Issuu on Google+

1


mimBIO Manual de instruções de montagem do BIOCOOLER

Índice do manual

2 Índíce. 3 Índice de referências. 4 - 5 Selecção das bases e topos. 6 - 7 Características técnicas. 8 -9 Modelo de ventilador. 10 -11 Modelos V, VS e H. 12 - 13 Bomba de água, nível de água e escoamento. 14 -15 Instalação eléctrica. 16 - 17 Sistema de derivação de água. 18 - 19 Caixa estanque eléctrica e sondas de água. 20 - 21 Montagem dos painéis. 22 - 23 Colocação dos painéis e fecho. 24 - 25 Componentes e materiáis do BIOCOOLER.

Este manual de instruções de montagem do BIOCOOLER CHATRON, destina-se ao uso interno da empresa. Responsabilidade técnica: Carlos Brandão - Engº Electrotécnico Goreti Oliveira - Engª Mecânica Design e Ilustração: José Cardoso - Designer

2


Índice de referências

fig. 1

Base do BIOCOOLER.

fig. 25

Interior da caixa eléctrica estanque.

fig. 2

Topo do BIOCOOLER.

fig. 26

Quadro de controlo.

fig. 3

BIOCOOLER completo.

fig. 27

Pormenor da fixação do sistema de derivação de àgua.

fig. 4

Painéis de celulose.

fig. 28

Sistema de derivação de àgua, vista explodida.

fig. 5

Rede metálica.

fig. 29

Pormenor da mangueira, passador e Bomba de àgua.

fig. 6

Estrutura dos painéis de alumínio.

fig. 30

BIOCOOLER, vista superior explodida.

fig. 7

Poste em alumínio.

fig. 31

Pormenor de distribuição de água para os painéis.

fig. 8

Ventilador, vista explodida.

fig. 32

BIOCOOLER, vista inferior explodida.

fig. 9

Protecção das Entradas de Ar do Ventilador.

fig. 33

BIOCOOLER, encaixe da caixa estanque.

fig. 34

Caixa estanque, pormenor de montagem.

fig. 10 Ventilador. fig. 11

Encaixe ventilador com base versão V.

fig. 35

BIOCOOLER com sondas de àgua.

fig. 12

Versão VS.

fig. 36

Pormenor das sondas de àgua.

fig. 13

Versão H.

fig. 37

Esquadro de fixação da estrutura em alumínio dos painéis.

fig. 14

Protecção da entrada de ar lateral do ventilador.

fig. 38

Perfil de cima do painel PF.

fig. 15

Base com ventilador.

fig. 39

Perfil lateral do painel PL.

fig. 16

Protecção da entrada de ar lateral do ventilador.

fig. 40

Perfil T do painel PT.

fig. 17

Base com ventilador e protecções das entradas de ar.

fig. 41

Perfil de fundo do painel PF.

fig. 18

Boia de nível.

fig. 42

Painel montado.

fig. 19

Porta de limpeza.

fig. 43

Pormenor do encaixe da rede e celulose no painel.

fig. 20

Nível de água.

fig. 44

BIOCOOLER com painéis explodidos.

fig. 21

Bomba de água.

fig. 45

Pormenor do encaixe do painel.

fig. 22

Pormenor da fixação da bomba de água.

fig. 46

Pormenor do fecho dos painéis.

fig. 23

Caixa eléctrica estanque, vista explodida.

fig. 47

Pormenor da abertura dos painéis.

fig. 24

Caixa eléctrica estanque.

fig. 48

Pormenor dos furos dos painéis.

3


280 mm

405 mm

405 mm

270 mm

280 mm

465 mm 1120 mm

475 mm

1410 mm

330 mm

Base 2 130 mm

1410 mm

Base 1

Nas páginas seguintes será demonstrado o modo de montagem do BIOCOOLER, tendo em conta todos os passos necessários à correcta execuçã0 do serviço. 1- De acordo com o modelo BIOCOOLER a ser montado, seleciona-se a base e o tecto (colocando a base em cima de uma palete, para ser mais fácil executar os trabalhos). Existem 3 modelos diferentes de bases, conforme mostram as figuras. A base e o tecto do BIOCOOLER são feitos em fibra de vidro com 3mm de espessura. Base 1 - BIOCOOLER 30/40 Base 1 - BIOCOOLER 15/20 Base 1 - BIOCOOLER 05/10

fig. 1

P1 P2

Os topos devem ter tubos de PVC 50 nas suas laterais interiores para a distribuição de àgua aos painéis(P3). Os topos destes tubos situam-se a uma distância de 65mm das laterais opostas ao topo. Nas bases, as placas laterais que sustentam o ventilador devem prever aberturas no fundo, de forma a possibilitar acirculação de água (P2). Estas aberturas devem ter cerca de 30 mm de altura. No topo das mesmas placas laterais, devem existir reentrâncias que permitam o encaixe dos painéis (P1). As reentrâncias devem ter 30mm de altura e 65mm de profundidade.

4


580 mm

270 mm

185 mm

350 mm

180 mm

360 mm 220 mm

710 mm

445 mm

120 mm

490 mm 710 mm

base 3

180 mm

1120 mm

fig. 2

P3

5


A

fig. 3

B

fig. 4

C

fig. 5

fig. 6

CC

CT

CL

CF

6

fig. 7


Postes

Calhas

Celulose

Rede (mm)

Dimensões

Peso c/água

Peso s/água

835 mm

CL - 675 mm

Altura - 675

Altura - 675

A - 955

100

60

145

84

204

134

210

140

377

297

401

321

BIOCOOLER 05 CF - 580 mm CT - 675 mm

B - 710 Largura - 580

Largura - 580

C - 710

Altura - 1000

Altura - 1000

A - 1280

CC - 580 mm

BIOCOOLER 10 CL - 1000 mm

1160 mm

CF - 920 mm

B - 1120

CT - 1000 mm

Largura - 900

CC - 920 mm

(600+300)

CL - 1000 mm

Altura - 1000

Largura - 920

C - 1120

Altura - 1000

A - 1280

BIOCOOLER 15 1160 mm

CF - 920 mm

B - 1120

CT - 1000 mm

Largura - 900

CC - 920 mm

(600+300)

CL - 1200 mm

Altura - 1200

Largura - 920

C - 1120

Altura - 1200

A - 1480

BIOCOOLER 20 1360 mm

CF - 920 mm

B - 1120

CT - 1200 mm

Largura - 900

CC - 920 mm

(600+300)

CL - 1350 mm

Altura - 1350

Largura - 920

C - 1120

Altura - 1350

A - 1630

BIOCOOLER 30 1510 mm

CF - 1200 mm

B - 1410

CT - 1350 mm

Largura - 1200

CC - 1200 mm

(600+600)

CL - 1800 mm

Altura - 1800

Largura - 1200

C - 1410

Altura - 1800

A - 2080

BIOCOOLER 40 1960 mm

CF - 1200 mm

B - 1410

CT - 1800 mm

Largura - 1200

CC - 1200 mm

(600+600)

Largura - 1200

C -1410

BIOCOOLER 05

BIOCOOLER 05

BIOCOOLER 10

BIOCOOLER 15

BIOCOOLER 20

BIOCOOLER 30

trifásico

monofásico

trifásico

trifásico

trifásico

trifásico

trifásico

Intensidade dos motores 400 V

1,4 A

2,3 A

3,75 A

3,75 A

5,5 A

7,5 A

13,75 A

Intensidade da Bomba 240 V

1,2 A

1,2 A

1,20 A

1,20 A

1,20 A

1,20 A

1,20 A

Caudal de ar versão H (m3/h)

3.500

3.500

7.500

10.500

13.500

22.500

30.000

Caudal de ar versão V/VS (m3/h)

5.000

5.000

10.000

15.000

20.000

30.000

40.000

Pressão Disponível (mmc.a)

12

12

12

15

17

20

22

Caudal de água (Lts/min)

15

15

35

35

60

60

60

Potência do Motor do Ventilador (Kw)

0,55

0,55

1,5

1,5

2,2

3

5,5

Potência do Motor da Bomba (Kw)

0,25

0,25

0,25

0,25

0,25

0,25

0,25

Consumo L/h (40ºC/30% HR)

22,3

22,3

52,8

64,4

82,8

138

148

Consumo L/h (30ºC/30% HR)

10

10

27

37,8

48,6

81

108

7

BIOCOOLER 40


BIOCOOLER

Modelo do Ventilador

05 10 15 20 30 40

CBP - 10/10 CBP - 15/15 CBP - 18/18 CBP - 18/18 CBP/RTCE CBP/RTCE -

- 0,55kW 800rpm (1 ou 3 fases) - 1,5kW 600rpm - 1,5kW 600rpm - 2,2kW 550rpm 35 25/25 - 3kW 340rpm 35 25/25 - 7,5kW 500rpm

2- Depois de escolher o modelo de ventilador adequado, seque-se a fase de colocação do mesmo na espectiva base, de acordo com o modelo que se pretende (V, VS ou H).

fig. 8

8


*

fig. 9 fig. 10

3- Deve ser feita uma protecção para o rolamento do ventilador, colocada no lado oposto às polias. Esta protecção é feita com tubo PVC 90mm de diâmetro, 130mm de cumprimento e um tampo de d90mm (colados um ao outro com um vedante). É fiaxada com dois parafusos 1/2 x 7 em inox.

4 - A posição do motor pode ser ajustada longitudinalmente no caso de um desvio acentuado ou apenas a sua polia para um acerto minucioso. Para testar o correcto alinhamento das polias do motor e do ventilador assim como a pressão das correias deve ser feito um teste de consumo. Existem os seguintes consumos ideais para os diferentes modelos de ventilador do BIOCOOLER: 05 10 15 20 30 40

9

-

1,38A (trifásico), 4A (monofásico) 3,7A 3,7A 5,5A 6,5A 11,7A.


fig. 11

VS

fig. 12

fig. 14

H

5 - Cada ventilador deverá ser acoplado à base do Biocooler correspondente ao seu modelo. O ventilador deve ser fixado com parafusos sextavados auto-roscantes 5,5 x 19 com anilha com vedante. Por fim deve ser aplicado um cordão de cola-e-veda para isolar a ligação entre o ventilador e base. No caso dos modelos VS e H a posição do ventilador é conforme a representação á esquerda.

fig. 13

fig. 4 - Montagem vertical. fig. 4 - Montagem vertical superior. fig. 4 - Montagem horizontal.

10


fig. 16

fig. 15

6 - São aplicadas duas protecções em ambas as entradas de ar do ventilador com o objectivo de impedir sucção de água vinda dos painéis do BIOCOOLER, e também com o intuíto de baixar o consumo energético. Estas protecções sao construidas com uma estrutura de alumínio, calha L 20x20. À estrutura é aplicada uma placa de poli-carbonato alveolar na sua frente, deixando as laterais e os topos para entrada de ar. A distância entre a protecção e as entradas de ar deve ser de 10 cm, a largura da estrutura é de 500mm e a altura de 600. As diferentes peças da estrutura são rebitadas entre elas e aparafusadas à face do ventilador.

11


fig. 17

fig. 18

6 - A base do BIOCOOLER é perfurada em 3 pontos. O furo representado na figura 8 destina-se à boia de nível, este furo deve ser feito a 12 cm de altura e 16,5cm de largura. Esta fecha quando o nível de água na base do BIOCOOLER atinge 10 cm. O furo representado na figura 9 destina-se ao orifício de escoamento de água para manutenção da máquina, situado sensivelmente a meio da divisória central a base. O furo representado na figura 10 destina-se ao nível de àgua e é feito com uma altura de 12,5 cm situado a meio da lateral da base. 7 - A Bomba de água é colocada na base e fixada à face do ventilador com um suporte de plástico em L 125x125 com parafusos 1/2 x 7 inox.

12


fig. 22

fig. 21

fig. 19

fig. 20

13


fig. 23

fig. 24

Alimentação

Transformador

Placa de

Controlo do nível de água.

fig. 25

6 - O BIOCOOLER CHATRON possui dois componentes fundamentais para a sua correcta instalação eléctrica: o quadro de contro de temperatura e humidade e a caixa estanque onde se faz o controlo do nivel de água e as ligações electricas do motor e da bomba de água. As seguintes ilustrações explicam a correcta ligação destes componentes.

14


Caixa Estanque. Transformador

4 x 2,5mm2

4 x 2,5mm2

Motor do Ventilador

Placa electrónica de controlo do nível de água.

3 x 1,5mm2

Bomba de água

3 x 1,5mm2

fig. 26

Ligações da placa electrónica de controlo do nível de água. + -

Placa de controlo do nível de água

12 V DC

Sinal

A

240W

C

F

Sondas de água

~ Alimentação

N

F

Saida para Bomba

Bomba 220 V AC

Placa Ficha + transformador

Motor

Ligador 16A Ligador 4A T T L N Sonda

Bomba

L

N

Alimentação Monofásica

15

L1

L2

L3

Alimentação Trifásica

T


fig. 27

9 1

3

2

fig. 28

4 5 1

- Tubo PPR 20.

2

- Tubo PPR 25.

3

- União PPR 25 / 20.

4

- Tê PPR 25.

5

- Tubo PPR 25.

6

- Tê PPR 25 / 1/2”.

7

- Mangueira cristal 19 mm.

8

- Passador de plástico.

9

- Abraçadeira c/ espigão 1”.

10

- Bomba de àgua.

11

- Abraçadeira lifial 1”.

2

1

5 4 6

3

7

fig. 29

8

11

6 - O sistema de derivação de àgua destina-se a promover uma distribuição homogénea pelos quatro painéis. Para isso são necessárias reduções do diâmetro dos tubos PPR que distribuem a água aos painéis através da rede de distribuição, ficando as duas bifurcações com um diâmetro superior, de modo a igualar pressão. 10 - A estrutura de derivação de água deverá ser fixa ao topo do BIOCOOLER com duas abraçadeiras com espigão de 1” e ligada aos tubos de distribuição dos painéis de celulose. Estes tubos são perfurados com broca HSS 2,5 mm. Os furos sao executados na vertical, com a proximidade de 15 - 20 mm da lateral, 18,5 mm de distancia entre eles e a 60 mm da distancia das extremidades do tubo. 11 - A mangueira será fixa ao Tê PPR 25/1/2 com um canhão rosca macho de 1/2” e vedada recorrendo ao uso de teflon liquido e abraçadeira lifial, tanto ao passador como à bomba de água.

16


fig. 31

fig. 30

12 - A interligação dos acessórios PPR é feita através de soldatura térmica. Todas as outras interligações do sistema de derivação de água deverão ser vedadas com silicone (de preferência translúcido). 13 - O passador deve ficar situado à altura do ventilador, sendo fixado ao mesmo com uma abraçadeira de serrilha com parafuso 1/2 x 7 em inox. 14 - Os postes em alumínio do BIOCOOLER são colocados nos cantos interiores da base e topo. Cada extremidade de cada poste deve ficar 8 cm no interior da base e do topo e são aparafusados com parafusos 4,8 x 39 cabeça de queijo em inox. fig. 32

17


fig. 34

fig. 33

6 - Depois de estarem fixos os postes e o topo, com o sistema de derivação de àgua, pode então fixar-se a caixa estanque eléctrica. A caixa estanque fixa-se ao ventilador (na parte superior) nos locais que existem na mesma para o efeito. 16 - É também necessária a montagem e fixação das sondas de àgua. Estas deverão ser em material resistente à corrosão, por norma serão duas varetas de alumínio, com dimensões diferentes e que ficam mergulhadas na base que contém água. A vareta mais curta fica a 4cm acima do fundo da base, garantindo desta forma que a bomba de água apenas funcione quando existe água suficiente para o seu correcto funcionamento. Estas varetas são aparafusadas à base, sendo os condutores que vão à placa existente na caixa estanque aparafusados a estas, na sua parte superior, evitando deste modo o contacto directo com a água.

18


fig. 36

120mm 160mm

40mm

fig. 35

19


fig. 38

fig. 37 fig. 39

fig. 40

fig. 41

20


fig. 42 fig. 43

6 - Para terminar a montagem do BIOCOOLER é necessária a montagem dos painéis laterais. Estes são compostos com 4 perfis diferentes de alumínio:Os diferentes perfis (laterais, topo e base) são interligados com um esquadro, também em alumínio, e aparafusados. O Tê é aparafusado a toda esta estrutura, em baixo e em cima. 18 - Depois de montada a base, as duas laterais e o tê do painel terá de ser encaixada a rede, na ranhura existente para o efeito e de seguida o painel de celulose. Terminada esta tarefa procede-se à montagem do topo, para desta forma fechar o painel, colocando cantos em alumínio e aparafusando. Nota: Nos cantos do fundo pela parte inferior, deverá ser colocado um cordão de vedante para que a água não escorra por aí.

21


fig. 44

22


fig. 45

fig. 46

fig. 47

fig. 48

6 - Para encaixar os painéis já montados no BIOCOOLER, coloca-se primeiro as partes inferiorres dos painéis, encaixando o friso do perfil de alumínio com a base em fibra, de seguida encosta-se a parte superior do painel ao topo em fibra. 20 - Para garantir que os painéis ficam fixos, é colocado um fecho em nylon no topo da máquina, que prende a parte superior do painel. Este fecho é cravado e aparafusado usando uma chave umbraque nº40, para dar aperto e fixar painéis. Ao colocar o parafuso, seve ser aplicado um vedante “cola-e-veda” garantido a sua correcta vedação. 21 - Na lateral da máquina onde se encontram a entrada da bóia de nível e o nível de água, deverão ser feitos dois furos no alumínio do painel para se poderem efectuar as ligações necessárias.

23


1

2

3 5 14 16 3

5 6 4

6

3

7

9

8

3 12

14

11

24

10

13


Componentes e materiáis do BIOcooler

16

17

14

8

14

1

Tecto - Fibra de vidro

2

Fecho - Nylon

3

Poste - Alumínio

4

Correia - Borracha

5

Motor - Ferro fundido

6

Ventilador - Chapa galvanizada

7

Polia - Ferro fundido

8

Protecção - Alumínio / policarbonato

9

Bomba de água - Plástico

10

Porta de limpeza - Latão

11

Base - Fibra de vidro

12

Boia de nível - Plástico / latão

13

Nível de água - Plástico

14

Painéis - Celulose / alumínio

15

Sistema de derivação de àgua - PPR

16

Caixa estanque - Plástico

17

Rolamento - Aço

18

Protecção de rolamento - PVC

25


mimBIO

Este manual de instruções de montagem do BIOCOOLER CHATRON, destina-se ao uso interno da empresa.

Manual de instruções de montagem do BIOCOOLER

Responsabilidade técnica: Carlos Brandão - Engº Electrotécnico Goreti Oliveira - Engª Mecânica Design e Ilustração: José Cardoso - Designer

26


27


Este manual de instruções de montagem do BIOCOOLER CHATRON, destina-se ao uso interno da empresa. Responsabilidade técnica: Carlos Brandão - Engº Electrotécnico Goreti Oliveira - Engª Mecânica Design e Ilustração: José Cardoso - Designer

28


mimBio