Page 1

โ€ข Terรงa-feira, 1 de fevereiro de 2011

Caderno especial O CORREIO DO POVO


HISTÓRIA

FOTOS DIVULGAÇÃO

Em um velho rancho surgia há 30 anos a empresa que revolucionou o mercado de fitas elásticas

Em um pequeno rancho para abrigar animais iniciava, há 30 anos, a empresa que nasceu para liderar o mercado de fitas elásticas Algumas histórias servem de inspiração, funcionam como um impulso para quem já carrega no peito a vontade de fazer, empreender e realizar. Assim pode ser descrita a trajetória de sucesso e determinação de um jovem que aos 24 anos iniciou em um pequeno rancho, aquela que hoje, 30 anos depois, é referência na fabricação de fitas elásticas em toda a América. Valdemar começou cedo e trabalhou a vida toda no ramo têxtil, desde a limpeza de um setor até chegar a gerente industrial. Na época, um problema comum para as indústrias do vestuário era a dificuldade no abastecimento de fitas elásticas, o que normalmente comprometia os prazos de entrega dos pedidos aos clientes. Foi nesse momento que Valdemar começou a pensar em investir no segmento de fitas elásticas. “O desejo que permanecia em mente era sair da área de conforto, como gerente industrial, e iniciar desde a

2

O CORREIO DO POVO 1 de fevereiro de 2011

Foto mostra a fábrica 10 anos depois da inauguração, crescimento já era visível e constante

estaca zero, mesmo sem dinheiro, este novo desafio”, conta o empresário. Foi então no dia 1º de fevereiro de 1981 que Valdemar Zanotti fundou a Transmar (Trançadeiras de Valdemar e Marili), que anos depois viria a se chamar Zanotti S.A. Com o curso técnico realizado no Centro de Tecnologia da Indústria química e Têxtil (Cetiqt), no rio de Janeiro, aliado a sua experiência profissional e ao seu perfil empreendedor, ele obteve o conhecimento para fazer de um sonho realidade. Começou o negócio com apenas seis trançadeiras e muita disposição. Em pouco tempo, realizou a primeira ampliação com 30 máquinas para atender uma demanda que crescia. Sempre em linha com as necessidades do mercado, a empresa foi se destacando crescendo, evoluindo e conquistando cada vez mais clientes. Gradativamente todo maquinário foi sendo substituído por teares modernos permitindo a entrega de produtos com agilidade e qualidade. Os grandes líderes ensinam: não basta fazer, é preciso produzir cada vez mais e com melhor qualidade. Assim, superando cada dificuldade imposta, gerando empregos e formando uma equipe a qual denomina de ‘grande família’, Valdemar foi concretizando o que outrora era apenas um desejo. A busca constante por novidades e conhecimento sempre foi uma constante em sua personalidade. Em uma época na qual a globalização era uma palavra fora do dicionário português e que importar máquinas e peças era uma verdadeira batalha, viajou pelo mundo para analisar a indústria internacional e buscar soluções para mundo da moda. Superando todos esses e muitos outros obstáculos, Valdemar Zanotti foi escrevendo uma história de revolução no mercado brasileiro de fitas elásticas.

UM HOMEM qUE VAlOrIZA A FAMÍlIA Filho de Vicente e Gertrudes Zanotti, Valdemar passou a infância no campo, com seis irmãos. Era o mais velho deles e carregava uma grande responsabilidade. Com o lema ‘querer é poder’, ele foi buscar novas oportunidades, quando encontrou a primeira chance e aos 16 anos passou a atuar como vendedor. Algum tempo depois, conseguiu um emprego em uma confecção onde passou pela tinturaria, malharia, corte, costura, expedição, acabamento, estoque e almoxarifado, até chegar a gerente industrial. Um mundo novo se abria. dali em diante, Valdemar Zanotti teve a certeza de qual seria a sua missão. Sempre valorizando a família, o empreendedor construiu um negócio de sucesso e conquistou admiração. Casado com Marili e pai de Nayara e Nayne, ele diz que não abre mão da família envolvida e unida. “Minha mãe Gertrudes foi a pessoa que desde o início esteve junto no trabalho até os dias de hoje e também como grande orientadora. Minha esposa, minhas filhas e meus irmãos também contribuíram muito. Meu pai Vicente falava com orgulho da indústria iniciada em um velho rancho que era para abrigar seus animais”, relembra Valdemar.

Eu pedia a Deus que me desse força, capacidade e saúde para colocar os elásticos em todos os cantos do Brasil, atendendo a todos com preço e entrega.

Uma história marcada por muita dedicação

VALDEMAR ZANOTTI, FUNDADOR E DIRETOR PRESIDENTE


DIVULGAÇÃO

ATUALIDADE

Uma gigante que não para de crescer

Parque fabril em Jaraguá do Sul conta hoje com 82 mil metros quadrados de área construída, produzindo 11 milhões de metros de fitas elásticas por dia

Zanotti S.A. completa três décadas sendo referência em inovação e na utilização de tecnologia de ponta

A Zanotti S.A. chega em 2011, ano que marca seu trigésimo aniversário, produzindo mais de 11 milhões de metros de fitas elásticas por dia, o que daria para dar a volta ao mundo seis vezes a cada mês. O moderno parque fabril conta com 82 mil metros quadrados. Em média, 70% dos pedidos feitos à empresa jaraguaense são despachados aos clientes em menos de 24 horas, uma marca invejável para o setor ao redor do mundo. São 2.100 colaboradores altamente capacitados e atualizados produzindo com excelência. Conquistando grandes clientes, a marca é presença certa no guarda-roupa brasileiro. “Nossa filosofia continua a mesma, os valores não mudaram com o tempo.

Atualmente, temos que estar preparados para atender uma diversificação muito grande, em pequenas quantidades e com rapidez, para satisfazer cada cliente”, analisa Valdemar Zanotti sobre a trajetória da empresa. Manter esse ritmo e evoluir sempre mais é uma tarefa de toda equipe. Pesquisas constantes e avaliações periódicas são realizadas para que o cliente seja sempre bem atendido, recebendo o produto em tempo recorde para o segmento e com preço altamente competitivo. Para isso, investimentos em tecnologia e qualificação profissional são metas impostas diariamente. Tanto sucesso resultou também na abertura de uma subsidiária no Ceará, a Zanotti Pacatuba, que faz a empresa estar mais

perto dos clientes daquela região. Com o consumidor cada vez mais exigente, as fitas elásticas deixaram de ser apenas um detalhe de uma lingerie, por exemplo, e passaram a ser peça chave em relação ao conforto e à beleza. A marca Zanotti é garantia de fornecimento de um produto diferenciado, capaz de agregar valor às coleções desenvolvidas por seus clientes. Produtos com ajuste e acabamento impecável, disponibilidade de entrega imediata e agilidade no desenvolvimento de novas soluções são algumas das razões que explicam tamanho sucesso. Assim, a empresa chega aos 30 anos mais experiente e ao mesmo tempo mais preparada para lançar novidades no mercado nacional e internacional.

O CORREIO DO POVO 1 de fevereiro de 2011

3


Tecnologia de ponta e ex

TECNOLOGIA

Investimentos em maquinário, novas matérias-primas e pesquisas garantem destaque no ramo de fitas elásticas Se a Zanotti surgia há 30 anos em um pequeno rancho de madeira e com seis máquinas trançadeiras, hoje o parque fabril da empresa é um dos mais modernos do mundo. O investimento em tecnologia sempre foi uma preocupação de Valdemar Zanotti, que conta com uma equipe especializada e ligada com o que há de mais promissor no mercado internacional. Todo processo de fabricação de fitas elásticas passa pelos melhores e mais completos equipamentos existentes no mercado e também por constante avaliação. São máquinas capazes de reproduzir com fidelidade o padrão desejado pelo cliente e também de garantir excelência e conforto às peças fabricadas. Na sua história, a Zanotti tem adotado desde o início as mais modernas técnicas de produção e os mais produtivos equipamentos, assim foi possível se destacar oferecendo melhores fitas elásticas, com preço altamente competitivo, viabilizando novos projetos e também aumentando a sua capacidade de investimento e ampliação. Se antecipando às exigências do mercado, a Zanotti foi a empresa que conseguiu banir muitos dos problemas enfrentados pelo setor, como por exemplo a fragilidade que fazia com que as fitas elásticas de shorts e moletons se rompessem com muita facilidade. Outro salto está no desenho das fitas elásticas, que passaram a ser mais sofisticadas e de melhor qualidade graças ao investimento em maquinário, fios diferenciados e desenvolvimento do know-how da equipe Zanotti. A participação e visitas às mais importantes feiras internacionais também contribuíram para o pioneirismo na automatização do processo industrial e no lançamento de novas soluções para o segmento de moda.

4

O CORREIO DO POVO 1 de fevereiro de 2011

Modernos teares fazem dos produtos desenvolvidos pela Zanotti referência em qualidade e inovação

TRANÇADEIRAS E MODERNOS TEARES As fitas elásticas eram fabricadas através de duas tecnologias, trançadeira e tear. Mas em uma viagem a Europa, Valdemar Zanotti conheceu os novos equipamentos que estavam sendo desenvolvidos pelos principais fornecedores da Itália e Suíça Esses teares faziam fitas em crochet, que apesar de já ser uma tecnologia conhecida no Brasil, não era muito utilizada. Sentindo que estava de frente com uma grande oportunidade, Valdemar Zanotti apostou nos seus conhecimentos e na sua equipe para inovar mais uma vez. Os novos teares foram instalados em um galpão recém construído e em pouco tempo passaram a produzir um produto que foi chamado de Fita Elástica Jaraguá, considerado um divisor de águas para a indústria, reduzindo os custos para os confeccionistas e oferecendo maior qualidade ao produto final.


xcelência na fabricação COZINHA AUTOMÁTICA DE CORES

PREOCUPAÇÃO SOCIOAMBIENTAL

Com a cozinha automática, a empresa é capaz de garantir 100% de precisão na reprodutibilidade das cores

Em cada canto do parque fabril da Zanotti é possível comprovar a preocupação com o meio ambiente. A política ambiental adotada tem resultado em inúmeros benefícios e engloba diversas áreas. Um dos destaques é o avançado tratamento de efluentes. A reciclagem é outro ponto forte e atinge 83,74% de todos os resíduos gerados na empresa. Uma nova estação de tratamento de água foi instalada e é responsável por captar, em uma área de 400m², as águas das chuvas, que são aproveitadas e evitam o desperdício dos recursos hídricos. Na área de energia elétrica, a Zanotti adotou o sistema de Domus Prismáticos (telhas transparentes), que recebem os raios solares, diminuindo a necessidade de utilização de energia elétrica. Em 2010, a empresa ainda criou um Comitê Interno de Conservação de Energia, com o objetivo de debater e encontrar sempre novas alternativas no que se refere à eficiência energética, à conservação de energia e à consequente preservação do meio ambiente. O grupo também é responsável por analisar os resultados alcançados, sugerir medidas de uso racional de energia e envolver todos os colaboradores e suas famílias no programa, fazendo com que a responsabilidade ambiental seja mais uma marca da Zanotti. Mais do que proporcionar uma economia à empresa, as ações desenvolvidas têm um impacto positivo na natureza. A solidariedade e a responsabilidade social também são valores fortemente pregados na Zanotti. Os colaboradores são incentivados a participar de programas de participação voluntária, como os bombeiros, e também de campanhas externas à empresa. Exemplo de ação desenvolvida nesse sentido é o ‘Natal sem Fome’, criado em 2002, o programa é responsável por levar auxílio às famílias carentes da região.

TECNOLOGIA

Em uma feira internacional, na Alemanha, a Zanotti adquiriu uma máquina pioneira e capaz de solucionar um dos grandes problemas enfrentados no tingimento das fitas elásticas: repetir o mesmo padrão de cor. Com a cozinha automática, a máquina entra no sistema e colhe as informações necessárias para compor a chamada receita de banho, que são os componentes químicos necessários na fabricação de cada cor. Depois disso, inicia o processo de fabricação obedecendo ao cronograma estabelecido pelo sistema, sem que seja necessária a intervenção humana. Com o sistema automático implantado, a Zanotti foi a primeira empresa de fitas elásticas a garantir 100% de precisão na reprodutibilidade de cada tom. Antes disso, era preciso que o operador pesasse todos os componentes manualmente, no processo tina de banho, o que traz um risco maior de erro e desperdício de materiais. Com a tecnologia, também foi possível fazer com que o operador não tenha mais contato com produtos químicos.

INTELIGÊNCIA EM LOGÍSTICA Com um completo parque logístico, a Zanotti possui um sistema inteligente capaz de organizar a estrutura e garantir a circulação eficaz de todos os produtos em estoque. As caixas de produto acabado são etiquetadas e através de um coletor de dados é possível identificar a posição do operador e traçar o melhor roteiro para localizar cada produto, bem como sua data de fabricação, garantindo a organização por ‘fifo’, primeiro que entra, primeiro que sai. O operador só precisa acessar o sistema para saber exatamente em que prateleira está o produto desejado pelo cliente. O sistema de logística implantado pela Zanotti garante a estocagem de fitas elásticas na diversidade e quantidade necessária para garantir o pronto-atendimento aos clientes. O pedido chega por meio eletrônico e é gerenciado através do mesmo até a entrega.

Sistema de tratamento de água evita desperdício dos recursos hídricos reaproveitando a água das chuvas

O CORREIO DO POVO 1 de fevereiro de 2011

5


Uma equipe que produz

TALENTOS

TrEINAMENTO E dESENVOlVIMENTO dE TAlENTOS

Valorizando seus colaboradores e investindo em capacitação, a Zanotti conta com mão de obra especializada e motivada Ao mesmo tempo em que investe em tecnologia, a Zanotti adotou uma política efetiva de acompanhamento e valorização de seus colaboradores. Além de contar com benefícios como plano de saúde, plano odontológico, alimentação, entre outros, os colaboradores têm a oportunidade de participar, através dos comitês internos, das decisões da empresa e possuem um canal aberto para manifestar ideias e sugestões sobre melhorias nos processos de trabalho. Tal política é levada tão a sério que a empresa busca de todas as formas dar subsídios para os projetos serem colocados em prática incentivando ao máximo a criatividade e

o desenvolvimento de seus profissionais. O parque fabril foi construído e ampliado com base nos conceitos de aproveitamento dos espaços e produção contínua. As instalações tanto administrativas como industriais possuem espaços organizados, equipamentos de última geração e com conforto necessário para o melhor desempenho das atividades diárias. Exemplo disso é a climatização em grande parte do parque fabril, onde áreas produtivas com centenas de teares mantém a temperatura ambiente agradável para proporcionar, além de um melhor desempenho, conforto ao colaborador. Para o diretor presidente, Valdemar Zanotti, criar um ambiente de trabalho em que as pessoas se sintam bem é tão importante para competitividade da empresa quanto as soluções que ela oferece para o mundo da moda. “Empresas que concentram investimentos apenas na inovação tecnológica, melhoria nos processos e informatização, sem cuidar do principal, a valorização dos talentos da organização, não conseguem aquilo que hoje virou o desejo de todos, ser competitiva”, defende.

A Zanotti demonstra preocupação com o desenvolvimento intelectual e cultural de seus colaboradores. Exemplo disso é o projeto “Educação para Adultos”, que proporciona gratuitamente aos colaboradores voltarem a frequentar o ensino médio com professores qualificados, ambiente adequado com recursos tecnológicos e didáticos. A iniciativa, em parceria com o SESI, é um exemplo onde além de auxiliá-los na volta aos estudos incentiva o desenvolvimento e satisfação pessoal. Já os projetos incluídos no PZdT (Programa Zanotti de desenvolvimento de Talentos) abordam a formação contínua dos colaboradores. São diversos treinamentos e palestras aplicados no decorrer do ano. Um dos destaques do programa é a formação de Padrinhos, responsáveis por receber, treinar e repassar os valores da empresa para os novos colaboradores. Outro projeto de destaque é o de Formação de líderes, cujo treinamento aborda temas como administração do trabalho, liderança de reuniões, gestão da qualidade e produtividade, entre outros. Todos os cursos são realizados em salas de aula dentro do parque fabril da Zanotti.

PrOJETO APrENdIZ Em parceria com o Senai, a Zanotti oferece oportunidade de formação profissional e lições de cidadania para jovens estudantes. Em 2010, foram 24 participantes no programa chamado Jovem Aprendiz e agora em 2011 já são mais de 50 inscritos. O projeto consiste em conciliar teoria e prática, inserindo jovens de 14 a 24 anos na realidade do mercado de trabalho. O curso tem duração de um ano, e após muitos deles recebem da Zanotti a oportunidade de conquistar o primeiro emprego.

PArTICIPAçãO NA BUSCA POr qUAlIdAdE Oferecer oportunidade para que todos contribuam para melhoria dos processos da empresa é uma das atribuições do CCq - Círculo de Controle de qualidade. Os colaboradores que participam do programa são beneficiados com diversos cursos e representam a empresa em eventos externos. Hoje o CCq da Zanotti é uma eficiente ferramenta para quem quer se destacar e mostrar que faz a diferença.

Estrutura para pEnsar E garantir sEgurança A segurança no trabalho está entre as prioridades da Zanotti. A empresa possui um departamento para pensar e desenvolver ações que garantam “a preservação de vidas humanas, a preservação do meio ambiente e a preservação do patrimônio”. As políticas desenvolvidas pelo setor englobam diversas atividades, entre elas a composição e o constante treinamento dos bombeiros. São 150 profissionais entre os colaboradores, divididos por turno, capazes de atuar em situações de perigo, como derramamento de produtos químicos, aquecimento de sistemas, entre outros. Os bombeiros da Zanotti vêm se destacando

6

O CORREIO DO POVO 1 de fevereiro de 2011

em diversas competições, a equipe feminina, por exemplo, é bicampeã e campeã histórica da Competição Interestadual de Brigadas que acontece em Joinville. A colocação é resultado dos treinamentos e também dos constantes investimentos em equipamentos, utilizados pelos mais modernos bombeiros do mundo. No setor também são analisadas as técnicas de produção, a fim de diminuir os riscos de acidentes. Médico do trabalho, profissionais de enfermagem e uma equipe técnica atuam na empresa para garantir a máxima segurança aos colaboradores.

DIVULGAÇÃO


Por trás da famosa marca Zanotti, estão 2.100 colaboradores altamente treinados e valorizados

Com 20 anos de empresa, Marilene Vanda Scherer Hermes, conhece bem o ambiente de trabalho criado na Zanotti. Foi lá inclusive que ela alcançou o primeiro emprego, começou como auxiliar de produção, foi inspetora de qualidade e desenvolvimento, líder de qualidade e hoje é coordenadora de qualidade e desenvolvimento. Na função,

Marilene conquistou o primeiro emprego na Zanotti e hoje lidera equipe de qualidade e desenvolvimento de produtos

Marilene é responsável por liderar mais de 100 pessoas e afirma que quem se dedica e se compromete com os valores da empresa tem espaço garantido para evoluir. “Tive muitas oportunidades de crescer na empresa, e quero continuar aprendendo e crescendo dentro da Zanotti”, argumenta. Formada em Administração, Marilene destaca os cursos oferecidos pela empresa aos colaboradores e conta que participou de vários deles, o que a faz estar sempre motivada para assumir novos desafios. Também diz que o reconhecimento alcançado a deixa ainda mais comprometida com as metas. Para ela, a política de valorização dos colaboradores é um dos pontos fortes da Zanotti, assim como o ambiente de trabalho e os diversos benefícios. Opinião semelhante tem Carlos roberto Weber. Ele trabalha há 18 anos na Zanotti e diz que apesar de ter tido outras oportunidades dentro

OPINIÃO

Valorização traduzida em comprometimento

Carlos Weber diz que busca por melhorias mantém colaboradores sempre motivados da empresa, gosta mesmo é de atuar no setor de manutenção. “A Zanotti é uma ótima empresa para se trabalhar, oferece oportunidades, apoio, plano de saúde e diversos benefícios. Mas o mais importante é a busca por melhorias e também por equipamentos sempre mais avançados”, conta.

A OPINIÃO DOS COLABORADORES: CarLOs aLBErtO Martins, casado com Maria de lurdes de Souza Martins, que também trabalha na Zanotti. Pai de Naiara e Naina.

VaLCir JaCintO Da siLVa, casado com Eliane Vitol da Silva, pai de Valcinei e Edvandro, que também trabalha na Zanotti.

Quanto tempo trabalha na Zanotti? Comecei a trabalhar na empresa há 25 anos, no dia 2 de setembro de 1985. por quais funções já passou? Iniciei no setor de revestimento de látex como espulador, passei para o setor de Tecelagem, como tecelão, e por último de mecânico, na Tecelagem. Como descreveria a Zanotti? É uma empresa familiar, excelente de trabalhar. dá oportunidades de crescimento, auxílio, bolsa de estudo, plano de saúde, convênios com farmácias, pagamento sempre no primeiro dia útil do mês. sente-se valorizado? Sim, me sinto valorizado. A empresa dá valor na função que exerço, porque gosto do que faço e tenho muito amor pelo meu trabalho.

Quanto tempo trabalha na Zanotti? Há 18 anos. por quais funções passou? Bobineiro, tecelão, padrinho, coringa e atualmente atuo como líder. Estou na função de líder há oito anos. Como descreveria a empresa? É uma empresa que vem crescendo a cada dia, buscando constantemente se aperfeiçoar em seus produtos, buscando a melhoria contínua e a satisfação de clientes e colaboradores. dá oportunidades de crescimento e treinamento. Um dos pontos fortes é a estabilidade no mercado dando segurança a seus colaboradores. sente-se valorizado? Sim. Porque foi meu primeiro emprego e fui valorizado pelo meu trabalho, esforço e atuo hoje como líder de setor onde me oportunizaram vários cursos e treinamentos que serviram não só para minha vida profissional como também para minha vida fora da empresa.

O CORREIO DO POVO 1 de fevereiro de 2011

7


PRODUTOS

Marca Zanotti: garantia de beleza e qualidade Diretamente envolvida com os mais importantes segmentos da moda brasileira, a Zanotti oferece produtos para diversos setores, como moda feminina, masculina e infantil, moda íntima, praia, fitness, além de soluções para o mercado de cama, mesa e banho, uniformes, linha calçadista, esportiva, automobilística, hospitalar, artesanatos, fios de poliéster, entre outras. Um dos segmentos do vestuário

que mais passou por transformações nas últimas décadas foi com certeza o de lingerie, que hoje exige, além de conforto, beleza e sensualidade. Essa transformação só foi possível com o avanço do setor de fitas elásticas, fazendo das antigas peças básicas, peças para se mostrar, tamanha a beleza e a riqueza dos detalhes criados. Na linha desenvolvida pela Zanotti, os clientes encontram diversas soluções, capazes de atender

DEBRUM/SANDUÍCHE Fita elástica utilizada em cinturas, perna de calcinhas, ou base de sutiã. Também pode ser encontrada em detalhes de blusas, vestidos e outras peças, garantindo um toque fashion ao visual.

EMBUTIR Os elásticos também estão escondidos em algumas peças, como na linha Embutir da Zanotti. Com diversas opções, a linha é encontrada em cós e detalhes de blusas, proporcionando o franzimento da peça. Nas linhas de cama estão presentes, além das peças de moda praia e fitness.

ALÇA Foi-se o tempo em que a alça do sutiã ficava escondida e não recebia quase nenhuma atenção. Com uma gama de detalhes e possibilidades, hoje essa peça salta aos olhos e é uma das protagonistas no look da mulher moderna e antenada. Com cores especiais e diversos modelos, são grandes aliadas na composição tanto de um visual moderno, romântico, divertido, como também sensual.

os mais diversos produtos e estilos. Sempre buscando qualidade, os produtos oferecidos pela empresa também correspondem ao que há de mais moderno entre as tendências do mercado internacional. Isso é possível graças ao investimento constante em tecnologia, inovação e pesquisa. A principal função das fitas elásticas é proporcionar à peça a capacidade de alongar-se e retornar à forma original, fazendo com que a roupa

ou acessório se ajuste perfeitamente ao corpo. Ela pode ser embutida na peça, ou ter função decorativa. Com o crescimento do mercado de moda, e com os anseios da mulher moderna por beleza, as fitas elásticas estão sendo cada vez mais utilizadas tendo função decorativa, transformando e dando charme as mais diversas peças do vestuário. Abaixo conheça um pouco mais sobre os principais produtos desenvolvidos pela Zanotti.

PERSONALIZADOS Desenvolvidos para evidenciar a marca do cliente e satisfazer suas necessidades. Utilizando-se de tecnologia de ponta, a linha atende as mais diversas demandas e customizações do mercado.

DOMÍNIO PÚBLICO Fita elástica com arte definida pela empresa para as pequenas confecções e atacadistas terem a oportunidade de trabalhar com produto personalizado sem a necessidade de adquirir uma grande quantidade.

FITAS RÍGIDAS São tecidos capazes de cumprir duas funções básicas: utilitária e decorativa, sem se alongar. Linha aplicada principalmente em bolsas, cadarços e artesanato, além de ter função decorativa, como fitas de cetim, que são utilizadas para detalhes em peças de lingerie.

BICO Os bicos desenvolvidos pela Zanotti, além de proporcionarem conforto e segurança ao corpo, possuem características que enriquecem calcinhas e bases de sutiã com as últimas tendências da moda internacional.

8

O CORREIO DO POVO 1 de fevereiro de 2011

Expediente O CORREIO DO POVO Este caderno especial é uma publicação do Jornal O CORREIO DO POVO (47) 2106-1919 Jornalista responsável: Patricia Moraes | Fotografia: Eduardo Montecino | Diagramação: Bianca Cristina Deretti Bublitz

Zanotti 30 Anos  

Caderno Especial no Jornal O Correio do Povo.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you