Page 1

Edição 05 - Ano 2 - Abril de 2017

Novidades na BNT Mercosul têm foco na realização de negócios

Rota das Missões é lançada em Madri


"Nossa maior fraqueza está em desistir. O caminho mais certo de vencer é tentar mais uma vez." Thomas Edison

Desde o ano passado nos deparamos com as diversas manifestações que se espalham pelas capitais e cidades do país. Todas elas demostram a insatisfação dos brasileiros com a política, economia e os problemas sociais no geral. O que mais ouvimos no café, no supermercado, nas paragens de ônibus ou mesmo no trânsito são frases do tipo: “Aonde vamos parar”, “Isso é culpa do PT”, “Estamos afundando” “O preço das coisas aumentam e nosso salário nunca”.

Editorial/Índice....................2 Visão Empresarial..............5 Sobre Economia.................7 Curiosidades.......................9 Agronegócios....................10 Economia..........................13 Mercosul....................16 / 17

Essa frases proferidas pelos mais diversos tipos de brasileiros nos indicam que a insatisfação e a crise econômica cresce cada vez mais no país e os que tem possibilidades (mínima parcela) estão deixando o país para terem vidas melhores longe da nação verde e amarelo. Mas será que essa é a solução? Vale ressaltar que muitos dos que deixam o país tem conhecimentos superficiais sobre a política e a economia e, na maioria das vezes, são os mais preconceituosos com os nortistas e nordestinos. Sabemos que a chave para a solução dos problemas instaurados no país de ordem social, política e econômica tem somente uma alternativa: o investimento em políticas públicas voltadas para o desenvolvimento educativo no país, sobretudo da implementação de disciplinas que abordem as questões sobre diversidade, pluralidade e gênero. Mas isso é somente a ponta do iceberg. Ou seja, a solução não é deixar o país, mas lutar para a melhoria do nosso Brasil, que se deparou com o iceberg e diferente do Titanic, quer mudar o curso. A frase “salve-se quem puder” deve ser mudada para “salvemos o nosso país todos juntos”.

Regional...........................18 Sociais..............................19 Drinks...............................20 Internacional.....................21 Agenda.............................22 Direitos.............................23 Turismo.............................25 Atualidade...........26 / 27 / 28 Passeio.............................30 Matéria de Capa...............31 História.............................32 Gastronomia / Saúde........33 Regionalismo....................34 Guia Comercial.................35

Qualidade, segurança e velocidade!

Equipe Jornal TV WEB / Tour & Negócios

================ Hospedagem de Sites

Editor e Jornalista Ronaldo Bonemann (MTB 16052) Jornalista Marcelo Dumit (MTB 0018440/RS) Diagramação: Watson de Paula (CNPJ 97.546.969/0001-02) WV Host Brasil - (51) 9.9971-0914 - wvhostbrasil.com.br Deus seja louvado!

Revenda de Hospedagem Registro de Domínios Streaming de Áudio Streamin de Vídeo Sites Administráveis Criação de Logomarcas Criação de Cartazes Criação de Folders Criação de Panfletos Diagramação

--------------------------(51) 9.9971-0914 Novo Hamburgo / RS


Foi aproximando pessoas para a realização de negócios que a BNT MERCOSUL se firmou no mercado como um dos mais importantes eventos de turismo do Brasil. Ao longo destes 23 anos se inovou, fazendo de um evento uma ótima oportunidade para o empresário fortalecer seus negócios junto aos OPERADORES e AGENTES DE VIAGENS, garantindo, assim, a promoção e o fortalecimento de importantes destinos e atrativos turísticos, em parceria com estados e municípios.

Aos 21 anos, a BNT MERCOSUL ganhou uma nova cidade sede! Itajaí é o novo cenário da Feira de Negócios Turísticos que acontecerá no CENTREVENTOS da cidade, palco de importantes acontecimentos. Um moderno pavilhão de evento, há apenas 10 minutos de Balneário Camboriú. A BNT MERCOSUL terá a feira de negócios em Itajaí, atividades técnicas em Balneário Camboriú e o Beto Carrero World como grande atrativo à ser visitado Os prodissionais de turismo ficam hospedados em Balneário Camboriú distante 27 km do aeroporto de Navegates, 84 km de Florianópolis e 35 km do Complexo Beto Carrero World. A 23ª BNT MERCOSUL acontece na região onde esão concentradas as principais atrações turísticas de Santa Catarina.

Localizado no município de Penha é o maior parque multitemático da América Latina e o quinto maior do mundo e será o destino de passeio e encerramento do evento com a tradicional festa CAMPEÕES DE VENDAS. Antes do acesso ao Parque, o profissional deverá participar da feira de negócios no CENTREVENTOS ITAJAÍ.


Um encontro que conecta empresas e profissionais do turismo! 12ª. EDIÇÃO

28 JUNHO 29 Foz do Iguaçu 30

2017 PARANÁ - BRASIL

Expointer 26 de Agosto a 03 de setembro A maior feira agropecuária do

BRASIL

2017


VISÃO EMPRESARIAL Revista Tour & Negócios 5

VIRE A MESA EM

C

rise financeira e política, redução nas vendas, baixo faturamento e demissões, assim foi 2016! Equipes foram reduzidas e as pessoas sobrecarregadas de atividades. Tivemos que fazer o dobro para ganhar a metade. A insegurança e o medo assombraram empresários e colaboradores. Muitos resolveram aguardar para ver se o mercado melhorava e o ano terminou sem grandes perspectivas. Que tal virar a mesa em 2017?! Como? Esta é a grande questão! Estamos no final do ano, um ótimo período para avaliar os resultados e reformular estratégias. Certamente o mercado nunca mais será o mesmo após esta crise. Não quero dizer que não vai melhorar. Simplesmente afirmo que teremos que repensar TUDO! Rever o propósito do nosso negócio, estudar o mercado, os clientes, fornecedores e identificar novas oportunidades e modelos de negócios. Retrabalho e desperdícios terão que ser erradicados das empresas. Será necessário aperfeiçoar processos, simplificar embalagens, minimizar estoques, rever o marketing e muito mais. Planejamento será a palavra chave! E mais, não dá pra aguardar! É preciso mudar as ações e atitudes para alcançar novos resultados! Reúna a equipe que “veste a camiseta”, convide seus melhores clientes e proporcione um espaço de escuta e construção de soluções. Ouça atentamente seus clientes, entenda detalhadamente suas dificuldades e crie soluções em conjunto. Convide pessoas mais jovens e mescle com talentos mais maduros. Junte profissionais altamente especializados com

colaboradores práticos. Crie um clima de diversidade e inovação. Certamente deste ambiente sairão ideias e grandes oportunidades de negócios. Faça o mesmo com seus fornecedores! Não tenha medo de ousar, descontinuar e inovar! É preciso ser simples, prático e rápido para não afundar economias que você levou anos para construir. As ideias são de fato as sementes da inovação, no entanto precisam estar totalmente alinhadas ao propósito e a intenção estratégica da empresa. Neste contexto, o modelo Business Model Canvas é uma opção de ferramenta de gerenciamento estratégico simples, rápida e prática. Permite desenvolver e esboçar modelos de negócios novos ou existentes, focado em gestores visionários que buscam resultados a curto, médio e longo prazo. Aplique o Canvas e descreva detalhadamente o plano de ação que você pretende aplicar em 2017, identificando o que será feito, porque, por quem, quando, de que forma, onde, e qual será o investimento. Vire a mesa em 2017! Mantenha um olho no mercado e outro nas finanças!

--------------------------Madeleine Schein é empresária, palestrante, coaching, consultora especializada Inteligência Competitiva, Mestre em Administração e Negócios (PUC) com MBA em Marketing (ESPM) e Comércio Exterior (UCB). Schein Gestão Empresarial www.schein.srv.br


SOBRE ECONOMIA Revista Tour & Negócios 7

TURISMO GAÚCHO NO RIO MEDIA CENTER

N

o período de 06 a 10 de agosto de 2016, será realizada a Semana do Turismo Gaúcho no Rio Media Center (RMC), centro de imprensa para jornalistas credenciados e não credenciados para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, com foco na cobertura não esportiva, tradição desde os Jogos Olímpicos de Sydney 2000. O RMC vem recebendo os veículos de comunicação de 206 países e 8.000 jornalistas que deverão circular entre 27 de julho e 20 de setembro, gerando e transmitindo notícias sobre os Jogos Olímpicos Rio 2016 e, conforme determinado pelos organizadores, coberturas jornalísticas sobre o Turismo brasileiro. Convém salientar que existe uma expectativa de atingir 5,2 bilhões de pessoas na audiência global. O objetivo principal da participação de uma série de entidade s do sistema estadual turístico (trade), coordenados pela Secretaria do Turismo, Esporte e Lazer é conseguir mídia espontânea sobre o Turismo do Rio Grande apresentando os aspectos geográficos, históricos, culturais, equipamentos e serviços das 27 regiões turísticas capazes de atraírem interesses dos jornalistas internacionais. A programação preliminar inclui atendimentos personalizados em espaços determinados pelo RMC; apresentações de vídeos turísticos com duração máxima de 1 minuto e 30 segundos com legenda em inglês e brindes. No dia 07 de agosto (domingo), a programação inclui Oficinas sobre o preparo

do chimarrão e do churrasco (Turismo Criativo e de Experiências) e degustações de vinhos gaúchos e espumantes, com participações especiais do Ibramate – Instituto Brasileiro Da Erva-Mate e do Ibravin – Instituto Brasileiro do Vinho e a internacional Churrascaria Fogo de Chão. No final do evento promocional serão entregues materiais informativos e promocionais em três línguas. Durante a ação promocional serão realizados sorteios para 10 (dez) jornalistas interessados em visitarem o Rio Grande do Sul no período de 21 a 25 de setembro, contando com o apoio da ABAV RS – Associação Brasileira de Agências de Viagens, ABIHRS-Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, Porto Alegre e Região Convention & Visitors Bureau, Sindicato de Hospedagem e Alimentação de Porto Alegre e Região, Sindicato de Hotéis de Porto Alegre, órgãos oficiais das 27 regiões turísticas do Rio Grande do Sul, entre outras entidades e empresas. A Secretaria do Turismo, Esporte e Lazer após conseguir o espaço no RMC demonstra a necessidade da união de todo o trade turístico visando ampliar os fluxos de visitantes para o Rio Grande do Sul, considerado um grande destino turístico com atrações diferenciadas e que poderão ser associadas às programações internacionais para visitas ao Brasil. Para o Turismo Gaúcho, o nome do jogo na Rio 2016 é a promoção internacional. Será? Respeitam-se todas as opiniões contrárias. São reflexões. Podem ser úteis. Pensem nisso! Abdon Barretto Filho Economista – abdon@via-rs.com.br


Revista Tour & Negócios 9

A Revista TV WEB revela nesta edição alguns fatos interessantes que você precisa saber!

Q

uem não conhece a história do marceneiro Geppetto, que um dia ao ver uma estrela cadente, deseja que o boneco de madeira que tinha acabado de criar, Pinóquio, torne-se um menino de verdade? O pedido de Geppeto é concedido pela Fada Azul, e o boneco de madeira passa a ter consciência. Apesar dessa história parecer não muito convincente, quando crianças é comum os nossos pais mostrarem para nós. Naquela época talvez você não tivesse maturidade para perceber algumas coisas obscuras por trás da história do famoso Pinóquio, mas a Revista TV WEB vai revelar 3 que vão te surpreender. Confira. 1 – O egoísmo de Geppetto ao querer ser pai Todos devem se lembrar da cena em que o marceneiro concluí seu boneco de madeira e começa a cantarolar pela casa sendo visto pelos seus animais de estimação. Após a apresentação, Geppetto pede que seu gato, que tinha o nome de Fígaro, abra a janela de seu quarto antes de dormir. Nesse instante ele vê uma estrela cadente, e, como manda a tradição, pede que seu boneco de madeira, Pinóquio, se torne uma criança real. E esse pedido acaba sendo atendido. Pode ser que você não veja nada de mal nessa cena, mas já parou para pensar que o velho marceneiro tem uma idade bastante

avançada para querer ser pai de uma criança? Se a vida não for muito justa com ele pode ser que Geppetto nunca veja o filho exercendo a mesma profissão que o pai. 2 – A fada azul sabia que ele iria falhar Após realizar o desejo de Geppetto, a fada azul faz sua mágica e tcharan, Pinóquio começa a falar e faz a primeira pergunta: “Então eu sou uma criança de verdade?”, mas a fada responde que não, e para que isso aconteça ele precisaria provar ser “corajoso, verdadeiro e altruísta”. Mas o que, às vezes, não paramos para pensar é que Pinóquio tem poucos segundos de vida, e já sabe falar e se mover, além disso, ele já parece saber o que é ser verdadeiro. Mas não para por ai, o boneco de madeira tem um nariz que cresce quando mente, ou seja, a fada sabia o desenrolar do futuro de Pinóquio. 3 – Pinóquio vai à escola com poucas horas de vida Na primeira noite de Pinóquio Geppetto já o coloca na cama para dormir porque no dia seguinte ele precisa ir à escola. Isso não é nada comum, já que o normal é levar as crianças a escola após certo ano de idade. No dia seguinte o marceneiro dá uma maçã para Pinóquio e um livro, e a grande pergunta é: Onde ele conseguiu um livro tão rapidamente?


Revista Tour & Negócios 10

O

brasil é um país com vocação para o agronegócio, em face de suas características e diversidades, tanto de clima quanto de solo, possuindo ainda áreas agricultáveis altamente férteis e ainda inexploradas. O aumento da demografia mundial e sua conseqüente demanda por alimentos nos leva a uma previsão de que o Brasil alcançará o patamar de líder mundial no fornecimento de alimentos e commodities ligadas ao agronegócio, solidificando sua economia e catapultando seu crescimento. O agronegócio é todo o conjunto de negócios que se relacionam com a agricultura, dentro de uma visão econômica, e é o responsável, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), por cerca de 1/3 do PIB do Brasil, alocando aproximadamente 38 % da mão-de-obra do país e responsabilizando-se por 42% das nossas exportações, tendo assim uma significante representatividade em nossa balança de pagamentos, sendo o setor mais importante na nossa economia e que apresenta um crescimento considerável, impulsionado pela globalização dos mercados, pelo aumento das taxas demográficas mundiais e o conseqüente aumento de demanda de alimentos em nível mundial. O Brasil possui uma vocação natural para o agronegócio em função da diversidade de seu clima, chuvas regulares,

energia solar abundante e quase 13% de toda a água doce disponível no planeta, contando ainda com uma enorme área agricultável fértil e de alta produtividade, na ordem de 388 milhões de hectares, dos quais 90 milhões ainda constam inexplorados, o que vem a comprovar as previsões da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (Unctad), de que o Brasil será o maior produtor mundial de alimentos da próxima década, o que irá causar impactos positivos diretos em sua economia, reforçando sua taxa de crescimento e auferindo uma maior credibilidade frente a outras economias, o que pode ser entendido como um ciclo sinérgico de vantagens, catapultando fatores econômicos, e contribuindo para a solidificação da economia interna do país. Em meio a crises financeiras, os indicadores econômicos registram algumas altas que refletem no agronegócio, aumentando o volume de produção do agricultor, por sua vez a instabilidade do câmbio desvaloriza o real, dificultando a abertura de novos negócios.


GALPÃ CRIOUL Churrascaria Comidas Campeiras

Churrascaria Galpão Crioulo Otávio Francisco Caruso da Rocha S/N Parque Maurício Sirotsky Sobrinho - Centro Histórico Porto Alegre - Rio Grande do Sul

(051) 3226-8194 reservas@churrascariagalpaocrioulo.com.br


Economia Revista Tour & Negócios 13

O

Rio Grande do Sul é considerado, atualmente, o quarto estado mais rico do país. Sua economia é equilibrada, com grande tradição na exportação. A economia gaucha é diversificada, tendo como base a agricultura, a pecuária e a indústria. Os produtos agrícolas de destaque no Estado são a soja (grão, óleo e farelo), o trigo, o milho e o arroz. O Estado produz ainda: tabaco, erva-mate, mandioca, amendoim, uva (matéria prima do vinho gaucho), entre outros. No setor pecuário, o maior destaque é a criação bovina, embora também sejam grandes os rebanhos de ovinos, eqüinos, suínos e aves no Estado. Os municípios que apresentam o maior rebanho são Santana do Livramento e Alegrete. A indústria gaúcha é diver sificada. O principal produto de exportação são os calçados. Outros produtos industriais de destaque são: couro, têxtil, alimentícia,

auto motiva, metalúrgica, química e madeireira. O pólo petroquímico, estabelecido na cidade de Triunfo, é considerado o mais moderno e competitivo da América Latina.

A posição estratégica do Rio Grande do Sul favorece suas relações com os países do Mercosul. O PIB do estado é o qua rto maior do Brasil, sendo que em 2007, teve um crescime nto de 7%, enquanto oPIB per capita cresceu 5,9% no mesmo período. As condiç ões oferecidas pelo estado, em ter mos de infraestrutura, tais como estradas, telecomunicações e e n e rg i a f a v o r e c e m investimentos e o crescimento da economia. Além das condições favoráveis em infra-estrutura e geografia, o estado do Rio Grande do Sul é conhecido por seu padrão cultural mais alto que a média nacional. O estado conta com um dos melhores índices de qualidade de vida do país. Outro destaque importante relacionado à economia do país é a alta produtividade da mão-de-obra no estado. O investimento em formação profissional é grande, sobretudo por instituições privadas vinculadas ao setor industrial, como por exemplo, o Senai. Além disso, existem, no estado, mais de setenta instituições de ensino superior. O Rio Grande do Sul tem a melhor qualidade de vida do país, sendo que os níveis no estado são parecidos com os níveis de qualidade de vida dos países desenvolvidos.


PrÉ ESTRÉIA DA INVERNADA Jantar de Pré Estréia da Invernada Dia 15.07.2017 no CTG Vaqueanos da Tradição ás 20:30hs. Rua Dr. Caio Brandão de Melo 250 - Bairro Humaitá. Informações: (51) 9.8040-8559 (José Mendes)

Juvenart 2017 - Concurso Estadual de Danças Tradicionais Categoria Juvenil Dias 21, 22 e 23 de Julho / 2017 no parque da Universidade Federal de Santa Maria. Informações: Abigail Nunes (51) 9.8406-6959

Credibilidade, Informação e dinamismo ?

Assine já!

Qualidade, boa música e informação?

radioagrotour.com.br


MERCOSUL Revista Tour & Negócios 16

Novidades na BNT Mercosul têm foco na realização de negócios Estratégias para a 23ª edição beneficiam quem deseja fazer contatos A BNT Mercosul , feira de negócios turístico de Santa Catarina, chega este ano a sua 23ª edição nos dias 26 e 27 de maio e traz na programação um foco muito bem definido: aproximar o expositor do agente de viagens. Novas estratégias aplicadas durante os dois dias de evento irão criar melhores oportunidades para realização de contatos, além de possibilitar mais tempo para fechar negócios. As novidades para a feira em 2017 são motivadas pelo desejo do diretor, Geninho Goes, em transformá-la em uma referência entre os eventos de negócios no mercado turístico. “Queremos que os participantes encontrem um evento intenso e venham preparados para trabalhar muito, mesmo em momentos de lazer, porque é isto que vamos estimular”. Entre as novidades para esta

edição está a reorganização de horários. Momentos ociosos ou voltados para o lazer agora serão utilizados para apresentação dos produtos de expositores. O turno da manhã será o que receberá a maior parte das novas atividades, que acontecerão paralelas ao café da manhã e almoço. “ Va m o s c r i a r e monitorar estes momentos de negócios, abrindo inúmeras possibilidades de networking e dando ao mercado o que ele precisa”, projeta Geninho. O diretor da BNT acredita que a eficiência das feiras já não está mais relacionada ao tamanho do estande, mas sim ao perfil do ambiente disponibilizado, que deve visar exclusivamente à realização de negócios. A BNT Mercosul 2017 ocorre nos dias 26 e 27 de maio em Itajaí, Balneário Camboriú e Beto Carrero World, e recebe

Credibilidade, Informação e dinamismo ?

Assine já!

anualmente cerca de 6 mil profissionais do turismo. A feira conta com o apoio do Governo do Estado de Santa Catarina, Santur, Municípios de Itajaí, Balneário Camboriú

e do Parque Beto Carrero World, com as participações especiais do Parque Unipraias, Governo do Estado do Maranhão e Infinity Blue Resort & Spa. Para saber mais sobre as novidades preparadas para a 23ª edição da BNT, e as formas de participação como agente de viagens convidado ou expositor acesse www.bntmercosul.com.br, ou ligue +55 (47) 3367-1119. Qualidade, boa música e informação?

radioagrotour.com.br


MERCOSUL Revista Tour & Negócios 17

BNT Mercosul divulga lista de cidades que organizam Famturs Agentes de Viagens podem consultar sua melhor forma de participação A BNT Mercosul divulgou a lista de cidades que estão organizando Famturs para 23ª edição da Feira de Negócios Turísticos que ocorre em Itajaí, Balneário Camboriú e Beto Carrero World nos dias 26 e 27 de maio. Para detalhes sobre qual empresa organiza o Famtur de sua região, o agente de viagem pode acessar o link http://bit.ly/FamturBNT, informar a cidade desejada, e aguardar o contato da organização. Confira a relação: São Paulo - São Paulo (Capital), Araraquara, Bauru, Campinas, Franca, Indaiatuba, Jundiaí, Limeira, Ribeirão Preto, Santo André, Santos, São Carlos, São José dos Campos, São José do Rio Preto, Sorocaba, Marília, Mogi das Cruzes. Rio Grande do Sul - Porto Alegre e Vale dos Sinos, Guaíba, Pelotas, Rio Grande, São Lourenço. Paraná - Campos Gerais, Curitiba, Londrina, Maringá, Ponta Grossa. Minas Gerais - Uberaba, Uberlândia. Santa Catarina - Chapecó, Criciúma. Espírito Santo - Vitória. Rio de Janeiro - Rio de Janeiro (Capital). Sergipe - Aracaju. Argentina - Buenos Aires, Córdoba, Rosário, Santa Fé, Paraná, Río Cuarto. Paraguai - Assunção. Uruguai - Montevidéu. Os Famturs partem de diversas cidades do Brasil e do Mercosul, e são exclusivos para agentes de viagens. A BNT Mercosul 2017 já confirmou 102 estandes, com 350 marcas dentre hotéis, destinos turísticos, atrações, produtos e serviços voltados ao setor de turismo. A expectativa é que sejam confirmados aproximadamente 40 grupos de Famturs do Brasil e países vizinhos, e cerca de seis mil profissionais passem pela feira durante os dois dias de evento. A 23ª edição da BNT Mercosul ocorre nos dias 26 e 27 de maio em Itajaí, Balneário Camboriú e Beto Carrero World. A feira conta com o apoio do Governo do Estado de Santa Catarina, Santur, Municípios de Itajaí, Balneário Camboriú e do Parque Beto Carrero World, com as participações especiais do Governo do Estado do Maranhão, Governo do Rio Grande do Norte, Governo do Rio Grande do Sul, Costa Verde & Mar, Parque Unipraias e Infinity Blue Resort & Spa. Serviço Informações sobre o Famtur de sua Região: http://bit.ly/FamturBNT BNT Mercosul 23ª Edição | 26 e 27 de maio de 2017 Itajaí – Balneário Camboriú – Beto Carrero World +55 (47) 3367-1119 | +55 (47) 3367-9960 bnt@bntmercosul.com.br www.bntmercosul.com.br Informações para a Imprensa Diogo Campos | Assessor de Comunicação imprensa@bntcomunica.com.br


CULTURA Revista Tour & Negócios 18

3º FESTIVAL DA DIVERSIDADE CULTURAL 2017 É um evento que desde 2015, tem primado pela diversidade cultural numa combinação perfeita da arte, cultura e música. Neste ano de 2017 o Festival caminha para a sua 3ª edição que se realizará na cidade de Taquara/RS no Parque do Trabalhador nos dias 27,28, 29, 30 de setembro, finalizando no dia 1º de outubro de 2017. Serão cinco dias de atrações e muita diversidade cultural com artistas locais, regionais e nacionais. Informações com Paulo Wagner pelo fone/whats (51) 9.9215-0948 ou pelo email cultura@taquara.rs.gov.br.


Revista Tour & Negรณcios 19


Drinks Drinks Drinks

LAGOA AZUL Em um copo longo de Cocktail:

ESCOLA BRASILEIRA DE BARTENDERS Gelo até encher

41 - 99903 - 6110 e-mail: jrpascoal@gmail.com Brevemente em Porto Alegre Curso de Bar tender

Meia dose de Vodka Meio Limão espremido 2 fatias finas de limão 1 dose de Curaçau Blue Completar com Refrigerante de Limão Decorar com: 1 fatia de limão 1 cereja

Av. Getulio Vargas, 7421 - Canoas / RS - Brasil - Tel.: (51) 3052-2400


INTERNACIONAL Revista Tour & Negócios 21

ROTA DAS MISSÕES LANÇADA EM MADRI

A

Rota Jesuítica Internacional, como produto turístico único e integrado entre 5 países ( Argentina, Brasil, Bolívia, Uruguai e Paraguai ) foi lançada durante a realização da Fitur - Feria de Turismo, em Madri-Espanha, realizada no período de 18 a 22 de janeiro de 2017. A Fitur, evento global para os profissionais de Turismo e dos mercados receptivos e emissivos para a Íberoamérica é uma das principais feiras do calendário do Turismo mundial e importante para o Rio Grande do Sul pela afinidades culturais e pela ligação aérea da TAP (POA/LIS/POA), que vem aumentando os fluxos de visitantes da Península Ibérica. A Delegação do Rio Grande do Sul continuou os trabalhos de internacionalização do Turismo G a ú c h o , participando do lançamento mundial do importante roteiro. Estavam presentes os Diretores da Associação dos Municípios das Missões e da Fundação dos Municípios das Missões; Presidente do Sindha – Sindicato de Hospedagem e de Alimentação de Porto Alegre e Região e a Diretoria do Turismo da Secretaria do Turismo do Estado do Rio Grande do Sul (sem ônus para o erário público). Essa importante ação de Promoção vem contribuir para o desenvolvimento do Turismo Sustentável no Rio Grande do Sul por ser parte integrante das ações para o desenvolvimento econômico geradoras de empregos e rendas no setor do Turismo e Hospitalidade , entre outras áreas impactados pelos fluxos de visitantes: turistas, participantes de eventos e investidores. O estande do Brasil (sem ônus para o

RGSul) apresentou a comunicação visual com a imagem do único Patrimônio da Humanidade Unesco do RGSul (Sítio Arqueológico de São Miguel Arcanjo das Missões). Convém salientar que a ONU – Organização das Nações Unidade declarou que 2017 será o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento e reconhece “a importância do turismo internacional e, em particular, a designação de um ano internacional de turismo sustentável para o desenvolvimento, para promover uma melhor compreensão entre os povos em todo o mundo, levando a uma maior conscientização sobre o rico patrimônio d a s d i v e r s a s civilizações”. Nesse contexto, s e g u n d o o Embratur/Ministério do Turismo, o Brasil se apresenta no mercado Espanhol com foco nos patrimônios culturais Unesco, dentre eles os materiais e imateriais associados aos destinos turísticos. Além disso, espera-se que a companhia aérea Azul inicie a ligação aérea de Porto Alegre ao Aeroporto de Santo Ângelo em abril próximo facilitando o processo de comercialização do produto turístico. Convém lembrar que as rotas e roteiros de Santa Maria e Região poderão ter oportunidades para serem integradas às demandas internacionais, principalmente as visitas aos museus e atrativos paleobotânicos e paleontológicos. Será? São reflexões. Respeitam-se todas opiniões contrárias.São reflexões. Podem ser úteis. Pensem nisso.

Abdon Barretto Filho Economista – abdon@via-rs.com.br


AGENDA Revista Tour & Negócios 22

Garanta sua Participação!


Dicas de beleza

EM BUSCA DOS DIREITOS

H

oje, em dia, os consumidores são vítimas da ganância de maus empreendedores, sejam fabricantes, comerciantes, prestadores de serviços. O segmento campeão de sacanagens contra o povo é o setor das TELES. Uma CPI está sendo montada na Câmara Municipal de Porto Alegre. Eu tenho atendido diariamente variados pedidos para enfrentar a busca de Direitos.

Adeli Sell acadêmico de Direito RBA Advogados e Consultores 3286-5869

Carlos Augusto é consultor da Beleza. Tem 37 anos, é gaúcho de bons costumes, colorado, atuante no mercado da beleza e cosmético a 13 anos. Atualmente é distribuidor de produtos, diretor do Território dos Platinados Região Sul (vendas de produtos e equipamentos profissionais para Salão de beleza, consultor e repórter do Quadro Blitz do Programa Beleza na TV do canal 6 da net. TV contato / facebook: Carlos Augusto antunes Instagram: gutoayesha e-mail: gutoayesha@hotmail. com


TURISMO Revista Tour & Negócios 25

TURISMO PARA IDOSOS

P

orto Alegre que tem dificuldades de potencializar seu turismo de negócios, de saúde, de eventos em geral, tem dificuldades de ser um ancoradouro do turismo para idosos.

Se jogasse a rede sobre os grupos da chamada “terceira idade” pelo estado do Rio Grande do Sul afora, teria legiões de visitantes, para apreciar suas atividades culturais múltiplas, apreciadores de seus museus, sem contar com variados roteiros por locais históricos, como o nosso Mercado Público, onde as compras “daquilo que só ali tem” e a gastronomia seria um programa de horas. Passeios a pé guiados pelo Centro Histórico seria um programa que estas pessoas jamais sonharam em suas vidas. Caso a formatação do Saúde Porto Alegre tivesse sido levado adiante com afinco pela Prefeitura, os idosos não viriam a Porto Alegre por necessidades imperiosas de tratamento, viriam dentro de um Programa de Saúde para Idosos de todo o RS, para maior prevenção do que os cuidados da cura. Tudo isso acontece porque entra governo, sai governo, tanto em Porto Alegre, quanto no Rio Grande do Sul, a pasta do Turismo é prêmio de consolação para os arranjos políticos e institucionais. Mas há na sociedade civil um forte movimento questionador, com atividades e publicações, para mudar este quadro lastimável. Tour & negócios pode contar com nossas palavras e atos para desbravar novos e ousados caminhos para o Turismo no RS. Adeli Sell é vereador em Porto Alegre

Simbolo do TURISMO NÁUTICO de PORTO ALEGRE

Muito mais que uma opção!


ATUALIDADE Revista Tour & Negócios 26

ERVA-MATE CONQUISTANDO NOVOS MERCADOS "Tomar um mate" como se diz no ditado sulino, torna-se ainda mais importante quando sabemos de se tratar da "Ilex paraguariensis" nossa árvore nativa e a mais completa do planeta com mais de 190 propriedades medicinais e nutritivas catalogadas. Também é importante "tomar um mate" quando sabemos que é uma bebida muito barata (com 1 kg do produto que custa em média R$ 10 a 12,00 pode-se fazer 7 a 8 cuias). Barato pois, cada cuia custa em torno de R$ 1,50 e geralmente é saboreada por várias pessoas. Também é importante "tomar um mate" quando precisamos fortalecer a cadeia produtiva desta árvore e bebida símbolo, que atravessa um momento não muito favorável em função da retração do consumo, em parte influenciado pela crise que se arrasta pelo 3° ano, baixando com isso o preço da arroba paga ao agricultor. Momento atual A baixa dos preços junto ao produtor fez com que muitos agricultores de forma individual ou pequenos grupos montassem pequenas indústrias ervateiras tentando agregar valor. Somente no Alto Taquari instalaram-se cerca de 30 pequenas ervateiras nos últimos dois anos. Estas ao entrarem no mercado com novos produtos tiveram que baixar o valor de venda. As que já estavam no mercado tiveram que baixar também seu valor, e essa "gangorra" para baixo fez com que caísse ainda mais o preço do produto verde produzido por mais de 13.000 agricultores nas várias regiões do estado. Com isso, muitos agricultores deixaram de manejar corretamente seus ervais, caindo a qualidade da matéria prima, e surgindo também algumas erradicações. Essa situação não interessa para nenhum segmento da cadeia produtiva da erva-mate, e nem mesmo ao consumidor, pois preços baixos nem sempre garantem qualidade ao produto final. Alguns Pontos Positivos 1. Algumas erradicações são necessárias para

reequilibrar a cadeia. Também se aplica para ervais de baixa qualidade, implantados com mudas de má qualidade, sem procedência de sementes, ou mal manejados. Por outro lado observamos também agricultores implantando novos e bons ervais; 2. Observamos evolução no processo industrial de um modo geral, melhorando a qualidade do produto final, seja na erva-mate chimarrão, tererê, chás, bebidas, mate-expresso, cápsulas, cosméticos, gastronomia, etc. Da mesma forma observa-se evolução na qualidade de mudas em alguns viveiros e melhoria na qualidade da matéria prima em algumas propriedades; 3. A estruturação e operacionalização das Políticas Públicas no nosso Estado nos últimos anos com leis, decretos, portarias, resoluções em funcionamento em todo o estado é um aspecto muito positivo. É o caso da Câmara Estadual da Erva-Mate/SEAPI, do FUNDOMATE - Fundo de Inovação e Desenvolvimento da Cadeia Produtiva da ErvaMate, do IBRAMATE - Instituto Brasileiro da Erva-Mate (sede em Ilópolis-RS), da Frente Parlamentar Estadual da Erva-Mate, do Cadastro Ervateiro RS (produtores, viveiros e indústrias), e recentemente do Programa Estadual de Melhoria da Qualidade da ErvaMate (SDR/Emater). A importância dessas políticas de estado podem ser observadas pelas demandas que o IBRAMATE recebe dos demais estados e em Brasilia, para organização de ações e legislações semelhantes nos demais estados produtores e na legislação nacional. Algumas delas já em fase de construção; 4. A divulgação da erva-mate e derivados onde o IBRAMATE e a Escola do Chimarrão de Venâncio Aires cumprem papel fundamental, como pode ser verificado no Programa Estadual Mateando nas Escolas, no Programa Estadual de Capacitações de Merendeiras em Gastronomia a base de erva-mate, nas Casas da Erva-Mate expostas em Feiras (Expointer, Expodireto, ExpoAgro Afubra, Frinape, Feira da Floresta, Carijo da Canção, Expotchê DF, Olimpíadas Rio, etc.) dentre outras ações e eventos;


ATUALIDADE

Continuação

Revista Tour & Negócios 27

5. Sincronia nacional na construção da Política Nacional da Erva-Mate, envolvendo GovernoDF (MAPA/Câmara Erva-Mate/EMBRAPA), Congresso Nacional, IBRAMATE, EMATERPR, EPAGRI-SC, EMATER-RS, Governos Estaduais, Sindimates, Sindicato Rural, Fetag, Ervateiras, Viveiristas e Produtores. Alguns Desafios . Precisamos consolidar a operacionalização das Políticas Públicas no nosso estado (sincronia governo e cadeia produtiva), implantá-las em SC, PR, MS e construir a Política Nacional da Erva-Mate, é o que estamos fazendo via IBRAMATE e parcerias. O primeiro passo já foi dado onde o PL - Projeto de Lei Nacional liderado pelo Deputado Afonso Hamm está em tramitação. Já realizamos 3 Audiências Públicas (Arvorezinha, Curitiba e Rio Pardo) faltando outras três (sendo uma em Erechim - 16 a 18 de maio por ocasião do VI Congresso SulAmericano de Erva-Mate, outra em Santa Catarina em junho e a última na ExpoTchê em Brasília no início de julho). Após essas Audiências esperamos aprovação do PL no Congresso Nacional e Senado. A partir desse momento estaremos construindo com o MAPA, ANVISA e parcerias, o Padrão de erva-mate que ainda não existe, seguindo-se com capacitação de agricultores, viveiros e indústrias. Restando a partir daí, cobrar e fiscalizar para eliminarmos "possíveis" - concorrência desleal/sonegação/fraudes, que infelizmente fazem parte da cultua de muitas cadeias produtivas. Com isso esperamos corrigir problemas pontuais, garantir qualidade e confiabilidade ao consumidor, e expandirmos o consumo nacional e internacional. . Outro desafio fundamental é qualificar todo o processo desde a semente, muda, matéria prima até o produto final. Precisamos melhorar a qualidade da matéria prima - em nosso estado 80% plantada -. Precisamos uma erva-mate mais natural, sombreada, com manejo de cobertura verde , ou seja, mais sustentável, mais verde e mais saborosa. Apenas quantidade de folha, o

que se consegue geralmente com agroquímicos, não é suficiente. Melhorarmos o sabor da matéria prima é questão de "vida ou morte"dos ervais gaúchos. Precisamos copiar mais a natureza. A erva-mate é nativa, "do mato" e nesse ambiente é que ela tem qualidade, cor e sabor. Aí vai uma dica aos agricultores: "plantem erva-mate nas APPs - áreas de preservação permanente", já estamos regulamentando isso com uma lei estadual e outra nacional. Também teremos em breve outra lei estadual (Frente Parlamentar Erva-Mate) permitindo o manejo de sub-bosques para a introdução de ervamate com sombra natural. O Futuro Próximo Aos atuais investidores e futuros, o momento exige cautela e "pés-no-chão". Não é período de desistir, mas nem exagerar. Aos novos investidores lembramos que antes de decidirem investir ou não - se informem das 09 legislações que incidem na industrialização da erva-mate, para isso temos o IBRAMATE que pode orientar. Não adianta uma pequena indústria conseguir apenas o alvará sanitário e sair vendendo ervamate, não estando em dia com as questões: trabalhista, tributária, contábil, previdenciária, inmetro, fiscal, ambiental e da agricultura. A falta de qualquer uma delas é motivo suficiente para interdição do estabelecimento. Não podemos andar na contra-mão da legislação. A venda formal contribui com o desenvolvimento local, regional ou estadual, melhora a qualidade, concorre de forma leal e contribui com o equilíbrio de toda a cadeia produtiva. Temos muitos gaúchos espalhados pelo Brasil, reclamando que no seu estado ou cidade não há erva-mate de qualidade. Aí vai uma dica aos industriais e consumidores: "erva-mate embalada à VÁCUO se conserva por um tempo bem mais longo, mantendo a qualidade".


ATUALIDADE Revista Tour & Negócios 28

Para os próximos anos haverá espaço para pequenas, médias e grandes indústrias ervateiras, desde que estejam com a legislação em dia e apresentem qualidade/padrão/conformidade no produto comercializado. A erva-mate com suas mais de 190 propriedades medicinais e nutritivas tem ainda muito mercado para expandir. Esperamos também que nosso pais possa ser "passado a limpo" e se desenvolver, como todos nós merecemos.

Casa da Erva-Mate na Feira da Floresta – Gramado – Abril, 2017

O IBRAMATE – Instituto Brasileiro da ErvaMate, juntamente com a ESCOLA DO Erechim - Centro de Treinamentos da Emater - Abril, 2017 CHIMARRÃO estarão organizando a CASA DA ERVA-MATE neste importante evento nacional que estará sendo realizado no período de 30.06 a 09.07.2017 em Brasília. Ocasião onde estará sendo divulgada a erva-mate e novos produtos, bem como eventos ligados à cadeia produtiva, como a Audiência Pública final para a elaboração do PL 4.137 que dispõe sobre a Política Nacional da Erva-Mate, dentre outras ações nacionais como a do preço referência, plantios em APPs – áreas de preservação permanente, mercados Convênio IBRAMATE e SDR - Secretaria de Desenvolvimento Rural RS institucionais, questões trabalhistas, pis/cofins, Valdir Pedro Zonin etc. Ilópolis, RS, 02 de maio de 2017 Engº Agrº Msc. Eng° Agr° Valdir Pedro Zonin Extensionista da EMATER-RS Presidente do IBRAMATE 51.99733.7509 – 54.99609.1136

Supervisor Regional Erechim e ATR Erva-Mate 51.9733.7509 ou 54.9609.1136 www.emater.tche.br


PASSEIO Revista Tour & Negócios 30

UM PARAISO A SER CONHECIDO

O

Parque Estadual de Itapuã, localizado no município de Viamão, a 57 Km de Porto Alegre, é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral e abriga uma das últimas amostras dos ambientes originais da Região Metropolitana da capital gaúcha. O Parque foi reaberto em abril de 2002, após ter ficado fechado por mais de dez anos para a recuperação de seus ecossistemas e sua estruturação administrativa. O Parque Estadual de Itapuã destina-se à proteção das belezas e recursos naturais, em especial a flora e a fauna, e à proteção dos sítios de valor histórico e arqueológico existentes na região onde ocorre o encontro das águas do

Lago Guaíba e da Laguna dos Patos, num conjunto de ambientes de morros, praias, dunas, lagoas e banhados em plena região metropolitana de Porto Alegre. Dentre as espécies da fauna preservada pelo Parque salienta-se o bugio-ruivo (Aloutatta guariba), ameaçado de extinção, a lontra (Lontra longicaudis), o gato-maracajá (Leopardus wiedii), bem como aves migratórias como o maçarico-acanelado (Tryngites subruficollis) e o suiriri (Tyrannus melancholicus). O Farol de Itapuã, concluído em 1860, marca o encontro das águas do Lago Guaíba com a Laguna dos Patos. Existem elementos históricos que

evidenciam fatos da Revolução Farroupilha (18351845) no Morro da Fortaleza, na Ilha do Junco e na Ferraria dos Farrapos. No Centro de Visitantes, há uma exposição fotográfica permanente com diversas imagens da unidade de conservação, e para grupos agendados é ministrada uma palestra com as informações e a história do Parque. Telefones: (51) 3494-8083 / (51) 3494-8082 E-mail: cv-itapua@sema.rs.gov.br. Responsável: Dayse Rocha Ronaldo Bonemann e-mail: bonemannjornalista@gmail.c om


MATÉRIA DE CAPA Revista Tour & Negócios 31

A

história do Rio Grande do Sul, o estado mais ao sul do Brasil, inicia-se com a chegada do homem à região, cerca de 12 mil anos atrás. Suas mudanças mais dramáticas, no entanto, ocorreram nos últimos cinco séculos, depois do descobrimento do Brasil. Esse percurso mais recente transcorreu em meio a diversos conflitos armados externos e internos, alguns de grande violência. Guilhermino César dizia, justificadamente, que essa história "é um dos capítulos mais recentes da história brasileira", pois quando no Nordeste já se cantavam missas polifônicas, este estado ainda era ocupado por um punhado de povoados e estâncias de gado portuguesas no centro-litoral, e o sulsudeste era uma "terra de ninguém" onde frequentemente incursionavam tropas espanholas mandadas por Buenos Aires, defendendo os interesses da Coroa Espanhola, proprietária legal da área nessa época. Essencialment e,o Rio Grande do Sul, até o fim do século XVIII, era uma região virgem habitada por povos indígenas. Os únicos focos importantes de civilização e cultura europeias em todo o território até esta altura eram um brilhante grupo de reduções jesuítas fundado no noroeste, destacando-se entre elas os Sete Povos das Missões. Entretanto, sendo de criação espanhola, até há pouco tempo as Missões eram vistas como sendo um capítulo à parte da história do estado, tanto mais por não terem deixado descendência cultural direta significativa.

Em anos recentes, entretanto, vêm sendo assimiladas à historiografia integrada do estado. Na primeira metade do século XIX, após muitos conflitos e tratados, obtendo Portugal a posse definitiva das terras que hoje compõem o estado, expulsos os espanhóis, desmanteladas as reduções e massacrados ou dispersos os índios, se estabeleceu uma sociedade de matriz claramente portuguesa e uma economia baseada principalmente no charque e no trigo, iniciando um florescimento cultural nos maiores centros do litoral - Porto Alegre, Pelotas e Rio Grande. Esse crescimento contou com a contribuição de muitos imigrantes alemães, que desbravaram novas áreas e criaram culturas regionais significativas e economias prósperas, bem como com a força de muitos braços escravos. Em 1835 iniciou um dramático conflito que envolveu os gaúchos numa guerra fratricida, a R e v o l u ç ã o Farroupilha, de caráter separatista e republicano. Finda a guerra a sociedade pôde se reestruturar. No final do s é c u l o o comércio se fortaleceu, chegaram imigrantes de outras origens como italianos e judeus, e na virada para o século XX o Rio Grande do Sul havia se tornado a terceira maior economia do Brasil, com uma indústria em ascensão e uma rica classe burguesa, mas ainda era um estado dividido por sérias rivalidades políticas, e houve mais crises sangrentas.


HISTÓRIA Revista Tour & Negócios 32

GUAÍBA, BERÇO DA REVOLUÇÃO FARROUPILHA

G

uaíba é uma cidade que tem na sua história e nas suas belezas naturais seus principais atrativos. A rica história dessa cidade remonta para o período da Revolução Farroupilha, sendo cenário importante nas ações que deflagraram esta guerra. Guaíba é dotada de uma beleza natural ímpar, poucas cidades localizadas em ambientes urbanos podem se orgulhar de contar com uma orla tão bela e com um trecho de Mata Atlântica em pleno centro da cidade. Quem faz a travessia de Catamarã Porto Alegre/ Guaíba encontra um meio de transporte onde a própria embarcação se constitui num atrativo motivador do deslocamento. Permite ao passageiro visitante desembarcar numa cidade repleta de atrativos turísticos cujas belezas naturais vislumbradas do lago, enchem os olhos de quem chega da margem oposta da capital gaúcha.


GASTRONOMIA Revista Tour & Negócios 33

31º Festival Colonial de Garibaldi celebrará a gastronomia típica italiana Garibaldi realizará mais uma edição do Festival Colonial Italiano. Marcado para dias 3 e 4 de junho e integrando a programação do Dia do Vinho 2017, o evento apresenta farta gastronomia, shows, comercialização de produtos coloniais e de artesanato nos Pavilhões da Fenachamp. No sábado, o evento inicia a partir das 19h. Já no domingo, o início é às 11h. Considerado um dos maiores eventos da gastronomia típica italiana da Serra Gaúcha, o evento tem em seu cardápio massa, galeto, polenta, salame, queijo, vinho e suco de uva. O tradicional cardápio é

elaborado pela Associação de Veteranos (AVG), que há anosmantêm o sabor das suas receitas. Nos dois dias, a animação ficará por conta da Banda Zabadak, que apresentará músicas populares e do folclore italiano, típicas da região. Os ingressos estão sendo comercializados ao valor de R$ 35, com os integrantes da Associação dos Veteranos de Garibaldi. Crianças de até 6 anos pagam R$ 5 e até 12 anos R$ 20. O Festival é uma realização da Prefeitura de Garibaldi, por meio da Secretaria de Turismo e Cultura e Associação de Veteranos de Garibaldi (AVG), com apoio das secretarias de Agricultura e Pecuária, Obras, Segurança e Mobilidade Urbana e da Emater/RS – Ascar. Mais informações na Secretaria de Turismo e Cultura pelo telefone (54) 3462 8235.

----------------------------------------------------------OS BENEFÍCIOS DA ERVA-MATE ----------------------------------------------------------sexuais; - Aumenta a força Mesmo consumida

S A Ú D E

quente ou gelada, de todas as maneiras a erva-mate consegue transmitir suas inúmeras propriedades benéficas para a nossa saúde! Como por exemplo: - Estimulante da atividade física e mental; - Estimula a circulação; - Tonifica o sistema nervoso; - Desenvolve as faculdades mentais; - Aumenta o ritmo cardíaco; - Aumenta a resistência de músculos à fadiga;

muscular; - Aumenta o gasto energético; - Melhora a memória; - Previne a arteriosclerose; - Previne gripes e alergias; - Previne a doença de Parkinson; - Facilita a digestão; - Provo-me a regeneração muscular; - Elimina estados depressivos; - Regulariza a respiração; - Facilita a digestão; - Promove a sensação de bem-estar e vigor; - Regula as funções

- Efeitos cosméticos na pele; - Diurético; - Diminui o colesterol e triglicerídeos; - Favorece o emagrecimento; - Combate a celulite; - Poderosa arma contra o envelhecimento; - e muitos outros benefícios...


REGIONALISMO Revista Tour & Negócios 34

N

SISTEMA

o dia 7 foi o Dia do Silêncio, e como é importante agente se reclusar de vez em PELO DIA DO quando do mundo, parar um pouco da rotina, SILÊNCIO dos amigos, da família, do trabalho, para conversar com o nosso Eu que temos dentro do peito e há tempos não escutamos. Tirar um dia para ficar só, certamente meditações ou simplesmente estar num nos rende muitos benefícios, a solidão não é ambiente longe dos ruídos que estás algo ruim quando queremos ficar solito não acostumado a ouvir diariamente é uma das sendo por egoísta, mas sim para arreglar os propostas do Dia do Silêncio. troços que só a gente sabe, aquilo que tá lá no fundo nos incomodando e não achamos Então vamos diminuir o barulho, não vamos gritar, buzinar, bater, vamos contemplar o tempo para resolver. mundo bonito que temos por dentro e por fora Imagino que foi esse o fato inspirador do corpo, cultuando a natureza, descobrindo de criarem o Dia do Silêncio, afinal é preciso que Deus nos deu a vida e a inteligência, essa mesmo que por um tempo todos parem de mesma que cria, mas que também resolve fazer barulho, principalmente nas cidades qualquer problema. onde por vinte quatro horas a vida não descansa, elevando o estresse, a angústia, a O filósofo norte americano William James, insatisfação do ser humano com o mundo, conseguiu definir a essência da importância do silêncio na seguinte frase: “O exercício do levando-o ao raio da loucura. silêncio é tão importante quanto a prática da E essa loucura não é nada benéfica, palavra”. A cultura popular ensina que: O faz o homem desarmonizado tomar atitudes silêncio de um olhar vale mais do que mil equivocadas, prejudicando a si e ao meio palavras. E o poeta vacariano – José Atanásio social. Daí se dermos uma parada fazendo Borges Pinto, parafraseou em versos a silêncio, certamente além de diminuir a sabedoria popular, escrevendo: “Como faz poluição sonora que vai nos consumindo, bem à alma do gaudério, esses mistérios do (nos tirando do eixo, nos alienando, nos olhar da amada; A gaita entende esses olhares deixando além de surdos, cegos e burros), mudos que dizem tudo sem falar em nada”. vamos achar as saídas de todas as Para pensar: As pessoas estão tão sem necessidades, desbloqueado a alma. rumo que a maioria tem medo do silêncio, porque ele nos diz as verdades que Não se sabe direito quem inventou precisamos ouvir! esse dia, mas sabemos que foi para conscientizar as pessoas dos malefícios do por Dorotéo Fagundes barulho, por isso a meditação é tão apreciada pelos sábios, pois é nela que estão as lições que precisamos acatar, para atingirmos uma vida saudável, com mais energia, tolerância e sabedoria. Diz no CALENDARR BRASIL: Por este motivo, o Dia do Silêncio convida toda a população, a separar uns minutos durante o dia e desfrutar do total silêncio! Fazer

DE COMUNICAÇÃO


GUIA COMERCIAL Revista Tour & Negรณcios 35

Acesse: www.radioagrotour.com.br


Revista tour & negócios edição 5 digital  
Revista tour & negócios edição 5 digital  
Advertisement