Page 1

Corre, corre, cabacinha Conto tradicional, baseado no conto de Alice Vieira

Ilustrações e reconto: Turma CE1 – 1º ano Centro Escolar de Santa Maria


Era uma vez uma velha quhe vivia sozina na floresta.


Um dia foi ao batizado de um neto e para isso teve que atravessar a floresta sozinha.


Ainda mal tinha acabado de entrar na floresta, logo lhe apareceu um lobo que lhe disse que a ia comer.


O lobo deixou-a ir mas com a promessa de ficar Ă espera dela.


Mais adiante, encontrou um vendedor de cabaรงas que lhe ofereceu ajuda. Lรก foram os dois ao batizado.


Quando a festa acabou, o velho foi buscar uma das suas cabaças e disse à velha que se metesse lá dentro e fosse a rebolar até chegar a casa sem nunca parar.


A velha assim fez. O lobo quando viu a cabaça perguntou: - Ó cabacinha, não viste no caminho uma velha mirradinha?


Corre,corre, cabacinha  

história

Corre,corre, cabacinha  

história

Advertisement