Page 1

ABRIL 2018 | Nº61 | MENSAL | REVISTA DE DISTRIBUIÇÃO GRATUITA | NÃO PODE SER VENDIDA

DIRETOR EDITORIAL: TIAGO BELIM

música

Salto, o primeiro disco de Fernando Daniel

PATROCÍNIO:

apps

Conhece as que te vão ajudar a estudar

A melhor estratégia para lidares com

os exames nacionais O estudo é importante, mas o descanso, a alimentação e a organização do teu tempo e rotinas também o são. Damos-te a melhor estratégia para lidares com os exames!

PUB:


)MAGINA CRIA DIVERTE TEEAPRENDE!GRANDEFAMยคLIADEPRODUTOS,IDERPAPELCOLOCAร TUADISPOSIยฝรกOUMMUNDODEPOSSIBILIDADESPARAEXPANDIRESOTEUUNIVERSOCRIATIVO


08 12 14 16 20 24

30

MEGA NEWS

A Mega Hits leva-te a todos os Festivais de Música!

ESCOLAS

Girls in STEM: Mulheres ao poder tecnológico

POLITÉCNICOS

Politécnico de Leiria: O caminho para o sucesso

DESPORTO

FIFA World Cup 2018: Grupos C e D

MÚSICA

O Salto de Fernando Daniel

A TUA ESCOLHA

Alimentação, descanso e estudo: tudo para dares o teu melhor nos exames nacionais!

24

14

MODA

Descobre o teu estilo com a Inês Alves d’O Diário de uma Astronauta!

SER DECOJOVEM

Mundo ON: Liga-te ao Mundo!

APPS

Sabias que há apps que te podem ajudar a estudar?

08

27 28

índice 16

04 06

PASSATEMPOS

2 1

QUEBRA-CABEÇAS

editorial

Se estás no 12º ano, começa agora a altura mais stressante de todas: Os exames nacionais! E se o estudo é importante, o descanso, a alimentação e a organização do teu tempo e das tuas rotinas são igualmente fundamentais. Por isso juntamos tudo nesta edição da Mais Educativa e damos-te a melhor estratégia para lidares com os exames! Fomos ainda à Escola Secundária D. Filipa de Lencastre para perceber como é que o projeto "Girls in STEM" ensina a arte de programar a jovens alunas do Secundário, conversámos com o Fernando Daniel sobre o seu disco e damos-te os melhores conselhos de moda para encontrares o teu próprio estilo! A partir da próxima edição a Mais Educativa terá uma nova Diretora Editorial, que vai chegar com muita vontade de escrever sobre os teus temas favoritos. Para mim, foi incrível fazer parte deste projeto e ouvir o feedback dos nossos leitores ao andar pelas escolas. Continua sempre a seguir a Mais Educativa! Tiago Belim, Diretor Editorial

҄DIBU©DOJDB

Proprietário/Editor: Young Direct Media, Lda

NIPC nº 510080723 ADMINISTRAÇÃO E DIREÇÃO GERAL DA EMPRESA Graça Santos, gracasantos@youngdirectmedia.pt | DIRETOR ADJUNTO DA EMPRESA Paulo Fortunato, paulofortunato@youngdirectmedia.pt Sede de redação: Rua António França Borges, nº 4A loja Dta. 2625-187 Póvoa de Santa Iria Tlf: 21 155 47 91 Fax: 21 155 47 92 Email geral: geral@youngdirectmedia.pt Empresa jornalistica inscrita com o nº: 223852 C api tal S oc i al : 22.500 eu r os

D eten tor es do c api tal : G r aç a S an tos, P au l o F or tu n ato, D u ar te For tu n ato

www.maiseducativa.com Revista de conteúdos educativos para os alunos do Ensino Secundário DIRETOR EDITORIAL Tiago Belim, tiagobelim@youngdirectmedia.pt | JORNALISTA Sónia Costa, soniacosta@youngdirectmedia.pt| DIRETOR COMERCIAL E PUBLICIDADE Duarte Fortunato, duartefortunato@youngdirectmedia.pt | ACCOUNT Gonçalo Pires, goncalopires@ youngdirectmedia.pt | COLABORADORES EDITORIAIS DECOJovem, MEGA HITS | DESIGN Cristina Germano, imagem@youngdirectmedia.pt | COMUNICAÇÃO Hugo Silva, comunicacao@youngdirectmedia.pt; Cristiana Silva, cristianasilva@youngdirectmedia.pt ESTATUTO EDITORIAL A Mais Educativa é uma revista mensal de informação geral e de âmbito nacional, que pretende fornecer aos jovens estudantes do Ensino Secundário conteúdos sobre as suas áreas de interesse, como educação, cultura e tecnologia, entre outros. A Mais Educativa pretende incentivar o gosto pela leitura e pela escrita, e contribuir para a informação e formação dos jovens. A Mais Educativa regese, no exercício da sua atividade, pelo cumprimento rigoroso das normas éticas e deontológicas do Jornalismo, bem como pelos princípios de independência e rigor editorial. É interdita a reprodução, parcial ou integral, de textos, fotografias ou ilustrações desta revista, sob quaisquer meios e para quaisquer fins, sem a autorização escrita da Mais Educativa. Tiragem: 15.000 exemplares Distribuição: Gratuita Periodicidade: Mensal Registo na ERC nº 126169 Depósito legal: 341259/12 TIPOGRAFIA E MORADA: Monterreina, Cabo da Gata, 1-3, Área Empresarial Andalucia, sector 2 28320 Pinto Madrid - Espanha BANCO DE IMAGENS : Todas as imagens utilizadas nesta publicação, salvo as que estão creditadas, são ESTA PUBLICAÇÃO JÁ SE ENCONTRA ESCRITA AO ABRIGO DO NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO.

retiradas do Adobe Stock.


Informação cedida pelo departamento comercial

4

passatempos Queres ganhar um destes prémios fantásticos? Vai a www.maiseducativa.com, visita a secção Passatempos e vê o que temos guardado para ti. Só tens de entrar no artigo e ver como podes participar. Boa sorte!

Ganha 1 Mapa Raspadinha da Bairro Arte Gostas de viajar pelo mundo? Temos para te oferecer um Mapa Mundo Raspadinha da loja Bairro Arte. PARTICIPA ATÉ

PVP: Sob consulta

3 DE MAIO

Tshirt queroTshirt Gostas de usar roupas personalizadas? Então vais gostar deste passatempo que temos para ti! A Mais Educativa juntou-se à QueroTSHIRT numa parceria, e temos para te oferecer duas peças de roupa com uma personalização à tua escolha. PARTICIPA ATÉ

PVP: Sob consulta

4 DE MAIO

3 vales Just A Just juntou-se novamente com a Mais Educativa numa parceria e estamos a oferecer 3 vales com 25% de desconto para gastares nesta loja. PARTICIPA ATÉ

PVP: Sob consulta

7 DE MAIO

CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO

Cada passatempo da revista Mais Educativa tem um regulamento próprio que é necessário cumprir para poderes participar. Para conheceres o regulamento do(s) passatempo(s) que te interessam, consulta a secção "Passatempos a Decorrer" em maiseducativa.com.

abril 2018

maiseducativa.com


WWW.IPSANTAREM.PT

CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS LICENCIATURAS PÓS-GRADUAÇÕES MESTRADOS ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO E TECNOLOGIA ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA

ESCOLA SUPERIOR DE DESPORTO DE RIO MAIOR

ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE

Contacta-nos: academicos@ipsantarem.pt


6

mega news

WELCOME PRIMAVERA! ALL ABOARD FESTIVAIS DE MÚSICA! VAIS A TODOS COM A MEGA HITS!

Farto dos dias de chuva, de estar enfiado em casa a estudar para exames atrás de exames, dos casacos de inverno e das botas? Está aí a primavera e está na hora de mudares o chip a isto tudo! Sol, tempo mais quente, exames a terminar e se ainda não tens o outfit perfeito para desfilares pelos melhores festivais é melhor começares a tratar disso, porque a MEGA HITS traz-te os melhores de sempre!

Começas já com o Rock in Rio Lisboa, nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho! Desta vez, com grandes novidades repartidas por quatro palcos alucinantes: o já clássico Palco Mundo onde vais poder ver Muse, Bastille, Bruno Mars; Demi Lovato, Agir, Diogo Piçarra; The Killers; The Chemical Brothers, Katy Perry; Jessie J, entre muitos outros. No Music Valley vais ter Carolina Deslandes, HMB, DJ Vibe, Deejay Kamala, Capitão Fausto, Carlão,

Blaya e muito mais. Este ano, a grande novidade de palcos é o Digital Stage, onde os teus ídolos do YouTube e das redes sociais saem do ecrã para se encontrarem cara a cara contigo! Confirmados já estão o Wuant, o Windoh e o SirKazzio, entre muitos outros! E ainda um Game Ring onde vais poder entrar em explosivos confrontos de gaming.

Em julho, a MEGA HITS regressa contigo ao Ericeira Camping para o Sumol Summer Fest, nos dias 6 e 7 de julho. O cartaz já está completo e divide-se entre o palco Sumol e o Palco Quicksilver Boardriders, com coisas tão cool e chill como French Montana, Wet Beg Gang, April Ivy, Joey Bada$$, The Jillionaire (Major Lazer), Piruka, Fresh P DJ set, Dois Brancos & Um Preto, Cupcake Mafia, entre muitos outros. Prepara a tua tenda e sabe mais no site da MEGA HITS!

O último mês do verão não acaba sem a MEGA HITS te levar para outro festival. Malas aviadas para a Zambujeira do Mar, para um dos festivais mais míticos do país: MEO Sudoeste! E este ano está mesmo bom! Shawn Mendes, Hardwell, Wizkid, Piruka; Marshmello, Mundo Segundo & Sam The Kid, entre muito mais confirmações a chegar!

De junho a agosto, vai ser o verão inteiro com a MEGA HITS a dar-te grandes emoções com os teus artistas favoritos nos melhores festivais. E claro, como a MEGA HITS está metida nisto, prepara-te porque vai haver bilhetinhos para ganhar! Como? É ficares bem colado à tua rádio e aos teus MEGA Animadores! Em breve terás novidades para curtires o melhor verão de sempre, sem levares os teus pais à falência =) Sabe mais em www.megahits.sapo.pt!

abril 2018

maiseducativa.com

Em pleno pico do verão, a MEGA HITS vai levar-te para o lendário Super Bock Super Rock, no Parque das Nações, em Lisboa, de 19 a 21 de julho. Já fizeram check-in The XX, Justice, The Vaccines, Travis Scott, Anderson, Tom Misch, Oddisee & Good Company, Julian Casablancas & The Voidz, entre outros. O festival mais urbano do teu verão espera por ti, e é claro que a MEGA HITS tinha de estar metida nisto!

MEGA HITS! MAIS DE 45 MINUTOS DE MÚSICA SEM PARAR! MAIS MÚSICA NOVA!

5 megahits.sapo.pt f MegaHits T megafmhits megahitstagram Ouve a MEGA HITS em

LISBOA 92.4 FM | PORTO 90.6 FM | COIMBRA 90.0 FM | SINTRA 88.0 FM | AVEIRO 96.5 FM | BRAGA 92.9 FM


CTeSP e LICENCIATURAS CURSOS TÉCNICOS SUPERIORES PROFISSIONAIS CTeSP ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA

Análises Químicas e Biológicas Cuidados Veterinários Desporto Equestre e Equinicultura Energias Renováveis Produção Agrícola Proteção Civil Recursos Florestais

ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO

ESCOLA SUPERIOR DE ARTES APLICADAS

Animação Sociocultural Aplicada à Gerontologia Assessoria e Comunicação Empresarial Desporto Recreação Educativa para Crianças

Comunicação Audiovisual

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA

Automação e Gestão Industrial Desenho e Modelação Gráfica Desenvolvimento de Produtos Multimédia Fabrico e Manutenção de Drones Instalações Elétricas e Telecomunicações Reabilitação do Edificado Redes e Sistemas Informáticos Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação

ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO

Comércio Eletrónico Gestão Empresarial Organização e Gestão de Eventos Restauração e Bebidas

LICENCIATURAS ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA

ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO

Agronomia Biotecnologia Alimentar Engenharia de Protecção Civil Enfermagem Veterinária Produção de Alimentos e Nutrição Humana

Desporto e Actividade Física Educação Básica Secretariado Serviço Social

ESCOLA SUPERIOR DE ARTES APLICADAS

Contabilidade e Gestão Financeira Gestão Comercial Gestão Hoteleira Gestão Turística Solicitadoria

Design de Comunicação e Audiovisual Design de Interiores e Equipamento Design de Moda e Têxtil Música - variante de Canto Música - variante de Formação Musical Música - variante de Instrumento Música - variante de Música Electrónica e Produção Musical

ESCOLA SUPERIOR DE SAÚDE DR. LOPES DIAS

Ciências Biomédicas Laboratoriais Enfermagem Fisiologia Clínica Fisioterapia Imagem Médica e Radioterapia

ESCOLA SUPERIOR DE GESTÃO

ESCOLA SUPERIOR DE TECNOLOGIA

Engenharia Civil Engenharia das Energias Renováveis Engenharia Electrotécnica e das Telecomunicações Engenharia Industrial Engenharia Informática Tecnologias da Informação e Multimédia

/ipcb.pt

@IPCBoficial

/ipcb.pt

politecnicocbranco

WWW.IPCB.PT


8

escolas REPORTAGEM E FOTOS: Tiago Belim

Girls in STEM.

Mulheres ao poder tecnológico Vai começar em breve a segunda edição do Girls in STEM, um projeto educativo da Vodafone que ensina raparigas do Ensino Secundário a programar, preparando-as para um mercado de trabalho cada vez mais tecnológico. A Mais Educativa esteve na Escola Secundária D. Filipa de Lencastre, viu como se aprende a programar, e conta-te tudo nesta reportagem. Em 2025, o mercado de trabalho vai ser marcado, a nível mundial, por uma forte componente tecnológica. E para que exista igualdade de oportunidades de emprego entre homens e mulheres, ambos precisam de ter bases tecnológicas. O que é facto é que, atualmente, são poucos os exemplos de mulheres em cargos ligados à tecnologia, e são poucas as estudantes do sexo feminino a estudar estas áreas nas universidades. É por isso que a Vodafone está empenhada em formar jovens mulheres nas áreas tecnológicas, com o Girls in STEM, um projeto mundial que pretende atrair estudantes do Ensino Secundário para as áreas tecnológicas e fazer da Vodafone líder no que às oportunidades de mercado para mulheres diz respeito, no ano de 2025. Para atingir este objetivo, a empresa decidiu trabalhar com jovens destas idades por ser mais difícil fazê-lo com alguém que já esteja no mercado de trabalho e que já tenha o seu percurso definido. Com esta formação, a Vodafone prepara estas estudantes para o mercado de trabalho do futuro, qualquer que seja a área onde possam vir a exercer atividade. O Girls in STEM na Escola Secundária D. Filipa de Lencastre Em Portugal, o primeiro projeto piloto do Girls in STEM decorreu no final de 2017, foi lecionado pela escola Happy Code num total de

abril 2018

maiseducativa.com

12 horas e envolveu duas turmas e 23 alunas da Escola Secundária D. Filipa de Lencastre. Conforme nos elucidou João Luís, responsável pela Happy Code na região Oriente de Lisboa, esta primeira fase “serviu para testar o projeto”, havendo no final lugar a uma sessão na Vodafone Portugal, para a qual “foram convidadas as alunas e os seus encarregados de educação, e onde puderam visitar as instalações da empresa e ouvir alguns dos seus colaboradores falar do percurso que fizeram”, concluiu.

com esta idade possam desde já começar a aprender a programar. Eles têm imensa sorte e acho que toda a gente que esteja no Secundário e tenha a oportunidade de se inscrever numa formação destas deve fazê-lo, porque a programação é o futuro.” Por seu lado, João Luís refere que “aprender programação é útil em si mesmo, mas também ajuda a ter à-vontade com a tecnologia e à aprendizagem de outras disciplinas como a matemática, as ciências, a geometria ou o inglês, entre outras”.

O que é facto é que, terminado o programa, as alunas participantes mostraram interesse em continuar a aprender as linguagens de programação. É por isso que, neste momento, estão a decorrer, nesta escola de Lisboa, aulas extracurriculares dedicadas à programação. João Luís explicou-nos que estão “divididas em dois módulos, onde o nível de dificuldade é maior que aquele que existia no projeto piloto, e onde também é possível a rapazes participar”.

O que se aprende A escola Happy Code dá aulas de programação a jovens dos 7 aos 17 anos, em três faixas etárias distintas, e é parceira da Vodafone Portugal neste projeto, sendo responsável por assegurar a componente letiva. Esta empresa preparou, de acordo com João Luís, “um programa curricular com conteúdos específicos”, que para as primeiras aulas aposta “numa abordagem simples para quem nunca fez programação”. A partir daí, as jovens podem “desenvolver as suas próprias apps com base numa programação muito simples – vão aprender APIs para consultar informação externa, como e para que funcionam os vários sensores que fazem parte do smartphone, a trabalhar com o ecrã para fazerem desenhos com o dedo, a fazer tradutores de português para inglês e a explorar outras línguas, a pôr o smartphone a falar, entre várias outras coisas”, ilustrou João Luís.

Porquê programar? Afinal, por que razão deves aprender a programar? Alexandra Silva é estudante do mestrado em Engenharia Informática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da NOVA e formadora da Happy Code, e é ela quem está, neste momento, a ensinar os alunos da Escola Secundária D. Filipa de Lencastre. Na sua opinião, as aulas “têm corrido bem e são claramente uma mais-valia para que jovens


10

escolas

Tanto o programa do projeto Girls in STEM como os módulos mais avançados que estão agora a ser ensinados aos alunos da Escola Secundária D. Filipa de Lencastre são “formações muito lúdicas, tal como todo o programa de ensino da Happy Code, onde tudo o que é ensinado é colocado imediatamente em prática por quem aprende”, concluiu este responsável. Perguntámos à formadora Alexandra Silva se estudantes tão jovens conseguem assimilar facilmente o que é programar. Do seu ponto de vista, esta formação “está a ser dada de forma acessível e por partes, começando pelo mais básico e avançando com o passar do tempo. O que eu considero super importante é a prática que estes alunos vão tendo, porque a programação envolve muita repetição e quanto mais ouvirem falar e quanto mais aplicarem na prática, mais depressa vão interiorizar a informação. De início tudo isto pode parecer algo confuso, mas com o tempo e a aplicação vai-se assimilando e dando conta do recado. Não é nenhum bicho de sete cabeças!” Para ensinar os jovens, esta formadora utiliza como ferramentas “aquilo que mais os motiva: as apps e os jogos. Neste caso estamos a fazer apps para telemóvel, utilizando o Android Studio e a programação Java, o que significa que se mais tarde precisarem de programar noutras linguagens já terão muitas bases.” Ao mesmo tempo, estão a fazer coisas interessantes como é o caso das aplicações para telemóvel, e estão a ver o reflexo da sua aprendizagem a materializar-se.

abril 2018

maiseducativa.com

O que dizem as alunas? A Catarina e a Daniela Bailão são irmãs e alunas da Escola Secundária D. Filipa de Lencastre, participaram no projeto piloto Girls in STEM e estão agora a aprender os módulos de programação seguintes, e contaram-nos porquê: “Foi a Daniela quem começou a incentivar-me a participar neste projeto, e depois chantageou-me ao dizer que não iria sozinha”, brincou a Catarina Bailão, ao que a irmã respondeu que foi à sua turma que apresentaram o projeto, e que depois pediu “aos pais para me inscreverem, apesar de eles não me terem ligado muito. Até que na reunião de pais voltaram a falar sobre o assunto e eles disseram que nós iríamos”. E porque é que estas duas jovens se interessaram pelo Girls in STEM? A Catarina respondeu que “é mais uma coisa diferente. Nunca tínhamos ouvido falar nem fazíamos ideia do que era!” Quanto à aprendizagem da programação propriamente dita, as irmãs tiveram maior facilidade “no projeto Girls in STEM, pois as aulas do novo módulo são mais exigentes”

e referem que as aulas “começam por rever a matéria dada na lição anterior, antes de se aprender algo novo”, que consiste em “pequenos passos que vamos dando a cada aula, para depois conseguirmos fazer tudo”. Na opinião destas alunas, “o desafio de programar foi tornado muito simples, e o que pode parecer difícil na verdade não é”, assegurando que “basta estar muito atento às primeiras aulas para entrar no ritmo”. A Catarina e a Daniela consideram que aprender a programar “é importante, porque é algo cada vez mais usado”, e é importante sobretudo entre as mulheres, que “normalmente não são tidas nem achadas quando falamos de programação, mas podem vir a ser. E quanto mais depressa e mais novas começarmos a olhar para isto de outra maneira, melhor. Trata-se de mudar a mente das pessoas.” Em breve, terá início uma nova edição do Girls in STEM, abarcando desta vez quatro turmas – duas na Escola Secundária D. Filipa de Lencastre, e mais duas noutra escola que ainda não foi divulgada.


ENSINO SUPERIOR PÚBLICO

POLITÉCNICO DE SETÚBAL Tens tudo para vencer

LICEN CIATU RAS E N G E N HA R IA E T ECN O LO G IA

www.ips.pt - estudar@ips.pt

CIÊ N CIAS E MP R E SA R IA IS CIÊ N CIAS SO CIA IS, E DU CAÇÃO E D E SPO RTO SAÚ D E

Juntos fazemos o amanhã

ou segue um caminho diferente com um dos nossos 26 CTeSP – cursos técnicos superiores profissionais


12

politécnicos

O Politécnico de Leiria leva-te ao sucesso!

Escolher o teu curso de Ensino Superior pode parecer uma tarefa complicada. Sabemos que as dúvidas são muitas, que a oferta é diversificada, e que por vezes a decisão quanto à área a seguir ainda não está totalmente definida. No Politécnico de Leiria encontras uma formação de qualidade e orientada para o mercado de trabalho nas áreas de Artes e Design, Ciência e Tecnologia do Mar, Ciências Empresariais e Jurídicas, Educação e Ciências Sociais, Engenharia e Tecnologia, Saúde e Desporto, e Turismo. O Politécnico de Leiria proporciona-te uma experiência académica de qualidade e ajuda-te a descobrir o teu lugar. Desde o primeiro momento que procura construir contigo a rampa de lançamento para uma vida profissional de sucesso e realizadora, através de um conjunto de valores fundamentais para esta instituição: a inclusão, a cooperação, a responsabilidade, a criatividade e inovação, e o espírito crítico e empreendedor. O Politécnico de Leiria assume-se como uma instituição multidisci-

plinar, multicultural e inclusiva, procurando desenvolver a sua ação não só no seu contexto académico interno (estudantes, docentes, investigadores, técnicos e administrativos), mas também num âmbito mais alargado que passa pelos seus diplomados, empresas e demais instituições públicas e privadas de âmbito nacional e internacional. Vem conhecer melhor esta que pode ser a tua casa já no próximo ano letivo. Queremos que conheças o Politécnico de Leiria. Vamos lá?

Politécnico de Leiria: o que somos, onde estamos 5 cidades | 5 escolas | 2 infraestruturas científicas | 18 unidades de I&D Leiria Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS) Escola Superior de Tecnologia e Gestão (ESTG) Escola Superior de Saúde (ESSLei)

Caldas da Rainha Escola Superior de Artes e Design (ESAD.CR)

Peniche Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar (ESTM) Centro de I&D, Formação e Divulgação do Conhecimento Marítimo (CETEMARES)

Marinha Grande Centro para o Desenvolvimento Rápido e Sustentado do Produto (CDRSP)

Torres Vedras Núcleo de Formação do Politécnico de Leiria / LabCenter

abril 2018

maiseducativa.com

11.500 estudantes 1.200 professores, investigadores e técnicos 49 licenciaturas 74 mestrados e pós-graduações 39 TeSP


politécnicos

Excelência Académica

13

Formação de qualidade +900 professores / 60% doutorados +130 Laboratórios 18 Unidades de investigação 1 Centro de Transferência de Conhecimento 1 Parque Tecnológico 3 Incubadoras de empresas

Ligação ao mercado de trabalho + 800 acordos de colaboração com instituições e empresas +1.000 ofertas na Feira do Emprego do Politécnico de Leiria + 2.500 estágios por ano

Multiculturalidade e Inclusão 1200 estudantes estrangeiros + 250 estudantes portugueses em mobilidade internacional 65 nacionalidades 9 mestrados lecionados em inglês + 350 protocolos internacionais • Centro de Recursos para a Inclusão Digital • Centro de Línguas e Cultura Chinesa

Ligação ao mercado de trabalho + 800 acordos de colaboração com instituições e empresas +1.000 ofertas na Feira do Emprego do Politécnico de Leiria + 2.500 estágios por ano

Centralidade e mobilidade • Centro litoral de Portugal • Proximidade das praias e parques naturais • Ótimos acessos rodoviários • Rede de transportes urbanos 220 bicicletas elétricas (U-Bike)

A contribuir ativamente para mudar o mundo O Politécnico de Leiria é um modelo internacional de boas práticas de inclusão, muito pelo trabalho promovido pelo Centro de Recursos para a Inclusão Digital (CRID). O CRID acompanha diariamente dezenas de pessoas com necessidades especiais e disponibiliza recursos que permitem analisar problemas ligados ao processo ensino/aprendizagem, para diminuir dificuldades e privilegiar a igualdade de oportunidades. Para além de acompanhar estudantes com deficiência, desenvolve serviços de apoio em prol da comunidade, nomeadamente através da criação de livros inclusivos, guiões turísticos multiformato, brinquedos adaptados e ações de formação e sensibilização no âmbito da inclusão de pessoas com deficiência na sociedade. POLITÉCNICO DE LEIRIA CRIOU EM 2016 A PRIMEIRA BIBLIOTECA BRAILLE DO PAÍS

O Politécnico de Leiria tem vindo a apresentar-se como uma referência na área da internacionalização, possuindo cerca de 400 acordos internacionais em vários países do mundo. Proporciona diversas possibilidades aos seus estudantes, docentes e investigadores, e também aos técnicos e administrativos, de realizarem uma experiência internacional num vasto conjunto de instituições parceiras. Atualmente, 10 por cento dos estudantes do Politécnico de Leiria são provenientes de outros países, representado 65 nacionalidades dos cinco continentes.

Forte ligação com as empresas

CERCA DE 30 EMPRESAS DA REGIÃO DE LEIRIA ENTREGAM BOLSAS DE ESTUDO IPL-INDÚSTRIA AOS MELHORES ESTUDANTES DO POLITÉCNICO DE LEIRIA.

O Politécnico de Leiria disponibiliza 220 bicicletas elétricas a estudantes e colaboradores. A iniciativa visa promover a mobilidade sustentável da comunidade académica, pretendendo-se que seja uma alternativa à utilização dos automóveis, além de promover hábitos de vida saudáveis. Com o projeto U-Bike procuramos aumentar a eficiência energética e racionalizar o consumo de combustíveis fósseis e o número de automóveis que circulam nos campi do Politécnico de Leiria.

Campus Global

Sabe tudo em www.ipleiria.pt

Anualmente, 50 jovens estudantes do Ensino Secundário e Profissional de todo o país participam na semana temática Leiria In – Semana da Indústria, que oferece um conjunto diversificado de atividades em Leiria, em torno da indústria e das suas potencialidades. A semana inclui workshops, atividades de lazer e diversão, experiências culturais, e visitas a mais de vinte empresas e indústrias locais e regionais (dos setores dos moldes, vidro, porcelana, cerâmica, madeiras, pedra e embalagens), com o principal objetivo de evidenciar a importância da indústria para a economia e desenvolvimento de Portugal, e dar a conhecer a formação do Politécnico de Leiria nesta área.

A promover a sustentabilidade ambiental

O Politécnico de Leiria quer acolher-te bem! O Politécnico de Leiria disponibiliza aos seus estudantes diversos serviços de apoio de forma a tornar a sua vida académica ainda mais enriquecedora. Aqui podes contar com refeições a preços reduzidos, mais de 700 camas, e tens ainda à tua disposição serviços médicos, com consultas de várias especialidades. Fomentamos a prática de desporto e a participação em diversas iniciativas de carácter recreativo e cultural. Poderás também candidatar-te às bolsas de estudo que se encontram disponíveis e aceder ao Fundo de Apoio Social ao Estudante (FASE®), que em troca da colaboração voluntária em diversas áreas, fornece o apoio mais adequado às tuas necessidades.

Cantinas, bares e centros de estudo em todas as Escolas

Wi-Fi grátis em todos os campi

serviços de apoio:

SAPE - Apoio psicológico e orientação vocacional CRID - Centro de Recursos para a Inclusão Digital UED - Unidade de Ensino a Distância SAS - Serviços de Ação Social

abril 2018

maiseducativa.com


14

desporto TEXTO:: Tiago Belim

Mundial 2018.

Grupos C e D

O Campeonato do Mundo de futebol está cada vez mais próximo, e por isso continuamos com os nossos especiais dedicados à análise de cada uma das equipas que compõem os oito grupos do torneio. Vê se concordas com as nossas previsões e faz as tuas apostas!

Grupo C

1ª JORNADA

16 de junho, 11 horas, Kazan França x Austrália 16 de junho, 17 horas, Saransk Perú x Dinamarca

2ª JORNADA

21 de junho, 13 horas, Ecaterimburgo França x Perú 21 de junho, 16 horas, Samara Dinamarca x Austrália

3ª JORNADA

26 de junho, 15 horas Dinamarca x França (Moscovo)/ Austrália x Perú (Sochi)

Austrália Ranking FIFA: 39 Qualificação: Classificada no Play-off de apuramento da Zona de Qualificação Asiática Equipa-tipo: Ryan, Degenek, Sainsbury, Jurman, Milligan, Leckie, Kruse, Rogic, Troisi, Smith, Cahill Jogador-chave: Tim Cahill Esta é, no papel, a equipa mais fraca das quatro que compõem o Grupo C. A Austrália conta com apenas duas vitórias em mundiais de futebol, e não será fácil juntar-lhes muitas mais na Rússia, até porque a mudança de selecionador entre o fim de 2017 e o início de 2018 roubou algum do tempo de preparação da equipa. Apesar disso, a Austrália tem no veterano avançado Tim Cahill uma arma que se tem provado valiosa em jogos de campeonatos do mundo – já marcou 5 golos em três edições diferentes, e é o único jogador em atividade a poder juntar-se a Pelé, Seeler e Klose na lista de marcadores em quatro mundiais. Na fase de qualificação, somou mais 11 tentos pelos Socceroos, apesar das dificuldades sentidas pela sua equipa em qualificar-se, tendo precisado de recorrer ao play-off, onde bateu a Síria pela margem mínima.

França

Austrália

Perú

Dinamarca

França

Ranking FIFA: 9 Qualificação: 1ª classificada no Grupo A da Zona de Qualificação Europeia Equipa-tipo: Lloris, Sidibé, Varane, Koscielny, Kurzawa, Kanté, Matuidi, Pogba, Mbappé, Griezmann, Lacazette Jogador-chave: Antoine Griezmann Les Bleus são uma das seleções favoritas à conquista do título mundial. Primeiros classificados no seu grupo de qualificação rumo à Rússia, a sorte bateu à porta dos gauleses no que ao sorteio diz respeito, tendo-lhes sido reservada em teoria uma das tarefas mais simples para alcançar um lugar nos oitavos de final. E se olharmos para o lote de jogadores disponíveis, a candidatura ganha forma com craques da dimensão de Paul Pogba, Kylian Mbappé e Antoine Griezmann, só para mencionar alguns. A França marcou presença nas últimas duas finais de campeonatos do mundo disputados na Europa, triunfando na primeira em 1998, em Paris, e perdendo a segunda para a Itália em 2006, em Berlim. E no último grande torneio de seleções – o Euro 2016 – regressou a Paris para novo jogo decisivo, sendo derrotada por Portugal.

Perú Ranking FIFA: 11 Qualificação: Classificada no Play-off de apuramento da Zona de Qualificação SulAmericana Equipa-tipo: Gallese, Corzo, Ramos, Rodríguez, Trauco, Cueva, Tapia, Yotún, Carrillo, Flores, Farfán Jogador-chave: Jefferson Farfán Autora de uma qualificação dramática na zona sul-americana, na qual atirou para fora do Mundial o bicampeão continental Chile, a seleção do Perú regressa ao maior torneio de futebol 36 anos depois – nenhuma das 31 restantes nações presentes está há tanto tempo sem participar num campeonato do mundo. Talvez sem o estatuto da equipa de 1982, este Perú tem apesar disso um grupo de jovens jogadores que estão em crescendo, que contam com a ajuda de outros mais experientes como Jefferson Farfán, marcador de golos decisivos na campanha de qualificação. Para além disso, o selecionador Ricardo Gareca conhece bem os seus atletas e tem bastante experiência no futebol sul-americano. Dadas as condições climatéricas da Rússia, talvez o Perú se desse melhor com um Mundial jogado num país mais quente.

Dinamarca Ranking FIFA: 12 Qualificação: Classificada no Play-off de apuramento na Zona de Qualificação Europeia Equipa-tipo: Schmeichel, Kjaer, Christensen, Bjelland, Kvist, Delaney, Stryger Larsen, Eriksen, Poulsen, Jorgensen, Sisto Jogador-chave: Christian Eriksen Em nosso entender, é neste grupo a nação melhor posicionada para se juntar à França nos oitavos-de-final. Este não é o melhor conjunto de sempre da Dinamarca, mas há vários jogadores interessantes como o central do Chelsea Christensen, o avançado Poulsen, e claro, Christian Eriksen, maestro do Tottenham e desta seleção. Na sua quinta participação em campeonatos do mundo, a Dinamarca tem aqui um verdadeiro tira-teimas com os franceses – eliminada em 1998 nos quartos-de-final, na cavalgada gaulesa rumo ao título, vingou-se em 2002 na fase de grupos do certame da Coreia do Sul/Japão. Veremos o que acontece desta vez. Certo é que, depois de uma qualificação difícil assegurada no play-off contra a República da Irlanda, o momento de forma de Eriksen será fundamental para as aspirações da Dinamarca, ou não tivesse ele estado envolvido em 56 por cento dos golos da equipa na caminhada para a Rússia.

Previsão: França em 1º, Dinamarca em 2º abril 2018

maiseducativa.com


desporto Grupo D 1ª JORNADA

Argentina

16 de junho, 14 horas, Moscovo Argentina x Islândia 16 de junho, 20 horas, Kaliningrado Croácia x Nigéria

Islândia

Croácia

Nigéria

Argentina

Ranking FIFA: 4 Qualificação: 3ª classificada na Zona de Qualificação Sul-Americana Equipa-tipo: Romero, Salvio, Mercado, Otamendi, Acuña, Mascherano, Biglia, Messi, Di Maria, Dybala, Icardi Jogador-chave: Lionel Messi Foi por pouco que o Mundial da Rússia não ficou privado do mais genial dos jogadores de futebol. Mas a verdade é que, por ser Messi, ele próprio se encarregou de calar os críticos e de carregar o seu país às costas na viagem até à Rússia, com um hat-trick e uma exibição deslumbrante contra o Equador, no jogo do tudo ou nada. Agora na fase final, os argentinos enfrentam mais uma tarefa difícil com um grupo ardiloso onde vão defrontar uma das melhores equipas do último Europeu – a Croácia –, a sólida, aguerrida e primeira classificada no seu grupo de qualificação, Islândia, e ainda aquela que era em teoria a mais complicada das equipas do pote 4, a Nigéria. Apesar disso, a Argentina deverá chegar às fases a eliminar – conseguiu-o por 11 vezes nas suas últimas 12 presenças em mundiais –, sendo que no torneio do Brasil chegou à final, perdendo para a Alemanha no prolongamento.

2ª JORNADA

21 de junho, 13 horas, Níjni Novgorod Argentina x Croácia 22 de junho, 16 horas, Volgogrado Nigéria x Islândia

3ª JORNADA

26 de junho, 19 horas Nigéria x Argentina (São Petersburgo) / Islândia x Croácia (Rostov-on-Don)

Islândia

Croácia

Ranking FIFA: 22 Qualificação: 1ª classificada no Grupo I da Zona de Qualificação Europeia Equipa-tipo: Halldorsson, Saevarsson, Arnason, Sigurdsson, Magnusson, Gudmundsson, Gunnarsson, Bodvarsson, Bjarnason, Sigurdsson, Finnbogason Jogador-chave: Gylfi Sigurdsson Continua o conto de fadas da atual geração de selecionados islandeses. Depois da estreia em campeonatos da Europa, onde se revelou uma equipa compacta e mortífera – passando a fase de grupos à frente de Portugal e eliminando a Inglaterra nos oitavos-de-final – a Islândia qualificou-se para o seu primeiro Mundial no topo do seu grupo e o jogo inaugural deste pequeno país em campeonatos do Mundo será contra a Argentina. E quando dizemos pequeno país, é mesmo pequeno. São 334 mil as pessoas que vivem na Islândia, tornando-a na menor nação de sempre a participar num Mundial de futebol. Achamos difícil que vão além da fase de grupos, mas já em 2016 dizíamos o mesmo... Certo é que muitas das suas esperanças recaem no virtuoso médio Sigurdsson, ele que está lesionado e com a sua participação no torneio em risco.

Nigéria

Ranking FIFA: 17 Qualificação: Classificada no Play-off de apuramento na Zona de Qualificação Europeia Equipa-tipo: Subasic, Vrsaljko, Lovren, Vida, Strinic, Brozovic, Rakitic, Modric, Perisic, Kramaric, Kalinic Jogador-chave: Luka Modric

Ranking FIFA: 50 Qualificação: 1ª classificada no Grupo A da Zona de Qualificação Asiática Equipa-tipo: Ezenwa, Shehu, Ekong, Balogun, Echiejile, Ndidi, Obi Mikel, Onazi, Moses, Ighalo, Simon Jogador-chave: John Obi Mikel

Até ao jogo contra Portugal, a Croácia era unanimemente considerada a equipa praticante do melhor futebol no Europeu de França. Um jogo muito competente a nível defensivo e um contra-ataque mortífero conduzido por Renato Sanches desfizeram o sonho de uma grande equipa que regressa aos grandes palcos sob a batuta de dois dos melhores médios do futebol mundial: Ivan Rakitic e Luka Modric. A Croácia está num dos grupos mais equilibrados do Mundial, terá de estar ao seu melhor nível para seguir em frente, e terá sobretudo de evitar repetir o que aconteceu nas suas três últimas participações: perder o jogo de abertura. Na mira dos croatas estará o desempenho de 1998, onde Prosinecki, Suker e companhia ficaram no terceiro lugar, e com o prémio de melhor marcador da competição.

Depois da retirada da excelente geração de jogadores onde pontificavam Okocha, Kanu e West, só para mencionar alguns, a seleção da Nigéria passou por uma fase menos fulgurante onde não conseguiu apurar-se para o Mundial de futebol. Está agora de volta ao grupo das melhores equipas vindas do continente africano, e regressa ao maior dos torneios na companhia... da Argentina, claro está. Nas cinco participações anteriores, por quatro vezes a Nigéria defrontou a albiceleste, perdendo sempre. O primeiro jogo – contra a Croácia – será decisivo para as Super Águias, que já alcançaram os oitavos-de-final de um Mundial por três vezes, a última das quais em 2014, no Brasil. No entanto, nunca foram além disso.

Previsão: Argentina em 1º, Croácia em 2º abril 2018

maiseducativa.com

15


16

música

ENTREVISTA: Tiago Belim FOTOS: João Portugal

O Fernando Daniel deu o Salto

Depois da vitória no The Voice e de dois singles lançados, ele acaba de editar o seu primeiro disco de originais onde fala de amor e coloca todo o seu empenho e dedicação ao serviço da sua grande paixão: A música. A Mais Educativa foi conhecer melhor o Fernando Daniel e conta-te tudo nesta entrevista! Apresenta-nos o teu primeiro disco. Que registo escolheste e que temas abordas? O meu primeiro disco chama-se Salto e é muito na onda do pop, apesar de ter várias frequências. Com exceção de uma ou duas músicas, que falam sobre querer paz e amizade, o disco fala quase todo sobre amor, sobre relações e sobre alguns ensinamentos que retirei do que a vida me foi dando. Quer dizer que é um disco no qual os jovens se vão poder rever... Sim, a ideia era escrever sobre algo que possa fazer sentido na vida de outras pessoas, para além de fazer sentido na minha. E espero que as possa ajudar, de alguma forma. E quem é o Fernando Daniel na vida pessoal? Não gosto de estar parado! Gosto de estar sempre a fazer alguma coisa, e gosto de tentar desligar-me um pouco do que faço en-

abril 2018

maiseducativa.com

quanto estou a trabalhar, para haver um equilíbrio saudável e alguma sanidade mental. De resto, apesar de ser tímido numa fase inicial torno-me bastante extrovertido e brincalhão quando ganho à-vontade. Na escola, não era nenhum Einstein mas era bom aluno, apesar de ter sido sempre meio desligado por saber exatamente aquilo que queria fazer: ser músico! Contudo, não deixei que a minha paixão me impedisse de terminar os estudos.

tavam de me ouvir, e à medida que a minha voz foi mudando também eu fui começando a gostar de como ela soava. Foi aí que coloquei a hipótese de fazer vida da música, pelo que o passo seguinte foi testar-me perante públicos maiores. Fui à televisão, recebi bons conselhos e boas críticas, e depois foi só trabalhar nisso e limar aquilo que tinha a limar, tal como ainda hoje faço e continuarei a fazer, pois há sempre algo a melhorar.

E como é que a música surgiu na tua vida? Ouço música desde que me conheço. Mas a partir de uma determinada altura ela começou a ser um refúgio para mim, e mesmo jogando futebol às vezes preferia ficar em casa a cantar do que ir aos treinos... Foi aí que percebi que a música fazia todo o sentido para mim e que era algo que eu queria mesmo fazer. Para além disso, fui tendo pessoas à minha volta a encorajar-me e a dizerem que gos-

Quando entraste no The Voice, o teu objetivo era usar o programa como rampa para construir uma carreira? Quando concorri, não estava a pensar em ganhar mas sim em mostrar o meu trabalho e mostrar que poderia ir longe. Mas a partir do momento em que fiz a prova cega e recebi aquele feedback e aqueles elogios, comecei a perceber que tinha de agarrar aquela oportunidade com unhas e dentes e que tinha de trabalhar o dobro para poder realmente ven-

facebook.com/ofernandodaniel instagram.com/fernando__daniel___ twitter.com/oFernandoDaniel


publireportagem

17

CASCAIS CAPITAL EUROPEIA DA JUVENTUDE 2018 De Cascais para o mundo (também pela mão dos youtubers)

De 27 a 29 de abril, Cascais recebe, no Centro de Congressos do Estoril, a grande festa do YouTube em Portugal. O YouFest Awards acontece pela primeira vez no nosso país e tem o seu epicentro em Cascais que este ano é Capital Europeia da Juventude. Apresentar a forte dinâmica da Juventude em todas as suas vertentes e dar dimensão ao papel da Juventude nos contextos nacional e europeu é uma missão à qual Cascais se entrega de corpo e alma, neste ano de 2018. O desafio de trabalhar com os jovens e com as novas gerações tem tanto de interessante como de importante. Cascais respira Juventude e materializa bem todo o espírito desta Capital em torno dos jovens, evidenciando-se como uma cidade que aposta no presente, sempre de olhos postos no futuro! Todo este ano se enquadra num mote que representa o pensamento e desenvolvimento estratégicos em torno da Capital: “Glocal Youth”. A expressão apresenta a visão de Cascais juntar as dimensões global e local caminhando desta forma para um processo de transformação social. Um processo de transformação social que é alavancado desde tenra idade, apostando nos jovens que representam, inevitavelmente, o mundo de amanhã. A Capital Europeia da Juventude está a ser agarrada como uma fantástica oportunidade de partilha de boas práticas entre os níveis local e internacional, o que contribui para uma Europa mais coesa e inclusiva, tendo em vista a criação e vivência de uma verdadeira Cidadania Global, consciente da sua enorme dimensão. Como tal, é por demais evidente o papel que a tecnologia, nomeadamente as redes sociais (Facebook, Instagram, Snapchat...) e as plataformas de partilha de conteúdos como o YouTube desempenham na

aproximação das pessoas, dos povos e das gerações. Hoje, esbateram-se distâncias e democratizou-se o acesso à informação e à partilha de opinião, especialmente entre os jovens. Todos os grandes avanços civilizacionais trazem consigo dúvidas e receios. Por isso, é absolutamente necessário estar, conhecer, debater, aprender com os jovens e trabalhar com eles por forma a desempenharmos um papel ativo e interventivo na sua educação e desenvolvimento. É isso que Cascais está a fazer. Envolvendo-nos ativamente no meio dos jovens estamos a fazer um importante update, trazendo novas ideias e novos projetos. E é

navegando na Internet que encontramos os maiores youtubers, players que hoje podem desempenhar um papel tão relevante no desenvolvimento dos jovens como aquele que a Televisão ou a Rádio tiveram em tempos que já lá vão... Durante este fim-de-semana, os melhores criadores de conteúdos para o YouTube em Portugal vão estar em Cascais. O ponto alto será a Gala do YouFest Awards que homenageará os melhores! Olhos postos em Cascais, a partir de qualquer lado do mundo! Fica o convite para todos juntos fazermos de Cascais a melhor Capital Europeia da Juventude de Sempre!

abril 2018

maiseducativa.com


18

música

que fiz para a minha vida e torna tudo mais especial. Aliás, acabo até por aproveitar para conhecer melhor os meus fãs e perguntar-lhes o que gostam e o que não gostam, porque são eles que fazem de mim artista. De resto, tento alimentar as minhas redes sociais diariamente, com conteúdos diferentes em cada uma delas, para que as pessoas se lembrem de mim. E agora que concretizaste um grande objetivo – o lançamento do teu primeiro disco – o que se segue para ti? Quais são as próximas metas? Em 2018 quero tocar muito e apresentar o meu disco, e de certa forma consolidar a minha carreira enquanto músico. Quero também lançar mais um ou outro single, para mostrar mais um pouco de mim às pessoas, e tentar compor coisas novas enquanto estou na estrada, para ganhar inspiração para escrever sobre temas diferentes e pensar, quem sabe, num novo disco. Mas para já, para já, quero bater recordes de assistência nos meus concertos e tentar ser melhor a cada dia que passa. cer, usando aquela competição entre pessoas com o mesmo objetivo como motivação e como alerta. Na tua opinião, este tipo de programas ajuda quem se destaca a ser alguém no mundo da música? Tanto posso dizer que sim como posso dizer que não. A televisão dá-nos uma rampa e nós temos de a saber aproveitar da melhor maneira, fazendo uma boa gestão da imagem que passamos para o público. Obviamente que a televisão não pode garantir o sucesso de toda a gente que lá vai, e esse sucesso está dependente não só do músico mas também da pessoa que és, e eu já vi músicos talentosos a perderem-se por causa da sua vertente pessoal. Quais foram as principais dificuldades que

abril 2018

maiseducativa.com

sentiste para lançares a tua carreira a solo? Acho que ser conhecido de um programa de talentos tem tanto de bom como de mau, porque lancei um single dois meses depois de ter vencido o The Voice e pus a hipótese de que as pessoas pensassem que era apenas mais um e que não iria dar em nada. Acho que isso acontece muito, hoje em dia. Lembro-me que foi esse o meu principal receio, a receção por parte das pessoas e poderem achar que eu seria só mais um. E como é a tua relação com os teus fãs? Usas as redes sociais para te manteres próximo deles? Tenho uma relação muito próxima com eles e não sou nada daquelas pessoas que se tornam inacessíveis. Não me importo nada de parar na rua para um autógrafo ou uma foto, até porque isso ajuda a validar esta escolha

Vais poder ver e ouvir o Fernando Daniel aqui!

30 de março – Hard Club, Porto 31 de março – Estúdio Time Out, Lisboa 6 de abril – Teatro Municipal Vila do Conde 14 de abril – Festas em honra de Nossa Senhora do Amparo, Covas 30 de abril – 32ª Feira Internacional de Agropecuária de Estremoz 9 de maio – Feira de Magos, Salvaterra de Magos 2 de junho – Santiagro – Feira Agropecuária e do Cavalo, Santiago do Cacém 11 de junho – Festas de Santo António, da Cidade e do Município de Estarreja


C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

Bilhetes à venda em

ORGANIZAÇÃO

POWERED BY:

COM O APOIO:

MEDIA PARTNERS:

eurogamerportugalfest/

mais educativa IA 2018.pdf 1 28/02/2018 12:03:24

fest.eurogamer.pt

Bilhetes à venda em

 | ORGANIZAÇÃO

POWERED BY:

COM O APOIO:

MEDIA PARTNERS:


20

a tua escolha TEXTO: Tiago Belim

A melhor estratégia para lidares com os exames nacionais Os exames nacionais estão aí à porta e tu não sabes bem como lidar com eles? A Mais Educativa está aqui para te lembrar que o estudo é importante, mas o descanso, a alimentação e organização do teu tempo e das tuas rotinas também o são. Descobre neste artigo como te deves preparar e define a tua estratégia para encarares os exames nacionais!

A alimentação Como costuma ser a tua alimentação durante os dias de estudo? Vais aproveitando para fazer pequenas refeições para enganar a fome? Ou deixas tudo para o almoço e o jantar, onde comes a dobrar? E se fazes esses snacks, o que comes normalmente?

ao dia. Mas isso não chega, porque é preciso teres cuidado com o que comes. Nas principais refeições, por exemplo, optar pelo peixe (atum, bacalhau, salmão, entre outros) é importante por causa dos nutrientes que ele tem e que alimentam o cérebro como poucos – falamos do ómega 3. A acompanhar, os glícidos podem ser uma boa solução, desde que sejam de boa qualidade. As leguminosas são um bom exemplo disso – feijão, lentilhas, ervilhas, favas, grão de bico e a soja – e o arroz e a massa também, sobretudo se forem integrais. Todos estes alimentos fornecem-te micronutrientes como o ferro e o zinco, e asseguram também as proteínas necessárias. E claro, não poderíamos deixar de falar nos vegetais e nas frutas, que são ricos em micronutrientes e em antioxidantes. Também a água é muito importante para que as células possam funcionar corretamente.

Se preferires, podes em vez disso encher uma taça de frutas – uvas, morangos, cerejas ou frutos vermelhos – e ires petiscando. Ah, e podes comer chocolate! Mas opta pelo preto e com elevado teor de cacau.

O descanso

Na época dos exames, é muito fácil dares por ti a descansar mal e a ficar com o sono desregulado. Porquê? Desde logo porque, se não A conversa da “alimentação equilibrada” é para levar a sério, seja qual for o contexto. No prato oposto da balança, há vários ali- estudaste atempadamente, vais sentir necesMas ainda mais quando estamos a falar de mentos que deves evitar comer, como as sidade de recuperar o tempo perdido e, proum momento tão importante como é o dos gorduras saturadas, que são terríveis para vavelmente, andar a fazer diretas, ou a acorexames nacionais. Ela é essencial para teres o processamento cerebral, as bebidas açu- dar a meio da noite para voltar a estudar. Por um bom desempenho, porque contribui para caradas, que te vão dar picos de glicémia, e outro lado, quando fores descansar, poderás o cérebro funcionar melhor, para melhorares tudo o que seja processado. Ao lanche, em ficar com o sono muito agitado por causa da de comeres umas ansiedade e dospara nervos. o teu sono, para manteres a atividade física (ou e vez Já tens o teu canal de YouTube estás em viasbolachas de criar opta um)por mas nãosesabes o que fazer cresceres em também para te ajudar a combater a ansie- mentes ou uns frutos secos, como as nozes subscritores e visualizações? A Mais Educativa falou com uma agência e com uma rede de canais, e também com alguns e as avelãs, que te dão muito ómega 6, que E como o sono e o descanso são essenciais dade. dos teus ídolos – o Rad Weasel, o Paulo Sousa a Sea3PO para perceber como evoluir e chegar ao patamar onde ajuda ee muito o teu –cérebro. O pão e as tos- podes não só para a tua saúde, como também para começas a ganhar dinheiro despertar o interesse marcas. tas, integrais ou e deacenteio, também são boa das teres um bom desempenho nos exames, o O primeiro passo para fazeres essa alimentaideal é não resvalares para nenhuma destas ção equilibrada implica comeres várias vezes ideia.

abril 2018

maiseducativa.com


a tua escolha

Há quem diga que a meta das 8 horas de sono por noite deve ser cumprida, há quem defenda que isso é um mito e que bastam entre 6 horas e meia e 7 horas e meia. Há quem sustente até que é pior para o teu organismo dormir mais de 8 horas por noite do que dormir apenas 5. A verdade é que todos nós temos necessidades diferentes, consoante o corpo e o organismo de cada um, e também a energia gasta ao longo desse dia. Tendo em conta que estamos a falar da época de exames, deverão ser dias de muito estudo, pelo que nos parece lógico aplicar a doutrina que diz que quanto mais tiveres de trabalhar, mais terás de descansar. Assim, recomendamos-te dormir entre 8 a 9 horas, para que o sono te ajude a conservar a memória e a consolidar aquilo que aprendeste e estudaste. E o que é facto é que de manhã acontece aquela coisa inexplicável: se acordares bem, sem despertador, é sinal que descansaste o suficiente! Pelo contrário, alguém que não tenha dormido o suficiente ou tenha feito uma noitada até poderá fazer um esforço para parecer concentrado e ter o mesmo desempenho, mas a verdade é que há alturas do dia em que perdemos a capacidade de prestar atenção, e é aí que o cansaço faz a diferença. O cérebro de alguém que descansou bem con-

seguirá ativar mecanismos que vão permitir regressar à concentração; quem não dormiu o suficiente não será capaz de fazer o mesmo. Para que o teu sono seja produtivo, tenta gastar todas as tuas energias físicas e psicológicas, ou seja, se estudaste muito tenta também ir ao ginásio, dar uma corrida ou jogar à bola com os amigos, para equilibrares os dois tipos de cansaço e aterrares na cama. É igualmente importante seres capaz de desligar da tua rotina e, antes de ires dormir, ler um livro, ver uma série ou jogar o teu videojogo favorito durante alguns minutos é essencial para dormires de cabeça limpa. Finalmente, se tiveres oportunidade para isso, aproveita aqueles momentos do dia em que te sentes mais cansado para fazer uma pequena sesta – vai ajudar-te a restaurar a tua energia!

O estudo Estudar não é algo que se faça de véspera. Estudar deve ser um ato contínuo e feito ao longo de todo o ano letivo, porque é a melhor forma de consolidares os teus conhecimentos e de reduzires a ansiedade. Para isso, aposta na antecipação. Antes de cada aula, dá uma vista de olhos à matéria que sabes que o professor vai lecionar. Isto vai colocar-te em vantagem porque vais ficar a conhecer os temas que vão ser abordados,

e quando forem dados em aula, o teu cérebro já vai estar minimamente familiarizado com a informação, e estará por isso melhor preparado para a interiorizar. Ao mesmo tempo, este processo vai facilitar o esclarecimento de quaisquer dúvidas que surjam no momento. Com tudo isto, vai estar a adiantar o teu estudo sem sequer te aperceberes! Quando estiveres em aula, destaca os tópicos e os conceitos mais relevantes através de cores, e aproveita as aulas e as palestras dos professores para assinalar diretamente nos manuais aquilo que te parecer mais importante, para depois poderes discutir o tema com professores e colegas. Tudo isto vai tornar as aulas uma experiência totalmente diferente, na qual vais ser capaz de reter muito mais informação do que se estivesses simplesmente a ler ou a ouvir o professor. Isto funciona mais ou menos como os atletas de alto rendimento: não se preparam para uma prova à última hora, mas têm regras, mentalizam-se, treinam, alimentam-se bem e repousam. Para teres o controlo da situação, o que tens a fazer é estudar o mais possível e ao longo do tempo – esquece as noitadas em cima do joelho, porque vais fazer um grande esforço num curto espaço de tempo, e não vais ter o devido retorno. Um dos métodos que podes adotar é revisitar a matéria dada nos dias seguintes. No dia seguinte a teres aprendido na aula, revê os teus apontamentos durante alguns minutos, e repete este processo ao longo dos dias seguintes. Se quiseres, fá-lo na companhia de um ou dois colegas! O que esta repetição (que até pode parecer despropositada) permite é reforçar o conhecimento, fazendo com que ele se cole à tua memória no longo prazo. Para além disso, ao PUB

situações. Estudar de madrugada é errado, porque o ser humano não foi feito para trabalhar de noite e o corpo fica desregulado. É à noite que o corpo humano aproveita o descanso para produzir hormonas e, assim, a menor capacidade para o fazer vai ter consequências negativas. Deves estudar durante o dia e, enquanto estiveres a fazê-lo, deves fazer pausas e alimentar-te de forma correta, relaxar com os amigos, praticando uma atividade desportiva ou meditativa, ou simplesmente apanhando um pouco de sol. Quando for altura de dormir, deita-te cedo e dorme o número de horas necessárias.

21

Queres viajar como a youtuber Sofia Bbeauty? Escolhe um destino em www.ef.edu.pt/sofia

International Language Campuses

18LS_Ad_198x95_JAN_PT.indd 1

EF Lisboa Av. João Crisóstomo, 38C - escrt. 2 Lisboa 1050-127 Tel (351) 21 317 3470 Fax (351) 21 316 1166

EF Porto Praça do Bom Sucesso, 61 – 14º piso 4150-146 Porto Tel 22 120 1353

08/02/18 16:26


22

a tua escolha

fazeres isto à medida que vais apreendendo matéria nova vais facilitar a conexão entre matérias e disciplinas e consolidar o teu domínio dos temas. E se o fizeres com os teus colegas vais ter a confirmação de que compreendeste os conceitos da forma certa e de que sabes relacioná-los ao ponto de seres capaz de manter uma conversa. Quando chegar a época de exames, deves estudar, rever a matéria, fazer exercícios, responder a provas de exames de anos anteriores e tirar dúvidas, fazendo pausas ao longo de todo esse processo porque o cérebro pede distrações e é um erro estar muitas horas consecutivas a estudar. Faz um intervalo depois de uma ou duas horas de estudo, e aproveita esse tempo para fazer algo que nada tem a ver. Não te esqueças que deves encarar esse momento como uma pausa para depois voltares ao estudo, e não para ficares o resto do dia sem fazer nada. Quando chegares à véspera do dia do exame, deves aproveitar para rever a matéria, mas acima de tudo para descansar.

Estão a chegar os exames? Não te esqueças de...

Tirar todas as dúvidas e ir aos apoios Os apoios são muito importantes na altura dos exames porque são uma aula muito específica onde consegues ter maior disponibilidade da parte do teu professor para rever a matéria dada não só neste ano como também nos anos anteriores. Sim, porque na maioria das disciplinas não é só o 12º ano que conta... Há matéria que ficou para trás mas que é bem capaz de te bater à porta no exame! Acima de tudo, usa estas oportunidades para tirar todas as tuas dúvidas e para ficares com a matéria bem fresca na tua cabeça.

No dia do exame Quando acordares para o grande dia, a primeira preocupação que deves ter e não ir, de forma alguma, para a sala sem comer ou mal alimentado. Faz uma refeição que te dê energia! Quando começar a prova, é natural que existam perguntas cujas respostas para ti sejam “de caras”, e outras que te vão suscitar dúvidas. Para ganhares mais tranquilidade para responder a tudo, deves avançar primeiro para aquilo que tens a certeza que sabes, e guardar para o fim o que te vai dar que pensar.

Quando são os exames?

Organizar todos os apontamentos E agora, onde é que andam apontamentos de dois ou três anos? Para não dares por ti a fazer-te esta pergunta a poucos dias dos exames, começa já a reunir tudo o que conseguires encontrar deste e dos anos anteriores, e a organizar tudo por anos letivos e por temas. É muito possível que, no final, te apercebas que te faltam algumas matérias... Recorre a colegas – sobretudo àquelas raparigas que costumam estar na fila da frente – para completares os teus recursos de estudo. Meter na cabeça que és capaz! Não deixes que professores, colegas ou quem quer que seja te meta medo e te contamine com pensamentos negativos, porque eles só vão criar dúvidas na tua cabeça e fazer-te pôr em causa as tuas capacidades. Concentra-te nos estudos e na tarefa que tens pela frente, define os teus objetivos e acredita que és capaz!

1ª Fase: de 18 de junho a 27 de junho

Afixação de pautas 1ª fase: 12 de julho

Já tens o teu canal de YouTube (ou2ª estás vias criar mas não sabes o quede fazer para cresceres em Fase:em de 18 dede julho a 23um) de julho Afixação pautas 2ª fase: 3 de agosto subscritores e visualizações? A Mais Educativa falou com uma agência e com uma rede de canais, e também com alguns dos teus ídolos – o Rad Weasel, o Paulo Sousa e a Sea3PO – para perceber como podes evoluir e chegar ao patamar onde começas a ganhar dinheiro e a despertar o interesse das marcas.

abril 2018

maiseducativa.com


vem escrever a tua história!

vive uévora

www.oferta.uevora.pt GABINETE DE ACESSO AO ENSINO SUPERIOR | Telf. 266 760 220 | gaes@uevora.pt


24

moda TEXTO E FOTOS: Inês Alves

Como encontrares o teu próprio estilo, por Inês Alves

Ela é youtuber e o seu canal chama-se Diário de uma Astronauta. Ela é a Inês Alves, tem milhares de fãs a seguir os seus vídeos com dicas de roupa e de maquilhagem, e escreve este mês na Mais Educativa para te ensinar a encontrar o teu próprio estilo! Eu já perdi a conta ao número de vezes que mudei de estilo. Na verdade, acho que posso dizer que todos os anos, ou melhor, todas as estações, o meu estilo muda, ou pelo menos adapta-se. E agora vocês podem pensar “Então mas estás sempre a mudar de estilo, não tens nenhum que seja

consistente, e queres falar-nos sobre como encontrarmos o nosso?” Exatamente, e já vão entender porquê. Vou dar-vos algumas dicas que resultam comigo na busca pelo estilo e pelo que tem a ver comigo, e por isso acredito que funcionem convosco também.

> Procurar inspiração

A primeira dica que vos dou é procurarem inspiração. Quando estamos a pensar em decorar o nosso quarto, casa ou seja o que for, procuramos ideias para nos inspirarem e ajudarem a decidir que aspeto visual gostamos mais de ver na divisão que queremos decorar. Que tipo de decoração vai mais ao encontro do nosso gosto pessoal e ao que queremos transmitir. Exatamente a mesma coisa se processa com a busca pelo nosso estilo, que acaba por ser uma decoração mas de forma diferente. A inspiração pode ser encontrada em inúmeros locais e de maneiras muito variadas. Podem encontrá-la online através do Pinterest, do Instagram ou do Tumblr, que são as plataformas mais conhecidas a nível de partilha de fotos com essa finalidade, mas existem muitas outras plataformas onde se podem inspirar. Guardem as ideias que gostarem para não ficarem perdidas! Também se podem inspirar em pessoas que conheçam, sejam amigos, conhecidos, ou simplesmente pessoas que frequentem os mesmos espaços que vocês e que quando as vêm fiquem sempre a pensar “fogo, esta pessoa veste-se mesmo bem!” Entendam porque é que aquela pessoa vos inspira. Pode ser pelo tipo de roupa que usa, talvez por alguma peça específica que tenha, ou talvez por ter um tipo de corpo parecido com o vosso e conseguir tirar o melhor partido das roupas que usa para a favorecerem, etc. No entanto, lembrem-se que inspiração e imitação são coisas muito diferentes. O objetivo é poderem ter ideias mas adaptarem-nas à vossa personalidade e ao vosso gosto pessoal, mantendo o vosso toque único. É nisso que consiste encontrarem o vosso próprio estilo, serem vocês mesmos. Tentarem ser como outra pessoa não vos vai trazer a mesma confiança.

> As tuas preferências A segunda dica que vos dou pede que abram o roupeiro e vejam quais são as vossas peças preferidas e porquê. Será por causa das cores? Do tipo de tecido? Da forma como assenta no vosso corpo? Entendam que roupas acabam por usar mais vezes para poderem investir em peças com as mesmas características.

> Fotografar os melhores looks A terceira dica que vos dou passa por registarem quando estão num daqueles dias em que se sentem hiper confiantes com o vosso look. Antes de saírem de casa tirem uma foto ao vosso outfit, ou se estiverem na rua com um amigo peçam-lhe para vos tirar uma foto. Com o passar do tempo vão acabar por ter um conjunto de fotos de looks de que gostam e que vos fazem sentir bem, e vão poder analisar o que existe em comum entre todos eles e que relação têm entre si. Isso pode ajudar-vos a descobrir que tipo de estilo vos faz sentir mais bonitos.

> Compras com amigos A minha quarta dica passa por irem às compras com amigos. Mas escolham aquele tipo de amigo que vos avisa quando têm uma coisa verde nos dentes, e não aquele que só vos elogia. Amigos daqueles mesmo sinceros! Irmos às compras acompanhados pode fazer com que, por vezes, quem está connosco nos leve a experimentar uma peça que considera ser a nossa cara, algo que provavelmente nunca aconteceria se estivessemos sozinhos. Podemos experimentar e não gostar, é um facto, mas também podemos acabar por descobrir uma peça de roupa que nos fica bem e da qual gostamos. abril 2018

maiseducativa.com


mais_educativa

instagram Segue a Mais Educativa e ganha prémios fantásticos.

Procura ainda o curso que é perfeito para o teu futuro e muito mais!

25


26

moda > Conhece-te bem Por último, mas mais importante do que tudo, conhece-te. Se não souberes quem és, como te vais representar? Porque o nosso estilo acaba por ser precisamente isso, uma forma de nos representarmos e de dizermos quem somos sem uma única palavra. Se tens dificuldade em definir o teu estilo, então tenta ir um pouco mais pela tua personalidade. És uma pessoa mais calma e tímida, ou mais irreverente? És mais cute ou mais relaxada? E se, dependendo dos dias, fores um pouco de tudo, não há problema nenhum. Todos os dias nos sentimos de forma diferente, logo o nosso estilo pode perfeitamente refletir diferentes vibrações, dependendo do momento. No final de contas, é tudo uma questão de tentativa e erro. Escolher o nosso estilo é um processo e não uma decisão que se toma do dia para a noite. E é um processo em constante mudança e atualização, porque nós próprios estamos em constante mudança e crescimento, e o nosso estilo acompanhanos nessa jornada.

Não se esqueçam de se vestirem para vocês. O que vocês gostam, o que vos faz sentir confortáveis e confiantes é o que realmente importa. Não o que os outros dizem, mas vocês! O nosso estilo deve refletir quem somos e não servir como máscara. Por isso, não levem a moda demasiado a sério e não a encarem de forma > Moda que inspira e não limita sisuda, quando pode ser algo tão divertido! Tem a oportunidade de criar e de A minha quarta dica pede-vos que se deixem inspirar pela moda e pelas novas se reinventarem, e isso sim é serem vocês mesmos a 100 por cento. Soltem-se! tendências que vão surgindo, mas que não deixem que elas vos limitem ou vos ditem o que têm obrigatoriamente de usar. Em todas as estações são lançadas novas tendências e todas as semanas chegam novas peças às lojas, e é ótimo termos por onde escolher, mas não nos devemos sentir forçados a usar uma peça apenas por ser tendência e por toda a gente falar bem e aderir àquela moda. Há certas coleções que saem e às quais eu não consigo achar piada, porque simplesmente não me apaixono, e por isso não uso, ainda que isso signifique ficar uns meses sem comprar roupa. Sentir que não estou a ser eu é que está absolutamente fora de questão. Por isso não se preocupem nem se sintam pressionados com as modas. Dali a uns meses a tendência será outra.

> Não aos rótulos

Não se deixem rotular. Existe muito a ideia que diz que termos de descobrir onde pertencemos e que tipo de estilo se adequa melhor a nós. Mas quão limitador é isso? Nós somos seres com várias características e vários gostos, porque haveríamos de ter de nos limitar a um único estilo? Se vocês gostam de vários tipos de roupa diferentes não há mal nenhum nisso e não têm de optar apenas por um. Aliás, fazer misturas de estilos pode muitas vezes acabar em resultados muito bons. Não tens de te encaixar dentro de certos parâmetros, tens de ser tu mesmo.

> Encontra a tua “assinatura”

Isto tanto pode estar relacionado com certas peças de roupa que usas, como com outros fatores, como por exemplo a forma como costumas usar o cabelo, se gostas mais de roupas apertadas ou optas por roupas mais largas. Ou se gostas de cor ou te ficas pelos tons neutros, entre muitas outras coisas. Tudo isto é o que acaba por marcar o teu estilo! Geralmente achamos que tem a ver apenas com a nossa roupa, mas não é bem assim. Ao entendermos a nossa atitude, podemos entender melhor quais os estilos onde a nossa maneira de ser se encaixa.

> Completa o teu look

A nossa aparência não é composta apenas por roupa e há mais componentes que ajudam a “montar o boneco”. Podes jogar com acessórios, com maquilhagem, com penteados.Parecendo que não, isso acaba por fazer toda a diferença. Muitos looks bem montados que vemos por aí não são nada mais do que peças de roupa simples e básicas conjugadas com acessórios, um bom penteado e maquilhagem. Por isso, explora as opções que cada outfit que escolhes te dá: Por vezes, podes apostar mais na maquilhagem, noutras tentar um penteado diferente ou investir nos acessórios. abril 2018

maiseducativa.com

facebook.com/anastronautsdiary instagram.com/aastronauta


ser decojovem

27

Liga-te ao mundo! O Mundo ON é um projeto da DECOJovem pensado especialmente para ti! Esta iniciativa tem como objetivo levar-te a adotar comportamentos mais sustentáveis, a reduzir os consumos, a fazer escolhas mais responsáveis e a utilizares os recursos naturais de uma forma mais eficiente. Nós sabemos que és de uma geração sensível aos desafios ambientais. As alterações climáticas e a sobre-exploração dos recursos são algumas das tuas preocupações. Mas a verdade é que precisas de ter uma maior consciência do impacto coletivo e ambiental dos teus atos de consumo no dia a dia. Se és aluno do Ensino Secundário, o Mundo ON é o projeto ideal para ti! Estamos certos de que o Mundo ON irá ajudar-te a adotar comportamentos de consumo mais sustentáveis. Por isso, criámos um conjunto de recursos técnicos para que os teus professores possam desenvolver atividades de educação ambiental dentro da sala de aula. Tratam-se de fichas didáticas sobre consumo sustentável: energia, mobilidade, compras, resíduos e água. Para captar ainda mais a tua atenção e interesse, utilizámos uma linguagem que tu tão bem conheces – os emojis!

Para saberes um pouco mais sobre este projeto, poderás visitar o site DECOJovem. Entretanto, alguns professores já entraram no Mundo ON, participando nas ações de formação sobre educação ambiental e do consumidor, que decorreram nas cidades de Évora, Coimbra, Viana do Castelo, Lisboa, Faro e Porto. Nestas ações de formação, demos a conhecer o projeto Mundo ON e oferecemos ferramentas para o desenvolvimento de atividades de educação do consumidor nas suas escolas. Como nem todos os professores participaram nas ações de formação, vimos pedir-te ajuda, dando-lhes a conhecer este projeto! Contamos contigo para vivermos num mundo melhor e mais sustentável! Visita o MUNDO ON! e dá-o a conhecer aos teus amigos e professores!

A DECOJovem é um projeto da DECO – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor criado a pensar nos jovens consumidores.

5 www.decojovem.pt f DECOJovemConsumidoresParaoFuturo T DECOJovem /decojovem

abril 2018

maiseducativa.com


28

apps TEXTO: Tiago Belim

AS MELHORES AMIGAS do teu estudo

A época decisiva do ano letivo está aí à porta, e se estiveres no 12º ano ainda mais, com os exames nacionais. Seja como for, vais precisar de estudar! E nós estamos aqui para te ajudar a tornar essa tarefa um pouco mais fácil, com várias apps desenhadas para fazer de ti um aluno mais produtivo e conhecedor da matéria. Descobre-as aqui!

Agenda Escolar

É uma app que vem facilitar toda a tua vida académica. Tem uma agenda para os teus trabalhos de casa, para os testes e exames, e para quaisquer outros lembretes que precises de fazer. Podes gravar o teu horário e consultar o calendário, agendar notificações, gerir notas e disciplinas. Ah, e ainda permite fazer gravações áudio e guardar tudo num backup no Google Drive.

Brain Focus Productivity Timer

Tens um problema com a gestão do teu tempo? Esta app pode fazer a diferença na tua rotina de trabalho porque permite gerir o tempo de uma sessão de estudo – pausar e continuar, adicionar tempo à tua sessão, avançar interrupções ou até o final da mesma. Também te notifica antes do final da sessão de estudo.

ClickExames

Se estás no 12º ano, há uma app que reúne todos os exames nacionais dos últimos nove anos. Chama-se ClickExames e, além de integrar os exames, tem também os calendários escolar e dos exames.

Coursera

Com esta aplicação podes aceder a cursos online gratuitos de cerca de 115 das melhores universidades e instituições de ensino do mundo, como Stanford, Yale e Princeton. Consulta o catálogo, regista-te nos cursos e assiste a aulas dos melhores instrutores do mundo, sobre temas muito diversificados.

ExamTime

Com esta app podes organizar o teu estudo e criar notas e grupos para estudar online, fazer questionários, aceder a mais de dois milhões de materiais de estudo e compartilhar recursos pelo Facebook, Twitter ou e-mail. Só precisas de ligação à internet para obter os recursos, que a partir daí ficam sempre disponíveis.

Habitica

Esta app trata o teu estudo como se de um jogo se tratasse. Lista as tuas tarefas para o dia e define prazos para as completares. Caso não as cumpras, o teu avatar digital será punido.

Human Anatomy Atlas

Sim, esta app é um atlas do corpo humano. É um dicionário que, em vez de palavras, apresenta todos os termos e localizações relacionados com o corpo, e um total de cerca de 4.600 estruturas animadas do organismo humano. É muito útil para estudantes de biologia ou de medicina.

MyScript Calculator / Cola Matemática

Se o que precisas é de estudar matemática, estas são as apps que deves experimentar. Com a MyScript Calculator, ao escreveres as equações no teu dispositivo, esta ferramenta reconhece números e símbolos, converte-os e dá-te as respostas. Já a Cola Matemática não mostra simplesmente o resultado de uma equação; ela explica os passos dados para que possas aprender verdadeiramente como se faz.

Prezi

Queres fazer apresentações de trabalhos mas estás cansado que tenham o mesmo aspeto que as dos teus colegas? Então larga o PowerPoint e usa o Prezi, uma ferramenta que te permite produzir apresentações interativas, com efeitos de transição completamente diferentes e até a utilização de vídeos. Se queres aliar ao bom conteúdo dos teus trabalhos uma apresentação original e inovadora, esta é a tua app.

Priberam

Não serve exatamente para estudar mas é uma das melhores companhias para o estudo que podes ter. Esta app é a melhor forma de trazeres um dicionário dentro do teu smartphone, ou melhor, 16 – quatro são de português contemporâneo, com e sem acordo ortográfico, e outros 12 são de traduação – num total de 110 mil entradas. Essencial!

SelfControl / Keep Me Out

A principal ajuda de que precisas para prevenir as distrações na hora de estudar. Tanto a SelfControl como a Keep Me Out são apps que bloqueiam o acesso a qualquer site ou rede social, para que os cinco minutos de pausa que ias fazer não se transformem em cinquenta...

Tabela Periódica (JQ Soft)

É uma das melhores aplicações para estudar química. Tem a tabela periódica e imagens dos elementos químicos.

WolframAlpha

Estás à procura de uma app que te dê respostas para aquilo que não sabes? Poucas serão melhores que a WolframAlpha, que sabe É uma das mais conhecidas ferramentas de tudo sobre todas as matérias. Matemática? idiomas. Com o Duolingo podes fazer cursos Física?para História? Geografia? em Informática? Já tens o teu canal de YouTube (ou estás em vias de criar um) mas não sabes o que fazer cresceres Para quem ainda não se habituou às regras gratuitos de inglês, espanhol, francês, alemão Esta aplicação é uma verdadeira enciclopédia do com Novo Acordo estaeapp é fun-uma rede de canais, e italiano, divididos em diferentes módulosEducativa falou subscritores e visualizações? A Mais umaOrtográfico, agência com e também com alguns online sobre todas as áreas do conhecimento. damental. Basta-te introduzir o texto em e com exercícios de escrita, audição, fala e dos teus ídolos – o Rad Weasel, o Paulo Sousa e a Sea3PO – para perceber como podes evoluir e chegar ao patamar onde Ah, e se precisares ainda te ajuda a resolver questão e ela indica todas as alterações que tradução. Esta app tem ainda um sistema de equações matemáticas, mostrando a solução é necessário fazeres, bem como as regras que começas níveis e recompensas, que vais desbloquean-a ganhar dinheiro e a despertar o interesse das marcas. passo a passo. devem ser aplicadas. do à medida que fores aprendendo a matéria.

Duolingo

abril 2018

maiseducativa.com

Novo Acordo Ortográfico


QUERES SER O PRÓXIMO APRESENTADOR DA MTV PORTUGAL?

ENVIA UM VÍDEO PARA O WHATSAPP MTV VJ CASTING SABE MAIS EM:

MTV.PT

COM O APOIO:

910 910 910


30

quebra-cabeças

#sopa de letras

#secas

Porque é que se um astronauta matar outro no espaço não é preso? – Porque é um crime sem gravidade. Está uma mãe e uma filha a dormir no corredor, que horas são? – Falta um quarto para as duas. Quando é que os Americanos comeram carne pela primeira vez? – Quando lá chegou o Cristovão CoLombo. – O que é pior do ser atingido por um raio? – Ser atingido por um diâmetro! O que é que é tão grande como a Torre Eiffel mas mais leve? É a sombra da Torre Eiffel O que é um pontinho amarelo no céu? – Um Yellowcóptero. O que faz uma hortaliça surda? – Finge couve. Estão duas bolas de Berlim num precipício, uma vira-se para a outro e diz: – Estás com medo? Responde a outra: – Não é medo, é recheio. Que cantor é parente do limão? Gustavo Lima O que é preciso para o mês de maio ficar maior? A letra R.

março 2018

maiseducativa.com


Escreve sem limites!

penteleurope.com | pentelarts.com.pt

Pentel Portugal


Mais Educativa abril2018  

Os exames nacionais estão aí à espreita…. Precisas de dicas para lidares com eles? Nesta edição damos-te algumas estratégias para seres bem...

Mais Educativa abril2018  

Os exames nacionais estão aí à espreita…. Precisas de dicas para lidares com eles? Nesta edição damos-te algumas estratégias para seres bem...