Page 1

Contos Wings of Vampire

By D채kar Monsalbant


2

A noite entra dentro de mim, Vampiros do pretérito, uma dose por favor de conhaque, meu sangue se esvai pela escada. Garota soturna, em teu abraço vejo o crepúsculo, ele está alucinado, me vê beijando tuas mãos frias que saem sempre do teu túmulo. A Morte vem da eternidade, um Vampiro extravagante tem isso imerso nos seus neurônios, que voam além-túmulo. (Däkar Monsalbant)


3

Literatura DarK.

Dezembro do ano 2011. Registrado, todos os direitos reservados.


4

Morcegos:

O fantasma


5

Numa noite enluarada, meus pÊs calçados por vernizes, vi ao redor da lua, morcegos voando contorcendo suas asas em sangue.


6

Fechei as vidraรงas antigas do castelo, eles tinham entrado.


7

Fiquei admirando seus voos enquanto, sentado no sofรก, o mundo dos vivos se perdia nas suas orgias.


8

Fechei os olhos, minhas luvas estavam colocadas nas minhas pernas... de repente, um urro na escurid達o do castelo.


9

Abri os olhos e vi no órgão, um fantasma tocando uma música fúnebre. Quando ele falou de lá: “ah... Meu Vampiro... Tudo está de acordo com tua alma morta viva... Sou teu fantasma, aquele que te guarda nesse castelo, os morcegos, presta atenção, voam e sangram porque veêm a Morte te beijar no quarto em que tu dormes”. Eu me levantei, me sentei ao lado dele, fechamos os olhos, minhas luvas caíram, e continuamos absortos na música dos túmulos.


10

conto D채kar Monsalbant

Good Night.


Contos Wings of Vampire  

O Fantasma: um conto entre um fantasma e um Vampiro no interior de um castelo escuro e silencioso.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you