Page 1

Chamada nacional: Dia X pelo Xingu.

Gostou? Reproduza essa idéia e distribua!

venha conosco gritar, se manifestar para dizer: NÃO A BELO MONTE!

# Movimento Xingu Vivo Para Sempre.Fale conosco: para.semprexinguvivo@gmail.com

capa

O Brasil diz ‘NUNCA É TARDE DEMAIS!’: São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador, Campinas, Manaus, Porto Alegre, Curitiba, Brasilia, Bragança, Altamira, Dourados ( MS)...

http://xingu-zine.blogspot.com/ http://xingu-vivo.blogspot.com/ http://www.xinguvivo.org.br/ http://www.flickr.com/photos/xinguviv osempre/

Eventos no Face:

Charge st. antonio: Elton Galdino Charge Curupira: Eduarda Canto Fotos Congresso MP: Ramon Santos Fotos editorial: Beth Viana

editorial

Local: Teatro da Paz Hora: 08:00 da matina.

http://www.facebook.com/events/12027563475064 7/

XIX Congresso Nacional do Ministério Público - Hangar/Belém/PA Soubemos pouquíssimos dias antes de começar que o Congresso do Ministério Público iria acontecer em Belém. E sob especulações de que Michel Temer viria. O Comitê Metropolitano Xingu Vivo para Sempre havia discutido sobre a possibilidade de intervir no primeiro dia de congresso momentos antes, porém nada havia ficado resolvido em termos de ações.

editorial

Na euforia do momento, pensamos em barrar a entrada de Temer. E no calor da revolta, mobilizamos a todos para estarmos presente numa quinta-feira de Novembro em frente ao Hangar (Local onde se realizou o congresso). A galera do VEM (Vegetarianos em Movimento) chegou com uma faixa e um mega-fone e outras tantas pessoas chegaram com cartazes. Pouco minutos depois do horário marcado, o local já estava habitado com muito mais pessoas do que havíamos imaginado. O céu de Belém anunciava chuva. E foi graças a este momento que todos se mobilizaram para entrar no Hangar com faixa, cartazes e palavras de ordem. Fomos adentrando aquele espaço com o intuito de dar voz a uma parte da sociedade não representada lá. A polícia foi chamada e logo de posicionaram ao redor de todos nós, fazendo assim a “proteção”, não sei pra quem ou contra quem, apesar de tudo continuamos a protestar. Decidimos que não sairíamos de lá sem falar com alguém que nos prestasse alguns esclarecimentos. Como o fato da Norte Energia ser patrocinadora do evento, ter um estande com produtos sobre a construção da usina de Belo Monte e ainda ter uma fala no evento. Situações tendenciosas. Quando questionados sobre o ‘Por que’ de estarmos ali diziamos: “Esse é um protesto contra Belo-Monte e a presença da Eletronorte aqui”. Então, logo perguntavam:” Vocês são contra o progresso?”. Mas, afinal, o que é o progresso? Progredir é matar? Destruir em nome da economia brasileira? Essa economia primarizada? Agora, nos digam: Isso é progresso?


Passando pela transamazônica, uma clareira no meio da imensidão de árvores?!Não! A única coisa que enxergamos é Pasto!Antes de ver o Rio Xingu percebemos que estávamos em um lugar onde não existia lei e sim Poeira, não existia fazendas e sim Latifundiários, não existiam informações e sim Roubo. Chegamos à cima de um morro e mais na frente se apresentava uma faixa de rio, onde passava uma balsa, que não parecia agüentar tudo aquilo de automóvel. Era um rio bonito, bonitão na verdade... Alguns se jogaram nele, outros só observaram de longe conversando com um menininho que vendia castanha. Logo ali embaixo de um morro, estava aquele de que tanto pensávamos em noites perdidas na frente de textos, livros e choros, aqui do lado e ao mesmo tempo a milhões de km de distância. Não entendíamos de verdade, até hoje não sabemos (Como já dizia minha sabia vó) da missa o terço. Nossas respostas estavam na terceira margem e nos restava apenas sentir... Ele, o mergulho naquilo, no doce de um rio claro e verde, para tentar recobrar as esperanças, de vida...

Paramos, depois de acreditar que já estávamos quase lá e que Altamira já era logo ali, quando avistamos uma fileira de caminhões e ônibus, uma barricada, mulheres, crianças, homens, tendas, cansaço, música sertaneja e uma faixa que dizia mais ou menos assim: “ Fora Liber, prefeito de Vitoria do Xingu!”. Individuo que roubou 17 milhões de uma cidadezinha pequena, que também irá ser afetada com a construção do monstro, não foi preso e ainda continua na prefeitura. “...Demônios estão na presidência enquanto você liga a TV para ver, sei lá, rocky Balboa...” Sentir a cidade, o que estão fazendo com indivíduos, historias, crenças, faz com que entendamos a atmosfera criada naquele lugar, um ar violento igual à chacina prevista,que esta atrelada a maior obra do Pac a famosa UHE Belo monte. Esperamos que os KraÔ e seus mitos e deuses, os seus joãos e as donas Marias, ribeirinhos, pescadores, povos da floresta com suas mandigas, o grande povo da cidade com sua fé e principalmente que o Xingu... O Espírito Xingu nos ajude. Luah Sampaio.

Versão para impressão  

Essa versão é para ser impressa e distribuida. Se você gostou dessa idéia, repasse! Caso na sua cidade vá ocorrer o ato do dia 17, imprima e...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you