Método WIS de Design Instrucional

Page 1

NOSSO JEITO DE GERAR PESSOAS INCRÍVEIS PARA O FUTURO.



Leonardo Carrareto

Nosso jeito de gerar pessoas incríveis para o futuro.

EDIÇÃO 01

Vitória - ES WIS Educação 2018


WIS Educação Diretor Executivo Leonardo Carraretto Diretora de Operações Luciana Carraretto Coordenação editorial OPARQUE Conteúdo WIS Educação

Produção de textos Luiza Buzin Revisão Luiza Buzin Capa e ilustrações Rayan Fabri Casa Grande Projeto gráfico e diagramação Thanmara Mafra

Design Estratégico Eduardo Moreira A MUITAS MÃOS Esse livro não seria possível sem a colaboração de amigos e profissionais que estiveram com a gente lado a lado no projeto de construir uma metodologia integrada, condizente com o propósito da WIS. Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (eDOC BRASIL, Belo Horizonte/MG) WIS Educação. W812w

WIS Educação [recurso eletrônico] : nosso jeito de gerar pessoas incríveis para o futuro / WIS Educação; produção de textos Luiza Buzin; capa e ilustrações Rayan Fabri Casa Grande. – Vitória (ES): WIS Educação, 2018. 68 p. : il. Formato: PDF Requisitos de sistema: Adobe Acrobat Reader Modo de acesso: World Wide Web ISBN 978-85-85075-01-9 1. Educação. 2. Inovações educacionais. 3. Tecnologia. I.Título. CDD-370.1 Elaborado por Maurício Amormino Júnior – CRB6/2422


GRATIDÃO.

Esse é um dos valores fundamentais para nós da WIS. E existem muitas pessoas a quem devemos agradecer por toda nossa história e trajetória. Pessoas que nos inspiram e nos ajudam a melhorar todos os dias. Nosso time, que se dedica para que nosso propósito ganhe o mundo. Os aprendizes que confiam e nos dão a honra de melhorar a cada dia nossos conteúdos, a razão de existirmos, a transformação que queremos fazer no mundo a cada palavra dita. Nossos mestres, que abrem tão gentil e genuinamente o conteúdo que ninguém os ensinou, que foi adquirido a duras penas, mas que disponibilizam com amor e inteireza para todos que entram em suas salas de aula. Os parceiros que fazem com que tudo aconteça, mesmo apesar de dificuldades e barreiras que insistem em tentar nos derrubar. Os que ainda não se encaixam em nenhuma dessas categorias, mas ainda assim de longe torcem e nos mandam seus bons pensamentos, simplesmente porque são contagiados pelo nosso propósito e desejo de transformar o mundo. Listar nomes seria pouco. Se você fez parte da nossa história, preferimos te agradecer todas as vezes que te encontrarmos. Mas saiba que em nosso coração tem um sentimento muito lindo e nobre por você!



SUMÁRIO

Apresentação

06

Somos a WIS

08

Nossos Pilares

16

A Comunidade

32

Os 10 mandamentos da comunidade WIS

34

Jornada do Alumni

38

Jornada do Mentor

42

O Método 6Cs O Resultado

46 66


APRESENTAÇÃO Olá! Apresentamos a você este que é um dos pontos mais importantes da nossa missão e propósito: a nossa metodologia. Quando começamos a planejar nossos passos de crescimento, vimos a necessidade de ter nosso "tempero" em cada lugar, em cada curso, em cada módulo que nosso conteúdo estivesse. Definimos algumas coisas que gostaríamos neste método. O primeiro, que ele fosse verdadeiramente transformador. De nada valeria esse esforço se não acreditássemos no poder que ele, correta e devidamente aplicado, poderia exercer na vida das pessoas. Este foi um critério totalmente inegociável em todo o processo. Que ele fosse genuinamente nosso. Com nosso DNA, mesmo que bebendo de grandes e reconhecidas fontes, ele teria que trazer o nosso jeito de ver e fazer as coisas. E com isso, queríamos que ele nos diferenciasse das inúmeras e milhares de iniciativas de educação profissional, das mais tradicionais e consolidadas às mais isoladas e aventureiras. Buscamos que este método fosse evolutivo, assim como a educação e principalmente como o mundo em que vivemos. Assim, neste método prezamos mais pelos princípios do que pelas ferramentas. E estaremos sempre, melhorando a cada dia, porque temos certeza de que estamos apenas começando. Por este método também buscamos o reconhecimento e para isso usamos fontes consagradas. Foi um ano inteiro de dedicação em pesquisa, estudos, literaturas, cursos no Brasil e no Exterior para ser forte e ousado nessa empreitada, como na expressão estrangeira muito proprícia que diz “be bold”. Outro ponto é que o tempo todo nos pautamos pelo o que o mercado necessita. 6


Apresentação

Quais são as tarefas e dores que o mercado busca sanar, quais ganhos são relevantes. Não poderíamos tirar o nosso olhar destes pontos porque somos uma escola orientada ao mercado, mas também uma empresa sustentável. E por último algo que nos leve ao progresso, ao futuro, ao que o mundo precisa e busca. O que você vai ler a seguir recebeu toda essa atenção e cuidado e muito nos orgulha em apresentar este produto que atende a todos esses requisitos.

Que a transformação alcance todo o ser humano, e que possamos generar cada vez pessoas melhores, em busca de um amanhã maravilhoso!

*Generar é o nosso verbo para representar o movimento dinâmico que impulsiona as pessoas a se reinventarem e se superarem a cada dia.

7


Somos a WIS 8


Somos a WIS

x MÉ TO DO + CO MU NI DA DE

A WIS é a equação matemática formada pelo método disruptivo, mais a comunidade de aprendizes e mentores, elevada à máxima potência.

9


A WIS é uma escola de inovação para mercados em disrupção, formada pela equação matemática: método + comunidade, elevada à máxima potência ou seja, exponencial, como o novo mundo e o novo mercado. WIS vem de WISDOM, do inglês sabedoria. E a Sabedoria é o topo da chamada Pirâmide do Conhecimento:

Na base da Pirâmide, encontramos os dados. Um conjunto de fatos, números, processados e organizados. Na segunda camada, encontramos a informação. Resultado do bom processamento, manipulação e organização dos dados. Na terceira camada, encontramos o conhecimento. Fruto da elaboração abstrata da informação. E no topo, a sabedoria, que representa uma compreensão humana mais refinada e equilibrada de determinado conhecimento. Um conjunto de dados não faz uma informação, assim como um conjunto de informações não se configura em conhecimento. Da mesma forma, muito conhecimento acumulado em si não promove a sabedoria. 10


Somos a WIS

Podemos dizer que: - A informação refere-se à descrição, definição, ou perspectiva (o quê, quem, quando, onde); - Conhecimento compreende a estratégia, prática, método ou abordagem (como); - Sabedoria incorpora princípio, a percepção ou moral (porquê). Assim, nossa missão é promover o conhecimento como forma de se chegar ao topo, e principalmente, a melhor forma de utilizar o que ensinamos e propagamos em nossos conteúdos. Em nosso nome, carregamos a crença de que a sabedoria (WISDOM) é o principal destino do acúmulo de conhecimento. Mais que apenas transmitir, queremos formar profissionais completos e atualizados. Maaaaas, não foi da noite para o dia que chegamos a essa conclusão. É que nos últimos 7 anos atuando no campo da educação profissional, acompanhamos um grande ruído entre o ritmo do mercado, os interesses individuais dos profissionais e a velocidade da inovação que o mundo vive, alterando as relações entre as pessoas no mundo do trabalho. Este descompasso tem trazido efeitos notórios. Alguns chamam de ruptura:

Inovação

INOVAÇÃO

120 x/s

PESSOAS

MERCADO

50 x/s 10 x/s

Progresso

11


Em meio a esse fogo cruzado, iniciamos uma imensa jornada a nossa própria potência, buscando respostas que amenizassem esse descompasso. Apertamos o cinto e nos lançamos pelo Brasil e pelo mundo para ver de perto as escolas que estão formando os profissionais do futuro. Tivemos longas sessões de reflexão e mão-na-massa com a nossa equipe gestora e nossos mentores, para repensar os nossos valores e posição no mercado, como uma escola que não apenas entrega conteúdo, mas que transforma. Uma escola que nunca estará pronta, mas em um inquieto processo evolutivo. Por um lado, acompanhamos de perto as dores dos profissionais buscando uma recolocação no mercado, vendo que o mercado está mudando e que não dá pra ficar parado olhando o bonde passar. Esse profissionaltem dúvidas sobre as escolhas a fazer… “turbino o meu currículo ou abro um negócio?” “peço demissão ou tento uma mudança de posição?”. Esse profissional que muitas vezes não se enxerga mais nas estruturas corporativas, treinado para entregar resultado, de repente começa a se perguntar o que faz sentido para sua vida e para sua carreira profissional. Por outro lado observamos que o mercado não tem escolhas: terá que mudar. Os meios de comunicação e a tecnologia na última década abalaram tanto as estruturas, que estamos caminhando para uma quarta revolução industrial. A tecnologia não vai poupar ninguém. Nesse cenário transitório, os modelos de negócios estão cada vez mais fluidos e dependendo de lideranças capazes de resolver novos dilemas. Fomos atrás de respostas e encontramos mais perguntas. Já que as pessoas chegam até nós, não só pelo conteúdo, mas para entenderem sua posição no mercado, como trazer essa orientação para o modelo de negócio WIS? Se o mercado 12


Somos a WIS

muitas vezes não atende às expectativas dos profissionais, como tracionar esse mercado para que hajam mudanças cabíveis a um mundo em transformação? Sabemos que para atuarmos diante dos desafios do século XXI, é preciso saber fazer junto. Nesse sentido, o que melhor temos para oferecer não são os nossos cursos, mas o trabalho colaborativo, que se concretiza em uma comunidade viva, nutrida a cada nova turma. Suamos a camisa e desenvolvemos uma metodologia própria, fruto da nossa busca inquieta por uma educação verdadeiramente transformadora. Desenvolvido a partir do que há de mais novo no campo da educação e da heutagogia, nosso modelo de ensino está em sintonia com o movimento dos mercados em disrupção. Nesse processo de autoconhecimento, identificamos e sistematizamos os nossos principais códigos genéticos. Nascem os pilares da WIS: Entreguividade, Empreendedorismo, Confiança Criativa, Capacidade de resolver Problemas, Colaboração e Comunidade, Comunicação e Disrupção Pessoal. Essas 7 estruturas se encontram presentes em qualquer módulo de ensino pode ser escolhido como amostra da nossa carteira de produtos. Nessa jornada criamos a Julia, a garota WIS, que você irá encontrar nas páginas deste livro. Como seus quase 30 anos, Julia é uma profissional que já se graduou, atuou no mercado, mas não se vê pertencente a essa estrutura. Já viveu uma frustração ao sentir que apenas seu diploma não garantiu a posição profissional que esperava. Cansou de ouvir que precisa de uma pós graduação para se atualizar e conseguir um emprego melhor. Cansou de trabalhar com o que não está alinhado com seus propósitos. Viveu o medo da dependência financeira, até o momento em que disse para o mundo: chega, você não manda em mim! Hoje o nosso compromisso é com a 13


Julia, de mostrar a cada dia para ela que não existem mapas, nem planos, apenas uma bússola com a qual ela saberá, com confiança, trilhar o caminho que quiser. Foi pensando na Julia que aprimoramos o nosso modelo e criamos mais possibilidades de acesso aos nossos conteúdos, de acordo com o momento e o perfil do profissional. Com o programa Direto ao Ponto, oferecemos conteúdos para profissionais que já sabem bem o que querem, e terão um leque de opções diretas. Já o programa Cursos Sem Fim é voltado para quem quer ativar o seu lado “eterno aprendiz”, você se conecta à WIS e pode consumir os conteúdos por assinatura ao longo do ano. Com o programa Você Não Manda em Mim, te incentivamos a desenhar a sua própria jornada de aprendizagem, o que se torna um contraponto à educação serializada, fora de moda, que te força a dar passos iguais aos da maioria. Toda essa dinâmica acontece em um ecossistema criativo onde alunos e professores aprendem e ensinam. Aliás, mudamos os nosso títulos de “professores” para “mentores”, com uma proposta de sala de aula baseada na mediação feita por profissionais com conhecimento e prática de mercado. Mudamos a nomenclatura de alunos para alumni, que vem do latim e significa o indivíduo que é alimentado por conhecimento. Acreditamos que inovação é feita de pessoas para pessoas, e aqui os mentores dão o pulo do gato, para que o alumni possa ir mais longe. De mercado para mercado, contamos com uma rede de profissionais com experiência e know how em inovação, que estão disponíveis para compartilhar suas habilidades e paixões. Sabemos que a inovação nasce da dor, da dificuldade ou do medo de ficar de fora, então nosso modelo é pensado para quem tem FOMO (fear of missing out) de conhecimento e quer 14


Somos a WIS

estar lado a lado das novas tecnologias e tendências em tempos tão acelerados como o que vivemos. Ao se conectar à WIS, mais do que fazer um curso, você é convidado a fazer parte da nossa comunidade. Nela, o público tem acesso a uma curadoria de conteúdos, com o que há de novo no campo da comunicação, negócios e tecnologia, em um processo contínuo de conexões e atualização. Por aqui, adoramos fazer amigos e estamos dedicados a criar uma rede de profissionais para conectar pessoas e oportunidades. Elevamos tudo isso à máxima potência porque somos determinados e queremos manter a vida esquisita e a mente aberta para que nossa comunidade possa se superar todos os dias.

Venha aprender a aprender com a gente. Faça parte!

15


Nossos Pilares 16


Nossos Pilares

Não somos conteudistas, somos transformadores. Foi olhando para nós mesmos, compreendendo os nossos valores, que por sua vez se materializam no modelo WIS, é que chegamos aos 7 pilares. Identificamos e mapeamos o nosso código genético, combinação presente em cada pedacinho da WIS, nossos cursos, nossos cafés, nossas conversas, nosso ambiente. Essa é a nossa verdadeira entrega, é o que vivemos no dia-a-dia e queremos compartilhar com você. Dependendo do contexto, cada um deles pode existir em maior ou menor intensidade, mas estarão ali como componentes essenciais para a formação do profissional do futuro.

17


01 18

ILUSTRAÇÃO

ENTREGUIVIDADE Sabemos que a teoria e o acesso aos conhecimentos mais atualizados é importante. Mas para nós, nada disso faz sentido se não houver uma aplicação prática. Nossas aulas são um convite o CHA: Conhecimento, Habilidade e Atitude. Sabemos que essa palavra não existe, mas é uma criação nossa em contraponto à criatividade. Já somos um povo muito criativo. Precisamos desenvolver a “Entreguividade” compatível com tanta criatividade. Garantimos que com ele você irá desenvolver a sua capacidade de converter problemas em entregas efetivas.


Nossos Pilares

PALETA D

21


02 20

EMPREENDEDORISMO A Wis é para nós um lugar onde sonhamos, planejamos e fazemos. Entendemos a importância de assumir o controle da situação, de criar nossas próprias oportunidades, seja para construir algo novo ou melhorar sempre, dentro do nosso negócio ou dentro de uma organização. Mas é preciso coragem para ir além. Imaginamos um futuro diferente, que responda aos desafios do século, para o qual é preciso inovar no presente, sendo capaz de criar novos modelos de negócio.


Nossos Pilares

21


03 22

CONFIANÇA CRIATIVA Ser criativo não é um perfil ou simplesmente algo com que nascemos. Podemos exercitar e treinar a nossa criatividade no dia a dia, acumulando repertório e ferramentas que nos ajudarão quando menos esperarmos. Nossos cursos são desenhados para oferecer o que você precisa para construir a confiança de criar e inovar. Aqui a criatividade será nossa aliada na busca proativa por soluções de problemas.


Nossos Pilares

23


04

CAPACIDADE DE RESOLVER PROBLEMAS Acreditamos que o modelo tradicional de construção do conhecimento baseado na orientação cognitiva está ultrapassado. Não queremos apenas repassar teorias e práticas numa dinâmica hierárquica de cima para baixo, mas facilitar o aprendizado de forma horizontal, estruturada e com gente experiente. Em nossos cursos, você vai se capacitar para procurar o conhecimento por si mesmo quando se deparar com um desafio real, tanto na carreira quanto na vida.

24


Nossos Pilares

25


05

COLABORAÇÃO E COMUNIDADE Colaborar, além de ser uma habilidade essencial para o profissional do século XXI, é a maneira mais fácil de exercitar a nossa comunicação, a criatividade e a flexibilidade. Sabemos que trabalhar em colaboração encurta tanto o tempo gasto nas tarefas quanto a distância entre pessoas. Para nós o importante é “fazer com” e não “fazer para”. Baseada na colaboração constante, a WIS se tornou não apenas uma empresa que oferece cursos, mas uma comunidade que se alimenta a cada nova turma, onde o conhecimento é transmitido em rede. Nutrimos essa comunidade dia após dia, conectando pessoas e gerando nós mais fortes para mercados em disrupção.

26


Nossos Pilares

29


06

COMUNICAÇÃO Saber dialogar e expressar com clareza as nossas ideias é para nós tão fundamental quanto os próprios projetos. Desenvolver as nossas habilidades comunicacionais, com uma escuta atenta e com empatia, aumentam as chances de que a nossa mensagem chegue no alvo. Um dos pilares da WIS é garantir que os fluxos de comunicação funcionem em todas as direções, para garantir canais abertos para a interação e melhorias contínuas.

30


Nossos Pilares

31


07

DISRUPÇÃO PESSOAL O termo “disrupção” foi cunhado pelo professor de Harvard Clayton Christensen. Ele é usado para descrever inovações que oferecem produtos acessíveis e criam um novo mercado de consumidores, desestabilizando um determinado setor. Aqui na WIS, nós levamos à sério a vontade de sermos disruptivos e incentivamos nossa comunidade a buscar novos meios de causar rupturas na própria forma de enxergar o mundo e o futuro. Incentivamos mudanças constantes de mentalidade que acompanhem a velocidade das mudanças tecnológicas. Disrupção é um processo, por isso tratamos do assunto como uma trajetória disruptiva pessoal, em que cada um traça a sua própria jornada para se transformar no que sonha ser. DISRUPTE-SE.

32


Nossos Pilares

33


A Comunidade 32


A Comunidade

Estamos em comunidade quando conseguimos criar um ambiente de segurança para sermos e agirmos como nós mesmos. Movidos pela inquietante busca para nos desenvolvermos, avançamos juntos em uma caminhada infinita de aprendizagem, sejamos alumni ou mentores. Para além de consumir os conteúdos e estar em sala de aula, a cada nova conexão, mantemos uma relação de continuidade, fortalecemos a comunidade.

33


ESTÁ DECRETADO, DOMINARÁS O MUNDO COMEÇANDO POR VOCÊ MESMO.

34


A Comunidade

O que vamos encontrar na comunidade? Como podemos colaborar? O que precisamos desapegar? Criamos as premissas da comunidade WIS, está escrito… Vamos nessa?

#1 Todo conteúdo será modular

#2 Aprenderás fazendo

Ao montar o castelo da sua formação com as peças modulares de conteúdo, você exercita a heutagogia (aprendizagem autodirecionada onde você é o gestor do seu processo de aprendizagem) e toma o controle da sua própria aprendizagem.

Aqui você não apenas assiste às aulas, mas bota a mão na massa e constrói seu conhecimento em colaboração com a comunidade WIS.

35


#3 Ensinarás para aprender

#4 Usarás recursos didádicos certos

Trocar conhecimentos é a maneira mais eficiente de aprender. Quando criamos um ambiente amigável onde você se sente confiante para ser criativo, estamos fomentando o comportamento que leva à inovação.

Nosso cuidado com a escolha dos recursos didáticos mais inovadores nasceu da preocupação com a entrega. Cada curso é produzido de acordo com o conteúdo, para maximizar a captura de conhecimento e potencializar o aprendizado.

#5 Virás do mercado e para o mercado voltarás

#6 Terás resultados individualizados

Nossos mentores são aqueles que se destacaram no mercado e aprenderam fazendo. Estão aqui para facilitar o processo de aprendizagem e promover mudanças de mindset necessárias.

36

Aqui na WIS personalizamos as aulas para as necessidades de cada aprendiz, para contemplar múltiplas formas de aprender. A inovação só funciona quando é de pessoas para pessoas.


A Comunidade

#7 Deixarás marcos na sua jornada de evolução Os marcos são a materialização do curso WIS, o laço no presente do conhecimento que você encontra aqui. Essa entrega busca celebrar o progresso de evolução do aprendiz e fortalece a confiança criativa na nossa comunidade.

#8 Farás parte de uma rede Somos um grande Hub nessa rede de pessoas que buscam se desenvolverem exponencialmente. Formamos uma ponte com o mercado ao conectar alunos, mentores e empresas que estão em busca das melhores oportunidades.

#9 Darás espaço para o inédito

#10 Colaborarás para inovar

A inovação é um comportamento que pode ser incluído no dia a dia e não está restrita ao aprendizado ou à condução das novas carreiras. Na WIS, queremos manter a vida esquisita e a mente aberta para incentivar você a inovar.

Colaborar, além de ser uma habilidade essencial é a maneira mais fácil de exercitar a comunicação e a criatividade. Faz parte da comunidade da WIS compartilhar conhecimento e fazer junto.

37


A JORNADA DO ALUMNI

38


A Comunidade

Seja por necessidade ou por vocação, oferecemos caminhos possíveis para a jornada individual de aprendizagem de cada um. Mas muito cuidado, essa construção é um processo exponencial que pode te levar a profissões únicas, por caminhos ainda não explorados, com base no aprendizado infinito. Posicionem suas bússolas que uma nova trilha está aberta.

39


CURSOS SEM FIM. Para continuar com a metáfora, a WIS quer ser o seu guia nessa floresta amazônica que são o conhecimento e a inovação, e oferecemos um curso sem fim para você explorar através de leituras, rodas de debate, e táticas de ensinos alternativas.

CURSOS SEM FIM

40

VOCÊ NÃO MANDA EM MIM


A Comunidade

VOCÊ NÃO MANDA EM MIM.

DIRETO AO PONTO.

Aqui, queremos formar aprendizes que seguem os caminhos da heutagogia (do grego: heuta – auto + agogus – guiar).

Por isso, nossos cursos têm enorme capacidade de conexão com o mercado, e são fruto da experiência diária de mentores que se destacam em suas áreas de atuação. Queremos sempre manter a alma WIS e oferecer cursos “direto do mercado e voltados para o mercado”.

Propomos um processo educacional em que o estudante é o responsável pela aprendizagem, ou como chamamos carinhosamente, o espírito do “Você não manda em mim”.

O conhecimento de causa também abre espaço para que os mentores e a comunidade WIS prestem uma eficiente orientação sobre suas vocações e te ajudem a orientar a sua carreira pelos caminhos que a bússola do seu desejo apontar.

Essa é uma abordagem que incentiva o senso crítico e está perfeitamente alinhada aos avanços das tecnologias de informação, comunicação e design.

DIRETO AO PONTO

Estamos sempre aqui para sermos aceleradores do seu processo de desenvolvimento de potências.

41


A JORNADA DO MENTOR Na WIS temos mentores que fornecem menos mapas e mais bĂşssolas aos aprendizes, para que eles trilhem o prĂłprio caminho na busca por conhecimento.

42


A Comunidade

Queremos transformar o mercado para pessoas incríveis. Para isso, contamos com uma rede de mentores atuantes, parceiros na construção e curadoria de conteúdos sobre as últimas tendências do mercado. Nossos colaboradores exercem a função de intra-empreendedores, trazendo toda a sua experiência profissional para as nossas salas de aula e realizam uma curadoria de novidades e assuntos relevantes que podem render diferentes atividades para os cursos sem fim. Para nós, a mentoria é apenas mais um passo na jornada de um alumni e passa por diferentes etapas de envolvimento com outros profissionais e com a comunidade. Aprendizes que acumulam experiências nessa jornada podem se envolver cada vez mais com a tarefa de facilitar a transmissão de conhecimento, e começam geralmente auxiliando mentores nas aulas, no posto de Monitores WIS.

43


Os Mentores WIS são os nossos conhecidos profissionais com experiência de mercado, habilitados a passar aos aprendizes o pulo do gato e podem chegar ao patamar de Mentor Master WIS quando adquirem mais experiência e passam a também criar os próprios cursos. Os Curadores WIS são os mentores que buscam e selecionam conteúdos e novidades para promover debates, painéis e eventos que alimentem o caráter sem fim dos cursos WIS. Na WIS, mentores podem chegar até o posto de Partner WIS, depois de acumular experiências e trilhar projetos conosco para orientar e aconselhar toda a comunidade WIS, com status de sócio.

44


A Comunidade

PARTNER WIS CURADOR WIS MENTOR MASTER WIS MENTOR WIS MONITOR WIS APRENDIZ WIS 45


O MÉTODO 6Cs 46


O Método 6Cs

O método 6Cs consiste num processo enxuto, ou seja, de melhoria contínua e progressiva que permite uma pessoa que nunca esteve envolvida com nenhuma atividade de Design Instrucional construir um conteúdo educacional dentro das melhores práticas e de forma orgânica e evolutiva. Tal qual uma startup, cada etapa gera uma entrega validada, porque a educação hoje precisa ser adequada aos objetivos do público. Também responde aos objetivos da WIS, como logística, organização e marketing e vendas. Ou seja, o curso nasce integrado ao formato de operação da empresa.

47


O MÉTODO 6Cs Conheça as 6 etapas da concepção ao final da realização de cada curso.

CRIAÇÃO

CONTEÚDO

ENTREGA:

Plano de aula. ETAPA:

CONCEPÇÃO

ENTREGA:

Ementa. ETAPA: ENTREGA:

Canvas. ETAPA:

nome, carga horária, persona, recursos didáticos, gatilhos de venda, classificação do curso.

48

Alinhamento com os pilares, Conteúdo Programático, Conteúdo para Ações de Inbound Marketing e Conteúdos Prévios e Pós Curso

Add (antes, durante e depois), o que vai no e-mail, o que vai na sala, o que vai na plataforma, o que vai ser prático, o que vai ser útil, o que vai ser inútil.


ÇÃO A U N NTI

CO

CONEXÃO

ENTREGA:

Aula.

CONSOLIDAÇÃO

ETAPA:

O encontro, a sala de aula, network, os métodos e dinâmicas, prática, confiança do aprendiz, ambiente seguro.

ENTREGA:

Pós-curso e desenvolvimento. ETAPA:

ENTREGA:

Avaliação e percepção. ETAPA:

Conexão com a comunidade, conteúdos complementares, trilha de próximos passos, avaliações.

Takeaways, resultado, o que eu sei fazer, como sei fazer, como me sinto com o que sei fazer.

49


CONCEPÇÃO Vamos entender quem esse programa educacional vai atender, quais as suas tarefas e dores, objetivos e melhores formatos. A Concepção vai nos dizer se este conteúdo é relevante, classificando o curso dentro do portfólio de cursos, da necessidade de mercado e começar a moldar ao que esta experiência se propõe. Conseguimos a partir desta etapa dizer se é uma iniciativa viável e evoluir com as perguntas e respostas certas para a construção do formato que melhor atende os objetivos. Nesta hora também a fundamentação e alinhamento aos pilares da escola acontecem. Nenhum programa avança se não estiver firme em nossos pilares fundamentais.

50


O Método 6Cs

Nesse processo inicial nos fundamentamos em princípios do Design Instrucional para compreender como se dá a construção do saber, desde o estágio de total ignorância de uma pessoa sobre determinado assunto, até o momento em que ela passa a dominá-lo de forma natural e inconsciente. Com o auxílio do Canvas desenhamos o caminho do aprendiz, identificamos em que momento se encontra e buscamos formas de preencher as lacunas necessárias para que possa avançar na sua trilha do saber, do primeiro ao quarto quadrante.

51


O CANVAS Para garantir que os cursos estejam alinhados com nosso propósito, para que gerem conexões verdadeiras, para que seu conteúdo seja relevante e desejável, criamos a nossa própria ferramenta. O Canvas WIS nos permite desenvolver e esboçar modelos novos de cursos e programas, sendo um mapa visual pré-formatado contendo quatro blocos principais sobre conhecimento, conteúdo, conexão e formatação.

52


O MĂŠtodo 6Cs

1o 2o 3o 4o 53


CONTEÚDO Com as perguntas certas em mãos vamos planejar a arquitetura da experiência de aprendizado. Módulos, objetivos, ferramentas instrucionais e temos em mãos uma ementa, tal qual uma planta baixa de um prédio, que permite uma visualização de como será a fluidez deste produto educacional. A partir desta entrega, com a aprovação da escola, partimos para o primeiro conteúdo com o público, que passa,pela divulgação correta até conhecer a proposta.

54


O MĂŠtodo 6Cs

A taxonomia de Bloom ĂŠ uma boa ferramenta para essa etapa do processo, para hierarquizar os objetivos educacionais e quais verbos melhor definem o que os aprendizes vĂŁo ser capazes de realizar depois do curso.

6. criar 5. sintetizar 4. analisar 3. aplicar 2. entender 1. lembrar 55


56

CRIAÇÃO

KMS’s - (knowledge KMS’s - (knowledge Management Systems) Management Systems)

Mediante às primeiras inscrições e uma validação pública dos interesses do curso, vamos efetivamente criar o conteúdo. Materiais didáticos e dinâmicas de apoio, interações entre outros. Aqui se destaca o movimento blended (que integra on+off), também conhecido como Sala de Aula Invertida, onde o aprendiz recebe conteúdo antes do dia da experiência educacional e já passa a interagir e nivelar seu conhecimento. Essa prática provoca dúvidas, perguntas e maximiza a experiência presencial, visto que o aproveitamento será mais rico mediante a um nivelamento e conhecimento prévio.

Lançamos mão de ferramentas digitais para a criação de São sistemas, normalmente conteúdos utilizados Blend, na área que de TImixam de apoio à a experiência real com o gestão organizacional que procuram ambiente digital numa trilha do dar uma perspectiva transversal deprocesso acesso planejada a de gestão dapara organização. construção do conhecimento. Isto é, todos os funcionários passam a ter conhecimento dos procedimentos da organização.


O Método 6Cs

PLANO DE COMUNICAÇÃO

MÍDIAS SOCIAIS

VÍDEOS

INFOGRÁFICOS

CURADORIA DE CONTEÚDO

DINÂMICAS INSTRUCIONAIS

QUIZZES

NIVELAMENTO

FERRAMENTAS DIGITAIS COLABORATIVAS

WEBINAR

E-BOOK

CADERNO DE FERRAMENTAS

57


58

MELHOR USO

TÉCNICA

DESCRIÇÃO

Role modelling

Modelagem de comportamento ou o exemplo a ser seguido pelos demais. Pode ser feita pelo facilitador, por um especialista ou um voluntário.

X

Estudo de caso ou cenário

Análise e solução de problemas, situação ou caso real, feita individualmente ou em pequenos grupos..

X

Demonstração

Execução de procedimento ou processopara que os participantes reproduzam em seguida.

X

Discussão

Proposição de problema ou assunto parao grupo resolver ou discutir e elaborar conclusões.

C

H

A

DICAS

Utilize quando for necessário exemplificar o modelo a ser seguido.

X

X

Ideal para apresentar assuntos, exercitar e verificar o aprendizado. Faça demonstrações para iniciar atividades que serão executadas pela primeira vez.

X

X

Utilize para apresentar e exercitar conteúdos.

Visita de campo

Observação de situações reais por meio de visita ou estudo de campo.

X

Ajuda a visualizar a aplicabilidade do conteúdo na prática.

Filmes

Apresentação de trechos de filmes ou vídeos didáticos seguida de debriefing.

X

Pode ser utilizado em qualquer fase ROPES, mudando apenas a forma de debriefing.

Dinâmicas de grupo

Proposição de atividade planejada para explorar conceitos, sentimentos e reações seguida de CAV (Ciclo de Aprendizagem Vivencial).

X

Utilize para explorar habilidades de planejamento, comunicação, relacionamento e soft skills.

Investigação dirigida

Busca de informações em materiais de pesquisa individualmente ou em grupo.

X

X

X

Pode ser feita em materiais impressos ou digitais, com orientação do facilitador.


O Método 6Cs

MELHOR USO

TÉCNICA

DESCRIÇÃO

Palestra

Exposição de conteúdo de maneira informativa, com atenção exclusiva do palestrante. Ao final, o palestrante abre ou não espaço para perguntas.

X

Role Play

Atividade na qual os participantes interpretam papéis que refletem a vida real. Um observador toma notas e oferece feedback.

X

X

X

Muito utilizado para simular situações de atendimento e vendas.

Simulações

Emulação do ambiente real no qual determinado conhecimento se aplica com o objetivo de promover a performance como deve ser no ambiente real em ambiente seguro.

X

X

X

Recomendado para situações nas quais erros podem ter consequências grave.

Storytelling

Criação de histórias para transmissão de conteúdo. Esta criação pode ser feita pelo facilitador ou pelos participantes.

X

Quando facilitador, utilize para introduzir Review ou overview do conteúdo a ser trabalhado. É uma atividade excelente para o Exercise e também para o Summary quando o participante contrói a história.

Dramatização

Criação de dramatização para se trabalhar um determinado conteúdo. A finalidade da dramatização deve definir o formato da mesma, que deve estar atrelada aos objetivos de aprendizagem.

X

Utilize quando tiver situações concretas que precisam ser memorizadas ou que envolvam padrões de atuação.

Inventário de priorização de aprendizagem

São inventários que abordam competências e comportamentos relacionados ao conteúdo da intervenção com escalas para autoavaliação pelos participantes. Eles tem o objetivo de ajudar o aprendiz a focar nos aspectos mais relevantes para o seu desenvolvimento.

C

H

X

DICAS

Indicado para sessões informativas

X

X

A

X

Sempre que possível promova esta reflexão antes de uma intervenção e sugira um comparativo pós intervenção.

59


CONEXÃO São vários pontos a serem ligados: ligado com a escola, com o espaço físico, com o instrutor, com os demais aprendizes, com os participantes de dinâmicas em grupo, com a metodologias, com as expectativas individuais e coletivas. Nesse momento todas as conexões são feitas e é preciso planejar para que se dêem da melhor maneira.

CONHECIMENTOS QUE GERAM CONEXÃO Para adquirir experiência, é preciso praticar um comportamento pelo menos por 3 vezes para que ele se consolide, por isso é importante incluir chances para que os alumni exercitem o que é aprendido durante os cursos.

60


O Método 6Cs

70% PRÁTICA Tarefas, resolução de problemas, aplicação do conhecimento.

20% COLABORATIVO Feedback, aprendizado em grupo, orientação.

10% TEÓRICO Apresentação do conteúdo, slides, textos, aula em geral.

61


Espinha de peixe com mesas

Escolher a formatação mais adequada do ambiente de sala de aula, altera a forma como o grupo interage entre si e com os mentores. Fazer boas conexões é enxergar pessoas como átomos que precisam se ligar para gerar algo novo.

Prós

Contras

Observações

62

Acomoda número maior de pessoas

Não permite grande interação e movimentação. Atividades limitadas.

Palestras e poucas interações de curto espaço de tempo.


O Método 6Cs

Espinha de peixe

Banquete

Acomoda número maior de pessoas.

Facilita comunicação entre os participantes, construção de informação.

Não permite grande interação e movimentação. Atividades limitadas

Facilidade de “perder” a sala. Dificulta a troca entre os grupos (feudos).

Palestras e poucas interações de curto espaço de tempo.

Workshops, construções de conceito coletivo, planos de trabalho.

Auditório

“U” comiseers mesas

Acomoda número maior de pessoas.

Permite maior controle da sala pelo consultor.

Não permite grande interação e movimentação. Atividades limitadas.

Não permite grande interação e movimentação. Atividades limitadas.

Dificulta a troca entre os participantes.

Ciclo de palestras que não exija troca entre os participantes e carga horária longa.

Palestras e poucas interações de curto espaço de tempo.

Disseminação de métodos

Auditório com mesas

Acomoda número maior de pessoas.

63


CONSOLIDAÇÃO A hora onde toda a experiência deve ser revelada com entregas sólidas e que permitam ao aprendiz conhecer como foi a jornada da construção do seu conhecimento. Nesta hora se dá não apenas o reconhecimento dos aprendizados obtidos como também são construídos links com a vida prática e as interpretações que o próprio participante fez da iniciativa, gerando uma experiência que seja memorável.

CONTINUAÇÃO O que acontece quando o curso acaba? Sumimos? Não! Também planejamos a experiência orientada aos objetivos a mensuração de resultados de Kirkpatrick e Jack Philips, buscando ativar para medir e continuar o aprendizado mesmo depois do momento de sala de aula. Por diversas vezes a consolidação pode ser a transferência do conteúdo para o dia a dia, ou até mesmo um lembrete ou uma informação contextualizada a acontecimentos da vida real 64


O Método 6Cs

etapa 5

ROI

Avaliar o retorno do investimento dos programas de educação corporativa.

IMPACTO

Avaliar se indicadores de resultado da empresa mehoraram (venda, índice de satisfação do cliente, etc).

etapa 4

etapa 3

APLICAÇÃO

Avaliar se a aprendizagem contribuiu com a melhoria do desempenho, da eficácia da empresa.

etapa 2

APRENDIZAGEM

Avaliar o que as pessoas aprenderam de fato no programa educacional aplicado.

etapa 1

REAÇÃO

Avaliar o que as pessoas acharam do processo de aprendizagem.

65


O resultado 66


O Resultado

Nossa vontade em formalizar o nosso Método vai além de listar os norteadores do que fazemos. Vem do desejo de vivenciar transformação. A combinação de todos os elementos que compõe este Método vão resultar em pessoas incríveis, que poderão despertar todo seu potencial, revalidando, reconstruindo e resignificando tudo a sua volta. Acreditamos no mercado e no que ele, se bem conduzido, pode fazer pelo progresso e desenvolvimento humano. Sendo assim, cabe a nós mediante a seres humanos incríveis, desejarmos um amanhã maravilhoso, onde tenhamos mais abundância e um futuro realmente melhor a cada dia.

Nosso propósito “Generar pessoas incríveis para um amanhã maravilhoso”

Nosso mantra “ Você pode ter tudo que quiser, desde que ajude o número suficiente de pessoas a conseguir o que elas querem” Zig Ziglar

Vem com a gente!

67



wiseducacao.com.br /wiseducacao



Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.