muito atenciosa, Alzir Lisboa, de Pau dos Ferros, é a aniversariante vip de hoje, recebendo muitas felicitações. Na foto, com o esposo Souza. Tudo de bom!

Colunista social Rafaella Costa, de Mossoró, e o love, advogado Disraelli Moura, prestigiando a festa de Chrystian de Saboya

Abastecimento de Jucurutu é normalizado após 18 dias de suspensão sistema de abastecimento de água da cidade de Jucurutu voltou a funcionar esta semana, após 18 dias de suspensão, e já está atendendo os 18 mil habitantes do município e de localidades rurais da região. O fornecimento havia sido paralisado no dia 12 de agosto, em função da baixa vazão no rio Piranhas-Açu. O nível da água foi normalizado após a abertura das comportas do reservatório Curema Mãe D'Água, responsável pelo abastecimento de 147 municípios, sendo 45 no Estado do Rio Grande do Norte e 102 municípios no Estado da Paraíba. A solicitação foi feita pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN) e pela Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH) à Agência Nacional de Águas (ANA), que ampliou a vazão de 3,39 m³/s para 4,5 m³/s. Após a autorização, a abertura foi feita pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas

REPRODUÇÃO

O

O fornecimento de água havia sido paralisado no dia 12 de agosto

(DNOCS), órgão gestor dos reservatórios. Apesar da ação, realizada no início de agosto, a água começou a chegar para captação no sistema de Jucurutu na sexta-feira,30 de agosto e o abastecimento foi normalizado três dias depois. AÇÕES COMBINADAS De acordo com a gerente de Controle de Empreendimentos da Caern, Geny Formiga, o monitoramento e fiscalização de todo o tre-

BLOG GENTE DE UMARIZAL

BLOG GENTE DE UMARIZAL

CEDIDA

Trio poderoso na festa 'Eu, Rio': George Azevedo, Chrystian de Saboya e Cesimar de Oliveira. E aí, vai encarar?

TARDE SOLIDÁRIA É hoje a Tarde Solidária, o evento beneficente em prol da Apae de Pau dos Ferros, que acontecerá no Éden Clube. Promovido pelo jovem Erickson Queiroz, o evento é totalmente custeado por patrocinadores e parceiros. Com isso, a renda integral da bilheteria é revertida para a Apae de Pau dos Ferros, que está na luta para construir sua sede própria. Os ingressos para a Tarde Solidária continuam à venda,com preço promocional antecipado de R$ 10,00 nos seguintes pontos de venda: Loja Romeu e Julieta - Hertz Hotel, Avenida da Independência, 1705 Fone: 3351-4290; Loja Caramelo - Travessa Téofilo Rêgo, 66, Centro - Fone: 3351-4691; Loja Max Modas - Travessa Teófilo Rêgo, 120, Centro - Fone: 33512754; Academia Vida Ativa; Na Ufersa, com Moisés Eduardo. A Tarde Solidária acontecerá no sábado de Finecap, hoje à tarde, a partir das 16h, e os horários dos shows já estão definidos e começarão pontualmente. Confira: 16h - Amanda Gomez & Forró a Doiz 17h30 - Anízio Júnior & Forró Pé de Serra 19h - Giannini & Thábata

cho do Rio Piranhas-Açu compete à Agência Nacional de Águas, mas a Caern vem atuando como parceira neste trabalho."A legislação estabelece que em rios de domínio da União, a ANA é o órgão gestor que define que ações devem ser realizadas,não cabendo aos estados interferirem nesta gestão sem a devida delegação da autoridade pela agência", esclareceu. O trabalho da ANA e do Dnocs está sendo acompa-

nhado também pelos órgãos gestores dos estados do Rio Grande do Norte e da Paraíba, como a Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH), o Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte (IGARN) e a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (AESA), que também tem municípios abastecidos pelo Sistema Curema Mãe D'Água.

A ex-governadora Wilma de Faria era presença de destaque na festa 'Eu, Rio', ao lado de José Maurício. Muito cortejada pelos presentes!

Pesquisadores da UFRN solucionam mistério de 60 anos na Astrofísica Dois pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) estão envolvidos na recente descoberta da mais velha estrela gêmea do sol já identificada, com 8,2 bilhões de anos. Os professores José Dias do Nascimento e Matthieu Castro, ambos do Departamento de Física Teórica e Experimental (DFTE), fazem parte da equipe de quatro pesquisadores, liderada pelo professor Jorge Melendez, da Universidade de São Paulo (USP). A estrela, que foi batizada de Hipparcos 102152,ou HIP 102152,fica a 250 anosluz de distância do nosso planeta,localizada na constelação de Capricórnio. Para sua observação,foi necessária a utilização do Very Large Telescope (VLT) do Observatório Europeu do Sul (ESO), que se encontra no norte do Chile, durante um período de 40 noites. As observações sugerem que HIP 102152 possui planetas rochosos em sua órbita, tais como Vênus, Mercúrio e Terra e que sua temperatura, gravidade e composição química são similares às do sol. Essa descoberta oferece aos cientistas a

possibilidade de entender como o nosso astro vai envelhecer nos próximos bilhões de anos. A pesquisa mostrou ainda que, como acontece com o sol, a estrela gêmea apresenta níveis muito baixos de lítio. Tal fato demonstra pela primeira vez que astros mais velhos e semelhantes ao nosso sol perdem esse elemento químico ao longo da vida,ajudando a solucionar um "mistério" que já durava 60 anos na astrofísica. O caminho da pesquisa agora, até 2015, é detectar novas estrelas gêmeas,mais velhas e também mais novas,que possam ajudar a entender melhor a dinâmica de envelhecimento solar. A descoberta de "superterras", com massa entre 5 e 10 vezes maiores que a nossa, também é uma meta.

A estrela, que foi batizada de Hipparcos 102152, ou HIP 102152, fica a 250 anos-luz de distância do nosso planeta


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Cidades CEDIDA

Turismo, Cultura e Lazer Liszt Madruga lisztmadruga@hotmail.com jornalistalisztmadruga@hotmail.com

CONGRESSO DA ABAV

O objetivo do Programa é levar profissionais às regiões onde há escassez e ausência de médicos, para atuar na Atenção Básica

Profissionais do Programa Mais Médicos já atuam no Rio Grande do Norte o Rio Grande do Norte, já estão em exercício 16 dos 25 médicos brasileiros cadastrados na primeira fase do Programa Mais Médicos, do Governo Federal. Esses profissionais estão distribuídos nos municípios de Bom Jesus, Caraúbas, Extremoz, Lagoa de Pedras, Macaíba, Monte Alegre, Natal, Olho d'Água do Borges, Porto do Mangue, Serra Caiada e Touros. Quanto aos demais, até o próximo dia 14, ainda podem se apresentar três médicos em Natal e um em Ielmo Marinho. Houve quatro desistências, referentes aos municípios de Natal, Alexandria e Macaíba. Além disso, a cidade de Riacho da Cruz, que receberia um profissional, descredenciou-se do Programa, devido ao fato de sua equipe médica já estar completa. Já no dia 16 de setembro, será a vez de chegarem ao Estado os 25 estrangeiros selecionados, incluindo os sete cubanos que virão em função do acordo do Ministério da Saúde com a Organização PanAmericana da Saúde (OPAS). Esses médicos já se encontram no Brasil, onde estão sendo qualificados e avaliados com foco nos conhecimentos da Língua Portuguesa e das políticas do Sistema Único de Saúde (SUS). Aqueles que virão para o RN estão participando da qualificação em Fortaleza, no Ceará. Com relação à distribuição dos estrangeiros no Estado, dos 18 referentes ao Programa Mais Médicos, o município de CearáMirim receberá três advindos da Espanha, Macaíba contará com profissionais da Argentina (02), Cuba (01) e Espanha (01), já o município de Natal receberá profissionais da Argen-

N

tina (03), Espanha (04) e Rússia (02), enquanto que São Miguel do Gostoso ficará com um médico da Itália e Touros com um profissional de Portugal. Dos cubanos relacionados à cooperação técnica com a Opas, três irão para São Miguel, dois para Riacho de Santana e dois para São Tomé. Para acolher todos os profissionais vindos por meio do Mais Médicos, a Comissão Estadual do Programa de Valorização dos Profissionais na Atenção Básica (PROVAB), responsável pelo seu monitoramento, promoverá, no próximo dia 19, um evento com o objetivo de apresentar as regiões de Saúde e redes de assistência no RN, de modo a discutir sobre a realidade do SUS no estado. A Comissão é composta por técnicos da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP), Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Norte (CONASEMS) e por instituições de ensino superior, a Universidade Federal (UFRN) e a Universidade Estadual do RN (UERN). Na última sexta-feira, 30 de agosto, o Ministério da Saúde concluiu a segunda fase de inscrições no Programa Mais Médicos, com o cadastramento de mais 514 municípios e 25 distritos indígenas, totalizando, assim, 4.025 cidades participantes. Além disso, foram inscritos mais 3.016 profissionais formados no Brasil e exterior.O RN será contemplado com mais 17 médicos, que irão para os municípios de Espírito Santo, Francisco Dantas,Ipanguaçu,Itajá,Janduís,Jardim de Piranhas,Lagoa de Velhos, Lagoa Salgada, Pau dos Ferros, Pedra Grande, Poço Branco, Serra do Mel,

Upanema, Viçosa. De sexta-feira passada, 6, até a próxima segundafeira, 9, os profissionais brasileiros inscritos nessa segunda fase devem fazer a homologação, momento em que firmam o compromisso de trabalho no Mais Médicos. Já entre os dias 16 e 18 de setembro, será a vez dos estrangeiros homolagarem, ficando as vagas remanescentes para os médicos cubanos da cooperação com Opas. Nessa segunda etapa, os brasileiros começam a se apresentar aos municípios em 1º de outubro. Já os estrangeiros chegam ao Brasil entre 4 e 6 de outubro, sendo avaliados entre os dias 7 e 25 desse mesmo mês e recebidos nas cidades em 28 de outubro. MAIS MÉDICOS O objetivo do Programa é levar profissionais às regiões onde há escassez e ausência de médicos, para atuar na Atenção Básica. O programa terá duração de até três anos, podendo ser prorrogado por igual período. Os médicos receberão uma bolsa-formação, paga pelo Governo Federal, no valor de R$ 10 mil reais por mês. Esses profissionais terão supervisão de uma universidade e durante o período de participação poderão cursar especialização em Atenção Básica. Além disso, terão uma ajuda de custo para instalação. Os municípios ficarão responsáveis pela moradia e alimentação desses médicos. Já a Sesap é responsável por prestar apoio institucional aos municípios no processo de implantação e acompanhamento do programa, qualificação da Atenção Básica, bem como ampliação e consolidação da Estratégia Saúde da Família.

A Secretaria de Turismo de Natal esteve presente na 41ª ABAV - Feira de Turismo das Américas, realizada em São Paulo, com a participação do secretário Fernando Bezerril, o diretor de Promoções Turísticas, Francisco Cunha Neto, o consultor Carlos Sodré e da jornalista Nara Rodrigues (Foto), realizando um trabalho de corpo a corpo na divulgação da cidade. Durante o evento, o secretário visitou a sala de imprensa e teve um bate-papo com os jornalistas especializados do turismo expondo os projetos que estão sendo desenvolvidos no turismo e buscando a realização de matérias sobre Natal nos grandes veículos nacionais. Bezerril conquistou pontos positivos para o turismo natalense. CONGRESSO DA ABAV II Adotando um modelo inovador, a solenidade de abertura da 41ª ABAV - Feira de Turismo das Américas, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo, teve um formato de Talk Show. Liderado por Rosana Jatobá, jornalista brasileira e profissional com experiência de 12 anos na Rede Globo,o encontro foi constituído por perguntas dirigidas às autoridades presentes e as quais abordaram iniciativas desenvolvidas pelas entidades e pelos órgãos representativos do setor para aprimorar o mercado de viagens no país. CONGRESSO DA ABAV III Além de Gastão Vieira, ministro do Turismo,estavam presentes à solenidade:Antônio Azevedo, presidente da Abav Nacional, Alexandre Sampaio, representando Antônio Oliveira Santos, presidente da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC); Cláudio Valverde, secretário de Turismo do Estado de São Paulo; Douglas Simões, presidente da Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (ABETA); Edmar Bull, presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens Corporativas (ABRACORP); Flávio Dino, presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (EMBRATUR); Luís Barreto, presidente do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE); Marcelo Rehder, presidente da SPTuris; Marco Ferraz, presidente da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (BRAZTOA), e Ronald Ázaro, presidente do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (FORMATUR), entre outras autoridades. O evento foi um grande sucesso. FESTIVAL DO TURISMO O Festival do Turismo de João Pessoa se aproxima da sua terceira edição. O 3º Festuris JPA será realizado nos dias 27 e 28 de setembro, no Centro de Convenções de João Pessoa com a participação de aproximadamente mil profissionais do turismo, sendo 700 agentes de viagens que marcam o crescimento de quase 30% em comparação com 2012. Entre os participantes, os mais atuantes agentes de viagens da região Nordeste.

FESTIVAL DO TURISMO II Criado para fortalecer o destino Paraíba e trazer novas e melhores ofertas de produtos e serviços turísticos para operadoras e agências de viagens do mercado nordestino, o Festuris JPA se fortalece, a cada edição, como o evento ideal para alavancar negócios entre empresas e profissionais de toda cadeia produtiva do turismo. Graças ao trabalho e investimentos de empresas dos setores público e privado do Estado - como ABIH, Abav, Convention Bureau, Sebrae, Fecomércio, Governo da Paraíba, Prefeitura de João Pessoa e de importantes cidades do interior do Estado - o festival foi eleito, no ano passado, como maior evento de turismo no Nordeste em número de agentes de viagens participantes. FESTIVAL DO TURISMO III A excelente localização de João Pessoa e a crescente participação de agentes de viagens de diversas cidades e Estados, no mesmo local e no mesmo período, fazem do Festuris o cenário ideal para a geração de negócios, imediatos e futuros. Além de otimizar os contatos, concentrando a troca de informações e a distribuição de material, o evento estimula a realização de negociações e a renovação de parcerias entre operadores e agentes de viagens com destinos, hotéis, parques temáticos e os mais diversos fornecedores do setor. Na última edição, em 2012, 91% dos expositores realizam negócios durante o do festival e para 72% do evento superou as expectativas iniciais. FESTIVAL DO TURISMO IV Nesta edição,o Festuris ganha nova formatação, atendendo as necessidades do crescimento do evento.Entre as novidades, a Rodada de Negócios coordenada pelo Sebrae que será realizada em espaço exclusivo; a criação de dois novos auditórios para capacitação totalizando três ambientes distintos para realização de workshops simultâneos; a ampliação da sala de imprensa e da área de eventos e alimentação. FESTIVAL DO TURISMO V Os expositores do segmento de mobilidade também terão espaço próprio para apresentarem seus produtos e separado da área de exposição comum onde ficarão os lounges e módulos dos expositores. Entre os expositores já confirmados no evento, 19 destinos, cinco companhias aéreas, três consolidadoras, várias operadoras de turismo, redes hoteleiras, hotéis, resorts e pousadas além de locadoras e tecnologia para o turismo. FESTIVAL DO TURISMO VI A programação paralela do Festuris também trás novidades. Evento paralelo desde a primeira edição do festival, o Fórum Empresarial do Turismo é realizado pelo Convention Bureau de João Pessoa e pelo Sebrae da Paraíba e anualmente, apresenta cases e palestrantes de destaque no cenário do turismo para um público de empresários, executivos, políticos e acadêmicos. Este ano, sua programação reúne três titãs do turismo nacional, os empresários Guilherme Paulus (CVC), Aroldo Schultz (Schultz) e Luis Paulo Luppa (Trend e autor do Vendedor Pit Bull) e ainda o Presidente da Confederação Nacional do Turismo, Nelson Abreu e a primeira palestrante internacional, Maria José Alves, Diretora Executiva do Convention Bureau de Estoril/Portugal. Mais informações: festivalturismojoaopessoa.com.br, | 55.83.3245.6856. Communicare por Simone Farret 55.84.9981-4880 e 3641-1241.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Sociais Assu

“ ”

Tenha fé que sua história vai mudar. Grite bem alto e, depois, é só acreditar.

MARCOS HENRIQUE

FLÁVIA E CLARK Acredito que o amor seja o sentimento mais belo do mundo, ele é capaz de preencher o vazio de nossos corações, ele faz com que vejamos o mundo com outros olhos tornando,desta forma,nossas vidas muito mais produtivas e, acima de tudo, felizes. Hoje, sábado, 7 de setembro, vai acontecer a troca de alianças de Flávia e Clark, que oficializarão união em cerimônia e festa no 'Espaço Kézia Veras', com celebração do pastor Joaquim. A noiva e filha de: Flávio Vieira Veras e Adriana Tavares de Barros. Ele, filho de: Ruy Vieira Veras Júnior e Clébia de Oliveira Fernandes Veras. O tradicional bolo e mesa de doces será de Sayonara Oliveira. Decoração de Janicleide e cerimonial de Açucenas by Iza Caldas. Tudo às 17h. CARNAXELITA Começou ontem e termina amanhã, domingo, em Currais Novos, mais uma edição do Carnaxelita. O evento, que chega a 18 anos, ganhou grande estrutura de camarotes. Hoje, as atrações no bloco Água e Sal será a banda Chicabana e no Trio Boi Elétrico a festança fica por conta de Dodora Cardoso. Fechando com chave de ouro, a Banda Babado Novo e Asas da América. ARTEMODA Tendências, estilos e criação conviverão juntos na II Edição do Artemoda Potiguar programada para acontecer de 19 a 21 de setembro de 2013, no Palácio da Cultura, em Natal. No evento será promovido a relação entre a cultura da moda e os estilistas locais e nacionais, mostrando, em forma de desfile, o verdadeiro DNA da Moda Potiguar, aliando-se às manifestações culturais vinculadas ao patrimônio histórico da capital do Estado.

Adriano Soares

FOTOS: CEDIDAS

A atriz-mirim Clara Castanha vai desfilar para Lilica e Ripilica em Alto do Rodrigues

Gislayne faz pose com seus irmãos e seus pais em noite de parabéns! Sayonara Oliveira foi prestigiar a aniversariante Gislayne Kelly em sua festa de parabéns!

PRIMEIRA VALSA Sâmara e Janysson (pais) e Yasmin e Nelson Neto (irmãos), assinam o convite para festa de 15 anos de Jéssica, que vai rolar no dia 21, na Loja Maçônica Fraternidade Açuense, às 22h. Gislayne Kelly Vieira recebe o carinho de Talles e Antônio Gutemberg

TEATRO RIACHUELO Wanessa Camargo aterrissa em solo potiguar para apresentar o seu mais recente show 'DNA Tour'. Será na abertura da II Edição do Artemoda Potiguar e acontecerá no dia 18 de setembro, às 20h, no Teatro Riachuelo. Totalmente envolvida no cenário mainstream do pop-eletrônico, com elogios na imprensa internacional e músicas executadas nos Estados Unidos e Europa.

BOLO CONFEITADO Hoje, meus cumprimentos antecipados vão para o amigo querido Eider Assis de Medeiros,empresário bem-sucedido na cidade do Alto do Rodrigues, que vai ganhar idade nova no próximo dia 10, terça-feira. Parabéns e muitas felicidades sempre! ASSUFOLIA! Próxima sexta-feira tem o primeiro pancadão do Assufolia. A concentração dos foliões acontecerá em frente à sede do bloco 'Bicho Moleque', a partir das 21h. Aviões do Forró e Michel Teló são algumas das atrações do Assufolia que acontecerá nos dias 18, 19 e 20 de outubro.

Desfile cívico em Natal terá reforço de 800 PMs WILSON MORENO

Possibilidade de protestos motivou aumento do efetivo, segundo informou o comandante-geral da Polícia Militar

Polícia Militar terá reforço para fazer a segurança do desfile cívico em comemoração ao Dia da Independência neste sábado, 7, em Natal. Serão 800 policiais trabalhando no en-

A

torno do trajeto,que será iniciado na Praça Cívica e percorrerá quatro corredores da zona leste da capital potiguar. O possível protesto durante o desfile foi o motivo para o aumento do efetivo, segundo informou o comandante-geral da do Rio Grande do Norte, coronel Francisco Araújo Silva. "Vamos desfilar com 600 PMs e vamos colocar 800 policiais no isolamento dos corredores", diz o comandante da PM.O policiamento a pé, de motos e carros, resguardará o quadrado entre a Avenida Hermes da Fonseca, a Rua Joaquim Manoel, Avenida Nilo Peçanha e Avenida Prudente de Morais. Os

trechos perpendiculares e paralelos também serão cobertos pela polícia, que terá uma média de 200 policiais a mais do que o previsto inicialmente. "O reforço tem o objetivo de garantir a segurança do desfile e evitar transtornos na área. Queremos preservar da ordem pública", explica. O isolamento central, segundo o comandante, será de responsabilidade das Forças Armadas. Além da preocupação com o desfile, a PM também estará atenta às áreas onde ficam unidades prisionais. "É preciso cautela",reforça o coronel Francisco Araújo Silva. O trajeto do desfile cívi-

Desfile do Dia da Independência reúne militares nos municípios

co começará na Praça Cívica e seguirá pela Avenida Hermes da Fonseca. O caminho seguirá pela Rua Joa-

quim Manuel,continuando pela Avenida Nilo Peçanha e entrando pela Avenida Prudente de Morais, onde

será encerrado na altura do cruzamento com a Rua Apodi. O desfile começa às 8h30. (Do G1 RN)


Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Expressão

CULTURA EM DEBATE Editor: Mário Gerson mario.gerson@folha.com.br

Seminário Geo-histórico e cultural no Sesi

A SORTE EM SUAS MÃOS

3

Marcelo Hessel fala sobre oator Daniel Burman

7

FOTOS: ALCIVAN COSTA

Movimento musical completará seis anos com apresentação no dia 5 de outubro, no Dix-huit Rosado, às 19h

jeito calmo e sereno de Guido Alves esconde um homem cheio de energia para ensinar o que ele mais sabe: a música. Ao lado de professores que um dia já foram seus alunos, ele continua comandando, com muito esforço, o Movimento Ecoarte,movimento surgido há seis anos,quando,em parceria com Denílson Duarte e sentado sobre capacetes, começou tocar na Praça Rodolfo Fernandes (Praça do Pax). A partir de então, de uma simples apresentação em praça pública, "a coisa pegou", fala o músico, enquanto se senta e encosta,a um canto, o seu parceiro de quase todas as horas: o violão. "Quer que a gente toque alguma coisa, para animar a entrevista?", pergunta. O Movimento Ecoarte continuou funcionando desta maneira, e foi assim que se expandiu para outras praças e,finalmente, acabou se "instalando" na praça do chamado Memorial da Resistência e lá, hoje, oferece aulas de violão gratuitamente para a comunidade, sem qualquer ônus para os alunos e sem apoio do poder público, numa iniciativa apartidária e desligada de oficialismo político. "Todos os que fazem parte do Ecoarte são voluntários e fazem com todo o amor possível. No dia 5 faremos nossa apresentação às 19h, no Teatro Dix-huit Rosado e contaremos com um grupo de flautas, um duo de violão, metais, a orquestra de cordas Alegria de Viver, além dos próprios alunos

O

6

e t r a o c E

do Ecoarte, que estarão durante o evento se apresentando para comemorarmos esta importante data", salienta o professor. Ele acredita que o Movimento, que se iniciou de maneira simples, continua com o mesmo objetivo,mas sempre criando "cada vez mais força para continuar a ensinar a música ao maior número possível de pessoas". "A simplicidade com que nos iniciamos continua presente, temos o reconhecimento da sociedade mossoroense, boas vibrações a nosso fa-

vor,convites chegando para apresentações musicais, como agora, quando participaremos, nos dias 12 e 13, no Cafezal,um recital de poesia e música com Antônio Francisco,além de outras atividades que estamos programando para este ano, tanto em Mossoró quanto em outros lugares",

s o n a

Todos os que fazem parte do Ecoarte são voluntários e fazem com todo o amor possível Guido Alves

fala Guido. Segundo ele, entre as apresentações estão agendadas, existe uma em Tibau, e outra na loja maçônica em comemoração à Noite da Cultura, realizada, todos os anos, em memória ao editor da Coleção Mossoroense, professor Vingt-un Rosado. PROFESSORES Para o professor Cícero Antônio, ensinar música para as crianças representa um importante momento na vida e na formação de um cidadão do futuro. "Elas aprendem rápido e alguns vão longe mesmo. O grupo é bom e é interessante trabalhar com as crianças, pois têm grande assimilação de ensino", destaca. Já para Ronildo Freire, que tem cerca de 20 estudantes sob seu "comando", o Movimento representa um elo de resistência cultural com a música no município."Pessoas de renome sabem do projeto e incentivam a iniciativa, como Lula Perez e outros, que nos conhecem. É um prazer fazer parte desta corrente", diz. Outro professor se diz "feliz por fazer parte do Movimento". "Com 16 anos, me sinto feliz em ser chamado de professor por alunos muito mais velhos do que eu. É muito gratificante estar em um projeto que tem um alto teor de conhecimento em várias áreas", fala, sorrindo, João Victor, o mais jovem dos mestres do Ecoarte.

'Altos e baixos, dificuldades e vitórias'

De acordo com Guido Alves,durante todos esses anos, o projeto teve "altos e baixos, dificuldades e vitórias". Mas, segundo ele, a força que veio da credibilidade das pessoas, da ajuda delas, do apoio dos pais, fez com que a iniciativa continuasse "viva em cada um de nós". Ele comenta que o início foi acanhado, mas, com o tempo, tudo mudou. "De apresentações, eu e Denílson decidimos ir para a Praça do Memorial. Depois de um ano, decidimos criar a linha de aulas, ensinar mesmo. Como a praça não tinha bancos grandes, fomos para a Praça do Memorial. Lá, começamos a dar aulas e, depois, alguns professores foram se afastando, por motivos particulares. Hoje contamos com quatro. Mesmo assim, temos um crescimento e um fortalecimento deste movimento", comenta, Guido salienta que o Movimento Ecoarte faz parte do progresso educacional e musical da cidade,por ser uma escola "voluntária de violão, onde o aluno não paga nada, aprende de graça aquilo que, noutro lugar, lhe custaria dinheiro e, com outro aspecto, o exercício à cidadania, quando participa de eventos de cunho social", salienta. "Nossos professores têm um vínculo forte com a música,pois estudam no Conservatório,na Faculdade de Música, possibilitando responder às dúvidas dos alunos durante as aulas. Enfim, eles progrediram e hoje são professores. Um dia, já foram alunos", fala, apresentando a cada professor voluntário. "Ninguém cobra nada pelo trabalho e fazemos com o maior prazer", destaca Cícero Antônio, professor de violão da turma infantil, composta hoje por 13 alunos. Atualmente, o Ecoarte conta com aproximadamente 100 estudantes de violão.40 deles fazem parte do grupo oficial, que se apresenta em eventos e recitais. "Mas já chegamos a dar aula para mais de 500 pessoas durante esses seis anos de Ecoarte e isso é uma grande vitória, principalmente para a educação musical do País", explica o professor.


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Expressão Colaborador

Questão de Prosa

Simbologia dos nomes (curiosidades)

Um pouco mais além

Francisco Obery Rodrigues - cronista

Clauder Arcanjo - Professor

E

to curioso. Eles são despre- dade." E acrescenta: tensiosamente elegantes. "Grande número de sanPreocupam-se com a saú- tos há com esse nome, sende e com a forma física." do os maiores: Francisco Coincidência? Não sei. de Assis, de Paula, de BórA propósito, no meu gia e Xavier. E enumera 30 primeiro ano de gerência reis, imperadores, compoda agência do Banco do sitores, atores, pintores, Brasil em Caruaru, em cantores internacionais e 1974 (após sete anos e brasileiros que tiveram o meio em nome de Mossoró), Francisco. fui eleito, Meu pai, pelo princimodesto pal cronista agricultor No Google social de lá nascido no "O homem município de encontrei o seguinte S o b r a l - C E , mais elegante do ano". que veio para do nome O Banco Mossoró em concedia 1909, tinha o FRANCISCO: aos gerentes nome de uma verba F r a n c i s c o. "Romântico e com Quando eu de representação: suponasci, ele me muito amor para nho que era deu o seu noisso o que me, ao qual lhe interes- dar, uma pessoa que minha mãe sava com tal acrescentou quer que todos escolha. É O B E RY, bem verdaalém do nogostem dele e, por de que eu me de famísempre gosl i a . tei de me isso, não economiza A g r a d e ç o vestir bem, lhe por terno seu jeito gentil e me dado o embora modestamente. mesmo nosimpático." No "Dime seu, pois cionário de ele foi um paNomes Próradigma de prios Pesvida para soais", do mim. Por isCônego Jorge O'Grady de so, dei a todos os meus Paiva há a seguinte signi- quatro filhos o mesmo noficação para o nome Fran- me, também acrescidos de cisco: "Do celta Frances- um segundo nome que os co, natural da França, ou identificaria. Já às sete fifrancês, traduzindo liber- lhas, todas no S, acrescen-

m 01.09.2013, escrevi uma crônica sob o título "As Superstições". Hoje, vou tentar falar sobre certas coincidências dos nomes com as datas de nascimento. No meu caso, Francisco é o meu nome de batismo.Nasci a 20.09.1924. Aplicandose a regra dos "nove fora" à data em que nasci, temos: 20.09.1924, ou seja: 2+1+2+4 = 9, e 9 é o mês de setembro e o nome Francisco tem 9 caracteres. Pesquisando no Google encontrei um estudo intitulado: O Mistério do número 9. Conforme esse estudo, Pitágoras foi o maior pesquisador do número 9. Diz ele "Nove significa novo e, assim sendo, marca o final de um ciclo e o começo de outro. Ao atingir o 9, estamos prontos para devolver ao Universo alguma parte daquilo que se aprendeu através dos oito passos." Ainda no Google encontrei o seguinte do nome FRANCISCO: "Romântico e com muito amor para dar, uma pessoa que quer que todos gostem dele e, por isso, não economiza no seu jeito gentil e simpático." Também no Google tive a curiosidade de saber o que o Horóscopo estabelece para as pessoas nascidas sob o signo de Virgem. Tem lá: "O homem de Virgem é tranquilo. Ele tem gosto refinado e é mui-

tados, por sugestão de Brasília, de MARIA, em homenagem à mãe de Jesus (Simone Maria, Sônia Maria, Suerda Maria, Suzana Maria, e assim todas elas). Aproveito a oportunidade aqui para dizer do orgulho que sinto de todos os meus filhos e filhas e devo acrescentar que sua formação teve a participação especial de sua mãe, minha esposa Brasília. Na cidade em que nasci, Mossoró, conheci um pai que chamava um dos filhos, sem um motivo aparente, pelo apelido depreciativo de (desculpem a expressão), de bedamerda, (no Dicionário Houaiss, joão ninguém). E, não sei se por essa razão, esse filho, infelizmente, foi um fracassado na vida. Devo ressaltar que a citação daquelas fontes cabalísticas não significa crença nelas; por isso, acrescentei ao título, entre parêntesis, curiosidades. Sendo cristão, acredito nos ensinamentos da Bíblia. Por isso, suponho que certas crendices, como as que aqui mencionei, não constituem desrespeito à minha fé cristã. A palavra NOME, designando pessoas, é citada na Bíblia mais de 170 vezes, em PROVÉRBIOS 22,1 está a SENTENÇA: "É preferível bom nome a muita riqueza e boa graça a ouro e prata".

Reminiscências

Dois Guilhermes de Melo Wilson Bezerra de Moura - Professor emérito da Uern nefício da cidade. Deram tante na administração de os primeiros passos para Simão Balbino, foi a consa construção do cemitério trução de um Armazém no da cidade e de uma estra- Pontal Areia Branca, que da ligando a cidade de se destinava não só a guarMossoró à de Aracati no da, mas a conservação de Ceará. Namercadoria quele temimpor tadas po, havia inpara a cidade tercâmbio de Mossoró. daquela loAs casas priA administração calidade mitivas da cearense e de Simão Balbino povoação de os gêneros Mossoró eralimentírelativa ao período am de taipas cios, abastee cobertas de de 1875 a 1860, à cendo o copalha. Outra mércio vipreocupação frente da Câmara nham dana gestão de quela cidaMunicipal, algo foi Simão Balbide. Seria no foi demomuito útil feito em benefício lir um paruma estrada dieiro de taida cidade para fazer a pa sustentatransação de do por forpessoas e a quilhas que comercialiservia de zação, contribuindo para mercado e havia sido conso progresso da região. truído pelo padre José AnOutro aspecto impor- tonio Lopes de Oliveira.

Está escrito, portanto prova verdadeira do fato histórico. São os assentamentos constantes das páginas amareladas da edição do jornal O Mossoroense, de maio de 1978, que o jornalista Lauro da Escóssia faz referência a Simão Balbino Guilherme de Melo e seu primo Miguel Arcanjo Guilherme de Melo que foram responsáveis pela administração da Câmara Municipal de Mossoró. O primeiro como presidente e o segundo vice. Ambos, irmão e primo do Padre Francisco Longino Guilherme de Melo, contemporâneo do Vigário Antônio Joaquim Rodrigues, figura impar da história religiosa e política de Mossoró. A administração de Simão Balbino relativa ao período de 1875 a 1860, à frente da Câmara Municipal, algo foi feito em be-

Simão Balbino Guilherme de Melo, um dos primeiros habitantes do bairro Alto de São Manoel, político, proprietário de terras, criador, foi delegado de polícia, juiz de paz, juiz municipal e militante do Partido Conservador e grande amigo do padre Antônio Joaquim. Apesar de irmão do Padre Longino, não apoiou, em nenhum momento, as trapalhadas feitas por este, quando sacerdote em Mossoró. Mossoroense,nascido no Sitio Camurupim no dia 31 de março de 1816 e falecido em 15 de junho de 1893,segundo diz a história contado por nossos ancestrais.Os Guilherme de Melo foi uma família que marcou passagem nos anais da região,que merece ser lembrada pelas ações política e religiosas empreendidas.

Um pouco mais além, imagino, há de me esperar a sonata melíflua da noite. Nela, o gorjeio dos pássaros (em dó menor) fará o meu sono mais calmo. Esquecerei, nem que só por alguns instantes, os compromissos com a razão, com a agenda de compromissos tangidos e paridos infindavelmente pela hidra da rotina. Um pouco mais além, acredito, encontrarei a memória enterrada pelos desatentos. Dela, baú de guardados, surgirão conversas provincianas não registradas nos umbrais das casas, declarações olvidadas por gerações, compromissos da parentada com os entes que já nos deixaram - fisicamente -, mas que continuam a importunar com os seus gestos pendurados na gola de nossas vestes, com chistes impressos na comissura dos nossos lábios. Um pouco mais além, confesso, hei de rascunhar um soneto lavrado em versos de escol, daqueles que, ao se ler, percebe-se a armadura perfeita, equilíbrio onde nada pode ser suprimido, sob pena de por abaixo toda a construção poética. Um pouco mais além, anseio, caminharei em terras ignotas, onde não existirão mapas, nem roteiros, nem guias, nem bússolas. Os passos abrirão veredas virgens, deixando no barro loução a loção do suor da minha procura, nem que tal procura seja pelo nada. Um pouco mais além, declaro, habitarei a minha casa tão somente com as reminiscências mais singulares, mas que, entre tantas, traga, dentro delas, a marca mais verdadeira de mim: meus erros, minhas angústias, minhas solidões irascíveis, meus rompantes descabidos, minhas utopias abortadas, meus projetos suprimidos. O homem, bem sei, se revela na parte submersa do seu espírito. Um pouco mais além, asseguro, não temerei a (in)segurança do desconhecido, do futuro que surgirá, ou não, na curva do tempo. Tempo este que pode não trazer o aluvião do passado, nem a água turva do presente, mas que, mesmo assim, promete, ilude, dança em frente aos nossos olhos, vestido garbosamente de ilusão e quimera. Um pouco mais além, espero, não precisarei escrever, pois as palavras farão parte do dicionário dos nossos atos, impressas na carne das nossas mãos, traduzindo e emergindo em nossos olhares, em nossos abraços, em nossas lutas e fugas. Um pouco mais além, sonho, não precisarei ir mais além, porque o além se fará um inconsútil agora. Para sempre presente; para todo o sempre, amém.

Canto Poético O que não tem poderes

(Sátira à maneira de Gregório de Mattos Guerra) Vivemos, hoje, num País, o qual, Não aproveita ao que não tem poderes! Aqui, o que não tem muitos haveres, Sofre de quem os tem, um grande mal! - Calado, sofrerá sob esse tal, Os mais desapiedados encontrões; Descalabros, insultos, puxavões! E, desforrar-se, nunca, poderá, Que d'outro, iguais armas, jaó não tem! Pois sendo como é - pobre Zé-ninguém, Como, em igual moeda lh'o fará?! - Cautela é bom! Pois lh'o evitará! Saber-se conduzir e ter cautela; E não se acabar morto, ou numa cela! J. F. da Costa Rêgo Poeta


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Expressão Mário Gerson

Cultura em pauta Seminário Geo-histórico e cultural do Rio Grande do Norte evidenciará obra de autores do Estado, no próximo dia 12

mario.gerson@folha.com.br

REPRODUÇÃO

videnciar a cultura do Estado através de um seminário Geohistórico e cultural é um dos objetivos da Secretaria de Educação e Cultura do RN, com o Atlas Escolar, Economia do RN e Introdução à cultura do RN,áreas que serão debatidas no dia 12, no auditório Sesi/Mossoró. Além da parte expositiva, haverá,ainda,oficinas pedagógicas. "Trata-se de uma ação que a coordenadoria em parceria com a editora para capacitar técnicos pedagógicos das diretorias regionais de educação e representação de coordenadores pedagógicos, que atuam no segundo segmento do ensino fundamental e ensino médio. Isso visa o uso qualitativo desse material didático em sala de aula. É interessante salientar que o trabalho pedagógico do conjunto da obra vai favorecer um conhecimento global da cultura e geografia do RN, favorecendo, assim, uma aprendizagem significativa para os estudantes do Estado, uma vez que eles estarão se apropriando de saberes de sua própria região",comenta Raimundo Antonio, assessor de imprensa da 12ª Dired, em Mossoró. "Como no sertão nada está totalmente organizado em estruturas de compêndios ou etiquetas que decodificam, à partida, o que é estético, a narrativa aqui não se estabelece o tempo todo como linear ou racional. Ela incorpora as incertezas, certezas, o delirante, o imaginário. Assim, a compreensão se torna áspera, bifurcada, diversa e afinada com complexidade do mundo", diz Ângela Almeida. Um dos objetivos do projeto é conhecer o Rio Grande do Norte através dos as-

E

pectos geográficos, históricos, culturais, econômicos e toponímicos, a partir da utilização das obras: Atlas do Rio Grande do Norte, Economia do Rio Grande do Norte e Introdução à Cultura do Rio Grande do Norte. Entre os nomes convidados, estão os de Tarcísio Gurgel, José Lacerda Alves Felipe, Aristotelina Pereira Barreto,Vicente Vitoriano e Edilson Alves de Carvalho. JOSÉ LACERDA ALVES FELIPE Possui graduação em Geografia pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (1974), mestrado em Geografia pela Universidade Federal de Pernambuco (1982) e doutorado em Geografia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2000).Atualmente é professor visitante da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e professor colaborador do Mestrado Acadêmico de Geografia da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Tem experiência na área de Geografia, com ênfase em Geografia Urbana. TARCÍSIO GURGEL Possui graduação em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1977),especialização em Literatura pelo Departamento de Letras da UFRN (1982), mestrado em Literatura Brasileira pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1984) e doutorado em Estudos da Linguagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2006). Aposentou-se das funções de Professor Associado I,do Departamento de

Letras da UFRN no mês de setembro de 2009. Exerce, desde o ano de 2007, as funções de Assessor Especial da Reitoria da UFRN. Dirige e apresenta,pela TV Universitária,desde 2004,o programa Memória Viva. ARISTOTELINA PEREIRA BARRETO ROCHA Doutorado em Geografia pela da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Possui Mestrado, Bacharelado e Licenciatura em Geografia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). VICENTE VITORIANO Possui mestrado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1991) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2003). Atualmente é professor associado da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em EnsinoAprendizagem, atuando principalmente nos seguintes temas: arte contemporânea, ensino de arte, crítica de arte,artes visuais e história da arte. EDILSON ALVES CARVALHO Possui Graduação em pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1977), Mestrado em pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1984) e Doutorado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1997). Atualmente é professor Associado III da Uni-

A

Deífilo Gurgel deixou importante obra folclórica e literária

versidade Federal do Rio Grande do Norte. DEÍFILO GURGEL (IN MEMORIAM) Deífilo Gurgel (Areia Branca-RN, 22 de outubro de 1926 - Natal-RN, 6 de fevereiro de 2012), foi um advogado, professor universitário, administrador público,antropólogo,folclorista, poeta e historiador brasileiro.Foi Presidente da Comissão Norte-Rio-Grandense de Folclore. Atuou como docente na disciplina "Folclore Brasileiro",da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Em 1970, o pesquisador foi nomeado Diretor de Cultura do município do Natal. Atuou também como diretor de Promoções Culturais da Fundação José Augusto (FJA) e presidente da Comissão Norte-RioGrandense de Folclore. Quando faleceu,em fevereiro de 2012, estava para lançar a obra Romanceiro Potiguar, que reúne uma série de romances coletados pelo autor entre 1985 e 1995.

Rodapé AS ORIGENS Foram 20 anos de pesquisa, consultando de obras artísticas e diários pessoais a registros criminais e tratados filosóficos, antes que Faramerz Dabhoiala finalizasse seu As origens do sexo: uma história da primeira revolução sexual, que a Biblioteca Azul lança no Brasil. No livro, que conta com 56 páginas com imagens coloridas, Dabhoiwala alterna a perspectiva histórica com trajetórias individuais de muitos homens e mulheres para compreender a evolução da forma como o homem encara - e pratica - o sexo ao longo da História, com destaque para a mudança de paradigma trazida pelo Iluminismo, que suscitou a primeira revolução sexual do ocidente, segundo o pesquisador. Professor de Oxford e membro da Royal Historical Society, Dabhoiala mostra em As origens do sexo que, desde o início da história humana, quase todas as civilizações prescreveram leis severas contra algum tipo de imoralidade sexual, mas foi a partir da Idade Média que o sexo ilícito foi tratado com crescente vigor como crime público. A revolução sexual teve início com a derrocada da disciplina pública, fruto da Reforma religiosa e do conflito que se estabeleceu a partir dela, quando o sexo consensual fora do casamento foi aos poucos passando para a esfera do privado, além da coerção legal. Mas foi o Iluminismo que mudou definitivamente a maneira como a sociedade via o sexo. O modo de pensar iluminista alterou as noções de religião, verdade, natureza e moralidade de quase toda a população, transformando atitudes e comportamentos. Essa maior pluralidade de visões morais teve como efeito o avanço da liberdade sexual ao longo do século XVIII. Essa mudança radical lançou os alicerces da cultura sexual até os dias de hoje. O Iluminismo varreu uma visão de mundo mais investida de autoridade, trazendo novas perspectivas e algumas tensões irresolúveis que fazem parte da condição moderna: o crescimento da liberdade sexual, o predomínio do modo urbano de viver e discutir sexo, a noção de que os homens são por natureza mais sexualmente ativos e as mulheres mais passivas, uma associação entre moral e classe, a distinção entre público e privado, comportamento natural e antinatural, pornografia e celebridade. Autor: Faramerz Dabhoiala Editora: Globo

cademia Mossoroense de Letras (AMOL) se prepara para comemorar os seus 25 anos de existência, com uma programação que contará, entre outras coisas,com comendas,homenagens e uma sessão solene na Câmara Municipal de Mossoró, no dia 25 de setembro. De acordo com o presidente da entidade, escritor Elder Heronildes da Silva,além da sessão,que acontecerá na parte da manhã do dia 25, haverá, também, a posse do médico Dix-sept Rosado Sobrinho na entidade. Ele tomará assento numa data simbólica para a entidade e, além do mais, em um importante momento pelo qual passa a Amol, com concursos literários, de conto e poesia, publicação de antologia, jornais e muitas ideias que serão colocadas em prática durante este ano. De parabéns a Amol pela iniciativa literária, em todos os sentidos, sem apoios oficiais, uma vez que a entidade não depender disso para existir e, sim, da contribuição de seus membros, alguns, inclusive, trabalhando com muita abnegação. NESTA EDIÇÃO Aficionado por assuntos da Segunda Guerra Mundial,Barone revela e analisa a participação do Brasil no conflito que sangrou o mundo. O fato de ser filho de um dos mais de 25 mil pracinhas da Força Expedicionária Brasileira (FEB) que se dirigiram ao front europeu manteve aguçada sua curiosidade sobre o conflito. PUBLICAÇÃO Na publicação, O Brasil e sua guerra quase desconhecida, o autor dirige sua pesquisa pelo passado do pai e do país para unir dados,curiosidades e histórias emocionantes de uma campanha incrível que muitas vezes o próprio brasileiro desconhece. Especialista no assunto, ele escreve sobre a presença brasileira no conflito, desfazendo mitos e apresentando histórias surpreendentes em 1942:O Brasil e sua guerra quase desconhecida. MÚSICO E ESCRITOR O músico diz que o interesse pelo assunto o acompanha desde a infância, em meio a outro grande fascínio, as canções dos Beatles. E foi justamente o som das baquetas de Ringo Starr que o levou a montar uma das bandas de rock mais influentes do Brasil, Os Paralamas do Sucesso,que a várias gerações levam multidões aos seus shows,atraindo fãs de todas as idades. TARANTINO A Livraria Cultura, em parceria com a Music Brokers,traz com exclusividade o The Tarantino Experience. O box apresenta um seleto repertório com 72 músicas, divididas em seis CDs, garimpadas de seus longas ou que inspiraram seus filmes. BOAS PRODUÇÕES Famoso por produções marcantes,o diretor sempre se caracterizou por ter uma vocação especial em escolher trilhas que tornaram seus filmes arrebatadores e

inesquecíveis,tanto quanto algumas de suas cenas. FÁTIMA FEITOSA A poetisa Fátima Feitosa está empolgada com as finalizações do seu livro de poemas,com o sugestivo título de À flor da pele, que sairá, em breve, pela Coleção Mossoroense. O livro de Fátima era um sonho antigo. E agora vem à tona. Daqui, seguem minhas felicitações e a certeza de que estamos recebendo,no seio da literária de Moscow,uma nova autora de qualidade. LIVROS QUE CHEGAM Da editora Novo Conceito, chegam os livros Se você minha, de Bella Andre, Eu compro, si! Mas a culpa é dos hormônios, de Pedro de Camargo, Tipo destino, de Susane Colasanti, Claro que te amo, de Tammy Luciano, Manuscritos do Mar Morto, de Adam Blake,A outra vida, de Susane Winnacker e Olho por olho, de Janny Han & Siobhan Vivian. Todos os livros com ótima produção gráfica. Obrigado pela remessa. RAIMUNDO ANTÔNIO De folga, por uns tempos, do espaço na página 2 deste caderno, o professor e amigo Raimundo Antônio deve estar preparando mais um livro, "pelo andar da carruagem", para usar o chavão batido, tão querido de alguns. Pois bem. Raimundo escreve e não para de produzir. Certamente, chegará com novo trabalho. Fico no aguardo. POETA, SIM... Aluísio Barros, poeta e professor,é só felicidades (os colunistas sociais ainda não são proprietários, no todo, da frase), com seu novo livro Dos amores que beiram os meus caminhos,publicado há poucos dias.Livro ótimo. Leitura agradável e o prefácio de Leontino, uma beleza de se ler. Um livro de poemas interessantes e diferentes. Salva-nos do tédio de algumas leituras.


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Nos Jardins

FRANCISCO CARLOS

O vereador professor Francisco Carlos (PV) foi apontado o edil mais produtivo do primeiro semestre da atual legislatura. Nesta entrevista, ele destaca seus projetos, fala de educação e de segurança em Mossoró e faz uma análise sobre o momento político vivido no Rio Grande do Norte, entre outros assuntos. Confira:

GAZETA DO OESTE - Vereador, a primeira legislatura, mas o senhor vem se destacando como o mais produtivo nas proporções. Em meio a isso, o que o senhor destaca de mais interessante? FRANCISCO CARLOS - Olha, leitores,estou muito feliz com esses primeiros meses de exercício do mandato.É verdade que estou dividindo o meu tempo com outras atividades acadêmicas. Estou dando aula, estudando e isso acaba tomando muito o nosso tempo. Mas estou muito satisfeito com o resultado do trabalho legislativo. Fomos apontados pela Câmara agora,como o vereador mais produtivo do primeiro semestre dessa legislatura.E para um vereador de primeiro mandato, no primeiro ano,isso deixa a gente muito feliz. Nessas proposições todas que nós apresentamos têm algumas de importância muito significativa, uma atuação parlamentar que já está apresentando resultados.Eu só tenho assim a agradecer a todos que têm ajudado, porque um mandato não se constrói sozinho, as ideias todas que são apresentadas e defendidas por mim no plenário não são todas ideias minhas. São ideias que também chegam a gente. A atividade legislativa serve pra isso mesmo, para servir como caixa de ressonância, reverberar desejos e sentimentos da população,de categorias de profissionais diversos e o nosso mandato tem também servido para isso,para servir de ego. Então, são propostas apresentadas por nós,mas são também propostas que chegam até nós pelas categorias de profissionais que nos apresentam sugestões. GO - Professor,o senhor citou agora que independente da atuação parlamentar, o senhor não se afastou da sua atividade principal,ou seja,a educação. É difícil conciliar as duas coisas.Porque sabe-se que a atividade política absorve muito tempo do agente público. FC - É.São duas coisas que você precisa de muito tempo.Fazer política precisa de tempo. E estudar também precisa de tempo e, sobretudo, de tranquilidade. Onde você tenha condição de se concentrar. E não tem saído fácil. Tem sido difícil, mas a gente topou o desafio de ser candidato a vereador, no mesmo tempo em que estava cursando doutorado. Aliás, talvez poucas pessoas tenham ... GO - … Já que assume uma trajetória como docente. Não é? FC - É verdade. Eu preciso estudar e fazer um curso dessa natureza em função da atividade acadêmica. É necessário e ... GO -… e até porque o senhor não é um profissional político ... FC - … eu não sou político profissional. E durante a campanha, talvez poucas pessoas saibam disso, eu esta-

va estudando, em sala de aula, para o doutorado da PUC do Paraná.Os professore vinham do Paraná para dar aula aqui. E é uma semana sim e outra não. E durante a campanha, fiz campanha uma semana sim e outra não. Durante os três meses de campanha, eu na realidade só estive dedicado um mês e meio. Mas aí foi fruto também desse desafio, graças a Deus tivemos um bom desempenho, o eleitorado... GO - ... uma boa equipe de trabalho também. Não é? FC - Uma equipe de trabalho aguerrida, muito animada, devo muito a eles, e o resultado foi isso, da campanha.O exercício parlamentar também é muito puxado, mas, enfim, quem está acostumado com trabalho, com serviço, não estranha. GO - Agora falando da questão dos projetos. O senhor apresentou um projeto muito interessante sobre a questão da segurança,e que está dando resultados. Como foi que surgiu? FC - Essa ideia nos foi trazida pelo tenente-coronel Alvibar Gomes e pelo major Correia Lima. E nós estávamos conversando em determinada ocasião, sobre essa problemática da falta de segurança na nossa cidade na região toda. E eu demonstrava pra eles interesse em ouvir, conversar, e então eles nos sugeriram, "Por que você não defende uma ideia dessa maneira e tal?". E aí eu absolvi aquela ideia. Fui ver, fui estudar, pegar outras referências, elaborei a minuta de um projeto de lei, elaborei a minuta de um convênio,discuti com eles novamente essas minutas e se transformou no projeto que foi apresentado na Câmara.Foi aprovado por unanimidade pelos vereadores, e recebeu uma alteração, porque a gente não tinha colocado o Corpo de Bombeiros.O vereador Soldado Jadson percebeu que não estava o Corpo de Bombeiros, pediu para que eu incluísse o Corpo de Bombeiros, eu retirei o projeto, inclui, apresentei novamente no plenário,foi aprovado.A prefeita Cláudia Regina, que já tinha conhecimento desse projeto, recebeu muito bem essa proposta... GO - ... e ela é envolvida com a preocupação com a segurança ... FC - ...e ela também está muito preocupada porque a segurança fazia parte de um dos três eixos que ela tinha colocado em sua mensagem anual. A mensagem anual que Cláudia Regina leu na Câmara Municipal tinha três áreas prioritárias. A saúde, a segurança e a mobilidade urbana. E então isso veio em boa hora, porque ela precisava desenvolver atividades nessa área. Recebeu a nossa proposta,o nosso projeto, deu a ele uma importância muito grande, incorporou outros elementos que não tinham na proposta... GO - ... aperfeiçoou...

FC -... aperfeiçoou a proposta e já botou em execução.O nosso projeto de segurança já está sendo executado lá na Estrada da Raiz. E talvez seja o principal projeto ... GO - ... o carro-chefe ... FC - ... é. Desse primeiro ano de atividade parlamentar.Mas têm outros também. GO - Levando em consideração que seria uma obrigação do Estado, no caso. Quer dizer, o município está se inteirando, está ... FC - ... exatamente. Durante algum tempo, o município relutou em entrar de forma efetiva nessa questão da segurança, porque sempre foi dito, e de fato é, uma responsabilidade dos governos estadual e federal em outros momentos. Então, o município entra nessa área seria também um risco, porque seria trazer pra si, um problema que efetivamente seria tratado pelo município... GO - ... de outras esferas... FC - ... é exato. E ainda com o ônus disso.Não apenas o eventual ônus da avaliação da população,como também o ônus financeiro. Então, o município relutou durante algum tempo. Mas agora já se percebe, com esse problema cada vez mais crônico, um problema cada vez mais desafiador e o município então acabou se rendendo às circunstâncias e disse "não,agora a gente tem que atuar mesmo". Esse nosso projeto ele parte de uma ideia muito simples.O policial militar trabalha um dia e folga três. Nos dias de folga, ele muitas vezes faz o serviço informal.Ele vai pra um supermercado e atua como segurança,ele vai pra casa de shows. Ele atua, ele não fica parado esses três dias.Pra poder complementar a renda, ele faz um trabalho informal chamado 'bico'. Então o que nós estamos dizendo? E o que nós dissemos já está acontecendo.Que o policial militar nestes três dias de folga, no lugar de fazer o 'bico', ele faça um trabalho oficial para a Prefeitura. E a Prefeitura paga por esse trabalho oficial. Ele vai fardado, protegido pelo Estado, todo direitinho e desenvolve. E a Prefeitura então paga a diária operacional para ele. E assim, o Estado continua com a responsabilidade do comando dos policiais. A Prefeitura não tem o comando desse agrupamento. Apenas indica as necessidades e essas necessidades são discutidas no GGI, no grupo de apoio que tem essa segurança da cidade. E aí já estamos com o projeto efetivado, de maneira embrionária, numa área do Santo Antônio, porque não dava pra chegar para a cidade inteira, e a nossa expectativa é que ele vá sendo ampliado até alcançar todos os bairros da cidade. GO - Vereador, o senhor também tem um recente projeto agora,

com a lei de acesso, a lei de transparência. Como é esse projeto? FC -Nós percebemos o seguinte, existe o canal de comunicação já estabelecido pela Prefeitura de Mossoró. Tem o site da Prefeitura, tem o jornal oficial, todos os atos são publicados. Existe o setor de comunicação da Prefeitura que procura divulgar as realizações e, no entanto, a gente percebe que a população,muitas vezes reclama de não ter informações específicas sobre determinadas obras. Quanto custou, qual é o percentual de execução da obra, qual é o andamento, a obra parou, a obra está lenta... GO - ... um acompanhamento ... FC - ... um acompanhamento da obra. Então, nós pensamos uma maneira de reforçar esse trabalho de comunicação e de informação da população, sobre a realização das obras. Uma maneira à parte do que já é realizado pela Prefeitura. Então o que nós estamos desejando? Nós estamos desejando que aquelas empresas que realizam obras de engenharia para a Prefeitura de Mossoró, obras no valor de R$ 300 mil ou mais, contratem profissionais do jornalismo para realizar a assessoria de comunicação. Então, você está aqui no GAZETA DO OESTE e quer saber sobre determinada obra pública, você tanto pode procurar a Prefeitura de Mossoró, como pode procurar aquele jornalista que foi contratado pra manter você informado sobre o andamento da obra. Então, você vai ter sempre informações seguras sobre isso. GO - E uma dúvida que paira com relação a esse projeto é em respeito a sua constitucionalidade. É realmente uma proposta constitucional? FC - Olha, acreditamos que sim. Mas a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de Mossoró vai apreciar a proposta. Nós acreditamos que seja.A democracia custa caro e precisa custar caro. Você veja o seguinte: as vezes as pessoas dizem, "o parlamento gasta tanto pra manter a Câmara Federal,as assembleias,as câmaras legislativas,as câmaras de vereadores. Isso custa". A democracia tem um preço.E o acesso à informação também tem um preço. Se você for olhar a rigor, é mais barato e é mais conveniente para a sociedade pagar esse custo e ter acesso à informação... GO - … e saber diretamente onde cobrar e ... FC - … onde cobrar e de que maneira. Você sabe que às vezes uma obra se arrasta durante muito tempo e você não sabe por que a obra está indo lenta. E a melhor forma de fazer isso é fazer com que quem está executando, realmente informe para a comunidade,como é que está sendo investido o seu dinheiro.

GO - E com relação, digamos, o senhor é do Partido Verde, e também certamente tem alguns projetos voltados para essa área da ecologia, do verde. Como a Escola Verde aqui na zona rural. Também parece interessante, não é vereador? FC - É verdade. Eu falo com muito entusiasmo desse projeto. Só existe, que nós temos conhecimento, duas iniciativas dessa natureza no Brasil. Uma em Santa Catarina e outra no Rio de Janeiro... GO - ... mas também partindo do Partido Verde? FC - Não. Eu não saberia dizer de onde é a fonte da iniciativa lá. Mas em todo o Norte e Nordeste não existe uma escola de ensino fundamental dedicado à educação ambiental. Essa vai ser a primeira. GO - E como é que funciona lá? FC - Ela funciona da seguinte maneira: primeiro é um prédio sustentável. Ele é construído para facilitar a circulação de ar, diminuindo assim a despesa com ar-condicionado, energia elétrica. É um prédio construído para permitir a reutilização da água servida da pia, da cozinha, reutilizar essa água. É um prédio, construído para facilitar a entrada de luminosidade, para diminuir o consumo de energia elétrica com as lâmpadas, com bicicletário, com horta comunitária, com auditório para receber crianças e, sobretudo, com um projeto pedagógico voltado para a promoção da educação ambiental, que é um dos grandes problema do mundo hoje. Se nós quisermos um mundo, ambientalmente saudável no futuro,nós temos que educar as nossas crianças de hoje. E a gente espera que a Escola Verde de Mossoró receba outras crianças da rede municipal de ensino, da rede estadual, e quem sabe até de outros municípios, que venha para Mossoró para ter um dia de educação ambiental. E então vai ser uma escola de referência, está sendo construída na região de Lajedo, naquele grande polo da Lagoinha, a Escola Genildo Miranda. E o município já licitou a obra, eu estou muito orgulhoso porque a prefeita Cláudia Regina abraçou essa ideia e vai dotar. Na realidade, a ideia é do nosso mandato, mas a obra é da Prefeitura e então a prefeita Cláudia Regina está de parabéns porque vai propiciar para a cidade de Mossoró esse grande equipamento social. GO - A clientela é só criança, jovens? FC - Ela recebe as crianças e adolescentes, da mesma maneira como recebe para a escola do ensino regular, do ensino fundamental. Naquela faixa etária do ensino fundamental. Recebe normalmente e trabalha também os currículos, normal, mas dá esse foco, esse viés voltado para a educação ambiental. GO - Vereador, recentemente o senhor realizou uma audiência pública direcionada à discussão sobre recursos para a educação. Uma audiência produtiva e que definiu alguns pontos a serem trabalhados exatamente na forma como o Executivo vai trabalhar a dotação orçamentária para o próximo ano. Na semana que vem será a vez da saúde. O que o senhor pensa e quais as propostas que serão apresentadas? FC - Olha, será no próximo dia 12, uma quinta-feira, nós vamos estar na Câmara Municipal com os profissionais da Saúde, com lideranças comunitárias, os próprios vereadores e autoridades de um modo geral, pra que a gente discuta a aplicação dos recursos públicos na área de Saúde. Mossoró investe, em torno de R$ 120 milhões, na área de Saúde. É um valor muito alto ...


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

s da Gazeta GO - ... e muito insuficiente ... FC - ... é, mas os recursos são em quantidade insuficiente porque você vê as carências que ainda existem na área de Saúde. A gente sempre ressalta e sempre destaca os avanços. Às vezes, a gente não é nem compreendido a respeito disso, porque você ao destacar os avanços e as conquistas, muitas vezes não temos tempo e muitas vezes não temos espaço para também falar dos problemas. E muitas vezes quem fala dos problemas é a oposição. E aí você tem muitas vezes a oposição falando dos problemas, e situação falando das conquistas. E parece dois mundos diferentes. Na realidade nós estamos falando no mundo que tem as duas coisas.Conquistas,avanços,mas também problemas e desafios. E esses problemas e desafios são discutidos no momento da elaboração da peça sanitária. Conquistas na cidade de Mossoró, na área de saúde, muitas mesmo. Mortalidade infantil em Mossoró há 15 ou 18 anos atrás era de 80 por mil nascidos vivos, hoje é 15. Quer dizer, é uma queda fantástica, e não se pode falar em saúde de qualidade com a mortalidade infantil alta.Então nós tivemos um avanço muito grande aí, mas que ainda continua alta. Precisa cair mais. O município de Mossoró realiza em torno de quatro a cinco milhões de procedimentos saúde por ano. Uma UPA atende dez mil pessoas por mês.As duas UPAs são 20 mil pessoas por mês. A cidade de Mossoró hoje tem serviço de oncologia de alta complexidade, tem serviço de neurologia, tem serviço de cardiologia. O SUS de Mossoró realiza cirurgia de R$ 50 mil.Então são conquistas, são avanços fantásticos que existem. Agora tem que haver os problemas. Tem fila de espera, tem gente precisando fazer uma cirurgia ortopédica, esperando um mês, dois, três seis ou mais. Tem gente precisando fazer tomografia e esperando seis meses ou um ano por uma ressonância magnética. E esses são os desafios.Ainda tem posto de saúde formando fila de espera na madrugada.Mas o município investindo R$ 120 milhões. É preciso que a população saiba, em que está sendo aplicado os R$ 120 milhões. GO - Houve o esforço para a UPA do Belo Horizonte... FC - ... a UPA do Belo Horizonte, veja que grande desafio. Mossoró tem uma população para ter duas Unidades de Pronto Atendimento, segundo os critérios do Ministério da Saúde.Veja como Mossoró é ousada. Dos critérios populacionais do Ministério da Saúde, só dava pra ter duas, mas Mossoró foi lá e fez três. GO - Procede a informação de que o ministério tinha exigido a regionalização da UPA? FC - Procede.A Unidade de Pronto Atendimento foi construída com recursos próprios do município, assim como as outras duas. Foi construído, no finalzinho do governo de Fafá Rosado, recebeu-se em torno de R$ 600 mil a R$ 700 mil para comprar equipamentos para equipar a unidade. A unidade estava pronta, estava com os recursos dos equipamentos assegurados, a prefeita Fafá Rosado, corretamente,inaugurou.O que qualquer governante faria. Se fosse eu, tinha também inaugurado. E entregou essa obra pra Cláudia Regina.E Cláudia Regina, de maneira também correta,disse assim,"ei,vamos buscar recursos no Ministério da Saúde para botar pra funcionar". E desde janeiro deste ano que se busca o Ministério da Saúde, que já se comprometeu em participar do custeio da Unidade de Pronto Atendimento, mas ainda não foi efetivado. Porque essa unidade deverá ter esse atendimento regionalizado. É uma unidade de grande porte e para atender a população da região, como o Ministério da Saúde precisa participar. E hoje a unidade

não está funcionando em função dos recursos destinado ao seu custeio. GO - E até o próprio País está passando por uma situação muito difícil com relação à Saúde. Mas essa questão da vinda dos médicos.Como é que o senhor vê os médicos cubanos, estrangeiros, pra poder suprir um pouco das necessidades? FC - Vejo com bons olhos e com algumas ressalvas. Existe a carência do profissional médico no Brasil. Aqui na cidade de Mossoró, muitas vezes a população reclama por que não tem um médico aqui,não tem um médico acolá. E isso se dá, não porque a Prefeitura não tenha o interesse de contratar, não porque não tem o dinheiro pra pagar. Mas é porque não tem o profissional pra contratar. Isso até muitas vezes faz com que o profissional, o município se submeta a algumas situações, na verdade porque não caracteriza a cultura da classe médica. Mas muitas vezes o profissional médico é obrigado a assumir vários empregos. Na Prefeitura, no Estado, no consultório. Aí, a Prefeitura contrata e o cidadão não tem tempo disponível para estar na unidade de saúde todos os dias da semana. E aí só vai dois ou três dias, só vai uma manhã e não vai à tarde.Aí a gente fica com o problema realmente. O gestor público fica com um problema muito sério. Porque tira esse profissional, sem ter outro pra botar no local. E se você perguntar para a população, "olha, esse profissional só está atendendo dois ou três dias por semana. Vamos tirar ele, porque ele não está cumprindo". Aí a população vai e pergunta, "e quem vem pro canto? Não tem outro." Aí a própria população diz: "é melhor esse do que não ter nenhum". E aí vai ficando. É uma situação que coloca realmente em dificuldades o poder público, de maneira que é necessário mais médicos no Brasil,e na cidade de Mossoró.Agora, a saída para ter mais médicos está correta; a saída é recorrer ao profissional do exterior? Aí vêm as ressalvas. Pode ser, poderia ser. Agora se pede, que o País tenha a segurança e a tranquilidade que esse profissional,formado por escolas que nós não conhecemos, tenha realmente a competência e as habilidades necessárias para o exercício da medicina. Por isso que as categorias médicas pedem que eles se submetam a um revalida... GO - ... embora Cuba seja um exemplo na medicina. Não é? FC - É verdade. Mas pra uma realidade epidemiológica e sanitária diferente. GO - Não é pedir demais que o profissional passe pelo revalida? FC - Porque se ele está formado numa boa escola, ele vai fazer o revalida e vai passar.O profissional médico brasileiro não passa por esse crivo. Então qual é o problema de um profissional que foi formado na Espanha, em Cuba, em Portugal passar também? Deveria passar. E aí você resolveria todo o problema. Porque aí as próprias categorias médicas, os conselhos regionais e federais não teriam o que reclamar. E eles tão pedindo somente isso. Então eu acho que precisasse de mais médicos no Brasil. O ideal era que o País tivesse formado esses profissionais. A necessidade de trazer profissionais do exterior é o atestado de incompetência do nosso País, é o atestado de incompetência, de ao longo de todos esses anos, não ter investido o suficiente para formar os profissionais em número suficiente que o País e a população brasileira precisa. A ponto de chegar a esse instante de ter que importar. E aí todo esse problema decorrente.Então, acho que precisa de mais médicos, mas precisava se submeter aos critérios de avaliação. GO - Vereador, depois de muitos anos, foi criada uma Comissão Espe-

cial de Inquérito na Câmara Municipal.O que o senhor espera dessa CEI? FC - Olha, a instalação da Comissão Especial de Inquérito é um procedimento e uma atividade completamente normal. Dentro da atividade legislativa e parlamentar, previsto do Regimento Interno,necessária em muitas ocasiões, útil para apontar problemas e apurar responsabilidades.Então nós somos a favor das comissões especiais e inquérito. Agora, nós somos a favor, desde que elas cumpram com os requisitos necessários previstos no Regimento Interno. GO - No caso, quais seriam eles? FC - É o seguinte.Pra instalar uma Comissão Especial de Inquérito você precisa de um claro objetivo, você não pode instalar uma Comissão Especial de Inquérito para apurar um fato vago. Vamos dizer assim, "estão cometendo irregulares, vamos instalar uma CEI", não é assim. Tem que dizer qual é o órgão que esta cometendo a irregularidade, quem são os possíveis beneficiários ou promotores dessas irregularidades... GO - … coisas comprobatórias … FC - … elementos, indícios fortes. Esses indícios podem ser um relatório do Ministério Público, uma auditoria de um Tribunal de Contas, uma matéria jornalista investigativa fundamentada, embasada. E aí, você agora diz: "Não, está precisando apurar aquele fato".O que aconteceu em Mossoró, aliás, isso não aconteceu em Mossoró.Apresentou-se uma Comissão Especial de Inquérito que era vago demais. Absolutamente vago, sem direcionar fatos e nem possíveis responsáveis. É tão vago que atinge inclusive a Câmara Municipal, que o próprio promotor não imaginava. Porque era pra apurar a folha de pagamento dos servidores públicos municipais. Os da Câmara também são servidores públicos municipais. Nada contra fazer qualquer tipo de investigação, mas se ela não cumprir com o rito vai criar precedentes para que no futuro, por qualquer motivo, mesmo que não seja justificado, se crie uma, duas, quatro, cinco ou seis e banalize esse instrumento importante que é a Comissão Parlamentar de Inquérito ... GO - ... é tentar dificultar o andamento normal das atividades na casa... FC - ... na casa, na Prefeitura. E então a CEI, nós estamos a favor das Comissões Especiais de Inquérito, um instrumento necessário e útil,mas ele precisa ser instaurado com responsabilidade e atendendo os requisitos do Regimento Interno da Legislação, de um modo geral. GO - Professor,agora política.PV, como é que o PV observou esse rompimento do PMDB com o Governo Rosalba Ciarlini? FC - Olha, na verdade o PV não rompeu com Rosalba,porque também não era um aliado reconhecido, por

Rosalba.O PV não tinha cargo no Governo estadual,não era ouvido nas discussões. Os problemas que o Estado enfrenta e as ações que o Governo do Estado realiza não tinham a participação do Partido Verde,em nenhuma circunstância. Que seja ocupando espaços, quer seja dando conselhos e orientações,ou mesmo sendo ouvido. Então, você não participa desse Governo. Não é?. Só de fachada, vamos dizer assim. Então, o que o Partido Verde fez foi oficializar aquilo que já existia de fato. O PV oficializou. No caso do PMDB, ele já é uma situação diferente. O PMDB participava efetivamente do Governo ... GO - ... com secretarias ... FC - ... com secretarias, com cargos. Alguns diziam aí que eram 300 cargos no Governo. Então, o Partido Verde ... GO - ... embora não fosse ouvido, mas aconselhava ... FC - ... é. O PMDB, nesse caso tinha uma situação diferente do Partido Verde. Mas ainda assim, segundo os seus dirigentes estaduais,estava reclamando da falta de diálogo. O PMDB estava dizendo o seguinte: "A gente estava participando do Governo com cargos,mas não estávamos sendo ouvidos nas principais decisões que o Governo do Estado estava tomando.Não estava havendo diálogo". E reclamando disso, passou a cobrar ações efetivas da parte do Governo do Estado, o que acabou ensejando o rompimento. É um fato político importante nesse momento, ao qual se avizinha a sucessão estadual. GO - Vai render muita consequências? FC - Ah,com certeza vai render,porque do grupo que no PMDB está arregimentando,em termos partidários,pode surgir, como de fato esse é o projeto do PMDB,um candidato,que no caso vai concorrer com a nossa conterrânea, a ex-prefeita Rosalba Ciarlini. GO - Se é que ela vai ser candidata. FC - É.Nós esperamos que sim.Que seja, que se recupere e que apresente um bom Governo, que dê as respostas que o Rio Grande do Norte espera e que Mossoró se orgulhou de ter. Mas que agora nesse momento, está apresentando dificuldades. Vamos torcer. Porque a gente nunca torce pelo pior. Sempre torce pelo melhor. Vamos torcer pra que ela se recupere e que possa apresentar aquilo que os norte-riograndenses esperam, desejam, e que ainda estão esperando. GO - O ano que vem é um ano eleitoral. Como é que o PV está se preparando? Mossoró poderá oferecer um candidato a deputado estadual? FC - Certamente. O Partido Verde tem um projeto. O projeto de manter e ampliar os espaços que ele já possui. O Partido Verde tem uma cadeira, um assento na Câmara Federal, o deputado Paulo Wagner. Tem um FOTOS: WILSON MORENO

Entrevista concedida aos jornalistas Gilberto de Sousa e Luís Juetê

assento na Assembleia Legislativa, através do deputado Gilson Moura; no Senado, com o doutor Paulo Davim,que é o primeiro suplente de Garibaldi e está exercitando a suplência. No exercício do cargo com maestria, com muita dignidade,sendo percebido no Senado Federal, o que não é fácil para um sujeito ... GO - ... é um fato raro... FC - ... é um fato raro pra um suplente e então é importante. E esses espaços precisam ser mantidos ou ser ampliados. Então, especialmente no que diz respeito ao espaço na Assembleia Legislativa. De maneira que vai se procurar aumentar o maior número possível de candidatos. E Mossoró pode muito bem ter um candidato do Partido Verde. GO - Os vereadores Alex do Frango e Celso Lanches já se manifestaram favoravelmente a essa ideia. Não é? FC - Se eles desejarem, o partido vai dar o apoio necessário pra isso. E eles terão o apoio necessário pra serem candidatos. Eu não estou colocando o meu nome à disposição porque seria impraticável pra mim nesse momento enfrentar uma segunda candidatura. Eu dizia no início dessa entrevista, que fui candidato a vereador, assistindo aula de um doutorado e agora não terminei e ainda enfrentar um desafio pra Assembleia Legislativa que é ainda maior, eu teria que abandonar o meu projeto de vida que é a minha formação acadêmica. Então eu não teria condições. Mas a gente espera e está animando e incentivando para que outros quadros do partido,que também tem condições de competir bem e até ser eleito, possam apresentar os seus nomes. GO - E como é que o senhor foi auxiliar da prefeita Fafá Rosado quase oito anos, como é que avalia o ingresso da ex-prefeita no PMDB e por consequência esse estímulo para que ela dispute uma vaga na Câmara Federal? FC - Olha, eu fui secretário da Administração no governo de Fafá Rosado durante sete anos e três meses, com muito orgulho, é uma coisa que a respeito da qual eu tenho a máxima satisfação, acabei aprendendo a admirar a prefeita Fafá Rosado, como pessoa, como ser humano e também como gestora, como a pessoa competente que ela é. De grande coração humano. E ela terminou, com muita dignidade, atendendo aos anseios da população da cidade de Mossoró, o seu segundo mandato de prefeita, e fez isso nos braços do povo, podemos dizer assim. Resolveu todos os problemas? Não. Deixou muitas lacunas? Deixou. Mas é mais do que natural. Qual é o presidente, governador e prefeito que sai e diz "agora não precisa fazer mais nada". Não precisaria nem de uma outra eleição. Então, fez muito, deixou outras coisas por fazer e isso é muito natural. Agora, o que fez, a habilita a continuar na vida pública. Ela está escolhendo um outro partido, o PMDB, porque é o partido que nesse momento pode abraçar o projeto político que ela tem. O DEM não tem condição mais, de abraçar esse projeto político. Então está saindo do DEM, não é por briga, não é brigando com Rosalba,não é rompendo,não é chutando a lata, o pau da barraca, como se costuma dizer. Não. É buscando caminhos, é passando para o outro lado da margem sem explodir a ponte. E ela será candidata a deputada federal, pelo menos é o que está sendo desenhado. A gente tem tido alguns contatos com ela e o deputado federal Henrique Alves. E Henrique Alves está apresentando para Fafá, esse desafio. E eu estou pensando que ela vai topar esse desafio e vai ser candidata, e vai ser eleita.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Expressão Prêmio Ideal Clube As inscrições poderão ser feitas, pessoalmente pelo concorrente ou por um representante seu, na Secretaria do Clube, até 30 novembro V Prêmio Nacio- me do concurso e o pseudônal Ideal Clube de nimo do Autor. Tudo isso Literatura - 2013, deve estar em um pacote laPrêmio Jáder de crado:na face externa,o noCarvalho, promovido pelo me do concurso e o pseudôIdeal Clube,é instituído pa- nimo do Autor; internara incentivar, mediante mente, num envelope, tamconcurso, a criação literá- bém, lacrado, o nome comria, no gênero poesia. pleto do Autor, seu endePoderão inscrever-se reço - rua, bairro, cidade, candidatos residentes em CEP, Estado - seu CPF e qualquer parte do território uma cópia da Carteira de nacional. Identidade, bem como o A obra inédita deverá ser número de um telefone paapresentada em três vias, ra contato;cada participanem papel tamanho A4,em te poderá inscrever apenas espaço duplo,digitado de uma obra ainda inédita. um só lado do papel, sem As inscrições poderão rasuras ou emendas ma- ser feitas, pessoalmente penuais, com lo concoruso da fonte rente ou por Times New um repreRoman, tasentante seu, As inscrições manho 12, na Secretaria tendo todas do Clube,até poderão ser feitas, as páginas 30 novemnumeradas bro de 2013; pessoalmente pelo de 1 a 80 (no as inscrições concorrente ou mínimo) ou também pode 1 a 120 (no derão ser feipor um máximo). É tas via cornecessária, reio, obederepresentante seu, também, a cendo às reapresentacomendana Secretaria do ção dessa oções já exbra eletronipostas, com Clube, até 30 camente, em o seguinte CD-R, com destin: Ideal novembro etiqueta conClube, Av. tendo o noMonsenhor

O

Tabosa, 1381; Meireles; CEP 60165 - 011, Fortaleza - CE; os requisitos acima deverão sem cumpridos rigorosamente no ato da inscrição, sem o que os trabalhos não serão aceitos pela secretaria do clube. Poderão inscrever-se candidatos cearenses, residentes em qualquer parte do território nacional, e não cearenses, residentes no Estado do Ceará. No ato da inscrição, o candidato deverá apresentar um envelope, contendo internamente as vias do trabalho; e externamente, etiqueta com as seguintes informações: nome do concurso, área de inscrição, títulos dos trabalhos e pseudônimo do autor. Outro envelope, a ser lacrado no ato da inscrição, contendo internamente: o CD-R com os trabalhos digitados e um breve cur-

riculum do autor, (5 linhas) cujo modelo se encontra à disposição dos interessados na O concorrente classificado em primeiro lugar receberá como prêmio, a quantia de R$ 30.000,00 (trinta mil reais). A obra inédita classificada em primeiro lugar receberá, também, uma edição de 500 exemplares, dos quais 100 deverão ser doados ao Ideal Clube, para suas atividades culturais. Para o lançamento ao público dessa obra, o Ideal Clube patrocinará, também, os convites e o coquetel da festa. Para mais informações: secretaria@idealclube.com.br | bibliotecaidealclube@yahoo.com.br

Novos Poetas O QUE É O CÉU?

CANAVIAL

O que é o céu? É onde encontramos o véu das cores, Os sorrisos dos amores E o trajeto a caminhar.

Cana caiana. Cana ceifada da lama. Prensada. Me chama que bebo oaçúcar do teu suor.

É onde encontramos o florir das flores, O alvorecer dos pormenores, Em que tudo há de se celebrar. Uma beleza infinita Em que várias vidas, Não seriam capazes de relatar.

Itamir Vieira Poeta

O QUE EU QUERO DO TEMPO Mais espaço para coisas boas Mais sorrisos pela manhã Mais cheiro de jasmim Mais pedaço de cetim Mais domingos de chuvas Mais tardes de verão Mais lua em minha rua Mais violas em meu sertão Mais verde nas matas Mais meninos brincando no ribeirão Mais amor em terra firme E menos dor em meu coração. Suziany Santos Poetisa

ESMO

Um repousar eterno, Alegre e sereno, De que os infernatos nunca poderão se vangloriar. Artur C. Carvalho Poeta

(DES)CONTATO Por que não me mexo? Por que eu não falo? Por que não discuto? Por que eu me calo? Não posso perder Não posso mudar Não posso querer Minha voz calar. Se sei o que sou Se sei o que faço A minha intenção Desfaz-se no embaraço.

És no bar, esnobar. No bar, a esmo!

Se desconhecido São os meus atos, Eles próprios atuam Para o descontato.

Diniz Lincoln Breno Poeta

Jéssica Lima Poetisa

Opinião Ney Lopes nl@neylopes.com.br

Protestos ou luta de classes? Qualquer tipo de rei- da condená-los, sem apuvindicação no Brasil hoje ração rigorosa e prévia do em dia logo se transforma que realmente aconteceu. em protesto de rua. O es- Enquanto isso, pelo que é tranho é a repetição do divulgado, alguns manichavão de que,indiscrimi- festantes são apenas ounadamente, tais movi- vidos e liberados. mentos devem ser consiUsar máscaras para derados formas legítimas participar de manifestade liberdade de expressão. ções está fora dos limites Qualquer ponderação re- toleráveis. A autoridade cebe a acusação de antide- pública em Pernambuco mocrata. disse muito bem que a Nem pensar,por exem- Constituição veda o anoplo, em fiscalização rigo- nimato. Quem cubra o rosa para o ingresso em rosto em passeata de proprédios públicos. No país testo é um fora da lei, emmais democrata do mun- bora os paladinos da "indo - os Estados Unidos - consequência" ainda pongrande parte das depen- derem que caracteriza didências do Capitólio reito individual. Disse (Congresso americano) bem o ex-presidente do são inacessíveis para visi- STF, ministro Carlos Vetantes e até convidados es- loso, que a exorbitância peciais. somente existiria se, por No Brasil, em nome de exemplo, fosse reprimido um modelo democrático o uso de máscara numa imberbe, os "limites" pa- festa de carnaval, ou em ra o exercício de certas comemorações de final de prerrogativas,são conside- ano. A diferença entre rados "démodées". Quem uma situação e outra é o clame definições recebe que se chama de limites epítetos de ditador, totali- para evitar a intolerância. tário, conservador, ou diPercebe-se em algumas reitista. Os manifestapaladinos ções públidas libercas, ações dades sem indo muito limites dealém dos liTornou-se veriam comites que a nhecer as corriqueiro e normal, lei garante. práticas de Por que inapós manifestações países covadir e demo a Chipredar um que enveredam na,Rússia, hospital o Parlaprivado copublicamente para mento Eumo o Sírio ropeu seL i b a n ê s, o vandalismo, a diado na em São condenação pública França e Paulo, ou na Bélgica atiçar muldos policiais. Eles e os prótidões com prios Estacoquetéis são sempre dos Unimolotov dos. Os lipara desapontados como mites, em truir, com responsáveis por tais situapedras e esções, det i l h a ç o s, excessos e ocupam vem ser enlojas, contendidos cessionáespaços na mídia como a lirias de carnha divisóros,bancos ria entre o e obstruir que seja realmente liberda- BRs,retirando do cidadão de de expressão e o que dei- o direito de ir e vir? xa de ser. O povo tem o direito de O mais grave é que os clamar mudanças, desde governos, regra geral, não que os governos, sem tereprimem as ações noto- mor ou meias palavras,deriamente abusivas. Te- finam os limites, com lasmem perder votos em vés- tro na própria Constituipera de eleição. O grande ção, para que o protesto vilão passa a ser a Polícia não seja transformado em e as forças de segurança luta de classes. Impõe-se pública. Tornou-se corri- a utilização de formas e queiro e normal, após ma- meios capazes de evitarem nifestações que envere- o tumulto, sem lesões às dam publicamente para o garantias do cidadão. Até vandalismo, a condena- porque, aqueles que não ção pública dos policiais. admitam tais medidas, esEles são sempre aponta- tarão optando pela legalidos como responsáveis zação da libertinagem e a por excessos e ocupam es- negação tácita dos valores paços na mídia.Virou mo- da democracia.


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Expressão FOTOS: REPRODUÇÃO

A sorte em suas mãos

Iuska Freire iuskafreire@gmail.com twitter: @Iuska

ineasta argentino da atual geração que mais tem filmes lançados no Brasil, de Esperando o Messias (2000) e O Abraço Partido (2004) a Ninho Vazio (2008) e Dois Irmãos (2010), Daniel Burman realizou seu longa mais recente, A Sorte em

C

Suas Mãos (2012), com coprodução brasileira e apoio da Ancine. Seu cinema continua, porém, profundamente portenho. Se há uma mudança, é primeiro no tom, que não deixa a melancolia de lado mas se aproxima um pouco da comédia romântica. Em sua estreia como ator, o músico uruguaio Jorge Drexler interpreta Uriel, divorciado e pai de dois filhos, que viaja a Rosario para um torneio de pôquer, seu hobby, e para fazer uma operação de vasectomia. Lá ele reencontra Gloria (Valeria Bertuccelli, de Um Namorado para Minha Esposa), exnamorada que desperta os instintos monogâmicos que o galinha Uriel imaginava ter superado. O que há de mais portenho no cinema de Burman, o sentido de coletividade, a partir da comunidade judaica da capital, que pode ser ao mesmo temp o

claustrofóbico e acolhedor, continua igual.Assim como em As Leis de Família e os demais longas do diretor,temos filhos que lutam com o peso da herança e da cobrança comunitária: Uriel trabalha na financeira que era de seu pai, "um homem de muitos amigos", e Gloria, que mal se comunica com a mãe (que ironicamente é radialista), reavalia sua vida a partir do momento

em que fica órfã do pai. O peso da História, que para Burman se confunde com o peso da herança, hoje em dia soa maior. O momento econômico pelo qual a Argentina passa, com a pressão cambial, a volta dos doleiros e o clima de cada-umpor-si,dá mais gravidade a A Sorte em Suas Mãos, um filme em que o dinheiro - a própria imagem do dinheiro,na financeira, no contador de notas/cartas, no cassino t e m pa-

inalmente assisti "Cine Holliúdy", a sala estava lotada. Ao lado, um garoto repetia as frases do filme, comecei a me irritar, mas logo vi que seria inútil. Praticamente todos ao meu redor estavam fazendo a mesma coisa. Pura identificação e distração. Meu marido paulistano ficou 'ariado' em vários trechos, sem entender os termos cearenses, a legenda que o filme utilizou não preencheu essa lacuna. E foram tantos os termos 'macho véi', acho que eles forçaram um pouco no bairrismo. Fora isso, o filme é engraçado e traz uma inocência tão agradável, tão leve... Não me atrevo a falar da estética, não tenho conhecimento pra isso, minha perspectiva é de quem assiste mesmo. O clima de saudosismo me trouxe algumas boas referências, do clássico "Cinema Paradiso" ao cult "Rebobine por favor". O protagonista Edmilson Filho é ótimo, um Roberto Benigni misturado com Chaplin cearense. Gostei do filme.

F

Daniel Burman faz seu filme mais fácil, num momento difícil MARCELO HESSEL Crítico de cinema Do omelete.com.br

Cinema

pel central. "O dinheiro corrompe?", é a questão que Burman se faz,enquanto filma Uriel despersonalizado no pôquer, disfarçado com óculos escuro e boné, um homem sem identidade (metáfora que o médico do protagonista depois didatiza textualmente). Essa opção por facilitar as simbologias (numa cena os personagens literalmente se fecham em bolhas) trivializa um pouco as coisas, mas se o gás do filme é um tanto limitado, talvez seja principalmente porque, pelo próprio histórico do diretor, nós já saibamos a resposta daquela questão: o dinheiro pode até corromper, mas o bem coletivo prevalece. Numa sociedade do sucesso como a brasileira, em que os filmes mais populares, com suas mulheres empresárias e seus milionários trapalhões, inva r i ave l mente asso-

ciam dinheiro com felicidade (acho que podemos adotar o termo "tecnochanchada" a essa altura do campeonato), A Sorte em Suas Mãos é um alienígena. Suas cenas de cantoria memorialista, suas três gerações de portenhos unidos no sing-along, podem parecer cafonas apenas, mas elas carregam uma visão do mundo que tem muito a acrescentar à nossa. Facilidades do cinema de gênero à parte,então,que venham entre Brasil e Argentina mais coproduções como esta.

CHEGADA DA TV No filme "Cine Holliúdy" a grande vilã é a chegada da TV. Realmente, a TV representou um grande impacto no cinema e também no rádio. Acho que algumas cidades pequenas ainda preservam a "TV na Praça". FLORES RARAS Sensível e bonito, o filme "Flores Raras", que retrata a relação da poetisa americana Elizabeth Bishop (Miranda Otto) com a arquiteta e paisagista carioca Lota de Macedo Soares (Glória Pires). Já li algumas críticas com relação ao sotaque de Glória Pires e, sinceramente, acho isso muito idiota. A personagem é uma brasileira e ela não tem obrigação de falar inglês perfeitamente, assim como Miranda Otto não o faz quando pronuncia algumas palavras no português. Apesar de ter gostado, não creio que seja um forte concorrente ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. NETFLIX Assisti a primeira temporada da série "Orange is the new black",produzida exclusivamente para a Internet pelo Netflix. Com episódios de 50 minutos,a série se passa numa prisão feminina e é cheia de clichês marcados por estereótipos de raças, mas isso não chega a incomodar.

ROBOCOP Vi o trailer da nova versão de Robocop, com direção do brasileiro José Padilha (Tropa de Elite). Uma tarefa difícil refilmar um clássico. Mas gostei do trailer. GRAVIDADE Por falar em trailer,é difícil respirar assistindo o trailer de "Gravidade".Esse filme tem toda a pinta de vencedor de Oscar. Com Sandra Bullock e George Clooney no elenco, ele estreia no Brasil em outubro. A AVENTURA DE KON-TIKI Dos filmes que estrearam no Multicine essa semana, apenas um me empolga a pagar o ingresso. "A Aventura de Kon-Tiki" não é um filme novo, foi indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e perdeu para "Amour". Irei conferir.

RUBY SPARKS Hoje trago um trecho do filme "Ruby Sparks", um dos melhores que assisti recentemente. Através da escrita os autores criam personagens tão reais que eles criam vida. O filme trata disso. Agradeço ao amigo Bruno Soares pela dica.

POESIA, DIÁLOGOS E IMAGENS "Alguém poderia ler este livro e achar que é mágica, mas se apaixonar é um ato de magia. E escrever também é. Se disse sobre "O Apanhador no Campo de Centeio": O milagre pouco comum da ficção aconteceu de novo. Um ser humano foi criado a partir de tinta, papel e imaginação. Eu não sou J.D. Salinger, mas fui testemunha de um milagre pouco comum.Todo escritor pode testemunhar, no estado mais afortunado e feliz, que as palavras não proveem de você, mas que passam através de você. Ela veio a mim integralmente. Eu apenas tive a sorte de estar aqui para recebê-la." - (Ruby Sparks, 2012)


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, sábado e domingo, 7 e 8 de setembro de 2013

Sociais Now!

CEDIDA

“ ”

Alguns falam pra você ficar bem. Outros simplesmente te fazem ficar bem

Diego Pinheiro diegobradok@hotmail.com twitter e instagram: @diegolpinheiro www.colunistadiegopinheiro.blogspot.com

HONESTO...

E eu posso até ter parado no tempo por alguns dias, meses ou anos, mas como tudo em minha vida me ergui da maneira mais honesta possível. Não há caminhos tortos quando a esperança vem de dentro do coração. Tudo se constrói e a alma cresce. Assim, onde procurei forças encontrei, onde tive vazio neguei e então me preenchi e continuo meu sonho, de maneira silenciosa, sem precisar de muito alvoroço: conheço o final dessa história e lá estarei com os dois pés fincados ao chão, sabendo como voar quando chegar a hora. Não me peça promessas que não poderei cumprir. Não me diga como amar se eu sei bem o que encontrar. E todos os dias, depois de tantas mudanças, agradeço a Deus por ter me tornado uma pessoa melhor. GEORGE HARRISON

E MAIS... *A Federação das Câmaras Municipais do Rio Grande do Norte (FECAM), através do seu presidente Francisco José Júnior, tem orientado a extinção do voto secreto. Fato que já ocorre em Mossoró há mais de um ano e meio. *André Luvi está de música nova e fazendo muito sucesso por onde passa. Ele é merecedor de sucesso. Humilde e trabalhador. *Dia 30 haverá o tradicional Cortejo da Liberdade. Antes, serão apresentados espetáculos em quatro regiões da cidade. *Os mossoroenses Giannini & Thábata se apresentam neste sábado durante a Finecap, em Pau dos Ferros. *Não se admirem se janeiro chegar e a antena de TV de Tibau ainda estiver no chão. Já faz mais de um ano e meio e ninguém resolve. Lá não tem assessoria... *A Repav Construtora e outros dois funcionários da empresa trabalham duro para erguer o Centro de Treinamento do Potiguar. Muito bom!

Aniversariante deste sábado, Sara Fernandes. Parabéns!!

DEZ HORAS DE FORRÓ

Thycianne Freitas em cliques para novo álbum. Ficou bacana!

Bem comentado o evento Farra do Aviões, que ocorrerá em Mossoró no dia 29 de agosto, véspera de feriado, no Espaço Villa. Serão dez horas de festa com Aviões do Forró, Solteirões do Forró, Lagosta Bronzeada, André Luví e Pegada de Luxo. Às vendas do primeiro lote continuam,inclusive para o Camarote 1ª Classe que será montado no espaço, que dará direito a cerveja e refrigerante gratuito. Maiores informações no no Centro Empresarial Caiçara, loja 5. Os acessos do primeiro lote são limitados e é preciso ficar atento para não perder as promoções. Se garanta na festa.

CENAS DA FORMATURA DE AMÉLIA CIARLINI CEDIDA

CEDIDA

Amélia Ciarlini esbanjando felicidade em seu baile de formatura

Amélia ladeada pelo filho Giovani e o maridão Silveira Júnior

CEDIDA

A família Silveira abraçando Amélia em sua noite feliz

THE END “Olhando pro céu vejo estrelas que brilham todo azul do mar/Pelas cidades, pelas vitrines, crianças não podem mais brincar/A liberdade será liberta, ou tudo mais se acabará/Direitos vivos e seres mortos, ideologia pra se brincar/Será sincero, dizer que nunca menti/Se pelo menos eu sei que já/Será verdade, dizer que nunca chorei/Se pelo menos eu sei que já/A inoscência da fantasia, a existência de 1 mil faróis/E pela fresta de um janela a fuga é certa pra todos nós/Será difícil, dizer que sempre pensei/Que tão chato se achar tão só/Será difícil, dizer que sempre encontrei/A solidão que esse vazio dói/Esse vazio só é vazio porque um dia/Ele não foi/E se não foi é porque um dia/Eu já o tive, mas o neguei/Será difícil, poder achar algo enfim/Que possa vir a me preencher/Será difícil, dizer que sempre sonhei/Todos os dias em ter você”, Kim. Bye! (DP).

CEDIDA

A família Ciarlini abraçando a nova bacharela em Direito

CEDIDA

Amigos Marcos/Keith com os anfitriões e Luziária Machado

Lamentar uma dor passada, no presente, é criar outra dor e sofrer novamente

CEDIDA

Tácio Garcia e Fátima Gondim levaram seu carinho

FORMATURA DE AMÉLIA Estive na formatura de Amélia Ciarlini, realizada no sábado, 31 de agosto, no Garbos Eventos. A nova bacharela em Direito recebia à todos com um sorriso no rosto e senso de dever cumprido. Batalha essa que apenas começou e que tenho certeza que será de êxito. Ao lado do filho Giovani e do esposo Francisco José Júnior, Amélia recebeu amigos e familiares para comemorar a vitória. Amélia também comemora aniversário neste domingo.

AUTO DA LIBERDADE Na programação musical do Auto da Liberdade, anote ai: dia 27, Symara Tamara, Dayane Nunes, Renata Falcão e Nida Lira cantando brega. Dia 28, Banda MP3, Alfredo & Os Caras e Black Out tocando rock. Dia 29, Kelly Lira e Gaby Viegas. Bom!!!


CLOSE

9

Thaís Melchior conta como superou a timidez da adolescência para se tornar atriz

Mossoró, domingo, 8 de setembro de 2013

PEDRAS NO CAMINHO EM "JOIA RARA", LUIZA VALDETARO SE PREPARA PARA VIVER HILDA, UMA JOVEM QUE SONHA EM SER CANTORA

MUITO SOL E POUCO SAL 8

"FLOR DO CARIBE" CHEGA AO FIM COM MAIS PRAIAS BONITAS QUE HISTÓRIAS CONVINCENTES


2 TVGazeta do Oeste

Zapping

Mossoró, domingo, 8 de setembro de 2013 Editor do suplemento: Maxwell Ferreira - maxwell_ferreira@hotmail.com Fotos: Jorge Rodrigues Jorge, Luiza Dantas e Pedro Paulo Figueiredo/Carta Z Notícias

AGENDA CHEIA Cinara Leal se considera uma pessoa inquieta. Com o fim das gravações de "Flor do Caribe", a intérprete da simpática Nicole não pensa em tirar férias tão cedo. A atriz já está confirmada na próxima temporada de "Mandrake", da HBO. Além disso, pretende tocar um projeto próprio de uma peça infantil. A trama aborda a primeira paixão de um menino. "É um espetáculo idílico e cheio de magia. Muito sonhador. Tenho algumas ideias, mas quero que outra pessoa escreva o roteiro", confessa. RETORNO A série "Do Amor", do Multishow, voltará no dia 10 de outubro. Nela, Jonathan Haagensen será Tiê, um líder comunitário. A série é protagonizada por Maria Flor.

NA TRILHA DO SOM Na reta final de "Dona Xepa",Maurício Mattar já tem planos após o fim do ''remake'' de Gustavo Reiz. O intérprete de Júlio César pretende investir em um especial de final de ano relacionado à música. A ideia será apresentar um programa aos moldes do "Amigos e Sucesso'',programa que comandou na Record em 1999. "Ainda preciso amadurecer a ideia com a emissora. Tenho uma relação muito saudável com a música", afirma ele, que assinou com a Record com o intuito de fazer um programa musical. "Acho que qualquer canal tem espaço para boas ideias", ressalta.

RIOS DE DINHEIRO Dinheiro não é problema para a Record quando o assunto é "Pecado Mortal".A trama de Carlos Lombardi é encarada como superprodução dentro do canal por conta dos valores que envolvem a produção de cada capítulo.A emissora gastará uma média de R$ 450 a 500 mil por capítulo - valor 40% superior ao gasto em ''Dona Xepa''.Recentemente,a emissora passou por uma reestruturação - que culminou com centenas de demissões - ao alegar uma crise financeira. NOVAS POSIÇÕES Com o fim das gravações de "Dona Xepa", boa parte da equipe do folhetim de Gustavo Reiz migrou para a produção de "Pecado Mortal". Agora, a primeira novela de Carlos Lombardi na Record conta com cinco frentes de gravações. A trama estreia dia 25 de setembro. EM MOVIMENTO Gisele Joras já se dedica a um novo trabalho para a Record. Morando em Londres,a autora de "Balacobaco" escreve uma pré-sinopse para a emissora. Paralelamente, ela também colabora para o site New York Spy, onde aborda o atual contexto artístico da Inglaterra. HORÁRIO GARANTIDO A dupla Filipe Miguez e Izabel de Oliveira já tem data certa para retornar à tevê. Os autores de "Cheias de Charme" serão os responsáveis pela autoria da trama substituta de ''Além do Horizonte", de Marcos Bernstein e Carlos Gregório. A previsão é que a estreia ocorra no primeiro semestre do próximo ano. Denise Saraceni,que atualmente comanda os trabalhos de "Saramandaia", deve ficar responsável pela direção de núcleo.

VAGA CERTA Manoel Carlos trabalha a todo vapor para fechar o elenco de "Em Família". Herson Capri e Marco Ricca, que interpretam Plínio e Wilson, respectivamente, em ''Sangue Bom'' são os novos nomes que reforçam a lista do último folhetim do autor. A trama tem estreia prevista para janeiro de 2014. PRESENÇA ILUSTRE Rodrigo Faro fará uma participação especial nos últimos capítulos de ''Dona Xepa". As sequências foram feitas nos estúdios da emissora em São Paulo. As gravações envolveram Alexandre Barillari, o Robério, e os atores Augusto Garcia, o Graxinha, e Robertha Portella, a Dafne. A direção por diretor-geral Ivan Zettel. Recentemente, o apresentador de "O Melhor do Brasil" foi convidado para uma participação em "Pecado Mortal". Mas, por conta de agenda intensa,precisou recusar o papel. PARA POUCOS Assim como "Saramandaia","Além do Horizonte", próxima trama das sete, contará com um elenco enxuto. O folhetim de Carlos Gregório e Marcos Bernstein deve ter apenas 30 personagens, quantidade que é menor até que a do atual ''casting'' de "Sangue Bom", a qual alterna entre 40 e 50 atores escalados.


Sobre a mídia

Aline Linhares

alineolinhares@hotmail.com Twitter: @alinelinhares Site: www.alinelinhares.com.br

CARAS NOVAS NA PERSONAL MARKETING A agência Personal Marketing está cheia de novidades, entre elas estão os criativos que entraram recentemente para família. No setor de Atendimento Publicitário, a equipe conta com mais três profissionais, são elas: Lieggy Dantas, Karoliny Martins e Paloma Freire. Todas graduadas em Publicidade e Propaganda. O setor de Mídia e Produção também conta com uma cara nova, é o acadêmico de Marketing, Jefferson Diego, rapaz competente com experiência de sucesso na área. A equipe de criação também aumentou. A novidade por lá é a Diretora de Arte, Raissa Moura. Já no setor financeiro, a novidade é a acadêmica de Administração, Keila Cavalcante. Jozeildo Rodrigues reuniu um time da pesada que junto com os veteranos, Denyse Barreto, Daniely Marques, Juarez Viana, Allan Erick, Nícolas Thefrey, Ismael Santos, Lidiane Rodrigues e Jonas Carolino, prometem muita coisa boa. Aguardem!

TVGazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 8 de setembro de 2013

Não sou nada, senão um instrumento, um pequeno lápis nas mãos do meu Senhor, com o qual ele escreve aquilo que deseja. Madre Teresa de Calcutá

REGISTROS

# Rafaela Costa - GAZETA DO OESTE - que é um dos nossos destaques da semana, recebe muitos parabéns por seus primeiros cinco anos de atuação como colunista social. E sei que ela prepara coisas novas para mais cinco anos à frente. Parabéns, garota! Sucesso! # Estou sabendo que um integrante de grupo de Comunicação da cidade vai ser representante da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) e deixará cargo que exerce atualmente. # Carlos Skarlack está a todo vapor com seu jornal intitulado Só Cristo Salva. É o primeiro jornal evangélico interdenominacional de Mossoró e Região, que registrará os acontecimentos das igrejas evangélicas pentecostais, neopentecostais e tradicionais. O jornal Só Cristo Salva, também será disponibilizado no site do Ministério Só Cristo Salva -http://www.socristosalva.net/ # Simone Silva - www.simonesilva.com.br - é só alegria com o 1º ano do seu site que bomba pela capital do Estado. Vai ter festão dia 7 de setembro. # Quem está muito bem também por Natal é o nosso querido J. Régis. Ele apresenta também o programa Comando, na 95 FM de lá. # Dois nomes que faziam parte da TV Ponta Negra estão agora na Sim TV Natal, afiliada da Rede TV no RN. Trata-se de Miguel Weber e Paulo Wagner. Eles apresentam o programa Gente da Gente, às 12h30. # É muito bonito ver a união da turma de Comunicação da Agecom-Uern. # A produtora do programa Entre no Clima, Katiúscia Formiga - TCM - sairá de férias na próxima segunda-feira, 9, e retornará às atividades em 9 de outubro. Ate lá, quem substitui Katiuscia é Walleska Rebouças, que coordena o arquivo da TCM e também trabalha na produção de Ao Vivo. # Adriana Ísis - 93 FM - também um dos nossos destaques da semana, está comemorando seus primeiros 10 anos na Rede Resistência de Comunicação.Ela apresenta todas as noites o programa 'A Noite é Nossa'. Adriana também está nas manhãs da emissora. Ela participa do 'Show 93? apresentado por Gilson Cardoso - TV Mossoró. Ísis fala para os ouvintes o horóscopo e as fofocas do meio artístico. # A jornalista Juliana Fernandes - ex-TV Tropical - já está no exterior estudando e começando a se acomodar na nova vida. Manda notícias positivas de lá.

SERÁ QUE VEM? O Deputado Federal Betinho Rosado editou uma indicação (nº 5142/2013) sugerindo ao Ministro das Comunicações Paulo Bernardo Silva, a outorga de autorização à Câmara Municipal de Mossoró/RN para operar canal de televisão destinado à veiculação de atos legislativos. Segundo o parlamentar, a Câmara Municipal de Mossoró empreende diversas iniciativas para informar a população acerca de suas atividades e para promover o envolvimento dos eleitores com os temas relevantes de caráter regional e nacional. Nesse contexto, prepara-se para produzir e veicular material jornalístico institucional e operar os diversos veículos de comunicação disponíveis. Vale ressaltar que as sessões da Câmara são veiculadas, ao vivo, pela TV Mossoró, em sinal aberto para toda Mossoró.


4 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 8 de setembro de 2013

Raio-x

Na flor da idade Marcela Muniz se divide entre a comédia e uma sensualidade madura em "Dona Xepa" MÁRCIO MAIO TV PRESS

É

evidente a inclinação que Marcela Muniz tem atualmente com a comédia. Tanto que a atriz não hesita em afirmar que a exuberante Geni de "Dona Xepa",da Record, é sua atuação inesquecí-

vel na televisão.Na pele de uma mãe de família sofrida e, ao mesmo tempo,um tanto quanto atirada, Marcela garante ter perdido todos os seus pudores como atriz. Isso no que diz respeito a explorar, aos 46 anos, uma sensualidade que nem sempre esteve em seus papéis, e nas variações entre o drama

e o humor dentro da trama de Gustavo Reiz. "Sempre fiz a boazinha, a fofinha. E comédia é bem mais complicado, não é qualquer um que consegue.Tenho tateado nesse gênero e, confesso, me agrada bastante essa posição", conta ela, que se divide entre a carreira de atriz e a faculdade de Gas-

tronomia. Agora, com o final da novela, Marcela pretende mergulhar de cabeça na culinária."Me formo no ano que vem e já estou atrás de estágio.Quero conseguir conciliar as duas carreiras e me empenhar em ambas", explica.

Marcela Helena Nome: Marcela Helena de Godoy. Nascimento: 26 de outubro de 1966, em Vitória, no Espírito Santo. Primeiro trabalho na tevê: A Maninha de "Os Imigrantes", na Band, em 1980. Sua atuação inesquecível: Geni, de "Dona Xepa". "Tive comédia e drama no mesmo trabalho. E me marcou muito pela minha falta de pudor como atriz. Não tive medo de arriscar". Interpretação memorável: Adriana Esteves como a Carminha de "Avenida Brasil", na Globo, em 2012. Momento marcante na carreira: "Minha volta ao teatro depois de 10 anos afastada dos palcos, em 2012". A que gosta de assistir: Séries, filmes e programas de culinária. A que nunca assiste: Esportes. O que falta na televisão: "Mais rotatividade nas histórias, algo que o investimento em séries possibilita". O que sobra na televisão: "Não gosto de 'realities'. De cozinha, acho bacana, porque você aprende alguma coisa". Ator: Antônio Fagundes e Robert De Niro. Atriz: Laura Cardoso. Com quem gostaria de contracenar: Fernanda Montenegro. Se não fosse atriz, seria: "Chef" de cozinha. Humorista: Paulo Gustavo e Marcelo Médici. Novela preferida: "Vale Tudo", de Gilberto Braga, exibida pela Globo em 1988. Cena inesquecível na tevê: O embate de Julia e Yolanda, personagens de Sônia Braga e da Joana Fomm em "Dancin' Days", novela de Gilberto Braga, exibida pela Globo em 1978. Melhor abertura de novela: "Rainha da Sucata", exibida pela Globo em 1990. Canção inesquecível de trilha sonora: "Dona", do Roupa Nova, tema da Viúva Porcina, papel de Regina Duarte em "Roque Santeiro", em 1985. Personagem mais difícil de compor: Gênova, em "Os Ricos Também Choram", exibida pelo SBT em 2005. "Recebi a sinopse, vi que era comédia rasgada e eu não sabia o que fazer. No final, deu tão certo que me descobri no gênero". Papel que mais teve retorno do público: Diana, em "Sassaricando", exibida pela Globo em 1987. "Nessa época, eu não podia sair na rua". Que novela gostaria que fosse reprisada: "A que eu mais gostaria de rever já decidiram reprisar, que é 'O Cravo e a Rosa'". Que papel gostaria de representar: Uma vilã. Par romântico inesquecível: Carolina e João, papéis de Yara Côrtes e Paulo Gracindo em "O Casarão", exibida pela Globo em 1976. Com quem gostaria de fazer par romântico: Alexandre Nero. "É bom ator, músico, enfim, é um profissional incrível". Filme: A trilogia "O Poderoso Chefão", de Francis Ford Coppola. Livro de cabeceira: "Mutações", de Liv Ullmann. Autor: João Emanuel Carneiro. Diretor: Quentin Tarantino, Pedro Almodóvar e Woody Allen. Vexame: "Em 'Sassaricando', estava gravando uma cena de briga com um arquinho de plástico na cabeça e, na raiva, falei tão brava que o arco se partiu sozinho". Mania: "Gosto de tudo arrumadinho". Medo: "De não viver tudo o que ainda quero viver". Projeto: "Vou rodar um curta com minha filha, a Thais Müller, o Igor Cosso e o Lázaro Ramos, chama-se 'O Último Amanhecer', do Gustavo Rezende. E volto aos palcos em novembro, no Rio, com 'Rebeldes'".


TVGazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 8 de setembro de 2013

Bastidores

UM TIRO NA AUDIÊNCIA VIVA REPRISA A PARTIR DESTA SEMANA A TRAMA POLICIAL "A PRÓXIMA VÍTIMA"

MÁRCIO MAIO TV PRESS

E

xplorar o misterioso "quem matou" já é clichê na teledramaturgia. Mas quando escreveu a sinopse de "A Próxima Vítima",exibida pela Globo em 1995, Sílvio de Abreu queria ir além disso. Na trama que o Viva reestreia nesta segunda, outras duas perguntas permearam os 203 capítulos de novela: quem mais vai morrer e por que estão matando? Segredos guardados até dos colaboradores, já que o autor só liberou o desenlace cerca de duas horas antes da exibição. "Gravamos o final às 19 horas para levarmos ao ar às 20:30 h. Tivemos imprensa até internacional na porta da emissora e conseguimos impedir o vazamento da identidade do assassino",lembra o autor, que conquistou 51 pontos de média geral e 64 em seu último dia de exibição, em 4 de novembro de 1995. A novela era dividida em duas vertentes.A primeira,a policial, era centrada em um "serial killer" que matava,em média, um personagem por mês. No final que foi ao ar na primeira exibição, Adalberto, de Cecil Thiré, era o assassino, que matava uma lista de testemunhas de um crime cometido em 1968. Uma outra opção foi gravada, em que Ulisses, de Otávio Augusto, matava as testemunhas que tinham deixado seu pai ser preso, injustamente, por um crime que não cometeu. Já a segunda vertente era a romântica, envolvendo o triângulo amoroso formado, inicial-

mente, pelo feirante Juca, de Tony Ramos, a dona de pizzaria Ana, de Susana Vieira, e o ambicioso Marcelo, de José Wilker. "Para pegar a parte policial, tinha de prestar atenção, exigia certo raciocínio. Quem não era fisgado por aí, acompanhava a parte emocional", defende Silvio. A ideia era exibir três cenas do último capítulo ao vivo. Mas, por medo de problemas técnicos e, consequentemente, ver a novela fora do ar, optou-se pela gravação da revelação do assassino poucos minutos antes da exibição. Para isso, Sílvio saiu de São Paulo no mesmo dia levando para o Rio de Janeiro o texto final das cenas, até então só conhecido por ele. Mas algumas pistas foram dadas ao longo da história. Por exemplo, o fato de Adalberto trabalhar vendendo carros usados, como o veículo utilizado pelo criminoso em suas ações. "Estava tudo armado. Nas primeiras cenas, antes do Adalberto ser inserido na história, já aparecia o Opala preto", recorda Alcides Nogueira, colaborador da novela junto com Maria Adelaide Amaral. Outros feitos são creditados à "A Próxima Vítima".Co-

mo, por exemplo, o fato do autor explorar o romance homossexual de dois colegas de faculdade de classe média. Além da discussão em relação à sexualidade de seus personagens e a reação de suas famílias e amigos ao namoro, havia ainda o fato de Sandrinho, papel de André Gonçalves,ser branco, e Jefferson, de Lui Mendes, negro. "Acho que abrimos ali portas para que, hoje, seja natural vermos casais gays inseridos na teledramaturgia. Até então, só me lembro de uma discussão tão aberta sobre o assunto no cinema", valoriza André, que chegou a ser agredido fisicamente na rua por interpretar um homossexual. "Era uma novidade ver uma família negra de classe média na tevê. Normalmente, os papéis destinados aos negros eram os de serviçais ou escravos. Aquilo era muito inovador", exalta Paulo Betti, que vivia o investigador Olavo,responsável pela resolução do quebra-cabeça envolvendo os assassinatos em série. Para muitos atores, "A Próxima Vítima" marcou uma fase de ascensão na carreira. Deborah Secco, por exemplo, estreou na Globo

em "Mico Preto", em 1990, com apenas 10 anos. Mas só na trama de Sílvio de Abreu é que se firmou nas novelas, ao encarnar a espevitada e sonhadora Carina. Alexandre Borges também estreava nas novelas da Globo ali, tendo feito antes na emissora apenas as minisséries "Incidente em Antares" e "Engraçadinha - Seus Amores e Seus Pecados". E Cláudia Ohana, que vivia a "bonitinha e ordinária" Isabela no folhetim, encarnou sua primeira e única vilã. "Foi um trabalho maduro e do qual gosto muito. O que eu acho engraçado é que nunca fui hostilizada nas ruas por causa dela. As pessoas me elogiavam", lembra Cláudia, que gravou inúmeras cenas fortes na trama, incluindo algumas de sexo com José Wilker e Alexandre Borges, e de sua personagem sendo espancada e até esfaqueada ao ter uma traição conjugal descoberta.


6 TVGazeta do Oeste

Entrevista

S O H N I M CA

nagem com detalhes para você

P - Sua personagem têm ba ses muito naturalistas. Como foi a construção para o papel? R - Foi um trabalho bem de talhado porque a Renata tem muitas nuances.Queríamos mos trar uma garota comum e que não caísse para o estereótipo d ''periguete'' - muito comum na novelas atualmente.A história do Érico e da Renata é sobre o fim de uma relação de 15 anos.Vi um filme exatamente sobre isso ''Entre o Amor e a Paixão''. Mon tei o perfil de uma garota que não tem coragem de largar uma re lação estável de anos. Há tem pos que não tinha um papel tão dramático assim.

S O T R TO

No ar em "Sangue Bom'', Regiane Alves ressalta o destaque de suas vilãs na tevê

A

s feições angelicais facilmente poderiam encaminhar Regiane Alves para o óbvio papel de mocinha romântica. De fato, a atriz experimentou o posto algumas vezes como a doce Ana Clara, de ''Fascinação'',do SBT,e a inocente Belinha,de ''Cabocla'',da Globo. No entanto, a intérprete da moderna Renata, de ''Sangue Bom'',optou por outro caminho. E foi por suas personagens menos ''ortodoxas", como a Dóris, de "Mulheres Apaixonadas", e a Cristiane, de "A Vida da Gente", que ela se destacou na tevê. ''Tenho personalidade forte. Acho que é por isso que as pessoas dizem que tenho alma de vilã", argumenta, aos risos. Aos 35 anos, a atriz, natural de Santo André, no ABC paulista, em nada lembra a menina tímida e insegura que estreou no folhetim que Walcyr Carrasco escreveu para o SBT em 1998.Tampouco a jovem que foi testada pelo diretor Ricardo Waddington na ânsia por uma oportunidade na Globo, em 2000. "Tinha propostas de outras emissoras, mas fiz um vídeo para ele. Três dias depois, assinei com a Globo", lembra.''Sangue Bom'' é o 20º tra-

balho de Regiane na emissora e marca o reencontro da atriz com um texto de Maria Adelaide Amaral - responsável por ''A Muralha''. De lá para cá, a atriz percorreu uma trajetória marcada por personagens heterogêneas. ''Pautei minha carreira pela versatilidade. Sou muito cuidadosa com o que faço. Me dedico para fazer minhas personagens acontecerem'', garante. P - Sua personagem em "Sangue Bom'' tem uma trama polêmica. Trai o namorado com o primo dele, às vésperas do casamento.Você teve receio de que a Renata fosse rejeitada? R - Senti um pouco no início. Era um medo também dos autores. Por isso, eles fizeram poucas inserções de cenas do casal até o momento da traição. A cada cena eu deveria ser bem direta e apresentar a personagem nas sequências.Tínhamos uma preo-

cupação de fazer um papel crível. Mostrar que era uma garota bacana e que, na verdade, essa história poderia acontecer com qualquer pessoa, independentemente do caráter. P - Você estreou na Globo em ''A Muralha'' de Maria Adelaide Amaral e com colaboração de Vincent Villari. É mais confortável trabalhar com autores que você já tem mais intimidade com o texto? R - Claro,"A Muralha" foi um trabalho muito feliz. Facilita para mim e para o autor, que já sabe como é o meu trabalho. Sou amiga do Vincent há anos, mas nunca consegui voltar a trabalhar com ele.Quando ele estava escrevendo, eu estava escalada para outro projeto.Foi muito carinhoso dos dois escreverem um papel pensado para mim. É muito gostoso, após 13 anos de Globo, alguém pensar em uma perso-

P - Sua primeira experiência na tevê foi como protagonista de ''Fascinação'' do SBT e, 10 anos depois, voltou ao posto em ''Beleza Pura'', da Globo. Vo cê se considerava preparada na época para encarar uma perso nagem principal no início da carreira? R - ''Fascinação'' era uma no vela que nem era para ser exibi da no Brasil. Era muito "verde e não tinha a menor noção de te levisão. Não estava pronta par a tevê. Percebi que precisava es tudar muito ainda. Em 2008, mi nha trajetória na Globo era mai sólida.Já tinha feito de tudo aqui desde a mocinha de época até menina que maltrata os avós. Fo feita uma reunião na emissora me falaram que faltava apenas es se posto. Mas não faço questão de ser protagonista.

P - Por quê? R - É um excesso de trabalho muito forte e a qualidade da su atuação cai um pouco. Quando você faz uma coadjuvante, tem mais tempo para estudar e mon tar a personagem.Na pele da pro tagonista, você tem de cumpri cenas, lidar com a pressão da au diência,de contar história e de es tar bem. Não me faz falta. Não uma coisa pela qual batalhe ou peça na Globo.

P - Mesmo com as feiçõe angelicais, você é muito lem brada pelas vilãs que interpre


.

ao

em so a as o m m o, no emo

a a 0 m oa oa

oi" ea siis i, a oi e so

o a o m noir usé u

s me-

Mossoró, domingo, 8 de setembro de 2013

tou, como a Clara, de ''Laços de Família'', e a Dóris, de ''Mulheres Apaixonadas''. Por quê você acha que isso acontece? R - O José Luiz Villamarim (diretor) diz que eu tenho alma de vilã (risos). Não sei se é porque é tão o meu oposto que acaba dando certo. Às vezes, me questiono porque me chamam para esse tipo de papel. Devo ter uma personalidade muito forte. Senão, as pessoas não me escalariam. Dez anos depois, o público ainda lembra da neta que maltratava os avós. Foi um divisor de águas na minha carreira. Gosto de ser lembrada pelas minhas vilãs. P - ''A Vida da Gente'' foi a primeira vez que você pôde fazer uma comédia mais escrachada na tevê. Você buscava isso? R - Teve uma época na minha vida em que eu queria fazer mais comédia. Eu procurei esse lado. As pessoas me falavam que eu tinha de cair para comédia, mas eu resistia. Achava que era muito próximo da minha pessoa e que aquilo não iria imprimir verdade. Eu adorei essa oportunidade em ''A Vida da Gente''. Eu vi o quanto é difícil e injusto fazer comédia. Nunca são visto como bons e grandes papéis. Em ''Tempos Modernos'', eu já tive o início dessa abertura para comédia. P - ''Tempos Modernos'' foi uma novela sem grandes repercussões. Como você lida com as escolhas e os altos e baixos da carreira? R - Isso é complicado. A personagem era muito legal dentro da trama, mas a novela não tinha sucesso.É difícil fazer um trabalho que não tem grande repercussão porque você ainda tem meses para levar esse projeto.Foi um fiasco, mas a turma era muito boa. Tinha algo positivo. No final, você sempre leva um ou dois amigos ou mais experiência. Nunca paro. Nem diante do sucesso ou do fracasso. P - Ao longo da sua trajetória, você fez diversos tipos de

papéis, desde as vilãs, passando pelas mocinhas até jovens descoladas. Essa versatilidade artística é importante para você? R - Eu sempre busquei e busco. Quero papéis que não tenham nada a ver um com outro. É tudo muito pensado na minha carreira. Quero personagens que me instiguem e me façam viver histórias opostas a mim. Vou perder um pouco da minha vida para compor um trabalho. É a prioridade na minha carreira. P - Walcyr Carrasco é um dos autores da atualidade que mais emplaca novelas na Globo e você estreou com ele na tevê.Nunca surgiu a oportunidade de trabalhar com o autor novamente? R - Eu quase fiz ''A Padroeira''. Mas eu tinha acabado de sair de ''Laços de Família'' e estava muito cansada.Sempre que tem uma novela dele, eu fico na boca para entrar, mas nunca vai. É a mesma coisa com a Glória Perez. Estava reservada até o último ponto para ''Salve Jorge'', mas então o Dennis me reservou para ''Sangue Bom''. P - Ser disputada por diversos autores envaidece? R - Tenho muito os pés no chão.Acredito que sou muito cuidadosa com meu trabalho e isso é um reflexo. Amo o que faço. Trabalho independentemente do tamanho do papel.Acho que é isso que fica evidente nos projetos em que me envolvo. Mas ainda tenho muito o que melhorar, aprender e amadurecer. E claro que, com 13 anos de Globo, é muito bom saber que os autores gostam do meu trabalho.

TVGazeta do Oeste 7

OLHO VIVO Com 10 novelas no currículo, Regiane Alves não é a principal telespectadora de seus antigos trabalhos. Após 15 anos de sua estreia em ''Fascinação'', a atriz ainda encara como uma ''tortura'' rever seu primeiro papel de destaque na tevê. ''É uma sensação estranha. É como ver foto antiga e perceber o quanto você melhorou. A novela era ruim e o Vincent me sacaneava'', afirma, aos risos. No entanto, a autocrítica ainda é muito comum na carreira de Regiane, que se considera uma pessoa extremamente "chata" com seu desempenho. "Sou presa a detalhes e sempre quero melhorar. Jamais pego texto na hora para gravar. Estou sempre com papel na mão e pensando em como ficar melhor", explica.

MÁS RECORDAÇÕES Regiane Alves experimentou os dois lados do sucesso da vilã Dóris em "Mulheres Apaixonadas''. Apesar da grande repercussão da personagem na época, a atriz não escapou da fúria de algumas telespectadoras mais intepestuosas. Durante as gravações do folhetim de Manoel Carlos,Regiane chegou a ser agredida por uma senhora por conta da jovem que maltratava os avós.Mesmo com a confusão,a atriz garante que o público ainda deseja revê-la no papel de antagonista. "As pessoas na rua vivem me falando que eu deveria voltar a fazer vilã. A Dóris, com certeza, ficou guardada em um 'hall' especial", ressalta.

TRAJETÓRIA TELEVISIVA # ''Fascinação'' (SBT, 1998) - Ana Clara. # ''Meu Pé de Laranja Lima'' (Band, 1998) - Lili. # ''A Muralha'' (Globo, 2000) - Rosália. # ''Laços de Família'' (Globo, 2000) - Clara. # ''Desejos de Mulheres'' (Globo, 2002) - Letícia. # ''Mulheres Apaixonadas'' (Globo, 2003) - Dóris. # ''Cabocla'' (Globo, 2004) - Belinha. # ''Minha Nada Mole Vida'' (Globo, 2006) - Elizandra. # ''Páginas da Vida'' (Globo, 2006) - Alice. # ''Beleza Pura'' (Globo, 2008) - Joana. # ''Tempos Modernos'' (Globo, 2010) - Goretti. # ''A Vida da Gente'' (Globo, 2011) - Cristiane. # ''Guerra dos Sexos'' (Globo, 2012) - Jennifer. # ''Sangue Bom'' (Globo, 2013) - Renata.


8 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 8 de setembro de 2013

Crônica

Muito sol e pouco sal "FLOR DO CARIBE" CHEGA AO FIM COM MAIS PRAIAS BONITAS QUE HISTÓRIAS CONVINCENTES

ANNA BITTENCOURT TV PRESS

Q

uando "Flor do Caribe" estreou, em março, era nítida a proposta estética da novela. Além do trio "louro de olhos azuis" protagonista, as cenas de praia, pôr do sol e visuais incríveis tiveram destaque no folhetim de Walther Negrão. Seis meses após o início e em sua reta final - o último capítulo será exibido no dia 13 de setembro -, "Flor do Caribe" confirma a vocação. Ou seja: bonita, mas falta conteúdo. A trama central da novela, focada no triângulo improvável entre Cassiano, Ester e Alberto, interpretados respectivamente por Henri Castelli, Grazi Massafera e Igor Rickli, não convenceu em nenhum momento. O amor juvenil de Cassiano e Ester despertava o ciúme quase assassino de Alberto, um ricaço que em nada combinava com o esquema sol, praia e namoro do casal protagonista.A vingança proposta pelo algoz não encaixava na trama e fazia Rickli parecer ainda mais infantil do que a sua atuação estreante. Muito criticado no início da trama e sem poder contar com a "ajuda" de Grazi e Henri, que atuam na mesma horizontalidade do ator, Igor cresceu em cenas com Sério Mamberti e Cláudia Netto, que interpretam Dionísio e Guiomar, avô e mãe de Alberto. As recentes cenas em que o vilão bateu de frente com o temido avô e que pediu colo a sua mãe foram fortes e mostraram que

Rickli ouviu as críticas e evoluiu durante o trabalho. Por um lado, o fio condutor da trama muitas vezes deixou a desejar. Por outro, núcleos periféricos contavam com boas atuações e narrativas mais convincentes.Daniela Escobar e Bruno Gissoni, intérpretes de Natália e Juliano, davam doçura à trama de uma mulher que se apaixona por um rapaz muito mais jo-

vem e sofre preconceito da família dele e de suas próprias filhas.E Rita Guedes,como Doralice,mostrou bom desempenho e versatilidade em seu primeiro papel não marcado pela sensualidade. Com altos e baixos, "Flor do Caribe",no entanto,conseguiu surpreender positivamente no Ibope. A novela recuperou a audiência perdida em "Lado a Lado" e chegou a

bater médias de 27 pontos no auge do "troco" de Cassiano em Alberto. Passada a empolgação com a vingança, a audiência sofreu pequena queda e, nos capítulos finais, tem marcado médias de 25 pontos.


TVGazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 8 de setembro de 2013

Close

QUEBRA DE PARADIGMAS NO AR EM "SARAMANDAIA", THAÍS MELCHIOR CONTA COMO SUPEROU A TIMIDEZ DA ADOLESCÊNCIA PARA SE TORNAR ATRIZ NATALY LIMA TV PRESS

A

extroversão não é marca registrada de todos os atores. E por mais contraditório que pareça, foi a timidez de Thaís Melchior que proporcionou seu primeiro contato com a interpretação. O acanhamento da atriz no começo da adolescência fez com que seus pais a matriculassem no Tablado, tradicional curso de teatro,localizado no Rio de Janeiro. "Estava morrendo de vergonha. Na primeira aula, a chamada foi subir no palco e cantar uma música. Foi bem assustador", lembra Thaís, que,mesmo assim,insistiu nas aulas e começou a sentir mudanças após a tentativa de se adaptar."Fez uma 'cosquinha', mexeu comigo. Senti algo que eu nunca havia experimentado. Comecei a levar a sério", reforça a intérprete da determinada Bia de "Saramandaia", da Globo. Hoje, a adolescente retraída cedeu espaço para uma atriz confiante.Na trama de Ricardo Linhares,a personagem mostra que foi-se o tempo em que as boas moças perdiam seus sapatos de cristal. Cada vez mais ousadas, as "mocinhas com garra" vêm ganhando espaço nas tramas.Bia é um exemplo desta mudança. Revolucionária, ela é uma das "cabeças" do movimento "Saramandista", que propõe mudanças na provinciana cidade de Bole-Bole. Além disso, sua personagem vive um romance moderno e descompro-

missado,que dispensa rótulos. "A Bia é uma garota que você vê nas ruas. Hoje, os jovens estão 'metendo a cara' e correndo atrás de seus direitos", expõe. O primeiro trabalho de Thaís na televisão foi na temporada de 2011 de "Malhação". Logo de cara, a atriz encarou uma vilã, a ardilosa Crystal. Segundo a intérprete, a personagem foi fundamental para lhe dar notoriedade. "O público jovem é muito fiel. Com esse trabalho conquistei meu espaço",acredita.Para ingressar na novela "teen", a atriz fez testes a partir do cadastro de atores da Globo. "Quando a gente faz a oficina de atores,conhece os produtores de elenco e se cadastra.Depois, somos chamados para testes", explica, ressaltando que também foi testada para compor o elenco de "Saramandaia". A convivência com o elenco, inclusive, está sendo totalmente nova para a atriz. Acostumada com um time jovem de atores, ela agora contracena com grandes nomes da televisão. "São pessoas que eu admiro muito. É uma oportunidade única que estou tendo de ver, ao vivo, o trabalho deles sendo feito", comemora. Além da satisfação de estar em cena com nomes consagrados, Thaís frisa, principalmente, o aprendizado que este convívio proporciona. "Eles me dão toques, que eu já estou usando muito. Tento tirar o máximo que eu posso disso", entrega. O contato com os efeitos especiais,presentes por conta do realismo fantástico da trama, agrega ainda mais a esta experiência."Minha mãe já é 'redonda', nas cenas com ela a equipe tem um cuidado maior. Ela anda e tudo treme, quebra", diverte-se. Sem outros projetos no

momento, Thaís está focada em "Saramandaia" e no seu desenvolvimento como atriz. Umas das ferramentas utilizadas por ela é acompanhar suas cenas em casa. "Sou muito crítica, me cobro bastante. Faço questão de me ver. Quando a gente se assiste, consegue perceber o que não está legal", afirma. Quanto ao futuro, a atriz tem um gran-

de desejo. "Adoro novelas de época e sempre quis fazer. Acho lindo. A fotografia, a história, o figurino, tudo encanta", confidencia.


10 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 8 de setembro de 2013

Resumo

SANGUE BOM

MALHAÇÃO

FLOR DO CARIBE

GLOBO - 17H:50

GLOBO - 18H:15

GLOBO - 19H:10

Segunda (09/09) - Ben é levado para o hospital. Junior conta para Clara e Guilherme o que aconteceu. Sidney e Junior não conseguem encontrar a família de Ben. Caetano explica sua estratégia a Abelardo para convencer Bernardete de que é ele seu admirador secreto. Soraia se prontifica a ajudar Sofia a melhorar seu humor. Omar consegue falar com Ronaldo sobre o acidente de Ben. Giovana se desespera ao saber do acidente de Ben. Bernardete avisa Sofia que Ben está no hospital. Flaviana se oferece para mudar o visual de Micaela se ela ajudá-la a se vingar de Martin. Sofia chega no hospital aflita e declara seu amor por Ben na frente de Anita.

Segunda (09/09) - A emissora não divulgou o capítulo.

Segunda (09/09) - Érico e Verônica ficam juntos. Érico sofre um grave acidente. Natan avisa Verônica sobre o acidente de Érico. Cardoso substitui Lara por Brunetty no Luxury. Perácio engana Brenda para que ela volte para casa. Érico tem que ser operado. Amora reclama do hotel e Bento tenta animála. Fabinho conta o que aconteceu no dia em que a Toca do Saci foi incendiada. Giane leva Malu para falar com Fabinho. Amora reclama de Bento querer procurar Simone. Renata decide perdoar Verônica. Lucindo declama seu amor por Damáris para Gládis. Malu confirma que foi Amora quem ateou fogo à Toca do Saci.

Terça (10/09) - Sofia percebe que falou demais e tenta disfarçar. Micaela rejeita a proposta de Flaviana. Giovana chega ao hospital como Vânia Gil e é obrigada a revelar seu segredo para Anita.Maura chega ao hospital e todos reclamam de sua presença. Junior, Zureta, Minhoca e Drica seguem Micaela. O médico avisa que Ben está fora de perigo. Abelardo tem uma ideia para contrariar Caetano. Anita chega para falar com Ben no momento em que ele adormece. Flaviana ameaça Micaela para que ela aceite sua proposta. Ben chama o nome de Sofia enquanto dorme e Anita fica decepcionada. Quarta (11/09) - Anita deixa o quarto pouco antes de Ben acordar. A regente Regina escorrega nas bolinhas de gude que Giovana e Paulino derrubaram no chão e Kamillah desconfia que era o alvo da armação. Giovana finge ser Kamillah e faz várias exigências para a produção do festival. Anita pensa em desistir de Ben. Ben não deixa Sofia entrar em seu quarto. Giovana se emociona com a música que Guilherme e Clara compuseram para ela, mas não aceita tocá-la no festival. Anita visita Ben. Kamillah chama Clara e Guilherme para tocar em sua banda. Anita ouve Ben destratar Sofia. Quinta (12/09) - Anita se surpreende quando Ben conta que conheceu Sofia em Miami. Sofia decide se vingar de Ben. Ben conta para Anita todas as maldades que Sofia fez. Ben decide conversar com Sidney. Sofia elogia Flaviana por ajudá-la a comprar um vestido. Ben manda Ronaldo e Vera irem até o colégio, para o festival de música. Giovana decide mudar seu visual e pega o vestido novo de Sofia. Luciana faz propaganda de sua feirinha para Virgilio. Sofia reclama do sumiço de seu vestido novo e Pedro se apressa para ir ao festival. Sofia vê a meia-irmã cantando com seu vestido novo. Sexta (13/09) - Vânia Gil ganha o festival de música e todos comemoram. Ben aconselha Sidney a se esforçar para ser uma pessoa melhor. Sofia desmascara Giovana no palco para todo o colégio. Micaela fica apreensiva com as ordens de Flaviana para sua transformação.Giovana é desclassificada e Kamillah ganha o festival. Ben, Vitor, Anita e Pedro se preocupam com o que acontecerá com Giovana.Clara e Guilherme aceitam perdoar Giovana com a condição de que ela cante a música deles. Anita confessa para Ben que não conseguiu contar para Vera e Ronaldo sobre o mau comportamento de Sofia.

Terça (10/09) - A emissora não divulgou o capítulo. Quarta (11/09) - A emissora não divulgou o capítulo. Quinta (12/09) - A emissora não divulgou o capítulo. Sexta (13/09) - A emissora não divulga o último capítulo. Sábado (14/09) - Reprise do último capítulo.

Terça (10/09) - Malu convence Plínio de que Fabinho não é o culpado pelo incêndio na Toca do Saci. Renata incentiva Vinny a trabalhar na agência de Érico. Brenda comenta com Perácio que possui uma poupança. Natan faz um vídeo da final do concurso do Famosinho da Casa Verde. Damáris arma um escândalo no Cantaí. Malu atende a ligação da administradora de um "flat" alugado por Amora. Fabinho questiona Giane sobre Caio.Damáris manda Lucindo ficar com Brunetty. Érico acorda e deixa Salma e Gilson aliviados. Tina fotografa Brunetty e Lucindo juntos. Giane entrega a Fabinho as fotos do acidente de Amora. Malu descobre que Amora forjou o bazar de sapatos. Quarta (11/09) - Brunetty se esconde na casa de Nestor e Tina avisa a Sueli. Plínio tem uma ideia para desmascarar Amora para Bento. Giane mostra as fotos que tirou de Fabinho para Caio e ele tem uma crise de ciúmes. Fabinho fica sensibilizado com o carinho de Margot e Irene. Socorro estranha a movimentação na casa de Giane. Renata avisa a Wilson que ele pode ir à falência. Bento e Amora se divertem numa estação de esqui. Vinny pede para trabalhar na Crash Mídia. Socorro vê Giane, Malu e Madá levarem caixas para a casa de Bento.Bento e Amora discutem. Quinta (12/09) - Érico hostiliza Verônica e Salma fica perplexa. Lucindo percebe a farsa de Damáris e fica revoltado. Bárbara leva Mari para ficar no lugar de Sandrona no seriado. Natan apresenta uma campanha para Nelson. Nelson se enfurece com Natan e Júlia pede demissão. Giane ajuda Fabinho a andar. Brenda não aceita que Xande seja garçom no Cantaí. Malu conta para Maurício que o bazar de Amora foi forjado. Bento não encontra Amora em seu quarto. Salma e Gilson estranham o comportamento de Érico. Caio exige que Fabinho se afaste de Giane. Sexta (13/09) - Lucindo diz a Damáris que descobriu sua farsa. Giane ouve Caio ameaçando Fabinho e fica furiosa. Malu descobre que Amora colocou uma escuta em seu quarto. Silvia fica chocada com a forma que Érico fala sobre Verônica. Vinny aconselha Renata a não se iludir com Érico. Fabinho ajuda Giane na Acácia Amarela. Lucindo se irrita com os vizinhos por causa de Brunetty. Odila e Tio Lili acreditam na mudança de Fabinho. Cléo aconselha Natan a tentar reconquistar Verônica.Giane ensina Fabinho a embrulhar um vaso de orquídea. Sábado (14/09) - Madá tenta convencer Malu a ficar com Maurício. Fabinho afirma que Giane ainda gosta de Bento.Wilson libera Renata para ficar com Érico no hospital. O médico afirma que o comportamento de Érico vai mudar. Karmita convida Verônica para investir em Perácio. Sheila fala para Tito que Brunetty está namorando Lucindo. Bento e Amora voltam de viagem.


TVGazeta do Oeste 11

Mossoró, domingo, 8 de setembro de 2013

Resumo DONA XEPA

AMOR A VIDA

RECORD - 22H

GLOBO - 21 H

Segunda (09/09) - Xepa diz aos amigos que Édison é o responsável pelo projeto que vai destruir a vila. O filho de Xepa invade o gabinete de Feliciano e provoca o deputado. Pérola e Júlio César conversam pelo telefone sobre o filho que tiveram. Rosália passa a ter alucinações com Isabela. Rosália diz a Pérola que tem fotos dela com François armando o sequestro.Rosália chantageia Pérola.Júlio César diz a François que Benito irá trabalhar na Sabor e Luxo. Édison pede perdão a Dona Xepa.

Segunda (09/09) - Lutero e Bruno combinam uma estratégia para resgatar Paloma da clínica. Jacques ajuda Félix a conseguir a conta do condomínio do flat em que Aline mora. Carlito vê Valdirene beijando Vanderlei e termina o namoro. Guto tenta seduzir Patrícia.Eron e Amarilys ficam tensos ao ouvir Niko afirmar que não perdoaria uma traição.Bruno pede ajuda a Ordália e Carlito para tirar Paloma da clínica psiquiátrica. Eron conta para César qual é o resultado da auditoria e ele chama Félix para uma reunião no hospital. Lutero e Bernarda ficam indignados com o estado de Paloma na clínica psiquiátrica. Paloma vê Bruno.

Terça (10/09) - Xepa perdoa Édison e abraça o filho. Júlio César diz a Vitor Hugo que seu filho com Pérola pode estar vivo.Rosália ouve conversa de Meg e fica sabendo que seu pai pode estar morto. François fica determinado a descobrir o paradeiro do filho de Pérola. Rosália se irrita ao perceber que foi trancada no quarto. Vitor Hugo fica indignado ao saber que Lis e Meg trancaram Rosália. Xepa ameaça Feliciano com um peixe. François pega carta que era destinada a Pérola. Benito conta a Xepa sobre a proposta irrecusável que recebeu dos Pantaleão. Rosália recebe misteriosamente o mesmo presente que enviou para Isabela. Quarta (11/09) - Xepa recebe o comunicado de desapropriação.François pergunta a Catherine qual o nome do orfanato em que ele foi adotado. Rosália fica furiosa ao receber uma misteriosa boneca de presente. Lis conta a Édison que Rosália está grávida de uma menina. François diz a Pérola que ele pode ser filho dela. Benito conta a Xepa que Júlio César fez uma proposta de negócios. François e Catherine conversam sobre o orfanato.Rosália,em um ataque de loucura, entra no quarto de Lis e joga tudo no chão. Yasmin fica chocada ao saber que François pode ser filho de Júlio César e Pérola. Terezinha, Matilda e Xepa conversam sobre a mulher da fronha rosa. Rosália enfrenta Beatriz. Quinta (12/09) - Rosália convida Beatriz para conversar.Xepa se emociona ao lembrar que será avó. Lis fica espantada ao saber que Rosália entrou em seu quarto.Rosália continua chantageando Meg.Lis fica chocada ao ver os recortes de jornal que Meg guardava em segredo. Ela descobre que sua mãe era garota de programa. Édison e Xepa conversam sobre Rosália. Meg conta a Lis todo o seu passado e diz que foi vítima de Esmeraldino. Meg e Lis expulsam Rosália da mansão. Esmeraldino vai até a mansão Pantaleão e vê Rosália sendo expulsa. Sexta (13/09) - Rosália abraça Esmeraldino. Lis destrata Rosália e Esmeraldino.Édison e Benito conversam sobre Rosália.Esmeraldino diz a Rosália que pretende sumir novamente.Angelo golpeia a mulher da fronha rosa. Os moradores da vila ouvem o grito desesperado do padeiro e vão atrás dele. François diz a Alda que Pérola está na UTI. Meg sofre e pede o apoio de Júlio César. Angelo desmascara a suposta mulher da fronha rosa e fica surpreso ao ver que é Terezinha. Geni fica desconfiada e duvida de que Terezinha seja a mulher da fronha rosa.

Terça (10/09) - Paloma reconhece Bruno, que tenta disfarçar na frente da enfermeira. Lutero não deixa a diretora sair de sua sala. Bruno consegue tirar Paloma da clínica. Bernarda entrega as chaves de sua chácara para esconder sua neta. Carlito convida Raquel para sair. Pérsio e Rebeca se beijam. César descobre que Paloma foi retirada da clínica e fica furioso. Bruno cuida de Paloma. César e Lutero discutem. Félix vai ao bar de Denizard para descobrir onde Paloma está escondida. Carlito dá um fora em Valdirene. Atílio exige participar da reunião com os auditores.César descobre a falcatrua que Félix fez nos contratos do hospital. Quarta (11/09) - Félix se faz de vítima para César, mas acaba demitido. Simone enfrenta seu antigo chefe. César fica abalado ao saber que o hospital pode ir à falência. Valdirene sofre com o desprezo de Carlito. Perséfone ajuda Daniel a encontrar Linda. Paulinha não gosta de ver Paloma dormindo demais. Félix coloca Pilar contra César. Michel conta para Patrícia que Silvia está com um grave problema de saúde. Valdirene vê Carlito com Raquel no bar de Denizard. César expulsa Félix de casa. Quinta (12/09) - César exige que Félix confirme a Pilar que roubou o hospital. Wagner pede para Edith ficar com ele. Valdirene é ironizada por Carlito, Raquel, Ivan e Inaiá e fica arrasada. Félix confessa por que superfaturou os contratos do hospital. Paloma acorda e fica decepcionada ao saber o que sua família fez com ela. Perséfone expulsa Patrícia e Michel de seu apartamento. Amarilys diz para Eron não se expor no hospital. Niko pede para a dermatologista ajudá-lo a organizar uma festa surpresa para Eron. Sexta (13/09) - Edith oferece seu dinheiro para Félix. Leila entra em estado de choque e cai da escada,depois de ver um vestido de Nicole.Paloma e Bruno contam para Paulinha a verdade sobre o seu nascimento. Thales culpa Lídia pela queda de Leila. Rebeca diz a Pérsio que eles não podem ficar juntos. Lutero não conta para César onde Paloma está escondida. Valdirene perde o anel que ganhou de Ignácio.Ordália manda Denizard dar um computador para Carlito. Thales fica arrasado com o diagnóstico de Leila. César se incomoda com a presença de Niko e pede para conversar com Eron. Sábado (14/09) - Alejandra pede para dar um depoimento na frente de Paloma e de um advogado. César exige que Eron não exponha sua vida pessoal no hospital. Alejandra confessa que armou o flagrante de Paloma no aeroporto. Paloma enfrenta César, que fica arrasado. Alejandra morre. Perséfone e Patrícia fazem as pazes. Thales comunica a Daniel e Amadeu que Leila pode ser operada. Carlito destrata Valdirene. Ninho pede dinheiro para Félix. Félix afirma que se vingará de Paloma, depois que acabar com a reputação de César.

CHIQUITITAS SBT - 20H:30 Segunda (09/09) - José Ricardo fica encantado com uma mulher que avista no campo de golfe. A mulher se aproxima de José Ricardo e se apresenta como Cintia. No orfanato, as chiquititas estranham a demora dos convidados.Os meninos reclamam que querem comer. A campainha do orfanato toca. Rafa vai atender e se depara com as Top 3. Ernestina vai até a sala e cumprimenta as riquinhas, mas elas lhe ignoram. As chiquititas expulsam Chico e Ernestina da sala. Na cozinha, o cozinheiro fica chateado e diz para a zeladora que acha que as crianças têm vergonha deles. Cris e Vivi choram pelo fracasso da festa. Beto chega de moto na escola, deixando as pequeninas encantadas com seu charme. Terça (10/09) - No orfanato, as garotas agradecem Carol e dizem que acharam Beto muito bonito. No quarto das meninas, Vivi pensa como as pequeninas devem agir, pois agora serão populares na escola. Carol vai falar com as meninas e explica que entende como elas estão se sentindo, mas que elas não podem esquecer o que realmente importa. Enquanto conta uma história para Mili, Sofia passa mal e desmaia. Desesperada, Mili tenta acordá-la, mas não consegue. Chico consegue fazer com que Sofia acorde. Sofia pede para Mili ficar com as outras crianças,pois já se sente melhor.José Ricardo pede a Sofia que fique longe de sua herdeira e diz que ninguém pode saber que Milena é filha de Gabriela. Quarta (11/09) - Na mansão da família Almeida Campos, Gabi e Valentina se preparam pra sair com Junior. No orfanato, Rafa ajuda Vivi a aprender alguns passos de hip-hop. O garoto diz que Mosca adora esse ritmo. Junior vai à casa de Carol. O rapaz diz que está triste porque brigou com o pai, mas não quer falar sobre o assunto. Carol revela ao amado que gostaria de conhecer sua irmã. Junior fica feliz. Sofia entra no quarto dos pequeninos, cobre cada um deles e lhes dá um beijo de boa noite. Mili se levanta e pega seu livro. A garota percebe que algumas páginas estão em branco. Então, Mili decide escrever a historia da princesa Milera. Quinta (12/09) - A emissora não divulgou o capítulo. Sexta (13/09) - A emissora não divulgou o capítulo.


12 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 8 de setembro de 2013

Inside

PEDRAS NO CAMINHO EM "JOIA RARA", LUIZA VALDETARO SE PREPARA PARA VIVER HILDA, UMA JOVEM QUE SONHA EM SER CANTORA BELISA TAAM TV PRESS

L

oura e dona de profundos olhos azuis, Luiza Valdetaro está acostumada a interpretar papéis de boa moça. Contudo, a atriz se prepara para viver um novo tipo de heroína. Em "Joia Rara",próxima novela das seis da Globo, ela será Hilda, uma jovem de família nobre, mas que não desiste de lutar pelo seu sonho. O principal objetivo da personagem é investir na carreira de cantora. Habituada a tipos sensíveis e sofredores,como a Antônia, de "Cordel Encantado", de 2011, e Gerusa, do "remake" de "Gabriela",de 2012,Luiza aposta na força de sua nova personagem para fugir do óbvio. "Hilda é diferente porque tem jogo de cintura. Ela não se abala com o primeiro 'não' que recebe", avalia. E, se surgir a oportunidade de interpretar outro gênero de personagem é algo que a empolga ainda mais."Tenho vontade de ser vilã. A Amora Mautner (diretora-geral) me prometeu que um dia vai vir", torce. Natural do Rio de Janeiro, a atriz de 28 anos, que protagonizou a temporada de 2006 de "Malhação" - como a doce Manuela -,teve a grande chance de mostrar seu trabalho em "Cordel Encantado", último folhetim de Thelma Guedes e Duca Rachid. "Tive a oportunidade de mostrar um lado dramático forte. Como a Antônia, consegui explorar essa vertente", valoriza. Outro de-

sempenho importante da atriz foi na pele de Gerusa,em "Gabriela". No entanto, para crescer ainda mais profissionalmente, Luiza afirma que não quer ser somente lembrada como mais um "rostinho" bonito da televisão. "Tudo tem os dois lados.A beleza abriu muitas portas,mas muitas pessoas julgam você", conta. Agora, em "Joia Rara" a atriz se prepara para interpretar mais um papel de época. E que também marca o seu reencontro com o texto de Thelma e Duca.Mesmo com trabalhos de estilo semelhante,Luiza valoriza o tipo. "Adoro novelas de época porque fogem completamente do cotidiano",conta a atriz, que, para se aprofundar nos trejeitos de meados do Século XX, fez aulas de etiqueta. Além disso, a intérprete de Hilda começou a ter aulas de canto com a ajuda da preparadora vocal Ester Ellias. "Ainda estou me aperfeiçoando. Gosto de fazer tudo bem feito. Principalmente em uma área que não é muito a minha", entrega. Apesar de não ser vilã, a personagem de Luiza está bem próxima das principais maldades da trama. Isso porque Hilda é filha do poderoso Ernest Hauser, vivido por José de Abreu, que obviamente não apoia a sua independência,atitude considerada moderna para época. Já com os irmãos Franz e Viktor, vividos por Bruno Gagliasso e Rafael Cardoso, respectivamente, a relação é de cumplicidade."A Hilda encoraja o Viktor, que pensa em ser pintor. Ele é um pouco mais medroso.E ela se mostra otimista de que tudo vai dar certo", conta a atriz, que cita outro ponto importante de sua personagem: o amor proibido com o revolucionário Toni, de Thiago Lacerda. "Ela se apaixona, mas não pode di-

zer quem ela é de verdade",explica.


Edição de 07/09/2013