Page 1

O Jornal do Litoral Norte

ciano

magenta

amarelo

preto

EXPRESSÃO CAIÇARA

1


Diretor Geral: Carlos Roberto Espíndola

EXPEDIENTE Jornalista Paulo Henrique dos Santos MTB - 39.213 Diagramação e Arte Richard Lippi Contato Publicitário Caíto Espíndola Norberto Mesquita (12) 9716-5518 Revisão Edilton Nascimento A opinião emitida por nossos colunistas não refletem necessariamente a opinião do jornal. Distribuição Oceânica - Distribuidora de Livros, Jornais e Revistas - 10 mil exemplares Impressão Editora Gráfica Pana Rua José Bento, 360 - Cambuci - SP Telefone 11-3209-3538 www.graficapana.com.br Distribuição Em bancas, comércios, hotéis, órgãos públicos, bancos e residências. Esta é uma produção de

Nova Oceânica de Comunicação Editora S/C Ltda. CNPJ 02.993.158/0001-35 e-mail: novaoceanica@terra.com.br

Praça Cândido Motta, 193 Sala 51 Centro - CEP 11 660 - 060 Caraguatatuba - SP Tel.: (12) 3883-2834

O Jornal do Litoral Norte

ciano

magenta

amarelo

preto

EXPRESSÃO CAIÇARA

2


MegaVerão funciona sem cumprir posturas municipais Com a chegada do verão, Caraguá costuma receber uma megaestrutura que promete oferecer grandes atrações do cenário musical brasileiro. Mas, junto com as apresentações, a cidade também vivencia um megaproblema, onde bom-senso, regras, normas, posturas municipais, respeito ao próximo, incluindo-se aí o menor, deixam a desejar sob vários aspectos Chegou o verão e com ele o megashow. Muitas aplaudem a iniciativa por considerarem que é somente nesta época que têm acesso aos grandes nomes da música popular brasileira e assim podem desfrutar de momentos inesquecíveis em contato com seus ídolos preferidos. E é verdade. Neste ano já foram anunciados nomes famosos como Claudia Leite, grupo Exaltasamba, Diogo Nogueira, Banda Restart, Belo, Latino e a dupla sertaneja do momento Matheus Minas e Leandro. Ao todo serão 25 apresentações. A primeira aconteceu no sábado dia 18, a partir das 22 horas, com os grupos Nuwance e Banda Sonni, que mobilizou a massa popular que compareceu à Praça de Eventos. Um som para ninguém botar defeito, é fato, mas também um barulho enorme para ninguém dormir não só nos prédios da valorizada principal avenida de Caraguá, a avenida da praia, como os do centro da cidade e seus arredores. Os acordes tresloucados, como facas a cruzar os ares, punham qualquer um de pé, com os nervos à flor da pele, sem poder conciliar o sono e gozar do merecido descanso nesta terra praiana, que já foi conhecida como pacata e excelente lugar para se passarem as férias. O verão está apenas começando e os “shows” vão se estender pelo mês de janeiro inteiro, só terminando quando carnaval chegar ou quando Deus quiser. Muitos não compreendem essa forma de ganhar dinheiro: à custa do sono alheio, das posturas municipais, do sossego público, do sacrifício de uma coletividade. Outra crítica diz respeito à grande O Jornal do Litoral Norte

ciano

magenta

amarelo

preto

quantidade de dinheiro que se movimenta com esses shows, principalmente nas barracas que são montadas sob sua estrutura. As pessoas que exploram não são conhecidas na cidade, não são nossos comerciantes, supondo-se que todo o dinheiro arrecadado bata asas da cidade depois que espetáculo termina. Também foram detectadas, e as fotos desta matéria ilustram isso, crianças presentes no espaço do megashow, desacompanhadas de seus pais ou responsáveis, o que contraria a lei. O pior de tudo foi presenciar crianças ingerindo bebidas alcoólicas à vista de todos dentro do local onde a “curtição” deveria rolar solta. A placa colocada à entrada, referindo-se às restrições quanto à presença de menores, era apenas mera ilustração, pois não era fiscalizada. As pessoas também não compreendem como uma atividade puramente comercial (que vai dar um bom lucro para alguém) se instale numa área pública, a praça, que por definição milenar pertence ao povo, somente ao povo. Ninguém pode ser impedido de utilizar a sua praça pública, de nela permanecer. Não, aqui, onde uma enorme muralha, uma megaestrutura “de primeiro mundo”, foi instalada na área do povo, com seguranças carrancudos para impedir a entrada de “cidadãos penetras”. Tudo a contrariar o poeta, segundo o qual “a praça é do povo como o céu é do condor”. Igualmente incompreensível é o tratamento dado à Avenida da Praia, o cartão de visitas de Caraguá, principalmente nesta época do ano, quando a cidade fica tomada por turistas que precisam levar a melhor impressão da cidade. Esses turistas, ao propagar as belezas de praias, ruas e avenidas, vão atrair outros visitantes para a cidade. Incompreensível, porque a nossa avenida não é mais “a da praia”. Dela, não se vê mais o mar, a areia, os coqueiros, a Ilhabela defronte, nem o canal de São Sebastião. Vê-se apenas uma “coisa” branca, enorme, um paredão sem-fim, a que os afoitos chamam praça do MegaVerão.

Depois que a “festa” termina, a rua vira o caos: sujeira por todo lado, arruaças, brigas, pessoas bêbadas, vozerio, um desrespeito total. O pior, segundo os freqüentadores, é a falta de banheiros químicos do lado de fora da estrutura, onde o ajuntamento popular é grande em razão do evento e as pessoas, muitas sem dinheiro para comprar ingresso, apertadas, precisam urinar na praia que fica logo adiante, contaminando o local e provocando mau cheiro. Impostos? Não se sabe o que o município arrecada de fato, de que forma arrecada, nem como exerce uma fiscalização eficiente para garantir o fluxo ao caixa público. Nem também se tem notícia de que parte do que é arrecadado seja destinado a alguma entidade de assistência social ou de caridade do município. Nem mesmo o meio ingresso para estudante existe. Alegando que “já cobram só a metade” pra todo mundo, eliminaram o benefício da classe estudantil e de outros segmentos que têm o mesmo direito. Seria verdade? Durante os shows, a cidade fica à mercê dos empresários do MegaPodeTudo. O conhecido Blog do João Lúcio abordou a questão dos estacionamentos na praia: “Cercaram a praia e virou estacionamento particular. Ao lado da praça de eventos algum espertalhão cercou a praia e fizeram lá um estacionamento particular cobrando 10 reais por veículo nos horários de show. Seria o caso de algum munícipe ingressar com uma ação popular e defender o

patrimônio turístico do município. Cabe ação popular e qualquer cidadão em dia com as suas obrigações eleitorais pode ser autor da ação.” Os comentários no blog foram incisivos, como “outra vez essa palhaçada; que vergonha, ninguém olha nada” ou “ninguém é louco de aprovar a cerca na praia muito menos a polícia Ambiental”. Os comentários seguem nesse patamar, deixando patente a revolta popular com a desorganização. Acrescentese que o Código de Posturas Municipais, a Lei Municipal nº 1144/ 80, proíbe terminantemente a presença de veículos na praia, que deve ser ambientalmente protegida. Moradores reclamam do barulho O verão em Caraguatatuba é marcado pela realização de muitos eventos para entreter o público. A Praça de Eventos, localizada na avenida da praia, recebe uma megaestrutura com telão, danceteria, entre outras coisas para os grandes shows da temporada. Enquanto milhares de pessoas se divertem ao som de grandes nomes da MPB, os moradores do Condomínio Florença sofrem com o barulho ensurdecedor que invade seus lares. No prédio há nove apartamentos com moradores fixos, a maioria são pessoas idosas e o restante são veranistas. Segundo moradores que preferiram não se identificar, este ano o barulho começou antes do previsto, ou seja, na montagem. “As peças chegaram no começo de dezembro e na reta final da montagem da estrutura, eles viraram

a noite trabalhando”. Para eles, o trabalho na construção da arena poderia ser feito só durante o dia. “E não das 8h às 5h da manhã”, disse uma moradora. De acordo com os moradores, teve um condômino que vendeu o apartamento. “Ele foi morar na Martim de Sá por não suportar o barulho dos shows. Nós vamos para a casa de amigos e parentes para poder dormir na temporada”. Ainda conforme os residentes do condomínio, depois que acaba o barulho do evento a rua fica uma bagunça. “Depois tem arruaça e sujeira na porta do edifício”, indignam-se. Os moradores do Condomínio Florença, além do som alto, lidam com um novo incômodo, a poluição visual: a cobertura fica ofuscando a vista para o mar. “Acho ridículo. Em vez da paisagem, vou ver um negócio todo branco”, classificou uma condômino. “A cobertura não me incomoda tanto, mas o barulho...”, minimiza outra dona de imóvel no prédio. Uma reclamante propõe a realização de atrações mais “lights”. “Não ligo que tenha o evento, mas poderiam trazer uma orquestra, um coral ou até mesmo o Fábio Júnior”. Ainda segundo eles, na venda de ingressos para shows desta temporada a poluição sonora imperou. “Só tinha música alta na bilheteria”. Não só os ouvidos dos reclamantes sentem a pressão dos shows, a estrutura do prédio também recebe um pouco do impacto do público dos festivais. “As janelas tremem. No ano passado um laudo do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) assegurou que o prédio balança, mas não vai cair ”, relataram. De acordo com eles, a queixa do barulho das noites de shows foi encaminhada a diversos órgãos públicos. “Afinal não existe uma lei que limita a emissão sonora em 70 decibéis?”, indagam. Para os condôminos poderia ser realizada uma campanha de conscientização sobre o som alto. “Fora de temporada isso aqui é um EXPRESSÃO CAIÇARA

3


paraíso”, comentam. Shows gratuitos Algumas pessoas acham que os shows realizados na Praça de Eventos de Caraguatatuba durante o verão deveriam ser gratuitos, a exemplo do que acontece na cidade vizinha de São Sebastião. Lá, só nesta temporada nomes como Jorge Aragão, Padre Fábio de Melo, Marcelo D2, Cidade Negra, Elba Ramalho, bandas Restart e Fresno, em um total de dezessete apresentações, passarão pela Rua da Praia. Para Marília Célia Costa e Souza, Gilberto de Souza; e a filha do casal Gislane Maria de Souza, as atrações musicais da Praça de Eventos deveriam ser gratuitas por ocuparem uma área pública. “Também poderiam fazer um dia de show pago e outro não”, sugeriu Marília Célia, destacando a forma de revezamento na cobrança de ingressos. Já Gilberto vai além: “Para mim, os shows teriam que ser todos de graça para a população”. Eles também atentaram para a questão do barulho, um problema que os moradores do Condomínio Florença conhecem a fundo. “O evento deveria ter um limite de horário”, disse Gislane. “Muita gente tem que trabalhar no dia seguinte”, acrescenta Marília Célia.

Casas noturnas Os proprietários das casas noturnas Club Nixx, Lost, Mandala e Revolution, em comum acordo, fizeram uma reclamação junto à Secretaria de Turismo, pois não concordam com a vinda de danceterias itinerantes dentro do megaevento, atraindo toda a clientela. Segundo a reclamação, as casas noturnas recolhem impostos e taxas o ano inteiro, empregam a população local, pagam aluguéis e não concordam que empresários de outros municípios só venham na melhor época, na temporada, para depois ir embora sem recolher impostos, sem empregar a população. Resumindo: sem nenhum compromisso com o município e os moradores de Caraguá. Ministério Público A reportagem do Expressão Caiçara procurou a Promotoria Pública da Comarca de Caraguatatuba para saber de eventuais providências com relação aos problemas apontados. O doutor Moacyr Whitaker Cohn de Assumpção, da Vara da Infância e da Juventude, bem assim o doutor Leandro Henrique F. Lima, da Vara da Cidadania, não puderam atender, mas a assessoria de ambos informaram que aguardam alguma denúncia por escrito para que possam tomar as medidas cabíveis.

A conduta desajustada Em 2008, por ocasião de semelhante megashow na Praça de Eventos, houve a interferência do Ministério Público para evitar a poluição sonora. Na época, a prefeitura assinou termo de ajuste de conduta, o TAC, comprometendo-se ao seguinte: 1- A Prefeitura Municipal de Caraguatatuba (ajustante) admite que os eventos realizados são fontes de incômodos generalizados à população residente na área em torno, aos clientes dos hotéis, pousadas, restaurantes, em decorrência da poluição sonora decorrente de atividades musicais, da movimentação de pessoas, veículos que trafegam em conseqüência do evento. Porém reconhecem que os eventos acabam por incrementar a atividade turística na época de “temporada de verão”; 2- Objetivando conciliar os interesses de diferentes grupos sociais a ajustante se obriga a: a) Durante a temporada de verão os shows e demais apresentações ou espetáculos poderão ter início às 18h e término obrigatório [grifo no original] às 0h; b) No Ano Novo e Carnaval poderão ter o término às 2h; c) Nas demais épocas do ano o término deverá ser às 23h; d) O palco deverá estar em diagonal com a Av. Arthur Costa Filho e barreira físicas visando diminuir a propagação na referida via pública e na direção dos prédios; e) Não permitir a entrada de crianças nos eventos; f) Anuência para uso da Praça de Eventos; g) Realizar medições de ruídos; e os laudos resultantes de tais medições serão realizados por técnico habilitado e, se necessário e solicitado, apresentados a esta PJ. 3- O descumprimento ou violação de qualquer dos compromissos gera uma multa diária correspondente a 50 (cinqüenta) salários mínimos; 4- A vulneração de qualquer das obrigações assumidas implicará, incluindo execução específica na forma prevista no parágrafo 5º do artigo 6º, da Lei Federal º 7.347/85, e incisos II e VII do artigo 585, do Código de Processo Civil; 5- O acordo produzirá efeitos legais depois de homologado o arquivamento do respectivo IC pelo Egrégio Conselho Superior do MP do Estado de SP.

O Jornal do Litoral Norte

ciano

magenta

amarelo

preto

EXPRESSÃO CAIÇARA

4


Bairro Cidade

Jardim recebe serviços de chovia era muita lama. Agora está uma maravilha.”, disse

perenização em 16 ruas Os serviços de perenização (troca de solo e preparação de caixa de pavimento) e implantação de guias e sarjetas contemplam mais um bairro de Caraguá. Desta vez, os moradores de 16 ruas do Cidade Jardim, região Central, foram beneficiados com os trabalhos.As obras, que começaram na última quarta-feira (15), vão atender as ruas: Av. José Amador Galvão, Av. Alcides de Castro Galvão, Al. das Paineiras, Al. das Seringueiras, Al. dos Ciprestes, Al. das Palmeiras, Al. dos Jacarandás, Al. Cedro do Líbano, Al. dos Faias, Al. dos Carvalhos, Al. dos Pinheiros, Al. dos Álamos, Viela dos Álamos, Rua Lourenço Taques (Forest), Rua Nicolau Barreto e Al. dos Eucalíptos. Para a moradora Tereza Machado de Oliveira Luz, os serviços irão melhorar o bairro. “Antigamente não conseguia andar pela rua tinha muito buraco e quando

Teresa. São mais de 6 mil metros de extensão de perenização e mais de 12 mil metros de aplicação de guias e sarjetas no bairro Cidade Jardim. O material utilizado na perenização é cedido pela Petrobras, que está perfurando o subsolo para passagem do gasoduto até Taubaté. Esse produto só foi possível devido a uma gestão do Governo Municipal com a empresa. Perenização realizada As obras de perenização já beneficiaram outros 12 bairros de Caraguá, sendo 111 ruas contempladas em uma área de 244.135,17 m². Para completar os serviços, sete bairros ainda serão beneficiados: Aruan, Pontal Santa Marina, Poiares, Tinga, Canta Galo, Alto do Jetuba e Tabatinga. No final, serão mais de 125 mil metros de extensão, 161.466,40 m3 de aplicação de caixa de pavimento em uma área de 810.389,77 m2

Módulo forma 1ª turma do curso gratuito de Gestão Ambiental Há dois anos, com a criação do curso gratuito de tecnologia em Gestão Ambiental, do Centro Universitário Módulo, pessoas que identificaram na preservação da natureza uma profissão encontraram no curso uma oportunidade de crescimento na carreira. De acordo com a aluna Gladys Sylvia Costa Toledano Correia Lima, a graduação trouxe os diversos ramos da Gestão Ambiental para a sala de aula. “O desenvolvimento dos trabalhos foi muito importante. Conseguimos trabalhar com diversas áreas de forma integrada”, declara. O Centro Universitário Módulo é a única instituição

O Jornal do Litoral Norte

ciano

magenta

amarelo

preto

de ensino a oferecer o curso de Gestão Ambiental na região do Litoral Norte, riquíssima em recursos ambientais. A segunda turma da graduação já está em curso e terá seu término no final de 2011. Como projeto de conclusão de curso, alunos do 4° semestre uniram-se aos estudantes do 2° semestre para produção de uma cartilha de boas práticas na maricultura. A cartilha foi construída a partir de levantamentos bibliográficos sobre os impactos ambientais na cultura de mariscos. Os alunos realizaram diagnósticos em campo na praia da Cocanha, onde está situada a comunidade de maricultores da cidade. Lá, foi feita uma análise do perfil socioeconômico e cultural da comunidade. A pesquisa abordou ainda aspectos legais para produção do mexilhão.

João

3883-7228

EXPRESSÃO CAIÇARA

5


FESTA DE CONFRATERNIZAÇÃO DO LIONS CLUBE CARAGUATATUBA No último dia 18/12-sábado o LIONS CLUBE CARAGUATATUBA reuniu todos os seus associados e convidados, aproximadamente 100 pessoas para a confraternização de fim de ano. O evento aconteceu no espaço para festas da minha residência. As delícias gastronômicas ficaram por conta de um excelente buffet e a parte musical do DJ Marquinhos do Quiosque Baleia Branca. A festa que teve início às 20h. foi até altas horas da madrugada em clima private e bem descontraído. Por falta de espaço, confiram só alguns dos muitos flashs que registrei. DESTAQUE: O crédito desta bela festa é do Diretor Social do Lions Clube JOÃO LUÍS CRAVO

ciano

magenta

amarelo

preto

Elon e Dulcinea Arouca Lopes Nunes

Dalva e Euripedes Lombardi Bastos

Edilson e Eneide Amaral

Emilio Joma e Ana Maria Joma

Eu, Leônor Diniz e Dulcinéa

Genilda Castro e Raimundo Cesar

João Luiz Cravo e Sandra Sueli de Paula

Liedson Moraes e Jacqueline Romanelli

Marco Antonio e Ana Maria Fernandes

Margarida, Sandra Guetti e Leda Maria

Nilton Oliveira e Liedna Maria de Moraes

Thais Guimaraes e Claudio Fernando

Valéria e João Carlos B.Sobrinho

Cristiane Avino e sua filha Pietra

O Jornal do Litoral Norte

Andreia Borges e Neusa Borges

EXPRESSÃO CAIÇARA

6


“Então é Natal,

do Fortaleza, terminou na artilharia com 11 gols, e seu companheiro de equipe, Matheus foi o goleiro menos vazado. O Massaguaçu foi o campeão do Sub-14, seguido pelo Projeto Aprenda Brincando em 2º e Tebar Praia Clube em 3º. Micael, do Tebar, foi o artilheiro Definidos os campeões da Copa da da categoria com 7 gols e João Nunes, Criança do Massaguaçu, o goleiro menos O Natal ou Dia de Natal é um feriado vazado. comemorado anualmente em 25 de A Copa da Criança definiu seus Dezembro (nos países eslavos e ortodoxos campeões no domingo (19). Confira os cujos calendários eram baseados no Nos acréscimos: resultados: · As equipes do Fortaleza tiveram calendário juliano, o Natal é comemorado · SUB-10: Fortaleza/Ciase 2x2 um ótimo desempenho na Copa da no dia 7 de janeiro), que comemora o Roma – V itória do Fortaleza nos Criança 2010, levantando o caneco em nascimento de Jesus de Nazaré. A data de comemoração do Natal não é conhecida pênaltis. duas categorias. Sob o comando do como o aniversário real de Jesus e pode · SUB-12: Fortaleza/Ciase 3x1 professor Lê está o futuro do Fortaleza ter sido inicialmente escolhida para Gelaf; para ser sempre vitorioso; corresponder com qualquer festival · SUB-14: Massaguaçu 3x1 · A arbitragem, sempre histórico Romano ou com o solstício de Projeto Aprenda Brincando. questionada, no ano 2010 cumpriu seu inverno. O Natal é o centro dos feriados A classificação final ficou a papel com louvor. Parabéns aos de fim de ano e da temporada de férias, seguinte no Sub 12: campeão árbitros e auxiliares do futebol amador sendo, no Cristianismo, o marco inicial do Ciclo do Natal que dura doze dias. Fortaleza/Ciase; vice-campeão Roma; de Caraguatatuba; Embora tradicionalmente seja um e 3º lugar Brasília. Fernando Gimenez, · No final de semana passado, a feriado cristão, o Natal é amplamente do Brasília foi o artilheiro com 5 gols. Secretaria de Esportes homenageou os comemorado por muitos não-cristãos, Gabriel do Fortaleza foi o goleiro esportistas no Teatro Mario Covas com sendo que alguns de seus costumes menos vazado. troféus. Destaque para a premiação populares e temas comemorativos têm O Fortaleza também levou o título das empresas que apoiaram o esporte origens pré-cristãs ou seculares. do Sub 12. O Gelaf foi vice-campeão, em 2010. Em várias ocasiões elas são Costumes populares modernos típicos do seguido pelo Praia Soccer. João V ictor, esquecidas. Parabéns pela iniciativa. feriado incluem a troca de presentes e

a festa Cristã: O ano termina e nasce outra vez”

Um dia, Gabriel acordou contente na véspera de Natal, uma data muito importante! Era o do Aniversário do Menino Jesus, e o dia que Papai Noel vinha visitá-lo todos os anos. Com seus 6 anos, esperava ansiosamente o cair da noite para dormir, e no outro dia encontrar em seu pé de meia o presente de Natal. Dormiu muito tarde, para ver se pegava o velhinho no “flagra”, mas o sono era maior, dormiu profundamente. Na manhã de Natal, percebeu que o pé de meia não estava lá, e que não havia presente. Seu pai desempregado, com os olhos cheios de água, observava o filho, para falar que o seu sonho não existia, e com dor no coração, o chama: - Gabriel, meu filho, vem cá! - Papai? - O que foi filho? - O Papai Noel se esqueceu de mim...

cartões, a Ceia de Natal, músicas natalinas, festas de igreja, uma refeição especial e a exibição de decorações diferentes; incluindo as árvores de Natal, pisca-piscas e guirlandas, presépios entre outras coisas. Além disso, o Papai Noel é uma figura mitológica popular em muitos países, associada com os presentes para crianças. Economia Como a troca de presentes e muitos outros aspectos da festa de Natal envolvem um aumento da atividade econômica entre cristãos e não cristãos, a festa tornou-se um acontecimento significativo e um período chave de vendas para os varejistas e para as empresas. O impacto econômico do Natal é um fator que tem crescido de forma constante ao longo dos últimos séculos em muitas regiões do mundo. (Fonte: Wikipédia) JC Curtis/PMC

- Ele também se esqueceu de você pai? - Não meu filho. O melhor presente que eu poderia ter ganhado na vida, está em meus braços. Papai Noel não se esqueceu de ti. - Mas todas as outras crianças brincam com seus presentes... Ele pulou a nossa casa... - Pulou não, o seu presente te abraça agora! E assim foram para um parque e brincaram o resto do dia. Em casa, Gabriel escreveu para o Papai Noel: “Querido Papai Noel, Eu sei que é cedo demais para pedir algo, agradeço o presente que o senhor me deu.Desejo que todos os Natais que eu passe, faça o meu pai se esquecer de seus problemas, para ele se distrair comigo, como hoje. Obrigado pela minha vida! Descobri que somos felizes com o verdadeiro sentimento dentro de nós, que o senhor desperta nos Natais” Entrando no quarto para dar boa noite ao seu filho, o pai viu a cartinha, e a partir desse dia, começou a fazer que todo dia fosse um Natal para ambos. Se um simples garotinho de 6 anos conseguiu perceber que os melhores presentes que se pode receber não são materiais, porque nós não fazemos o mesmo?

Abraçados e chorando.

Feliz Natal! O Jornal do Litoral Norte

ciano

magenta

amarelo

preto

EXPRESSÃO CAIÇARA

7


O Jornal do Litoral Norte

ciano

magenta

amarelo

preto

EXPRESSÃO CAIÇARA

8


Após disputa e emoção, Gobetti é eleito presidente da Câmara Pela terceira vez, em três mandatos, Wilson Agnaldo Gobetti assumirá a presidência do Legislativo de Caraguatatuba junto com a nova mesa diretora, composta por Pedro Ivo de Sousa Tau (vice-presidente), Cristian Alves de Godoi (1º secretário) e Silmara Selma Mattiazzo (2ª secretária). A chapa eleita para o biênio 2011/2012 passou por fortes emoções durante as últimas semanas diante da possibilidade do adiamento da eleição realizada na manhã da última segunda-feira. Presidente da Câmara em 2003/2004 e 2007/2008, Gobetti marca seu nome na história de Caraguá, sendo o único parlamentar a liderar a Casa de Leis em três oportunidades. “Estou muito feliz por esse fato histórico, por ser o único vereador presidente por três vezes. Tenho certeza que isso não seria possível sem ajuda da família, dos demais vereadores, colegas e funcionários, de que acreditaram no nosso trabalho, e a eles agradeço de coração essa vitória”, disse. Para Gobetti, o bem prevaleceu diante de acusações que não foram aceitas pela justiça. “Não tinha como não ter tido a eleição que elegeu a nossa mesa de forma justa, respeitando a lei. Mas é claro que ficamos apreensivos, algo que era desnecessário, mas graças a Deus deu tudo certo.

Lamentos apenas a forma desagradável que os adversários tentaram impedir. As críticas feitas com invenções, denegrindo minha imagem, isso não foi legal. Eu tenho família, tenho pessoas que confiam em mim. Mas a justiça foi feita e vamos trabalhar duro pelo amor que temos por Caraguá”. Com esse forte sentimento pela cidade, o novo presidente deseja harmonia com a prefeitura para o bem da população. “Quero tranquilizar o Poder Executivo. Da nossa parte aqui não terá retaliações. O meu amor por Caraguatatuba é muito maior que qualquer chateação que passei”, afirmou. Nascido no Paraná, na cidade de Astorga, no dia 20 de fevereiro de 1970, Wilson Gobetti chegou a Caraguá com 10 anos de idade. Durante este tempo, foi proprietário de um parque de diversão e atua no ramo imobiliário há quase 15 anos. Em 2000, foi eleito pela primeira vez vereador com 625 votos. Quatro anos depois recebeu 1284 votos e em 2008 teve 1968 votos. Um dos grandes responsáveis pela vinda do Poupatempo, o novo presidente é também o idealizador do projeto social “Karatê na Escola”, que chegou a atender mais de 400 crianças no município.

Defesa Civil vistoria moradias em áreas de risco Devido ao período de alerta de chuvas, a Defesa Civil, entre 1º de dezembro e 31 de março, intensifica as ações de monitoramento e prevenção nas áreas de risco em Caraguá. Para isso, além da Defesa Civil, as secretarias municipais de Urbanismo, Serviços Públicos, Obras e Assistência Social se uniram para reduzir os perigos causados pelas chuvas. De acordo com relatório emitido em novembro pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), Caraguá possui 29 moradias passíveis de remoção. Para evitar essa medida, a Defesa Civil realiza um trabalho de monitoramento durante todo o ano, o Plano de Prevenção da Defesa Civil (PPDC). Essas residências estão espalhadas em 19 áreas de risco, divididas em 54 setores que são classificados de acordo com a gravidade que vai de baixa ou sem risco (R1), média (R2), alta (R3) e muito alta (R4). A região Sul de Caraguá tem

problemas de inundação e alagamento, mas não tem casos de remoção. Já a região entre os bairros Tinga e Cocanha, possui problemas principalmente nas encostas. De acordo com o coordenador de campo da Defesa Civil, Emanoel Gomes Carvalho, a equipe procura manter um bom relacionamento com os proprietários e as famílias que estão em áreas de risco. O contato é por telefone e por meio de visitas periódicas. “Procuramos educá-los quanto aos cuidados e medidas preventivas para que possam preservar e melhorar a própria qualidade de vida”, disse Carvalho. O coordenador explica que a remoção só é feita em última necessidade e que em muitos locais o risco pode ser controlado. “Muitas vezes, a solução é a drenagem, apenas desenhar o curso correto para a água de chuva”, destaca o coordenador.

Mayara Sullivan é eleita miss gay 2010 Após um 3º lugar em 2009, a jovem Mayara Sullivan foi eleita no último dia 12 de dezembro, a miss gay 2010 de Caraguatatuba. O concurso foi realizado no Centro de Referência da Melhor Idade, localizado no Jardim Jaqueira. Agora Mayara disputará a fase estadual do Miss São Paulo Gay na capital paulista em setembro do próximo ano. “A vitória

O Jornal do Litoral Norte

ciano

magenta

amarelo

preto

é importante porque quebra um preconceito”, disse a miss gay 2010. Esta é segunda edição que o concurso Miss Gay é realizado A organização do evento Miss Gay 2010 arrecadou 250 quilos de alimentos. A Instituição de Acolhimento, com 25 moradores, e a Casa Transitória, com 48 crianças e adolescentes, foram as beneficiadas nessa ação.

EXPRESSÃO CAIÇARA

9


O Jornal do Litoral Norte

ciano

magenta

amarelo

preto

EXPRESSÃO CAIÇARA

10


Menor é surpreendida com tijolo de maconha A menor A.O.O.S., de 14 anos, foi surpreendida transportando um tijolo de meio quilo de maconha. O flagrante ocorreu por volta das 15h30 da sextafeira, 17/12, quando os policiais militares, cabo Almir e soldado André Alves, patrulhavam pela Avenida José Herculano, no Porto Novo. A droga estava dentro de uma sacola transportada pela adolescente. Ela relatou que pegou o entorpecente no Perequê-Mirim de uma pessoa conhecida. Em diligências na casa onde a menor buscou a droga, na Rua Três Corações, no Perequê-Mirim, os policiais detiveram a desocupada A.R.D., de 22 anos. Com a desocupada foi encontrada a quantia de R$ 930. Indagada, a acusada relatou ter comprado a droga por R$ 250 Ambas foram conduzidas à Delegacia de Políicia, onde a maior foi indiciada e presa por tráfico de drogas, e a menor encaminhada à Vara da Infância.

Ex-presidiário é executado no Perequê-Mirim O ex-presidiário E.P.D.M., de 24 anos, foi executado com 5 tiros na Avenida José Herculano, no bairro PerequêMirim. Segundo a polícia, por volta das 5h30 da madrugada do último domingo, 19/12, a vítima saía do “Forró da Jô”, quando foi alvejado pelos disparos efetuados por um indivíduo desconhecido. Alvejada no peito, tórax e cabeça, a vítima morreu no local. Com passagens por tráfico de drogas e furto, a polícia não descarta a hipótese de acerto de contas ou disputa por ponto de venda de drogas. Morador do bairro Barranco Alto, o rapaz foi identificado por familiares no IML (Instituto Médico Legal) de Caraguatatuba.

Dupla é presa por tráfico

de drogas no Tinga Os desocupados E.E.S., de 19 anos e F.M.S., de 20 anos, foram presos em flagrante por tráfico de drogas por volta das 21h do dia 11/12. Os policiais militares da ROCAM ( Ronda com apoio de motocicletas), cabo George e os soldados João e Jomar, patrulhavam pela Rio-Santos no Tinga, quando avistaram a dupla em atitudes suspeitas. Os dois empreenderam

O Jornal do Litoral Norte

ciano

magenta

amarelo

preto

Eduardo Campos plantaopolicialecampos.blogspot.com

fuga e dispensaram um embrulho. Os suspeitos foram detidos e ao verificar o que os rapazes dispensaram, os policiais localizaram 17 pedras de crack e 13 porções de maconha. Na delegacia, eles foram indiciados e presos por tráfico de drogas. Ambos encaminhados ao CDP (Centro de Detenção Provisória) de Caraguatatuba.

SP garante atendimento prioritário a deficientes e acessibilidade em delegacias P o r t a r i a a s s i n a d a n o d i a 2 9 /1 1 p e l o delegado-geral de polícia do Estado de São Paulo, Domingos Paulo Neto, assegurou que em todas as delegacias do Estado será assegurado o tratamento prioritário e especializado a pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. A norma também determina que todas as obras de construção, reforma ou ampliação das delegacias deverão ser feitas de modo a garantir a acessibilidade para as pessoas com deficiência. O evento de assinatura da portaria contou com a presença da secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Linamara Rizzo Battistella. A Secretaria irá participar de campanha de capacitação e educação voltados ao atendimento de deficientes. “Esta norma é mais um passo importante para avançarmos no processo civilizatório. É fundamental que as pessoas com deficiência tenham acesso e recebam o melhor atendimento possível em nossas d e l e g a c i a s ”, a f i r m o u L i n a m a r a . Entre outras coisas, a portaria determina que em edifícios da Polícia Civil com mais d e u m p a v i m e n t o , d e s p r o v i d o d e e l e v a d o r, deverá ser disponibilizada uma sala no andar térreo para o atendimento de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Ta m b é m e s t ã o p r e v i s t a s a a c e s s i b i l i d a d e e m banheiros, reserva de vaga para deficientes, além de outras determinações. A portaria, publicada dia 30 de novembro, está em vigor em todo o Estado de São Paulo.

Olá ! VOCÊ SABE O QUE A PROFISSIONAL DE DESIGN DE SOBRANCELHA FAZ? QUAIS OS BENEFICIOS DE USAR O TRABALHO DE UMA DESIGN DE SOBRANCELHA? A finalidade de um Designer é embelezar e transformar a face. Corrigir o que está imperfeito,e fazer todas essas correções deixando uma face bonita e harmoniosa. A sobrancelha é considerada a moldura de um rosto. Uma sobrancelha mal delineada compromete a harmonia do rosto provoca um olhar triste, envelhecimento da face, um aspecto inexpressivo e até mesmo a ilusão de uma pálpebra caída, de um nariz torto ou até a diminuição da região frontal. Tudo isso pode ser revertido, desde que o desenho, a espessura e o contorno das sobrancelhas estejam adequados a face de cada pessoa. A sobrancelha indica temperamento e personalidade de uma pessoa. “Por isso tem que tomar cuidado com o formato, já pensou você ter um rosto de mal sendo boazinha?” No procedimento é feito a epilação dos pelos corretamente e depois é usado três métodos de correção, um com maquiagem comum, Henna para completar espaços falhos ou Maquiagem Definitiva (COM LASER), a cliente escolhe o que mais lhe convém. Por isso eu indico a minha design, estamos esperando a sua visita ! Até a próxima, Wilton Alves.

EXPRESSÃO CAIÇARA

11


A Praiamar deseja aos seus usuários um Feliz Natal e que amor e sabedoria de Jesus norteiem seus passos e atitudes no dia-a-dia. Em 2011, desejamos ver todos os seus sonhos concretizados! Boas Festas

O Jornal do Litoral Norte

ciano

magenta

amarelo

preto

EXPRESSÃO CAIÇARA

12

Expressão Caiçara 901  

Jornal da cidade praiana de Caraguatatatuba, estado de São Paulo, Brasil. Noticias, variedades e política. Traz encarte dos atos oficial da...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you