Page 1

relatório de atividades 2017 edição especial de 5 anos


Sumário A Wylinka 3

O Relatório de Atividades 2017 es comemorativa dos 5 anos da Wy documento e con

5 ANOS

Relatór 28 9 5 Anos: Trajetória

Introdução Relatório 2017


stá contido em uma edição especial ylinka. Veja abaixo a estrutura deste nheça nossa trajetória!

rio de Atividades 2017 30

Indicadores

32

Projetos

59

Informe Financeiro

Visão de Futuro 64


Expediente

Coordenação: Beatriz Marques Andrade Conteúdo: Beatriz Marques Andrade, Tiago Paz Lasmar e Amélia de Souza Machado Projeto Gráfico: João Gabriel Reis Revisão: Ana Carolina Calçado e Elimar Pires Vasconcello

Presidente: Ana Carolina Calçado Vice-Presidente: Elimar Pires Vasconcellos

4


e

os

5


6

MENSAGEM DA GESTÃO


Completamos 5 anos de uma história de propósito, empreendedorismo, desafios e realizações. Ao longo destes anos passamos por um constante processo de evolução, na busca de realizar com cada vez mais impacto nossa missão de transformar conhecimento em inovação, desenvolvendo os ecossistemas. Éramos um pequeno grupo que tinha o sonho de transformar a universidade para gerar mais inovação e valor pra pessoas. Como um laboratório permanente, nos testamos em outros campos, atuando com startups, reforçando nossa articulação em rede, desenvolvendo e compartilhando conteúdos e agregando a visão de impacto social e ambiental às nossas ações. Temos muito orgulho de nossa história e a consciência de que ela só pode ser construída porque agregou, entre equipe e parceiros, uma rede de pessoas que 7


compartilha dos mesmos valores e do mesmo propósito. Este ano, novas evoluções acontecem e estamos comemorando um momento de consolidação e expansão da Wylinka. Temos uma nova casa em Belo Horizonte e também uma base em São Paulo, de onde promoveremos a ampliação do nosso impacto. Nós mantemos uma organização jovem em idade e espírito, inquieta e cheia de sonhos. Mas hoje também acumulamos uma jornada que nos traz a experiência e a confiança no nosso caminho. Isso nos dá uma perspectiva de um futuro vibrante e de realizações significativas para o cumprimento da nossa missão.

8


“Disse a flor para o pequeno príncipe: - É preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas. Dizem que são tão belas.” Antoine de Saint-Exupéry

Ana Carolina Calçado Diretora-Presidente

9


O que é a Nossa Somos uma organização sem fins mobilizar Missão e desenvolver instituições

empreendedorismo, a partir da promo

10


a Wylinka?

lucrativos que tem como propósito e ecossistemas para a inovação e o ção e transformação do conhecimento.

11


Nossa MissĂŁo

12


Transformar conhecimento em inovação, mobilizando e desenvolvendo instituições e ecossistemas.

13


Nossa visão é?

14


Ser referência no desenvolvimento de instituições e ecossistemas por meio da transformação de conhecimento em inovação e empreendedorismo. Ser fonte de inspiração e agente mobilizador de pessoas e organizações para a colaboração e articulação em rede.

15


Como mudamos o mundo:

Suporte à tran

de tecnologi

da ciên

Promover a

inovação tecnológica

por meio de:

Program desenvolvi

de negó tecnológ

16 16


nsferência ia derivada

ncia

Desenvolvendo

ecossistemas de inovação

mas de imento

ócios gicos

17 17


Nossa atuação: PROJETOS

Desenvolvemos projetos de inovação e empreendedorismo para instituições e ecossistemas. Os projetos tem como objetivo atender a demandas de estratégia, estrutura e processos que visam transformar o conhecimento em inovação e empreendedorismo.

18

CAPAC

Compartilhamo relacionado empreend

O conhecimento é com oferta de cursos, work metodologia dinâmica d participantes uma


CITAÇÃO

CONTEÚDO

os conhecimento o a inovação e dedorismo.

Produzimos e compartilhamos conteúdos estratégicos relacionados a inovação e empreendedorismo.

mpartilhado por meio da kshops e palestras com de forma a oferecer aos experiência vivencial.

Os conteúdos são elaborados com o objetivo de compartilhar conhecimento e potencializar o impacto dos aprendizados gerados pela experiência.

19


n 5a


s o n


Wylinka: 5 anos transformando conhecimento em inovação


E

m 2018 a Wylinka completa 5 anos. Nesse momento de celebração, gostaríamos de compartilhar com você mais do que nossos resultados, mas um pouco da história que conta como chegamos até aqui. Neste período, desenvolvemos diversos negócios e tecnologias, disseminamos conteúdos, ampliamos nossas fronteiras, compartilhamos nosso sonho com novas pessoas e, principalmente, ajudamos outras instituições que, assim como a gente, acreditam no potencial de um ecossistema de inovação fortalecido. Mas toda história tem seu início, e a nossa começa de uma pasta compartilhada entre três empreendedores chamada “projeto.org”. 23


PROJETO.ORG

um negócio que surgiu do propósito Em 2012, três jovens que buscavam fortalecer a relação entre universidades e mercado se uniram para transformar um sonho em realidade. Desse encontro, nasceu a ideia de uma organização que atuasse com este propósito. Porém, como toda história empreendedora, transformar esse sonho em um negócio não foi fácil. Principalmente, por se tratar de um projeto que atuaria com uma das principais dores do ecossistema de inovação. Conscientes de todos os desafios que enfrentariam, Ana Calçado, Eli-

E mais...

24

Os fundadores da Wylinka se conh “um ecossistema formado por várias empresas e u sua história, atuou na aceleração de empresas de b ponta e boas ideias em negócios de sucesso.


mar Vasconcellos e Renato Lacerda optaram por darem vida a um negócio que mantivesse esta missão sempre no seu DNA. Nesse momento se juntava ao grupo de sonhadores Marcella Machado e Patrícia Pelegrino. Daí surgia o projeto.org, a ideia de uma organização sem fins lucrativos que atuaria com projetos e capacitações para conectar mercado e universidade. Com relevante experiência e trajetórias diversas no mundo da inovação, Euler dos Santos, Gustavo Mamão, Manuela Soares, Renata Horta e Rochel Lago foram determinantes para o desenvolvimento deste projeto com seu apoio e orientação. Este grupo se juntou ao time de fundadores e posteriormente se configurou no Conselho de Gestão da Wylinka.

heceram trabalhando juntos no Instituto Inovação, unido por um único DNA, a inovação. Ao longo de base tecnológica, transformando conhecimento de

25


A MARCA WYLINKA 2013 Foram diversos encontros, canvas, conversas, conexões, até que o projeto.org se transformasse. O principal marco dessa história está exatamente no nome da nossa organização. O que os fundadores propunham era uma transformação nas universidades para que elas pudessem ser cada vez mais inovadoras. Transformação. Ana e Elimar, que vinham das ciências das vida, conheciam muito bem esse processo e tinham uma palavra para isso: Ecdise. 26


2015 Ecdise é um processo de transformação que alguns animais passam para atingir sua vida adulta. E era essa transformação que marcava a essência da nossa organização, não só pelos objetivos do negócio em si, mas também pela transformação que os jovens passavam em suas carreiras ao empreender um sonho. Assim surgia a marca Wylinka, que significa, em polonês, ecdise. 27


TRAJETÓRIA E ECDIS o início de tudo

6 de Fevereiro de 2013. Essa é a data que marca, legalmente, a fundação da Wylinka, e quando o sonho começava a se tornar realidade. Após toda a consolidação jurídica, os cinco empreendedores se concentraram naquilo que era o fundamental para decolar de vez o que sonhavam: realizar o primeiro projeto, o que aconteceu neste mesmo ano.

28

E quem foi o primeiro parceiro...

O primeiro projeto da W Itaipu em Julho de 201 de negócios em casos criar competências par


SES

atuando em rede: a expansão do propósito

Foi por acreditar na importância do desenvolvimento dos ecossistemas que a Wylinka iniciou seu trabalho em rede, levando o propósito para outros locais do Brasil e da América Latina. Desde o começo de sua trajetória, a Wylinka já atuou em 20 estados em todas as regiões no Brasil e na Colômbia. Assim, ficou clara a nossa missão: transformar conhecimento em inovação, mobilizando e desenvolvendo instituições e ecossistemas.

Wylinka foi um Treinamento de Canvas para o Parque Tecnológico de 13. O projeto foi um Workshop para discussão e definição de modelos reais, de forma a criar avanços em modelos de negócio inovadores e ra uso da metodologia CANVAS continuamente.

29


Nossa Prime Ecdise Como Organização que buscava transformações, a Wylinka crescia como um laboratório que permitia a si e a seus membros a experimentação. E foi por estar aberta a se reinventar sem perder a essência, que o Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development (SEED) não foi só o primeiro grande projeto, mas a primeira Ecdise da Wylinka. O SEED, é um programa de apoio a empreendedores que tem como intuito fortalecer, incentivar e promover startups, e contou com a participação da Wylin30


eira ka na gestão e execução em suas três primeiras 19 rodadas. O Programa do Governo de Minas, não só posicionou Belo Horizonte no mapa de empreendedorismo do mundo, mas permitiu ressaltar a vocação da Wylinka em atuar para o fortalecimento de ecossistemas de inovação e empreendedorismo.

31


Promoção e Inserção Tecnologias no Merc O projeto realizado com o NIT-Rio ( Núcleo de Inovação Tecnológica das unidades de pesquisa do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação no Rio de Janeiro) foi o primeiro grande projeto em que a Wylinka atuou de forma explícita na aproximação entre a universidade e mercado. Foi executado a partir de duas grandes etapas: mapeamento de tecnologias e do mercado-alvo e abordagem direta pela equipe da Wylinka para o processo negociação e transferências. 32


o de Novas cado O resultado do projeto proporcionou uma maior aproximação e interação das equipes de pesquisadores com os gestores e profissionais do setor privado. Isso permitiu o surgimento de importantes informações para a adaptação das tecnologias aos interesses do mercado e criação de relacionamentos para futura transferência tecnológica.

33


Expandindo Incubadoras de base tecn Um dos projetos mais relevantes com incubadoras de empresas permitiu maior impacto da atuação da Wylinka no ecossistema de inovação e empreendedorismo. Marcou um momento de expansão da organização, e conquistou o prêmio de "Melhor Boa Prática" na conferência da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) em 2016. 34


o a atuação com s de empresas nológica O Bloom Business Technology (o BloomBTech) foi uma Programa de iniciativa do SEBRAE-MG em parceria com o Governo de Minas Gerais e a Rede Mineira de Inovação (RMI), com o objetivo de promover direcionamento estratégico das empresas incubadas do Estado.

35


Empreendedorismo Inovação nas Univers Identificado o gargalo de gerar negócios de base tecnológica no fluxo de inovação, a Wylinka viu a oportunidade de desenhar um programa com metodologia direcionada a este fim. O StartupTech teve como objetivo despertar o comportamento empreendedor e incentivar o desenvolvimento de ideias com uso intensivo do conhecimento de base tecnológica de estudantes de graduação, aplicado inicialmente na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Foi idealizado e desenvolvido pela Wylinka “em 36


oe sidades parceria com o Núcleo UFMG Jr. e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (SEBRAE-MG), além de outros patrocinadores e apoiadores.

37


Impactando do Brasil A realização de dois projetos em parceria com o Museu Goeldi possibilitou que a Wylinka levasse seu propósito para outra região do país. Mais especificamente para o norte, celeiro de tecnologias que têm como boa parte de seus insumos a biodiversidade da Amazônia. O projeto de capacitação teve como objetivo fortalecer a gestão da inovação da Rede de Núcleos de Inovação Tecnológica da Amazônia Oriental (Rede NAMOR).

38


o o Norte Para este fim, o projeto teve foco também na integração da propriedade intelectual à estratégia e cultura das instituições. O projeto de Gestão da Propriedade Intelectual acompanhou tecnologias desde o mapeamento até a redação das patentes para o desenvolvimento de estratégias que permitissem, de fato, contribuir para a efetiva consolidação e transferência de inovações de sucesso no mercado.

39


Levando Desenvolvim para o Interior de MG Com a missão de dar suporte ao desenvolvimento de novos negócios inovadores em Minas Gerais, a Wylinka apoiou o SEBRAE-MG na criação e execução de um programa de capacitação, desenvolvimento tecnológico e articulação para startups. A partir do desenvolvimento de uma metodologia conjunta, nascia o Go Minas,

40


mento G programa importante para a capilarização da atuação do SEBRAE-MG no desenvolvimento de startups e que levou a missão da Wylinka a todo o estado.

41


Atuação em Desenvolvim do Brasil A Wylinka apoiou a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em sua missão de desenvolver soluções inovadoras para a saúde pública no Brasil, por meio do Sistema GESTEC-NIT (Sistema de Gestão Tecnológica e Inovação da Fiocruz) com sua rede de vinte NITs distribuídos em todo território do país. O projeto teve como objetivo principal atualizar a equipe em temas e práticas relacionados a avaliação e transferência de tecnolo-

42


m Rede para o mento Tecnológico gias, por meio de mapeamento, seleção e avaliação de ativos tecnológicos desenvolvidos pelos pesquisadores da instituição.

43


Conectando ecossist Startups e Varejistas O Programa Varejo Inteligente, executado em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL-BH) foi uma iniciativa que objetivou conectar dois mundos para a promoção da inovação e desenvolvimento no setor varejista. Para os empreendedores e suas startups, o projeto ofereceu a possibilidade de validar e amadurecer o negócio facilitando sua interação com o mercado. Para os empresários do varejo, o

44


temas: s projeto promoveu o contato com produtos e soluçþes inovadoras com o objetivo de os diferenciar de seus concorrentes ou se tornar mais competitivo dentro do mercado no qual estavam inseridos. O projeto promovia, assim, o desenvolvimento de todo o setor varejista e do ecossistema de empreendedorismo inovador local.

45


Ampliando o Missão: Form Líderes em I Desenvolver outros ecossistemas significa, essencialmente, desenvolver pessoas. Foi pensando nisso, e sabendo que o Brasil precisa de futuros articuladores do conhecimento, que a Wylinka idealizou o Wylinka Experience. O Programa é uma imersão em inovação e empreendedorismo e tem como público alvo jovens universitários que queiram atuar e sejam capazes de transformar os ecossistemas de empreendedorismo e inovação. Em duas edições, o WyXp formou 16 46


o Impacto da mação de Inovação novos líderes de desenvolvimento de ecossistemas de todo o país. E a missão de formação de agentes de inovação vai além do programa - em nossos cursos e capacitações impactamos mais de 450 pessoas só em 2016, multiplicadores de metodologias, programas e propósito para inovação.

47


Nossa Missão aplicad de Impacto Social e A Em 2016, a Wylinka deu os primeiros passos para potencializar sua missão atuando no desenvolvimento de pessoas, projetos, tecnologias e negócios para resolver problemas sociais e do meio ambiente. Esta visão foi disseminada para os negócios de incubadoras mineiras por meio do Bloom Business Technology Impact, projeto em parceria com o Sebrae-MG e RMI, em que o impacto social e ambiental foi trabalhado transversalmente no negócio das empresas. Atuamos também com projetos sociais por meio do Programa Educar para Transformar do Instituto MRV. Com o ob48


da a ações Ambiental jetivo de fortalecer o propósito e impacto em seus públicos-alvo, trabalhamos com capacitações, direcionamentos em gestão e visão de sustentabilidade financeira com equipes dos projetos apoiados. No projeto Água + Acesso, da WTT (World-Transforming Technologies) com o Instituto Coca-Cola, aprofundamos nos impactos positivos que a inovação tecnológica pode gerar, atuando no mapeamento de soluções tecnológicas com o objetivo de melhorar o acesso à água de qualidade em locais de escassez. 49


DISSEMINAÇÃO DE CONTEÚDO

na fronteira do conhecimento

50

Nesses 5 anos, fomos de um simples sonho ao impacto a milhares de pessoas por meio da disseminação dos conteúdos que produzimos e nos quais nos aprofundamos. Criamos experiências incríveis com nossos parceiros e atuar na disseminação desses exemplos como forma de incentivar outros atores a construírem novos capítulos de suas histórias também passou a ser parte da nossa missão. Na DEEP, nossa principal plataforma de conteúdo, compartilhamos textos que resumem nossas pesquisas e reflexões em temas relevantes e atuais relacionados a empreendedorismo, tecnologia e inovação. O blog é um olhar para o mundo nestes temas e


traz discussões que objetivam ser materializadas em impacto no desenvolvimento de ecossistemas. Só em 2016 conseguimos atingir mais de 60.000 views! Buscando sempre impactar os nossos diversos públicos com diferentes formas de conhecimento, geramos e transmitimos conteúdos em outros formatos como o Wylinka Academy, com o compartilhamento de artigos acadêmicos, ou por meio da produção de ebooks de metodologias aplicadas em nossos projetos.

Nossos três textos mais acessados: O porquê de pessoas talentosas se subestimarem tanto. Proof of Concept Centers: um novo mecanismo para o empreendedorismo nas universidades? Acídia: a doença dos empreendedores e a procrastinação Confira esses e outros textos no www.medium.com/deep-wylinka

51


NOVAS ECDISES nova casa e expansão

Em 2018 a equipe da Wylinka passa a habitar um novo espaço, uma nova “casa” em Belo Horizonte, que recebe os seus membros para este novo ciclo que mantém o propósito de transformar o conhecimento em inovação e desenvolver os ecossistemas. Neste ano a Wylinka também estabelece uma base em São Paulo, com o objetivo de aumentar o impacto de sua missão pela presença em um ecossistema reconhecidamente vibrante e profundamente conectado a muitos outros ecossistemas no Brasil e no mundo.

52

O processo de evolução que vivemos nos proporciona o profundo sentimento de realização e de que estamos seguindo na direção certa para o cumprimento


da missão na qual acreditamos. Sabemos que a jornada é cheia de desafios e que para se conseguir explorar novos horizontes é preciso ousar e experimentar. A Wylinka nesses 5 anos de caminhada aprendeu muito com a experiência, a jornada e o ciclo que acaba de completar. Nos próximos anos continuaremos aprendendo e evoluindo cada vez mais como um conjunto de pessoas que sonham e realizam juntas, e também como uma organização em processo constante de amadurecimento e crescimento.

Renato Lacerda Gestor de Projetos

53


BH MINAS SÃO PAULO BRASIL 54


55


5 AN

o início de u de evoluções

São 5 anos de Wylinka. Nesses 5 anos, tiramo mos mais sonhos à nossa missão. A rede Wy gia e o mesmo propósito. Cada instituição e ao que acreditamos e ao que podemos real

As ecdises fazem parte da nossa cultura de v formação que nos levam a cumprir cada v adaptar às mudanças do mundo sem perd esse é só o início de uma história de evoluçõ 56


NOS

uma história e realizações

os do papel o sonho do Projeto.org e agregaylinka se expande mantendo a mesma enercada pessoa que se junta agrega mais força lizar.

viver permanentemente processos de transez melhor nossa missão. Optamos por nos der a essência. Isso nos dá a certeza de que ões e realizações. 57


Agora vamos fa de como foi


alar um pouco i nosso 2017


INTRODUÇÃO

como atuamos no último ano A Wylinka cresce para promover a aproximação entre conhecimento e inovação. Desenvolvemos e executamos metodologias em conjunto com atores-chave que acreditam no nosso propósito.

60

Neste último ano, mais uma vez, desafiamos nossas fronteiras: nos aproximamos de organizações com foco em impacto social e ambiental para fomentar o empreendedorismo e inovação; consolidamos nossa posição junto aos setores considerados tradicionais seja por meio da criação de pontes com soluções inovadoras das startups ou metodologias que facilitem e potencializem seus resultados. Fomos figura presente em projetos em universidades no interior de Minas e


nacionalmente, acelerando NITs, aquecendo o ecossistema de empreendedorismo no desenvolvimento de startups, e no mapeamento e diagnóstico de mais de 500 negócios. Formamos seis líderes regionais em 2017, e dez em 2018 em todo o Brasil, e não pretendemos parar por aí. Estes líderes se tornaram difusores de uma visão de atuação empreendedora em seus ecossistemas. Que estes cinco anos sejam só mais um momento de ecdise da nossa organização e que continuemos exercendo nosso propósito cada vez mais fortalecidos por nossos parceiros.

Lucas Lima Gestor de Operações

61


INDICADORES 2017

6e

39

+8 im 62


estados

9 projetos

800 pessoas mpactadas 63


Suporte à transferência de tecnologia derivada da ciência

28 tecnologias trabalhadas 15 NITs 46 ICTs 64


Programas de desenvolvimento de negรณcios tecnolรณgicos

+550 negรณcios desenvolvidos 20 incubadoras 12 programas 65


O que fiz

20


zemos em

017


WYEXPERIENCE O WyXP é um programa de formação de lideranças idealizado e executado pela Wylinka, que tem como objetivo capacitar jovens para serem protagonistas do desenvolvimento de ecossistemas de empreendedorismo e inovação no Brasil. 68


Em 2017, foi realizada a primeira versão do programa, na qual cinco jovens passaram por mais de 40 dias de imersão em Belo Horizonte aprendendo e conhecendo sobre o ecossistema de empreendedorismo e inovação. Durante o período, foram realizadas mais de dez capacitações e 40 visitas. Além disso, cada um dos participantes desenvolveu projetos individuais para suas regiões. Com apoio do Laboratório de Estudos sobre Trabalho, Sociabilidade e Saúde da Universidade Federal de Minas Gerais, foi possível identificar nos participantes a melhoria nas seguintes competências: - Intenção de empreender; 69


- Busca de oportunidades e iniciativa; - Comprometimento; - Persistência; - Persuasão e rede de contatos; - Independência e autoconfiança; - Exigência de qualidade e eficiência; - Estabelecimento de metas; - Busca de informações.

"...tive a oportunidade de trocar conhecimento com muitas pessoas.Além disso, sai da minha zona de conforto pra embarcar nesse mundo frenético da inovação."

Marília Coelho

Estudante de Administração - UECE

70


Números 3 estados MG, RJ, CE

6 universitários e futuros líderes

71


VAREJO INTELIGENTE

72

O programa Varejo Inteligente foi uma realização da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL-BH), com o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae-MG). O projeto, executado pela Wylinka, teve duração de 6 meses.


Seu objetivo foi promover soluções inteligentes para os principais desafios das empresas varejistas, por meio do desenvolvimento de 20 startups e pela articulação com o ecossistema de empreendedorismo e inovação. Em sua segunda edição o programa foi estruturado em três fases: Estruturação, pré-aceleração e desenvolvimento do ecossistema e incubação, sendo a incubação a grande novidade em relação à primeira rodada. Para essa fase, 5 empresas entre a as participantes foram selecionadas, sendo premiadas com um valor simbólico de R$ 10.000,00. A fase de incubação teve dois objetivos principais: Para a CDL-BH a transferência de 73


conhecimento para que a equipe fosse capacitada para dar continuidade ao desenvolvimento destas e de outras startups no futuro; já para as startups, o foco foi em aumentar a interação entre elas e seus clientes, potencializando sua inserção no mercado e a evolução de seu modelo de negócio.

O Programa Varejo Inteligente tem agregado muito para a easy4market. Entramos com uma mentalidade sobre empreender e estamos saindo com outra totalmente diferente e muito mais evoluída. Ainda temos muito que melhorar e sabemos que a caminhada é bem longa e o Varejo Inteligente está sendo um grande atalho nessa jornada rumo ao sucesso! Fernando Dutra easy4market

74


Dados do programa: 26 mentores especialistas envolvidos +600 interações com empresários do varejo +450 horas de reuniões individuais, coletivas, meetups 75


GO MINAS

76

O Go Minas é uma realização do Sebrae-MG É um programa de desenvolvimento de Startups em fase inicial de operação ou empresas em fase de lançamento de novos projetos, que tem por objetivo promover o desenvolvimento tecnológico e a consolidação das startups do estado de


Minas Gerais. Ao longo da execução do programa, são realizadas reuniões individuais, para acompanhamento constante da evolução de cada negócio, e também reuniões em grupo, nas quais as empresas têm a oportunidade de compartilhar desafios e trocar experiências. Ainda são levados conteúdos-chave para solução de desafios das startups, bem como apoio aos empreendedores na articulação com contatos e na proposição de direcionamentos às empresas. Em 2017 foi realizado um total de seis rodadas do programa Go Minas nas cidades de Uberlândia, Juiz de Fora e Belo Horizonte. 77


Em Uberlândia, as rodadas do Programa aconteceram em parceria com três universidades da cidade: Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação (ESAMC), Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Centro Universitário Una (UNA).

78


Uberlândia

Belo Horizonte

Juiz de Fora

3 turmas

2 turmas

1 turma

45 startups

30 startups

15 startups

79


BLOOM INNOVATION SPACES O projeto Bloom Innovation Spaces (BIS) foi uma realização SEBRAE-MG, em parceria com a RMI e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Governo de Minas Gerais (SEDECTES). 80


Teve como objetivo a construção colaborativa, aplicação e difusão de novas abordagens para potencializar a atuação e os resultados das incubadoras de empresas. O projeto permitiu que os gestores realizassem uma análise crítica e propostas para evolução das suas incubadoras, buscando se adequar às novas realidades, planejando o seu desenvolvimento e ampliando os seus impactos no ecossistema. Para tanto, o programa foi estruturado em três etapas principais: levantamento e proposição de boas práticas mundiais, alinhamento da aplicação para a realidade das incubadoras e difusão das metodologias por meio da elaboração e disseminação de um E-book. 81


O principal benefício do BIS foi a oportunidade para os gestores refletirem sobre os desafios e posicionamento da incubadora e estruturar ações robustas, trabalhando principalmente metodologias, ferramentas e boas práticas.

82


O Projeto BIS foi um marco importante para o ecossistema mineiro de inovação, principalmente para os Habitats de Inovação, pois nos fez refletir sobre nossa atuação e principalmente contribuiu para identificar os principais pontos fortes e fragilidades (...). Outro ponto muito positivo foi poder ter contato com demais Habitats de Inovação que são referência no país, gerando um benchmark muito rico. Natália Ferreira

Gestora da Incubadora do Centev

” 83


BBT IMPACT O projeto Bloom Business Technology Impact (BBT Impact) foi uma realização SEBRAE-MG, em parceria com a RMI e a SEDECTES. O Programa teve a missão de incentivar e fortale84


cer o desenvolvimento dos negócios para a geração de impacto social e ambiental no ambiente das incubadoras de empresas mineiras. Sendo assim, além de contribuir para o direcionamento estratégico das empresas incubadas, o grande desafio foi lapidar o potencial que cada empresa participante apresentava para se tornar um negócio de impacto social e ambiental mais robusto. O BBT Impact teve a duração de quatro meses e contou com participação de 20 empresas de doze incubadoras mineiras. Ao longo de suas quatro etapas: Diagnóstico, Estudo de mercado, Definição de Estratégias e Acompanha-

85


mento do Plano de Ação, foi possível trazer novas inspirações e direcionamentos para os empreendedores, bem como apresentar metodologias para que conseguissem mensurar melhor os seus impactos de médio e longo prazos.

(...) foi mais que saudável entender o contexto do projeto, receber as ideias e mudanças, até mesmo para promover, em forma de longo prazo, o impacto social e ambiental que iniciamos neste ano. [...] Acredito que o compromisso de construir em seu plano de negócio ações que de alguma forma façam o impacto ou a mudança na sociedade e no meio ambiente, ficará para sempre em nossos planos futuros (...)

Valter Jagosich 86

Bridge2Things


87


REDENIT- CEARÁ

88

O Projeto foi uma realização da Rede de Núcleos de Inovação Tecnológica do Ceará (RedeNit-Ce) que tem a missão de promover a inovação por meio do estímulo à criação e consolidação de Núcleos de Inovação Tecnológica contribuindo para o desenvolvimento do estado do Ceará.


Teve como objetivo a aceleração de tecnologias das Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) pertencentes à Rede, visando o sucesso na promoção dessas, seja por meio de transferência para o mercado ou criação de startups. Nesse contexto, foi realizada a capacitação dos pesquisadores líderes e estudantes para atuarem efetivamente frente ao mercado, desenvolvendo o comportamento empreendedor, além de auxiliar no desenvolvimento das tecnologias existentes e na modelagem de negócios. Nos três meses de duração foram realizados encontros presenciais e virtuais com responsáveis por dez tecnologias da Rede, buscando trabalhar conceitos e práticas para o desenvolvimento. 89


Foram abordados temas como a criação e validação de hipóteses de mercado, validação de produto, estratégia de entrada no mercado, proposta de valor e design de produtos. Ainda foi trabalhado o desenvolvimento de pitches das tecnologias para apresentação em um Demoday ao final do programa.

10 tecnologias 6 ICTs

90


ICT`s participantes

23

1 91


LIVRO INOVAÇÃO NA RAIZ No ano de 2017, a história de um caso de sucesso em inovação de base tecnológica a partir do conhecimento científico produzido na universidade foi contada no livro Inovação na Raiz. 92


Gustavo Mamão narra sua trajetória na empresa Rizoflora Biotecnologia, e todos os desafios enfrentados por essa spin off acadêmica, ao longo de mais de vinte anos de dedicação em pesquisa, modelagem de negócios e desenvolvimento tecnológico. Não é apenas porque Gustavo é, atualmente, conselheiro da nossa organização que a Wylinka tem envolvimento nessa história inspiradora. Durante o estágio de desenvolvimento inicial da empresa, a metodologia da Diligência da Inovação foi aplicada para a avaliação da tecnologia, sendo o resultado do estudo aspecto fundamental para o direcionamento estratégico da empresa em processo de consoli93


dação. Por sua expertise na aplicação da metodologia, a Wylinka foi convidada a escrever o Anexo I do livro, “Diligência da inovação: um primeiro olhar para o desenvolvimento de inovação a partir da universidade”. O principal objetivo deste anexo é, por meio do detalhamento da Diligência da Inovação, dar um apoio metodológico a pesquisadores, alunos, tecnologias em desenvolvimento, que encontram desafios como os enfrentados pela Rizoflora durante sua fase de estruturação.

“ 94

(...) não poderia ter sido uma parceiro mais adequado. Além de ajudar na viabilização do projeto, a partir do lançamento do livro, a Wylinka passa a trabalhar para que mais pessoas e instituições possam assimilar os aprendizados que ali estão, sendo o grande agente de disseminação do livro.


VocĂŞ pode comprar o livro por meio dos links: https://editoravoo.com.br/produto/inovacao-na-raiz/ https://goo.gl/LjFVKL

95


PROGRAMA EDUCAR PARA TRANSFORMAR

96

Estimulando a nova vertente de atuação da Wylinka, em inovação social e negócios de impacto, o Instituto MRV trouxe uma demanda que ainda não tínhamos trabalhado diretamente - levar inovação e empreendedorismo para os programas de impacto social. O Programa


Educar para Transformar, já em sua segunda edição, primeira em parceria com a Wylinka. O Programa seleciona, por meio de uma chamada pública, quatro projetos sociais de impacto com foco em Educação, e faz o acompanhamento, ao longo do ano, da evolução destas iniciativas com a aplicação do recurso aportado pelo Instituto MRV. Ao longo de todo o ano, a equipe Wylinka trabalhou desde a programação, redação de edital, definição de critérios, treinamento da equipe de seleção, até o acompanhamento presencial e remoto dos projetos selecionados. Os resultados foram grandes, promovendo uma ampla formação de rede, aprendizado para a equipe alocada e novas parcerias para 2018 com o Instituto MRV.

97


4 projetos apoiados 3 estados

+17.300 crianรงas e adolescentes beneficiados 98


A escolha da Wylinka para trabalhar em conjunto com o Instituto MRV se deve a alta competência da Organização em inovar nos processos. Visto os bons resultados obtidos até o momento no programa Educar para Transformar, nossa expectativa é manter firme a parceria e colher sempre os melhores resultados. É uma parceria de grande valor para o Instituto, por adicionar valor nas diversas fases do processo do programa.

Blenda Alves Instituto MRV

99


BloomBTech UP O BBT foi uma Programa de iniciativa do SEBRAE-MG em parceria com o Governo de Minas Gerais e a RMI, com o objetivo de promover direcionamento estratĂŠgico das empresas incubadas do Estado. Realizado em 2015, o Programa impulsionou novas abordagens, como o BBT UP e o BBT Impact. Dando continuidade ao BBT, o BBT UP surgiu para aprofundar o trabalho com as 15 empresas 100


que melhor performaram na primeira versão do programa, que contava com 117 empresas de 17 incubadoras do Estado. O BBT UP foi executado em encontros presenciais e remotos alternados abordando novos conteúdos, capacitando os empreendedores em temáticas ainda em desenvolvimento e contribuindo para a alavancagem de seus negócios.

101


Programa Água + Acesso O Programa Água+ Acesso é uma parceria da Fundação Avina, Instituto Coca Cola, World-Transforming Technologies (WTT). Teve como principal objetivo a seleção de soluções em forma de projetos para desafios de comunidades de baixa renda relacionados ao acesso a água como saneamento, distribuição e purificação. A chamada recebeu inscrições de empresas e pesquisadores com propostas para projetos pilo102


tos que foram implementados nas comunidades em busca da solução desses desafios técnicos diagnosticados previamente. Neste projeto a Wylinka foi responsável por desenvolver junto à WTT a metodologia de chamada, avaliação e seleção das propostas tecnológicas.

103


Sebrae PR: Desenvolvimento de Ecossistema de Inovação A Wylinka foi até o sul do Brasil para executar um projeto em conjunto com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná (SEBRAE-PR). O projeto teve como objetivo orientar os gestores do SEBRAE-PR a promover a articulação entre os atores, otimizar a comunicação geral e facilitar o orquestramento natural do ecossistema de inovação da região noroeste do estado. 104


A partir desse objetivo foram estruturadas quatro etapas de atuação: alinhamento teórico e ferramentas; mapeamento do ecossistema; processamento e plano de articulação; execução do plano e acompanhamento. Os planos de atuação foram executados pelos gestores e o acompanhamento da evolução das ações foi feito pela equipe Wylinka.

105


Sebrae MG: Diagnósticos Tecnológicos Uma realização do SEBRAE-MG, os Diagnósticos Tecnológicos têm como objetivo caracterizar a situação e o nível de maturidade dos negócios e diversos setores da economia em Minas Gerais. Apectos como infraestrutura, gestão e estratégia, cultura organizacional, relacionamento com o cliente e portfolio de produtos e serviços, são considerados. 106


A partir dessa caracterização e diagnóstico é possível potencializar a atuação do SEBRAE-MG junto às empresas e os setores analisados. Os diagnósticos foram feitos nas seguintes cidades: Serro, Porteirinha, Janaúba, Espinosa, Mato Verde, Jaíba, Lagoa da Prata, Araujos, Nova serrana, Nanuque, Ponte Nova, Samonte, Itapecerica, Juiz de Fora, Barbacena, Formiga, Teófilo Otoni.

107


Inova + Papelarias

Inova + Contadores

Com o objetivo de levar a visão de inovação para setores considerados tradicionais, o Programa Inova + foi elaborado pela Wylinka juntamente com o SEBRAE-MG. Em suas duas primeiras edições, participaram 9 papelarias de Belo Horizonte e 23 escritórios de contabilidade da cidade de Juiz de Fora- MG. Por meio de capacitação, mentorias e apresentação de casos práticos, os participantes foram incentivados a repensar o modelo de negócio. Utilizando informações de mercado e pensamento estratégico, foram também inspirados à mudança de mindset para a inovação e tiveram suporte para planejar e executar ações de transformação. 108


Fiemg Lab Novos Negócios O FIEMG Lab Novos Negócios é um programa de aceleração de startups realizado pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG) que busca fortalecer a conexão entre startups e indústria para compartilhamento de experiências e geração de novas soluções. Durante a primeira fase do programa, a Wylinka foi responsável pelo acolhimento e acompanhamento da experiência dos participantes, suporte nas atividades de integração e para os eventos.

109


Curso de Mentoria Em uma ação em parceria com o Semear Innovation, a Wylinka foi facilitadora de um curso de mentoria que teve como objetivo capacitar os participantes nos principais conceitos sobre startups, as evoluções e nova dinâmica na cultura das empresas e o entendimento do papel do mentor nesse cenário. A absorção dos conceitos foi fortalecida por meio de atividades práticas em que os participantes puderam mentorar startups convidadas durante o curso.

110


Workshop: Colaboração e Relações de Confiança Foi realizado pela Wylinka, na cidade de Vespasiano- MG, um workshop com o objetivo de trazer inspiração e reflexão para fortalecer o espírito de colaboração e as relações de confiança entre os responsáveis pelo governo do município. Durante o workshop foram apresentados os principais conceitos sobre ecossistemas de empreendedorismo e inovação, além da importância do trabalho cooperativo para a conquista de melhores resultados por um time de trabalho.

111


Metodologia de Gestão Integrada Em parceira com o SEBRAE-MG a Wylinka executou um projeto com o objetivo de potencializar os resultados de três empresas do varejo da moda. Em caráter de piloto, com base na construção de indicadores de processos como marketing, finanças, gestão de pessoas e produção os negócios foram auxiliados na busca de melhoria de performance em sua gestão.

112


Oficina de Educação Empreendedora A Wylinka atuou na prestação de serviço de instrutoria e desenvolvimento de metodologia para duas oficinas voltadas à Educação Empreendedora. A metodologia e as oficinas foram estruturadas a partir das temáticas de colaboração, ética e protagonismo juvenil, sonho e propósito. Ainda, professores foram capacitados, por meio da criação de manuais, para aplicação da metodologia. O projeto foi realizado em parceria com o SEBRAE-MG.

113


Oficina para Empoderamento de Mulheres Empreendedoras A Plan Internacional é uma organização não governamental que defende os direitos das crianças e jovens com foco na obtenção da igualdade de gênero. Em parceria com a instituição, a equipe da Wylinka foi até a comunidade de Capão Redondo (SP) para a realização de uma oficina para mulheres com o objetivo empoderá-las por meio do empreendedorismo. O principal objetivo do projeto foi capacitá-las para que elas possam desenvolver o próprio negócio, tendo em vista conhecimentos chaves de gestão e finanças para geração de renda.

114


Capacitação em Avaliação de Tecnologias Por uma realização do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) a Wylinka foi facilitadora de um curso na cidade de São José dos Campos- SP. O objetivo do curso foi proporcionar capacitação em avaliação e valoração de novas tecnologias para transferência para o mercado. Durante o curso foram selecionadas tecnologias da própria instituição para serem trabalhadas em atividades práticas.

115


Treinamento de Prospecção de Tecnologias O treinamento, realizado pela Wylinka na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), teve como objetivo a capacitação em conceitos e a importância da prospecção tecnológica. Durante o curso foram apresentados conteúdos, modelos e ferramentas para realização de um trabalho de prospecção. Além disso, os participantes puderam aplicar os conhecimentos para realizar a prospecção para os seus próprios projetos durante as atividades práticas do treinamento.

116


Capacitação em Temas de Inovação e Empreendedorismo para Equipes de NITs Por uma iniciativa da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio (FUNDEPAG) a equipe Wylinka foi a São Paulo, na capital e em Campinas e Monte Alegre do Sul. O principal objetivo do projeto foi a capacitação das equipes dos NITs das instituições atendidas pela FUNDEPAG, bem como sua equipe diretamente envolvida. O primeiro treinamento teve como escopo o planejamento estratégico do NIT. O segundo abordou o processo de avaliação e transferência de tecnologia. Por fim, o terceiro módulto trabalhou as melhores formas de transferência de novas tecnologias para o mercado.

117


Capacitação sobre conceitos, processos e ferramentas para a Prospecção Tecnológica O treinamento foi realizado na Universidade de Brasília (UnB) para um público de aproximadamente 50 pessoas. Durante o curso foram apresentados conteúdos, modelos e mecanismos para realização de um trabalho de prospecção. Para uma apropriação ainda maior do conhecimento sobre o tema e sua utilização prática, os participantes puderam aplicar o que aprenderam em 3 cases fictícios e refletir sobre os resultados e aprendizados obtidos.

118


119


INFORME FINANCEIR distribuição de receita por tipo de projeto

15%

120

Inovação em Negócios Convencionais

Negócios de Impacto

Startups

Transferência de Tencologia


RO

R$ 1,9 MM R$1,9MM

121


INFORME FINANCEIR

balanรงo patrimonial

valores expressos em reais Ativo Circulante Nรฃo Circulante

Total do Ativo

122

1.135.742,35

+

12.972, 77

1.148.715,12


RO Passivo Circulante Não Circulante Patrimônio Líquido

Total do Passivo

57.687,83

-

1.091.027,29

1.148.715,12

123


Agradecemos a todos que

estiveram com a gente em 2017!

124


125


COM A PALAVRA: nossos parceiros

“ 126

"A Wylinka trouxe para a Redenamor não ape estruturada de análise das tecnologias. A leve ponto alto do processo. Os pesquisadores foram de aprendizagem e de apropriação da metodo de mercado ganharam uma experiência adic inserir no mercado, baseada em dados concr Rede e para as Instituições, cujos Núcleos de a atividade como rotina em sua programação


enas um olhar crítico e técnico, mas uma forma eza do método e o rigor na sua aplicação foi o m unanimes em elogiar a dinâmica do processo ologia. Os que chegaram ao patamar de estudo cional ao verificar como sua tecnologia pode se retos. O investimento trouxe retorno real para a Inovação Tecnológica passaram a implementar anual." Graça Ferraz

Rede de NITs da Amazônia Oriental - Rede NAMOR

127


COM A PALAVRA:

nossos parceiros

A Wylinka é uma organização jovem com muit sendo escrita a quatro mãos em parceria com Red se fosse hoje da primeira reunião de trabalho com a mente, então, não sabia que a jovem simpática, co na recepção para falar comigo, era a Presidente da que me surpreendi. Mas, a surpresa maior foi qua desejo de construir uma parceria com a RMI. Parce quele momento, iniciava-se uma relação de coopera des ações em prol dos ambientes de inovação asso Bons projetos já foram realizados e muitos outros e tempo adverso, o comprometimento, a seriedade e pela Wylinka. Temos orgulho de fazer parte dessa h de atuação da Associação. E, que vocês nunca perca mação. É tempo de celebrar! Parabéns Wylinka!!!

128


ita história para contar, e uma página que vem de Mineira de Inovação - RMI. Lembro-me como a Ana Carolina Calçado. Não a conhecia pessoalom um brilho especial nos olhos que aguardava a Wylinka. Quando ela se apresentou, confesso ando ela expos o propósito da organização e o eria na essência da palavra. Eu entendi, que naação que permitiria o desenvolvimento de granociados à RMI e de todo o ecossistema mineiro. estão a caminho. E percebemos que mesmo em garra continuam presentes nas ações propostas história e desejamos ver mais 5, 10, 20, 30 anos... am o brilho nos olhos e a capacidade de transforAna Cristina Lage

Rede Mineira de Inovação - RMI

129


VISÃO DE FUTURO 5 anos se passaram - e o que enxergamos para o futuro? Foram 5 anos de muito trabalho e de muitas ecdises. Com essa bagagem, acreditamos que temos conseguido ter uma visão de quais são as tendências e o futuro nos mercados em que atuamos. Nesse exercício de tentar enxergar o futuro, conseguimos entender que o nosso impacto se desdobra em duas vias: transbordamento científico e transformação regional.

130


Transbordamento Científico

Se tem algo que nos move, esse algo é o sonho de fazer o conhecimento das instituições de ciência transformarem seu conhecimento em inovação, em impacto real na sociedade. Nossa vivência nos ajudou a entender como esses ambientes se comportam, o que funciona, o que não funciona e muito mais. A nossa crença vem dos muitos estudos e modelos internacionais que trazem uma premissa muito forte: a universidade e o mercado possuem lógicas institucionais e linguagens muito distintas - e só conectá-los não é suficiente. O esforço tem que ser muito mais transformador para que coisas saiam do papel. Nesse sentido, entendemos que alguns mecanismos que estão surgindo pelo mundo se farão super necessários para o Brasil, como, por exemplo: 131


- Proof of Concept Centers: esse modelo, que tem se tornado comum nos Estados Unidos, utiliza suporte financeiro de maneira gradativa para estimular o amadurecimento de pesquisas científicas direcionadas à inovação. O segredo é saber operacionar uma proposta baseada em metas e um processo claro de amadurecimento desse tipo de empresa. Na Wylinka já estamos testando alguns modelos e achamos que essa será uma tendência de atividade super importante para ambientes de pesquisa. - Translational Programs: entendendo que as linguagens são diferentes, a necessidade de se construir mecanismos de tradução se mostra fundamental na relação universidade e empresa. Nesse sentido, temos desenhado algumas plataformas de comunicação orientadas a empreendedorismo que sentimos ser super interessante para grandes empresas dese132


nharem um acoplamento saudável com a pesquisa científica. - Plataformas NIT-Incubadoras: por atuarmos muito com NIT’s e incubadoras, entendemos a necessidade de redesenhos de modelos e absorção das novas práticas para a otimização em ambientes de inovação das universidades. Acreditamos que um modelo de pré-aceleração auxiliando tecnologias de NITs a amadurecerem conectado a um programa de incubação em incubadoras do mesmo ambiente vai se tornar fundamental.

133


Transformação regional Em muitos dos nossos projetos, como SEED-Mg, Programa Varejo Inteligente e outros, temos visto o nosso sonho de desenvolver ecossistemas se materializar na pauta da transformação regional. Ajudar tecnologias a serem absorvidas modernizando setores, desenvolver programas de aceleração de startups centrados em arranjos institucionais para construção de ecossistemas e análise de maturidade de ambientes de inovação foi uma grande expertise desenvolvida nos nossos primeiros 5 anos. Sobre o futuro desses programas, acreditamos que muita coisa interessante nascerá, algumas delas seguindo as linhas:

134

- Inovação aberta a partir da vocação tecnológica regional: compreensão da vocação tecnológica de clusters regionais para o desenho de programas que envolve a aproximação de tecnologias com grandes em presas. Entendemos que muito mais que dese-


nhar programas de startups para grandes empresas, é importante entender a vocação tecnológica das regiões e utilizar o potencial das universidades nesse processo de transformação junto às empresas - e programas como esse já estão saindo do forno da Wylinka :) - Mapeamento de ecossistemas para desenvolvimento de regiões emergentes: a maioria dos frameworks utilizados atualmente não servem para regiões menos desenvolvidas e mais isoladas geograficamente de grandes centros. As políticas públicas, deste modo, precisam ser repensadas e é preciso desenvolver novos frameworks. Já temos internamente uma coletânea de materiais sobre como mapear e analisar esse tipo de região e estamos ansiosos para começar a implementar pelo Brasil inteiro! 135


- Modernização de setores por meio das startups: a pauta da transformação digital tem crescido, mas a atenção está toda nas grandes empresas. E como pequenas empresas podem ser transformadas de maneira coletiva? Setores inteiros podem se modernizar pela aproximação das startups, como já estamos fazendo com o varejo de Belo Horizonte. Esses esforços de transformação regional se alinha muito à nossa missão de desenvolvimento de ecossistemas e esperamos ver produtos cada vez mais impactantes pelo país. Nós sabemos que muita coisa interessante vai surgir no futuro, e está sendo incrível ver esse futuro já sendo experimentado em alguns espaços do Brasil. E já que a máxima diz que "a melhor maneira de prever o futuro é construí-lo" deixamos o nosso convite: topa construir esse futuro com a gente? Venha nos visitar no nosso novo escritório e pensamos sobre como de136


senhar esse futuro juntos! Because when you rock, #wyrock!

Artur Vilas Boas Marketing e Novos Produtos

137


MENSAGEM FINAL agradecimento e compromisso

138

Para encerrar esse relatório, deixo aos atentos leitores duas mensagens. A primeira delas é de gratidão. Gratidão à cada membro da equipe Wylinka por todo o suor e intelecto destinados à idealização, mobilização e construção de todos esses projetos e resultados. Gratidão à nossa rede de parceiros e apoiadores, que de diferentes formas compartilham a nossa missão e enfrentam no dia-a-dia, junto conosco, os desafios que se revelam nessa jornada. Gratidão a todos as pessoas e organizações que sonham os nossos mesmos sonhos, pois sabemos que a tarefa é árdua e precisamos de agentes de inovação de qualidade para gerar de fato o desenvolvimento econômico e social que buscamos.


Por fim, gostaria de reafirmar o compromisso que a Wylinka fez com o mundo quando foi fundada há 5 anos. Recentemente, um parceiro que atua no Governo de Minas me perguntou: "Quem são os donos da Wylinka mesmo?" Respondi, com muito orgulho, que ninguém é dono da Wylinka. Mas, na verdade, todos somos donos da Wylinka. Nascemos como uma organização da sociedade, com uma profunda convicção de que a inovação pode transformar o mundo para melhor, gerar desenvolvimento econômico, empoderamento, inclusão e sustentabilidade. E, sempre de forma inspiradora, transparente e valorizando cada indivíduo, seguiremos firmes e convictos nesse propósito de transformar o conhecimento em inovação.

Elimar Vasconcellos Vice-presidente

139


WHEN YOU

ROCK

#WyRock!

Wylinka: Relatório de Atividades 2017  

Nosso relatório de atividades do ano passado está saindo forno! E essa edição é comemorativa dos nossos 5 anos e trazemos reflexões olhando...

Wylinka: Relatório de Atividades 2017  

Nosso relatório de atividades do ano passado está saindo forno! E essa edição é comemorativa dos nossos 5 anos e trazemos reflexões olhando...

Advertisement