Issuu on Google+

Saúde

MANAUS, DOMINGO, 21 DE JULHO DE 2013

e bem-estar

F7

Dois dias de fome para emagrecer

A nova dieta da fome está fazendo sucesso nos Estados Unidos e já começa a ser divulgada no Brasil

Jornalistas publicam livro com dieta que sugere que apenas dois dias de jejum por semana podem assegurar uma perda de peso considerável VERA LIMA Equipe EM TEMPO

Q

uem vive na eterna luta contra os ponteiros da balança já sabe que essa luta não é fácil. A variedade de dietas famosas e milagrosas é para deixar qualquer um confuso, afinal, quem é que não quer emagrecer sem fazer sacrifícios? Só que isso não existe, embora a maioria das dietas propagadas aos quatro ventos apregoe medidas drásticas que resultam em milagres em apenas alguns dias. Dessa forma o sacrifício, embora exista em menor grau, é por poucos dias e resulta em uma perda rápida de peso. A mais nova dieta que prega uma redução drástica de peso com pouco esforço é moda na Grã-Bretanha e já se espalhou

pelos Estados Unidos. A “Dieta do Jejum”, ou “dieta 5 x 2” prega que a pessoa deve comer tudo o que quiser, mas só cinco dias por semana. Seguindo essa fórmula, a pessoa pode comer à vontade durante cinco dias, mas deve ingerir no máximo 600 calorias nos outros dois. A nova dieta foi criada pelos jornalistas Michael Mosley e Mimi Spencer, autores do livro The Fast Diet, que lidera as listas dos mais vendidos na Grã-Bretanha e nos EUA neste ano. Segundo Mosley, a dieta se baseia no trabalho de cientistas britânicos e norte-americanos que garantem que o jejum intermitente ajuda as pessoas a perderem gordura, além de criar uma sensibilidade à insulina, o que leva a uma redução do colesterol. Dessa forma, a dieta está sendo vendida como uma boa medida também para DIVULGAÇÃO/STCK

a redução do diabetes e das doenças cardíacas. O próprio Mosley experimentou a dieta e garante que em três meses perdeu oito quilos. Embora Mosley assegure que a dieta é eficaz, a nutricionista Tatiana Ramos, da academia Personal Fitness Club não compartilha da mesma opinião. Para Tatiana, jejum prolongado resulta em formação de corpos cetônicos que inflamam o sangue e se tornam abertura para inúmeras doenças, entre elas as metabólicas, diabetes, hormonais e câncer. A especialista afirma que existem estudos que comprovam essa teoria e que a “Dieta do Jejum” não traz nenhum benefício ao organismo. “Um individuo pode passar o dia tendo pico de hipoglicemia, isso faz aumentar a gordura corporal, principalmente

a visceral”, afirma Tatiana. Mais estudos Ao que tudo indica a “Dieta do Jejum” também não foi considerada unanimidade nacional. O Serviço Nacional de Saúde (HNS) da Grã-Bretanha inicialmente manifestou dúvidas quanto à dieta. De acordo com uma avaliação preliminar do órgão, a dieta pode apresentar efeitos colaterais como irritabilidade, ansiedade, insônia, falta de ar e sonolência diurna. Recentemente o NHS voltou a se pronunciar sobre a dieta e admitiu que o jejum intermitente pode contribuir para a redução do risco de certos tipos de câncer associados à obesidade, como o câncer de mama. Mas completou a informação acrescentando que ainda se faz necessário um estudo mais aprofundado sobre o assunto.

Personal Fitness Club

www.personalfitnessclub.com.br

Pular corda ajuda a queimar calorias

Pular corda é bom para exercitar toda a musculatura

Parece fácil pular corda, mas se engana quem acredita nisso. É só ficar alguns minutos saltando para ver o quanto a atividade é desgastante. Mas é uma excelente atividade para entrar em forma. Em apenas 30 minutos de treino os pulinhos detonam até 600 calorias. E o melhor de tudo é que não existe contraindicação. Confira mais alguns benefícios que o exercício proporciona ao seu corpo: 1.Desenvolve a coordenação motora e a agilidade. 2. Proporciona condicionamento cardiovascular.

3. Trabalha todo o corpo, fortalecendo os músculos superiores e inferiores, e dá ênfase a pernas e glúteos. 4. Ajuda a combater a celulite e a osteoporose. Essa é apenas uma dica para você aproveitar e dar uma variada no treino na academia para evitar a rotina e a monotonia. Por isso, se você já experimentou de tudo e está meio sem motivação, aproveite para dar uma variada nos aparelhos. Aumente a carga ou o número de repetições para que seus músculos não se acostumem ao exercício. No trabalho aeróbico,

você pode fazer a mesma coisa, variando velocidade, inclinação e distância. Mude o estilo Praticar sempre a mesma atividade é a principal causa da cansativa rotina. Por isso, de tempos em tempos, procure novos estímulos: substitua a corrida na esteira pela modalidade na rua, faça uma aula de step, de spinning ou de trampolim. Para voltar a sentir os efeitos, procure um personal trainer, para que ele elabore um programa específico para o seu biótipo. Vale ainda chamar uma

amiga (desde que ela tenha o mesmo objetivo) para motivá-la quando a preguiça bater.

SERVIÇO SUA MELHOR ACADEMIA Local: Rua Acre, 66, Nossa Senhora das Graças Informações: 3584-0317 e 3584-2115


Weiner saude 7