Issuu on Google+

AZETA G

SEM MEIAS PALAVRAS. NEM MEIAS VERDADES.

D O

gazetadooeste

O E S T E

Ano 37 — Nº 9.407— Mossoró-RN, DOMINGO, 7 de julho de 2013

@gazetaoeste

www.gazetadooeste.com.br

WILSON MORENO

NOS JARDINS

Prêmio

Deputado estadual Gustavo Fernandes fala sobre política

DE DANÇA

Companhia Gesto de Dança recebe prêmio do projeto Conexão Renda.

EXPRESSÃO, 4 E 5

EXPRESSÃO, Capa

Atrasos no Itep irritam usuários

WILSON MORENO

Usuários do Instituto Técnico-científico de Polícia (ITEP), na Central do Cidadão de Mossoró, reclamam de atraso na liberação de documentos. Número reduzido de funcionários não atende demanda. MOSSORÓ, Capa

g

WILSON MORENO

Alto de São Manoel ganhará shopping com três pavimentos Grupo português lançará em breve, em Mossoró, Shopping Palácio do Sal com 35.000m2

Débora

NASCIMENTO

A intérprete de Taís sempre foi ligada ao ambiente de praia e esportes, assim como sua personagem. TV, 2

CAMPEONATO

BRASILEIRO 2013 X

X

quadrados, espaço para 200 lojas, uma torre comercial e torre residencial. Páginas 6 e 7

SÃO PAULO SANTOS

Morumbi / São Paulo / 16h

BAHIA

Fonte Nova / Salvador / 16h

CORINTHIANS

VASCO

Centenário (Francisco Stédile) / Caxias do Sul - 16h

X

GOIÁS VITÓRIA

Serra Dourada / Goiânia / 16h

X

BOTAFOGO FLUMINENSE

Arena P. / Recife / 18h30

X

CEDIDA

X

INTERNACIONAL

ATLÉTICO-MG

CRICIÚMA

Independência - Belo Horizonte / 18h30

Aposentado Zé do Violão revela com orgulho paixão pelos livros

Autodidata possui biblioteca com mais de quatro mil livros Shopping pretende revolucionar Grande Alto de São Manoel

Após ter aprendido a ler sozinho aos 39 anos de idade, José Pequeno de Sousa se orgulha do

conhecimento adquirido com suas leituras e da biblioteca que possui em sua casa. CIDADES,Capa

DNOCS VAI INSTALAR 232 POÇOS PÚBLICOS TUBULARES NO RN

CIDADES, 4

PROGRAMA DO LEITE RECADASTRARÁ BENEFICIÁRIOS MOSSORÓ, 2

FÉRIAS ESCOLARES AQUECEM PROCURA POR VIAGENS MOSSORÓ, 6

SEMINÁRIO DISCUTIRÁ EDUCAÇÃO NO RN CIDADES, 4

COMPERVE APLICA PROVAS DE CONCURSO CIDADES, 5

FALE COM A GENTE: 3314-1687 — redação@gazetadooeste.com.br; comercial@gazetadooeste.com.br — ESTA EDIÇÃO TEM 72 páginas — PREÇO DESTA EDIÇÃO R$ 2,00


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Opinião Circulando em OFF

Espaço Dorian Jorge Freire O RN QUE NADA PODE

Gilberto de Sousa

Paulo Afonso Linhares - Advogado

gilberto@gazetadooeste.com.br diretorderedacao@gazetadooeste.com.br gilberto-de-sousa@hotmail.com

NOVO SHOPPING PARA MOSSORÓ Avançam normalmente os encaminhamentos para a instalação de um novo shopping center em Mossoró. Será instalado no Grande Alto de São Manoel através de um empreendimento de um grupo português que irá contemplar, ainda, uma torre residencial. Certamente toda aquela área será muito valorizada. De acordo com pesquisa de mercado, aquela área populacional vem se queixando da distância do Mossoró West Shopping e do difícil acesso. O Shopping Palácio do Sal será instalado com 200 lojas e uma área coberta no estacionamento para 1.500 carros. Veja matéria nesta edição.

AVIÕES DA FAB Vejam aí, as informações são de que a segurança do espaço aéreo brasileiro durante a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016 terá apoio de pelo menos seis veículos aéreos não tripulados - vants, como os drones são chamados em português - da Polícia Federal e da Aeronáutica. Os equipamentos já serão usados para monitoramento durante os jogos da Copa das Confederações, entre 15 e 30 de junho, que servirá de teste para os eventos dos anos seguintes. São os famosos aviões da Força Aérea Brasileira. De certo modo, eles já começaram a ser treinados agora na Copa das Confederações. MAIS AVIÕES E a propósito, o Exército, que desenvolve projetos de vants com empresas e institutos de pesquisas, pediu em 2013 a abertura de um crédito suplementar na Lei Orçamentária Anual para a compra de drones, como são chamadas as aeronaves, também pensando em reforçar a segurança durante a Copa. Em fevereiro, a FAB recebeu dois aviões não tripulados feitos pela empresa israelense Elbit, que custaram R$ 48,174 milhões e teriam sido montados em Santa Maria (RS). FARRA DOS AVIÕES Henrique Alves usou o avião da FAB para besteira, Garibaldi também, Renan Calheiros idem e o todo-moralista Joaquim Barbosa, do STF, também. E nesse ínterim, mais do que presente a indelével frase do velho comunista Francisco Jácome, que morreu aos 100 anos desencantado com a política e com o país. "Tudo é mentira". PLEBISCITO Depois de tanta celeuma sobre o plebiscito proposto pela presidenta Dilma Rousseff para saber da população sobre a reforma política, bem que poderia ser sugerido um plebiscito para saber se a população quer ou não o plebiscito. É osso. PARA REFLETIR "O poder corrompe. O poder absoluto corrompe absolutamente", já di-

zia John Emerich Edward. NOS JARDINS Quem está na seção Nos Jardins da Gazeta é o deputado estadual Gustavo Fernandes (PMDB), que fala das conquistas no seu primeiro mandato, de projetos e de política. FATOS CRONOLÓGICOS O jovem poeta e escritor Lindomarcos Faustino está com mais um livro na praça. Trata-se do "Mossoró: Fatos Cronológicos", editado através da Coleção Mossoroense. Não haverá lançamento, mas quem desejar adquirir é só ligar para o autor no número 8811-9244. Avante!

Enquanto isto, o raquítico elefantinho potiguar tropeça nas próprias pernas e vai perdendo uma oportunidade atrás da outra, a despeito de concentrar enormes e variadas potencialidades econômicas. E amargas péssimas colocações quanto aos diversos indicadores sociais, notadamente na educação e na saúde de sua população; até o vagaroso Piauí já deixa o RN na poeira em muito desses indicadores. Logo seremos ultrapassados por Sergipe, Amapá, Rondônia e por aí vai. Recentemente, o ministro da Secretaria de Aviação Civil, Wellington Moreira Franco, esteve no Rio Grande do Norte para inspecionar as obras do aeroporto que está em construção no município de São Gonçalo do Amarante (RN), certamente a obra estruturante mais expressiva na história potiguar, desde quando erigiram na margem direita o rio Potengi aquele pequeno forte em forma de estrela, merecidamente denominado "Aeroporto Aluízio Alves". Na visita, em companhia da governadora Rosalba Ciarlini, o ministro Moreira Franco chegou ao futuro aeroporto por uma poerenta esburacada estrada carroçável: negligentemente até agora os acessos planejados não tiveram suas obras sequer iniciadas. Corre-se o risco de terminarem as obras do aeródromo e não ter como chegar lá, por terra. Preocupante mesmo é que o Aeroporto Aluízio Alves possa não ter a dimensão que dele se esperava: talvez seja apenas mero substituto do atual, chantado em Parnamirim, o "Aeroporto Augusto Severo" que, por pressão do Comando da Aeronáutica, deixará de ter funções civis. Não fosse isso, possivelmente nem mais sairia do papel esse aeródromo que poderia ser o maior entroncamento da navegação aérea da América do Sul, como importância equiparável ao movimentadíssimo aeroporto de Frankfurt-am-Mein, da Alemanha. Afinal, se não temos grandes portos marítimos como os pernambucanos têm o Suape e os cearenses o seu Pecém, bem que seria justo os potiguares terem o grande entreposto de cargas e passageiros do modal aéreo do Cone Sul, mesmo porque é o ponto mais próximo entre as Américas e a Europa e África. Por falta de um grito, para o poderoso Pernambuco perdemos o Arquipélago de Fernando de Noronha, território uti possidetisda nação potiguar desde quando teve início a colonização portuguesa há mais de quinhentos anos, ademais da sua proximidade geográfica com o RN. Por falta de mais um grito, mais uma vez para os pernambucanos perdemos a grande refinaria de petróleo desta Região Nordeste. Agora, é de se esperar que, por incompetência de nossa elite político-administrativa, não perca o Rio Grande do Norte o seu aeroporto continental.

Charge

POR: LAÉRCIO EUGÊNIO

A QUEM INTERESSAR POSSA "Jamais deixe que a sua felicidade dependa dos outros. Eles não deixariam de ser feliz por você". CONVERSA Há a possibilidade de um entendimento entre o deputado Henrique Alves (PMDB) e a ex-governadora Wilma de Faria (PSB) quanto às eleições gerais do próximo ano. Mas a conversa passa pela decisão do governador de Pernambuco e líder nacional do PSB, Eduardo Campos, de disputar a Presidência da República ou não. EM BAIXA Se não retomar as rédeas da questão, a presidenta Dilma poderá enfrentar sérias dificuldades na sua caminhada para tentar consolidar a reeleição. A volta da inflação, a indignação popular que tem resultado em protestos de Norte a Sul e os acontecimentos políticos negativos que cercam seus aliados pode determinar seu fracasso. É aguardar. SÃO JOÃO SOLIDÁRIO Ontem à noite, na Arena Deodete Dias, a Divisão de Assuntos Comunitários da Câmara Municipal de Mossoró realizou I São João Solidário. Além da apresentação da "Quadrilha Rebentão", do conjunto Nova Vida, com a escolha da Garota das Comunidades. Legal a iniciativa.

ELISA ELSIE

BARBOSÃO O todo-poderoso e moralista Joaquim Barbosa também andou voando nas asas da FAB, gastando dinheiro público e desvirtuando o seu real papel

RELAX

Para o Rio Grande do Norte não vale a máxima popular de que "quem não pode com o pote nem pega na rodilha". Ora, anos atrás causou enorme euforia na terra do índio Poti a notícia de que Natal seria uma das subsedes da Copa de Futebol da FIFA de 2014. Conhecedores dos caboclos desta aldeia duvidaram, desde ent?o, da capacidade da nação papagerimum - embora a palavra "potiguar" signifique literalmente "comedor de camarão"! - de realizar esse importante evento esportivo. Muitas luas à frente eis que pouca coisa foi realizada das promessas feitas pelos governos do Estado do Rio Grande do Norte e de Natal à poderosa FIFA, aos quais caberiam as obras de "mobilidade urbana" (os prolongamentos da Avenida Prudente de Morais até a BR-304 e da Avenida Roberto Freire, além das ligações daquela rodovia federal com o Aeroporto de São Gonçalo, tudo a cargo do Governo do Estado do RN) e do entorno do Estádio "Arena das Dunas" (encargo assumido pela Prefeitura Municipal de Natal). Apesar da dinheirama garantida pelo Governo Federal via BNDES, a única obra visível é mesmo a do Estádio "Arena das Dunas" que, segundo informes à imprensa local, estaria rigorosamente dentro do cronograma. As outras obras, "nem o azul", como se dizia lá nas Caraúbas da infância: o furacão "Micarla de Sousa" impediu que a Prefeitura Municipal de Natal iniciasse aquelas com as quais se comprometera e, estranhamente, o prefeito Carlos Eduardo Alves, que tem fama de bom gestor, se mantém distante e silente, como se nada tivesse com isso; na outra ponta, quando assumiu o Governo estadual Rosalba Ciarlini, que colocou à frente das obras o experiente engenheiro Demétrio Torres, pensou-se que as tais "de mobilidade" (essa é a locução da moda). Nada. Dificilmente elas terão início antes da Copa de 2014 e mesmo que iniciadas agora certamente não estarão concluídas até o começo desse importante evento desportivo. Diante dessas calamidades político-administrativas, agora somente falta "seo" Joseph Blatter mandar aquele diretor malcriado da FIFA (o Jérôme Valcke) dar um pontapé no traseiro das autoridades potiguares. E tirar do RN a prerrogativa de subsede da Copa de 2014. Por que cearenses e pernambucanos conseguiram cumprir o que acertaram com a FIFA e com o Governo Federal e os potiguares (reles comedores de "camarão na moranga") não? Questão de mentalidade: os nossos vizinhos têm, hoje, uma visão bem diferente acerca do que seja melhor para seus processos de desenvolvimento econômico, tanto que seus PIBs crescem em níveis que fazem inveja aos chineses, em especial Pernambuco.

"Onde queres prazer sou o que dói/E onde queres tortura, mansidão/Onde queres o lar, revolução/ E onde queres bandido eu sou o herói..." CAETANO VELOSO

Artigo SEU LIBÓRIO FOI LOGO DIZENDO... Rubens Coelho - Jornalista - rubensfcoelho@hotmail.com Eu num falei, compadre, que um dia a coisa virava o pangaio. Assim, meu velho amigo da Picada Um iniciou a conversa, quando estive domingo passado em sua casa na fazenda. Dona Gertrudes até o recriminou: - meu vé, deixe o homi chegar primero, o cumpade nem desceu do carro direito, tu já vai com tuas besteiras de querer resolver as coisas desse mundo sem jeito. - Não se preocupe, dona Gertrudes, seu Libório sabe que gosto de ouvi-lo e saber sua opinião sobre os acontecimentos. - Gertrudes não entende nada, mas, meu amigo, tenho acompanhado o povo esperneando nas ruas do Brasil todo. Gritando exigindo mudança na situação de aperreio em que a população vive. Ninguém está pedindo o impossível, mas o que é necessário e de direito dos cidadãos. Ninguém está pedindo casa luxuosa, carro importado, nem mordomia, isso fica para os marajás sugadores das nossas riquezas. O que o povo pede nas manifestações é saúde, educação, segurança, transporte, honestidade, fim da impunidade aos corruptos e bandidos que tomaram conta do País. Enfim, o cidadão quer que os governantes deixem de faltar com o respeito aos seus governados. - Seu Libório, o senhor acha que essas manifestações vão influir para que haja as mudanças que todos nós desejamos? - Ora, compadre "Rube" é só no que acredito, pois nos partidos e nos políticos que tem aí, tirando uns poucos mais solitários que coruja no lajedo, a maioria só vai no ferrão como boi ronceiro. Então, meu amigo, se as multidões con-

tinuarem saindo às ruas exigindo mudanças essa turma de Brasília vai ter que ouvi-las, se não o pau quebra em cima deles e aí como dominó as pedras vão caindo de lá até cá. Ou seja, a limpeza será a regra. Meu pensamento é esse. - Mas todo esse reboliço não pode causar um retrocesso, alguém querer se aproveitar para destruir a democracia brasileira, ainda tão frágil? - Rapaz, já pensei nisso também, mas acho que quem se meter a besta e tentar outra ditadura vai se dar muito mal, pois ninguém quer ser mais dominado por meia dúzia de sabichões pai da pátria que só serviriam para agravar os problemas existentes. Foi assim com os 20 anos de regime militar, repetir a experiência seria querer voltar ao sofrimento do chicote no lombo, é como o escravo liberto querer voltar à escravidão, oxente, quem vai querer? Nossa conversa no alpendre da casa do velho e rijo sertanejo deixou-me animado com o futuro do Brasil, propiciou-me a certeza da evolução da consciência do nosso povo, que hoje não mais se deixa politicamente ser ludibriado. Antes de terminar a visita aos meus compadres, ainda tive o prazer de degustar pamonha e uma gostosa canjica feita pelas habilidosas mãos de dona Gertrudes e a incansável companheira de seu Libório. Prometi voltar no próximo domingo, os anfitriões insistiram que eu o fizesse, pois seria muito bem-vindo. Obrigado, amigos! Vou ver se dá certo.

Gazeta do Oeste www.gazetadooeste.com.br

Um produto da C. Q. Organização Gráfica e Editorial Ltda. Fundada em 30 de abril de 1977 por Canindé Queiroz

Diretor CANINDÉ QUEIROZ

Diretor-adjunto PAULO LINHARES

Diretor de Redação Editora GILBERTO DE SOUSA DANIELE SILVEIRA

Av. Cunha da Mota, 96/100 – Centro – Mossoró/RN – Fone: 3314-0244 Site: www.gazetadooeste.com.br – e-mail: gazeta@gazetadooeste.com.br AS MATÉRIAS ASSINADAS SÃO DA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES

Diretor Comercial LEÔNIDAS TERCEIRO


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Política

Câmara quer retorno de voos noturnos CÉLIO DUARTE

CÉLIO DUARTE

Comissão de Recesso vai enviar documento ao governo do RN sobre funcionamento de equipamento

Comissão de Recesso da Câmara Municipal de Mossoró, composta pelos vereadores Francisco José Júnior (PSD),Manoel Bezerra (DEM) e Luiz Carlos (PT) irá protocolar nesta semana um ofício à governadora Rosalba Ciarlini (DEM) solicitando providências quanto a realização de atividades noturnas no Aeroporto Dix-sept Rosado, em Mossoró. O documento que será enviado à governadora pede providências junto à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) para que seja ativado o Farol de Aeródromo, que já existe no

A

Francisco José Júnior designou comissão que atuará na CMM

Manoel Bezerra integra comissão parlamentar no recesso

Aeroporto há mais de três anos, mas que por entrave burocrático ainda não foi ativado.No final de junho,uma equipe da Anac esteve em Mossoró realizando uma inspeção com o objetivo de conferir metas de segurança a serem implantadas no aeroporto, onde foram detectadas algumas falhas.Antes, o Aeroporto Dix-sept Rosado tinha sido rebaixa-

cientes que possam necessitar de uma Unidade de Terapia Intensiva aérea (UTI) durante a noite, e que, atualmente, não pode ocorrer devido à falta de operacionalidade no aeroporto durante o período noturno. "Tive conhecimento de que o que está impedindo o funcionamento do aeroporto à noite é uma questão burocrá-

do para a categoria 2C,ficando impossibilitado de receber aeronaves de grande porte, passando a poder receber somente aviões com 24 metros de envergadura (distância entre as asas). No documento, os vereadores justificam a urgência na resolução do problema, entre outros motivos, pela preocupação com o transporte de pa-

Reeleição de Rosalba cercada de dúvidas WILSON MORENO

O projeto de reeleição da governadora Rosalba Ciarlini (DEM) é vista com dúvidas por setores políticos do Rio Grande do Norte. Lideranças ouvidas pela editoria de Política da GAZETA DO OESTE lançaram indagações quanto a viabilidade da chefe do Executivo tentar renovar o seu mandato. Na semana passada, o presidente nacional do Democratas, senador José Agripino, condicionou a reeleição de sua correligionária à viabilidade e o ambiente favorável para tal. O posicionamento do dirigente do DEM levou muitos aliados a raciocinarem qual o rumo político da governadora. "Nosso partido faz parte da base, mas eu tenho que dizer que o tratamento que recebemos não é de aliado. Temos muitas dificuldades de levar os nossos pleitos à governadora Rosalba Ciarlini. Tanto que é extremamente difícil que

esses pedidos e reivindicações dos municípios que representamos serem atendidos. São essas coisas que nos levam a questionar se ela realmente será candidata à reeleição no pleito do próximo ano. Eu penso que não", comentou um deputado integrante da base aliada em conversa informal com a editoria de Política da GAZETA DO OESTE. Um dos caminhos apontados para a atual governadora do Rio Grande do Norte seria uma candidatura a deputada federal. No entanto, essa tese apresenta dificuldades em função da candidatura confirmada do deputado federal Betinho Rosado (DEM) à reeleição no pleito de 2014. Também se cogita a formação de uma coligação no sentindo de contemplar os partidos que fazem parte da base de sustentação política da chefe do Poder Executivo. Neste aspecto, a médica Rosalba Ciarlini seria candidata ao Senado da Re-

Rosalba tem ambiente desfavorável para a reeleição

pública. Essa hipótese teria de contar com a chancela do Partido do Movimento Democrático Brasileiro,que se encarregaria de apresentar um nome para disputar o Executivo estadual. "Nunca se viu em nível de Rio Grande do Norte uma situação como essa para o governo. Uma governadora dividida entre

disputar uma reeleição extremamente arriscada ou recuar e, talvez, sequer disputar o governo novamente. Poucos apostam em uma reversão deste cenário que se apresenta no Estado. O governo está em sua fase decisiva e não existe uma marca ou algo que possamos elogiar. A situação é péssima", avalia a fonte.

tica, um entendimento entre o Governo do Estado e a Anac. Tenho certeza de que a governadora será sensível a este pleito e em breve as operações visuais noturnas poderão ser restabelecidas", afirmou o presidente do parlamento mossoroense. A reativação total do Aeroporto Dix-sept Rosado é uma pauta frequente

na Câmara Municipal de Mossoró, já tendo sido tema de inúmeras discussões e proposições dos membros do Legislativo mossoroense. Atualmente, o aeroporto que já recebeu voos comerciais, comporta apenas pequenas aeronaves, o que tem se constituído em um entrave para a economia, o turismo, o desenvolvimento da região. O recesso da Câmara Municipal de Mossoró começou na terça-feira passada, após a aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentárias para o Exercício Financeiro do Município para 2014. O recesso termina no dia 1º de agosto. Antes do recesso, porém, foi escolhida a comissão para atuar durante o recesso. Desta forma, até lá, todas as questões urgentes que envolvem o Poder Legislativo mossoroense serão resolvidas pela comissão de recesso, que pode convocar sessões extraordinárias do legislativo a qualquer tempo, caso seja necessário.

Prefeito de Natal faz balanço de 200 dias de gestão O prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), reunirá, na próxima sextafeira, representantes de veículos de comunicação do Rio Grande do Norte, oportunidade em que vai fazer um balanço dos seus 200 dias como chefe do Poder Executivo natalense. O ato vai acontecer no Versailles Buffet, no bairro de Capim Macio, e contará em parceria com a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (FECOMÉRCIO). Carlos Eduardo está em seu terceiro mandato como prefeito da capital. O seu retorno ao comando do Executivo se deu após vencer o segundo turno das eleições do ano passado.Em suas administrações anteriores,Carlos Eduardo Alves obteve boa avaliação popular. Com

o desastre da administração anterior, Alves foi lembrado como nome para a sucessão. Neste primeiro semestre de gestão, Carlos Eduardo tem colocado a máquina administrativa em ordem, na medida em que o final da gestão anterior, comandada pela jornalista Micarla de Sousa (PV), foi encerrada de forma desastrosa chegando a ser afastada de suas funções. Carlos Eduardo organizou um grande mutirão de limpeza que recolheu grande parte do lixo acumulado por aproximadamente três meses sem a coleta em Natal. Nesses primeiros 200 dias, Alves também promoveu um trabalho de recuperação da malha viária de Natal que se encontrava completamente deteriorada. ALEX RÉGIS

'Síndrome de Micarla' persegue Rosalba Ciarlini A governadora Rosalba Ciarlini também enfrenta um inimigo oculto: a 'síndrome de Micarla', que é uma alusão a ex-prefeita de Natal, jornalista Micarla de Sousa. A ex-prefeita foi eleita no pleito de 2008 no primeiro turno, vencendo estruturas políticas significativas. À época, Micarla era vista como a esperança de renovação na políti-

ca norte-rio-grandense. As dificuldades da exprefeita de Natal começaram logo nos primeiros meses de sua gestão,quando vários auxiliares deixaram a função. Além das mudanças no primeiro escalão, Micarla de Sousa enfrentou denúncias de corrupção em sua gestão, fato que culminou com seu afastamento do cargo. Com Rosalba Ciarlini, a

situação se mostra semelhante, na medida em que enfrentou desde o início da sua gestão mudanças em sua equipe. No entanto, o grande entrave administrativo diz respeito a falta de ações. Até o ano passado, Rosalba justificava a inércia de sua gestão com criticas à administração passada,no entanto,as acusações nunca foram comprovadas. A exemplo de Micar-

la de Sousa, a médica Rosalba Ciarlini neste atual momento da política potiguar não possui ambiente favorável para concorrer à reeleição. "O senador José Agripino disse bem: direito a reeleição ela (Rosalba) tem, mas o que está faltando é exatamente um ambiente que favoreça a sua candidatura à reeleição", ressalta a fonte.

Carlos Eduardo vai falar sobre início de sua administração


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Política Projeto de Larissa é aprovado para proteger estudantes

PT defende retomada do debate de constituinte para reforma política

EDUARDO MAIA

A

lunos poderão comunicar casos de bullying na escola através de disque-denúncia. A criação do serviço foi aprovada no plenário da Assembleia Legislativa, no último dia 27, por iniciativa da deputada estadual Larissa Rosado (PSB). Bullying designa atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, e são comuns no ambiente escolar. Mas, poucos conseguem relatar os casos para providências, o que levou Larissa a apresentar o projeto de lei. "Estamos criando esse canal para que os estudantes possam denunciar essas situações e alguma coisa seja feita. Porque, se nenhuma medida for tomada, o jovem pode carregar traumas para o resto da vida", justifica a deputada. TELEATENDIMENTO A intenção, segundo Larissa, é resolver o problema na origem e evitar situações extremas, como na Escola Municipal Tasso da Silveira (RJ), onde ex-aluno, vítima de bullying, matou 12 crianças e feriu mais dez estudantes, em 2011. O projeto institui atendimento telefônico

Deputada Larissa: bem-estar de estudantes

gratuito para vítimas de bullying nas escolas públicas e privadas do Rio Grande do Norte. A denúncia será encaminhada para apuração, e a iden-

tidade do denunciante, preservada. Após aprovação na Assembleia, a matéria segue para sanção. "Esperamos que o Governo do Estado

seja sensível ao serviço, respeite a decisão dos deputados e sancione a lei, porque é uma necessidade das escolas", conclui Larissa.

Mesmo depois de o governo federal ter desistido da proposta,o presidente do PT, deputado estadual Rui Falcão (SP), defendeu nesta quinta-feira (4) a convocação de uma constituinte específica sobre a reforma política, para tratar de aspectos não abordados no plebiscito que a presidente Dilma Rousseff propôs. No último dia 25, sob o argumento de que não havia "tempo hábil",o ministro da Educação, Aloizio Mercadante,anunciou que o governo havia desistido de tentar realizar um processo constituinte para fazer a reforma política. "A convergência possivel é o plebiscito", disse o ministro na ocasião. Ao final de reunião da comissão executiva nacional do PT, em Brasília, Rui Falcão afirmou que o partido vai continuar a defender a "bandeira" de uma constituinte específica para a reforma política. "Defendemos o plebiscito no prazo mais curto possível, para que tenha efeito já para 2014. Para que isso se realize, vamos continuar a campanha pela reforma política e também colocar como bandeira a realização de uma constituinte exclusiva para a reforma, mesmo que se faça plebiscito válido para 2014", disse Falcão. Segundo Falcão, uma constituinte ajudaria a "remover entraves" à participação popular. “Não sabemos a extensão do decreto legislativo que vai convocar o plebiscito. Outras demandas não passarão pelo plebiscito porque demandam mais tempo para serem discutidas,como remover os entraves à participação popular”,declarou. Para o presidente do PT, não há contradição no fato de o PT defender a realização de um plebiscito para a reforma política e, simultaneamente, apoiar a convocação de uma constituinte exclusiva para modificar o sistema político.Na visão do petista, a assembleia constituinte ficaria responsável por promover um trabalho complementar às alterações sugeridas no plebiscito. “Achamos que é importante fazer um debate mais amplo com a população e is-

so se faria com uma constituinte exclusiva. Queremos ampliar os mecanismos de participação popular com a simplificação desses instrumentos”, justificou. PLEBISCITO Falcão disse que o partido irá defender a realização de um plebiscito “no prazo mais rápido possível”, para que já possa ter efeito nas eleições de 2014. Na manhã desta quinta, logo após se reunir com líderes da base governista na Câmara, o vice-presidente da República, Michel Temer, chegou a afirmar que não havia mais condições de realizar o plebiscito a tempo de vigorar nas eleições de 2014 Mais tarde, por meio de nota oficial, Temer recuou. Para que as novas regras de uma eventual reforma política se aplicassem nas eleições de 2014,o plebiscito proposto por Dilma e a posterior aprovação da das mudanças eleitorais pelos congressistas teriam de ser concluídos antes de 5 de outubro deste ano. De acordo com o chamado "princípio da anualidade", previsto na Constituição, as normas de uma eleição só têm validade se aprovadas pelo menos um ano antes do pleito,prazo considerado inviável pela maioria dos partidos políticos da Câmara. Depois do encontro da executiva nacional, o PT divulgou um documento de três páginas sintetizando os principais pontos discutidos na reunião. Nessa carta pública,entre outros assuntos, o partido orientou suas bancadas na Câmara e no Senado a “trabalharem pela coesão”da base governista em torno da convocação, “no mais curto prazo”, do plebiscito para a reforma política. O texto também reivindica a convocação da Assembleia Constituinte exclusiva para alterar o sistema político nacional. Além disso, a nota do PT “conclama” a militância da legenda a assumir “decididamente” a participação nos protestos de rua em todo o país, especialmente, no dia 11 de julho. Nessa data, as principais centrais sindicais brasileiras pretendem promover uma mobilização nacional para chamar atenção para as pautas dos sindicatos.


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Opinião Betinho Rosado indica professora de Mossoró ao Prêmio Darcy Ribeiro de Educação CEDIDA

N

a última semana, o deputado federal Betinho Rosado entregou na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados,ofício indicando a professora Maria Elisabete Fernandes ao Prêmio Darcy Ribeiro de Educação edição 2013. O Prêmio, que homenageia o antropólogo, romancista e político mineiro Darcy Ribeiro,falecido em 97,é um dos prêmios mais importantes da educação brasileira. A professora Elisabete, natural de Mossoró-RN, é graduada em Pedagogia pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), com especialização em ensino da arte e educação física na infância pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).Atualmente leciona diversas matérias na Unidade de Educação Infantil Adalgiza Fernandes Moreira - UEI - e na Escola Estadual Disneylândia - EED. Dois de seus projetos destacam-se em prol do ensino infantil - o projeto A Criança e o Trânsito: uma parceria que dá certo! e o projeto Chuá, Chuá... a chuva vamos estudar.O primeiro projeto, juntamente com a relação criada entre o ensino infantil e o trânsito, lhe rendeu dois Prêmios

O deputado federal Betinho Rosado, o então ministro da Educação, Tarso Genro; e a professora Elisabete na entrega do prêmio em 2004

de Educação para o Trânsito do Denatran, a primeira em 2004 com o primeiro lugar da Região Nordeste, em 2005 com a primeira colocação na categoria educador. O projeto de estudo da chuva ganhou o Prêmio Qualidade na Educação Infantil do Ministério da Educação em 2004, se destacando por utilizar o tema para explorar inúmeras oportunidades de construção e ampliação de conhecimentos sobre o mundo social e o natural. Atualmente a professora está envolvida em um projeto que educa os jovens mossoroenses a adquirir e manter uma alimentação saudável,questão de grande importância no mundo inteiro por conta do grande aumento nos índices de obesos em todo o mundo. Aprendendo desde cedo,esses alu-

nos terão grandes chances de evitar a obesidade durante toda sua vida. Outro projeto que está em execução no momento é do combate a dengue. Nesse projeto, as crianças aprendem como evitar a proliferação do mosquito causador da doença, como tratar e quais os cuidados devem ser tomados por quem já se infectou. Encantado com a qualidade de todo o conjunto de trabalho da professora Maria Elisabete no ensino infantil e fundamental, os resultados que obteve e o exemplo que oferece aos professores nordestinos, região onde os índices educacionais necessitam de melhora significativa, o deputado federal Betinho Rosado não teve dúvidas ao escolher sua indicada ao prêmio este ano.

BRASIL, O POVO QUER É AÇÃO ELVIRO REBOUÇAS — Economista e empresário "Os povos desencantados tornam-se insubordinados." Marquês de Maricá A deposição do presidente eleito do Egito Mohamed Mursi?e o veto dos países europeus ao sobrevoo do avião do presidente da Evo Morales, Bolívia, foram duas notícias de destaque no mundo, na semana que passou. O primeiro foi golpe. O segundo, uma submissão aos EUA que não se coaduna com as melhores práticas internacionais. Mas a Presidenta Dilma Rousseff, aqui no Brasil, apesar de acompanhar as duas coisas, tem problemas de sobra e mais o que fazer aqui mesmo. A constituinte exclusiva não sobreviveu 24 horas e o plebiscito este ano já está fora de cogitação. De concreto, agora,a sugestão de Lula para que a chefe de estado corte alguns ministérios, muitos, todos nós sabíamos no nascedouro, desnecessários.Os manifestantes nas ruas são um sinal claro da insatisfação que palpita no coração de cada brasileiro, mesmo dos que ficam em casa, pacificamente, e pedem todos (muito acima de reduzir passagens de ônibus em R$ 0,20) melhorias concretas na saúde,na educação e na segurança públicas no país, que, diga-se, tanto no Rio Grande do Norte quanto em São Paulo, vão de mal a pior. Mais do que reformas políticas, mais do que plebiscitos ou constituintes, o que o clamor das ruas pede é uma nova postura de nossos homens públicos, uma nova maneira de se relacionar com a coisa pública.Em vez de uma reforma política proposta como a solução mágica para os problemas, o que o povo quer é mais eficiência e transparência no gasto público de todos os que têm mandato.

O buraco de US$ 3 bilhões no comércio exterior, o pior resultado no primeiro semestre nos últimos 18 anos,está aí posto,enquanto o Ministro da Fazenda,cada vez que fala à imprensa precifica dados econômicos que, na prática, não são consistentes. De janeiro a junho,as nossas exportações somaram valor de US$ 114,5 bilhões, enquanto as importações chegaram a US$.117,6 bilhões,segundo o próprio governo, através do Ministério do Desenvolvimento,Indústria e Comércio ExteriorMDICE. A indústria diminui a sua produção, a inflação acelera, o dólar americano ameaça chegar aos R$ 2,30, as vendas no varejo mostram arrefecimento,em todos os segmentos, cada dia importamos mais petróleo, ( hoje cerca de 500 mil barris por dia), e lembrar que no final da última década tivemos superávit comercial de US$ 48 bilhões, e a unidade da moeda americana valia R$ 1,65, parece uma drástica (e dantesca) mudança de cenário. A receita das vendas externas, de US$ 114,52 bilhões de janeiro a junho, ainda foi 0,7% menor que a dos primeiros seis meses de 2012. Ao mesmo tempo, o gasto com importações,de US$ 117,6 bilhões,foi 8,4% maior que o de um ano antes. Houve alguma reação em junho, mas bem menos notável que a indicada pelos números oficiais. A erosão do superávit comercial, mais acentuada a partir de 2011, resultou de vários fatores com pesos diferentes em desiguais momentos. A valorização do real encareceu as exportações e barateou as importações. Isso resultou em parte da grande oferta de dólares, mas a inflação acentuou o desajuste cambial. Custos importan-

tes, como o da mão de obra, reduziram o poder de competição dos produtores nacionais. Embora seja anunciada pelo IBGE uma safra agrícola para o ano de 185 milhões de toneladas, 14% superior a do ano passado, sejamos hoje os maiores produtores mundiais de minério de ferro,de soja,de café,de laranja, de cana de açúcar, e tenhamos um rebanho bovino superior a 230 milhões de cabeças, e extrairmos diariamente 2 milhões de barris de petróleo, mesmo assim, não estamos conseguindo objetivar nossa expansão comercial, no que convenhamos é lamentável.Somos o terceiro maior produtor agrícola do planeta terra, atrás dos EUA e da China. Aqui somos prejudicados por uma carga tributária brutal, e pela falta de infraestrutura e logística do Governo Federal. Uma das consequências dos vários erros cometidos pelo governo - na diplomacia e na política interna - foi a dependência crescente das exportações de commodities, isto é, de produtos básicos e semimanufaturados.Neste ano, as vendas desses dois tipos de produtos, embora menores que as de um ano antes,ainda proporcionaram,em conjunto,60,4% da receita de exportações.As exportações de manufaturados (37,3% do valor total) aumentaram 0,4%, No mercado financeiro,a projeção mais recente é de um superávit comercial anual de esquálidos US$ 4 bilhões, ou seja, praticamente um quinto do obtido em 2012, de US$ 19,41 bilhões. No começo do ano, projetavase um saldo de US$ 15 bilhões. Você leitor verificou como no Brasil os números e previsões econômicas são manipulados?

Penso, logo...

Canindé Queiroz

Rubens Coelho rubensfcoelho@hotmail.com

PARTIDOS ORGANIZADOS Numa democracia sem adjetivação, parcela da sociedade e quanto maior for organizada em partidos, mais eficaz será o sistema democrático, porque enseja a comunidade a participar, compartilhar das decisões político-administrativas do Estado, evitando a autocracia dos governantes, que oprime o povo. Nas manifestações de rua, temos visto com preocupação o repúdio aos políticos e partidos. Não é sem razão, os políticos brasileiros na sua maioria não têm sabido representar a coletividade como deveria. Há ilustres exceções, mas são minorias que desaparecem nas águas turvas da maioria sem compromisso com os interesses coletivos, que pensa somente em tirar vantagens pessoais dos cargos que ocupam. Quanto aos partidos, não há diferença, também tem suas exceções de cordeiros no meio da matilha de lobos. Especialmente os grandes partidos, que se confundem nos objetivos sem princípios. São essas razões pela quais as massas desgostosas e sem uma consciência clara sobre política e partido, misturam tudo e os colocam no mesmo esquema desprezível. É lamentável que isso aconteça, mas é a realidade gerada pelo descrédito da população em relação aos seus presumíveis representantes e agremiações partidárias amorfas. O DESCRÉDITO Também atinge o Judiciário, pela lentidão no julgamento de processos, pela influência política nos julgamentos nas cortes superioras e alguns desacertos por elas cometidas. Quando se espera austeridade do Poder Judiciário, eis que surgem escândalos como o dos precatórios no TRJ/RN, com o envolvimento de dois desembargadores expresidentes do tribunal. ATÉ O CARRANCUDO Joaquim Barbosa, presidente do STF, agora se acha enrascado com mordomia indevida, quando usou recursos da Corte para se deslocar ao Rio de Janeiro no final de semana de 2 de junho, para assistir ao jogo Brasil e Inglaterra no estádio do Maracanã. O STF diz que a viagem, feita em um avião de carreira, foi paga com a cota que os ministros têm direito, mas não divulgou o valor pago nem qualquer regulamento sobre o uso da cota. CONFIRMAÇÃO O tribunal confirmou à reportagem que não havia na agenda do presidente nenhum compromisso oficial no Rio de Janeiro durante o final de semana do jogo no Maracanã. Barbosa tem residência na cidade e acompanhou o jogo ao lado do filho Felipe no camarote do casal de apresentadores da TV Globo, Luciano Huck e Angélica. Segundo a Corte, porém, apenas o ministro viajou de Brasília com as despesas pagas pelo STF. Os voos de ida e de volta foram feitos em aviões de carreira. A matéria foi extraída do jornal Diário do Nordeste. ABRAÇO DE TAMANDUÁ Os elogios que fez à governadora Rosalba Ciarlini e agora a ACM Neto, prefeito de Salvador, ambos do DEM, a presidente Dilma Rousseff, é como abraço de tamanduá, dá malestar a quem recebe, ou então é como elogio do carrasco ao pescoço da vítima que será decepado pela guilhotina que ela acionará. É melhor não

recebê-los. Assim penso. COMPLETO DESRESPEITO A proibição de Portugal e Espanha para o avião do presidente Evo Morales pousar em seus aeroportos fere o direito internacional, a convivência pacífica entre nações soberanas, como a qualquer conceito ético e moral entre povos livres. Tudo indica que obedeceram as ordens dos Estados Unidos para agirem dessa maneira truculenta. É inaceitável! ENCONTREI O suplente de vereador Daniel, do PMDB, senti que ele está esperançoso em assumir uma cadeira na Câmara Municipal, ainda nessa legislatura, levando em conta as possíveis candidaturas e vitória para as eleições de 2014, de Alex Moacir e Isabel Montenegro. É... é possível. GUERRA CIVIL No Egito é o que está se configurando depois do golpe que depôs o presidente Nohammed Morsi eleito há um ano, pertencente ao partido Irmandade Mulçumana. A Primavera do Egito pode se transformar num vendaval sangrento. Deus, não permita que aconteça! DINHEIRO Não cai do céu, no entanto, é o que essas empresas de pirâmides, disfarçadas de outra coisa, prometem aos incautos que vão na conversa da malandragem, se não bastasse as Telexfree, BBom, Multiclick, Nnex, Priples e Cidiz sob investigação no Ministério Público do Rio Grande do Norte, surge: a Blackdever, que nega tratar-se de pirâmide, mas parece ter o mesmo dna das congêneres investigadas. Todo cuidado é pouco! TRANSPORTE COLETIVO Em minha opinião, a melhor alternativa para o transporte coletivo em Mossoró seria a construção do Veículo Leve sobre Trilho (VLT), metrô aéreo. Um transporte de massa, não poluente, bom para a mobilidade urbana, poderia ser confortável e mais barato para o usuário. Quanto ao investimento nesse tipo de transporte, poderia ser na forma de parceria público/privado, que tanto se fala e se fez para construção dos megalomanícos estádios de futebol. MELHOR DOCUMENTÁRIO Do Festival do Rio foi exibido no início de julho, de 2013, no Rio de Janeiro. O filme Dossiê Jango recebeu o prêmio de melhor documentário pelo Júri Popular no Festival do Rio em 2012. O filme é uma coprodução do Instituto Presidente João Goulart com o Canal Brasil, Comissão Nacional da Verdade, Comissão de Anistia e Comissão de Mortos e Desaparecidos Políticos. MUITO CRIATIVO Bastante original o convite que o criativo jornalista, cronista e produtor Christian de Saboya bolou para a festa do "Burburinho-Bar", que será realizada no dia 12 de julho, às 20h30, no Requinte Buffet, não temos dúvida que será um sucesso, como todo evento realizado pelo Christian. Vamos lá... FRASE A arte está para a alma, assim como o alimento, está para o corpo.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Economia

Shopping Palácio do Sal vai rev CEDIDA

Empreendimento que será lançado por um grupo português envolve também torre residencial GILBERTO DE SOUSA Da Redação

L

ocalizado em uma área de 35.000 m2, com cerca de 30.000 m2 de construção,200 lojas e estacionamento coberto para 1.500 vagas, o Palácio do Sal Shopping irá revolucionar o grande Alto de São Manoel. O empreendimento já iniciou o processo de licenciamento, cumprindo todos os trâmites legais e deverá ser lançado brevemente em Mossoró através de um grupo português. O projeto envolve, além de um shopping center, uma torre comercial e uma torre residencial, o que irá certamente contribuir para a valorização de toda área em seu entorno, proximidades do conjunto re-

CMAP

Shopping Palácio do Sal será construído em área privilegiada no grande Alto de São Manoel

sidencial Walfredo Gurgel. O Shopping Center Palácio do Sal aposta também nas áreas de lazer, cinema, boliche e salão de jogos, espaço kids com baby-sitter,

boulevard exterior com bares e restaurantes gourmet. O espaço do boulevard dos bares e restaurantes gourmet, com acesso pelo interior e pelo exterior do shop-

ping, terá um espaço gastronômico diferenciado e de bares com música ao vivo, que ficará aberto depois da hora de fechamento do shopping. A importância desse em-

preendimento para a cidade pode ser considerada, ainda, observando a qualidade da intervenção urbanística que vai ser feita com a construção do shopping na-

quele local, com a requalificação do córrego de água existente, de forma a evitar as cheias e as inundações que acontecem naquela área quando a pluviosidade é in-


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Economia

volucionar Alto de São Manoel CEDIDA

tensa, e todo o arranjo urbanístico com as áreas de jardim, arruamentos e passeios que vão ser criados. O projeto foi apresentado à prefeita Cláudia Regina, que por sua vez está exultante em razão da contribuição que vai dar ao desenvolvimento da cidade e da região. O empreendimento vai se constituir em um marco, principalmente para o chamado Grande Alto de São Manoel, transformado a partir daí, numa das áreas da cidade com mais poder de atração de investimentos no futuro. O estudo de mercado de viabilização do empreendimento apontou além da excelente localização no contexto da cidade e da fácil acessibilidade, uma projeção de crescimento residencial para os próximos anos nas imediações, e que a implantação do novo shopping center irá criar uma nova "centralidade" e contribuir para uma importante mudança no formato da ocupação do entorno, tanto no âmbito residencial, quanto no comercial e de serviços,devendo gerar um processo significativo de valorização imobiliária local.

CMAP

PROJETO ENVOLVE UM SHOPPING CENTER, UMA TORRE COMERCIAL E UMA TORRE RESIDENCIAL

PALÁCIO DO SAL SHOPPING CENTER

· Área do Terreno: 35.000 m2; · Área de Construção do Shopping: 30.000 m2; · Área de Construção do Estacionamento Coberto: 25.000 m2; · Área Bruta de Locação (ABL): 25.000 m2; · Número de Lojas: 200 Lojas; · Número de estacionamentos cobertos: 1.500; TORRE COMERCIAL - PALÁCIO DO SAL BUSINESS Espaço do boulevard dos bares e restaurantes gourmets é valorizado CEDIDA

· Área do Terreno: 2.150 m2; · Área de Construção (Salas comerciais e estacionamentos): 11.300 m2; · Número de Salas Comerciais: 140 salas; · Área média das Salas: 30 m2; · Numero de vagas de estacionamento: 140; · Auditório de Conferências: capacidade para 70 pessoas; TORRE RESIDENCIAL

· Área do Terreno: 2.980 m2; · Área Total de Construção: 7.500 m2; · Área dos Apartamentos: 90 m2; Novo shopping terá área ampla e agradável

· Número de Apartamentos: 58;


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Sociais Karenine Fernandes karenine_f@hotmail twitter: @kareninefernand site: www.kareninefernandes.com

BZZZZZZ Hoje, a partir das 19h, no Salão Cristal do Garbos Recepções e Eventos, os jornalistas Eliana Lima e Carlão de Souza receberão seletos convidados para o coquetel de lançamento da Revista Bzzz, em Mossoró. A revista Bzzz, cujo nome é baseado na onomatopeia que reproduz o zumbido da abelha, promete apresentar à sociedade e ao mercado publicitário mossoroense, uma leitura mensal com bons textos e polêmica, através das entrevistas e matérias, aliada ao serviço para a arte do bem viver, com leveza, informação e entretenimento para os leitores do Rio Grande do Norte. FOTO S: CEDIDAS

MEDICINA EM ALTA O Ministério da Educação liberou mais 60 vagas para o curso de Medicina da Ufersa, desta vez para o campus de Assu. As informações foram repassadas pelo reitor da Ufersa, José de Arimatea de Matos, que esteve em Brasília. As duas primeiras turmas do curso de Medicina da Ufersa vão iniciar seus estudos em 2016. 60 vagas de Medicina já haviam sido aprovadas este ano também para Mossoró.

EXCELENTES OPÇÕES O Canacafé,que já se tornou um dos espaços mais aconchegantes do Hotel VillaOeste, vem agradando não só aos fãs de um bom café, mas também aos apreciadores de uma excelente cachaça tradicional. Os frequentadores do ambiente têm à disposição uma extensa carta de cachaças de alambique de vários Estados do Brasil. O café e cachaçaria está aberto ao público de segunda a sábado, das 15h às 21h. Vale a visita.

NOS TRIBUNAIS O apresentador Paulo Henrique Amorim, da TV Record, foi condenado à prisão por chamar o jornalista Heraldo Pereira, da TV Globo, de "negro de alma branca". A pena, por crime de "injúria preconceituosa", foi fixada em um ano e oito meses de reclusão, e substituída por pena restritiva de direito a ser ainda definida. Como Amorim completou 70 anos em fevereiro, os desembargadores diminuíram a pena em três meses, "diante da atenuante de senilidade" prevista em lei. Em 2009, o apresentador, que mantém um blog na internet, publicou um texto com críticas a Heraldo Pereira. Nele, disse que o jornalista era "negro de alma branca" que "não conseguiu revelar nenhum atributo para fazer tanto sucesso, além de ser negro e de origem humilde".

Diego Pinheiro com Pâmela em noite de Cidade Junina em clima de alegria

Glenda e Mariana Rosado festejadas durante toda semana. Felicidades para as duas!

Rosenildo Rodrigues, gerente comercial, é o aniversariante de amanhã, dia 8 de julho

Carlos de Souza e Eliana Lima, anfitriões de hoje, no Garbos. Fazem Bzzzzz

TENDÊNCIA Os últimos desfiles de marcas descoladas, como Rag & Bone,Moschino e Karen Walker mostraram unhas brancas nada básicas e cheias de atitude, em um visual jovem e sofisticado. A tendência de pegada anos 90 conquistou as celebridades que, claro, já aderiram ao branco total. Vanessa Hudgens, Lea Michele e Gabrielle Union são algumas das musas americanas que exibiram o look nos tapetes vermelhos. Agora, chegou a hora do branco ganhar as ruas. Para aderir à tendência deixe de lado os transparentes e aposte em acabamentos cremosos. Eu apostei no branco esse final de semana!

Leonardo Gonçalves, do time dos colunistas, festeja aniversário hoje, 7 de julho

Rose Cantídio de Tatiana Cantídio em sessão paz e amizade pela cidade


Gazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Opinião Neto Queiroz netoqueiroz@uol.com.br

PARA REFLETIR ÁGUA E FOGO CEDIDA

A conta do avião oficial que usou para levar familiares e amigos para a final da Copa das Confederações no Rio de Janeiro pode ficar bem salgada para o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves. Invés de pagar passagens, ele poderá ter que ressarcir o valor do fretamento de um jato particular, cerca de 150 mil reais.

RÁPIDAS

Numa província chinesa, havia um pequeno distrito. Durante algum tempo, o distrito ganhou fama devido ao seu líder que era voluntarioso e ousado. Um novo líder assumiu e com o passar o tempo entrou em profunda depressão, pois não conseguia realizar as proezas que seu antecessor realizava. Confuso, o novo líder subiu à montanha em busca do grande sábio que lhe diria o que fazer. Ao encontrá-lo e explicar-lhe a situação, esperou a resposta do sábio, que, porém, não disse nada, dando um pequeno sorriso e com um gesto convidou-o a acompanhá-lo. Caminharam até que o rio lhes molhasse os pés. A outra margem não podia ser vista, tão largo ele era. Depois de meditar olhando as águas, o sábio preparou uma fogueira e fez com que o novo líder sentasse a seu lado. Ficaram ali sentados por longas horas, enquanto o fogo queimava. Quando as chamas acabaram, o sábio apontou para o rio e falou: - Agora você entende por que é incapaz de fazer como seu predecessor fez para sustentar a grandeza de seu distrito? - Desculpe mestre, mas não compreendi. O sábio, então, falou: - Reflita sobre a natureza do fogo que queimava à nossa frente. Era forte e poderoso. Nenhum grande animal viria contra nós, porque ele nos protegia. Com facilidade, poderia ter conquistado tudo a seu redor. E continuou o sábio: - Em contraste, considere o rio. Começou como um pequeno fio nas montanhas distantes. Contorna qualquer obstáculo e abraça qualquer fenda. A água quase não pode ser ouvida. Quando a tocamos, percebemos que ela dificilmente pode ser sentida, tão gentil é sua natureza. - E no final o que sobrou daquilo que foi o fogo poderoso? Somente um punhado de cinzas. Por ser tão forte, ele destrói tudo à sua volta, mas também se torna vítima. Ele se consome com sua própria força. O rio, não. Ele é calmo e quieto. Assim, ele vai rolando, crescendo, ramificando-se, tornandose mais poderoso a cada dia em sua jornada em direção ao imenso oceano. Ele provê a vida e sustenta a todos. - Da mesma maneira como na natureza, isso ocorre com os líderes. Há aqueles que são como o fogo, orgulhosos, poderosos e autoritários. Há também os que são humildes como a água, donos de uma força interior de grande alcance e capazes de capturar o coração das pessoas. Aqueles não constroem. Estes trazem uma primavera de prosperidade para suas províncias.

PLUGADO

NOTAS GERAIS

Não sei mais por quais motivos ainda existem protestos. Primeiro foi a passagem dos ônibus, depois a corrupção, a PEC 37, e agora por que protestam?

AS DISPUTAS MAJORITÁRIAS Fico pensando que na eleição de 2014, não serão apenas as disputas majoritárias de governador e senador que vão colocar frente a frente opções para o eleitor escolher um ou outro. Há algumas situações na chapa proporcional que serão disputas quase majoritárias.

Caso quisessem motivo para protestar em Mossoró, aqui eu sei bem quais os bons motivos para um verdadeiro protesto. Tem muita coisa para protestar.

BETINHO X SANDRA X FAFÁ Um exemplo disso é o que pode ocorrer em Mossoró. Para deputado federal poderemos ter Betinho Rosado,Sandra Rosado e Fafá Rosado. A disputa local vai ser de exclusão, bem ao modelo bairrista de Mossoró.

Primeiro que pela falta de um sistema de transporte coletivo eficiente já estão protestando. Então por esse não vou sugerir mais. Mas tem outras opções.

HENRIQUE X WALTINHO No cenário estadual também observo um confronto interno na família Alves. Henrique Alves disputando a reeleição e Waltinho Alves disputando a mesma faixa de votos. Não há como somar, um tira do outro.

Poderia se protestar, por exemplo, por termos chegado a 100 assassinatos em 2013. Pela falta de cadeias. Pela falta de policiais. Pela falta de Justiça.

FÁBIO X RICARDO Outro confronto direto será entre o deputado Fábio Faria e o filho do presidente da Assembleia Legislativa, o vereador Ricardo Motta. Uma disputa com o mesmo perfil e no mesmo eleitorado. Um perde, o outro ganha.

Também daria certo protestar pela bagunça que virou o trânsito nas imediações das obras do Complexo Viário Abolição. Aquilo sim, vale um protesto.

OUTRAS DISPUTAS REGIONAIS Isso sem falar nas disputas regionalizadas para deputado estadual. Leonardo Rego versus Gustavo Fernandes, em Pau dos Ferros. Leonardo Nogueira versus Larissa Rosado, em Mossoró. Ivan Júnior versus George Soares em Assu.

Também sugiro protestar contra os políticos que são acusados de corrupção e comparecem aos protestos contra corrupção. Protesto pelos caras-de-pau deles.

FECHANDO O CURRAL Entendo que de certa forma estas disputas regionais favorecem os envolvidos.Há mais chance de envolver o eleitor com o confronto, absorvendo o voto entre eles, evitando-se assim que um nome de fora penetre no eleitorado.

• IMPRESSIONANTE - Conversando com uma pessoa que conhece a fundo o mundo da violência em Mossoró, ele me falou algo surpreendente. • REDUZIR - Ele disse: "Quer ver diminuir pela metade os assaltos e roubos em Mossoró, mantenham presos os que estão dentro das cadeias". • AUTORES - E ele me explicou que hoje boa parte dos crimes cometidos em Mossoró são por detentos da Cadeia Pública e da penitenciária. • IDAS E VINDAS - Como não há segurança alguma por lá, os presos saem quando quer e vêm a Mossoró cometer os assaltos e roubos. • ÁLIBI - E o pior é que não podem ser acusados de nada, pois oficialmente eles estão presos. E se estão presos, como poderiam assaltar?


10 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Esporte Renato Augusto e Pato serão titulares do Corinthians no jogo contra o Bahia LEANDRO MORAES UOL

aulo André é mais um desfalque para o Corinthians hoje, na partida contra o Bahia. O técnico Tite confirmou que o zagueiro será poupado e em seu lugar irá entrar Chicão. "Tem o risco de poder estourar, então ele não vai", disse o comandante. Vale lembrar que o defensor jogou no sacrifício contra o São Paulo no meio da semana. Tite confirmou também que Renato Augusto e Pato serão titulares, por conta das lesões de Danilo, Douglas e Emerson. "O Renato eu disse que só usaria se ele se sentisse bem. Fiz questão de conversar com ele e ele disse que está legal para começar", revelou. Antes, o treinador recebeu o aval dos médicos do clube. Alexandre Pato tam-

P

bém terá uma nova chance, mas jogará caindo pelo lado esquerdo, fazendo dupla com Guerrero no ataque da equipe do Parque São Jorge. De acordo com Tite, o próprio atleta se colocou à disposição para fazer a função de Emerson Sheik. "O Pato já jogou ali, se sente bem. Ele me procurou e colocou essa situação. Treinamos com ele pelo lado esquerdo. Ele já jogou assim no Milan, entrando em diagonal", explicou o comandante alvinegro. O Corinthians enfrenta o Bahia em Salvador hoje, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. A formação alvinegra deverá ser a seguinte: Cássio, Edenilson, Chicão, Gil e Fabio Santos; Ralf, Guilherme, Renato Augusto e Romarinho; Pato e Guerrero.

Renato Augusto e Pato entrarão em campo hoje como titulares

Seedorf aponta meta do Botafogo O Botafogo volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro hoje, na Arena Pernambuco, contra o Fluminense, quase 30 dias depois de vencer por 2 a 0 a Ponte Preta. Na terceira colocação, com 10 pontos, um a menos do que o líder Coritiba, o clássico é um confronto direto para se manter no grupo dos quatro primeiros colocados, já que o rival tem nove pontos. Com experiência de sobra, Seedorf sabe como voltar a jogar no Brasileiro com uma vitória é importante para o Botafogo. O próprio holandês estabeleceu uma meta para o time nesse começo de

competição até a 10ª rodada. Até lá, ainda terá pela frente, Grêmio, Náutico, Flamengo e Vitória, além do Fluminense. - O Fluminense sempre é um time forte. Precisamos nos manter nessa posição nos 10 primeiros jogos. É fundamental ficar lá. Nas 14 primeiras rodadas, encontraremos os times que são favoritos ao título - disse Seedorf. Apesar de procurar não listar os times que considera candidatos ao título, Seedorf colocou o Fluminense entre eles. No entanto, a tabela de classificação atual apresenta Coritiba e Vitória como os

dois primeiros colocados. Nada que mude seu pensamento. - Não os vejo como favoritos - disse Seedorf, que, considerando os confrontos com os candidatos ao título apenas nas 14 primeiras rodadas, exclui o São Paulo, adversário da 17ª. O reconhecimento ao poder do Fluminense existe. O time contará com a volta do atacante Fred, que dividiu a artilharia da Copa das Confederações com o espanhol Fernando Torres, marcando cinco gols, além de Jean e Diego Cavalieri, que também estavam com a seleção brasileira.

- Conhecemos o Fluminense e não tem muita surpresa. É importante começar bem, já é metade do trabalho para acabar melhor. O Fred fez uma ótima Copa das Confederações e estou feliz por ele, pelo Brasil. É um artilheiro que, como Ronaldo falou, garante o gol, mas nossa cabeça está com o Botafogo, o que queremos fazer com o nosso jogo comentou o holandês.

Claudinei confirma Santos e não vê São Paulo fraco após queda de Ney O técnico do Santos, Claudinei Oliveira,fez o alerta: a demissão de Ney Franco não enfraquece o São Paulo para o clássico de hoje, às 16h (de Brasília), pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.O comandante santista lamentou a queda do treinador, mas ressaltou a experiência de Milton Cruz, auxiliar do Tricolor, que deve dirigir o rival no Morumbi. - Soube da situação do Ney agora.A gente lamenta, pois é um belo treinador e vem de belos trabalhos. Mas a cultura do futebol é essa. Teoricamente, o time (São Paulo) deve ser dirigido pelo Milton Cruz, que está há bastante tempo por lá,conhece muito o clube. Não acho que isso (queda de Ney Franco) vá facilitar o jogo. Será um jogo muito difícil para as duas equipes - analisou. Independente de quem estiver do outro lado, Claudinei já definiu o Santos que vai a campo no Morumbi. O treinador deve manter a equipe que treinou como titular ao longo da semana. A única mudança,já esperada, está no gol:sai Rafael,de saída para o Napoli (ITA),e entra Aranha.Assim,o Alvinegro joga com: Aranha; Rafael Galhardo,Edu Dracena, Durval e Léo; Arouca, Cícero, Leandrinho e Montillo; Willian José e Neilton. - Não tem segredo. Se não tiver nenhuma lesão ou algo do gênero, o time será esse mesmo. Testamos um pouco o Giva no lugar do Neilton, mas vamos a cam-

po com aqueles que já vinham treinando - resumiu. Claudinei, por fim, minimizou o fato do Santos não ter realizado amistosos durante a parada do Brasileirão para a Copa das Confederações. O treinador recordou que,no período, o Peixe fez jogostreino no CT Rei Pelé e avaliou que, no fim, a decisão a ser apontada como correta terá sido a do time que sair vencedor no clássico. - Enfrentamos o Jabaquara e o Hortolândia (em jogos-treino). Preferimos não fazer amistosos. Procuramos usar esses jogos para qualificar o time taticamente. Se isso (não ter feito amistosos) deixa a vantagem para o São Paulo, só a partida vai dizer. Eles enfrentaram o Flamengo, mas perderam para o Corinthians no meio de semana (pela Recopa). Não teve vantagem. Acredito mais no trabalho do dia a dia - conclui.

Treinador recorda experiência de Milton Cruz, provável técnico do São Paulo no domingo, e aposta em clássico complicado no Morumbi


Gazeta do Oeste 11

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Esporte Miluir:‘Dificuldades já foram vencidas; equipe está unida para o jogo de domingo’

Cantinho da recordação Olismar Lima

FOTOS: WILSON MORENO

Potiguar se prepara para enfrentar o Guarany de Sobral hoje, no Estádio Manoel Leonardo Nogueira, o "Nogueirão", às 16 horas,pela Série D do Campeonato Brasileiro. Segundo o técnico Miluir Macedo, o time vem treinando intensivamente e está preparado para enfrentar o Guarany."A equipe está unida, preparada. A derrota no jogo anterior não tirou o combustível dos nossos jogadores", declarou. Para o jogo de hoje estão previstas as estreias de Edson Baiano (lateral esquerdo) e Marcus Vinícius (lateral direito). "Estou muito feliz em ter voltado",declarou Marcus. "As expectativas para o jogo são as melhores. O time está bastante unido e isso é fundamental", disse. Já o jogador Edson Baiano, que começou a treinar na última segunda-feira falou de sua estréia no confronto com o Guarany."Fui muito bem recebido pelo time. E o que me anima é ver a equipe tão engajada, focada". Questionado se a derrota no jogo anterior tinha desmotivado o time, Edson declarou: "A motivação é a mesma. Acredito que por ter sido um jogo fora de casa, ficamos com algumas dificuldades.Ninguém esperava pela derrota, mas acontece", disse. A partida ainda vai contar com a ausência do zagueiro e capitão Ansel-

O

ISAÍAS

Isaías: excelente goleiro, que conquistou títulos memoráveis, pelo Baraúnas.

Equipe alvirrubra treinou sexta-feira, 5, no Estádio Nogueirão

mo, que foi expulso na estreia do time alvirrubro contra o Central. Também o lateral esquerdo Paulinho, que disputou doze jogos pelo Potiguar, não teve o contrato renovado e deixou a equipe. O volante Wellington Costa vai estrear no confronto com o Guarany. Wellington foi campeão estadual em 2004 e campeão da Copa da cidade em 2008. Segundo o técnico Miluir Macedo, não houve recesso para os treinos durante a Copa das Confederações. "Não paramos de treinar nem durante os jogos da Copa das Confederações". O time ainda terá um treino recreativo na manhã de hoje.

Para o jogo de hoje está prevista a estreia de Edson Baiano

INGRESSOS A assessoria do Potiguar divulgou, em seu site oficial, os valores e pontos de vendas

para o jogo do próximo domingo contra o Guarany de Sobral, confronto pela Série C do Campeonato Brasileiro.

INGRESSOS

VALORES: Antecipado: (Arquibancada) R$ 24,00 (Inteira) R$ 12,00 (Meia) Dia do jogo: (Arquibancada) R$ 30,00 (Inteira) R$ 15,00 (Meia) CADEIRAS: Valores R$ 60,00 (Inteira) R$ 30,00 (Meia) Domingo, 07 de julho a partir das 8h Bilheterias do estádio Nogueirão

REPRODUÇÃO

Marcus Vinícius (lateral direito) também entrará em campo

Sequenciando a nossa trajetória,nointuitodenarrarahistória dos craques que atuaram no nosso futebol, registramos a presença de Isaías, excelente goleiro,que marcou época,defendendo o Baraúnas. Isaías Raimundo da Silva, natural da cidade de PaulistaPE,conquistou vários títulos, em toda a sua carreira de profissional,dentre eles,o de campeão pernambucano pela Santa Cruz Futebol Clube, nos anos de 1993,1995 e 1996, paraibano pelo Treze Futebol Clube em 2000 e 2001, torneio seletivo para Série "C", pelo Baraúnas,em 2004,Copa Rio Grande do Norte, em 2004, pelo Baraúnas e Campeão estadual de futebol em 2006, também vestindo a jaqueta de número um, do mais querido. Ainda defendendo o Leão do Oeste, foi responsável pelo "paredão" da meta tricolor, nos anos de 1995, 1998, 2005 e 2009. A estreia do nosso focalizado, pelo Baru, aconteceu no dia 26 de março de 1995, data em que o mais querido efetuou a apresentação de vários atletas, oriundos de clubes do futebol da terra do frevo, em pleno Estádio Professor Manoel Leonardo Nogueira,por ocasião do 22º certame estadual de futebol, oportunidade em que recebeu a visita do Caicó, tendo ao final da partida,obtido um empate, sem abertura de placar. Confira a súmula do citado jogo: Baraúnas: - Isaías (Santa Cruz-PE); Casinha, Reginaldo (Santa Cruz-PE), Léo e Melo (Santa Cruz-PE); Alves (Lira),Feliciano (SportPE) e Rivaldo; Enilson (San-

ta Cruz-PE), Vamberto (Naldo) e Júlio César (NáuticoPE). Caicó: - Abdon; Josa, Paulinho, Edson e Moisés (Marola); Robson, Gilmar e Jaelson; Wlisvan (Renato), Joãozinho e Chiquinho Bala. Dirigiu a partida o árbitro João Batista da Silva, assistido nas bandeiradas por Caio Jefferson e Wilson Jorge.Renda:R$ 7.592,00, para 2.440 torcedores que pagaram ingresso. No campeonato estadual de futebol de 2011, Isaías sagrou-se vice-campeão pelo Santa Cruz, em jogo realizado no dia 8 de maio, no estádio Maria Lamas Farache, o Frasqueirão,depropriedadedo ABC Futebol Clube,em NatalRN,oportunidade em que o alvinegro sagrou-se bicampeão, pelo marcador de 3x1,cuja súmula, a seguir registramos: ABC: - Wellington; Pio, Tiago Garça, Irineu e Renatinho Potiguar;Basílio,Bileu,Reinaldo (Ricardo Oliveira) e Cascata; Gabriel (Jackson) e Leandrão. Santa Cruz (vicecampeão):-Isaías;Pantera,André Luiz (Wladimir) e Michel; Rafinha,Robson,Lano,Paulinho Mossoró (Alvinho) e Marciano;Didi Potiguar (Felipe Alves)eQuirino.Gols:-Leandrão, CascataeJackson,paraoABC, descontandoFelipeAlves,para o Santa Cruz. Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (FIFA/RS), assistido por Luiz Carlos Câmara e Lorival Cândido das Flores.Renda:R$ 183.479,00, para 11.164 pagantes. Pelos inúmeros serviços prestados ao desporto local, de modo particular ao Baraúnas, Isaías será para sempre lembrado, no Cantinho da Recordação.


12 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Gerais Financiamento imobiliário soma R$ 9,75 bi em maio e bate recorde

O

volume de empréstimos para aquisição e construção de imóveis com recursos da poupança somou R$ 9,75 bilhões em maior,o melhor resultado histórico, ivulgou nesta sexta-feira, 50, a associação que representa o setor no país, Abecip. O recorde anterior tinha sido registrado em dezembro de 2012, quando os financiamentos totalizaram R$ 8,84 bilhões. O montande de R$ 9,75 bilhões registrado em maio representa um crescimento de 18% em relação à abril e de 54,8% na comparação com maio do ano passado. No acumulado nos cinco primeiros meses de 2013, os financiamentos imobiliários alcançaram o montante de R$ 38,4 bilhões, volume 29,7% superior ao contratado no mesmo período do ano passado. 47,6 mil imóveis financiados em maio Segundo a Abecip,foram financiadas em maio aquisições e construções de 47,6 mil imóveis,crescimento de 17% em relação a abril e de 37% ante maio de 2012.

Entre janeiro e maio deste ano, foram financiados 191,4 mil imóveis ante 172,5 mil unidades nos 5 primeiros meses do ano passado. Nos 12 meses compreendidos entre junho de 2012 e maio de 2013, os empréstimos com recursos das cadernetas do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) atingiram R$ 91,6 bilhões, 14% mais do que nos 12 meses anteriores. "O período favorável à captação das cadernetas de poupança começou em março do ano passado e agora se reflete no saldo desses depósitos no SBPE, que se avizinha dos R$ 420 bilhões, em junho,com elevação de 18% em relação ao saldo de junho do ano passado", informou a associação. Em junho, os depósitos nas cadernetas de poupança superaram os saques em R$ 6,71 bilhões, o quarto maior desde 1995. No primeiros semestre deste ano, a diferença entre depósitos e retiradas foi positiva em R$ 19,97 bilhões, montante 60% superior ao observado no mesmo pe-ríodo do ano passado (R$ 12,5 bilhões).

Venezuelano Nicolás Maduro diz que dará asilo a Snowden O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, disse na sexta-feira (5) que dará asilo ao ex-agente da inteligência americana Edward Snowden, após ele ter vazado informações sobre um esquema de vigilância do governo americano, informou a agência Reuters na sexta-feira (5). O anúncio de Maduro ocorre pouco tempo depois de o presidente da Nicarágua afirmar que poderá asilar Snowden "se as circunstâncias permitirem". "Decidi oferecer asilo humanitário ao jovem americano Edward Snowden, para assim na terra natal de [Simon] Bolivar e de [Hugo] Chavez ele possa vir e se ver livre da perseguição do império norte-americano", disse Maduro em um pronunciamento na TV que marca a inependência da Venezuela. O ex-prestador de serviços da espionagem dos EUA permanece há 11 dias na ala de trânsito do aeroporto Sheremetyevo. O vice-chanceler Sergei Ryabkov disse que a Rússia não recebeu nenhum pedido de asilo político de Snowden, e que o norte-americano precisa resolver sozinho os seus problemas. O presidente Vladimir Putin se recusa a entregar Snowden para os EUA, e as autoridades russas não escondem sua satisfação com o fato de ele permanecer a salvo das garras dos EUA

depois de revelar os programas secretos de espionagem do governo norteamericano. Mas a Rússia também deixa claro que Snowden é um hóspede cada vez menos desejado, porque o prolongamento da sua permanência cria o risco de que o atual impasse diplomático gere danos duradouros nas relações com Washington. "Ele precisa escolher um lugar aonde ir", disse Ryabkov à Reuters. "Até o momento, não temos uma solicitação formal do sr.Snowden pedindo asilo na Federação Russa". Separadamente, Ryabkov disse à agência russa de notícias Itar-Tass que a Rússia "não pode resolver nada para ele", e que a situação precisa ser resolvida "de uma forma ou de outra". Putin já havia dito que Snowden,de 30 anos,precisa ir embora da Rússia assim que puder. Snowden fugiu para Hong Kong após denunciar os programas de espionagem dos EUA sobre comunicações telefônicas e digitais, e depois disso embarcou para Moscou, de onde pretendia voar para algum lugar que lhe oferecesse refúgio. A Rússia diz que ele está num território neutro, já que não passou pelo guichê da imigração. Snowden já solicitou asilo a diversos países, até agora sem resposta positiva.

Aumento da alimentação foi ‘quase zero’ em junho, comemora Mantega O ministro da Fazenda, Guido Mantega, comemorou nesta sexta-feira (5) o fato de o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de junho ter recuado para 0,26%, mesmo tendo ficado acima do teto do sistema de metas de inflação, de 6,5%, em doze meses. Ele destacou principalmente a desaceleração verificada nos preços dos alimentos. "Acho que foi muito importante o IPCA ter dado 0,26% hoje. Se você olhar para os compomentes, caiu a alimentação, caiu a habitação, caíram os serviços. Praticamente todos itens caíram. Alimentação foi quase zero o aumento. Foi de 0,08%. Significa que os alimentos reagiram bem. A nova safra ajudou a colocar mais oferta de produtos no mercado. Então, todos alimentos estão para baixo. Isso é um bom sinal e esperamos que continue assim nos próximos meses", declarou o ministro da Fazenda. Mantega lembrou ainda que,em 12 meses até junho, "infelizmente" o IPCA ultrapassou o teto do sistema de metas de 6,5% - somando 6,7% neste período - mas acrescentou que, em sua visão, o importante é que ele vai "diminuindo essa dife-

rença"."No segundo semestre,em algum momento,ele vai voltar para baixo do limite superior da meta", acrescento o ministro da Fazenda. Pelo sistema de metas que vigora no Brasil, o BC tem de calibrar os juros para atingir as metas pré-estabelecidas, tendo por base o IPCA. Para 2013 e 2014, a meta central de inflação é de 4,5%, com um intervalo de tolerância de dois pontos percentuais para cima ou para baixo.

Desse modo, o IPCA pode ficar entre 2,5% e 6,5% sem que a meta. A expectativa do mercado financeiro é de que os juros básicos da economia brasileira, que já subiram em abril e maio deste ano, passando de 7,25% para 8% ao ano, continuem avançando nos próximos meses e terminem 2013 em 9,25% ao ano para tentar conter o aumento dos preços. A alta recente do dólar torna mais difícil o contro-

le da inflação, visto que os produtos importados chegam mais caros, assim como os insumos, pressionando os preços para cima. O governo também anunciou nesta sexta-feira que está avaliando a redução do imposto de importação de insumos, justamente para impedir pressões inflacionárias. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, informou nesta sexta-feira (5) que o governo está avaliando a possibilidade de baixar o imposto de importação de insumos importados, como aço, fertilizantes, produtos químicos, vidro e painéis, entre outros, nos próximos meses. O objetivo, segundo ele, seria o de evitar pressões inflacionárias. "No ano passado, elevamos a alíquota de importação de vários insumos, como aço, fertilizantes, produtos químicos, para dar uma proteção para que o produtor brasileiro pudesse competir no nosso mercado com o importado. Isso ocorreu e as empresas estão indo bem", lembrou o ministro, acrescentando que os produtores brasileiros destes insumos se comprometeram a não elevar os preços.


Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Mossoró

Editora: Monalisa Cardoso mossorogazetadooeste@gmail.com

LICITAÇÃO

FÉRIAS

Boxes da Praça de Convivência 3 podem ter novos donos

Parques aquáticos e resorts são mais procurados

6

Usuários passam dois meses para receber RG Central do Cidadão carece de segurança e outros serviços essenciais para atender a população

O

s usuários que precisam dos serviços do Instituto Técnicocientífico de Polícia (ITEP) na Central do Cidadão de Mossoró,setor responsável pela emissão de Carteira de Identidade, reclamam da demora em receber a 2ª via

do documento. O interessado precisa procurar a Central do Cidadão com até dois meses de antecedência. Caso procure hoje, ele só vai ter o documento em mãos no início do mês de setembro. Ou seja, uma demora de dois meses. Funcionários do local, que preferiram não se identificar, disseram que o atraso na emissão do documento se dá pelo reduzido número de funcionários no local, insuficientes para atender a demanda. Cerca de 200 pessoas procuram a unidade por dia. Um outro problema é que o sistema sai do ar constantemente, e os usuários precisam ficar esperando o retorno, que pode durar horas ou até mes-

mo o dia inteiro. O Itep costuma emitir cerca de 150 Carteiras de Identidade por dia. Além do atraso na entrega do documento, os usuários ainda reclamam das longas filas que precisam enfrentar, principalmente no horário da manhã. "Preciso do documento com urgência para apresentar no trabalho, mas, quando chego aqui, recebo a informação que só vou ter o RG em setembro. É um absurdo!", declara o usuário Mikael de Souza, de 25 anos. Ainda no local, os usuários reclamam da falta de cadeiras e segurança para aguardar o atendimento. "No local não tem um poli-

cial sequer para nos deixar com a sensação de mais segurança.Além disso,faltam até mesmo cadeiras para sentar", completa Mikael. Os usuários ainda se queixam dos poucos funcionários para atender na agência do Banco do Brasil, que está localizada na Central do Cidadão."Temos que enfrentar longas filas.Às vezes, mais de três horas aguardando para poder pagar uma fatura", disse Francisco Menezes, que estava na fila para pagar a taxa de segunda via da Identidade. Falta segurança no local - Usuários e funcionários ainda têm que lidar com a falta de segurança na unidade. A Central do Cidadão não dispõe de nenhum po-

WILSON MORENO

Usuária reclama de demora na entrega de documentos...

câncer no Brasil, sob a coordenação do MD Antônio Carlos Buzaid. A primeira sessão de videoconferência foi realizada na quinta-feira passada. O serviço funciona com base em um convênio e a escolha do Centro Avançado de Saúde São José da Beneficência Portuguesa se justifica porque,frequentemente, os profissionais marcam consultas com o dr. Buzaid para discutir questões referentes ao tratamento oncológico. Além disso, muitos pacientes também buscam os grandes centros. Thiago Rego diz que o convênio se preocupa com as normas éticas. Primeiramente, o paciente é atendido por um profissional de Mossoró.A discussão ocorre em nível local,para depois ser compartilhada com a equipe de São Paulo.

nal], mas recebo a notícia que só vou estar com o documento em mãos daqui a 30 dias",declarou.Segundo ela,o documento precisa ser apresentado à empresa em 15 dias. A funcionária Antônia Ezione justificou a demora na emissão do documento. "É uma orientação do Ministério do Trabalho. Não é só aqui que é assim. Nós nos esforçamos para atender os usuários da melhor forma possível, mas temos que cumprir as normas", declarou. A reportagem da GAZETA DO OESTE tentou falar com o gerente da Central do Cidadão do período da tarde, Irineu Germano, mas a secretária falou que ele não estava no local. WILSON MORENO

...enquanto funcionários explicam motivos

Tecnologia trabalha em favor da medicina no Centro de Oncologia Através de vídeo conferências médicos especializados no tratamento de pacientes com câncer, localizados em diferentes cidades do país, discutem a melhor forma de tratamento para cada caso. É a Telemedicina, que já está em funcionamento no Centro de Oncologia do Hospital Wilson Rosado. O oncologista Thiago Rego explica que cada paciente precisa ser tratado como único e a oncologia avança diariamente. Nesse sentido, o objetivo é oferecer um tratamento de excelência e para isso, em alguns momentos, é preciso trocar informações entre os profissionais. O serviço de Telemedicina possibilita conectar Mossoró ao Centro Avançado de Saúde São José da Beneficência Portuguesa de São Paulo,que é excelência no tratamento de

licial para garantir a proteção dos que precisam do serviço. "Antes víamos alguns policiais no local. Há meses que não há presença das polícias. Como venho aqui quase que diariamente, para pagar as minhas faturas no banco, já vi até usuários agredirem funcionários", declara o usuário Francisco Menezes. Carteira de Trabalho demora 30 dias - Uma outra queixa dos usuários é a demora em receber a Carteira de Trabalho. A dona de casa Suely Almeida procurou a reportagem da GAZETA DO OESTE para reclamar do serviço. "Preciso fazer o cadastro no Pequeno Aprendiz [Programa do governo de qualificação profissio-

A videoconferência acontece entre um médico de Mossoró, o dr. Buzaid e um familiar do paciente. A conversação é gravada e, posteriormente, o paciente tem acesso à gravação. O procedimento possibilita que nenhum médico decida sozinho sobre o tratamento do paciente, ou seja, são vários pontos de vista convergindo para um mesmo objetivo. CHECK-UP- O oncologista informa que o Centro de Oncologia do Hospital Wilson Rosado também montou um Centro de Check-Up, nos moldes do que existe no Hospital SírioLibanês. Através do serviço, em um só dia o paciente passa por uma equipe contendo profissionais de diversas especialidades. Após o acon-

selhamento genético, ele/ela é encaminhado para cardiologista, ginecologista,mastologista,nutricionista e oftalmologista. Ao final dos procedimentos, é realizada a checagem referente às imunizações. Nessa etapa, verifica-se se em todos os pacientes a vacina contra a Hepatite B foi eficiente e, caso não tenha sido ou mesmo se a dosagem não tiver sido aplicada, ele recebe a vacina. Outra vacina que é verificada é a do HPV, aprovada, recentemente, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para mulheres de todas as idades e homens na faixa etária dos nove aos 25 anos. O médico alerta para a importância da vacina e lembra que o HPV é responsável por três tipos de câncer:colo uterino, pênis e garganta.

EDNILTO NEVES

Thiago Rego explica como funciona a Telemedicina


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Mossoró

Emater recadastrará beneficiários do leite CEDIDA

EDNILTO NEVES

Postos de distribuição estão sendo avaliados pelo órgão, devido a denúncias

A

coordenação regional do Programa do Leite realizará um recadastramento de todos os beneficiários de Mossoró. O trabalho começou há duas semanas verificando o número de postos de distribuição existentes na cidade e as pessoas responsáveis por esses pontos. Denúncias de irregularidades feitas pela população, a necessidade de atualização dos dados cadastrais e o controle geral do programa motivaram o Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do Rio Grande do Norte (EMATER-RN),que está sob nova direção, a investigar e procurar soluções para os problemas que são vários. Segundo Saul Dias Cortez, coordenador regional, o primeiro indício de que existe irregularidade é no número de beneficiários. "A cota do programa é de aproximadamente 12 mil litros por dia e no cadastro tem que são 14 mil pessoas recebendo. Quer dizer, tem gente que está ficando sem o leite porque outra pessoa está levando", explica, acrescentando que cada pessoa inscrita no programa tem direito a sete litros de leite por semana, um para cada dia. A distribuição do líquido acontece duas ou três vezes por semana dependendo da logística adotada por cada posto.São 74 deles em Mossoró, com uma pessoa responsável em cada. À Emater já chegaram

Várias denúncias de irregularidades na distribuição do leite chegaram a Emater

Saul Dias disse que o trabalho visa a correção dos problemas

denúncias de que a distribuição do leite já serviu a fins eleitoreiros, de irregularidade no repasse, de falta de estrutura dos locais onde os sacos são armazenados e problemas de gestão. "Com esse recadastramento dos postos, dos responsáveis e dos beneficiários vamos identificar o que está acontecendo e solucionar, atendendo realmente a quem precisa, funcionando da forma que deve ser. A população pode ficar tranquila que não vai ter o leito cortado,vai ser um trabalho de forma imparcial, objetiva e impessoal", garantiu Saul Dias.

destaca Saul. A lista com o nome dos beneficiados estará disponível em cada posto de distribuição do leite.

ANALISANDO– O recadastramento começou há duas semanas nos postos. Muitos deles não têm sequer os endereços conhecidos. "Por exemplo, um posto funcionava numa escola,só que teve um problema e teve que ir pra o conselho comunitário que é bem pertinho, mas a gente não sabe. São vários casos desse.Precisamos saber onde cada posto desse está e como é a distribuição lá",

comenta o coordenador. A investigação também abrange os responsáveis pessoas voluntárias que se comprometeram a realizar a distribuição sem nenhuma remuneração ou pagamento em troca. Qualquer pessoa pode se candidatar à função desde que preencha um termo de compromisso junto a Emater. A ideia da instituição é ampliar o número de responsáveis para duas ou três pessoas por cada local. Quanto aos beneficiários, o trabalho de recadastrar vai começar em breve. Em cada posto haverá divulgação de como o processo vai acontecer. As pes-

soas, beneficiadas ou não, terão um prazo para entregar uma documentação que comprove que ela se encaixa no perfil do programa. As informações serão analisadas pela Emater com base no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadastro Único) - instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda - do Ministério do Desenvolvimento Social do Governo Federal. "Não será uma escolha da Emater de quem continuará ou será beneficiado. A seleção será com base no Cadastro Único e vai atender quem realmente precisa",

AJUDA – O Programa do Leite é uma das modalidades do Programa de Aquisição de Alimentos. Seu objetivo é propiciar o consumo do leite às famílias que se encontram em estado de insegurança alimentar e nutricional e incentivar a produção familiar. Para ser beneficiário do Programa, as famílias precisam possuir renda per capita (por pessoa) no máximo meio salário mínimo e ter entre os membros da fa-

mília: gestantes, a partir da constatação da gestação pelas Unidades Básicas de Saúde e que façam exame pré-natal; crianças de 2 até 7 anos de idade que possuam Certidão de Nascimento e que estejam com controle de vacinas em dia; nutrizes até 6 meses após o parto e que amamentem,no mínimo, até o sexto mês de vida da criança; pessoas com 60 anos ou mais. Em outros casos, são necessárias a justificativa e autorização do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional e pela Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (SESAN).


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Mossoró

Praça de Convivência terá licitação ALCIVAN COSTA

CEDIDA

Muitos estabelecimentos do local estão com os contratos encerrando, outros encerrados

A

Prefeitura de Mossoró abrirá, no mês de julho, um processo licitatório para a ocupação dos espaços da Praça da Convivência, Avenida Rio Branco. Muitos estabelecimentos, instalados no local há quase cinco anos, estão chegando ao fim do contrato e outros estão próximos de se encerrar. A secretária do Desenvolvimento Econômico e Ambiental do município, Izabel Montenegro, informou que o levantamento já começou. "Estamos fazendo os cálculos, avaliando o valor de mercado de cada ponto que existe,quanto cada um vale e levantando outras questões para novas licitações", informou. Segundo ela, a município autorizou alguns serviços de manutenção que

C MAP

Valores cobrados pela municipalidade ainda estão sendo analisados

Izabel Montenegro espera ter uma definição até o final de julho

são reivindicados pelos comerciantes há vários anos, entre eles, a instalação da energia trifásica, individualização do fornecimento de água e outras obras de manutenção geral do espaço, que conta hoje com 22 estabelecimentos. Após as definições, a secretária disse que os atuais permissionários serão convidados para uma reunião onde serão repassadas todas as informações e regras da nova licitação. "Esperamos terminar esse processo to-

movimentação de turistas na cidade que é o caso do Mossoró Cidade Junina, que terminou no domingo passado, 30. "O mês de junho foi fraco. O público fica dividido entre Estação das Artes e Cidadela. Isso esvazia demais a Praça da Convivência", opina. O comerciante, junto com os outros permissionários, irá propor a Prefeitura de Mossoró a transferência do Cidadela do entorno da Capela de São Vicen-

do no mês de julho", conta. INDEFINIÇÃO – O presidente da Associação dos Lojistas e proprietário de um restaurante no local, Doziteu Ozanan, disse que os permissionários estão apreensivos com os possíveis valores que serão cobrados na nova licitação. Informações não oficiais apontam que haverá um aumento de 30. Doziteu menciona que os valores acertados na época da inauguração da Pra-

ça há quase cinco anos já não foi ideal porque, segundo ele, problemas de estrutura continuam existindo e serviços prometidos (individualização de água, energia trifásica, casa de lixo, entre outros) nunca foram realizados. O representante dos permissionários disse que se criou uma expectativa muito grande em cima da nova atração e que, até hoje, muitos empresários vem amargando prejuízos,até mesmo durante a época de maior

te para a frente da Praça da Convivência durante os festejos juninos do próximo ano. Por enquanto não existe nenhum estudo mais organizado. "O Cidadela está instalado em uma rua muito estreita, com muitas casas de pessoas idosas em frente. Outra coisa: os comerciantes que vão para lá não são legalizados, não pagam impostos e a gente que paga tudo corretamente, tem vários funcionários, fica no prejuízo", lamentou.


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Mossoró

“ ”

Fé & Vida

Sem fé é impossível

Joscelito Marques

agradar a Deus".

joscelitomarques@hotmail.com site: www.jocelitomarques.blogspot.com

(Hb 11,6)

Refletindo o evangelho

GENTE DE FÉ

"A MISSÃO DOS SETENTA E DOIS DISCÍPULOS" Lucas 10, 1-12.17-20 "Ide; eis que vos envio como cordeiros entre lobos". (Lc 10,3) Setenta e dois, é o número dos enviados. Baseando-nos em Gênesis 10, que diz ser setenta o número das nações que compõem a humanidade, podemos dizer que nossa perícope diz respeito à universalidade da missão da Igreja, enviada pelo seu Senhor, "a toda cidade e lugar para onde ele mesmo devia ir". (v. 1). Trata-se de colheita (v. 2), pois o agricultor é Deus (cf. Jo 15,1); é Deus quem faz a boa semente frutificar (cf. Mc 4,26-29). Para esta missão universal é que Jesus dá as orientações. O conteúdo do anúncio é a proximidade do Reino de Deus. A proximidade do Reino de Deus é sentida, em primeiro lugar, na pessoa de Jesus Cristo, e deve ser prolongada historicamente no anúncio e na ação da Igreja, Corpo de Cristo. Como o discípulo não é maior que o Mestre, os discípulos enviados devem ter presente a possibilidade de hostilidade, resistência e rejeição da missão cristã: "Eis que vos envio como cordeiros para o meio de lobos". (v. 3). Mas não se paga o mal com o mal, por isso o discípulo é portador da paz, que é dom do Cristo Ressuscitado: "… dizei primeiro: a paz esteja nesta casa". (v. 5). A necessidade de ajuda para o exercício da missão será sempre grande, daí ser indispensável pedir àquele que a pode suscitar e oferecer: "Pedi ao Senhor da colheita que mande trabalhadores para a sua colheita". (v. 2). O sucesso pode ser uma tentação para os discípulos.É necessário sempre lembrar que sua alegria e recompensa vem de Deus e não dos homens.

O "Gente de Fé" de hoje homenageia a Ir. Ellen, do Lar da Criança Pobre de Mossoró. Nascida na Alemanha, Ir. Ellen adotou Mossoró como sua terra. Lugar onde serve a Cristo nos mais necessitados de todos os cantos desta cidade. Ir. Ellen é exemplo de perseverança, dignidade, doação e solidariedade. Gente do bem, que faz bem a todos nós. Mossoró agradece. CEDIDA

CANONIZAÇÃO Os cardeais e bispos da Congregação para a Causa dos Santos do Vaticano aprovaram o segundo milagre pela intercessão de João Paulo II. Este reconhecimento é um importante passo para o processo de canonização do papa polaco Karol Wojtyla (1920-2005), que foi proclamado beato a 1º de maio de 2011 por Bento XVI, depois do reconhecimento de um milagre recebido pela religiosa francesa que sofria de Parkinson, irmã Marie Simon Pierre. Até o momento o que se sabe é que o 2º milagre foi concedido a uma mulher italiana que sofria de câncer e foi curada de maneira inexplicável para a ciência. ENCÍCLICA Foi apresentada na sexta-feira, 5, em Roma, a 1ª Encíclica do Papa Francisco intitulada "Lumen Fidei." A "Luz da Fé" completa as encíclicas sobre as virtudes teologais - Fé, Esperança e Caridade, que seu antecessor,Bento XVI,iniciou em seu pontificado. A encíclica, que também estará disponível em português,traz um tema precioso que devemos aprofundar, pois sem fé é impossível agradar a Deus. VISITA PASTORAL Dom Mariano inicia hoje visita pastoral à Paróquia de São José. Ele será acolhido às 16h, na Casa da Mãe Rainha, na Mal. Hermes. Em seguida sairá em caminhada para a Igreja Matriz de São José, onde haverá a solenidade oficial de abertura da visita pastoral, com a celebração da santa missa. A visita se estenderá até o dia 21 de julho. Sucesso, Dom Mariano! ROMARIA O Terço das Mulheres de nossa Diocese realiza hoje sua 1ª Romaria ao Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis no Lima, em Patu. Que Maria as acompanhe e abençoe!

FESTA DE SÃO MANOEL Dentro das atividades que antecedem a Festa de São Manoel 2013, acontece hoje uma feijoada com música ao vivo, às 12h, no restaurante Acapulcos, no Inocoop. E para nortear as reflexões durante o novenário foi escolhido o tema: "Pela fé somos justificados em Jesus Cristo". (Rm 5,1). A festa em honra ao santo "Mártir de Cristo" ocorrerá no período de 11 a 21 de julho. CURSILHO O Movimento de Cursilhos de Cristandade de Mossoró preparou uma programação especial neste mês de julho: dia 8, Alavanca sob a responsabilidade dos grupos São José e Nossa Senhora Desatadora. Dia 15, formação sobre a importância do Concílio Vaticano II para a Igreja - grupos - Santa Clara e N. Sra. da Conceição. Imperdível! PEREGRINAÇÃO Os devotos de Santa Clara continuam peregrinando com a imagem de sua padroeira. Nesta semana as visitas acontecerão no conjunto Liberdade II, na 1ª etapa. A festa que celebra a padroeira da televisão acontecerá de 1º a 11 de agosto, no Santuário de Santa Clara, no Dom Jaime Câmara. Viva Santa Clara! ROTEIRO DO PAPA Quando vier ao Brasil para a Jornada Mundial da Juventude, de 23 a 28 de julho, o Papa Francisco terá uma agenda cheia. Mas, sempre marcada por um olhar diferenciado para com os excluídos e marginalizados. Dia 25, o Sumo Pontífice se encontrará com os jovens detentos da comunidade da Varginha/Manguinhos, na Zona Norte do Rio de Janeiro. É o seu estilo que começa a ser acolhido pelos fiéis. Só para exemplificar, no dia 1º de julho o Papa Francisco convidou 200 mendigos para jantar no Vaticano.

KERIGMA

Ir. Ellen Scherzinger

Nosso Kerigma de hoje foi enviado por Sueli Pereira de Souza, do bairro Aeroporto. É a Oração dos dedos: 1. O dedo polegar é o que está mais perto de ti. Assim, começa por orar por aqueles que estão mais próximos de ti. São os mais fáceis de recordar. Rezar por aqueles que amamos é "uma doce tarefa". 2. O dedo seguinte é o indicador: reza pelos que ensinam, instruem e curam. Eles precisam de apoio e sabedoria ao conduzir outros na direção correta. Mantém-nos nas tuas orações. 3. A seguir é o maior. Recorda-nos dos nossos chefes, os governantes, os que têm autoridade. Eles necessitam de orientação divina. 4. O próximo dedo é o anelar. Surpreendentemente, este é o nosso dedo mais débil. Ele nos lembra de rezarmos pelos débeis, doentes ou pelos atormentados por problemas. Todos eles necessitam das suas orações. 5. E finalmente temos o nosso dedo pequeno, o menor de todos. Este deveria lembrar-te de rezar por ti mesmo. Quando terminares de rezar pelos primeiros quatro grupos, as tuas próprias necessidades aparecer-te-ão numa perspectiva correta e estarás preparado para orar por ti mesmo de uma maneira mais efetiva.

Brasil ocupa 5 lugar em número de diabéticos o

WILSON MORENO

Médico comenta que faz parte do metabolismo do organismo interpretar calorias ingeridas

O

Brasil está em quinto lugar no ranking dos países com maior número de diabéticos.A informação é fruto de uma pesquisa realizada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Sete milhões e meio de pessoas têm diabetes no país. O cardiologista e professor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Flávio Henrique Veras, explica que isso ocorre porque os hábitos alimentares dos brasileiros vêm sendo modificados, sobretudo, nos últimos 30 anos. O estresse e a correria do dia a dia fazem com que as pessoas não tenham horário ou quantidade certa para alimentação. O ideal, segundo o médico, é de que uma pessoa adulta se alimente a cada três ou quatro horas, o que faz com que a in-

gestão de calorias a cada refeição seja menor. Com alimentação nas formas e quantidades erradas, a tendência é aumentar o número de obesos e, consequentemente, a quantidade de diabéticos. Além disso, a falta de tempo que caracteriza a rotina de muitas pessoas impede a prática de exercícios físicos. A recomendação é que durante cinco dias por semana, por uma hora, as pessoas pratiquem alguma atividade aeróbica, como a caminhada, hidroginástica ou esteira, por exemplo. De acordo com Flávio Henrique Veras,essas atividades fazem com que o sistema cardiovascular fique mais condicionado, o que proporciona um consumo maior de calorias, ou seja, contribui para impedir o acúmulo de carboidratos. O médico comenta que faz parte do metabolismo do organismo interpretar que as calorias ingeridas precisam ser armazenadas. Esse armazenamento, porém, tem um limite. Daí a importância de uma dieta balanceada. Para as pessoas saudáveis. Admiti-se que cerca de 20% a 30% da alimentação diária seja composta por carboidratos, desde que essas pessoas pratiquem algum tipo de atividade física. Pa-

Prática de atividades físicas é aliada na prevenção à doença

ra as pessoas que não realizam exercícios,esse percentual deve ser menor e,em caso daquelas que já são diabéticas, o consumo de carboidratos deve ser zero. É preciso estar alerta quanto aos cuidados, principalmente porque no início, a diabetes não apresenta sintomas. Por isso, para uma pessoa saber se é diabética precisa realizar a verificação do regular dos ní-

veis de glicose. Se o resultado estiver dentro do normal, o exame deve ser repetido uma vez por ano. Caso o resultado apresente alterações, esse exame deve ser refeito a cada seis meses, pelo menos. O cardiologista informa que a diabetes do tipo 2, que é aquela adquirida,é mais comum em pessoas a partir dos 40 anos de idade. Já na diabetes do tipo 1, causada por

alguma alteração genética,a criança já nasce com predisposição para desenvolver a doença devido à deficiência na produção de insulina. A diabetes, em conjunto com a hipertensão, é a principal doença associada a manifestações cardiovasculares como o infarto e o Acidente Vascular Cerebral (AVC). Porém,de acordo com o cardiologista,ela também pode levar à cegueira, insuficiên-

cia renal e obstrução das artérias, levando à amputação dos membros. O tratamento da doença deve ser feito mediante acompanhamento médico. O profissional indicado para tratar a doença é o endocrinologista.De acordo com Flávio Henrique Veras, desde que não haja muitas complicações, o paciente também pode ser acompanhado por um clínico.


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Mossoró Déjà Vu

Sindicatos se reúnem para definir mobilização do próximo dia 11

R

epresentantes de diversos sindicatos se reuniram nesta semana,na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM) para discutir o formato da mobilização que acontecerá na próxima quinta-feira, 11,considerado dia nacional de luta pelas centrais sindicais. As mobilizações devem ocorrer, simultaneamente, em todo o País. No caso do Rio Grande do Norte, durante reunião da Central Única do Trabalhador (CUT), que a paralisação ocorreria em Natal em Mossoró, as duas maiores centrais do Estado. De acordo com a presidente do Sindiserpum,Marilda Sousa,a parada nacional tem pontos de reivindicações específicos.São eles: fim do fato previdenciário, redução da carga horária para 40 horas semanais, sem redução salarial, reajuste digno para os aposentados, mais investimentos em saúde, educação e segurança, transporte público de qualidade, fim do Projeto de Lei 4330,que amplia a terceirização, reforma agrária e fim dos leilões do petróleo. Porém,além disso,cada sindicato pode acrescentar seus pontos de pauta. No caso do Sindiserpum, segundo Marilda Sousa,a reivindicação é pelo pagamento do Fundo de Garantia do Trabalhador Social

EDNILTO NEVES

Milton Marques de Medeiros ALCIVAN COSTA

milton@tcm10.com.br QUE O GOVERNO OUÇA A VOZ DO POVO Freud dizia que "sorte não existe". Churcil dizia que "sorte nada é do que um pouco mais de inteligência,determinação,trabalho e discreta criatividade". Por outro lado, toda biografia de grandes vencedores registra passagens que para o líder ter chegado ao topo viveu momentos de sorte.

Marilda Sousa informa que Sindiserpum está chamando todos os servidores para aderir à paralisação

Rômulo Arnaud: 'Independente desses movimentos, nós sempre estivemos nas ruas. Nós nunca dormimos'

(FGTS). Já o Sindicato dos Trabalhadores em Educação (SINTE) inclui como pontos de reivindicações o pagamento de um terço das horas de atividades, que já foi determinado por decisão judicial, que está sendo desobedecida pelo Governo do Estado, aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE) e a sanção, por parte do Governo, do projeto que determina repasse de 100% dos royalties do petróleo e do présal para a educação. De acordo com o coordenador regional do Sinte, Rômulo Arnaud, hoje em Natal haverá uma reunião da categoria para definir como será sua participação durante o 11 de julho. Po-

rém, o Sindicato já sinalizou às demais centrais sindicais que vai chamar todos os trabalhadores para paralisar as atividades. Rômulo Arnaud espera uma boa adesão. "Independente desses movimentos, nós sempre estivemos nas ruas.Nós nunca dormimos", afirma. Entre as categorias que já confirmaram presença na reunião de hoje estão: Sindicato dos Empregados no Comércio de Mossoró (SECOM), Sindicato dos Metalúrgicos (SINDMETAL), Associação dos Docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (ADUERN) e Sindicato da Lavoura, além do próprio Sindiserpum e do Sinte.

SORTE DE DILMA Um episódio de sorte, recentemente testemunhado por toda nação brasileira aconteceu com a presidenta Dilma Rousseff. A presidenta vinha muito bem nas pesquisas de opinião pública,escalando a montanha sem obstáculos. Eis que de repente, como estouro de boiada, a população brasileira sai às ruas, protestando, reivindicando, exigindo mudanças urgentes em relação aos comportamentos de impunidade, corrupções, falta de transparências administrativas, insegurança, melhor assistência à saúde e à educação; muitas outras deficiências. SURPREENDIDA Assustada, surpresa, atônita, a presidenta pergunta aos seus auxiliares diretos, principalmente ao marqueteiro:"Como é que vocês não detectaram isso nas pesquisas, gente?".Claro que foi um murro seco no estômago do governo. Sim, porque o governo vinha voando em céu de brigadeiro, a senhora Dilma com índices de quase 90% de aprovação em todo País. Mais ainda quando ela sabe que povo e governo são faces de uma mesma moeda. De um lado fica o governo, seus governantes, os eleitos, os administradores públicos, os que ditam as políticas públicas; e na face inversa, a massa popular, o coletivo, os que "são obrigados a obedecer", os representados, enfim, o povo. E AGORA? Como solucionar essa grave situação, assim tão de repente, nascida abrupto pela intolerância coletiva? Sem tempo nem de pensar. O governo tinha que se pronunciar imediatamente. Precisava dar uma satisfação ao povo. PRIMEIRO LANCE DE SORTE Dilma Rousseff saiu pela calçada da casa e de repente se deparou com a sorte. Percebeu que nas ruas havia dois movimentos. Um formado por grupo de pessoas conscientes, marchando pacificamente, protestando com inteligência e sabendo onde queria chegar e outro composto por baderneiros, agitadores, anarquistas, violadores que depredavam prédios, vidraças, incendiavam ônibus, gritavam palavras de ordem, ofendiam gratuitamente seus próprios e aparentes caminheiros. Ao ver tudo aquilo, a presidenta voltou para a sua sala de trabalho e sentiu-se aliviada. Pensou: "Certamente a sociedade brasileira não irá aprovar as desordens e as depredações. Por conjuntura e improviso, efeito das redes sociais, portanto, sem líderes definidos,não haverá como separar o joio do trigo, logo o movimento por si só irá se arrefecer em pouco tempo. Não deu outra. Acertou em cheio.

Os familiares de MARIA ALDENORA MELO DA COSTA convidam parentes e amigos para a missa de sétimo dia de seu falecimento a ser realizada no dia 9 de julho

SOLUÇÃO INTELIGENTE Mas o governo precisava dirigir-se ao povo. Dizer o quê? Que as passagens dos transportes urbanos havia diminuído vinte centavos? Ridículo. Precisava de um tema forte.Aí nasceu um palpite de devolver a responsabilidade do próprio erro administrativo para que o próprio povo opine pela solução.Que tal um plebiscito? Ótimo. O plebiscito cairia como uma luva para o momento.Por ser uma consulta popular, claro que todos apoiariam facilmente. Além disso, plebiscito é um termo fácil de ser entendido pelo povo. É simpático. É como se estivesse prestigiando o próprio povo. Melhor de tudo, resolve para o momento e aparentemente não atrapalhará nada para os planos eleitorais seguintes. Assim foi feito.

(terça-feira), às 18h, na Capela de São Vicente. Antecipadamente agradecem a todos que participarem desse ato de fé cristã.

AÇÃO "SAÍDA IMEDIATA" Ora, um plebiscito é uma operação muito lenta para acontecer, depende do parlamento para ser iniciado, gerará muitas dis-

CONVITE MISSA DE 7º DIA MARIA ALDENORA MELO DA COSTA *08/04/1927 + 03/07/2013

cussões em todas as esferas, inclusive judicial, as perguntas feitas ao público saem dos gabinetes, sendo dado a direção que se queria e como estão redigidas, nada influi em profundidade sobre o atual modelo político, cargos e cadeiras dos atuais parlamentares. Logo, todo Congresso permanecerá sereno, com exceção de alguns poucos que por motivos partidários ajudarão como inocentes. Não há como resolver nada até 2014. O bastante, para o momento. E, não é que está dando certo? SEGUNDO LANCE DE SORTE Tudo estourar em pleno período da Copa das Confederações.Brasileiro é louco por futebol e aquele que caminha na rua é o mesmo que frequenta os estádios ou assiste futebol em casa pelo rádio e a televisão. Logo, desvio da atenção das massas era importante para desinflamar o tumor. Logo a Globo apareceu sugerindo passeatas pacíficas. Ora, passeata pacífica é enterro. Não há movimento de protestos em parte alguma do mundo sem haver confronto, nem sempre com violência, mas enfrentamento com a polícia. Em 1964, início do período de força do governo militar,os estudantes faziam questão de marchar para órgãos que tivessem defesa policial. Interessante é que se avisava antes, exatamente para a polícia se posicionar. Chegava um momento que havia dispersão, claro, mas antes já havia sido tirada a fatura. Senão não havia divulgação. Claro que quebra-quebra, incendiar prédios, ônibus, automóveis, isso é abominável e não pode ser permitido. Mas ao inverso,passeata simplesmente o povo andando pelas ruas,empunhando um ou outro cartaz não toca ao governo. Em termos práticos, ele somente se reúne em salões refrigerados. Não dará a mínima a grande massa. Olha, registra, ri. MAIS AINDA Outra grande sorte, o time brasileiro, que parecia ainda em formação, começou a vencer todas as partidas. Imagine o Brasil haver perdido algumas partidas, numa hora em que o povo estava nas ruas, clima de efervescência, agitação e em vez de alegria pela vitória, houvesse a tristeza e a revolta pela derrota? Imprevisível o que poderia ter acontecido. A presença da Copa das Confederações e as vitórias seguidas do time brasileiro, indiscutivelmente, foi mais um lance de sorte, salvando o governo. SERVIU, SIM A leitura atual é de que o povo está insatisfeito, entretanto, totalmente perdido sem líderes e sem foco. Em medicina há um princípio que diz:"Quando um enfermo tem muitos diagnósticos é porque não tem nenhum". E assim sendo, sem foco, a enfermidade não será combatida e o mal avança.Por analogia, há aqui visíveis enfermidades sociais no Brasil de hoje.Precisam ser corrigidos.Analisando como Laerte Costa, há muito que considerar. 1 - Um dos sintomas ameaçadores é a própria democracia por falta de legislação política e eleitoral estável. 2 - Parlamento cooptado, corporativo, corruptivo e corruptor. 3 - Poder Judiciário, moroso, impune e cheio de improbidades. 4 - Administrações públicas,sobretudo federal,cheias de incompetências e descomprometidas. 5 - Universidades elitistas,ensimesmadas,intramuros, improdutivas e quando produtivas só servem a si. 6 - Declínio das infraestruturas, portos, aeroportos, estradas e obras abandonadas. 7 - Obras públicas e privadas caras, mal feitas, sempre recontratadas. 8 - Ausência de projetos estratégicos para o futuro,principalmente para a saúde e a educação. 9 - desconfiança na economia, com ameaças de volta da inflação, déficit público, aumento do dólar, queda das bolsas, falta de crescimento, sem fôlego até para o "pibinho". 10 - Fadiga do sistema de segurança, com enorme comércio ilegal de narcotráfico,roubos,sequestros, assassinatos, furtos. Enfim, muitas outras mazelas poderiam ser acrescidas, todas ainda sem foco para combatê-las. Mas, finalizando, o movimento de junho serviu, sim,pelo menos avisou que algo precisa mudar, e logo.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Mossoró REPRODUÇÃO

Férias escolares incentivam procura por agências de viagens Destinos mais procurados são parques aquáticos e resorts que oferecem atividades recreativas

F

érias escolares, destinos atrativos e diversidades de pacotes turísticos fazem com que, para muitas pessoas, o mês de julho seja o período de reunir a família e sair em viagem. De acordo com a proprietária de uma das agências de viagens de Mossoró, Renata Linhares, geralmente, quando os pais procuram por pacotes durante o período já colocam a observação de que o passeio inclui crianças. Alguns pais,inclusive,programam suas férias de acordo com o recesso escolar dos filhos. Por isso, entre os destinos mais procurados estão os parques aquáticos e os resorts, que costumam oferecer atividades recreativas. São atrações localizadas em cidades como Gramado ou mesmo Orlando. Já para quem quer um destino mais próximo, há o Parque das Fontes, em Beberibe (CE), e o Beach Park, em Fortaleza. A responsável por outra agência de viagens da cidade, Andrea Ribeiro, confir-

ma e acrescenta a lista opções como Beto Carrero (SC) e resorts em Cumbuco (CE) e Natal. Segundo ela, as pessoas que optam por viajar no mês de julho costumam programar a viagem com antecedência e contam com um leque extenso de possibilidades. Para quem deixou para escolher o destino das férias de última hora, as opções diminuem, mas ainda é possível oferecer alguns destinos. A escolha do pacote depende do perfil e do poder aquisitivo dos turistas. Os preços também variam. De acordo com Renata Linhares,um pacote com três noites para adulto no Parque das Fontes pode ser adquirido por R$ 300,00, por adulto, com cortesia para criança de até cinco anos.Já no Resort do Beach Park o valor é mais alto, custa R$ 650,00 por adulto,pelo mesmo período de tempo. Nesse caso,no entanto,até os 12 anos a criança acompanha os pais como cortesia. Nos demais meses do ano é possível conseguir tarifas menores, Renata Linhares comenta que julho é um mês mais caro. Andrea Ribeiro lembra que o período é de alta estação e quanto maior a procura,maiores as tarifas.Ela comenta ainda que,mesmo se tratando de um período em que os pais tentam encaixar as crianças, a procura existente é para toda a família e os jovens não ficam desassistidos. EDNILTO NEVES

Renata Linhares informa os destinos mais procurados durante o período

Beach Park é uma das opções para quem quer aproveitar férias em família


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Polícia

Agentes encontram material ilícito na Cadeia Operação foi realizada após denúncias de uma possível fuga e resgate de presos

A

pós receber denúncias de que presos estariam articulando uma fuga e um possível resgate de presos de alta periculosidade, a direção da Cadeia Pública Juiz Manoel Onofre de Souza, em Mossoró, deu início a uma revista surpresa ao longo da sexta-feira passada, dia 5. Os agentes penitenciários en-

contraram um vasto material de uso não autorizado no interior da unidade prisional. A operação foi comandada pelo capitão Max e durante as revistas nas celas os agentes penitenciários encontraram 17 aparelhos celulares, sete chips de celular, vários carregadores,um cartão de memória, quatro facas fabricadas pelos próprios detentos, uma broca,estiletes,60 gramas de maconha, cocaína e diversos comprimidos alucinógenos. A Cadeia Pública Juiz Manoel Onofre de Souza abriga cerca de 215 detentos de todas as ocorrências de Mossoró e alguns da região que aguardam a decisão da Justiça.

O CÂMERA

Celulares e armas apreendidos durante a revista nas celas da Cadeia Pública

Agência dos Correios do município de Areia Branca é alvo de assaltantes

O CÂMERA

Drogas e comprimidos também foram encontrados em poder dos presos

Morador do Bom Jesus é encontrado morto às margens do rio Mossoró

CARLOS JÚNIOR/A VOZ DE AREIA BRANCA

A agência dos Correios do município de Areia Branca-RN foi assaltada na manhã de sexta-feira, 5. O assalto aconteceu logo após a abertura da agência. Segundo relato das vítimas, dois homens invadiram a unidade armados e anunciaram o assalto. Um dos suspeitos tinha o rosto coberto com uma camisa. Funcionários da agência relataram para a polícia que a dupla ainda tentou abrir o cofre da agência, mas não conseguiu. Os assaltantes não agrediram ninguém e após recolher o dinheiro disponível nos caixas fugiram sem deixar pistas. O valor levado não foi revelado pela direção dos Correios. Devido ao assalto os serviços disponibilizados pela agência foram suspensos na sexta-feira e somente retornam a normalida-

Agência havia sido assaltada há três meses

de amanhã, dia 8. A investigação será comandada pela Polícia Federal por se tratar de um órgão da União. Esta foi a segunda

vez que os Correios de Areia Branca sofre com a ação dos criminosos. Há três meses foi registrado outro assalto.

Morre morador de rua que teve 90% corpo queimado na Zona Sul de Natal Hospitalizado há quatro dias, o morador de rua que teve o corpo queimado na calçada da Avenida Engenheiro Roberto Freire, Zona Sul de Natal-RN, morreu na manhã de sexta-feira, 5, no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel. O setor de assistência social da unidade hospitalar informou que o homem foi a óbito às 8h devido à gravidade das queimaduras, que atingiram 90% do corpo da vítima. A vítima foi identificada como Denílson Gomes da Silva, de 28 anos. Por volta das 5h de segunda-feira, 1º, o morador de rua dormia nas imediações de um bar

quando teve o corpo incendiado. No local foram encontrados uma garrafa de plástico, um objeto semelhante a uma tocha e pedaços de roupa.A tenda do bar também ficou queimada. Denílson correu pelo lugar com o corpo em chamas e desmaiou. Ele foi atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e levado para o ProntoSocorro Clóvis Sarinho.No hospital foi constatado que Denílson teve 90% do corpo queimado.Apenas a barriga do morador de rua ficou intacta. O corpo da vítima continuava no necrotério do

Hospital Walfredo Gurgel na noite de sexta-feira, 5. O Instituto Técnico-científico de Polícia (ITEP) informou que não tinha recebido a solicitação da Polícia Civil para buscar o corpo, que passará por perícia por se tratar de uma morte violenta. As investigações estão sendo realizadas pela 10ª Delegacia de Polícia, do bairro Neópolis, também na Zona Sul. O chefe de investigação da delegacia informou que seriam analisadas as imagens do sistema de câmeras do bar e de um posto de gasolina que fica nas proximidades. (G1/RN).

PASSANDO NA HORA

A equipe de peritos do Instituto Técnico-científico de Polícia (ITEP) foi acionada na manhã de ontem para remover um corpo que estava nas margens do rio Mossoró, no bairro Bom Jesus. A vítima foi identificada como José Júnior da Silva, que tinha 35 anos de idade e residia na Rua Nilza Pires Almeida, no bairro Bom Jesus. Segundo familiares, José Júnior estava desaparecido desde a quinta-feira passada, dia 4. Segundo o perito Jader Viana, nas primeiras avaliações era impossível definir a causa da morte, o que só poderá ser feito com um trabalho mais específico na sede do órgão para só então detectar a real causa. O delegado plantonista José Viera, juntamente com o agente civil Polaris, estiveram no local

Bombeiros foram chamados para remoção do corpo

colhendo informações. O delegado não descarta outra possibilidade da causa da morte e pretende trabalhar em cima de outras hipótese, tais como: homicídio ou mesmo afogamento, tendo em vista que

havia outras pessoas com ele no dia em que foi visto pela última vez. Será aguardando o prazo de 10 a 15 dias para que o laudo do Itep seja concluído e em seguida concluir-se o inquérito.

Ex-presidiário apontado pela polícia como ‘Rei do Pó’ é assassinado A polícia registrou, por volta das 19h, de sextafeira, 5, o assassinato de José Hugo Silva da Costa, de 35 anos. O jovem, que de acordo com policiais era conhecido como "Rei do Pó", foi morto quando estava caminhando em via pública, na Rua dos Eucaliptos, no Vale Dourado, em Nossa Senhora da Apresentação, Zona Norte de Natal. Populares informaram para os policiais do 4º Batalhão da Polícia Militar que José Hugo foi surpreendido por dois homens armados que se aproximaram em uma motocicleta.A dupla chegou a conversar com a vítima e,em seguida,o ho-

mem da garupa sacou uma pistola e efetuou vários disparos, na cabeça e no tórax de José Hugo. Com isso, a vítima caiu morta em via pública. O major Manoel Kennedy, comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar, informou que José Hugo já tinha passagem pela polícia, tendo sido preso em 2005 e condenado por sequestro e roubo contra um empresário da cidade de Santana do Matos. "Atualmente, ele era conhecido aqui nessa região como o controlador do tráfico de cocaína, chegando a ser chamado de o 'Rei do Pó do Vale Dourado'", des-

tacou o major Kennedy. Os familiares da vítima estiveram na cena do crime, mas não quiseram conversar com a imprensa. Apenas um amigo da vítima revelou que ele era agiota e muita gente devia a José Hugo.

NÚMEROS José Hugo já tinha passagem pela polícia, tendo sido preso em

2005 e condenado por sequestro e roubo


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Mossoró Impressionando

As férias deveriam receber uma multa por excesso de velocidade.

Carlos Augusto impressionandonagazeta@gmail.com

Jéssica Orásio

Crônica. Brasil, campeão da Copa das Confederações 2013. O toureiro virou touro

Para se divertir com Dona Dilma:

Estirão BEYONCÉ EM FORTALEZA As vendas dos ingressos para o show de Beyoncé em Fortaleza começam no próximo dia 11 de julho pela internet. A cantora norte-americana vai se apresentar na Arena Castelão no dia 8 de setembro. Os ingressos para o show em Fortaleza variam de R$ 80,00 a R$ 600,00. A apresentação terá seis setores. Para a cadeira superior e lateral, os valores são os mesmos, R$ 160,00, a inteira, e R$ 80,00, a meia-entrada. Na cadeira inferior e pista premium, os ingressos custarão R$ 280,00, a inteira, e R$ 140,00. O frontstage será R$ 600,00, a inteira, e o R$ 300,00, a meia.O camarote open bar terá o preço único de R$ 600,00. BOLA CHEIA ... A incrível vitória brasileira sobre a Espanha domingo passado na final da Copa das Confederações da FIFA 2013 acaba de render outra recompensa: um salto de 13 posições na edição de julho do Ranking Mundial da FIFA/CocaCola. A equipe do técnico Luiz Felipe Scolari agora ocupa a nona colocação da lista. O Brasilvenceu as cinco partidas que disputou no torneio, depois de ter derrotado a França em um amistoso no início de junho e somou mais pontos do que qualquer outro país no mês passado: 223.

JOÃOZINHO E DILMA:

No jogaço Brasil x Espanha, na final da Copa das Confederações, domingo passado, dia 30, o Brasil podia não ter vencido. Mas venceu e foi justo. A Seleção podia ter ganhado sem receber tantos elogios depois. Mas ela foi elogiada. E com justiça. E essa conquista espetacular podia ter sido alcançada em outro estádio. Mas foi é muito justo que tenha sido no maior templo do futebol mundial. Já foi um gigante. Era conhecido como o Maior do Mundo. Com a reforma encolheu para 78 mil lugares. Agora é moderno. Há quem diga: “Ah, esse não é aquele Maraca.É outro estádio”. Mas a alma do velho Maracanã permaneceu. Visual do século XXI. Coração do século XX. O estádio encolheu no tamanho, mas não na sensação que provoca. É mais do que um estádio.

Tem vida própria. O Maracanã ignora protocolos. Se o hino não é tocado até o fim, os alto-falantes naturais do estádio dão conta de tudo. O Maraca é cruel com os adversários.E incansável.Não houve sossego para a Espanha. O famoso toque de bola tinha uma trilha sonora. E quando era o Brasil que tocava a bola os espanhóis viam tudo se inverter.O toureiro virou touro. O Maracanã cria ídolos. Faz carinho em quem merece.No último domingo, foram muitos. O gigante acordou. Os gigantes acordaram juntos. O Maracanã e o time. E,no fim,educadamente, o estádio se despediu dos espanhóis. Assim é o Maracanã. Uma massa de pessoas juntas dando forma e vida ao concreto. Ah, e se o Maraca falasse. O que ele diria? Talvez, obrigado! O campeão voltou. Voltou para casa.

Dilma Rousseff foi visitar uma escola para conversar com as criancinhas, acompanhada de uma comitiva. Depois de apresentar todas as maravilhosas propostas para seu governo, disse às criancinhas que iria responder perguntas. Uma das crianças levantou a mão e Dilma perguntou: - Qual é o seu nome, meu filho? - Paulinho. - Qual é a sua pergunta, Paulinho? - Eu tenho 3 perguntas para a senhora: “Onde estão os milhões de empregos prometidos na campanha presidencial passada?”, “Quem matou o prefeito Celso Daniel?” e “A senhora sabia dos escândalos do mensalão ou não?”. Dilma fica desnorteada, mas neste momento toca a campainha para o recreio e ela aproveita e diz que continuará a responder depois do recreio. Após o recreio, Dilma diz: - OK, onde estávamos? Acho que ia responder perguntas. Quem tem perguntas? Um outro garotinho levanta a mão e Dilma aponta para ele. - Pode perguntar, meu filho. Como é o seu nome? - Joãozinho, e tenho 5 perguntas. - Quais, Joãozinho?

LIGADO.... LUCIANO HUCK alcançou 10 milhões de fãs em sua página no Facebook. Se juntar com os 6,9 milhões de seguidores que tem no Twitter, dá o equivalente à população das duas maiores cidades do Brasil - Rio e São Paulo - somadas. A Mossoró Cidade Junina 2013 bateu recorde de público!

PROVA FINAL: Fifa elogia realização

SELEÇÃO REATA

da Copa das

CASAMENTO COM TORCIDA E a brava torcida brasileira reatou um namoro antigo com a sua seleção. Ou será que foi o contrário? Quem andava longe de quem? Estar perto do Brasil,jogando na nossa pátria,fez bem a Seleção e aos brasileiros. Durante um mês,os jogadores cruzaram o país de ponta a ponta. Enquanto o Brasil saía às ruas para reforçar e consolidar sua cidadania, ficava cada vez mais forte e vibrante o hino dentro dos estádios. Os craques se manifestaram com os pés, com a cabeça e o goleiro, claro, com as mãos, mas principalmente com o coração e com a alma. Num momento tão importante, nas ruas, nas arquibancadas e no campo, o Brasil voltou a se admirar. E que venha 2014! O troféu não foi a conquista mais importante. O melhor de tudo foi reviver esta relação de amor. A reconciliação passou por vários Estados e estádios. E teve a celebração final num Maracanã renovado como a esperança de cada brasileiro. A final da Copa será naquele mesmo gramado. E a lua de mel com a torcida tem tudo para durar muito tempo. O futebol não pode ser manipulado por ninguém. E nem pode esconder as carências do povo brasileiro. Mas o futebol é uma parte importante da nossa cultura e o torcedor teve orgulho de reconhecer isso. É como a química dos casais apaixonados - de quem chega perto, de quem quer carinho - e foi essa química que fez o Brasil se reencontrar com o Brasil.

Confederações E a Fifa fez uma avaliação da Copa das Confederações. O presidente da Fifa, Joseph Blatter, falou de pontos positivos e negativos.A qualidade dos jogos e a torcida brasileira mereceram elogios. Sucesso de público: foram mais de 800 mil torcedores. Média superior a 50 mil em cada um dos 16 jogos. E sucesso de crítica. Para a Fifa, a melhor Copa das Confederações com relação à qualidade dos jogos. A entidade também se rendeu à parceria vitoriosa da Seleção com a torcida brasileira. Segundo Joseph Blatter, foi algo que ele nunca vi igual. Porém, como era de se esperar, a avaliação positiva não ignorou os erros. Problemas foram identificados nos estádios e nas cidades que receberam a Copa das Confederações. Veja alguns deles: 1. O Comitê Organizador local diz que a limpeza nos banheiros e o ser-

viço de lanchonetes das arenas precisam melhorar; 2. Reconheceu a dificuldade na saída dos torcedores no primeiro jogo da Arena Pernambuco e na final no Maracanã; 3. A sinalização e a comunicação nos locais dos jogos também deverão ser alvo de mudanças. Assim como o processo de distribuição e retirada dos ingressos. Os organizadores disseram que já trabalham com soluções para evitar que esses problemas se repitam durante a Copa de 2014. A partir do próximo mês, a Fifa vai realizar uma série de vistorias nas obras dos outros seis estádios da Copa do Mundo. Não haverá prorrogação no prazo de entrega. Tudo tem que estar pronto até dezembro. Os ingressos começam a ser vendidos em agosto próximo. Faltam 11 meses para o grande evento, mas o clima de Copa já está no ar.

SEGUE... Mesmo assim,os espanhóis continuam encabeçando o ranking à frente dos alemães. No entanto, quem completa o pódio agora são os colombianos, que galgaram quatro postos graças ao bom desempenho nas eliminatórias para a Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014. Com o terceiro lugar, eles não apenas atingiram a melhor classificação da sua história como se tornaram o melhor representante da América do Sul. Enquanto isso, a Bélgica subiu duas posições e entrou para o grupo das dez melhores seleções do planeta pela primeira vez. SAIA JUSTA A foto era para o atacante da Seleção Brasileira Hulk exibir, ao lado do zagueiro Rever, a taça da Copa das Confederações, mas o que acabou chamando atenção foi o goleiro reserva da Seleção Brasileira, Diego Cavalieri, que apareceu pelado no fundo do vestiário. Os jogadores não perceberam que Diego estava quase nu no segundo plano da imagem. A foto, publicada em rede social no domingo, 30, após a final entre Brasil e Espanha, mostra Diego sentado de pernas abertas, enrolado na toalha, deixando a genitália à vista. DIFÍCIL DE ENGOLIR... O jornalista nigeriano Colin Udoh, que veio acompanhar a seleção de seu país na Copa das Confederações, disse a seguinte declaração sobre o país-sede da Copa de 2014: - Três coisas das quais não vou sentir nenhuma saudade no Brasil: telefonia, internet e aeroportos. VAI UMA BRAHMA EDIÇÃO ESPECIAL AÍ? E a cerveja Brahma está lançando uma edição especial e limitada de garrafas em alumínio para celebrar os grandes eventos esportivos do País. Inspirada na taça da Copa do Mundo, a nova embalagem, veja só, reforça o slogan da cervejaria “Imagina a festa”. VIVA, VIVA, MIL VIVAS AO MOSSORÓ CIDADE JUNINA 2013 O evento que teve sua programação encerrada no último sábado de junho contou com grandes nomes da música nacional no palco da Estação das Artes Elizeu Ventania e, de acordo com o coordenador do evento Tácio Garcia, o Mossoró Cidade Junina deste ano teve a maior média de público de todos os anos. Aviões do Forró, Paula Fernandes e Luan Santana atraíram cerca de 70 a 80 mil pessoas. A programação que teve início no dia 14 de junho, contou com mais de 100 atrações nos palcos espalhados pelo Corredor Cultural. Sucesso absoluto. Parabéns a todos os envolvidos no processo de realização deste megaevento. De dez! O BOM FILHO A CASA VOLTA Considerando o que foi divulgado em sites da net, está acertada a volta do Gugu Liberato ao SBT. O programa ainda sem nome e sem dia definido tem estreia prevista para agosto. Uma das exigências de Gugu é que o programa não seja mais exibido aos domingos, ele quer agora fazer alguma coisa durante a semana. Cabe a Silvio Santos bater o martelo e decidir. SOU EMPRETEC, SIM, SENHOR O Sebrae Mossoró promove, de 15 a 30 de julho, uma nova turma de Empretec, seminário idealizado pela ONU e voltado para empresários que querem dar um novo rumo aos seus negócios.Vários empresários de Mossoró são exemplos dos resultados obtidos com este seminário, tendo eles ampliado com sucesso seus empreendimentos. Eu recomendo!


Gazeta do Oeste

Cidades

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

DESENVOLVIMENTO Editora: Kalidja Sibéria cidades@gazetadooeste.com.br

CAMARÃO

Encontro discute Educação Produtores reabrem Básica e Profissional diálogo com Ministério 4 FOTOS: WILSON MORENO

'Não gosto das novas tecnologias'

AUTODIDATA

mantém biblioteca particular m sonho antigo, a necessidade, as dificuldades de quem se vive no analfabetismo e a vontade de se comunicar foram o bastante para que o aposentado José Pequeno de Sousa aprendesse a ler sozinho aos 39 anos de idade. Hoje com 81 anos, mais conhecido como Zé do Violão, ele se orgulha do conhecimento adquirido com suas leituras e principalmente da biblioteca de mais de quatro mil títulos que mantém na sua casa, localizada no município de Apodi. A casa simples já não tem nenhum espa-

U

ço que não seja ocupado por algum exemplar dos livros que ele comprou ou recebeu como doação de amigos e conhecidos. Até mesmo a bicicleta serve de estante para guardar alguns volumes. A mesa e o armário da cozinha também não escaparam. Assim como a velha penteadeira, estantes e cadeiras também não saíram ilesas da coleção de seu Zé do Violão. A infância difícil, onde ele tinha que trabalhar para ajudar os pais no sustento da família, não lhe deu a oportunidade de estudar, mas a vontade de ler e escrever sempre

Já fiz de tudo um pouco. Nessa vida a gente tem que aprender a se virar para não ficar parado. Meu último trabalho antes de me aposentar foi vidraceiro. Gostava de fazer molduras e espelhos. Recebia muitas encomendas, mas com a idade avançando tive que parar’’. Zé do Violão

APÓS EXPERIÊNCIA NEGATIVA, LIVROS NÃO PODEM SER EMPRESTADOS Durante a visita da reportagem à casa de seu Zé, apenas uma ressalva é feita pelo aposentado: "pode olhar, folhear, pesquisar o que quiser. Só não peça nada emprestado. Daqui não sai nenhum livro. Meu prazer é receber as pessoas aqui, mas emprestar, não empresto nenhum!", avisa. A medida foi tomada após a experiência de ter livros emprestados e não devolvidos. "Antes eu deixava o pessoal levar, mas sofri algumas perdas e por isso proibi. Quem quiser ler tem que ser aqui sob o meu olhar. Tem gente que

não tem muito cuidado. Pega o livro de qualquer jeito, escangalha tudo. Abre demais. Tenho ciúmes de todos eles. Eles são meu maior tesouro", enfatiza. A biblioteca recebe frequentemente alunos e pesquisadores em busca de pesquisas. "O que você procurar tem aqui. Uma vez recebi um pessoal e um rapaz disse que não encontraria o que precisava. Então o desafiei a voltar e procurar o que ele queria. No outro dia ele voltou e nós achamos o livro que ele procurava. Isso me deixa muito feliz".

Seu Zé do Violão orgulha-se dos mais de quatro mil livros que possui em sua casa no município de Apodi

estiveram presentes em seus pensamentos. Segundo ele, o sonho foi apensas adiado. A família andarilha passava pelas cidades e ele, ainda menino, mostrava seu talento para a música tocando o seu velho violão, fato que lhe rendeu o apelido que carrega até hoje. "Sou mais conhecido como Zé do Violão do que pelo meu nome de batismo. O violão, assim como os livros, é minha paixão. Não vou deixar de tocar até morrer. As pessoas até se admiram que eu com 81 anos ainda tenho mobilidade nos dedos para tocar. Mas é assim mesmo, se a gente parar aí é que enferruja tudo", diverte-se. Enquanto crescia, além de tocador, o autodidata também aprendeu outras diversas profissões. Foi barbeiro, carpinteiro, pintor, vidraceiro, pedreiro. "Já fiz de tudo um pouco. Nessa vida a gente tem que aprender a se virar para não ficar parado. Meu último trabalho antes de me aposentar foi vidraceiro. Gostava de fazer molduras e espelhos. Recebia muitas encomendas, mas com a idade avançando tive que parar. Hoje ainda faço uma pecinha aqui e outra ali, mas nada muito grande", conta mostrando os equipamentos e ferramentas que utilizava para trabalhar. Material que ele guarda com orgulho e carinho expostos numa das paredes da sua sala. Ele relembra que além da vontade de aprender a ler, a necessidade foi outro incentivo que ele encontrou para buscar se alfabetizar. "Nessa época eu era pintor e sentia muita necessidade de ler para poder saber o que dizia os manuais, as indicações das tintas. O fato de não saber ler me atrapalhava demais e foi então que eu resolvi que era a hora de mudar. Comprei os primeiros livros de caligrafia e não parei mais. Foi uma paixão que aumentava a cada dia. Meu trabalho melhorou e eu podia ler tudo sozinho sem precisar pedir pra ninguém me ajudar. Essa foi uma época muito importante na minha vida", relembra. Depois de muito esforço e dedicação, ele passou a ler mais e mais e a comprar livros de áreas diferentes.Sua biblioteca, a qual ele chama de "Biblioteca Secreta",passou a ganhar novos títulos todos os dias. Além das gramáticas e caligrafias, e dicionários os primeiros exemplares falavam sobre pinturas. Uma das principais características da biblioteca de seu Zé do Violão é a variedade e diversidade de livros. Enciclopédias, literaturas, manuais, no acervo é possível encontrar até guias para alunos de medicina. Livros raros também ocupam as prateleiras da casa, além de atlas, livros de inglês, sobre religião e infantis.

Perguntado sobre as novas tecnologias, onde é possível encontrar livros na internet, por exemplo, ele diz que não gosta de nada disso. "Meu negócio é o livro de papel. Não há nada melhor do que sentar e ler um bom livro. Não gosto de computador, nem de celular, nem nada que me perturbe. A internet pode parar de uma hora pra outra e você não vai mais ter como terminar o que estava lendo. Com o livro de papel na mão isso não acontece", ressalta. A manutenção das estantes e armários, além da limpeza dos livros é feita uma vez por semana por ele mesmo. "Não gosto que ninguém mexa. As pessoas de foram vêm limpar e acaba bagunçando tudo por isso faço questão de limpar e arrumar porque quando me perguntam onde está tal livro, eu vou direto nele. Sei onde está cada um dos títulos que tenho aqui", diz. A esposa dele, dona Maria Crisóstomo, o ajuda na limpeza, mas nunca tira nada do lugar para não atrapalhar na organização. Apesar de viver entre os livros,ela não sabe ler,mas gosta de folhear aqueles que têm figuras. Além da esposa, seu Zé do Violão mora com um filho, a quem ele diz que deixará a herança dos livros. Mesmo com toda essa quantidade de títulos, seu Zé ainda quer aumentar a coleção e diz que está aberto para receber doações da comunidade. "Pretendo ate me mudar para um lugar maior onde eu tenha mais espaço para receber novos livros", planeja. FORMAÇÃO A paixão pela leitura despertou também em seu Zé do Violão o interesse pela Bíblia. Integrante da Igreja Adventista do 7º Dia, ele conta que é formado em Teologia e já concluiu três cursos teológicos promovidos pela igreja. "Eu sempre gostei de ouvir a Palavra. Antes eu apenas ouvia a pregação dos pastores, mas depois que me formei em Teologia tenho o conhecimento para poder debater, participar da conversa. Hoje os pastores vêm na minha casa pra gente conversar e debater sobre os textos bíblicos. São momentos muito bons. Hoje o que mais leio são textos bíblicos porque quero sempre aprender mais e mais. O conhecimento é uma coisa que ninguém pode tirar da gente".

5


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Sociais

Alto-Oeste

FOTOS: WWW.SORAYAVIEIRA.COM.BR

A VIDA CONTA... Buquê de flores com cheirinho de felicidades para Leonardo Gonçalves, colunista querido da cidade de São Miguel

Soraya Vieira sorayavieira@altoestenet.com.br

ARTE E CULTURA • A dramaturgia shakespeariana é o tema da próxima oficina do projeto Fazendo Arte, que será ministrada pelo diretor teatral Fernando Yamamato, e o diretor musical Marco França, de 16 a 20 de julho, das 18h às 22h, no Barracão dos Clowns.

DIRETRIZES DE SEGURANÇA AJUDA-TE Se queres conforto e paz Nunca reproves ninguém. Se buscas os bens do Céu, Começa fazendo o bem. No campo da humanidade Não colherás a alegria, Sem plantar com toda gente A graça da simpatia. Ajuda-te! Em toda parte, Bondade é sol que abençoa. Planta nobre não prospera Sem bases na terra boa. Caridade, gentileza, Auxílio, calma e perdão. São das preces mais sublimes Em teu altar de oração Recorda que em toda vida, Conforme a nossa procura, O Criador nos responde Nos gestos da criatura Casimiro Cunha.

NOTÍCIAS DO TWITTER @ESTAMOSnaRUAVocê precisa de um avião da FAB para ir para algum lugar do Brasil? Envie um e-mail para eles e peça o seu faleconosco@fab.mil.br.

Se contratempos te afligem Entre as lembranças que deixas, Evita sombras e queixas, Não menosprezes ninguém; A ofensa que nos procura, Mesmo de modo impreciso, Dissolve-se, de improviso, Na fonte viva do bem.

Buquê de flores com cheirinho de felicidades para Rosenildo Rodrigues, gerente comercial do jornal GAZETA DO OESTE

• Promovida pela Secultrn/FJA, a oficina oferece 15 vagas para atores, cinco para diretores e três para músicos. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no Teatro de Cultura Popular Chico Daniel,à Rua Jundiaí,641.Tirol.Mais informações através dos telefones (84) 3232-5307 e 8127-4781.

PALAVRA E VIDA Não desprimores, nem firas, O coração que te escuta, Às vezes, em febre e luta, Na provação em que jaz; Pelo recurso da voz Que instrui, conforta e elucida, Deus te deu, na luz da vida, O Dom de fazer a paz.

Buquê de flores com cheirinho de felicidades para a pediatra Ana Maria Vieira

Se a caridade te guia Vencendo espinhos e males, Não te revoltes, nem fales, Agravando a treva e a dor; Toda palavra de auxílio, No bem espontâneo e puro, É tijolo do futuro Erguendo o Reino do Amor. Quando falas e onde falas, Traças caminhos e normas Pelas imagens que formas Nas palavras tais quais são; Como dizes no que diga, Constróis jardins e moradas, Emendas pontes e escadas

São Pedro na Fazenda Santa Rita, de Almir Freire e Indramara

De queda ou de elevação.

Almir Freire recepciona amigos na Fazenda Santa Rita

@MarceloTasA "Cura Gay" foi arquivada. Para arquivar de vez a ignorância ninguém mais fala o nome daquele deputado, combinado?

À frente de quem te humilha, Não devolvas pedra e lama, Cala, serve, ampara e ama Na expressão que se traduz; Eis que o Céu se manifesta Na bondade que irradia... Contempla o sol cada dia: É bênção falando em luz. Chico Xavier - Maria Dolores.

Indira, Luana e Leopoldo na Fazenda Santa Rita

AGENDA CIDADÃ Pau dos Ferros Tarde Solidária 2013 Dia 7 de setembro, na AABB A partir das 16 horas Amanda Gome'z Anízio Júnior Giannini e Thábata


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Sociais

Natal

INAUGURAÇÃO A coluna atendeu ao convite e foi conferir a festa de inauguração da nova sede da Neurolife, a clínica da Rua São José. O evento teve produção assinada pela Casa de Ideias, do sempre criativo Chrystian de Saboya. A clínica é comandada pelos doutores Rafael de Castro e Isadora Queiroz e é top no segmento de diagnóstico e tratamento de doenças neurológicas. No time de profissionais, além dos proprietários, Marcelo Marinho, Luciana Carriço e Bruno Fraiman integram o time. O cocktail teve delicinhas by Renata Motta, som de Luís Couto e muita gente bacana. Claro que o blog foi prestigiar e traz os cliques do evento.

Rodrigo Loureiro rodrigo_sloureiro@hotmail.com twitter: @loureirorn site: www.rodrigoloureiro.com.br

FOTOS: ALEXANDRE LAGO

Rafael de Castro e Isadora Queiroz, os donos da noite

Nosso abraço nos competentes profissionais da Neurolife

Isadora Queiroz sendo recheio para as magistradas Keity Saboya e Sandra Elali

Ana Holanda e Nilton Dantas, queridos mesmo!

Vânia Leite, Jandira Escóssia e Ana Holanda. Amadas!

Rosado e Diassis, dois amigos queridos

Athena Melo e o procurador federal Jules Queiroz

Graça Queiroz, Marília Dias e Fátima Correia

Luziane Paulino e Ceiça Marques

Andréias, Moura e Leal.. Queridas...

Gotardo Azevedo, Isadora Queiroz e Max Almeida


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Gente de Umarizal

Sociais

CESIMAR OLIVEIRA cesimardeoliveira@yahoo.com.br cesimaroliveira@bol.com.br gentedeumarizal.blogspot.com

Estude o mais que puder, ouça os conselhos de seus pais, seja puro e sincero em suas afeições, pois assim construirá uma vida nobre e digna.

RICARDO PEREIRA

Francisca Lins e o filho Álvaro Luís

As irmãs Cida e Joana Lima

Casal empresário Cascimiro Neto/Cilene

O colunista e a amiga querida Fatinha Santos

Casal Djalma Lins/Fatinha

Lojista Dadaça Amorim

Motores do Desenvolvimento do RN discute Educação Básica e Profissional

Dnocs receberá R$ 131,5 milhões para recuperar sistemas de abastecimento

CEDIDA

O

Seminário Motores do Desenvolvimento do Rio Grande do Norte será realizado no dia 8 de julho, a partir das 8h, no Praiamar Hotel, em Natal. Nesta edição, o evento terá como tema "Educação Básica e Profissional para o Desenvolvimento do RN" e contará com palestras do secretário executivo do Ministério da Educação (MEC,) Henrique Paim;secretário nacional de Educação Profissional e Tecnológica (MEC/SETEC), Marco Antônio de Oliveira; secretário nacional de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social (MCT),Álvaro Prata; e do deputado federal Gabriel Chalita. Após a abertura oficial, prevista para as 8h, haverá, às 9h30, a palestra "Educação Básica e Profissional e Desenvolvimento Social", ministrada pelo secretário executivo do Ministério da Educação (MEC) Henrique Paim e, às 10h30, "Qualificação Tecnológica e Profissional e Desenvolvimento Social" proferida pelo secretário nacional de Educação Profissional e Tecnológica (MEC/SETEC), Marco Antônio de Oliveira. À tarde, às 14h, o assunto tratado será "Gestão e

A abertura do evento contará com a presença da reitora da UFRN, Ângela Paiva Cruz

Qualidade da Educação Básica",pelo deputado federal, advogado, professor e escritor Gabriel Chalita. Em seguida,às 15h,a secretária estadual de Educação, Betânia Leite Ramalho, fala sobre o tema "Perfil da Educação Básica no RN - Avanços e Desafios". Já às 15h45, o secretário nacional de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social (MCT), Álvaro Prata, abordará a "Inclusão Social e Novas Tecnologias Educacionais na Era Digital". Às 16h30, para finalizar, haverá um debate, mediado pe-

lo diretor do Instituto Metrópole Digital Ivonildo Rêgo, com dois palestrantes e perguntas da plateia. A abertura do evento contará com a presença da reitora da UFRN, Ângela Paiva Cruz; do diretor da Cosern, José Roberto Bezerra de Medeiros; do presidente da Fiern, Amaro Sales de Araújo;do presidente da Fecomércio/RN,Marcelo Fernandes de Queiroz;do presidente da Tribuna do Norte, deputado federal Henrique Eduardo Alves; do prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves; do presidente da As-

sembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta; do ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho; e da governadora do Estado do RN, Rosalba Ciarlini. O evento é uma parceria da UFRN, Jornal Tribuna do Norte, Salamanca Capital Investments, Sistema Fiern, Sistema Fecomércio e Fundação Norte-riograndense de Pesquisa e Cultura da UFRN (FUNPEC), com apoio do Banco do Brasil,Assembleia Legislativa do Estado do RN, Cosern e Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

O Departamento Nacional de Obras contra as Secas (DNOCS) deve receber nos próximos dias,do Ministério da Integração Nacional (MI), recursos na ordem de R$ 52,7 milhões,para recuperação de 800 Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água, com a instalação de poços tubulares e recuperação de 600 Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água, com a perfuração e instalação de poços públicos tubulares e mais 78,8 milhões para a construção de 385 Barragens Subterrâneas e de 535 Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água. A recuperação em Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água com instalação de 800 poços públicos tubulares será executada na seguinte modalidade: 70 (Piauí); 95 (Ceará); 232 (Rio Grande do Norte); 140 (Paraíba);92 (Pernambuco); 35 (Alagoas);25 (Sergipe);81 (Bahia) e 30 (Minas Gerais). Os Estados que serão beneficiados com a recuperação de Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água com a perfuração e instalação de 600 poços tubulares, são os seguintes: 75 (Piauí); 75 (Ceará); 75 (Rio Grande do Norte);75 (Paraíba); 75 (Pernambuco); 40 (Alagoas); 40 (Sergipe); 75

(Bahia) e 70 (Minas Gerais). Os 535 Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água encontram-se localizados e distribuídos nos Estados do Nordeste da seguinte forma e quantidade: 40 (Piauí);120 (Ceará);100 (Rio grande do Norte); 40 (Paraíba); 100 (Pernambuco); 20 (Alagoas); 20 (Sergipe); 50 (Bahia) e 45 (Minas Gerais). AsBarragensSubterrâneas serão construídas nas seguintes quantidades por estado:40 (Piauí); 70 (Ceará); 70 (Rio Grande do Norte); 45 (Paraíba);70(Pernambuco);20(Alagoas);20(Sergipe)e50(Bahia). Segundo a especialista em Infraestrutura, Thereza Christina Rego, do (MI), os recursos ao chegarem à administração central, serão desmembrados para as Coordenadorias Estaduais, conforme o gasto de cada uma. NÚMEROS

Departamento Nacional de Obras contra as Secas (DNOCS) deve receber do Ministério da Integração Nacional (MI), recursos na ordem de R$ 52,7 milhões


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Cidades Produtores de camarão reabrem diálogo com Ministério da Pesca

Comperve aplica provas de concurso público da UFRN neste domingo, 7 CEDIDA

C

arcinicultores do Brasil, representados pelo Rio Grande do Norte e Ceará, foram recebidos pelo ministro da Pesca, Marcelo Crivela, para tratar novamente de um assunto que tem preocupado o setor: a importação de camarão produzido na Argentina. O encontro foi intermediado pelo presidente da Confederação Nacional de Pescadores e Aquicultores (CNPA), Abraão Lincoln; e pelo presidente do Conselho Nacional das Empresas de Pesca (CONEPE), Armando Burle; que defenderam a volta do diálogo com a formação de uma comissão de trabalho participativa para analisar efeitos da medida de abertura econômica. "O ministro da Pesca mostrou-se solícito ao pleito dos carcinicultores e está à disposição para o diálogo. O entendimento é o melhor caminho. Vamos analisar tecnicamente e buscar uma medida que atenda os produtores e o mercado como um todo. Os produtores de camarão do Rio Grande do Norte, representados pela sua associação, deram

Carcinicultores foram recebidos pelo ministro da Pesca, Marcelo Crivela

um grande passo neste sentido", destacou Abraão Lincoln ao final da reunião de trabalho com o ministro, que contou com a participação do presidente da Associação Norterio-grandense de Criadores de Camarão (ANCC), Orígenes Monte, e com o diretor técnico da entidade, Enox Maia. Nos últimos quatro me-

ses da validade da portaria ministerial que aprovou a importação permitindo a entrada de camarão argentino no País. Segundo informações do Ministério da Pesca, o Brasil não chegou a importar o produto do país vizinho. A avaliação técnica do Ministério é de que a portaria, ainda que não tenha beneficiado di-

Escolas iniciam construção de projetos para o programa Mais Cultura CEDIDA

As unidades de ensino da rede municipal de Ipanguaçu estão construindo seus projetos para inscreverem-se no programa "Mais Cultura nas Escolas", resultado de parceria entre Ministério da Cultura (MinC) e Ministério da Educação (MEC). Segundo a secretária de Educação,Jeane Dantas,as sete escolas ipanguaçuenses assistidas pelo Programa Mais Educação agora têm a oportunidade de participarem do Programa Mais Cultura nas escolas. "As instituições estão em processo de elaboração e envio dos seus projetos de intervenção cultural para a Secretaria Municipal de Educação, que fará a préseleção das ações a serem enviadas posteriormente ao MinC. Se aprovados em instância nacional, os projetos de mobilização cultural serão iniciados pelas escolas no primeiro semestre letivo de 2014", conta a secretária. O objetivo do "Mais Cultura nas Escolas" é fomentar ações que promovam o encontro entre as escolas públicas e as experiências culturais e artísticas em curso nas comunidades locais.

retamente o mercado, também não prejudicou a produção de camarão interna. A Associação Brasileira de Criadores de Camarão (ABCC) chegou a entrar na Justiça para tentar suspender a medida, mas não obteve sucesso. Agora os carcinicultores voltam a ter esperanças de resolver o imbróglio por via administrativa.

As provas do concurso público para provimento de cargo técnico administrativo em Educação, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), serão aplicadas neste domingo, 7. Ao todo serão ofertadas 47 vagas para diversos cargos. O exame terá uma duração de 4h30 e o candidato só poderá realizar a prova no local determinado pelo Núcleo Permanente de Concursos (COMPERVE). Dessa forma, recomenda-se que os candidatos cheguem com, no mínimo, 30 minutos de antecedência, pois às 8h os portões serão fechados e os atrasados estarão eliminados do concurso. Para ter acesso às salas de provas, é preciso portar o documento original utilizado na inscrição e caneta esferográfica de tinta preta ou azul, fabricada em material transparente. Durante a realização dos exames, não será permitido portar arma, celular, relógio, calculadora, câmera fotográfica ou qualquer outro tipo de aparelho eletrônico, óculos escuros, boné, protetores auriculares, dicionário, apostila, livro, "dicas" ou qualquer outro material didático do

mesmo gênero, corretivo líquido, borracha e outros. Os candidatos para os cargos de Nível Superior (E) e Nível Intermediário (D) farão prova de Língua Portuguesa, Legislação, Conhecimentos Específicos, além de uma prova discursiva. Já os de Nível Intermediário (C), responderão questões de Língua Portuguesa, Matemática, Informática e Redação. Os cargos de Músico, Editor de imagens, Técnico de laboratório/Biotério e Operador de Luz realizarão em outra ocasião provas práticas. CONCURSO O concurso público de Edital Nº 013/2013, que se destina ao provimento de funcionários permanentes, o cargo com maior número de inscritos foi o de Auxiliar em Administração, com 18 vagas (Natal/RN), 13.209 inscritos e demanda de 733.83; seguido por Auxiliar de Biblioteca (Natal/RN), com duas vagas 1.063 inscritos e concorrência igual a 531.50; já o terceiro mais concorrido foi Auxiliar em Administração (Macaíba/RN), com duas vagas, 640 candidatos e uma demanda de 320.

Presidente do TRT-RN entrega nova sede da 2ª Vara do Trabalho de Macau A sede da 2ª Vara do Trabalho de Macau, que tem como titular o juiz Alexandre Érico da Silva, foi entregue oficialmente na sexta-feira,5, pelo presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN), desembargador José Rêgo Júnior. A Vara,que estava funcionando provisoriamente na sede da 1ª Vara de Macau,no Porto de São Pedro, passou a ocupar o antigo prédio da Justiça do Trabalho no centro de Macau (Rua São José, 19). O edifício foi reformado para sediar a 2ª Vara. A solenidade de entrega da nova sede da 2ª Vara foi prestigiada pelo procurador-

chefe do Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte, Rosivaldo da Cunha Oliveira,por servidores do TR-RN, advogados e autoridades da cidade. "Aqui nasceu a Justiça do Trabalho de Macau e, depois de algum tempo fechada para reforma, nós reabrimos essa casa de Justiça para atender melhor a todos que precisem e procurem seus direitos trabalhistas", destacou o desembargador José Rêgo Júnior. Para o presidente do TRT-RN, voltar não é repetir o mesmo caminho, mas, sim,inventar outra história e é esse o destino da 2ª Vara

de Macau,que volta ao lugar de onde tudo começou para escrever uma outra história. O juiz titular da 2ª Vara de Macau, Alexandre Érico, relembrou a história da Justiça do Trabalho na região e revelou que "foi naquele prédio que ele iniciou sua carreira, como juiz substituto. E hoje tenho orgulho de dirigir a Vara onde eu comecei minha vida como juiz do Trabalho". A 2ª Vara do Trabalho de Macau tem jurisdição sobre os municípios de Afonso Bezerra, Alto do Rodrigues, Caiçara do Norte,Galinhos, Guamaré, Jandaíra, Macau,Pedro Avelino,Pendências e São Bento do Norte. CEDIDA

Escolas estão em processo de elaboração e envio dos seus projetos

As sete escolas estão apostando suas fichas em diferentes eixos temáticos:fotografia, desenho, rádio e jornalismo, música, educação patrimonial e cultura afrobrasileira, além de dança e teatro. As instituições têm até o dia 10 de agosto para postar seus projetos na plataforma virtual do Mais Cultura. Cada unidade contemplada pelo programa receberá até R$ 22 mil,valor que deverá custear a aquisição

de materiais de consumo; contratação de serviços de formação, produção e disseminação de conteúdos culturais e artísticos necessários às atividades artísticas e pedagógicas;contratação de serviços diversos; locação de instrumentos, transporte, equipamentos; e aquisição de materiais permanentes e equipamentos. As atividades serão desenvolvidas dentro ou fora da escola e devem durar de 6 a 10 meses.

Desembargador José Rêgo Júnior e procurador Rosivaldo Oliveira reinauguram prédio


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Cidade Interativa Cartão-Postal

AG: L&T

CONVOCAÇÃO A Secretaria de Estado da Educação, seguindo recomendação do Ministério Público, enviou notificação ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte, convocando imediatamente para reassumir suas funções junto à secretaria e às escolas da rede estadual todos aqueles servidores e professores atualmente afastados para o exercício de funções junto ao Sinte/RN, que excedam o limite legal de três, bem como aqueles que estejam afastados por mais de dois mandatos consecutivos. INAUGURAÇÃO Nas festividades de emancipação política do município de Major Sales, no último dia 26 de junho, o prefeito Thales Fernandes inaugurou a nova Unidade Básica de Saúde do município, em seu discurso o prefeito destacou a importância da comunidade usufruir de um espaço adequado onde todos possam ser atendidos com qualidade e conforto.

Parque das Dunas e Bosque dos Namorados no bairro Tirol, em Natal.

ARRAIÁ A Prefeitura de Martins, através da Secretaria Municipal de Turismo e Meio Ambiente, promoveu neste mês junino o "Arraiá na Serra 2013". O Arraiá na Serra se consolidou, no calendário turístico do município,como um dos maiores eventos já realizados em território martinense.A Prefeitura de Martins não mediu esforços para que,este evento,fosse o sucesso que foi. Inserindo todos os bairros e comunidades do município.

AG: L&T

CEDIDA

Diretor-presidente da Tec Infor Service, Airton Duarte, é especialista em manutenção técnica, desenvolvimento de sistemas e outros serviços

CÉLIO DUAR TE

A jornalista Iuska Freire aniversaria nesta quinta. Aqui com seu amado Eddie C. Andralls. Parabéns! CÉLIO DUARTE

CEDIDA

Ainda é tempo de parabenizar Thuany Frederico pela data especial de seu aniversário. Filha do casal Joailson Nogueira e Tuízza Karina. Desejamos toda felicidade do mundo!! Fotógrafo Ricardo Lopes e sua digníssima Iara Monteiro sempre cobrindo os melhores eventos de nossa cidade

CEDIDA

CEDIDA

CÉLIO DUARTE

Leonardo Gonçalves, representante da Gazeta em São Miguel , amanhece de idade nova hoje. A coluna parabeniza o amigo e desejas muitos vivas!!

Narciso Neto com seus irmãos do grupo Demolay da Maçonaria

Prefeita de Martins, Olga e seu esposo Patrício na festa do Arraiá na Serra

Prefeito Dr. Thales Fernandes inaugurando a nova Unidade Básica de Saúde em Major Sales CÉLIO DUARTE

Rosenildo Rodrigues é um dos aniversariantes deste mês, do quadro de funcionários desta GAZETA. Na foto com sua esposa Socorro


Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Expressão

NA BOCA DA MESA Editor: Mário Gerson mario.gerson@folha.com.br

Marco Aurélio lança obra neste dia 10, às 20h

SESC DE LITERATURA 3

Inscrições estão abertas 6 até o dia 31 de julho FOTOS: WILSON MORENO

COMPANHIA GESTO DE DANÇA RECEBE PRÊMIO DO PROJETO CONEXÃO RENDA

Dança

SAYONARA AMORIM Da Redação

A

entrega da premiação do P r o j e t o C o n ex ã o Renda, agraciado com o Prêmio Funarte Petrobras de Dança Klauss Vianna/2012, aconteceu na manhã de sexta-feira passada, 5, no Hotel Rifólis, em Natal. Bailarinos de Natal e Mossoró foram os vencedores do projeto, que tem como objetivo de desenvolver ações na área da dança, capacitando e vivenciando através de oficinas gratuitas e a seleção de trabalhos artísticos em dança contemporânea. O Conexão Renda,sob a coordenação de Diana Fontes, premiou 1 solo, 1 duo e 1 trio que circularão pelos estados que compõem a Rede Nordeste de Dança - RENDA, além do interior do Estado, totalizando 15 apresentações. Concorreram candidatos residentes comprovadamente no Rio Grande do Norte, com criações cujo tempo foi limitado entre 10 a 20 minutos. A circulação se dará pelas cidades que compõem a Rede Nordeste de Dança

PREMIADA

- RENDA: Campina Grande/Festival de Inverno de Campina Grande (julho) e Natal/Encontro Nacional de Dança Contemporânea do RN (julho e agosto). No Rio Grande do Norte, além de Natal: Mossoró, Currais Novos, Caicó, Pipa e Tibau do Sul no mês de agosto de 2013. Cada premiado receberá, além de cachês por apresentações, os valores de R$ 900,00 para o Solo, R$ 1.200,00 para o Duo e R$ 1.500,00 para o Trio. Esses valores não sofreram nenhum desconto. Os premiados foram: Solo: Cidade Vestida/Ana Cláudia Albano Viana/Natal; Duo: Só Eu Sei/Anízia Marques e João Alexandre Lima /Natal e Trio: Poema em Três Palavras/Gesto Cia. de Dança/Mossoró. Logo após a premiação do Conexão Renda foi feito o lançamento do 5º Encontro Nacional de Dança Contemporânea, que será realizado em Natal de 25 de julho a 3 de agosto, contando com atrações nacionais e expoentes da dança). A abertura oficial do Encontro Nacional de Dança Contemporânea acontece-

A COREOGRAFIA PREMIADA PELA CONEXÃO RENDA É APRESENTADA PELO TRIO HYKAROO MENDONÇA, LEONARDO SALDANHA E WILLAMY CARLOS

rá às 21h, do dia 25 de julho, no Teatro Riachuelo, com apresentação da Focus Cia. de Dança (RJ), com o espetáculo As Canções Que Você Dançou Pra Mim, repertório do Rei Roberto Carlos.

POEMA EM TRÊS PALAVRAS A coreografia premiada pela Conexão Renda é apresentada pelo trio Hykaroo Mendonça, Leonardo Saldanha e Willamy Carlos.Mais uma

CADA PREMIADO RECEBERÁ, ALÉM DE CACHÊS POR APRESENTAÇÕES, OS VALORES DE R$ 900,00 PARA O SOLO, R$ 1.200,00 PARA O DUO E R$ 1.500,00 PARA O TRIO

criação do coreógrafo, bailarino e diretor da Cia. Gesto Hykaroo Mendonça. O trabalho expõe movimentos de alta dificuldade com grande exigência de coordenação,força, ritmo e equilíbrio. A coreografia Poema em Três Palavras será apresentada hoje, 7, em Recife-PE. A idealizadora e coordenadora do Encontro Nacional da Dança, Diana Fontes, lamenta a dificuldade de captação de recursos pela Lei Estadual de Incentivo à Cultura: "Muito feliz com a diversidade e a parceria com a Fundação Nacional de Cultura (FUNARTE) em relação ao Conexão Renda e inclusão dos trabalhos premiados no Klauss Vianna 2012 no evento. Mesmo com a captação a desejar, pela dificuldade com a Lei Câmara Cascudo em captar, atuando apenas na Djalma Maranhão (lei municipal), fomos descobrindo outras possibilidades. Também a Rede Nordeste de Dança - RENDA, onde compartilhamos despesas maiores sem perder a característica de cada cidade", comentou Diana. Diana Fontes é também a idealizadora da Rede Nordeste de Dança (RENDA), este ano contemplado com o Prêmio Funarte Petrobras de Dança Klauss Vianna/2012. O Prêmio consiste em desenvolver ações na área da dança, capacitando e vivenciando através de oficinas gratuitas e edital para seleção de trabalhos artísticos em dança contemporânea, sugerindo novas linguagens e ideias através da utilização de espaços alternativos. Os premiados circularão pelos estados que compõem a Rede Nordeste de Dança, além do interior do Estado, totalizando 15 apresentações.

Cia. Gesto em 16 anos já recebeu vários prêmios nacionais Fundada pela bailarina e coreógrafa Clézia Barreto e hoje dirigida por Hykaroo Mendonça,a Gesto Cia.de Dança vem conseguindo destaque no cenário artístico. A Cia. já foi premiada em vários festivais de dança realizados em nível o nacional. A companhia idealizou e é responsável pela produção do Mossoró Mostra Dança, evento anual de dança local. A Gesto Cia. de Dança é uma companhia natural de Mossoró-RN,criada em 1997. Desde a sua criação com um mesmo foco, ressaltar e divulgar a dança. A Gesto Cia.de Dança com 16 anos de existência tem em seu currículo a realização e participação em grandes eventos em Mossoró e no País. Na bagagem a companhia acumula a produção

de espetáculos como: Mosaicos, Sete Pecados, Sem Sentido, Cartas de Amor, Tempo, Uma Nova Era, além de várias coreografias e suítes, são alguns dos trabalhos da Gesto. Além de participações em eventos como: Chuva de Bala no País de Mossoró, Auto da Liberdade, Oratório de Santa Luzia, todos incluídos no calendário cultural na cidade de Mossoró. Também tem participação em eventos de renome nacional e internacional, como o Encontro de Dança Contemporânea do RN, Semana Maranhense de Dança, Festival de Dança de Recife, Fendafor, este último com premiações de Melhor Grupo de Contemporâneo e Melhor Pesquisa Contemporânea.


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Expressão

Quem porventura já leu meus textos deve ter observado que o Tempo e o Vento são temas frequentes no que escrevo. No site www.recantodasletras.com.br já publiquei cinco crônicas com os seguintes títulos: "Nós, o Tempo, Deus e Os Milagres", "A Velocidade do Tempo", "O Tempo Deus e Eu", "O Tempo, Demolidor de Ilusões" e "Como o Tempo Passa". E agora volto a tratar do Tempo. De como ele é misterioso. Talvez contenha esta crônica alguma coisa já falada. Não me lembro, mas se o fiz estou repetindo aqui, rogando ao leitor que releve, me desculpe. "O Tempo e o Vento" é o título do excelente romance, em 3 volumes, do grande escritor gaúcho Érico Veríssimo. O Tempo foi objeto de elucubrações dos filósofos. Pitágoras, Aristóteles, Platão e muitos outros que o estudaram e deram suas definições sobre ele. O Vento, por si só, está na literatura e no cinema em "O Morro dos Ventos Uivantes", de Emily Brönte. Há uma interessante poesia do poeta português Afonso Lopes Vieira (1878/1946), intitulado "Dança do Vento". A certa altura ele diz: "O Vento é bom bailador/Baila, baila e assovia./Baila, baila e rodopia/E tudo baila em redor,/E diz às altas ramadas:/Bailai comigo, bailai!". Já se vê como são fortes o Tempo e o Vento. Eu já disse certa vez que, no meu entender, o Tempo é um instrumento de Deus. Também o Vento o é. Em Gênesis 8, 1, quando fez cair o dilúvio: "Deus lembrou-se então de Noé e de

Colaborador

Questão de Prosa

O TEMPO E O VENTO

PRIMÍCIAS DE JULHO

Francisco Obery Rodrigues - Cronista

Clauder Arcanjo - Professor

todas as feras e de todos os animais domésticos que estavam com ele na arca. Deus fez soprar um vento sobre a terra e as águas baixaram". Também no Novo Testamento há várias referências ao Vento. Como passa o Tempo rápido e despercebido! Já observou o amigo que porventura me lê, como, nas provas de atletismo e nas corridas da Fórmula Um, os cronômetros marcam os centésimos, e, se me não engano, até os milésimos de segundo; de segundo, que é a sexagésima parte de um minuto que, por sua vez, é a sexagésima parte de uma hora e que são necessárias vinte e quatro horas para completar um dia, a trigésima parte de um mês, sendo que de janeiro a dezembro, de doze meses se compõe cada ano. O Tempo, de tão significativa importância em nossa vida, vai passando sub-repticiamente. As horas e os dias vão se sucedendo e a gente, quase sem perceber, de repente passa da infância à adolescência, desta à maioridade, a vida adulta, alcançando, assim, o prêmio da MATURIDADE, da sensatez nas suas decisões. Quem era solteiro logo, frequentemente, se vê casado e pai de família. Com mais alguns anos torna-se avô e sente que a velhice chegou. Ontem eu era jovem estudante e hoje, octogenário e bisavô, sentindo o peso e as marcas expostas da velhice e da solidão. Mas é feliz quem chega, mesmo cansado, ao topo, ao planalto da montanha, de onde descortina, com saudade, todas as etapas do passado, às vezes com tanta emoção que as lágrimas,

vertidas no coração, afluem aos olhos já opacos, frias e docemente salgadas, que secam na face castigada por todas as estações, sem deixar marcas. O Vento, já disse isso algumas vezes, tenho-o como amigo. Noutras crônicas já falei nele. Como costuma entrar pela minha janela trazendo-me mensagens dos lugares por onde passou, das diversas etapas que já vivi, notícias de amigos queridos que se perderam na longa estrada, de paixões que dominaram meu coração na adolescência ou em qualquer fase da minha vida, pois esse sentimento avassalador pode se apoderar de qualquer pessoa, em qualquer época. Como sinto saudade das tardes quentes de Mossoró, quando o vento Nordeste, vindo de longe, sobrevoando os mares, salgando-se nas salinas, agitando as palhas das carnaubeiras, levantando o pó das várzeas e despejandoo sobre as ruas e telhados do casario da minha cidade, naquele bom tempo em que era ainda pequena e bucólica, em que os altos edifícios ainda não a haviam transformado numa metrópole, a desmedida quantidade de automóveis e motos não haviam tornado tormentoso o seu trânsito, em que seus bairros eram alegres e tranquilos, não havia drogas nem violência. Costumava chegar por volta das quinze horas, amenizando o calor de suas tardes, às vezes prolongando-se pela noite. Aqui, em Natal, ele também costuma chegar à tarde. Já falei como as vezes entrava pela minha janela entreaberta. Houve tardes em que ele vinha

manso, afagava o meu rosto e me deixava suas mensagens, mas houve ocasiões em que, não sei por que, chegava brabo, entrava com força, revolvia papeis e não me dizia nada, conforme acho que já disse em textos anteriores. Mas, de alguns anos para cá, parece que o Tempo lhe falou sobre o meu estado, sobre a minha idade avançada, sobre a minha saúde. Agora ele vem manso, quase uma brisa, entra de mansinho e quase não fala. Então eu lhe pergunto por que vem tão calado, não me falando nada, não me trazendo nenhuma mensagem. Quem entra no meu escritório e me vê falando assim, sozinho, se assusta, pensa que estou ficando louco ou caduco. Mas eu não ligo. Prossigo o meu diálogo com o Vento manso. Ouço o que me diz. Não o vejo - porque o Vento a gente sente na pele, mas não vê - mas sinto que ele está triste porque as notícias não são boas. Fala de como tudo mudou na cidade que foi meu paraíso, dos amigos que tombaram, notícias que ouço com tristeza. Pois é. O Tempo não; este vai me desgastando imperceptivelmente a cada milésimo de minuto. Já o Vento não; com este eu tenho os meus colóquios, afaga-me o rosto e me traz notícias. Às vezes, até, como Neruda (em "Crepúsculo") "O vento, o vento que me penteia/como se fosse mão materna." Quanta saudade estou sentindo nesta tarde junina, das fogueiras com suas labaredas iluminando as noites, fogueiras que se apagaram definitivamente em meu coração.

Reminiscências

RAIMUNDO SACRISTÃO Wilson Bezerra de Moura - Professor emérito da Uern A fonte documental sem dúvida é indispensável na preservação da história. As folhas amareladas do papel ainda servem para fazer lembrar-se do passado. É nessa condição que folheamos o arquivo do jornal O Mossoroense, edição de maio de 1978,encontramos a notícia sobre o falecimento de Raimundo Sacristão. Pois bem. Raimundo Nunes Rodrigues Filho,conhecido de todos mossoroenses como Raimundo Sacristão, foi encontrado morto em sua casa onde morava sozinho, na hoje Avenida Dix-neuf Rosado,

subida da Leste-Oeste. Era conhecido de toda cidade por ser o sacristão da Igreja Matriz, fiel devoto e zeloso da santa escolhida padroeira da cidade de Mossoró, em especial à época do Vigário Padre Mota, exprefeito de Mossoró,cuja figura religiosa a história registra pelas suas ações e atitudes muitas das vezes cômicas. Na década de 70, os devotos de Santa Luzia viam na pessoa de Raimundo Sacristão a devoção máxima de um religioso. Ele cuidava com todo carinho da Igreja, organizava os feste-

jos da padroeira no dia 13 de dezembro,a começar pelas novenas, como se ali fosse sua família.Para completar o espírito religioso de que era portador, em sua residência todos os anos no mês de junho realizava a Festa de Santo Antônio. Os mossoroenses tinham compromisso com duas datas. A novena e Procissão de Santa Luzia em dezembro e a Festa de Santo Antônio na casa de Raimundo Sacristão em junho. Nessa data, na hoje Avenida Dix-neuf Rosado, a rua era tomada com as barracas alusivas aos festejos de

Santo Antônio, na casa de Raimundo Sacristão. Uma figura presente nos eventos religiosos e nas horas de folga fazia ponto no bar de seu Manoel Caper, que ficava no fundo da atual loja Riachuelo, fazendo esquina com os fundos do Cine Pax.Nesse bar todos os dias Raimundo Sacristão não só tomava sua cerveja como conversava com os mossoroenses, seus admiradores que eram muitos. A história tem a capacidade de registrar acontecimentos que de fato marcaram a vida de lugar e pessoas num passado.

Julho é a folha mais nova no pequeno calendário disposto sobre a minha escrivaninha. Olho para os seus trinta e um dias,e uma revoada de lembranças (e raras certezas) povoa o céu dos meus olhos. Em primeiro lugar, a título de mera confissão, sempre nutri por esse mês um carinho mais do que especial.Quem acompanha os meus escritos sabe bem o porquê.Para quem chegou agora, sem problemas, explicarei: sou natural de Santana do Acaraú, zona norte do Ceará, e, de lá, trago a devoção pelas novenas de Sant'Anna. A alvorada, com a bandinha (a querida Furiosa), e os fogos abriam os festejos da padroeira.Confesso que,católico deveras chinfrim, acompanhava mais a parte profana da festa e, a custo, subia os degraus da Matriz para pôr os olhos no manto da mãe de Maria, avó de Jesus. Mamãe sempre me tocava para a novena. "Vá lá, meu filho, reserve um tempinho para a Senhora Sant'Anna! Deposite em seus pés os seus pedidos,e peça a ela que cubra você de graças" - insistia, devotamente, dona Djanira. Os pecados meus não os aquilatava tão pesados, no entanto, sabia-os melhor do que ninguém, os meus pedidos eram sobremodo significativos. Apesar de revoltos e mal enumerados. A lista completa passava pela felicidade no novo namoro, subia para o campo do estudo e do sucesso no vestibular que já se avizinhava, fazia a curva pela campina da saúde (minha e dos familiares), e descia,finalmente,pelo segredo inconfesso de algumas graças a serem solicitadas que eu, sabido e traquinas, só as soprava bem pertinho dos ouvidos de Sant'Anna. Nunca, curioso leitor, hei de revelar tal parte dessa lista aqui. Questão de foro íntimo, e de necessária cautela. Preservase, assim, o restinho de privacidade que me resta. Continuemos. Pois bem, tangido pelos pedidos, seguia para o banco de madeira no adro da igreja. Os cânticos daquela época (refiro-me ao meu tempo de adolescente) infundiam-me um misto de respeito e tristeza. Mais tristeza de que respeito, se é que me entendem. As orações, parte delas cantadas e algumas num latim tosco, completavam a grade da melancolia que me invadia o peito. Nessa hora, baixava a face, e não reunia a mínima coragem para enumerar os votos que trazia na algibeira. Calado entrei, calado ficava, mais calado ainda saía. Nem bem descia os degraus da nave principal, em direção à Praça Padre Antônio Tomás, sentia-me invadido por um sentimento de raiva de mim mesmo."Não tem nem coragem de pedir à Santa!? Você é um égua, rapaz!..." Antes que me flagrasse invadido por ânsias de trauma, devolvia: "Se Sant'Anna é protetora e poderosa, saberá ler na minha mente, um a um, cada um dos pedidos que lhe trouxe". Fazia o nome do pai, mastigava um ato de contrição de meia-tigela e cuidava de trocar a roupa para ir ao parque. Sim, antes do baile no Alcione Club, encontrávamonos todos na Avenida São João, em torno dos brinquedos e da roda-gigante do Parque Brasil. "Esta página musical segue com amor e carinho para..." - anunciava o locutor da irradiadora. Os meus olhos procuravam, ansiosos, os olhos dela. E só quando os encontrava, é que me sentia invadido por um sentimento de paz, felicidade e bonança. O nome dela não poderia ser outro: Luzia, luz dos olhos meus. Este ano pode ser que não consiga participar das novenas de Sant'Anna;no entanto, cá comigo, levo muitas lembranças e uma rara certeza: permanecerei com os olhos nos olhos dela. Bom domingo!

Canto Poético O ANAGNOSTA Certa vez, perguntaram a Platão, "Por que não escrevia um livro?" Por Que o papel valia mais, então, Que as coisas nele escritas", com rigor, Platão responde. Um sec'lo passa; não Sem que viesse o primeiro professor! Aristóteles, tendo outra proposta Sobre o livro e, do qual, a ciência cria! - A Grécia, que não lia, disso gosta! Bibliotecas criou; Alexandria Fora a premiada! O mestre dera resposta: - Platão o chamara, antes, o Anagnosta! J. F. da Costa Rêgo Poeta


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Expressão Mário Gerson

Na Boca da Mesa Marco Aurélio lança dia 10, no Requinte Buffet, a partir das 20h, sua primeira obra em prosa, uma espécie de autobiografia CEDIDA

M

arco Aurélio é um homem alto e fala pausadamente, de maneira que suas explicações sobre a vida que viveu e que ainda vive são gradativamente assimiladas. Ele para um pouco, olha ao redor, volta ao assunto, com a mesma precisão com que deixou, lá atrás, uma frase por completar. Descobriu-se poeta,mas foi na prosa que, agora, resolveu "contar a história" de sua vida. Em 2000, o "primeiro lampejo", para pensar acerca do assunto, surgiu. E Marcão, como é carinhosamente chamado pelos amigos de luta, deu início à arquitetura principal de um livro: a ideia. Logo a seguir, caminhou pelas outras trilhas: anotar, relembrar fatos, perscruta a própria vida, vasculhar as memórias, andar pelos caminhos conhecidos, desvencilhar-se do manto cinzento que quer nos separar da nossa história. "Daí, comecei a anotar, alguns anos depois, o que eu gostaria de escrever e relatar e que hoje está neste livro", confessa, inicialmente comedido e depois soltandose um pouco e relaxando, para dizer: "Foram tempos difíceis, logo no início, quando entrei para servir ao Exército e estávamos naquele período difícil da história brasileira. Passamos por treinamentos horríveis, terríveis mesmo. Nos colocavam em gaiolas pequenas, apenas com o nariz para fora. Respiração pouca. E depois viravam a gaiola. Muita gente saía dolorida, muito mal mesmo", relembra, enquanto passa a mão, de forma carinhosa, sobre a capa do livro,com um vermelho vinho e um "Cavalo da Petrobras", como é chamada a máquina que retira o petróleo do solo. As lutas de Marcão não foram em vão. No livro, ele exerce essa difícil tarefa de narrar a história, mas sem se esquecer de uma pitada

mario.gerson@folha.com.br

E

sta semana, o Itaú Cultural divulgou na FLIP (Festa Literária Internacional de Paraty) novas pesquisas sobre o estudo da literatura brasileira, aqui e no exterior. A doutoranda da Universidade de Brasília (UnB) Laeticia Jensen Eble mapeou os escritores nacionais mais citados nos trabalhos de doutores em literatura brasileira no País. Segundo a Folha de São Paulo, a pesquisa teve como base os currículos disponibilizados na plataforma Lattes, banco de dados mantido pelo CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), de 2.176 pesquisadores. Machado de Assis lidera a lista, com mais de 122 citações. Não podia ser diferente. Autor admirado por grandes cineastas como Woody Allen e lido por todos com o mesmo vigor - seja na adolescência ou na idade adulta -, ele é um escritor para todas as idades, um mestre da língua, um exemplo, também, de estilista.Basta dizer que para autores como Umberto Eco - o grande crítico literário Machado de Assis ocupa lugar de destaque entre os autores mundiais. É o orgulho nacional, ao lado de Lima Barreto.

Marco Aurélio de Lima: experiência de vida e de luta em livro

de poesia. "É uma espécie de romance também. Eu narro o que aconteceu,mas de forma até romanceada", ele explica,enquanto encara o repórter."Participei das lutas sindicais, vivi um momento importante da história do Brasil,a transição entre o regime militar e o projeto neoliberal", fala, num tom de observação política. O livro, mesmo antes de ter se espalhado pelas livrarias, já começa, de acordo com o seu autor, a dar "alguns frutos". "Já recebo alguns retornos de pessoas que leram e me disseram: me senti fisgada do início ao fim do livro", explica. Para ele, que retrata na obra momentos difíceis,vários problemas como assédio moral e repressões ainda fazem parte das empresas. "Trago muitas reflexões sobre isso, nesta obra. Creio que sofri o suficiente nesse sentido para falar sobre o assunto", destaca, salientando que o livro, todo ele, é uma produção independente. "Não recebo patrocínio de qualquer empresa, que fique claro. É uma edição do autor,como deve ser", salienta. Para Divanilton Pereira, que escreve o prefácio à obra, Na Boca da Mesa consegue resgatar o conceito e centralidade do trabalho

numa sociedade. "Isso é comprovado e evidenciado por toda a leitura do livro. Dessa forma, torna-se um resgate de ideias a favor do trabalho. A iniciativa desta obra é um exemplo a ser seguido pelos trabalhadores e pelas trabalhadoras, pois, além de registrar as suas dores e realidades laborais, reforça a nossa luta política e ideológica por uma sociedade que não tenha em seu centro a exploração do homem pelo homem. A classe trabalhadora do Brasil agradece ao autor", diz. A OBRA O livro Na Boca da Mesa, do diretor do Sindipetro-RN, Marco Aurélio de Lima, terá lançamento oficial no dia 10 de julho, às 20h, no Requinte Buffet, em Mossoró. A obra, que teve prélançamento no dia 7 de junho, no Assentamento Normandia, sede do MST em Caruaru-PE, foi apresentada na IV Plenafup, e aclamada pelos participantes.Marco Aurélio também apresentou a obra no III Congresso Estadual da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), na sede do IFRN Cidade Alta, em Natal.

Na Boca da Mesa traz um relato das experiências de vida de Marcão nos campos de petróleo, além das represárias que sofreu durante a transição da ditadura militar e na história dos movimentos sindicais. A obra do petroleiro também será lançada em Natal-RN e Salvador-BA, ainda sem datas definidas. O lançamento contará com o apoio das respectivas sedes dos Sindicatos dos Petroleiros e Petroleiras de ambos os Estados.o Brasil em Mossoró.

NA BOCA DA MESA Quando: Quarta-feira, 10 Horário: 20h Onde: Requinte Buffet Preço da obra: R$ 35,00

Rodapé JAZZ & CO. Diplomata a ocupar seu primeiro posto no exterior (como vice-cônsul), Vinicius de Moraes desembarcou em Los Angeles, na Califórnia, em 1946, e ali passaria os cinco anos seguintes. Foi um período em que, além de conviver com a colônia artística brasileira radicada em Hollywood - em que Carmen Miranda brilhava como o seu centro gravitacional - e com nomes do cinema americano, como Orson Welles, Vinicius começou a se embrenhar em um novo universo musical: o jazz. Fascinado pela sofrida história dos negros americanos e mesmerizado pela variedade de ritmos da música que emergiu do cruzamento da cultura dos escravos e dos colonizadores europeus, o futuro compositor da bossa nova frequentou clubes, estúdios de gravação e lojas de disco especializadas,além de fazer camaradagem com dezenas de músicos,compositores e amantes desse gênero musical. Com textos pouco conhecidos garimpados por Eucanaã Ferraz e um projeto gráfico do estúdio warrakloureiro que retoma a linguagem da era de ouro dos álbuns de jazz (de selos como Blue Note e outros), Jazz & Co. celebra Vinicius de Moraes com tudo aquilo que distinguiu o autor: música, literatura e muita beleza. Autor: Vininius de Moraes Editora: Companhia das Letras

CLANDESTINO Nas bancas, dentro dos próximos dias, a edição de número 24 do jornal Clandestino, com matérias interessantes, contos, crônicas, resenhas, poemas, ensaios, críticas, dicas de livro e muito mais. O jornal continua custando o valor de sempre: R$ 2,00. Jornal alternativo, sem vinculação,sem partidarismo,com a única bandeira de publicar novos autores. JOVENS ESCRITORES O Clandestino sempre foi o espaço para os jovens escritores, preferencialmente os anônimos. Essa legião excluída das grandes mídias, das folhas e estadões, dos blogs literários e medalhões. Aqui, aquela teoria do medalhão não conta. Queremos os anônimos, de cara limpa e poema nas mãos. ESPAÇO QUEIMA-BUCHA Gustavo Luz me comunica que o espaço da Editora Queima-Bucha já está quase pronto para receber lançamentos de livros, encontro com autores e público em geral. Um pouco mais de paciência, e o lugar estará um brinco. Mas já se pode visitar e adquirir obras. FEIRA DO LIVRO Falando em livros, são muito boas as expectativas para a IX Feira do Livro de Mossoró, no próximo mês. Segundo os organizadores, a agenda está se fechando de maneira interessante. Haverá eventos e palestras para todos os públicos. Acredito nisso. LUTO DOCE Da poetisa Tatiana Morais, com selo da Sarau das Letras, chega o livro Luto Doce. Poesia jovem, mas fecunda. Reconheço influências que são benéficas ao texto. Poetisa que tem muito a nos mostrar.

Mais um pouco, e toda sua psicologia literária será nossa. Caminho desafiante. Não a conheço. Gostei. Para quem começa, bom caminho. Vá por ele, sem se perder, a não ser em si. Mas saiba que a poesia é, também, bifurcação. J. D. SALINGER Recebo informação de uma leitora especial, dizendo-me que o velho Salinger, de quem sou admirador, será retratado em documentário. O velho recluso de O Apanhador no Campo de Centeio volta ao cenário. Salinger passou metade da vida longe das câmeras. Não permitia que fotos suas fossem exibidas em seus livros, nem dados. Um grande autor. Sereno. DO VELHO RECLUSO Se há algum termo clínico que me sirva, sou uma espécie de paranoico ao contrário. Suspeito que as pessoas estejam sempre conspirando para me fazer feliz. (Salinger em Carpinteiros, Levantem bem Alto a Cumeeira). MURRO EM FOTÓGRAFO Salinger, no entanto, apelava, de certa forma, se um fotógrafo tirasse alguma foto sua. Um momento ímpar que retrata bem isso, está na internet, quando um paparazzi de uma revista americana tentou tal façanha. Levou um soco do velhinho. Não sei se merecido,mas a cara de Salinger, ao desferir o murro, não é das melhores.


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Nos Jardin

GUSTAVO FERNANDES Primeiro-secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte e membro da União Nacional dos Legislativos e Legisladores (UNALE), o deputado estadual Gustavo Fernandes (PMDB) contabiliza saldo positivo no seu primeiro mandato. Nesta entrevista, ele fala do mandato parlamentar, de projetos importantes e de política. Confira: Entrevista concedida aos jornalistas Gilberto de Sousa e Luís Juetê

GAZETA DO OESTE Gustavo, você como deputado da região, oriundo de Pau dos Ferros, daquela região toda, qual o projeto, a ideia que você tem, de interessante, para a região? Como é que você está atuando? GUSTAVO FERNANDES - Olhe,eu tenho,através do meu mandato parlamentar, procurado fazer muito trabalho aqui na região e muitos municípios aqui por perto. Vindo de Pau dos Ferros pra cá, eu fui autor de um requerimento na Assembleia Legislativa, do contorno da cidade de Pau dos Ferros. Esperamos conseguir, através do Governo Federal, que na 405 seja feito o contorno no município de Pau dos Ferros, melhorando o tráfego daquela BR ... GO - ... uma demanda muito grande ... GF - … uma demanda muito grande hoje. Carros passam por dentro do município, já teve acidente por lá. A BR-226 está cortando o município e está indo para o Ceará, mas é importante que tenha o anel viário. Eu fiz esse requerimento, já fui ao à superintendência do Dnit, em Brasília, junto com o deputado Henrique Eduardo e esse projeto está em andamento e eu acredito que vai ser uma grande obra para Pau dos Ferros. E não só pra Pau dos Ferros, mas para região, porque vai melhorar muito o tráfego de lá. E falando de outros municípios, eu graças a Deus com a minha atuação, tenho conseguido emplacar emendas parlamentares em Portalegre,como o matadouro do município, em Rafael Fernandes, com pavimentação de calçamentos, em Pilões. Em breve também terá emendas parlamentares em Tabuleiro Grande. Na cidade de Major Sales também há calçamento,então sempre tenho conseguido também junto ao Governo do Estado e do Governo Federal estas demandas dos prefeitos que têm ligação com o meu mandato. E eu fico assim muito satisfeito,e feliz porque Elias Fernandes já foi entrevistado aqui, eu que herdei dele e de José Fernandes de Melo, essa linha política. Tenho muitas ligações políticas que vêm deles,que seguem no mandato do deputado Gustavo

Fernandes. Então eu estou muito satisfeito com isso. GO - Sobre a cajucultura, você tem um olhar especial para essa questão,da geração de emprego e renda. Como é que está essa questão? GF - Eu já fiz uma audiência na assembleia pra discutir o problema da cajucultura. Fomenta muito a região, é uma fonte de renda não só para Severiano Melo, para Serra do Mel, para Mossoró, para a região, de uma forma geral. E eles enfrentam muita dificuldade com a questão da logística,a questão de preço... GO - ... tem a mosca branca ... GF - .. a mosca. E tem que ser dada uma atenção especial.Os governos têm que dar atenção especial porque é uma grande formadora de renda da região e então eu já discuti isso através de uma audiência pública. Como também já fiz audiência pública discutindo o turismo religioso aqui da região, que tem um potencial de, por exemplo, duas prefeituras, duas cidades que eu tenho ligação política, que é Martins e Portalegre. Nós já discutimos sobre o turismo religioso, tanto que passa por Mossoró também... GO - ... Mossoró também está nesse contexto? GF - Mossoró está nesse contexto. Eu tenho uma proposta que vou apresentar em poucos dias na Assembleia Legislativa para ter o Santuário de Santa Luzia aqui, quem sabe um sonho para o município. E que possamos ter o santuário aqui como tem parecido em Santa Cruz e outros municípios.Eu acho que aqui na terra de Mossoró, aqui perto, seria um local ideal e eu já conversei inclusive com a prefeita Cláudia sobre esse assunto ... GO - ... e ela foi receptiva? GF - Foi muito receptiva e eu fiquei de apresentar, e vou apresentar nesses dias, em breve, na volta do recesso da Assembleia, a proposta e um projeto para o santuário aqui. GO - Deputado,o senhor também é primeiro-se-

cretário da Assembleia Legislativa. Para o assinante ficar sabendo, qual a função desenvolvida pelo primeiro-secretário? GF - Estou no meu primeiro mandato parlamentar, e os amigos talvez não saibam, mas já no meu primeiro ano de mandato, fui presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa. No segundo ano, eu fui o presidente da comissão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) que é uma das mais importantes da casa. Pra mim foi uma honra muito grande,porque você de primeiro mandato já presidir uma comissão tão importante. É onde passam as votações,onde passa a aprovação das leis que tramitam na assembleia. E, eu hoje sou o primeiro-secretário da casa. Isso é muito importante,porque é o cargo mais importante depois do presidente. Então, um deputado de primeiro mandato, conseguir já passar por duas comissões, e hoje ser primeiro-secretário é uma honra muito grande. O primeiro-secretário,numa linguagem popular, é como se fosse o xerife, o delegado da Assembleia. Passa por mim os trâmites, as nomeações, as ações da assembleia, administrativa, compra. E então passa toda essa parte administrativa, passa pelo presidente e pelo primeiro secretário e também pela mesa. Então é uma função muito importante e eu tenho me dedicado bastante para fazer um bom trabalho e fazer com que a Assembleia, ela porque é quase como o prefeito da Assembleia,para que as coisas andem, não parem os pagamentos, as nomeações, as ações que a Assembleia ... GO - ... você está no comando da engrenagem, no caso? GF - Da engrenagem lá da Casa. Então eu tenho um bom relacionamento com o presidente Ricardo Motta,eu até queria fazer aqui essa referência a ele: está sendo um excelente presidente, é muito amigo dos deputados e está fazendo um brilhante mandato como presidente.Pra você ter uma ideia, tem uma ação lá de Ricardo Motta que espelhou até outras assembleias. Nós temos funcioná-

rios na Casa, que são portadores da Síndrome de Down. Então é … GO - … uma iniciativa pioneira no País ... GF - … pioneira e que outras assembleias já estão se adaptando a isso. Então, isso é uma ação até de cidadania bonita do presidente da Casa. É uma Casa respeitada,que tem feito um bom trabalho, tem ajudado muito o Governo do Estado, porque o que passa pela Assembleia não tem atraso nas votações, sempre, até a oposição ela tem se mostrado muito solicita para aprovar as leis que sejam de benefício do Estado do Rio Grande do Norte. GO - Deputado, na condição de primeiro-secretário, quase como administrador da Casa, como tem sido trabalhar na questão do concurso público, o primeiro da história da Assembleia? GF - Olha, o concurso vai ser feito, as inscrições começaram de 10 de junho e vão até este mês. São cerca de 80 cargos que vão ser disponibilizados, a concorrência é bastante grande, são cargos entre R$ 2.600,00 (dois mil e seiscentos reais) e R$ 17.000,00 (dezessete mil reais) e então eu faço até um convite a quem está assistindo,que é interessante estudar e tentar passar, porque é uma carreira bonita e que remunera bem. São diversos os cargos que estão sendo propostos pela AL.Mas eu acho que vale a pena, aqueles que gostam de estudar para concursos e querem ter uma renda definitiva, uma segurança, é interessante procurar informações sobre o concurso da Assembleia. GO - O certame está a cargo da Fundação Carlos Chagas, não é isso? GF - Fundação Carlos Chagas. O site é: www.concursosfcc.com.br. GO - O senhor também é membro da União Nacional dos Legislativos (UNALE), inclusive participou de algumas missões internacionais. Além das missões, o que é que a Unale tem feito em favor do Legislativo, e o Rio Grande do Norte como se beneficiou através disso?

GF - A Unale é uma entidade muito importante do ponto de vista em relação à unificação das assembleias legislativas. O que eu falei agora há pouco tempo sobre os funcionários que a Assembleia Legislativa tem, portadores da Síndrome de Down, através da Unale isso também foi também difundido. Mas a Unale participa das discussões, não só em âmbito estadual, mas também em outros Estados da federação. Ela tem atuação na federação, nós temos uma mesa de discussão que vai discutir com a Câmara dos Deputados, com o Senado, e também opinamos muito sobre por que o deputado estadual fica um pouco limitado ao Estado e nós gostamos também de dar opinião sobre o que acontece nas questões nacionais.E a Unale,essa entidade, faz também muitas parcerias de viagens para troca de experiência. Por exemplo,há cerca de três meses sou membro da Unale, através dessa entidade fui até a Suécia,numa cidade chamada Porôs, onde é impressionante o número, cerca de quase 98% do lixo da cidade, é reciclado e transformado em energia. GO - Inclusive o orgânico? GF - Todos. Até animais mortos são processados. Então, ele tem uma grande usina de beneficiamento,onde ele separa lixo orgânico do inorgânico, plástico, e processa transformando em combustível para automóveis, para calefação, porque lá é um país frio,para esquentar as casas. Essa experiência gerou, eu fui com o deputado Tomba Farias, que é meu colega na Assembleia e essa experiência nós trouxemos para cá,fizemos uma audiência publica em Santa Cruz, que é a cidade dele, que a prefeita é esposa dele,e nós plantamos uma semente, porque lá tem um grande chão e eles tiram energia dos aterros. Essa energia que eles tiram do gás metano, dos aterros, ele transforma em energia. Essa semente foi plantada lá no município de Santa Cruz e a gente espera que através de parcerias, as PPPs, Parcerias Públicas e Privadas,a gente possa,a partir de Santa Cruz e em outros municípios também,

quem sabe no futuro, por que isso com certeza, a reciclagem é um futuro para todos nós ... GO - . inclusive está em voga a questão dos resíduos sólidos, o tratamento ... GF - … o tratamento e a preservação do meio ambiente. Então podem ter certeza que aqui desse programa, o futuro é o tratamento de lixo, e isso além de gerar recursos, gera renda. Também está bem na moda você falar em saúde pública e em despoluição. GO - Deputado, partindo agora para a parte política. O senhor tem sua base lá em Pau dos Ferros. Como é que o senhor tem observado as últimas administrações municipais? GF - É. Eu tenho a minha base lá em Pau dos Ferros, e lá nós somos oposição. A minha família que foi por muitos anos lá, meu avô foi prefeito por três mandatos e nós tivemos lá,inclusive até a perda recentemente de um exprefeito, que tinha uma ligação muito próxima com a gente, que é Aliatá Chaves, que faleceu recentemente. E eu vejo o seguinte, a Pau dos Ferros, de uma forma geral ela é privilegiada por ser uma cidade polo da região. Por si só ela já vem crescendo muito. Mas eu acho que Pau dos Ferros teve administrações que vieram recente, num recente, nas recentes administrações que tiveram lá,eles maquiaram um pouco a cidade. O que é que eu falo em maquiar? Você chega, é uma cidade bonita, arborizada, tem uma praça bonita, mas se você for para a periferia,você vê problemas sociais. O atendimento médico ruim é ruim, a deficiência na parte de esgoto, o centro da cidade sempre alaga e até hoje o tratamento lá, dos resíduos, não foi, por si só, completo, e eu acho que Pau dos Ferros ainda tem muito que crescer, muito o que oferecer para os seus moradores. É uma cidade, como eu disse, polo, referência, que tem crescido muito e que eu acho que ainda vai crescer muito. Mas eu acho que Pau dos Ferros tem que parar de ser um pouco maquiada e trabalhar as fontes de desenvolvimento do município. Hoje nós não temos indústrias em


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

ns da Gazeta Pau dos Ferros.Uma cidadepolo que você não traz indústrias para gerar emprego e renda para o município. Mossoró, como é que Mossoró cresceu? Mossoró foi industrializado,Mossoró trouxe,claro,que a Petrobras aqui ajuda muito no desenvolvimento. Mas foram trazidos aqui investimentos em fábricas, a criação de um Distrito Industrial, que inclusive vai ser uma das bandeiras minhas, que eu também vou apresentar na Assembleia Legislativa, que é um projeto para a criação de um Distrito Industrial em Pau dos Ferros.Em breve,os amigos de Pau dos Ferros verão que eu também irei apresentar na Assembleia uma proposta para um Distrito Industrial para naquele município. GO - E como está se preparando o PMDB para as próximas eleições? Afinal de contas,2014 é um ano político, no caso? GF - Olha,eu gosto até de fazer um pouco dessa referência, porque o meu pai foi deputado estadual e sempre como referência, do PMDB aqui na região. E ele, quando deixou de ser, porque ficou um pouco um vácuo do partido na região. Quando eu me elegi agora em 2010 pra o meu primeiro mandato, eu procurei fazer um trabalho de reestruturação do partido na região. Pra você ter uma ideia, na "Tromba do Elefante", nas eleições municipais de 2008 para prefeito, o PMDB teve menos de quatro mil votos para prefeito,que foram votados,distribuídos na região. Na eleição de 2012, nós lançamos várias candidaturas lá, algumas vitoriosas,e o PMDB foi votado,teve quase 40 mil votos na legenda do partido,para candidatos a prefeito,eleitos ou não.... GO - um salto significativo... GF - ... significativo. Então, eu fico orgulhoso em relação a isso porque eu tenho o reconhecimento do ministro Garibaldi e do deputado Henrique, por esse crescimento, e eu espero crescer mais ainda. E nas eleições para governo,deputado estadual,e Senado,consequentemente, vou tentar colocar meu nome à prova de novo, para ver o reconhecimento da região. Não só, claro, que especificamente estamos falando aqui da região do Oeste. Mas não só o Oeste, porque eu tenho também muita atuação em outras regiões como o Mato Grande, Grande Natal, Ceará-Mirim. Então, de uma forma geral, nós deputados temos que procurar também outras regiões.Mas, sempre quando fala em deputado Gustavo Fernandes, até pelo sobrenome, aí se refere "há, é do Oeste, é lá da região", por causa dos laços familiares. GO - E por falar nisso, o senhor é a favor ou contra o voto distrital? GF - Olhe, o voto distrital é um voto, é interessante ser estudado porque valoriza mais as regiões. O Plebiscito que deverá acontecer para essa decisão vai ser interessante, mas eu acho que valoriza muito, seria uma forma interessante de valorizar as lideranças das regiões. Se o povo aqui das regiões do Oeste, Seridó e

Mato Grande entenderem isso, eu acho que fortalece não só partido, mas também as lideranças maiores, os deputados e governantes.

ações governamentais para resgatar um pouco a imagem dela. E na hora certa eu acho que o PMDB vai se reunir, vai discutir, vai chamar, como eu falei,os seus liderados e escutar e avaliar. Será que o governo Rosalba merece ter mais quatro anos? Será que é interessante pra gente ver outro nome ou não? Isso vai ser discutido. Agora, que realmente existem algumas insatisfações no partido, com alguns dirigentes do partido com o Governo, isso é fato.

GO - E consequentemente, a própria região? GF - A própria região. GO - O senhor foi presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa, tem uma noção da questão constitucional. O senhor é favorável ou contrário ao Plebiscito? GF - Olhe, eu acho que o Plebiscito, foi ... GO - ... muita polêmica em torno dessa questão quanto a sua constitucionalidade... GF - …a constitucionalidade. Não tenho ainda muita bagagem de constitucionalidade para falar sobre os detalhes do Plebiscito. Mas acho que quando você chama a população, a partir desses movimentos que estão tendo agora, para discutir se é isso que a população está querendo, se é a forma como está sendo administrado o País, como estão sendo administrados os Estados. Se você chama as pessoas para opinarem, isso é importante. Nós já fizemos o Plebiscito há anos, foi mantido a forma de ser hoje, tratada a democracia da forma com é, mas, se nessa revolução que está tendo, as pessoas acharem que deve mudar, então vamos escutar o povo, porque são eles que nos elegem, são eles que são os detentores dos nossos mandatos. Então, eu acho interessante escutar o povo. Não é só de dois em dois anos, nas eleições municipais e estaduais. Não, nós temos que escutar sempre.E como houve essas movimentações, vamos escutar o povo. Se eles acharem que deve mudar, que mudemos. GO - Deputado, muitos analistas políticos, pessoas com gabarito para se falar em política,eu cito até o deputado estadual Agnelo Alves, entende que o PMDB do Rio Grande do Norte vive hoje o seu melhor momento em sua história, e muitos cobram a apresentação de uma candidatura ao Governo. O partido hoje está aliado da governadora Rosalba Ciarlini. O que é que o senhor pensa disso? É romper e apresentar um nome? GF - Não. Veja só. Eu acho que a palavra falar em rompimento nesse momen-

to não seria a coisa adequada e por quê? Porque o PMDB está tentando, o PMDB, está fazendo a parte dele. Só pra relembrar um pouco aos amigos telespectadores e os ouvintes da 95FM, que parte do PMDB votou na governadora e parte não votou... GO - … era até o PMDB de Garibaldi e o de Henrique ... GF - … é mais ou menos assim. Mas o PMDB é um só, Henrique e Garibaldi sempre se deram muito bem e continuam até hoje. Mas eles divergiram,Henrique votou em Iberê, Garibaldi votou em Rosalba.Eu,particularmente, também votei no ex-governador Iberê. Mas quando a governadora Rosalba ganhou as eleições, o PMDB pra ajudar, nós nos unimos e convergiu para ajudar o Governo do Estado através da Assembleia e também do Governo Federal com Henrique e com Garibaldi.Essa discussão da sucessão é natural. Todos nós que somos politizados, gostamos sempre de perguntar, "quem vai ser o candidato?. Vai votar na reeleição da governadora?, o PMDB vai ter candidato?". Claro que eu como peemedebista gostaria muito que a gente tivesse uma candidatura.Nós temos nomes excelentes.Garibaldi foi governador e foi um excelente governador.Por que não ele ser de novo governador do Estado? Fez um excelente trabalho. Vocês lembram a questão das adutoras. Depois da venda da Cosern, o Estado cresceu muito com Garibaldi governador. Henrique Eduardo é um está hoje no auge da maturidade e que ele seria com certeza um excelente governador pra o Estado. Mas na hora certa eu acho que isso deve ser discutido. Porque

nós somos ainda da base aliada do Governo Rosalba,mas quem vai decidir isso vai ser o próprio eleitor do PMDB, o próprio povo. Nós vamos escutar na hora certa e chegar pra o eleitor do PMDB e dizer:"O que é que você acha? Nós devemos ter um candidato próprio?. Se nós tivermos um candidato você vota na gente?. Ou você acha que devemos continuar no Governo Rosalba"? Vamos fazer essa pergunta ao nosso povo. E, diante dessa resposta popular,do sentimento popular,é que vira uma candidatura do PMDB ou não. Então é importante sempre frisar isso. Quem vai decidir são aquelas pessoas que nós temos a satisfação de dar como político. O eleitor, a liderança, o vereador, aquela pessoa que é próximo e que tem um sentimento popular. GO - O ministro Garibaldi Alves foi um defensor de Rosalba, no caso, quando ela se candidatou. Ele a defendeu até junto à esfera federal. O deputado Henrique Alves ficou com Iberê, como o senhor colocou. Hoje, a gente tem a impressão,dessa inversão de valores. Que Garibaldi estaria mais isolado de Rosalba e Henrique defendendo. É essa a impressão? GF - Olhe,existem certas dificuldades no Governo Rosalba, que eu acho que tanto Henrique enxerga, como Garibaldi. Talvez Henrique tenha,eu posso até dizer assim, um pouco mais de fé, que possa se reverter. Garibaldi talvez não tenha. Mas tanto ele como Garibaldi, todos dois são muito experientes e sabem que para uma renovação no Governo, no caso de Rosalba, ela tem que ajeitar muitas coisas ainda no Governo, muita cosa nas secretarias. Têm algumas

GO - E o deputado Gustavo Fernandes acredita numa reversão do quadro pra governadora? GF - Olha,falar em reversão do quadro ... GO - ... a essa altura do campeonato? GF - A essa altura do campeonato já está mais da metade do mandato da governadora,tem como eu disse, algumas dificuldades, eu enxergo um pouco com relação a isso e a gente tem que ver pra crer. Quem vai dizer isso é ela com as ações, neste ano e neste semestre, porque quando virar o ano, é o ano de eleição, se o que nós aprovamos na Assembleia, os empréstimos,as obras que estão pra vir, as estradas, os investimentos nas secretarias de saúde, de agricultura e infraestrutura, que nós aprovamos na Assembleia. Se nesse semestre não começar a sair as barragens de Oiticica, Poço de Varas, se essas obras não começarem a sair vai ser difícil pra governadora. GO - O senhor falou que o PMDB pactuou em ajudar o Governo. E o Governo tem ajudado os deputados do PMDB? Exatamente com isso, com liberação de emendas, enfim, com obras? GF - Olhe, eu falei aqui no começo que ... GO - ... o deputado Nélter, seu colega de partido é um crítico, claro que contumaz, da gestão ... GF - … exato. Eu falei aqui que já ajudei alguns municípios com minhas emendas parlamentares. Confesso que eu gostaria de ter ajudado mais. Mas em alguns momentos tiveram alguns trâmites que dificultaram essa liberação. Se o Governo do Estado tivesse mais flexibilidade nas liberações, com certeza o PMDB estaria mais satisfeito com o relacionamento. Mas, como você mesmo FOTOS: WILSON MORENO

disse, existem alguns deputados que têm certas dificuldades e têm certos problemas enfrentados com o relacionamento com o Governo do Estado. Eu, assim, eu procuro sempre ter um bom relacionamento, mas eu confesso que também tenho tido algumas dificuldades. Mas eu tenho conseguido, através de muito esforço, liberar algumas emendas para os meus municípios. Mas se tivesse um pouquinho mais de agilidade, eu acho que a gente estaria bem mais satisfeito. GO - Deputado, e quais são as suas impressões sobre o Governo Rosalba Ciarlini? Assim, sobre a condução do Governo? GF - Olhe, eu posso até dizer que acredito que a governadora Rosalba é bem-intencionada em relação ao Governo do Estado.Mas ela tem algumas dificuldades, eu vejo no trâmite, com alguns secretários, de algum secretariado que burocratiza um pouco. São um pouco travado no desenrolar da engrenagem pública,da máquina. Então, falta um pouco dessa sensibilidade em alguns setores do Governo,para que as coisas possam acontecer ... GO - ...estão emperrando aí? GF - Alguns setores emperram um pouco. Não adianta só ter boa vontade. Você tem que ter boa vontade e ação.E isso é o que a gente vem cobrando nesses dois anos já, entrando pra o terceiro ano do nosso mandato parlamentar na Assembleia Legislativa. E também através do Governo, através do nosso mandato como uma forma geral. Então, a impressão que eu tenho é essa, que esse é o semestre decisivo para Rosalba Ciarlini. Se ela conseguir nesse semestre, deslanchar, o que a gente armou pra ela, de obras, de aprovação de empréstimos, possa ser que ela consiga reverter. Se não, vai ser um pouco difícil. GO - Deputado, alguns colegas seus, lideranças e prefeitos apontam a Casa Civil, por meio do ex-deputado Carlos Augusto Rosado, como o primeiro entrave entre as lideranças e o Governo do Estado. O senhor concorda? GF - Olhe, na Casa Civil realmente a gente escuta muito esse problema, um certo entrave na secretaria. Mas a gente espera que isso seja superado... GO - ... precisa ser superado ... GF - ... precisa ser superado. Porque nós não vamos ver aqui a figura da governadora, a figura do secretário. Vamos ver o Estado do Rio Grande do Norte. O Estado tem que se desenvolver, tem que crescer. Nós ficamos para trás no turismo em relação a vários Estados aqui do Nordeste, que cresceram e o RN parou no tempo. Nós paramos aqui, em desenvolvimento, até na energia eólica, que eu sempre defendi no meu mandato. Vários parques eólicos estão abandonando o Estado por falta de diálogo com o Estado. E estão indo pra Estados vizinhos. Então, está carente de investimentos.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Expressão Opinião

Prêmio Sesc de Literatura Para esta edição, o Sesc reserva duas categorias: conto e romance, com publicação pela editora Record

Ney Lopes REPRODUÇÃO

O

Prêmio Sesc de Literatura est�� com inscrições abertas até o próximo dia 31, em parceria com a Record. Autores de todo o País podem participar,em duas categorias: conto e romance. Segundo o edital, não é permitida a inscrição de menores de 18 anos, bem como de residentes no exterior. Cada concorrente poderá participar com apenas uma obra em cada categoria. Caso participe em ambas categorias,as inscrições deverão ser enviadas separadamente, com pseudônimos distintos. O texto inscrito deverá ser inédito, ou seja, nunca ter sido publicado. Entende-se por publicação o processo de edição de uma obra literária e sua distribuição em livrarias ou pela internet, ainda que as mesmas não possuam número de registro no ISBN. O autor não poderá ter nenhum livro publicado na(s) categoria(s) em que se inscrever. Os originais deverão ser enviados em quatro vias, encadernadas, com folha de rosto na qual deverão constar apenas o título da obra e o pseudônimo (obrigatório) do autor, acompanhados de envelope lacrado contendo versão impressa da ficha de inscrição online, comprovante de residência e certificado de autoria, que está disponível

para download no site www.sesc.com.br/premiosesc. O texto deverá ser digitado em apenas um lado da folha, fonte Times New Roman tamanho 12, estilo normal, na cor preta; parágrafo de alinhamento justificado;espaço entrelinhas duplo;todas as margens 2,5 e impressos em papel A4, com as páginas numeradas. No livro de contos, cada conto deverá ser iniciado em uma nova página, bem como cada capítulo do romance deverá ser iniciado em uma nova página. Os textos que estiverem fora da formatação indicada serão automaticamente desclassificados. Para efetuar sua pré-inscrição on-line, o participante deverá acessar o site do Prêmio (www.sesc. com.br/premiosesc) e preencher o formulário com as informações pedidas. Será gerado um código verificador, através do qual o candidato poderá acessar sua pré-inscrição. Após a validação da pré-inscrição será emitido um email de confirmação contendo os dados cadastrais do inscrito. O candidato deverá imprimir a ficha de inscrição através da consulta ao site, que deverá conter o código verificador, e remetê-la anexada à obra em um envelope lacrado, juntamente com a cópia de um comprovante de residência e a declaração de autenticida-

A sorte está lançada

Sesc de Literatura: inscrições abertas

de e responsabilidade pelos direitos da obra (conforme modelo presente no site).O envelope deverá ser identificado externamente somente com pseudônimo do autor e título da obra. Durante o processo de inscrições, o candidato deverá utilizar o CPF como forma de identificação. A confidencialidade do número de CPF é de responsabilidade do participante. O Sesc não se responsabiliza pelo uso indevido do documento por terceiros. Ao se inscrever nas duas categorias, o candidato deverá atentar para o fato de que o preenchimento dos dados de cada obra será feito na mesma ficha on-line. No entanto, as obras de ca-

da categoria deverão ser entregues separadamente,necessitando da impressão da ficha duas vezes. Após preenchimento da ficha de inscrição on-line,o candidato deverá salvar os dados informados, a fim de que a pré-inscrição seja efetivada. Caso seja detectada alguma pendência e/ou irregularidade no preenchimento da ficha, o participante será comunicado por telefone ou e-mail. As obras somente poderão ser enviadas aos Departamentos Regionais do Sesc do Estado de residência do candidato. As obras enviadas a unidades de outro Estado serão automaticamente desclassificadas.

Novos Poetas PERSISTÊNCIA

SILÊNCIO Calem-se os poetas, Cessem suas penas, Silenciem suas páginas, Quebrem suas máquinas... Hoje, unicamente, As estrelas falarão sobre nós. Luiz Luz Poeta

DE REPENTE

nl@neylopes.com.br www.blogdoneylopes.com.br

Ainda havia uma flor solitária no campo sombrio devastado Pairava no ar um perfume A esperança relutava insistente Ao sono resistia teimoso O homem magro e faminto abriu novamente os olhos E se pôs outra vez de pé Ainda brilhava uma estrela naquele céu obscuro Havia frestas de luz na beleza que o breu escondia E no peito daquele velho cansado Embora adormecida se camuflasse Aquela ferida ainda ardia, O câncer continuou espalhado Em sua voz de nostalgia.

Você chegou de repente E, de repente, se fez constante, Um presente. À noite passei a chamar teu nome E desejar seu beijo quente. Querer te contar meu dia. E apertar meu peito, quando ausente. Assustei-me! E menti: - Não me ligue, não me faça feliz! Por medo de te amar, Neguei o bem que me quis. Mas é tanto o bem que me faz, Que em segredo... Sorrir ao acordar, eu sou capaz!

Dentro de mim como qualquer coisa A enfeitar-me a imensidão de trevas alheias, Há um Nero que descarrega sua fúria Sobre meus dias de solidão...

Camila Paula Poetisa

Mário Gerson Poeta

Ellen Dias Poetisa

O INCÊNDIO

Há mais de vinte anos o Congresso Nacional "engaveta" a reforma política. Quem reconhece isto é o próprio presidente da Câmara, deputado Henrique Alves, ao declarar que "precisamos fazer um "mea culpa".Tentei votar a reforma política em abril e não consegui aprovar nenhum item. Não dá para evitar esse debate agora. Nós falamos muito e fazemos pouco. Precisamos reconhecer isso". Como existir, ainda, impasse em torno de um tema - a reforma política -, que todos dizem aceitar e desejar aprová-la? A unanimidade concorda que as atuais regras legais viciam a representação popular. Os partidos - pilares de todo o processo eleitoral - se deterioram dia a dia. A fonte geradora da crescente corrupção é o financiamento "por baixo do pano" de campanhas milionárias e faraônicas. A principal reforma é a política, partidária e eleitoral. Sem ela, não haverá legitimidade para outras mudanças inadiáveis. Se for assim, por que não agir? Por que não dá prioridade a todos os temas que levem à unidade, afastando àqueles que dividem? Por que não propagar o respeito recíproco à diversidade e às diferenças naturais entre os partidos, visando superar divergências e aproximar convergências? "Plebiscito" e "referendo" são formas de democracia participativa, consagradas na Constituição. Portanto, não se trata de heresia invocar um ou outro instrumento constitucional. Apenas, há que se buscar o "consenso" de qual seja a solução mais viável para o momento nacional. Tratando-se de um país democrático compete à arte política encontrar alternativas. Simplesmente "puxar a corda" significará a certeza de que ela romperá, com prejuízos coletivos. Sobretudo, após o gesto presidencial de "sugerir" o plebiscito ao Congresso, enviando sugestões a serem analisadas pelos parlamentares. Independente de posição política, não se pode negar que as sugestões iniciais do governo são altamente pertinentes e merecem tratamento especial no plebiscito e na reforma política. Tudo isto, se o propósito for fazer realmente a reforma. Se for para levar com a barriga e jogar na gaveta serão usados os costumeiros expedientes protelatórios de consulta (?) aos anjos e outros mais. Uma medida deveria ser imediatamente adotada: encaminhamento de emenda constitucional por consenso, a título de regra transitória, alterando a anualidade eleitoral para fixar em seis meses antes do pleito de outubro de 2014 o prazo para mudanças no processo eleitoral, ao invés de um ano. O país precisa conhecer de uma vez por todas "as caras" daqueles que não interessam melhorar o sistema eleitoral do país para manterem os seus "feudos" privados, apelidados de "partidos". Dalai Lama tem razão ao dizer que só existem dois dias do ano que nada pode ser feito. Um se chama ontem e o outro se chama amanhã. Chegou a hora do diálogo responsável, sem vencidos e vencedores. Todos são convidados a sentarem-se à mesa e indagarem ao povo brasileiro quais as linhas gerais daquilo que é realmente desejado em matéria de reforma política. Caso persista a omissão do Congresso, o país continuará patinando diante das declarações bizantinas de pseudos "iluminados", que levam o nada a lugar nenhum e só facilitam maquiagens políticas disfarçadas para preservar interesses escusos, embutidos na política nacional. Em tais circunstâncias, o grave risco seria a opção futura de ressuscitar Lula, ou, 1964! Ninguém duvide! "Alea jacta est" (a sorte está lançada).


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Expressão Cinema

Guerra Mundial Z Brad Pitt faz a guerra de um homem só, com muita correria e pouca 'mordida'

iuskafreire@gmail.com twitter: @Iuska

MARCELO HESSEL Crítico de cinema Do Omelete.com.br

P

ara um filme que foi reescrito depois das filmagens em 2011, teve todo seu terceiro ato refilmado em 2012, e ao custo de estimados US$ 200 milhões acabou virando o mais caro - e menos sanguinolento, para pegar censura 13 anos nos EUA (e 12 no Brasil) - filme de horror de todos os tempos, até que Guerra Mundial Z (World War Z) funciona,surpreendentemente. A adaptação ao cinema do livro homônimo de Max Brooks (também autor de Guia de Sobrevivência a Zumbis) evita o formato de história oral - no livro, um jornalista refaz a trajetória da guerra contra os zumbis com depoimentos de pessoas ao redor do mundo afetadas pelo conflito. É bem possível que um relato distanciado com vários personagens deixasse Guerra Mundial Z bem parecido com Contágio (o filme de Steven Soderbergh é basicamente a mesma hecatombe epidêmica global, mas sem o canibalismo), e a própria presença de Brad Pitt num elenco sem outros nomes famosos acaba tornando Guerra Mundial Z, o filme, uma guerra de um homem só. A trama então pega do livro só a premissa e algumas ideias (como o muro de Israel), e inventa uma subtrama para ancorar tudo e aproximar emocionalmente o espectador: o personagem de Pitt,Gerry Lane,exinvestigador das Nações Unidas habituado a conflitos ao redor do mundo,é incumbido de descobrir como conter a infestação, e enquanto Gerry puder ajudar, sua família estará a salvo no porta-aviões com o que restou do comando dos Estados Unidos.

Iuska Freire

T Os meses de incerteza na produção - e o prazo de entrega automaticamente estendido - podem ter favorecido a equipe de efeitos visuais. Nos primeiros trailers, as multidões de zumbis criadas em computação gráfica pareciam borrachentas e irreais; já no filme finalizado, os efeitos são mais convincentes, embora muita gente ainda estranhe o vigor dos zumbis corredores de Guerra Mundial Z, muito mais próximos dos contaminados com raiva de Extermínio do que dos decrépitos mortos-vivos que a cultura pop consagrou ao longo do século 20. As ondas de zumbis dão conta do senso de ameaça que acompanha o filme até o fim, e ambientes escuros e luzes vermelhas dão o tom de horror. Ainda assim, por conta da exigência da classificação etária mais abrangente, Guerra Mundial Z é estranhamente higienizado. A câmera evita enquadrar ações de

enho visto menos filmes do que eu gostaria, principalmente no cinema.O último filme que assisti no Multicine foi "Universidade Monstros". Não por falta de vontade, é que as ocupações do cotidiano e uma pequena virose me distanciaram da telona. As opções são variadas, o Multicine tem mantido uma ótima grade na programação."Guerra Mundial Z","O Homem de Aço","Truque de Mestre" e "Meu Malvado Favorito 2" são alguns dos filmes que estão em cartaz que estou louca para assistir. Chegam as férias de julho e os lançamentos são mais intensos, para a criançada, além de "Meu Malvado Favorito 2", continua em cartaz "Universidade Monstros". Então, vamos ao cinema!

impacto, como uma mão decepada ou um pé-decabra preso na cabeça de um zumbi - tudo isso é sugerido no extracampo - e mesmo as mordidas da peste canibal, a base de todo esse gênero, aqui não causam mais do que alguns machucados. Na falta de mais sangue

EM DESTAQUE

na ação corpo a corpo, o diretor Marc Forster tenta compensar com a correria. Ele traz ao horror de zumbis a dinâmica e a estética de jogos de tiro e dos filmes de guerra atuais, como se Guerra Mundial Z fosse uma mistura apocalíptica de Call of Duty e Zona Verde, com muita câmera na mão, ação com táticas militares e flerte com o famigerado realismo (ninguém no filme vira atirador de elite da noite para o dia, por exemplo). Pode não ser o melhor filme de zumbis de todos os tempos, mas pelo menos tenta trazer ao desgastado gênero alguma novidade, não só no formato, mas também nas interpretações (superpopulação, aquecimento global etc.). E os remendos no roteiro de fato consertam o final. Alini Diniz Crítica de cinema Do Omelete.com.br

HANNIBAL - 1ª TEMPORADA Introduzir um serial killer na TV aberta era uma proposta ousada, ainda mais quando o assassino em questão é Hannibal Lecter, imortalizado por Anthony Hopkins na trilogia cinematográfica. Hannibal não só propôs o retorno do psicopata criado por Thomas Harris, mas entregou grandes promessas com destreza e de forma sutil,mostrando que séries criminais não precisam ser procedimentais para funcionar. A trama de Hannibal mostra o psiquiatra antes do cárcere, ajudando o FBI a resolver alguns crimes. Mais importante que isso, no entanto, acompanhamos de perto a peculiar relação entre Hannibal Lecter (Mads Mikkelsen) e Will Graham (Hugh Dancy) como médico e paciente, cientista e experimento, colegas de trabalho e amigos. É o relacionamento entre os dois que faz com que a série se destaque entre tantas outras,os desenvolvimentos em suas

personalidades e nas interações com o restante da equipe do FBI. Co-escrito por Harris e Bryan Fuller, idealizador da série, o ótimo roteiro nunca deixa a desejar. Ao introduzir uma série que incita a presença da fórmula "um crime e sua solução por episódio", a atenção do público estadunidense, que acostumou-se ao formato, está capturada. A partir daí é gradativa a mudança de foco, até que nos percebemos não mais interessados na originalidade dos crimes macabros, mas na delicada manipulação de Hannibal em todas as situações a sua volta.

UNIVERSIDADE MONSTROS Muito divertida a continuação, que na verdade é um prelúdio, de "Monstros S.A". Depois de mais dez anos, desde que foi lançado (em 2001), podemos ver como a dupla de assustadores se conheceu na Universidade. A animação coloca o pequeno Mike como protagonista e tem como ponto forte o enredo. Sinceramente, mesmo tendo assistido a versão 3D, não foi nenhum efeito que me chamou a atenção, o que encanta realmente é a história. O LUGAR ONDE TUDO TERMINA Com título original "The Place Beyond the Pines", este filme traz no elenco Ryan Gosling, Eva Mendes e Bradley Cooper e retrata a passagem do tempo e ciclos que se fecham, mas deixam sequelas. Do mesmo diretor de "Blue Valentine", Derek Cianfrance, é um filme dramático e previsível. COMIC-CON Acontece de 18 a 21 de julho,a maior feira de quadrinhos do mundo. Impossível não lembrar de Sheldon Cooper e toda a turma de "The Big Bang Theory". A Comic-con tem se tornado referência para que gosta e atua em

séries de TV, videogames e cinema. DEXTER A última temporada de Dexter,meu serial killer favorito, estreou no final de junho. Onde será que o passageiro sombrio irá parar? SERRA PELADA Estreia em outubro o filme "Serra Pelada", dirigido por Dhalia (O Cheiro do Ralo). O filme se passa nos anos 80 e mostrará a vida na maior mina a céu aberto dos últimos tempos. Na trama, Juliano (Juliano Cazarré) e Joaquim (Júlio Andrade) chegam à floresta amazônica para trabalhar no garimpo. Mas o sonho da riqueza, do ouro e a ganância transformam Juliano e Joaquim,acabando com a amizade dos dois. O longa traz ainda no elenco Wagner Moura. FÉRIAS E SESSÃO DA TARDE Para quem está de férias,a programação da TV aberta tem opções para os mais jovens nesta semana. Na segunda-feira,a Sessão da Tarde terá "O Grande Dave, já na terça será "Bee Movie", na quarta "Peter Pan", quinta-feira "O Cachorro Bombeiro" (se não tiver um filme com animal não é sessão da tarde) e na sexta "Dragonball Evolution".

DIÁLOGOS DE FILMES... - Tivesse eu os céus bordados em tecidos envolvidos por luz dourada e prateada, tecidos claros e escuros representando o dia e a noite, eu os espalharia sob seus pés... - Mas, como sou pobre, tenho apenas meus sonhos. - Espalhei meus sonhos sob seus pés. - Caminhe suavemente: você pisa em meus sonhos. (Nunca Te Vi, Sempre Te Amei, 1986, EUA).


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Sociais Now!

CEDIDA

Imagina hoje à noite a gente se perder. Imagina hoje à noite a lua se apagar.

Diego Pinheiro diegobradok@hotmail.com twitter e instagram: @diegolpinheiro www.colunistadiegopinheiro.blogspot.com

(Chico Buarque)

SEGUIR EM FRENTE... Não existe amor errado! Aqui pensando e imaginando o quanto as pessoas sofrem de graça em relacionamentos que sabem que não darão certo, que não tem expectativas, que vivem de mentiras e pensamentos ruins. Querido amigo leitor, continuar em algo que não serve para o coração é burrice. Confundir o que é verdadeiro com comodidade é só o que vejo por ai... Há sempre uma voz de amor batendo na porta, basta se conscientizar do que é bom, do que vale a pena, do que lhe faz sorrir. A partir do momento que os sorrisos dão vez as lágrimas é hora de deixar tudo pra trás e recomeçar. E, tenham certeza, recomeçar não é tão difícil assim. Basta acreditar no tamanho do seu coração e na bondade que há nele de seguir em frente... CEDIDA

MISS MOSSORÓ Como estou escrevendo esta coluna antes do resultado do Miss Mossoró, deixo aqui o meu entusiasmo com o concurso, que elege nossa representantes para o Miss RN. Com a certeza que todas são vencedoras, anuncio com fotos na próxima semana. Outra coisa legal é que quem participou levou uma lata de leite em pó que será doada à instituições.

Indianara Ferraz, uma das candidatas do Miss Mossoró CEDIDA

NÍVER(ES)

GLAM Na oportunidade do Miss Mossoró, George Azevedo aproveitou para lançar mais uma edição da sua revista Glam, que tem na capa os cantores Giannini e Thábata.

HOJE Jacyara Coelho Vanuzia Freitas Glauber Almeida Rosângela Fernandes Cynthia Roberta Ana Caroline Talita Pascally André Arruda

MEDICINA A Ufersa contará com turmas de Medicina em Mossoró e Assu. Excelente notícia,mas esperamos que comecem o mais rápido possível a estruturação dos cursos, principalmente na cidade do Assu.Serão mais de 70 vagas para novos profissionais. Só esperamos que alguns deles fiquem por aqui! Estamos precisando.

Priscila Pinheiro, uma das candidatas do Miss Mossoró

AMANHÃ Buxexa Inala Flávia Adriana Ranieri Oliveira Ana Luiza TERÇA-FEIRA Gina Santos Marcos Antônio Paulo Jorge Paulo Morais Katiana Azevedo Pablo Rodolpho

E MAIS... *Essa história de plebiscito que custa R$ 500 milhões é para enganar a quem? Isso sim o povo brasileiro não deve aceitar de maneira alguma. *O Thermas Hotel e Resort já preparou uma programação especial para o mês de julho. Durante a semana, estará oferecendo uma tarifa reduzida de 68%. *O vereador Francisco Carlos foi quem mais ofereceu emendas neste primeiro semestre da Câmara, chegando a 145 e o vereador Francisco José Júnior chegou a 139 emendas. Que continuem assim. *A prefeita Cláudia Regina não pára. Até durante a noite faz visita à obras pela cidade. Durante a semana esteve no Conjunto Márcio Marinho vendo de perto como anda a drenagem do bairro que está sendo efetivada pela Prefeitura. *A Skill está com promoção para o Curso Intensivo de Ingês Básico. Vá à sede, há sempre um bom desconto. A Skill está localizada na Rua Pedro Velho, 115 – Santo Antônio. Fone 3316-7070. *Sejam felizes! Bom domingo!

Jacyara Coelho, uma das candidatas a Miss Mossoró

MOSSORÓ DE TODOS OS TEMPOS No programa Mossoró de Todos os Tempos,reprise hoje, o entrevistado é Antônio Lopes, meu padrinho, proprietário da Madeireira Lopes. Homem de bem, que tem tanta boa história para contar. Ele me mostra todos os dias o quanto é simples ser feliz...

CEDIDA

Candidatas a Miss Mossoró em pose para a posteridade

CEDIDA

Georgiano Azevedo cuidando de cada detalhe

FOTOGRAFIA Mossoró recebe nos dias 10 e 11 de julho,no Hotel VillaOeste o "Mossoró Fusion Workshop". Serão dois dias de curso,das 8h às 18h,abordando diversos assuntos da área de photoshop e fotografia. Entre os palestrantes estão Kauê Luz e Leonardo Luz,profissionais que já participaram do Photoshop Conference-SP, maior evento de da América Latina.Inscrições através do www.mossorofusion.com.br.

Pessoas especiais são fáceis de se encontrar. Basta fechar os olhos” A FRASE DA SEMANA - AUTOR: ANÔNIMO

QUARTA-FEIRA Aleksandro Ferreira Manoel Paixão Emerson Borges André Cunha Raquel Melo

THE END “Quando tudo está perdido sempre existe um caminho, quando tudo está perdido, sempre existe uma luz, mas não me diga isso. Hoje a tristeza não é passageira,hoje fiquei com febre a tarde inteira e quando chegar a noite, cada estrela aparecerá uma lágrima. Queria ser como os outros e rir das desgraças da vida ou fingir está sempre bem. Vê a leveza das coisas com humor, mas não me diga isso. É só hoje e isso passa, só me deixe aqui quieto,isso passa.Amanhã é um outro dia, não é? Eu nem sei porque me sinto assim,vem de repente um anjo triste perto de mim. E essa febre que não passa e o meu sorriso sem graça. Não me dê atenção, mas obrigado por pensar em mim. Quando tudo está perdido sempre existe uma luz, quando tudo está perdido sempre existe um caminho,quando tudo está perdido eu me sinto tão sozinho, quando tudo está perdido não quero mais ser quem eu sou, mas não me diga isso, não me dê atenção e obrigado por pensar em mim”, Renato Russo.


RAIO-X

4

Letícia Cannavale, a Lívia de "Sangue Bom", ressalta suas várias facetas dentro da carreira de atriz

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

RITOS DE PASSAGEM NO AR EM "TAPAS & BEIJOS", MALU RODRIGUES FALA DOS CONFLITOS DE GERAÇÃO QUE VIVENCIA DENTRO E FORA DA TEVÊ

VELHOS HÁBITOS 12

MULTISHOW APOSTA EM COMÉDIA POPULAR E PRESENÇA DE PLATEIA EM NOVA SÉRIE DE HUMOR


2 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Zapping

Editor do suplemento: Maxwell Ferreira - maxwell_ferreira@hotmail.com Fotos: Jorge Rodrigues Jorge, Luiza Dantas e Pedro Paulo Figueiredo/Carta Z Notícias

AGORA VAI Em meio a dúvidas e incerteza, a produção de "Os Milagres de Jesus" segue normalmente.Os primeiros trabalhos estão sendo feitos pela Academia de Filmes, produtora parceira da emissora paulista nesse projeto. Os testes iniciais de figurino e luz estão sendo feitos.

MENINA MULHER O clima praiano da trama de Walther Negrão combinou com Débora Nascimento.A intérprete de Taís sempre foi ligada ao ambiente de praia e esportes assim como sua personagem. "Ela é muito moleca e eu também. Subo em árvore, andei de kart, joguei volêi, basquete e até futebol", compara ela, que se identificou bastante com o texto do autor e, pela primeira vez, se concentrou em ler além de suas falar. "Ele entrega tudo de mão beijada. Muito bem escrito e desenhado.Ao longo dos capítulos,você vai percebendo as sutilezas do texto", elogia.

NO CRONOGRAMA Com estreia prevista para o dia 15 de julho, "Chiquititas" já tem seu número de capítulos fechado. Segundo o diretor-geral Reynaldo Boury, o folhetim contará com 300 capítulos. CORTEM AS CABEÇAS O período é de contenção de despesas para algumas emissoras. Assim como a Record, a RedeTV! também voltou a demitir alguns profissionais. Após encerrar o "Feira do Riso", o canal extinguiu "O Último Passageiro", apresentado por Mário Frias. O ''gameshow'', que está no ar desde 2010, saiu da grade e sua equipe acabou sendo desmontada. Entretanto, Mário Frias segue contratado. TROCA-TROCA O público não terá a chance de ver a reprise de "Cobras & Lagartos" em breve, novamente. A Globo decidiu que, pela segunda vez, "O Cravo e A Rosa" ocupará o horário do "Vale a Pena Ver de Novo". O folhetim é de Walcyr Carrasco, que atualmente é autor de

REPETECO O Multishow decidiu investir novamente na dobradinha de sucesso entre Paulo Gustavo, humorista sensação do momento, e a cantora Ivete Sangalo no ''Prêmio Multishow''. A dupla será responsável por comandar a premiação, que acontece dia 3 de setembro, na Arena da Barra, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, com transmissão ao vivo na tevê e na web NOVO LUGAR Gugu pode estar prestes a fazer seu retorno ao SBT. A alta cúpula da emissora de Silvio Santos sugeriu colocar o apresentador nas noites de sábado em vez de domingo. A ideia é que, com a saída de Rodrigo Faro desse horário, há uma possibilidade de índices maiores de audiência. COM O BLOCO NA MÃO Cerca de 150 jornalistas da Globo, em São Paulo, fizeram um abaixo-assinado contra a violência sofrida pelos profissionais da área durante a cobertura das manifestações que aconteceram em todo país nas últimas semanas. Eles reclamam de serem alvo dos manifestantes e policiais e questionam a falta de ação do Sindicato dos Jornalistas, que responde pela categoria, se dizendo "abandonados". ELENCO ENXUTO O elenco de "Amor à Vida" sofrerá algumas baixas em breve. Para evitar a superlotação de personagens, alguns núcleos passarão por cortes. A personagem de Nathália Rodrigues, a enfermeira Elenice, por exemplo, será morta por Glauce, interpretada por Leona Cavalli. A direção do folhetim de Walcyr Carrasco acredita que há muitos núcleos polêmicos.

MESTRE CUCA A carreira de ator não é a única paixão de Joaquim Lopes. O intérprete do simpático Lucindo,de "Sangue Bom'', também é formado em Gastronomia. Para ele, cozinhar também é uma arte que afeta os diferentes sentidos do homem assim como a atuação. "É uma paixão de criança.É uma coisa muito forte dentro da minha casa. Uma homenagem à minha avó",explica o ator,que ainda tem planos de abrir seu próprio restaurante no futuro. "No momento, estou focado na minha carreira de ator e penso muito na novela.Mas os projetos vão chegando e a gente vai vendo. Quando terminar, espero me programar", torce.

ONIPRESENTE João Kleber se tornou a grande aposta da RedeTV! e a luz no fim do túnel para a crise do canal. À frente do ''Você na TV'' e do "Teste de Fidelidade", o apresentador irá ganhar um terceiro programa com as boas e velhas pegadinhas. O piloto já foi gravado. A dúvida restante é quanto à peridiocidade. Atualmente, João aparece de segunda a domingo no canal. Durante a semana, com o matinal "Você na TV", e nos fins de semana, com o ''Teste de Fidelidade''. SUCESSO INTERNACIONAL Um dos maiores índices de audiência no Brasil, "Terra Nostra" voltou a ser exibida na Venezuela. O folhetim de Benedito Ruy Barbosa é sucesso de exportação da Globo e foi vendido para mais de 95 países. A trama é protagonizada por Thiago Lacerda e Ana Paula Arósio. DE VOLTA De folga das novelas desde "Aquele Beijo'', Fiuk terá um papel de destaque em ''Além do Horizonte'', próxima trama das sete. Na história de Carlos Gregório e Marcos Bernstein,ele será William, um rapaz bom e justo, mas amargurado por algumas situações que a vida lhe impôs, como o sumiço repentino de seu irmão e tia.


Sobre a mídia

Aline Linhares

alineolinhares@hotmail.com Twitter: @alinelinhares Site: www.alinelinhares.com.br

DESTAQUE

PROGRAMAÇÃO A TV Mossoró está crescendo e se aperfeiçoando a cada dia. Assista de segunda a sexta, ao meio-dia, Observador Político; às 13h15, Linha de Fogo; às 15h15, Espaço 7; às 17h30, Mossoró Comunidade; às 18h30, Mossoró Notícias; e às 19h, Esporte no 7. Semanalmente você confere os programas Mercado Imobiliário - com Tuca Viegas, as terças Forrozão na TV - com Railson Carlos, quartas Mossoró Saúde - com Hildegard Mota e as quintas A Hora do Vaqueiro - com J. Nilson. Todos esses programas semanais começam às 20h. Você confere a programação pelo canal 7 em TV aberta, canal 24 na TV a cabo ou pelo www.tvmossoro.tv. TV Mossoró uma nova TV.

TVGazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 2 de junho de 2013

São os homens que mais me surpreendem na humanidade. Porque perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem dinheiro para recuperar a saúde. E por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem do presente de tal forma que acabam por não viver nem o presente nem o futuro. E vivem como se nunca fossem morrer e morrem como se nunca tivessem vivido" - Dalai Lama.

REGISTROS

#Um registro triste é a perda, a partida do meu querido padrinho Xavier Oliveira, ex-goleiro do Baraúnas. A cada um da família os nossos sentimentos, em especial a madrinha Wilma. Deus os conforte. #Chrystian de Saboya esteve semana passada em Mossoró para últimos detalhes da festa Burburinho. #A estudante de Comunicação Social - Uern - Samantha Rebouças é nova produtora do programa Esporte no 7 da TV Mossoró. #A blogueira Flávia Pipolo é apresentadora do programete Fica a Dica, exibido na Sim TV Natal. #Já circula por Mossoró a revista Foco Nordeste, editada em Natal. Hoje também tem o lançamento da revista Bzzz, também de Natal, entrando no mercado mossoroense. #A colunista e blogueira Simone Silva é toda sorriso constantemente, mas por esses dias mais feliz pela boa repercussão do seu site no RN. Leio também! #Wanderlânia Lima já avisa para guardarmos a data de 28 de julho. Ela comemorará seu aniversário com um pretinho básico: a nossa boa e velha feijoada. #O colunista social Marcos Henrique, da cidade de Assu, continua realizando e abalando com suas festas e promoções na terra dos poetas. #A diretora da Quattro Comunicação, Mirella Ciarlini, diz que a próxima edição da Revista Top está em fase final de produção. Nos próximos dias será rodada a Top Sabor, que está com publicação marcada para o dia 17 de julho. #Érika Zuza, do site No Minuto.com, sempre muito antenada e com bom conteúdo na sua coluna Ser Mídia. #O técnico de áudio da Difusora AM, Eyjane Oliveira, agora é blogueiro. O endereço é http://antoniomartinsnews.blogspot.com.br/ e os assuntos principais são os acontecimentos da cidade de Antônio Martins. #O apresentador, repórter, jornalista e cosmopolita Nélio Júnior prepara o seu Blog do Intercâmbio. Mas mesmo antes do espaço virtual ficar pronto ele já viaja e posta suas fotos no Instagram. #Jota Belmont - Difusora AM - fez a vez de modelo, no estúdio de Ricardo Lopes, para complementar as novidades do seu blog www.jbelmont.com.br. #O jornalista Andrey Ricardo oficializou semana passada o pedido de noivado a Clara Amanda, sua namorada, seu amor. Muitas felicidades ao casal.


4 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Raio-x

Faz e acontece Letícia Cannavale, a Lívia de "Sangue Bom", ressalta suas várias facetas dentro da carreira de atriz POR LUANA BORGES TV PRESS

A

proatividade faz parte de Letícia Cannavale.No ar como a Lívia de "Sangue Bom", a atriz se acostumou a produzir trabalho para si mesma ao longo dos 12 anos de carreira.E nunca se viu na dependência de convites para conseguir realizar seu ofício."Sou muito apaixonada por interpretar. Cinema, teatro ou televisão: o veículo que for me interessa", exalta ela, que também é professora de Artes e de Teatro e cuida de um pólo de cultura onde produz documentários em comunidades. E foi justamente por sua atuação nos palcos que Letícia foi chamada

para a novela de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari pelo produtor de elenco André Reis. "Fiquei feliz demais. Ele é uma pessoa que faz questão de assistir a teatro e a filmes para conhecer atores", empolga-se. Com várias participações na tevê acumuladas no currículo como em "Insensato Coração", "A Favorita" e "Malhação", entre outras -, esta é a primeira vez que Letícia encarna uma personagem fixa em um folhetim. Como, na trama, Lívia é mãe de Bento, protagonista de Marco Pigossi,os dois atores tiveram um encontro, durante as gravações em São Paulo, para trocar informações sobre os papéis.

Letícia Borges Cannavale A que gosta de assistir: "Boas reprises no canal Viva". A que nunca assistiria: Programas de jornalismo sensacionalista. O que falta na televisão: Ousadia. O que sobra na televisão: "Personagens sem carisma". Ator favorito: Ricardo Darín. Atriz predileta: Penélope Cruz. Com quem gostaria de contracenar: "Com Augusto Garcia, meu marido". Se não fosse atriz, o que seria: Professora. Humorista: Rodrigo Sant'anna e Thalita Carauta, do "Zorra Total". Novela preferida: "Renascer", exibida pela Globo em 1993. Cena inesquecível na tevê: "A morte de José Inocêncio (Antônio Fagundes) em 'Renascer'". Vilão marcante: "Carminha, sem dúvida!", personagem de Adriana Esteves em "Avenida Brasil". Personagem mais difícil de compor: "Mocinhas quando são boazinhas demais...". Papel que mais teve retorno do público: "Foi em teatro. A Selminha de 'O Beijo no Asfalto'". Melhor bordão da tevê: "Tô certo ou tô errado?", de Lima Duarte em "Roque Santeiro". Melhor programa de humor: "'Os Normais' era muito divertido". Que novela gostaria que fosse reprisada: "'Casarão'. Ouço tanta gente falando dessa novela..." Que papel gostaria de representar: "A vilã. Sempre!" Par romântico inesquecível: Leonardo Vieira e Patrícia França em "Renascer". Com quem gostaria de fazer par romântico: "Com meu marido, o ator Augusto Garcia". Filme: "Gritos e Sussurros", de Ingmar Bergman. Livro de cabeceira: "Leio muito. Agora estou lendo 'O Lustre', de Clarisse Lispector". Autor predileto: Nelson Rodrigues. Diretor favorito: Ingmar Bergman. Vexame: "Chegar sem o texto decorado e estudado". Uma mania: "Tenho sempre cristais e pedras comigo quando vou interpretar. Ao menos um eu sempre carrego". Um medo: "De perder a voz ou esquecer o texto em cena". Projeto: "Continuar interpretando personagens até o fim da vida".


TVGazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Bastidores

DENTRO DE CASA XX"MALHAÇÃO" SE RENOVA LONGE DA ESCOLA PARA ABORDAR CONFLITOS FAMILIARES

POR MARCIO MAIO TV PRESS

P

ermanecer no ar por quase duas décadas é um grande feito para qualquer programa de tevê. Mas a temporada de "Malhação" que se inicia nesta semana chega com uma característica ainda mais especial que os 18 anos completados no último mês de abril. Depois de estrearem o programa em 1995, Patrícia Moretzsohn e Ana Maria Moretzsohn se juntam,mais uma vez.Agora,para dar nova cara ao seriado adolescente da Globo. E deixam totalmente em segundo plano as relações escolares para abordar mesmo os assuntos que se passam dentro de casa."É uma história de família e feita também por uma família. Vamos mostrar enredos, angústias e dilemas vividos por jovens de todas as gerações.Além de discutir as novas organizações familiares a partir de um casal que reúne seus seis filhos de casamentos diferentes", adianta o diretor de núcleo, Dennis Carvalho. A trama gira em torno da família de Anita e Sofia, papéis de Bianca Salgueiro e Hanna Romanazzi.As duas são filhas de Vera e Caetano, vividos por Isabela Garcia e Paulo Betti, mas seus pais são separados e, atualmente, casados com outros parceiros.Ele namora Bernardete,de Fernanda Souza.Já a mãe se casa com Ronaldo, interpretado por Tuca Andrada, que compra um grande casarão no Grajaú, Zona Norte do Rio, para morar com seu casal de filhos, as duas filhas

de Vera e o caçula, fruto da relação com a atual esposa. Isso sem contar com Ben, de Gabriel Falcão,o mocinho da vez. O rapaz chega dos Estados Unidos para morar com o pai, Ronaldo, formando um triângulo com as filhas da madrasta.Anita se apaixona por ele antes mesmo de saber sobre o "parentesco",mas ele só tem olhos para Sofia. Esse conjunto soma muitos atores em um único cenário, o que pode dificultar a direção-geral de Vinícius Coimbra."Neste início,ensaiamos muitas vezes para que o elenco se acostume com as deixas, acerte o ritmo e, assim, tenha uma energia boa nas gravações. Depois de um tempo, isso fica mais natural", avalia Vinícius. Por ter boa parte de sua história ambientada no bairro do Grajaú, a cidade cenográfica desta 21ª temporada foi inspirada na região. Mas, assim como as desenvolvidas para o seriado anteriormente, não é uma reprodução. "Criamos um centro comercial,com uma papelaria em volta da praça. A vizinhança fica entre prédios e casas bem diversificadas", conta o cenógrafo Paulo Renato. Além da praça principal, a cidade conta com pista de skate,bosque com aparelhos de ginástica, um salão de beleza e as fachadas do casarão de Ronaldo e Vera e da residência da vilã Maura, vivida por Alexandra Richter.Por se tratar de um imóvel velho e em reforma, tanto os cenários quanto o exterior do casarão passarão por transformações ao longo desta temporada. A experiência de Vinícius Coimbra no cinema traz benefícios. Adepto de imagens com profundidade valorizada, o diretor optou por uma cidade cenográfica mais ampla. Porém, outro detalhe o ajuda a alcançar o objetivo desejado nas cenas que envolvem atividades esportivas."Os colégios Destaque,de

ensino médio, e Santa Margarida Ebner, de ensino fundamental,funcionam em locações de verdade. Com isso, temos campo de futebol,piscina e quadra de vôlei com tamanhos reais",explica ele,orgulhoso por ter tirado esses ambientes de dentro do Projac, complexo de estúdios e cidades cenográficas da Globo. Para reafirmar o conceito de alcançar a família a partir de seus conflitos, a equipe conta com um detalhe que dá certo charme à abertura do programa.A trilha escolhida foi a canção "Família", da banda Titãs. Mas a gravação, embalada pelo clima de agregação desta temporada, não poderia se aproximar mais da proposta das autoras. "A música foi regravada pelo Nando Reis e seus três filhos, que são músicos. A gravação casou muito bem com o que a gente quer fazer", diz Dennis. "Malhação" - Globo - Segunda a sexta, às 17:40 h. Quem é quem: Núcleo do casarão Ronaldo (Tuca Andrada) Namora Vera (Isabela Garcia), com quem teve o filho Pedro (Marlon Queiroz). Também é pai de Giovana (Bruna Griphao) e Vitor (Eduardo Mello).Vendeu um restaurante para comprar um casarão e, assim,se casar e juntar seus filhos e os da atual esposa sob o mesmo teto.Trabalha como gerente do antigo negócio e faz tudo pelo bem de sua família. Vera (Isabela Garcia) - Mãe de Anita (Bianca Salgueiro) e Sofia (Hanna Romanazzi), se separou de Caetano (Paulo Betti) há anos. É formada em jornalismo,mas nunca exerceu a profissão.Doceira,ajuda nas contas de casa vendendo quitutes. Anita (Bianca Salgueiro) Filha mais velha de Vera e Caetano, é uma menina realista

que sonha ingressar na faculdade de arquitetura.Namorou Martin (Hugo Bonemer) por dois anos e se apaixona por Ben (Gabriel Falcão). Sofia (Hanna Romanazzi) - Vaidosa, popular e descolada, é contra a relação da mãe com Ronaldo. Acha a irmã Anita muito careta e gosta de ser o centro das atenções. Giovana (Bruna Griphao) - Filha de Ronaldo, sonha ser cantora de rock. Por isso, participa do coral da escola, aproveitando as aulas de canto. Vitor (Eduardo Mello) - Fera em vôlei, sonha entrar para a seleção brasileira. Filho de Ronaldo, que exige que o garoto leve os estudos com a mesma seriedade que o esporte. Pedro (Marlon Queiroz) Único filho da relação de Vera e Ronaldo, possui inteligência acima da média e é extremamente maduro.Através dele, a série abordará a questão de como tratar um superdotado. Omar (Pedro Henrique Monteiro) - Fiel escudeiro de Ronaldo, é garçom do restaurante que era do amigo e quer ajudá-lo a se reerguer financeiramente. Benjamin, o Ben (Gabriel Falcão) - Mudou-se para os Estados Unidos quando criança junto com a mãe. Mas sempre sonhou voltar ao Brasil.Conhece Anita, que se apaixona por ele.Mas o rapaz se encanta mesmo é por Sofia. Depois de conhecer as meninas, descobre que é filho do atual padrasto delas.


6 TVGazeta do Oeste

Entrevista

resultado que o público vê

P - Você começou sua c ra de atriz no teatro, mas últimos anos, tem se ded com mais intensidade à t são. É uma decisão ou qu de oportunidade? R - Tenho me dedicado mo à televisão, que é onde me sentido mais estimulad cebo bons convites e estou tante envolvida com a teled turgia até mesmo pelos ass que tenho abordado a part meus personagens. Isso tem xido bastante comigo.

POSIÇÃO DE PESO Vera Holtz passa mais tempo se arrumando e desarrumando do que gravando as cenas de "Saramandaia"

POR MÁRCIO MAIO TV PRESS Na época em que "Saramandaia" foi exibida pela primeira vez, em 1976, Vera Holtz estava se mudando para o Rio. Deslumbrada com a cidade grande - a atriz é natural de Tatuí,no interior de São Paulo - e sem qualquer pretensão de se tornar atriz de tevê, o que ela mais queria era desvendar um mundo novo que se abria. Curiosamente, interpretar a emblemática Dona Redonda no "remake" de Ricardo Linhares traz à tona, mais uma vez, o mesmo sentimento. Primeiro, pela força que a personagem ocupa dentro da própria teledramaturgia nacional. E, principalmente, por todo o cuidado com que é tratada e foi construída. "Até hoje se lembram.Quando se comentava

em readaptar, só se falava da explosão da Redonda. Ela é um ponto de referência muito forte da obra do Dias Gomes e sua criação hoje é inovadora e ousada para as novelas", avalia. Para gravar suas cenas, Vera chega ao trabalho com mais de quatro horas de antecedência. É esse o tempo gasto para colocar todas as próteses que usa e o figurino da rechonchuda da fictícia Bole-Bole. É tanta coisa em cima para aparentar os 250 quilos da personagem que a roupa tem até um sistema de ventilação, para amenizar o calor."E dura no máximo quatro horas. Depois, não funciona mais. É uma composição com prazo de validade diário", explica ela, que gasta mais 90 minutos para se livrar da caracterização.

P - Você trata a Dona Redonda de "Saramandaia" como um personagem ímpar em sua carreira. Que características pontuam isso? R - Sou muito feliz com minha carreira na televisão, mas esse é um personagem de composição. Nos últimos trabalhos, pouco fiquei na sala de maquiagem, minha caracterização era a mais limpa possível. Foi assim em "Passione" e, mais ainda, em "Avenida Brasil". A Dona Candê e a Dona Lucinda não tinham essa necessidade. Era chegar, colocar a roupa e estava pronta para gravar, já que eram mulheres desprovidas de vaidade. Já com a Dona Redonda, além do figurino delicado, temos todo um processo de caracterização incrível. Fico orgulhosa por poder fazer isso e, principalmente, pelo

P - No caso da Dona R da, que assunto traria esse mulo? R - A obesidade é uma ça, assim como o alcoolism uma questão que precisa s cutida,como foi na época e fiz a Santana, em "Mul Apaixonadas". É um assun rio, tanto os alcoólatras co obesos representam uma bo cela da sociedade. A comp pela comida não tem tanta rença da compulsão pelo á Ambos são adictos.

P - Como foi esse proce criação da Dona Redonda R - O mais bacana de fa bre isso é que não foi um de temporal em cima de Tudo ocorreu de forma l gradual e contínua. Prime zemos fotos com a equi efeitos. Depois, foram co cionados os moldes. Esc ram meu corpo e testaram quiagem e próteses. Isso tu chegar à forma, ao tamanh peso, enfim, a esculpir, de a Dona Redonda.

P - E as cenas de comil Você chega a comer mui cena? R - Não posso comer a demais porque pode dar u co de glicose e me prejudica tão,damos uma enganada. zes, parece que estou com doce, mas é algo salgado. mos estudando produtos com ricota, arroz e outras c que, quando eu precisar c não vão me prejudicar. Ma também não quer dizer qu


ê.

arreis, nos dicado eleviuestão

o mestenho da. Reu basramasuntos tir dos m me-

edone estí-

doenmo. É er dism que lheres nto sémo os oa parpulsão a difeálcool.

sso de a? lar sogranmim. lenta, iro, fipe de onfecaneam mado até ho, ao e fato,

ança? to em

açúcar um piar.EnÀs vemendo Estafeitos coisas omer, as isso ue, em

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

alguns momentos, eu não vá me aproveitar para me deliciar com um bom "cupcake" em cena (risos). P - Onde você buscou referências para interpretar uma mulher com mais de 250 quilos? R - Fiz uma pesquisa nos Estados Unidos em cima de "fast foods". Isso para poder observar a forma de andar, postura, essas coisas. Mas, no fundo, quem preenche um personagem é o autor. Procuro encontrar minhas criações na própria dramaturgia. Leio no mundo a forma de andar, de olhar, o comportamento... Só que a essência vem do que o autor me dá. Fui nesses spas de obesidade mórbida, os que são médicos mesmo. Lá, vi e convivi com muitas Donas Redondas. P - De todos os efeitos visuais de "Saramandaia", a caracterização de Dona Redonda é um dos que mais impressionam. Como funciona? R - É uma montagem que leva mais de quatro horas. Depois, tem um tempo de validade para essas próteses. Não posso ficar gravando por horas, horas e horas. Normalmente, seguro umas outras quatro horas. Fui uma das últimas a começar a gravar por isso, porque é um processo mais complicado e tudo tinha de estar perfeito. Dependo 100% da equipe. Não existo se não tiver um grupo imenso ao meu redor. P - Que pessoas são essas? R - São desde maquiadores, cabeleireiros e camareiras a pessoas responsáveis pelas próteses físicas de braços, pernas e rosto. A cada dia,a gente descobre uma novidade sobre essa caracterização, porque ela se comporta de maneiras diferentes dependendo das condições de temperatura que a gente tem, do figurino que é usado,de onde estamos gravando...É tudo orgânico,então se eu estiver em externa, embaixo de sol, é uma realidade. Já em estúdio e com ar-condicionado, é outra. E para tirar também não é fácil.Leva,no mínimo,mais uma hora. Tem um carrinho especial, maior, que anda comigo para ci-

ma e para baixo na Globo. Eu até consigo andar, mas é um trabalhão. E um calor! Uso macacão de ventilação interna para amenizar. P - O que você faz durante essas quatro horas em que a equipe aplica as próteses em você? R - Seria ótimo se eu pudesse fazer alguma coisa. Para que tudo fique certinho é necessário que eu permaneça parada, imóvel, durante todo o tempo. É um intenso trabalho de paciência.Mas o que nos motiva é ser algo novo para toda a equipe e, inclusive, para o público brasileiro. É uma tecnologia para lá de ousada para ser usada em uma novela. P - Muitas atrizes não gostam de associar sua imagem a mulheres obesas. Como funciona sua vaidade em relação a um trabalho como esse? R - Eu sou da geração Barbie e Twiggy (Twiggy Lawson, britânica considerada a primeira "top model" do mundo). Essas eram as referências de beleza da minha geração e isso sempre foi um trauma para a gente (risos). Mas tudo bem, eu ia para a Índia e na Índia é legal ser gordo. Eu fazia um sucesso lá! Bom, eu não ligo para esses valores estéticos. O que tenho é uma preocupação grande com minha saúde. Me importo com o que meu apetite aguenta e, ao mesmo tempo, com o que eu, com 60 anos, posso comer e fazer. A vida vai se limitando com o passar do tempo e venho me preparando para isso há anos. Quero chegar bem na minha data de validade.

TVGazeta do Oeste 7

SEDE DE CONHECIMENTO Uma das principais características de Vera Holtz, segundo a própria atriz, é sua curiosidade aguçada. E foi justamente isso que a levou para os palcos. Em sua busca por suportes para a criação, primeiro descobriu a música, dando até aulas. Chegou a se formar em Artes Plásticas, mas foi o teatro que conseguiu prender a atenção da tatuiense, que completa 60 anos no próximo mês. "Sempre quis me abastecer e comecei a atuar em 1979. Passei muito tempo entre peças, até que ingressei na tevê. Até 'A Muralha', em 2000, me dividi bem. Depois, mergulhei mais fundo na teledramaturgia", lembra. Mesmo com uma carreira pontuada por personagens emblemáticos nas novelas,como a traída Sirléia de "Por Amor", em 1998, e a alcoólatra Santana, de "Mulheres Apaixonadas", em 2003, Vera assume que seus últimos papéis tiveram um significado especial em seu currículo.Primeiro,porque tanto a Dona Candê, de "Passione", quanto a mãe Lucinda, de "Avenida Brasil", mostraram-na de cara limpa, sem qualquer glamour em cena. E, no caso da última, que vivia em um lixão, pela abertura que conquistou com o público infantil. "Mãe Lucinda virou uma entidade em minha vida. As pessoas pedem bênção, deitam no meu colo, enfim, desenvolveram um afeto incrível por mim", explica.

TRAJETÓRIA TELEVISIVA # "Que Rei Sou Eu?" (Globo, 1989) - Fanny. # "Top Model" (Globo, 1989) - Irma Lamer. # "Desejo" (Globo, 1990) - Angélica. # "Barriga de Aluguel" (Globo, 1990) - Dos Anjos. # "Vamp" (Globo, 1991) - Alice Penn-Taylor. # "De Corpo e Alma" (Globo, 1992) - Simone Guedes. # "Fera Ferida" (Globo, 1993) - Querubina Praxedes de Menezes. # "A Próxima Vítima" (Globo, 1995) - Quitéria. # "O Fim do Mundo" (Globo, 1996) - Florisbela Mendonça. # "Por Amor" (Globo, 1997) - Sirléia Batalha Pereira. # "Chiquinha Gonzaga" (Globo, 1999) - Dona Ló. # "A Muralha" (Globo, 2000) - Mãe Cândida Olinto. # "Uga Uga" (Globo, 2000) - Santa. # "Presença de Anita" (Globo, 2001) - Marta. # "Desejos de Mulher" (Globo, 2002) - Bárbara Toledo. # "Mulheres Apaixonadas" (Globo, 2003) - Santana Gurgel. # "Cabocla" (Globo, 2004) - Generosa. # "Belíssima" (Globo, 2005) - Ornela Sabatini. # "O Profeta" (Globo, 2006) - Ana. # "Paraíso Tropical" (Globo, 2007) - Marion. # "Três Irmãs" (Globo, 2009) - Violeta. # "Passione" (Globo, 2010) - Candê. # "Avenida Brasil" (Globo, 2012) - Lucinda. # "Saramandaia" (Globo, 2013) - Dona Redonda.


8 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Crônica

Pelas beiradas "FLOR DO CARIBE" TEM NÚCLEO CENTRAL FRACO, MAS EMPOLGA COM PERSONAGENS SECUNDÁRIOS POR AMANDA ROLIM TV PRESS

A

obra de Walther Negrão sempre passeou por vários estilos e estéticas. Em suas tramas praianas, como "Top Model" - parceria com Antônio Calmon -, de 1989, e "Tropicaliente", de 1994, o autor soube equilibrar o clima solar com uma história central realmente cativante. Na atual novela das seis, "Flor do Caribe",apenas o sol, o mar e personagens secundários se destacam. São nos núcleos de apoio que se encontram os personagens mais interessantes da novela. Como a família de Quirino e Doralice, vividos por Aílton Graça e Rita Guedes. Incomodada

com a relação do filho Juliano, de Bruno Gissoni, com uma mulher mais velha, a empregada doméstica tenta separar o casal de maneira sutil. Sem tramoias ou vilanias,apenas com diálogos verossímeis a qualquer mãe que assiste ao folhetim. Aliás,Rita é um grande destaque em termos de atuação entre o elenco. Em seu primeiro papel sem apelar para suas formas voluptuosas, a atriz tem mostrado que está preparada para voos mais altos em sua carreira.Outros nomes também se sobressaem do geral, como o de Veridiana e seus netos Candinho, Lino e Dadá, encarnados pela veterana Laura Cardoso e os novatos José Loreto, José Henrique Ligabue e Renata Roberta. O quarteto demonstra muito entrosamento em frente às câmaras. Diferenciados dos demais por serem os únicos do folhetim com sotaque nordestino, eles conseguem fazer tanto comédia quanto drama.

Em contrapartida,o núcleo central da novela é o que menos empolga. Em parte pela história, que começou como uma aventura e agora se encontra estagnada em uma luta velada de poderes entre o mau-caráter Alberto e o bom moço Cassiano, vividos, respectivamente, por Igor Rickli e Henri Castelli. Mas também pela falta de ação entre os protagonistas. Entretanto, as sequências estreladas pelo vilão de Rickli são as que mais incomodam. Estreante no universo da teledramaturgia, ele ainda não encontrou o tom adequado para seu personagem. Assim, seu texto, que já perde muito pela grande quantidade de clichês, acaba soando pouco crível. Apesar de mostrar um certo progresso em relação aos seus trabalhos anteriores, Grazi Massafera ainda está longe de mostrar capacidade de sustentar o papel principal de um folhetim.Inexpressiva em grande parte da trama, ela não conse-

gue passar a intensidade necessária às suas cenas. Dessa forma,despreparada para assumir a responsabilidade de interpretar a mocinha,ela entrega o protagonismo de "Flor do Caribe" nas mãos das personagens de Rita Guedes e Daniela Escobar. No entanto,o fraco desempenho do trio de protagonistas parece não atingir o Ibope do folhetim.Com média em torno de 27 pontos, "Flor do Caribe" se destaca em comparação com as últimas tramas do horário das seis.Sobretudo em relação a "Lado a Lado", que, apesar de muito bem feita,derrubou a audiência da faixa e teve média final de 18,2 pontos. Os bons números da novela atual, inclusive, demonstram que Walther Negrão retomou a sintonia com o público,façanha que não conseguia desdequeescreveuainfantil"Era Uma Vez", exibida em 1998.


TVGazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Close

RITOS DE PASSAGEM NO AR EM "TAPAS & BEIJOS", MALU RODRIGUES FALA DOS CONFLITOS DE GERAÇÃO QUE VIVENCIA DENTRO E FORA DA TEVÊ POR GERALDO BESSA TV PRESS

A

madurecer é uma prova de fogo para qualquer adolescente. Principalmente, a passagem para os 20 anos, onde, além de traçar rumos profissionais, é preciso encarar as dificuldades do cotidiano de frente. De forma antagônica, aos 19 anos, Malu Rodrigues vivencia esse momento de crescimento pessoal e profissional dentro e fora da tevê. Na pele da despojada Bia,de "Tapas & Beijos", a atriz mergulha no universo de uma jovem que demorou a entender a separação dos pais e a aceitar uma nova madrasta, mas que agora começa a trabalhar para garantir seu sustento. Fora dos estúdios, a atriz lida com as incertezas da profissão que escolheu."Apesar de termos a mesma idade, minha personagem sempre foi mais imatura do que eu. Sempre tive foco nas escolhas e nas oportunidades profissionais que apareceram. Ela agora está passando por isso. E olha que legal, assim como eu, através do canto", ressalta. A empolgação de Malu com as novas nuances de Bia na terceira temporada do seriado é evidente.Tudo porque, além de trabalhar no restaurante de Chalita,de Flávio Migliaccio, a personagem começou a cantar na La Conga,boate nada comportada e comandada por seu pai, Jorge, de Fábio Assunção. "Foi uma brincadeira do (autor) Claudio Pai-

va e do (diretor) Maurício Farias. Eles foram me assistir no teatro e me perguntaram se eu conseguiria cantar fora do contexto de um musical. Respondi: 'canto qualquer coisa'", explica, aos risos. No caso de Malu, a intimidade com falsetes,graves e agudos vem desde a infância. E se intensificou com a ajuda dos "papas" dos espetáculos musicais em terras brasileiras, Charles Möeller e Claudio Botelho, que já a dirigiram em versões premiadas de clássicos como "O Despertar da Primavera", "A Noviça Rebelde", "Um Violinista no Telhado" e, mais recentemente, "O Mágico de Oz". "Minha prioridade sempre foi a música, em especial, os musicais. Mas não é por isso que eu vou fechar as portas para outras formas de atuação", analisa. Incentivada pela família e pelo meio teatral, Malu começou a fazer testes para a tevê e estreou no especial "O Pequeno Alquimista", de 2004. Na sequência,atuou em pequenos papéis em séries como "JK" e novelas como "Três Irmãs". Até que seu rosto angelical e olhos profundamente azuis foram vistos pela produção de "Tapas & Beijos" e considerados perfeitos por se assemelharem ao perfil de Fábio Assunção. "É uma delícia fazer parte da série. Fui chamada para apenas uma participação.Mas outras cenas foram aparecendo e fui ficando", valoriza. O esquema de gravação de "Tapas & Beijos", inclusive, é outro ponto que chama a atenção de Malu. Por gravar apenas de segunda a quinta, a atriz está sempre livre nos dias mais tradicionais do teatro. "Raramente gravamos às sextas. E mesmo que tenha alguma cena por fazer, a equipe é muito gentil comigo e me libera", confidencia.

Dedicada apenas ao seriado no momento, Malu vem de um primeiro semestre bem conturbado, onde teve de conciliar as gravações nos estúdios do Projac - no Rio de Janeiro - com as apresentações de "O Mágico de Oz", em São Paulo, e as filmagens de "Confissões de Adolescente", longa de Daniel Filho inspirado na série dos anos 1990. "É mais um trabalho que aborda o amadurecimento, só que de forma mais crua e realista", adianta. O filme, que deve estrear até o final do ano, revelou para Malu um novo processo de trabalho. "O Daniel queria algo bem natural e es-

pontâneo. Sendo assim, a gente chegava no 'set', lia o roteiro e filmava.Sem muito ensaio ou estudo. Foi um aprendizado difícil, mas interessante", elogia a atriz, que já torce pela possibilidade de uma quarta temporada de "Tapas & Beijos" e planeja sua volta aos musicais no ano que vem. "Sou muito nova. Tenho mais é que trabalhar", destaca, com sorriso no rosto.


10 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Resumo

SANGUE BOM

MALHAÇÃO

FLOR DO CARIBE

GLOBO - 17H:50

GLOBO - 18H:15

GLOBO - 19H:10

Segunda (08/07) - Meg pede que Ben reconsidere a ideia de terminar o namoro e voltar ao Brasil. Ronaldo, Vera e os filhos se mudam para o casarão do Grajaú. Anita e Sofia se divertem em Miami, em viagem com o pai, Caetano, e a namorada dele, Bernardete. Gustavo, o dono da papelaria, tenta saber mais sobre a vida de Diva. Giovana diz a Guilherme e Clara que gostaria de ir para os Estados Unidos para cantar. Flaviana afirma para Sofia que conquistará Martin, o ex-namorado de Anita. Maura pede que Sidney a ajude a ter informações sobre a família de Vera e Ronaldo, mas ele não dá atenção à mãe.

Segunda (08/07) - Dionísio oferece a Hélio o cargo de vice-presidente da empresa, em troca de um favor. Carol combina com Lino de voltar à Feira de São Cristóvão no dia seguinte para continuar a procura por Maria Adília. Cassiano sofre um acidente ao explorar a mina com Duque. Yvete avisa a Alberto sobre o desabamento na mina de Duque. Maria Adília fica emocionada ao saber que Lino é seu filho.

Segunda (08/07) - Bárbara finge desmaiar por causa dos repórteres. Silvério revela a Glória que Bento é o seu neto. Bárbara chega ao hospital e é cercada por jornalistas. Bento resiste a Amora e Malu fica feliz. Glória pede para Silvério e Salma esperarem até contar para Bento a verdade. Bolivar tira Bárbara do hospital sem que ninguém a veja. Natan tenta fechar contrato com investidores ingleses. Sueli Pedrosa flagra Maurício e Malu se abraçando e dá o destaque para a notícia. Filipinho desiste da fama. Amora fica intrigada ao ver Caio conversando com Giane. Glória chora no colo de Bento.

Terça (09/07) - Maura afirma a Sidney que encontrará uma forma de expulsar Vera e Ronaldo do casarão. Anita ajuda Bernadete a se livrar dos seguranças que a expulsam do casamento no hotel. Flaviana consegue marcar um encontro com Martin e conta para Sofia. Hernandez conversa com Ben sobre a falta que sentirão um do outro quando ele voltar ao Brasil. Anita repreende Caetano ao descobrir que ele adiou as passagens de volta para o Brasil por causa dos negócios. Sofia e Bernardete vão fazer compras e Anita vai sozinha a uma loja buscar uma encomenda para o casamento de Vera. Quarta (10/07) - Pedro é seguido por um cão na rua e a família resolve permitir que o menino adote o animal. Hernandez e Ben se divertem nos últimos dias juntos em Miami. Ramon, um colega de Ben, convida o rapaz para trabalhar na festa do Rei do Rum. Ronaldo encontra uma infiltração no casarão. Vitor pede para entrar no time de vôlei dos garotos da rua, mas é ignorado. Ben ajuda Hernandez a fazer entregas em seus últimos dias nos EUA e chega na loja em que Anita foi buscar sua encomenda. Giovana diz a Flaviana que conhece uma banda para tocar em sua festa.Sem querer,Anita derruba produtos da prateleira da loja e Ben a ajuda. Quinta (11/07) - Ben assume o prejuízo que Anita causou na loja e ela fica encantada. Giovana comemora seu show de estreia na festa de Flaviana. Vitor faz sucesso no vôlei da rua. Ben percebe que não tem dinheiro para arcar com o prejuízo e decide escapar da loja. No meio da fuga, Ben encontra com Anita e os dois correm juntos. Ben protege Anita e consegue despistar os seguranças da loja usando as habilidades de salto que aprendeu praticando "le parkour". Maura invade a casa de Vera para procurar pistas contra a vizinha. Maura ouve a conversa de Vera e Ronaldo sobre a inevitável devolução de Fulano aos reais donos, mas confunde tudo o que dizem. Ben vai ao encontro de Anita. Sexta (12/07) - Ben tenta convencer Anita a ficar mais tempo com ele e a convida para acompanhá-lo à festa do Rei do Rum. Giovana finge que dormirá na casa de Clara para poder tocar na festa de Flaviana.Maura acredita que Vitor e Giovana foram sequestrados por Ronaldo e Vera. Bernadete ajuda Anita a se arrumar para sair com Ben e Sofia observa as duas. Sofia tenta encontrar Ben antes da irmã, mas não reconhece o rapaz. Anita não consegue encontrar suas lentes de contato e Bernadete desconfia. Ben vê Sofia no lobby do hotel e, fascinado pela moça, se aproxima dela.

Terça (09/07) - Amadeu termina o namoro com Isabel.Hélio aceita a proposta feita por Dionísio.Isabel resolve deixar a república. Samuel comenta com Ester que desconfia que Klaus Wagner seja o próprio Dionísio. Maria Adília revela a Lino que é sua mãe e os dois se abraçam emocionados. Cassiano encontra uma turmalina Paraíba na mina, com ajuda do faro de Ariana. Quarta (10/07) - Maria Adília diz a Lino e Carol que só volta para a Vila dos Ventos se sua chegada permanecer em segredo. Samuel aceita ajudar Duque e Cassiano na venda das pedras preciosas. Natália comenta com Juliano que acha estranho o desaparecimento de Doralice. Taís conta para Ester que desistiu de ficar com Hélio. Cassiano e Duque não contam para Amaralina sobre a pedra preciosa. Isabel copia documentos que Ester encontrou na mansão de Dionísio sobre Klaus Wagner para investigá-los. Alberto surpreende Ester com Cassiano. Quinta (11/07) - Ester entrega a pasta com os documentos a Isabel, para que Alberto não a veja. Isabel aconselha Cassiano a recolocar os documentos em seu lugar, antes que Dionísio perceba sua falta. Amaralina discute com Duque e afirma que não queria que ele fosse seu avô. Duque conta a Olívia que Amaralina já sabe que é sua neta. Guiomar se oferece para ajudar Duque a encontrar Amaralina. Duque faz as pazes com Amaralina e lhe presenteia com um carro. Sexta (12/07) - William não se conforma com a ausência de Doralice. Natália incentiva Juliano a seguir em frente, ajudando Quirino e William. Doralice ajuda as beatas a dar comida aos pobres. Samuel se oferece para levar a turmalina da Paraíba para ser avaliada em Natal e recusa qualquer segurança para protegê-lo. Alberto avisa ao avô que sabe que ele colocou Hélio para prejudicar Samuel.Alberto implora a Dionísio que não faça nada contra Ester. Juliano consegue um emprego na portaria do prédio de Hélio. Sábado (13/07) - Hélio fornece informações sobre Samuel para que seja realizado seu plano. O advogado diz a Ester que ela tem chances de ficar com a guarda da Laurinha.Maria Adília avisa a Lino que, por enquanto, não pode ficar em Vila dos Ventos. Candinho tem um sonho com sua mãe. Samuel leva Quirino ao Flor do Caribe para distrair o amigo. Veridiana, Dadá e Candinho se surpreendem ao se deparar com Maria Adília em sua casa.

Terça (09/07) - Bento ampara Glória. Perácio revela a Filipinho que falsificava quadros. Bárbara decide readmitir Lucindo e Damáris fica furiosa. Amora é afastada do Luxury e desconta sua raiva em Malu. Sílvia se associa a Érico. Natan se desespera com a crise da Class Mídia. Glória conta a Eliseu que é avó de Bento. Amora procura Bento. Bento descobre o que Wilson falou com Pedrinho. Verônica decide se afastar de Érico. Caio desconfia que Amora tenha falado mal dele para Giane.Bento impede que Charlene aceite o pedido de casamento de Wilson. Quarta (10/07) - Bento conta para Charlene sobre a ameaça de Wilson a Pedrinho. Giane fica abalada com o que ouve de Caio e se enfurece com Amora. Érico espera por Palmira no Cantaí. Renata aceita sair com Vinny. Brenda mostra o cartão de Nelson para Perácio. Mel descobre a presença de Bárbara em sua casa. Odila repreende Rosemere por esnobar Nelson. Verônica/Palmira despreza Érico. Lara não concorda em ajudar Natan a se reaproximar de Maurício. Wilson vai à casa de Glória. Vinny se declara para Renata. Érico beija Verônica/Palmira. Giane encontra Amora na casa de Bento. Quinta (11/07) - Amora insulta Giane, que a enfrenta. Wilson ameaça Bento por mexer do jardim que foi de Lívia.Giane decide fazer seu book com Caio. Natan tira fotos com Brunetty. Mel decide contar onde Bárbara está para Sueli Pedrosa, em troca de uma entrevista com Lara. Brenda tenta convencer Perácio a continuar falsificando quadros. Maurício exige que Fabinho desminta os boatos que espalhou sobre Amora. Érico torce para se encontrar novamente com Verônica/Palmira. Giane posa para Caio. Malu afirma que convencerá Bento a fazer a campanha com ela.Mel difama Amora em sua entrevista para Lara. Sexta (12/07) - Amora entra em pânico com as declarações de Mel. Amora bate em Mel na frente de Sueli Pedrosa. Fabinho rouba uma revista que fala sobre o sumiço de sua mãe. Nancy se assusta com o estado de Wilson. Verônica pede para usar o nome de Karmita para comprar o apartamento de Érico e Renata. Amora é demitida da emissora. Damáris transforma Bolivar em seu empregado. Renata avisa a Érico sobre a venda do apartamento. Gilson sugere que Érico contrate um detetive para encontrar Palmira. Maurício discute com Lara por ter entrevistado Mel. Bento pede Amora em casamento. Sábado (13/07) - Amora discute com Bento. Irene e Plínio pensam um no outro. Damáris vai à Para Sempre e exige ser atendida por Charlene. Bento entra no quarto de Malu e se surpreende ao ver sua foto com ela no computador. Vitinho decide ir ao Cantaí com Caio. Nelson se enfurece com a campanha que Natan apresenta para ele. Bento oferece carona para Malu e Amora fica furiosa. Fabinho flagra Maurício o espionando. Lili exige saber quem é a mulher que está com Lucindo no quarto. Bento não gosta de ver Giane com Caio.


TVGazeta do Oeste 11

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Resumo DONA XEPA

AMOR A VIDA

RECORD - 22H

GLOBO - 21 H

Segunda (08/07) - Rosália toma o documento de Dorivaldo e o impede de falar. Édison estranha o comportamento da irmã, que rasga o papel, assustando Xepa.A sós,François exige que Pérola se afaste dele e ameaça desmascará-la. Enquanto espera por Yasmin, Rosália usa o computador de Geni e observa as fotos de François e Pérola. Rosália se nega a ir ao escritório de cobrança com a mãe e Dorivaldo decide acompanhar Xepa. Miro pede para conversar com Rick e Édison sobre a briga dentro da faculdade. Feliciano diz a Jezebel que após o tiroteio vai se aproveitar do medo das pessoas da Vila para destruir o local e acaba surpreendido por Matilda, que exige uma explicação.

Segunda (08/07) - Paloma discute com Bruno e tenta disfarçar para Paulinha. Paulinha pede para brincar com Paloma. Perséfone é chamada para prestar esclarecimentos sobre o nascimento de Paulinha. Ordália chega para a reunião e demonstra o seu nervosismo. Paloma se emociona quando Paulinha fala sobre o casamento com Bruno. Thales leva Nicole ao parque de diversões e os dois se beijam. Ordália confirma que Paulinha nasceu no hospital.Lídia desconfia das intenções de Thales com Nicole. César pensa em fazer uma acareação entre Glauce e o faxineiro que a viu pegar o prontuário de Luana. Joana questiona Luciano sobre Paulinha. Glauce confirma que pegou o prontuário de Luana.

Terça (09/07) - Meg fica furiosa ao saber que Dafne é a modelo escolhida por Pérola e se nega a patrocinar o evento no ateliê. A periguete ameaça voltar, deixando Catherine abismada e Yasmin promete preparar a amiga para o desfile. Dorivaldo decide averiguar as posses de Esmeraldino, porém Rosália garante que vai resolver a questão da casa e deixa Xepa preocupada. A ambiciosa jovem acelera a venda do terreno de Esmeraldino e guarda o dinheiro. Édison se irrita com o desleixo de Rick ao fazer o trabalho. O publicitário se defende, surpreendendo o filho da feirante ao revelar que tem problemas com o pai. Isabela e Vitor Hugo se chocam com o presente deixado em casa.

Terça(09/07)-PalomacontaparaPaulinhaqueBruno não é seu pai biológico. Glauce convence todos de que o hospital é o responsável pela morte de Luana e que Paulinha foi trocada na maternidade. Bruno sente falta de Paulinha. Pilar afirma a César que pode resolver o problema com Bruno. Atílio dá dinheiro para Gigi e os dois se beijam. Perséfone pensa em seduzir Ivan. Leila discute com Linda e Daniel tenta ajudar a irmã. Paulinha pede para Bruno tirá-la da casa de Paloma.Jacques conversa com Félix. Pilar procura Denizard e Ordália flagra os dois abraçados. Paloma pede para Ninho se aproximar da filha.

Quarta (10/07) - Xepa estranha ao encontrar fotos de Vitor Hugo e Isabela no armário da filha e a questiona. Pérola usa o passado para se defender e Júlio César exige o afastamento permanente da senhora. François vibra ao descobrir a identidade real de Rosália e testa a jovem, deixando-a furiosa por ter sido descoberta. Benito se arruma para sair com Édison e Rick,mas Rosália o interrompe e mente para o amigo, deixando o pen-drive com as fotos de François. Nervoso, François exige que Yasmin o leve até Rosália e surpreende a filha de Xepa. Quinta (11/06) - Júlio César proíbe Pérola e Feliciano de entrar na sua casa e Meg questiona se o marido já teve um caso com sua rival. François propõe comprar as fotos, mas Rosália nega. Matilda deseja ser a mamãe-fruta e Dafne a impede de sair com Terezinha. Yasmin desabafa com Geni, que tenta controlar a irritação da filha. A presidente da associação pensa em fazer uma festa para comemorar sua posse e arrecadar fundos para ajudar a amiga. Xepa pede a ajuda dos filhos para tentar salvar a casa e os surpreende ao contar sobre o pedido de casamento de Dorivaldo. François pressiona Yasmin, que admite saber das fotos e acaba intimidada por ele. Sexta (12/07) - Após ouvir a conversa de Rosália, Camila revela a Xepa a existência de um suposto terreno no nome da jovem, mas a feirante não acredita e exige que a assistente não difame sua filha. Robério tenta seduzir Dafne. Atrás de ajuda, Xepa conversa com Feliciano e pergunta se sua dívida não é uma forma de os construtores tomarem os terrenos da Vila. O deputado propõe quitar o débito e a feirante diz que aceita o empréstimo se puder trabalhar como forma de pagamento. Assustada após conhecer Xepa, Pérola discute com Feliciano, por causa da feirante, enquanto Rosália procura por Isabela.

Quarta (10/07) - Bruno dá um fora em Pilar e a expulsa de sua casa. Ninho combina com Paloma de fazer uma visita para Paulinha. Atílio lembra de Márcia em sua sessão com Renan. César marca um encontro com Aline. Atílio perde a memória novamente e volta para a casa de Márcia. Maciel encontra Pilar perto de onde perdeu Atílio de vista. Paloma discute com Ninho e desiste de levá-lo para ver Paulinha. Gigi tenta trocar o cheque que recebeu de Atílio com Vega. Lídia estranha a reação de Leila ao saber que Nicole está namorando Thales. Paloma pede ajuda para Bruno. Quinta (11/07) - Bruno conversa com Paulinha, e Paloma chora,emocionada.Gigi pede para Pilar pagar suas dívidas. Aline reclama por César não ter dado um cartãodecréditoparaela.LaertecolheosóvulosdeAmarilys para fertilização. Paloma decide deixar Bruno visitar Paulinha. César estranha o nome com que Atílio assinou o cheque que deu a Gigi.Atílio/Gentil vai com Márcia, Valdirene e Carlito a uma casa de forró. Nicole passa mal e Thales a leva para casa. Leila convence o namorado a apressar o pedido de casamento a Nicole. Amadeu fica satisfeito com o progresso de Linda. Thales pede Nicole em casamento. Bruno pensa em fazer um acordo com Paloma. Sexta(12/07)-PalomarepreendeNinho,quesedesculpa com Paulinha. Ninho e Paulinha brincam juntos. Nicole aceita se casar com Thales e Leila comemora. Bruno avisa a Paloma que vai denunciá-la. Valdirene reclama de não ter conseguido um marido milionário. Nicole avisa a Lídia que Thales a pediu em casamento e a governanta procura Pilar. Félix instiga Glauce a ser sua aliada. Paloma decide reatar com Bruno. César descobre que Atílio usou o nome de um homem morto. César decide dar um cartão de crédito para Aline. Pilar estranha a maneira como Leila recebe a notícia do casamento de Nicole. Paloma vê Glauce beijando Bruno. Sábado (13/07) - Paloma devolve o anel de noivado a Bruno e chora quando ele se afasta. César conta para Aline o que descobriu com os investigadores sobre Atílio. Márcia instrui Valdirene a tentar um novo golpe. Edith e Tamara dão um vestido para Sandrinha e Gigi fica emocionada. Pilar pede para conhecer Thales.

CARROSSEL SBT - 20H:30 Segunda (08/07) - Rosana se preocupa com Jorge, pois o garoto continua triste pelo sumiço de Maria Antonieta.Jorge culpa a mãe por não ter amigos. Mário não consegue dormir, pois sente falta de Rabito. Enquanto isso, Rabito leva sua namorada a um restaurante italiano. O cachorro apresenta Maria Antonieta ao seu amigo, o Chefe de Cozinha. O cozinheiro decide preparar um jantar especial para os cachorros. Cirilo e Maria Joaquina conversam em frente à casa da patricinha. Natália fica aliviada pela volta de Rabito, mas percebe que o cachorro está desanimado. Mário desconfia que seu mascote esteja apaixonado. Mário está decidido que ele e Jorge precisam tomar uma decisão em relação aos seus cachorros. Terça (09/07) - Jorge faz uma planilha de dias e horários que Rabito poderá visitar Maria Antonieta. As crianças brincam na casa abandonada e Paulo tranca Kokimoto na passagem secreta. O samurai não gosta da brincadeira. Os meninos admitem que gostaram de brincar ao lado das meninas. As crianças se reúnem na praça e sentem-se entediadas por não terem o que fazer. Daniel dá a ideia de todos brincarem de esconde-esconde. As crianças brincam e depois vão todos embora. Na casa abandonada, as crianças recebem a noticia de que Valéria está em cima de uma árvore que será derrubada. Todos vão para a praça. Quarta (10/07) - Davi pede para os homens da construtora terem paciência, pois Valéria é muito teimosa. Todos na praça se comovem com a atitude da garota e a apoiam. Um carro de reportagem chega ao local e entrevista Valéria. A repórter se encanta com a coragem da menina. Rosa liga para Helena e dá a notícia de que Valéria está tentando salvar uma árvore. Todos comemoram e Valéria fica feliz por ter conseguido salvar a árvore que é tão especial para ela. As garotas acham que não será uma boa ideia montar um salão na sede da Patrulha Salvadora, mas Maria Joaquina não quer desistir. Os garotos vão até à casa de Mário e o convencem a jogar junto com eles. Quinta (11/07) - Na casa abandonada, as meninas terminam a decoração para o salão de beleza. Maria Joaquina batiza o lugar de "Espaço MJ" e convida todas as amigas para serem suas clientes. As meninas começam a receber as primeiras clientes no salão. Os meninos chegam à casa abandonada e se espantam com o que encontram. Eles não gostam da ideia das meninas terem transformado o esconderijo em salão de beleza. Daniel avisa que teoricamente as meninas não estão erradas, pois também fazem parte da Patrulha Salvadora. Os clientes começam a chegar. Sexta (12/07) - Renê e Helena vão à sorveteria. A professora sente saudade de seus alunos e imagina o que estão aprontando. Daniel pede que a Patrulha Salvadora se reúna. Adriano avisa aos amigos que a loja de videogame está se espalhando pela internet e Jaime fica preocupado. Na casa abandonada,as meninas limpam a bagunça que fizeram. Laura cai e esbarra em um tijolo que cai e abre um buraco na parede. As meninas acham um diário velho.


12 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 7 de julho de 2013

Inside

VELHOS HÁBITOS MULTISHOW APOSTA EM COMÉDIA POPULAR E PRESENÇA DE PLATEIA EM NOVA SÉRIE DE HUMOR

POR CAROLINE BORGES TV PRESS

A

reciclagem de antigos formatos de sucesso é corriqueira na televisão. Com estreia marcada para o dia 8 de julho, o humorístico "Vai Que Cola", do Multishow,recorre a um padrão de tevê muito semelhante ao do extinto "Sai de Baixo", com a utilização de plateia e personagens bastante estereotipados dentro da comédia, como o malandro, a ''periguete'', a mãezona e o ''nerd''. "O objetivo é arriscar em um programa diferente do canal. É um formato muito conhecido e que fazia tempo que não era usado em tevê. A plateia funciona como um personagem a mais no programa", explica o diretor João Fonseca, renomado nome do teatro que foi convidado para o humorístico para montar uma produção com Paulo Gustavo, Fernando Caruso, Samantha Schmutz e Cacau Protásio. "É a primeira vez que faço um programa de televisão. Estou descobrindo o mundo da tevê agora. Estou aqui pela minha experiência com ao vivo", completa. A série é uma nova aposta do canal em um humor mais popular e semelhante ao do seriado global "A Grande Família". A história mostra o dia a dia de uma pensão no subúrbio do Rio e brinca com o famoso jeitinho carioca.O objetivo é que o humor da produção possa atingir um público mais amplo do que o canal es-

tá habituado. O diretor de arte do programa,Hélcio Pugliese, fez uma pesquisa de campo pela Zona Norte da cidade para criar toda a cenografia dos cinco ambientes - fachada, banheiro, dois quartos e salão principal. O palco giratório com mais de 200 m² foi montado no HSBC Arena Multiuso, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. ''A inspiração saiu das casas que ainda conservam as características de meados do Século XX. A cenografia não é de época, mas resgata a memória da Zona Norte, que até hoje se encontra por lá'', afirma. Boa parte das mobílias foi comprada em antiquários da Rua do Lavradio,no Centro do Rio,e de Copacabana. ''Um dos nossos achados foi um cuco. Hoje em dia, é difícil encontrar um relógio como esse na parede de alguém'',conta,com surpresa, Pugliese. O elenco é encabeçado por Paulo Gustavo, humorista do momento do canal a cabo,que interpreta o malandro Valdomiro. A história, que ao todo terá 40 episódios de segunda a sexta, se passa em uma pensão no bairro do Méier, subúrbio do Rio de Janeiro. É lá que Valdomiro vai morar tentando fugir da Polícia Federal, após se meter em uma falcatrua. Dona Jô, vivida por Catarina Abdala, proprietária da pensão, o recebe como hóspede. Enquanto tenta reescrever sua história por linhas tortas, tem de lidar com as provocações do zelador insolente Ferdinando, de Marcus Majella, com o assédio da fogosa Terezinha, papel de Cacau Protásio, com as esquisitices do misterioso Wilson,interpretado por Fernando Caruso, e com as confusões do casal Jéssica, vivida por Samantha Schmutz, e Máicol, papel de Emiliano D´Avila. "É um

elenco muito bom e muito generoso. Poder contracenar com outras pessoas é maravilhoso. Faço monólogos há muito tempo. Tudo é uma novidade para mim aqui", valoriza Paulo Gustavo, que, apesar de não colaborar no roteiro, negociou com o canal para ter liberdade para alterar o que fosse necessário. "Todos viram meus outros projetos. De certa forma,o personagem já veio adequado para mim. Contribuo sempre no que posso para deixar mais do meu jeito", ressalta. O esquema de mesclar teatro e televisão é o estimulante principal para todo o elenco. Em sua boa parte de origem teatral, atuar e interagir para a plateia e para as câmaras ao

mesmo tempo se mostra como o maior diferencial do programa. A interação com o público, que lota os 300 lugares disponíveis, é um dos pontos fundamentais para o dinamismo do roteiro e da história."É muito cansativo. Quando você só faz televisão,você desmembra as suas cenas. Aqui, não. É necessário estar em todas as cenas porque a qualquer hora você entra. É como uma peça de teatro'', aponta Fernando Caruso.


Edição de 07/07/2013