Page 1

WILSON MORENO

ALCIVAN COSTA

ABRACADABRA, O ESPETÁCULO DE DANÇA COM BRUXAS E PRINCESAS

DANÇA

EXPRESSÃO, Capa

NOS JARDINS

AURINO CARLOS, CANDIDATO À PRESIDÊNCIA DA OAB E SUAS IMPRESSÕES EXPRESSÃO, 4 e 5

AZETA G

SEM MEIAS PALAVRAS. NEM MEIAS VERDADES.

@gazetaoeste

D O

TV, 12

GAZETA TV

gazetadooeste

GABRIELA DURLO MUDA VISUAL PARA PAPEL EM ‘A TRAGÉDIA DA RUA DAS FLORES’

O E S T E

Ano 36 — Nº 9.217S — Mossoró-RN, DOMINGO, 18 de novembro de 2012

Complexo Penal Mário Negócio reativa projetos de ressocialização g A atual direção do Complexo Estadual Penal Agrícola Mário Negócio vem investindo em programas de ressocialização. Recentemente foi reativado o projeto de produção agrícola que utiliza o trabalho dos apenados no cultivo de frutas e hortaliças. Página 3

ALCIVAN COSTA

BRINCAR DE

PERDER PESO Grupo faz aposta para impulsionar regime

Oito amigos resolveram perder peso juntos através de disputa salutar. Especialista diz o que há de positivo e de negativo nesse tipo de competição. ESPECIAL 6 E 7

EUDES SERÁ RECONDUZIDO HOJE À DIREÇÃO DO BARAÚNAS ESPORTE, 9

Exposição de plantas e flores realça o cuidado no trato para garantir a melhor conservação e a saúde do meio ambiente MOSSORÓ CAPA

DUAS CHAPAS DISPUTAM O COMANDO DA OAB EM MOSSORÓ AMANHÃ MOSSORÓ, 8

PROJETO SEMEA FLORES NO DESERTO MOSSORÓ, 2

FESTEJOS ANUNCIAM O ABRAÇO À CIDADE MOSSORÓ, 10

FALE COM A GENTE: 3314-0244 — redação@gazetadooeste.com.br; comercial@gazetadooeste.com.br — ESTA EDIÇÃO TEM 72 páginas — PREÇO DESTA EDIÇÃO R$ 2,00


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Opinião Circulando em OFF

Espaço Dorian Jorge Freire QUE REPÚBLICA?

Gilberto de Sousa

Paulo Afonso Linhares - Advogado

gilberto@gazetadooeste.com.br diretorderedacao@gazetadooeste.com.br gilberto-de-sousa@hotmail.com

E O SERTÃO CONTINUA AO DEUS-DARÁ É digna de elogio a iniciativa dos governos federal, estadual e municipal através de ações direcionadas a minimizar os problemas gerados a partir dos efeitos da estiagem. Mas no bojo dessa questão há a incidência de um erro, negligência ou falta de zelo pelo homem do campo, detalhes que, pelos menos merecem uma reflexão. O Nordeste em si, na sua grande parte, é caracterizado pelo clima seco, tropical, semiárido e isso não é de hoje. Quando um ano não é de bom inverno é de seca. E logo os meteorologistas e o homem do campo, do alto da sua experiência, conseguem detectar o que estar por vir. Não precisa conviver com os moradores do campo para sentir as dificuldades e os obstáculos que precisam ser vencidos para atravessar um período de estiagem. Há tempos que o êxodo rural é uma realidade, assim como são reais as mazelas geradas pelo problema social enfrentado por uma família que tem de se transferir do campo para a cidade, empurrada pela vontade de permanecer na terra, tendo que ser expulso pela circunstância. E o poder público tem essa consciência. Contudo, relaxa no quesito prevenção. Lançar programas voltados para atenuar a vida do homem do campo nesse tempo, após quatro ou cinco meses de sofrimento se configura em total desatenção. Até porque, a burocracia emperra ainda mais o desenrolar do resultado efetivo das ações. Bom mesmo é a prevenção, e o tempo hoje é de prevenir, mas para o que possa vir de negativo no próximo ano. Senão, se não vier do céu a providência divina, a macambira morre, o xique-xique seca e a juriti se muda, como diria a canção. E o sertão continua ao Deus-dará, na emenda. PERIGO NA ESQUINA O medo da polícia da fúria da bandidagem também chega por aqui. E o comando da PM alerta seus comandados contra o crime organizado. Muito mais organizado do que o poder público."A outra grande diferença é que nós não temos medo de morrer, eles têm", como diria o bandidaço Marcola, enclausurado e lendo um montão de livros por mês. FLUMINENSE NA PAUTA Torcedores alvirrubros de Mossoró prometem fazer festa e descer a Presidente Dutra hoje, em comemoração a mais um grande título. Sou tricolor, mas não alimento muito entusiasmo, nesse caso prefiro o sossego. PARA REFLETIR "Ah o amor... que nasce não sei onde, vem não sei como, e dói não sei porquê", já suspirava Luís de Camões. PESAR Nos associamos ao momento de dor da família do radialista do grupo 95 FM/TCM, William Soares Batista, conhecido como William Hutt, que faleceu na última sexta-feira.Conforme informações, William vinha lutando contra uma pneumonia há algumas semanas e não resistiu a uma parada cardiorrespiratória. EM TEMPO William Hutt começou a carreira em 1983 e desde então passou pelas principais emissoras de rádio de Fortaleza, Recife e Natal. Hutt integrava a equipe da Nova 95 FM desde o início da operação da rádio em 2010, e atuava como locutor e programador da emissora. O grupo TCM enviou nota de pesar à imprensa lamentando profundamente o fato ocorrido. William era divorciado e deixa dois filhos.O sepultamento do radialista aconteceu ontem, em Fortaleza. Aos seus familiares, nossas condolências. OAB NA PAUTA Será amanhã, as eleições para renovação da diretoria, Conselho Seccional, Caixa de Assistência dos Advogados e das Subseções da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Rio Grande do Norte.

RELAX

PERDA

A Proclamação da República completou, neste 15 de novembro de 2012, cento e vinte e três anos. Antes de ser uma marca, o evento nos obriga a uma reflexão em torno do que seja efetivamente o espírito republicano. De princípio, o mais grave é constatar que as instituições republicanas brasileiras, caldeadas pela filosofia positivista da elite militar que afundou a combalida nau da monarquia, sempre foram muito frágeis em face do mando das oligarquias, do patrimonialismo e do paternalismo político, elementos estes absolutamente antagônicos à noção da república. Com efeito, de 1889 a 1930 teve o Brasil a chamada "República Velha", marcada inicialmente pelo poder autocrático dos militares, cujo melhor exemplo foi o marechal Floriano Peixoto,pretensa versão tupiniquim do marechal prussiano Otto von Bismarck. A diferença é que Bismarck foi um grande estadista. Já Floriano, embora tenha consolidado a nova ordem catalisada na Constituição de 1891,governou com motins e sedições (de 23 de novembro de 1891 a 15 de novembro de 1894), com orientação nacionalista e centralizadora a partir da implantação de uma ditadura de salvação nacional. Quando decretou estado de sítio, em abril de 1892, Floriano Peixoto prendeu e desterrou seus opositores para a Amazônia. O advogado Rui Barbosa impetra habeas corpus (o famoso Habeas Corpus nº 300/STF) em favor do Senador Almirante Eduardo Wandenkolk e outros cidadãos, indiciados por crimes de sedição e conspiração, presos ou desterrados em virtude de decretos expedidos pelo Vice-Presidente da República, Marechal Floriano Peixoto, na função de Presidente. Segundo consta do sítio do STF, Rui fundamentou o pedido "na inconstitucionalidade do estado de sítio e na ilegalidade das prisões ocorridas, umas antes de decretado o estado de sítio, outras, depois de terminada a sua vigência, quando devem imediatamente ser restabelecidas as garantias constitucionais". Informado, o marechal Floriano ameaçou o STF asseverando: "se os juízes concederem habeas corpus aos políticos, eu não sei quem amanhã lhes dará o habeas corpus de que, por sua vez, necessitarão". O STF negou o habeas corpus por dez votos a um. A partir da saída de Floriano, a República Velha se pautou pela política das oligarquias agrárias de São Paulo e Minas Gerais, a política do "Café com Leite", que teve fim com a emergência de uma nova elite industrial e financeira eminentemente

urbana e com a insatisfação da jovem oficialidade do Exército, que constituíram a base da chamada "Revolução de 30" e entronizou no poder federal o gaúcho Getúlio Vargas, como ditador, por quinze anos, período conhecido como do "Estado Novo". Os dezenove anos seguintes (1945-1964) da República,à exceção do governo Dutra (1946-1951) que gozou de estabilidade política, foram conturbados e culminaram com a instalação de mais uma ditadura em março de 1964 e que duraria mais vinte e um anos, período caracterizado pelos governos dos militares que, embora mantendo em funcionamento algumas instituições republicanas como fachada, o espírito republicano esteve ausente na condução desses governos que suprimiram as liberdades civis, amordaçaram o Congresso Nacional e intimidaram o Poder Judiciário quando impostas as aposentadorias compulsórias de alguns ministros do Supremo Tribunal Federal (Hermes Lima, Victor Nunes Leal e Evandro Lins e Silva) pelo Ato Institucional nº 5 (em 16 de janeiro de 1969), além das aposentadorias voluntárias dos ministros Antônio Gonçalves de Oliveira e Antonio Carlos Lafayette de Andrada, em solidariedade aos colegas compulsoriamente aposentados. Registre-se, ainda, a aposentadoria do ministro Adauto Lúcio Cardoso em 18 de março de 1971, após o episódio da sessão ocorrida oito dias antes (Em 1971, o STF julgou constitucional a lei da censura prévia,editada pelo Governo Médici.Vencido,o Ministro Adauto Lúcio Cardoso manifestou sua indignada repulsa diante daquela decisão, despiu sua capa, atirou-a em sua curul e abandonou acintosamente o recinto, segundo narra Evandro Lins e Silva no seu "O Salão dos passos Perdidos"). Nunca o Brasil esteve tão perto de colimar certo modelo republicano, quanto após o advento da Constituição de 1988. Alguns solavancos começam a preocupar, principalmente na rota de colisão que se apresenta entre o Supremo Tribunal Federal e os outros poderes da República. Afinal, para o segmento político mais conservador - aquele chamado pelo marechal Castelo Branco de "vivandeiras alvoroçadas a rodar os bivaques dos granadeiros" - a salvação da República estaria nas togas e não mais nas fardas. E o sábio Marcus Tullius Cícero passa a ser lembrado: "Que as armas cedam à toga, o triunfo militar à glória cívica." Para Cícero, a toga era o símbolo da República e não era necessariamente o pálio dos juízes, mas, dos estadistas.

Charge CEDIDA

POR: LAÉRCIO EUGÊNIO

O radialista William Hutt, que morreu prematuramente, foi sepultado ontem, em Fortaleza, CE.

Artigo

A eleição acontecerá das 9h às 17h, em Natal, no Centro de Convenções, e no interior nas sedes das Subseccionais de Mossoró, Caicó, Assu, Pau dos Ferros, Macau e Currais Novos. REGIONAL A disputa da Regional da OAB será entre os advogados Sérgio Eduardo da Costa Freire, pela situação e Aldo de Medeiros Lima Filho, da oposição. NOS JARDINS Falar em OAB, quem está hoje na seção Nos jardins da Gazeta é o advogado Aurino Carlos, que disputa a eleição em Mossoró contra o advogado Aldo Fernandes, da situação. A exemplo de Aldo, na seção passada, Aurino focaliza suas propostas de campanha e fala sobre a atuação da Ordem. A QUEM INTERESSAR POSSA "Enquanto o bem existir,o mal tem cura". DISPUTA NA CÂMARA O presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Francisco José Júnior, tem conseguido a simpatia de grande número dos vereadores eleitos novatos, para continuar no comando da Casa Legislativa.Entre os veteranos,ele já circula muito bem. Quer dizer, está bem na fita.

"Senta, se acomoda/À vontade, tá em casa/Toma um copo, dá um tempo/Que a tristeza vai passar/Deixa, pra amanhã, tem muito tempo/O que vale é o sentimento/E o amor que a gente tem no coração... " CARLOS COLLA

QUALIDADE DE VIDA Rubens Coelho - Jornalista - rubensfcoelho@hotmail.com A humanidade vive hoje numa verdadeira encruzilhada entre viver cada vez mais a comodidade oferecida pelos avanços científicos tecnológicos que criam produtos sofisticados que oferecem certas facilidades para seu dia a dia, carrões luxuosos vistosos, computadores de última geração, engenhocas das mais variadas formas,que usadas dão ao usuário a sensação de bem-estar e status. Criou-se até o termo "sonho de consumo" para definir o desejo muitas vezes alucinante que as pessoas têm de adquiri-las, não só para usá-las, mas para se sentirem inseridas no ambiente social ao seu derredor, tão-somente por uma questão de status. Existe todo um aparato indutor do indivíduo para esse caminho, que termina fatalmente no vazio, pois jamais o satisfará plenamente, ou o fará por pouco tempo. Ainda outro dia, vi pela televisão numa feira de automóveis, um grupo de pessoas, especialmente de jovens diante do estande onde estava um carro da marca Ferrari, elas olhavam o veículo com o semblante de adoração, um desses expectadores ao ser entrevistado, respondeu a repórter da TV, com os olhos marejando que em muitas noites sonhou dirigindo um veículo daquele. Para o entrevistado, a Ferrari transformou-se num tremendo fetiche. É apenas um exemplo entre uma infinidade de casos onde a idolatria a objetos produzidos e comercializados impregna o imaginário das pessoas, criando-lhes falsas expectativas

e angústia. O pior, é que os tempos estão mudando, na medida em que cresce a população mundial, hoje já são mais de sete bilhões de habitantes na terra, o consumo também aumentam extraordinariamente, as matérias-primas mundiais escasseiam na mesma proporção. Num futuro próximo, os carrões, os ipad; iped, e outras geringonças do gênero, não mais poderão ser produzidas por falta de material para fabricá-las. Essa aflição coletiva tem feito à busca de saídas quase sempre inócuas, tem enriquecido muita gente com palestras e livros de autoajuda, verdadeiros estelionatos culturais, intelectuais e psicológicos, pois raramente chega à raiz dos problemas que não são somente individuais, mas contextualizados no sistema. É a encruzilhada a que chegou a humanidade, entre viver numa sociedade extremamente materialista,soberba, de apego aos bens de consumo ou voltar à simplicidade do que é verdadeiramente necessário para cada um se satisfazer em sua sobrevivência sossegada, em paz consigo e com os outros. Ter saúde, uma família unida, tranquila, não faltar o alimento na mesa, ter uma casa razoável para morar, dispor de alguns trocados para o seu lazer e da família, poder admirar a natureza que é bela. E, o mais importante, uma vida espiritual com Deus. Assim acontecendo, aí verdadeiramente teremos qualidade de vida. O mais são acessórios que enfeitam, mas se atentarmos bem muita vezes inúteis!

Gazeta do Oeste www.gazetadooeste.com.br

Um produto da C. Q. Organização Gráfica e Editorial Ltda. Fundada em 30 de abril de 1977 por Canindé Queiroz

Diretor CANINDÉ QUEIROZ

Diretor-adjunto PAULO LINHARES

Diretor de Redação GILBERTO DE SOUSA

Editor LUÍS JUETÊ

Av. Cunha da Mota, 96/100 – Centro – Mossoró/RN – Fone: 3314-0244 Site: www.gazetadooeste.com.br – e-mail: gazeta@gazetadooeste.com.br AS MATÉRIAS ASSINADAS SÃO DA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES

Diretor Comercial LEÔNIDAS TERCEIRO


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Política Leonardo sugere programa de informação em execução prisional

Deputado propõe Voto de Congratulação a Canindé Soares CEDIDA

om base no regimento interno da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Leonardo Nogueira (DEM) encaminhou solicitação à governadora Rosalba Ciarlini para que seja estabelecida regulamentação para a implantação de um programa a ser denominado de "Informação em Execução no sistema Prisional". O deputado disse que a medida governamental tem por objetivo garantir a efetivação do direito fundamental de acesso à informação dos presos do

C

Segundo o deputado, ações de sucesso como esta já foram implementadas em outras localidades

gens,entre elas paisagens de praias, dunas, pratos típicos, registros da cultura potiguar e suas manifestações, além dos monumentos históricos da capital do Estado. O texto de apresentação da obra é dos jornalistas, Rubens Lemos Filho, Ana Maria Cascudo Barreto e Sandro Fortunato. O lançamento do livro "Natal - Por Canindé Soares" aconteceu na noite da quarta-feira passada, durante abertura da Convenção Nacional do Comércio Lojista, no Centro de Convenções. CEDIDA

Leonardo Nogueira destacou o êxito da proposta em outros Estados brasileiros

sistema prisional do Rio Grande do Norte. "O programa "Informação em Execução" é um instrumento que permite tornar transparente o funcionamento da Justiça e dar capacidade ao grupo de apenados de entender e de participar do processo de execução. O próprio apenado pode requerer, sem maiores formalidades e diretamente ao Juízo, eventual revisão ou confirmação dos cálculos a ele

apresentados no extrato de consulta", disse o parlamentar mossoroense. Leonardo Nogueira justificou ainda que "é direito de todos, sem distinção de qualquer natureza, o acesso à informação e à justiça. A adoção de ações e programas que efetivem esse direito permite incremento na relação Estado-sociedade". Segundo o deputado, ações de sucesso como esta já foram implementadas em outras localidades, co-

mo é o caso do Distrito Federal, que deu origem ao programa "Justiça em Execução", ganhador do Projeto Innovare 2010. "É importante ressaltar - continuou o deputado que a presente propositura não implicará em grandes custos para o Estado, pois os terminais de consulta a serem instalados nos presídios podem reaproveitar equipamentos em desuso ou desativados de outros setores públicos".

Otimismo marca campanha de Aldo Fernandes e Jonas Filho na OAB CEDIDA

Advogados de todo o Rio Grande do Norte escolhem amanhã a nova diretoria da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Em Mossoró, os profissionais também vão escolher quem administrará a subseccional da Ordem na cidade pelos próximos três anos. Os advogados Aldo Fernandes (Chapa 1) e Aurino Carlos (Chapa 2) disputam a presidência da OAB na capital do Oeste. A Chapa 1, encabeçada pelos advogados Aldo Fernandes (presidente) e Jonas Segundo (vice), chega no dia da eleição fortalecida pelo apoio dos advogados que defendem continuidade na subseccional,presidida atualmente pelo advogado Humberto Fernandes, apoiador da Chapa 1. Com grande parte dos membros da chapa tendo participado das ações realizadas pela OAB em Mossoró nos últimos seis anos, a candidatura de Aldo Fernandes e Jonas Segundo acumulam experiência e juventude. "Nossa chegada a esta campanha aconteceu de forma natural, já que já participávamos do dia a dia da OAB, tanto enquanto vice-presidente como na idealização de projetos interessantes para a cidade de Mossoró", disse o candidato Aldo Fernandes.

O deputado Hermano Morais (PMDB) apresentou requerimento à mesa da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte solicitando o encaminhamento de Voto de Congratulação ao fotógrafo Canindé Soares pelo lançamento do livro "Natal - por Canindé Soares". Com mais de 30 anos de atuação, esse é o segundo livro do fotógrafo Canindé Soares que dedica um olhar especial ao registro das imagens dos principais pontos turísticos e históricos de Natal. O livro reúne 163 ima-

Aldo Fernandes construiu uma candidatura sólida agrupando importantes apoios

A defesa das prerrogativas do advogado é a base das propostas apresentadas na carta-compromisso da Chapa 1. "Nos ú ltimos anos, os advogados de Mossoró e região puderam constatar como a OAB esteve presente, na defesa destes profissionais, em momentos importantes, em que as prerrogativas do advogado estavam ameaçadas. Nossa base é manter esta linha,defendendo a advocacia a todo instante", disse o candidato a

vice-presidente pela Chapa 1, Jonas Segundo. Com apoios importantes em Mossoró e cidades da região, a Chapa 1 chega ao dia da eleição com maiores chances de vitória. O trabalho realizado nos últimos anos contribuiu muito com a boa receptividade dos nomes de Aldo e Jonas Segundo entre os advogados que escolhem amanhã a nova diretoria da Ordem. "Defendemos o nome de Aldo Fernandes porque sa-

bemos que esta equipe tem os melhores projetos para manter a OAB Mossoró forte e seguir avançando nos trabalhos que já foram iniciados na gestão atual. A Chapa 1 une renovação e experiência, agregando os elementos necessários para fazer um grande trabalho à frente da Ordem em Mossoró e aproximando-a, ainda mais, da sociedade mossoroense", defende o advogado e ex-procurador geral do município,Olavo Hamilton.

Hermano citou a trajetória de sucesso do repórter-fotográfico

Câmara realiza seminário sobre expansão do ensino superior A Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados em parceria com a UFRN, IFRN, UFERSA e UERN realiza, no dia 26 de novembro, na unidade do IFRN-Natal (Campus Cidade Alta), às 8h, o seminário "Expansão da Educação Profissional Tecnológica e do Ensino Superior no RN". Seminário é proposição da deputada federal Fátima Bezerra (PT) e vai contar com a presença do secretário de Ensino Superior do MEC, José Amaro Lins e do secretário de Educação Profissional e Tecnológica MEC, Marco Antônio. "É fato que ao longo desses dez anos dos governos Lula e Dilma o RN teve um avanço extraordinário no sentido de ampliar o acesso à educação através do plano de expansão e fortalecimento da educação profissional, onde passamos de duas para de-

zenove unidades do IFRN; e do Reuni (UFRN e UFERSA) que proporcionou ampliação de vagas e oferta de novos cursos com a reabertura e instalação de novos campus. Mas é fato ainda que nós precisamos avançar cada vez mais, por isso é importante fazer esse debate", justifica a deputada Fátima. O seminário terá a participação também da Femurn, parlamentares estaduais, Governo do Estado, professores, alunos, movimentos sociais, sindicatos e demais membros da sociedade civil. "É necessário o envolvimento todos para evitar superposições, duplicidade de esforços e avançar no que diz respeito a ampliar o acesso ao ensino superior e a educação profissional, agora com foco voltado principalmente para presença no interior do Estado", finaliza a parlamentar. WILSON MORENO

Fátima Bezerra é integrante da Comissão de Educação


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Política Ministros do STF criticam sistema prisional em sessão do mensalão

M

inistros do Supremo Tribunal Federal (STF) se revezaram em críticas ao sistema prisional brasileiro durante a sessão desta quarta (14) de julgamento do mensalão. As falas dos ministros começaram com uma manifestação de Dias Toffoli e foram motivadas pela declaração desta terça (13) do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que disse a empresários em São Paulo que "preferia morrer" a ficar numa prisão brasileira. Nesta quarta, Cardozo justificou a declaração dizendo que "não se pode esconder o sol com a peneira". Ao iniciar a fala, Toffoli destacou que todos os jornais repercutiram nesta quarta a declaração de José Eduardo Cardozo e defendeu que os réus do processo do mensalão sejam punidos com multas maiores e penas menores. Ele destacou que a medida é mais efetiva e tem valor "pedagógico" do que as prisões. "A filosofia da punição daquele que comete um delito está em debate na sociedade contemporânea há muito tempo. Esse pa-

râmetro do julgamento em 2012 não é o parâmetro da época de Torquemada, da época da condenação fácil à fogueira. Eu fico pensando - temos aqui pessoas que desde 2006 nao têm condição de sair às ruas. Tivemos ministros agredidos, advogados agredidos", afirmou Toffoli. A intervenção de Toffoli ocorreu durante a discussão da pena de lavagem de dinheiro para o ex-vicepresidente do Banco Rural José Roberto Salgado. O relator, ministro Joaquim Barbosa, havia proposto prisão de 5 anos e 10 meses e multa de R$ 431,6 mil (166 dias-multa). O revisor, Ricardo Lewandowski, sugeriu pena de 4 anos e 8 meses e multa de R$ 36,4 mil (14 diasmulta). Toffoli, então, votou pela pena proposta por Lewandowski e pela multa sugerida por Barbosa. "Aquele que comete um desvio com intuito financeiro – e aqui o intuito final era financeiro, não era violência, não era atentar contra a democracia e contra o estado democrático de direito porque eles são muito mais sólidos do que isso. O intuito era o vil metal. Que se pague, então,

com o vil metal", defendeu Toffoli. Para o ministro, o Judiciário tem aplicado "muito pouco" as penas disciplinares. "Já ouvi leituras dizendo que o pedagógico é colocar na cadeia. O pedagógico é recuperar os valores desviados. Muitas vezes, no cálculo do custobenefício, vale a pena passar algum tempo na cadeia pelo custo-benefício", declarou. ‘INFERNO NOS PRESÍDIOS’ O ministro Gilmar Mendes falou na sequência e disse que o Judiciário precisa agir para acabar com a superlotação de presídios. "Temos um inferno nos presídios. Temos 70 mil presos, pelo menos, em delegacias. São presos ilegalmente. Aí [dizem que] não há recursos para fazer presídios. [...] Tínhamos casos de presos no Pará que estavam passando fome. É preciso, realmente, que o governo participe desse debate sobre segurança porque tem os recursos e tem a missão de coordenar. Isso [construção de presídios] nunca foi prioridade e por isso temos esse estado de caos", disse.


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Opinião Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa receberá mais R$ 600 milhões REPRODUÇÃO

Canindé Queiroz

Luís Juetê luisjuete@hotmail.com

O

governo federal investirá mais R$ 600 milhões no Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa . O programa, lançado pela presidenta Dilma Rousseff na semana passada, terá um reajuste, fazendo com que sejam aplicados R$ 3,3 bilhões em dois anos.O aumento no investimento foi anunciado pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante,em audiência na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados,realizada nesta terça-feira, 13. A meta do programa é alfabetizar crianças com até 8 anos, ao final do terceiro ano do ensino fundamental. Na segunda-feira, 12, a presidenta Dilma Rousseff havia anunciado no programa de rádio Café com a Presidenta, um reajuste de R$ 50 nos valores que serão pagos aos 360 mil professores alfabetizadores, elevando para R$ 200 o valor oferecido aos professores que participarem do curso de formação. A bolsa dos 18 mil professores orientadores foi reajustada em R$ 15 reais e ficará em R$ 765 por mês. Trinta e seis universidades públicas vão pre-

Penso, logo... ELEIÇÃO ACIRRADA NA ORDEM Acontece amanhã a eleição para escolha do novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, subseccional de Mossoró. Os candidatos Aldo Fernandes e Aurino Carlos concorrem ao cargo em uma eleição que tem sido interessante. ELEIÇÃO ACIRRADA NA ORDEM II O aspecto que,para este escrevinhador pode ser visto como o mais interessante é a idade dos postulantes. Os dois candidatos têm menos de 40 anos de idade e isso representa uma tendência que vem se confirmando dentro da Ordem, ou seja, a nova geração está tomando de conta. ELEIÇÃO ACIRRADA NA ORDEM III É fato e ninguém discorda que nesta última semana a coisa tomou proporções quase que agressivas, tamanho o acirramento entre as duas chapas. Dizer que isso é bonito ou correto, seria um grave equívoco, no entanto, há se reconhecer que isso já era esperado, na medida em que muitos interesses norteiam o pleito.

Programa foi lançado pela presidenta Dilma Rousseff

parar cursos de 200 horas para uniformizar procedimentos educacionais em todo o país. Segundo Dilma Rousseff,o programa terá impacto nos índices de desigualdade e exclusão no país.“O Al-

fabetização na Idade Certa vai ajudar toda criança a ter o aprendizado adequado para continuar estudando e, lá na frente,usar todas as oportunidades que encontrar para progredir na vida.”

ORDEM PASSOU POR MUDANÇAS Também temos de reconhecer claramente que houve mudanças das mais significativas na Ordem dos Advogados que anteriormente à atual gestão, necessitava de um maior engajamento nas lutas da sociedade, limitando-se às questões mais internas da entidade, ou como se diz tecnicamente nos meios jurídicos, limitados às questões “interna corporis”. CONTRIBUIÇÕES FORAM DADAS Mas, isso não significa que as gestões antes do presidente Humberto Fernandes sejam merecedoras de críticas. Pelo contrário. Os presidentes anteriores tiveram grande parcela de contribuição com a respeitabilidade da própria Ordem junto aos advogados e sociedade mossoroense. RENOVAÇÃO PERMITIU MUDANÇAS Agora, um fato não pode e nem deve deixar de ser colocado: a renovação a partir de Humberto Fernandes permitiu algumas das mais relevantes mudanças na Ordem dos Advogados do Brasil. Por isso que a renovação, em qualquer que seja a esfera é sempre muito oportuna e, no caso,da OAB gerou importantes avanços. DEBATES MOSTRARAM BOM NÍVEL O bom nível dos candidatos foi mostrado nos debates e discussões em torno da sucessão. Esta GAZETA DO OESTE líder de mercado no interior do Rio Grande do Norte abriu espaço, por meio da seção Nos Jardins da Gazeta. Tanto Aldo Fernandes quanto Aurino Carlos mostraram ao telespectador e ao leitor, o que pensam e pretendem fazer pela OAB. VOTOS DE UMA EXCELENTE ESCOLHA Este escrevinhador provinciano deseja que a comunidade jurídica faça sim a melhor das escolhas, pensando com o máximo rigor no melhor para a Ordem dos Advogados do Brasil; analisando também o máximo rigor as propostas de cada um dos dois postulantes e o que pode ser feito em favor da entidade. Aos candidatos Aldo Fernandes e Aurino Carlos, os nossos parabéns pela campanha, pela forma como se apresentaram ao eleitorado da Ordem. E a grande lição que fica deste pleito é o respeito entre os participantes do processo, afinal todos pertencem a mesma categoria profissional e diante desse fator, nada mais plausível do que, passada a campanha, deixar as eventuais querelas de mão e exatamente de mãos dadas buscar o fortalecimento e o respeito da OAB mossoroense em nossa urbe.

LIGA RECEBE ACELERADOR LINEAR O jornalista Ênio Freire nos encaminha correspondência eletrônica informando que amanhã a Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC) comemora amplamente a chegada do Acelerador Linear,principal equipamento do Serviço de Radioterapia e que foi Doado pelo Governo do Estado. UM EQUIPAMENTO FUNDAMENTAL De acordo com o jornalista, o importante equipamento possui um alto custo financeiro e só estava disponível apenas para os portadores de câncer que realizassem seu tratamento em grandes centros do país. Ênio Freire acrescenta que a Liga de Combate ao Câncer espera ainda a chegada de mais dois equipamentos que foram financiados, são os equipamentos de Radiocirugia e Braqueterapia. LIGA PREPARA COMEMORAÇÃO Em função dessa mais do que relevante conquista, a Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer está organizando uma comitiva que será composta por motos, carro de som, voluntárias da instituição e o próprio equipamento que irá descer a Avenida Presidente Dutra com destino à Catedral de Santa Luzia. LIGA PREPARA COMEMORAÇÃO II O evento terá ainda mais dois objetivos que são:reforçar a campanha Novembro Azul, que tem como principal objetivo alertar os homens sobre os riscos de câncer de próstata e pênis e o segundo objetivo é esclarecer a população mossoroense que a Liga de Estudos e Combate ao Câncer vai necessitar de auxílios adicionais em forma de doação para colocar as máquinas em funcionamento e realizar atendimento gratuito. UNIVERSIDADE RETOMA O PERÍODO A nossa gloriosa Universidade do Estado do Rio Grande do Norte retoma na semana vindoura mais um período letivo. Amanhã, os alunos regulares podem fazer suas matrículas.Na terça-feira será vez dos acadêmicos que estão irregulares. Para este escrevinhador provinciano, tratase de um motivo para alegria, pois reencontrarei meus queridos amigos e amigas de curso, além dos professores que, com tanto carinho nos ensinam a cada dia. SÉRGIO É ACIONADO POR ALDO Em Natal, a Chapa 2 na disputa pela presidência da seccional regional da OAB, representada por seu candidato, o advogado Aldo Medeiros, representou a Chapa 1, encabeçada pelo advogado Sérgio Freire,pela colocação de um outdoor dentro do escritório de advocacia Cavalcanti, Oliveira e Batista, situado na Rua Raimundo Chaves, no bairro Candelária. PROPAGANDA MOTIVOU UMA AÇÃO Na representação, a Chapa 2 requereu a liminar para que fosse imediatamente retirada a propaganda considerada irregular, o que foi deferida pelo presidente da Comissão Eleitoral, José Correia de Azevedo, entendendo em juízo preliminar que o tamanho do “cartaz pode ser considerado assemelhado ao outdoor”, que é proibido pela legislação. CLIMA DE GUERRA NA DISPUTA A Comissão Eleitoral deu um prazo de cinco horas para que a Chapa 1 providenciasse a retirada do outdoor, sob pena de processo ético na OAB. O cartaz foi retirado na sexta-feira passada e a Chapa 1 é acusada abuso de poder econômico, o que deve ser coibido pela Comissão Eleitoral. A tendência é de muita guerra.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Sociais Karenine Fernandes karenine_f@hotmail twitter: @kareninefernand site: www.kareninefernandes.com

Cenas do sim de Carol e Roger FOTOS: CLÁUDIO ROBERTO

Duas mulheres competentes, queridas e respeitadas: Selma Gurgel e Fábia Soares, no sim de Carol e Roger

Tios e testemunhas: Renato Fernandes e Seyssa do amor de Carol e Roger

Elegância tem nome: Socorro Praxedes que arrasou no modelito e charme!

Hertha e Lourdinha Queiroz, duas lindas e queridas nos salões do Garbos Recepções e Eventos

Gilvaneide Gomes Praxedes e Kátia Rejane Oliveira, mães felizes com o amor dos filhos Carol e Roger em noite perfeita

Além do horizonte: Carol e Roger pra sempre vão se amar! Eles que juraram amor eterno em cerimônia linda nos salões do Garbos Recepções e Eventos

Carol e Roger abençoados pelos pais dela: Evandro Praxedes e Gilvaneide; a mãe dele, Kátia Rejane e o avô Nozinho Oliveira

Rafael Maia e Karen Praxedes só atenção e carinho com Carol e Roger em uma noite que só o amor reinou

Carol e Roger recebendo o casal dr. Leonardo Nogueira e Fafá nos salões impecáveis do Garbos

Belo casal de amigos: Nilton Júnior e Danísia Freitas, em nome da educação e elegância, distribuíram finesse na noite C&R


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Opinião Neto Queiroz netoqueiroz@uol.com.br

PARA REFLETIR EDNILTO NEVES

NOTAS GERAIS

Tenho informações que dentro do Partido dos Trabalhadores surge uma forte corrente que defende que está chegando a hora do partido chegar ao poder no RN.

FRACASSO DO FORA ROSALBA O movimento "Fora Rosalba" que um grupo que faz oposição à governadora tentou realizar durante a semana acabou sendo um fiasco do ponto de vista da repercussão. Virou a guerrinha pessoal de alguns e nada mais que isso.

São os defensores de uma candidatura própria e que acham que o momento será esse. Justamente pela falta de um favorito que se apresente para a disputa. E qual nome o PT apresentaria para a disputa? A maioria entende que o maior expoente da sigla é mesmo a deputada Fátima Bezerra, que deveria ser a candidata.

Depois de ter sido eleito como o vereador mais votado da história política de Mossoró, o jovem Alex Moacir tem mostrado uma grande desenvoltura no trato das questões políticas. Boa relação com a imprensa, bom conteúdo em suas falas e entrevistas, boa articulação e manutenção de um contato direto com o povo são suas principais características.

RÁPIDAS

MANDE O MELHOR Uma mãe estava trabalhando quando recebeu um telefonema de casa, avisando-a de que seu bebê estava muito doente. Imediatamente saiu, pegou o carro e parou numa farmácia para comprar algum medicamento para sua criança. Quando voltou para o carro notou que havia travado a porta e que deixara as chaves lá dentro. Estava apressada para chegar em casa, aflita para ver seu bebê, não sabia o que fazer. Telefonou para a babá, contou o que havia acontecido e que não conseguia abrir a porta do carro. A babá lhe disse que a criança estava pior e acrescentou: - A senhora precisa encontrar um pedaço de arame e usálo para abrir a porta. Olhando em volta ela viu no chão um pedaço de arame que alguém provavelmente já usara para o mesmo fim. Pegouo e disse para si mesma: - Eu não sei como usar isto! Sua cabeça pendeu pesadamente e ela pediu a Deus que lhe mandasse ajuda. Em menos de 5 minutos um carro velho e enferrujado encostou e dele desceu um homem muito sujo, barbudo, usando um imundo boné de lã. A mãe pensou: - Ó, Deus, é isso que o Senhor envia para ajudar-me? Mas estava tão desesperada, que até sentiu-se grata. O homem veio ao seu encontro e perguntou se podia ajudar. Disse ela: - Sim, meu bebê está muito doente, eu parei o carro aqui para comprar remédios e bati a porta do carro, deixando as chaves lá dentro. Eu preciso socorrer meu bebê! Preciso ir para casa! Por favor, o senhor sabe como usar este arame para abrir o carro? Disse ele: - claro que sim, dirigindo-se para o veículo. Em poucos segundos a porta estava aberta. Ela abraçou o homem e em lágrimas lhe disse: - Muito obrigada! O senhor é um homem muito bom! Ele retrucou: - Senhora, eu não sou um homem bom, saí da cadeia há menos de uma hora: eu estava preso por roubo de carros. Ela sentiu seu coração vibrar de gratidão, abraçou o homem novamente e, chorando mais ainda, ergueu a cabeça para o céu e gritou bem alto: - OBRIGADA, DEUS, POR ME MANDAR O QUE O SENHOR TINHA DE MELHOR.

PLUGADO

FALTOU LEGITIMIDADE A pergunta que se faz era qual o real interesse de quem conduziu o movimento. Era uma real e justificada preocupação com o povo potiguar? Preocupação com o nosso Estado? Os organizadores não tinham esse perfil de elevado espírito público. A COMUNICAÇÃO COM O POVÃO Contudo, mesmo com a baixa repercussão, não se pode deixar de refletir sobre a avaliação que o povo faz do Governo e a necessidade de mudanças. O governo não está bem avaliado e tem que trabalhar para reverter o quadro.

Fátima poderia surgir como nome novo, pronto para uma oportunidade que parece não ter existido nas últimas eleições.

PÚBLICOS DISTINTOS Até mesmo porque uma coisa são as redes sociais e seu público restrito, poder aquisitivo maior e grau de instrução mais elevado. Contudo, fora desse mundo, existe a grande massa, famílias que não têm acesso à Internet, mas que têm informações suficientes para avaliar o Governo.

O problema é que Fátima sonha com a candidatura ao Senado, igualmente sem um adversário favorito, que segundo sua avaliação se constitui sua grande vantagem.

COMUNICAR COM EFICIÊNCIA É nessa capacidade de informar melhor e se comunicar com eficiência com a grande massa que o Governo do Estado precisa se preocupar mais. Ignorar a desaprovação atual é contrariar os fatos.

A mesma fonte petista que me informou sobre o surgimento do nome próprio, entende que o PMDB seria o aliado ideal para a construção de uma vitória.

NOVAS METAS Responder ao twitaço com informações positivas rendeu o resultado esperado e garantiu sucesso diante do movimento opositor. Mas, o grosso mesmo está na comunicação com a massa, circular melhor com a informação, para que obtenha um julgamento mais positivo.

• CEMITÉRIO - De um jeito ou de outro, o Grande Alto de São Manoel deve ganhar em breve um cemitério para atender as demandas do bairro. • PÚBLICO - A construção de um cemitério na região do bairro São Manoel faz parte do plano de governo da prefeita eleita Cláudia Regina. • PRIVADO - Por outro lado acaba de ocorrer o anúncio que um grupo de empresários vai construir também um cemitério privado. Ficará no São Manoel. • ADIANDO - Caso o PMDB adie para março ou abril sua decisão se fica no Governo, adia também a reforma no secretariado de Rosalba. • ESPAÇO - A governadora quer dar mais espaços para o PMDB e só tomará a decisão após ter a certeza que a sigla permanecerá aliada.

Mossoró Empreendimentos entrega módulo ALCIVAN COSTA

Residencial Alto da Bela Vista está em fase de vendas do módulo III, já aprovado pela CEF e pronto para contratação no Minha Casa Minha Vida

A

construtora Mossoró Empreendimentos assinou com a Caixa Econômica Federal os contratos do módulo I do Residencial Alto da Bela Vista, cujas unidades já se encontram finalizadas, sendo entregues aos clientes este ano. O condomínio Alto da Bela Vista,lançado em 2009, está agora em fase de vendas do módulo III, já aprovado pela Caixa e pronto para contratação no Minha Casa Minha Vida. O Bela Vista é o mais moderno lançamento da Mossoró Empreendimentos no mercado, e se encontra 100% aprovado pela Caixa Econômica Federal (CEF), o que possibilita a comercialização imediata das unidades pelo Programa Minha Casa Minha Vida.Serão 192 casas entregues em 3 módulos, numa área de 38.000 m2. As unidades têm duas ou três vagas de garagem,dois quartos,um

ou dois banheiros e suíte. As áreas da unidade variam entre 72 m2 e 75 m2, com possibilidade de expansão para um terceiro quarto ou suíte. O módulo II também se encontra completamente comercializado e está na fase de contratação com a Caixa Econômica Federal. "A partir desse momento estamos iniciando a comercialização do módulo III do Alto da Bela Vista.São 40 unidades que estamos colocando à venda no mercado, todas com a garantia de entrega do Programa Minha Casa Minha Vida", afirma o gerente-geral da Imobiliária Ydeia, Dagley Weyber, responsável pela comercialização do empreendimento. Ainda segundo Dagley, o ato da assinatura desses contratos marca um momento importante da Mossoró Empreendimentos no mercado. "Esse evento confirma mais uma vez o compromisso da empresa com os nossos clientes, sempre primando pela qualidade em cada detalhe das obras que construímos", revela. O Alto da Bela Vista foi lançado em outubro de 2009, com pré-aprovação da CEF e autorização da mesma para comercialização dentro do Programa Minha Casa Minha Vida. O sucesso de vendas ocorreu imediatamente após o lançamento das etapas I e II, e parte desse sucesso é atribuída à localização do em-

preendimento e a qualidade das casas, um dos melhores projetos dentre os condomínios de casas lançados em Mossoró e, ainda, contando com os benefícios do Programa Minha Casa Minha Vida. Outra vantagem já obtida entre os clientes que adquiriram unidades no Alto da Bela Vista, nos módulos I e II, é a valorização. Quem compra um imóvel na planta normalmente aufere um grande benefício na valorização do imóvel. "A aquisição do III módulo na atual fase pode representar um ganho de mais de 15% até a entrega, pois as unidades estão sendo comercializadas entre R$ 120.000,00 e R$ 130.000,00 quando o preço de um imóvel pronto na região é superior a R$ 145.000,00",afirma o senhor Dagley Weyber. Ele também nos lembra que com as novas regras do Minha Casa Minha Vida os clientes estão contratando com parcelas até R$ 120,00 mais baixas que há um mês atrás e até R$ 200,00 mais baixas que há época do lançamento em 2009. "Valeu a pena esperar pela aprovação definitiva da Caixa. Esta redução de taxas e aumento nos subsídios teve um impacto muito positivo de redução das parcelas na contratação com Caixa de todos os clientes antigos e também terá para os novos clientes que adquirirem as unidades do III

Clientes veem a compra da casa como presente de Natal

módulo. Estamos muito felizes por esta realização e por todos os benefícios para os nossos clientes", comemora o senhor Dagley. O sonho da maioria dos brasileiros continua sendo ter uma casa própria. Para os clientes que apostaram na imobiliária Mossoró Empreendimentos esse sonho se tornou real. O advogado Luiz Carlos confessa que está muito satisfeito em adquirir sua primeira casa própria. Ele conta que já vinha planejando comprar uma e se livrar do pagamento do aluguel. "O local é bonito e tem um bom custo-benefício. Estou muito satisfeito com a minha aquisição. O que me deixa mais feliz é saber que o condomínio é de casas, pois assim a gente tem

mais privacidade e espaço pra lazer", comenta. Para Clarissa Batista, a chegada da casa própria nesse período de fim de ano é praticamente um presente de Papai Noel. Ela conta que sempre morou de casa alugada e agora sabe qual a sensação de possuir uma casa própria. "Espero já fazer a ceia natalina e o réveillon no novo endereço.Conseguir a casa própria é a realização de um sonho meu e da minha família", relata. O casal Antônio Carlos e Dayanne Nayara foi um dos primeiros a assinar os papéis e fechar contrato com a Mossoró Empreendimentos. Assim como os demais, Antônio Carlos se diz muito contente com a realização do sonho da casa própria. "Essa é

ALCIVAN COSTA

Luiz Carlos revela que está muito satisfeito com a compra da casa

a minha primeira casa própria, enfim vou sair do aluguel e morar na minha própria casa". O segundo módulo será entregue no primeiro semestre de 2013, junto com algumas unidades do III módulo.Este será totalmente entregue entre maio e setembro de 2013. SOBRE A EMPRESA A Mossoró Empreendimentos iniciou as suas atividades em Mossoró em junho de 2008.O primeiro empreendimento da empresa foi o Condomínio Ecoresidencial Gênesis, que recebeu financiamento da Caixa Econômica Federal (CEF), pelo Programa Minha Casa Minha Vida, e se encontra completamente entregue.


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Esporte

Em festa de campeão, Flu recebe Cruzeiro REPRODUÇÃO

Tricolor vai receber a taça de campeão e torcida prepara grande festa para os jogadores

festa já está toda pronta, com mosaico, entrega de taça, medalha, volta olímpica e Engenhão lotado. Mas entre toda a comemoração do título antecipado do Fluminense, há um Cruzeiro que não vai viajar para o Rio de Janeiro apenas a passeio. Assim, as duas equipes se enfrentam em busca da vitória, hoje, às 17h (horário de Brasília), pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. No lado tricolor, o jogo é visto com importância pelos jogadores. Afinal, há o desejo por quebrar o recorde do São Paulo de 2006 e obter a maior pontuação do Brasileirão em pontos corridos desde que passou a ser disputado com 20 clubes. Para isso, precisa apenas de uma simples vitória. A torcida esgotou to-

A

Deco está confirmado no Flu, depois de se recuperar de estiramento na coxa

dos os 35.770 ingressos em menos de seis horas, na quinta-feira. Tudo isso para ver a entrega da taça do campeonato, das meda-

lhas e da volta olímpica, que será feita após a partida. Os tricolores ainda planejam um belo mosaico, com desenho ainda indefinido.

Para esta partida, a equipe terá quatro desfalques: o atacante Wellington Nem sofreu uma luxação no cotovelo esquerdo

e foi vetado. O lateral esquerdo Carlinhos está suspenso e não poderá jogar. Além deles, o zagueiro Anderson e o apoiador Wágner seguem no departamento médico. Por causa disso,o time titular contará com duas novidades: Deco se recuperou de um estiramento na coxa direita e volta na vaga de Nem após dois jogos fora. O substituto do suspenso Carlinhos será Carleto. Serão as duas únicas mudanças no time titular do Flu. Ainda desejando alcançar uma vaga na próxima Copa Sul-Americana, o Cruzeiro vai ao Rio de Janeiro para estragar a festa do Fluminense. Durante a semana, Roth esboçou o time titular com três volantes e Souza na armação das jogadas. Mais à frente, o argentino Montillo pode formar a dupla de ataque com Anselmo Ramon. Muitas vezes no banco, ou até fora da relação de jogadores, o meia Souza pode começar a partida entre os titulares. Após ligeiros desentendimentos com o técnico Celso Roth, o jogador esqueceu a polêmica e é opção no meio para articular as jogadas. "A movimentação foi boa com o Montillo caindo rápido pelos lados. Também temos o Élber,

que pode jogar no meu lugar, mas estou torcendo para que o Celso opte por mim no meio campo", afirmou o jogador. Além da volta de Montillo,o Cruzeiro ganha,também, o retorno de Ceará e Charles. Os dois, contudo, devem começar a partida no banco de reservas. Para o time principal, foram testados Diego Renan, na lateral direita, e Marcelo Oliveira, como volante. O goleiro Fábio foi vetado pelo departamento médico do Cruzeiro para a partida deste domingo,contra o Fluminense. No treino realizado nesta sexta-feira, na Toca da Raposa II, o camisa 1 sentiu dores na panturrilha direita. Os médicos da Raposa não informaram a gravidade da lesão nem o período de recuperação. FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Leandro Euzébio e Thiago Carleto; Edinho, Jean, Deco e Thiago Neves; Rafael Sobis e Fred Técnico: Abel Braga CRUZEIRO: Fábio; Diego Renan, Leandro Guerreiro, Thiago Carvalho e Everton; Willian Magrão, Marcelo Oliveira, Tinga e Souza; Montillo e Anselmo Ramon. Técnico: Celso Roth.

Na estreia de Ganso,São Paulo encara o Náutico de olho na Copa Libertadores

LUIZ PIRES/VIPCOMM

Estádio cheio para a estreia de Ganso,além da busca pela classificação a Libertadores. Esses são os ingredientes do São Paulo para encarar o Náutico, hoje, às 17h (horário de Brasília), no Morumbi pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a presença do camisa 8, caso o tricolor vença o Timbu e o Botafogo ao menos empate contra o Sport, na Ilha do Retiro, a vaga na competição continental estará assegurada. O São Paulo ocupa a quarta posição,com 59 pontos,enquanto os pernambucanos aparecem na 13ª colocação,com 45 pontos conquistados. Para estragar a festa são-paulina, o técnico do Náutico Alexandre Gallo vai escalar a equipe em um esquema mais cauteloso. Além da estreia do meiocampista, o treinador poderá contar com a equipe que acredita ser a ideal.O volante Wellington retorna de suspensão,enquanto Paulo Miranda volta após entorse no joelho esquerdo.Como o lateral direito Douglas, que atuou nas últimas quatro partidas como titular está suspenso, o camisa 13 ocupará a posição. No ataque, o quarteto formado por Jad-

Ganso fica no banco esperando chance de estrear no São Paulo

son, Luis Fabiano, Osvaldo e Lucas está confirmado. O meia argentino Cañete, que foi relacionado para o jogo diante do Grêmio, não irá para o jogo deste domingo. Ney Franco disse que não pretende levar dois jogadores (o meia e Ganso) sem ritmo de jogo para a partida. O volante Fabrício segue fazendo trabalhos para estar à disposição. SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Wellington, Lucas, Jadson e Osvaldo; Luis Fabiano. Técnico: Ney Franco. NÁUTICO:Felipe;Patric, Jean Rolt, Alemão e Douglas Santos;Josa,Martinez (Helder) e Souza; Rhayner, Rogério e Kieza. Técnico: Alexandre Gallo.


Gazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Esporte Palmeiras faz o 'jogo da vida' contra o Cantinho da recordação Fla para não ser rebaixado no Brasileirão Olismar Lima

ALCIVAN COSTA

om uma lista grande de desfalque e precisando apenas da vitória para continuar sonhando com a permanência no Brasileirão, o Palmeiras visita o Flamengo neste domingo, às 17h (horário de Brasília) em Volta Redonda, pela 36ª rodada da competição.Se perder ou empatar,dependendo dos resultados dos rivais,o Verdão pode ser rebaixado para a Série B. Sem poder contar com Henrique,com uma lesão na costela,e Wesley,como uma lesão muscular na coxa esquerda,Gilson Kleina pode promover o retorno do meia Mazinho ao time.Outra dúvida é a lateral direita, que pode ter Artur como titular. Marcos Assunção também pode ser vetado para o duelo. No treino de sexta-feira, o volante foi poupado por causa de dores no joelho direito e só deve ser confirmado para jogos minutos antes de a bola rolar no Estádio Raulino de Oliveira. João Denoni (luxação acrômio clavicular direita) e Luan (suspenso pelo terceiro cartão amarelo) são outros desfalques certos. Thiago Heleno, Leandro Amaro e Betinho ainda se recuperam e ainda são dúvidas, assim como o meia Patrick Vieira, que sentiu uma entorse no tornozelo esquerdo contra o Fluminense. Caso o camisa 39 não jogue, Tiago Real pode aparecer entre os 11. O Flamengo tem apenas uma mudança em relação ao time que venceu o Náutico por 1 a 0, no sábado da semana passada, nos

C

TIQUINHO

Tiquinho - craque que atuou pelo Baraúnas no Estadual de 1977

Marcos Assunção só saberá se joga pelo Palmeiras minutos antes da partida

Aflitos. Na lateral esquerda, Ramon retorna de suspensão e volta à equipe titular, no lugar de Felipe Dias, que havia feito sua primeira partida como profissional. No ataque, Hernane continua formando dupla de ataque com Vagner Love, já que Liedson ainda não se recuperou de lesão. Com uma situação tranquila no Brasileirão, o técnico do rubro-negro, Dorival Júnior, sabe da importância do jogo para o Palmeiras, e aproveitou para comentar a situação do rival. Segundo o treinador, o Flamengo irá com tudo para o jogo, mesmo sabendo que pode decretar a queda do time paulista. "Vamos aguardar. É um fato que é importante de ressaltar,não é o Flamengo que

está derrubando o Palmeiras,é uma campanha,são 35 jogos já realizados, eles têm condições de sair, depende dos resultados. Fizeram um bom jogo contra o Fluminense e o Flamengo não tem nenhum motivo para relaxar. Queremos terminar o ano bem melhor do que estávamos há algumas rodadas",comentou o treinador. FLAMENGO: Paulo Victor; Wellington Silva, Renato Santos, González e Ramon; Amaral, Renato, Ibson e Cleber Santana; Hernane e Vagner Love Técnico: Dorival Júnior. PALMEIRAS: Bruno; Artur, Maurício Ramos, Román, Juninho, Márcio Araújo, Correa, Mazinho,

Patrick Vieira (Tiago Real); Maikon Leite e Barcos. Técnico: Gilson Kleina.

"É um fato que é importante de ressaltar, não é o Flamengo que está derrubando o Palmeiras, é uma campanha, são 35 jogos já realizados" Dorival, técnico do Fla

Eudes renova seu mandato neste domingo O Baraúnas tem um domingo importante, dentro da esfera administrativa do clube.Hoje de manhã na Toca do Leão, será realizada mais uma eleição para definir o presidente da agremiação pelos próximos dois anos. Na verdade, o pleito será uma aclamação, como tem acontecido nas recentes edições. Eudes Fernandes, atual presidente, encabeça uma chapa única de consen-

REPRODUÇÃO

so e por isso não deve ter problemas para permanecer à frente do tricolor. Eudes Fernandes exerce a função de presidente do Baraúnas há pouco mais de um ano, quando aceitou assumir um mandato tampão, depois que o então mandatário João Dehon da Rocha pediu afastamento do cargo, a fim de cuidar com mais dedicação de assuntos familiares. Assim, Eudes aceitou o

desafio e teve uma administração considerada satisfatória, frente ao que a equipe conquistou dentro de campo na temporada 2012. Como presidente do Baraúnas, Eudes encaminhou o time para a terceira colocação do Campeonato Estadual, o que deu o direito de representar o Rio Grande do Norte na Série D do Brasileiro este ano. No torneio nacional

veio o maior feito, quando a equipe também ficou em terceiro entre os 40 participantes de todo o Brasil e desta forma conseguiu o inédito acesso para a terceira divisão do futebol brasileiro em 2013. Agora, novos desafios esperam o presidente, que terá a missão de administrar o clube novamente no Campeonato Estadual e na Série C do Campeonato Brasileiro.

Um novo craque recebe o nosso registro, na sequência da pesquisa do Cantinho da Recordação. Desta feita, o focalizado é o valoroso atacante Tiquinho, que defendeu com galhardia as cores do Baraúnas na temporada de 1977. Após receber o convite da então Federação Norterio-grandense de Desportos (FND), atual FBF, o Leão do Oeste realizou uma excelente campanha no ano de 1976, o que motivou a sua cúpula diretiva a reforçar cada vez mais o elenco, com vista a temporada do ano seguinte. A princípio,efetuou o retorno de Renê Dantas, técnico detentor de vários títulos conquistados, tanto pelo Potiguar, como pelo Baraúnas, ao longo da sua carreira como atleta e treinador dos referidos clubes. Constituída a comissão técnica, foi a vez de se partir para a contratação de excelentes atletas, que assinaram seus vínculos contratuais com o 'Mais Querido', reforçando, desta maneira, o plantel tricolor. Dentro os novos ídolos, a presença de Tiquinho, atacante estilo rompedor, que tão logo desembarcou na Toca do Leão, conquistou a confiança da imensa nação tricolorida. A sua estreia, vestindo o manto sagrado baraunense, aconteceu no dia 13 de fevereiro do ano anteriormente citado, por ocasião da disputa do clássico Potiba,válido pela Taça Cidade

do Natal, cujo placar final apontou a vitória do potiguar pelo escore de dois tentos a um. Conheça a súmula do espetáculo. Potiguar: Marcelino; Vildomar, Jotabê, Nivaldo Dantas e Eldo; Zé Raimundo (Batista) e Ananias; Ribeiro, Carlinhos, Romildo e Leal. Baraúnas: Itamar; Luizinho (Assis), Tito, Roobson e Hélio; Edmundo e Quinho (Jeová); Tiquinho, Eurico, Abel e Pinto. Os gols do clássico foram assinalados através de Rineiro e Ananias, para o alvirrubro, cabendo a Tiquinho descontar para o tricolor. Árbitro do jogo: Anecildo Batista. Renda: Cr$ 34.051,00 (cruzeiros). O Baraúnas,por ocasião da disputa do Campeonato Estadual da referida temporada, contou com a seguinte formação base: Paulinho; Ademir, Tito, Nivaldo Dantas e Assis; Edmundo, Zé Carlos e Cláudio; Tiquinho, Pinto e Abel. Atuaram também pelo Leão do Oeste,naquele ano, os atletas:Itamar,Tiziu,De Assis, Hélio Bretas, Newton, Robson, Téia, Castelo,Deinha,Eurico,Quinho, Brito, Sa Silva, Joel e Niel. Concluída a sua participação pelo Baraúnas,o nosso focalizado retornou a sua cidade de origem,deixando uma enorme lacuna nas hostes do 'Mais Querido'. Esta, a nossa homenagem a Tiquinho, que será para sempre lembrado no Cantinho da Recordação.


10 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Gerais

Duração das penas impõe regime fechado Penas de prisão de três ex-dirigentes do Banco Rural superam oito anos; multas chegam a R$ 3,1 milhões

O

Supremo Tribunal Federal (STF) concluiu nesta quartafeira (14) a definição das penas para os três ex-dirigentes do Banco Rural que integram o chamado núcleo financeiro do esquema do mensalão. Eles foram condenados pela concessão de empréstimos fraudulentos para o PT e para agências de publicidade de Marcos Valério. O Supremo entendeu que o dinheiro foi utilizado para a compra de apoio político no Congresso durante os primeiros anos do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Como as penas atribuídas aos três são superiores a oito anos, parte da punição terá de ser cumprida em

regime fechado, conforme determina o Código Penal. Os ministros anunciaram, porém, que as punições fixadas até agora serão ajustadas, posteriormente, conforme o papel de cada um no esquema. A ex-presidente e atual acionista do Rural Kátia Rabello foi condenada a 16 anos e 8 meses de prisão, além de multa de R$ 1,5 milhão. O ex-vice-presidente José Roberto Salgado teve a mesma pena de prisão e multa de R$ 1 milhão. O também ex-vice Vinícius Samarane foi condenado a 8 anos e 9 meses de reclusão e multa de R$ 598 mil. A defesa de Salgado informou que considerou "excessiva" a pena e afirmou que irá recorrer da decisão. Em nota,o advogado de Samarane chamou a pena de "desproporcional" e afirmou que "não foi adequadamente individualizada". Se pudessem ser somadas, as penas dos três chegariam a 42 anos e um mês de prisão. As multas somadas representam R$ 3,1 milhões em valores que ainda serão corrigidos (se referem a quantias de 2003 e 2004 e serão corrigidas para valo-

res atuais). Foi a última sessão de julgamento do processo do mensalão sob o comando de Ayres Britto, que se aposenta compulsoriamente ao completar 70 anos no próximo domingo (18).Ele informou que ainda vai trabalhar como presidente do tribunal na sexta (16), em seu gabinete. SESSÃO CANCELADA Durante a sessão desta quarta, Ayres Britto foi homenageado pela corte. Ao final do julgamento, ele foi cumprimentado por advogados, jornalistas e funcionários do tribunal que estavam no plenário. Amanhã (19), Joaquim Barbosa assume interinamente como presidente da corte, mas toma posse em definitivo no dia 22. A sessão de julgamento do mensalão de segundafeira foi cancelada,a pedido de ministros da corte,em razão do feriado. MANDATOS O relator do processo, ministro Joaquim Barbosa, tentou colocar em votação a possível perda dos mandatos parlamentares dos três deputados federais condenados na ação penal: Pedro

Henry (PP-MT), Valdemar Costa Neto (PR-SP) e João Paulo Cunha (PT-SP). O magistrado pediu que fosse votado o tema para que o presidente do STF participasse, contudo, a maioria dos ministros não concordou em discutir o assunto nesta quarta. Surpreendido com a proposta de Barbosa, o revisor da ação penal, ministro Ricardo Lewandowski, criticou o colega de tribunal."Isso seria,novamente,atropelar o rito. Essa questão não se coloca. Não é possível". Barbosa,então,rebateu: "Mais cedo ou mais tarde, teremos de enfrentar." Lewandowski respondeu ao relator que,então,deveria ser "mais tarde". "Quando formos concluir o núcleo. Sua excelência (Britto) é um democrata.Ele não aceita. [...]", enfatizou. Mesmo diante das tentativas de Britto de encerrar a discussão, Barbosa ressaltou ao revisor que a ordem de condução dos trabalhos é estabelecida pelo relator do processo. "A ordem é a desordem. A ordem é o caos",disparou Lewandowski. Contrariado, Barbosa acusou o revisor de demorar para apresentar seus vo-

REPRODUÇÃO

Penas já foram definidas pelos ministros do STF

tos de definição das penas dos réus condenados. "Eu trago meu voto em três minutos. O senhor leva uma hora", reclamou. "Tenho certeza que o presidente, em sua despedida, manterá aquilo que está combinado", respondeu o revisor. Britto, então, deu prosseguimento ao julgamento do processo sem colocar em votação o impasse sobre os mandatos parlamentares. No final da sessão, o presidente da Suprema Corte relatou a jornalistas que havia trazido planilhas ao plenário com as suas propostas de pena para todos os réus condenados, incluindo os que ainda não ti-

veram suas punições definidas pelos magistrados. A intenção do chefe do Judiciário era apresentar, a exemplo do que havia feito o ex-ministro Cezar Peluso em sua última participação no tribunal, sua versão da dosimetria das penas dos acusados. Segundo Britto, ele optou por não proferir seu voto sobre os 15 condenados que ainda não tiveram suas punições definidas porque cinco colegas da corte (Cármen Lúcia, Celso de Mello, Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello e Ricardo Lewandowski) haviam manifestado que teriam de deixar a sessão mais cedo.


Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Mossoró

Editora: Daniele Silveira mossorogazetadooeste@gmail.com

ESPECIAL

SANTA LUZIA

Amigos apostam para 6e7 perder peso

Abraço à Cidade 2012 será realizado em dois dias

10

Plantas e flores exigem cuidado especial ALCIVAN COSTA

ALCIVAN COSTA

Cada planta tem suas características e modo de conservação; algumas se adaptam melhor ao frio e outras ao calor

A

ornamentação de espaços com plantas e flores é algo comum, no entanto escolher a planta ideal e conhecer as peculiaridades e cuidados que se devem ter com ela são pontos que nem todas as pessoas dominam. Segundo Afonso Frazão, coordenador do I Festival das Flores de Holambra em Mossoró,cada planta tem suas características e modo de conservação. Ele explica que algumas plantas e flores se adaptam melhor ao frio e outras ao calor, mas se o dono da planta tiver o cuidado necessário o vegetal não morrerá com facilidade. "A duração das plantas e flores depende muito da forma que ela é tratada. Tem planta que precisa ser regada várias vezes, outras apenas uma por semana. Tem flor que precisa da luz direta do sol e outras não. É preciso ter cuidado e saber das necessidades de cada planta para que ela fique bonita e dure muito tempo", comenta. O coordenador do Festival avisa que as plantas e flores que estão sendo ven-

Liana Guerra, servidora pública, conta que o fato de cuidar de plantas e flores lhe serve como terapia ALCIVAN COSTA

Plantas de diversos tipos são vendidas no I Festival das Flores de Holambra

didas no local variam de R$ 2,00 a R$ 700,00. Ele ainda conta que todas as pessoas que compram lá recebem informações e orientações detalhadas para o bom tratamento da planta que acabou de adquirir. "A gente repassa tudo ao consumidor. Eles veem a planta bonita aqui na exposição e quando chegam em casa querem que ela permaneça do mesmo jeito. Isso é totalmente possível, mas é preciso ter dedicação e cuidado, pois se não tratar a planta bem ela vai murchar e morrer. A duração depende do manejo, se cuidar ela passa dos cinco anos de vida, mas se não cuidar ela

não dura nem cinco meses", relata. Entre as diversas plantas expostas no Festival, Afonso Frazão revela que as tulipas e as bromélias são difíceis de se adaptar a essa região,já as roseiras se adaptam facilmente ao clima quente. Para decorar ambientes, fazer um jardim ou enfeitar um quintal muitas pessoas utilizam plantas, flores, rosas e bonsais, pois elas acreditam que a presença do verde deixa o ambiente mais agradável e com mais vida. A servidora pública Liana Guerra conta que tem em casa um jardim, onde cultiva várias plantas e flores.Ela

revela que, além de deixar o ambiente mais bonito,o manejo e cuidado com as plantas lhe servem de terapia. "Quando estou nervosa ou estressada com alguma coisa vou cuidar das minhas plantas e fico bem mais tranquila.O ambiente com plantas é mais agradável e mais bonito.Quando sai uma flor da planta que a gente cuida a alegria é enorme,é melhor do que ganhar dinheiro", brinca a servidora pública que é amante da ornamentação com plantas e flores. O I Festival das Flores de Holambra seguem até o dia 25 deste mês, das 9h às 21h, na Praça de Eventos, Avenida Rio Branco.

Afonso Frazão, coordenador do Festival, explica que cada planta necessita de cuidados específicos


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Mossoró Semeando rosas do deserto: sucesso no processo de incubação EDUARDO MENDONÇA

PASSOS JÚNIOR Especial para Gazeta

Quem poderia imaginar que uma cidade com a temperatura acima de 37° graus na maior parte do ano pudesse produzir flores. O clima quente e o sol forte da região semiárida, responsável por deixar a caatinga cinzenta na maior parte do ano, contribui para florescer rosas, rosas do deserto. O despertar para a produção de plantas exóticas ornamentais em Mossoró partiu de dois estudantes de agronomia, Rafael Almeida e Rafael Fonte Boa, que em 2010, antes mesmo de concluírem o curso, viram no cultivo de plantas a oportunidade para montar o próprio negócio. O diferencial dos jovens empreendedores estava no tipo de planta, no caso, a rosa do deserto,uma espécie exótica pouco conhecida na região é com excelente adaptação ao clima semiárido. Além de uma boa ideia,os estudantes traziam na bagagem o conhecimento técnico adquirido no curso de Agronomia da Universidade Federal Rural do Semiárido. O apoio para a consolidação do empreendimento veio por meio da Incubadora do Agronegócio de Mossoró, a Iagram/Ufersa, que acreditou no potencial dos estudantes ao oferecer as condições necessárias para a

criação da Vivenda's Mudas e Plantas Ornamentais. Em menos de dois anos incubados,muita coisa mudou,mudou para melhor,com o crescimento e a expansão da atividade.Há quase seis meses, a Vivenda's se transformou na Top Plant Ornamental e Florestal e passou a ocupar um viveiro de 2.500m², nas dependências da Agrícola Famosa, na divisa entre Mossoró e Tibau. Com infraestrutura adequada, pessoal e capital, a Top Plant Ornamental e Florestal se prepara para conquistar o mercado de produção de flores exóticas. Além da rosa do deserto são produzidas outras plantas como a plumeria,limina,clusia variagata, agave, minicactus e plantas da floresta nativa da região como mulungu, caibreira,angico,pau d'arco roxo,entre outras espécies.Rafael Fonte Boa reconhece que o retorno no ramo de plantas ornamentais é a longo prazo, mas acredita que o investimento será positivo. EXPERIÊNCIA COMO INCUBADO É POSITIVA – Quem reconhece os ganhos com a experiência como incubados são os próprios agrônomos."A Iagram tem sido fundamental. A partir da incubadora, passamos a ver o que até então era como um hobby uma atividade promissora", frisa Ra-

Empresa incubada produz algo em torno de 4.500 mudas

fael Boa Ventura. Ele afirma que a Iagram fez florescer a noção do empreendedorismo. Além das diversas oportunidades de participação em cursos, capacitações e feiras. "A Incubadora da Ufersa deu visibilidade ao nosso produto, até então, desconhecido na região",frisa. Criar oportunidades para que micros e pequenos empreendedores possam consolidar o seu negócio é o principal objetivo de uma incubadora de empresa. No caso da Iagram, a produção de rosas do deserto em Mossoró é um exemplo de que uma boa ideia, o conhecimento e o apoio aos pequenos empreendedores formam o tripé para a conquista do mercado. Para mostra o exemplo dos jovens agrônomos e de outras experiências inovadoras, a Incubadora do Agronegócio de Mossoró, da Ufersa,realiza a partir do dia 28, o III Seminário da Iagram com o tema Inovação e Empreendedorismo no Se-

miárido Potiguar.Aberto ao público, o seminário vai acontecer nos dias 28, 29 e 30 no Auditório do CTARN, no Campus Leste da Ufersa Mossoró. BELEZA E RESISTÊNCIA – A delicadeza e a diversidade das cores saltam aos olhos de qualquer expectador. Apesar da aparência frágil, as rosas do deserto suportam altas temperaturas e necessitam de poucos cuidados para se manter vistosas. "O segredo é manter ao sol e regar a cada dois dias", orienta Rafael Fonte Boa. A planta se adequar tanto no jarro como transplantada no chão.A rosa do deserto também tem sido utilizada para decorar os mais diversos tipos de ambientes. Atualmente, a Top Plant Ornamental e Florestal produz algo em torno de 4.500 mudas,com a maior parte da produção direcionada para as floriculturas de Mossoró e Natal, além da venda direta no viveiro.

OFERTA DE EMPREGO

OFERTA DE EMPREGO

Porcellanati Revestimentos Cerâmicos SA está selecionando para seu quadro de pessoal PORTADOR DE NECESSIDADES ESPECIAIS, para trabalhar nas áreas de Produção, Serviços Gerais e Escritório.

Porcellanati Revestimentos Cerâmicos SA está selecionando para seu quadro de funcional pessoas interessadas em trabalhar nas áreas de: · Controladoria · Financeiro · Auditoria Salário inicial R$ 2.500,00 + Benefícios.

Interessados deverão enviar curriculum para o e-mail: selecao@porcellanati.com.br ou deixar na portaria da empresa.

Os interessados deverão enviar curriculum para o e-mail: selecao@porcellanati.com.br


Gazeta do Oeste 3

Mossor贸, domingo, 18 de novembro de 2012

Mossor贸


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Mossoró Fé & Vida Joscelito Marques joscelitomarques@hotmail.com site: www.jocelitomarques.blogspot.com

Refletindo o evangelho "ESTAI VIGILANTES: JESUS VOLTARÁ" Marcos 13, 24-32 "Passarão o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão. (Mc 13, 31) Jesus, inúmeras vezes, aplica a si mesmo o título de "filho do homem" para indicar sua simples condição humana. Na referência ao filho do homem vindo sobre as nuvens, pode-se ver a alusão à dignificação do humano, assumido na condição divina e na vida eterna pela encarnação de Jesus. Depois da descrição dos abalos cósmicos, que simbolizam a violência característica dos poderes deste mundo, é confirmada a presença do Reino de Deus entre nós, como escatologia já realizada com a chegada do Filho do Homem, Jesus. Em conclusão ao discurso escatológico, temos a parábola da figueira, que é apresentada nos três evangelhos sinóticos, seguindo-se as advertências sobre a necessidade de vigiar e orar. A parábola é articulada a partir de sinais da natureza indicando que assim como pela natureza podese perceber as mudanças de estações do tempo, pela observação dos fatos da vida e da história, pode-se perceber também que o dia e a hora da revelação do Filho do Homem, que é a chegada do Reino de Deus, estão próximos. O Reino está perto assim como o meu próximo está perto de mim. A comunhão e a solidariedade com meu próximo são a entrada no Reino. Tudo acontece a partir do ouvir e praticar as palavras de Jesus que nos revelam a vontade do Pai.

“ ”

A fé sem obras é morta." (Tg 2, 26)

GENTE DE FÉ

O padre Eliseu Wilton de Maria celebrará com as comunidades da Paróquia de São José os seus 25 anos de vida sacerdotal. A missa em Ação de Graças pelo seu Jubileu de Prata acontecerá no adro da Matriz de São José, no bairro Bom Jardim, dia 24 de novembro, às 17h. Ao amigo desejo saúde, perseverança e fidelidade à missão. Que venham mais 25 anos de luta por uma sociedade onde reine a justiça e a paz. Avante, amigo!

VIVER A FÉ Fé não significa que a gente não possa entender. O mistério 'fidei' é inteligível, porém ele não se esgota numa simples explicação ou num simples dogma. Ele sempre se revela novo, aberto aos desafios de hoje em que o ser humano, o cristão é chamado a viver. Estar em Mossoró ou em qualquer parte do mundo e, a partir da sua fé, transformar as realidades de morte em esperança e salvação é a grande proposta do Ano da Fé. Quem se atreve a viver este convite?... VISITA A GROSSOS A partir de hoje, 18, até o próximo domingo, Dom Mariano Manzana visita a Paróquia do Sagrado Coração de Jesus em Grossos. O diácono Heriberto Carneiro, as autoridades municipais e os fiéis católicos de grossos acolherão o nosso bispo, às 18h30, no largo do Ginásio Poliesportivo, na entrada da cidade e de lá caminharão até a igreja Matriz. Após a chegada acontecerá, às 19h, o cerimonial de abertura da Visita Pastoral,seguido da Santa Missa no Centro Catequético Dom Bosco. Que seja uma ótima visita! FESTA Continua com excelente participação popular a festa em honra a Nossa Senhora de Guadalupe,no Conjunto Integração. Os noiteiros de hoje serão os membros do Encontro de Casais com Cristo e o tema a ser refletido será: "Creio na Ressurreição." A festa se encerrará no próximo domingo, às 17h, com procissão e missa solene. Viva Nossa Senhora! SENHORA DOS IMPOSSÍVEIS A comunidade católica de Patu celebra sua 254ª Festa de Nossa Senhora dos Impossíveis. O evento religioso coordenado pelo Reitor do Santuário do Lima, Padre Domingos de Sá,medita o tema:"Ben-

dita aquela que acreditou." Tradicionalmente, romeiros de todo o estado acorrem aquele santo lugar para suplicar bênçãos a Nossa Senhora dos Impossíveis, especialmente em seu dia, 21 de novembro. Por isso, não perca a procissão que será, às 7h, saindo da igreja Matriz de Patu subindo até o Santuário para a missa solene, às 9h. Salve, Maria! INCENDEIA-ME O grupo Divina Luz da Renovação Carismática de Mossoró realizará uma noite de louvor e adoração denominada: "Incendeia-me - 1ª noite jovem. O evento acontecerá na quarta-feira, 21 de novembro, às 19h, no Santuário de Santa Clara. Muito do bom! VESTIBULAR Os interessados em prestar vestibular para ingresso na Faculdade Diocesana de Mossoró em 2013 poderão se inscrever no período de 26/11 a 07/12, no prédio do Colégio Diocesano Santa Luzia, das 19h às 22h. As provas serão aplicadas no dia 16/12, das 8h às 12h, no Colégio Diocesano. São ofertadas 80 vagas. Mais informações 3318-7648. SANTA LUZIA Vamos resumir as principais atividades da Festa de Santa Luzia 2012: Abraço à cidade-01/12. Romaria da Luz ao Santuário do Lima, em Patu-02/12. Jantar de Santa Luzia-02/12, animado pela Orquestra Harmony. Abertura-03/12 Show com Waldonys. Novenas: 04 a 12/12, a 1ª às 16h, a 2ª às 19h30. Noveninha, às 9h. Oratório de Santa Luzia - 04 a 13/12 no adro da Catedral. Lojinha 13/11 a 13/12. Pedalando com Santa Luzia-08/12. Corrida de Santa Luzia09/12. Motorromaria-12/12. Procissão de Santa Luzia-13/12, às 17h, saindo do Mosteiro de Santa Clara. Viva Santa Luzia!

KERIGMA Nosso leitor Renato Batista, do bairro Bom Jardim, nos pergunta como conseguir a indulgência plenária neste Ano da Fé? Olha, Renato, segundo o Decreto "Urbis et Orbis" as condições para lucrar tal indulgência plenária são as seguintes: a) participar pelo menos em três momentos de pregação durante as Missões, ou em três lições sobre as Atas do Concílio Vaticano II e sobre Artigos do Catecismo da Igreja Católica, em qualquer igreja ou lugar idôneo; b)visitar em forma de peregrinação uma Basílica Papal, uma catacumba cristã, uma Catedral, ou um lugar santo designado pelo ordinário do lugar para o Ano da Fé (por exemplo entre as Basílicas Menores e os Santuários dedicados à Virgem Maria, aos Santos Apóstolos e aos Santos Patronos), participando aí em alguma sagrada celebração ou pelo menos recolhendo-se por algum tempo em meditação, concluindo com a recitação do Pai-Nosso, a Profissão de Fé em qualquer forma legítima, as invocações à Virgem Santa Maria e, segundo os casos, aos Santos Apóstolos e Patronos.

Prefeita institui Plano de Capacitação dos Profissionais da Educação CLÁUDIO ROBERTO

As normas de liberação desses profissionais para a qualificação variam de acordo com o curso para o qual será liberado A prefeita Fafá Rosado instituiu na última segundafeira, 12, durante a cerimônia de entrega do Prêmio Escola de Qualidade,o Projeto de Lei, de n.º 078, que institui o Plano de Capacitação dos Profissionais da Educação (PCPE). Segundo a prefeita,a implantação do Plano representa mais um avanço na área da educação,entre tantas conquistas no setor. “O curso de capacitação permite aos profissionais a oportunidade de se qualificar e, paralelo a isso, recebem apoio financeiro por parte do município”, diz. Conforme o Art. 2º da Lei Complementar, o PCPE tem como objetivo elevar o nível de qualificação dos profissionais da

educação pública municipal, em efetivo exercício de suas funções. Os cursos de capacitação e qualificação considerados são: doutorado e pós-doutorado, mestrado, especialização, aperfeiçoamento, atualização e qualificação.As normas de liberação desses profissionais para a qualificação variam de acordo com o curso para o qual será liberado. Para os cursos de doutorado e pós-doutorado a liberação será total.Neste caso, o profissional receberá uma bolsa-auxílio de capacitação de acordo com o tempo de duração do curso. Quanto ao valor da bolsa, este será definido anualmente.Já a liberação parcial é quando o curso for realizado em Mossoró. Quanto ao tempo de afastamento, também varia de acordo com o curso.Exemplo,mestrado, no máximo dois anos; doutorado, no máximo três anos; pós-doutorado, no máximo um ano. Para os cursos de especialização, aperfeiçoamento, atualização e qualificação, os profissionais não serão liberados. “Entende-

Prefeita Fafá Rosado institui Plano de Capacitação dos Profissionais da Educação garantindo mais avanço no setor educacional

se que para esses casos é possível haver a conciliação do curso com as atividades do profissional”, disse a gerente da Educação Iêda Chaves. Ainda de acordo com a nova Lei ,o Plano deve possibilitar manter 10% dos profissionais no nível de pós-

graduação e 30% em formação continuada e qualificação,observando e respeitando as metas do Plano Municipal de Educação e do Planejamento Estratégico (PME), assim como as reais necessidades de atendimento aos planos de trabalho, programas e políticas edu-

cacionais. Deixando claro que,sua inserção deve resultar na melhoria da qualidade do ensino, aferida por meio de avaliações internas e externas, de forma contínua e sistemática, com a publicidade do desempenho através do Jornal Oficial de Mossoró (JOM).

Quanto aos impactos,define que a qualidade da educação pública deve impactar na melhoria da qualidade de vida das pessoas,contribuindo direta e indiretamente no desempenho das demais atividades inerentes ao processo de desenvolvimento do município e da sociedade.


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Opinião Déjà Vu

Banco de Leite não recebe certificação de qualidade do SUS XXXXXX

O

Banco de Leite Humano de Mossoró não poderá receber do Ministério da Saúde e da Fundação Osvaldo Cruz (FIOCRUZ) a certificação de qualidade de Bancos de Leite Humano do Sistema Único de Saúde (SUS). Por não ser vinculado a nenhuma maternidade municipal ou estadual, o órgão não pode ser contemplado. O programa, lançado pelo Governo Federal, pretende melhorar a assistência às mulheres e aos bebês atendidos na rede pública de saúde. O credenciamento corresponde ao primeiro estágio do programa. A segunda etapa prevê a certificação dos processos realizados em todos os Bancos de Leite Humano da rede brasileira. O objetivo é promover condições que permitam certificar a qualidade dos produtos e serviços sob a responsabilidade dos Bancos de Leite Humano em todo o País. De acordo com Maria Felicidade Batista, coordenadora do Banco de Leite, a certificação não pode ser obtida porque a instituição está vinculada à Casa de Saúde Dix-sept Rosado (CSDR) que é uma entidade filantrópica e não é mantida pelo município ou estado. "Nós temos certificado de qualidade,sempre somos fiscalizados pelos órgãos competentes,nossa bioquímica é muito eficiente, somos credenciados junto ao Ministério da Saúde e a Fiocruz,mas em relação a essa certificação nós não podemos aderir. Isso é ruim porque dei-

milton@tcm10.com.br

Rádios, jornais e TVs na política atual Possuir órgãos de comunicação de massa já foi decisivo para eleger seus proprietários a cargos públicos em campanhas eleitorais. Hoje, a realidade é outra. Com a nova legislação eleitoral, fechando os espaços de divulgação, sobretudo no período de campanha, não compensa mais passar dois a quatro anos mantendo com prejuízo uma emissora de rádio, um jornal ou um dispendioso instrumento de TV para usufruir tão pouco numa campanha.

Maria Felicidade Batista explicou os motivos que impedem aderir ao programa

xamos de receber incentivos que o Ministério da Saúde manda, entre outras vantagens", explicou Maria Felicidade. Há a expectativa de que o Banco de Leite de Mossoró mude de local e passe a ser vinculado ao Hospital da Mulher Parteira Maria Correia de Lima, que também é maternidade. "A governadora disse que pretende construir um laboratório no Hospital da Mulher e levar o Banco de Leite para lá.

O prédio atual não é o ideal para o nosso funcionamento. Se for mesmo para lá vai ser bem melhor para a prestação dos serviços. E caso receba uma certificação vai ser melhor porque teremos autonomia, recursos próprios para funcionar, comprar material, entre outros. Porque hoje, tudo que a gente precisa tem que pedir à 2ª Unidade Regional de Saúde Pública (URSAP)", explica a coordenadora do Banco de Leite.

Chuvas podem acontecer ainda em novembro, segundo previsão EDNILTO NEVES

É possível que até o fim de novembro algumas pancadas de chuvas caiam sobre a região semiárida do Rio Grande do Norte.Frentes frias estão chegando ao Nordeste, mais precisamente no Estado da Bahia, e dando esperanças de que chova este mês e em 2013 se tenha um período chuvoso dentro da normalidade. O meteorologista da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN),Gilmar Bristot,ressaltou que ainda é cedo para fazer previsões mais concretas."O Oceano Pacífico está apontando um comportamento de neutro à La Niña. Se esse quadro se mantiver e evoluir é possível ter um ano normal de chuvas", explica. Bristot destaca que há outros fatores envolvidos, entre eles o comportamento do Oceano Atlântico que ainda não tem nada projetado que favoreça a um período de boas chuvas.

Milton Marques de Medeiros

Leitura dos tempos Em idos dos anos 60, Aluízio Alves, por exemplo, se serviu muito bem dessa vantagem,quer dizer dos meios de comunicação de massa, em que como candidato ao governo do Estado, às vésperas da eleição, ele passava horas no estúdio da Radio Difusora de Mossoró, para ser mais preciso, começando sua fala ao meio-dia, indo até a noitinha simplesmente respondendo perguntas dos ouvintes da emissora. No final do dia, seis a oito horas de transmissão ininterrupta, o ganho era extraordinário, pois tanto correligionários como adversários ouviam o "cigano feiticeiro" com a maior das atenções, quer para elogiálo,quer para criticá-lo,e ao cabo de tudo,o candidato saía da sala com dupla vantagem,pois além do tempo ganho, sua fala produzia eco na cidade,quer por suas tiradas ditas inteligentes, para alguns, quer por suas frases decoradas de feito apropriadas para outros. No fundo havia repercussão por tudo. As vantagens foram tantas que Aluízio, mesmo sem condições econômicas, insistiu tanto que terminou recebendo de Soutinho o apoio necessário para comprar de Renato Costa a utilíssima Rádio Difusora de Mossoró. A emissora rendeu ao líder político algumas belas vitórias, inclusive a eleição de Antônio Rodrigues de Carvalho como prefeito da cidade contra exatamente a coroa do rosadismo na época,doutor Vingt-un Rosado. Algo que até hoje parece inexplicável. Nas análises feitas por críticos, logo após a vitória, um dos fatores que mais contribuíram para o resultado positivo da campanha fora exatamente a rádio muito bem utilizada por Aluízio. Igualdade em propaganda eleitoral Hoje, os meios de comunicação de massa continuamtendovalor,maspoliticamentecom peso quase insignificante para seus proprietários. Por vários fatores, por exemplo, quando se aproxima a época dos pleitos, que é exatamente quando a maioria dos eleitores presta atenção aos assuntos políticos, devido a nova regulamentação eleitoral, o tempo facultado ao proprietário de órgãos de massa é exatamente o mesmo oferecido ao seu adversário. Outro fator Com o advento da Internet,as pessoas,de um modo geral, ficam com muito mais informações em todos os níveis e o conteúdo do rádio,jornal e TV passa a ser apenas mais uma modalidade. Bem diferente de antes.

Seca que castiga RN é uma das maiores dos últimos 30 anos

O que não anima muito é a época em que vivemos dificultar os prognósticos. "Os meses de novembro,dezembro e janeiro são de baixa previsibilidade. Não se consegue fazer previsões nessa data com mais certeza. O que dá é acompanhar diariamente e fazer uma previsão por no máximo uma semana.Temos que esperar para fazer previsões mais confiáveis", informou

o meteorologista. La Niña é o fenômeno de resfriamento de 2°C a 3°C das águas superficiais do Oceano Pacífico. Mesmo não sendo banhado por este oceano, o Brasil é um dos países mais afetados: o fenômeno causa um aumento de Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), principal evento causador de precipitações constantes durante o verão.

Efeito bumerangue O valor caiu tanto que em determinadas situações parece até ser desvantagem possuir esses instrumentos. Ser proprietário de rádio, jornal ou televisão, hoje pode até levar desvantagem política em relação aos não proprietários, considerando o elevado número de processos judiciais que tramitam nos fóruns contra os donos de rádios e TVs por suspeita de favorecimento a parentes ou correligionários dos proprietários. Isso sem falar nos "línguas soltas", que pensando em ser super úteis ao rei, se excedem e prejudicam ao próprio condado. Realidades Carlos Eduardo, que não dispõe sequer de um boletim de bairro na capital, superou e muito Micarla de Sousa, mesmo a prefeita sendo portadora de um forte canal

de televisão na capital. Em Mossoró, Larissa Rosado conta com rádio, jornal e canal de televisão há muito tempo, mesmo assim já fez a terceira tentativa para ser eleita prefeita e ainda não conseguiu. Fafá Rosado sem nenhum instrumento, como proprietária, foi eleita duas vezes e contribuiu muito para a eleição de Cláudia Regina,outra que não possui,como dona,um mínimo de divulgação coletiva na cidade. Correção à vista A verdade é que ano a ano vem diminuindo a vantagem que os proprietários anteriormente detinham com seus meios de comunicação num município. Aliás, a propósito, essa leitura correta já vem sendo feita por alguns bons políticos há tempo. Aluízio Alves sedesfezdaRádioDifusoraparaPauloLinhares. O senador José Agripino Maia sabe que manter uma emissora de rádio em uma cidade do porte de Mossoró, por dois ou quatro anos seguidos, vendo acumular prejuízos financeiros, para retorno político apenas dois ou três meses, às vésperas das eleições, não compensa mais. A Rádio Libertadora valeu politicamente na época deTarcísio Maia,Milton e Hugo Pinto. O melhor hoje é arrendar para a Assembleia de Deus e fazer um pequeno caixa para aplicar em comunicação paga naépocadaspróximascampanhas.CarlosAugusto Rosado,proprietário de rádios em Areia Branca (hoje está praticamente inativa), Caraúbas e Alexandria,além da Tapuio de Mossoró,formando a RPC,já vem se comportando, quanto a investimento, muito diferentemente da época em que as adquiriu. O mesmo acontece com Betinho Rosado.Os Alves, apenas Henrique continua na antiga sociedade da Cabugi, mas aí por vantagem pecuniária junto a Globo e não política. Arautos Quando o político proprietário põe os custos reais, com pessoal, depreciação de equipamentos e transportes, custeio e manutenção da empresa, sem contar com trabalheira e aborrecimentos, nota facilmente que é muito mais econômico não dispor de nenhum veiculo de comunicação, juntar uma "gaitinha" mensalmente para aplicar na época das campanhas,tratar "gentilmente" alguns jornalistas, inclusive blogs, ter relacionamento "respeitoso" com os proprietários privados e pronto. Antes se dizia que era saber usar ou não saber usar seu patrimônio imprensa, hoje tanto faz, o ponto de corte passou a ser a justiça. Garibaldi Alves Filho,João Maia,Fábio Faria,Robinson Faria, Fátima Bezerra, Wilma Faria, Carlos Eduardo e alguns outros atualizados da política potiguar, sabem muito bem disso. Deixou de ser trunfo A verdade é que com a nova visão do STE, novas linhas de comunicação na sociedade via internet, nova presença e brilhante atuação do Ministério Publico Federal e Estadual sobre campanhas eleitorais a lógica antiga do tempo de Aluízio e Tarcísio, se inverteu. Hoje, o melhor é ser livre, nada de corrente política falando antes do tempo, dá azar, engana a seus próprios interlocutores,o povo não gosta,vota contra.Em partida de pôquer seria o mesmo que dizer: ter rádio, jornal e televisão deixou de ser trunfo. Cedo ou tarde todos se convencerão.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Especial BRINCAR DE

PERDER PESO Grupo faz aposta para impulsionar regime

OITO AMIGOS TRAÇAM ESTRATÉGIAS PARA QUEIMAR CALORIAS E GANHAR DINHEIRO; OBJETIVO É PERDER O MAIOR PERCENTUAL SOBRE O PESO ALCIVAN COSTA

ALCIVAN COSTA

ALCIVAN COSTA

LUCIANA ARAÚJO Da Redação

O

ito amigos e uma aposta. Nesse jogo, quem perde mais é o vencedor. A meta entre eles é perder peso e,para estimular essa disputa, tem até premiação em dinheiro.Quem for mais bemsucedido no alcance do objetivo pode ganhar até R$ 1.600,00. A ideia surgiu em meio a um lanche cheio de calorias. Em um encontro de três dos membros da turma, Adolfo Fernandes propôs uma aposta para ver quem perderia mais peso. A iniciativa ganhou adeptos e agora oito pessoas, todas do sexo masculino, disputam a premiação. A regra é clara: "Quem vai perder a maior porcentagem sobre o peso", explica Yure Souza Paula, um dos apostadores.A primeira pesagem foi no dia 5 de novembro. Na balança, os números iniciais foram os seguintes: Yure Souza Paula 83,4 kg,Dayvid Almeida 99,8 kg, Adolfo Fernandes 88,4 kg, Rodrigo Oliveira 106,4 kg, Samuel Levi 91,9 kg, Alexandre Nascimento 133,5 kg, Kaio Gameleira 90,8 kg e Leopoldo Couto, que entrou na brincadeira com três dias de atraso, 102,3 kg. Cada um deles apostou R$ 200,00. Do total dos R$ 1.600,00, R$ 400,00 serão pagos a quem tiver o melhor desempenho na

Rodrigo Oliveira havia perdido dois quilos

pesagem que será realizada no dia 5 de dezembro, um mês depois da aposta.Os R$ 1.200,00 restantes serão entregues ao vencedor final, aquele que tiver perdido o maior percentual de quilos no dia 24 de dezembro, em comparação com a primeira pesagem.

Leopoldo Couto espera perder 15 kg

Para ganhar a aposta,cada um utiliza a estratégia que quiser.Na segunda-feira passada, dia 12, seis deles se pesaram para conferir o resultado das técnicas adotadas. Rodrigo Oliveira, que havia perdido 2 kg, conta que está reduzindo a aliALCIVAN COSTA

mentação e aumentando o tempo da prática esportiva. Ele, que já treinava muay thai, agora faz jiu-jítsu e pedala, exercícios ideais para quem quer queimar calorias.Além disso,mudou o cardápio, que agora conta com shakes, sanduíches naturais e saladas. Para Leopoldo Couto, a meta é perder 15 kg e chegar aos 87,3 kg. "Eu fiz um miniplanejamento",

diz ele, que garante estar seguindo, à risca, o cronograma. Segundo esse planejamento,a perda de peso é diária."Eu preciso perder 300g por dia",conta.Ele também optou pela redução na alimentação. Já os exercícios físicos, pelo que foi traçado, serão iniciados quando a queima de calorias estagnar e não surtir mais efeito sozinha. Na segunda-feira passada, Leopoldo havia perdido 2,1 kg. A família tem ajudado,principalmen-

Adolfo Fernandes também verifica o peso

NÚMEROS Cada um deles apostou

R$ 200,00. O vencedor final pode ganhar R$ 1.600,00 até o dia 24 de dezembro

te, na escolha dos itens que vão para o carrinho de supermercado,que são eleitos, entre outros critérios, com base em seu objetivo de reduzir o peso. Para Dayvid Almeida, a aposta é, mais do que um modo de conquistar um prêmio, uma forma de se disciplinar. Ele conta que no ano passado conseguiu, só com a frequência à academia, chegar ao seu peso ideal. Junto com os quilos a mais, no entanto,deixou para traz a regularidade dos exercí-

cios físicos, diminuindo os dias de malhação. Com a 'brincadeira', voltou a frequentar a academia diariamente."A partir do momento que eu me disciplino, naturalmente, eu perco peso", conta.A balança comprova. Na manhã da segunda, 3,8 kg a menos.Mas ele tem um aliado na queima de calorias, os shows que realiza com sua banda. "Outra coisa que me ajuda também, perco muitas calorias em show", revela. A meta dele é diminuir 10 kg e, se alcançar o objetivo, mesmo sem a premiação, já se sentirá compensado, "Para mim, mesmo se eu não ganhar,está ótimo", menciona. Quem liderava a disputa, no entanto, era Samuel Levi, com 4,5 kg a menos desde o dia da primeira pesagem. "Reeducação alimentar, principalmente à noite, e prática de atividades físicas", afirma, sobre

sua estratégia. "Quero perder 14 kg", diz Samuel, que acredita que o segredo está na paciência e persistência. A disputa é marcada por abstenções e mudanças no cardápio. "Até salada, que eu nunca comi na vida, comi essa semana", diz Dayvid. "Eu gosto de salada, mas o que me faz falta mesmo é o refrigerante", acrescenta Rodrigo,que também tem como desafio deixar de comer à noite. "Parei de beber, regulei a alimentação e comecei no shake", comenta Yure, que perdeu 3 kg e vai começar com os exercícios;o difícil para ele, é diminuir a quantidade de carne vermelha na alimentação. Leopoldo, por sua vez, reclama por deixar de lado o lanche da tarde. Adolfo Fernandes conta com a ajuda da esposa para perder os quilos a mais. Ela é estudante do curso de Nutrição e, com base nos conhecimentos que já possui, dá algumas dicas ao marido. A alimentação é a cada três horas e, assim como a maioria dos apostadores está fazendo, ele utiliza a atividade física como aliada. Adolfo diz que na primeira semana se saiu bem. Já na segunda, problemas familiares fizeram com que perdesse um pouco o foco. A disputa entre os oito é acirrada mesmo quando não estão juntos. Com objetivo de apimentar a competição, eles se comunicam por meio das redes sociais e dividem informações, nem sempre verdadeiras, sobre o cardápio, seja para deixar os concorrentes preocupados, seja para fazê-los relaxar com a dieta.

Eu fiz um miniplanejamento. Eu preciso perder 300g por dia”, Leopoldo Couto


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Especial CÉLIO DUARTE

REPRODUÇÃO

Jarda Jacinta explica como emagrecer de forma saudável

*Extraído do portal minastrainers.blogspot.com REPRODUÇÃO

Nutricionista Jarda Jacinta fala dos pontos positivos e negativos da disputa Para a nutricionista Jarda Jacinta, o trabalho em grupo é excelente aliado na perda de peso. Até porque, se for um grupo de amigos que saem juntos um incentiva o outro. Se vão beber, por exemplo, trocam o chopp por um suco ou diminuem as doses e como tira-gosto substituem a carne por um peixe grelhado. Além disso,a disputa influência porque envolve uma competição financeira e ainda porque, a partir do momento que se tornou pública,os apostadores têm que dar uma satisfação as pessoas, estimulando na busca pelo objetivo e levando a um resultado. Outro ponto positivo que a profissional destaca é a inclusão de exercícios físicos, que sempre são bemvindos. Apesar dos benefícios do trabalho em grupo,a medida que os competidores não procuraram ajuda especializada para perder peso,a disputa envolve alguns riscos. Jarda Jacinta explica que o ideal seria que cada um realizasse exames para verificar como está a saúde e, em cima dos resultados,traçar uma dieta,que leve em consideração as características de cada pessoa, estabelecendo as restrições. Isso porque, como explica

a nutricionista, se as restrições forem muito agressivas e sem acompanhamento, isso pode causar alguns prejuízos para a saúde, como quadro de anemia,malestar após esforços, trabalho ou treinos. Além disso, essa perda de peso sem orientação e uma reeducação alimentar pode fazer com que a pessoa perca 10 kg em um mês e ganhe 15 kg pouco tempo depois. Ela mesma comenta que tem pacientes que chegam a perder quatro a oito quilos em um mês porque, de início, é fácil

emagrecer, o difícil é manter o ritmo. Principalmente, porque janeiro se aproxima,época de praia,período em que as pessoas comem e bebem muito. Jarda Jacinta também alerta para a importância da avaliação com relação aos exercícios físicos. Ela lembra que é necessária uma avaliação cardiológica e que há relatos de pessoas que morreram em academias e de jogadores de futebol que faleceram dentro de campo sem nem saber que possuíam problemas cardiológicos.

Com dieta em grupo, as reuniões podem ter tira-gostos mais saudáveis, como peixe grelhado REPRODUÇÃO

OUTRO PONTO

POSITIVO QUE A PROFISSIONAL

DESTACA É A INCLUSÃO DE

EXERCÍCIOS FÍSICOS, QUE

SEMPRE SÃO Para refrescar, sucos podem substituir os chopps

BEM-VINDOS


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Mossoró

OAB elege amanhã nova presidência CEDIDA

CEDIDA

Os advogados vão dispor de duas salas na sede do órgão para votar, das 8h às 17h, de amanhã

C

erca de 700 advogados escolhem nesta segundafeira, 19, a nova presidência da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Subseção Mossoró. A eleição acontecerá no horário das 8h às 17h em Mossoró, nas subseccionais de Caicó, Assu, Pau dos Ferros, Macau e Currais Novos, além de Natal. A votação será feita através de cédulas em papel. As urnas eletrônicas não foram liberadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para serem usadas. Os advogados vão dispor de duas salas na sede do órgão para votar. O auditório será o local onde os votos serão apurados. A expectativa é de que o resultado seja divulgado três horas após o encerramento da votação. O voto é obrigatório e devem votar os inscritos na OAB/RN que estejam adimplentes até 19 de outubro de 2012. Quem faltar terá de apresentar justificativa e documento que comprove a razão que o impediu de ir às urnas. Devem votar os profissionais que não tenham condenação, nem estejam com a carteira suspensa. A segurança vai ser reforçada no entorno e inte-

Aldo Fernandes (esquerda) é candidato pela chapa 1

rior da sede da OAB. Polícia Militar e Gerência de Trânsito (GETRAN) estarão com homens e viaturas no local o dia todo. DISPUTA – Duas chapas concorrem ao pleito. A chapa 1 "Seguir Avançando" é encabeçada por Aldo Fernandes e a chapa 2 "OAB Renovação" tem como presidente Aurino Carlos. O advogado Aldo Fernandes é o atual vice-presidente da Subseção Mossoró e está concorrendo ao cargo de presidente para os próximos três anos. "A expectativa em relação à elei-

ção está fundamentada no trabalho que temos feito e na apresentação das propostas novas, exequíveis, que teve como base a sugestão dos colegas advogados que se uniram para seguir avançando com uma OAB forte", destaca. Entre as propostas, o concorrente apresenta três pontos principais: defesa das prerrogativas, apoio ao advogado e apoios ao advogado iniciante. O primeiro ponto abrange várias ações, entre elas a realização da Caravana de Prerrogativas visitando advogados das outras cinco comarcas (Areia Branca, Baraúna,

Aurino Carlos (esquerda) é candidato pela chapa 2

Apodi, Caraúbas e Governador Dix-sept Rosado) e um recesso das atividades dos profissionais no final do ano. O segundo ponto compreende a implantação do Protocolo Drive, a sustentação oral por videoconferência e aquisição de um veículo tipo van para o transporte de advogados para órgãos da justiça. O terceiro ponto diz respeito à implantação do Núcleo ao Advogado Iniciante. Nesse sistema, o profissional que está começando contará com apoio de advogados mais experientes para auxiliar no trabalho e sa-

nar dúvidas. O candidato Aurino Carlos disse que seu nome foi sugerido para entrar na disputa por vários advogados que querem uma renovação na entidade. "Aceitei e comecei a caminhar junto com os colegas com uma chapa de oposição, que tem o interesse de fazer uma OAB mais aberta, mais participativa. A campanha vem crescendo nos últimos dias e isso mostra a vontade dos advogados por mudança na OAB", ressaltou. O postulante pretende criar o Escritório Padrinho, onde profissionais mais experientes darão apoio téc-

nico-científico-profissional aos que estão iniciando na carreira. Ao aderir o programa, o iniciante será apadrinhado e receberá orientações diversas sobre teses, processos, cobrança de honorários, entre outras dúvidas. Aurino Carlos aponta como uma das principais propostas a adoção da transparência nos atos da OAB e levar a entidade para as cidades do interior (Areia Branca, Baraúna, Apodi, Caraúbas e Governador Dix-sept Rosado), fazendo reuniões ordinárias e ficando mais próxima dos advogados.


Gazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Saúde Espaço Wilson Rosado

REPRODUÇÃO

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL É A DOENÇA QUE MAIS MATA NO BRASIL SEGUNDO O MINISTÉRIO DA SAÚDE, O NÚMERO DE MORTES PELO AVC CHEGA A QUASE 100 MIL PESSOAS

É

importante ressaltar os cuidados que devem ser adotados para a prevenção da doença: controle da pressão arterial, da taxa de glicose no sangue e do colesterol. Além disso, é necessário manter uma dieta balanceada, fazer exercícios físicos, além de evitar fumar e ingerir bebidas alcoólicas. O especialista em Neurologia, neurologista da Academia Brasileira de Neurologia, disse que se medidas saudáveis forem adotadas as chances de se ter um AVC ou qualquer outra doença relacionada aos fatores de risco como hipertensão, diabetes, colesterol alto e tabagismo são mínimas. "Além de obter hábitos mais saudáveis, é importante fazer um acompanhamento médico regular. Caso os sintomas sejam identificados, procure um atendimento médi-

co o mais rápido possível", alertou. O AVC pede extrema velocidade na chegada do paciente à emergência de um hospital capacitado para atendê-lo. O paciente que chega depois de passadas três horas do surgimento dos sintomas iniciais aumenta muito o risco de morte ou sequelas permanentes. Ao perceber que alguém teve um AVC, mais da metade dos entrevistados (51%) tomaria a atitude correta que é ligar para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Tudo bem até aí, se não houvesse um porém. É que, ao se questionar qual o número de atendimento do Samu, 65% não souberam responder ou citaram números diferentes de 192 ou 193 (varia conforme o Estado). Houve inclusive quem citasse 911 (2% da amostra), número utilizado para emergências

nos EUA e outros países. ZONA DE PENUM BRA E NOVOS TRATAMENTOS De 2000 para cá, muitos pacientes brasileiros com AVC já podem contar com o trombolítico Alteplase (TPA), uma substância aplicada na artéria ou veia do paciente que restabelece o fluxo sanguíneo para a região cerebral afetada. "Nos casos em que ocorre a desobstrução da artéria com trombolítico, em menos de três horas, parte da região afetada pode voltar a funcionar e os sintomas tendem a regredir ou desaparecer. Essa região recuperada é frequentemente denominada zona de penumbra", diz o coordenador da pesquisa da USP. Estudos mostram que o TPA diminui em 30% o número de pacientes incapazes ou com sequelas. Infelizmente, o uso medicamento possui um risco de hemorragia intracraniana que varia entre 3 e 6%. Isso faz com que apenas 5% dos atuais pacientes se encaixem nos rigorosos critérios de seleção. Para diminuir a mortalidade e ampliar a assistência das vítimas do AVC, o Ministério da Saúde investirá até 2014 R$ 437 milhões no Sistema Único de Saúde (SUS). Desse total, R$ 370 milhões vão financiar leitos hospitalares. Também serão investidos recursos na incorporação e oferta do medicamento usados no tratamento. No Brasil, mais de 200 hospitais estão preparados para atender pacientes com AVC.

NOVO NÚMERO DO HOSPITAL WILSON ROSADO E LABORATÓRIO ( 3318.9000) E DO INSTITUTO DO CORAÇÃO WILSON ROSADO ( 3318.9001)


10 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Mossoró

Abraço à Cidade será realizado em dois dias EDNILTO NEVES

Programação ocorrerá dias 1º e 2 de dezembro; jantar, animado pela Orquestra Harmony, marca o encerramento omo parte da preparação para os festejos alusivos à padroeira de Mossoró, que acontece no período de 3 a 13 de dezembro, será realizada mais uma edição do 'Abraço à Cidade', que este ano será dividido em dois momentos, a serem realizados nos dias 1º e 2 de dezembro. No dia 1º, a comissão da festa conduzirá a Imagem de Santa Luzia por vários bairros da cidade,realizando pa-

C

radas em capelas e igrejas da Diocese situadas no percurso. A concentração será às 7h,na Catedral,saindo pela Rua Idalino de Oliveira e percorrendo o centro da cidade e saindo em direção ao bairro Belo Horizonte,onde será realizada a primeira parada,na Capela de São Francisco de Assis. Seguida por paradas na Capela de Santo Expedito,bairro Nova Betânia, capela de São Pedro, localizada no Abolição IV,Capela de Santa Rita de Cássia, no Parque das Rosas, Capela de nossa Senhora de Guadalupe, no Integração e Capela de Nossa Senhora Aparecida. A sétima parada será em outra Capela de São Francisco de Assis, seguida por paradas nas Capelas de Santo Antônio, Sant'Ana, Nossa Senhora de Fátima e Divino Espírito Santo. A 12ª parada será na Matriz de Nossa Senhora de Fátima, no bairro Abolição.

Tradicional Corrida de Santa Luzia ocorrerá dia 9 de dezembro As inscrições para a 8ª Corrida de Santa Luzia serão iniciadas no dia 26 de novembro. O prazo para que os competidores realizem o cadastro será até o dia 7 de dezembro, na Dinâmica Esporte, durante o horário comercial. O valor da taxa de inscrição é de R$ 15,00. Já a competição será realizada no dia 9, com início às 7h, segundo informa o coordenador da Corrida, Onesimar Fernandes Carneiro. Ele informa que a largada será em frente à Catedral de Santa Luzia e o percurso totalizará 5Km. Após deixarem a frente da Igreja, os corredores entram à direita na Rua Santos Dumont,seguindo pela Augusto Severo, Melo Franco, João Marcelino, Jeremias da Rocha e Delfim Moreira. Na altura do Ginásio do Colégio Pequeno Príncipe os corredores entram pela Marechal Hermes, entram na Dix-neuf Rosado e entram na Avenida Dix-sept Rosado, retornando à frente da matriz. A competição abrangerá três categorias: Elite, para corredores dos 18 aos 39 anos de idade, Master, aci-

ma dos 40 anos, e Feminina, voltada para todas as mulheres com idade a partir dos 18 anos. Este ano a premiação, que contempla os três primeiros colocados de cada categoria, terá um diferencial. Onesimar carneiro explica que a premiação será irá considerar os vencedores locais e os nacionais, assim, cada categoria terá dois primeiros colocados. Para o primeiro lugar o prêmio é de R$ 400,00, o segundo colocado tem direito a uma premiação de R$ 200,00, e o terceiro de R$ 100,00. Todos esses terão direito a troféu. "Teremos 100 medalhas de participação", complementa o coordenador da corrida. Essas medalhas serão divididas, proporcionalmente, entre as categorias, presenteando as primeiras pessoas que completarem a prova. O coordenador comenta que, a cada ano, a corrida cresce e ganha repercussão. O evento já conta, inclusive, com competidores de outros estados. Para que a competição seja mais organizada, este ano não serão realizadas inscrições no dia da competição. CEDIDA

Competidores percorrerão cerca 5Km

Em cada uma delas, a Imagem permanecerá por 30 minutos. No segundo dia de programação do Abraço à Cidade, pela manhã, será realizada a 'Romaria da Luz aos Impossíveis, com destino ao Santuário de Nossa Senhora dos Impossíveis, em Patu. À tarde, uma comissão recepcionará a Imagem da Virgem de Siracusa, juntamente com suas relíquias, na entrada para da cidade - trecho que dá acesso a Governador Dix-

sept Rosado - se onde parte para percorrer os bairros de Mossoró localizados no outro extremo. Nessa data, serão realizadas seis paradas: capela do Bom Jesus, Capela de São José do Operário, Igreja de Nossa Senhora de Lourdes, Capela Mãe Rainha,Capela de São Francisco e Capela de Nossa Senhora das Graças. À noite, o jantar, animado pela Orquestra Harmony,marca o encerramento do 'Abraço à Cidade'.

Imagem de Santa Luzia percorrerá vários pontos da cidade


Gazeta do Oeste 11

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Polícia

CPEAMN reativa projetos de ressocialização FOTOS: EDNILTO NEVES

Unidade conta hoje com mais de 400 apenados, incluindo o pavilhão especial para mulheres

Sayonara Amorim Da Redação

Q

uando o assunto é presídio, a primeira ideia que se tem é uma unidade onde presos são encarcerados e ficam trancados em celas coletivas e individuais aguardando o cumprimento de suas penas. Porém, alguns presídios investem em projetos de ressocialização com o objetivo de transformar presos em novos cidadãos com oportunidade de retorno à vida em sociedade. Essa vem sendo a meta da atual direção do Complexo Penal Estadual Agrícola Mário Negócio (CPEAMN), localizado na zona urbana de MossoróRN, que conta atualmente com 458 detentos distribuídos nos sistemas:semiaberto,fechado e pavilhão especial feminino. O atual diretor da unidade major Humberto Pimenta, iniciou a reativação e implantação de novos projetos que visam utilizar a mão de obra do próprio presídio em vários segmentos. Recentemente foi reati-

Apenados trabalham no cultivo de frutas e hortaliças

vado o projeto agrícola, uma das áreas fortes da unidade. Coordenado diretamente pelo agente penitenciário, graduado em Gestão Publica e Técnico Agrícola Expedito Rocha, o setor já conta com 15 hectares de área plantada onde estão sendo cultivados mamão, banana, pimentão, coentro e capim para alimentar o gado que é criado no Complexo Mário Ne-

gócio e é responsável pela produção de leite que abastece o presídio. Segundo Expedito Rocha, todo o trabalho vem sendo executado pelos próprios detentos que são recrutados para trabalhar e recebem benefícios pelas atividades que desenvolvem. "O apenado que se engaja num projeto como este tem a oportunidade de aprender técnicas de cultivo que po-

Modernas técnicas são aplicadas no projeto agícola do presídio

dem ser aplicados quando ele terminar de cumprir a pena, sem contar que dependendo da colheita os apenados ainda participam dos lucros nas vendas e na redução de pena", ressaltou. AMPLIAÇÃO - Expedito Rocha acrescenta que o projeto agrícola do Complexo Penal Mário Negócio será expandido em breve, segundo ele, está prevista a inclusão do cultivo de tomate

Igreja Evangélica possibilita curso de eletricista para apenados Como parte do processo de ressocialização, o Complexo Penal Estadual Agrícola Mário Negócio (CPEAMN) conta ainda com o apoio de vários parceiros que fazem parte do Conselho da Comunidade. E através dessa parceria, a Igreja Evangélica está possibilitando o curso de eletricidade para os detentos do Presídio Mário Negócio. O curso teve início no dia 9 deste mês acontecendo sempre às sextas-feiras com oito horas/aula.O curso tem como objetivo levar o conhe-

cimento teórico e prático sobre instalação elétrica predial e residencial. As aulas estão sendo ministradas pelo professor José Maria Dantas, mais conhecido como "Baiano", com larga experiência no ramo e professor do Senai e Funger. De acordo com José Maria, o curso prepara o aluno para atuar tanto em projetos de instalação simples como também em áreas complexas como prédios. "Em todas as aulas são feitas demonstrações práticas onde os alunos têm a oportunidade de pra-

ticar e com isso assimilar com mais rapidez o conteúdo ministrado", explicou. O curso de eletricidade que está sendo ministrado no Complexo Penal Mário Negócio está contemplando 20 apenados,dos regimes semiaberto,fechado e quatro mulheres. As aulas acontecem durante todo o dia, sendo quatro horas no turno da manhã e quatro à tarde durante seis semanas,sempre nas sextas-feiras. Nos próximos dias, segundo o diretor do presídio, serão implantados mais dois

cursos: produção de vassouras a partir de garrafas plásticas e a reativação de uma mini-marcenaria destinada à fabricação de portas de madeira. Outro projeto que está em estudo é o trabalho de separação de lixo reciclável que deverá acontecer em parceria com o sistema de coleta seletiva de Mossoró. "Temos muitos projetos a serem postos em prática e estamos arregaçando as mangas para alcançar o objetivo da unidade que é a ressocialização de presos", acrescentou Humberto Pimenta. FOTOS: EDNILTO NEVES

Professor José Maria ensina instalação predial e residencial

Alunos recebendo instruções teóricas no curso de eletricidade

cereja, alface e beterraba. Produtos de fácil comercialização na região. "Estamos investindo e buscando parceiros para ampliação de outros projetos, porque tudo depende de querer e de buscar meios para que dê certo", concluiu Expedito. O diretor do Complexo Mário Negócio, major Humberto Pimenta, explicou que o grande objetivo da unidade é transformar, res-

socializar. "Se temos meios de tentar mudar a realidade dos detentos que chegam aqui com históricos diversos de violência e transformálos em novos cidadãos com direito de retorno à vida social então vamos fazer isso. Essa é a nossa meta,e se conseguirmos transformar dez presos do total de 458, já é um resultado importante para nós", ressaltou Humberto Pimenta.

Conselho da Comunidade realizará II Exposição de Telas pintadas por detentas Membros do Conselho da Comunidade na Execução Penal da Comarca de Mossoró e da Penitenciária Federal de Mossoró estarão organizando a II Exposição de Telas (II EXPOTELAS) confeccionadas as apenadas do Complexo Penitenciário Estadual Agrícola Mário Negócio (CPEAMN). O evento acontece no dia 22 de novembro, às 16h, na sala do Júri do Fórum Desembargador Silveira Martins em Mossoró. Durante a exposição, que estará aberta para imprensa e toda a comunidade de Mossoró, as detentas autoras da telas receberão seus certificados do "Curso de Pintura a Óleo". O curso é ministrado por uma agente penitenciária estadual e surgiu a partir de uma parceria entre o "Projeto Filosofart", executado pelos alunos da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

(UERN), a direção da Mário Negócio e membros de Conselho da Comunidade na Execução Penal, com apoio do Juiz Vagnos Kelly Figueiredo de Medeiros, da Vara das Execuções Penais da comarca de Mossoró. As apenadas receberão certificado com carga horária de 20 horas/aula. O projeto tem o objetivo de intensificar as ações no processo de reinserção do apenado na sociedade. A presidente do Conselho da Comunidade na Execução Penal da Comarca de Mossoró e da Penitenciária Federal de Mossoró, professora Rozalina Fernandes revelou que o projeto de pinta já revelou vários talentos. "Já é a segunda exposição que organizamos, sempre no mês de novembro. O projeto tem revelado talentos, surpreendido os incrédulos e conseguido reintegra as reeducadas na sociedade", finalizou.


12 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Mossoró Impressionando Carlos Augusto impressionandonagazeta@gmail.com

BUSINESS COPA 2014 - COMUNICAÇÃO COM TURISTAS ESTRANGEIROS É O GRANDE DESAFIO DOS BRASILEIROS Procura por cursos de idiomas cresce, mas será que as empresas darão conta de preparar seus funcionários em tempo para atender dois dos grandes eventos esportivos mundiais? Com a proximidade da Copa e das Olimpíadas no Brasil, os problemas de logística e infraestrutura não são os únicos motivos de preocupação para as organizações que atuam no País. Uma pergunta fundamental é: teremos profissionais preparados para se comunicar com os estrangeiros? Para garantir uma resposta positiva, empresas estão buscando parcerias com escolas de idioma e a demanda por cursos de inglês vem aumentando de um ano para cá. No CCAA, que possui mais de 800 unidades no Brasil, a procura por programas condensados de cursos de inglês cresceu cerca de 30% nos últimos 12 meses - as contratantes em sua maioria são companhias que atuam nos setores de hotelaria,esporte e gestão de eventos. O curso intensivo do CCAA oferece flexibilidade,pois os cursos podem ser realizados dentro da própria empresa, otimizando o tempo dos participantes, e é elaborado a partir de um vocabulário específico do mercado em que a organização está inserida, o que garante um aproveitamento ainda maior dos alunos.Entre os formatos mais procurados pelos clientes corporativos do CCAA está o curso condensado - cujo aumento foi de 100% no último ano -, no qual os profissionais assistem a aulas diárias, de segunda a quinta-feira, com duração de duas horas cada dia durante um ano. Esse tipo de programa permite uma excelente imersão no idioma, fundamental para quem não se sente seguro no uso da língua inglesa em sua rotina de trabalho. Para mais informações sobre o programa intensivo de cursos de inglês para a Copa ligue CCAA Mossoró no 3314-1648.

CRÔNICA - SALVEM JORGE Muita gente pode ainda não ter se dado conta, porém é um fato claramente escancarado a todos: o autor da novela Avenida Brasil, João Emanuel Carneiro,é o grande responsável pela situação preocupante da nova novela das nove da Globo “Salve Jorge”, que ainda não decolou nos índices de audiência nem tão pouco está mantendo os que a antecessora deixou. E qualquer novela que substituísse “Avenida Brasil”, pelo seu tamanho sucesso, encontraria dificuldades na aceitação de parte do público. E esse fenômeno é comum e absolutamente compreensível. Mas não é somente isso que está acontecendo. O caso é que “Avenida Brasil” estabeleceu um novo padrão de qualidade para novelas e o telespectador, claro, se acostumou. Em outras palavras, o patamar em que “Avenida Brasil” se encontra parece ser inalcançável para qualquer outro novelista. Porém, venhamos e convenhamos, a novela de Glória Perez está longe de ser ruim. Com grandes atores, história sedutora e um texto muito bem elaborado, “Salve Jorge” é tão boa como outras novelas da autora,responsável por grandes sucessos da emissora.Sem dúvida, em outra época, o folhetim estaria com uma repercussão infinitamente superior. Mas “Salve Jorge” ainda está longe de chegar onde “Avenida”chegou.Para isso, é necessário ter um “último capítulo” todo dia inclusive aos sábados -, mexer de forma intensa com o público a cada cena... Os ganchos de “Avenida Brasil” eram incomparáveis,e quem não se lembra das imagens das personagens congeladas? Não é questão de fazer apologia a esse ou aquele novelista. É constatação. “Salve Jorge” ainda está longe de ser uma grande novela e ter uma grande audiência. Por conta de um pequeno detalhe: “Avenida Brasil” mudou o conceito de “grande” na TV.

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos. Charles Chaplin

COMPORTAMENTO

50 tons de cinza, um fenômeno de vendas no Brasil

50 Tons de Cinza é o fenômeno literário do momento. Aqui no Brasil, vendeu mais de 300 mil exemplares desde seu lançamento, em agosto deste ano. No mundo, já vendeu mais de 40 milhões de cópias. Já é o maior best-seller da história do Reino Unido: 5,5 milhões de cópias vendidas. Já rendeu uma trilogia, e se encaminha para o cinema. Os direitos foram vendidos por cinco milhões de dólares para a Universal. A boataria sobre o elenco já começou. Daqui a pouco vão aparecer produtos com a marca 50 Shades of Gray. Calcinhas? Não se fala em outro fenômeno.O livro Cinquenta Tons de Cinza chegar aqui em agosto provocou uma verdadeira comoção. Virou capa de revista, assunto nas rodas de conversa, tema de discussão em programas de TV e, após três semanas de lançamento, bateu o recorde de vendas, chegando a 300.000 cópias comercializadas. O sucesso era previsto, já que o romance, primeira parte de uma trilogia escrita por E. L. James beira os 40 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, uma marca inédita. Cinquenta Tons de Cinza aborda um tema que atrai: sexo. O romance conta a história do casal formado por Christian Grey e Anastasia Steele, uma universitária de 21 anos que se apaixona pelo jovem empresário após entrevistá-lo. Os dois engrenam um caso de amor, no qual Ana se vê intimidada pelas estranhas preferências de Christian e, quando percebe, está envolvida em um processo de descoberta dos seus próprios desejos. Depois de Cinquenta Tons de Cinza, tem o Cinquenta Tons Mais Escuros e vem aí o Cinquenta Tons de Liberdade, que promete fazer tanto sucesso quanto o primeiro e segundo livro da trilogia. Há quem diga que essas leitoras de 50 Tons estão cansadas de tanto feminismo, tanta liberdade, tanta banalização. Que querem ser dominadas pelos machos, submetidas. Besteira. Essas mulheres nos vinte e poucos anos querem é ser livres, sexualmente, e satisfeitas, sexualmente. 50 Tons de Cinza é a versão ficcional destes Guias Lacrados do Sexo das revistas femininas: mezzo autoajuda, mezzo fantasia. Anastasia é Hermione, crescida, em ponto de bala, prontíssima para o abate - e para atacar também. E VOCÊ, JÁ LEU O 50 TONS CINZA? DEIXE SEU COMENTÁRIOPARA IMPRESSIONANDONAGAZETA@GMAIL.COM

IMPRESSIONA O QUE É BACANA Mossoró Mix Tácio Garcia e Karume Nascimento, diretores da Gondim & Garcia Produções. Mais um ano de sucesso absoluto resume o que foi o Mossoró Mix Festival 2012. Sempre mesclando grandes atrações do cenário nacional,regional e local,o evento proporcionou ao público de Mossoró e região duas noites de muitos shows dos mais variados estilos musicais. Nos dias 9 e 10 de novembro, os foliões curtiram Ivete Sangalo, Aviões do Forró, Biquíni Cavadão, Dorgival Dantas, Forró dos Plays,Inala e Bakulejo,juntos em um mix de festividade que aconteceu na Estação das Artes Elizeu Ventania. Considerado o maior festival de música do interior do Rio Grande do Norte, o Mossoró Mix, em sua sexta edição, bateu recorde de público. Estima-se que cerca de 20 mil pessoas estiveram presentes durante os dois dias de evento. Confirmando, mais uma vez, o sucesso crescente do festival mais aguardado do ano.

Estirão LEVAMOS FALTA! Aqui nos desculpamos pela nossa ausência na última edição. Estávamos no oriente de Salvador participando de uma convenção do CCAA, e assim ficamos impossibilitados de enviar a coluna. Agradecemos aos 89 e-mails de leitores assíduos de Impressionando e tranquilizamos-os aqui. Tudo bem com esse colaborador, só os afazeres profissionais mesmo que impossibilitaram a elaboração e envio da coluna. Agradecemos pois os elogios a missiva e os votos de um breve retorno. AVANTE, amigos impressionantes!!! NATAL NO HOTEL THERMAS Ceia de Natal no Hotel Thermas. A qualidade de sempre agora com a gastronomia nota 10 do Restaurante Pinga Fogo. E, para animar a criançada, vai ter Kids Club e a presença do Papai Noel. Ainda não fez sua reserva? Liga lá. Não perde a oportunidade de ter este momento incrível com sua família: 3422-1200. SOU FEINHO, MAS SOU GENTE BOA... Neymar é o jogador mais querido do Brasil, segundo uma pesquisa inédita feita pela Stochos Sports & Entertainment entre 20 de agosto e 20 de setembro.O levantamento feito com 8.329 pessoas revela que o santista é o preferido de 33,9% dos torcedores,seguido de Ronaldinho Gaúcho,Messi, Emerson Sheik e Cristiano Ronaldo. O quarto lugar de Emerson Sheik, ressalte-se, é totalmente influenciado pelos corintianos, que idolatram o jogador decisivo na Libertadores. (www.Stochos Sports & Entertainment.com). SURREAL Tem delegado da ativa com inveja da Giovanna Antonelli, ou da sua Heloísa, em “Salve Jorge”, tamanho luxo e riqueza.Querem descobrir o seu segredo.Mesmo pendurada em dívidas,como é que ela consegue só desfilar com as melhores grifes, ter motorista particular e morar numa casa ou apartamento cinematográfico? E o bom é que a “bacana”resolve suas crises existenciais comprando supérfluos nas melhores grifes dos shoppings mais caros da cidade. Poissssssssssssss!!!! E QUEM AVISA AMIGO É... Difícil não é concluir o curso de Direito. Difícil é tirar a carteira da OAB. Portanto, aqueles que apenas concluiram o básico do curso de Direito e estão sofrendo da infame síndrome do “EU TUDO POSSO”, desçam do salto, usem a sandália da humildade e vejam que o buraco é mais embaixo... A quem interessar possa, claro, porque em toda regra há excessão!!! SOBRE SER INTERCAMBISTA Fazer intercâmbio não é apenas estar conhecendo uma cultura nova, estar longe e ao mesmo tempo perto das pessoas que você ama, se sentir livre para fazer tudo que você acha que é certo, não é simplesmente o fato de não estar nem aí para que os outros estão pensando de você, não é apenas viajar e conhecer lugares maravilhosos, estar com uma nova família que apesar de não ser sua família, é família, não é apenas sentir saudades de tudo e ao mesmo tempo querer viver essa vida pra sempre. É aprender que amizades verdadeiras continuam firmes, mesmo que não tenha contato frequentemente, é crescer como pessoa, refletir sobre tudo na sua vida e nas coisas que as vezes pareciam tão certas e agora soam tão erradas. O intercâmbio, além de tudo isso, te proporciona conhecer quem você achava que conhecia melhor que qualquer um: VOCÊ MESMO. RANKING DO SETOR DE FRANQUIAS DE FAST-FOOD A Subway, a maior rede de franquias de fast-food do Brasil, abre na semana que vem em Bertioga, São Paulo, sua milésima loja. Em seguida, no ranking do setor, seguem o Bob’s (892 lojas) e o MacDonald’s (701 lojas). FUMAR: APAGUE ESTA IDEIA O Brasil, aos poucos, parece deixar de fumar. Veja só. O percentual de beneficiários de planos de saúde que se declaravam fumantes no País caiu de 14% para 10,3% entre 2008 e 2011, segundo análise da Federação Nacional de Saúde Suplementar sobre dados da pesquisa VIGITEL (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), feita pelo Ministério da Saúde e pela USP. BRIGA DE FOICE... Se na briga pela audiência em São Paulo o SBT já havia retomado a vice-liderança, na disputa nacional, a Record ainda conservava o segundo lugar.Essa realidade mudou.De acordo com o Ibope, em outubro a rede de Silvio Santos ultrapassou a emissora do bispo Macedo entre 7h e meia-noite. A diferença, é verdade, é marginal, apenas 0,1 ponto. Aos números: o SBT registrou 5,3 pontos e a Record 5,2 pontos (A Globo alcançou 17,1 pontos). Aliás, SBT e Record disputam a vice se for considerado apenas as tevês abertas. Se na conta entrar o total de audiência dos canais da TV por assinatura, caem para terceiro e quarto lugares, respectivamente. Esses canais somam 6,5 pontos. (www.ibope.com).


Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Cidades

Editora: Kalidja Sibéria cidades@gazetadooeste.com.br

CONSTRUÇÃO

HOMENAGEM

Fim de greve será decidido amanhã em Natal 4

Hemonorte comemora Semana do Doador

5

Projetos buscam amenizar efeitos da seca CÉLIO DUARTE

Caern apresenta projetos orçados em R$ 31 milhões que beneficiam vários municípios potiguares

C

om o objetivo de captar recursos, foram apresentados ao Ministério da Integração Nacional e à Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) projetos de obras para ampliar o abastecimento de água em sete cidades do Rio Grande do Norte.O secretário de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos, Gilberto Jales, levou os projetos ao ministro Fernando Bezerra Coelho esta semana.A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN) projetou e executará os mesmos que somados representam um investimento de R$ 31 milhões. O Governo do Estado está investindo em obras de enfrentamento e de convivência com a seca.As obras de convivência permitem que com soluções como novos poços, subadutoras e adutoras, os atingidos pela estiagem tenham abastecimento hídrico. Já as ações de enfrentamento à seca levam em consideração necessidades iminentes como

Estado está buscando recursos para tentar diminuir efeitos causados pela estiagem

bolsa estiagem, sustento para os animais e a chegada da água para os que precisam com urgência. De acordo com o secretário Gilberto Jales, os projetos foram apresentados de

acordo com as características dos mesmos. Os de rede de abastecimento à Funasa e os de obras hídricas, como subadutoras, ao Ministério.Foram assegurados os recursos para as obras de

Jandaíra, Governador Dixsept Rosado e Felipe Guerra. Os recursos serão liberados por meio do PAC Prevenção (Seca). Neste momento de estiagem,o Governo Federal vem sendo par-

tícipe das ações do Governo do Estado com o objetivo de atender as pessoas que sofrem com a seca. As cidades beneficiadas com os projetos apresentados em Brasília são: Felipe Guerra, En-

CEDIDA

Comperve finaliza preparativos para último vestibular da UFRN O último Vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) será realizado entre os dias 25, 26 e 27 de novembro, em Natal e nos municípios de Caicó, Currais Novos e Santa Cruz e Mossoró. Neste ano, os 28.614 candidatos irão concorrer a 3.015 vagas, distribuídas nos 84 cursos de graduação presencial da universidade. Os candidatos terão acesso aos locais de provas a partir das 7h20, onde os portões ficarão abertos até as 8h. Após esse horário não será permitida a entrada de nenhum candidato. As provas terão a duração de 4h30, exceto para os candidatos com necessidades especiais, que terão 5h30 para a realização de suas provas. O Núcleo Permanente de Concursos (COMPERVE) recomenda aos quase 10 mil candidatos que irão realizar as suas provas no Campus Central da UFRN, que se di-

rijam aos locais de provas com antecedência, para evitar os tradicionais engarrafamentos nas entradas do Campus Universitário. Para ter acesso ao local de prova, os candidatos devem apresentar o original do mesmo documento de identificação utilizado na inscrição, dessa forma, não será aceita cópia de documento de identificação. A Comperve informa, ainda, que a Carteira de Estudante não é documento válido para identificação do candidato. Será expressamente proibido aos candidatos portarem celular (ligado ou não), relógio eletrônico, calculadora, câmera fotográfica ou qualquer outro tipo de aparelho eletrônico; arma; dicionário, livro, apostila, "dicas" ou qualquer outro material didático; lápis grafite, corretivo, borracha; boné, gorro, chapéu, óculos escuros. Para a realização do

Vestibular 2013 da UFRN, a Comperve contará com o apoio de 2.200 fiscais, 123 coordenadores e auxiliares, 210 pessoas que auxiliarão no apoio, além de 112 seguranças. Todo esse contingente será distribuído entre os 51 locais de aplicação das provas.

canto, Governador Dixsept Rosado, Portalegre, Jandaíra, Jardim de Piranhas e São João do Sabugi. Está prevista a ampliação o sistema de abastecimento de água da cidade de Encanto, orçado em R$ 1,1 milhão. Haverá também a implantação da subadutora para o sistema de abastecimento de água de Felipe Guerra,originada do sistema adutor Apodi/Mossoró,com recurso da ordem de R$ 1,2 milhões. Também está prevista a implantação da subadutora para melhorar o fornecimento de água na cidade de Governador Dix-sept Rosado, também com origem no sistema adutor Apodi/Mossoró.Esta obra foi orçada em R$ 2,9 milhões. Em Portalegre, a Caern vai ampliar o sistema de abastecimento de água, com a previsão de investimento de R$ 2,7 milhões. Outra subadutora vai ser implantada para reforçar o sistema de abastecimento de água de Jandaíra, na região do Mato Grande, com orçamento de R$ 8,7 milhões e captação no Sistema Adutor do Boqueirão. Entre os projetos apresentados estão a ampliação do sistema de abastecimento de água de Jardim de Piranhas, orçado em R$ 10,6 milhões e de São João do Sabugi, onde a Caern vai aplicar R$ 3,9 milhões.

Certame terá 51 locais para aplicações de provas


2 Gazeta do Oeste

Alto-Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Sociais José Filho sempre atencioso

Soraya Vieira sorayavieira@altoestenet.com.br

WWW.SORAYAVIEIRA.COM.BR

DIRETRIZES DE SEGURANÇA

O carinho é corrente de amor que prende sem machucar.

Gerente da Caixa Econômica de Pau dos Ferros e o marido, o empresário Ary Filho

Maria do Ger Neuman Azevedo, pessoa muito estimada pelos familiares e amigos

Dr. Raimundinho Abílio da Ultramed com a esposa Albetiza e dra. Lana

A VIDA CONTA... Deus Te Faça Feliz Agradeço, alma irmã, todo o concurso Com que me reconforta e garantes, Fazendo-me canal mesmo singelo De assistência e de alívio aos semelhantes!. . . O prato generoso que me deste Não foi somente auxílio à penúria pungente, Fez-se clarão iluminando anseios, Felicidade para muita gente.

Casal estimado da colunista, Lana Lacerda e o marido Diego Ariel

Coronel Alvibá e Sílvia, vizinhos queridos de Tibau e companhi a sempre agradável

A roupa usada com que me brindaste, Além da utilidade em que se aprova, Transfigurou-se em benção de esperança A busca de serviço e vida nova.

Casal de empresários Sérgio Serejo e Solange Vilaça com os pais de Raíssa e essa colunista e o marido

E leve cobertor que me entregaste E parecia aos olhos simples pano, Converteu-se em presença da fé viva Entretecida de calor humano!. . . Recursos vários que me ofereceste, Muito mais que socorro à pessoa insegura, Transformaram-se em festa de alegria E retorno ao regaço da ventura. Por tudo que me dás em bondade e trabalho, Repito-te no amor que a palavra não diz: "Pelo Dom de servir nos bens com que me amparas, Deus te guarde, alma irmã!. . . Deus te faça feliz!. . ." Maria Dolores- Chico Xavier

Dr. Halisson Castro e a namorada Ana Elise

A presença dos amigos deu colorido à festa

Vice-prefeita eleita Zélia Leite, Ivonzélito e Igor Államo


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Natal

Sociais O LIVRO DE CANINDÉ A coluna e meio mundo de gente foram prestigiar o lançamento do livro do amigo Canindé Soares, na quarta-feira passada, 14, no Centro de Convenções. Alías, prestígio foi o que não faltou ao mago das lentes. Políticos, empresários, jornalistas, magistrados e admiradores de Canindé foram adquirir o livro que é uma verdadeira obra de arte. Vale a pena conferir e ter na biblioteca. Claro que temos cliques da noite de autógrafos.

Rodrigo Loureiro rodrigo_sloureiro@hotmail.com twitter: @loureirorn site: www.rodrigoloureiro.com.br

FOTOS: ELIAS MEDEIROS

Governadora Rosalba e o prefeito Paulinho Freire com Canindé

O vice-governador Robinson Faria

Os magistrados Jarbas Bezerra e Sandra Elali

Vereadores eleitos: Bertone, Rafael Motta e Dickson Júnior

Emília, Helena e Jordana Asfora

Edivan Martins e Hermano Moraes

Vereadora Júlia Arruda e o noivo Renato Quaresma

Luciana Oliveira com Canindé

Múcio, Camila e Anna Maria Cascudo

Toinho Silveira também esteve no lançamento

Paulinho Araújo faz pose com Canindé

Danusa D´Salles, Celso Amâncio, Canindé e este colunista


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Sociais CESIMAR OLIVEIRA cesimardeoliveira@yahoo.com.br cesimaroliveira@bol.com.br gentedeumarizal.blogspot.com

Gente de Umarizal

Procura meditar silenciosamente, para ouvir a voz de Deus, que o guia, sem jamais abandoná-lo

CEDIDA

TRADICIONAL FESTA... A Gondim & Garcia Produções traz ao público de Mossoró e região mais um superevento. A tradicional festa de 12 de Dezembro está confirmada e traz entre as suas atrações o sucesso do momento, a banda Sorriso Maroto e as bandas Forró Pegado e Pé de Ouro. A festa acontecerá na véspera do feriado de Santa Luzia, no Espaço VillaOeste. A produção do evento garante que será mais um momento de descontração e muita música boa para os presentes."Passado o Mossoró Mix agora o foco é a tradicional festa 12 de Dezembro, que mais uma vez trará atrações que o público pediu", comentou Tácio Garcia, diretor da Gondim & Garcia. ... DE DOZE DE DEZEMBRO... A banda Sorriso Maroto já está na estrada desde o ano de 1997, formada por cinco componentes, completou 15 anos de carreira agora em 2012. Seu mais recente trabalho foi gravado em maio deste ano e resultou em um CD e DVD. A banda já tem várias músicas consagradas junto ao público como "Na Cama" e "Sinais", mas foi a música "Assim você mata o papai", que virou hit do momento e ganhou o Brasil. Já a banda Forró Pegado é uma das grandes promessas da nova geração do forró. Paraibana e com quase cinco anos de carreira, a banda vem crescendo e sendo a cada dia mais solicitada entre as bandas do gênero. Segundo a própria equipe, seu forte é "cantar músicas que alegram o coração e fazem remexer o esqueleto".

DISTRIBUIÇÃO DOS ROYALTIES Na sessão ordinária da terça-feira, 13, na Câmara Municipal de Umarizal, o vereador Washington Sales iniciou campanha para que seja aprovada a lei de novo critério de redistribuição dos royalties. O parlamentar solicitou que o presidente do legislativo umarizalense enviasse solicitação, em nome da Casa, pedindo que a presidente Dilma Rousseff sancione a lei de redistribuição dos royalties. Para o vereador Washington, se o texto for sancionado pela presidente Dilma Rousseff, haverá um aumento significativo nos recursos que chegam ao município. A democratização dos recursos arrecadados com a exploração do petróleo foi alcançada por meio da aprovação do Projeto de Lei (PL) 2.565/2011 no Plenário da Câmara dos Deputados. O texto votado na terça-feira, 6 de novembro, já havia sido aprovado pelo Senado Federal em 2011. A partir da sanção presidencial - se ocorrer -, todos os Estados e Municípios receberão recursos provenientes da extração do petróleo em alto mar no território brasileiro. (Fonte: O Mural de Riacho da Cruz). CEDIDA

A festa de 12 de Dezembro em Mossoró terá na sua programação as bandas Sorriso Maroto, Forró Pegado e Pé de Ouro

... EM MOSSORÓ Outra grande atração da noite do dia 12 será a banda Forró Pé de Ouro, que vem diretamente de Caucaia, trazendo todo o forró cearense pra terra de Santa Luzia. Vencedora do "1º Circuito a Boa do Forró", promovido pela A3 Entretenimentos para descobrir novos talentos, a banda está ganhando nome no meio artístico e se destacando em uma terra genuinamente forrozeira. Com tantos talentos em um só lugar, esse evento promete ser mais um grande sucesso. Outras informações através da central de atendimento, pelo telefone (84) 3316-5366.

Casal promoter Aílton Farias /Leônia realiza na noite de hoje, na ACEP, em Portalegre, grandiosa festa dançante com a banda natalense Grafith e a banda Forró Magote, da cidade de Itaú. Previsão de casa cheia. Sucesso!

Fim de greve será decidido amanhã CEDIDA

Decisão sobre fim da paralisação na construção civil deverá ocorrer nesta segunda-feira, em Natal icou para a próxima segunda-feira, 19, durante uma nova audiência de conciliação na sede do Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Norte, a decisão sobre o fim da greve dos trabalhadores da construção civil, em Natal. Em audiência que durou

F

três horas,presidida na semana passada, pelo vice-presidente do TRT-RN, José Rêgo Júnior, o desembargador apresentou uma proposta de conciliação com índices de reajuste salarial de 10% para os profissionais qualificados e de 8,38% para os serventes. Os trabalhadores da construção civil estão em greve desde o dia 8 passado. O Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil e Mobiliário do RN (SINTRACOMP) pleiteava um reajuste linear de 20% enquanto o Sindicato da Indústria da Construção Civil do RN apresentou uma proposta de apenas 3,5%. Sem acordo, trabalhadores e empresários buscaram

Trabalhadores lotaram o pleno do TRT durante audiência

na Justiça do Trabalho um canal de negociação para encerrar o movimento. Na abertura da audiência, o desembargador José Rêgo Júnior demonstrou as vantagens de se buscar um entendimento pela via da negociação. Depois de ouvir as reivindicações dos dois sindicatos, o vice-pres-

idente do TRT-RN apresentou uma proposta de conciliação com um índice de reajuste da ordem de 10%. O desembargador suspendeu a audiência por cerca de 30 minutos para que os sindicatos pudessem discutir essa nova proposta. Depois disso, José Rêgo Júnior recebeu separadamen-

te cada sindicato para ouvir as ponderações e, a partir daí, retomou as negociações com as duas partes. Após as discussões,a proposta apresentada inicialmente pelo desembargador sofreu uma pequena alteração. O índice de 10% para o profissional qualificado, cujo salário será de R$ 891,00 foi mantido,enquanto foi definido um índice um pouco menor, de 8,38% para o servente,que ficaria com um salário de R$ 685,00. O presidente do Sinduscon, empresário Arnaldo Gaspar, considerou a proposta apresentada pelo desembargador José Rêgo Júnior como "um grande avanço, porque ela repre-

senta um ganho real para o trabalhador,vez que fica acima IPCA dos últimos doze meses, que foi de 5,99% índice oficial do Governo. Já o presidente do Sintracomp, Assis Pacheco, disse que a proposta do vice-presidente do TRT-RN "está aquém das expectativas, mas que levará para a categoria decidir em assembléia se aceita ou não. Até lá, os trabalhadores da construção civil continuam em greve". Na segunda-feira, representantes dos empresários e dos trabalhadores da construção civil participam de mais uma audiência de conciliação no TRT-RN, às 9h, sob a presidência do desembargador José Rêgo Junior.


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Cidades Turismo, Cultura e Lazer

Hemonorte comemora Semana do Doador de Sangue em Natal ntre os dias 19 e 23 de novembro, o Hemocentro Dalton Cunha preparou uma programação especial para comemorar a Semana Nacional do Doador de Sangue.Várias atividades serão realizadas com o objetivo de homenagear e mostrar ao doador de sangue o quanto seu gesto se faz importante para o próximo. Na abertura da programação, marcada para segunda-feira, 19, às 9h30, a enfermeira Márcia Capistrano fará uma palestra sobre a Doação por Aférese um tipo de doação onde se coleta apenas um componente específico do sangue. Dia 20 (terça-feira), às 10h, Rosali Ramalho Cortez, presidente da ONG Humanização e Apoio ao Transplantado de Medula óssea do RN (HATMO), faz palestra sobre o trabalho de-

E

senvolvido pela instituição. Na quinta-feira, 22, a equipe de Serviço Social expõe sobre o Hemonorte e seu papel na sociedade norte-rio-grandense. E no dia 23 (sexta-feira), a partir das 9h, acontece a festa de confraternização do dia Nacional do Doador de Sangue e a oficialização da campanha "Doe Sangue - Carnatal 2012", que contará com a presença do secretário de Estado da Saúde Pública, Isaú Gerino.

De acordo com Linete Rocha, diretora do Hemonorte,a população precisa se conscientizar que a doação de sangue é um compromisso social."Doar sangue é antes de tudo, um ato de amor, porque permite aqueles que precisam de sangue manterem-se vivos. É importante que a sociedade reconheça e homenageie aqueles que com um simples gesto de doar sangue contribuem para que o próximo continue vivendo", ressaltou Linete.

INFORMAÇÃO CRITÉRIOS PARA DOAÇÃO DE SANGUE: · · · · · · ·

Ter entre 16 e 67 anos; Ser saudável; Pesar acima de 50 kg; Repouso mínimo de 6 horas na noite anterior; Evitar alimentos gordurosos antes da doação; Não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores; Apresentar um documento oficial com foto.

EDNILTO NEVES

Várias atividades serão realizadas para homenagear e mostrar ao doador de sangue o quanto seu gesto se faz importante

Educação divulga os resultados das matrículas antecipadas pelo Sigeduc Já está disponível no SIGEduc o resultado das solicitações de matrículas para alunos com deficiência da rede estadual de Natal. Dos 188 estudantes inscritos para o ano letivo 2013, 77 estão ingressando na rede estadual de ensino, 17 solicitaram transferência de escola e 94 pediram renovação de matrícula, através do novo Sistema Integrado de Gestão da Educação. Alunos, pais ou responsáveis devem acessar o www.sigeduc.rn.gov.br e verificar em quais escolas os alunos foram pré-matriculados. Em seguida, devem comparecer à escola selecionada, entre os dias 19 e 29 de novembro, para confirmar a matrícula com os

documentos do estudante. Os alunos menores de 18 anos deverão obrigatoriamente comparecer acompanhados dos pais ou responsáveis. São necessárias 3 fotos 3x4 (atuais), cópia do Registro de Nascimento ou RG e cópia do Comprovante de Residência, Histórico Escolar ou Declaração da Escola Anterior e laudo com a comprovação da Necessidade Especial. Os estudantes com deficiência que já estão na rede e não realizaram a matrícula antecipada não devem ficar preocupados. A renovação da matrícula desses estudantes será feita de forma automática pelo SIGEduc. Em caso de dúvidas ou esclareci-

mentos, os interessados devem procurar a Subcoordenadoria de Educação Especial, da Secretaria de Estado da Educação, pessoalmente ou pelo telefone 3232-1454. A subcoordenadora de Educação Especial da SEEC, professora Márcia Pinheiro, ressalta que a matrícula antecipada para os alunos com deficiência do interior continua ocorrendo. "Para as cidades do interior o calendário é diferenciado e as matrículas continuam ocorrendo de forma presencial até o dia 22 de novembro. Isso porque o SIGEduc está sendo implantado experimentalmente em Natal e deverá chegar às demais regiões no ano que vem".

Liszt Madruga lisztmadruga@hotmail.com

SETURDE HOMENAGEIA HÉLIO O secretário municipal de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Natal (SETURDE), Murilo Barros, publicou portaria no Diário Oficial do Município (edição da sexta-feira, 9 deste) denominando o auditório da Secretaria de Turismo Natal, de jornalista Hélio Cavalcanti, em homenagem ao ínclito profissional que tanto contribuiu para o desenvolvimento e consolidação do turismo potiguar. SETURDE HOMENAGEIA HÉLIO II Segundo Murilo Barros, Hélio Cavalcanti foi um incansável batalhador na divulgação do turismo do Rio Grande do Norte utilizando toda sua capacidade criativa para mostrar o melhor que Natal e o Estado possuem para mostrar aos turistas que nos visitam."Nada mais justo prestarmos uma homenagem a um profissional do calibre de Hélio Cavalcanti, pessoa muito querida junto ao trade turístico e entre seus colegas jornalistas". SETURDE HOMENAGEIA HÉLIO III O jornalista Helio Cavalcanti, falecido recentemente, ocupava a direção do portal "Destino do Sol", que divulgava informações sobre o turismo em geral e com especial ênfase sobre a cidade de Natal. Hélio foi assessor de imprensa da Legião Brasileira de Assistência (LBA), onde se aposentou, ocupou a editoria do jornal "A República", com passagem ainda pela Tribuna do Norte, revista RN Econômico e foi um dos diretores da seccional da ABRAJET/RN (Associação Brasileira de Jornalistas e Escritores de Turismo). SPA NO TERMAS CENTER O spa Termas Center, que funciona na praia de Rio do Fogo - importante destino turístico -, anuncia suas próximas turmas para o fim de ano e as férias de verão. Em dezembro o spa acontece no período de 7 a 16 e, em janeiro, três turmas, sendo a primeira de 2 a 11, a segunda de 11 a 21 e, a terceira, de 22 a 1 de fevereiro. A turma de fevereiro pega o período carnavalesco, vai de 8 a 17. Egídio Dantas lembra que nestes períodos existe ainda a possibilidade de fazer o mini spa de quatro dias. Mais informações pelos fones 3211-7308, 9135-3820 ou 9986-3418, ou no site www.spatermascenter.com.br. MARINHA SEM ROYALTIES A Marinha não terá mais recursos vinculados dos royalties do petróleo, de acordo com o projeto de lei aprovado pelo Senado. Atualmente, a Marinha, que é a autoridade responsável pela segurança e fiscalização das plataformas de petróleo, tem direito a 20% da parcela dos royalties, que corresponde a até 5% do valor da produção e a 15% da parcela dos royalties que exceder a 5% da produção, quando a lavra ocorrer na plataforma continental.Pelo projeto, a destinação dos recursos dos royalties para os vários órgãos do governo será feita por ato do Executivo. SOCIALTURIS NA PERSONAL Tem festa amanhã na empresa Personal Marketing por conta do aniversário do jornalista Allan Erick, integrante da assessoria de comunicação da agência das boas ideias. Felicidades, menino. FLOR DO CARIBE EM EXTREMOZ A nova novela das seis, da Rede Globo, "Flor do Caribe", que irá ao ar em 2013, e que terá a maioria de suas gravações nas dunas e praias de Extremoz, a partir de amanhã até 21 de dezembro, está sendo cuidadosamente organizada pela produção da emissora. Nesta quarta-feira, 14, às 9h, por meio do secretário de Turismo de Extremoz,

Fernando Bezerril, esteve reunido com representantes dos órgãos Ibama,Idema,Sindicato dos Bugueiros e as polícias Ambiental e Militar, além do Natal Convention Bureaux, no Centro de Convenções de Natal definindo as últimas providências. FLOR DO CARIBE EM EXTREMOZ II O prefeito de Extremoz, Klauss Rêgo, disse que a novela será muito importante para divulgar os destinos turísticos do município. "Realmente é muito bom para Extremoz que a nova novela da Globo seja gravada no município. Nossas praias, que já são conhecidas mundialmente, receberão um importante reforço porque ficaremos por cerca de sete meses na tela da Rede Globo de Televisão. PETROBRAS PRORRAGA INSCRIÇÕES Foram prorrogadas as inscrições para as seleções públicas do programa Petrobras Ambiental e do Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania. Os interessados têm até as 21h (horário de Brasília) do dia 13 de dezembro para se inscrever pela internet. Em seguida, as inscrições devem ser validadas com a postagem dos projetos pelos Correios até o dia 14 de dezembro. A Companhia destinará,em dois anos,R$ 102 milhões para patrocínio a projetos ambientais e R$ 145 milhões para projetos sociais em todo o País, o maior investimento de todas as edições dos programas. As inscrições no site www.petrobras.com.br/selecoespublicas, onde também constam formulário, requisitos e procedimentos. COMITE RIO APODI-MOSSORÓ As inscrições para o processo eleitoral de escolhas dos membros que farão parte do Comitê da Bacia Hidrográfica do rio ApodiMossoró (CBH Apodi-Mossoró) estão abertas até o dia 14 de dezembro. O primeiro passo no processo de instalação do Comitê foram os Encontros Regionais que aconteceram em Pau dos Ferros, Apodi e Mossoró. Mais informações: www.semarh.rn.gov.br, no link "editais" e no blog do Comitê: www.cbhdorioapodimossoro.blogspot.com. CIRCUITO PETROBRAS DE VELA Areia Branca (RN) sedia neste fim de semana a 6ª etapa do Circuito Petrobras de Vela 2012. O evento, que começou ontem, 16, inclui atividades educativas, culturais e esportivas, além de competições de barco a vela. Mais informações: Assessoria de Comunicação da Petrobras no RN (84) 3235-3636,e-mail:comunicacao.rnce@petrobras.com.br. RÉVEILLON EM PORTUGAL PELA TACV Os voos da TACV entre Fortaleza e Lisboa começam a lotar para passar o fim do ano em Portugal. Foi o que afirmou a imprensa de Lisboa o representante da companhia aérea africana,durante workshop no Dom Pedro Palace, na capital portuguesa. No Brasil, a TACV conta com o apoio das operadoras cearenses Be Happy, Complexo e Lusanova e dos hotéis Oásis Atlântico, em Fortaleza, e Dom Pedro Hotels, através do resort Dom Pedro Laguna, em Aquiraz, no litoral cearense. O representante da TACV no Brasil é José Luís Sá Nogueira. ROCK GRANDE DO NORTE A edição do Rock Grande do Norte (RGN) será realizada em 1º de dezembro deste ano, no Oba Restaurante, a partir das 20h, os grupos musicais que se apresentarão no local preparam o repertório que irá compor os shows. O evento vai movimentar o turismo mossoroense,bem como a ocupação das unidades hoteleiras da Terra de Santa Luzia. Imperdível.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Cidade Interativa Cartão-Postal

CÉLIO DUARTE

SUAS Municípios brasileiros têm até o dia 30 deste mês para responder a 2ª fase do Censo do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Nesta segunda fase os municípios devem cadastrar informações e enviar dados sobre os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Gestão Municipal e Conselho Municipal de Assistência Social e os Estados devem informar sobre o funcionamento da gestão estadual e Conselho Estadual de Assistência Social. ENCONTRO A Escola de Contas do TCE/RN, em parceria com a CGU- R/RN; TCU-Secex/RN e a Femurn vai realizar no dia 10 de dezembro o Encontro dos Prefeitos Eleitos e daqueles que estão encerrando o mandato. O evento será realizado no auditório do Centro de Referência em Educação Aluízio Alves - CEMURE, em Natal. O objetivo é dar boas-vindas aos novos prefeitos e oportunizar espaço de informação e debate de temáticas sobre a boa governança, incluindo orientações sobre a comissão de transição para o cargo de prefeito. INSCRIÇÕES As inscrições para o processo eleitoral de escolhas dos Membros que farão parte do Comitê da Bacia Hidrográfica do rio Apodi-Mossoró (CBH Apodi-Mossoró), continuam abertas até o dia 14 de dezembro. O primeiro passo no processo de instalação do Comitê foram os Encontros Regionais que aconteceram em Pau dos Ferros, Apodi e Mossoró. Estes eventos subsidiaram a discussão a respeito da importância do colegiado, quem pode participar e como se dará o processo eleitoral para escolha dos membros.

PÔR-DO-SOL NAS DUNAS DE GENIPABU-RN

CEDIDA

CÉLIO DUARTE

CEDIDA

Flaviano Monteiro, prefeito eleito de Apodi

Gutemberg Aquino, Kléber Fernandes, gerente de vendas; e o engenheiro do West Paradise, Tiago Barreto

Uberdam Freire e a esposa Luzia Karla nos melhores momentos na lagoa de Pitangui, em Natal

CEDIDA

CEDIDA

AG L&T

Pacífico Medeiros, fotógrafo de primeira. Sucesso, amigo!

Felicidades ao advogado Rochinha, que aniversariou na sexta-feira, dia 16 de novembro

CEDIDA

CEDIDA

Sara Câmara e Sávio Rayne, filhos do casal Shirley Câmara e Suely

Parabéns a Lara Priscila que completa mais um ano de vida hoje, ao lado do seu namorado Udenilson da Central Veículos CEDIDA

O vovô coruja José Ilo é o aniversariante da semana. Na foto com o neto Arthur Igor, e o filhão e pai de Arthur, dr. Igor Államo. Parabéns a todos!

Pedro Frederico e a patroa Cecília. Só love em Tibau


Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Expressão ABRACADABRA MARCELO AMARELO

Editor: Monalisa Cardoso monalisacardoso08@gmail.com

Exposição sobre lei para incluir obras de arte em construções

O TEATRO MÁGICO

6

Novo DVD de espetáculo com música, circo e teatro

7

Espetáculo conta a história do filme estrelado pela Xuxa em 2003

MONALISA CARDOSO Da Redação ra uma vez uma floresta encantada, ameaçada pelas forças do mal. A história, repleta de princesas, bruxas,príncipe encantado e muita imaginação, será contada em forma de dança no espetáculo Abracadabra, pelo Studio de Dança Clézia Barreto nos dias 14, 15 e 16 de dezembro, no Teatro municipal Dix-huit Rosado, às 20h. No dia 16, duas apresentações, às 17h e às 20h. A diretora geral do espetáculo, Clézia Barreto, explicou que todos os anos a procura é por referências de clássicos da Disney, filmes, e que este ano a escolha foi pelo filme Abracadabra,estrelado por Xuxa em 2003, pela Globo Filmes, que mostra vários contos de fadas em uma só história. "Ela entra em um livro e encontra um mundo encantado com muitas princesas", explicou. A base do espetáculo foi criar uma história onde as princesas da Disney estivessem inseridas. "Fizemos uma pesquisa sobre cada uma delas, sobre o filme, que também tem madrasta malvada, bruxa, e como todo conto,um príncipe encantado, que vem para desencantar a princesa", disse Clézia Barreto. A diretora lembrou que a academia tem um histórico de espetáculos, sendo esse o 17°, onde crianças, jovens e adultos participam. "O tema deste ano é parecido com o do ano passado,que foi baseado no filme 'Encantada', só que é o contrário.No ano passado, a princesa saía dos contos para o mundo real,esse ano ela sai do mundo real para

E

o encantado", acrescentou a diretora do espetáculo. O elenco do espetáculo Abracadabra contará com 200 participantes,sendo 19 coreografias, cada uma com seus figurinos que estão sendo confeccionados por 12 costureiras e figurinistas.Seis coreógrafos são responsáveis pelas 19 coreografias, que são eles: Hykaroo Mendonça, Adriana Castro, Leonardo Saldanha,Rose Fernandes, Tâmisa Vieira e Tereza Christina. "Os coreógrafos tem a liberdade de escolher as músicas e a coreografia", explicou Clézia Barreto. Na roteirização, os responsáveis são Clézia Barreto, Leonardo Wagner e João Marcelino. A direção cênica é assinada por Leonardo Wagner e a direção geral por Clézia Barreto. O espetáculo contará com coreografias de balé clássico, dança do ventre, dança de rua e jazz. "Tentamos trazer um valor melhor no que se refere à diversidade", continuou a diretora. O coreógrafo Hykaroo Mendonça explicou que está trabalhando em dois níveis de jazz, focando dar sentido às personagens."As aulas são focadas no crescimento da técnica que eles adquiriram durante o ano todo.O jazz trabalha coreografias mais rápidas", destacou. Já na no street dance, ou dança de rua, permite misturar várias técnicas. "As bruxas e os monstros vão apimentar o espetáculo com movimentos fortes, que mostrem energia", acrescentou Hykaroo Mendonça. Já a coreógrafa Adriana Castro falou sobre a dança do ventre para crianças. "Trabalhamos a dança do ventre com crianças a par-

tir dos nove anos, com foco na coordenação motora, o que diferencia a dança que é trabalhada com adultos, que mostra a sensualidade", disse. O coreógrafo Leonardo Saldanha explicou que os ensaios para as coreografias do balé

clássico foram iniciados em outubro. "O balé clássico é a coreografia da Cinderela e já está quase pronto. Nós vamos passando a coreografia junto com a música e eles vêm trabalhando desde outubro", afirmou. A aluna Letícia Clara participa pela quarta vez de um espetáculo da academia dançando balé clássico avançado, e para ela é gratificante participar do espetáculo."É o fechamento das atividades do ano e ao mesmo tempo a comemoração, o dia da apresentação do que aprendemos, o dia em que todos os alunos da academia estão reunidos.Tem sido muito bom participar", afirmou. Diferente de Letícia, a aluna Amanda Lima está no seu primeiro ano de espetáculo e se disse ansiosa pela estreia."Os ensaios estão sendo bem puxados, é um espetáculo grandioso e queremos dar o nosso melhor. Em cada movimento da coreografia, a cobrança é que coloquemos o nosso melhor naquilo, e é o que estamos fazendo. Apesar do nervosismo de estreia, acredito que vai ser muito bom", concluiu. ALCIVAN COSTA

ALCIVAN COSTA

Alunas da dança do ventre mostram o que será apresentada no espetáculo

Balé infantil é uma das principais atrações do espetáculo de dança

O elenco do espetáculo Abracadabra contará com 200 participantes, sendo 19 coreografias, cada uma com seus figurinos que estão sendo confeccionados por 12 costureiras e figurinistas


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Expressão

O

utro dia eu vi uma mocinha chorando copiosamente. Mesmo não sendo curioso (mas o fato de ser observador me fez ver a cena), eu não me contive e perguntei, à pessoa ao lado dela, o porquê daquele choro tão intenso e, aparentemente, doído demais. A pessoa que estava ao lado da jovem, amparando-a, consolandoa, tentando convencê-la a parar com o pranto, me disse que todo aquele cenário de desespero, toda a angústia daquela jovem era causada pela cruel e fria dor de uma traição. Parei, então, para olhar aquela moça. Vi, naquele momento, uma jovem muito bonita - mas descontrolada - que se encontrava no limite de suas forças e, em especial, de seu controle emocional. O desespero era tanto que o soluço que era, no início, intermitente, agora soava como uma rajada de uma arma automática, disparada sem descanso e com um agravante: no caso dela, as balas nunca acabavam. - Como foi isso? - perguntei cada vez mais interessado pela cena. - Ela está noiva. Hoje, ao sair com o seu futuro esposo, ela, como quem não quer nada, mas querendo - e já desconfiada de que estava sendo traída -, deu uma olhada na caixa de mensagens do celular do seu noivo e encontrou, "acidentalmente", uma mensagem de cunho amoroso deixada por uma suposta amante. É claro que não precisou de muitas explicações para que tudo desaguasse nisso que você está vendo, disse a senho-

Colaborador

Questão de Prosa

O gosto amargo da traição

Estrada da memória

Raimundo Antônio - Professor

Clauder Arcanjo - Professor

ra que amparava a inconso- te, pela dúvida, e o sentimento pleno - gerado pelo lável senhorita. - Entendo, respondi. Fi- desejo e pela paixão - podequei olhando, em seguida - rá a vir a ser substituído por mas sem ver a moça à fren- novas experiências sentite -, o retrato de minha men- mentais, já que o novo, te projetada além do que a quando consentido e perrealidade daquele momen- doado uma vez, passa a ser to me mostrava. Pensei: só visto como promessa de reexiste a traição se, em pri- petição e, consequentemenmeiro lugar, houver a con- te, desta vez, como esperanfiança depositada - num ou ça de haver encontrado o noutro - no relacionamen- que procurava. Dificilmento. Esse estado chamado, te se encontra o que se pronum relacionamento, de cura quando procuramos compromisso entre os pares fora daquilo que se entende por respeito é, também, e caráter. Enuma linha muitão, mais uma to tênue entre a vez, o armistícerteza desse cio estará preacordo entre esó existe a traição sente no moles e a facilidamento do arrede com que o "ficar" impõe a se, em primeiro pendimento. Balancei a essa cultura do cabeça e olhei, tudo pode e nalugar, houver a agora, diretada é errado. mente para o Desta forma, o confiança rosto molhado deslize acontepelas lágrimas ce - às vezes mais de uma depositada - num que desciam copiosamente pevez -, embora o la face dela. arrependimenou noutro no Tentei enxerto, na maioria gar, em meio das ocasiões, relacionamento aquele desalenseja mais rápito amoroso, se do que a motiela estava se vação que leperguntando vou a isso, e tudo acabe, mediante o per- sobre "o porquê" de haver dão, retornando ao início acontecido a traição. Será desse mesmo compromisso. que seria ele realmente o culContudo - continuei com pado de ter havido uma traias minhas imagens projeta- ção ou se a traição veio em das como se fossem livros consequência de algo que já em que as linhas, automa- houvesse sido feito antes? ticamente, estivessem sen- Dizem que se há uma únido apresentadas -, quando ca traição num relacionaisso ocorre, mesmo que não mento, o culpado será semqueiramos duas coisas pri- pre o outro; porém, se houmordiais, para que um re- ver mais de uma traição, lacionamento se fortaleça neste mesmo relacionamenainda mais, deixam de exis- to, os culpados disto acontir: a confiança que será tecer seremos sempre nós. substituída, dali para fren- Será que a consciência da-

quela jovem estava tranquila com relação a essa máxima? Ou será que a traição, por parte do seu noivo, tenha se dado, justamente, pelas experiências sentimentais que ela resolveu provar, mesmo que estas tenham sido apenas para dizimar qualquer dúvida com relação ao sentimento que nutria - porém, valendo-se do princípio de que só conhecemos a qualidade de algo quando o comparamos com um outro (embora o zelo pelo sentimento, em hipótese alguma, possa ser posto em comparação) e, em seguida, comprovando que estava errado, receba, como prêmio, o perdão. É... Pode até ser assim, pensei. Mas, quando se tem uma joia rara em mãos, o melhor a fazer é cuidar para que ela esteja sempre bem polida e brilhosa.Não se testa uma joia riscando-a no chão para ver se ela é verdadeira. Na pior das hipóteses, devemos levá-la ao joalheiro para que ele ateste a sua autenticidade. No caso do amor, independente de quem tenha errado - e, pela expressão da moça, a traição com que fora atingida jamais teria passado pela sua mente -,o mais importante é nunca desvalorizar o sentimento que se nutre.Quando banalizamos o nosso querer, o mínimo que pode ocorrer é darmos condições ao outro de ele também experimentar a mesma fórmula e perceber, quando esta experiência não obtiver os resultados esperados, que voltar e ser recebido (como recebeu) de braços abertos, e perdoado, é o mínimo que a outra pessoa tem a fazer.

Reminiscências

Figuras de destaque no RN Wilson Bezerra de Moura - Professor emérito da Uern Imagino o tamanho da alegria que invadiu o professor Nonato, ao se surpreender em plena rua do Rio de Janeiro com a potiguar marca registrada de sua terra de tanta imaginação. O encontro com Oswaldo Lamartine transformou o sonho em realidade. Deixou de pensar sobre todos e tudo da terra e passou a conviver um momento de realidade ao conversar sobre pessoas tanto da amizade do próprio Nonato como do escritor Oswaldo Lamartine e assim ocorreu a festa da alegria por alguns instantes. Para chegar à conclusão de assuntos mais ligados ao

escritor Oswaldo, conversaram antes numa retrospectiva do velhão sertão. Repensando os rebanhos de Gado e Ovelhas, seus seguidores pelos caminhos da tangida ao curral, lembrando os Vaqueiros e Jagunços que cada um tinha sua participação na história da região e, lembrar esses fatos acalentava a saudade. Mais não foi esquecido no momento o nome de Juvenal Lamartine, figura de reconhecido valor político não só na região como em todo território nacional. O professor Nonato sempre preservador da história induzia Oswaldo a escrever sobre o pai e trans-

formar o escrito em livro para daí torná-lo vivo na história do Rio Grande do Norte. A geração presente registra fatos para conhecimento no futuro dos povos. Juvenal Lamartine de agropecuarista a político de nome nacional merece ser lembrado e fazer parte da história. O mais agradável para preservar a história é sempre que possível relembrar fatos que foram construídos por pessoas que dela fizeram parte. Quanto ao ex-governador do Estado do Rio Grande do Norte, ex-senador da República e ex-deputado federal, muito se tem que lembrar por

haver contribuído naquele tempo para estruturação da sociedade nos diferentes aspectos. Compreendi a importância de reviver acontecimentos antigos, quando de um encontro no Rio de Janeiro entre o agropecuarista Oswaldo Lamartine e o professor e escritor Raimundo Nonato a quem recorremos para obter tais informações. Na ocasião eles fizeram uma reprodução histórica de personalidade importante no cenário político da região, e o prato do dia naquele instante foi o Juvenal Lamartine pessoa influente no Estado do Rio Grande do Norte.

Ontem, entrei no carro da lembrança, sentei-me, liguei o arranque do passado e pus-me a viajar em estado de confidências. Foi quase uma hora entregue aos ventos da estrada da memória. Não imagine, caro leitor, que foi um furacão que me invadiu o cérebro. Não, longe disso, vi-me a trafegar suave por entre uma ventania contida, com o prazer do refrigério e sem o medo da força da natureza. Logo de início, passei pela estação da infância. Confesso que foi uma visita rápida.Vários passageiros cumprimentaram-me, lembraram-me de travessuras nas barrancas do rio Acaraú, descobertas antigas acorreram-me... mas, confesso, quis logo sair. Como se tomado por uma impaciência pelo telurismo. Entender, quem há-de. Segui. Duas curvas à frente, sob a copa frondosa das utopias da juventude, a segunda parada. Desci, tomei um refrigerante, revisitei fatos da minha diáspora do chão de Santana, chegando, quase menino, na capital cearense. O cheiro da grande cidade assomou ao meu nariz, e eu tive um surto de medo, idêntico ao sentido por mim àquela época. Com pouco, os alunos do Marista Cearense me abraçaram e eu falei a eles que alguns dos meus projetos de vida se realizaram, e outros, bem, outros ficaram na gaveta da procrastinação. Gaveta esta que prometo sempre abrir no ano vindouro. Inquieto, rumei para a estação seguinte. Desta feita,com velocidade mais baixa.As reminiscências funcionavam como um redutor do meu avanço, como se solicitassem de mim mais tempo, para serem entendidas, sentidas e digeridas. A reflexão, no mais das vezes, pede o enrosco dos ponteiros do tempo. Confesso que fui invadido por um certo cansaço. Não se deve engolir muitas léguas no mesmo dia no volante do carango da memória. Como sou um rematado teimoso, continuei o meu périplo. Uma viagem para dentro do meu passado. Ou seria para dentro de mim mesmo? Acelerei, como se, assim agindo, tudo me fosse mais leve. Engano meu. Os espectros fechavam a estrada, bloqueavam-me a fuga, exigindo que descesse e tomasse, em detalhes, conhecimento de todos os incidentes de então. No começo, enfrentei-os, na tentativa de convencêlos a ceder. Não me deixaram saída, e, resignado, guardei a minha pressa e ouvi-os. Recontaram as minhas ilusões, reacenderam a pira das minhas olímpicas certezas - hoje tão imersas na penumbra da dúvida - e fizeram com que ficasse,frente a frente,com o jovem acadêmico de engenharia.Eu,amante dos cálculos, detentor da cretina certeza de que a Ciência poderia resolver todas as nossas mazelas. "Uma questão de trabalho e de vontade!" - a voz do inconformado e "revolucionário" acadêmico de engenharia civil. Despedi-me, não sem antes dar a volta pela praça de outras recordações. Os namoros, as decepções primeiras, a experiência de professor, a formatura, os empregos, a descoberta da verdadeira paixão, a minha Biscuí. Quando a bonança mostrou o seu prenúncio, engatei a marcha do presente, confessando-me que era mais do que hora de seguir. O futuro me espera, com o passado e o presente que se encerram. Bom domingo, caro leitor!


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Expressão Mário Gerson

O rei está nu! Autor fala em uma falsa ideia de desenvolvimento cultural FOTOS: ALCIVAN COSTA

JOSÉ HEITOR BARBOSA Especial para o expressão á faz alguns anos que a cidade de Mossoró recebera o epíteto (informal) de capital cultural do Rio Grande do Norte e esse mote ganhou espaço nas diversas camadas da sociedade mossoroense e há quem diga não só do Estado, mas do Nordeste ou do Brasil, não deixando esquecer a candidatura (não ganha) lançada em 2007 para ser a capital cultural do país. Decerto que é inegável o desenvolvimento urbanístico da cidade que ocorre a olhos vistos, e com isso quero dizer aquisição de possibilidades que se conquistam para benefício dos cidadãos, inclusive em relação aos espaços culturais que surgem. Mossoró é uma cidade que ainda vive uma plena transição entre as formas atuais de metrópole e as formas arcaicas interioranas,que ainda se embatem sem encontrar termo. Mas sem perder-

J

Mossoró é uma cidade que ainda vive uma plena transição entre as formas atuais de metrópole e as formas arcaicas interioranas se com a questão dos movimentos culturais de Mossoró, devo apontar que o dito epíteto, bastante alardeado por certas esferas do poder público e que encontra eco entre os artistas locais, não parecem mais do que som e fúria, um exemplo de que

Artigo fala sobre melhor aproveitamente do Teatro Municipal Dix-huit Rosado

buscando falar alto possa-se conseguir algo. E antes que comecem a apontar os luminosos casos do "Chuva de bala" ou o "Auto da Liberdade", que são, de fato, espetáculos grandiosos, porém, mais que tudo, possuem um correspondente político muito forte e política, para nosso povo, é questão premente. Esses grandes espetáculos são casos com seu valor,mas muito pontuados num contexto que ultrapassa a um período ou dois do ano. A questão aqui é nos dedicarmos aos outros detalhes que permeiam a vida cultural da cidade.Observando mais especificamente o caso do teatro, por exemplo, o Lauro Monte Filho, que se encontra num espaço privilegiado da cidade e tornara-se parte da história artística de Mossoró, permaneceu longo tempo em estado de abandono tornando-se uma visão indigesta do descaso do poder público,para só recentemente receber a devi-

da atenção, em verdade, existe apenas um teatro em plenofuncionamento, que é o Dix-huit Rosado, lugar que recebe elogios daqueles que já pisaram em seu palco, mas que por si só não pode levar a cabo as ações dos vários grupos já estabelecidos e que começam a surgir na região, seja teatro, dança ou música. É de total compreensão a todos do meio artístico,que nem sempre é possível levar seu trabalho ao clássico palco italiano, às vezes por não ter a tutela adequada ou pelos valores a serem pagos, mas também por não atender a pluralidade de propostas que surgem. Outros pontos que precisam ser notados são a ausência de visão para grupos artísticos que estão fora dos grandes espetáculos, estando além/paralelo/ à margem do "corredor potiguar", ou também a pouca mobilização dos grupos em prol de outros projetos de grande porte que possam margear

o vínculo com a prefeitura da cidade em benefício de uma arte mais livre e para proporcionar uma mobilização que ultrapasse os limites da cidade, ou a reconfiguração dos indivíduos das secretarias, por outros que tenham, pelo menos, comprometimento com a arte, ou as escolas (pública ou privada, pois é uma questão de formação do cidadão pela sua polis) que devem desenvolver este aspecto da personalidade dos seus alunos, não se limitando a excussões escolares na falsa ideia de desenvolvimento cultural desses indivíduos, pois numa capital cultural até os indivíduos mais simples são possuidores de algum senso estético. Notem como a questão da saltos e que fogem do pontualismo do "tal ou tal espetáculo e evento". Aceitar menos eu isso, não valeria tanto assim o título de capital brasileira da cultura,mas o rei continua a ostentar suas roupas novas, sem saber que está nu.

Rodapé A VERDADEIRA HISTÓRIA DO ALFABETO Caso se mantivesse a classificação usual dos gêneros literários, este livro de Noemi Jaffe seria uma coletânea de pequenos contos híbridos entre a prosa e a poesia. Entretanto, a crítica mais conservadora certamente encontrará dificuldades para categorizar estes 52 instantâneos da linguagem constelados entre a ficção e a história, a verdade e a imaginação. Tendo como ponto de partida uma genealogia ficcional das letras do alfabeto e de algumas palavras da língua portuguesa, A verdadeira história do alfabeto é um apaixonante itinerário que vai de A a Z, de Aardvark a Zearalenona. Entre as numerosas alusões que transparecem dos verbetes que compõem este volume, Jorge Luis Borges e as narrativas bíblicas são pontos de referência inescapáveis. Do mesmo modo, autores como Guimarães Rosa e Vladimir Nabokov dialogam com a mitologia indígena e os sonetos de Luís de Camões. Inserindo-se numa tradição que inclui Giovanni Battista Piranesi, Italo Calvino, Alberto Manguel e outros inventores de lugares imaginários, a autora de Quando nada está acontecendo constrói neste livro um antológico mosaico de ficções. Indiferente às limitações das enciclopédias, dicionários e manuais de retórica, e amparada por numerosos idiomas, sejam eles reais ou inventados, Noemi Jaffe revela as metamorfoses de que a língua portuguesa, liberta das fórmulas do cotidiano, ainda é capaz. Autor: Noemi Jaffe

INTERINA: MONALISA CARDOSO

monalisacardoso08@gmail.com twitter: @Mona_Cardoso

'IN' - NÃO HÁ LIMITES PARA A ARTE No domingo, dia 25, o Teatro Municipal Dix-huit Rosado será palco da apresentação do espetáculo de dança 'IN', que será encenado pela Cia. Artes sem Limites, a partir das 20h. Estou querendo muito ir ver. Essa será a primeira vez que um grupo formado por pessoas com deficiência sobe ao palco de um teatro em Mossoró para uma apresentação de dança. A companhia conta com dez mulheres cadeirantes e 11 homens andantes, incluindo o professor, que é o diretor artístico Hebert Menezes.

SALA DE REBOCO A primeira apresentação foi no último dia 16, mas o espetáculo Sala de Reboco, do Grupo de Arte e Cultura Potiguar ainda será apresentado no Cafezal do Memorial da Resistência nos dias 23 e 30 deste mês. Vale a pena conferir. GRAMMY A cantora Aline Barros foi premiada, nesta quinta-feira, 15, com o Grammy Latino 2012, na categoria "Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa", com o CD Aline Barros & Cia 3, em cerimônia da Academia Latina de Gravação (LARAS), em Las Vegas. Sendo este álbum um dos mais especiais do ministério da cantora, que gravou grávida de sua filha, Maria Catherine. OPERA ROCK Hilkélia esteve de volta à capital potiguar para gravar o seu DVD, no Teatro Riachuelo, dia 14 de novembro. Devido à grande procura por ingressos para o Opera Rock, foi aberta uma sessão extra, dia 13 de novembro, sendo essas duas apresentações escolhidas para a gravação do novo trabalho da cantora. O espetáculo Opera Rock é uma releitura de clássicos do rock, ópera e trilhas sonoras de clássicos do cinema, onde o público será envolvido na união de sons, cores, gestos, cenário, iluminação, figurino e interpretação,oferecendo uma experiência artística única através da música. PARABÉNS AO TARARÁ O Pessoal do Tarará esteve na sexta-feira apresentando Aurora Boreal

na Casa da Ribeira, em Natal. O grupo, comandado pelo competente Dionísio do Apodi, completou dez anos na terçafeira passada, dia 13. A todos, parabéns! SESC MACAÍBA As inscrições para o CicloSesc já estão abertas e podem ser feitas no Sesc Macaíba, mediante doação de 1kg de alimento não perecível (comerciários) e 2kg (comunidade em geral), exceto sal. Cada participante receberá uma camiseta personalizada do evento. Os alimentos arrecadados serão doados para instituições da cidade, cadastradas no programa Mesa Brasil Sesc. SESC MACAÍBA II O passeio será no dia 25 de novembro, com largada às 8h do Sesc Macaíba, em um percurso de 6km pelas principais ruas da cidade e com paradas em três pontos históricos da cidade - Solar do Ferreiro Torto, Igreja São José e Igreja Matriz. O intuito é de promover um momento de vivência história entre a nova geração,além de ressaltar a importância da valorização da história do município. Todos os inscritos no passeio participarão ainda do sorteio de cinco bicicletas. MISS MUNDO RN A representante de Natal, Heloiza Campos, 22, foi coroada na noite de quarta-feira (15), como a Miss Mundo Rio Grande do Norte 2013. Ela disputou o posto com outras 18 garotas. Em segunda posição ficou a miss Apodi, Flavia Daniele, seguida pela terceira colocada, a miss Mossoró, Dani Amaro.


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Nos Jardins

AURINO

CARLOS

O advogado Aurino Carlos encabeça a Chapa 2, de oposição, na disputa pelo comando da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), em Mossoró e região Oeste. Nesta entrevista, ele fala de propostas, da relação da Ordem com a sociedade civil e com o Judiciário, além de realçar uma visão geral sobre a advocacia, entre outros assuntos. Confira:

GAZETA DO OESTE - Doutor Aurino, o que lhe motivou a entrar nessa disputa pela OAB? AURINO CARLOS - Na verdade isso foi um processo. Nós estamos agora já em fase pré-eleitoral para eleição institucional da OAB e antes começaram a haver reuniões dos colegas advogados para possibilidade do lançamento de uma chapa. De uma chapa alternativa como alguns chamam, e outros chamam de uma chapa de oposição. E normalmente, desse processo, eu sempre costumo participar. E nas conversas, inclusive entrei para esta reunião, com um discurso, na verdade é o que eu defendo, da possibilidade de uma composição entre as chapas. Na verdade é a junção de toda a advocacia nossa,um consenso ... GO - ... em função de uma candidatura única ... AC - ... a construção de uma candidatura única,agora partindo de um processo democrático e com debate de todos os que tivessem interessados para que pudesse dar oportunidade para que vários colegas pudessem postar a sua candidatura.Por que penso, por que friso e por que defendo isso? Tenho advogado na área empresarial, viajo e tenho contato com a advocacia em todo o País e vejo que a nossa advocacia,a mossoroense,não deixa a desejar a quem quer que seja. Em qualquer nível da advocacia em nosso País.E Mossoró também é uma cidade que vem se destacando e se desenvolvendo muito.No cenário político, no cenário econômico, no cenário social e, com base nisso, tanto o fortalecimento do corpo jurídico,da advocacia e com a cidade também em crescimento,traduz um fortalecimento muito grande para a classe e para a nossa OAB com a possibilidade de nós conquistarmos lutas mais fortes. Temos um espaço maior na subseccional estadual e então por tudo isso eu sempre defendi essa composição.Enfim, não foi possível. Houve conversas em ambas as chapas, tentamos construir, mas, por outros fatores, inclusive nomes que já estavam colocados na candidatura até já há algum tempo, não foi possível haver renúncias e por conta disso não seria possível essa unificação, essa composição de chapa única. Então quando estive nessa reunião e me manifestava nesse sentido, opinando para que nós pudéssemos ter um processo democrático,mas pró uma composição,um colega interrompeu e disse? "e você aceita, Aurino, ser o nosso candida-

to?", e eu coloquei que: "isso na verdade é a essência do princípio da nossa chapa. Eu não tenho que aceitar, essa candidatura não pode ser minha, e para você presidir a OAB, você não pode ter o intuito pessoal. A candidatura tem que ser da classe.Se os colegas aqui presentes entenderem que o meu nome tem como avançar, caminhar junto, fazer um bom trabalho pró-Ordem, pró-advocacia, prósociedade,eu estou dentro".Automaticamente inclusive eu não imaginava que teria aceitação que tive naquele momento.Todos os colegas que participaram da reunião eram colegas que representavam a advocacia de vários setores.Advogados mais antigos e experientes,advogados novos recém-ingressos na Ordem e estudantes de Direito. E houve esse debate e isso foi uma semana antes do pleito municipal.E eu observei que houve essa aceitação e a partir de então eu comecei a pensar, "acredito que isso vai vingar". Mas mesmo assim, como eu também estava participando dessas reuniões para tentar uma composição, eu fiquei aguardando também a resposta porque a gente só entra se não tiver uma resposta da outra chapa. GO - Mas já tinham conversado expondo isso? AC - Já. Já estávamos conversando. Inclusive eu tenho um bom contato com o presidente atual e estava trazendo exatamente para ele isso,que a chapa estava em formação e naquele momento eu ainda não me colocava como candidato, porque realmente eu não estava candidato e não era candidato.Tinha acontecido esse debate. E aí ficou marcado uma nova reunião com os colegas, na segundafeira logo após imediatamente as eleições. Até porque os colegas, praticamente grande parte deles,estavam envolvidos nesse processo eleitoral nosso. Todas as coligações estavam trabalhando, nós tivemos uma disputa eleitoral muito acirrada, nós tivemos uma participação no Judiciário, de uma forma também diferenciada de outras campanhas, e que exigiu muito do corpo jurídico. Então era até razoável que nós aguardássemos esse processo para que pudéssemos conversar com maior tranquilidade sobre o tema.Então,passada a eleição,aí foi quando aguardamos a resposta, me pediram um prazo até segunda-feira. E na segunda à noite não tinha chegado resposta alguma. E aí foi quando dissemos, então vamos lançar a chapa porque nós não podemos esperar mais, porque nós já estávamos

a uma semana da data fim para o registro de chapa. Já estávamos de última hora e aguardar mais não tinha como. Então foi lançada e o meu nome entrou, da mesma forma que Tiago Rêgo, que é o meu vice, entrou também. Lançamos, o pessoal tirou um foto e postei nas redes sociais e mesmo nessa ocasião eu disse:"olha,aceitei, mas também a todo tempo coloco o cargo,a candidatura à disposição para que outros colegas possam entrar e a gente caminhar juntos". Sem qualquer vaidade pessoal pelo cargo e até porque eu tenho muito o pressentimento, eu tenho muito o sentimento do que é presidir a OAB.Então por isso vaidades pessoais com interesse na OAB e a promoção pessoal isso não compete e é conflitante com a instituição.Então em face a isso coloquei também o meu nome à disposição, mas aí a candidatura realmente vingou,pegou,no outro dia tive um almoço com os colegas para ver a possibilidade e quando realmente foi fechada as futuras possibilidades, então aí eu me tornei candidato e começamos a fazer as composições. Então foi dessa forma, foi nesse cenário que eu entrei candidato, numa reunião da qual não fui candidato e saí candidato,por um debate junto com os colegas. Inclusive nós começamos o nosso processo eleitoral com essas linhas, com a participação efetiva e maior de todos os colegas. GO - Doutor Aurino, sua chapa também fala em renovação. Como será essa renovação? AC - O nome é OAB, por uma OAB renovada.OAB renovação tem um destaque nesse A de ação.Eu costumo dizer que é um termo, a terminologia dela você está juntando duas palavras muito fortes que é renovar e agir.E o que casou perfeitamente porque note que essa forma da qual foi feita a eleição dos candidatos,para mim, já iniciou uma renovação, porque se iniciou através de um debate democrático com a participação de vários colegas e a decisão de um colegiado. Então não é uma postulação pessoal. Nós já iniciamos, já começamos a renovar daí. Segundo ponto é que são dois nomes que também são nomes novos no cenário da OAB. Então, quando você trata de nomes novos, você tem que ter em mente automaticamente nova visão, novos pensamentos, nova oxigenação. É aquele tão salutar em qualquer processo democrático, nós sempre ouvimos falar na alternância do poder que é importante para qualquer instituição. E

eu até afirmo isso costumeiramente, o termo alternância de poder eu nem gosto porque eu acho que o termo poder é um termo muito forte. E a OAB eu prefiro dizer que é uma alternância do serviço. E sempre atesto que o líder que não serve ele não vai servir para nada. Então no momento em que aceitei esse desafio eu tenho isso em mente. Inclusive, como eu disse, na primeira reunião que o nome foi colocado e discutido, depois da decisão deles, teve um final de semana que eu pensei muito se realmente teria condições de assumir essa candidatura e consequentemente assumir a presidência da Ordem com a eleição pela chapa 2. E isso me levou a um final de semana todo de muita meditação, porque costumo, tudo que passa na minha vida,onde eu entrei eu me dedico realmente de corpo e alma. E como eu tenho esse sentimento da OAB, então eu sabia que, para mim, a OAB, vai ser significado de muita renúncia, de muito serviço. Obviamente não será só isso,será com todo corpo de advogados. Então eu costumo sempre dizer, aonde ando, não peço o voto, peço o apoio, integração,peço que os colegas já entrem conosco a partir do processo eleitoral, para que eles se sintam realmente parte dessa OAB que a gente tem e essa bandeira que a gente tem de fazer ela de forma mais participativa,mais democrática e também voltada para a sociedade.Porque a OAB tem as suas lutas sociais. GO - Doutor Aurino, com base nesse raciocínio que o senhor apresentou, o senhor defenderia, por exemplo,o fim da eleição na Ordem? AC - Defendo e inclusive atesto em todos os locais que estou,em entrevistas com os colegas,nos discursos,que já me coloco, eu e o doutor Tiago Rêgo, já lançamos de antemão que caso eleitos, nós não iremos para a reeleição. Nós somos contra a reeleição e já deixamos bem claro que não partiremos para um processo de reeleição. Isso independente das conquistas que teremos,independente da motivação dos colegas, mas isso é um compromisso meu. GO - E como esse compromisso foi assimilado pela categoria? AC - Foi plenamente assimilado, porque esse anseio, na verdade, essa participação maior dos colegas da OAB é um anseio que nós tínhamos e que hoje eu vejo que é comungado pela maioria dos colegas. Porque a campanha para OAB se faz com visi-

tas, nós temos um público diferenciado, o eleitor no processo da OAB é um advogado, que é um formador de opinião,que tem um segmento.Ele tem como entender como seriam as melhores propostas,ou o melhor perfil. Então nesse segmento a campanha é feita com visita. E a cada visita que eu tenho, as pessoas muitas vezes antes mesmo da gente começar a falar já esperam isso,tem essa cobrança. E a gente acredita que foi muito bem aceito e isso foi o que a maioria dos colegas disse. GO - Como o senhor mesmo citou, a sua candidatura foi praticamente decidida no início de outubro, quer dizer há um mês. Isso não coloca o senhor em uma certa desvantagem perante a outra candidatura? AC - Eu penso o oposto. E por que penso o oposto? Porque exatamente ser lançado há três anos, no triênio passado, você já vive com isso, você já demonstra que a gestão está sendo feita entre poucos.Então você não dá a possibilidade de que outros colegas também tenham essa possibilidade de passar pelo menos pelo processo da escolha dos nomes. Então automaticamente eu acho que isso é,pra nossa instituição, muito preocupante. Então, com esse aspecto, mostra até uma aparência no sentido de quê? De já estar em campanha, de já estar pedindo voto. Então a gente entra na reta final. Nesse aspecto, é um ponto de vista que pode ser visto, mas quando eu pego esse anseio de uma OAB renovada e com a possibilidade de mais colegas participarem, então acaba sendo para mim uma grande vantagem. GO - Como o senhor enxerga a participação da OAB junto à sociedade? AC - É fundamental. É interessante que se diga,porque normalmente quando a gente fala de OAB sempre vem em mente que é a representação dos advogados e a defesa dos advogados.Mas quando nós vamos para o estatuto da OAB, na hora que ele vai definir lá as funções da OAB, vai ser dito que na verdade ela é um serviço. E na hora que ela diz isso, no primeiro inciso dela,ela vai dizer exatamente qual é a finalidade dela: a defesa da Constituição Federal,o Estado Democrático de Direito e uma Ordem justa, mais justiça social e os direitos humanos. Então essa, digamos, está inclusive acentuada antes e depois de falar na representação e defesa do advogado. E a OAB nós conhecemos, é um contexto histórico, de grandes lutas, na redemocratização do País, no período da ditadura a OAB sempre esteve presente, de forma decisiva, de forma enfática, formando opinião e enfrentando grandes desafios. E isso a gente pode trazer para o cenário a nível nacional, mas também local.Nós não podemos estar distante da nossa realidade local. Como a subsecção tem uma abrangência, ela tem a sua circunscrição, dentro dela ela tem a capacidade e a competência de agir nesses problemas.Por isso que no momento em que se iniciava os debates da campanha, eu disse de antemão que não iria admitir, não admiti e em nenhum momento infiltrou interferência de terceiros ou interferência partidária na campanha. Por quê? Porque se eu prezo e defendo que a OAB tem um importante papel nas lutas sociais, econômica e política,como nós podemos ficar reféns de um grupo A ou B político? Não admiti, não aconteceu e por isso nós temos com certeza uma chapa, com essa inversão e a sociedade pode ter certeza que nas lutas necessárias nós estaremos presentes.Eu me


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

ns da Gazeta

enAB dor Ele m as permpasita ear a anuito oria

o ciicao, coana? por tano om esEne de am menou ação, esênem oa fio de anAB e de tão nde

a oà

esmensenadpae ele ai serno xaa Esma e os aes e decoico, izaaa ororananal, mos cal. anção, ea leque nha, admoceioe pornôos filítipor haade cesme

tornei advogado em 2002 e comecei a participar da OAB. Nós tínhamos uma gestão, de Tarcísio Jerônimo, e existiam projetos importantíssimos. Tinha um projeto chamado OAB vai à Escola, que eram palestras feitas nas unidades de ensino público local e na cidade, importantíssimas palestras de conscientização do direito e da cidadania. Esse projeto visava buscar o jovem. Então o jovem está ali naquela fase de formação do caráter, então ele está ali próximo também de se tornar eleitor com 16 anos. Então você,muitas vezes,e isso é até uma crítica que se faz, onde as pessoas colocam a maturidade. Você tem a maturidade com 16 anos para um voto, que é algo de extrema importância, e talvez não teria para outras responsabilidades. Então, tinha a OAB na Escola, criaram a OAB em Ação que era através de rádio, jornal e televisão, de conscientização. Tivemos lutas, me lembro de um caso que teve, emblemático de um médico, um erro médico e que a OAB interveio de forma decisiva e, enfim, em vários outros casos.É tendência natural,nossa do ser humano em qualquer instituição, a evolução. Eu costumo muito também frisar se no nosso cenário atual você não evoluir, na verdade está parado e significa retroceder. Porque tudo está crescendo, a sociedade está crescendo, as instituições políticas estão crescendo, a parte financeira e econômica, os profissionais estão crescendo e então você tem sempre que estar caminhando para frente.E as gestões que depois se seguiram também tiveram os seus trabalhos e as suas participações nisso com programas também interessantes, com participação em audiências públicas, isso é um outro crescimento natural que acompanha toda a sociedade. E isso é que nós não podemos parar nunca. Como eu tinha falado, a OAB tem essa missão fundamental de estar presente em programas sociais. GO - Como o senhor pretende fazer com as prerrogativas para os advogados? AC - A prerrogativa do advogado, interessante isso, se vocês consultarem as minhas propostas, o corpo de propostas da chapa 2 em nenhum momento coloca a defesa das prerrogativas. Por que não coloca? Porque entendemos que defesa de prerrogativas não pode nunca ser relegado ao nível de propostas. Porque propostas todas elas foram colocadas para serem cumpridas. Mas você pode ter fatores externos que impeçam o seu cumprimento. Então defesa de prerrogativas não é proposta, é um dever institucional que a OAB tem,e que ela tem que amparar e defender. E quando penso em prerrogativa também vem em minha mente isso, porque muitas vezes você tem num primeiro momento um acirramento, uma disputa com algum membro de algum órgão que está lesando as prerrogativas. Obviamente quando ocorre a lesão, a OAB tem que chegar de forma combativa, de forma dura, mas também de forma muito inteligente.Não é um atrito,mas você tem o direito,você tem como desagravar o advogado, você tem como representar aquela autoridade que causou a lesão na prerrogativa,mas eu acho até muito mais importante você fazer um trabalho de forma inteligente. A comissão de prerrogativa, junto com a diretoria e os demais colegas, você tem que tratar a prerrogativa com o núcleo de inteligência, buscando o quê? Campanhas.Campanhas informadoras,porque muitas vezes as prerrogativas são ameaçadas,ocorre realmente uma lesão, em locais, nem sempre, às vezes em delegacias, em órgão administrativo onde o advogado exerce a mili-

tância dele. E grande parte delas por desconhecimento daquele servidor. Então se você começa a trabalhar pensando nesse planejamento, em campanhas institucionais, em campanha que você leva os direitos do advogado, não meramente você pega o artigo certo,onde eles estão descritos e você cola nos cartórios e nos foros e tem canto que as vezes ninguém nem vai ler no mural. Mas é você debater, é você conversar, é você fazer a campanha é você promover mídia quanto a isso na televisão, no rádio, no jornal, na imprensa em geral.E exemplos que eu acho importante, você convida essas pessoas para participar de eventos, elas passam a se tornar conhecedoras e então sendo assim, com certeza vai diminuir muito as ameaças contra as nossas prerrogativas. GO - E o advogado em início de carreira, como será esse suporte? AC - Talvez nessa campanha esse tenha sido um dos temas mais acentuados. E não tratamos em nenhum momento desse tema como um tema eleitoral. Ele acabou sendo um tema de bastante atenção que eu digo e por que. Porque o jovem advogado ele vai fazer uma diferença nesse processo eleitoral.Mas o nosso pensamento não foi esse. O jovem advogado que hoje nos apóia, ou o advogado novo,ele na verdade está apoiando e aderindo à chapa 2 pelas nossas propostas. E como foi que nós construímos? Dentro daquela nossa sistemática e essência da participação,convocamos uma reunião com vários advogados em início de carreira. Fizemos uma reunião no auditório e estiveram presentes em torno de 40 advogados iniciando na advocacia. E nós demos exatamente oportunidade para que eles pudessem falar.Nós ouvimos.Mandei fazer também formulários para que eles pudessem escrever,se tivessem alguma dificuldade ou por não conhecer os demais colegas. Se fosse um colega que não quisesse se manifestar naquele momento,mas ele podia também externar escrevendo a sugestão e dizendo a dificuldade.E avaliando estas dificuldades e pela sensibilidade nova, e também, claro, ter sido um advogado em início de carreira, então eu sei o que eu passei. Só que destaco muito. Eu quando assumi o compromisso com a advocacia foi em 2002.Foi há dez anos. É uma diferença gritante, todos os aspectos,sobretudo cercado.E naquela ocasião foi o que me deu muito suporte, muito apoio. Eu estagiei uns dois anos no meu curso de Direito, num escritório de advocacia já forte na cidade. Com profissionais de destaque,profissionais de uma capacidade tremenda.Fiz o Exame de Ordem, fui aprovado e fui montar o meu escritório. Você não se engane, pode ser o melhor aluno da faculdade, ele pode ter saído com todas as ideologias, mas na hora que ele vai para a prática existe um distanciamento. E é essa a dificuldade dos advogados novos. Quando ele tem um padrinho, quando ele tem um colega advogado, ou se ele já estagiou em um escritório, ele enfrenta isso com uma certa tranquilidade, ele já estava nesse cenário. Quando ele sai da universidade, porque a prática forense é muito limitada, normalmente se vê mais umas demandas de família, e de repente ele enfrenta os desafios com o seu cliente, as dificuldades são muitas. E o que nós tentamos? Com essa experiência que eu tive, nós criamos o programa chamado Escritório Padrinho, que vai dar exatamente ao novo advogado esse padrinho jurídico. Então no momento em que ele recebeu a carteira dele,prestou o compromisso, ele vai conhecer o programa e vão estar lá presentes vários ad-

vogados da cidade,que vão participar do programa e se apresentaram de forma voluntária para ser esse instrutor do novo advogado. Até costumaram deturpar nessa campanha dizendo que a OAB ia ser uma agência de emprego,e ninguém está falando em uma agência de emprego.Porque também obviamente nesse programa de escritório ele vai intermediar também, está fazendo uma intermediação entre o advogado com aquele escritório que tenha o desejo de contratar colegas novos. Também terá essa função, mas será exatamente para isso, o colega teve dificuldade, ele vai ligar e então faz o cadastro. Advogado trabalhista,previdenciário,tributário.Se ele está atuando naquela área, ele teve uma dificuldade,ele liga para o colega que é o padrinho dele e vai ter uma conversa. Uma conversa informativa vai ter um orientador profissional no seu primeiro caminhar.E isso é fundamental,e onde nós passamos os colegas acham a proposta formidável e nós precisamos disso. GO - Com base na resposta anterior, o que o senhor pensa a respeito dessa discussão, de toda essa polêmica em torno do Exame da Ordem? AC - O Exame da Ordem dá o credenciamento, com certeza, ao advogado iniciante. Porque hoje existem muitas críticas quanto à sua necessidade ou à sua metodologia. Mas, independente das críticas,ele é um exame que nós fazemos hoje com um grau de dificuldade altíssimo. Então ao advogado jovem, quando ele recebe a OAB, então a sociedade tem a certeza de que ele está cientificamente preparado. Então isso já traz ao advogado que ele vai entrar num cenário de mercado,de concorrência,mas ele vai estar dentro de um padrão que, tenha certeza que ele está preparado para iniciar o exercício.Ele só não tem experiência e é por isso que nós avaliamos aquele nosso projeto para pode ajudá-lo exatamente através de advogados experientes que vão dar esse caminhar para ele. GO - O que o senhor pensa exatamente sobre essa questão de metodologia, grande dificuldade, enfim, o senhor que passou no exame, como vê essas questões, esse detalhe em torno do exame? AC - O que penso sobre esse aspecto é que se debate muito o exame e esqueceu de debater, muitas vezes, a maior causa da não aprovação nos exames, que é a qualidade do ensino. É exatamente isso. E por quê? Porque nós vemos no Brasil uma proliferação de cursos de Direito, porque era um curso fácil de se abrir.É um cur-

so que você tem um dispêndio menor financeiro.Outros cursos exigem um recurso financeiro maior. Então a omissão dos órgãos fiscalizadores, aí se proliferou, se abriu ... GO - ...e até o interesse comum. É uma profissão que abre muito ... AC - ... abre com certeza e em todos os aspectos. Abre para matéria jurídica e também para os que não atuam na carreira jurídica. Eu tive colegas de faculdade que estavam na área médica e fizeram Direito. Disseram que a abertura que deu na vida deles como pessoa,o crescimento que ele teve profissional e intelectual foi tremenda.Então,na verdade,eu acho que a causa maior estaria nessa questão do ensino público, que deve ser acompanhado de perto. Quer dizer, para melhorar o ensino nas universidades. E por isso se encontra dificuldades. A metodologia, seu grau de dificuldades muitas vezes é muito de prova para prova. Mas ocorre de estar se exigindo nessa prova,que é uma prova adicional para você ingressar na OAB,questões muitas vezes práticas, que um advogado com uma certa experiência de carreira tem certa dificuldade. Então essa é a discussão que se coloca muito é a da metodologia. Além do que tem os mais acentuados que também atacam demais a indústria que o Exame de Ordem sancionou para muitos cursinhos preparatórios. E aí assim, vem enricando muita gente. GO - E que mais propostas o senhor podia destacar nesse contesto? AC - A proposta também que está sendo muito bem aceita,porque nós temos uma proposta de publicisar os atos da OAB. Existe um programa chamado de correspondência,criado na gestão de Paulo Gameleira.Como ele funciona:existe um cadastro,a correspondência, o que é isso? É quando um advogado em um escritório de São Paulo,por exemplo,vai ter uma causa aqui, precisa de um advogado para um ato processual e não faz sentido ele ter um custo de mandar um advogado lá de São Paulo para realizar o ato aqui. Então eles contratam um correspondente na cidade. Normalmente funciona como? Quando ele não já tem um colega. A OAB é muito utilizada para isso, não só aqui como em todo o País. Eu também tenho causas em outros Estados e quando não tenho colega correspondente, ligo para OAB e a OAB me indica um advogado para isso. Então qual é a forma justa de isso aí funcionar? Primeiro um cadastro transparente e depois um rodízio, de modo que você dê oportunidade a todos os advogados. Isso vai beneficiar o advogaFOTOS: ALCIVAN COSTA

Entrevista concedida aos jornalistas Gilberto de Sousa e Luís Juetê

do já em uma certa caminhada, mas também muito o advogado novo.Por quê? Porque as correspondências quando chegam e depois se torna a vez dos clientes e se torna uma parceria para o resto da vida dependendo da forma que ele prestou o serviço.Então tem que ser feito de que maneira? Um cadastro que todo mundo veja, quem são os advogados que estão na fila por ordem de registro.No momento em que chega uma correspondência, caiu aquela correspondência pra dentro do escritório,automaticamente um outro vem, ele entra no final e toda a sociedade e todos os advogados tem interesse diretamente nisso, vai estar tendo esse acesso de publicação da OAB.Temos propostas também de construções. De lutas para construir e sabemos que tem a questão orçamentária. Mas entendemos que será muito importante a construção de uma sede apoio no complexo judiciário.Nós sabemos que em Mossoró hoje todo o complexo jurídico está subindo lá para o bairro Costa e Silva. Nós já tínhamos ali a Justiça do Trabalho, a Justiça Federal e agora nós vamos inaugurar a justiça comum. Então é um bairro distante do centro da cidade e principalmente de outros bairros.Então pensamos lá,em lutar pela construção do estacionamento do advogado, naquela outra etapa uma sede social, mas, sobretudo, uma sede de apoio. Porque eu entendo que lá não vai bastar uma sala da OAB no fórum. Mais que uma sala, dar um apoio ao advogado, mas, devido à distancia,devido ao seu complexo, vai ter colegas que com certeza vão pela manhã e passarão o dia lá. Então é importante ter uma sede de apoio com local de atendimento, uma sala de reuniões,dotada de estrutura de informática, serviço de internet, e nós lutaremos por isso. Temos também o interesse muito grande de integrar o advogado que estão no interior com a nossa subseccional. Eu costumo dizer, não é trazê-lo, mas levar a OAB para lá. E é projeto nosso realizar um conselho na cidade que compõe a associação, dando apoio e a oportunidade de voz para o advogado, pra que ele coloque os seus reclames e a gente possa buscar solução. Temos projeto de retorno da OAB na escola,o retorno de programas sociais, temos projeto da inclusão, fazer um convênio com a Associação Brasileira das Mulheres da carreira jurídica que é uma associação muito forte, de nível internacional,para que a mulher esteja integrada. E essas lutas da mulher de carreira e da mulher do seio social de maneira completa, como a luta para linhas exclusivas de ônibus para que levem os jurisdicionados, e os advogados jurisdicionados para os locais de fóruns e, enfim, são várias propostas,todas capazes.Nós teremos toda condição de executá-las, muitas delas que dependem na verdade e tão somente de intenção. Boa parte do corpo destas propostas no momento que entramos na gestão, com pouco tempo elas estarão implantadas e funcionando com eficácia. E com a eficiência que o advogado espera. Pretendo também fazer um trabalho de conscientização, nós temos as condições. A OAB atua também, não é só a diretoria e ela tem várias comissões temáticas. E é importante que essas comissões quando compostas, ela deve ser feita com aquele advogado que tem o perfil para trabalhar naquela comissão.E isso você vai conseguir fazer, essa junção, quando você mostra ao advogado e explica o que é verdadeiramente a comissão. E aí ele vai ter aquele apoio.Porque a gente só se dedica àquilo que você conhece. Então nós vamos trabalhar também nesse sentido de levar a OAB para todos os colegas.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Expressão Marcelo Amarelo esculpe Mossoró Opinião Artista plástico realiza exposição para lembrar sobre a lei que obriga inclusão de obras de arte em construções acima de mil metros

Ney Lopes nl@neylopes.com.br

artista plástico e escultor Marcelo Amarelo vai realizar no próximo dia 22,a exposição Ecolibre,esculturas para edifícios e jardins. A proposta parece comercial, mas não é. Tratase de um chamado para arquitetos e construtores sobre a obrigatoriedade de incluir uma obra de arte em toda construção igual ou superior a mil metros quadrados. A vernissage será realizada no espaço Quintal de Casa, na Frei Miguelinho, bairro Nova Betânia e tem como público-alvo os responsáveis pela urbanização da cidade, artista, jornalistas e formadores de opinião. No momento, Marcelo Amarelo fará uma exposição sobre a necessidade da arte na urbanidade para evitar o acinzentamento da cidade. "Será ainda um momento para fortalecer a produção artística de Mossoró que, embora muito rica, ainda carece de incentivos e apoios", disse. Baseado em esculturas feitas de resina e ferro fundido, as esculturas de

O

Quando comi o pão que o diabo amassou! Exposição de Marcelo Amarelo será realizada no dia 22, no espaço Quintal de Casa Amarelo são feitas entre o limite da geometria e da arquitetura. Um impulso para pensamento criativo e a reflexão dos que, por sensibilidade, tiverem acesso às obras de arte e as compreenda em toda a sua efemeridade necessária. Como disse o arquiteto Dorian Jorge Freire Neto, uma parede sem uma obra de arte é uma parede nua. Como ele, muitos arquitetos de Mossoró compreendem a necessidade de suas esculturas para reduzir o drástico do concreto da cidade e, por isso, o apoiam nessa empreitada.

MARCELO AMARELO O artista plástico Marcelo Amarelo ganhou notabilidade no meio cultural pelas suas habilidades inusitadas para a criação, no mais puro sentido da palavra. Natural de Mossoró/RN,o artista de 33 anos tem acumulado vasta experiência ao longo dos 18 anos de dedicação integral às artes,das mais variadas expressões e linguagens. Seu primeiro contato com o universo das cores e com a plasticidade das formas foi através do grafite,estilo que acabou por levar o artista a enveredar pela arte contemporânea, onde

passeia pelos diversos estilos de arte, como a escultura, instalação, intervenção urbana,pintura,performance, entre outros, produzindo trabalhos que cada vez mais convidam a uma profunda conscientização. Já realizou duas exposições individuais na cidade de Mossoró/RN, a primeira "Dobraduras de Liberdade" em Outubro de 2009, e a segunda "Cor...promisso" realizada em Maio de 2010. Participou como artista convidado da Feira Contemporânea de Arquitetura Casamix de Mossoró nas edições 2010/2011.

Novos Poetas O POETA

UNIVERSO ENTRE LENTES Ponho meu avidor. Pelas lentes dele, vejo tudo. Meu tudo de letras. Meu tudo de mundo. Consigo enxergar o avesso do verso e o resto do universo. As vezes penso que vejo pensamento, mas é mentira, nada vejo. É tudo ilusão. Ilusão de ótica. Ilusão da mente, bate e rebate nas lentes de vidro! Letícia Borges Poetisa

O Poeta e seus silêncios… Quem os julgará torpes? Se são a teia que encarcera, São por bem o rio límpido Onde a livre Alma se reflecte. Como poderá ser essa arte? Admirável coisa de constatar! Não; irônica, não… O azedume? Há muito o findei por completo. Por uma obscura razão, sorrio; Se de loucura ou de tristeza, Não o sei… Juro aqui que não, Na folha de minha expiação, Onde o perjúrio é crime capital! Mas é incrível saber da mesma Terra que se rende, prostrada, À impetuosidade do Estio… Para, um dia, sucumbir a uma Frieza de Inverno enregelado! Ah, que se quebre o cristal! E, dos mil pedaços que sobejarão, Outros mil mundos, pela prima vez, Se anunciarão em laivos coloridos! Em todos construirei habitação, Em todos erigirei o meu poema! Assim saberão, eles próprios, Como coisas feitas que serão, Que o mesmo silêncio que afoga, Concede a paz do seu doce criar. Haja engenho para saber subsistir Entre dois gumes de uma só lâmina… Pedro Belo Clara Poeta

Recordar é viver! Em 2002 como deputado federal fui presidente e relator na Comissão de Constituição e Justiça, da proposta de flexibilização das leis trabalhistas, igualzinha a que a presidente Dilma agora anuncia, que irá enviar ao Congresso para aumentar a competividade da economia e permitir acordos, com normas diferentes daquelas da CLT, em vigor há 69 anos. "Comi o pão que o diabo amassou" com a campanha da CUT contra a minha reeleição, financiando marketing caríssimo no RN, através de pessoas, agências e sites covardes no anonimato, que usavam as armas da "chantagem" política, ao me colocarem como defensor da extinção do 13° salário, da aposentadoria, da insalubridade e dos direitos dos trabalhadores, quando isso jamais existiu. Naquela altura, a ala radical do PT (não eram todos) e os seus braços sindicais protestavam contra uma falsa retirada de direitos e garantias dos trabalhadores e omitiam que, dentro de casa, Luís Inácio Lula da Silva, classificava a CLT como superada e de origem fascista, afirmando de alto e bom som: "Eu nasci dizendo que é preciso mudar a CLT, porque ela é cópia fiel da Carta di Lavoro, de Mussolini". Será que Lula desejava também retirar os direitos dos trabalhadores?.... Os seus correligionários assumiram a postura hipócrita do "macaco que senta em cima do rabo e fala do rabo dos outros". No debate em plenário, o senador Paulo Paim, então deputado federal, arremessou a Constituição, jogando-a no chão do plenário. Ao falar na tribuna da Câmara, quase fui alvejado por latas de Coca Cola e cerveja, jogadas das galerias. Em 2002, os "pelegos" e "estelionatários da verdade" propagaram tudo às avessas, de forma vil e criminosa. Jamais presenciei em toda a minha vida pública tamanho estelionato político, praticado pelos que se opunham a idéia da flexibilização. A "verdade verdadeira" era que a proposta

de "flexibilização", por mim relatada, consistia em minúsculo projeto de lei, onde se alterava apenas um artigo da CLT (art. 918), por dois anos, ou seja, em caráter de experiência. Um projeto de lei desse tipo não eliminaria, ou reduziria os direitos dos trabalhadores. Tais direitos estão garantidos no artigo 7° da Constituição Federal e constituem "cláusula pétrea". Somente podem ser "mudados" através de Assembléia Constituinte. Não caberia nem emenda constitucional para extingui-los. Propagou-se que a "flexibilização" iria impedir aumento salarial, acabar o 13°, reduzir as aposentadorias, retirar a insalubridade, conceder mais poderes aos sindicatos de empresas poderosas. Exatamente o contrário. A flexibilização não revogava nenhum direito trabalhista. A Constituição, a CLT e o poder da Justiça do Trabalho seriam mantidos intocáveis. A "flexibilização" possibilitaria, apenas, o empregado manter o seu emprego, através da negociação prévia dos sindicatos, antes de ser demitido e sem abrir mão de nenhum dos seus direitos. Quando o sindicato de empregado fosse fraco, as Centrais Sindicais poderiam substituí-lo, inclusive a CUT. Os governos socialistas europeus adotam essa prática há anos. Hoje, quem falseou a verdade em 2002, desdiz o que dizia antes.Bate palmas para a Presidente Dilma, que se manifesta favorável a flexibilização da CLT e enviará proposta ao Congresso neste sentido. Há até casos de servir a dois senhores, como o do então líder sindicalista da CUT e deputado Jair Menegelli (hoje vinculado a entidade empresarial CNI, como presidente nacional do SESI e do sistema "S"), que em 2002 fez acusações agressivas contra a minha pessoa. Perguntase hoje o que ele pensa e o que diz do governo do PT, dos seus "parceiros" e "companheiros" industriais da CNI, todos favoráveis a flexibilização da CLT? Realmente, "nada como um dia atrás do outro e uma noite no meio". REPUBLICADO


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Expressão O Teatro Mágico em São Paulo

Cinema Iuska Freire

Grupo grava novo DVD em espetáculo que mistura música, circo e teatro

iuskafreire@gmail.com twitter: @Iuska DIVULGAÇÃO

THIAGO ROMARIZ ão fosse pela apoteose final em "O Anjo Mais Velho", quando um mar de balões brancos invadiu o Credicard Hall, seria impossível saber qual o maior sucesso do Teatro Mágico, tamanha a sintonia entre banda e público. Mesmo com as interrupções causadas pela gravação do terceiro DVD do grupo realizada naquela noite, as sete mil pessoas presentes bradaram antigos e novos sucessos da trupe - que economizou nas peripécias circenses, sem perder a identidade e, mais uma vez, realizou um espetáculo único no atual cenário da música brasileira. Com quase uma hora de atraso, eles entraram ao som de "Além, Porém Aqui", com maquiagem e figurinos renovados.Os ótimos arranjos apresentados em A Sociedade do Espetáculo,disco que serviu como inspiração para o show, foram levemente modificados para a apresentação - o ritmo mais pesado, com uma pegada mais metálica, deu ainda mais força a faixas como "Transição" e "Amanhã... Será?" - bela e

N

Quando começou a apresentar músicas inéditas, a banda deixou clara a mudança de tom nos arranjos e a temática das letras

F

ilmes, séries, livros, fotos e passeios. Mente renovada. Volto de férias com novidades para contar. Uma delas foi a 36ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Participei apenas um dia, mas me senti no centro do universo. Exagero? Imagine você estar num lugar com pessoas de vários países e com uma infinidade de opções de filmes para escolher. Foi muito legal. Destaco um documentário chamado "Laura", sobre uma argentina que cresceu no Brasil e mora em Nova York. O documentário coloca, propositalmente, o diretor em conflito com a personagem, foi a primeira vez que vi algo parecido. Outra iniciativa bacana eram os cartões postais com artes de Angeli inspirados no cinema nacional. Muito bom.

Apresentação contou com magia, encantamento e muito brilho rara homenagem à Primavera Árabe. Nela, o primeiro ato teatral do show apresentou ao público uma grande criatura quadrúpede verde e amedrontadora.Dali de dentro,representando as tulipas símbolos dos revolucionários árabes,saíram bailarinas que abrilhantariam ainda mais a apresentação dali pra frente. A escolha por limitar as aparições de circo algumas bailarinas e um palhaço deixaram o show mais coeso e, consequentemente, valorizou um pouco mais as performances não musicais. Quando não encantavam o público ao dançar em vestidos brilhosos ou panos escuros, as bailarinas eram erguidas por cabos de aço, e voavam pelo palco no meio de uma chuva de prata feita por papéis picados. Em faixas mais introspectivas, como "Eu Não Sei Na Verdade Quem Eu Sou", as dançarinas se embrenhavam em tecidos acrobáti-

cos, enquanto o vocalista Fernando Anitelli recitava o que parecia a definição da perfeita e inocente mistura do Teatro Mágico: "Mas eu não sei na verdade quem eu sou, já tentei calcular o meu valor, mas sempre encontro sorriso e o meu paraíso é onde estou". Quando começou a apresentar músicas inéditas, a banda deixou clara a mudança de tom nos arranjos e a temática das letras. Com um som mais ruidoso e por vez com algum swing que lembra "O Novo Testamento", de A Sociedade do Espetáculo, as faixas tinham um ritmo apressado e dançante - esquecendo a cadência excessiva tão presente nos dois primeiros da carreira.Dessa forma,a combinação do ótimo guitarrista Daniel Santiago, com o inquieto violino de Galldino ganha ainda mais espaço. Nas composições, não será surpresa se o próximo disco trouxer músicas com um

viés mais religioso e com reflexões pertinentes à efemeridade da vida humana. Para o fim, o Teatro Mágico separou seu último grande hit, "Nosso Pequeno Castelo", e a belíssima "O Anjo Mais Velho", do disco de estreia, Entrada Para Raros (2003). Até ali, não havia interrupção ou repetição de performance - algo comum em gravações de DVD - que incomodasse os fãs. No ato final, junto com a trupe, munido de balões brancos e uma empolgação inabalável, o público gritou por diversas vezes o refrão "só enquanto eu respirar, vou me lembrar de você". Com a junção de poesia, atitude e espetáculo, O Teatro Mágico cresce à revelia do mainstream e leva consigo uma legião de fãs que, seja pelos versos melosos de "Ana e o Mar" ou o canto trovador de "Canção da Terra", aprecia uma obra carregada de significado, ideias e diversão.

Filmes da Semana O MAR NÃO ESTA PRA PEIXETUBARÕES A VISTA

GONZAGA : DE PAI PARA FILHO

Duração: 120 min Censura: 12 anos

A SAGA CREPÚSCULO AMANHECER PARTE 2 Sinopse:

Duração: 90 min Censura: 10 anos

ARGO

POSSESSÃO

Duração: 120 min Censura: 14 anos

Duração: 120 min Censura: 12 anos

A chegada da filha Renesmee, de Edward e Bella, coloca a vida dos vampiros e lobos em mudança, fazendo com que todos avaliem seus valores. Mas o que eles não sabem é que o nascimento da menina desencadeia uma série de eventos que encurrala os Cullen e seus aliados contra os Volturi, o conselho de líderes vampiros,preparando o palco para uma batalha sangrenta.

Duração: 117 min Censura: 12 anos

AGRADECIMENTO Quero agradecer ao colega Jônatas Andrade que me substituiu nesse período e elevou o nível dessa coluna. Muito obrigada! EM CARTAZ O filme "Argo", dirigido por Ben Affleck. O filme foi bem aceito pela crítica e já está cotado com um dos indicados ao Oscar de 2013 como melhor filme. Olha só o que li no site Amo Cinema: "O roteiro de Argo é capaz de prender por completo, a tensão e a problemática da história não deixam relaxar durante a exibição. O resultado sensacional é condensado em exatas duas horas de filme". SELVAGENS Assisti e gostei do novo filme de Oliver Stone "Selvagens" (Savage).Narrado pela bela atriz Blake Lively, o filme tem um triângulo amoroso, cenas de ação bem feitas e um roteiro interessante. Mostra a recessão no mercado de tráfico de drogas.

ELLES Outro filme que vi recentemente foi "Elles" com a diva Juliette Binoche. O filme fala sobre estudantes que se prostituem em Paris para manter o padrão de vida. A atuação de Binoche é o destaque do filme. NÃO GOSTEI Não aguentei assistir 10 minutos de "O ursinho Ted". CURTA 144 Na próxima semana, dia 21,às 21h,acontece outra edição do projeto "Curta 144".O Lounge 144 abre suas portas e recebe,de forma aconchegante, os amantes da sétima arte. O lounge está localizado na Rua Venceslau Brás, 144, Centro. Serão exibidos os curtas: O Clube dos Cafonas (Direção:Aline Linhares/Larissa Gabriele Araújo), Luzes de uma noite (Direção: Riccardo Migliore), Luiz Campos, o Riso e o Drama (Direção: Américo Oliveira) e Maria de Kalú (Direção Carlos Mosca).

POESIA, DIÁLOGOS E IMAGENS "Elas eram como bonecas russas. Passamos a vida inteira nesse jogo, querendo saber quem será a última, a menor de todas, a que estava escondida dentro das outras desde o início. Não podemos ir direto até ela, temos que seguir as regras. Abrir uma após a outra e nos perguntar: 'Esta é a última?'. Por quantas primeiras últimas temos que passar?" - Bonecas Russas (França,2006). EM DESTAQUE... Ainda não viu o filme "Gonzaga - de pai para filho"? Então corre pro cinema! O filme é tão bonito, especialmente para os nordestinos que sentem orgulho de sua cultura. Não me contive, cantei algumas músicas e me remexi um pouquinho na poltrona. Para mim, o destaque é a atuação de Júlio Andrade, que interpretou Gonzaguinha. Além da semelhança com o cantor, Júlio mostrou que basta um bom papel para um ator do nível dele mostrar sua força. Com relação aos outros atores, achei algumas interpretações um pouco forçadas. Por ser um filme que retrata a relação de pai e filho, senti falta de cenas um pouco mais fortes no filme de Breno Silveira. A passagem de alguns momentos ficou superficial com simples fotografias no final do filme. Gostaria de ter visto a interpretação de Júlio Andrade quando Gonzaguinha soube da morte do pai. Mas isso não tira o brilho do filme. FICHA TÉCNICA: Título: Gonzaga - De Pai Para Filho (2012) País: Brasil Diretor: Breno Silveira Roteirista: Patrícia Andrade Trilha: Berna Cepas Elenco:Adelio Lima,Chambinho do Acordeon,Land Vieira, Júlio Andrade, Nanda Costa e Silvia Buarque


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Sociais Now!

RICARDO LOPES

“ ”

Melancolia maneira romântica de ficar triste,

Diego Pinheiro diegobradok@hotmail.com twitter: @diegolpinheiro www.colunistadiegopinheiro.blogspot.com

Mario Quintana

VALEU, GENTE...

Os mares da felicidade não trazem mais correnteza, trazem plumas e sorrisos, mostram o quanto é bom agradecer. Hoje, querido amigo leitor, agradeço aos que passam pela minha vida e aos que estão. Agradeço aos votos de felicidade, aos inúmeros parabéns, aos abraços e beijos que recebo desde ontem. Receber carinho é tão bom... Posso dizer que hoje sou uma pessoa feliz por inteiro, em todos os quesitos. Amigo leitor, como não ser feliz tendo uma família maravilhosa que está sempre ao meu lado, em ter alguém que eu amo e me ama de verdade e, principalmente, em Deus conseguir guiar meu caminho com tanta coisa boa... Digo, sem medo de errar, tudo tem seu momento e, acredite, na hora certa as coisas acontecem... RICARDO LOPES

E MAIS... *Precisamos achar algum culpado para os motoristas de moto de Mossoró serem tão mal preparados. Nosso trânsito já é caótico e com motoristas que tendem em ultrapassar pela direita e não dão preferência, fica complicado. *Observo que seja necessária uma maior rigidez na aprovação de motociclistas. A coisa está feia, gente... *Muitíssimo obrigado a todos os colegas da imprensa escrita, falada, televisiva pela lembrança a meu aniversário, ocorrido ontem. *Deixa-me bastante feliz ter tanta gente boa por perto. Agradecimento especial a toda a minha família que não deixa passar em branco e a Pâmela que é meu braço esquerdo e direito. Obrigado por vocês existirem em mim.

Parabéns para Bia Maia, que aniversaria na quarta-feira...

NÍVER(ES)

DIA 12 TEM... Tazia Veras encantando em ensaio fotográfico para Kakau Silveira. O make up é de Giih... Linda!

DISPUTA NA OAB SERÁ AMANHÃ As eleições para a presidência da OAB/RN e OAB, seccional Mossoró, ocorrem amanhã. Já deixei bem claro a minha preferência, mas, acima de tudo, espero que continuemos seguindo em frente. A OAB Mossoró avançou muito nos últimos anos...

A Gondim & Garcia Produções traz ao público de Mossoró e região mais um superevento.A tradicional festa de 12 de Dezembro está confirmada e traz entre as suas atrações o sucesso do momento, a banda Sorriso Maroto e as bandas Forró Pegado e Pé de Ouro.A festa acontecerá na véspera do feriado de Santa Luzia, no Espaço VillaOeste.A cidade já está comentando... CEDIDA

CEDIDA

QUARTA-FEIRA Munique Bessa Bia Maia Eduardo Medeiros Carol Gurgel

Felicidades para a aniversariante de hoje, Isabelita Lima... MOSSORÓCLICK

Um abraço para Allan Erick, aniversariante de amanhã... CEDIDA

JEGUE FOLIA O Jegue Folia acontecerá nos dias 4, 5 e 6 de janeiro de 2013. Considerada como a melhor e maior micareta do interior do Rio Grande do Norte, o evento traz em sua grade de atrações três grandes nomes do Axé Music baiano: O cantor Tuca Fernandes, a banda Cheiro de Amor e a sua bela cantora Aline Rosa, e repetindo o sucesso de 2012, a banda Chicabana.

*Um abraço ao colega Carlos Gregório que também aniversariou ontem e de quebra ainda realizou sua formatura no curso de Publicidade, pela Uern. Valeu!

FESTA CABARÉ

*Novembro Azul: previna-se contra o câncer de próstata. *Soraya Vieira e Tica Soares: amigas e presenças confirmadas em meu coração.

AMANHÃ Ana Luiza Medeiros Glauberick Delleon Edilana Carlos Thaysa Silva André Henrique Viviane Serrano Priscilla Ramos Allan Erick TERÇA-FEIRA Maria Vanuza Rafaella Émmilli Patrícia Cabral

*A edição 2012 do Rock Grande do Norte (RGN) será realizada no dia 1o de dezembro, a partir das 22h, no Oba Restaurante. Vai ser massa... Ingressos à venda... *Aldo Fernandes e Jonas Segundo realizaram, na quintafeira passada, feijoada com apoiadores da Chapa 1 e receberam diversas adesões. Muito bom!

HOJE Otávio Anselmo Isabelita Lima Brena Sayara Talita Barbosa Rafael Klainer Max Medeiros

Aline Linhares, querida colega, que sempre nos recebe com um sorriso amigo. Abraços...

Minha querida amiga Munique Bessa, que festeja idade nova na quarta-feira. Que Deus a abençoe

De modo suave, você pode sacudir o mundo” A FRASE DA SEMANA - Autor: Mahatma Gandhi

O Tenda Music Club apresenta no dia 30 de novembro a festa “Cabaré” que traz três atrações de peso para animar a noite: André Luví,Forró Danado e Lagosta Bronzeada. A festa que será Open Bar terá um repertório especial com músicas românticas para inspirar os casais apaixonados. Em breve mais novidades sobre essa noite que promete ser sucesso.

GENTE BOA Igual a Gilvan Cavalcanti não tem.

QUINTA-FEIRA Mariana Azevedo Marina Cordeiro

THE END “E mesmo sem te ver/Acho até que estou indo bem/Só apareço, por assim dizer/Quando convém aparecer/Ou quando quero/Quando quero/Desenho toda a calçada/Acaba o giz, tem tijolo de construção/Eu rabisco o sol que a chuva apagou/Quero que saibas que me lembro/Queria até que pudesses me ver/És, parte ainda do que me faz forte/Pra ser honesto/Só um pouquinho infeliz/Mas tudo bem/Tudo bem, tudo bem.../Lá vem, lá vem,lá vem/De novo/Acho que estou gostando de alguém/E é de ti que não esquecerei/Tudo bem, tudo bem.../Eu rabisco o sol que a chuva apagou/Tudo bem, tudo bem.../Acho que estou gostando de alguém/Tudo bem, tudo bem...”, Renato Russo. Bye! (DP).


RAIO-X

4

Em ‘Guerra dos Sexos’, Johnny Massaro se desvincula de papel em ‘Malhação’

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

ESTRESSE "CRIA" DO TEATRO, JULIANE ARAÚJO, A ALICE DE "LADO A LADO", SURPREENDE-SE COM A CARREIRA NA TEVÊ

DUPLA FACE 6

CRIADOR DO "LEGENDÁRIOS", MARCOS MION AMENIZA O TOM DE SEU HUMOR E EXALTA SUA EXPERIÊNCIA À FRENTE DO "ÍDOLOS"


2 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Zapping

Editor do suplemento: Maxwell Ferreira - maxwell_ferreira@hotmail.com Fotos: Jorge Rodrigues Jorge, Luiza Dantas e Pedro Paulo Figueiredo/Carta Z Notícias

ATO HERÓICO Para Lázaro Ramos,seu personagem Zé Maria, de "Lado a Lado", ganhou mais força e destaque ao longo da novela. Durante o salto de seis anos da trama, a história de Zé Maria se desenhou com mais força para um modelo de herói popular ao longo da Revolta da Chibata. "É maravilhoso poder contar a história de um herói comum. A história sempre fala dos grandes revolucionários, mas esquece do povo, que também lutou na mesma intensidade", orgulha-se.

OUTROS PLANOS O mistério não revelado sobre o amante de Crô em "Fina Estampa" pode ser solucionado no longa sobre o personagem. O ator Carlos Machado, que viveu o Ferdinand, também estará no elenco de "Super Crô". No filme, Fernando vai interpretar Jean-Jacques, irmão gêmeo de Ferdinand e possível amante do protagonista Crodoaldo Valério. O longa está sendo escrito por Aguinaldo Silva e Bruno Barreto. NOVO VISUAL Gabriel Chadan se despediu definitivamente de seu personagem Wallerson de Avenida Brasil. O ator está com os cabelos completamente platinados. A mudança do visual foi feita para seu novo papel no espetáculo "Favela". Na peça, ele viverá um morador de uma comunidade carente. TROCA TROCA O programa "Saia Justa", do GNT, passará por uma reformulação em 2013. A produção deve contar com novos integrantes. A jornalista Mônica Waldvogel deixará o programa, após 11 anos à frente do programa. O último episódio com a apresentadora deve ir ao ar no dia 26 de dezembro. Teté Ribeiro e Maria Fernanda Cândido também devem deixar a produção junto com o elenco masculino: Du Moscovis, Chico Sá, Leo Jaime e Dan Stulbach. Já Astrid Fontenelle, Barbara Gancia e Bárbara paz estão cotadas para assumir a produção no próximo ano. AMOR MATADOR Adriane Galisteu é a nova contratada do canal Discovery. A apresentadora terá uma série de documentários sobre relações passionais que terminaram em crimes. As gravações devem começar ainda este mês. Recentemente, Adriane teve seu programa vespertino, "Muito +", cancelado na grade da Band. Em 2013, a apresentadora deve voltar à programação com o "reality" "Quem quer casar com meu filho?".

VIDA E OBRA Uma das artistas mais conceituadas da televisão, Glória Pires, ganhará um documentário sobre sua vida e carreira. Atualmente, a atriz está no ar no "remake" de "Guerra dos Sexos" como a poderosa Roberta Leone. A produção deve se chamar "Casa da Atriz" e terá roteiro de Eduardo Nassife. SESSÃO NOSTALGIA O Canal Viva bateu o martelo quanto à sua grade de especiais de final de ano. Entre as novidades, estão a reexibições de programas como "O Cassino do Chacrinha" e do "Globo de Ouro". Além disso, a programação também inclui os especiais "A Terra dos Meninos Pelados", "O Alquimista" e a microssérie "O Auto da Compadecida". A programação deve ir ao ar a partir do dia 16 de dezembro. MÃOS À OBRA Já começaram os trabalhos de preparação para a próxima novela das seis, que tem o título provisório "O Caribe é Aqui" ou "Flor do Caribe". O elenco está se reunindo no Projac, complexo de estúdios, localizado na Zona Oeste do Rio de Janeiro, para os "workshops". SOTAQUE AMERICANO A novela "Fina Estampa", de Aguinaldo Silva, irá ganhar uma nova versão produzida pela Telemundo, um dos maiores canais latinos dos Estados Unidos. José Tadeu, diretor de fotografia da trama, foi para Miami prestar consultoria às gravações do "remake". Atualmente, José Tadeu é responsável pela fotografia da série "Como Aproveitar o Fim do Mundo". VOO SOLO Apesar do fim repentino da novela "Rebelde", os fãs poderão contar com uma pequena amostra da banda para matar as saudades. Sophia Abrahão volta, junto com o elenco principal, às telas para o especial de final de ano. O documentário já foi inteiramente gravado e deve ir ao ar no dia 22 de dezembro. "Foi bem legal. As pessoas podem ver e sentir o clima de como são os bastidores da banda. Mostra um pouco da intimidade e da vida de cada rebelde",adianta.Além disso,Sophia também está envolvida em alguns projetos musicais solo.A atriz lançou seu primeiro "single" da carreira. A música e o clipe "Sem Você" foram divulgados na internet.A música é uma parceria da atriz com seu primo, o cantor Brian Cohen."Começou como uma brincadeira. Uma vez, em São Paulo, eu e ele começamos a compor e vimos que podíamos tornar as coisas mais profissionais", lembra. Mas a dedicação de Sophia a sua carreira solo não será exclusiva. A atriz continua com a turnê de despedida da banda Rebelde pelo país até março do próximo ano.


Sobre a mídia

Aline Linhares alineolinhares@hotmail.com Twitter: @alinelinhares Site: www.alinelinhares.com.br

MODERNINHA A partir de agora a Universitária FM pode ser acessada também no seu smartphone ou tablet, pelo Tunein (http://www.tunein.com).Basta acessar o site citado e baixar o aplicativo em seu smartphone ou tablet, e ficar ligadinho na Universitária FM. Depois, coloque a palavra Uern no buscador e curta música e informação de qualidade na emissora que só toca música e informação de qualidade.Encontre-nos também pelo Twitter no @ufmuern. INTERNACIONAL A jornalista e apresentadora Mayara Amorim - TCM - pega o rumo do exterior dia 1º de dezembro. Ela vai para a Irlanda estudar, trabalhar e adquirir outras experiências na área de Comunicação. Sairá dos 37 graus de Mossoró para -20º da Irlanda.Mayara está fazendo algumas gravações com mães de intercambistas e sobre os preparativos da viagem. As matérias devem passar só próximo ano na TCM. A volta de Mayara a Mossoró deve ocorrer só depois de dezembro de 2013. A gente torce pela loirinha e deseja que tudo dê certo. Com a ida de Mayara para o exterior,o programa Mixtura será extinto da grade de programação do canal 10 da emissora.

TVGazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Reze como se tudo dependesse de Deus e haja como se tudo dependesse de você". Autor desconhecido.

REGISTROS

# Mudanças no Jornal De Fato, na TCM e na TV Mossoró. Voltarei com mais. # Deyvison Nery - TCM - está muito feliz com a notícia que será pai pela segunda vez. Parabéns! # Já quem está solteirinho no pedaço é o todo bom Dayvid Almeida - TCM. # Daniely Marques - Personal Marketing - está finalizando seu trabalho de conclusão de curso da pós-graduação em Assessoria de Comunicação da UnP. A jornalista, que aborda o tema da Comunicação Organizacional, tem a orientação do também jornalista e advogado, professor mestre Cid Augusto da Escóssia Rosado. # A 6ª edição da revista Veja Natal - Comer e Beber, o guia gastronômico do Estado com mais de 500 endereços de bares, restaurantes e lugares de comidinhas, além de 30 endereços campeões em várias categorias. A revista foi escrita pelos jornalistas Filipe Mamede, Sara Vasconcelos, Riccelli Araújo, Rosilene Pereira e Dessana Araujo. # Júlio César - Canal 2 - já realizou ensaio fotográfico com Waltemberg Pereira para o casório que se aproxima. # O designer Bosco Frota e a sua esposa Savtça Kelly numa felicidade grande com a chegada de João Felipe. # Já Luana Góis e Leopoldo Medeiros receberam com alegria Leopoldo Filho. # A jornalista Talita Lucena agora é O Mossoroense. # O senhor Ítalo Anderson, formado em Educação Física na primeira turma da UFRN, especialista em Gestão Esportiva e graduado em Jornalismo pela UnP, vem se destacando como analista esportivo da TV União na capital do Estado. # Já o advogado Canindé França, da cidade de Macaíba, tem seus textos e ideias divulgados no bloghttp://www.canindedefranca.blogspot.com.br/. # As praias do município de Extremoz serão cenário da nova novela das seis, da Rede Globo, "Flor do Caribe", que irá ao ar em 2013. Os preparativos já começaram. # O bloco da galera de Comunicação no Carnatal, o Burro Elétrico, promete muita folia na micareta mais famosa do país. Atrações como Capilé,banda de frevo, petiscos e sua tradicional irreverência no percurso do evento fazem a boa movimentação do bloco. # A nova edição da revista Collecione, produzida e editada em Caicó, será lançada na primeira semana de dezembro. No conteúdo um dos grandes entrevistados será Adelçon Ganhador. Um dos caicoenses mais famosos da atualidade com entrevistas concedidas para o Fantástico e Jô Soares, ele já virou figura carimbada no folclore de Caicó por seus inúmeros "causos". E são esses mesmos "causos" que o trarão às páginas da publicação. # A colunista e assessora do Hotel Thermas, Rafaella Costa - GAZETA DO OESTE - superfeliz com a lotação que o humorista Zé Lezim trouxe a casa. Ela divulgou bem.


4 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Raio-x

Sem ligações Em "Guerra dos Sexos", Johnny Massaro se desvincula de papel em "Malhação" CAROLINE BORGES TV PRESS

A

carreira de ator é cheia de manhas. Entre uma das muitas armadilhas está a preocupação em ficar rotulado por um papel. Johnny Massaro, o Kiko de "Guerra dos Sexos", não temeu que os três anos de seu personagem Fernandinho, de

"Malhação", o perseguisse ao longo da carreira. O ator considera o tempo na novela infantojuvenil essencial para que o público pudesse reconhecer seu trabalho. "'Malhação' fez e faz muitas pessoas. Foi muito válido todo o tempo. Muita gente começa lá e não continua. Graças a Deus, estou conseguindo trabalhar'', ressalta.

A escolha pela carreira artística foi uma espécie de tentativa e erro. Assim como muitas crianças, Johnny experimentou diversos cursos extracurriculares, como natação, judô e futebol. Todos sem muito sucesso. O único que conseguiu se firmar por muito tempo foram as aulas de teatro. "A iniciativa foi mais da minha mãe do que minha.

Do teatro já emendei para 'Floribella' na Band e fui ficando na carreira", afirma o ator, que recentemente abriu uma produtora. "A minha geração busca independência e produzir. Por mais que eu faça novela a vida inteira, quero pode fazer algo que venha realmente de mim", planeja.

Johnny Jorge Nome: Johnny Jorge Massaro. Nascimento: Em 20 de janeiro de 1992, no Rio de Janeiro. O primeiro trabalho na tevê: "Floribella", em 2005, na Band. Atuação inesquecível: "O ator Edwin Luisi na peça 'Tango, Bolero e Chá Chá Chá'''. Interpretação memorável: "Meu atual momento". A que gosta de assistir: "Séries como 'Homeland', 'Dexter', 'Downtown Abbey'". O que falta na televisão: "Acho que tudo tem seu espaço e seu público, até o que não deve". O que sobra na televisão: "Muita coisa. Essa resposta seria quilométrica". Ator: James Dean. Atriz: Glória Pires. Com quem gostaria de contracenar: Woody Allen. Se não fosse ator, o que seria: ''Nunca consegui pensar em uma segunda opção. Só sei o que eu não seria''. Novela preferida: ''Avenida Brasil'', de 2012, da Globo. Cena inesquecível na tevê: "Quando a Carminha, interpretada pela Adriana Esteves, leva um cuspe da Rita quando criança, vivida pela Mel Maia". Melhor abertura de novela: "Salve Jorge", da Globo. Vilão marcante: "A Flora, vivida pela Patrícia Pillar, de 'A Favorita'. Ela foi vilã até o final". Personagem mais difícil de compor: ''Acho que todos tiveram seu nível de dificuldade''. Papel que mais teve retorno do público: "O Fernandinho de 'Malhação'". Que novela gostaria que fosse reprisada: ''A Favorita '', de 2008, da Globo. Que papel gostaria de representar: Moritz, do musical "O Despertar da Primavera". Com quem gostaria de fazer par romântico: Penélope Cruz. Filme: ''Os Sinceros'', de Heitor Dhalia. Livro de cabeceira: "O Poder do Mito", de Joseph Campbell. Diretor: Pedro Almodóvar. Vexame: ''Não saber responder perguntas pingue-pongue". Mania: ''Dormir com a tevê ligada''. Medo: ''Não gosto de silêncio. Então, tenho medo de dormir com a tevê ligada''. Projeto: ''Finalizar 'Guimba', meu primeiro curta-metragem, e filmar 'Amarillas', meu segundo curta''.


TVGazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Bastidores

BELEZA NEGRA TORQUATTO TRANSFORMA NEGRA LI EM UMA DIVA DO JAZZ EM ESPECIAL DE VERÃO DO "SUPERBONITA"

AMANDA ROLIM TV PRESS

T

odas as produções televisivas precisam de profissionais que possam caracterizar atores e apresentadores de acordo com a proposta de seus respectivos programas. E foi com essa tarefa que Fernando Torquatto começou a trabalhar na tevê. Atualmente, o maquiador apresenta um quadro de transformação no "Superbonita" ao lado de Luana Piovani. Mas sua carreira televisiva começou atrás das câmaras há 17 anos quando foi o responsável pela caracterização de Regina Cazé em "Brasil Legal". "Sei exatamente qual será o resultado final de uma caracterização, pois trabalho a concepção desde a maquiagem até as fotos", explica Fernando. Na gravação do "Superbonita de Verão" que vai ao ar a partir de janeiro de 2013, Torquatto vai falar sobre o branco. O programa faz parte de um especial para a estação mais quente do ano. Em que cada episódio abordará uma cor diferente. "Nós partimos da premissa que o Verão tem a ver com cor, é muito colorido. Sem contar que o Brasil também tem muito disso de misturas de cores", explica Fernando Valle o diretor do programa. Outra novidade é que ao invés da típica transformação feminina de seu quadro,Fernando vai caracterizar diversas famosas com o "look" de suas musas inspiradoras. A escolhida da sequência é a cantora Negra Li, que vai ser

maquiada, penteada e vestida como a diva do jazz Billie Holiday. Enquanto passa o texto da abertura do quadro,o apresentador conversa com o diretor do programa,Fernando Valle, sobre algumas de suas falas. Torquatto pede para trocar uma palavra do roteiro. "A palavra look já está bem difundida",argumenta.Valle acaba aceitando a modificação proposta e a gravação da cena começa. São gravadas três tomadas e o diretor já se satisfaz. Nesse momento, Negra Li, a convidada do dia chega ao estúdio. A cantora vai para o camarim e logo depois passa por

uma maquiagem básica antes de aparecer na frente das câmaras. Já em outra sequência,Torquatto apresenta Negra Li e conta que ela viverá um dia de Billie Holiday. A cantora se mostra feliz com a transformação e eles vão direto para a caracterização. "Billie Holiday é um musa, uma diva. Adorei ser escolhida", garante Negra Li. Sentada em uma cadeira de salão de cabeleireiro e de frente para um espelho,ela já adianta:"Já vim com o cabelo natural e preso para ajudar o seu trabalho". Enquanto Fernando faz um coque, a convidada brinca de co-

locar a franja de um lado para o outro. O que acaba sendo aproveitado pelo maquiador na hora de fazer o topete típico da musa do jazz. Na hora da maquiagem, Fernando dá várias dicas para a cantora e para o público. Uma delas é colocar uma sombra escura nas laterais do nariz, próximo aos olhos, para aperfeiçoar o formato do rosto. Mas Torquatto avisa: "Esse não é o seu caso, Negra. Você não precisa fazer esse truque". Entre uma passada de rímel e uma de batom, os dois embalam uma conserva sobre a vaidade da convidada. "Eu sou muito básica. Mas como sou eu quem faz a minha maquiagem, eu sei que tenho que chamar atenção quando estou no palco", confessa Negra Li. Chega a hora de Negra vestir um figurino inspirado na musa do episódio. "O branco é uma marca própria de Billie Holiday.Sem contar que a cor sempre fica linda na pela negra", explica Torquatto.Para a caracterização é escolhido um vestido branco cheio de brilhos. Além da flor no cabelo tão usada pela cantora ícone do jazz. "Não podia faltar a flor", brinca Negra Li. Negra, já completamente transformada, deveria ainda posar para Fernando, que além de maquiador e apresentador, também é fotógrafo. Mas a cantora brasileira surpreendeu a todos do estúdio. "Ao invés de só posar eu posso cantar também?", pediu ao diretor.Sugestão aceita e a gravação do episódio "Branco" terminou com um "show" particular de Negra Li interpretando sucessos de Billie Holiday enquanto era fotografada por Torquatto.


6 TVGazeta do Oeste

Entrevista

DUPLA FACE Criador do "Legendários", Marcos Mion ameniza o tom de seu humor e exalta sua experiência à frente do "Ídolos"

Entre o cansaço e a satisfação, Marcos Mion mostra-se feliz com a oportunidade de ir além do humor escrachado do "Legendários" ao comandar a quinta temporada do "reality" musical "Ídolos", ambos da Record. "Me senti prestigiado pela emissora. Mas é claro que não foi fácil conciliar as duas produções. Emagreci, fiquei longe da minha família, mas a experiência valeu muito a pena", avalia. Aos 33 anos, mais maduro e com o objetivo de ser tornar um nome cada vez mais popular, o Mion atual em nada lembra o jovem verborrágico dos anos de MTV, emissora que, no início dos anos 2000, revelou seu humor corrosivo nacionalmente em programas como "Supernova", "Os Piores Clipes do Mundo" e "Covernation". "O trabalho que desenvolvi na MTV me deu possibilidades de voos maiores", valoriza Mion, que entre idas e vindas no canal musical, teve uma breve passagem pela Band e hoje desponta como um dos principais apresentadores da Record. "É bacana

saber que a direção da emissora confia no meu nome. Comandar o 'Ídolos' é uma honra e uma forma de diversificar meu jeito de apresentar", analisa. P - Passado o nervosismo de assumir o "Ídolos", qual o balanço que você faz da sua participação no programa? R - Acho que foi um grande aprendizado. E além disso, tive a oportunidade de ampliar meu público e trabalhar com pessoas diferentes. Admiro e respeito muito a equipe que trabalha comigo no "Legendários", mas foi bom variar, participar de um outro esquema de produção. A verdade é que os meses que dediquei ao "Ídolos" me deixou mais versátil como apresentador, apesar de todo o cansaço. P - Foi difícil conciliar a apresentação dos dois programas? R - Extremamente. Mas, desde a hora que o Mafran Dutra (diretor artístico da Record) me falou que o Rodrigo Faro (ex-

apresentador de "Ídolos") seria escalado para um programa novo e diário, e que estavam pensando no meu nome para ocupar a vaga, eu sabia que seria difícil. Topei na hora, lógico. Mas desde que as gravações de "Ídolos" começaram, eu não sei mais o que é dormir direito. Tudo nos bastidores desse programa é superlativo. P - Como assim? R - No início, eram as viagens para os estados que receberam as audições. Depois a etapa de eliminações no "resort". Nesta temporada, foram mais de 100 mil pessoas inscritas, o que significa muito tempo em cada cidade e muitas histórias para serem contadas. Para dar conta disso, existe outro número enorme de gente na produção. "Ídolos" é um programa caro e muito complexo de ser feito. P - "Legendários" é um projeto bem autoral. Como foi se afastar dele para as gravações do "Ídolos"? R - O "Legendários" é um programa que exige muito de

mim. Me afastar disso foi duro. Por sorte, tenho uma equipe muito boa, que consegue tocar o programa de forma brilhante sem a minha presença. É um sonho meu que se tornou o sonho de uma equipe. Da qual eu dependi para poder participar de "Ídolos". Tanto é que durante os últimos meses, tenho estado mais em contato com eles por e-mail e telefone. P - Você tem um jeito bem característico e extrovertido de apresentar. Foi complicado adaptar o seu estilo ao formato mais fechado como o de "Ídolos"? R - Nem tanto. Até porque, os diretores me deixaram bem livre para fazer a coisa do meu jeito. Mas é claro que passei a privilegiar a dinâmica da competição. Dentro desse formato, não dá para ficar fazendo gracinhas e piadas o tempo inteiro. P - Você chegou a buscar inspirações no modo como o Rodrigo Faro ou o Ryan Seacrest


uibriça. ou ual iciho -

de do de

ue,

meu ei a do -

nsest

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

(apresentador do "American Idol", famosa versão americana do "reality") conduziam o programa? R - Eu já acompanhava o "Ídolos" e o "American Idol" antes de sonhar que um dia eu iria apresentar o programa. Nunca quis copiar o estilo de ninguém, mas sempre achei interessante a forma discreta com que ambos comandavam o "Ídolos". Afinal, a grande estrela do show não é o apresentador, mas sim o competidor. Mantive isso na minha cabeça durante toda essa temporada. P - Rodrigo Faro é um dos apresentadores de maior prestígio dentro da Record e estava há quatro temporadas à frente do "Ídolos". Você ficou apreensivo com as comparações? R - No momento em que a Record me chamou para o "Ídolos", a emissora já estava disposta a encarar as mudanças. Eu só fiquei mais à vontade na apresentação, quando a direção do programa me falou para improvisar e ser eu mesmo. Eu adoro o Rodrigo, somos amigos pessoais. Mas queria entregar um trabalho que tivesse a minha cara. Como ele sempre comandou o programa muito bem e tem muitos admiradores, é claro que as pessoas iriam traçar alguma comparação. Fiz do meu jeito, é melhor ser criticado pelo que tenho de original do que tentar imitar o estilo de outra pessoa. P - A experiência no "Ídolos" despertou em você a vontade de comandar um programa com a visibilidade do horário nobre de uma terça ou quinta? R - Com certeza! Quando assinei o contrato com a Record, meu intuito era me tornar um comunicador popular. Passei anos da minha carreira me direcionando a um público bem segmentado na MTV. Foi minha grande escola. Chegou uma hora em que eu ansiava por algo mais. É esse "plus" que eu posso conseguir com a estrutura da Record. Nessa busca por uma ampliação de público, inclusi-

ve, o tom do meu humor mudou drasticamente. Hoje sou muito mais parado nas ruas por donas de casa, do que pelo jovens (risos). P - Na MTV, seus programas tinham total liberdade artística. De alguma forma, alguma ideia sua já foi mal recebida ou censurada pela Record? R - Não tem como comparar a liberdade de conteúdo em emissoras de tamanho e visibilidade tão diferentes. A Record tem suas responsabilidades e seu padrão de qualidade. Portanto, não existem vetos ou cortes, mas sim bom senso. É preciso ser racional na busca por um trabalho bom para mim e para a emissora. Quando comecei na MTV eu falava um monte de palavrões, é algo que não combina e que fica grotesco na tevê aberta. Amenizar o tom foi uma opção minha. Não quero ser o "enfant terrible" inconsequente que ninguém confia. Quero é ampliar meu público. P - A temporada atual de "Ídolos" está quase no final. Além de continuar no "Legendários", você já arquiteta algum outro projeto para a tevê? R - Acho que agora preciso cuidar da minha família. Estou tão concentrado no trabalho, que depois do "Ídolos", meu grande projeto é abraçar e dar atenção à minha mulher a aos meus três filhos. Eles entenderam bem esse tempo que fiquei um pouco longe de casa. Agora é hora de cumprir o melhor contrato que já assinei na minha vida, que é cuidar deles sempre (risos).

TVGazeta do Oeste 7

FASE ATUANTE A apresentação cheia de improvisos e "cacos" de Marcos Mion à frente do "Ídolos", e sobretudo, do "Legendários", tem uma origem: o teatro. "Eu sou um cara dos palcos. Comecei a estudar teatro aos 14 anos e sempre tentei me dedicar a isso, mesmo direcionando a carreira para a minha porção apresentador", conta. Foi a partir da paixão pela atuação, inclusive, que Mion conseguiu sua primeira experiência na televisão, um pequeno personagem no seriado "Sandy e Junior",exibido pela Globo em 1999."Guardo boas lembranças desse tempo. Logo depois, saí do seriado e virei 'vj' da MTV", relembra Mion. Entre um programa e outro, ele sempre tenta conciliar uma participação em algum projeto de dramaturgia. Foi assim que encarou um dos personagens principais de "Bicho do Mato", novela da Record de 2006, fez "pontas" nos longas "Um Show de Verão",em 2004,e "Muita Calma Nessa Hora", de 2010. E por fim, chamou a atenção ao dar vida à uma mulher durante a temporada da peça "Camila Backer - A Saga Continua",apresentada entre 2005 e 2007."Quero muito voltar ao teatro. Todo final de ano eu traço planos para isso e sempre fico me sentindo frustrado. O palco exige uma dedicação que eu não posso entregar no momento", justifica.

HOMEM DE NEGÓCIOS Além de ator e apresentador, Marcos Mion também é conhecido por seu empreendedorismo. Atualmente, ele é sócio de diversos negócios na área de lazer, moda e alimentação, onde destacam-se a marca de roupas V.Rom e a casa noturna Disco, localizada em São Paulo. "Sempre tive a cabeça voltada para os negócios. Na tevê, inclusive, lido com minhas criações como se fosse investimentos. Vejo o 'Legendários' como uma marca e tenho muito cuidado com cada passo do programa", compara.

TRAJETÓRIA TELEVISIVA # "Sandy & Junior" (Globo, 1999) - Max. # "Supernova" (MTV, 2000) - Apresentador. # "Os Piores Clipes do Mundo" (MTV, 2000) - Apresentador. # "Uá Uá" (MTV, 2001) - Apresentador. # "Descontrole" (Band, 2002) - Apresentador. # "Covernation" (MTV, 2005) - Apresentador. # "The Nadas" (MTV, 2005) - Marcos. # "Avassaladoras - A Série " (Record, 2006) - Rodrigo. # "Bicho do Mato" (Record, 2006) - Emílio. # "Mucho Macho" (MTV, 2007) - Apresentador. # "Descarga" (MTV, 2007 a 2009) - Apresentador. # "Quinta Categoria" (MTV, 2009) - Apresentador. # "Legendários" (Record, 2010) - Apresentador. # "Ídolos" (Record, 2012) - Apresentador.


8 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Crônica

COMO UMA PRECE "SALVE JORGE" UNIFICA OS NÚCLEOS E FLUI HARMONIOSA, COM EFICIENTES PROTAGONISTAS

MARIANA TRIGO TV PRESS

U

m mês após o clima tenso de mocinhas vilanescas e vilãs humanizadas de "Avenida Brasil", "Salve Jorge" começa a seduzir o público exatamente pelo que faltava em sua antecessora: o clima de romance. Glória Perez, que em grande parte de suas tramas não fez uma boa escolha na escalação dos protagonistas - que quase sempre terminavam com outros personagens em suas histórias -, finalmente acertou em cheio com Nanda Costa e Rodrigo

Lombardi como Morena e Theo. Ao som inconfundível da voz de Roberto Carlos,com o forte refrão "esse cara sou eu", o casal provou, desde o primeiro capítulo, a tal "química" em cena. Nanda, que protagoniza sua primeira novela e já estreia no posto em horário nobre, tem feito bonito com sua despachada moradora do Complexo do Alemão.Dosando um gestual tosco com uma determinação de heroína, a atriz tem lapidado sua personagem com carisma. Certamente é daquelas mocinhas que farão o público torcer até o último capítulo. Nessa trama, existe o equilíbrio entre as mais diversas classes sociais, culturais e econômicas entre os personagens, o que enriquece a história.Enquanto uma cena se passa na Turquia, comentando os costumes locais da região,com to-

do o seu colorido que facilita a fotografia da produção, a cena seguinte pode se passar na favela, recheada de "periguetes" com shortinhos minúsculos, com as mãos na cintura e seus longos apliques de "mega hair" falando alto os costumeiros bordões que a autora sempre insere em suas histórias. Aliás, expressões como "volta para a garrafa" e "está invertida?" já começam a fazer parte do vocabulário popular. A fórmula de Glória é sempre a mesma. No entanto, a mistura com novos elementos ainda causa um frescor quando lida com temas ainda inéditos, como o tráfico de pessoas. Claudia Raia tem se destacado como a maquiavélica vilã Lívia,assim como Totia Meireles, que ganha um papel de destaque, à altura de sua sintonia cênica com o texto da autora. O tema, que muitas ve-

zes chega a ser pesado em algumas cenas que envolvem as meninas sequestradas,é o contraponto necessário, o azedume para contrabalançar o romance da história com a comicidade de alguns personagens também do núcleo mais abastado. Nessa mistura de suspense, comédia, drama e romance, "Salve Jorge" conta ainda com todo o sincretismo religioso de um santo que consegue transitar por diversas crenças. Da mesma forma, a lente do diretor Marcos Schechtman, já muito habituada com o ritmo da autora, consegue a mesma frequência para que a história flua simples e forte,como uma oração.


TVGazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Close

Sensualidade campestre ESTREANTE EM "MALHAÇÃO", WANESSA ALVES VIVE ADOLESCENTE SEDUTORA

MARIANA TRIGO TV PRESS

W

anessa Alves foi criada em uma extensa fazenda de gado perto de Goiânia, onde nasceu. Filha de fazendeiros, cresceu com os pés na terra. No entanto, afirma que, aos cinco anos de idade, já sabia que seria atriz.Em sua estreia em um papel fixo na tevê, como a atirada Nanda, de "Malhação", Wanessa lembra das longas semanas na fazenda ao lado dos avós. "Ficava sozinha com eles. Meus pais trabalhavam muito.Na fazenda,criava meu mundo, inventava histórias. A tevê era uma coisa muito distante para mim", destaca. Com pouco sotaque - de quem já mora no Rio há cinco anos -, Wanessa saiu de casa aos 15 para tentar enveredar pelo meio artístico através de comerciais de tevê. Passou dois meses em São Paulo e logo se mudou para a capital Fluminense, onde acabou o ensino médio e estudou interpretação em diversos cursos, como na CAL e no Teatro Tablado, até ser indicada para fazer teste para "Malhação". "Nessa novela,como quase todo mundo está começando, escolhem atores com características próximas dos personagens",acredita a atriz. "A Nanda tem atitude, uma sensualidade natural e é muito descolada", enumera. Para convencer na pele de uma menina quatro anos mais nova, a atriz passou uma tarde no colégio em que

estudou, na Zona Sul do Rio. Só para observar o comportamento das adolescentes mais despachadas, que "atiram para todos os lados". "Fiquei observando a saída e encontrei cada personagem de 'Malhação' entre os alunos. Tinha o gente boa, o que dava certo com as meninas, o grupo que joga charminho para os garotos. Todos os tipos", diverte-se a atriz, que assume estar adorando se passar por uma menina ainda mais jovem. "Quero chegar aos 30 fazendo personagens de 26 anos! O problema é que sempre acham que pareço mais velha do que sou", observa. Além da composição no colégio, Wanessa também se inspirou no comportamento da personagem Judy, da atriz Natalie Wood no longa "Juventude Transviada",clássico que marcou a carreira de James Dean na década de 50. "Apesar de ser de antigamente, ela tem muita atitude como a Nanda", maximiza a atriz, sempre antenada em novas oportunidades de aprendizado. Inquieta e produtiva, Wanessa só lamenta ter trancado a faculdade de Cinema no último período, faltando apenas redigir a monografia. "Não teve jeito! Não tinha tempo de me dedicar com as gravações", argumenta. No entanto, ela continua a ser preparada por uma "coach" para suas cenas, além de sempre fazer cursos e práticas corporais, como aulas de canto, violão e tecido acrobático. "Meu pai queria que eu tivesse uma carreira convencional, como Medicina ou Odontologia. Como eu teria, só gostando de coisas artísticas? Não dava mesmo", constata. Para manter a forma, Wanessa também investe grande

parte de seu tempo. Seus 54 kg distribuídos em 1,66 m de altura - o que a impediu de ser modelo em São Paulo, pela baixa estatura - são mantidos com esforço. Além de correr na praia e praticar musculação, a atriz tem um cardápio hipocalórico preparado por

uma nutricionista. "Sou muito enjoada com o corpo. Cuido mesmo. Já pratiquei 14 anos de balé, fiz hipismo e tênis", enumera.


10 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Resumo

GUERRA DOS SEXOS

MALHAÇÃO

LADO A LADO

GLOBO - 17H:50

GLOBO - 18H:15

GLOBO - 19H:10

Segunda (19/11) - Ju sugere que Jorge libere sua aula para um debate entre as duas chapas candidatas ao Grêmio Estudantil. Orelha decide instalar uma câmara na biblioteca para espionar a chapa de Ju. Ana percebe que Bruno está sofrendo por causa de Rita e fica abalada. Nando lamenta que Marcela já esteja saindo com outro cara. Orelha instala a câmara na biblioteca. Rita e Fatinha se enfrentam durante um jogo de queimado e Marcela expulsa as duas. Fatinha mostra a foto que forjou com Bruno e Rita, com raiva entrega para Orelha divulgá-la.

Segunda (19/11) - Constância fica intrigada com a visita de Edgar. Matilde fala para Laura que Edgar sofreu com sua ausência.Zé Maria fica perturbado com o que descobre sobre Isabel. Elias conta para Jurema que não pode chamá-la de tia. Edgar fica apreensivo quando Catarina pergunta o nome da professora de Melissa.Constância descobre que sua filha voltou para o Rio de Janeiro. Laura e Edgar discutem na porta do colégio. Celinha descobre por que Guerra mudou seu comportamento com ela.Zé Maria fala para Chico que não quer voltar a trabalhar no mar. Constância procura Laura.

Segunda (19/11) - Roberta tenta controlar Nando para não machucar Kiko. A polícia invade a casa de Semíramis e a leva com Nieta para a delegacia. Ulisses vê Carolina chegar com Fábio de moto. Analú pensa em dar um presente para Nando e Kiko acredita ser para ele. Vânia simula uma queda para causar ciúmes em Felipe. Juliana decide dar uma chance a Ronaldo. Kiko desafia Nando. Nieta e Semíramis são acusadas de contrabandistas por causa dos pacotes de Nenê. Charlô invade o Clube Inglês atrás de Otávio.

Terça (20/11) - Fatinha envia a foto com Bruno para o celular dos colegas antes que Orelha consiga publicá-la no TV Orelha. Ju tenta defender o irmão para Rita. Pilha fica arrasado ao ver a foto de Fatinha e Bruno juntos. Bruno tira satisfações com Fatinha.Gil pede para Lorenzo deixar Lia dar aulas de guitarra para ele. Mário convence Alice a liberar Dinho do castigo. Pilha grava o jingle de campanha pelo Grêmio Estudantil com Orelha. Lia fica sem graça com as investidas de Gil. Dinho fica eufórico ao ser liberado do castigo. Orelha assiste às gravações de sua câmara secreta e descobre que Rita é filha de Mathias. Dinho vai à casa de Lia e encontra Lorenzo.

Terça (20/11) - Constância e Laura discutem. Zé Maria e Chico são expulsos da Marinha. Constância não se conforma por Laura querer assumir seu divórcio. Isabel volta para o Rio de Janeiro. Caniço não gosta de ver Berenice arrumada para a festa de Zé Maria. Margarida e Esther almoçam com Constância e Bonifácio se irrita. Isabel convida Laura para morar com ela. Zé Maria conta sobre a revolta dos marujos. Caniço fica com ciúmes de Berenice e desafia Zé Maria. Zé Maria é golpeado por Caniço na hora em que Isabel chega à festa.

Quarta (21/11) - Lorenzo proíbe Dinho de ver Lia e ele vai embora irritado. Isabela sugere que ela e Leandro morem juntos e ele se assusta com a ideia. Dinho fica arrasado por Lorenzo permitir a presença de Gil e proibir a dele na casa de Lia. Apesar dos protestos de Dinho, Orelha divulga o vídeo em que Rita confessa que é filha de Mathias. Rita deixa que Mathias assista ao vídeo do TV Orelha e confessa, emocionada, ser filha dele. Mathias pede carinhosamente que Rita vá para casa e cobra de Luiza um exame de DNA. Quinta (22/11) - Lorenzo fala para as filhas que Raquel vai embora de casa. Alice e Mário aproveitam a ausência de Dinho para namorar. Raquel encontra Dinho escondido no quarto Lia e o deixa ir embora em segredo. Mas ele deixa seu tênis cair na sala de Lia.Rita tem uma conversa séria com Mathias sobre o teste de DNA.Ju vê Gil e Dinho discutindo e comemora. Por ter instalado a câmara na biblioteca, Orelha é suspenso e impedido de concorrer para o Grêmio. As duas chapas concorrentes desenvolvem suas plataformas para os alunos. Paulina encontra o tênis de Dinho e questiona Tatá, que não consegue mentir. Paulina entrega Lia para Lorenzo, que repreende a filha. Sexta (23/11) - Lorenzo se enfurece com Lia e Raquel e anuncia que vai sair de casa. Chega o dia da eleição para o Grêmio Estudantil. Lia e Dinho tentam se retirar da chapa e Fatinha fica furiosa. Fatinha sabota as regras de boca de urna. Ju derrama açaí em Lia e Fatinha e prende as duas no banheiro, sem suas mochilas. Dinho percebe a ausência da namorada. Lia e Fatinha resolvem sair do banheiro vestindo apenas as roupas de baixo.

Quarta (21/11) - Isabel e Jurema cuidam de Zé Maria. Afonso vai embora sem falar com a filha. Zé Maria tenta conter a emoção do reencontro com Isabel. Constância convence Edgar a chamar Laura para morar com ele. Edgar se preocupa com Laura ao saber dos preconceitos que uma mulher divorciada enfrenta. Celinha inventa uma desculpa para ir ao jornal.Zenaide proíbe Elias de se aproximar de Isabel. Afonso pede para Jurema entregar um maço de notas para sua filha. Constância explica seu plano para que Albertinho conheça Esther. Quinta (22/11) - Albertinho fica fascinado com Isabel. Zé Maria afirma a Jurema que não ficará com Isabel. Laura evita se aproximar de Melissa. Zé Maria procura emprego na barbearia. Isabel vê o ex-noivo na rua, mas não consegue conversar com ele. Alice e Jonas se encantam um com o outro. Esther demonstra interesse em Albertinho. Matilde leva um convite para jantar de Edgar para Laura. Carlota aconselha Constância a afastar Elias do Rio de Janeiro. Edgar fica indignado por Laura não aceitar jantar com ele. Jurema devolve o dinheiro de Afonso para Isabel.Edgar procura Laura. Sexta (23/11) - Edgar e Laura ficam perturbados na presença um do outro. Laura chega para o jantar e Edgar fica nervoso. Isabel conta para Jurema que recusou um pedido de casamento em Paris.Zé Maria não consegue arrumar emprego.Edgar convida Laura para morar com ele. Isabel fala para Jurema que não sabe se quer reatar com Zé Maria. Elias se revolta com Zenaide por proteger Vilmar.Fernando vê Edgar deixar Laura em casa. Celinha fica eufórica com a notícia que lê no jornal. Fernando se oferece para levar Laura até seu novo endereço. Sábado (24/11) - Albertinho se insinua para Esther. Melissa revela para Catarina o nome de sua professora. Esther decide ficar no Rio de Janeiro. Berenice não deixa Elias jogar capoeira com Zé Maria. Laura fica tensa com o bilhete que recebe de Catarina. Isabel vai ao colégio de freiras para falar com Laura, e percebe o preconceito da madre superiora. Laura enfrenta Catarina. Isabel avisa a Laura que falará com Constância.Umberto descobre que Isabel está morando na antiga casa de madame Besançon.

Terça (20/11) - Otávio finge não conhecer Charlô. Semíramis e Nieta ficam envergonhadas com o conteúdo dos pacotes de Nenê. Roberta confessa a Dino que gosta de Nando. Kiko consegue colocar um "chip" de computador no sapato de Nando.Zenon intimida Carolina para saber o nome de Vânia. O fotógrafo vê Juliana com Ronaldo e fica com ciúmes. Roberta e Dino libertam Nieta da cadeia. Kiko acompanha Nando pela tela do seu GPS. Juliana chama Ronaldo de Fábio. Charlô aposta toda sua fortuna com Otávio. Quarta (21/11) - Juliana implora que Ronaldo a faça esquecer Fábio.Nando elogia Roberta.Vânia se esconde na varanda do apartamento de Felipe. Nieta e Semíramis recebem flores iguais e com o mesmo cartão de Nenê. Nando acerta Ronaldo jogando bola e Juliana se irrita. Zenon se aproxima de Vânia e ela se impressiona. Carolina trama para Lucilene ser demitida. Otávio e Charlô assinam um contrato confirmando sua aposta. Quinta (22/11) - Zenon fica contrariado por Vânia não dar atenção às suas investidas. Charlô e Otávio chegam a um acordo sobre os termos da aposta e avisam a seus respectivos aliados. Carolina consegue o antigo cargo de Lucilene. Kiko alerta Roberta sobre a atitude de Otávio em continuar atrapalhando a produção da Positano. Nando não percebe o interesse de Carolina nos possíveis planos de Otávio contra Charlô. Sexta (23/11) - Ulisses ouve Carolina falar que não quer voltar com ele.Roberta conta para Veruska as estratégias para evitar que Otávio continue sabotando a fábrica. Manoela se esforça para agradar Fábio e Ciça. Charlô ouve Otávio e Felipe falando de Vânia. Zenon obriga Carolina a lhe dar o endereço de Vânia. Dino se entristece ao perceber o amor que Roberta sente por Nando. Zenon manda flores para Vânia e Felipe fica com ciúmes. Sábado (24/11) - Roberta afirma a Charlô que não quer mais saber de Nando. Vânia acredita que Felipe tenha mandado as flores para ela fingindo ser outra pessoa. Charlô repreende Roberta por aceitar a chantagem de Kiko.Felipe leva Vânia para dançar. Frô é dispensada por Ronaldo. Charlô segue Nando e Otávio de moto. Manoela procura Juliana. Carolina vai atrás de Ulisses. Nando tenta despistar Charlô, mas ela perde o controle e se choca contra um muro.


TVGazeta do Oeste 11

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Resumo BALACOBACO

SALVE JORGE

RECORD - 22H:30

GLOBO - 21 H

Segunda (19/11) - Isabel conta para Mirela sobre o estranho telefonema e diz à amiga que precisa conversar com Norberto. Inspirado pelo clima de romance,Mauro decide convidar Joana para um "tour" na Floresta da Tijuca. Norberto termina seu relacionamento com Diva definitivamente e Dóris interrompe a briga, usando o acidente de Angra como forma de ameaça. Diva marca um encontro com Norberto, enquanto Dóris engana Isabel e planeja encontrá-los no restaurante. Diva tenta seduzir Norberto e Isabel se assusta ao ver Norberto com outra.

Segunda (19/11) - Wanda tenta despistar Maitê e Helô desconfia. Theo conta para Morena que está voltando a se dar bem com Érica. Demir acha graça quando Zyah mente para manter Bianca e Stênio afastados. Barros encontra pistas sobre a adoção de Aisha. Aída pede para Morena levá-la ao local do coquetel. Érica tenta seduzir Theo, mas Morena se aproxima do noivo. Adam se incomoda na presença de Rosângela e Jéssica. Élcio tranquiliza Érica que fica triste ao descobrir que Theo ainda está com Morena. Zyah e Bianca pensam um no outro.

Terça (20/11) - Espantado, Norberto se solta de Diva e corre atrás de Isabel para tenta explicar o beijo. Isabel foge com o seu carro. Norberto fecha o carro de Isabel e beija a arquiteta à força. Isabel pede que ele não a procure mais. Norberto revela que ama Isabel e a moça fica mexida. Osório e Duílio conversam sobre a estreia do programa de Marcelona. Eduardo se surpreende ao ver no noticiário suas fotos com as menores e diz a Lucas que vai descobrir quem está armando para ele.Norberto vai à casa de Isabel e a pede em casamento.

Terça (20/11) - Sarila volta para casa e descobre que a filha mais nova fugiu. Stênio pede Bianca em casamento. Theo tenta falar com Érica, que o despreza. Thompson aceita a oferta de Diva pela casa de Lucimar. Aisha ouve Stênio falar que faltam documentos de sua adoção e decide esclarecer sua história sozinha. Miro anuncia um empate no concurso Garota da Laje. Deborah demite Morena do escritório. Lívia manda instalar uma escuta na boate. Wanda marca com Santiago a entrega de um bebê.

Quarta (21/11) - Isabel fica sem reação com o pedido de casamento de Norberto. Diva implora pelo perdão de Norberto, que a agride com violência. Plínio apresenta o novo programa de Marcelona aos ouvintes, mas Josefina trava na hora de falar ao vivo. Duílio e violeta resolvem ir à Rádio AMpola para descobrir quem é Marcelona. Isabel aceita o pedido de Norberto e os dois se agarram. Dóris tenta acalmar Diva e diz que ela deveria contar para Isabel que Norberto era o piloto da lancha que matou Teresa e Nestor.

Quarta (21/11) - Élcio vai à casa de Érica e Julinha fica chateada por achar que os dois estão juntos. Áurea e Morena se desentendem. Zyah fala que Bianca não pode se casar com Stênio porque não o ama. Zyah e Bianca tentam conter o constrangimento na frente de Stênio. Morena desiste de fazer a seleção de dança com Sheila. Lucimar conta para Delzuite que Diva pagou sua dívida com o proprietário de sua casa. Ricardo fica interessado em Érica. Wanda escolhe bebês para serem adotados ilegalmente.

Quinta (22/11) - Nervosa, Isabel se lembra da tatuagem do piloto da lancha que matou sua irmã ao ver as costas de Norberto e vai embora. Acuado, Eduardo é novamente alvo da suposta advogada das menores de idade, que pede sua prisão preventiva. Isabel conta para Mirela sobre a tatuagem e acredita que Norberto tenha matado Teresa.Isabel tenta avisar a Danilo sobre Norberto, mas sem sucesso. Eduardo confunde Isabel com a advogada das menores de idade.

Quinta (22/11) - Maitê aconselha Helô a procurar um psicólogo.Theo encontra o cartão de Wanda nos pertences de Morena. Wanda avisa a Lívia que está voltando para o Rio de Janeiro com os bebês. Wanda é parada por um policial na estrada. Theo pergunta a Morena quem é Wanda. Érica aceita sair com Élcio para implicar com Theo. Lucimar é despejada de sua casa. Um casal procura Wanda para comprar um dos bebês. Morena se desespera com o despejo de Lucimar.

Sexta (23/11) - Eduardo ataca Isabel verbalmente, pois acha que ela é a advogada que o está difamando. Norberto aluga o local para ser o cativeiro de Diva e Magno se prepara para sequestrála. A advogada das menores pede um milhão de reais e Eduardo se nega a pagar. Norberto vai à casa de Isabel, que veta a sua entrada, mas o ardiloso jovem consegue subir e acaba escoltado pelos seguranças para fora do prédio. Magno fica confuso ao ver Diva e Dóris quase idênticas e acaba sequestrando a irmã errada.

Sexta (23/11) - Morena consegue que Thompson impeça o despejo de sua mãe. Diva repreende Clóvis por desistir de comprar a casa de Lucimar. Morena descobre que Diva não pagou a dívida de sua mãe com o proprietário da casa. Morena discute com Áurea e deixa a casa de Theo. Theo vai atrás de Morena. Érica vê a mensagem de Theo e Márcia a estimula a respondê-la.Morena aceita o trabalho no exterior oferecido por Wanda. Sábado (24/11) - Wanda conversa com Lívia sobre Morena. Morena garante a Thompson que conseguirá comprar a casa. Diva manda o marido depositar o dinheiro na conta de Thompson. Theo desaprova a partida de Morena para o exterior.Theo leva Morena de volta para sua casa. Theo antecipa seu casamento com Morena. Morena lê a mensagem que Érica manda para Theo. Diva fica intrigada ao saber que Clovis não fez o depósito para Thompson. Wanda vai à casa de Morena.

CARROSSEL SBT - 20H:30 Segunda (19/11) - Cirilo vai até a barraca de Maria Joaquina e diz que vai demorar muito tempo para juntar dinheiro para eles se casarem. Maria Joaquina não acredita no que escuta, pergunta se ele está louco e pede para que se afaste de sua barraca. Usando máscaras de monstros, os meninos saltam em frente a barraca e assustam as meninas. Suzana pergunta para as meninas qual o motivo da gritaria. Elas explicam que apareceram dois monstros. Suzana diz que isso não existe. Terça (20/11) - Jorge vai até a casa de Maria Joaquina apenas para dar um "oi" para a patricinha, que fica aos suspiros. Na oficina, Jaime, Kokimoto e Daniel conversam sobre a banda que estão formando. Eles levantam a possibilidade das meninas participarem da banda. Os meninos ligam para as meninas para convidá-las para fazer parte do conjunto musical.Todos se reúnem na casa abandonada para fazer o primeiro grande ensaio da banda, intitulada Carrossel. Quarta (21/11) - Matilde pede demissão e a diretora Olívia fica preocupada com a vaga em aberto nas aulas de música. Jorge visita Maria Joaquina para presenteá-la com uma caixa de bombom. Cirilo também vai até a casa da patricinha, mas decide levar um besouro de presente.Jorge empurra o menino e diz que ele e todos os outros garotos são "maloqueiros". Cirilo se reúne com os amigos e conta o que aconteceu. Eles ficam bravos e decidem dar um castigo no mauricinho. Quinta (22/11) - Os meninos encurralam Jorge no casa abandonada. Para ser um castigo "justo", todos decidem que Cirilo enfrentará Jorge. Os dois brigam e Jorge leva a pior. Rafael encontra as crianças e pergunta o que está acontecendo. Jorge diz que Cirilo bateu nele. Os meninos explicam o que aconteceu. Rafael repreende as crianças pelo ato de violência.Jorge chega em casa e inventa para seus pais que foi agredido por todos os meninos e que o mandante foi o Cirilo. Alberto e Rosana ficam inconformados. Sexta (23/11) - Olívia liga para Helena e diz que ela não voltará a dar aula para o terceiro ano. A professora fica triste e é consolada pela mãe. De repente elas escutam uma serenata e são as crianças do terceira ano cantando uma canção. As crianças ensaiam a banda Carrossel na oficina. Adriano cochila e sonha que a banda está se apresentando no programa do Patati e Patatá. Olívia faz as primeiras entrevistas para contratar um professor substituto para as aulas de música.


12 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 18 de novembro de 2012

Inside

PRIMEIRA VEZ GABRIELA DURLO MUDA VISUAL PARA PAPEL EM "A TRAGÉDIA DA RUA DAS FLORES"

CAROLINE BORGES TV PRESS

P

ara diversos atores,a possibilidade da experimentação é o que mais atrai nos variados trabalhos televisivos. Gabriela Durlo viu no convite para o telefilme "A Tragédia da Rua das Flores", da Record, uma chance de atuar em algo totalmente diferente do que já tinha experimentado na tevê, em questão de personalidade e caracterização. Para compor a decisiva Ana, a atriz precisou mexer na cor de seus cabelos pela primeira vez. "Fiquei totalmente loira. Isso trouxe uma identidade para a personagem'', afirma Gabriela, que acredita que não há referências a esta personagem em seu histórico na televisão."É bem distante de tudo que eu já fiz. Ela tem uma personalidade bem tranquila. O figurino não tem o menor apelo corporal. Ela não usa um salto alto", completa a atriz, que deve voltar à tevê no final de dezembro. Na adaptação do conto de Eça de Queiroz, Gabriela vive a fotógrafa Ana, que se envolve com o protagonista Victor, interpretado por Arthur Aguiar. Com uma personalidade determinada e forte, Ana busca não se relacionar além da amizade com o personagem de Arthur. "Eles são grandes amigos e nutrem mutuamente um carinho que vai além da amizade. Mas ela também é muito pé no chão com relação ao avanço dessa

relação", ressalta. Para Gabriela, todo o processo de composição da personagem foi tranquilo. Antes do início das gravações, a atriz passou por diversos encontros de leitura de texto com o elenco e prova de figurinos. Por se tratar de uma adaptação, optou por não ler o texto original para poder tirar suas próprias impressões do roteiro e o que era sugerido pela equipe de produção e direção. "Existem muitas diferenças entre a obra original e o que está sendo explorado na personagem.Além disso,foi melhor ouvir o que está sendo proposto pela direção sem interferências", aponta. A experiência de filmar o telefilme foi bem próximo do processo produtivo da minissérie "A História de Esther" em que Gabriela protagonizou.A atriz preza por trabalhos com obras fechadas onde pode se dedicar com mais calma e atenção."Tive todo um tempo

para pesquisar durante a préprodução. Bem diferente de novela em o que ritmo é muito corrido. Aqui eu soube tudo que ia acontecer do começo ao fim", lembra. Com direção de Del Rangel, este é o primeiro trabalho da atriz ao lado do diretor. A longa carreira e o respeito do diretor dentro do mercado trouxeram mais segurança para Gabriela confiar em cada dica e sugestão de Del para enriquecer a personagem. "Ele me deu algumas dicas de câmera que não esquecerei nunca mais. Ele é super objetivo, ligado em tudo o que acontece nos estúdios", elogia a atriz, que foi instruída pelo diretor a não ver seu resultado no vídeo antes da hora. "Sou bastante auto-crítica, mas o Del não gosta que as pessoas se vejam. Isso varia de diretor para diretor. Mas ele sempre deixou a gente muito à vontade para fazer sugestões e propor idéias que

melhorassem o resultado final", pondera. Contratada da Record desde 2007,Gabriela já participou de cinco produções dentro da casa. Apesar de ter sido protagonista na minissérie bíblica "A História de Esther", a atriz considera sua estreia na tevê, na novela "Vidas Opostas", seu trabalho de maior relevância. "Era uma personagem muito boa e com uma história muito densa", lembra a Gabriela, que ainda deseja ser escalada para uma super produção como foi a trama épica escrita por Vivian de Oliveira. "A minissérie foi um sucesso e tenho muita vontade de repetir um trabalho desse porte. Ser escalada para outra super produção seria um prazer", planeja.

Edição de 18/11/2012  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you