Page 1

Olympic news P

Segunda-Feira, 06 de Agosto de 2012

arecia um adulto correndo contra crianças. E olha que esse foi só

o primeiro show de Usain Bolt em Londres 2012. O homem mais rápido do mundo mostrou quem manda na prova nobre do atletismo e baixou o recorde olímpico com o tempo de 9s63 para ficar com a medalha de ouro neste domingo (5). O também jamaicano Yohan Blake (9s75) e o norteamericano Justin Gatlin (9s79) completaram o pódio dos 100 metros rasos. Um dos maiores atletas da história dos Jogos Olímpicos, repetiu o feito de Carl Lewis. O norte-americano foi campeão em Los Angeles 1984 e Seul 1988. Bolt ainda promete novo show nos 200 e 4x100 metros Campeão e recordista olímpico em Pequim 2008 (9s69) e recordista mundial em Berlim 2009 (9s58), Bolt não vem de uma temporada exuberante, é verdade. O jamaicano queimou a largada no Mundial 2011 e chegou em segundo nas seletivas de seu país para Londres 2012

Nº12 EDIÇÃO DE 0H15

Usain Bolt dá show e conquista o ouro nos 100 metros em Londres 2012

3,00 em ambos os casos viu o sucesso do seu amigo e companheiro de treinos Yohan Blake. Desta vez, não deu chance a ninguém. Também não comemorou antes da chegada, como há quatro anos. De tão rápida, a prova dos 100 metros rasos não permite erros. Da largada ao sprint final tudo tem de ser perfeito. Bolt, do alto do seu 1,90 metros, sabidamente não tem a melhor largada da prova. Mas o ritual foi o mesmo. Caras e bocas para a câmera, largada um tanto lento para a superação na metade final da prova. Na comemoração, claro, dancinhas e abraços para a torcida. Blake e Gatlin fizeram seus melhores tempos da carreira, mas não o suficiente para bater o mito jamaicano. Em sua terceira final consecutiva na prova, Asafa Powel, ex-recordista mundial, sentiu um desconforto perto dos 60 metros e acabou com a oitava e última colocação, com o tempo de 11s99.

VÔLEI Meninas do vôlei vencem a Rússia e vão as semifinais.


Brasil vence Rússia e está na semifinal do vôlei feminino Num jogo emocionante, com grande participação da torcida brasileira, que cantou muito no ginásio em Londres, a seleção brasileira de vôlei feminino venceu a Rússia por 3 a 2 (24/26, 25/22, 19/25, 25/22, 21/19), e se classificou para a semifinal. Foi a primeira derrota da forte seleção russa nos Jogos Olímpicos de Londres. Com a vitória, as brasileiras vão enfrentar o Japão, que venceu a China também por 3 a 2. Essa será a quinta Olimpíada seguida em que o Brasil vai disputar medalha no vôlei feminino, depois de ter subido no pódio em todos os Jogos desde o bronze em Atlanta1996, culminando com o ouro em Pequim-2008. O adversário da semifinal será o Japão, que venceu a China, também notiebreak, mais cedo nesta terça. O retrospecto brasileiro é de três vitórias em três jogos contra as japonesas em Olimpíadas. A vitória contra a Rússia colocou novamente o time no rol dos favoritos ao título após uma campanha ruim na primeira fase, com duas derrotas em cinco jogos, em que o time dependeu dos adversários na última rodada para se classificar com a última vaga para as quartas de final.

Diversão Avaliação

Jornal das Olimpíadas  

Jornal das Olimpíadas

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you