Page 1

www.facebook.com/EPESPOSENDE

MENSAL

nº78

JORNAL ESCOLA PROFISSIONAL DE ESPOSENDE

www.zendensino.pt | março 2013

POR TERRAS DE SANTIAGO DE COMPOSTELA

Página 13

COLABORAÇÃO NO ‘MARÇO COM SABORES DO MAR’

EPE PARCEIRA EM MAIS UMA EDIÇÃO DAS ‘INICIATIVAS OCEÂNICAS’ Registo fotográfico no PNLN Foz do Cávado Página 31

Páginas

5 - 6 - 7 - 19 - 21

Páginas 22 a 23


ALUNOS ASSINALAM DIA DA PROTEÇÃO CIVIL

Os alunos do Curso Técnico de Proteção Civil colaboraram com o Gabinete Municipal de Proteção Civil de Esposende na dinamização de algumas ações para assinalar o dia da proteção civil, no dia 1 de março. Na verdade, o grupo sensibilizou os alunos do 1º Ciclo da Escola EB1 de Esposende para que principiem, desde já, de uma forma prática e divertida, a tomar conhecimento e a ter contacto com sinais e as principais regras de trânsito, por forma a prevenir a sinistralidade e incutir nesta faixa etária comportamentos, atitudes e valores corretos e uma inserção segura no trânsito. Com efeito, a tarefa dos nossos alunos consistia em acompanhar e ajudar as crianças a circular e a identificar os sinais de trânsito, bem como respeitar a passadeira, transformando, assim, o Parque Radical desta cidade numa estrada virtual, onde circulavam pequenas viaturas adap2 | EPE jornal | março 2013

tadas conduzidas pelas próprias. A reação dos petizes foi muito boa, pois levaram a sério esta missão de respeitar o código da estrada. Para além desta iniciativa, a turma, também, teve a oportunidade de acompanhar a Guarda Nacional Republicana em operações STOP, efetuadas na Estrada Nacional 13, em Esposende e Fão, com o objetivo de abordar os condutores e efetuar uma fiscalização preventiva. O resultado foi surpreendente, pois os alunos levaram a sério esta tarefas e a interação com os automobilistas foi amistosa e bastante profícua. Luzia Silva | Professora


VISITA AO OCEANÁRIO E FEIRA INTERNACIONAL DE TURISMO

No dia 1 de março, as turmas dos cursos Técnico de Turismo Ambiental e Rural e Técnico de Comunicação – Marketing, Relações Públicas e Publicidade deslocaram-se a Lisboa para visitarem o Oceanário e a BTL – Feira Internacional de Turismo. No Oceanário, para além da exposição permanente onde os alunos conheceram mais de 500 espécies e descobriram uma parte da biodiversidade marinha, acompanhados por um educador marinho, os alunos tiveram a oportunidade de assistir a um atelier “Para, escuta e olha: Biodiversidade”. Após a visita ao Oceanário os alunos visitaram a BTL – Feira Internacional de Turismo, onde observaram os expositores de centenas de destinos de todo o mundo, assistiram a apresentações de destino, provas gastronómicas e apresentações culturais. Esta visita à capital proporcionou aos alunos uma viagem ao mundo marinho, bem como à multiculturalidade turística internacional. Uma viagem com abertura para novos horizontes.

info:

Joana Fernandes Coordenadora de Curso TM

EPE jornal | março 2013 | 3


COFFEE BREAK EPE COLABORA “MUSICÓRDIA” COM COMISSÃO DE FESTAS DO BOM JESUS DE FÃO Sábado, dia 02 de março, decorreu em Fão, no auditório dos Bombeiros Voluntários de Fão, uma noite de fados, acompanhada de jantar, com o objetivo de angariar fundos para ajudar nas Festas do Bom Jesus. A Escola Profissional de Esposende esteve presente, representada por alguns alunos da vertente de restaurante/ bar, do curso Técnico de Restauração do 2º e 3º ano, colaborando neste evento. O jantar começou por volta 22h, acompanhado por um espetáculo de Fado. Com cerca de 200 pessoas, que pagavam um valor simbólico de 5€ com caldo verde e broa incluído; o cardápio consistia em rojões, moelas, chouriço assado, carne de vaca trinchada, águas, sumos, vinho e para sobremesa havia uma variedade de bolos e sortidos. Foi uma noite agradável onde se notou o convívio entre os convidados presentes e, no final, os alunos estavam satisfeitos pois também deram o seu contributo para tornar possível as festas da vila. Marisa Rodrigues | Aluna TR5

4 | EPE jornal | março 2013

No dia 17 de março, os alunos Marisa e Joel, do curso Técnico de Restauração, TR5, colaboraram com a Escola de Música de Esposende, no serviço de coffee-break, no salão nobre da Santa Casa da Misericórdia de Esposende. Este coffee-break sfoi servido depois de um espetáculo musical levado a cabo pela EME. Era composto por café, sumos, água, biscoitos e bolachas. O serviço decorreu bem, com todos os presentes satisfeitos e agradados com o serviço. Marisa Rodrigues e Joel Saleiro | Alunos


COLABORAÇÃO NO ‘MARÇO COM SABORES DO MAR’

A Câmara Municipal de Esposende promove ao longo deste mês o evento ‘Março com sabores do mar’, do qual constam diversas iniciativas. Como vem sendo habitual, a EPE colabora com a autarquia, envolvendo alunos de vários cursos na dinamização das atividades que compõem o programa. No dia 2 de março, alunos do curso Técnico de Turismo Ambiental e Rural deram o seu contributo para a divulgação deste evento, distribuindo brochuras junto dos clientes que visitavam as lojas Continente de Esposende, Barcelos e Braga. Foi uma forma de promover a iniciativa e chegar mais perto do público. No “Fim de semana gastronómico”, que decorreu entre os dias 1 e 3 de março, algumas alunas do curso Técnico de Apoio à Infância contribuíram para a animação do parque radical, brincando com as crianças que visitavam o recinto e dando apoio na utilização dos insufláveis. Para os alunos, estas foram, sem dúvida, experiências enriquecedoras…

info:

João Jaques | Coordenador de Curso

EPE jornal | março 2013 | 5


No dia 4 de março realizou-se um workshop de Serviço de Mesa em parceria com a CME/MSM, dirigido pelo professor da área técnica Luís Rocha em colaboração com os alunos da vertente Mesa Bar, do curso Técnico de Restauração, 3ºano, TR5 . Esta atividade direcionou-se para os proprietários dos restaurantes locais que pretendiam aprender novas técnicas de serviço, a fim de inovar os seus restaurantes. A iniciativa teve lugar no Restaurante Pedagógico da Escola Profissional de Esposende, da parte da tarde, onde alunos e profissionais da área interagiram com o objetivo de partilhar conhecimentos sobre diversas técnicas, ver como se executam os vários serviços e encontrar nova perspetiva e formas de rentabilizar o negócio. Com o workshop terminado, todos estavam satisfeitos pois puderam enriquecer-se com a partilha de conhecimentos.

Pedro Seixas e Rubén Sousa | Alunos

CURSO DE SERVIÇO DE MESA E WORKSHOP DE COZINHA 6 | EPE jornal | março 2013

Inserido na atividade “Março com Sabores do Mar”, realizou-se, no dia 25 de março, nas instalações da Escola Profissional de Esposende, um workshop. Este workshop, coordenado pelos chefes Renato e Dalila, do Restaurante Ferrugem, em colaboração com os alunos Sofia Ferreira, Hélder Gonçalves e Marisa Rodrigues, do 3.º ano do curso Técnico de Restauração - TR5, permitiu que os participantes confecionassem dois pratos, tendo como iguaria principal o peixe. Assim, o grupo preparou uma sopa de peixe e um arroz de açafrão com salmonete. No final, todos puderam degustar esta refeição harmonizada com um vinho verde branco. Sofia Ferreira e Hélder Gonçalves Alunos


CONCURSO “JOVEM COZINHEIRO DOS SABORES DO MAR”

No dia 5 de março, decorreu o concurso “Jovem Cozinheiro do Março com Sabores de Mar”, nas instalações da EPE. Seis alunos do curso Técnico de Restauração, TR5, participaram com o objetivo de estimular a criatividade e aplicar as técnicas de cozinha aprendidas ao longo do curso. Os concorrentes participantes foram: José Carlos Silva, Nuno Gonçalves, Ana Torres, Célia Soares, Hélder Gonçalves e Sofia Ferreira. Este evento teve como júri o senhor Aníbal Soares, o diretor das Edições do Gosto, Paulo Amado, o crítico gastronómico José Silva, o professor Francisco Gomes da vertente de pastelaria e o chefe Rui Martins professor de cozinha. Divididos em dois grupos, os alunos puderam apresentar os seus pratos. O primeiro concorrente da manhã foi o José Carlos, que apresentou uma sopa de peixe, cavala em carolino de amêijoa e um duo de chocolate branco e negro. O segundo concorrente foi o Nuno Curval, que presenteou o júri com um carpaccio de carapau, uma caldeirada e um doce da natureza. A terceira concorrente a apresentar foi a Ana Carolina, com uma barriga de atum em escabeche de morango, um tranche de robalo com arroz de espargos em molho de espinafres e a sobremesa foi pudim

de amêndoa com molho de baunilha. Depois da primeira parte da prova, os júris chamaram os participantes para falarem sobre o decorrer do concurso e apresentar as suas críticas e apreciações dos menus. Para finalizar o concurso, os três restantes alunos passaram a apresentar os seus pratos, começando por Hélder Gonçalves, com um caldo de peixe com moluscos, hamburger de cavala para prato principal e sobremesa cubo mágico. De seguida, a Célia Soares apresentou uma Vieira na Concha para entrada, peixe-porco à Alentejana para prato principal e Chá das Cinco para sobremesa. Por último, a Sofia Ferreira confecionou uma Sardinhada de Carapau à Foz do Cavado para entrada, para prato principal A Dourada, O arroz e a Salicórnia e de sobremesa Mil Folhas de Nata. Depois de todos os concorrentes terem apresentado os seus pratos, o júri chamou os três concorrentes para fazer a sua análise e críticas construtivas. Durante alguns dias os alunos aguardaram ansiosos pelo resultado, que saiu dia 4 de abril, tendo a aluna Célia Soares ficado em primeiro lugar, José Carlos Silva, em segundo e Ana Carolina Torres, em terceiro. Célia, José Carlos e Ana Carolina | Alunos

EPE jornal | março 2013 | 7


EXPOSIÇÃO ‘HISTÓRIAS PARA CONTAR, HISTÓRIAS PARA ENCANTAR’ A Casa da Juventude em Esposende acolheu, entre os dias 1 e 15 de março, uma exposição de trabalhos denominada “Histórias para contar, histórias para encantar”. Contar histórias foi, é e será sempre uma necessidade profunda do ser humano. Com o intuito de promover a aproximação e gosto pelo livro e pela leitura os alunos do curso de Técnico de Apoio à Infância e da Ação Modelar de Técnicas de Animação, ambos sob a orientação da professora Sara Cepa, elaboraram um conjunto de trabalhos que pretendem a dinamização de histórias através de várias técnicas que primam pela originalidade e inovação. Esta exposição reveste-se de interesse pelas dinâmicas de extremo valor lúdico-pedagógico com aplicação prática a nível profissional e pessoal e ainda despertar sentimentos, emoções e contribuir para a construção do imaginário e poder criativo das crianças. A mostra poderá ser visitada de segunda-feira a sexta-feira, no horário das 8h30 às 20h30 e sábado das 9h00 às 18h00. Sara Cepa | Professora

8 | EPE jornal | março 2013

info:


CONTOS ‘DAQUI E DACOLÁ’ COM CLARA HADDAD

info:

No dia 5 de março a turma de Técnico de Apoio à Infância teve o privilégio de assistir à sessão de contos com a atriz e contadora de histórias profissional Clara Haddad na casa da juventude de Esposende. Um passeio pelos contos populares de várias culturas, pelos livros interativos, pela rica sabedoria popular com muita alegria e diversão à mistura foi o resultado de uma manhã rica em aprendizagem. Esta participação surge no seguimento de um conjunto de atividades que os alunos do curso têm assistido mas também promovido e teve como objetivos valorizar a utilização do livro no quotidiano de práticas dos alunos e enquanto meio educativo

por excelência, promover a valorização da cultura de contar histórias, contribuir para o reconhecimento da importância da literatura na educação de infância e contactar com algumas estratégias de motivação das crianças e jovens para os atos de leitura e escrita. Assim, num ambiente muito acolhedor e envolto em trabalhos elaborados pelos alunos do curso, no âmbito da exposição “Histórias para Contar, histórias para encantar” os alunos ouviram, encantaram-se e divertiram-se com as histórias contadas. Sara Cepa | Professora

EPE jornal | março 2013 | 9


OS ENCANTOS DA CIDADE DE BRAGA

info:

No dia 5 de março, a turma de Turismo Ambiental e Rural do 2ºano assistiu, em Braga, no auditório Vita, à representação da obra Frei Luís de Sousa, de Almeida Garrett. Na nossa opinião, o visionamento desta peça, apresentada pela companhia de teatro Arte d’Encantar, permitiu reforçar conteúdos que já tínhamos e ficámos até mais esclarecidos sobre alguns aspetos, desde a caraterização e expressão das personagens, até aos pormenores do espaço cénico. Todo este espetá-

culo permitiu imaginar o ambiente da época e a tensão dramática da história. Da parte da tarde, iniciámos a nossa visita no Posto de Turismo, onde visionámos dois filmes promocionais desta cidade. Posteriormente, percorremos o centro histórico, observando e apreciando vários monumentos, nomeadamente um dos mais emblemáticos, a Sé, e a Igreja de S. Marcos, entre outros. Para finalizar esta atividade, visitámos as instalações da Escola Profissional da Profitecla e tivemos a oportunidade de trocar impressões com os alunos do 3º ano do curso Técnico de Turismo. Em jeito de balanço, foi mais uma iniciativa que seria bom repetir, já que abarcámos várias disciplinas e consolidámos vários conhecimentos. João Rente | Aluno

10 | EPE jornal | março 2013


DO TEATRO PARA AS TECNOLOGIAS

No dia 05 de março, os alunos da turma do 2.º ano do curso Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos, TGP1, realizaram uma visita de estudo a Braga, ao auditório Vita, para assistirem à representação da peça Frei Luís de Sousa, pela companhia de teatro Arte D`Encantar. Esta visita inseriuse no âmbito da disciplina de Português. A peça teve início às 10:30h e durante a sua encenação os alunos assistiram com grande expectativa a uma ótima interpretação por parte dos atores. Da parte da tarde visitaram numa lógica exploratória, as lojas Media Markt, Staples e Worten, em Braga. A visita a essas lojas tinha como objetivo explorar e fazer um levantamento sobre partes de equipamentos informáticos recentes e o orçamento de um sistema informático ideal para posterior defesa em sala de aula. A turma foi dividida em 3 grupos de 6 alunos, procurando

informações, caraterísticas e preços sobre: UPS’s, Memórias, Discos SSD, Board’s, Teclados, Ratos, Monitores e Discos Externos. Os alunos gostaram da visita, pois conheceram novos equipamentos e tecnologias e também lhes foi proporcionado um convívio saudável. André Boaventura | Aluno

EPE jornal | março 2013 | 11


BRAGA: UMA CIDADE DE MÚLTIPLOS INTERESSES

Para encerrar as atividades letivas e para dar início ao estágio, a turma de restauração do 2 º ano teve a oportunidade de visitar a cidade dos arcebispos, no dia 5 de março, para assistir à peça Frei Luís de Sousa, apresentada pela companhia de teatro Arte d`Encantar, e conhecer o Museu dos Biscainhos. O programa de índole cultural começou com a apresentação da obra que está a ser estudada na disciplina de Português e foi um pretexto para os alunos contactarem com um dos textos mais significativos de Almeida Garrett. Apesar de ainda não terem começado o seu estudo, este momento contribuiu para o grupo apreciar uma das mais belas formas de expressão: o teatro. Depois deste momento tão mágico e envolvente, foi a vez de entrar no universo do Barroco, em que os 12 | EPE jornal | março 2013

alunos privaram com o quotidiano de uma família nobre de província, analisando os seus hábitos e os seus gostos. O momento mais estimulante desta parte foi quando os alunos vislumbraram a sala de jantar e a cozinha e conheceram os objetos e os rituais deste tempo, assim como se deliciaram com os esplêndidos jardins, que convidavam a um passeio muito aprazível. Luzia Silva | Professora


POR TERRAS DE SANTIAGO DE COMPOSTELA

info: A turma de Turismo Ambiental e Rural, acompanhada pelos professores João Jaques e Sandra Amorim, visitou um edifício representativo da arquitetura religiosa do ocidente europeu: a Catedral de Santiago de Compostela. Os alunos vivenciaram os diversos espaços, consolidaram os conhecimentos adquiridos nas aulas sobre os estilos artísticos, aplicaram in loco conceitos e vocabulário já aprendidos e exploraram a aplicabilidade dos conhecimentos de história de arte na realização de visitas a monumentos e sítios. A visita incluiu o Museu da catedral e o claustro, depois um passeio pelo centro histórico complementou a

deslocação a Santiago. “Sendo um dos pontos de interesse turístico mais importantes para o turismo religioso, este santuário é visitado anualmente por milhares de turistas e peregrinos. A fachada da catedral é um ótimo exemplo do barroco e o seu interior é deslumbrante. Foi uma visita bastante lucrativa para um futuro técnico de turismo!”, assim comentou o aluno Diogo Vale. Sandra Amorim | Diretora Pedagógica

EPE jornal | março 2013 | 13


A MAGNIFICÊNCIA DE TIBÃES

info:

Foi com alguma curiosidade que a turma Técnico de Apoio à Infância partiu rumo a Tibães, para conhecer uma das mais esplendorosas edificações dos monges beneditinos, no dia 8 de março. Na verdade, a curiosidade deu lugar ao espanto face à imponência do mosteiro. Dado que só um elemento do grupo conhecia este monumento e estando tão próximo geograficamente, percebeu-se que era uma falha que, felizmente, se acabara de contornar e, ao longo de duas horas, que passaram num ápice, os alunos queriam prolongar a sua estadia, mas não foi possível, já que à tarde tinham uma outra atividade, palmilharam os corredores imensos, os claustros perfeitos, a Igreja dourada, os jardins verdejantes, as 14 | EPE jornal | março 2013

escadarias e as fontes grandiosas, absorvendo tudo o que se dizia e contava sobre esta ordem monástica. A técnica direcionou a visita para o curso em questão e os alunos já imaginam que poderão sugerir no local de estágio uma visita a este mosteiro, porque vale a pena dar a conhecer este tipo de espaços, principalmente às crianças, como forma de valorização, desde tenra idade, do nosso património cultural tão rico e, muitas vezes, desconhecido. Enfim, este admirável edifício surpreendeu o grupo que prometeu lá regressar, para explorar melhor o espaço envolvente de 40 hectares! Luzia Silva | Professora


VISITA AO HOTEL MERCURE E CAVES SANDEMAN

info:

info:

A turma TR5 - Técnico de Restauração do 3.º ano realizou uma visita de estudo à cidade do Porto com o objetivo de visitar o Hotel Mercure Porto - Gaia e as Caves Sandeman, acompanhada pelos professores Rosaline Monteiro, Herminio Costa e Susana Sousa. Da parte da manhã, fomos ao Hotel Mercure Porto-Gaia, onde tivemos a oportunidade de nos deliciarmos com um pequeno-almoço constituído por café e leite, realizado em serviço à inglesa, e em Buffet, croissants, pão variado, bolos, queijos, fiambres, charcutaria, iogurtes, sumos variados, fruta natural, leite quente e frio, água, chás e infusões, e buffet de quentes. De seguida, fomos conhecer alguns setores do Hotel, tais como: cozinha, economato, casa das máquinas, garagem, refeitórios, receção, armazém de refrigeração e geradores, quartos, bar, restaurante. Pelas 13:00, fomos para o Centro Comercial Arrábida Shopping, onde tivemos um momento de lazer e descontração, aproveitando para almoçar. Durante a tarde, a turma visitou as caves Sandeman, acompanhada por um guia, vestido a rigor com o traje da empresa, que nos mostrou as caves e nos deu uma breve explicação sobre a história e a qualidade dos seus vinhos. Para acabar em pleno esta visita, fizemos uma prova de vinho do porto Tawny. No final, os alunos estavam satisfeitos com mais uma visita e com muito vontade de realizar mais. Marisa Rodrigues | Aluna

EPE jornal | março 2013 | 15


CONHECER A ORGANIZAÇÃO info:

“MÉDICOS DO MUNDO” info:

No dia 8 de março as turmas Técnico de Apoio à Infância e Técnico de Restauração, ambas do 3.º ano, tiveram a oportunidade de assistir a uma sessão de esclarecimento sobre a organização internacional Médicos do Mundo. Esta sessão foi dinamizada pela Dr.ª Raquel Rebelo, Educadora Social e responsável de projetos desta organização não governamental, na delegação do norte - Porto. Nesta apresentação pudemos conhecer a origem da organização, as suas caraterísticas, objetivos e formas de intervenção e que se situam em duas grandes áreas: a da saúde e a área assistencial. Os alunos ficaram em certa medida surpreendidos pela forma de atuação desta entidade, quer a nível 16 | EPE jornal | março 2013

nacional, quer internacional, nomeadamente nas situações de emergência e de continuidade. O tom informal e próximo que a responsável pelos projetos MDM na zona norte adotou nesta sessão permitiu uma interação interessante com os alunos, contribuindo assim para o esclarecimento sobre as questões relacionadas com as áreas de intervenção da Médicos do Mundo. Certamente que, após esta atividade, os alunos não ficarão indiferentes às realidades que nos rodeiam, bem como poderão ficar mais disponíveis para comportamentos de participação cívica mais ativa e interventiva a nível social e humano. Fátima Domingues | Professora


NO FESTIVAL DE CHOCOLATE

info:

No dia 08 de março, as turmas EM6 - Empregado de Mesa, TM1 - Técnico de Comunicação-Marketing, Relações Públicas e Publicidade e TRC1 – Técnico de Receção deslocaram-se a Óbidos para visitarem o XI Festival Internacional de Chocolate, um dos maiores eventos organizados pelo município. O ponto obrigatório deste Festival foi a Exposição de Esculturas, verdadeiras obras artísticas em chocolate, inspiradas no filme “Charlie e a Fábrica de Chocolate”, realizadas por profissionais da área alimentar que exemplificam as suas perícias na área da doçaria e chocolateria.

Os alunos tiveram a oportunidade assistir às demonstrações em açúcar soprado, onde presenciaram a arte única de trabalhar o açúcar num mundo de cor e magia! Visitaram ainda a Fábrica de Chocolates de Óbidos, um espaço que recria uma pequena unidade de produção de chocolate, bem como o Concurso de montras de Chocolate. O chocolate de todas as variedades e confecionado de mil e uma maneiras fez as delícias dos alunos e dos Professores! Joana Fernandes | Coordenadora de Curso

EPE jornal | março 2013 | 17


Decorreu no dia 9 de março, no Porto, a 1.ª conferência do ciclo dedicado à temática “Ser Professor no 1.º ciclo: o futuro começa aqui”, iniciativa organizada pela Faculdade de Educação e Psicologia da Católica Porto e pelo SAME, Serviço de Apoio à Melhoria das Escolas. A EPE fez-se representar pela diretora pedagógica, Sandra Amorim. O tema Para que servem os professores? foi explorado por António Nóvoa (Reitor da Universidade de Lisboa) que falou para um auditório repleto de professores. Na mesa-redonda, moderada por Matias Alves, estiveram presentes o escritor António Mota, vários professores e diretores de escolas. Esta foi mais uma experiência extremamente enriquecedora! Sandra Amorim | Diretora Pedagógica

18 | EPE jornal | março 2013


ALUNOS DE TURISMO PARTICIPAM EM WORKSHOP SOBRE VINHOS VERDES

Decorreu no dia 11 de março, nas instalações da Escola Profissional de Esposende, o Curso Vinhos Verdes e Restauração: Vamos falar de Aromas e Sabores, vamos falar de Vinhos Verdes, organizado pela Rota dos Vinhos Verdes e Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes, no âmbito da iniciativa gastronómica do município de Esposende “Março com Sabores do Mar”. Orientado pelo Enólogo António Luís Cerdeira, a formação contou com a presença de profissionais da restauração e dos alunos do curso de Técnico de Turismo Ambiental e Rural. Inicialmente foram abordados alguns conteúdos mais teóricos sobre a Região Demarcada dos Vinhos Verdes, as suas castas, os seus vinhos e a harmonização com a gastronomia. O ponto alto do evento foi a aplicação prática de técnicas de prova com oito vinhos verdes, desde brancos frutados, até aos tintos e rosés, acabando nos espumantes. No final, os alunos mostraram-se bastante satisfeitos com a aula prática de vinhos verdes pois adquiriram novas perspetivas acerca destas temáticas. João Jaques | Coordenador de Curso

info:

EPE jornal | março 2013 | 19


ALUNOS DE PROTEÇÃO CIVIL DESENVOLVEM PROVAS DE APTIDÃO PROFISSIONAL

Depois do simulacro no Lar da Santa Casa da Misericórdia, que deu início à apresentação das componentes práticas das Provas de Aptidão Profissional da turma Técnico de Proteção Civil, o grupo reuniu-se para efetuar um balanço do andamento dos projetos e refletir sobre o que já foi feito, está a ser feito e as principais dificuldades sentidas nesta fase derradeira da prova. Assim, no dia 12 de março, com a presença da Diretora Pedagógica, do Coordenador de Curso e orientador do projeto e da Orientadora Educativa de turma, os diferentes grupos de trabalho mostraram os temas que estão a desenvolver, desde simulacros em instituições do concelho, campanhas de sensibilização para diferentes públicos, passando por colaboração em ações promovidas pelo departamento da Proteção Civil 20 | EPE jornal | março 2013

de Esposende, planos de segurança e emergência, até à organização de uma feira de proteção civil. Apesar de alguns projetos ainda se encontrarem pouco desenvolvidos, este tipo de iniciativas servem para todos os intervenientes limarem arestas e equacionarem os procedimentos a ter, para que tudo resulte num bom desempenho. Luzia Silva | Professora


ALUNOS DE TURISMO PARTICIPAM NOS ‘CARDÁPIOS LITERÁRIOS’

info:

A gastronomia é, indubitavelmente, uma presença quase obrigatória na literatura portuguesa dos séculos XIX e XX e há autores que vincaram muito bem a sua importância, daí que, a este propósito, a Câmara Municipal de Esposende, no âmbito da iniciativa “Março com sabores do Mar”, reuniu, no dia 13 de março, no mesmo espaço, Albino Penteado Neiva, Paulo Sá Machado e Francisco Sampaio para apresentarem três conhecidos escritores, cuja alusão à gastronomia na sua obra é

recorrente, nomeadamente Manuel Boaventura, Camilo Castelo Branco e Aquilino Ribeiro, respetivamente. Ao longo de sensivelmente duas horas e meia, estes três estudiosos brindaram os participantes com referências pormenorizadas de repastos e roteiros gastronómicos de viagens, sendo que todos puderam imaginar e até ficar com água na boca só de ouvir, num português irrepreensível, as descrições feitas pelos romancistas dos rituais à mesa. Enfim, apesar de os alunos estarem pouco habituados a este género de iniciativas, não se mostraram indiferentes a esta temática e, certamente, ficaram mais sensíveis em relação à riqueza gastronómica, quer do concelho quer do país, assim como equacionaram a pertinência da sua divulgação a todos quantos nos visitam. Luzia Silva | Professora

EPE jornal | março 2013 | 21


TM1 no terreno Registo fotográfico no PNLN Foz do Cávado No âmbito da disciplina de Comunicação Gráfica e Audiovisuais, mais concretamente no desenvolvimento do módulo: Suportes e Ferramentas de Imagem, a turma TM1 (Técnico de Marketing) foi, no dia 28 de fevereiro, durante a tarde, ao Parque Natural Litoral Norte resolver uma proposta de trabalho que consistia em registar fotograficamente diversos desafios de comunicação onde aplicaram os conhecimentos adquiridos na formação. Esta atividade teve como principais objetivos explorar e manipular equipamento fotográfico, aplicar técnicas de registo fotográfico e conhecer a diversidade ambiental do PNLN. Os alunos mostraram grande entusiasmo no desenvolvimento desta proposta de trabalho, evidenciando grande espírito de grupo e revelando apetência para a prática fotográfica. Foram alunos dinâmicos e participativos. Esta atividade mobilizou saberes culturais, científicos e tecnológicos essenciais para os alunos compreenderem a realidade natural e sociocultural da região. Pedro Monteiro | Professor

22 | EPE jornal | março 2013


EPE jornal | marรงo 2013 | 23


AUTORRETRATO Magra, de olhos castanhos, cara branca Pequenos pés, meã na altura Triste de facha, o mesmo de figura Nariz alto no meio, mas pequeno. Nada paciente e com fácil riso, Acima de tudo honestidade Não fácil ter minha amizade Minha família, meus amigos sempre meu paraíso. Com a vida aprendeu o amor A ver e a crescer Só de um coração ficará a andar. Eis ANA ISABEL em quem luz pouco talento Saíram dela mesmo estas palavras, Num dia em que estava com pouco alento. 24 | EPE jornal | março 2013

O MEU NOME É: Ana Isabel Ribeiro SOU: tímida, simpática e fechada GOSTO DE: ouvir música, jogar no PC, estar no telemóvel, escrever histórias, jogar badminton, fazer visitas e… filmes de terror! NÃO GOSTO DE: futebol Curso Técnico de Comunicação Marketing, Relações Públicas e Publicidade Português | Prof.ª Luzia Silva História da Cultura e das Artes Prof.ª Sandra Amorim Comunicação Gráficae Audiovisual Prof. Pedro Monteiro


APRESENTAÇÃO DO PLANO DESPORTIVO DA CME

info:

No dia 13 de março, a turma TM1 – Técnico de Comunicação, Marketing, Relações Públicas e Publicidade deslocou-se a Esposende para assistir à apresentação do Plano Anual de Atividades Desportivas da Câmara Municipal de Esposende. A disciplina envolvida nesta atividade foi Educação Física e teve como objetivos dar a conhecer as atividades desportivas a realizar no concelho de Esposende, incentivar os alunos para a prática da atividade física e sensibilizá-los para todos os seus benefícios. O Fórum Rodrigues Sampaio estava muito bem preenchido e, para além da nossa turma, estavam presentes outras pessoas, incluindo fotógrafos e jornalistas. O Presidente da Câmara e o Vereador do Desporto protagonizaram uma palestra bastante clara e incentivadora para a prática de desporto. Abordaram todos os desportos e atividades que iriam acontecer no concelho. Referiram ainda a importância destas atividades para economia do concelho. Mauro Miranda | Aluno

EPE jornal | março 2013 | 25


A turma TR7 organizou o Torneio de Basquetebol, realizado na tarde do dia 13 de março, no pavilhão gimnodesportivo de Fão. Inicialmente, foram definidas as tarefas a desenvolver pela turma organizadora e, posteriormente, foi executado o plano com a calendarização e definição dos grupos de trabalho para cada tarefa. Este evento teve como principais objetivos promover o convívio entre os elementos da comunidade escolar, a prática de uma atividade física e a integração dos conteúdos abordados nas aulas de Educação Física em contexto de competição. Para além destes objetivos, com a realização destas atividades, pretende-se sensibilizar os alunos e toda a comunidade escolar para os benefícios da prática desportiva, contribuir para que os alunos adquiram hábitos de vida saudável praticando desporto, promover a participação de toda a escola contribuindo para melhorar as suas relações interpessoais. Foi uma tarde bem passada, com 26 | EPE jornal | março 2013

os vários jogos a serem efetuados pelas equipas formadas pelos cerca de 50 alunos inscritos. As equipas participantes tinham a particularidade de serem constituídas por elementos do sexo masculino e feminino, pertencentes a uma ou mais turmas. O espírito de Fair Play que esteve sempre presente, em paralelo com o bom ambiente criado pelo música ambiente que acompanhou o torneio, contribuíram para que este momento fosse do agrado de todos os presentes. Destacamos, ainda, a realização de um bar de apoio ao torneio pela turma organizadora com produtos confecionados pelos próprios alunos, colocando em prática conteúdos abordados nas aulas do curso de restauração. No final, efetuou-se a entrega das medalhas aos vencedores do torneio, a turma TR7, perante a presença de todos os participantes e organizadores da atividade. Jorge Costa | Professor


CONTOS NA CASA… ‘HISTÓRIAS PARA CONTAR, HISTÓRIAS PARA ENCANTAR’ No dia 13 de março a turma de Técnico de Apoio à Infância, pelas 9:00 da manhã, deu início a mais uma atividade que envolve o mundo das histórias infantis. A atividade constou da dinamização de histórias infantis dirigida a cerca de 130 crianças do 1.º ciclo do Ensino Básico e Jardim de Infância de Goios – Marinhas. Assim, depois de as crianças verem a exposição de trabalhos plásticos de técnicas de dinamização de histórias, também realizados pelos nossos alunos, foi a altura de os mais novos e assistirem às histórias à atividade com o nome de “Histórias para Contar, Histórias para Encantar”. Com efeito, esta foi mais uma possibilidade que os alunos têm para adquirirem experiência de contar histórias com utilização de diferentes técnicas ligadas ao livro e à leitura dirigidas a diferentes públi-

cos infantis. Durante esta manhã, a turma teve possibilidade de contar histórias utilizando competências entretanto adquiridas e adquirir outras pela experiência que a atividade proporcionou. Relativamente à exposição, patente durante o mês de março, consta de um conjunto de trabalhos plásticos com recurso a diferentes materiais e técnicas que combinados permitem a dinamização de histórias. Não podemos deixar de ressalvar o interesse destas dinâmicas devido ao seu extremo valor lúdico-pedagógico com aplicação prática a nível profissional e pessoal e ainda despertar sentimentos, emoções e contribuir para a construção do imaginário e poder criativo das crianças. Concluímos que foi uma atividade muito importante na formação dos nossos alunos. Sara Cepa | Professora

info:

EPE jornal | março 2013 | 27


ALUNOS PARTICIPAM EM OFICINA DE ILUSTRAÇÃO DE LIVROS INFANTIS No dia 14 de março a turma de Técnico de Apoio à Infância assistiu à Oficina de Ilustração de livros infantis na Casa Juventude de Esposende. Esta participação dá continuidade ao projeto que os alunos do curso estão a desenvolver, no sentido de elaborar um livro infantil e que contou já com a criação e elaboração das personagens principais, criação das histórias e agora a sua ilustração. Esta atividade tinha como objetivos gerais dotar os alunos de um con-

info:

junto de ferramentas na área técnica de Apoio à infância; desenvolver e promover o gosto pela elaboração e implementação de projetos de intervenção pedagógicos com utilização de técnicas de ilustração; contactar com algumas estratégias de motivação das crianças e jovens para os atos de leitura e escrita; valorizar a utilização do livro no quotidiano de práticas dos alunos e enquanto meio educativo por excelência e que com esta participação foram alcançados. Sara Cepa | Professora

28 | EPE jornal | março 2013


ALUNOS DA TURMA TAI APRESENTAM WEBSITES VIRTUAIS DE FORMA REAL

Foi com enorme surpresa que assistimos à “desvirtualização” dos websites produzidos na disciplina de TIC – Tecnologias de Informação e Comunicação da turma de Técnico de Apoio à Infância. Na apresentação dos websites a toda a turma foi possível assistir a algo fantástico, que nunca havia acontecido! Imagine estar a consultar um website sobre uma sapataria online e, de repente, olha para o lado direito e tem fisicamente a possibilidade de tocar, conhecer e explorar esses sapatos! (website da Ana Coentrão). E consultar virtualmente um website sobre os sargaceiros de Apúlia e ao lado, fisicamente, falar com eles? (Celeste Vale). Conhecer em detalhe a simbologia do equipamento dos escuteiros? Virtualmente consegue -o mas apreciar fisicamente é uma experiencia extraordinária, foi o que nos proporcionou a aluna Marta Fernandes. E um website sobre gatos, apresentado por uma gata? (Jéssica

Carreira). Será a antecipação do futuro tecnológico? Como professor, partilho a enorme satisfação pelo retorno que me proporcionaram nesta experiência virtual-real! Uns enormes parabéns a toda a turma pela total dedicação! Pedro Carneiro | Professor

EPE jornal | março 2013 | 29


EPE RECEBE FUNDAÇÃO AMI

As turmas Técnico de Restauração e Técnico de Apoio à Infância, ambas do 3.º ano, tiveram a oportunidade conhecer mais uma Organização Não Governamental, desta vez a Fundação AMI, no âmbito da disciplina Área de Integração. Esta fundação fez-se representar pela Dr.ª Paula Pinto que nos explicou a origem, princípios, áreas de intervenção a poios concedidos a esta instituição. Os alunos, alguns dos quais já participaram no peditório nacional de outubro último, tiveram a oportunidade de colocar questões pertinentes, mostrando interesse em participar em ações de voluntariado em que os mesmos possam ser úteis a esta organização, pudendo passar inclusivamente pela parceria na área da hotelaria. No final da sessão, os alunos mostraram-se muito satisfeitos com a apresentação da Dr.ª Paula Pinto e revelaram recetividade em relação a propostas de trabalho voluntário desta instituição. Com este tipo de atividades conseguimos perceber, não só a importância das organizações da sociedade civil, bem como valorizar o seu trabalho junto dos que mais precisam (vítimas da pobreza, mas também de catástrofes naturais e situações de conflito), contribuindo assim para uma formação integral dos nossos alunos. Fátima Domingues | Professora

30 | EPE jornal | março 2013


EPE PARCEIRA EM MAIS UMA EDIÇÃO DAS ‘INICIATIVAS OCEÂNICAS’

Pelo terceiro ano consecutivo, a Escola Profissional de Esposende associou-se à Surfrider Foundation Europe, organização não-governamental de ambiente, participando da 18ª Edição das “Iniciativas Oceânicas”, evento esse promovido a nível mundial, na primeira semana da primavera. Evento emblemático da Surfrider, as “Iniciativas Oceânicas” são operações de sensibilização para a problemática dos resíduos-aquáticos combinadas com ações de limpeza de praias, lagoas, rios e fundo do mar. Objetivo: dizer “stop” à invasão de plástico nos oceanos! Motivados para esta ação, alunos

e professores dividiram-se entre o Estuário do Cávado, Praia de Ofir e Praia da Ramalha - Apúlia, para contribuir com um simples gesto nesta iniciativa. O trabalho foi árduo e diversos os tipos de resíduos encontrados. A ação de limpeza foi bem-sucedida ficando todos os participantes a compreender, através deste “trabalho de campo”, toda a temática abordada em sala de aula, obtendo uma visão real dos problemas com que as zonas costeiras têm-se vindo a debater ao longo de todos estes anos. Ana Monteiro | Professora

info:

EPE jornal | março 2013 | 31


VISITA À ‘ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DA CRIANÇA’

info:

Foi com o objetivo de explorar instrumentos de intervenção no âmbito das crianças com dificuldades, compreender como lidar com as necessidades especiais da criança com distúrbios e desenvolver sensibilidade para o trabalho na área que a turma de Técnico de Apoio à Infância, acompanhada pela professora Sara Cepa, visitou a Associação de Pais e Amigos da Criança (APAC) em Barcelos, no dia 14 de março. A APAC é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, sem fins lucrativos e de reconhecida de Utilidade Pública, tem como principal objetivo promover ações de reabilitação, orientação, integração e apoio a crianças e jovens com paralisia cerebral, deficiências neuromotoras, com problemas de desenvolvimento e/ou em situação de risco, integrando atividades de orientação e apoio psicosocial, médico-funcional e terapêutico. Foi importante saber que o apoio Ambulatório é dirigido a crianças até aos 18 anos de idade 32 | EPE jornal | março 2013

residentes no concelho de Barcelos e Esposende. Assim, com o conhecimento da instituição, os alunos poderem conhecer instrumentos de intervenção no âmbito das dificuldades das crianças, que podem ir desde ao uso tardio da chupeta, problemas de fala ou outros bem mais complexos; compreender como lidar com as necessidades especiais da criança com distúrbios e perceber como se faz a integração do Jovem / adulto com deficiência no mundo do trabalho foram algumas das respostas encontradas. O espaço que mais cativou os alunos foi se dúvida a sala snoezelen por ser um espaço relaxante, descontraído e estimulante. Durante a visita, os alunos questionaram e esclareceram algumas dúvidas e curiosidades com a diretora técnica que com prontidão e simpatia nos acolheu. Sara Cepa | Professora


CONFIGURAÇÃO DE SERVIDORES na EPE

info:

No âmbito da disciplina de Sistemas Operativos, os alunos do curso Técnico de Gestão e Programação de Sistemas Informáticos superaram as expetativas no módulo Sistemas Operativos Servidor pois evidenciaram uma correta instalação e configuração de servidores, baseados em Windows e em Linux. Tal sucesso deveu-se ao desafio proporcionado no laboratório de informática, em serem capazes de configurar 4 servidores com serviços de autenticação (local e remota), serviço de SSH, Samba, FTP, DHCP e configuração de uma intranet com o Apache, PHP e MySQL via LAMPP, tudo isto na distribuição OpenSUSE Linux 12.2, escolhida pelos alunos. De forma empenhada e com elevado interesse, foram compilando todos os passos necessários com imagem

e vídeo, para que possam no futuro, mobilizar as competências adquiridas adaptando-as a novas situações, tais como em atividades da Formação em Contexto de Trabalho, por exemplo. No final, foi possível interagir com os clientes Windows nos vários servidores Linux, respeitando as partilhas e permissões definidas em cada servidor bem como os testes necessários de acesso remoto na administração pelos vários grupos de trabalho. Foi uma experiência bastante positiva que integrou outras temáticas de outros módulos e serviu para relembrar alguns conceitos teóricos do primeiro ano, necessários agora e determinantes para a boa execução prática… Pedro Carneiro | Professor

EPE jornal | março 2013 | 33


TURMA DE MARKETING DEDICA MANHÃ À APRENDIZAGEM AMBIENTAL

No dia 14 de março, de manhã, a turma Técnico de Comunicação Marketing, Relações Públicas e Publicidade visitou o Centro de Educação Ambiental de Marinhas. Esta atividade, integrada nas disciplinas Psicologia-Sociologia e Marketing e Comunicação, começou pela Exposição Ambiente Interativo e permitiu aos alunos um conhecimento do concelho de Esposende, no que à riqueza natural e biodiversidade diz respeito. Os conteúdos apresentados nas várias soluções interativas da exposição abordam diferentes áreas do ambiente, como é o caso dos resíduos, da água, da biodiversidade e da energia, e para além de informação de caráter mais geral, em alguns casos é dado a conhecer a realidade ambiental do concelho. Os alunos, sempre muito interessados e curiosos, tiveram a oportunidade de conhecer toda a informação aqui disponibilizada bem com utilizar os módulos interativos explorando todo o universo ambiental ali repre34 | EPE jornal | março 2013

sentado. Uma pequena sessão de informação sobre compostagem e ainda uma oficina sobre reciclagem de papel foram um complemento muito enriquecedor nesta visita. Os alunos mostraram-se muito admirados com tudo o que existe no CEA, bem como com todos os seus equipamentos e serviços que ali disponíveis desde os workshops, ateliês e as oficinas que promove para vários públicos e, também, para a população em geral. Esta foi sem dúvida uma manhã diferente e muito enriquecedora para todos nós. Fátima Domingues | Professora

info:


ALUNOS DE PROTEÇÃO CIVIL FAZEM ANÁLISE DE RISCOS

Os alunos do Curso Técnico de Proteção Civil, no culminar no módulo de Análise de Riscos e Vulnerabilidade da disciplina de Tecnologias e Processos, efetuaram um percurso de avaliação visual de riscos e vulnerabilidades pelo centro histórico de Fão e pela zona ribeirinha. No decorrer deste percurso foi efetuada uma comparação entre trabalho realizado em ambiente de sala de aula com as realidades no terreno. Nesta ação, para alem dos alunos constatarem as dificuldades de acessibilidades ao terreno pelos agentes de Proteção Civil, permitiu-lhes verificar “in loco” inúmeras situações

onde o “risco” tem paredes meias com edifícios de habitação e comércio, como é o casos de edifícios devolutos em risco de ruírem, um deste edifícios a delas apresentava na porta uma notificação por parte do município onde se podia ler que o mesmo iria intervir na infraestrutura por se tratar de um risco para a segurança e saúde pública. Este percurso pelo centro histórico de Fão teve um balanço extremamente positivo para os alunos, permitindo-lhes equilibrar a balança, conhecimento vs realidade local. Rui Reis | Professor

EPE jornal | março 2013 | 35


AUTORRETRATO Magra, de olhos castanhos, cara branca, Pés pequenos e pequena de altura, Alegre em pessoa e com boa figura, Cabelo médio, com desejo que ele cresça. Incapaz de assistir a confusões, Amiga de quem é amigo, Protege quem está consigo, Tenta fugir às ilusões. Devota de um só homem, Com figura imponente, Que os seus olhos consomem. Eis RITA, em todo o esplendor, Saíram dela estas verdades, Num dia de muito amor.

36 | EPE jornal | março 2013

O MEU NOME É: Ana RiTa Fernandes SOU: teimosa, orgulhosa, ciumenta, chata, divertida, alegre, sincera GOSTO DE: cantar, estar com os meus amigos e namorado, jogar andebol, piscina NÃO GOSTO DE: falsidade, mentiras, ver as pessoas a chorar Curso Técnico de Comunicação Marketing, Relações Públicas e Publicidade Português | Prof.ª Luzia Silva História da Cultura e das Artes Prof.ª Sandra Amorim Comunicação Gráficae Audiovisual Prof. Pedro Monteiro


info:

ATIVIDADE PRÁTICA DA PROVA DE APTIDÃO PROFISSIONAL COM CHEIRINHO A PÁSCOA As alunas Maria João e Sónia Sencadas, do curso Técnico de Apoio à Infância, realizaram mais uma atividade da sua Prova de Aptidão Profissional com a presença das crianças do ATL da ASCRA, de Apúlia, para mais um dia cheio de diversão. Esta atividade, inserida na prova com o tema Brincar, jogar e o meio ambiente respeitar incluiu, da aparte da manhã, um conjunto de jogos relacionados com a época da Páscoa onde os meninos puderam mostrar todo o espírito competitivo e de en-

treajuda na realização e superação dos mesmos. Na parte da tarde, foi a vez da expressão plástica, onde as crianças se mostraram muito empenhados na concretização dos objetos propostos, no caso, uma galinha e um coelho, ambos realizados com materiais de desperdício. No final, todas as crianças receberam um diploma de participação pelo empenho nas atividades, bem como o merecido lanche com cheirinho a Páscoa. Fátima Domingues Coordenadora de Curso

EPE jornal | março 2013 | 37


“EU, NÓS E O MUNDO” EM PROVA DE APTIDÃO PROFISSIONAL

info:

As alunas Fátima Sencadas e Márcia Ferreira, do curso Técnico de Apoio à Infância, realizaram, no dia 19 de março, uma atividade da sua Prova de Aptidão Profissional, no Centro Escolar de Fão, com as crianças do pré-escolar e para a qual contaram com a preciosa colaboração das colegas de curso Sara e Natália. Esta iniciativa, inserida na prova com o tema “Eu, Nós e o Mundo” consistiu, na parte da manhã, num conjunto de atividades relacionadas com a expressão corporal e musical, onde as crianças puderam mostrar as suas habilidades, criatividade e o espírito de equipa. Da parte da tarde, foi a expressão plástica, onde as crianças mostraram interesse e empenho na realização de um porta-lápis com decoração de coelho da Páscoa. A atividade decorreu conforme o planeado e o objetivo foi atingido. Crianças e educadoras foram muito 38 | EPE jornal | março 2013

recetivas e colaborantes na nossa atividade, o que também permitiu uma boa interação com os meninos. No final, todas as crianças receberam um diploma de participação e ovinhos da Páscoa como prémio pela colaboração, empenho e entusiasmo demonstrados neste dia. Fátima e Márcia | Alunas


info:

“A SEMENTINHA”: ATIVIDADE FINAL DO PROJECTO MAGICOLOUR No dia 20 de março, as alunas Celeste e Marta da turma Técnico de Apoio à Infância, realizaram o seu último ateliê integrado na Prova de Aptidão Profissional. Este projeto, vocacionado para a área da expressão plástica, designa-se MagiColours e integrou, nesta data, um ateliê relacionado com o Dia da Poesia e o Dia da Árvore/Floresta, para as crianças de 4 e 5 anos do CICS - Centro de Intervenção Social e Cultural de Palmeira de Faro. O ateliê começou com a leitura de um poema intitulado “A Sementinha”, que os meninos ouviram com muita atenção, ao que seguiu a decoração de vasos reciclados que cada um pôde personalizar a seu gosto. Seguidamente, cada criança plantou a sua semente (feijão) no seu respetivo vaso e agora é esperar que cresça. Esta atividade foi bem conseguida com o grande envolvimento de todos os participantes bem como da educação responsável pela valência com a qual trabalhamos e a coordenadora de curso que acompanha este projeto. No final, todos receberam um simbólico diploma de participação como recompensa pelo seu entusiasmo nesta atividade de cariz plástico e ao mesmo tempo ambiental. Celeste e Marta | Alunas

EPE jornal | março 2013 | 39


‘CRESCER A JOGAR’: UMA MANHÃ DE JOGOS info:

No dia 20 de março, duas alunas do curso Técnico de Apoio à Infância – Jéssica Carreira e Vânia Monteiro – realizaram, no CICS - Palmeira de Faro, a primeira parte prática da sua Prova de Aptidão Profissional, intitulada “Jogatar”. A atividade foi organizada em dois momentos: o primeiro com dinamização de jogos de mesa, com o jogo do galo, o jogo da memória, o dominó e puzzles, onde as crianças de 3 anos participaram de uma forma ativa e interessada. Num segundo momento, foram dinamizados alguns jogos de movimento, tais como: o jogo das imitações dos animais, o jogo das rotinas, o jogo dos sons, o jogo dos leques, o jogo “o meu gato não gosta de água”, o jogo “caça ao intruso” e o jogo “rei manda”. As crianças foram, mais uma vez, participantes, atentos 40 | EPE jornal | março 2013

e ativos no decorrer da atividade. Esta foi a primeira de três atividades programadas nesta prova, onde pudemos colocar em prática as competências adquiridas ao longo dos três anos de curso, bem como a nossa autonomia e trabalho em equipa. Jéssica e Vânia | Alunas


“PÁSCOA 2013 DESCOBRIR A BRINCAR” NA EPE

info:

No dia 25 de março, a EPE recebeu 22 crianças, organizadas em quatro equipas, entre os 8 e os 13 anos, da Colónia de Férias “Páscoa 2013 – Descobrir a Brincar”, promovida pela Câmara Municipal da Póvoa de Varzim. Esta iniciativa conta com o apoio de várias instituições, entre as quais a EPE, e também de monitores voluntários. A EPE participou com duas atividades: um ateliê de doçaria, dinamizado por alunos do 3.º ano do curso de hotelaria, e outro de expressão plástica, pelo curso Técnico de Apoio à Infância, ambos com o tema da Páscoa. No que respeita ao ateliê de expressão plástica, os meninos e jovens presentes tiveram uma participação muito ativa e entusiasmada e, partindo do tradicional ovo da páscoa, puderam criar personagens do seu agrado e baseados nas sugestões dadas pelas alunas dinamizado-

ras: Maria, João, Sara e Natália. Após este trabalho, os participantes tiveram a oportunidade de construir e decorar uma caixinha para colocarem as bolachinhas feitas no ateliê de doçaria da Páscoa. Esta foi mais uma experiência para os nossos alunos que coloca à prova a autonomia, criatividade, dinâmica de grupos e gestão de espaços e recursos permitindo, por um lado, confirmar competências adquiridas pelos alunos, e, por outro, identificar aspetos a melhorar em próximas oportunidades. No final da atividade, destacamos, nos nossos alunos, o mesmo espírito disponível e voluntário que está subjacente nestas iniciativas e também pudemos perceber que podemos contar com eles sempre que necessário. Fátima Domingues Coordenadora de Curso

EPE jornal | março 2013 | 41


“JOGATAR NA ASCRA”

As alunas Jéssica e Vânia do curso Técnico de Apoio à Infância escolheram a IPSS ASCRA, de Apúlia, para realizarem a sua Prova de Aptidão Profissional, mais concretamente a atividade final. Este trabalho desenvolveu-se em dois momentos, no dia 25 de março as alunas trabalharam, com as crianças das salas 5/6 anos, a elaboração de diversos jogos de mesa a partir de materiais de desperdício. No dia seguinte, 26 de março, foi a vez de dinamizar os jogos construídos no dia anterior com os meninos: o jogo do galo, da memória entre outros e, para concluir a atividade, ainda estava programada a realização de jogos simbólicos e de movimento. Esta atividade teve sempre a supervisão atenta da educadora da sala, Cristina Lenha, que apoiou estas alunas em tudo o que era necessário. Esta foi uma prova que refletiu o empenho, autonomia, responsabilidade, aplicação de conhecimentos 42 | EPE jornal | março 2013

e trabalho em equipa que estas duas alunas demostraram, tendo-a planificado muito bem e que correspondeu perfeitamente aos objetivos definidos. Por fim as alunas, apesar do cansaço, estavam satisfeitas com os resultados conseguidos, nomeadamente a gestão de um grupo de crianças de forma muito autónoma. Esta foi mais uma prova superada com sucesso! Fátima Domingues Coordenadora de Curso


AUTORRETRATO PALMEIRA (Rita), de olhos castanhos, Meã na altura, alegre de cara Cabelo castanho, 37 de pés, Nariz pequeno entre os olhos. Incapaz de ‘tar sozinha, Mas procura companhia Na casa da vizinha Sempre na sua linha. Complicada, por vezes, Em situações dolorosas E por vezes embaraçosas. Eis RITA neste autorretrato Saíram dela estas verdades Num dia de felicidade!

O MEU NOME É: Ana Rita Palmeira SOU: divertida, simpática, amiga, teimosa GOSTO DE: brincar, dormir, jogar PC, skate, futebol NÃO GOSTO DE: mentiras e falsidade

Curso Técnico de Comunicação Marketing, Relações Públicas e Publicidade Português | Prof.ª Luzia Silva História da Cultura e das Artes Prof.ª Sandra Amorim Comunicação Gráficae Audiovisual Prof. Pedro Monteiro EPE jornal | março 2013 | 43


ANO LETIVO 2013/2014 

INSCRIÇÕES ABERTAS 

CURSOS

A C E S S O

L I M I T A D O

A O

N Ú M E R O

D E

V A G A S

12ºano | Nível 4 COZINHA/PASTELARIA + RESTAURANTE/BAR TÉCNICO DE INFORMÁTICA TÉCNICO DE APOIO À INFÂNCIA TÉCNICO DE PROTEÇÃO CIVIL TURISMO AMBIENTAL E RURAL 9ºano | Nível 2 EMPREGADO DE MESA CABELEIREIRO  

JÁ E T E V RE .epe.pt INSC w em ww

> Elevados Níveis de Sucesso e Empregabilidade > Visitas de Estudo Nacionais e Internacionais > Subsídios: Alimentação, Transporte, Bolsas > Excelente Ambiente Escolar > Acesso ao Ensino Superior 

WWW.EPE.PT  |  EPE@ZENDENSINO.PT RUA AMORIM CAMPOS 4740-335 FÃO-ESPOSENDE T. 253 982 779   |  F. 253 983 619  |  M. 964 701 368 www.facebook.com/EPEsposende  

Ficha Técnica

Direção: Sandra Araújo de Amorim | Coordenação: Luzia de Sousa Silva, Catarina Pessanha Redação: Comunidade Educativa EPE | Impressão: Escola Profissional de Esposende Propriedade: Zendensino - Cooperativa de Ensino IPRL Contactos: Rua Amorim Campos, 4740-335 Fão, Telf. 253 982 779 - E-Mail: info@epe.pt

Jornal EPE mar 2013  

Jornal Mensal - Escola Profissional de Esposende

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you