Issuu on Google+

AZETA G

SEM MEIAS PALAVRAS. NEM MEIAS VERDADES.

gazetadooeste @gazetaoeste

D O

O E S T E

Ano 36 — Nº 9.290 — Mossoró-RN, DOMINGO, 17 de fevereiro de 2013

x

ASSU

POTIGUAR

BARAÚNAS

x

POTYGUAR

www.gazetadooeste.com.br

ALCIVAN COSTA

NOS JARDINS

ESTADUAL HOJE

EDNILTO NEVES

VEREADOR NARCÍZIO E A EXPECTATIVA DO PRIMEIRO MANDATO

AOS 73 ANOS, LUIZ CAMPOS AINDA COMPÕE VERSOS

O vereador Sebastião Narcízio (PTN) aborda projetos e fala sobre seu trabalho na Renovação Carismática Católica.

Mesmo aos 73 anos, o poeta Luiz Campos ainda sente vontade de produzir seus versos. Com a viola na mão, ele supera dificuldades.

EXPRESSÃO, 4 e 5

EXPRESSÃO

EXPRESSÃO, Capa

Segurança revela redução em número de acidentes nas estradas Órgãos de Segurança Pública do Estado e o Samu divulgaram um balanço positivo quanto a Operação Carnaval Seguro, que foi realizada de 8 a 12 de fevereiro. Houve uma redução de 50% do número de mortos e 35% de atendimentos do Samu. CIDADES, Capa

g

EDNILTO NEVES

EDUARDO MENDONÇA

TV PRESS

Cultivo da uva é avaliado

PESQUISA Cultivo da uva pode se tornar realidade no Oeste Muito em breve a região do Oeste potiguar pode viabilizar o cultivo da uva, garante pesquisadores da Ufersa. O experimento já está sendo realizado na Fazenda Rafael Fernandes. MOSSORÓ, 8

GAZETA TV ATRIZ NANDA ZIEGLER COMENTA PARTICIPAÇÃO EM ‘JOSÉ DO EGITO’ A artesã mossoroense Francisca Fernandes é destaque nacional na arte do biscuit. MOSSORÓ, 3

GAZETA TV, 2

CAMPANHA DA FRATERNIDADE SERÁ LANÇADA HOJE PELA DIOCESE

MOSSORÓ, Capa

FARMÁCIAS POPULARES CONTINUAM FECHADAS MOSSORÓ, Capa

ESPECIAL: JOVENS SE INSEREM ÀS IGREJAS MOSSORÓ, 6 e 7

FALE COM A GENTE: 3314-0244 — redação@gazetadooeste.com.br; comercial@gazetadooeste.com.br — ESTA EDIÇÃO TEM 72 páginas — PREÇO DESTA EDIÇÃO R$ 2,00


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Opinião Circulando em OFF

Espaço Dorian Jorge Freire A SOLUÇÃO DA RENÚNCIA

Gilberto de Sousa

Paulo Afonso Linhares - Advogado

gilberto@gazetadooeste.com.br diretorderedacao@gazetadooeste.com.br gilberto-de-sousa@hotmail.com

A EXPERIÊNCIA QUE VEM DO CAMPO Independentemente do que dizem os meteorologistas, é sempre bom ouvir o que diz o genuíno homem do campo, o idoso que de quando em vez se torna profeta pela conexão divina de estar sempre em contato com a natureza. E pelo que tem se dito nesse seara, este ano não teremos um inverno fabuloso, mas que irá se consolidar como inverno regular, apesar da pouca chuva. O mais interessante nisso tudo é que as previsões oriundas do homem do campo são sempre carregadas de muita fé e esperança. E essa fé que move montanhas não deixa de mover nuvens carregadas. Confiança, sempre!

SOLIDARIEDADE Nossa solidariedade à jornalista Luciana Araújo,que foi assaltada pela terceira vez. O meliante fez a abordagem quando ela saía de casa para trabalhar na sexta-feira.Tomou bolsa com todos os documentos, celular e outros objetos. Ainda bem que o dano foi só material. INSEGURANÇA A propósito,diante da insegurança que vivemos, o assunto tem virado pauta nas rodinhas de conversas diversas. Cada um tem sempre um fato sobre assalto para contar. Quem ainda não sofreu essa triste experiência? É osso. REITORIA E a campanha para reitor e vice da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) está nas ruas. Pedro Fernandes,Gilton Sampaio e Ana Dantas disputam a Reitoria,enquanto Lúcio Ney, Aldo Gondim e Gláucia Russo catam votos para vice-reitor. ACIRRAMENTO E não se enganem, a campanha logo ganhará clima de acirramento diante do que já vem se desenhando nesse sentido. É que a Universidade cresceu e não se restringe apenas a área de Mossoró. Daí a importância de participarem do embate professores oriundos dos campi avançados,como são os casos do professor doutor Gilton Sampaio, diretor de trabalho reconhecido no campus de Pau dos Ferros, assim como a professora Ana Dantas, dirigente do Campus de Natal. DEBATE Enquanto isso, a Associação dos Docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (ADUERN) marcou para o dia 28, às 19 horas, o debate que fará entre os candidatos a reitor. As regras do confronto já foram definidas com a presença das assessorias dos candidatos. PROPOSTAS É de grande importância a participação desse segmento no debate, como forma de conhecer com mais profundidade as propostas dos candidatos e conhecê-los melhor, a partir da trajetória

de vida de cada um. PRODUÇÃO DE UVA Muito gratificante o bom resultado do projeto de plantação de uvas, ainda experimental, que começa a virar realidade neste sertão semiárido. O professor e pesquisador Django Dantas, que está à frente do projeto,vibra com a primeira colheita dentro dos conformes. Veja matéria nesta edição. Valeu!

Católica nos dias atuais, além de problemas que envolvem escândalos de muitos tipos, desde os financeiros do IOR (o banco do Vaticano) aos dos mais de seis mil sacerdotes envolvidos em casos comprovados de pedofilia nos Estados Unidos da América. A despeito do seu preparo intelectual, o Papa Bento XVI deu sequência à onda ultraconservadora inaugurada por seu antecessor,João Paulo II, de cujo pontificado foi a eminência parda. Certo é que esse acendrado interesse pela figura de seu antecessor marcou até agora o pontificado de Bento XVI, uma marca indelevelmente conservadora e não condizente com as demandas atuais das comunidades católicas ao redor do mundo. Bento XVI já imaginava as suas dificuldades de superar essas contradições quando há mais de três anos numa longa entrevista concedida ao jornalista alemão Peter Seewald, para um livro lançado em 2010, "Luz do mundo", declarou: "Se um papa claramente percebe que não está mais física, psicológica e espiritualmente capacitado para lidar com as obrigações do seu cargo, então ele tem o direito, e sob algumas circunstâncias a obrigação, de renunciar". Nada mais cristalino. A renúncia do Papa Bento XVI lança a comunidade de mais de um bilhão e duzentos milhões de católicos do mundo numa zona de profundas indefinições, sobretudo diante do enorme crescimento das comunidades evangélicas divididas em múltiplas denominações. Sem dúvida que a Igreja Católica é uma instituição admirável que tem sobrevivido com enormes erros e uns tantos acertos - a mais de dois mil anos de História, como milhares de situações muito mais graves do que a atual. Não se pode esquecer que, num mundo em que a tônica é a sobrelevação de valores como a democracia, o espírito republicano e o engrandecimento da cidadania, o Vaticano é uma monarquia absolutista. E os rumos da Igreja Católica dependerá em muito da decisão a ser tomada por pouco mais de uma centena de cardeais que a partir de 28 de fevereiro deste 2013 elegerão o novo sucessor de São Pedro no dourado trono papal. É aguardar o que revelará a próxima fumacinha branca.

Charge

PARA REFLETIR "Quando faço o bem, sinto-me bem, e quando faço o mal, sinto-me mal. Eis a minha religião", já dizia Abraham Lincoln.

POR: LAÉRCIO EUGÊNIO

EM ALTA O advogado Glauber Rego, como já chegou a ser especulado em várias oportunidades,deverá ser indicado pela governadora Rosalba Ciarlini como novo desembargador do Tribunal de Justiça, dentro do processo do Quinto Constitucional da OAB. NOS JARDINS O vereador Sebastião Narcízio, o Irmão Narcízio Fé e Coragem, está na seção Nos Jardins da Gazeta, onde fala sobre projetos para o primeiro mandato e sobre o movimento Renovação Carismática Católica, do qual é coordenador. ROTINA A população tem aprovado a rotina da prefeita Cláudia Regina de verificar in loco o andamento das obras da Prefeitura nas ruas e logradouros e aproveitar para conversar com o povo, ouvindo seus lamentos. Muito bom. A QUEM INTERESSAR POSSA "Só tem o direito de criticar aquele que pretende ajudar". VOLTA ÀS AULAS A rede municipal de ensino inicia o ano letivo amanhã. São cerca de 20 mil alunos matriculados, entre os matriculados na educação infantil e no ensino fundamental. Serão iniciadas as aulas em 61 escolas e 38 Unidades de Educação Infantil (UEIs).

CEDIDA

UVA NA REGIÃO O professor Django Dantas desenvolve experiência positiva com plantio de uva no semiárido

RELAX

Foi dramática e carregada de mistérios e especulações de toda ordem, das mais razoáveis àquelas que beiram o absurdo, a renúncia do ex-presidente Jânio Quadros, em 25 de agosto de 1961. Em meio ao já típico palavrório grandiloquente,Jânio apenas revelou que o motivo determinante de sua renúncia à presidência da República teria sido a atuação de "forças ocultas". No dia 25 de agosto de 1991, um Jânio já enfermo e debilitado, num quarto do Hospital Israelita Albert Einstein, confessaria ao seu neto homônimo que renunciou simplesmente porque tinha certeza de que o povo, os militares e os governadores o levariam de volta ao poder.Perdeu a aposta,pois todos preferiram deixálo fora de Brasília, no entanto, esse gesto - segundo admitiu o ex-presidente para Jânio Quadros Neto, foi "o maior fracasso político da história republicana do País, o maior erro que cometi'' - desencadeou uma série de eventos que redundou no golpe militar de 1964 e eclipsou as instituições democráticas por longos vinte e um anos. Renúncias desse porte sempre transcendem as simples suspeitas e deixam efeitos colaterais graves, principalmente quando as razões que as ensejam se mantém obscuras. A recente renúncia do Papa Bento XVI surpreendeu o mundo, porquanto a tradição da Igreja Católica é no sentido de que os seus sumo pontífices morram no cargo, embora não haja qualquer proibição de renúncia. Aliás, a última vez que um papa deixou voluntariamente o pontificado foi Celestino V, há mais de setecentos anos, em 1294. São Celestino, após emitir um decreto que previa a possibilidade de renúncia do pontificado, simplesmente abdicou e se tornou um ermitão até o fim de seus dias.Que tem a ver o intelectual sofisticado Josep Ratzinger e o asceta frade beneditino Pietro Angeleri que vivia em reclusão? Apenas a circunstância de serem papas abdicantes. Os motivos das renúncias de ambos são seguramente muito diversos. O Papa Bento XVI, de cariz radicalmente conservador, desde o início do seu pontificado tem enfrentado o recrudescimento das questões que têm dividido a Igreja

"Queira!Queira!/Basta ser sincero e desejar profundo/Você será capaz de sacudir o mundo/Vai!/Tente outra vez!..." RAUL SEIXAS

Artigo É CINZA MESMO Rubens Coelho - Jornalista - rubensfcoelho@hotmail.com A tradicional Quarta-feira de Cinzas marca o fim do carnaval e o início da Quaresma para a Igreja Católica. É também o dia da ressaca para milhões de pessoas,não somente ressaca física, mas quase sempre moral, como, por exemplo, para aqueles que consumiram drogas das mais variadas espécies para se sentirem eufóricos, estimulados a uma alegria artificial e passageira, mas de agressão aos seus organismos de maneira brutal e implacável. Resultando depois na sensação horrível de enfermidade de um organismo combalido pelos abusos sofridos. A ressaca psicológica é inevitável. Muitos estão agora deprimidos pelos excessos cometidos, causando-lhes distúrbios emocionais advindos do consumo de substâncias alucinógenas, indutoras das mais diversas distorções comportamentais, entre as quais relacionamentos sexuais irresponsáveis, sem amor e sem cuidado que podem provocar consequências extremamente indesejáveis. Nesses momentos de insensatez, é comum as contendas e desavenças provocadas pelo delírio da embriaguez, entre pessoas até então, pacatas e amigas que se tornam hostis entre si. Quando não chegam ao extremo de se matarem. Prejuízos morais e financeiros são contabilizados na Quarta-feira de Cinzas, porque muitos até se endividam para poder participar da folia geral e agora estão se afligindo diante da incapacidade de cumprirem os compromissos as-

sumidos. Juntem-se os cacos e provavelmente não sobre nada de bom para quem se entregou de corpo e alma aos quatro dias de furdunço irracional. Mas nem tudo é tristeza, há também os que aproveitaram esses dias de ócio para usufruírem de um retiro, buscando o descanso da alma e do espírito, junto aos prazeres simples que a vida nos oferece, num recanto onde a natureza se nos apresenta de maneira sublime para nosso deleite, como admirar o céu numa noite estrelada; o sol nascer prateado iluminando o dia em meio a sinfonia de pássaros cantando nas brisas das manhãs. Conduzindo-nos inevitavelmente à reflexão da existência de um Deus maravilhoso criador de um universo perfeito. Cá para nós, há coisa mais prazerosa do que desfrutarmos de tudo isso deitado numa rede estendida no alpendre, fazendo a leitura de um bom livro, no aconchego da família, dos amigos,especialmente apreciando a criançada no terreiro com suas brincadeiras inocentes e muitas vezes hilariantes? Impossível! Pois bem, em minha opinião, para quem passou o período momesco dessa maneira,a Quarta-feira de Cinza não chega a ser melancólica como para aqueles que se entregaram a corrosiva orgia. Pelo contrário, volta-se revigorado física e mentalmente para enfrentar a realidade do atribulado cotidiano inevitável.

Gazeta do Oeste www.gazetadooeste.com.br

Um produto da C. Q. Organização Gráfica e Editorial Ltda. Fundada em 30 de abril de 1977 por Canindé Queiroz

Diretor CANINDÉ QUEIROZ

Diretor-adjunto PAULO LINHARES

Diretor de Redação GILBERTO DE SOUSA

Editor LUÍS JUETÊ

Av. Cunha da Mota, 96/100 – Centro – Mossoró/RN – Fone: 3314-0244 Site: www.gazetadooeste.com.br – e-mail: gazeta@gazetadooeste.com.br AS MATÉRIAS ASSINADAS SÃO DA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES

Diretor Comercial LEÔNIDAS TERCEIRO


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Política

Pedro Fernandes e Aldo Gondim iniciam campanha com abraço simbólico à Uern ALCIVAN COSTA

O ato simbólico tem o objetivo de marcar o início da caminhada e apresentar o Plano de Gestão

O

s candidatos a reitor e vice-reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), professores Pedro Fernandes e Aldo Gondim, iniciam a campanha à sucessão da reitoria da instituição nesta segunda-feira (18), às 19 horas, no Centro de Convivência do Campus Central, em Mossoró, com o Abraço à UERN. O ato simbólico tem o objetivo de marcar o início da caminhada e apresentar o plano de gestão que, segundo os candidatos, está focado na gestão e valorização das pessoas que fazem a Universidade, sejam professores, técnicos ou estudantes.

Pedro Fernandes e Aldo elaboraram o Plano de Gestão ouvindo servidores e estudantes da Uern

Propondo uma Universidade para o futuro, buscando levar a UERN a alcançar a excelência universitária,os professores Pedro Fernandes e Aldo Gondim elaboraram o Plano de Gestão ouvindo as pessoas que trabalham e estudam na Universidade. Foram realizadas várias reuniões com segmentos da instituição, que apresentaram a realida-

de de seus setores e as expectativas para o futuro da Universidade. Essas sugestões foram discutidas e incorporadas à proposta central elaborada por um grupo de pessoas que auxiliaram os candidatos nesse processo. "Entendemos que não poderíamos apresentar uma proposta pronta,mas era preciso ter um eixo central para nortear a elaboração do nosso Pla-

no de Gestão. Dedicamos todo o período de pré-campanha à elaboração dessa proposta, ouvindo as pessoas e discutindo ações para alcançarmos uma Universidade para o futuro", afirmou Pedro Fernandes. Os candidatos afirmam que para alcançar a excelência universitária é preciso investir na gestão de pessoas. Eles destacam a preocupa-

Câmara Municipal inicia trabalhos da nova legislatura na próxima terça-feira WILSON MORENO

O ano legislativo de 2013 terá início na Câmara Municipal de Mossoró na próxima terça-feira, em uma solenidade de abertura a ser realizada no plenário da instituição, Palácio Rodolfo Fernandes, a partir das 9 horas. A cerimônia contará com um pronunciamento da prefeita Cláudia Regina, que fará a leitura da mensagem anual do Executivo, abrindo os trabalhos, que marcarão o começo da legislatura em que o número de vereadores de Mossoró amplia-se de 13 para 21. O presidente da Casa, vereador Francisco José Júnior,vê com otimismo o início da nova legislatura. Ele destaca o trabalho realizado na legislatura passada pela Mesa Diretora do parlamento mossoroense que modificou algumas práticas antigas na Casa. Francisco José Júnior menciona a pacificação como um ponto marcante em sua gestão na Câmara Municipal. "Realmente conseguimos pacificar a nossa Casa. A receita foi justamente tratar todos os vereadores de maneira igualitária e respeitosa, assim como tratamos os servidores efetivos e comissionados.

ção com os estudantes, que são o foco principal do Plano de Gestão, uma vez que, segundo Pedro e Aldo,o papel principal da Universidade é a formação dos discentes. "Para isso, é preciso mais investimentos em infraestrutura, em aquisição de material e um plano de assistência estudantil",afirmou Aldo Gondim, destacando o papel social da UERN, que é a única instituição de ensino superior presente em todas as regiões do Rio Grande do Norte, proporcionando o acesso à educação superior de qualidade a pessoas que dificilmente teriam condições de se deslocar para os grandes centros para realizar um curso de graduação ou pósgraduação. Para os servidores, professores e técnicos, os candidatos entendem que é preciso oferecer melhores condições de trabalho e a possibilidade de qualificação profissional. "Nos últimos anos, a UERN priorizou a captação e formação dos profissionais. Foi realizado o primeiro concurso público para técnicos adminis-

trativos da instituição, que foi um marco na sua história e foram investidos mais de um milhão de reais por ano na capacitação de professores e técnicos, tudo isso visando uma melhor formação dos nossos estudantes, que passaram a ter a maioria dos professores mestres e doutores. Agora, é necessário fixar esse profissional na UERN, dando condições dele querer continuar aqui", explicou Pedro Fernandes. Com o Abraço à UERN, os professores Pedro Fernandes e Aldo Gondim,que têm uma vida dedicada à Universidade, querem demonstrar o compromisso e o amor que têm pela instituição e convidam a todas as pessoas que fazem a UERN e querem uma Universidade para o Futuro, voltada para a excelência, a participar do ato."Esperamos reunir todas as pessoas que pensam e querem uma Universidade para o futuro. Pessoas que estudam aqui, que trabalham aqui e que aprenderam a amar essa instituição, assim como nós", afirmou.

Fátima acredita na vitória novamente do PT da Serra do Mel Clima de muito entusiasmo e esperança marcou a convenção do PT da Serra do Mel. Evento contou com a presença da deputada federal Fátima Bezerra, do deputado estadual Fernando Mineiro, do presidente do PT-RN, Eraldo Paiva; além de vários dirigentes regionais e vereadores do partido, militantes,

aliados e simpatizantes. "Participei da campanha ano passado e não tenho dúvidas que o povo da Serra do Mel vai fazer justiça, e a vitória do PT agora será ainda mais expressiva", ressaltou a deputada Fátima, durante discurso. Eleição suplementar no município será realizada no dia 7 de abril. CEDIDA

Câmara Municipal retoma as atividades, agora com 21 parlamentares

Aproximamos a Câmara da população, com a Tribuna Popular, Escola Legislativa, Câmara nos Bairros, nas escolas e na zona rural", explicou o parlamentar do PSD. Francisco José Júnior enalteceu ainda o resgate da imagem de transparência da Câmara junto à população mossoroense, em razão de fatores como a instituição da "Tribuna Popular", a partir da qual qualquer cidadão passa a poder participar e ter voz nas ses-

sões da Câmara de Mossoró, a abolição do voto secreto e a implantação do painel de votações na Casa que preside, além da digitalização e disponibilização on-line de documentações legais da Câmara. O presidente destacou, ainda, seu foco em ações voltadas para a zona rural, em especial ao projeto "Olhando para o campo", o qual leva mensalmente a Câmara a áreas rurais. Outro destaque citado foi o desejo de remoção da

Câmara para uma sede própria, meta a qual Francisco José Júnior afirmou pretender cumprir até o fim de seu mandato na presidência da Câmara. Ele, no anúncio desse objetivo, pediu desculpas aos presentes, em vista do desconforto advindo da pouca adequação do pequeno espaço para o grande público que comparecia à sessão, e anunciou como meta dessa gestão a aquisição da sede própria do Legislativo mossoroense.

Fátima Bezerra acredita em uma nova vitória na Serra do Mel


4 Gazeta do Oeste

Mossor贸, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Publicidade

CMAP


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Opinião Votação do Orçamento deve ser adiada, dizem líderes de PMDB e PT FOTOS: ALCIVAN COSTA

O

s líderes do PMDB e do PT no Senado Eunício Oliveira (CE) e Wellington Dias (PI), respectivamente - afirmaram na sextafeira (15) que a votação da proposta orçamentária, prevista para a próxima terça-feira (19) deve ser mais uma vez adiada. Segundo Eunício Oliveira, o entendimento dos líderes é o de que a proposta não deve ser votada enquanto o Supremo Tribunal Federal não se manifestar sobre a votação dos vetos presidenciais. Na quinta, o advogadogeral da União, Luís Inácio Adams, ingressou com uma ação no Supremo pedindo que a Corte delibere sobre a votação dos vetos presidenciais antes da proposta do orçamento. Para o advogado-geral da União, se os parlamentares aprovarem a lei orçamentária antes de um posicionamento do STF, há risco de os gastos do governo serem considerados inconstitucionais.Na análise do líder do PT, a posição da AGU reforça a necessidade de adiar novamente a votação. “É ruim, mas vamos ter de adiar de novo. Antes, havia uma posição do governo para votar o orçamento. Agora,com esta posição da AGU, devemos ter de novo o adiamento da votação do Orçamento”, disse o líder do PT, Wellington Dias. Eunício Oliveira disse que conversou com o presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDBAL), sobre o assunto. Mas a assessoria de Calheiros informou que está mantida a convocação do Congresso para votar o Orçamento na próxima terça. “A pauta do Congresso é fechada pelo presidente com a concordância dos líderes [...] A principio, está definido que não temos condições de votar o Orçamento com esta indefinição jurídica’,disse o líder do PMDB. O impasse em torno da

Penso, logo... Luís Juetê luisjuete@hotmail.com PEDRO E ALDO LANÇAM CAMPANHA Os professores Pedro Fernandes e Aldo Gondim lançam amanhã suas candidaturas a reitor e a vice-reitor da nossa gloriosa Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). O ato, que foi denominado “Abraço à Universidade”, vai acontecer às 19h, no Centro de Convivência do Campus Central da Uern. CAMPANHA MUITO BEM MONTADA Pedro Fernandes e Aldo Gondim estão com campanha muito bem montada, tanto sob o ponto de vista das propostas quanto da qualidade dos seus apoiadores. CAMPANHA MUITO BEM MONTADA II Como membro do corpo discente da instituição, tenho acompanhado de perto as movimentações e o que percebo é uma grande confiança e simpatia em relação aos nomes de Pedro e Aldo e isso, sem dúvida alguma, reverte-se na ampliação de apoios para esta campanha na Uern. JUVENTUDE ALIADA À EXPERIÊNCIA Pedro Fernandes é um legítimo representante da nova geração de docentes da nossa gloriosa Uern.Mesmo fazendo parte da nova geração,a verdade é que ele acumula experiências no âmbito da instituição, principalmente pela sua atuação como pró-reitor de Pesquisa e PósGraduação (PROPEG). E quanto ao professor Aldo Fernandes, ele tem ampla experiência na universidade e principalmente muita aceitação, tanto entre os alunos, quanto aos técnicos e aos professores.

Eunício Oliveira disse que conversou com o presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), sobre o assunto

votação se dá porque alguns líderes não abrem mão de, antes da proposta orçamentária, votar os mais de 3 mil vetos presidenciais que estão na fila aguardando apreciação. Entre os vetos que precisam ser analisados está o veto ao artigo 3º da Lei os Royalties, feito pela presidente Dilma Rousseff.O artigo 3º do projeto de lei aprovado no Congresso diminuía a parcela de royalties e da participação especial dos contratos em vigor destinada a estados e municípios produtores de petróleo, mas Dilma vetou. No final do ano passado, os parlamentares chegaram a firmar acordo para apre-

ciar,em regime de urgência, o veto à Lei dos Royalties, mas o STF entendeu que o veto não poderia ser votado antes da análise de mais de 3 mil vetos com prazo vencido que ainda não foram apreciados pelo Congresso. Na última semana, diante do impasse gerado no Congresso, o ministro do STF Luiz Fux voltou a afirmar que a liminar que obriga o Congresso Nacional a apreciar os vetos presidenciais por ordem cronológica não afeta a votação do Orçamento de 2013 da União. “O governo está preocupadocomainsegurançajurídica. A culpa não é do Congresso’, disse Eunício Oliveira.

Canindé Queiroz

CORREIÇÃO DO TRT EM MOSSORÓ O presidente e corregedor do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN),desembargador José Rêgo Júnior, inicia na semana que se inicia, pela 2ª Vara do Trabalho de Mossoró, as correções periódicas ordinárias de 2013. CORREIÇÃO DO TRT EM MOSSORÓ II Uma equipe de técnicos da Corregedoria do Tribunal do Trabalho analisa o funcionamento da Vara, verifica o andamento dos processos e identifica os problemas, que são apresentados em um relatório, no último dia da correição. JÚNIOR REGO CHEGA NA QUARTA No caso da 2ª Vara do Trabalho de Mossoró, a correição será encerrada na próxima sexta-feira.O desembargador José Rêgo Júnior estará em Mossoró, a partir da próxima quarta-feira, no sentido de cumprir agenda institucional e reunirse com advogados, reclamantes e representantes de empresas reclamadas, com os magistrados e servidores da Vara do Trabalho na cidade para ouvir suas sugestões, elogios, reclamações e pleitos. DARIO AGUIAR INICIA O TRABALHO O juiz José Dario de Aguiar Filho é o titular da 2ª Vara do Trabalho de Mossoró, que funciona no Fórum Trabalhista Desembargador Silvério Soares, e tem jurisdição sobre os municípios de Apodi, Areia Branca, Baraúna, Caraúbas, Felipe Guerra,Governador Dix-sept Rosado, Grossos, Serra do Mel e Tibau. Muito do correto e que o trabalho seja positivo. PROVAS DO CNJ ACONTECEM HOJE As provas do concurso público para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) serão realizadas hoje, apenas em Brasília (DF). Ao todo, 52.387 pessoas interessadas em trabalhar no órgão se inscreveram no certame, para concorrer a 177 vagas, de técnico e analista judiciário, em diferentes especialidades.

SENAC/RN OFERTA CURSOS GRÁTIS O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC) lança a edição 2013 do Programa Senac de Gratuidade (PSG), que ofertará 5.476 bolsas de estudos integrais ao longo do ano, em mais de 40 cursos distintos. O Programa tem o objetivo de promover a inclusão social através da oferta de vagas gratuitas para a população de baixa renda em cursos de Formação Inicial e Nível Técnico. MAIS DE 1.400 VAGAS DISPONÍVEIS Na primeira etapa serão disponibilizadas 1.442 vagas nas áreas de comunicação, informática, idiomas, gestão e negócios, turismo e hospitalidade, saúde e imagem pessoal.As inscrições seguem até 20 de fevereiro, por intermédio do site www.rn.senac.br/psg. Serão contemplados os municípios de Natal,Mossoró,Assu, Caicó, Macaíba e Parnamirim. AULAS INICIAM NO PRÓXIMO MÊS O início das aulas está previsto para o início de março. A seleção dos candidatos ocorre de acordo com a ordem da inscrição efetuada no site do Senac, observando-se também os critérios definidos pela Política do PSG: possuir renda familiar mensal per capita de até dois salários mínimos federais e atender aos requisitos exigidos pelo curso escolhido,que variam de acordo com a modalidade. AULAS INICIAM NO PRÓXIMO MÊS II Logo após a realização da inscrição, o candidato será contatado pela entidade, para apresentação dos documentos comprobatórios de renda e requisitos do curso pelo qual optou. Desse modo, as matrículas ocorrerão simultaneamente ao período de inscrições, oportunizando que candidatos suplentes sejam imediatamente convocados, caso ocorram desclassificações. Entre fevereiro e outubro, a instituição lançará mensalmente novos processos seletivos para cursos inseridos no Programa Senac Gratuidade. Ótimo. REDE MUNICIPAL INICIA NO LETIVO A rede municipal de ensino inicia amanhã o seu ano letivo. Para o corrente ano foram matriculados 20 mil alunos, dentre os matriculados na educação infantil e no ensino fundamental. Serão iniciadas as aulas em 61 escolas e 38 Unidades de Educação Infantil (UEIs). SEMANA PEDAGÓGICA ABRE O ANO De acordo com a secretária da Educação, Iêda Chaves, a abertura do ano letivo ocorreu durante a programação da Semana Pedagógica, realizada de 5 a 7 de fevereiro, com todos os profissionais da educação municipal. Após o início do ano letivo,a Secretaria da Educação e Desporto retoma o programa “Mais Educação”, que mantém o aluno na unidade escolar e por tempo integral. EDUCADORES CONHECEM PROJETO Iêda Chaves informou que o Programa começa após o início do ano letivo pelo fato de os diretores e supervisores necessitarem de um tempo hábil para acertar os detalhes do projeto para cada escola e avaliar os alunos que podem participar do programa, decisões que só podem ser tomadas após o início do ano letivo. Atualmente o Projeto Mais Educação é desenvolvido em 39 escolas da rede, sendo 29 escolas da zona urbana e dez escolas da rede rural.Segundo informações da secretária da Educação, existe uma perspectiva de expansão do projeto a partir do segundo semestre de 2013. Muito do ótimo e que o ano letivo na rede municipal de ensino seja altamente produtivo.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Sociais Karenine Fernandes

REFLETINDO

karenine_f@hotmail twitter: @kareninefernand site: www.kareninefernandes.com

FOTO S: CEDIDAS

BALADA DE CARNAVAL Criatividade foi o que não faltou no estande do Teacher's na Balada que foi montado no interior da Arena Show, no Carnaval de Tibau. O foliões se divertiram com a história do criador do whisky, além de poderem interagir com elas através de vídeos animados na hora onde o público também virou personagem. A marca chegou com tudo no melhor carnaval da região e mostrou que veio pra ficar. PREMIAÇÃO NACIONAL O VillaOeste, que recebeu o primeiro lugar do Estado na categoria Serviços de Turismo do Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas (MPE Brasil 2012),agora está entre os finalistas que concorrem a premiação nacional. O hotel estará recebendo nas próximas semanas a visita de auditores do Sebrae com o objetivo de verificar as práticas de gestão da empresa, considerando os critérios de liderança, estratégias e planos, clientes, sociedade, informações e conhecimentos,pessoas,processos e resultados. A cerimônia de entrega dos prêmios será no mês de abril em Brasília-DF. FAMTOUR No mês de março, o Hotel VillaOeste estará recebendo um Famtour promovido pela Braavo Turismo com representantes de agências de viagem de Natal e Fortaleza. Entre outros passeios, os convidados desfrutarão das belezas da Lagoa do Catu, localizada no Ceará. A Braavo é a única agência em Mossoró que faz parte da Trend Operadora, considerada a maior empresa em soluções para viagem e turismo no Brasil.

A vida coloca em nossos destinos pessoas e obstáculos, A cada obstáculo uma surpresa, às vezes estas surpresas são desagradáveis Basta saber lidar com esta situação e daremos a volta por cima. As pessoas que passam pelo nosso caminho deixam marcas, Algumas deixam marcas inesquecíveis e agradáveis de se lembrar E outras deixam marcas de dor e sofrimento, mas é só encará-las de frente. Superar situações é sinal de força e coragem, Mas às vezes começamos a nos decepcionar sem tentar superá-las E nos damos por vencidos, mas levante a cabeça e encare todas elas com justiça e sabedoria. Às vezes pensamos em desistir de tudo e de todos, e nos entregar de corpo e alma a uma pessoa, Mas, pense bem, será que esta pessoa merece todo este sacrifício? Não haja por impulso, sempre pare, pense e reflita, com calma, justiça e sabedoria. Não deixe de lutar pelos seus ideais e por tudo aquilo que você acha que é o certo a fazer... Nunca magoe uma pessoa, pois depois você pode ser magoado... Nunca deixe a inveja, mentira e ambição tomarem conta de você, lute contra as coisas que vão causar dor e sofrimento... Lembre-se sempre a vida é para ser vivida com cuidado e sabedoria, Aproveite para fazer as pazes com as pessoas que você teve algum desentendimento E nunca esqueça que você é a peça fundamental para fazer um mundo melhor para se viver. E a vida também é construída por você, então a construa da melhor maneira possível e não deixando imperfeições.

Roberta Kaliane e o amado André Luvi depois de muita festa curtem tranquilidade a dois

Socorro Fernandes toda feliz ladeada por suas eternas meninas: Ana Alice e Ana Prícia

Breno Vale festejando a irmã Brena Vale e o primeiro sobrinho que está a caminho

FELICIDADES MIL A turma de Recursos Humanos 2012.2, da UnP, está feliz, pois irá comemorar a sua graduação na próxima sexta-feira, 23, às 22h. Esta vitória será festejada no Garbos Recepções e a Imagem Formaturas e Eventos contribuirá com toda sua criatividade e requinte na cobertura fotográfica, cerimonial e produção. O cantor Guto Ribeiro e a banda Forró + Eu farão a animação. A decoração será de Nilton Júnior e a filmagem de Fagner Duarte.

Ela é linda e se garante no que faz... ela é maravilhosa, ela é demais...Thábata Mendes

Aspásia Alves e Nelson Filho em sessão alegria de carnaval por Tibau


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Opinião Neto Queiroz netoqueiroz@uol.com.br

PARA REFLETIR REPRODUÇÃO

O presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, vai disputar a presidência da República em 2014. A decisão já está tomada e será anunciada em breve. Eduardo sabe que Dilma é favorita para a reeleição, mas aposta que 2014 é um trampolim necessário para chegar à presidência em 2018. E por isso vai à luta.

RÁPIDAS

Durante anos, nas suas sessões de meditação, um pastor evangélico observou a presença de um jovem que nada falava e que parecia indiferente a tudo. Certa noite, o jovem chegou um pouco mais cedo e ao encontrar o pastor sozinho aproximouse dele, interpelando-o: - Há muitos anos venho ao seu centro de meditação e tenho reparado no grande número de pessoas ao seu redor. Alguns deles eu vejo que são pessoas santas. Qualquer um pode comprovar isso. Outros experimentaram certa mudança em sua vida e cresceram e se tornaram pessoas melhores. Mas, senhor, também noto que há um grande número de pessoas, entre as quais me incluo, que permanecem como eram. Não mudaram nada, ou não mudaram para melhor. Por que há de ser assim? Por que todos não conseguem mudar? O pastor sorriu e perguntou: - De que bairro você vem? - O jovem citou o nome do seu bairro que ficava distante do local. - Então, meu jovem, você deve conhecer muito bem o caminho para o seu bairro? - Sim, mestre, eu o conheço perfeitamente. Diria que até com os olhos vendados eu poderia achar o caminho que tantas vezes o percorri. - Deve, então, acontecer de algumas pessoas às vezes o procurarem, pedindo-lhe que lhes explique o caminho, até lá. Quando isso ocorre, você esconde alguma coisa delas ou explica-lhes claramente o caminho? - O que haveria para esconder, mestre? Eu lhes explico claramente o caminho, de maneira a não deixar nenhuma dúvida. - E essas pessoas as quais você dá explicações tão claras... todas elas chegam a sua casa? - Nem todos conseguem, é meio complicado alguns trechos e muitos não conseguem achar. - É exatamente isso que quero lhe explicar, meu jovem. As pessoas vêm a mim e eu mostro a Bíblia que traz todas as indicações do caminho. Eu lhes explico claramente o caminho. Eu não carrego ninguém nos ombros. Ninguém pode carregar ninguém nos ombros até o seu destino. No máximo, é possível dizer: "Este é o caminho e é assim que eu o percorro". Se você também trabalhar, se também caminhar, certamente atingirá o seu destino. Mas cada pessoa deve percorrer o caminho por si, sentir cada um dos seus passos. Quem deu um passo está um passo mais próximo. Quem deu cem passos está cem passos mais próximo.

PLUGADO

NOTAS GERAIS

O PT tem dito no Rio Grande do Norte que está trabalhando candidaturas próprias em todas as faixas para 2014. Inclusive candidato ao Governo do Estado.

CAMPANHA NA UERN Começa amanhã a campanha eleitoral para escolha de um novo reitor e do vice na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. É um processo que interessa a todo o Estado porque se trata de uma instituição com enorme importância para o desenvolvimento do RN.

A verdade é que o PT tem um único nome para a chapa majoritária. Fátima Bezerra e seu sonho de ser candidata ao Senado. Não há outro nome pronto para a disputa majoritária.

CAMPANHA DE ALTO NÍVEL Entende-se que uma eleição universitária pressupõe debate de alto nível e um eleitor qualificado e pronto para fazer a melhor escolha que aponte para o futuro da instituição. De fato assim deve ocorrer. Todos esperam uma campanha de alto nível.

Na outra ponta, olhando os movimentos do PT, está o PMDB com projeto de romper com o Governo do DEM e marchar para uma chapa mais a esquerda.

DEBATE SOBRE ATUAL GESTÃO Entre os principais temas em debate com certeza estará a avaliação da atual gestão comandada pelo reitor Milton Marques de Medeiros. Avaliação que, com certeza, saberá identificar os pontos positivos, assim como apontar as áreas em que não houve o avanço desejado.

O PMDB, caso rompa, não desejaria montar no Estado uma chapa que desagradasse a chapa nacional que terá Dilma e Temer novamente fazendo dobradinha.

PRONTO PARA SER AVALIADO Conversei com o reitor Milton Marques e o senti bem consciente que o processo envolverá a avaliação de sua gestão.Pronto para reconhecer suas dificuldades e esperançoso que a avaliação seja feita dentro dos critérios da justiça e serenidade.

Considerando que o principal nome do PMDB é Henrique e o principal nome do PT é Fátima, está feita a dobradinha. Henrique para o Governo e Fátima para o Senado ou viceversa.

REPÚDIO AO DISCURSO OPORTUNISTA Milton acredita que não haverá candidatos dispostos a transformar a avaliação da gestão num mero palanque eleitoral,onde a crítica existe apenas no intuito de obter votos, num discurso fácil e meramente eleitoreiro.

Nessa combinação restaria uma vaga de vice para atrair outros partidos do palanque de Dilma. Se o PSB não for em caminho próprio com Eduardo Campos, a vaga de vice será dele.

INCENTIVO AO BOM DEBATE Quem conhece o caráter democrático do reitor Milton Marques sabe que ele é um estimulador do debate. Aceitará bem os argumentos sobre sua gestão, prós e contras. Com o direito de esclarecer o que estiver mal dito e com a sabedoria de quem confia que a comunidade acadêmica saberá avaliar com lucidez e equilíbrio.

• VIOLÊNCIA - Olhando as estatísticas de mortes violentas em Mossoró temos cerca de 140 assassinatos por ano aqui no município de Mossoró. • MORTES - Fazendo uma conta simples, de 140 mortes por ano, somando os últimos seis anos, chegaremos a um total de 840 assassinatos cometidos. • JURI - Tenho a informação, não oficial, que deste total menos de 200 casos foram solucionados e resultaram em tribunal do júri para o acusado. • IMPUNIDADE - Significa então que são mais de 600 assassinatos em seis anos que até agora os envolvidos não foram julgados ou sequer presos. • ALIVIADA - E o pior é que ninguém cobra pela punição dos culpados. A sociedade parece aliviada com as mortes e não cobra as investigações e as punições.

EDNILTO NEVES

INSS muda regra para agendar nova perícia O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) alterou a regra para o agendamento de perícias médicas em pedidos de concessão de auxílio-doença. Agora, quem tiver uma solicitação do benefício negada pelo perito não poderá agendar novo exame no prazo de 30 dias. A medida pretende acelerar o atendimento dos segurados que ainda não foram examinados. A pessoa que não concordar com o resultado do exame terá o direito de solicitar nova avaliação com um perito, desde que apresente

um fato novo,como complicações relacionadas ao problema de saúde adquirido, outros exames ou comprovantes da doença. Segundo Camila Sena, chefe do serviço do benefício do INSS de Mossoró, cerca de 40% da demanda diária está relacionada ao auxílio doença. A unidade de Mossoró cobre 15 municípios,algo em torno de 50% das agências do Estado. Ela informa que em janeiro deste ano foram atendidas 4.049 pessoas, sendo 1.043 só em Mossoró. Das 1.043 pessoas que se dirigi-

ram ao INSS local, 472 estavam em busca do auxíliodoença. "Cerca de 46% dos requerimentos da agência está relacionado ao auxíliodoença. Desse montante, 40% agenda retorno. Agora com esse prazo maior para agendar uma nova perícia, os assegurados terão mais tempo para colher provas e subsídios para constatar que precisa do benefício", comenta. Camila Sena ainda explica que o benefício de incapacidade, engloba o exame inicial, os pedidos de pror-

rogação e os pedidos de reconsideração. Ela acredita que a nova medida de não marcar o retorno antes dos 30 dias não vai mudar muito o funcionamento do INSS de Mossoró. "Aqui a gente trabalha com o agendamento no dia. Então não sofremos tanto com o retorno para nova perícia médica. Se for olhar no geral, para o Brasil inteiro,essa nova medida vai agilizar bastante o atendimento", destaca. A nova medida derruba também a regra que dizia que o exame de reconside-

46% dos requerimentos da agência estão relacionados ao auxílio-doença

ração não poderia ser feito pelo mesmo médico da perícia inicial. O agendamento da perí-

cia médica pode ser feito pelo telefone 135, www.previdencia.gov.br ou se dirigindo até a própria agência.


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Esporte

Em alta,Flamengo e Botafogo fazem clássico MAURÍCIO VAL/VIPCOMM

Em jogo de classificação, Carlos Eduardo estreia e Oswaldo de Oliveira tem problemas

urante a última década, Flamengo e Botafogoprotagonizaram clássicos nervosos, com expulsões e muitos gols. Líderes dos seus respectivos grupos,os dois times estão embalados na competição e podem garantir a classificação para as semifinais em caso de vitória. Rafinha e Hernane pelo Flamengo, Seedorf e Vitinho pelo Botafogo. O duelo, que começa às 18h30 de hoje tem muitos ingredientes para ser uma grande partida de futebol. Buscando manter a boa fase e a invencibilidade na Taça Guanabara,o Flamengo conta com um reforço no clássico. O meia Carlos Eduardo, contratado para ser o camisa 10 da equipe rubro-negra nesta temporada, pode fazer a sua estreia. O jogador ainda não está em plena forma física, mas já afirmou que pode atuar aproximadamente 60 ou 70 minutos.Dorival Junior,por sua vez, não garante que o

go no clássico deste domingo. O lateral esquerdo Julio Cesar ocupa a vaga de Mattos e Vitinho será mantido entre os titulares. "Temos três jogadores que jogam de primeiro volante e nenhum deles está à disposição. Como o Julio eu já conheço e já fez essa função em outros clubes, escolhi ele para o setor. Vou efetivar essa escolha até que algum deles volte.Se for bem, pode até continuar", disse. Como Oswaldo tem utilizado Fellype Gabriel como volante, o Botafogo irá a campo com dois jogadores improvisados no setor.Para o treinador, não há problema: "O esquema não muda muito, todos os jogadores ajudam a marcar e a atacar. Isso não é um problema". Quem também volta ao time do Glorioso é Lodeiro. O jogador, que desfalcou o time contra o Resende,por estar com a seleção do Uruguai, entra no lugar de Cidinho.

D

Carlos Eduardo estreia hoje e é a principal expectativa do Flamengo

meia iniciará jogando: "O Carlos vai estrear,resta saber se é de início ou não. O Carlos Eduardo vem vindo com uma carga de treinamento muito forte. Ele ainda não está totalmente solto, ainda apresenta alguma dificuldade. Estamos fazendo um trabalho de recuperação com ele", disse.

O técnico rubro-negro ainda mostra dúvidas quanto ao time titular para a partida deste domingo. Cleber Santana, que vinha sendo reserva neste início de temporada, pode pintar desde o começo do jogo contra o Botafogo. "Não temos a certeza da escalação inicial do Carlos Eduardo,por isso tes-

tei o Cleber [Santana] no lugar dele. Tenho dúvidas no meio, Amaral ou Cáceres, Cleber ou Carlos Eduardo. O Amaral dá uma mobilidade maior ao setor, já que o time do Botafogo é muito rápido", afirmou Dorival. O treinador rubro-negro quer que seus comandados mantenham o mesmo ritmo

Timão e Verdão fazem mais um duelo São muitas finais, alegrias e decepções para corintianos e palmeirenses ao longo de 96 anos de clássico. Mas o Dérbi das 16h deste domingo no Pacaembu, pela oitava rodada do Campeonato Paulista, é ainda mais especial pela diferença no momento dos clubes. O Timão, mandante e com maioria da torcida,chega para esse jogo como franco favorito. Com a mesma base que levou o clube às conquistas da Libertadores e do Mundial de Clubes em 2012, a equipe de Tite tem jogadores no banco de reservas que poderiam ser titula-

res em várias agremiações brasileiras,como Alexandre Pato,Renato Augusto,Douglas e Romarinho. No Parque São Jorge,não há hipocrisia. Fábio Santos aceita o favoritismo corintiano, mas rechaça que isso seja suficiente para vencer o confronto com o Palmeiras. Para o camisa 6 do Timão, o embate não será mais fácil pela maneira conturbada do maior rival,que tenta se reerguer depois de ser rebaixado e ainda monta o elenco. O Corinthians não jogou no meio de semana, ao contrário do seu rival que venceu na raça o Sporting Cristal

(PER) na estreia na Libertadores quinta-feira - o primeiro jogo alvinegro acontecerá na próxima quarta-feira, contra o San Jose,na Bolívia. Mais um motivo para que o favoritismo alvinegro se faça presente no Dérbi. De um lado, Tite manterá a base que levantou a taça no Japão e só não terá Chicão, lesionado - Gil será o substituto. Kleina deve apostar também em boa parte dos seus 11 vitoriosos no caso dele, dos que brilharam no meio de semana. Pelo menos na tabela o Verdão está na frente. Com os mesmos 12 pontos do ri-

val, o Palmeiras, quinto colocado, leva vantagem no critério de gols marcados (15 a 11).O Corinthians vem logo atrás, na sexta posição. CORINTHIANS: Cássio, Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Jorge Henrique, Danilo e Emerson; Guerrero. Técnico: Tite. PALMEIRAS: Fernando Prass; Weldinho, Henrique,Maurício Ramos e Marcelo Oliveira; Vilson, Márcio Araújo, Wesley e Souza; Patrick Vieira e Vinícius. Técnico: Gilson Kleina.

Vasco recebe o Audax neste domingo Em situação complicada na Taça Guanabara, o Vasco recebe o Audax neste domingo,às 16h,em São Januário. A equipe da Colina está na terceira colocação do Grupo A, com 10 pontos, e precisa vencer suas duas últimas partidas e torcer por um tropeço do Madureira para se classificar para as semifinais da Taça Guanabara. Para a partida, o técnico Gaúcho afirmou que vai repetir a mesma escalação da última partida,contra o Flu-

minense. Bernardo, que vem se destacando nos treinos da equipe, será mantido no banco. Apesar de manter o jogador na reserva, o comandante cruzmaltino disse que sempre conta com o meia. Em situação parecida com a do Vasco, o Audax sonha com a classificação para as semifinais da Taça Guanabara. Assim como o time de São Januário, a equipe precisa vencer seus dois últimos jogos e torcer por um tro-

peço do segundo colocado do seu grupo, o Fluminense. A equipe, novata na primeira divisão do estadual, tem 11 pontos no Grupo B. Em toda a história, o Vasco enfrentou o Audax apenas uma vez, em um jogo-treino disputado no antigo CT do clube, o Vasco Barra. Na ocasião, o Vasco foi derrotado por 4 a 2. Na época, o Vasco disputava a Série B do Campeonato Brasileiro e o Audax ainda se chamava

Sendas Esporte Clube. VASCO: Alessandro; Nei, Dedé, Renato Silva e Dieyson; Abuda, Wendel, Pedro Ken e Carlos Alberto; Eder Luis e Tenório. Técnico: Gaúcho. AUDAX: Rafael Sandes; Adriano, Anderson Luis, Fabiano Eller, Romário; Andrade, Ivan Júnior, Leandro Bonfim e Nélio; Wellington e Denílson.Técnico: Maurício Barbieri.

que vem apresentando desde o início do Carioca, para que as vitórias continuem acontecendo e o time fique ainda mais folgado na liderança do Grupo B. Com Marcelo Mattos,Renato e Andrezinho machucados,o técnico Oswaldo de Oliveira definiu na sexta-feira o time que enfrenta o Flamen-

FLAMENGO: Felipe, Léo Moura,Renato Santos, Walace e João Paulo; Cáceres (Amaral),Ibson,Elias e Carlos Eduardo (Cleber Santana);Rafinha e Hernane.Técnico:Dorival Junior. BOTAFOGO: Jefferson; Lucas, Bolívar, Antônio Carlos e Márcio Azevedo;Julio Cesar,Fellype Gabriel,Lodeiro,Vitinho,Seedorf; Bruno Mendes. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Deco e Gum voltam,mas Fluminense vai de time misto hoje contraVolta Redonda Após vencer na estreia da Copa Libertadores, o técnico Abel Braga decidiu poupar os titulares do Fluminense do confronto deste domingo, contra o Volta Redonda,às 17h,pelo Campeonato Carioca. Dois jogadores com status de titular, porém, volta à equipe para esta partida: o zagueiro Gum e o meia Deco estão recuperados de lesão e vão entrar em campo. O duelo contra o Grêmio, pela Libertadores, na próxima semana, foi o fator que mais pesou para a decisão de poupar os principais jogadores.Diego Cavalieri, porém, deverá estar presente desde o início.Abel Braga ressaltou que Gum e Deco estão 100% fisicamente, mas ainda precisam de ritmo de jogo, já que é o primeiro jogo de ambos.A única dúvida está no ataque, com Samuel e Michael disputando um lugar na equipe para compor o setor com Marcos Júnior e Rhayner. Pelo lado do Volta Redonda, o técnico Alfredo Sampaio já não acredita em classificação para as semifinais da Taça Guanabara. Com seis pontos, na quinta

posição do Grupo A,a equipe ainda mantém chance matemáticas. Mesmo assim, o treinador quer somar pontos para se afastar da zona de rebaixamento do Carioca e fazer um segundo turno tranquilo. Para esta partida, o Voltaço tem alguns problemas. Edu Pina está suspenso e a diretoria não vai pagar R$ 500 para tê-lo em campo. No ataque, Alfredo Sampaio não terá Frontini, que segue se recuperando de lesão. Com isso, Léo Andrade será o único jogador no setor, já que Geraldo e Rafael Granja vão compor o setor de criação e povoar a região do meio-campo. VOLTA REDONDA: Gatti; Jancarlos, Leonardo Luiz, André Alves e Marquinhos; Pedro, Zé Augusto,Fernando,Geraldo e Rafael Granja; Léo Andrade. Técnico: Alfredo Sampaio. FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Elivélton e Monzón; Diguinho, Felipe e Deco; Marcos Júnior, Rhayner e Samuel (Michael). Técnico: Abel Braga.


Gazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Esporte Baraúnas pega lanterna Potyguar-CN para tentar voltar a fazer gols e reencontrar vitórias

Cantinho da recordação Olismar Lima

WILSON MORENO

á dois jogos sem vencer e sem marcar sequer um gol, o Baraúnas entra em campo na tarde-noite de hoje com a missão maior de reencontrar as vitórias e assim seguir a perseguição à liderança do Campeonato Estadual 2013.Com este intuito traçado como meta, o tricolor mossoroense tem logo o lanterna da competição pela frente.O confronto é contra o Potyguar de Currais, no Estádio Nogueirão, a partir das 17h. Atualmente,o Baraúnas é o segundo colocado e soma 18 pontos na tabela de classificação, mas vem de dois empates sem gols,contra o Corintians, em casa, e Santa Cruz fora. Enquanto isso o adversário tenta a cada rodada sair da lanterna, mas sem sucesso. A equipe do Seridó está com apenas oito pontos, mas nem por isso o técnico interino do time mossoroense, Paulo Renato, quer descuido de sua equipe. "O Potyguar de Currais Novos é o lanterna, mas está sempre buscando a vitória para sair dessa situação.

H

BERG

Berg - vigoroso meio-campista que foi revelado pelo Potiguar e defendeu grandes clubes do futebol brasileiro

Baraúnas vai buscar três pontos após duas rodadas sem vencer

Tenho certeza que eles virão pra cima da gente e por isso nós temos também que ir pra cima deles em busca da vitória. O Baraúnas tem que impor um ritmo veloz, sem a apatia demonstrada em algumas outras oportunidades jogando em casa", comentou Paulo, que preparou mudanças na equipe titular para esta tarde. De acordo com o que foi visto nas movimentações

realizadas sexta-feira e ontem, o treinador deve fazer pelo menos duas mudanças em relação à formação que entrou em campo no meio de semana, sendo ambas por obrigação. Na zaga, Puxa substitui Pedrosa, que está suspenso depois de receber o terceiro cartão amarelo no jogo contra o Santa Cruz. Já no setor ofensivo, o ataque ficará por conta de Bruno Pa-

catuba, tendo em vista que Cristiano Alagoano deixou o campo na rodada passada com uma lesão. Nas demais posições, as escolhas devem ser as mesmas. BARAÚNAS: Érico; Roberto Baiano, Puxa, Luciano Tandera e Neilton;Fidelis,Batata,Curuca e Márcio; Jean Alisson e Bruno Pacatuba. Técnico: Paulo Renato (interino)

Potiguar visita o Assu para subir ainda mais na tabela Em visível ascensão no Campeonato Estadual, depois de vencer três dos últimos quatro jogos e empatar outro, o Potiguar entra em campo hoje com o mesmo objetivo traçado há algumas rodadas. O time mossoroense quer encostar cada vez mais na liderança, mas para isso precisa superar o Assu às 17h deste domingo, no Estádio Edgarzão. O alvirrubro tem 16 pontos, dois a menos que o Baraúnas e cinco atrás do Santa Cruz. "É uma partida muito importante, porque nós encostamos nos dois que estão na frente, então na realidade nós temos que ir com o objetivo de surpreender o Assu. É o momento de nós mostrarmos nossa força e nossa capacidade, indo pra cima do Assu para surpreendêlos", analisou o técnico al-

virrubro Samuel Cândido, que terá mudanças na equipe. O treinador deve promover a estreia do recémcontratado Marcus Vinícius na lateral direita, já que Fernando precisa cumprir suspensão depois de ter sido expulso na rodada do meio de semana. Além desta mudança, outra que acontecerá é no ataque. Carlinhos, que foi titular quarta-feira, não faz mais parte do elenco e deve ser substituído por Dinda ou Giliarde. Ambos voltam após passarem alguns dias fora devido a contusões. Outro que poderia ficar de fora era o capitão e zagueiro Anselmo, que vem atuando no sacrifício devido a uma lesão no ombro. No entanto, o técnico Samuel Cândido espera para saber se tem condições de utilizar o defensor dian-

te da equipe assuense. Caso seja vetado, as opções mais prováveis são Ivson ou Paulo Ricardo. Por último, o volante Lima reassume vaga no meio de campo e deve entrar no lugar de Cleiton Recife.

POTIGUAR: Roberto; Marcus Vinícius, Genílson, Anselmo (Ivson) e Fagner; Lima (Cleiton Recife), Magno, Daniel, Vaninho e Giovanni; Dinda (Giliarde). Técnico: Samuel Cândido.

11ª RODADA DO ESTADUAL 2013 CORINTIANS

x x x x

PALMEIRAS

MARIZÃO, 17 DE FEVEREIRO, ÀS 16H

ASSU

POTIGUAR

EDGARZÃO, 17 DE FEVEREIRO, ÀS 17H

ALECRIM

SANTA CRUZ

NINHO, 17 DE FEVEREIRO, ÀS 17H

BARAÚNAS

REPRODUÇÃO

Potyguar-CN

NOGUEIRÃO, 17 DE FEVEREIRO, ÀS 17H

Prosseguindo a tarefa de registrar os craques que fizeram a história do nosso futebol, reservamos para esta edição a presença de Berg, meio-campista que defendeu o Potiguar de nossa cidade, nas temporadas de 2004,2005 e 2006. Os nossos principais clubes (Baraúnas e Potiguar), através das categorias de base, conseguiram revelar excelentes atletas que souberam representar com destaque a importância do nosso futebol ao longo dos anos. No caso de Berg, o seu surgimento para a divisão principal do alvirrubro deu-se no ano de 2004, época em que o Time Macho conquistou, pela primeira vez, o título de campeão norte-rio-grandense de futebol, representando a cidade de Mossoró-RN. A estreia do nosso focalizado como atleta profissional do quadro acedepeano aconteceu no dia 15 de fevereiro de 2004,aqui mesmo no 'mundão' do Nova Betânia, por ocasião do jogo envolvendo Potiguar versus Caicó, válido pelo Campeonato Estadual da temporada.Naquela oportunidade,o alvirrubro conquistou a vitória pelo placar de um tento a zero. Observe a súmula do espetáculo:Claudevan;Wendel (Wellington), André, Bartô e Gledson;Erivan,Jânio,Márcio Cardoso (Berg) e Chiquinho; Canindezi-

nho e Marcelo Martinelli (Vivi).Caicó:Dida;Augusto,Silvan,Ronaldo e Agnaldo; Clécio, Mazinho (Rosivaldo), Israel (Maxwel) e Janilson (Fredson);Cidenir e Roquelan. O único gol da partida foi assinalado através de Chiquinho. Dirigiu o espetáculo,o árbitro João Alberto Gomes Duarte,assistido nas bandeiradas por Cláudio Fábio da Silva e João Maria Soares. Renda do jogo: R$ 12.862,00, para 2.985 torcedores que pagaram ingresso. Além de defender o Potiguar, Berg atuou pelos chamados grandes clubes de nossa capital - América e ABC, bem como o Clube Náutico Capibaribe, da Veneza brasileira, e outros clubes de maior destaque no futebol brasileiro. Berg é detentor de um futebol voluntarioso, não encontrando dificuldades em chegar à meta adversária,bem como distribuir as jogadas oriundas do meio de campo, que na maioria das vezes são convertidas em belíssimos tentos, levando a torcida ao delírio, nas principais praças de esporte da nação brasileira. Pelos relevantes préstimos ao nosso futebol, de modo particular ao Potiguar, bem como dos demais clubes que teve a oportunidade de defender,Berg merece ser inserido na galeria de valores do nosso Cantinho da Recordação.


10 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Gerais REUTERS

Mantega nega uso do dólar para controlar inflação,segundo agências

O

ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse ontem (15) que o dólar “não é instrumento para controlar a inflação. O instrumento é o juro”, segundo agências como o Valor e Bloomberg News. Mantega falou a jornalistas antes da reunião de ministros de finanças do G-20, o grupo dos 20 países mais ricos do mundo, em Moscou, na Russia. O dólar vem enfrentando pressões de baixa com investidores apostando na queda da moeda, que poderia ser usada para conter a inflação. Ontem, o BC fez um leilão para conter a queda da moeda. O dólar estava caindo durante a manhã, mas virou e passou a subir depois da

venda de dólar no mercado futuro - o swap cambial reverso. Segundo Mantega, o país conseguiu caminhar "para um câmbio mais equilibrado”. No entanto, apesar de dizer que não há piso específico para o real, o ministro afirmou que o governo não vai "tolerar flutuações fora do padrão". “O meu recado é o mesmo, não tem nenhuma novidade, é cambio com flutuação e vigilância”, disse. Opiniões divergentes Em entrevista à Reuters na semana passada,Mantega já havia dito que o governo não irá utilizar o câmbio para conter a inflação, e se mostrou otimista em relação à variação dos preços. "O câmbio está flutuan-

No Amazonas,'madeiras caídas' viram produtos de alto valor Um projeto do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI) utiliza madeiras de árvores caídas para produzir peças de alto valor. Entre os produtos desenvolvidos pela pesquisa está a "mesa barril". O protótipo é um dos sete processos de patentes depositados pela instituição no ano passado. Resultado da dissertação de mestrado da designer de produtos Mirella Sousa e Silva, a "mesa barril" é composta por peças modulares, parafusadas, de fácil montagem e transporte. O móvel foi confeccionado a partir de painéis construídos por meio de técnicas de colagem. A pesquisa é desenvolvida pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT) Madeiras da Amazônia. Segundo Mirella, o uso dos painéis no desenvolvimento da mesa serve como alternativa para melhor utilização e valorização dos resíduos florestais. No processo de fabricação, as toras são desdobradas para garantir maior rendimento do material lenhoso, o que também permite o desenvolvimento de painéis tanto em madeira maciça de única espécie, quanto em madeiras de espécies e dimensões diferentes. "Hoje encontramos muitos móveis formatados com painéis que não são de madeira maciça, geralmente são aglomerados – o MDF ou MDP. Contudo, existe uma demanda no mercado por estes produtos, principalmente por tratar-se de pai-

néis constituídos de madeiras nobres, visando o máximo do seu aproveitamento, salientando que muitas destas têm se mostrado cada vez mais escassas e de difícil obtenção", explica Mirella Silva. O MDF geralmente é usado na confecção de portas e interiores de móveis de cozinha, escritório e ambientes. O MDP é fabricado a partir de partículas de madeiras em camadas, utilizado em móveis residenciais e comerciais. Matéria-prima Na etapa de seleção da matéria-prima, Mirella afirma que a escolha das peças para a formação dos painéis, não será realizada em função da espécie, mas pela qualidade e dimensão das peças que serão classificadas e agrupadas após a secagem, agregando ao produto a tecnologia de formação de painéis. De acordo com a pesquisadora, o mercado consumidor apresenta boa aceitação de produtos - dentre eles porta, tampo de mesa, móveis em geral, etc - fabricados a partir de painéis por meio da colagem de madeira maciça. "Nosso intuito será dar um destino útil à madeira caída, que não tem nenhum tipo de aproveitamento até o momento, possivelmente pelo desconhecimento de seu potencial tecnológico. Através desta pesquisa será possível conhecer suas características, para posteriormente transformá-la e aplicá-la no desenvolvimento de produtos", concluiu.

do mais ao sabor do mercado. Flutua sem causar prejuízo ao exportador, não está causando prejuízo ao importador de máquinas e equipamentos. O câmbio encontrou faixa de flutuação razoável", avaliou o ministro. A entrevista foi a mesma em que o ministro disse que governo brasileiro não permitirá que o dólar volte a ser cotado a R$ 1,85. "O

ideal é que não houvesse intervenção,mas isso é sonho. Agora, se houver de novo uma tendência especulativa, se o pessoal se animar: 'vamos puxar esse câmbio para 1,85', aí estaremos de novo intervindo", disse o ministro. Para ler mais notícias do G1 Economia, clique em g1.globo.com/economia. Siga também o G1 Economia no Twitter e por RSS.

Ministro da Fazenda, Guido Mantega, em entrevista à Reuters, na semana passada


Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Mossoró

Editora: Daniele Silveira mossorogazetadooeste@gmail.com

LAURO MONTE

ESPECIAL

Reforma do teatro pode ser concluída antes do prazo 2

Como é a participação dos jovens nas igrejas

6e7

Farmácias populares continuam fechadas ALCIVAN COSTA

Medicamentos para combate a diabetes, pressão alta, anticoncepcionais e asma eram repassados gratuitamente

O

ito de dez Farmácias Populares do Brasil instaladas no Rio Grande do Norte permanecem fechadas desde o início de novembro. As duas unidades de Mossoró, localizadas na Avenida Presidente Dutra, Alto de São Manoel e na Rua Desembargador Dionísio Filgueira, no Centro, estão sem funcionar há quatro meses. Sem poder obter o medicamento gratuitamente, a comunidade mossoroense que precisa dos remédios tem sido prejudicada. Desde o fechamento, os usuários esperam pela reabertura das farmácias. Conforme Hermenegilda Freitas, uma das farmacêuticas da Farmácia Popular, a unidade que ficava no Alto de São Manoel já devolveu os medicamentos a Fiocruz e o prédio foi entregue.Já a sede do Centro ainda segue em situação indefinida,os medicamentos estão lá, porém não pode ser repassado aos usuários. "A demanda de pessoas que precisa desses remédios é muito grande.Os usuários estão sendo prejudicados. De todas as farmácias populares do Brasil,apenas as do RN estão fechadas. Isso é um absurdo". Além de entregar gratuitamente os medicamentos para combate a diabetes, pressão alta, anticoncepcionais e asma, os demais medicamentos são vendidos a um preço bem inferior aquele que é comercializado no comércio. Apenas 10% do preço do produto são cobrados.

"Se um remédio custa R$ 25,00 em uma farmácia privada, esse mesmo remédio custa menos de R$ 2,00 na Farmácia Popular. Quem não tem dinheiro para comprar os remédios está sofrendo", declara Hermenegilda Freitas. A assessoria do Ministério da Saúde explica que os usuários não devem ser prejudicados e podem adquirir de forma gratuita os mesmos medicamentos nos postos de saúde do município. Além disso, existem farmácias privadas que são credenciadas ao programa Farmácia Popular e devem repassar os medicamentos. No RN são 363 farmácias privadas credenciadas ao programa, sendo 18 em Mossoró.Para saber se a farmácia é cadastrada,basta olhar se no interior do estabelecimento tem o aviso 'Aqui tem Farmácia Popular'. "Essas farmácias são ressarcidas pelo Governo Federal. Após repassar o medicamento de forma gratuita à população,elas recebem o pagamento do Governo Federal.Mesmo com as farmácias populares fechadas, existem outras maneiras de pegar o medicamento. Posto de saúde e farmácias credenciadas são as soluções", relata a assessoria. HISTÓRICO DO FECHAMENTO - Logo no início de novembro, a Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ) estabeleceu um prazo para que o Governo do Estado providenciasse a reabertura das 10 unidades. No entanto nada foi feito e as farmácias continuam fechadas e sem funcionar. O principal motivo alegado na época para o fechamento das farmácias foi a falta de pagamento dos funcionários que foram contratados através de uma empresa terceirizada. Por estarem com os salários atrasados decidiram entrar em greve. Além da falta de pagamento dos salários dos funcionários, as contas de luz,água,telefone e aluguel

As duas sedes da Farmácia Popular estão fechadas desde novembro WILSON MORENO

Usuários podem adquirir de forma gratuita os mesmos medicamentos nos postos de saúde

do prédio também estão em atraso. Segundo a assessoria de imprensa do Ministério da Saúde,a Fiocruz enviou ofício, no dia 7 de novembro, à Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP) determinando que o atendimento ao público nas farmácias fosse retomado em no máximo,15 dias,ou seja,até o dia 22 de novembro.

"Caso a Sesap não atenda o determinado, o Governo Federal pode suspender o repasse mensal de recursos para o programa",declarou a assessoria quando foi abordada sobre o assunto naquela ocasião, mês de novembro. Desde então a assessoria do Ministério da Saúde informa que a explicação pelo fechamento deve ser re-

Diocese lança hoje Campanha da Fraternidade com foco na juventude Será lançada hoje, 17, em Mossoró, a Campanha da Fraternidade. Este ano a campanha da Igreja Católica traz como tema 'Fraternidade e Juventude' e como lema 'Eis-me aqui, envia-me!' (Is 6,8). O lançamento será marcado por uma mobilização jovem, caracterizada por um passeio ciclístico. De acordo com o Padre Augusto Lívio, a concentra-

ção será às 7h, no Colégio Diocesano Santa Luzia, já o passeio será iniciado às 8h, em direção à Catedral de Santa Luzia, onde o bispo diocesano Dom Mariano direcionará a palavra aos jovens. Às 9h será iniciada a missa. Já amanhã, o bispo detalhará como serão desenvolvidas as ações dentro da CF na Diocese. Embora o objetivo da campanha seja englobar to-

da a Igreja, o sacerdote explica que este ano a reflexão é focada nos jovens, até por ser o ano em que a Jornada Mundial da Juventude será realizada no Brasil. De acordo com Padre Augusto Lívio, hoje a Igreja Católica conta com um bom número de jovens se aproximando e fazendo parte de grupos. Eles estão ocupando espaços, porém, como lembra o sacer-

dote, a realidade da juventude é muito maior é há muitos jovens afastados, às vezes com problemas com drogas. Hoje, segundo resume o padre, a participação dos jovens é crescente, mas ainda é pequena quando se pensa na sociedade como um todo. A Campanha da Fraternidade é uma oportunidade de tentar trazer esses jovens para a Igreja.

passada pela Sesap, que por sua vez ainda não tomou nenhuma providência. PROGRAMA - O Programa Farmácia Popular do Brasil foi criado pelo Governo Federal, mas funciona através de convênio com o Governo do Estado. O programa foi criado para ampliar o acesso aos medicamentos para as doenças

mais comuns entre os cidadãos. Visando acabar com a automedicação, os remédios são vendidos a preços baixos. No RN, o programa foi instalado em 2006 e conta seis unidades em Natal, duas em Mossoró, uma em Parnamirim e uma em São Gonçalo do Amarante, atendendo cerca de 100 mil pessoas. WILSON MORENO

Padre Augusto Lívio fala da temática abordada este ano


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Mossoró Teatro Lauro Monte Filho pode ser entregue antes do prazo EDNILTO NEVES

Iniciadas em setembro do ano passado, as obras de reforma do Teatro Lauro Monte Filho estão em andamento. Somente nestes cerca de cinco meses,segundo o mestre de obras Zeomar Gomes,a equipe se concentrou na retirada do entulho e dos materiais que estavam danificados. "Foram quatro meses de retirada de tralhas, fezes de morcegos, de pombos, cupins,madeira estragada,pisos ruins,cadeiras danificadas,enfim,todo esse teatro, por dentro, está sendo reconstruído, pois aqui quase nada prestava, a não ser a estrutura em si, que ainda receberá muitos serviços",comenta Zeomar,ressaltando que a proposta é de que a obra seja entregue dentro do prazo (300 dias) ou mesmo antes do fim dele. "Estamos com os trabalhos bem adiantados e seguindo à risca o cronograma, iniciado em setembro do ano passado. Aqui existem muitos serviços para serem feitos, desde as instalações de novos banheiros, mudanças em salas, tablados, até os pisos do teatro e toda a madeira que reveste a lateral. Tudo isso será substituído", diz. Segundo ele, um dos maiores inimigos do Lauro Monte Filho foram os cupins."Quando começamos a retirar parte do forro,além de muitas fezes de morcegos, pombos e de muitos insetos,encontramos grandes cupinzeiros", fala, mostrando o caminho que os cupins utilizavam para danificar todas as partes em madeira do teatro. "Eles estavam localizados, principalmente, nas partes laterais, do piso superior, e, ao mesmo tempo,desciam pelas paredes e atacavam as madeiras que revestem as paredes", salienta. Zeomar Gomes também reforça que elevadores serão instalados, além de uma bomba de acionamento automático. "Ela será acionada automaticamente, quando a água que está embaixo da parte do teatro alcançar determinado nível... Esse problema da

Zeomar Gomes mostra madeira danificada por cupins no Lauro Monte Filho EDNILTO NEVES

Campanha sobre dar passagem aos veículos de emergência é planejada Ambulâncias, carros de polícia e de bombeiros com sirenes ligadas têm prioridade nas vias. Os demais carros devem abrir caminho. O problema é que nem sempre os condutores mossoroenses são conscientes e facilitam a passagem desses veículos de emergência. A situação é tão recorrente que o Corpo de Bombeiros de Mossoró procurou a Subsecretaria de Trânsito e Transporte do município. "O órgão nos procurou para saber como nós podíamos auxiliar, pois os motoristas não estão dando espaço mesmo com os veículos com giroflex e sirenes ligados", informou Luiz Correia, diretor executivo de Trânsito e Transportes da subsecretaria. Para diminuir as situações, os dois órgãos se juntaram e estão elaborando uma campanha educativa a ser realizada na cidade. Por enquanto, os trabalhos estão em fase inicial. Formas de realização, locais, datas e participação de parceiros como a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) ainda estão sendo definidos. ORIENTAÇÕES - O direito aos veículos de emergência é assegurado

Teatro terá mudanças significativas com implantação de novos equipamentos e espaços

água que emana do chão, aqui nas proximidades do rio, é antigo e não atinge somente o teatro,mas também alguns outros prédios nas proximidades", ressalta. "Tudo isso será prontamente resolvido", diz. Ele acrescenta que a equipe está fazendo "um teatro dentro de outro". "Estamos dando vida a algo que estava praticamente morto. Será o mesmo teatro, mas com boas mudanças. Afinal, toda essa parte interna precisava de reparos...as paredes estavam desgastadas, o piso, o tablado, tudo isso estava estragado, com a ajuda, claro, da ação do tem-

po, dos morcegos e dos cupins, que infestaram toda a madeira", explica. Atualmente,a equipe trabalha a parte de alvenaria. "Estamos construindo os banheiros e preparando a estrutura para o recebimento de outros equipamentos, além da reforma das salas do andar superior. Toda essa parte de alvenaria está sendo feita", comenta. PROJETO CONTEMPLARÁ ACESSIBILIDADE – Durante a apresentação do projeto de reforma do Lauro Monte Filho, na Biblioteca Ney Pontes, no mês de setembro de 2011, a

secretária de Infraestrutura, Kátia Pinto, salientou, entre outros pontos, que o novo teatro terá rotas de fuga e saídas de emergência, além de rampas de acessibilidade, local para cadeirantes no térreo, rampa interna para artistas e técnicos terem acesso ao palco, banheiros acessíveis e plataforma de circulação vertical (uma espécie de elevador) do palco para o andar superior - local que pode ser usado como camarim. O novo prédio também contará com uma nova climatização e tratamento acústico, além de iluminação especial e café no piso superior.

pelo Código Nacional de Trânsito (CNT), que autoriza os mesmos a estacionar em qualquer lugar para atendimentos de urgência. Não liberar a passagem para esses veículos é considerado falta gravíssima, com multa. A orientação do código é para que os motoristas de carros comuns deixem livre a faixa da esquerda, movendo-se para a direita da via e até mesmo parando, se for necessário. O acostamento ainda pode ser usado para facilitar as manobras. O motorista que estiver parado em um local que tenha fiscalização eletrônica esperando o semáforo abrir pode avançar para a faixa de pedestres para dar passagem ao veículo de emergência. Ele ainda pode ultrapassar com o sinal fechado desde que tenha condições de segurança para isso. Ao ser notificado pela infração, o condutor pode requerer ao órgão de trânsito responsável uma comprovação de que cometeu a infração pelo motivo específico e assim, ter a multa anulada. "O condutor pega um ofício para ser anexado a sua defesa na hora de questionar a multa", acrescentou Luiz Correia.

OFERTA DE EMPREGO Empresa de grande porte contrata na região de Mossoró Engenheiro de Segurança do Trabalho recém-formado. Os interessados deverão enviar curriculum para o e-mail engenheirorn2012@gmail.com


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Mossoró

Arte de mossoroense é destaque nacional EDNILTO NEVES

EDNILTO NEVES

Produtos são enviados para Natal e de lá são comercializados para diversas cidades do Brasil

FIDEL NUNES Da Redação

Especializada na temá-

tica do cangaço e sendo reconhecida nacionalmente pelo trabalho feito com biscuit,Francisca Fernandes é uma das artesãs mais solicitadas no Nordeste. Em uma casa simples na Rua Jerônimo Rosado de Sousa, no bairro Santo Antônio, ela produz materiais que são comercializados por todo País. Diariamente, dona Francisca produz mais de 100 peças. Ela conta se for só chaveiro e imãs a produção sobe para 300, mas se

Francisca Fernandes se especializou na temática do cangaço

for algo mais trabalhado e com detalhes esse número

diminui.Para fazer um cangaceiro - elemento mais ven-

Produção é feita numa casa simples de Mossoró e repassada para vários cantos do País

dido por ela - a duração é entre 10 e 20 minutos. "Teve mês que foram produzidas mais de duas mil. Essas peças são vendidas em vários pontos de Natal e de lá são levados para outros cantos do Brasil. Em Mossoró as peças são vendidas somente em um ponto, que fica em um quiosque na Praça de Convivência". O valor da peça varia de acordo com o tamanho e a riqueza de detalhes, produtos de R$ 15,00 a R$ 200,00 são vendidos por dona Francisca e família.A artesã conta que desde que a demanda de serviço aumentou tem contado com a ajuda dos filhos na confecção de peças. Paciência, habilidade e talento são características comuns aos outros integrantes da família. Os três filhos de dona Francisca - Carlos André, Adriana Carla e Grécia Maria - trabalham diariamente na produção artesanal dos bonecos. Carlos é responsável pela confecção das cabeças e armas dos bonecos, Adriana Carla pela colocação do chapéu, cabelo e linha infantil,enquanto Grécia Maria faz a pintura das peças. "Aqui cada um é responsável por uma parte da linha de produção.Eu sei fazer tudo,mas a gente divide a produção que fica mais rápido. Geralmente eu faço o corpo dos bonecos, mas sei fazer tudo", destaca a habilidosa artesã. Dona Francisca Fernandes tem participado constantemente de feiras artesanais e conta que seu material é sempre elogiado pelas pessoas. Recentemente ela participou da Fiart, em Natal; da Fenearte, em Pernambuco; e de outras feiras nacionais importantes como as de Brasília e do Rio de Janeiro. Apesar de trabalhar com várias linhas de biscuit, o cangaço é o tema em que ela se especializou e vende mais produtos. A artesã conta que começou a conseguir visibilidade e oportunidade após ser orientada pelo Sebrae a formalizar a produ-

ção de biscuit em uma empresa de artesanato. "Eu era um talento bruto,mas o Sebrae me lapidou. Me deu diversas orientações e formações. Hoje já realizei alguns sonhos e conheci pessoas importantes graças ao meu talento e ajuda do Sebrae. No início a venda do material era só para completar a renda,mas agora a família toda vive disso", declara. Um dos filhos dela, Carlos André,revela que largou o emprego para trabalhar junto da mãe e irmãs na produção de biscuit. Ele conta que não se arrepende da decisão e afirma que hoje ganha melhor e trabalha com o que gosta. "Antes meu dinheiro não dava para pagar nem minhas contas direito, agora a gente vive melhor. No início não acreditei tanto no talento dela e nem sabia que esse biscuit teria uma proporção tão grande. Hoje já é uma outra realidade e minha mãe é reconhecida nacionalmente", destaca. Um dos segredos do sucesso de Francisca Fernandes é a massa utilizada na confecção dos biscuits. Ela confessa que a massa caseira foi criada devido à necessidade. A artesã lembra que logo que começou a produzir biscuit não tinha dinheiro para comprar a massa e por isso criou a sua. Ela lembra que passou por muitas dificuldades no início tendo que ser reconhecida primeiramente fora da cidade para depois ser reconhecida aqui. A massa caseira de dona Francisca é formada por: sabonete, vinagre, óleo de cozinha, goma de mandioca e creme para cabelo. "Os ingredientes posso passar tranquilamente,o difícil é acertar no ponto da massa. Isso é um segredo meu. Tem empresas me ligando querendo patentear a minha massa e já estou estudando as possibilidades", finaliza a artesã mossoroense, que será destaque em uma matéria no Globo Repórter, da Rede Globo, na próxima semana.


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Mossoró

“ ”

Fé & Vida

Por isso digo com confiança: O Senhor é meu socorro e nada tenho que temer. (Sl 117,6)

Joscelito Marques joscelitomarques@hotmail.com site: www.jocelitomarques.blogspot.com

Refletindo o evangelho "JESUS É TENTADO" Lucas 4, 1-13 "... foi tentado pelo demônio durante quarenta dias". (Lc 4,2a) A cena das tentações está intimamente vinculada à cena do batismo e à genealogia de Jesus: é como Filho de Deus que Jesus é tentado (cf. Lc 4,3.9). As três cenas das tentações descrevem Jesus como Filho de Deus, obediente à vontade do Pai. Por essa razão, ele não cede à sedução de usar seus poderes ou sua autoridade de Filho para uma finalidade distinta da que é a sua missão. A tentação é a de utilizar a sua condição de Filho de Deus em benefício próprio. As três cenas fazem alusão às tentações do povo de Israel ao longo da travessia pelo deserto. Como Moisés, que antes de escrever as palavras da aliança jejua, assim também Jesus, antes de começar o seu ministério público. Ainda que o pão seja necessário para a vida, a vida do ser humano não se reduz aos seus bens, nem se resolve com um passe de mágica. A segunda tentação é a da ambição da realeza humana, que Jesus rejeita. Depois da multiplicação dos pães, querem fazer Jesus rei: "Jesus, porém, sabendo que viriam buscá-lo para fazê-lo rei, retirou-se, de novo, sozinho, para o monte" (Jo 6,15; Mc 8,31-33; Mt 27,42-43). Na cruz zombavam dele e gritavam: "Rei de Israel que é, desça agora da cruz e creremos nele!" (Mt 27,42). A terceira tentação é a de realizar um sinal espetacular para ser crido e reconhecido. A tentação de se fazer valer aos olhos dos homens e de buscar a sua própria glória é algo presente em toda a vida de Jesus. No entanto, a pedagogia de Jesus é de outra sorte para conduzir as pessoas à fé nele. A fidelidade de Jesus ao Pai, a clareza da vontade de Deus para a sua vida, a convicção de sua missão, a força do Espírito Santo recebida no batismo permitem a Jesus não sucumbir nem cair no poder da tentação.

GENTE DE FÉ

Apesar das várias conjecturas a respeito dos motivos que levaram o Papa Bento XVI a renunciar, creio que seu gesto contém um recado claro, já dado por Cristo: "Que aproveitará ao homem ganhar o mundo inteiro, se vier a perder a sua vida?" (Mc 8, 36). Na verdade vivemos uma ditadura do relativismo que não reconhece nada como definitivo e tem como valor máximo o ego e os desejos individuais. Num mundo onde o ter, o poder e o prazer dominam, Bento XVI nos dá um exemplo de coragem e humildade. Ocupando o cargo mais importante do planeta, o Sumo Pontífice foi capaz de renunciar e assumir: "... eu tenho de reconhecer minha incapacidade de adequadamente cumprir o ministério a mim confiado".

Papa Bento XVI

DESCOBRINDO O CARNAVAL

na Quarta-feira de Cinzas MAYARA AMORIM

Por MAYARA AMORIM Da Europa. Especial para a GAZETA Todo bom brasileiro sabe quando será o carnaval um ano antes dele acontecer. Nos meses que antecedem o "evento" já somos lembrados o tempo todo. O comércio, as roupas, as festas e todas as nossas atividades no início do ano são pensadas programando o tão sonhado e famoso período. Há até aqueles que acreditem que o ano só realmente inicia após o carnaval. Em 2013 vivi o meu mais diferente carnaval. Aqui na Irlanda, só notei que era mesmo carnaval na Quarta-feira de Cinzas, quando ao andar nas ruas vi milhares de pessoas com uma cruz de cinza na testa. No primeiro instante achei que fosse algum evento que estivesse acontecendo no centro da cidade. Mas não! Eram os católicos "praticantes" que comemoravam um dos dias mais importantes para a religião. Para quem não sabe,o carnaval é um evento totalmente cristão, celebrado 40 dias antes da Páscoa, e surgiu quando, no século XI, foi implantada a Semana Santa para reverenciar a paixão e morte de Jesus Cristo.Este período é chamado pela Igreja de Quaresma, que indica quarenta dias de jejum principalmente com abstinência de carne (inclusive é daí que foi criado o nome do evento). Hoje em dia, mesmo os mais religiosos brasileiros, acabam caindo na folia neste período. Muitos nem mesmo sabem qual é o verdadeiro significado desse período. Aqui é realmente diferente. O momento é totalmente voltado à fé cristã. Você não via cartaz ou qualquer outra coisa nas ruas que fosse possível te lembrar sobre o período. Apenas no Facebook era possível "se informar" sobre o assunto. Duas ou três festas brasileiras foram organizadas na cidade (com direito a desfile de mulatas claro!). Mas, sem dúvidas, nada disso chega perto dos nossos carnavais. Outra coisa muito diferente que vi aqui é sobre feri-

ados. Carnaval aqui não é feriado (mesmo o país tendo diversos feriados cristãos). O Dia dos namorados é 14 de fevereiro (a data também não é feriado e comemora o Valentine's Day). E quando a data é feriado, ela é sempre comemorada na segunda-feira (exceto a noite de Natal e o Réveillon). Para não quebrar a semana de trabalho, todos os feriados são comemorados, aqui, na segunda-feira da semana que ele acontece! O que eu achei mais interessante não foi viver um carnaval diferente, mas observar o quanto a cultura de um lugar modifica esse povo. Católicos, com crenças idênticas, acabam se comportando totalmente diferente na mesma comemoração religiosa somente por conta do país onde nasceram. Pessoas emitindo suas opiniões, falando, se vestindo...tudo de uma maneira incomum para mim o tempo todo. Fico atenta olhando o que acontece a minha volta e penso a todo instante o quanto o mundo é maior do que imaginamos. Experiência única. Já que o carnaval acabou, aproveito o espaço para desejar feliz ano novo aos brasileiros! E quando é o carnaval do ano que vem?

CORAGEM E HUMILDADE A atitude honesta e plenamente legal de Bento XVI nos revela o lado mais humano do servo de Cristo. Com certeza sua posição fez a Igreja e o mundo refletir...Que cada um saiba colher os frutos deste "recado"... Muitos se levantaram para condenar o seu ato. Como senhores da verdade.Como se nunca tivessem renunciado na vida. Esquecendo que cada pecado cometido é uma renúncia à graça de Deus. E que diariamente pecamos... CORAGEM E HUMILDADE II Quem for santo o suficiente para jogar pedras que o faça... Prefiro olhar para a grande oportunidade que Bento XVI concede à Igreja: um novo papa. Com vigor renovado para governar a barca de São Pedro e proclamar o Evangelho,como ele afirmou: "no mundo de hoje, sujeito a mudanças tão rápidas e abalado por questões de profunda relevância para a vida de fé". A Igreja continua firme. Se renovando pela ação do Espírito de Deus. "E as portas do inferno não prevalecerão contra ela". (Mc 16,18). QUARESMA A Quaresma dura 40 dias, começou na Quarta-feira de Cinzas e terminará no Domingo de Ramos. A cor litúrgica deste

tempo é o roxo, que significa luto e penitência. É um tempo de reflexão, de penitência,de conversão espiritual;tempo e preparação para o mistério pascal. Na Quaresma, Cristo nos convida a mudar de vida. E a Igreja nos convida a viver a Quaresma como um caminho a Jesus Cristo, escutando a Palavra de Deus,orando,compartilhando com o próximo e praticando boas obras. Aproveitemos este tempo de graça! COLETIVA Dom Mariano abre oficialmente hoje a Campanha da Fraternidade 2013, em missa, às 9h, na Catedral de Santa Luzia. E convida a imprensa local para coletiva também sobre a CF 2013, amanhã, às 9h, no auditório do Colégio Diocesano Santa Luzia. SÃO JOSÉ 2013 O Padre Carlinhos também recebe nesta segunda-feira, 18, a imprensa para apresentar detalhes da edição 2013 da Festa de São José.Será na Matriz de São José,às 8h. COMUNIDADES Dias 16 e 17 de março, a cidade de Governador Dix-sept Rosado sediará o Encontro Diocesano de Comunidades Eclesiais de Base (CEBs). Vale a pena conferir.

KERIGMA Vários internautas nos enviaram e-mails perguntando:O que é conclave e como se realiza? A palavra Conclave é utilizada desde o século XIII, quando foi instituído o isolamento dos cardeais para a votação do novo Pontífice. Ela vem do latim e significa "sob chaves" ou "quarto fechado", para evidenciar o caráter secreto do evento. O Colégio dos Cardeais com menos de 80 anos fica responsável por escolher quem será o próximo Papa. Esse processo de votação, que acontece na Capela Sistina, é secreto e a portas fechadas. Durante a votação todos os Cardeais permanecem isolados. Antes de começar o Conclave eles juram que seguirão todas as regras e que guardarão segredo sobre a eleição. A pena para quem não guarda segredo é a excomunhão. Três cardeais são, então, eleitos escrutinadores, para ocupar a mesa onde serão apurados os votos, e outros três são escolhidos para revisar o processo.É entregue a cada cardeal uma cédula com espaço para escrever o nome do escolhido, em cuja parte superior se encontra, a frase Eligo in summum pontificem (Elejo como Sumo Pontífice, em latim). Cada eleitor leva o papel, de uma forma visível, até o altar da Capela Sistina e o coloca em uma urna, o cardeal deve dizer em voz alta "Invoco como testemunha Cristo Senhor, o qual há de julgar que o meu voto é dado àquele que, segundo Deus, julgo que deve ser eleito". Os votos são colocados na urna e depois contados. Em seguida, os papéis são queimados na estufa, com chaminé, da Capela Sistina. Se nenhum candidato tiver alcançado a maioria, a fumaça deve sair preta; mas, caso um cardeal seja eleito, a fumaça deve sair branca anunciando para toda a Igreja que o novo Papa foi escolhido.Para ser eleito Papa, o candidato deve ter, pelo menos, 2/3 dos votos. Logo após a eleição o Cardeal Protodiácono dá o solene anúncio da eleição aos fiéis e o nome do Papa, que tem como primeiro ato como Pastor da Igreja o envio da Bênção Apostólica Urbi et Orbi.


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Mossoró Prática do tênis cresce na cidade e projeto social ajuda crianças carentes

A

prática do tênis em Mossoró tem ganhando vários adeptos de uns meses pra cá. A Praça de Esporte e o Tênis Clube são os locais preferidos dos amantes da raquete. Além de atletas amadores que jogam só para adquirir uma boa forma física, tem também os semiprofissionais. O crescimento do esporte na cidade tem estimulado a organização de competições e até a criação de um ranking para classificar os atletas. A maioria dos jogadores de tênis de Mossoró são oriundos de outras modalidades, como futsal, vôlei, handebol, basquete e futebol. Tido por muito tempo como um esporte 'elite', o tênis tem sido utilizado não só como uma boa opção de lazer, mas também de inclusão social. Os irmãos e professores de tênis, Davi Aquino e Henrique Aquino, são os responsáveis pelos treina-

mentos no Tênis Clube, localizado na Abolição III. Lá os dois professores mantêm um projeto social. Eles ofertam aula gratuita para crianças carentes do bairro. Atualmente mais de 100 crianças participam do projeto. Os treinos-aulas acontecem todos os sábados das 7h às 9h. Davi Aquino informa que o projeto é voltado para crianças, mas alguns adultos também participam. "Quem tem interesse em aprender tênis, o Tênis Clube é um ótimo lugar. Aqui já oferece todo o material e estrutura", afirma o treinador. O professor conta que os objetivos da escolinha são difundir o tênis - mostrar que ele não é mais um esporte elitista e qualquer pessoa pode participar - e principalmente socializar as crianças mais necessitadas no projeto. "Através do esporte é possível socializar e mudar o caminho de várias pes-

soas. Investindo em crianças, estamos investindo no futuro. Se não sair nenhum tenista profissional do projeto pelo menos um cidadão de bem ele vai ser", comenta Davi Aquino. Além das aulas sociais, os professores do Tênis Clube também dão aulas particulares. Eles repassam o conhecimento e ensinam a técnica para os alunos iniciantes e para aqueles que estão em um nível mais avançado. Davi Aquino confessa que a procura por pessoas querendo aprender tênis tem crescido muito, principalmente os moradores de condomínio. Ele afirma que a maioria dos condomínios da cidade dispõe de quadra de tênis, mas são poucas pessoas que a utilizam. "Hoje em dia os professores de tênis conseguem juntar turma e dar aula particular nos condomínios, pessoas de toda idade podem aprender", finaliza. ALCIVAN COSTA

Tênis Clube está aberto aos sábados das 7h às 9h para aulas gratuitas

Curso de Medicina não deve ser implantado na Ufersa agora O Ministério da Educação (MEC) padronizou regras de autorização de cursos de medicina em todo o país. Demanda por médicos em cada UF é um dos fatores levados em conta. Agora,Conselho Nacional de Saúde vai analisar pedido de novo curso. Em Mossoró, a Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) vem tentando a implantação do curso, mas de acordo com o reitor Arimatea de Matos,não deve ser para agora. O reitor lembra que no dia 23 de janeiro apresentou um documento ao ministro da educação e que esta semana o Mec informou nacionalmente que as fa-

culdades de Medicina deveriam ser implantadas através de editais, sendo que o RN não estava entre as prioridades. "O que o Mec está levando em conta é o número de habitantes, e o RN não se encaixa nas exigências quanto a isso, já que são 220 vagas em Natal, contando a UFRN e a UnP", explicou. O reitor disse ainda que já convocou a bancada federal do RN para lutar pelo curso de medicina na Ufersa. "Convocamos os deputados para baseandose não no Estado, mas na Mesorregião potiguar. Quando o Mec fala que o RN tem vaga de 0,83 para cada dez mil habitantes,

não vê que a mesorregião só oferece 0,41 vagas para cada dez mil habitantes.Vamos trabalhar em cima disso e tudo que vamos apresentar são dados técnicos", continuou. Arimatea de Matos disse ainda que de acordo com as regras do Mec, tem que haver cinco leitos de Sistema único de Saúde (SUS) para cada vaga no curso de Medicina. "Baseando-se nesses dados, a mesorregião pode oferecer ainda mais cem vagas. Não estamos solicitando essas cem vagas, mas queremos mostrar que existe sim a possibilidade, então ficaremos na expectativa", concluiu o reitor da Ufersa.

Déjà Vu Milton Marques de Medeiros milton@tcm10.com.br MORRER DE CIVILIZAÇÃO Na sexta-feira passada, dia 15, à noite, repetiu-se um fato em nosso planeta Terra que só havia acontecido, pela última vez, na Sibéria em 1908. A queda de um meteoro de grandes proporções atingiu a região dos Montes Urais, na Rússia, deixando mais de hum mil e duzentas pessoas feridas. FATO NATURAL A priori, um fenômeno natural, portanto inevitável.O que não se concebe mais hoje é não ser detectado fenômenos dessa espécie com antecedência necessária para que a população não sofra graves consequências. Diz-se que o homem hoje é capaz de prever situações metereológicas e acidentais com muita antecedência,mas na prática não está bem assim, todo dia ele sente-se surpreendido e não tem evoluído muito.Há na verdade muito discurso e pouca eficiência. COMO ACONTECEU Pessoas que moram próximo a cidade de Tchielabinsk contam que de repente foram surpreendidas, à noite, por um clarão que as deixaram apavoradas. Descreveram as suas agências de notícias que "uma bola de fogo" surgiu repentinamente no céu provocando tremores sucessivos nos prédios e gerando um pavor intenso a toda comunidade. Tudo isso sem nenhum aviso prévio. Relatam: "de repente se ouviu um barulho similar ao de uma explosão. Logo a seguir uma forte luz surpreendeu a todos gerando um estado de pânico entre os moradores". Uma senhora se expressou: "pensei que o mundo fosse acabar naquela noite". A maioria dos ferimentos foi provocada por estilhaços de vidros das janelas e pequenos corpos estranhos que caíram no local. Além dos vidros quebrados, alarmes dos carros dispararam, faltou energia elétrica e o serviço de telefonia celular ficou fora do ar. ASTEROIDE Coincidentemente estava passando, no mesmo dia, próximo a Terra, um asteroide, o 2012DA14 de aproximadamente 50 toneladas e quase de "raspão" lambeu a Terra,por sinal o que passou mais próximo desde que se tem notícias, revelaram as Agências Espaciais da Europa (AEE). "Não há nenhuma relação entre o asteroide e o meteoro que se espatifou ao entrar na atmosfera terrestre e caindo sobre a Rússia, diz a mesma fonte, houve apenas coincidência. O presidente Vladimir Putin disse que agradeceu a Deus que nenhum grande fragmento do meteoro de 10 toneladas que acredita-se ser feito de ferro e viajado a 30 Kl por segundo tenha caído sobre áreas densamente povoadas. Quando perguntado se os técnicos não haviam previsto o risco respondeu que sim,mas acreditavam que fosse cair no oceano, por isso não foi avisado a população. LIXO ESPACIAL Positivo ou negativo, a verdade é que a grande maioria dos habitantes da Terra não tem o menor conhecimento do que está no espaço em seu entorno, não só no além espaço, exemplo dos asteroides, mas ainda uma quantidade enorme de objetos menores chamados "lixo espacial", que são máquinas enormes enviadas ao espaço pelo próprio homem para servi-lo tecnologicamente, mas como toda ciência gera anteciência, claro que em troca já estão aparecendo as consequências. ALGUNS REGISTROS Em novembro de 2009, o astronauta Alexander Kaleri estava a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) quando ouviu um grande estrondo. Percebeu que algo havia tocado sua espaçonave pelo lado de fora. Perguntado a Nasa, este lhe informara tratar-se de algum pequeno fragmento, entre milhares

que existem no espaço sideral, como lixo de difícil identificação e controle. O Alexander pediu que lhe fornecessem mais informações. "O resíduo mais antigo de que se tem conhecimento,informou a Nasa,é a Vanguard I lançada pelos EUA em 17 de março de 1958. Esta sonda nunca voltou a Terra. Está perdida, sem monitoramento. Em 1966 houve a explosão do foguete Pegasus,fabricação soviética,resultando em cerca de 300 mil pedaços de tamanhos variando entre 25 a 4 centímetros e a maioria em milímetros. Todo esse material está por aí, sob forma de lixo espacial. OUTROS OBJETOS Há registros também de um par de luvas metálicas, chave de fenda, alicates e outras ferramentas que se desprenderam da aeronave comandada por Ed White, chamada Gemini (não mais em órbita) e que estas peças estão perdidas sem nenhum controle por ninguém. "Mas, fiquem tranquilos,pois nenhum desses objetos,mesmo em colisão, prejudicará sua blindada aeronave. Haverá explosões, do lado de fora com o impacto, nada mais que isso". Em abril de 2010, Alexander e sua tripulação voltaram a ouvir outro estrondo ainda maior. Voltaram a se comunicar com a Terra. Aí outra equipe de plantão da Nasa respondeu. Há um veículo de teste do programa lunar soviético, Cosmos 382, de 1972, desgovernado, passeando por aí. Pesa 10 toneladas. A ISS, que é um quarto da 382, precisa não se encontrar com ele. Vamos monitorar e lhe avisaremos. ARCO-ÍRIS DE SATÉLITES Por outro lado, existem mais de 450 satélites no espaço. Todos enfileirados, há 33 mil quilômetros de distância da Terra. Eles enviam informações sobre o clima e a superfície do planeta (como nível de poluição do ar e do mar, queimada das florestas, etc), orientam navios, aviões e transmitem sinais de televisão, telefonia e rádio. Alguns são de segurança nacional dos sete países mais ricos do mundo. CIVILIZAÇÃO Conta o editor da revista Crisis, E. Galano Júnior: "Um dia, nos fins de 1985, as rádios colombianas informaram: - A cidade de Armero sumiu do mapa. O vulcão vizinho matou a cidade. Ninguém conseguiu correr mais rápido que a avalancha de lodo fervente.Uma onda grande como um inferno quente atropelou a cidade, jorrando vapor e rugindo fúrias de animal ruim, e engoliu trinta mil pessoas em instantes. O pior. O vulcão vinha avisando há um ano. Um ano inteiro ficou jorrando fogo, e quando não podia esperar mais, descarregou sobre a cidade um bombardeio de trovões e uma chuva de cinzas,para que os surdos escutassem e os cegos enxergassem tanta advertência. Mas o prefeito dizia que o Governo Superior dizia que não havia motivos para alarme, e o padre dizia que o bispo dizia que Deus estava cuidando do assunto, e os geólogos e os vulcanólogos diziam que tudo estava sob controle e fora de perigo. DE QUE ADIANTA SER SÁBIO? A cidade de Armero morreu de civilização. Sexta feira p.p. foi parte da cidade de Tchielabinsk e seus arredores na Rússia. Amanhã provavelmente outra parte do planeta será atingida,inclusive o Brasil. As autoridades científicas sabem dos riscos, como sabiam na Colômbia e na Rússia, mas não avisaram. De que adianta? E quando toda essa tecnologia lá em cima começar a desabar por aqui, algum colunista, comentarista, jornalista e outros provavelmente concluirão: Pessoal, estamos morrendo de civilização. A impressão que se tem é de que está precisando mesmo é essa gente se aproximar de Deus.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Especial

Jovens estão cada vez mais inseridos na

IGREJA WILSON MORENO

LUCIANA ARAÚJO Da Redação

E

nquanto boa parte das demais pessoas de suas faixas etárias se diverte em baladas, eles dedicam a maior parte de suas vidas à vivência religiosa. Como a maioria dos jovens, gostam de música, dança, teatro, da diversão ao lado dos amigos, de namorar e de uma série de alternativas de lazer. Porém, procuram pela alegria em Cristo, longe de bebidas, drogas e de tudo o que possa afastá-lo dos princípios cristãos. Enfrentam os desafios de quem opta por uma realidade oposta à que é apresentada na atualidade. Seja por influência da família ou por iniciativa própria,os jovens ganham espaço nas Igrejas e em grupos de oração e este ano são o tema central da Campanha da Fraternidade. Lançada hoje, 17, em Mossoró, o movimento da Igreja Católica traz como temática 'Fraternidade e Juventude' e é um convite para a aproximação dos futuros adultos à Igreja. Fabiano Brito, 23, do Grupo de Jovens Caminhando com Cristo, da Paróquia de Santa Luzia,é um dos que dedica a vida a Cristo. Ele é também o coordenador do setor de juventude da Diocese. Para ele, este ano com o tema escolhido para a Campanha da Fraternidade, a Igreja Católica e a comunidade estão se esforçando para abrir espaço para os jovens cuja procura pela Igreja e o engajamento em grupos religiosos aumenta a cada dia. "O jovem hoje mora dentro do coração da Igreja", diz. Ele explica que a missão do jovem é evangelizar outros jovens, mostrando a alegria de ser cristão, tendo em vista que a Igreja costuma ser mais tradicional e,

Fabiano Brito se dedica ao Grupo de Jovens Caminhando com Cristo há quase oito anos

dos irmãos. Para isso, desenvolvem momentos de animação com o propósito de 'soltar a energia', pois, como lembra Fabiano é difícil reunir em um domingo à tarde uma turma de jovens para falar de Deus, enquanto o grupo concorre com tantas alternativas como shopping e baladas regadas ao som de paredões. O jovem cristão, segundo ele, se diverte sem fazer uso de drogas e sem destruir o corpo com prostituição ou bebida,pois acredita que cada um é parte da morada de Deus. Os propósitos surtem efeito. "Já teve jovem ateu que participou do grupo por quase dois anos e terminou frequentando missa,acreditando em uma força superior", conta Fabiano Brito. Na vida de Fabiano, essa vivência religiosa também trouxe mudanças.Hoje ele pode dizer que desenvolveu seu espírito de lide-

rança. Prova disso é que é coordenador do setor de juventude da Diocese. Além disso, ele conta que a experiência abriu portas em todos os sentidos da sua vida e lhe proporcionou mais maturidade religiosa, profissional e pessoal. "Eu sou muito satisfeito com a vida que eu tenho, com o que eu consegui", diz ele. LINGUAGEM PRÓPRIA Para manter o Grupo de Jovens Caminhando com Cristo bem informado sobre as atividades desenvolvidas pela equipe, eles começaram a utilizar as redes sociais. As postagens, no entanto, alcançaram maiores proporções e hoje mais de duas mil pessoas seguem a página virtual do grupo. Além disso, a turma mantém no ar o programa de rádio 'Extensão Jovem', transmitido todos os sábados, a partir das 13h, pela Rádio Rural de Mossoró.

Segundo Fabiano,o formato do programa é uma espécie de 'conversa de calçada entre amigos'. E essa 'conversa' conduzida por Fabrício Brito, Ana Paula Dantas e o próprio Fabiano engloba muitos amigos. Prova disso, são as ligações feitas ao programa. Enquanto está no ar, cerca de 30 a 40 pessoas de diferentes bairros de Mossoró interagem com a equipe. A equipe também é responsável pela transmissão da Festa de Santa Luzia

Eu sou muito satisfeito com a vida que eu tenho, com o que eu consegui”, Fabiano Brito

CEDIDA

por essa razão, lhes cabe mostrar o lado descontraído que também existe dentro da religião. A missão é evangelizar onde quer que esteja, seja na Igreja, em uma praça em meio aos amigos ou mesmo em meio às atividades de lazer. Além de se reunir em momentos de oração, o Grupo de Jovens Caminhando com Cristo também procura trabalhar o lado cultural, respeitando os limites do cristianismo e

O jovem hoje mora dentro do coração da Igreja”, Fabiano Brito

Representantes de vários países se encontram em Madri, na Jornada Mundial da Juventude, em 2011


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Especial CEDIDA

Presença da juventude em Igrejas Protestantes também é crescente Mas não é apenas na Igreja Católica que os jovens estão mais participativos.Em algumas congregações do protestantismo, o percentual da juventude corresponde a mais da metade do número de fiéis, como é o caso da Igreja do Nazareno. "Hoje, os jovens correspondem cerca de 60% do número de membros da Igreja do Nazareno em Mossoró,grupo que vai de adolescentes com 13 anos a jovens adultos acima de 25 anos. Temos visto que muitos jovens têm buscado ter um encontro pessoal com Cristo e a igreja tem servido de base para isso, o Evangelho é liberdade,Jesus disse:"E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" (João 8.32) E os jovens têm chegado à igreja com essa sede no coração", diz o pastor de jovens, Fred Veras. "É um número que cresce a cada ano e tenho fé que vai aumentar muito mais não pelos números por si só, mas por que Deus está fazendo uma obra especial em meio à juventude. Nossos cultos da Juventude Nazarena Internacional (JNI) acontecem aos sábados às 19h, onde a própria juventude ministra o louvor, a dança e o teatro", acrescenta. Além de orarem e manifestarem seus talentos na Igreja, eles também discutem temas atuais, como a sexualidade.Segundo Fred Veras, temáticas como essa são fundamentais e precisam ser tratadas à luz da Palavra. "Os jovens recebem uma carga enorme de linhas de pensamentos acerca da sexualidade e na maioria são conceitos deturpados, que ferem o projeto de Deus para o homem. O sexo é um presente de Deus, mas para ser usufruído no casamento; é um ato de intimidade muito profundo para ser feito de qualquer maneira. Por isso é importante que o jovem entenda o plano de Deus nessa área de sua vida e caminhar para construção de algo que esteja acima da simples satisfação pessoal e física. Temos muitos jovens na nossa igreja que chegaram ao altar (casamento) virgens e hoje estão em um casamento e muitos que têm tido suas vidas restauradas e aprendendo o seu real valor. Em um momento de suas vidas eles encontraram Jesus e ao conhecê-lo entenderam que existe uma verdade acima de nossos desejos e conceitos", argumenta Fred Veras. O gerente comercial Júlio Matias Nogueira, 24, e a auxiliar administrativa Maytta Mayara Paiva Mo-

rais Nogueira, 22, são exemplos disso. Ele, que desde a criação da Igreja do Nazareno faz parte da congregação, e ela, que passou a frequentar a Igreja em 2006 casaram no ano passado e optaram por manter a castidade até o dia do sim no altar. Ele conta que a vivência religiosa começou quando ainda nem namoravam. "Na verdade, o desejo de seguir os 'princípios da Bíblia' partiu dos dois, quando ainda não nos conhecíamos, e cada um, em seu contexto de vida, tomou a decisão de reconhecer Jesus como seu único Senhor e Salvador. A partir desse momento começamos a ter um relacionamento com Deus e a conhecer Sua Vontade através da Palavra Dele",conta Júlio Nogueira. Como resultado dessa vivência, a decisão de casarem virgens. "A Bíblia, que é o manual de conduta do Cristão, nos mostra que o casamento é algo precioso (apesar de muitos não verem mais assim), algo estipulado por Deus e deve ser preservado "santo". Se isso não acontecer a partir da minha vida de solteiro, como poderei fazer isso no casamento? O texto bíblico em Gênesis 2.24 diz: "Por essa razão,o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne".E essa união é o ato sexual, um ato que me faz ser "um" com a pessoa com quem me caso, o ato sexual não deve ser encarado simplesmente como um momento de puro prazer, mas uma expressão da união entre o homem e a mulher. Quando faço isso com alguém pelo prazer e/ou simplesmente pelo motivo de atender uma expectativa, não tenho como me tornar um com a outra pessoa. Jesus disse em Mateus 19.6 "... assim, eles já não são dois, mas sim uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, ninguém o separe." Então, como posso ser um com uma pessoa e depois voltar para casa dos meus pais, por exemplo, e "separar" o que supostamente não deveria ser separado?", argumenta Júlio Nogueira. "O casamento também é uma representação do casamento de Jesus com sua Igreja (pessoas, não estrutura). A Bíblia diz que a Igreja de Jesus é a sua Noiva e Ele é o Noivo (puro,que nunca pecou, virgem e santo), quando Jesus voltar, e Ele vai Voltar, deverá encontrar a sua Noiva (Igreja) sem manchas, virgem, pura e lavada de seus pecados,se guardando para Ele, ou seja, ela deixará sua ca-

Juventude representa 60% dos fiéis da Igreja do Nazareno em Mossoró

sa terrena, sua parentela e irá com Jesus morar em sua "nova casa",o CÉU.Eu não gostaria de ficar entrando e saindo do céu,se Deus me uniu a Cristo. 'Portanto, o que Deus uniu, ninguém o separe'. Então, eu e Maytta, decidimos ser parecidos com Jesus e Sua Igreja. A decisão dos dois não foi fácil, por causa disso, chegaram a enfrentar preconceitos. "Principalmente na faculdade,alguns amigos não queriam aceitar o fato de jovens com vinte e poucos anos não estarem aproveitando o que eles

chamam de 'o melhor da vida', gostaria eu que eles soubessem que o melhor da vida é estar no centro da Vontade de Deus. Não somos melhores que ninguém, essa vida Jesus tem para todos aqueles que se entregarem totalmente a Ele", lembra Júlio Nogueira. Porém, a decisão sempre apresentou uma recompensa aos dois."Nunca é fácil fazer o contrário do que a maioria faz. Mas a certeza que eu seria só da minha esposa e ela só minha já era suficiente para espe-

rar em Deus", diz ele. Para o pastor Fred Veras, mesmo com as divergências entre o que a Bíblia diz e o que o mundo oferece, a juventude tem o poder de superar as tentações. "Os jovens têm total condição de vencer as tentações e quebrar padrões antibíblicos que têm sido colocados, me perdoe a expressão, de goela abaixo por programas de TV,revistas, sites. O mundo oferece alegrias passageiras e uma felicidade maquiada. Jesus dá ao jovem a verdadeira alegria e direciona os

passos para uma vida feliz. Tem uma frase que não lembro o autor que diz 'o coração do homem tem uma lacuna do tamanho de Jesus'. Diante disso, só Ele pode preencher o coração do jovem por completo; o sexo, as baladas, as drogas não fazem isso, apenas Jesus, e Ele é a resposta e verdade absoluta. O jovem de hoje, mesmo com todas as dificuldades inerentes à sua idade,ele pode ser extensão do amor de Deus para ser uma luz em meio a uma sociedade que tem se esquecido de Deus",conclui Fred CEDIDA

CEDIDA

Júlio Nogueira e Maytta Mayara Nogueira optaram por seguir os princípios da Bíblia em sua união

Rapazes e moças se unem em oração na congregação

Jornada reunirá católicos de todo o mundo Para os jovens católicos, este é um ano especial, pois é o ano em que a Jornada Mundial da Juventude será realizada no Rio de Janeiro. No Grupo de Jovens Caminhando com Cristo, nove pessoas se preparam para participar do evento. Alguns irão por conta própria, enquanto outros participarão com a ajuda da Diocese e a missão de multiplicar,para o resto do grupo,o que será observado no encontro.Ao todo,cerca de

560 jovens da Diocese de Santa Luzia devem participar do encontro. A estudante Maria de Lourdes Firmino Neta já pensa em como se preparar, financeiramente, para participar do encontro e planeja realizar rifas e vender trufas entre os amigos para conseguir dinheiro. Maria de Lourdes é do Grupo de Oração da Renovação Católica Carismática (RCC) da Paróquia do Alto da Conceição. O in-

gresso na equipe se deu por influência dos pais, mas foi aos 12 anos de idade que passou a se dedicar mais, quando começou a fazer parte do Ministério de Música e de Artes. Atualmente, ela, que já é missionária em Mossoró, reflete sobre a possibilidade de realizar sua missão fora da cidade. "Estou em período de discernimento", comenta. O apego à família faz com que essa possibilidade se torne mais difícil, po-

rém, segundo ela mesma afirma,o chamado de Deus é maior. Aos 18 anos,ela não sente falta de festas fora da Igreja ou de qualquer experiência que não tenha vivido. "Aquilo que eu vivo me preenche", confessa. Nem mesmo as dificuldades lhe esmorecem. A jovem comenta que sabe que todos passam por momentos difíceis,porém,mesmo diante deles ela consegue sentir paz.


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Mossoró Pesquisas da Ufersa apontam viabilidade para cultivo de uva no RN FOTOS: EDUARDO MENDONÇA

PASSOS JÚNIOR Especial para a GAZETA DO OESTE

M

uito em breve, a região Oeste do Rio Grande do Norte poderá se tornar também produtora de uvas. A previsão tem como fundamento pesquisas realizadas pela Universidade Federal Rural do Semiárido. No segundo ano de vigência, o projeto de pesquisa Produção de uva de mesa com baixo impacto ambiental no Vale do Mossoró/Açu realiza a primeira colheita. O experimento está montando na Fazenda Rafael Fernandes, pertencente à Universidade, sendo financiado pela Capes. A pesquisa avalia as variedades Itália Melhorada, Isabel Precoce e Niagra Rosada combinadas com três portas-enxerto (IAC 313, IAC 766 e IAC 572), totalizando nove combinações. Os portas-enxerto foram desenvolvidos pelo Instituto Agronômico de Campinas. A pesquisa tem a coordenação do professor-doutor Celso Valdervino Pommer e objetiva conhecer o comportamento das videiras nas condições climáticas do semiárido potiguar. Outro diferencial é a forma de produção com baixo impacto ambiental, ou seja, com menor uso de defensivos. Apesar de estar em andamento, à produção obtida deixa os pesquisadores animados. "Vamos iniciar a avaliação dos resultados das combinações para saber qual a melhor delas se adéqua à região", adianta o doutor Django Jesus Dantas, técnico responsável pelo projeto que é pioneiro no Rio Grande do Norte. A uva tipo Isabel Precoce tem grande aceitação para mesa, vinho e sucos. Já a Itália Melhorada para mesa e, a Niagra Rosada tem boa aceitação na mesa e para a produção de vinho. A pesquisa é o trabalho de pós-doutorado do agrônomo Django Dantas que é mestre e doutor em Fruticultura. O experimento ocupa uma área de 2.500 m², totalizando 360 plantas irrigadas por micro aspersão. "Observamos que o desenvolvimento ocorreu semelhante às videiras cultivadas no Vale São Francisco", ressalta o pesquisador. As mudas, estacas e garfos vieram de Juazeiro, na Bahia, e foram produzidas aqui na região. Além dos dois doutores em fruticultura, o experimento envolve três estudantes de graduação em Agronomia e um de Mestrado.

Pesquisa avalia as variedades Itália Melhorada, Isabel Precoce e Niagra Rosada...

... combinadas com três portas-enxerto, totalizando nove combinações

"Observamos que o desenvolvimento ocorreu semelhante às videiras cultivadas no Vale São Francisco", ressalta o pesquisador Django Dantas

ANÁLISE Asegundaetapadapesquisavaiacontecercomapós-colheitaprevistaparaospróximos diasondeserãoavaliadasaprodutividade,aqualidadedofruto (peso e tamanho do cacho) e o teor de açúcar (Brix)."Nessa etapa vamos obter o ciclo produtivo das três cultivares e compararcomasdasuvasproduzidas em outras regiões do país", afirma, acrescentando que a uva é uma fruta de grande produtividade. O pesquisador ressalta que o clima do semiárido potiguar não é problema para a cultura da uva. "A escassez de chuva e temperatura

média constante,em torno de 32º graus, são condições favoráveis ao cultivo", diz. Ele adianta que tais condições possibilitam duas colheitas anuais, o que não ocorre em regiões de clima frio que possibilita apenas uma colheita. Outra vantagem apontada por Django Dantas é a vida produtiva do parreiral que pode alcançar até 25 anos. Além da importância para a fruticultura do Rio Grande do Norte, a pesquisa desenvolvida na Universidade Federal Rural do Semiárido vem contribuir para a produção científica com dissertações de mestrado, teses de

doutorado,monografias,artigos científicos e dia de campo."É uma oportunidade de mostrar para os pequenos produtores que é possível tirar uma boa renda com a produção de uva", alerta. Django acredita ainda que a pesquisa com uva irá contribuir para uma mudança na cultura dos produtores da região."Auvatemexcelenteprodutividade podendo chegar a 30 toneladas por safra com apenas um hectares plantado", afirma. O investimento inicial adianta o pesquisador ficaemtornodeR$40mil."Na segunda colheita o produtor já tira o investimento",assegura.


Gazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Polícia Morador de rua passa mal e morre em via pública após cair e bater com a cabeça WILSON MORENO

U

m morador de rua em Mossoró, conhecido apenas como "Washington", morreu no início da noite de sextafeira, 15, logo após se alimentar em uma residência na Rua Dionísio Filgueira, em frente ao Supermercado Cidade, no Centro da cidade. Segundo informações, a vítima não tinha pai e nem mãe, tinha apenas um irmão, conhecido como "Andorinha", que se encontra preso no Complexo Penal Estadual Agrícola Mário Negócio (CPEAMN). Washington tinha problemas de saúde e vivia na rua, recebia diariamente alimento de uma senhora de 82 anos de idade, moradora do local onde ele morreu. Pela manhã, Washing-

ton reclamou de dores e a senhora deu R$ 20,00 e mandou que o mesmo fosse comprar remédios para aliviar suas dores. Por volta das 20h, quando chegou à residência da senhora, Washington reclamou que estava com fome e recebeu uma porção de comida, pediu mais e foi atendido. Logo após se alimentar, passou mal, caiu, bateu com a cabeça e morreu no local. O perito Eduardo Alexandre identificou um corte na cabeça de Washington,mas acredita que tenha sido provocado pelo atrito da cabeça quando bateu no chão. O corpo foi removido para o Instituto Técnico-científico de Polícia (ITEP) para ser necropsiado. Até o final da manhã de ontem ainda não havia sido registrado por falta de documentação.

Polícia captura fugitivo de Ceduc com objetos roubados Policiais militares da Ronda Ostensiva com Auxílio de Motocicleta, viatura (ROCAM-03), foram informados através do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) que uma residência no bairro Paredões, em Mossoró, teria sido arrombada e o suspeito era conhecido da polícia. O fato foi registrado na noite de sexta-feira, 15. A Rocam, em um patrulhamento, se deparou com o suspeito identificado como Marcelo Alves dos Santos, mais conhecido pelo apelido de "Queixinho",na Av. Leste-Oeste, e o condu-

ziu para a Delegacia de Polícia Civil de plantão. Como a vítima não quis representar a queixa e os objetos do furto, um notebook entre outros pertences, não foram localizados com ele, o delegado orientou aos policiais que o mesmo deveria ser conduzido para o Ceduc, para cumprir o restante de sua pena quando o mesmo ainda era menor de idade. Hoje, Marcelo tem 18 anos e se livrou do flagrante de furto, porém foi detido para ser novamente conduzido ao Ceduc para continuação do cumprimento da pena. PASSANDO NA HORA

Corpo de Washington ficou caído até a chegada da equipe do Itep

Advogada deixou mensagem no celular A família da advogada Vanessa Ricarda de Medeiros - assassinada a pauladas na madrugada de quinta-feira, 14, em um motel nas proximidades da cidade de Santo Antônio do Salto da Onça, a 70 quilômetros de Natal -, afirmou que vai apresentar ao Ministério Público o conteúdo de uma mensagem telefônica que mostra que o soldado, o policial militar Gleyson Alex de Araújo Galvão, de 35 anos, exnamorado da vítima, a perseguia desde o final do relacionamento. Verbena Rúbia é irmã

da vítima e também é advogada. Ela repassou o conteúdo da mensagem com exclusividade ao G1. O texto data de 1º de janeiro deste ano e é assinado por Vanessa. Nele, ela diz: "Evencia, minha querida, como lhe disse meu ex-namorado anda me perseguindo, preciso me distanciar dele! infelizmente nao posso continuar em Santo Antonio. Peco sua compreensao. VANESSA". (sic). Segundo a família, o namoro durou três anos,"mas por causa da agressividade e das ameaças que ele fa-

zia à ela e à nossa família, Vanessa rompeu com ele em dezembro", disse Vitória Régia, outra irmã de Vanessa, e que também advoga. Genilson Dantas, cunhado de Vanessa, disse que ela era uma pessoa muito calma e não gostava de chamar a atenção. Disse também que o PM é muito agressivo e, por isso, Vanessa resolveu acabar tudo. "Ela nos contou que sofria ameaças. Ela estava em Santo Antônio para reincidir um contrato de aluguel, pois desistiu de abrir um escritório de direi-

to previdenciário na cidade", afirmou o cunhado. O CASO O soldado da Polícia Militar Gleyson Alex de Araújo Galvão, de 35 anos, tem sete anos de corporação. Ele foi preso na madrugada de quinta-feira, 14, no interior do Motel Cactus, nas proximidades da cidade de Santo Antônio, na região Agreste potiguar, onde a advogada Vanessa Ricarda de Medeiros foi encontrada desfigurada por socorristas do Samu. Ela morreu antes de chegar ao hospital.

Fugitivo de Natal é preso em Mossoró PASSANDO NA HORA

Durante um patrulhamento de rotina realizado no bairro Alto da Conceição, a Polícia Militar flagrou um homem com 68 pedras de crack. O flagrante aconteceu na madrugada de ontem,16,no cruzamento da Avenida Alberto Maranhão com a Rua Haroldo Gurgel, local onde os policiais se depararam com o suspeito que se identificou como Eduardo Noberto de Araújo,32 anos,motorista. Ao ver o suspeito, os policiais decidiram fazer uma abordagem, momento em que Eduardo tentou fugir, mas foi alcançado. Segundo a polícia, o suspeito ainda tentou se desfazer da droga que foi encontrada. Inicialmente foram localizadas quatro pedras de crack e depois a polícia encontrou um pacote contendo mais 64 pedras da droga. Eduardo foi preso em

Marcelo Alves do Santos foi preso pela Rocam

Homem é preso após furtar toca CD de um veículo no Bom Jesus Uma guarnição da Rocam foi acionada através do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP) de uma ocorrência de furto no bairro Bom Jesus. De acordo com a informação, um táxi da cidade da Serra do Mel teria sido arrombado no bairro citado em um bar durante a madrugada de ontem, 16. As vítimas anotaram a placa de um veículo que poderia estar dando suporte aos arrombadores. O carro suspeito seria um Corsa Classic de placa NNQ3375. De posse das informações, os policiais fizeram patrulhamento nas imediações do bar e localizaram o veículo indicado. No interior do carro es-

tava o jovem Groysmam Voltaere dos Santos Pereira, 20 anos, natural de Caraúbas-RN, e junto com ele um toca CD, furtado. Segundo o cabo Renixon, o acusado, juntamente com outros dois homens que não foram localizados, chegavam no Corsa, estacionavam ao lado do veículo escolhido e enquanto o dono se divertia dentro do bar seu carro era arrombado. O suspeito foi conduzido pelos policiais para a DP de Plantão, juntamente com o veículo Corsa, que não tinha queixa de roubo ou furto, onde depois de ouvido pelo delegado de plantão, Edvan de Queiroz, ficou à disposição da Justiça. PASSANDO NA HORA

Eduardo foi preso em flagrante pela Polícia Militar

flagrante e levado para a Delegacia de Polícia Civil de Plantão, onde foi autuado por tráfico de drogas. Após ser detido, Eduardo

confessou ser foragido do regime semiaberto da Comarca de Natal, para onde deverá ser conduzido nos próximos dias. Eduardo

disse também que é natural de Mossoró e foi autuado em flagrante por tráfico de drogas,pelo delegado de plantão Edvan de Queiroz.

Toca CD foi recuperado pelos policiais da Rocam


10 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Mossoró Impressionando

Feliz de quem atravessa a vida inteira tendo mil razões para viver. Dom Hélder Câmara

Carlos Augusto impressionandonagazeta@gmail.com

que dá para aprender Inglês em 18 meses? Seria SUA EDUCAÇÃO Será propaganda enganosa, Armadilha ou seria solução?

Atualmente é perceptível que a maioria das pessoas tem o desejo latente de falar inglês, e isso é uma condição para ascender em suas carreiras profissionais. Na velocidade de nossa sociedade, uma pessoa de 30 anos sentar em uma sala de aula, juntamente com adolescentes, e estudar por sete, oito anos é complicado e dífícil. É preciso frisar que o aluno precisa saber o que é fundamental para dominar a língua, para que a pessoa se saia bem em uma viagem internacional, em uma reunião de negócios e que não tenha a vergonha típica dos adultos em se comunicar, pânico ao ouvir um simples "Do you speak english?" Aprender inglês e falar a língua fluentemente depende 95% de você. Com tantos cursos de inglês existentes no mercado,o aluno pode muito bem escolher o método de ensino que ele mais gosta, que mais se aplica a você. Se você é do tipo que gosta de estudar as nuances da gramática, escolha um método que ensine dessa forma. Se quer aprender a falar melhor do que escrever, também pode escolher um outro método que enfoque mais na fala do que na escrita. Alguns cursos ,como o CCAA por exemplo, oferecem as duas possibilidades. No fim das contas, você só vai aprender de verdade se tirar da cabeça que é responsabilidade exclusiva da escola e do professor te ensinar tudo - todas as palavras, diferenças, expressões que existem na língua inglesa. É a sua própria forma de estudar, o quão interessado você está na língua, o quão disposto você está a se submergir em uma outra cultura que vai determinar se você levará um ano para aprender ou dez. Os traumatizados do inglês costumam achar que a língua inglesa é muito difícil e complicada, mas qualquer um que é fluente de verdade concorda em uma coisa: é uma língua simples, fácil de se entender. O Português tem um milhão a mais de regras do que o inglês. Na hora da escolha de um curso de inglês tudo vai depender de você: somente ir para a escola assistir aulas e depois fechar o livro e joga-lo numa gaveta não adianta muita coisa não. Uma pessoa que está aprendendo uma língua, tem que além de assistir as aulas ,estudar em casa, fazer o dever de casa. Se ela assiste televisão, ela vai

assistir coisas na língua que ela está aprendendo, vai escutar músicas, e isso é o que mais ajuda, ler livros (e muitos livros) na língua. Um bom aluno não reclama o quanto ele é preguiçoso e não gosta de ler: ele vai a uma livraria, compra um "Charles Dickens" e um bom dicionário monolíngue (daqueles grandes, não edição de bolso) e vai estudar. Muitos cursos "garantem" que o aluno vai terminar o curso depois de determinado tempo já falando e entendendo tudo. Isso até pode acontecer, mas é a exceção e não a regra. Os alunos realmente excelentes, as vezes até conseguem. Os "estou aprendendo pois sou obrigado por papai/mamãe/meu chefe", NAO. É simplesmente assim. Diferente do que muitas pessoas pensam, no CCAA você pode fazer seu curso de inglês em 18 meses, claro, de acordo com sua necessidade e facilidade de aprendizado. O aluno poderá fazer um curso Vip e assim adquirir um conhecimento intermediário nesse breve período de estudo ou caso o interessado opte por fazer um curso regular em 18 meses, o aluno irá possuir o conhecimento básico. Nós, do CCAA, possuímos um compromisso para fortalecer intelectualmente nossos alunos, tornando extremamente simples a comunicação deles com pessoas de todas as partes do mundo através do ensino efetivo de idiomas por método próprio. Em resumo, para se aprender inglês em 18 meses, você precisará de muito contato com o idioma, ou seja, fazer aulas todos os dias da semana com um professor particular (modalidade GOLD/VIP). Caso contrário, se você fizer 18 meses de inglês em grupo, com 1 ou 2 aulas semanais somente, você vai chegar, no máximo, na maioria dos casos a um nível intermediário de inglês . Você vai ter conhecimentos muito básicos para ser considerado fluente. Ah, e também não podemos esquecer que você não estará apto a prestar e passar em NENHUM exame internacional. Não tenho a pretensão de dizer que na "ESCOLA XXX ou YYY" o aluno vai aprender ou não tudo que um curso tradicional oferece. Definitivamente, não é isso. O que quero deixar claro é que, o aluno precisa ficar atento ao que mais lhe agrada e assim não cair nas diversas armadilhas de marketing e promessas de inglês rápido e eficiente existentes hoje no mercado. E você, já conhece a metodologia do CCAA? Conhece a modalidade CURSO VIP ? Liga e Confere.3314 1648

IMPRESSIONA O QUE É BACANA Filme Os Miseráveis Em cartaz nos melhores cinemas do Brasil ,"Os Miseráveis" é a indicação perfeita para quem aprecia um cinemão .A transposição da famosa peça de Victor Hugo para o cinema, agora em versão musical está arrebatando plateias no mundo inteiro e catapultou Hugh Jackman,o eterno Volverine de Xman,definitivamente como um dos maiores atores de Holywood dessa nova geração. Musicais costumam ter um público cativo e outro que,pelo contrário,prefere torcer o nariz (ou fechar os ouvidos) antes mesmo de se dar a oportunidade de experimentar. Diferente de Moulin Rouge e Nine, que flertaram com uma música mais atual e por conta disso abriram uma possível conexão com novos adeptos, Os Miseráveis segue a linha tradicional de ser uma história literalmente cantada, mas nem por isso merece ser desprezado. São duas horas e 48 minutos de puro entretenimento de muita qualidade. EU INDICO !!!

O QUE ENCHE O SACO. Sem noção... A falta de coerência em algumas cenas envolvendo o tráfico de mulheres em "Salve Jorge" tem chamado a atenção e irritado os espectadores. Eis a incoerência mais recente da trama: nessas idas e vindas de Morena (Nanda Costa) da Turquia para o Brasil, por que no primeiro embarque, após engolir diversas cápsulas com drogas ilegais, a protagonista e sua amiga Jéssica (Carolina Dieckmann) precisaram passar pelo rigor da fiscalização de um aeroporto internacional, correndo o risco de serem presas, se poucos dias depois Russo (Adriano Garib) sequestrou Morena e fez a viagem de volta em um jato particular,livre de qualquer controle policial? Não seria mais fácil a quadrilha ter usado essa tática desde o início?". Para variar , Ficou, no mínimo, inverossímil. Se liga Gloria Perez....

Estirão ESTAMOS CHEGANDO LÁ... Muito bacana a quantidade de e mails que recebemos nos reportando positivamente sobre a nossa coluna do domingo de carnaval.Feedbacks autênticos de pessoas que entenderam a proposta da nossa coluna e que nos encheu de alegria pelas mensagens sinceras. A gente agradece e, claro, se envaidece. Não tem como não ser assim. Quem resiste a uma massagem no ego ?? Valeu mesmo . Continuem nos prestigiando. A gente vai continuar escrevendo sobre o bom da vida, e isso claro, inclue vocês. Obrigado... O LADO BOM DE SALVE JORGE.... Uma operação da Polícia Federal e da Interpol desarticulou uma quadrilha internacional de tráfico de pessoas, que levava brasileiras para Madri,na Espanha,onde eram obrigadas a se prostituir, como na novela "Salve Jorge", da TV Globo. Cinco brasileiras foram libertadas. Toda a ação foi acompanhada por uma equipe do Fantástico. A moças sequestradas foram aliciadas em Salvador, BA. A denúncia foi feita por uma brasileira, telespectadora de "Salve Jorge", a trama de Glória Perez, que, após assistir um capítulo da novela, suspeitou da situação vivida por uma conhecida. As imagens foram ao ar no domingo que antecedeu o domingo de carnaval. A FORÇA DA TELINHA... Em apenas três dias, o número de denúncias de tráfico de mulheres ao "Ligue 180", da Secretaria de Políticas para as Mulheres, do governo federal, foi igual ao de 2012 inteiro..Essa enxurrada de telefonemas veio depois que o "Fantástico", revelou a libertação de umas mulheres exploradas por uma quadrilha na Espanha. NO RIO: VIVA A VILA ISABEL Sete anos depois, a Unidos de Vila Isabel volta a conquistar o título de campeã do Grupo Especial das escolas de samba do Rio de Janeiro,pela terceira vez.Ganhou em 1988 e 2006. Mesmo perdendo dois décimos no quesito enredo, com "A Vila canta o Brasil, celeiro do mundo -- Água no feijão que chegou mais", de Rosa Magalhães, Alex Varela e Martinho da Vila, a Vila Isabel venceu com galhardia, confirmando a previsão dos que viram o desfile, na segunda feira. Depois do resultado, a galera comemorou com força na quadra da escola, em Vila Isabel, celeiro de bambas. EM SÃO PAULO : VIVA A MOCIDADE ALEGRE. A escola de samba Mocidade Alegre é a campeã do carnaval de São Paulo em 2013. A agremiação conquistou o bicampeonato com o enredo "A sedução me fez provar, me entregar à tentação... da versão original, qual será o final?" A disputa pelo título foi apertada até o último quesito, enredo. A Mocidade estava apenas um décimo de ponto atrás da Rosas de Ouro, que até então liderava nas notas dos jurados.Mas, no critério final, a Mocidade levou a melhor e alcançou o bicampeonato. E VIVA O CARNAVAL 2014... Várias escolas cogitam enredos sobre futebol para o ano que vem por causa, claro, da Copa do Mundo no Brasil. BUNEQUEIRO Roberto Carlos foi sondado para fazer o show de abertura de pelo menos oito dos estádios que estão sendo construídos para a Copa 2014. A proabilidade dele aceitar algum desses convites, contudo, é quase zero. PASTOR MALAFAIA ATACA UNIÃO HOMOSSEXUAL E CAUSA REAÇÃO NAS REDES SOCIAIS Já fazem mais de 15 dias que saiu a entrevista, mas ainda muito se fala nisso na Imprensa em geral. O Pastor Silas Malafaia, líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo fez duros ataques ao casamento e à adoção de crianças por homossexuais .As declarações foram feitas durante entrevista no programa De Frente com Gabi, apresentado por Marília Gabriela no SBT,e provocaram reações nas redes sociais até agora.Malafaia fez severas críticas ao relacionamento entre homossexuais e afirmou não acreditar que dois homens ou duas mulheres possam desenvolver um ser humano ou criar uma criança perfeita no sentido total. Bom, uma coisa ele conseguiu com essa entrevista: Polêmica !!! Tá no youtube. E DAÍ ?????? A notícia destaque em todos os jornais, revistas e sites da semana. "A apresentadora XUXA apareceu de namorado novo no camarote da sapucai". Brincadeira ne ?? Por caridade. Só sendo muita falta de assunto mermo !!!


Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Cidades

Editora: Kalidja Sibéria cidades@gazetadooeste.com.br

UFRN

CANGURU

Pesquisa de aluna representa o Brasil na ONU 4

Hospital recebe certificação do MS

6

Óbitos e atendimentos do Samu diminuem ALCIVAN COSTA

CÉLIO DUARTE

Segurança Pública divulga balanço de chamados e atividades realizadas durante o período de Carnaval

O

s órgãos da Segurança Pública do Rio Grande do Norte e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência se reuniram no final da semana, no auditório da Emater, para apresentar à imprensa o balanço da Operação Carnaval Seguro 2013, realizada de 8 a 12 de fevereiro. Durante o período, as forças de segurança e proteção civil ampliaram a ação integrada e aumentaram a atuação no Estado,resultando na redução de 50% no número de óbitos por acidentes de trânsito; redução de 35% de atendimentos do Samu; e aumento de 61,5% da apreensão de pedras de crack. A Polícia Militar registrou ainda diminuição de 6,3% no total de ocorrências atendidas na região Metropolitana, caindo de 1.744 em 2012 para 1635 neste ano. Com a intensificação da fiscalização, ocasionada pela Lei Seca,o número de ocorrências de trânsito caiu para 148 autuações (queda de 9,2% em relação ao ano passado) e aumentou o número de testes de etilômetro (bafômetro) aplicados pelo Comando do Policiamento Rodoviário Estadual:850 (foram 280 em 2012). No total, 69 condutores foram flagrados sob o efeito de álcool, 58 veículos foram removidos ao Detran e 56 carteiras de habilitação foram apreendidas. Já o Corpo de Bombeiros realizou 163 atendi-

Com a intensificação da fiscalização, o número de ocorrências de trânsito teve queda de 9,2% em relação ao ano passado

mentos na Região Metropolitana (68% a mais do que em 2012). O órgão também aumentou o número de guarda-vidas de 30 para 60 e ampliou de 8 para 18 o número de postos de salvamento. O fato significou uma redução de 33,3% no número de afogamentos. De acordo com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Elizeu Lisboa Dantas,as fiscalizações foram intensificadas e cresceram 261% frente a 2012. O Instituto Técnico-científico de Polícia (ITEP) registrou oito homicídios (queda de 50% em relação ao ano passado), com oito mortes. O Samu Metropolitano ampliou a cobertura populacional na região de

42% para 72% e apresentou uma redução de 43 para 28 no registro de traumas causados por acidentes de trânsito (decréscimo de 35%). Segundo o coordenadorgeral do SAMU, Luiz Roberto Fonseca, o balanço da Operação Carnaval foi positivo, em especial para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, que teve redução de entradas de 12,3% em relação ao ano passado e de 15,6% no total de atendimentos vinculados a acidentes de trânsito. Para o secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social, Aldair da Rocha, os dados da Operação Carnaval mostram que a ação integrada das forças de Segurança refletiu direta-

Samu também registrou diminuição no número de chamadas e atendimento em todo o Estado

mente na redução dos índices apresentados. "O nosso trabalho e a fiscalização rigorosa têm dado resultados positivos nas estradas, por exemplo, Isso causou uma redução drástica nos números de acidentes automobilísticos e de óbitos.Isso é um trabalho muito importante e estamos muito satisfeitos. O Carnaval foi relativamente tranquilo", declarou. Ainda durante a coletiva, Aldair da Rocha falou sobre o projeto da Divisão de Homicídios da Delegacia Geral de Polícia, que será uma estrutura muito importante com efetivo específico para atender Natal, que registra 60% dos casos de homicídio do RN. A Divisão terá ligação direta

Inadimplência do consumidor cai 1,5% durante o mês de janeiro de 2013 A quantidade de consumidores que não honraram suas dívidas caiu 1,5% em janeiro de 2013 na comparação com dezembro de 2012. De acordo com a empresa de consultoria Serasa Experian, esse foi o terceiro recuo mensal consecutivo. Quando comparado com o mesmo período do ano passado, a inadimplência teve crescimento de 12,9%. Os principais respon-

sáveis pela queda do indicador no mês foram as dívidas não bancárias (com operadoras de cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços como telefonia e fornecimento de energia elétrica, água etc.), que tiveram variação negativa de 0,5%, e a inadimplência com os bancos, que caiu 3,3%. A contribuição dos dois itens para o indicador chegou a 0,2% e 1,5%, respectivamente.

Segundo os economistas da Serasa, os principais motivos para a queda de 1,5% do indicador em janeiro são o aumento das renegociações de dívidas, os juros reduzidos, o desemprego baixo, além do menor ritmo de crescimento do endividamento no ano passado (2012). "Como a inadimplência do consumidor está seguindo uma trajetória decrescente, este é um bom momento para o

consumidor colocar sua vida financeira em ordem", analisam os economistas. O valor médio da inadimplência não bancária caiu 53,5% em janeiro de 2013 quando comparado com o mesmo mês do ano anterior. Já os cheques sem fundos, os títulos protestados e as dívidas com os bancos tiveram alta de 11,5%, 5,6% e 2,3%. Com informações da Agência Brasil.

com o DENARC (Departamento de Investigações sobre Narcóticos). Outra novidade citada pelo secretário foi a elaboração do Plano de Segurança Pública, que envolverá diversos órgãos do Governo do Estado. O plano consiste em um documento formulado a partir de reuniões com os municípios potiguares para criar linhas de ação que atendam às demandas específicas das cidades. INVESTIMENTO As ações integradas dos órgãos componentes da Segurança Pública e do Samu foram eficientes para a redução dos números de óbitos e de acidentes, mas o investimento no Governo do Es-

tado no último ano contribuiu para os novos dados. Desde 2012, foram entregues à PM, Polícia Civil, Itep e Bombeiros 458 viaturas, 1670 coletes à prova de balas, 5.043 pistolas automáticas para a PM, 534 equipamentos de proteção individual e 2 carros AutoBombas Tanque. Além disso, a reforma e equipagem do Itep, simulador de tiros para a Polícia Civil, 2 delegacias móveis inéditas no RN, aumento da 20 para 36 comarcas do RN com efetivo da Polícia Civil, Boletim de Ocorrências Eletrônico e Implantação do Subsídio para a PM foram fundamentais para o dados de 2013 da Operação Carnaval Seguro. ALCIVAN COSTA

Responsáveis pela queda do indicador no mês foram as dívidas não bancárias


2 Gazeta do Oeste

Alto-Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Sociais DIRETRIZES DE SEGURANÇA

Soraya Vieira sorayavieira@altoestenet.com.br

Ninguém pode querer a paz se pratica a violência Maria do GER

WWW.SORAYAVIEIRA.COM.BR

A VIDA CONTA... PALAVRA E VIDA Não desprimores, nem firas O coração que te escuta, Às vezes, em febre e luta, Na provação em que jaz; Pelo recurso da voz Que instrui, conforta e elucida, Deus te deu, na luz da vida, O dom de fazer a paz.

Já no quarto ano que este grupo de pau-ferrenses passam o Carnaval em Tibau, lá no descanso da praia de Gado Bravo

O juiz dr. Herval e Cheina com grupos de amigos presentes nos melhores eventos e em Aviões do Forró não poderia faltar

Deputado Gustavo Fernandes também estava em Tibau e a bela Karenine Fernandes encantando

Phabiano Santos e sua Cleópatra com casal amigo em Tibau

Maçonaria presente no coro de vivas de Vieira

Mais amigos para a alegria de Vieira

Se contratempos te afligem Entre as lembranças que deixas, Evita sombras e queixas, Não menosprezes ninguém; A ofensa que nos procura, Mesmo de modo impreciso, Dissolve-se, de improviso, Na fonte viva do bem. Se a caridade te guia Vencendo espinhos e males, Não te revoltes, nem fales, Agravando a treva e a dor; Toda palavra de auxílio, No bem espontâneo e puro, É tijolo do futuro Erguendo o Reino do Amor. Quando falas e onde falas, Traças caminhos e normas Pelas imagens que formas Nas palavras tais quais são; Como dizes no que diga, Constróis jardins e moradas, Emendas pontes e escadas De queda ou de elevação.

INTERNET

O advogado pau-ferrense

À frente de quem te humilha, Não devolvas pedra e lama, Cala, serve, ampara e ama Na expressão que se traduz; Eis que o Céu se manifesta Na bondade que irradia... Contempla o sol cada dia: É bênção falando em luz. Chico Xavier - Maria Dolores

Glauber Rego foi eleito na lista tríplice para ser o novo desembargador do TJRN. A governadora escolherá um Pelágio e Solange sempre presentes nos momentos felizes

Cercados de amigos porque eles são extensão da família

nome entre os três votados pelo plenário do TJ.


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Macau e região

Sociais PAIXÃO E TRADIÇÃO Uma festa de harmonia e paz com números que superaram todas as marcas. Assim foi o carnaval de Macau em 2012, onde a prefeitura celebrou com 300 mil foliões a alegria de realizar o maior e melhor carnaval do Rio Grande do Norte, o terceiro maior do Nordeste. E não faltaram ritmos nos agitos nos quatro cantos da cidade durante os sete dias de reinado de Momo. Neste domingo, pós-cinzas, a coluna em edição especial traz os cliques do carnaval que é mais que paixão.

Celso Amâncio amancio.celso@gmail.com twitter: @celsoamancio Site: www.celsoamancio.com

FOTOS: CANINDÉ SOARES

O colunista gente boa, George Azevedo com a primeiradama Aline Kelly e o prefeito Kerginaldo Pinto

No trio do Grafith, grande encontro dos colegas Liege Barbalho e Toinho Silveira

Comandantes do sucesso do camarote Jardim Itaipava Fest, Maninho e Chico Paraíba

Nos embalos do mela-mela: George Soares, Rodrigo Aladim, Flávio Veras, João Maia e Kerginaldo Pinto

Luan Pinto com a musa Nathália

Secretário de Infraestrutura Joad Fonseca com Rackson no comando do trio do Grafith

O bicho do axé, Ricardo Chaves com o assessor de turismo, Wagner Leonez

A coluna com o colega Rodrigo Loureiro, o vereador em Natal, Rafael Motta e o prefeito Kerginaldo

Festa também para receber o vice-prefeito Einstein Barbosa, aqui com o prefeito Kerginaldo Pinto

No camarote oficial, José Maria com Maysa Jácome, Liana com Jorge Ribeiro, Kerginaldo com Aline, Luciano com Vera Albuquerque

Dulciene Freitas com George e o ex-prefeito Flávio Veras

O cantor Ricardo Chaves com a secretária de Turismo, Sâmia Loraine


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Sociais Gente de Umarizal

"Não jogue lenha no fogo de seu arrependimento".

CESIMAR OLIVEIRA cesimardeoliveira@yahoo.com.br cesimaroliveira@bol.com.br gentedeumarizal.blogspot.com

CARNAVAL DE TIBAU FOI SUCESSO Mais um ano de sucesso resume a segunda edição do Carnaval de Tibau. Com grandes atrações na sua programação, o evento atraiu um grande público que caiu na folia. Foram registradas as presenças de foliões de diversas partes da região e Estados vizinhos como Paraíba, Pernambuco, Ceará, entre outros. Foram quatro dias de muita folia, sol e mar que agitaram multidão durante todo o período momesco. A organização do evento agradeceu a presença de todos na Arena Show. "Nós estamos satisfeitos com essa segunda edição, foi um carnaval tranquilo, segurança reforçada, tudo como havíamos planejado. Eu agradeço a todos que confiaram no nosso trabalho e foram, por mais um ano, prestigiar o carnaval de Tibau", comentou Tácio Garcia, diretor da Gondim & Garcia Produções. Com certeza quem resolveu cair na folia da cidade-praia não se arrependeu. Animação foi o que não faltou no carnaval da Arena Show. Agora é esperar e já começar a contagem para o Carnaval de Tibau 2014, que já tem promessa de superar o que acaba de acontecer. As fotos dos quatro dias poderão ser encontradas no site da Gondim & Garcia através do www.gondimgarcia.com.br.

Assistente social Tela Ariana Medeiros e o esposo-advogado Tales Pinheiro. Ela aniversaria hoje e a coluna envia votos de muita paz, saúde e sucesso à sobrinha estimada. Deus a proteja hoje e sempre!

Casal Aluizio Gurgel/Margareth confirmando presença na III Noite do Guerreiro

Também estará conosco no dia 2 de março o casal maçom Carlos Alberto Sales/Maria José

Mais uma vez o casal Haroldo Sales/ Alaede irá prestigiar a noite que comemora dois anos do blog "Gente de Umarizal"

O casal amigo Toinho Paiva/Francisca Lins também diz sim ao nosso convite para a III Noite do Guerreiro

Detrans já podem multar motofretistas por irregularidades

Pesquisa de estudante da UFRN representará o Brasil na ONU CEDIDA

As novas regras de segurança para o exercício da profissão de motofretista continuam em vigor em todo o Brasil.Em reunião realizada na semana passada, dia 5, com sindicatos da categoria, o Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) decidiu por manter a vigência da lei. No entanto, até o dia 20, o Detran de cada Estado pode decidir por multar ou não os profissionais pelo descumprimento das normas. Isso porque uma nova reunião entre os dois lados será realizada naquela data. As entidades representativas apresentarão, na ocasião, uma proposta de resolução indicando que cada Detran seguirá um cronograma próprio para o início da fiscalização do tema, de acordo com as necessidades de cada Estado. A ideia é que seja desenvolvido um plano de execução da fiscalização com prazo de até um ano. Ou seja, alguns Estados, mais atrasados em relação à lei, teriam mais tempo para se adaptar. A proposta pode ou não ser aprovada pelo Conselho. A Lei 12.009/2009 prevê que o motofretista tenha completado 21 anos, pos-

Motofretista que desrespeitar alguma das determinações fica sujeito a autuações de R$ 191,54

sua habilitação por pelo menos dois anos na categoria "A", utilize colete de segurança dotado de dispositivos retrorrefletivos e seja aprovado em curso especializado, regulamentado pelo Contran. Além disso, a moto também deve ser equipada com itens de segurança. Quem desrespeitar alguma das determinações fica sujeito a autuações de R$ 191,54, apreensão da moto e pode receber sete pontos na carteira de habilitação.

CURSO DE ESPECIALIAZAÇÃO Os motofretistas alegam quenãohouvetemposuficiente para que os profissionais se adequassemàlei,queexigeum curso de especialização de 30 horasnocurrículodotrabalhador para que ele possa atuar. O Sest Senat informa que oferece o curso em dezenas de unidades em todo o País e, durante todo o ano de 2012, a procura ficou bem abaixo do esperado na maioria delas.Dependendo

da demanda atual, novas turmas poderão ser abertas para contemplar o maior número de profissionais. Segundo o Contran,as aulas podem ser promovidas pelos Detrans,unidades do Sest Senat, Centros de Formação de Condutores (CFCs) e por entidades de ensino, desde que comprovada a capacidade técnica necessária,de forma presencial ou por ensino à distância (semipresencial). Com informações da Agência CNT de Notícias.

A pesquisa da aluna egressa do curso de Serviço Social da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Maria Luiza Teixeira, representa o Brasil em reunião nas Organizações das Nações Unidas (ONU), nos Estados Unidos, ainda neste mês de fevereiro. Intitulada de "Transporte urbano e população idosa: construindo uma nova relação", a pesquisa nasceu de um projeto de intervenção durante estágio da aluna na Promotoria do Idoso do Ministério Público do Estado, ainda no ano de 2010. O objetivo central é sensibilizar e conscientizar motoristas, cobradores e permissionários de transporte alternativo quanto aos direitos dos idosos como a reserva de assento, prioridade no embarque. Entre os resultados alcançados com a pesquisa estão a redução de 75% das queixas na Delegacia do Idoso, na Promotoria do Idoso e em órgãos que monitoram esses dados. A pesquisa foi contemplada com prêmios em Direitos Humanos em 2011, em Brasília, e do Instituto Inovare. Foi também se-

lecionado pelas agências reguladoras do Banco Santander, que passou pela avaliação de uma equipe de gerontólogos e consultores do projeto Talentos da Maturidade. Os representantes do Banco Santander vieram a Natal para avaliar a capacitação dos motoristas e cobradores. Eles ficaram impressionados e resolveram levar a cópia do projeto à ONU, a fim de que seja difundido em outros países, para isso foi gravado um vídeo que será apresentado na reunião na ONU.

NÚMEROS Entre os resultados alcançados com a pesquisa estão a redução de

75% das queixas na Delegacia do Idoso, na Promotoria do Idoso e em órgãos que monitoram esses dados


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Cidades Hospital Santa Catarina recebe certificação no Método Canguru REPRODUÇÃO

esta segundafeira, 18, às 10h, o Hospital Dr. José Pedro Bezerra (Santa Catarina) recebe do Ministério da Saúde, a Certificação como serviço de Referência no Método Canguru para o Estado do Rio Grande do Norte. O Santa Catarina será o primeiro hospital do Brasil a ser considerado referência estadual no Método Canguru. A avaliação do Ministério da Saúde passou por três etapas: internação do bebê, seguida pela assistência na Enfermaria ou na Unidade de cuidado Canguru e encerrando com a Alta Hospitalar, quando são monitorados o peso e as condições clínicas do recém nascido até atingir 2,5 kg. Para receber a certificação, além das três etapas, a unidade hospitalar precisar contar com uma equipe capacitada no Método.Atualmente, o Santa Catarina possui 14 tutores que já formaram outras equipes em unidades que estão iniciando o método no estado. Para a coordenadora do programa, Devanir Pires, a certificação do Método é o reconhecimento do trabalho de toda a equipe."A avaliação do Ministério da Saúde foi finalizada em outubro do ano passado e mostra o compromisso e a responsabilidade dos profissionais envolvidos", falou a coordenadora. Segundo a coordenadora do Programa de Aleitamento Materno da Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP), Evanúzia Dantas, a certificação pelo Ministério da Saúde vem fortalecer

N

Liszt Madruga lisztmadruga@hotmail.com

A Avianca recebeu o primeiro Airbus 320 (foto) equipado com asas com sharklets (imagem acima, divulgação Airbus), que fazem da aeronave a mais eco-eficiente entre os equipamentos dessa categoria, segundo a empresa aérea. Avaliada em US$ 82 milhões, a aeronave é a primeira de uma encomenda de 30 aviões desse modelo realizada pela Avianca Taca Holding. "A incorporação do primeiro A320 com sharklets à frota da Avianca constitui um avanço importante no processo de modernização tecnológica por que passa a companhia, com o objetivo de oferecer serviço de qualidade mundial a nossos clientes", disse o CEO da Avianca Taca, Fabio Villegas. O novo A320 tem capacidade para 150 passageiros, com 12 lugares na classe executiva. O método incentiva o contato pele a pele entre mãe e bebê

as ações desenvolvidas de atenção ao recém-nascido. "Com essa referência, o Estado terá uma maior certificação para dar apoio a outras unidades que estão iniciando o método, melhorando assim, a assistência nessa área", disse Evanúzia Dantas. MÉTODO CANGURU O método Canguru é apresentado pelo Ministério da Saúde como uma Norma de Atenção Humanizada ao Recém nascido de baixo peso e é aplicado no Hospital Santa Catarina desde o ano de 1994, sendo que a estrutura física atual foi inaugurada em 2006. O método incentiva o contato pele a pele entre mãe e bebê, que proporciona diversos benefícios, diminuindo o tempo de internação. Entre eles estão

a melhor regulação da temperatura corporal, da frequência respiratória e diminuição dos riscos de infecções e apneia.

A avaliação do Ministério da Saúde foi finalizada em outubro do ano passado e mostra o compromisso e a responsabilidade dos profissionais envolvidos’’ Devanir Pires

Divulgado novo boletim de balneabilidade de praias REPRODUÇÃO

O carnaval passou, mas as boas condições de balneabilidade das praias potiguares permaneceram. É o que revela o resumo do boletim de Balneabilidade Nº 07/2013 do Programa Água Azul, realizado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA). Dos 48 pontos verificados,apenas no Balneário do Pio Pium,em Parnamirim, é que os banhistas devem evitar o contato com a água devido os altos índices de coliformes fecais. Os trechos analisados estão distribuídos entre os 410 km de praias do Rio Grande do Norte, entre Baía Formosa, na divisa com a Paraíba; e Tibau, divisa com o Ceará. Além do Idema e IFRN,

Turismo, Cultura e Lazer

Os trechos analisados estão distribuídos entre Baía Formosa, na divisa com a Paraíba; e Tibau, divisa com o Ceará

outras entidades fazem parte do programa Água Azul: Secretaria de Recursos Hídricos do Governo do Estado, Instituto de Gestão das Águas do Estado (IGARN), Empresa de Pes-

quisa Agropecuária do RN (EMPARN), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA).A análise é válida por sete dias.

NATAL NA FLOR DO CARIBE O secretário de Turismo de Natal (SETURDE), Fernando Bezerril, confirma para o próximo dia 24 (domingo), no programa Auto Esporte, da TV Globo, matéria feita em Natal sobre a origem do bugre e, a partir do dia 11 de março (segunda-feira), a estreia da novela "Flor do Caribe" na mesma emissora a ser exibida às 18h. A novela tem como foco a história do piloto de caça da Base Aérea de Natal (Henri Castelli) com a bugueira (Grazi Massafera). NATAL NA FLOR DO CARIBE II Como presidente do Natal Convention Bureau, Fernando Bezerril apoiou a realização das filmagens da novela e agora, como secretário de Turismo de Natal, atuou na realização dos dois eventos que coloca Natal na vitrine da mídia nacional e internacional com a exibição do programa Auto Esporte e da novela "Flor do Caribe",que ficará oito meses na grade de exibição da Rede Globo de Televisão. "(...) É uma inegável e importante divulgação que conseguimos a custo zero", disse Bezerril. NATAL NA FLOR DO CARIBE III Sobre a matéria para o Auto Esporte, a escolha de Natal, segundo o produtor do programa, Tiago Torricelli, se fez óbvia pela beleza da cidade, sua "cultura bugueira", a origem desse meio de transporte e pela simpatia e acolhimento do seu povo. Natal conta atualmente com 720 bugres cadastrados que operam em passeios turísticos pelas dunas do seu litoral. CURSO DE TERAPÊUTICA A Clínica Márcia Ortiz realizará, a partir do próximo mês, o curso de piscina terapêutica:"A água como intervenção terapêutica no atendimento da criança e do adulto", ministrado pela professora especialista Márcia Ortiz e na própria clínica. O objetivo é oportunizar experiências ao acadêmico e a reciclagem de profissionais da educação física e fisioterapia. Para saber mais: (84) 9481-2979 ou 32311727 e www.marciaortiz.com.br/artigos. FEIRA DE CALÇADOS Durante a primeira edição do evento 40 Graus - Feira de Calçados e Acessórios, que se inicia de 4 a 6 de março, em Natal, alguns dos principais fabricantes do segmento calçadista brasileiro terão uma nova visão dos mercados do Norte e do Nordeste, em ampla ascensão. Para Frederico Pletsch, diretor da Merkator Feiras e Eventos, promotora da feira, os expositores poderão conhecer de perto a realidade do varejo e do consumidor das regiões mais quentes do País."Assim, os fabricantes vão poder projetar negócios a curto, médio e longo prazo", prevê Pletsch. FEIRA DE CALÇADOS II Ele explica que a feira será como um termômetro do segmento, no sentido em que os expositores poderão ouvir as demandas deste

mercado em expansão in loco e assim conhecerdetalhesrelevantesparaseproduzircoleções adaptadas e satisfatórias para os consumidores finais. Alguns dos expositores explicam que já atendem a essas regiões,mas pretendem ampliar seus negócios a partir do evento. FEIRA DE CALÇADOS III É o caso do calçadista Orceni Bernardi, da Divalesi,de Três Coroas/RS.Segundo ele, com as recentes mudanças no perfil de consumo dessas regiões, seu produto tem muito a crescer. "A 40 Graus será uma nova experiência para a nossa empresa que atende todo o País. A expectativa é de que até o final de 2013, cerca de 20% a 25% da nossa produção mensal de 30 mil pares seja destinada para essas regiões", afirma. FEIRA DE CALÇADOS IV O empresário Pedro Kaiser, da Dian Pátris, de Igrejinha/RS, irá aproveitar a feira para fidelizar seus clientes, pois cerca de 70% de sua produção já é destinada ao Norte e Nordeste. "Estamos confiantes no sucesso da 40 Graus,pois teremos nova oportunidade de nos aproximar de nossos clientes. Lá, vamos realizar o lançamento de cinco novas linhas de calçados", explica. Entre os produtos da marca que mais fazem sucesso nas regiões, estão sandálias, tamancos, plataformas e rasteiras. FEIRA DE CALÇADOS V A Merkator Feiras e Eventos tem a parceria das seguintes entidades: Sindicato da Indústria de Calçados de Dois Irmãos, Sindicato da Indústria de Calçados de Estância Velha, Sindicato da Indústria de Calçados de Ivoti, Sindicato da Indústria de Calçados de Igrejinha, Sindicato da Indústria de Calçados de Novo Hamburgo, Sindicato da Indústria de Calçados de Parobé, Sindicato da Indústria de Calçados de Sapiranga e Sindicato da Indústria de Calçados de Três Coroas. FEIRAS DE CALÇADOS VI O Salão Internacional do Couro e do Calçado - SICC - lançador da moda primavera/verão em calçados e acessórios, acontece de 27 a 29 de maio de 2013,no Centro de Eventos do Serra Park, em Gramado (RS). FEIRA DE CALÇADOS VII Zero Grau - Salão de Tendências e Calçados e Acessórios - lançador da moda outono/inverno em calçados e acessórios,acontece de 18 a 20 de novembro, no Centro de Eventos do Serra Park, em Gramado (RS). BRAAVO PROMOVE FAMTOUR Em março, o Hotel VillaOeste recebe um Famtour promovido pela Braavo Turismo com representantes de agências de viagem de Natal e Fortaleza. Entre outros passeios os convidados desfrutarão das belezas da Lagoa do Catu, localizada no Ceará. A Braavo é a única agência em Mossoró que faz parte da Trend Operadora,considerada a maior empresa em soluções para viagem e turismo no Brasil.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Cidade Interativa Cartão-Postal

JBSEGUNDO

ADESÃO Agora é obrigatório a assinatura do termo de adesão do Programa Minha Casa, Minha Vida, por todos os Estados e municípios interessados. O Ministério das Cidades divulgou a Portaria 24/2013 que regulamenta a obrigatoriedade da assinatura. O ente que assinar o termo deve cumprir as competências relacionadas à execução das obras contratadas pelo programa. Por isso, o prefeito precisa avaliar se o município pode cumprir as competências, que variam desde manutenção do cadastro habitacional municipal à instituição do Grupo de Análise de Empreendimentos, com representação das áreas de Habitação,Assistência Social, Educação, Saúde, Planejamento e Transporte. DENGUE A Secretaria de Estado da Saúde Pública (SESAP) divulgou na sexta-feira, 15, o Mapa de Vulnerabilidade para a identificação de áreas com maior risco para ocorrência de dengue no ano de 2013. São 48 municípios com risco muito alto de dengue, 40 apresentam risco alto, 42 com risco moderado e 37 estão com risco baixo para uma epidemia de dengue. A finalidade do mapa é fornecer subsídios que possam auxiliar na delimitação das áreas que necessitam de maior fortalecimento das ações de combate ao vetor e organização dos serviços de saúde. FRATERNIDADE O Rio Grande do Norte, berço da Campanha da Fraternidade, sediou pela terceira vez o lançamento regional da ação, na sexta-feira, 15. A Campanha de 2013 escolheu como tema "Fraternidade e Juventude". Nesta edição, igreja e sociedade se propõem olhar a realidade dos jovens, acolhendo-os com a riqueza de suas diversidades, propostas e potencialidades. Durante todo o dia de hoje, uma programação intensa foi planejada para comemorar o lançamento e os 50 anos de Campanha no Rio Grande do Norte.

AMANHECER EM MARTINS-RN

AG: L&T

AG: L&T

AG: L&T

Primeira-dama de Frutuoso Gomes, Zilna e o prefeito Lucídio Jácome

Aniversariante de hoje, secretário de Saúde de Venha-Ver, Gladson Dias. Parabéns!

Ex-prefeito de Encanto, doutor Gonçalo Chaves Leite Neto e sua esposa Arlene

AG: L&T

AG L&T

AG L&T

Prefeito de Riacho de Santana, Jessé Nildo

Vice-prefeito Pôla Pinto e o prefeito de Messias Targino, Arthur Targino AG: L&T

Empresário Diego Ozanan, do Ducha de Ouro, em Mossoró

AG: L&T

Parabéns ao diretor comercial da Concessionária Terra Sal, Érico Soares, que aniversaria hoje

Famoso Júnior Lanches e sua família agradam a todos os paladares de Pau dos Ferros AG: L&T

Chiquinho do Restaurante do Chico, em Serrinha dos Pintos


Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Expressão

MEMÓRIA LITERÁRIA Editor: Mário Gerson mario.gerson@folha.com.br

Manoel Onofre Júnior relembra Pedro Simões

CONCURSO LITERÁRIO 3

Concurso de contos está com inscrições abertas

6

A SOLIDÃO

DO POETA

uiz Campos é uma figura ímpar no meio literário norterio-grandense, com uma vida dedicada à poesia e à cantoria, mas também um homem que sente o peso da idade, depois de tantas experiências, de muitos poemas escritos e rasgados, de muitas desilusões e amores fortuitos. Sentado numa cadeira, a escutar um noticiário de uma rádio local, o poeta nos recebe para uma conversa descontraída - como devem ser os diálogos com Luiz Campos - e uma boa pitada de sarcasmo. "Não tomo café... me ofende mais que uma dose de qualquer coisa", brinca.

L

à mente eram recitados e um pequeno gravador captava o poema. "Mas esse gravador quebrou e, desde então, estou sem produzir muita coisa, quase nada... também passei por uns momentos difíceis, mas sou um cara que não gosto de estar perturbando ninguém. Em termos de publicação, estou sem condições de escrever ou publicar qualquer coisa. O que eu tenho são cordéis que já foram publicados. Não tenho mais livros para vender. Todos foram comprados", fala. Durante a reportagem, várias pessoas o saudaram na calçada. "Poeta Luiz Campos!",dizia um;"gran-

sando que a vida do poeta não pode ser fácil. Adepto da visão clássica de que grandes poetas foram grandes sofredores e passaram por momentos difíceis em suas vidas, Luiz Campos se apega a esse conceito e justifica:"As pessoas elogiam muito os poetas, mas não ajudam na divulgação de seus trabalhos, deixando-os alheios a qualquer coisa. Sempre foi assim. Os grandes poetas viveram e sofreram muito. A vida do poeta é sofrida, cheia de sacrifícios e sofrimentos. Segundo o que eu já li, desde o começo do mundo que os poetas são sofredores",diz."Nenhum grande poeta que eu conhe-

Aos 73 anos, Luiz Campos ainda mantém a vontade de produzir seus versos, mas os problemas de saúde "atrapalham a produção"

FOTOS: EDNILTO NEVES

A solidão, essa companheira inseparável...

Na sala, um freezer enferrujado traz a antiga logo da Pepsi e, sobre ele, alguns copos. "Estava ouvindo o noticiário. Ultimamente,tenho sonhado muito com o papa...Há três noites que sonho com ele, com aquela roupa branca,aquela estola amarela, sentado num trono,e também tenho visto vultos, ouvido vozes. Isso tudo é muito espiritual, não acha?",e sorri,irônico. "Certamente, o papa não quer me levar com ele. Ave Maria!", diz. "Tirando as brincadeiras", o poeta, aos 73 anos, continua afiado, mas sem escrever, pois a visão está quase comprometida. Antes, os versos que vinham

Não foi por escolha, foram as coisas e os acontecimentos que me levaram a morar sozinho. A solidão é muito ruim, uma coisa que nos massacra Luiz Campos

de Luiz!", repetia outro... "Não vejo quem é, apenas falo. São pessoas que me ouviram cantar em algum lugar ou mesmo leram meus poemas", comenta. O poeta lamenta, porém,sobre uma de suas piores sensações: a de morar sozinho. "Não foi por escolha, foram as coisas e os acontecimentos que me levaram a morar sozinho. A solidão é muito ruim, uma coisa que nos massacra. Mas acredito que,depois de tudo, é isso, realmente, o que eu mereço... não acho que Deus seja injusto comigo, pelo contrário: ele é e sempre será um Deus justo. Eu tenho o que mereço, nesse sentido",salienta,fri-

ci gozou de regalias. Agora,os poetastros,esses,sim, são picaretas. Conheço um bocado", ironiza. "Os verdadeiros poetas acabam,de certa forma, no esquecimento, abandonados... como Pinto Monteiro, por exemplo", exemplifica. Interrompido por uma vendedora, Luiz brinca: "Nem olho pro café!" e compra tapiocas. "Conheço Luiz Campos desde muito tempo, das Cajazeiras", fala a vendedora. "Ele é um poeta conhecido", frisa. Luiz sorri com a simpatia da desconhecida. Fala que,sempre que pode,compra para "ajudar ao pessoal, que está aí na batalha da subsistência".

Mesmo se sentindo só e com a visão comprometida, o poeta nunca perdeu o bom humor."Não sou um cara fechado", diz, sorrindo, enquanto oferece uma cadeira para o repórter-fotográfico Ednilto Neves. "Por aqui já passaram grandes nomes da poesia nordestina. Alguns, hoje, quando vêm a Mossoró, sequer passam por aqui", explica. "Esta casa foi quem fez os grandes cantadores. Ivanildo morou aqui, Luiz Pereira, Luiz Antônio, Antônio Lisboa (que eu criei, pois chegou aqui ainda menino e ganhou o seu primeiro dinheiro com cantoria ao meu lado) e tantos outros poetas e cantadores dos bons que estiveram aqui comigo. Como disse, infelizmente muitos se esquecem da gente, mas alguns se lembram, como Ivanildo, que sempre que pode aparece por esses lados e até me deu a honra de me ouvir cantar, já agora,recentemente,quando me apresentei ao lado de Cícero Nascimento.Ele reconhece meu trabalho,lê meus poemas e divulga minha obra", comenta, agradecido. Aposentado, Luiz Cam-

pos divide seus dias entre algumas caminhadas, conversas com amigos e diversões eventuais, como ir a alguns eventos,mesmo com todos os problemas de saúde. "O que me machuca mais é a solidão. No resto, estou em paz. Minha solidão é meu castigo, pois durante minha vida deixei muitas mulheres apenas por vaidade e isso pode ter sido o motivo. Também brinquei, juntamente com João Liberalino, certa vez, com a doença de Elizeu Ventania: passamos perto dele,batemos nele, de leve, e não falamos. Ele não nos reconheceu,pois já estava perdendo a visão.Eu e João sorrimos.Não foi uma brincadeira boa.Hoje não estou do mesmo jeito? Manguei dele e estou do mesmo modo", confessa. Para ele, quem mora sozinho é discriminado. "Não discrimino nem critico; o ruim é assumir a qualidade do criticado. Moro sozinho e não posso fazer nada quanto a isso. Também não canto mais e nem posso viajar, devido aos problemas de saúde. Dentro da cidade, se tiver transporte para me levar em cantorias, até posso

me apresentar.Qualquer pequena viagem de táxi custa certo dinheiro. Às vezes nem compensa participar, pois não sabemos o que a cantoria vai render", explica Luiz Campos. VIVER INTENSAMENTE Para o poeta, a vida deve ser vivida intensamente."Tive dezessete mulheres que moraram aqui. Tenho, nos dezoito Estados que andei, um filho em cada um. Já fui muito boêmio e, nesse sentido, não tenho do que reclamar", fala, relembrando alguns períodos da vida de poeta. "Vivi intensamente. aos 73 anos, posso dizer que vivi muita coisa. Quando a solidão vem,pego de um copo, tomo alguma coisa e me esqueço. Ela, pelo menos, alivia a solidão, mesmo quando os versos me vêm à noite e,depois,passam,porque não tenho como registrá-los. Lamento essa parte e também lamento não ter sido reconhecido por muitos,pois vejo muitas pessoas ganhando dinheiro às minhas custas, com meus poemas, reproduzindo e vendendo,sem minha autorização. Tive alguns problemas com alguns poemas clássicos meus,como Me enganei com minha noiva, que muita gente reproduz sem, ao menos,me solicitar nada.Isso tem sido uma chateação. Também já vi muita gente fazendo DVD com meus versos e, claro, ganhando dinheiro", critica. No Recife, o cordel Julgado pelo destino, onde o poeta narra suas desilusões, está sendo negociado."Soube por um amigo que muitas pessoas estão comprando esse cordel lá, mas não mandei nada para Recife", observa, enquanto dedilha a viola, companheira de muitos anos...


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Expressão Colaborador

Questão de Prosa

Os precursores da grandeza econônica de Mossoró (1)

Liberdade

Francisco Obery Rodrigues - Cronista

Clauder Arcanjo - Professor

D

ia destes, manuseando uma velha revista de Mossoró, deparei-me com uma longa reportagem sobre importante empresa local, hoje desaparecida. Então, pus-me a relembrar os nomes de grandes firmas mossoroenses,algumas com prestígio de âmbito nacional e até conhecidas internacionalmente como exportadoras. No início, compravam, beneficiavam e exportavam algodão em pluma, couros, peles, cera de carnaúba etc., porém, a atividade principal eram o beneficiamento de algodão e a produção de sal marinho em grandes salinas, constituindo estas duas atividades, na época, o suporte econômico do Estado, as que mais recolhiam impostos. O comércio de couros e peles funcionou por relativamente poucos anos. A cera de carnaúba - que fez a riqueza de muitos proprietários rurais, principalmente do Açu, com o surgimento do plástico praticamente perdeu o seu valor. Restaram apenas o algodão e o sal. Possuíam grandes usinas de descaroçamento de algodão, cuja pluma era vendida para os mercados interno e externo, e o caroço (semente) produzia o óleo e o resíduo (só aí pela década de 50 do século passado, o óleo passou a ser refinado em Mossoró e vendido para uso doméstico, e o resíduo para ração animal). Eram também proprietárias de grandes salinas, uma fonte permanente de riqueza, ainda não explora-

da em toda a sua potencialidade. Outras firmas existiram, destacadas na região como prestigiosas importadoras de tecidos, estivas, cereais, bebidas, perfumes, louças, ferragens, etc. Lembrei-me do Cel. Miguel Faustino do Monte, principal sócio de M. F. do Monte & Cia., à época uma das maiores empresas do Estado. Foram seus sócios os srs. Antônio Soares do Couto (conhecido como Totô Reis), Antônio Teodoro da Silva e Alexandre de Souza Nogueira. Procedente de Sobral, no Ceará, Miguel Faustino trouxe para Mossoró numerosa colônia sobralense,constituída em sua maioria de parentes, que tiveram participação importante nas atividades econômica, social e política de Mossoró,principalmente na segunda metade do século 19, até mais ou menos a primeira metade do século 20. Ajudou a maioria, empregando-a em sua firma ou associando-se a alguns na instalação de vários empreendimentos. Dono da principal usina de algodão, à época, e de três das maiores salinas do nosso parque - Jurema, Caenga e Pitulico - só a segunda, pelo que fui informado, ainda pertence a um herdeiro,seu neto.Cidadão de privilegiada inteligência, na opinião de Vingt Rosado, Miguel era um homem preparado, tendo participado, destacadamente, de todos os movimentos socioeconômicos e culturais que objetivassem o progresso de nossa cidade. Foi, in-

clusive,o maior benfeitor da Igreja Católica em Mossoró, socorreu o Ginásio Diocesano Santa Luzia em todas as suas dificuldades financeiras, construiu o Convento do Coração de Jesus, além de outras ações beneficentes. Por volta do ano de 1920, transferiu residência para o Rio de Janeiro, onde construiu um imenso patrimônio imobiliário.Em 1930 encerrou definitivamente as atividades da firma M. F. do Monte & Cia. em Mossoró. Ao falecer, em 10.11.1952, teria, em testamento, gravado todo o seu espólio com as cláusulas de inalienabilidade, impenhorabilidade e incomunicabilidade. Deixou apenas dois filhos: Maria José do Monte Souto e Miguel Faustino do Monte Filho, ambos já falecidos. Ignoro a atual situação econômico-financeira do atual sucessor do patriarca Miguel, mas suponho que esteja muito distante do alto nível de prestígio de que Miguel desfrutou em vida. Quanto ao outro sócio, Antônio Soares do Couto, a quem pertenceu a casa que é o atual Palácio do Bispo Diocesano, não tenho informações detalhadas a seu respeito. Outra grande empresa foi Tertuliano Fernandes & Cia., fundada em 1870 por Francisco Tertuliano de Albuquerque e Raimundo Nonato Fernandes, homens ricos, principalmente o primeiro. Saindo Francisco Tertuliano,entra Vicente José Fernandes. Outros se associaram depois: Rodolfo

Fernandes, Francisco Xavier Filho e Rafael Fernandes Gurjão. Posteriormente ingressaram Júlio Fernandes Maia, José de Oliveira Costa (Costinha),José Martins Fernandes e Júlio Fernandes Maia. O gerente local foi, por muitos anos, o sr.Costinha Fernandes,que, durante o Governo do dr. Rafael Fernandes Gurjão (1935/1943), foi pessoa de muito poder em Mossoró. Dizia-se que, nesse período,sua esposa,dona Adelaide, que morava numa casa grande defronte à Praça Bento Praxedes, "dava as cartas" na cidade. Trabalhando no Banco do Brasil, conheci ainda os senhores José Martins Fernandes, Francisco Xavier de Queiroz, Francisco Queiroz Porto, José Fernandes de Negreiros.Em abril de 1949,suponho que por iniciativa do sr. Antônio Florêncio de Queiroz, antigo funcionário, foi a firma transformada em sociedade anônima, sob a razão social de S/A Mercantil Tertuliano Fernandes, ascendendo o Sr. Antônio Florêncio à diretoria,como vice-presidente.A S/A Mercantil tinha, em 1967, participação, não sei se majoritária,nas seguintes organizações:SOSAL-S/A Salineira do Nordeste, APODI de Administração e Participações S/A., SOTRAM-Soc.Bras.de Transportes Rio-Mossoró Ltda., Salinas Guanabara S/A. e SALMAC-Salicultores de Mossoró-Macau Ltda., constituindo, todas, um grande conglomerado.

Reminiscências

Páginas soltas sobre Mossoró antiga Wilson Bezerra de Moura - Professor emérito da Uern travam noite adentro encer- de 1861, após três meses rando a movimentação do da criação da Comarca de dia e preparando-se para o Mossoró. Entre a comitidia seguinte. va do presidente da ProInforma-nos o memo- víncia Pedro Leão, estarialista prova seu ajufessor Raidante de ormundo Nodem Manoel Entre a comitiva nato, em seu Francisco livro Ruas que, do presidente da Nobre, Caminhos por ser um da Saudade, homem de Província Pedro que numa Letras, fez viagem feita referências Leão, estava seu ao Sertão, já elogiosas à ajudante de o na volta o Vila de Mospresidente soró, entre rdem Manoel da Provínestas conscia, consemoFrancisco Nobre truções lheiro Pedro dernas, mesLeão Veloso mo primitipernoitou vas, clima em Mossoró com sua co- agradável, inclusive um mitiva saindo de São Se- bom comércio para a épobastião, hoje Governador ca de formação da Vila de Dix-sept Rosado, fato Mossoró. ocorrido em 10 de agosto Passado algum tempo,

Em qualquer sociedade o primeiro passo é a organização política e comercial, pois é dela que o povoado cresce e são acionadas novas formas de vida, comportamentos refletem no desenvolvimento político e social. Mossoró não podia ser diferente e para que as atividades mercantilistas conseguissem seu rumo, era de bom alvitre se estabelecer normas para crescimento das ações empreendedoras. Talvez como uma forma de favorecer o crescimento das atividades comerciais era liberada abrir as portas dos estabelecimentos durante 14 e 18 horas diárias e nos dias de domingo. Claro, ficava que o trabalho era initerrupto. Quem mais trabalhava nesse estilo de vida eram os caixeiros que en-

decorrido apenas dois anos de criação da Comarca da Vila de Mossoró surgiu uma lei de 13 de outubro de 1863, estabelecendo que o comércio fechava suas portas ao meio-dia, não mais 14 ou 18 horas ininterruptos. Depois da regulamentação comercial veio a religiosa. Tanto assim que a Câmara, em 17 de setembro de 1866,informa ao presidente da Província que no município não existe pessoa que professe outra religião diferente da existente no Estado. Passado em revista o tempo de formação da Vila de Mossoró, constatamos que nos mais diferentes aspectos sofreram modificação na forma e comportamento de vida do povo, até porque é um princípio natural de toda sociedade.

Para o poeta Márcio Catunda Dobrou a esquina, e arrastou os seus passos cambiantes em minha direção. Era Quarta-feira de Cinzas, e ele, com as vestes surradas de um surrado pierrô, ainda trazia nos olhos o lampejo da folia. Parou frente a mim, na dificuldade suprema de parar daqueles que há dias não conseguiram parar. Fez-me uma saudação, flexionando ligeiramente o joelho esquerdo. Apesar do ar patético daquela figura humana, o riso não tinha coragem de pôr a cara a tapa. Sim, a tapa, pois havia nele a coragem de portar o manto diáfano e reluzente da suprema liberdade. Manto este que descia pelos olhos dúbios, varava o pescoço alquebrado e descia rumo às pernas bamboleantes e, quiçá, ainda festivas. Falou, então. No reinado do subtendido, do pretérito mais que caído, do subjuntivo mais elíptico e efusivo que já vi em qualquer dos meus cinquenta reinados de Momo. - Minha vida pela liberdade! Liberdade,liberdade! Abra as asas sobre nós... Sua voz, em seguida, calou. Calado ficou, no repique da tarde extrema, em meio ao arpejo de uma traquina e indiscreta saudade. - Minha família não me entende, sabe. Professou tal sentença com o martírio de um degredado. Pus a minha mão direita sobre o seu ombro esquerdo, como a querer hipotecar-lhe apoio e admiração. - Melhor: o mundo não me entende. Baixou a face e percebi, de imediato, que seu resto de maquilagem era lavado por uma lágrima indiscreta. - É a vida, amigo! - professei. Para minha decepção. Eu, tão afeito às frases de efeito, leitor confesso dos grandes oradores, vomitei no regaço daquele pobre homem uma oração chinfrim: "É a vida, amigo!". Melhor seria o silêncio. Pelo menos esse não ofertaria,para aquele furtivo encontro,o mofo do lugar-comum, do dito desenxabido sem a força do singular e do pessoal. "É a vida, amigo!"; tenha a santa paciência. Como ele,nesse exato instante,levara os olhos para o corredor do infinito vazio, não se deu conta da minha gafe. - Volto pra casa, mas não vou só. Levo-a comigo. Todos os anos, vou à rua ao seu encontro. -... Com receio de cair novamente em falta, não traduzi minhas reticências.Apenas emprestei-lhe os ouvidos à sua confissão. - Se ela não vem comigo, acredite, não suportaria a prisão dos dias do resto do ano. Minha família... o mundo... não me entendem. Fez uma espécie de genuflexão,retocou a maquilagem, e saiu, altivo e imperial - não sem antes ajustar o divino manto de pierrô amarrotado -, a cantar: Liberdade, liberdade! Abra as asas sobre nós... Bom domingo.

Canto Poético O País(Tragédia) e a acefalia É duro de dizê-lo; mas, forçoso É, que se diga: nosso mui viçoso País, de uma danosa acefalia Acometido está, em seus destinos! E vai que deslavados desatinos Se lhe atoam, livres, dia a dia! Agora, brasileiros sem paz, sem Esperanças, e faltos, pois, de quem, No topo da nação, lh'as dê, garanta! Agora, o pranto pelo País todo, Que as faces ambas lava, tão a rodo! Agora, é o povo, suas mágoas canta!

J. F. da Costa Rêgo Poeta


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Expressão Mário Gerson

Exemplo de humanista Pedro Simões era homem de ação; grande animador cultural, fundou e dirigiu, nos anos 80, a Nossa Editora

mario.gerson@folha.com.br twitter: @Mariogerson

FOTOS: REPRODUÇÃO

MANOEL ONOFRE JR. Escritor Especial para o Expressão Na manhã da sexta-feira, 1º de fevereiro, o Rio Grande do Norte perdeu um dos seus intelectuais mais importantes. Pedro Simões se foi, após longa agonia, cerca de sete meses numa UTI, quase sempre lúcido,suportando, com resignação, sua pesada cruz.Escritor,advogado e professor, deixou obra significativa na Literatura e no Direito: numerosos livros, dentre estes: "A Intriga do Bem", "A Quinta dos Pirilampos", "De Quando Tudo Era Azul", culminâncias da nossa memorialística,e "O Fabulário da Freguesia", misto de ficção e memórias,"obra de alta expressão literária,de poderosa força vocabular", no dizer com justeza do escritor Veríssimo de Melo. Mas, além do campo intelectual, Pedro Simões era homem de ação;grande animador cultural,fundou e dirigiu nos anos 80 a Nossa Editora, havendo lançado dezenas de livros de autores potiguares;ultimamente foi um dos fundadores da Academia Ceará-mirinense de Letras,com vistas à dinamização da vida literária em sua terra adotiva. Teve destacada participação na vida pública do Estado, como secretário de Segurança Pú-

blica e presidente do Ipern, ambos os cargos no Governo Geraldo Melo. Acompanhei, comovido, o seu calvário, embora não pudesse vê-lo, já que ele ficou, quase o tempo todo, internado na UTI,proibidas a visitas por ordem médica. Mas, um dia, quando retornou ao apartamento do hospital, pediu aos seus familiares que fosse eu o primeiro a visitá-lo.Encontreio, então, acamado, muito magro, lívido, a voz débil, mas, sem perder o senso de humor, saudou-me: - Manoel Onofre, o condestável da serra do Martins! Ri,sem jeito,e profundamente impressionado, disfarçando o meu assombro diante do seu estado, disselhe palavras de encorajamento. Infelizmente, não pudemos conversar. Tive, porém a satisfação de constatar que ele estava bem assistido, cercado pelo carinho dos familiares, à frente Jailza,a companheira de todos os dias. Ao deixá-lo, lembrei-me do que ele me dissera, tempos atrás: - O meu prazo de validade está vencido. Não demorou a voltar à UTI, e ali ficou entre a vida e a morte por mais alguns meses, tendo se submetido a nada menos de vinte cirurgias. E - pasmem - ainda encontrou alento para ditar as suas impressões do hospi-

S

Pedro Simões Neto: escritor faleceu no dia 1º de fevereiro

tal, "escrevendo", assim, o seu último livro. O AUTOR Pedro Simões Neto nasceu em 14 de abril de 1944, "adotando e sendo adotado" ainda criança, pela cidade de Ceará-Mirim no RN, que veio a marcar muito do que ele se considera como pessoa. Pedro Simões foi professor aposentado dos cursos de Direito da Universidade Federal do RN (UFRN) e da Universidade Potiguar (UnP); professor colaborador da Escola Superior da Magistratura do RN, além de ter sido próreitor de Extensão Universitária da UFRN. Foi secretário do Governo do Estado ocupando três pastas distintas.Advogado militante,escritor, foi membro do Instituto dos Advogados do Brasil e do Instituto Brasileiro de Tecnologia Jurídica. Escreveu dezenas de livros sobre literatura, poesia, economia e política,direito e filosofia (ética) e foi o presidente da Academia Cearámirinense de Letras e Artes - ACLA. Pedro Simões notabilizou-se pelos altos serviços

públicos, cívicos e labor intelectual prestados à cidade de Natal que amou e onde residiu,sem,contudo,segundo o próprio, nunca ter deixado de ser "um apaixonado por Ceará-Mirim", cidade de que nunca se desligou, e da qual se considerava um filho, embora ali não tivesse nascido, mas onde chegou já com cinco anos. Pedro Simões, que se considerava um "eterno aprendiz", sempre faminto e sedento por conhecimento, era praticante desse pleno valor humanista e cívico, haja vista,a sua "praxis",expressa, também, no seu exercício permanente da cidadania a favor daquela cidade onde cresceu, para a qual buscou desenvolver um audacioso programa de desenvolvimento sustentável apoiado na ação cultural e de preservação do patrimônio histórico,integrado com ações geradoras e motivadoras para o turismo, comércio e serviços, que gerem emprego e renda para Ceará-Mirim. (Dados biográficos reproduzidos do blog http://culturaseafectoslusofonos.blogspot.com.br).

Rodapé 40 NOVELAS As quarenta novelas reunidas neste volume por Maurício Santana Dias concentram todos os textos de Luigi Pirandello que se desdobraram em peças de teatro. Publicadas entre 1894 e 1917, não raro impregnadas das paisagens e da linguagem da Sicília natal do autor, são histórias de indivíduos cindidos pelo choque entre tradição e modernidade que marca a transição do século XIX para o XX na Europa. A ousada e engenhosa renovação das artes cênicas e dramáticas atribuída a Pirandello não se dissocia das inovações formais experimentadas em suas narrativas. O humor filtrado pela ironia autorreflexiva que perpassa sua prosa ficcional contrapõe-se ao absurdo trágico da condição humana desenvolvido em obras teatrais como O imbecil e A patente, que estrearam nos primórdios da agitação fascista. Aliviando o peso realista da violência e da pobreza, o elemento cômico que matiza a melancolia subjacente às tramas "regionalistas" converte-se em chave para a representação de temas universais. A atmosfera de dramma giocoso de boa parte das novelas, alusiva às pequenas tragédias da vida moderna, influenciou narradores tão diversos como Primo Levi, Alberto Moravia, Italo Calvino e Cesare Pavese, levando Pirandello a ombrear-se com os maiores mestres da ficção italiana. Autor: Luigi Pirandello Editora: Cia. das Letras

ão muitos os exemplos de bons autores ignorados pelo público e pela crítica e que, logo depois, arrebanharam legiões de leitores. Herman Melville e Augusto dos Anjos são apenas dois exemplos clássicos. O primeiro não teve êxito com Moby Dick, assim que o lançou. O segundo publicou seu livro de poemas graças à ajuda financeira de um irmão. Fiquemos no segundo caso, o de Augusto dos Anjos. Aqui,reproduzo a pequena história que se conta acerca da opinião do poeta Olavo Bilac sobre Augusto dos Anjos,na introdução de Eu e outras poesias,pela L&PM: "Conta Francisco de Assis Barbosa que, em novembro de 1914, Orris Soares e Heitor Lima encontraram-se com Olavo Bilac e o informaram do prematuro falecimento de Augusto. "E quem é esse Augusto?", perguntou Bilac. Um grande poeta, responderam-lhe, e Heitor Lima recitou o soneto Versos a um coveiro. Bilac sorriu superiormente e comentou: "Fez bem em morrer, não se perde grande coisa"... Bilac, O Esquecido; Augusto, O Lembrado. FEIRA DO LIVRO Para este ano,a Feira do Livro de Mossoró pretende,entre outras coisas,mudar o local do evento, segundo informações repassadas a esta coluna pelo coordenador da iniciativa, Rilder Medeiros. Ele salienta que alguns nomes também estão sendo confirmados e o evento terá, por si só,muitas surpresas. LOCAL SENDO DEFINIDO O local ainda será definido. No entanto, a mudança, adiantada por Rilder, é certa. A data também: de 7 a 11 de agosto. JOSÉ CASTELLO Entre os nomes confirmados, estão os do biógrafo José Castello,escritor talentoso e um conhecedor da obra e da vida de Vinicius de Moraes, e o do escritor Carlos Marcelo, autor que já participou do evento,lançando a biografia de Renato Russo.Dos locais,Oséas Lopes vem para o evento, além de outros autores ainda não confirmados. O ILUMINADO CONTINUA O escritor Stephen King, que está trabalhando numa sequência de seu célebre livro O Iluminado, de 1977, afirmou que seu novo trabalho será "assustador para caramba". A trama de O Iluminado se passa num hotel assombrado e acompanha o processo de enlouquecimento do personagem Jack Torrance, pai do menino telepata Danny -

uma história imortalizada no filme homônimo dirigido por Stanley Kubrick, em 1980. THOMAS KENEALLY A Folha de São Paulo noticiou que o escritor australiano Thomas Keneally, autor do livro que inspirou A Lista de Schindler, vai lançar um novo romance, segundo anunciou a editora Atria Books, na terçafeira. A editora adquiriu os direitos nos Estados Unidos para dois novos romances de Keneally, que já publicou 25 livros.O próximo, A Filha de Marte, é elaborado a partir de diários de reais de duas irmãs da Austrália, ambas enfermeiras, cujas vidas são transformadas pela Primeira Guerra Mundial,está programado para sair em agosto. RELENDO OS POEMAS Relendo, aqui, os poemas de Cid Augusto, especialmente do seu segundo livro de poesias, intitulado Estados do Verso, lançado em agosto de 2002, pela Coleção Mossoroense,juntamente com a Poema e a chancela do Sebo Vermelho. Livro de poemas que revela Cid Augusto, o poeta bom que é,em estilos variados: do haicai, o pequeno poema oriental, contado nos dedos,ao alexandrino, que não fica atrás em nada. Sem dúvida, este é o melhor trabalho do poeta, em termos de poesia. Destaco,especialmente,os dois últimos tercetos do soneto "O menino"...

TERCETOS DE "O MENINO" Com um suspiro fundo, respirou, Sendo o terceiro verso que deixou, Fazendo o ódio em amor se reverter. No quarto verso, ele abriu os braços E abraçou, em seus tantos abraços, A alegria de existir e de viver. (Cid Augusto em O menino, do livro Estados do verso, Coleção Mossoroense, 2002)


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Nos Jardins

SEBASTIÃO NARCÍZIO

O vereador Sebastião Narcízio (PTN) começa a exercer o seu primeiro mandato, após tentar pela primeira vez e ficar numa suplência. Nesta entrevista, ele fala da expectativa de representar o povo, conta um pouco da sua trajetória e do trabalho de evangelização que exerce à frente da Renovação Carismática Católica, entre outros assuntos. Confira:

GAZETA DO OESTE - Narcízio, como foi que entrou essa questão de você ser candidato a vereador. Como foi que entrou. Qual seu estímulo para entrar numa disputa dessa? Pela segunda vez, no caso? SEBASTIÃO NARCÍZIO - A gente vem de uma história de que a família vai passando como herança.De pai para filho e depois para os netos, e enfim. Mas eu não tenho uma família política.É um parentesco muito distante e confesso para vocês,que nunca imaginei militar na vida política partidária. Porque política, nós fazemos todos os dias, independente de estar na política partidária. E aí, iniciei a minha caminhada na igreja católica como Renovação Carismática no dia 8 de dezembro de 97, depois de ter vivido uma experiência maravilhosa, onde alcancei uma graça muito grande, pedi a Deus na época, porque estava desempregado, minha esposa já tinha perdido o segundo bebê, e eu fui à igreja e pedi a Deus que me desse um trabalho, uma casa e um filho.E a partir daí,que Deus me repôs esse pedido,num percurso aí, de um ano e oito meses, eu estava com todos esses pedidos realizados. Foi quando dei conta que tinha de fazer uma opção, de não mais me dedicar apenas ao trabalho,à vida profissional, à vida familiar, mas eu precisava realmente viver a fé na prática ... GO - ... evangelizar ... SN - ...evangelizar,e enfim foi quando eu entrei naquele dia 8 de dezembro de 97, no grupo da Renovação Carismática, no bairro onde eu vivo até hoje, o Abolição IV. E daí eu comecei a viver essa experiência. Um trabalho com as famílias,com os jovens,o anúncio da palavra. E senti que eu era chamado para entrar na política. Confesso a vocês que até mesmo eu fiquei surpreso. Tanto é que quando eu saí candidato em 2008, a primeira vez as pessoas chegavam pra mim e diziam: "Eu fiquei surpreso quando você saiu candidato", e eu dizia, "eu também". Então eu não tinha estrutura nenhuma e por isso o slogan,"Fé e Coragem",que a gente deu continuidade até agora em 2012, e graças a Deus obtivemos um êxito. Então, foi aí que surgiu esse desejo, de antemão, eu fiquei no silêncio,passei três anos entregando a Deus, rezando, na escuta e foi quando tomei a decisão, depois de escutar a Deus e também algumas pessoas amigas,e saí candidato em 2008, onde tive êxito de chegar à suplência do grupo que fazia parte, o PSL. Grupo esse que não tive, sendo preciso a gente sair ... GO - ... desmembrou todo mundo para o PTN ...

SN - … é. Migramos para o PTN, e graça a Deus conseguimos o êxito de elegermos dois vereadores, no caso eu e o meu colega de partido, Genildo Soares. Então, a entrada na política se deu por essa via. Eu senti que é preciso, enquanto cidadão de bem, porque se eu fico de fora criticando, então por que não entrar, deixar de ser objeto e ser realmente o sujeito. Então a entrada se deu por essa via. GO - O senhor que vem do movimento religioso, paralelamente a isso a classe política sofre um desgaste, a corrupção, e isso de certa forma não chegou a lhe desestimular em certo momento a ingressar na vida pública? SN - Justamente. Só se muda uma realidade inserindo-se nela.Então,não estou aqui fazendo uma crítica em si, sabemos que têm muitas pessoas boas na política que se esforçam. Mas a política, vocês sabem, que ela acontece num conjunto e ninguém faz nada sozinho. É verdade que a gente tem um receio, até mesmo porque quem milita hoje na vida política partidária,quem ingressa e milita num cargo eletivo, já passa a ser visto como suspeito. Infelizmente essa é a realidade. Mas, evidentemente que, sobretudo pessoas neutras, no seio da igreja, sempre tem aquele questionamento, "ah!, lá não é o seu lugar.Você é uma pessoa tão boa. Entrou lá, muda!". Felizmente esse questionamento. Confesso para vocês que não pensei, isso não me desestimulou, mas alguns momentos vieram justamente diante do desafio que é, que seria incoerente da minha parte, não reconhecer que a gente tem o mesmo receio...,de não conseguir pôr em prática aquilo que a gente almeja, pensou, projetou. Mas tive um cuidado muito grande de,ao passar nas comunidades, quando abordava um eleitor, de aproveitar a oportunidade para discursar em alguns momentos, e em momento algum eu disse: Olhe, eu vou fazer isso. Em momento algum eu cheguei e disse: "Me acompanhe e me apoie que eu vou lhe dar, eu lhe prometo um cargo", isso ou aquilo outro. De forma alguma. Aos meus assessores,por exemplo, eu cheguei, fui convidando aquelas pessoas que estavam contribuindo durante a campanha, pessoas também qualificadas. Com certeza, assessor já está dizendo, são aqueles que vão dar o suporte. Então a minha bandeira é de luta. Em momento algum, como fiz durante a campanha, não chegarei agora, eleito como já estou, voltando às comunidades, para me reunir, ouvir dela as reivindicações, e em

momento algum eu vou sair dizendo lá "eu vou fazer isso". Mas sim, vou lutar realmente para que possamos buscar soluções para os problemas da comunidade. Mas, o que me confortou foi aquilo que diz Jesus: "Eu vos envio como cordeiro no meio de lobos". Ele não diz "eu vos tiro". Realmente é um desafio muito grande,existe,como eu torno a dizer, muitas pessoas boas dentro da política, mas infelizmente muito acabam por não fazer aquilo que almeja. Alguns até dizem que ... GO - … quando chega na engrenagem … SN - … exatamente. A engrenagem, ela tem que estar bem engrenada, bem ajustada para que realmente possa dar certo. GO - E os lobos ali existem, não é? Na política? SN - Pois é. Na verdade, em todos os lugares. Hoje, infelizmente, quando se fala em corrupção, só olha para a política. Mas a gente sabe que a corrupção chegou a todas as camadas da sociedade.Porque aquele jeitinho brasileiro já está impregnado. Você chega num fila e já encontra várias pessoas lá.Mas você quer furar a fila,quer aproveitar de quem está na frente. Seja num posto de saúde, seja num banco, e enfim. Quer dizer, isso é corrupção, isso é burlar, tirar o direito do outro. Infelizmente isso é um exemplo que cito, mas acontece em todo local. Todo poder emana do povo, como diz a nossa constituinte. Mas a própria palavra de Deus diz que "toda autoridade é constituída por Deus".E em Corintios IV, ele diz que os homens considere como administrador os mistérios de Deus. Então, evidentemente, que isso está mais preciso na política porque as pessoas confiam. Você não vota em partido. Vota em pessoas. Então confia, elege para que possa administrar aquilo que é seu, aquilo que o povo contribui através dos tributos, para que sejam devolvidos em benefício, como saúde, educação, segurança e etc. E infelizmente quando se vê um desmando, aí é o que causa a insatisfação.Mas acreditamos,se Deus quiser, que a gente possa contribuir, e é claro, um dia isso vai mudar. GO - O senhor comentou uma questão interessante.As pessoas votam no candidato e não no partido. O senhor chegou inclusive a enfrentar um problema por questão de saber quem é o suplente e quem vai assumir. O senhor concorda que o mandato pertence ao partido e não ao que foi eleito? SN - A gente viu que foi necessária

de fato a intervenção,para se criar realmente essa fidelidade partidária. Porque notávamos as pessoas usando o partido apenas como trampolim. Então eu estou num partido pequeno,me promovo, consigo a eleição e um mês ou dois depois, ou até menos, até mesmo logo após o dia da eleição, já estava dentro de outro partido.Infelizmente isso é ruim e por quê? Porque o partido é uma instituição e legitimamente eu só posso sair candidato se estiver filiado um ano anterior. Então é preciso que também haja um equilíbrio. É claro que a fidelidade partidária tem os dois lados da moeda... Em tese sim, mas eu acredito que ela só pesa sobre o filiado, desde que ele venha a cometer um ato de infidelidade.Ele não pode também, seguir a regra, ou seja, se submeter totalmente ao partido, até o ponto de ferir os seus princípios. Eu acredito que existem também os deveres de ambas as partes. Os direitos e deveres de ambas as partes. Mas existe uma fidelidade para que as coisas possam normalizar-se. E evidentemente que quando eu digo que o eleitor vota na pessoa, é julgando as características daquela pessoa, seja pela amizade,pela confiança,e que realmente vai construir esse vínculo que pode assim alimentar essa esperança. E apesar de toda decepção nunca deixar de votar, dar continuidade, apesar de que as intempéries que vêm cada vez mais. GO - Narcízio, diante de tudo isso, o que é que o senhor espera da Câmara Municipal, e o que espera fazer diante dessa conivência? Porque digamos,o vereador eleito as vezes pensa, quer fazer isso, tem a boa vontade de fazer, mas quando chega lá, na engrenagem que a gente falou, não consegue exatamente fazer. Então o que é que o senhor espera da Câmara Municipal? SN - A minha expectativa é muito boa. Assim, claro, sem deixar de me preparar, de decepções, isso é comum. A gente se decepciona na família,se decepciona na igreja,e na política não pode ser diferente. Mas a Câmara está bastante representada. Ela volta hoje a ter o número de cadeiras que já teve atrás, 21 cadeiras... GO - … muita gente nova … SN - … exatamente. Muita gente nova e eu sou um deles. E eu confesso que estou dando um prazo nesse primeiro semestre para sentir, conhecer a realidade,porque sei do papel de um legislador, ser um fiscalizador do Executivo, ser aquele que apresenta um requerimento, um projeto. Mas é preciso também que o espaço que a gente precisa dar e, sobretudo, como acon-

tece nesse conjunto, conhecer a cada um. Acredito sim que divergências acontecerão e é importante que haja. Mas é importante que toda discussão ela chegue a um consenso. Hoje eu vejo,por exemplo,a Câmara Municipal, a casa do povo, que assim costumamos a nos referir é como o pulmão. É o pulmão dessa cidade e aí é aonde tudo que a gente vai discutir,deve fazê-lo com muito zelo,pois estamos discutindo aquilo que se refere ao dia a dia do povo. GO - Terça-feira, a prefeita Cláudia Regina faz a leitura da sua primeira mensagem anual, na Câmara Municipal,na qual teremos a primeira sessão plenária. O vereador já preparou projeto, requerimento para apresentar na primeira sessão? SN - A gente, claro, já tem alguns requerimentos. Entre eles a gente já está apresentando um requerimento pra uma audiência pública para discutir a questão da seca,é emergencial. A gente está apresentando outros requerimentos,agora,você sabe que toda legislatura, o primeiro ano, não é um ano promissor.Mas quando a gente trabalha com o orçamento, que foi votado no ano passado, então para quem está chegando hoje, realmente não terá um ano muito produtivo. Conseguiremos para apresentar projetos mais relevantes, a partir da votação do orçamento que acontece sempre no final de cada ano, para que realmente possa ser colocado em prática no ano subsequente. Então, este ano, é claro, a gente vai trabalhar no sentido de colocar em prática aquilo que foi votado no orçamento pra este ano, mas, enfim, o nosso trabalho será sempre esse, de ir à comunidade,escutar a comunidade para chegar e poder realmente ocupar a tribuna e dizer "estou aqui representando o povo". Porque sempre eu dizia ao eleitor, "eu estou pra lhe representar". Porque eu possa me auto intitular amanhã, que sou o representante do povo,eu preciso realmente conhecer a realidade do povo. E pra conhecer eu tenho que estar inserido nele. Então é esse o meu trabalho. Amanhã eu estarei reunido já com a comunidade do Assentamento Jurema, aonde eu tenho um trabalho de evangelização há quase três anos. Estou indo amanhã e tem momento que eu vou lá pra evangelizar, trabalhar com a família. Tivemos a graça de fundar o Terço dos Homens na comunidade. Imagine um pai de família, como está sofrendo hoje com essa situação da seca. E amanhã eu vou voltar lá para sentar com eles, ouvir novamente as reivindicações da comunidade e assim a gente poder já depois continuar a nossa caminhada.Ir à comunidade,escutar a comunidade,trazer as reivindicações e depois voltar para prestar contas daquilo que foi aprovado. Mas alguma coisa para quarta-feira, nós já teremos, se Deus quiser, e que os nossos amigos, colegas sejam sensíveis e assim colaborar para que a gente possa buscar uma solução para esses problemas. GO - Você falou em seca e de repente Deus mandou a chuva ... SN - ... é. Graças a Deus. Nós tivemos,eu fico muito feliz porque é fruto da oração. Nós passamos sete dias consecutivos, encerramos na quintafeira que antecedeu o Carnaval, então a gente passou sete dias, a Renovação Carismática em nível de Mossoró,rezando a Bíblia,onde Josué passou 10 dias obedecendo a Deus para que as muralhas de Jericó fossem derrubadas. E uma das nossas intenções era pedir ao senhor que fizesse chover nesse solo que se encontra realmente, podemos assim dizer, se encontra-


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

s da Gazeta va tão seco. E graças a Deus nos alegramos com a chuva que está aí... GO - Em relação ao Governo Cláudia Regina, o senhor participou da campanha, fez coligação com as agremiações que acompanharam a candidatura vitoriosa da prefeita Cláudia Regina. E quais são as expectativas com relação a essa administração? SN - As expectativas são muito boas. Conheço Cláudia Regina não de hoje. Conheço-a como pessoa. Tive a graça de quando ela estava vice-prefeita, eu estava coordenador da Renovação Carismática Católica, e naquela ocasião tivemos diversas vezes, contatos com a pessoa que reúne realmente uma experiência,como vice-prefeita,vereadora, secretária, enfim, ela conhece, digamos assim,todos os passos para que realmente possa ocupar o cargo que exerce hoje, como prefeita, como executiva. E claro, com a nossa colaboração, estamos para colaborar naquilo que a gente realmente entende que é para o bem do povo. E, numa das oportunidades em que eu estava com ela, senti realmente essa força de vontade. Eu acredito muito, fazendo aqui uma alusão,uma empresa cresce,e como empresário ele não fica só dentro do seu escritório,mas que ele realmente visita os seus espaços, todos os espaços de sua empresa.A gente não vê muito isso às vezes na instância do Executivo. Muitas das vezes ficam distante daquilo que está acontecendo lá, e que aparece mais no ato de inaugurar. É muito importante porque a gente sabe que existe um caminho, eu você está ali para deliberar o início da obra e que ela chegue até a conclusão.Então,Cláudia tem feito algo que eu acho muito importante, é muito significativo o fato de sempre antes de ir para o gabinete, passar visitando ruas e visitando obras. Outra coisa, é aquela pessoa que não está distante do povo. Esteve durante a campanha e hoje depois de eleita pelo povo, então tem sido enfim a sua vontade, próximo daquele que lhe elegeu. O meu voto realmente é de muita confiança,apoiei,votei nela como eleitor, tivemos a graça de como partido, acompanhá-la, e se Deus quiser, estamos aí para colaborar para que realmente obtenha êxito, pois o êxito da administração, seja na instância de Câmara, no Legislativo, ou no Executivo, o êxito é também do povo. A gente fica muito triste e eu ouvi isso já de instância até nacional, dizer o seguinte, que a gente quando está na oposição torce para que o Governo não dê certo. Então eu acho um ato de irresponsabilidade, pequeno, porque se eu torço para que um governo não dê certo, estou torcendo para que o anseio do povo não seja devido. Porque um Governo dá certo quando realmente tem o anseio do povo. GO - Narcízio, agora com relação à Renovação Carismática, no caso,tem sido apoiado ao longo dos anos esse movimento. Como foi que surgiu, como foi que nasceu e como foi que você se inseriu nesse contexto? SN - A Renovação Carismática Católica, nós costumamos dizer, nós estamos aqui num jardim, é dizer que a igreja é esse grande jardim. E como no jardim existe essa diversidade de flores, a igreja católica realmente tem as diversidades pastorais, movimentos, e a Renovação Carismática está entre eles. Ela tem uma impressão muito forte porque é um movimento que dá muita ênfase ao Espírito Santo. Jesus diz em João, "Aquele que crê em mim no seu interior jorrará um rio de água viva". Então, é do interior, quando o homem realmente passa a deixar de conduzir, que Paulo vai usar uma impressão com os olhos do coração e os olhos da fé, ele realmente passa a ver a

vida com outros olhos. E a Renovação Carismática nos ajuda muito a isso, porque cada um, eu acho que bate muito com a identificação, no sentir chamado. Eu me identifico com a renovação, tem outros que se identificam com a comunidade, como por exemplo, a Shalom, outros a Boa Nova.Então são diversas comunidades na igreja católica, todas, e me refiro àquelas comunidades, não as comunidades e o povo em si,mas aquelas a que segue um carisma específico. Outras que já se identificam com a pastoral da família e enfim, partem daquela experiência. Então eu como Renovação Carismática, vivi essa experiência, de perceber que realmente havia algo em mim, que deve me conduzir para um horizonte. E esse horizonte quem é? É Deus. Por exemplo, eu bebia quase todos os dias, e quando entrei no dia 8 de dezembro de 1997, na Renovação, eu saí pra casa dizendo, "senhor, tira da minha vida, coisa que não te agrada.Coisa que não te grada não me faz bem". Assim como a palha é conduzida pelo vento, eu preciso ser conduzido pelo seu espírito. Então eu achei linda essa oração, que eu nunca tinha feito e brotou assim de forma natural, e a partir dali eu só tomei três cervejas. Já faz 15 anos que eu não bebo. E muitas outras coisas. Eu estou me tornando uma pessoa mais compreensiva, uma pessoa que se eu quero é o que eu vou ser, que Deus me aceite como eu aceito Deus vivo. Então eu tenho também que ser tolerante. Aí, passamos justamente, como eu falei aqui inicialmente, a mais não se dedicar apenas ao trabalho da família, mas buscar realmente essa vivência cristã, essa experiência com Deus, o anúncio da palavra, o estudo da palavra, como um alicerce, para que possa exercer bem a minha função, como profissional autônomo. Quantas coisas eu pude realmente trazer a minha vida profissional a partir dessa experiência, hoje como político.Na minha vida,a minha missão de pai, como esposo e como cidadão. Então é tão somente diferente. E a Renovação Carismática, ela tem crescido muito.Graças a Deus eu tive a graça de estar, eu passei agora de 24 a 27 de janeiro em Aparecida do Norte, em São Paulo, no ENFO, que é o Encontro Nacional de Formação, que tinha lideranças de todo o país, cerca de 5500 pessoas e lá você tinha policiais,lá você tinha políticos, médicos e enfim, representantes de todo o âmbito da sociedade, de todas as camadas da sociedade, mas vivendo no mesmo espaço, como se numa visão igualitária. É uma experiência muito boa,e de lá, nesse encontro, é deliberado toda

uma programação,para trabalhar em nível nacional. E ele tem uma grande graça, por exemplo, nós já temos missionários saindo do Brasil para evangelizar a África, evangelizar os Estados Unidos, onde a renovação surgiu, que foi inicialmente nos Estados Unidos, em 1967, na Universidade de Luckese, chegando ao Brasil em 1973. E em Mossoró em 1975. Porque em Mossoró foi um movimento antes do que qualquer outro lugar no Estado. Surgiu primeiro em Mossoró e hoje nós somos cerca de 400 grupos no Estado. Em Mossoró, somos na base de 40 grupos, e nós temos a universidade renovada, nós temos grupos que funcionam dentro de empresas, e enfim chegamos, aos poucos, graças a Deus nós chegamos a todos os espaços. Por exemplo, tomei conhecimento nesse encontro lá em Aparecida do Norte, que em BH, lá em Mina Gerais, tem no alto comando militar, nós temos um grupo de oração e quem coordena o grupo de oração é o major. Olha que coisa linda. Então, é esse trabalho dinâmico,agora,recente, nesse período de carnaval, a gente conseguiu reunir inúmeras pessoas, eu tive a graça de estar pregando, sábado e domingo em Assu, retornei para Mossoró e participei, e em seguida fui terça-feira, junto com a minha esposa, para Alto do Rodrigues. Então, de Mossoró, enviamos pregadores para pregar em cerca de 20 cidades.Então foi uma experiência muito boa. Hoje junto com a minha esposa, a gente coordena o Ministério Fé e Política na diocese de Mossoró, como Renovação Carismática,e a nossa missão é formar os pregadores diante desse movimento e também coordeno o ministério fé e política em nível de Estado. A nossa missão é justamente formar uma consciência política e também motivar, apoiar aqueles que estão inseridos dentro do movimento,como é a minha realidade, e preenchendo os critérios seguindo a orientação nacional e que possa realmente trilhar e ser encorajado lá, militar na política. Só ressaltando aqui e concluindo essa questão do Ministério Fé e Política, por exemplo, o Brasil foi agora o ano passado para o Peru implantar em nível de Renovação Carismática, lá, o Ministério Fé e Política, atendendo a um pedido do presidente da Conferência Nacional daquele país, que pediu a Renovação Carismática lá no Peru,que evangelizasse os políticos.Então foi a equipe nacional, hoje na pessoa da presidência nacional da Renovação Carismática e foi lá nesse encontro. E chegando lá ele encontrou governadores, senadores, deputados, prefeitos, que participaram intensamente desse encontro.

GO - Vereador, o senhor na primeira eleição, concorreu pelo Partido Social Liberal, o PSL, e em seguida migrou para o PTN,o Partido Trabalhista Nacional.E num projeto que conseguiu eleger dois vereadores.Enfim, quais as perspectivas do PTN para as próximas eleições? Quem sabe até um candidato a deputado estadual de Mossoró? SN - Nas reuniões da direção não discutimos essa possibilidade. Mas não tem nada definido, eu acho muito cedo para que a gente sonhe com isso, acho que o momento não é esse,é de se pensar,eu concordo.O meu ponto de vista é até muito imaturo, para que a gente pense no momento agora. Eu acho que do segundo semestre pra frente é o momento que se tem de conversar. Agora, na verdade é que o PTN obteve êxito, como você acaba de citar, quando tivemos aquelas dificuldades com relação ao PSL, a nossa saída não foi um problema em nível de governo municipal, e nem tão pouco em nível de diretório municipal, mas foram realmente mudanças em outras escalas que a gente achou por bem sair, tanto é que o convencimento foi coletivo, foi uma decisão coletiva e, sobretudo, que naquela ocasião, com um ano e pouco apenas, de uma legislatura, eu estava como primeiro suplente e muitos não entenderam. Naquele momento eu abri mão dessa possibilidade,de assumir numa vacância de um dos vereadores. Mas graças a Deus foi uma decisão que deu certo,mantivemos parte daquele grupo e conseguimos agregar outros nomes e obtivemos o êxito,e o nosso momento hoje a nossa preocupação, os meios de pensar numa disputa aí pra 2014, realmente foram mencionados alguns nomes, mas não é nada discutido de forma consistente. Mas a nossa preocupação hoje será justamente de fortalecer cada vez mais o partido. Logramos graças a Deus um bom relacionamento com a direção estadual, na pessoa do doutor Canindé Alves, um jovem cheio de vida, é um partido ainda pequeno em nível de Estado, hoje com 7 vereadores, mas já é uma semente que está sendo plantada, e com isso Mossoró sendo o segundo maior colégio eleitoral, e graças a Deus isso dá uma visibilidade maior ao partido,e eu acredito que esse é o meu sentimento, de que realmente a gente possa construir uma história com esse partido. GO - Narcízio, você vem da região do Seridó e de família humilde. Como foi sua trajetória pra chegar em Mossoró? SN - Antes de conhecer Mossoró, eu tinha na minha infância, um sonho muito grande. O de conhecer MossoFOTOS: ALCIVAN COSTA

Entrevista concedida aos jornalistas Gilberto de Sousa e Luís Juetê

ró. O meu tio veio pra cá, o irmão de meu pai, logo cedo, a minha tia, hoje por sinal sogra porque eu sou casado com uma prima legítima.E a minha esposa veio pra cá com 05 anos de idade. E eu lembro de uma cena do meu irmão, eu estava no colo, eu estava com 10 anos e no colo com um irmão meu, e ele recém-chegado com a minha mãe, de Mossoró, porque tinha vindo visitar familiares.E eu disse assim:"Adriano, tão pequeno, já foi em Mossoró e eu não fui ainda". Minha mãe faleceu, e isso foi por volta de 81 ou 82, e em 83, a minha mãe faleceu. Então somos uma família grande, de 12 filhos, e naquele momento eu tinha 11 anos, e abaixo de mim ainda tinham oito irmãos. Até 18 anos eu morei no município de Jardim de Piranhas, e quando foi em 87, vim para Mossoró estudar, morar aqui com um tio meu,mas quando foi em 88 voltei para Caicó, porque ficava mais próximo da minha família e pra sempre nos finais de semana está visitando os meus irmãos. Foi quando em 89 eu fui pra Caicó, trabalhar e estudar, e aí fui levando os meus irmãos. Quando me casei em 93, já moravam comigo oito irmãos. Então eu já tinha essa experiência de pai. Muito embora não era o pai biológico, mas era o pai adotivo. E graças a Deus em 94, todos eles,a maioria já instalados,trabalhando, na época eu estava gerenciando um supermercado, e deixei inclusive naquela rede, trabalhando, quatro irmãos meus,os que já estavam em condição de trabalho. E meu aí também já estava vivendo com outra mulher, foi morar também em Caicó e foi quando eu vim pra Mossoró. Foi um desafio muito grande. Por isso, a Fé e a Coragem, como me chamam.Mas por que Coragem? Porque você precisa ter coragem para colocar em prática o que a fé impulsiona. E eu vim naquela ocasião, morar em uma garagem, no bairro Bom jardim, na casa da viúva de um tio meu, ele tinha morrido no início do mesmo ano, em um acidente de moto. E eu vim trabalhar com vendas. Eu trouxe a tabela de um atacadista lá de Caicó, e imagine o desafio, nunca tinha conhecido essa profissão, eu era gerente de um supermercado, tinha morado em Mossoró em 87 e vendia picolé,e conheci um pouco da área geográfica da cidade. E comecei a trabalhar de a pé. Então eu lembro bem que eu saí a pé ali do Bom Jardim e fui efetuar o primeiro pedido lá no Santa Delmira. E aí eu já tenho graças a Deus 19 anos em Mossoró, e amo muito essa cidade. Amo mesmo, gosto muito. E quem sabe aí eu ganho um título de cidadão mossoroense.Já deixo uma deixa para um dos colegas vereadores. GO - E 19, inclusive é o número do seu partido... SN - ...exatamente. Então, eu sou daquela região,hoje eu tenho 10 irmãos em Caicó,e depois,há seis anos eu trouxe a minha irmã mais velha ... GO - ... não transferiu ninguém pra votar em você? SN - Não. Nenhum. Por sinal, um fato curioso, eu tenho uma irmã minha, com oito filhos que ela trouxe para Mossoró, é justamente a única que continuava num sítio e então há seis anos eu visitando ela, em situação difícil, fiz o convite, a trouxe para Mossoró, graças a Deus está aqui, o esposo dela, depois de 49 anos de idade, pela primeira vez teve a carteira assinada,hoje trabalha como vigilante,e também os meus sobrinhos, já tem três casados,já estão trabalhando em negocinhos pequenos, mas próprios. E ficaram dois que estavam em condição de votar, um com 17 e outro com 16, e eu me descuidei


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Expressão Concurso de Contos Josué Guimarães Opinião Cada participante deverá apresentar três contos; as inscrições serão realizadas até 1º de junho deste ano

Ney Lopes REPRODUÇÃO

nstalado em 1988, o Concurso Nacional de Contos Josué Guimarães homenageia o jornalista e escritor sul-riograndense que apoiou a criação e expansão das Jornadas Literárias de Passo Fundo, que se realizam a cada dois anos desde 1981. Em 2013,ano em que serão celebrados os 32 anos das Jornadas Literárias, acontecerá a décima terceira edição do concurso. O concurso destina-se a contistas com obras publicadas ou não, que apresentem textos inéditos. Cada participante deverá apresentar três contos. As inscrições serão realizadas até 1º de junho de 2013. As inscrições podem ser feitas através da entrega de originais no local de inscrição (endereço abaixo) ou por correio.Não serão aceitas inscrições por e-mail. As cópias dos três contos devem ser remetidas ao endereço: Universidade de Passo Fundo / 15ª Jornada Nacional de Literatura, Centro Administrativo, Campus I - BR-285, bairro São José - CEP 99052-900 - Passo Fundo/RS. Os originais deverão ser

I

nl@neylopes.com.br

Arma de fogo: sim ou não?

Josué Guimarães dá nome ao importante concurso literário nacional

apresentados em quatro vias, em formato A4,digitados numa só face, em espaço 2, fonte Times Roman, tamanho 12,e identificados apenas com o pseudônimo do autor. As quatro vias deverão ser reunidas em único envelope, no qual deverão constar o título do concurso e pseudônimo do autor. Nesse mesmo envelope, deverá ser colocado outro envelope, contendo a identificação do autor, seu endereço completo, um breve

currículo e a indicação dos títulos dos contos. Os trabalhos serão julgados por uma comissão indicada pelas instituições promotoras,e o nome dos vencedores será divulgado na abertura da 15ª Jornada Nacional de Literatura, em 27 de agosto de 2013, no Casarão da Cultura de Passo Fundo. Os dois melhores contistas receberão prêmios no valor de: 1º lugar: R$ 5.000,00 (cinco mil reais);Troféu Vasco Prado; 2º lugar: R$ 3.000,00 (três mil reais);

Troféu Vasco Prado. Alguns trabalhos poderão ser destacados com menção honrosa, a critério da Comissão Julgadora. Os contos premiados poderão ser editados em antologia organizada pelo Instituto Estadual do Livro, a ser publicada em co-edição com a Fundação Universidade de Passo Fundo e Prefeitura Municipal de Passo Fundo. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail jornada@upf.br ou pelo telefone (54) 3316-8368.

Novos Poetas ILUMINADA Eu quero o som da paz Por entre um sorriso bobo Quero agora Sem demora Deslizar na calma do amanhecer perfeito Onde deito no mesmo chão em que piso Na simplicidade da casa Nas asas de bem querer. Adriana Cruz Poetisa

O COMBINADO Eu vou parar de planejar Tudo o que tenho planejado, Pois toda vez que combino Acaba sendo tudo o contrário. Se em um instante organizo Na cabeça o que vou fazer, Datas, horários e atitudes O que está para acontecer,

ANIMAIS ANIMALESCOS Somos assim, em meio a noite, farejamos o medo, buscamos o desejo, e saciamos a sede do corpo sem alma. Como feras rasgamos a carne, mastigamos os ossos, respiramos o sangue, e beijamos corações inocentes. Animais animalescos somos, seres humanos, dóceis, óbvios, puros, buscamos as paixões mais intrínsecas, e realizamos os desejos mais impuros. Ainda que sejamos tudo isso, somos amadores incansáveis, em busca do amor, em busca da paz que tanto proporcionamos. Edja Lemos Poetisa

EPIGRAMA DA INSÔNIA

Porém na vida tudo é uma surpresa E rezo para que nada saia errado, Só peço a Deus que o contrário Seja tão bom quanto o combinado.

Volto ao jardim Vejo flores se abrindo É o poder da natureza Vida se expandindo Animais dançam Uma balada doce Cintilantes fadas Voam por todos os lados Mosquitos ou vagalumes? Eu não sei, na verdade Não durmo há alguns dias Mas, nada justifica a magia Que vejo tão reluzente nesta noite tão bela...

Jéssica Lima Poetisa

Pedro Victor Poeta

No começo do dia Pode até ser que realize, Mas para por tudo a perder Basta apenas um deslize.

Uma questão polêmica chegou a confirmar, que - a compra e uso de arma em cinco anos o país exde fogo - volta a ser deba- portou quase 5 milhões de tida em vários países, so- armas leves (quase 2.400 bretudo após o massacre armas por dia), havendo de crianças em Newtown, uma triplicação da produno final do ano passado. ção até 2010 e recuo no No Brasil, o tema vai e ano seguinte. Ocupamos vem na mídia. Após a tra- a posição de quarto maior gédia na escola pública do exportador mundial e nos Realengo no Rio de Janei- armamentos pesados 14° ro em 2011, o ministro da lugar. Justiça manifestou-se faNos Estados Unidos, vorável a antecipação da observa-se a mesma concampanha do desarma- tradição brasileira.De um mento e intensificação das lado, Obama quer maior discussões sobre a restri- controle. De outro, o lobção de posse de armas no bie da poderosa "National país. O ministro sugeriu, Rifle Asssociation" sufoinclusive, a elevação da ca qualquer tipo de blocarga tributária sobre as ar- queio à comercialização mas de fogo. de armas.O problema perAté hoje,o discurso ofi- sistirá se a Corte Suprema cial aponta para maior alterar a interpretação da controle, sem nenhum segunda emenda da Consavanço real. Ao contrário, tituição americana de os dados disponíveis do in- 1791 (garante ao cidadão centivo à indústria das ar- o direito de possuir armas no mas). É país são que a próimpressiopria Consnantes. Estituição astimativas segura o O mais grave é a extraofidireito dos ciais indiestadosabsoluta falta de cam a cirmembros culação de legislarem transparência. 20 milhões sobre a de armas, matéria, Nada se conhece das quais a mesmo em sobre o destino dos metade ileconfronto galmente. com regra armamentos O banfederal. co oficial A tenfabricados no B N D E S, dência gloentre 2009 bal é restriBrasil. Aqui e acolá e 2011, fez tiva, no empréstique se refetranspiram mos no vare ao porte informações, não lor de R$ de arma 71 milhões pelo cidadevidamente para emdão. A Inpresas do glaterra analisadas setor, senadota rigodo a maior rosa regubeneficiária a CBC - Com- lamentação, após o assaspanhia Brasileira de Car- sinato de 16 crianças em tuchos. Com tais incenti- 1996. Na Alemanha estavos,as empresas nacionais beleceram-se exigências buscam a conquista de no- severas para o porte e posvos mercados, principal- se de armas de fogo.O Parmente na África e Ásia. lamento Europeu produz O mais grave é a abso- rígidas leis comunitárias luta falta de transparência. transnacionais, que se Nada se conhece sobre o aplicam a todos os países destino dos armamentos integrados. O Japão posfabricados no Brasil.Aqui sui a lei de armas de fogo e acolá transpiram infor- mais restritiva do mundo, mações, não devidamen- com a posse de armas tote analisadas.Foi o caso da talmente proibida. rebelião política ocorrida A questão permanece em Bahrein em 2011. O na ordem do dia mundial. exército daquele país teria De um lado, o desarmareprimido as massas, mento evita a disseminausando um tipo de gás que ção da violência. leva pessoas à morte,espuDe outro, persiste a mando pela boca. dúvida, sobre se desarNa repressão quase 40 mar o cidadão seria a forvítimas, inclusive bebes, ma de inibir a criminalisegundo declarações de dade, diante do risco de ativistas de direitos huma- continuidade da impuninos,divulgadas no Globo. dade atual do comércio O Exército brasileiro ilegal de armas.


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Expressão CAÇA AOS GÂNGSTERES Foram caçar os criminosos e esqueceram de fazer uma boa história ker (Nick Nolte) e liderada pelo Sargento John O'Mara (Josh Brolin),se existiu,realmente era o segredo mais bem guardado da cidade que mais vive das fofocas e celebridades. Segundo dados oficiais, Cohen passou várias temporadas na cadeia, mas seu principal problema não foi com os policiais e assassinatos, mas sim com o Imposto de Renda.

MARCELO FORLANI Crítica de cinema Do Omelete.com.br As porradas de Sean Penn,todas elas exibidas em câmera lenta, mostram os músculos do ator explodindo a cada contato com o saco de areia. Em off, a narração de Josh Brolin apresenta o mafioso Mickey Cohen, ex-boxeador, que agora atua em Los Angeles e vai empregar tudo o que for possível para transformar a capital do cinema em seu território,controlando a região a rédeas curtas e toda a violência necessária, como mostra a cena que vem logo depois, aos pés do famoso letreiro de Hollywood, que ainda grafava "Hollywoodland". No fim dos anos 40, Cohen comandava a cidade e seus arredores, toda a distribuição de drogas, os cassinos, as apostas, os políticos

e a polícia.Os estouros de raiva e demonstração de poder são dignos de uma pessoa que não sabe conviver com o "não".Sua ambição só não era maior que sua vaidade, o que o levou a romper com Chicago, o maior crime organizado do país naquela época. Este é o cenário em que se passa Caça aos Gângsteres (Gangster Squad, 2013),novo longa-metragem dirigido por Ruben Fleischer (Zumbilândia). Embora Cohen seja uma figura real, que trabalhou com o irmão de Al Capone em Chicago, e fez um "estágio" por Las Vegas (assista a Bugsy) antes de fincar raízes em Los Angeles, o filme apenas se inspira em sua história e as lendas que o circulam - como, por exemplo, a de que ele nunca repetia um terno mais do que uma vez.A tal unidade secreta de Caça aos Gângsteres idealizada pelo chefe Bill ParFOTOS: DIVULGAÇÃO

PANO DE FUNDO O longa conta com um ótimo trabalho de ambientação, recriando a Los Angeles do pós-guerra e seus clubs cheios de fumaça e música. Trabalha a favor também a estética da câmera lenta, que Fleischer já havia utilizado em sua estreia. E ficamos nisso.O roteiro de Willl Beall (que está responsável pela primeira versão do filme da Liga da Justiça) é pobre. Cheio de clichês e frases de efeito - ele chega a parodiar Scarface, fazendo Sean Penn gritar a plenos pulmões "Say hello to Santa Claus" (diga olá ao Papai Noel) enquanto sua metralhadora distribui mais balas do que festas de São Cosme e Damião. Isso sem falar na batidíssima cena do grupo andando em direção à câmera enquanto algo explode no fundo. A sorte de Fleischer é que o elenco parecia acreditar no projeto e tem alguns bons momentos, mas as motivações de seus personagens são praticamente inexistentes, de tão rasas. O'Mara fala para seu ex-companheiro de 2ª Guerra Mundial que alguns heróis ainda sentem que o bem não havia vencido. O também sargento Sgt. Jerry Wooters (Ryan Gosling) dá de ombros, mas decide se juntar ao grupo quando a tragédia pessoal transforma aquela guerra em

uma forma de buscar vingança. Conway Keeler (Giovanni Ribisi) só quer dar bom exemplo ao seu filho. E por aí vai... Para encerrar as reclamações, é preciso lembrar também da trilha sonora de Steve Jablonsky, que em vários momentos parece ser apenas uma reciclagem barata do material não utilizado por Hans Zimmer nos Batmen de Christopher Nolan. Para um filme que se arrisca tão pouco, Caça aos Gângsteres erra mais do que deveria.

FICHA TÉCNICA CAÇA AOS GÂNGSTERES GANGSTER SQUAD EUA, 2013 - 113 MIN. AÇÃO / DRAMA DIREÇÃO: RUBEN FLEISCHER ROTEIRO: WILLL BEALL ELENCO: SEAN PENN, JOSH BROLIN, RYAN GOSLING, EMMA STONE, ROBERT PATRICK, ANTHONY MACKIE, GIOVANNI RIBISI, HOLT MCCALLANY, NICK NOLTE.

Filmes da Semana LINCOLN

INATIVIDADE PARANORMAL

JOÃO E MARIA : CAÇADORES DE BRUXAS - 3D

Duração: 153 min Censura: 12 anos

Duração: 86 min Censura: 10 anos

Duração: 84 min Censura: 14 anos

Cinema Iuska Freire iuskafreire@gmail.com twitter: @Iuska

O

que esperar de um filme que tem a música "Heroes", de David Bowie, numa das cenas mais bonitas? "As vantagens de ser invisível" foi o melhor filme que assisti nesse carnaval e me fez refletir sobre várias questões. Gosto de filmes que me deixam anestesiada, que pedem um tempo para absorver as sensações. Decididamente não é o tipo de filme que se vê seguido de outro. Gostei de ver Emma Watson fora da pele de Hermione (Harry Potter), ela estava à vontade no papel da intensa Sam. O filme gira em torno do jovem Charlie (Logan Lerman - que fez "Percy Jackson- caçador de raios"). Charlie é um calouro do colegial, tímido e muito sensível. As dificuldades de socialização de Charlie são superadas com a amizade com Sam e Patrick. O filme tem diálogos ótimos, além de uma trilha sonora incrível.

O LADO BOM DA VIDA Também assisti "O l a d o bom da vida", que trata de um assunto sério com toques muito bem dosados de humor e drama. O desempenho dos atores Jennifer Lawrence e Bradley Cooper é muito bom.Não é à toa que os dois receberam indicações ao Oscar de Melhor Atriz e Melhor Ator, ao todo o filme recebeu oito indicações. A história gira em torno de Pat, um homem bipolar que passou meses internado após atacar o amante de sua esposa. Em meio à gangorra de emoções, ele conhece a problemática Tiffany. O elenco é ótimo,com destaque a Robert De Niro. OSCAR Seguindo a maratona do Oscar,assisti na quinta-feira um dos mais cotados a ganhar a estatueta. "Lincoln", dirigido por Steven Spielberg.Pelo patriotismo americano acredito que esse será o vencedor, mas não é meu preferido. Ainda preciso assistir "Os Miseráveis","As aventuras de Pi" e "A hora mais escura", mas, dos que eu já assisti, prefiro "A indomável sonhadora". A entrega do Oscar ocorrerá no próximo domingo, dia 24.

LINCOLN Ainda sobre "Lincoln", acredito que Daniel Day Lewis levará,merecidamente, a estatueta de melhor ator. Seu trabalho é primoroso e consagra o trabalho desse ator. ESTREIAS Boas opções para a criançada no Multicine. Estrearam os filmes "As aventuras de Tadeo" e "Tainá 3 - A Origem". THE NEWSROOM Uma das séries mais inteligentes da atualidade, sem dúvida, é " T h e Newsroom",da HBO.Estou ansiosa pela segunda temporada. A série é sobre os bastidores da produção de um jornal de um canal a cabo dos Estados Unidos.Com texto ágil e inteligente, a série se baseia em fatos reais, o que torna a narrativa ainda mais instigante, sobretudo para quem ama o jornalismo. #VEMSEANPENN Não custa nada repetir: compartilhe o h t t p : / / w w w. y o u t u be.com/watch?v=bHNT Pdy0CIM e uma forças na campanha #VemSeanPenn para realizar o sonho do ator Ariel (Colegas).

POESIA, DIÁLOGOS E IMAGENS O RESGATE

DJANGO LIVRE

Duração: 107 min Censura: 14 anos

Duração: 165 min Censura: 16 anos

AS AVENTURAS DE TADEO - 3D Duração: 90 min Censura: livre

- Por que as pessoas legais escolhem as pessoas erradas para namorar? - Estamos falando sobre uma pessoa específica? - Bem... - Nós aceitamos o amor que achamos merecer. - Podemos fazê-las saber que merecem mais? - Podemos tentar. As vantagens de ser invisível, 2012.


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Sociais Now!

TRAFEGANDO.COM

“ ”

Você tem me ganhado nos detalhes e aposto que nem desconfia

Diego Pinheiro diegobradok@hotmail.com twitter: @diegolpinheiro www.colunistadiegopinheiro.blogspot.com

DE NOVO...

E eu consegui achar o caminho mais feliz, onde não há pedras ou empecilhos. Assim eu posso ser infinito, dar minhas gargalhadas e não mais me aborreço por coisas banais. Nasci novamente depois de séculos ostentado a um mundo prolixo e sem fundamentos interiores. Hoje eu só quero poder sorrir, continuar com essa paz e vêla acordar todos os dias. Daqui observo seu sonho, quase que entro nele e ajudo a colorir. É assim quando estamos perto, quando derrubamos barreiras. Sempre que eu preciso eu tenho a sua mão... Tenho certeza que eu mereço isso tudo, como tenho certeza que Deus foi bom quando colocou-nos um na frente do outro. Ele nunca erra... Só espera a hora certa para agir. Bom-dia! CEDIDA

CEDIDA

A Musa do Verão de Tibau, Júlia Bandeira...

VAQUEJADA

Kalyude Diógenes, aniversariante da terça-feira. Felicidades!

Raíssa Leite, aniversariante festejada de hoje. Parabéns...

E MAIS...

CARNAVAL/TIBAU

NÍVER(ES)

De 11 a 14 de abril ocorrerá mais uma edição da badalada Vaquejada do Porcino Park Center. Na sexta-feira vai rolar Solteirões, Dorgival Dantas e Flávio Pizada Quente. No sábado é a vez de Aviões do Forró, Forró dos Plays e Forró do Muído. No domingo apresenta-se a banda Pegada de Luxo. Agende aí que o tempo voa... Trago mais informações... TRAFEGANDO.COM

*Ontem foi dia de “parabéns pra você” para o publicitário Jozeildo Rodrigues, que comemora mais um ano de vida. Um abraço ao amigo que revi no Carnaval de Tibau sempre muito atencioso. *A banda Babado Novo fará apresentação em Mossoró em meados de março. Vem reabrir a Kangalha, no Porcino Park Center. *Estive visitando o advogado Gilvan Cavalcanti, na Universidade Potiguar (UnP). O diretor do curso de Direito superfeliz com a repercussão do curso, que é nota máxima, no MEC. *No Carnaval de Tibau abracei meus amigos do coração Soraya e José Vieira. Também por lá o presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Francisco José Júnior, superempolgado com os novos projetos à frente da CMM. *O processo seletivo para a escolha de novos monitores da Faculdade de Enfermagem Nova Esperança de Mossoró (FACENE/RN) será realizado no período de 18 a 27 deste mês, na própria instituição. *Bem bacana o estande Teacher’s na Arena Show. E com todo o profissionalismo de Georgiano Azevedo... MAISCLICK

No Carnaval de Mossoró, Petras Vinícius e Julierme Torres

Como todos os anos, o meu Carnaval é em Tibau, ao lado da família e dos que gosto de verdade.Fui à Arena Show para conferir a toda estrutura que foi ofertada ao folião e fiquei feliz com o que vi.Primeiramente, porque foi um Carnaval tranquilo e isso por si só já traduz tudo. Como só desejo o bem aos outros, fiquei extremamente feliz com o sucesso de mais uma edição da Arena Show, que se iniciou no finalzinho de dezembro e terminou agora, com o Carnaval. Sei da batalha que Tácio Garcia e dona Fátima enfrentam para realizar um evento correto. E no mais, nas ruas uma animação contagiante,que teve seu ápice no bloco “Passando o Rodo” que juntou muita gente boa. Infelizmente ainda carecemos de uma maior estrutura na cidade-praia, principalmente quanto à fiscalizações do Procon relativo aos abusos de preços que são cometidos durante este período de veraneio. Torcemos para que o prefeito Naldinho consiga superar os problemas e fazer boa gestão.

HOJE Raíssa Lima Ramirez Fernandes Jean Francisco Gledson Dias Esdras Marchezan AMANHÃ Paulo Pinto Lúcia Ribeiro Kallyane Moura Jerome Marjorie TERÇA-FEIRA Kalyude Diógenes Simone Brasil Rodrigo Oliveira Rafael Fernandes Kennedy Abrantes Catarina Fernandes QUARTA-FEIRA Lívia Franco José Adrikson Naédja Paiva Augusto Lima QUINTA-FEIRA Janaína Nunes Bráulio Dantas Luciana Leite Fabrizio Almeida Maria de Fátima

THE END Presidente da CMM, Francisco José Júnior, ladeado da esposa Amélia Ciarlini e da irmã Munique Bessa no Carnaval de Tibau

LANÇANDO A Repav Construtura, há mais de vinte anos no mercado, lança no final deste mês mais um empreendimento com a sua assinatura. Trata-se do Residencial Monte Olimpo 2, localizado no bairro Alto do Sumaré, próximo à Base da Petrobras e a 6km do Centro. Saiba mais em www.repavconstrutora.com.br.

BAILE A turma de Recursos Humanos 2012.2 da UnP terá o seu sonho realizado no próximo dia 23, às 22h. O baile de formatura será no Garbos Recepções e Eventos. Parabéns!

Se você não se atrasar demais, posso te esperar por toda a minha vida." A FRASE DA SEMANA - AUTOR: OSCAR WILDE

“Acho que só agora eu começo a perceber/Tudo o que você me disse/Pelo menos o que lembro que aprendi com você/Está realmente certo./Bem mais certo do que eu queria acreditar/Você gosta mesmo de mim/Se arriscando a me perder assim/Ao me explicar o que eu não quero ouvir./Ainda não estou pronto pra saber a verdade/Ou não estava até uma estação atrás./Acho que só agora eu começo a ver/Que tudo que você me disse/É o que você gostaria que tivessem dito pra você/Se o tempo pudesse voltar dessa vez./Sou eu mesmo e serei eu mesmo então/E não há nada de errado comigo, não/Não, não, não/Não preciso de modelos, Não preciso de heróis/Eu tenho meus amigos, E quando a vida dói/Eu tento me concentrar, N'um caminho fácil/Sou eu mesmo e serei eu mesmo então/E eu queria que o tempo/Pudesse voltar dessa vez”, Renato Russo. Bye! (DP).


CLOSE

9

De volta ao Rio de Janeiro e às novelas, Ingra Liberato vive a Celina de "Balacobaco"

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

ROMANCE

EM FOCO GABRIELA DURLO SERÁ ISABEL, UMA FOTÓGRAFA DA ALTA SOCIEDADE, EM "DONA XEPA"

PARA ESQUENTAR O CLIMA 8

"SALVE JORGE" GANHA NOVOS CASAIS E MAIS AÇÃO PARA FUGIR DA PREVISIBILIDADE


2 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Zapping

Editor do suplemento: Maxwell Ferreira - maxwell_ferreira@hotmail.com Fotos: Jorge Rodrigues Jorge, Luiza Dantas e Pedro Paulo Figueiredo/Carta Z Notícias

MICROFONE EM MÃOS Depois de interpretar um membro da cavalaria do exército, Murilo Rosa irá se ver em um universo completamente diferente de seu personagem em ''Salve Jorge'',o vilão Élcio. O ator irá estrear o filme "Vazio Coração" após o folhetim de Gloria Perez. No longa, ele será um cantor e ainda fará alguns shows pelo país. "Amei essa experiência.Cantei,fiz show para 30 mil pessoas e foi uma oportunidade muita boa.Está guardada para o lançamento do filme e todo mundo vai falar 'opa''', valoriza.

MÃO NA MASSA Tiago Leifert planeja se dedicar ainda mais ao "The Voice Brasil" este ano. Em 2012, o apresentador estava com o Globo Esporte e o ''reality'' musical ao mesmo tempo. Agora, o jornalista pretende se envolver na produção do programa. A segunda temporada tem estreia prevista para julho deste ano. CONTRA A LEI Diogo Vilela será o antagonista da série "O Dentista Mascarado". Ele será o detetive Muller. O agente investigará o herói vivido por Marcelo Adnet e estará sem-

pre em seu encalço. De tão atrapalhado, acabará cometendo crimes e quebrando tudo mais que ajudando a sociedade. TEMPO DE MUDANÇAS A RedeTV! iniciou 2013 empenhada em melhorar os índices de audiência de sua grade. Flávio Prado, que comanda o "Mesa Redonda" na Gazeta, é um desses alvos. As negociações entre as duas partes já estariam acontecendo e, caso cheguem a um final favorável à emissora, o profissional deverá desempenhar uma função similar na nova empresa.

HORA DE REAGIR A Record pretende investir na próxima edição de "A Fazenda", com celebridades. O diretor-geral do ''reality'' Rodrigo Carelli está bastante empenhado em conseguir um elenco forte para alavancar a produção, que irá para a sua sexta temporada. O programa deve estrear entre o fim deste semestre e o começo do próximo. EM BALANÇO Tiago Santiago ligou seu alerta no SBT. Com contrato prestes a terminar na emissora, o autor planeja avaliar novas propostas de trabalho no decorrer dos próximos meses. Recentemente, ele recebeu uma proposta de renovação por parte do canal de Silvio Santos. Mas pretende estudar outras opções. NO CALOR DA ESTAÇÃO Após "Malhação'', Thaíssa Carvalho estará de volta na próxima novela das seis de Walther Negrão, ''Flor do Caribe''. O clima praiano, a aventura, o mistério e o romance foram quesitos fundamentais para a atriz aceitar dar vida à corajosa tenente Isabel. "O Walther Negrão conseguiu reunir ingredientes bem interessantes. Estou apaixonada pela personagem. É uma mulher forte, acho que será a primeira piloto na tevê'', afirma.

DE VOLTA Daniela Cicarelli será um dos três jurados da edição brasileira do "Got Talent Brasil",da Record. A apresentadora está longe da tevê desde o fim de seu programa, "Provão MTV".Além de Daniela, os outros dois jurados são o carnavalesco Milton Cunha e o cantor Sidney Magal SUCESSO ATRASADO Com bons índices de audiência,"Balacobaco", da Record, deve ficar no ar até junho. O esticamento, na prática, resultará apenas no término do folhetim no tempo inicialmente previsto. No planejamento de 2012, a ideia era exibir "Dona Xepa" na faixa das 19 h e levar "Balacobaco" ao ar até a metade do ano.Com o fraco Ibope, decidiu-se pelo encurtamento da trama e pela promoção de "Dona Xepa" para a faixa das 22h.

TRISTEZA SEM FIM As lágrimas serão grandes companheiras de Nanda Ziegler ao longo de ''José do Egito''. A intérprete de Naamá é dada como esposa para Rubem, papel de Guilherme Winter, após a morte do marido. Além disso, sua personagem viverá um triângulo amoroso com Bila, interpretada por Carla Cabral, que será apaixonada por seu segundo marido. Como boa parte do elenco feminino da minissérie, Nanda precisou colocar ''megahair'' para ajudar na caracterização."Foi uma adaptação fácil, pois eu já tive mega antes. Mas foi muito bom porque me senti mais mulher, mais bonita e ajuda na sensualidade. Faço de tudo por um bom produto final. Até raspar a cabeça", afirma.


TVGazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Sobre a mídia

Aline Linhares alineolinhares@hotmail.com Twitter: @alinelinhares Site: www.alinelinhares.com.br

E

AL: Como, quando e onde você começou no rádio? OS: Sempre tive muita vontade de trabalhar em rádio, de preferência em rádio FM.Em 1989 eu morava em Lagoa Grande,uma cidade perto de Petrolina-PE. Fiz uma viagem com minha mãe e um irmão para visitar a família aqui no RN e nessa viagem acabei ficando em Mossoró para fazer um teste na 105 FM (Rádio Santa Clara). Fiz o teste, mas ainda não foi daquela vez que ingressei no rádio. Dias depois fiz um teste na FM 94 (hoje é a 93 FM). Passei no teste e comecei finalmente a trabalhar em rádio, na FM 94 de Mossoró. Sonho realizado! AL:Antes de começar no rádio, você tinha algum ídolo? Você se espelhou em alguém? OS: Não tinha nenhum ídolo.

AL: Quais rádios você já trabalhou? OS: A 93 FM foi a primeira e única. AL:O que você acha das emissoras de rádio atualmente e que futuro você espera para o meio? OS: Da década de 90 até os dias de hoje a programação das rádios se transformou para pior. E não vejo melhora. Está cada vez pior. Mas a segmentação já existe nas grandes cidades.Em Mossoró existem duas rádios populares (93 FM e 95 FM) e uma adulta (105 FM). Falta uma rádio pop. E espero que o sinal digital em rádio se torne uma realidade,apesar desse assunto estar estagnado.

le é discreto, mas muito atento as atualidades. Ele é do início do rádio FM em Mossoró, mas está sempre receptivo as novidades. Tranquilo, está no ar, na 93 FM, das 13h às 16h, com o Só Sucessos. Estou falando sobre Oberdan Silva que mostra-nos um pouco dele na nossa série especial de entrevistas. Acompanhe! ALINE LINHARES: Nome e onde nasceu? OBERDAN SILVA:Meu nome é José Oberdan da Silva. Nasci na cidade de São Tomé-RN.

nome do seu primeiro programa? OS: Comecei fazendo um programa chamado Bom Dia Mossoró, das 5h às 8h da manhã, isso em 1989.

Mas tinha várias referências de rádio, como, por exemplo, a Rádio Mundial AM do Rio de Janeiro, que pertencia ao Sistema Globo. Hoje essa rádio não existe mais. Mas era uma AM com programação de FM, tocando muito pop, e eu gostava muito. E também tinha como referência a Rádio TransRio de JuazeiroBA. Gostava demais daquela rádio. Seus locutores tinham uma comunicação jovem e dinâmica e aquilo me fascinava. AL: Quais são suas rádios preferidas? OS: Como ouvinte gosto de rádio pop. Gosto muito de ouvir a Rádio Cidade de Fortaleza, mas só quando estou lá, andando pela cidade. Gosto de ouvir pela internet (quando tenho tempo) a Rádio Mix de Lisboa,que é uma rádio totalmente musical e com muito som eletrônico. E gosto de ouvir às vezes a Rádio Cidade de Lisboa, via internet. É uma rádio parecida com a Jovem Pan do Brasil. Até as vinhetas são quase iguais. AL: Você ainda lembra qual o

AL: Qual foi o fato mais curioso no rádio que sempre te traz muita alegria quando você lembra? OS: Vários fatos curiosos aconteceram ao longo desses quase 23 anos de rádio. Alguns bem engraçados e pitorescos. Mas o mais curioso de todos não dá para contar aqui. Na época foi quase uma tragédia, mas hoje vejo como algo muito engraçado mesmo. AL: Tem alguma coisa que te impressiona positiva e negativamente no rádio? OS: O que me impressiona positivamente no rádio é a magia que existe nesse meio de comunicação. Nas últimas décadas surgiram várias mídias, mas o rádio continua firme e forte e até interage com essas outras mídias, como a internet, por exemplo. Negativamente o que me impressiona é a falta de investimentos no setor. Poucos proprietários de rádio investem na sua emissora. Existem muitas rádios sucateadas e os seus donos e diretores não fazem nada para mudar esse cenário.

AL: Algo que você já conquistou, está conquistando e gostaria de conquistar num futuro próximo? OS: A minha grande conquista foi justamente ter conseguido entrar no rádio.Era tudo muito difícil,mas tive sorte. Não tenho ambições. Na verdade gosto de conquistar os ouvintes a cada dia. Quero continuar fazendo isso. AL: Dizem que locutor nunca ouve em casa a rádio que trabalha. Você liga o rádio para ouvir seus colegas? OS: Como ouvinte gosto de ouvir rádio pop. Mas às vezes preciso e até gosto de ouvir rádio popular, para ver o que está rolando, para ouvir outros locutores, para fazer novas descobertas. É que, além de locutor, sou coordenador de programação e gosto de estar antenado com o que está acontecendo no meio. Na verdade quase não ouço rádio. E quase não ouço a rádio que eu trabalho quando estou fora dela. AL: Tem alguma fórmula especial para uma rádio fazer sucesso? OS:Rádio para fazer sucesso tem que tocar músicas que a grande maioria das pessoas queira ouvir.Tem que tocar notícia que vá de encontro as necessidades dos ouvintes.Tem que ter boas promoções, bons profissionais, pessoas que gostem mesmo de fazer rádio e muita seriedade.


4 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Raio-x

MESTRE COM CARINHO Fã de esportes e da natureza, Danilo Sacramento se diverte como professor de Biologia em ''Malhação'' FERNANDA BREDER TV PRESS

D

anilo Sacramento é eclético. No ar como o Cezar, de "Malhação", ele já foi atleta, comentarista esportivo, apresentador, fez teatro, cinema e diversas participações em novelas e séries. Depois de se tornar conhecido do grande público como o repórter Beto Jr. de "Fina Estampa", da Globo, o ator agora interpreta um professor de Biologia. "O Cezar é um professor

garotão, mais amigo dos alunos, não é um professor quadrado", diz. O personagem tem também um lado paquerador,mas sabe separar as coisas. "Mesmo com as alunas dando em cima, como aconteceu com a Fatinha, ele impõe limites. Ele nunca sairia com uma aluna. Mas já com as mães das alunas...", explica, em meio a risos,referindo-se à personagem de Juliana Paiva. Apaixonado pela natureza e bem-humorado, Danilo empresta muito de si para o personagem.

Até mesmo ministrar aulas na ficção foi natural. "Eu já dei aula de futebol, de karatê. Busquei informação sobre Biologia, mas o resto foi fácil", conta. Mas, para se preparar para o papel, o ator precisou aprender a surfar. Logo em sua primeira cena,Cezar aparecia praticando o esporte. "Não tive muito tempo para aprender, precisei fazer aula de surfe dois dias antes de gravar", recorda. Danilo começou a trabalhar na tevê como apresentador do "Fazendo Escola",da TV Cultura,em

2001.Ele decidiu estudar interpretação por acreditar que o ajudaria no trabalho. "Meu foco não era atuar", garante. Mas como já dirigia programas, logo se interessou pela direção de atores. Foi quando entrou em contato,de fato,com a dramaturgia. "O 'bichinho da atuação' me picou e eu não quis mais parar. Hoje, não me vejo trabalhando com outra coisa", afirma.

Danilo Barnak Nome: Danilo Barnak Sacramento. Nascimento: Em 19 de maio, de 1977, em São Paulo. O primeiro trabalho na tevê: "Fui apresentador do 'Fazendo Escola', da TV Cultura, de 2001 a 2003". Atuação inesquecível: ''Como o Pérsio na peça 'Homens', baseada na obra de Caio Fernando de Abreu". Atuação memorável: "Sean Penn em 'Sobre Meninos e Lobos', quando ele descobre que a filha foi estuprada". Momento marcante: "Quando eu fiz o Beto Jr, de 'Fina Estampa', em 2011". A que gosta de assistir: "Tudo. Como eu trabalho com tevê, assisto de desenho a filmes. E gosto muito das séries americanas". O que falta na televisão: "Programas que saibam conscientizar as pessoas sem serem chatos''. O que sobra na televisão: "Humor barato''. Ator favorito: "Não tenho um preferido, mas admiro muito o Johnny Depp pelas construções dos personagens". Atriz predileta: "Também não tenho uma preferida, mas gosto muito do trabalho da Penélope Cruz". Com quem gostaria de contracenar: Al Pacino. Se não fosse ator, o que seria: ''Um frustrado, um infeliz''. Novela: "Roque Santeiro". Cena inesquecível na tevê: "A minissérie 'O Auto da Compadecida', de 1999''. Melhor abertura de novela: "Passione", da Globo, de 2010. Vilão marcante: ''A Carminha, de 'Avenida Brasil'. Adriana Esteves deu um show". Personagem mais difícil de compor: ''Foi o Pérsio de 'Homens'. Esse foi meu personagem mais desafiador". Papel que mais teve retorno do público: "O Beto Jr, de 'Fina Estampa', porque foi uma novela das nove. Não tem parâmetro, a audiência é muito maior. Mas o Cezar também está tendo muito retorno, até pela internet". Que novela gostaria que fosse reprisada: "Top Model", da Globo, de 1989. "Me lembra muito minha adolescência. Mas não sei se assistindo hoje eu acharia a mesma graça". Com quem gostaria de fazer par romântico: "Fernanda Montenegro, só para poder contracenar com ela". Filme: "Não tenho um favorito, mas acho que todo ator deveria assistir ao 'Em Busca da Terra do Nunca', de 2004". Livro de cabeceira: '''Musashi', de Eiji Yoshikawa, que, aliás, está mesmo na minha cabeceira". Autor: Shakespeare. Diretor: Stanley Kubrick. Vexame: ''Eu estava apresentando um evento no Salão Quatro Rodas e o texto era cronometrado com um robô que interagia comigo, na frente de duas mil pessoas. Só que o robô, super moderno e tecnológico, travou. Eu não podia deixar ninguém perceber. Então, fiquei improvisando enquanto ele não respondia''. Uma mania: "Ficar estalando os dedos, braço, perna, pescoço...". Projetos: "Duas peças, para o segundo semestre, ainda em fase de captação. Uma eu vou produzir e dirigir. E a outra é a peça 'Homens', que queremos voltar e viajar o Brasil com ela".


TVGazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Bastidores

QUANDO UMA MULHER AMA "MULHERES APAIXONADAS" ESTREAVA HÁ 10 ANOS A PARTIR DE UMA HEROÍNA EM BUSCA DE PAIXÃO

MARCIO MAIO TV PRESS

M

esmo antes de escrever "Laços de Família", exibida em 2000 pela Globo, Manoel Carlos já planejava criar uma trama chamada "Mulheres Apaixonadas". E exatamente como a que foi produzida e estreava no horário nobre em 17 de fevereiro de 2003. Cheia de mulheres que, de fato, demonstravam paixão por alguém. Ou, em alguns casos,até uma dependência absurda emocional e psicológica. "Tinha a que era apaixonada pelo filho,pelo homem que a espancava, até pelo álcool", lembra o autor, que entregou a protagonista Helena nas mãos de Christiane Torloni, em depoimento ao projeto Memória Globo. Curiosamente,na parte inicial da trama, era justamente ela a mulher que não se enquadrava tanto no título da história. Beirando os 40 anos, a mocinha era pouco convencional perto do que se costumava ver nas heroínas do horário nobre. Primeiro, porque já começava a trama assumindo uma traição conjugal cometida em plena lua de mel. E inicialmente não combinava com o título porque se encontrava justamente em um momento de falta de desejo e paixão pelo marido Téo, vivido por Tony Ramos. "Não tinha nada de careta essa Helena e nem era uma mulher que ditasse princípios morais. Era movida a paixão, mas já não conseguia sentir isso pelo companheiro", recorda Christiane, que acredita ter sido chamada para o papel jus-

tamente pelo lado "politicamente incorreto" da personagem. "A Jô, que fiz em 'A Gata Comeu', era capaz de dopar uma noiva para impedir um casamento. E a Dinah, de 'A Viagem', não era nada certinha. Ambas se modificaram em função do amor. Se tornaram, depois, mulheres melhores.Gosto desse tipo de papel", defende. No passado, Helena largara um namorado para engatar o romance com Téo. E era exatamente esse ex,um médico vivido por José Mayer, que despertava nela, mais uma vez, o desejo e a paixão da qual sentia falta. Uma situação que poderia desagradar telespectadores mais conservadores.Mas isso não preocupou Christiane. "Não faço julgamento de personagens.É a humanização deles, aliás, que faz com que o público acredite e se envolva pela história. Fora que o ator deve ser fiel ao autor e este,ao seu público", filosofa a atriz. Como de costume,Manoel Carlos promoveu algumas campanhas de marketing social em "Mulheres Apaixonadas".Através da ciumenta Heloísa, irmã e confidente de Helena,papel de Giulia Gam,tornou conhecido o grupo MADA (Mulheres que Amam Demais Anônimas). Na trama, Heloísa sentia um amor descontrolado pelo marido Sérgio, de Marcello Antony, chegando a feri-lo com uma faca durante uma briga.Para se tratar,acabava recorrendo ao grupo de apoio. Além disso, Hilda, de Maria Padilha, a irmã mais velha de Helena, viu toda a felicidade de seu lar desmoronar ao descobrir um câncer. Santana, personagem de Vera Holtz, era uma professora que lutava contra o alcoolismo, enquanto Dóris, de Regiane Alves, se rebelava e maltratava os avós idosos depois que eles se mudavam para a casa onde a menina vivia com

os pais e o irmão,desencadeando uma discussão sobre o tratamento dado às pessoas da terceira idade. E Raquel, de Helena Ranaldi, sofria com a violência do marido Marcos, papel de Dan Stulbach. Sendo que todas as atenções se voltaram mesmo para a campanha do desarmamento, lançada a partir de uma cena de tiroteio no meio do Leblon, Zona Sul do Rio. Na sequência, Téo levava um tiro na cabeça e sua ex-amante Fernanda, interpretada por Vanessa Gerbelli, era atingida no peito, morrendo alguns capítulos depois. "Naquela época,acho que a tevê a cabo não tinha tanta força e a audiência era mais alta. A repercussão dessas cenas foi incrível. Tanto que me param para falar disso até hoje", conta Vanessa. Outro assunto discutido era a relação entre pessoas do mesmo sexo. Manoel Carlos decidiu colocar, no núcleo do colégio dirigido por Helena, um casal de meninas que se apaixonava e decidia levar a relação adiante. Mesmo contra a vontade de uma mãe preconceituosa e de colegas que não viam com bons olhos aquele tipo de namoro. Paula Picarelli e Alinne Morais deram vida às corajosas Ra-

faela e Clara, enquanto Roberta Gualda interpretava Paulinha, uma aluna homofóbica. "Mas a menina má maltratava o pai, então o público não gostava dela. E outras amigas da escola protegiam o casal. Pesos e contrapesos que devem ser usados com critério para pegar os telespectadores que aprovam e os que não aprovam de maneira sensata", avalia Manoel Carlos. O autor criou muitos núcleos com vida própria, mas que se entrelaçavam, montando o "quebra-cabeça" de acordo com as respostas que recebia. O resultado foi uma novela que ganhou uma legião de fãs e alcançou média geral de 47 pontos. Um número que é motivo de orgulho para toda a equipe. "Foi uma época maravilhosa. É, sem dúvida, um dos melhores trabalhos que já fiz", garante o diretor-geral, Ricardo Waddington.


6 TVGazeta do Oeste

Entrevista teu meio estranho.

PRIMEIRO MAU PASSO

Em "Salve Jorge", Totia Meirelles encarna sua primeira vilã na tevê em mais de 20 anos de carreira

N

ada como uma novidade. E Totia Meirelles parece aproveitar bem a chance de interpretar, pela primeira vez, uma vilã em sua trajetória televisiva. Com cerca de 25 anos de carreira, a atriz acumulou no currículo personagens secundárias e, muitas delas, com perfil de "gente boa". Agora na pele de Wanda, em "Salve Jorge", Totia finalmente mostra que pode ir além. "É um divisor de águas de tudo, pessoal e profissional, das minhas possibilidades. É muito legal eu poder me testar, ver o que sou capaz de fazer, até onde posso chegar", analisa. O convite para interpretar a aliciadora de pessoas para o tráfico humano foi feito pela própria Gloria Perez, alguns anos atrás. Na época, a autora não deu muitos detalhes sobre a personagem. Apenas pediu que Totia guardasse segredo. "Ela me disse: 'Você nunca fez vilã...'. E eu falei: 'Não, vocês nunca me dão uma vilã para fazer'. Então, Gloria falou: 'Vou te dar sua primeira vilã. Não conta para ninguém'", recorda. Por incrível que pareça, ser atriz não estava nos planos de Totia. Com formação em balé clássico, o que ela pretendia era ter sua própria academia de dança. Mas, depois de participar do

musical "Chorus Line" - que tinha sua atual parceira de cena, Claudia Raia, a Lívia da novela, como protagonista -, as oportunidades na tevê foram surgindo. Timidamente, começou a contracenar com Chico Anysio. "Não tinha medo nenhum porque não era aquilo que eu queria. Não tinha nenhuma responsabilidade. Acho que isso foi bom para mim porque eu não ficava tensa, não ficava nada", revela, bem-humorada. Em 1989, fez sua primeira novela, "Que Rei Sou Eu?", interpretando Monah. O que era para ser apenas uma participação acabou se tornando uma personagem que ficou até o fim da história. "Demorei para aceitar que eu era atriz. Sabia que queria ser atriz de musical, mas, de televisão, não tinha nenhuma vontade. Foi nessa novela que eu pensei: 'Acho que é bacana'", conta ela, que também atuou em produções como "O Clone", "Duas Caras" e "Divã", entre outras. P - No início de "Salve Jorge", Wanda exercia a função de enganar pessoas e atrai-las para o tráfico humano. Com o desenrolar dos capítulos, a personagem se mostrou capaz até de matar. O que mais surpreendeu você em relação à trajetória do

papel? R - Várias coisas.Eu sabia que a Wanda iria causar, mas não sabia muita coisa. Mas a personagem foi virando uma vilã tão odiosa, que agora ela já mata. Isso tudo foi me surpreendendo porque eu achava que ela não ia matar,que só iria aliciar.Essa frieza da Wanda me assustou. E é uma frieza que veio no texto, não foi uma coisa que eu planejei. O texto pedia, eu ia fazendo. P - O elenco da novela participou de "workshops" sobre, além de outros assuntos, o tráfico humano. Como foi conhecer pessoas que já foram traficadas e famílias que perderam seus parentes para o crime sabendo que a sua personagem representaria isso? R - Nos "workshops" foi quando a gente teve contato com a família das traficadas e também tivemos contato com uma traficada que voltou. Aí, eu comecei a me assustar. Me assustei porque vi o sofrimento que eles estavam passando. E vimos um depoimento de 13 anos depois que a filha já tinha sido morta. Ainda era muito sofrimento. Pensei: "Meu Deus! É a minha personagem que vai causar esse sofrimento não só para menina, mas para toda a família". E isso me ba-

P - Chegou um momento na história em que foi revelado que a Wanda teve um romance com o coronel Nunes (Oscar Magrini) no passado. O reencontro dos dois pode representar um lado mais humano da vilã? R - Não. Ela fica mexida. Mas não é que mostre um lado humano dela. Acho que ela fica mais observando como era e no que se transformou. Ela tem o DNA da maldade. Tenho muitas dúvidas se uma pessoa que faz o que a Wanda faz algum dia se arrepende. Ela fica um pouco saudosista da pessoa que foi.Mas o saudosismo não é um arrependimento. Acho que ela vê o coronel como alguém que pode ajudar em alguma coisa. P - Em 25 anos de carreira na tevê, por que nunca fez uma vilã antes? R - Nunca me chamaram. Não sei se as pessoas nunca me enxergaram assim. Acho que eu tenho um sorriso muito aberto, todo mundo olha para mim e vê uma pessoa do bem, feliz. P - Mas tinha vontade de interpretar uma personagem com esse perfil? R - Sempre. A gente sempre tem vontade de fazer.Pelo menos alguma coisa diferente do que a gente sempre fez. E vilã tem uma graça a mais, é um divertimento a mais. P - Em algum momento, sentiu receio por nunca ter encarnado esse tipo de papel e por ter uma função tão importante na novela? R - Não. Eu estava curiosa para saber como a Wanda seria.Em momento nenhum eu fiquei receosa. Queria fazer. P - Acredita que, depois da Wanda,as possibilidades de você interpretar mais personagens diferentes dos que tem feito irão aumentar? R - Com certeza. As pessoas vão começar a me enxergar de uma outra forma. E é engraçado porque, em teatro, eu já fiz muitas vilãs. Não vilãs assim.


Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Como a Wanda acho que é a primeira. Mas já fiz muitas mocinhas não tão do bem, só que no teatro. Na tevê, não. Então, acho que agora vão me enxergar de uma forma diferente. Espero que me enxerguem e que abra o leque para outros personagens. P - O público estava acostumado a ver você na pele de personagens mais suaves, como a Zambeze de "Fina Estampa", de 2011.Como tem sido a repercussão da Wanda? R - É muito legal porque o que eu vejo é como as pessoas me enxergavam. Elas dizem: "Bacana seu trabalho, gosto muito". Acho que, como a Wanda é muito má, as pessoas não gostam dela e, ao mesmo tempo, gostam de mim, da Totia. É muito legal isso.O primeiro impacto das pessoas quando me veem é vir me dar os parabéns. Dizem: "Parabéns, mas eu estou te odiando" (risos).Isso é legal,eles estão vendo um trabalho. P - Esta é sua quarta novela da Gloria Perez. Antes, você atuou em "O Clone", de 2001, "América",de 2005,"Caminho das Índias", de 2009, e também fez uma participação na minissérie "Amazônia - De Galvez a Chico Mendes", exibida em 2007.Ter tido tanto contato com o texto da autora facilita o seu trabalho em "Salve Jorge"? R - A Gloria tem uma coisa muito boa. Como ela escreve sozinha, tem uma maneira de escrever que é muito fácil e ela se adapta ao nosso falar. A Gloria escreve para o ator, então ela já sabe como ele vai falar. O texto vem com muita facilidade de decorar. Às vezes, ela muda e escreve do seu jeito de falar. Por exemplo, eu falo muito "ah, imagina". E toda hora no texto vem um "imagina". Quando você está fazendo uma novela que tem vários colaboradores,às vezes,eles fazem um rodízio. Aí, quando chega o texto, você não consegue decorar direito. Sinto uma diferença total na mão da pessoa que está escrevendo. Com a Gloria é muito fácil. P - Você nunca interpretou

uma protagonista e agora vive o papel de maior destaque em sua carreira.Até que ponto o tamanho dos personagens dentro de uma trama é relevante para você? R - Todo personagem que é ligado à trama principal tem muito mais chance de aparecer, de crescer muito mais. Mas eu já vi tantas histórias paralelas que deram muito certo. Então, hoje em dia, é difícil. Claro que, quando você pega um personagem, quer que seja bacana, que tenha história, que aconteça. Você não quer ser só a orelha do outro, você quer fazer alguma coisa, quer contar alguma história da sua personagem. Acho que, hoje em dia, há tantas possibilidades que é difícil a gente não aceitar algum papel porque é pequeno.Você pode virar o jogo. P - O que leva em consideração antes de aceitar um papel? R - Acho que o momento. Em uma obra aberta, eu já tive várias surpresas. Em "O Clone" foi uma surpresa porque eu entrei para fazer só a primeira parte.Teve uma passagem de tempo na novela, entravam alguns personagens e outros saíam. Na primeira cena que eu gravei com a Vera Fisher, o Marcos Schechtman (diretor) perguntou se já havíamos trabalhado juntas e eu disse que era a primeira vez.E ele falou: "Vocês têm uma química muito boa, acho que você vai sobreviver à primeira fase". Eu entrei na novela para fazer 30 capítulos e fiz a novela inteira. Isso é legal porque você nunca sabe o que esperar do personagem.

TVGazeta do Oeste 7

À FLOR DA PELE Por mais que interprete uma personagem macabra, Totia Meirelles não se deixa abalar. É só tirar o figurino e terminar as gravações para que tudo volte ao normal. Mesmo assim, depois de uma cena forte, sentiu na pele o peso do papel. Após a sequência em que Morena, protagonista de Nanda Costa, descobriu que havia sido enganada por Wanda e lhe deu uma surra e, em seguida, a vilã apontou uma arma para a mocinha, Totia caiu no choro. "Eu nunca tinha feito cena assim, então me marcou", destaca. Foram quatro horas de gravação, intercaladas por algumas pausas. Período em que a atriz precisou se concentrar bastante não só na coreografia da briga, mas nas emoções da personagem. No final, sentiu um desgaste grande. "A cabeça sabe que é tudo mentirinha, mas o corpo não sabe, então ele sente a adrenalina. Saímos exaustas e felizes porque achamos que tinha sido bacana.Com o relaxamento,veio um choro, uma alegria, tudo misturado", relembra.

CAMALEOA Em seu trabalho anterior, "Fina Estampa", Totia Meirelles precisou colocar aplique nos cabelos para viver a "hippie" Zambeze. Para "Salve Jorge", a atriz queria mesmo adotar o estilo "joãozinho" de corte. Mas Gloria Perez preferiu um cabelo maior e mais claro. "Esse cabelo tem um ar de requinte e, ao mesmo tempo, tem uma coisa mais selvagem, que eu acho que é da Wanda", acredita.

TRAJETÓRIA TELEVISIVA # "Que Rei Sou Eu?" (Globo, 1989) - Monah. # "O Fantasma da Ópera" (Manchete, 1991) - Vera Gonzaga. # "Mulheres de Areia" (Globo, 1993) - Sonia. # "Escolinha do Professor Raimundo" (Globo, 1994) - Tereza Mercantil. # "Perdidos de Amor" (Band, 1996) - Sofia. # "O Fim do Mundo" (Globo, 1996) - Cacilda. # "Malhação" (Globo, 1998) - Dulce Magalhães. # "Suave Veneno" (Globo, 1999) - Matilde. # "O Clone" (Globo, 2001) - Laurinda. # "Malhação" (Globo, 2003) - Sandra. # "A Diarista" (Globo, 2004) - Susana. # "América" (Globo, 2005) - Vera. # "Cobras e Lagartos" (Globo, 2006) - Silvana. # "Amazônia - De Galvez a Chico Mendes" (Globo, 2007) - Dalva. # "Duas Caras" (Globo, 2007) - Jandira. # "Casos e Acasos" (Globo, 2008) - Catarina. # "Caminho das Índias" (Globo, 2009) - Drª Aida. # "Chico e Amigos" (Globo, 2009) - Stella. # "Divã" (Globo, 2011) - Tânia. # "Fina Estampa" (Globo, 2011) - Zambeze. # "Salve Jorge" (Globo, 2013) - Wanda.


8 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Crônica

PARA ESQUENTAR O CLIMA "SALVE JORGE" GANHA NOVOS CASAIS E MAIS AÇÃO PARA FUGIR DA PREVISIBILIDADE

RICARDO VIEIRA TV PRESS

Salve Jorge" joga com o que tem. Fosse um jogo, estaria, na melhor das hipóteses, empatado. Para vencer, o "time" precisa mudar a tática, apostar em outras jogadas. Com a ida de Morena, a protagonista de Nanda Costa,para a Turquia,a novela ganha uma tática mais agressiva com agilidade e dinamismo. A jogada nova na verdade é velha, mas costuma funcionar: a formação de novos casais.E aí,talvez,esteja a mu-

dança que vai botar fogo no jogo. Ou melhor, na novela. Érica, personagem de Flávia Alessandra, aparecer com Celso, de Caco Ciocler, parece um desdobramento comum após o término do relacionamento conturbado que ele teve com Antonia, interpretada por Letícia Spiller. Mas juntar Théo e Márcia, de Rodrigo Lombardi e Fernanda Paes Leme, é uma cartada daquelas que mexe com o público. O mocinho,após "apanhar da vida" seguidas vezes,resolve buscar consolo justamente nos braços da melhor amiga da exnoiva.Uma novidade que provoca diferentes reações e que traz um ponto positivo: a retirada da bela Fernanda do limbo do esquecimento de uma novela com elenco inchado onde ainda se encontram Stênio Garcia,Mariana Rios,Ana

Beatriz Nogueira e tantos outros sem função relevante para a trama. A personagem de Fernanda,se não vira vilã com os beijos no mocinho, ao menos sai do politicamente correto exagerado. Que nada combina com o ar sapeca da atriz. Além de possibilitar o surgimento do novo romance, a ausência de Morena no Brasil, coincidência ou não, deixa a trama mais ágil. A delegada Heloisa, de Giovanna Antonelli, sofre mais um atentado. Morena dá uma surra em Rosângela, de Paloma Bernardi, arma diversas situações para prejudicar a boate turca e depois vira fugitiva no país - o que abre espaço para outro que estava esquecido, Tiago Abravanel que, na pele de Demir, ajuda a mocinha contra a rede de tráfico de mulheres. A nove-

la sai do ritmo cadenciado e, recheada de cenas de ação, muda o estilo em busca de empatia do público. É claro que,mesmo com toda essa ação,"Salve Jorge" ainda parece calma se comparada com sua antecessora,"Avenida Brasil", e todas as suas reviravoltas. Mas ao menos a novela engrena em um desenrolar da trama. Com conflitos mais definidos,fica fácil para o público saber para quem torcer. Isso sem contar que os acontecimentos na Turquia, além de um possível romance do protagonista, deixam, no mínimo, uma leve dúvida sobre o futuro de Théo e Morena. Antes tão certo e previsível.


TVGazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Close

REVIRAVOLTAS DA VIDA DE VOLTA AO RIO DE JANEIRO E ÀS NOVELAS, INGRA LIBERATO VIVE A CELINA DE "BALACOBACO"

FERNANDA BREDER TV PRESS

A

baiana Ingra Liberato, que agora está no ar como a Celina de "Balacobaco", adora mudar de ares e variar nos seus projetos. A atriz mal havia começado na televisão quando conseguiu participar de grandes produções. Suas personagens em "Tieta", da Globo, e "Pantanal", da Manchete, lhe deram o destaque que precisava para conquistar o papel da protagonista de "Ana Raio e Zé Trovão",também da Manchete.Mas,depois de dois anos intensos de trabalho, decidiu fazer uma pausa. "Fui criar cavalos. A ideia era descansar, eu precisava recarregar as baterias", confessa. Foram mais de três anos estudando sobre linhagens e cuidando de cavalos portugueses. Até que Ingra sentiu saudade de atuar. Iniciou uma carreira no cinema e participou de novelas como "A Indomada" e "O Clone", ambas da Globo. Porém, em 2002, veio outra pausa, ao se casar com o músico Duca Leindecker e se mudar para Porto Alegre. "Eu queria ter um filho. Esse foi o projeto mais importante de todos, me dediquei à gravidez", revela a atriz, que hoje é mãe de Guilherme. Longe dos papéis fixos em novelas, Ingra continuou atuando no teatro e no cinema. Mas também trabalhou em séries produzidas por emissoras locais e fez participações em novelas como

"Essas Mulheres" e "Os Mutantes - Caminhos do Coração", ambas da Record. Depois de 11 anos, voltou a morar no Rio de Janeiro e fez um teste para a minissérie "José do Egito". A produção resolveu que ela seria ideal para outro projeto da emissora, a novela "Balacobaco", e convidou a atriz. "Celina é uma mulher forte, cheia de vitalidade, que acredita nos valores tradicionais da família. Está sendo maravilhoso interpretála", afirma. Na trama, Celina era casada com Vicente, personagem de Rafael Calomeni, com quem tem dois filhos. Porém, Vicente começou a se interessar por Mirela, vivida por Thais Pacholek. "Então, a Celina começa a procurar o marido e não acha. Ela jamais teria ido atrás de outro homem, não fosse o fato do marido estar muito ausente, até a rejeitando", analisa. Carente, Celina cede ao charme de Magno, interpretado por An-

dré Segatti, e acaba tendo um caso com ele, sem saber que se trata do capanga de Norberto, personagem de Bruno Ferrari e vilão da trama. "Ela fica com ele, mas sofre muito. Chora muito, se sentindo culpada. Até que o Norberto apronta, flagra eles juntos", acrescenta. Quando descobriu o caso da esposa, Vicente pediu o divórcio. "Quem traiu primeiro foi ela. Mas ele já estava traindo em pensamento", defende. Celina tem uma nova reviravolta na trama quando, sabendo do maucaráter de Norberto, decide desmascarar o vilão. Para viver a personagem, Ingra buscou um forte entrosamento com os atores do seu núcleo familiar. Além de Calomeni, que vive seu marido na trama, Vitor Facchinetti e Ciça Banal interpretam os filhos do casal, Rafael e Gabriela. "A gente conversou muito, criou uma intimidade", diz. Para a atriz, isso é fundamental ao compor um papel. "Eu

busco muito o entrosamento com o elenco, para entrar no clima da história", garante. Com diversos trabalhos na televisão, no cinema e no teatro, Ingra afirma que não há um veículo melhor de se trabalhar. "Aprendi que não tem a ver com o meio. Tem a ver com o projeto, com o personagem, com o grupo envolvido. Eu gosto mesmo é de intercalar", explica. Para a atriz, um de seus trabalhos mais marcantes foi na novela "Pantanal". Só era possível chegar no local da gravação de avião bimotor. "Muita gente recusou participar porque não teve coragem de ir. Conhecer o Pantanal me marcou muito. É um lugar realmente incrível", derrama-se.


10 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Resumo

GUERRA DOS SEXOS

MALHAÇÃO

LADO A LADO

GLOBO - 17H:50

GLOBO - 18H:15

GLOBO - 19H:10

Segunda (18/02) - Ana comemora ao ver Bruno dispensar Fatinha. Marcela convida Lorenzo para morar com ela e Gil. Ju dá um presente para Gil, simbolizando o relacionamento deles.Ana pede para voltar a namorar Bruno. Fatinha fica triste enquanto pensa em Bruno. Passa-se um mês. Morgana convida os alunos para uma festa de despedida para Rafael, que vai estudar fora. Mathias se despede dos alunos. Fera fica em recuperação. Lia e Fatinha convencem Vitor a ir à festa no Misturama.Orelha exibe um vídeo que fez para homenagear Rafael. Vitor e Lia se beijam ao se despedir para as férias.

Segunda (18/02) - Edgar desconfia que Fernando tenha usado recursos ilegais para comprar as ações da fábrica. Edgar leva Melissa para frequentar a escola de Laura.Laura avisa a Constância para ficar distante de Elias. Heloisa e Edgar percebem que só podem ser grandes amigos. Edgar descobre que Fernando não pediu empréstimo. Laura conta para Isabel que Guerra encomendou uma nova matéria para Paulo Lima. Esther ameaça terminar o noivado com Albertinho se ele não se afastar de Elias.Edgar pressiona Fernando e exige que o irmão confesse que tramou para que a carga transportada fosse roubada.

Segunda (18/02) - Nando e Roberta são encurralados pela quadrilha de assaltantes.Felipe consegue fugir da armadilha de Carolina. Charlô afirma para Olívia que descobrirá, com Alessandra, o plano de Otávio.Ulisses convence Juliana a desistir de Nando. Roberta e Nando são levados pelos bandidos no carro da polícia. Carolina suborna um garçom para dar bebida a Felipe. Carolina leva Felipe para seu quarto.Nando e Roberta dormem na praia.Veruska e Nenê decidem ir para o Rio de Janeiro atrás de Roberta. Carolina afirma que teve uma noite de amor com Felipe, que fica confuso. Olívia e Charlô descobrem que Alessandra deixou um mapa na mansão.

Terça (19/02) - Fernando diz a Edgar que ele não tem provas para incriminá-lo. Albertinho pede à mãe que decida entre o casamento com Esther ou o convívio com Elias. Bonifácio fica furioso ao saber por Edgar que Fernando lhe deu um golpe na compra das ações da fábrica.Albertinho visita Elias.Margarida exige que Fernando devolva as ações para Bonifácio e ele resolve transferi-las para o nome da mãe. Albertinho propõe a Esther que eles se casem e morem em São Paulo. Isabel resolve desmanchar o noivado com Zé Maria. Edgar avisa a Catarina que Melissa vai morar com ele.

Terça (19/02) - Charlô acredita que o mapa é mais um plano de Otávio e decide não sair de casa. Felipe se desespera com o fato de ter dormido com Carolina. Nando pede carona na estrada.Nieta dá dinheiro para Nenê viajar. Vânia tenta convencer Ulisses de que Nando e Juliana podem ficar juntos. Fábio e Juliana se encontram no parque. Nando e Roberta chegam ao hotel em um caminhão de lixo.Carolina diz a Felipe que manterá silêncio sobre o que aconteceu entre eles. Roberta e Nando encontram Carolina e Felipe. Veruska chega ao Rio de Janeiro. Roberta descobre que sua reserva foi cancelada por causa de Felipe.

Quarta (20/02) - Isabel diz a Laura que não quer ver mais Zé Maria sofrer.Guerra propõe que Antônio Ferreira dispute com Paulo Lima, escrevendo ambos a mesma matéria. Edgar aceita o desafio. Alzira sugere que Mario troque as personagens de Diva e Neusinha. Isabel vê Zé Maria com Fátima entrando na confeitaria. Afonso não gosta de ver Isabel vestindo uma fantasia de Carnaval. Zé Maria luta capoeira para salvar Fátima de bandidos. Laura fica surpresa ao saber que Edgar é jornalista.Edgar confessa a Laura que ele é Antônio Ferreira.

Quarta (20/02) - Nenê surpreende Veruska no hotel. Roberta e Nando vão ao encontro do fornecedor da Positano. Nenê e Veruska entram no quarto de Carolina e vasculham os pertences de Roberta. O depósito da loja é sabotado. Roberta acredita que Felipe assediou Carolina. Nieta, Isadora e Frô ficam presas no elevador, que começa a inundar. Carolina convence Roberta a deixá-la ficar no Rio de Janeiro até a convenção acabar. Ulisses procura Vânia e os dois se beijam novamente.

Terça (19/02) - Lia se arrepende de beijar Vitor. Rafael agradece Orelha pelo vídeo e os dois se abraçam. Lia diz a Vitor que não pensará nele nas férias. Fatinha descobre que o investidor holandês da ONG já entregou o dinheiro para Raquel iniciar as obras na comunidade. Tatá ouve uma ligação da mãe e desconfia. Orelha beija Morgana e, em seguida, fala na frente de todos que nunca gostou da menina. Rafael conforta Morgana. Gil e Ju passam a noite juntos. Lia pressiona Raquel e questiona em troca de que ela deu ao banco seu apartamento como garantia. Quarta (20/02) - Raquel explica a Lia que precisou de um empréstimo. Raquel desconversa quando Fatinha comenta que o dinheiro dos holandeses demorou a ser liberado. Ju conta para Lia sobre ela e Gil. Bruno pede para conversar com Fatinha, que explica que não pode ser sua amiga.Nando e Tizinha implicam com Morgana por causa de Orelha. Os alunos voltam às aulas. Paulina volta a morar com as netas. Lia ouve Fatinha perguntando sobre Vitor. Gil chama Ju para ir à sua casa. Lia procura por Vitor na oficina. Vitor volta de viagem e Lia o beija. Quinta (21/02) - Paulina percebe que Raquel fica tensa ao receber uma carta do banco. Vitor pede Lia em namoro. Raquel vê Lia com Vitor e se irrita. Rita suspeita que Orelha esteja interessado em Morgana. Filó leva o CRAU para a inauguração da creche da ONG.Pilha percebe que Orelha grava várias imagens de Morgana. Bruno se surpreende ao saber do envolvimento de Fatinha com a construção da creche da ONG. Lia vê a carta do banco endereçada a Raquel.Bruno fica fascinado com Fatinha.Lia teme que o banco tome sua casa por falta de pagamento. Sexta (22/02) - Paulina tenta tranquilizar Lia. Fatinha ignora Bruno no evento da ONG. Axel pede para Marcela autografar seu pôster. Lorenzo repreende Lia por ter lido a carta de Raquel. Fatinha dispensa Bruno. Tatá fala para Lia que Raquel recebeu dinheiro dos holandeses para fazer a creche.Bruno beija Fatinha. Rosa questiona Vitor sobre seu inquérito. Filó tranca a creche sem saber que Bruno e Fatinha ainda estão lá dentro. Lia acusa Raquel de ter usado o dinheiro dos holandeses para comprar a parte de Lorenzo no apartamento.

Quinta (21/02) - Zé Maria deixa claro para Chico que está interessado apenas na pesquisa de Fátima. Laura e Edgar trocam carícias.Guerra conta para Edgar que a ordem de prisão dos foliões veio de algum político. Edgar descobre que foi Assunção quem ordenou as prisões e prefere não escrever a matéria para não prejudicar o pai de Laura. Assunção conta a Edgar e a Laura que foi ludibriado e comunica que mandou soltar os foliões. Laura revela a Edgar que Paulo Lima é seu pseudônimodeescritor.LauraresolvemorarcomEdgar. Sexta (22/02) - Fátima sobe o morro com Zé Maria para assistir a uma roda de capoeira. Isabel conta a Afonso que vai ao cartório registrar Elias com Albertinho. Celinha e Guerra se casam. Alzira reúne os funcionários do teatro e revela a todos que Luciano não é filho de Manoel Loureiro.Laura,Edgar e Isabel promovem uma festa surpresa para comemorar o casamento de Celinha e Guerra. Laura pede Edgar em casamento. Fernando entrega o documento que passa as ações para o nome de Margarida. Sábado (23/02) - Albertinho lembra a Isabel que tem direitos sobre Elias. Umberto comunica a Constância que Albertinho registrou Elias. Zé Maria beija Fátima. Diva comunica a Frederico e Mário que nenhum deles é pai de Luciano. Laura revela a Guerra que é Paulo Lima e diz que só autoriza a publicação de suas matérias no jornal se puder assiná-las com seu nome.Guerra não aceita a proposta de Laura. Jurema e Túlio se beijam. Sandra não aceita a proposta de Teodoro de morar em um apartamento longe de Ângelo.

Quinta (21/02) - Charlô afirma a Juliana que,para não perder a aposta,precisa provar que Otávio sabotou a loja. Felipe afirma que não vai liberar o estoque das outras lojas para Charlô. Juliana segue a avó até o Rio de Janeiro.Nando decide ficar no hotel,enquanto Roberta procura o novo fornecedor. Veruska e Nenê vasculham novamente o quarto.Ulisses se decepciona com o beijo de Lucilene e fica com Vânia novamente. Juliana encontra Nando no quarto do pai. Charlô invade o salão da convenção e Felipe entra em pânico. Nando se declara para Juliana e os dois se beijam. Sexta (22/02) - Nando fala para Juliana que não quer magoar Roberta. Felipe é acusado de assediar Carolina. Felipe foge da discussão entre Charlô, Roberta e Juliana. Veruska e Nenê pegam a chave do bagageiro. Carolina não gosta de viajar sem Felipe. Vânia não consegue se concentrar no trabalho e procura Ulisses. Nando flagra Vânia e Ulisses juntos. Carolina ouve uma conversa entre Charlô, Roberta e Juliana.Nenê e Veruska conseguem abrir o bagageiro no aeroporto. Sábado (23/02) - Carolina sugere que ela e Felipe sabotem o desfile da Positano. Veruska e Nenê descobrem que Vitório comprou ouro com o dinheiro que ganhou de Otávio. Felipe fica irritado com a liquidação na loja. Nenê combina com Veruska de negociar com Felipe os recibos que acharam. Felipe expulsa Carolina de sua casa.Juliana garante para Vânia que esquecerá Nando. Nenê mostra os recibos para Carolina e ela os leva para Felipe.


TVGazeta do Oeste 11

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Resumo BALACOBACO

SALVE JORGE

CARROSSEL

RECORD - 22H

GLOBO - 21 H

Segunda (18/02) - Isabel sofre ao ler a carta entregue por Heloisa.Isabel pede a ajuda de Mirela,que vai ao encontro da amiga. Norberto depõe na delegacia e se espanta quando questionam se ele conhece as gêmeas Paranhos. Eduardo fica perplexo ao saber que o antigo namorado de Heloisa é Paulo e ela confessa o motivo pelo qual está sendo chantageada. O delegado desconfia de Norberto e solicita depoimentos de Eduardo e Dóris.Mirela tenta convencer Isabel a deixar o marido. Isabel enfrenta Norberto e conta sobre a carta que o incrimina, deixando o vilão surpreso.

Segunda (18/02) - Russo orienta Wanda a voltar para o Brasil. Mustafá deixa a boate com Morena. Áurea repreende Theo pela entrevista contra Lívia. Lucimar tenta distrair Junior, que diz ter saudades da mãe. Lurdinha mostra para a mãe a foto da pulseirinha que colocou na internet para encontrar a irmã. Aisha tenta mostrar para Berna sua suposta família biológica. Morena pede para Mustafá comprá-la de Russo, mas ele não acredita no que ela diz. Helô pede para conversar com Lucimar. Mustafá pensa em Morena e chama Zyah para conversar. Russo leva Morena ao médico. Lívia procura Theo.

Segunda (18/02) - Helena conta a Rafael que Jaime colou no teste que Olívia aplicou. Rafael afirma a Olívia que Jaime jamais seria capaz de colar no teste.Olívia fala que Jaime premeditou tudo,trouxe até papéis de casa. Professor Renê bola plano com alunos para tentar ajudar Jaime.Olívia comenta com Suzana que, se os alunos de Helena têm a coragem de colar, é por que falta pulso firme. Jaime chega em sua casa e leva uma lição de moral de seu pai. Jaime encontra os amigos e chora, contando que nunca viu seu pai tão decepcionado. Helena e Renê preparam um "intensivão" para Jaime.

Terça (19/02) - Isabel afirma que Norberto conhece Paulo. O vilão garante que o Paulo da carta não é o dono da agência e Isabel exige provas.Heloisa confessa que teme a retaliação de Paulo. Eduardo afirma que só vai expor a carta quando for extremamente necessário. Norberto manda Arnaud matar Heloisa e recuperar a carta.Norberto e Arnaud fazem tocaia no prédio de Eduardo e o vilão tenta arranjar um álibi. Catarina convence Danilo a chamar Norberto para jogar. O vilão aceita, pois terá testemunhas. Arnaud segue Heloisa até Petrópolis e Álvaro se desespera ao ver que sua esposa foi baleada.

Terça (19/02) - Theo e Lívia discutem.Russo confirma a gravidez de Morena. Mustafá questiona Adam sobre Morena e descobre que ela lhe falou a verdade. Aisha faz o exame de DNA para confirmar se o rapaz que encontrou pela internet é mesmo seu irmão. Lurdinha conta para a delegada que conheceu Santiago,que lhe foi apresentado como sobrinho de Wanda.Mustafá pede para Zyah ir à boate falar com Russo sobre Morena. Helô suspeita que Morena tenha sido traficada. Lívia decide processar Theo. Tamar conta para Ayla que seu marido foi a uma boate. Russo negocia o preço de Morena com Zyah.

Terça (19/02) - Jaime começa a estudar com a ajuda de Helena e Renê. Jaime diz a Helena que vai pedir para seu pai tirá-lo da escola e colocá-lo para trabalhar na oficina. Os alunos ficam comovidos e pedem para Jaime não desistir. Jorge comenta que se estivesse no lugar de Jaime ficaria com vergonha e dá toda a razão para a rigidez de Olívia. Os alunos o deixam só no pátio. Cirilo vai até a diretoria conversar com Olívia e pede para ser reprovado. Cirilo chega à sala e afirma que Jaime não ficará sozinho e ninguém entende o que ele quer dizer.

Quarta (20/02) - Eduardo consegue falar com Álvaro e sofre ao saber da morte de Heloisa. Arnaud avisa para Norberto que não achou a carta.Lucas nota o comportamento estranho do vilão ao telefone e o provoca.Norberto vai embora,deixando Catarina, Danilo e Lucas satisfeitos. Vicente acusa Norberto, que finge surpresa e diz que estava na casa de Danilo. Eduardo e Taís confortam Álvaro durante o enterro.Isabel finge estar dormindo e escuta Norberto falar com Paulo, que ameaça o vilão. Álvaro garante que vai vingar a morte de Heloisa. Norberto e Isabel vão mergulhar e o vilão some. Quinta (21/02) - Isabel pede ajuda aos instrutores para encontrar Norberto. A arquiteta avisa a Taís sobre o ocorrido e Eduardo acredita que o vilão fugiu. Álvaro pede para os três retornarem ao Rio de Janeiro. Mirela tenta confortar Isabel, que admite estar aliviada. Eduardo diz a Lucas que não acredita na morte de seu inimigo. Arthur acusa Eduardo e Isabel afirma que Norberto era um bandido. O delegado pede que Isabel apareça para depor e ela vai à delegacia acompanhada por Mirela, Abigail e Danilo. Álvaro fica revoltado ao saber que Norberto e Paulo são os responsáveis pela morte de Heloísa. Sexta (22/02) - Álvaro garante a Eduardo que não vai descansar enquanto não encontrar Paulo. Abigail e Danilo se acusam para tentar melhorar a imagem de Isabel diante do delegado, que decide liberá-los. Isabel pede para retomar a parceria com Mirela,que vibra com a notícia.Celina pergunta para Rafael sobre o futuro do documentário, diante da morte do protagonista. Mauro descobre o endereço de Paulo e pede que Álvaro o repasse para Eduardo. Isabel despede Arnaud, que fica ofendido, mas decide continuar disponível para a arquiteta, deixando Taís tensa. Álvaro pressiona Paulo, que se assusta com a visita do advogado.

Quarta (20/02) - Zyah se surpreende com a forma como Russo se refere à Morena. Mustafá se culpa por não ter entendido o pedido de socorro de Morena. Russo combina com Irina de dividir o dinheiro da venda de Morena. Helô expulsa Stenio de sua casa ao saber que ele representará Lívia no processo contra Theo. Berna vê Mustafá guardar dinheiro para sair e fica intrigada. Ricardo diz a Helô que investigará os bordéis na Turquia. Irina desconfia de Rosângela. Mustafá se preocupa com a demora de Russo em trazer Morena. Morena consegue fugir, mas um carro explode perto dali. Quinta (21/02) - Russo tenta se defender da explosão. Rosângela fala para Zyah que Morena não está à venda.Mustafá lamenta por não ter conseguido socorrer Morena. Zyah encontra Morena. Ela revela que foi enganada por Russo. Ayla desconfia do marido. Russo e Irina acreditam que Morena tenha morrido no atentado e mandam Rosângela confirmar.Ela mente e confirma a morte de Morena.Lívia fica aliviada com a notícia.Lívia e Theo se enfrentam na porta de um restaurante. Sexta (22/02) - Waleska se revolta com Rosângela por causa de Morena. Berna cobra explicações de Mustafá. Zyah deixa Morena em sua caverna. Drica discute com Helô. Ayla acredita que Bianca voltou para a Turquia e está na caverna de Zyah. Morena conta a Mustafá que está grávida. Demir descobre que Zyah e Mustafá estão ajudando Morena. Clóvis não acredita que Lurdinha encontrará sua irmã por meio da foto de sua pulseirinha. Aisha fica decepcionada com o resultado do exame de DNA. Sábado (23/02) - Demir leva Morena ao Grand Bazar. Irina afirma a Russo que Rosângela trairá a organização. Morena e Demir criam um perfil falso na internet. Salete acredita que Thompson esteja interessado em Lucimar. Mustafá e Zyah concordam que não precisam saber muito sobre a vida de Morena. Helô vê a foto que Demir colocou no perfil falso de Morena e fica intrigada. Lívia sugere que Wanda coloque Antônia em contato com Lucimar.

SBT - 20H:30

Quarta (20/02) - Renê pede para Olívia dar uma segunda chance a Jaime. Ela cede e Jaime faz uma segunda prova na diretoria. Ríspida, a diretora diz que é a última chance de Jaime.Helena,Graça e Renê ficam aflitos esperando. Olívia vai à sala de aula e diz que decidiu dar a segunda chance a Jaime depois de conversar com Cirilo e Renê. Ela afirma que aplicou um teste rigoroso para Jaime e o garoto foi aprovado. Todos vibram pelo garoto. Clara sofre um acidente de carro. Miguel dá a notícia a Maria Joaquina e ela começa a chorar. A patricinha é informada que sua mãe fará uma cirurgia. Quinta (21/02) - Helena explica para seus alunos que é uma bela atitude querer doar sangue para ajudar Clara, mas que por serem crianças isso não será possível. Cirilo pensa em ajudar e anota o tipo sanguíneo. Os pais de Cirilo confortam o filho, afirmam que são do tipo O negativo e concordam em doar sangue. No outro dia, Maria Joaquina diz a todos os colegas que sua mãe está melhor graças a Cirilo e agradece a ajuda dele. A patricinha abraça o garoto, que fica encantado, e diz que gosta dele. No dia seguinte, Cirilo pergunta a Maria Joaquina se o que ela disse era verdade. Ela respira fundo e o deixa falando sozinho. Sexta (22/02) - Olívia diz para Graça que está amando e mostra o site de relacionamento em que está navegando. Mário escuta tudo atrás da porta da sala da diretora.Firmino e Renê entram na sala e,junto de Graça, incentivam a diretora a ir a um encontro com um de seus pretendentes.Olívia vai bem vestida até uma lanchonete para seu encontro. Chega o homem que ela esperava, mas para sua surpresa se trata de Jurandir. Mário e Jaime dão muita risada ao assistir o encontro dos dois. Olívia vai embora. Mas era um golpe dos meninos e, mais tarde, o verdadeiro homem que se interessou por Olívia chega à lanchonete e não encontra sua pretendente.


12 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 17 de fevereiro de 2013

Inside

ROMANCE EM FOCO GABRIELA DURLO SERÁ ISABEL, UMA FOTÓGRAFA DA ALTA SOCIEDADE, EM "DONA XEPA"

ANNA BITTENCOURT TV PRESS

M

esmo adepta a mudanças, Gabriela Durlo não precisou fazer grandes transformações no visual para viver Isabel Castro, seu novo papel em "Dona Xepa". Loura desde que interpretou Ana, em "A Tragédia da Rua das Flores", no final de 2012, também na Record, a atriz só clareou ainda mais os cabelos para atuar na trama que substituirá "Balacobaco". "Sempre fui morena, mas gostei da mudança", comemora. Na trama, adaptada por Gustavo Reiz, a personagem de Gabriela estará no meio de uma história dramática, que envolve um triângulo amoroso. Fotógrafa e proveniente de uma família de alta sociedade, Isabel está noiva e prestes a se casar com Victor Hugo,personagem de Márcio Kieling. "Uma falsa amiga se aproxima para tentar acabar com essa relação", adianta. Rosália, vivida por Thais Fersoza, fará de tudo para atrapalhar o casal. "A personagem da Thais é a vilã da trama", revela. Segundo Gabriela, a composição de Isabel foi tranquila. Apenas com a leitura do texto junto com o elenco, a atriz conseguiu entender a personagem. A novela, que tem previsão de estreia para março, finalizou a parte de pré-produção, com escolha de figurino, e já começou as gravações. Inicialmente, a trama seria contada em 40 capítulos, mas

a emissora já cogita estendêla. "Dona Xepa", que inicialmente foi criada para o teatro, tem autoria de Pedro Bloch, e também foi adaptada para a tevê e o cinema. A primeira versão na televisão foi exibida em 1977 pela Globo. A trama retrata o drama de Dona Xepa, uma feirante que fazia de tudo para seus filhos, até que eles ascenderam socialmente e passaram a ter vergonha dela. Na versão da Record, Ângela Leal dará vida à protagonista. Os filhos, Edson e Rosária, serão interpretados por Arthur Aguiar e Thais Fersoza. Para Gabriela, a opção de montar um "remake" é um acerto."Com o aprimoramento e o investimento maior,a trama dá um salto grande", afirma. Contratada da Record desde 2007, esta é a sexta produção da qual Gabriela participa dentro da emissora. Ela, no entanto, considera "Vidas em Jogo" como o mais importante trabalho de sua carreira. Na novela de Marcílio Moraes, exibida entre 2006 e 2007, a atriz vivia a prostituta Daniela. "As cenas eram muito fortes, tinha tortura. Até hoje as pessoas vêm falar comigo por causa daquela personagem", lembra. Outro trabalho marcante na trajetória de Gabriela foi Ester, protagonista de "A História de Ester". Para a atriz, foi muito gratificante trabalhar na minissérie bíblica, principalmente por sempre ter desejado atuar em uma trama de época. Apesar do trabalho desgastante de viver o papel principal de uma produção, Gabriela garante que ficou feliz com a oportunidade. "O resultado final foi muito gratificante", comemora. Desde pequena, Gabriela sonhava em ser atriz. "Sempre pedia aos meus pais para

estudar teatro, mas eles nunca me deram muito crédito", lembra. A história mudou quando, em cartaz com a peça "Terceiro Travesseiro", recebeu um convite para fazer testes de elenco na Record. Com trabalhos em novelas, minisséries e telefilmes, Gabriela garante que o que gosta é de trabalhar. Mas não tem uma preferência quanto à dinâmica da trama. "Desde que sejam bons papéis, não tenho

problema em aceitar", afirma. Com diversas atuações no teatro, mais uma peça está prevista para 2013. "Deve estrear ainda no primeiro semestre, mas ainda não posso adiantar nada", conclui.


Edição de 17/02/2013