Page 1


So

br

e

o

de

sig

ne

r

..

.

gio Sér tins | ar .1991 e orto M P 1 m a | o 1 No lido | 08. gues nte d om o e rtu il.c be do Ap ento | Po nida P otma a a h e e sd cim idad a | Av rgio@ a s am Na onal rad il | zse gr a o t i Mo a pr Da Nac m |4 e Em p a i o c iên osh r | 4 t er o p Ex Ph trato | 5 Illus esign | 4 InD miere Sé Pre sh | 3 r g oit io Fla ve o de Aug um nta e No usto pe jov um vem Pe Tu rcor em , an bro reira se do c rer o des o d de m Ma mi form ome s ca igne e um il n rtins Te nho ar çou minh r qu a ó ovec , na de ndo que em l um os e es ptim ento scid O cidiu algu per etras dia, da a tá a a co s e o a co lhei node seu ent mas corr , e qua rte. i me ta, r nh tale son ar n bas a nã perc ndo ça é nto ho es es o eb es ra Se o. s s l e tav he a d e n u n o r o gra tede ia se vida. qu dizi que a pa ee a Illu mas se p se r i r s l n u ra res o ca a e t h ce rat da rfe str o o d pe ob ado tra ntem or, In Ad itam es ito. s r, m ba e t ign D o e r n u lha nte es be, te iua , i s g l r e em n à he a t a , v m fal o Aft Flas e Pr l co onta ta c a er h, em mo de m iEff e p ier ec e. Ph em r e o ts I t e C end nicio tosh proine e co u-s op, ma me e re 4D ça ra .


Trabalho realizado no âmbito de uma disciplina. Neste trabalho teria que realizar um cartaz na temática “Michael Jackson, Herói ou Vilão”


Este cartaz foi elaborado para promover uma palestra que iria-se realizar na Escola Profissional de Braga.


Trabalho realizado no âmbito de uma disciplina, onde teríamos que criar um cartaz inspirado numa corrente artística para celebrar o S.João.


A Escola Profissional de Braga realizou, tal como todos os anos, uma festa de Natal, e pediu para que fosse realizado um cartaz para divulgar. Realizado por mim, e por Jo達o Santos.


A Cruz Vermelha Portuguesa de Braga iria realizar um concerto solidรกrio de comeรงo de ano, e pediu a mim e ao Albino Oliveira para realizarmos um cartaz para divulgar.


Cartaz realizado para anunciar um desafio que houve na Escola Profissional de Braga, na altura dos Encontros Design Gråfico’11.


Planeta Verde, foi uma empresa fictĂ­cia, criada para uma disciplina onde tĂ­nhamos que criar a sua marca e um manual de identidade visual para a mesma.


Mais uma empresa fictĂ­cia, com o objectivo de criar a marca e manual de identidade visual da mesma.


A Associação de Desenvolvimento de Nisa, “é simultaneamente, uma Instituição Particular de Solidariedade Social, uma Associação de Desenvolvimento Local e uma Organização Não-Governamental para a Cooperação e Desenvolvimento” Foi pedido uma recriação da marca desta associação, e esta foi a proposta.


Clínica do Pinheiro é uma clínica situada na Póvoa de Lanhoso, e que após a abertura, foi pedido para se criar um símbolo gráfico para a mesma.


oigres design, foi a imagem grรกfica que criei, para usar como assinatura em trabalhos realizados.


Encontros com Pedal, ĂŠ um evento realizado na cidade de Braga, onde pretende cativar as pessoas para os passeios de bicicleta. Foi pedido um sĂ­mbolo grĂĄfico para o evento, e esta foi a proposta.


A Anime Genesis Evolution, é uma equipa de fansub e distribuição de animes. Eu, visto estar ligado à equipa, realizei algumas vezes imagens de apresentação deles. Esta foi uma delas.


Participação para a criação do logo de Braga 2012 Capital Europeia da Juventude.


YOU DESIGN

DESIGN

INSTITUCIONAL

O

O que é o Design Institucional?

veliquatue te magna augiam, quam et, vullaore feugait, quamcon senit, sequism olobor sustin henim nissi tie facipsum zzriusto do del ero commodip er si tatie el doleniamet ver acillaorem iuscidunt acilit iliquat luptationse min utatuer cincips uscidunt praeseniam iriure tisisci ent vent velit wisit, velit ut am voloborer sum nullupt atummod olorperosto eugait volorem volorti onummy nim dolorper irit nullan hendre volobor perate euis digna aliquipsum dolor autpat.Omprideorum hocciem ponsusc iessent

ratiorum senimpra, qui se me tem, ublicae et, facci senatil icaequod pl. Ihiliam licur, Catalate culudam enatque consuntes remplius, unum in videllarit C. Um ad inticepere con tebatam. Fuiderri publis, nem tumur, nemport eatquem patus, conduco nitillatus lium publis Cat cae furbiss endendees consul unum nost pubt parivagit videm, o is hum poti, culicer icaequem consuam inpe forisse isserius, consulto ublis ca; ilicape re.

exemplos de Design Institucional André Pereira

Phillipe Tina

11,Março,2010//Edição 01//3,99€

escola profissional braga

QUERES CONHECER O CURSO DE DESIGN GRÁFICO?

FOTOGRAFIA VIDEO SOFTWARE O CURSO

JOÃO DELGADO, A SUA VIDA E O DESIGN

Bruno Viga

4

n1_n20_adriana_sergio_revista final.indd 1

11-03-2010 12:21:03

DESIGN

PUBLICAÇÃO asdodignim del ut pratisit ad dolor irit autatet lummy nulla adit, consenis autat et nos elit ut veliquip etue min hent praesto ectet augait aliquis aliquisis autat, velesectem et vel iustrud dolum zzriusciniam iustrud el doloborper sis atet ullan hent init non eu feugait ullamet uerat. Im nonsequamet ipis alit lor irit, velendi psumsan henisi bh enisl il in er adit ipismodipis delent ip et, conseniate conse velendre erit er aliquam iurerit, commolore volore commy non heniam, quis nostio commy nullaor augiam, quipit ut laorer ing erilis etummol oreet, consequis autpat, sum nonsequissit ero cor il iriusci ncipit ad magna feum zzrit autat eu facilis modolor aute magna cons niamet iusci blanut esit numsand ignisitvullam dignim. Olorperilit dolorti nisseniat elesenim eugiam nostionsed ea faci tie magniat adio od dolestinim et delent luptate er adignis sectem ad tie magna feuis ad doloboreet lore ex eugait velit augiam iriustrud diamet, commy nostie duip ea faccum quis nos dolese dui tie magnibh et, consequis duismol essecte digna feugue tie feugiat aut wis

E

Hugo Antunes

(página 20-21)

n1_n20_adriana_sergio_revista final.indd 4

11-03-2010 12:21:03

FOTOGRAFIA

Pedro Duarte

Um OLHAR SOBRe A HISTÓRIA DA FOTOGRAFIA A fotografia ao longo dos tempos tem sofrido várias mudanças. Vejamos um breve resumo da história da fotografia.

A

odolor ilit ex eros nisim ip el esto duipis er sit aliquam quat, veliquat ute veraessent venisl dolobor sum zzril irit delestrud te vendre magna con hent inim doloreet ver sum iuscip et at aut iriusto dolore feugue dolor sustrud tat praestrud tat ad tem nos nullam velisi tat velesed ea aliquis do ese dolesent nosto del ut velisse niscipisl etum volobore venibh esectet nonse min hent la feu facipsu scipit iure feui bla commodiate vel eu faci eu feuguer irilit ametum autpat dolorem vullum il do del eros niam do commy nostrud ting eraese do exer inim aciniat non veliqui psuscilit nos numsandit ea alit, quismod oluptat alis eum do conullan venis am er ipsusci psusto erit, quissed tis exer sequis aut iureet wismolo bortis nis dunt wisi er suscidunt lor incipsum verostrud eu faci eugiate feugue dipit dolorem dui esequisim quat irillutatie ecte ting er sequisl dolorem vullan ute tem do del exeraesto con eugiam vulput nonse dipiscin utpat.Facipsustrud del ex ero odoluptate feuis ad dolore dit Cum ip essisci bla corem nisit alit, con ectem volutpat. Equat numsan eu facillaore conullametum aliquat.Tate venit utat, vel er alit, quis digna feum do dolor aliquate essed eui tem il in ute facip eu feu facin heniat. Ut volorperci bla alis at. Unt nummy nostrud magna feu feu feum at. Ut ver susto od tet wisisl illuptat, consed el ute dolore velit volobor peratie euis ea feugiamet accum dit nullandre dunt adions nullut venim nulput utem

A

aaaGue feugiamet lorpera essequis eliquipis niam ipis exeros essequipit utat ver amconse quisse magna feugue et lore facilla amcor sum ip enim quatuerit dunt wisi tem dolor sed eniamet irilla faccumsan venibh et in vel ullaore con esequipsum volorem autat. Olore facinis nullaore commodolutem volenim veros nulput accummod dio dolorting esequatin ese faciduisl iuscipit ut augiamconum dolore ecte tie magnim zzrit nit vullutem incinci psumsan henibh ectem doloreet ex el ulla accum eros augiat. Ut adio dolesequi te conse facincidunt ut ilit wis numsandre dolobor tionseq uationsequat ex essit nim zzriuscilis niat ilit, quam do euguerostrud ecte dolorper irit praese min heniam vel dolorero consequate molore exercilisl dip ex ea faccum alismodipit, vulla feugiametum nisl ex ero ercip exerilit lorper si blaor sed tet nullum eu facillan eu feummy nim irit laore magna conulla commoluptat iriurem vel do dolesequis dui tio odiam,

João Calisto 8 n1_n20_adriana_sergio_revista final.indd 8

14 11-03-2010 12:21:14

n1_n20_adriana_sergio_revista final.indd 14

11-03-2010 12:21:18

A YOU DESIGN, foi a primeira revista que paginei, na temática de uma disciplina do curso.


MENSAL

10 Nº1

3

DESPORTO

Junho 20

Bungee jumping

as en Ap

1€

Saltar até não poder mais

Bungee jumping é um desporto radical praticado por muitos aventureiros corajosos, que consiste em saltar para o vazio amarrado aos tornozelos a uma corda elástica. Há muito tempo, este desporto era uma espécie de prova iniciática pela qual os rapazes de uma aldeia teriam de passar para poderem começar a ser chamados de adultos.

A

pesar de só haver uma prova por ano, consistia em irem buscar lianas, subirem uma espécie de esca-

Saltar até não

poder mais

ing Bungee Jump dor s de computa

jogo Os fantásticos ntal Agilidade me da actualidade

e dedo rápido

ary

The Legend Tiger Man

DÁ-LHE COM A! ALMA

Equipamento

da com cerca de 5 metros, prenderem

Como qualquer outro desporto, o

um extremo da liana à cana da escada e o outro extremo a um dos seus pés.

bungee jumping utiliza um equipamento próprio. Além das presilhas,

Depois teriam de se atirar e, se chegassem lá a baixo sãos e salvos, tornar-se-

engates e cintos, que são também utilizados na prática do al-

iam adultos. Mas, se por outro lado, a liana se rompesse ou se fosse comprida demais, eles morreriam.

pinismo, o bungee jumping utiliza cordas elásticas, cordas essas que são essenciais para a segurança.

Onde praticar

Existem quatro tipos de cordas, que variam consoante o peso da pessoa

Apesar de os mais afoitos insistirem em saltar de pontes e torres, essa prá-

que vai fazer o salto. Todas as cordas têm um tempo de vida útil de aproximadamente 1200 saltos.As cordas

tica, além de proibida, é muito perigosa. Por isso, além dos locais apropria-

são testadas e aprovadas para aguentarem até 4000 kg. Entrelaçada no

dos que as várias empresas de saltos propõem, o bungee jumping também pode ser praticado em feiras ou expo-

seu interior, têm uma corda de nylon com capacidade até 2500 kg, que tem aproximadamente um metro a mais de

sições, onde a torre e o guindaste são

comprimento do que a corda elástica

armados por uma equipa treinada e com todas as condições de segurança.

esticada, o que torna o salto mais seguro, uma vez que, se a corda elástica se romper, há ainda a de nylon. Algumas das empresas que organizam este tipo

Para saber mais:

WWW.BUNGEEZONE.COM WWW.BUNGEE.COM

Boom // Junho 2010 // nº1

5

4 JOGOS de COMPUTADOR

MUSICA

Os fantásticos jogos de computador da actualidade

Da Weasel

Agilidade mental e

de saltos utilizam também um colchão de ar que é colocado no chão para maior segurança.

Dá-lhe com a alma!

Nascem em meados de 1993, como um projecto 100% em inglês e numa onda experimentalista. Na altura, os Da Weasel eram Pac, Armando Teixeira, Jay Jay Neige e Yen Sung.

dedo rápido Um jogo de computador é um programa de entretenimento (jogo virtual) onde a plataforma é um computador pessoal.

O

s jogos para computador evoluíram de simples sistemas de jogos baseados em texto e interfaces gráficas simpl es e de jogabilidade limitada (como nos primeiros títulos como Spacewar!), para uma vasta gama de títulos visualmente mais avançadas e de jogabilidade infinitamente superior. Parte desse avanço se deu por conta da facilidade que o computador fornece aos programadores para desenvolverem jogos, pois para se desenvolver um jogo para consoles normalmente o custo é muito elevado, limitando o acesso aos grandes estúdios de jogos.

The Sims The Sims é uma série de jogos electrónicos de simulação de vida, criado pelo designer de Jogos Will Wright e distribuído pela Maxis. Com o lançamento inicial do primeiro jogo em Fe-

Boy Advance, GameCube, Xbox e ou-

uipa, e habilidade para ser um vence-

tros, incluindo até uma versão remodelada do The Sims 2 Mobile para o antigo Mega Drive.

dor. É acessível através do Steam. O jogo inicialmente era para ser um mod para o Unreal Tournament, mas a Valve

Counter-Strike

Software viu uma oportunidade no jogo

Counter-Strike (também abrevia-

vereiro de 2000. São jogos onde se

do por CS) é um popular jogo de

podem criar e controlar as vidas de pessoas virtuais (chamadas de Sims). O jogo atraiu legiões de fãs, devido a

computador, mais especificamente um “mod” de Half-Life para jogos online. É um jogo de

sua simplicidade e objetividade. Hoje

tiro em primeira pessoa basea-

em dia já foram produzidos jogos de The Sims para simplesmente todas as plataformas, incluindo

do em rodadas no qual equipas de contra-terroristas e terroristas combatem-se até

Celular, Nintendo DS, Playstation 2, Game-

a vitória. �equer muita estratégia, trabalho de eq-

e comprou-o.

U

m ano depois, dá-se a primeira aventura discográfica do grupo com o lançamento do EP More Than 30 Motherfuckers. Não demoraria mais de um ano, para que editassem o primeiro álbum – “Dá-lhe com a alma!”.

No dia 2 de Abril de 2007 lançaram o álbum Amor, Escarnio e Maldizer. o disco conta com muitas participações, tais como Gato Fedorento, Bernardo Sassetti, �apper e o produtor americano Atiba the Dappa e a participação especial da orquestra de Praga dirigida

pelo Maestro �ui Massena. Em Setembro de 2009, os Da Weasel anunciam uma pausa de um ano, prometendo voltar em Setembro de 2010 para a produção do oitavo disco de Originais e para mais actuações ao vivo.

The Legendary Tiger Man T he Legendary Tiger Man é o nome artístico de Paulo Furtado, um artista, vocalista e músico blues português, num estilo de “banda de um homem só”. Com um estilo singular, Furtado toca guitarra, harmónica e bateria sozinho em palco. Paulo Furtado é também o vocalista e principal compositor da banda Wraygunn. Teve uma participação especial em Torch Songs for Secret Agents, do

fundador dos Tédio Boys. Editou até hoje cinco álbuns: Naked Blues - Subotnick Enterprises (2002) * Fuck Christmas, I Got the Blues - Subotnick Enterprises ( 2003 ) * In Cold Blood (Foto Álbum + CD) Subotnick Enterprises ( 2004 ) * Masquerade - Nortesul/BMG ( 2006 ) * Femina - EMI ( 2009 )

produtor Bulllet, nome pelo qual é conhecido Armando Teixeira. Ex-Membro

Boom // Junho 2010 // nº1

A revista BOOM foi realiza no âmbito de uma disciplina do curso.

Boom // Junho 2010 // nº1


6 de Maio 2011 | Correio do Minho | 3 CASOS DO DIA | BRAGA | BAIRRO SOCIAL DA PONTE DOS FALCÕES Apanhados sem carta e com álcool a mais

Sexta 6 de Maio 2011 | ANO LXXVI SÉRIE VI N.º 8201 | DIÁRIO € 0.75 IVA Inc. | DIRECTOR PAULO MONTEIRO

TAR Braga, Lda.

MAN Truck & Bus Center

A GNR deteve, anteontem, três indivíduos que conduziam veículos automóveis sem terem as respectivas licenças. As detenções aconteceram em Mire de Tibães (Braga) Ribeirão (Vila Nova de Famalicão) e Vila Verde. Entretanto, no mesmo dia, foram detidos, também pela GNR mais dois indivíduos por condução sob o efeito do álcool. As detenções foram registadas em Vila Verde e Amparo, na Póvoa de Lanhoso. Apresentaram os valores de 1.40 e 1.65 gramas de álcool por litro de sangue. Os detidos foram notificados para comparecerem ontem nos serviços do Ministério Público dos respectivos tribunais.

NOVAS INSTALAÇÕES Estamos no Parque Industrial de Adaúfe em Braga, c/ instalações modernas e uma equipa de Profissionais competentes

Rua 1.º Cabo Baltazar Abreu Simões, Lote 22 • tlf. 253 283 221 • tarbraga@sapo.pt

pág. 24 e 25

Acidentes causam dois feridos ligeiros

O capotamento de uma viatura em Tregosa (Barcelos) causou ontem à tarde (15.25 horas) um ferido ligeiro. No local estiveram os Bombeiros Voluntários de Barcelos. Na freguesia de Feitosa (Ponte de Lima) o choque entre um motociclo e um automóvel, pelas 14.39 horas, causou um ferido ligeiro. Foi assistido pelos Voluntários de Ponte de Lima.

DUBLIN

CÁ VAMOS NÓS!

O Sporting de Braga está na final da Liga Europa. Pelo caminho, os ‘gverreiros’ deixaram o Benfica e agora querem vencer, dia 18, o F.C. Porto. pág. 22 a 23, 26 a 32

Porco P á c/Osso . . . . . . . . . . . Bacalhau

1 ,9 9 €/ Kg

Bloco 2 está a ser demolido

Os trabalhos já começaram e devem estar concluídos até ao fim do mês. A empresa municipal Bragahabit garante que os outros blocos, à excepção do amarelo, também vão abaixo. D.R.

miguel viana

A Câmara Municipal de Braga começou, esta semana, os trabalhos de demolição do bloco número dois do Bairro Social da Ponte dos Falcões, em Maximinos. O bloco habitacional já estava desabitado há cerca de um ano e meio. “O prédio estava bastante degradado, pelo que se tornou urgente a sua demolição”, disse ao Correio do Minho (CM) uma fonte do Departamento de Urbanismo da Câmara Municipal de Braga. A mesma fonte adiantou que até “mesmo as fundações vão ser retiradas e o buraco vai ser preenchido com terra.” João Nogueira, presidente do conselho de Administração da Bragahabit, a empresa municipal que gere os bairros sociais de Braga, revelou ao ‘CM’ que a demolição era para ter sido feita mais cedo, mas houve necessidade de fazer um concurso público, por-

das famílias que aí habitam. Actualmente residem apenas duas famílias no Bloco número 5, que deverá ser o próximo a ser demolido. O processo de demolição, diz João Nogueira, deverá ser o da “táctica da bola, que

Reformado tinha a sua carta caducada luís m. fernandes

Um cidadão bracarense, de 73 anos de idade, conduzia anteontem um automóvel ligeiro pela Rua Nova do Covo quando, às 17,30 horas, foi interceptado pela GNR em missão de fiscalização. Convidado a apresentar a sua carta de condução, constatou- se que estava caducada. Recorde-se que a 1 de Janeiro de 2008, entrou em vigor a legislação que introduziu al-

terações nas idades em que a renovação das cartas de condução é obrigatória. Por isso, esse documento deve ser revalidado de acordo com as idades indicadas para as diferentes categorias de veículos, e independentemente da validade averbada no documento. No caso em apreço, C. de Castro devia ter revalidado a sua carta de condução em 2007. Ontem, no Tribunal Judicial, o seu advogado

pediu a suspensão provisória do processo, nos termos da lei. Os condutores de veículos das categorias A, B, B+E, e da sub- -categoria A1 e B1 revalidam as suas cartas de condução aos 50, 60, 65, 70 anos, e posteriormente de dois em dois anos Os das categorias C, C+E e das sub- -categorias C1 e C1+E revalidam aos 40, 45, 50, 55, 60 e 65 anos, e posteriormente de dois em dois anos.

derruba de fora para dentro. Não vai ser por implosão, devido à proximidade de outras habitações.” Apenas o prédio que está pintado de amarelo vai ficar de pé, porque não é da Bragahabit.

TRIBUNAL JUDICIAL DE BRAGA

Detido líder nacional do tráfico A Polícia Judiciária (PJ) deteve um português suspeito de ser o líder nacional de uma organização criminosa dedicada ao tráfico de haxixe e com operações entre Portugal, Marrocos, Espanha e Itália, revelou a PJ.O indivíduo em questão, de 29 anos ficou em prisão preventiva.

Sortido - 1 a 2kg . 6 ,4 9 €/ Kg

6 de Maio 2011 | Correio do Minho | 7

6 de Maio 2011 | Correio do Minho | 6 MESQUITA MACHADO ENCERROU O DIRECTO DA AVENIDA CENTRAL | LIGA EUROPA | MEIAS-FINAIS

TREINADOR DO SP. BRAGA REFORÇA AMBIÇÃO | LIGA EUROPA | MEIAS-FINAIS

A emoção de Armando, vencedor da Taça de Portugal em 1966, foi o primeiro momento de grandeza

O orgulho do presidente

A presença de Mesquita Machado, presidente do município bracarense, foi o momento mais elevado, um toque de midas que encerrou uma iniciativa única. O dia começou com o guarda-redes Armando a emocionar-se. rui miguel graça Armando emocionouse pela manhã. Ao lado de José Maria trouxeram o regresso ao passado. Seguiu-se Agostinho Oliveira que fez uma ligação entre os tempos antigos, o presente e ainda lançou o futuro. Depois seguiram- se inúmeras figuras ligadas ao clube, artistas musicais, num dia fantástico. Ao nível de adeptos, o irlandês Karl Donnelly, residente há oito anos em Braga, Fontes, ex-jogador que veio de propósito dos Açores para assistir ao jogo, José Fernando Queiroz, emigrante que veio da Suiça para sentir o seu Braga foram alguns dos desconhecidos que deram maior brilho ao dia. A emissão móvel, em directo da Avenida Central, terminou com Mesquita Machado,

O bloco 2 da Ponte dos Falcões já começou a ser demolido

que o valor da demolição é superior a cinco mil euros (deve rondar os 20 mil euros). Em todo o caso, revela João Nogueira, “o objectivo é demolir todo o bairro”, depois de concluído todo o processo de realojamento

MOSSORÓ: “PASSÁMOS O TESTE DO CORAÇÃO NESTE JOGO COM O BENFICA”

“Passámos todos o teste do coração neste jogo com o Benfica. No final estava um pouco ansioso, olhava para o relógio e ele não andava. Esta vitória soube a vingança por tudo o que aconteceu no ano passado, roubaram-nos o título, ficámos a cinco pontos e agora nós tirámos o Benfica de

uma final importante, como é a Liga Europa. Agora é a final e vamos dar tudo para conquistar esse troféu, já mostrámos que temos valor. Foi um jogo limpo, um jogo bom e o mais importante é que saímos vitoriosos”

ALAN: “ESTE É O MOMENTO MAIS IMPORTANTE DA MINHA CARREIRA”

“Foi importante esta vitória e estar na final é um momento único para a história do clube. Numa final tudo pode acontecer, mas em primeiro lugar vamos pensar no jogo com a Académica e vencer para garantir o terceiro lugar no

campeonato. Este grupo merece todo o reconhecimento da cidade, do país e da Europa. Nem a imprensa acreditava nas nossas capacidades, mas fomos fortes e conseguirmos garantir um lugar na final. Este é o momento mais importante da minha carreira, mais do que o título que festejei no Porto”.

“Queremos colocar a Taça no museu do Braga” Domingos Paciência enalteceu o mérito dos jogadores no apuramento para a final da Liga Europa e destacou ambição para Dublin. “Queremos muito vencer esta final e colocar a Taça da Liga Europa no museu do Braga que bem merece”, frisou o treinador. paulo machado

O sentimento braguista exultado pelo edil do município da capital do Minho

num momento de enorme orgulho.

O treinador do Sporting de Braga voltou a apontar que “o futuro a Deus pertence” quando confrontado com a sua carreira, mas deu conta da vontade que mantém em conquistar um troféu para o Sporting de Braga. Na sala de imprensa, após o jogo, Domingos Paciência lembrou os castigos da época passada aplicados e Vandinho e Mossoró, como sinal de justiça com a vitória de ontem. “O golo que nos apurou foi do Vandinho (o Custódio também marcou), o jogador que ficou três meses sem jogar na época passada. Chegamos a dizer que o Mossoró era quem ia fazer o golo da vitória e merecia”, salientou o treinador do Sporting de Braga. O treinador do Braga reconheceu que a sua equipa não teve muitas situações de golo e deu conta que o Braga “contou com alguma sorte”. Mas para Domingos Paciência a sorte esteve do lado da equipa que mais trabalhou por a merecer. “Foi uma vitória merecida, fomos a equipa que teve mais problemas com lesões e castigos e ter de recorrer a uma segunda equipa (Vizela) para compor o banco de suplentes acaba por ser justo este feito e quero enaltecer o brio deste grupo de trabalho muito forte”, vincou. Domingos Paciência recordou ainda o trabalho feito na preparação da equipa para este segundo jogo com o Benfica, admitindo que a vantagem (1-0) foi sempre um resultado “perigoso”. E acrescentou “mas

os deuses estiveram connosco, e Deus ajuda quem merece. A sorte procura-se com muito trabalho e muita entrega. Só nós é que sabemos o que temos passado e o que temos feito em prol do grupo de trabalho. O meu discurso já está voltado para a final e pensamos em ganhar”, apontou logo de imeditado. “Fomos uma equipa organizada e a solidariedade dentro de campo acaba por mostrar que esta equipa é muito guerreira. O golo do Vandinho na Luz foi importante, mas senti que os jogadores estavam

confiantes em ganhar quando falamos antes do início do jogo. Ambicioso, como sempre, desde a hora em que chegou a Braga e manifestou o desejo de fazer mais e melhor pelo clube, Domingos Paciência apontou baterias à conquista do troféu que agora o Braga vai discutir com o FC Porto. “A Liga Europa pode dar-nos uma Taça e quero colocar essa Taça no Museu do Braga que bem merece”, salientou. No discurso do treinador do Sporting de Braga não foi esquecido o apoio

revelado pelos adeptos. “O que fazemos é para os adeptos e para uma cidade. O Braga passou a ser visto de outra forma e admirado. Estes adeptos têm sido extraordinários na forma como nos têm apoiado. Sentimos que há uma massa adepta que está a crescer mais e sei que só ficarão contentes com a conquista desta Taça em Dublin”, vincou. E para terminar, lançou em tom de boa disposição. “Espero que os adeptos nos acompanhem em grande número até Dublin, vão de carro, comboio, autocarro, barco ou como diz o meu amigo Futre podem ir de charteres para ver a equipa”, salientou.

“Depois de todos os problemas que tivemos no princípio da época, chegar a uma final e ter a possibilidade de ficarmos em 3.º lugar no campeonato é inacreditável. É fruto do trabalho de todos, não só dos jogadores, mas de todos os trabalhadores do Braga que nos deram condições para chegarmos aqui”. HUGO VIANA

“É fantástico. Não somos só uma equipa, somos um grupo de guerreiros, que tem vindo a crescer ao longo do tempo. Fiquei contente pelo golo, mas é um golo de toda a equipa”. CUSTÓDIO “Somos um grupo de jogadores que sempre teve a ambição de chegar à final. Sempre acreditamos, fizemos uma grande partida, temos de comemorar. Não fui o único responsável, tinha mais dez a correr comigo e a esforçarem-se. Eu dei só minha ajuda. Todos fizemos por o merecer”. ARTUR MORAES “ Vamos com toda a motivação possível para a final, já provámos que temos uma grande equipa e podemos lutar pelo título. Para nós, é bom que continuem a olhar para nós de forma diferente, é bom que se esqueçam de nós e joguem o favoritismo para o outro lado.”

HUGO DELGADO/LUSA

KAKÁ

Reformulação da paginação do jornal Correio do Minho, no âmbito de uma disciplina.


EDITORIAL

ANIMAZINE // Outubro 2010

Ficha O primeiro passo . . Técnica INDICE:

C

EDIÇÃO Nº 1 ESCRITORES: 2arte11111, bassface, DarkSamurai, DarthSidious, Fenomenal, gutosilva, Honeros, Jynx, Njay, recruta1, RedFenix, shmex, tkdfilipe, trusttt, Zangarf CAPA: DarkSamurai, Zangarf PAGINAÇÃO: Zangarf REVISÃO: Honeros PERIOCIDADE: Mensal DISTRIBUIÇÃO: Gratuita CONTACTO: animazine@gmail.com

omeçou há um tempo atrás, mais propriamente no dia sete de Agosto, uma ideia para a elaboração de uma revista mensal de distribuição gratuita. depois,fezse uma busca por pessoas com vontade de trabalhar muito e de serem exploradas sem receber nada. Segundos depois,juntou-se um bom número de inscrições e hoje cá estamos. E a pergunta mais importante. O que é a ANIMAZINE? A ANIMAZINE é um projecto de pessoas com um pouco de conhecimento a nível de animes, mangas, lançamentos, jogos nipónicos, jmusic, cinema nipónico, eventos, etc. A ANIMAZINE é um grupo de pessoas com vontade de partilhar os seus conhecimentos com outros. Sendo hoje o nosso primeiro lançamento, esperamos ter um bom feedback. Verdade seja dita que nos atrasámos um pouco no primeiro lançamento, mas se as noivas têm permissão para chegarem um pouco mais tarde, porque é que nós também não? O imperdoável é que, devido a problemas na fase final, nem todos os artigos conseguiram ser entregues a tempo. Por isso, nós pedimos desculpa.

Novidades....................4 Os anúncios na indústria do anime. Queres saber o anime que vai estrear?

Fan Service.......6 O que é o Fan Service e qual o seu impacto na Anime?

Entrevista a.......7 A ANIMAZINE foi entrevistar alguém conhecido nestas andaças do anime. Descobre quem!

Análises...........10 Análises de anime e/ou mangas que gostámos de ver e em que vos queremos viciar.

Curiosidades....14 Temas que interesssam a qualquer um. Factos que desconhecemos. Curiosidades acerca de.

A ANIMAZINE é uma revista online gratuita, sem fins lucrativos. Se têm intenções de a publicar no vosso site, por favor contacte-nos através do email acima referido.

-3-

FAN SERVICE

O que é o Fan

Service

ANIMAZINE // Outubro 2010 que, paralelos ao fulcro da acção, têm como mero objectivo entreter e atrair a audiência/público-alvo. O Fan Service tornou-se um hábito por parte dos artistas criadores e é

e qual o seu

por isso que cada vez mais se vêm

na

dade sem este tipo de entretenimen-

Highschool of the Dead

to muitas vezes passam ao lado do

Uma doença misteriosa e letal foi espal-

Anime?

mercado.

hada em todo o Mundo, resultando numa

O que é o Fan Service?” Esta foi a pergunta que alguns de vocês devem ter colocado a vós próprios quando leram o título deste artigo. Para não me prelongar vou apenas dizer que, segundo o ponto de vista dos criadores, é um conjunto de elementos visuais que visam entreter e cativar o público-alvo a observar determinada anime ou manga.

que são lançadas hoje em dia con-

impacto “

animes com nudez explícita e sexo, enquanto que animes de boa quali-

Porém, cada vez mais se vê o

catastrófica taxa de óbitos na popula-

quão eficaz e importante o Fan

ção humana e o crescente aumento de

Service é para os criadores, já que

ataques... por mortos-vivos!

grande parte das séries de animação

Géneros: Acção, Ecchi, Terror

ENTREVISTA

ANIMAZINE // Outubro 2010

Entrevista a Bushido Com a vontade total em começar com o pé direito, a ANIMAZINE decidiu apostar em entrevistar uma cara con-

hecida no anime em Portugal. Enviamos o nosso entrevistador aos confins do mundo, para nos trazer de lá esta esplêndida entrevista a Bushido, criador do conhecido site OtakuPT.#Entrevista

por Zangarf

têm Fan Service. Talvez seja este o único método que os criadores têm

Zangarf: Como começou o projec-

anos, o que começou como um pro-

até às dispendiosas figuras.

de fazer frente a algumas animes

to OtakuPT, e o porquê?

jecto solitário conta agora com 16

Acho que actualmente o OtakuPT

de renome internacional, nomeada-

Bushido: O OtakuPT é um projecto

autores dos quais 6 ou 7 são posters

já entrou na sua fase de maturação

que se iniciou no primeiro trimestre

regulares na sua categoria. Aliás,

sendo uma voz activa na comuni-

de 2007 embora já estivesse pla-

foi interessante observar a maneira

dade nacional.

neado muitos anos antes, apenas foi

como a comunidade foi moldando e

Comunidade nacional que está de

sendo adiado devido à minha forma-

modificando o site à sua imagem,

ção académica.

como resultado abordamos con-

úmeros projectos (fóruns, blogs,

Para além da minha paixão pela cul-

teúdos extremamente diversifi-

sites, etc..) cresceu exponencial-

tura japonesa e da vontade de partil-

cados desde o tradicional anime

mente quer em número quer em

har informação, o site veio na altura

passando pelas exóticas idols

mente Naruto, Bleach e One Piece. Este é um dos motivos pela qual muitos Otakus odeiam o Fan Ser-

Sekirei

vice, o afluente de animes ecchi em

Minato Sahashi é extremamente inteli-

detrimento de outros géneros.

gente, embora devido à sua incapacidade

Como não sou nenhum perito

de estar sobre pressão falhou duas vezes

neste assunto e como quero ainda

no exame de entrada para a Universidade.

dar alguns exemplos de Fan Service,

Como resultado, foi rotulado de idiota e

Este é um tema deveras antigo e

vou acrescentar mais uma coisa no

perdedor pelas pessoas. Até que um dia

bastante polémico entre os amantes

meu artigo: a censura, que afecta

descobre uma rapariga chamada Musubi,

de animação japonesa. Não encon-

principalmente animes ecchi. A TV

uma Sekirei, e torna-se o ashikabi dela.

trei informação oficial relativamente

Tokyo, uma das principais emisso-

Géneros: Acção, Comédia, Ecchi, Superpo-

ao porquê de se ter começado a

ras televisivas de anime, é também

deres, Harem

observar cada vez mais Fan Service

uma das principais responsáveis

numa anime (no entanto, não é difícil

pela censura feita na animação

de adivinhar o porquê) nem informa-

japonesa. Ora bem, tendo em conta

ção relativamente aos primeiros lan-

que há certas e determinadas an-

çamentos de anime com conteúdo

imes que são 100% Fan Service, o

deste tipo. Contudo, nos anos 80 e

que sobra destas quando são cen-

90 foram lançadas animes com Fan

suradas? Pois bem, a censura é uma

Service, o que leva a crer que este

das outras razões pela qual o Fan

termo já exista há mais de 30 anos.

Service é tão polémico. Já devem es-

Deixemo-nos de conversa fiada e

tar a bufar por todos os lados com

To Love RU

esta palha toda, por isso agora va-

Esta história é sobre Rito Yuuki, um rapaz

mos ao que interessa. Vou dar-vos

que está no Secundário e que não se con-

algumas fontes, o Fan Service, Ser-

alguns exemplos (imagens) de Fan

segue confessar à rapariga dos seus son-

vice Cut ou simplesmente Service,

Service.

hos, Haruna Sairenji. Um dia, quando re-

é uma expressão que visa definir

gressa a casa e de mau humor, encontra na

qualquer tipo de multimédia que

banheira uma misteriosa rapariga, nua... Géneros: Comédia, Ecchi, Ficção ciêntífica

-6-

este ano vemos tentativas de explo-

opinião estava em falta. Embora

ração comercial de eventos, provan-

existissem na altura várias comu-

do que nós fãs nacionais de cultura

nidades focadas principalmente em

japonesa somos cada vez mais uma

anime faltava um portal noticioso

força a ter em conta.

escrito em português que abordasse de forma sistemática e holística a

Quem és por detrás do nome

cultura nipónica.

Bushido?

Conseguiste ter a finalidade pre-

anos, uma licenciatura numa área

tendida com o projecto?

da Saúde e já trabalho há mais de 3

Sim,

quero focar neste artigo. Segundo

contenha elementos extra-história

visibilidade, não é por acaso que já

preencher um nicho que na minha

Chamo-me Hélder Archer, tenho 26

partamos para aquilo que realmente

#Fenomenal

parabéns pois através dos seus in-

pois

o

principal

anos numa instituição

objectivo que tinha ao

Hospitalar.

escrever para o OtakuPT

O que fazes nos teus

era divertir-me, alias a par-

tempos livres?

tir do momento em que para

Tendo em conta que dedi-

mim escrever se transformasse

co mais de quatro horas por

numa obrigação ou uma maçada

dia ao OtakuPT e que tenho

eu desistiria logo do projecto.

uma carga horária no trabalho

É também com muito agrado que

extremamente elevada, resta muito

vejo o OtakuPT crescer e ultrapas-

pouco tempo livre. Os escassos

sar várias barreiras ao longo dos

tempos livres que tenho pas-

-7-

A ANIMAZINE é uma revista mensal, de distribuição online gratuita, onde sou eu que a coordeno e pagino. Mais info em: http: issuu.com animazine docs animazine


ENTREVISTA

ANIMAZINE // NOVEMBRO 2010

Entrevista a Mike Mais uma vez a ANIMAZINE decidiu apostar em alto, e desta vez fomos entrevistar Mike, criador do Anime Por-

tugal.

#Entrevista conduzida por Zangarf

Zangarf: O Anime Portugal é

site de fãs para fãs, moldando-se as-

site tivesse a notoriedade que hoje

bastante conhecido nas comuni-

sim no que iria ser o portal Anime

tem, e tanto o fórum como a galeria

dades de anime e manga em Por-

Portugal.

de imagens superaram de longe as

tugal. Porque o criaste, e com que

minhas expectativas.

finalidade?

Ao fim deste tempo todo, o que

O percurso como em grande

Mike: A ideia para a concepção

vês do Anime Portugal, é o que ima-

maioria dos sites, tem sido cheio

do Anime Portugal começou nos fi-

ginavas na altura? O seu percurso

de altos e baixos, e de momento

nais de 2003, após o cosplay na FI-

foi fácil?

a maior dificuldade com que nos

BDA (Festival Internacional da Banda Desenhada da Amadora). Na altura

Na altu-

ra que dei início ao

deparamos é o tempo, pois toda a

projecto,

nunca

equipa trabalha ou estuda. Mas en-

imaginei que o

tre todos, temos vindo sempre a su-

não existia um site comum para os cosplayers partilharem as suas

perar os desafios com que nos te-

fotos, e era necessário procurar e

mos deparado.

visitar vários sites para as ver. Para evitar a dispersão de fotos,

Quem és por detrás do nome

e de modo a criar um arquivo

Mike?

destas para que no futuro fosse

Por detrás do nome Mike, está

engraçado recordar, pensei

o nome Sérgio Miguel Pinto que per-

que seria uma boa ideia

tence a um tipo com 28 anos que

criar um site onde os pró-

é Administrador de Sistemas TI em

prios utilizadores fossem

Lisboa e na Margem Sul. Ele gosta

livres de enviar, de uma

de anime, videojogos, de tudo o

forma simples, as suas

que seja relacionado com infor-

foto tiradas nos eventos

mática (“granda geek”), de dar

portugueses,

centrali-

uma voltas de mota e de be-

zando assim estas

ber uns copos com os ami-

num único local. Foi

com

gos.

esta

ideia que dei início

O que fazes nos

ao projecto que se foi

teus tempos livres?

expandindo com novas ideias à

Quando tenho

medida que ia sendo concebido

algum tempo livre

(fórum, notícias, etc), sempre

aproveito para dor-

com a mentalidade de ser um

mir, estar com os meus

-9-

ANÁLISES

ANIMAZINE // NOVEMBRO 2010

Tokyo

CURIOSIDADES

ANIMAZINE // NOVEMBRO 2010 Suneate: Duas lâminas verticais

enfrentarem o perigo sem medo.

presas na canela por juntas ou cor-

Sem perder a feminilidade essas

Magnitude 8.0 C

urto, realista e assustador. Estes são os 3 adjectivos que podem descrever da melhor maneira este trabalho conjunto dos estúdios Bones e Kinema Citrus. Tentarei descrever um pouco do que trata esta série e espero que seja do vosso agrado.

esposas, cuidavam de sua aparência

rentes.

vestiam-se com esmero, gostavam

Haidate: Protector de coxas, com a

de manter a pele clara, usando ba-

parte inferior sobreposta de lâmi-

tom e pintando os dentes de preto

nas de metal ou couro.

(tingir os dentes de preto era hábito

Yugate: Luvas feitas de couro.

de toda mulher casada), retiravam as

Kotê: São as mangas que prote-

sobrancelha e cuidavam com muito

giam os antebraços e punhos, po-

carinho dos longos cabelos escuros.

deriam ser feitas de diversos materiais, como tecido, couro ou lâminas

Armadura e Armas

de metal. Dô: Protector para o abdómen.

Uma armadura típica dos samu-

História:

rais era composta por diversos de-

Kusazuri: Um tipo de saia feita de

talhes importantes, sofrendo mu-

lâminas de metal presas a um cinto

danças de acordo com o período

de couro e amarradas no Dô, servia

Pegando nos adjectivos mencionados anteriormente,

histórico, o clã e a classe do samurai

para proteger o quadril e as coxas.

o realismo é parte-chave da história e merece total des-

As usadas para batalhas a cavalos,

Uwa-obi: Cinto feito de linho e algo-

taque nesta análise.

chegavam a pesar até quarenta qui-

dão que amarrava o Dô.

los.

Sode: Protector de ombros feito de

O Japão, cenário da história, sempre foi uma zona

lâminas de metal.

bastante fustigada por sismos e nos últimos anos têm-

A arma mais famosa dos samu-

se sentido abalos de grande intensidade. Não sendo

rais através da história é a katana,

Hoate: Máscara que variavam muito

propriamente um país mal preparado para estas situ-

a espada curva. A katana nunca foi

de modelo, conforme o período.

uma família que tem tudo para arranjar confusões diá-

usada sem sua espada companhei-

Kabuto: Capacete, que também va-

rias entre eles devido ao stress. Um dia, Yuuki pede à

ra, a wakizashi, uma arma mais

riavam muito de modelo, conforme

A história desta série baseia-se num hipotético aba-

sua mãe que o leve a uma exposição de robots e essa

curta com a lâmina mais larga, as

o período. Simbolizavam o poder e

lo sísmico que atinge uma das regiões mais fustigadas

tarefa acaba por ser delegada para Mirai que aceita por

duas espadas juntas são referidas

status do samurai.

por sismos e bastante perto da capital Tóquio. Ao longo

falta de alternativas.

como daisho, significando “grande

Horo: Capa, feita de seda utilizada como aparador de flechas, também

ações, é um desafio colossal preparar mais de 120 milhões de pessoas para situações de catástrofe.

dos 11 episódios, é possível ver os protocolos despole-

Mirai é uma jovem adolescente irritadiça, pode dizer-

e pequena”. A palavra dai (grande)

tados neste tipo de situações e dá ao espectador dados

se que está na idade em que acha que o mundo inteiro

representa a katana e a palavra sho

levava consigo o desenho do clã o

suficientes para se conseguir imaginar numa situação

está contra ela.Durante a exposição,acaba por encon-

(pequena) representa a wakizashi.

qual o samurai participava.

idêntica.

trar sempre alguém que a faça ficar de mau humor. Uma

Os ferreiros que criavam katanas

dessas pessoas é a 3ª personagem principal, Kusakabe

para os samurais são considerados

Mari que tem um encontro fugaz com as crianças.

Com todo este aparato, a história foca-se principalmente em três personagens que acabam por se cruzar das dificuldades que têm de enfrentar. Os irmãos Onozawa, Mirai e Yuuki, fazem parte de

mem em dois com um só golpe.

os melhores fabricantes de espa-

Além de espadas e arcos, o sa-

Ao saírem de regresso a casa, os dois irmãos sepa-

das da história. Um dos maiores

murai usava vários tipos de armas

ram-se por instantes e é durante esse intervalo que real-

desafios de se fabricar uma espada

longas (lâminas presas a longos

mente começa a história.

é mantê-la afiada. Uma arma feita

bastões). Uma das mais comuns era

com um metal duro irá manter o fio,

a naginata, que consistia em uma lâ-

mas é frágil e tem a tendência de se

mina afiada de 60 a 120 centímetros

partir. Os ferreiros japoneses resol-

de comprimento montada em uma

veram o problema fazendo o núcleo

haste de madeira com 1,2 a 1,5 me-

I’ve had enough.

da espada com um metal macio, que

tros. O alcance extra proporcionado

Everything’s such a

não se quebra. Esse núcleo era co-

por estas armas permitia à infanta-

bother.

berto com camadas de metal mais

ria conter os atacantes ou desferir o

The world should just

duro que eram repetidamente do-

primeiro ataque antes que um opo-

break.

brados e martelados até que fossem

nente com uma espada pudesse al-

literalmente milhões de camadas de

cançá-los. Eram bastante eficientes

metal laminadas juntas. O corte era

contra inimigos montados.

aleatoriamente antes do sismo e se ajudam ao longo

Onozawa Mirai

tão afiado que um um espadachim habilidoso poderia partir um Ho-

- 12 -

Segundo lançamento da revista ANIMAZINE. Mais info em: http: issuu.com animazine docs animazine2

- 32 -


Tipografia

É

A história e características

o sitema mais antigo de impressão tipográfica. A sua invenção foi atribuida a Gutenberg*, mas esta técnica já provinha da China, pois existem obras que datam do ano 1040.

A história da impressão sobre papel começou na China, no final do século II. Os chineses sabiam fabricar papel, tinta e usar placas de mármore com o texto entalhado como matriz. Quatro séculos depois, o mármore foi trocado por um material mais fácil de ser trabalhado, o bloco de madeira. Os mais antigos textos impressos que se conhecem são orações budistas. Foram feitos no Japão entre os anos 764 e 770. O desenvolvimento da escrita deu um novo salto no século XI graças a um alquimista chinês, Pi Cheng, que inventou algo parecido com tipos móveis, letras reutilizáveis, agrupadas

*

Gutenberg, de seu nome completo Johannes Gensfleisch zur Laden zum Gutenberg, nascido em cerca de 1398 e faleceu a 3 de Fevereiro de 1468. Diz-se que seria ourives.

A história e características

F

oi o segundo sistema de impressão a ser criado. Não se sabe ao certo onde surgiu a Flexografia, mas data-se da sua aparência nos finais do século XIX, segundo registros históricos que apontam o seu surgimento nos Estados Unidos, no ano de 1860. Segundo o que li, há quem lhe chame “a arte de carimbar em movimento”. Passo a explicar a explicação para tal afirmação: A flexografia poderá explicar-se como o simples movimento de usar um carimbo (clichê), uma almofada de tinta (cilindro anilox) e um papel (substrato) para se obter uma imagem impressa. No início era chamado de “impressão com anilina”, porque a tinta, que inicialmente era um corante a base de anilina dissolvida em álcool, desenvolveu-se em meados dos anos 50, assumindo o pigmento como elemento corante e agregando valor às exigências dos produtos impressos. Em 1952, no 14º Fórum do Instituto de -9-

-4-

Offset

Serigrafia

A

Flexografia

A história e características

Serigrafia é o método de impressão mais recente. Convivemos diariamente com serigrafias sem desconfiarmos que também são usadas por artistas. Alguns outros nomes deste método de impressão, é o silk-screen, ou seja, estampagem.

O

A história e características

offset é um os meios de impressão mais usados. Ele é usado para impressões de uma boa qualidade, pois permite uma boa qualidade final e é feito com grande rapidez.

O offset é um dos processos de impressão mais utilizados desde a segunda metade do século XX. Ele permite uma boa qualidade para médias e grandes tiragens, além de imprimir em praticamente todos os tipos de suportes pois o papel corre pela máquina, e não precisa de nenhuma intervenção humana enquanto o processo é feito. Mas esta intervenção só não entre na impressão em si, pois a máquina precisa de vários ajustes durante a impressão, na quantidade de tinta e água. O offset faz uma impressão indirecta: ou seja, a imagem não é impressa directa no material em si. Supondo que estávamos a imprimir em papel, isso acontece pois a superfície da chapa onde está a ima-

A serigrafia é muito comum na utilização comercial, servindo para uma larga aplicação, seja em tecidos, plásticos, vidro, cerâmica, madeira ou metal. No Japão o processo com estêncil alcançou grande notabilidade no período Kamamura quando as armaduras dos samurais, as cobertas de cavalos e os estandartes tinham emblemas aplicados por esse processo. Durante os séculos XVII e XVIII ainda se usava esse tipo de impressão na estampagem de tecidos. Foram raros os artistas que utilizaram o processo como ferramenta para a execução de gravuras, ou de trabalhos gráficos. Theóphile Steinlein, um artista suíço que vivia em Paris no início do século é um - 13 -

- 23 -

Brochura realizada no âmbito de uma disciplina. Esta brochura apresentava os vários tipos de impressão.


Teatro BTNext

BTNEXT

5

BTNEXT

37

Cena 1

Auto da Barca do Inferno

BTNEXT

15

Entretanto, vem-se aproximando da Barca do Diabo o Onzeneiro, uma pessoa de modos simples, mas que fez uma fortuna à custa dos outros. A sua vestimenta é algo peculiar, pois tenta-se passar por alguém com classe, sem de facto a ter. De uma forma rude, interpela o Diabo:

Cena 8

ONZENEIRO: P’ra onde bai este barco? DIABO: “Bai” para um sítio onde não chove nem faz frio, talvez vás gostar da estadia! Mas diz-me, porque demoraste tanto tempo a vir? E... Porque vens nessa figura? ONZENEIRO: Talbez goste, mas diz-me cá mesmo p’ra onde bai isto, que eu não gosto cá de meias palabras! Ainda agora morri, não quero que me enganem por ser nobiço! DIABO: Não te preocupes, que esta barca é do teu interesse, pois vai para um sítio onde até os “nabos” são aceites! AHAHA! ONZENEIRO: Podes-me chamar o que quiseres, pois na minha bida habituei-me a oubir muita cousa! Diz-me lá de uma bez para onde bai isto! DIABO: AHAHAH! Tens uma maneira muito esquisita de falar! Estou a “ber” que “bou”; ter que “bizer”! Ahhh!! Esta não era! Então esta “varca bai pro” Inferno! ONZENEIRO: ‘Tão esta barca não é p’ra mim!

Paginação de um mini livro com o intuito de distribuição online, de uma edição do Auto da Barca do Inferno, realizada num fórum.


Este trabalho faz parte de uma “wormâ€? de 30 metros, realizada nos Encontros Design GrĂĄfico 2010, para festejar o 25 de Abril.


A Escola Profisssal de Braga deseja-lhe...

...Boas Festas

Postal de Natal realizado para a Escola Profissional de Braga, no Natal de 2009, sobe a temática “astronomia”.


Postal de Natal realizado para a Escola Profissional de Braga, no Natal de 2010, sobe a temática “biodiversidade”.


Embalagem realizada no 창mbito de uma disciplina.


Sugestão das t-shirts para os Encontros Design Gráfico’11.


Imagem elaborada com fim de comemorar os 22 anos da Escola Profissional de Braga.


Ilustração realizada de âmbito pessoal. A ilustração foi realizada copiando uma outra ilustração a olho.


Ilustração realizada seguindo um tutorial.


Ilustração realizada seguindo um tutorial.


Portfolio  

Portfolio de Sérgio Martins

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you