Page 1

DESTAQUE S. PAULO UM JORNAL A SERVIÇO DA SOCIEDADE PAULISTA DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

ANO IV- Nº 066

(2741-4473

destaquesaopaulo@globo.com

Responsável: Wilson Rodrigues Borges

PORTUGUÊS POPULAR

PRESTAÇÃO

Proprietários podem parcelar multas de trânsito de veículos atrasadas em SP Página 8

Projeto acaba com o uso de “excelência” e “doutor” no tratamento de autoridades Página 3

FALTA DE TROCO, BALA E SACOLINHA

E os meus 3 “centavinhos” de troco? Como centavos nos preços dos produtos, sacolinhas dão lucro sim

SEGURANÇA ZERO NO PARI

Página 4

Inaugurada passarela que dá acesso ao aeroporto de Congonhas

Assaltos, arrombamentos e furtos se tornaram rotina nas principais ruas do bairro

Comerciantes, consumidores e moradores do Bairro do Pari estão convivendo com uma série de arrombamentos, assaltos e furtos em todas as ruas e avenidas da região. Não tem horário para ação dos marginais. Durante o dia roubos e furtos e à noite arrombamentos em comércios e residências. Sem policiamento, mesmo em avenidas e ruas movimentadas os marginais agem Página 3 livremente. Tem estabelecimento que já foi arrombado mais de uma vez.

Cinco pontos de atenção com o óleo do motor Página 8 Página 2

Nova estrutura, necessária há 18 anos, e praça de acesso foram viabilizadas por meio de parceria com empresas da iniciativa privada Página5

Abuso sexual Campanha orienta sobre abuso sexual no transporte público

Suco de melancia pode ter Página 2 efeito similar ao do Viagra Página 6 Para deixar nossa cidade Alckmin linda como tem que ser, inaugura a Prefeitura sabe que três estação Higienópoliscoisas são fundamentais: Mackenzie trabalho, trabalho e trabalho. Parada na Linha 4-Amarela vai facilitar acesso à região da Rua da Consolação, incluindo universidades, espaços de lazer e cultura e Tribunal Regional do Trabalho

Com o programa Cidade Linda, mais de 50 operações foram realizadas. E todo fim de semana tem mais trabalho pela cidade. E, com o Asfalto Novo, São Paulo está ganhando o maior programa de recapeamento de toda a sua história.

R$ 350 MILHÕES EM INVESTIMENTOS NO PROGRAMA ASFALTO NOVO + DE 200 MIL BURACOS TAPADOS


DESTAQUE S. PAULO

SÃO PAULO, DE 24/01 A 16/02 DE 2018

2

OPINIÃO

por Gabriel Schulman* * “Haja hoje para tanto ontem”, brinca o poeta Paulo Leminski. É tempo de pensar o presente e preparar o futuro da saúde. A partir da Constituição de 1988, a implementação da democracia se fez acompanhar da ampliação tanto do acesso à Justiça quanto do alcance do direito à saúde. Estes fatores ajudam a explicar o aumento das ações judiciais sobre esta matéria, assim como das dúvidas sobre como encaminhá-las. Entre as controvérsias, na pauta do Supremo Tribunal Federal, avalia-se o “dever do Estado de fornecer medicamento de alto custo a portador de doença grave que não possui condições financeiras para comprá-lo”. No Superior Tribunal de Justiça, examina-se a disponibilização de “medicamentos não incorporados em atos normativos do SUS”. Para lidar com o volume de ações, é necessário distinguir pedidos indevidos de falhas nas políticas públicas, para atacar os problemas na origem. Uma conhecida lacuna é assistência básica da saúde, também chamada de atenção primária – ou seja, o atendimento inicial dos usuários. Não adianta lamentar a judicialização da saúde sem olhar para as filas de espera. No longo prazo, o custo do descaso exigirá seu preço, como já cobra. O foco na atenção básica, por seu viés preventivo, é mais humano e, ao mesmo tempo, mais econômico. Na mesma linha, é preciso conferir maior atenção ao saneamento básico, à alimentação, às informações nutricionais, à saúde dos trabalhadores e dos presos. Além disso, alerta-se que uma interpretação literal da PEC do teto dos gastos públicos, que tanto preocupa no presente, terá efeitos ainda mais nefastos no futuro. No plano judicial, a premissa é a qualificação da atuação. Cabe registrar um importante conjunto de medidas implementadas pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Em 2013, foram criados grupos de médicos para consulta pelos juízes. São os Núcleos de Apoio Técnico (NAT) nos tribunais, que ainda se defrontam com problemas básicos como a carência de profissionais e a divergência sobre a origem de seu custeio – o Executivo ou o Judiciário. Foram criados Comitês Executivos Estaduais, com profissionais de diversas áreas, o que enseja espaços de diálogos interinstitucionais e permite, com baixo custo, promover troca de informações e o desenvolvimento de medidas práticas. Em 2016, foi instituído o Fórum da Saúde, para coordenar esses comitês. No fim de 2017, realizou-se uma audiência pública, ainda que sucinta, e foi lançado o NATJus, uma plataforma nacional para o cadastro de pareceres e notas técnicas para subsidiar as análises judiciais. Muito tem sido feito, e ainda há muito por fazer. “Como será o amanhã?”, diz o samba. O exercício não é de adivinhar, é de planejar. Antes de pensar nas ações judiciais, é tempo de redesenhar o modelo. Para que o Judiciário não seja a primeira porta, podem ser adotadas formas alternativas de solução de conflitos, como câmaras de mediação em saúde, uma realidade em alguns locais do país. Permitem uma avaliação caso a caso antes de a ação judicial sequer existir, facilitando o acesso e reduzindo custos. A jurisprudência se consolidou no sentido de que o protocolo do SUS tem caráter preponderante, não absoluto. Dessa forma, outro desafio do amanhã será discutir as doenças raras e os critérios para excepcionar o protocolo padrão. Destacase, ainda, a importância de aprimorar a auditoria social da saúde, por meio de aplicativos, inteligência artificial e mesmo das ouvidorias. Por fim, é preciso mais atenção à saúde mental. Mens sana in corpore sano – mente sã em corpo são, diz o ditado latino. É uma lição do passado, que deve ser praticada no presente. Afinal, hoje é o primeiro dia do começo do futuro. * Gabriel Schulman é coordenador da pós-graduação em Direito à Saúde da Universidade Positivo.

CHARGE

Alckmin inaugura estação Higienópolis-Mackenzie Parada na Linha 4-Amarela vai facilitar acesso à região da Rua da Consolação, incluindo universidades, espaços de lazer e cultura e Tribunal Regional do Trabalho

Fotos: Alexandre Carvalho

Saúde para quem precisa: passado, presente e futuro

Alckmin disse que a Linha 4-Amarela é a do acesso a universidades e a mais moderna do País O governador Geraldo Alckmin entregou nesta terça-feira, a 72ª estação de metrô de São Paulo. A estação HigienópolisMackenzie faz parte da Linha 4-Amarela, a primeira Parceria Público-Privada do Brasil, que está em operação desde 2010 e desde então já transportou 1,2 bilhão de pessoas. “É uma grande alegria, na antevéspera do aniversário da cidade de São Paulo, essa cidade símbolo da capacidade empreendedora, de trabalho, estarmos entregando mais uma estação de metrô”, celebrou Alckmin. “A Linha Amarela é a mais moderna do Brasil, a primeira pelo sistema driverless”, comentou o governador sobre o sistema de trens automatizados, sem maquinistas. Essa nova estação vai funcionar, inicialmente, de segunda a domingo, das 10h00 às 15h00. Esse formato é chamado de Operação Comercial Restrita e consiste na maturação dos equipamentos e sistemas, como os de alimentação elétrica, sinalização e telecomunicações, permitindo o aperfeiçoamento dos métodos de operação da estação. Esta fase deve durar até o dia 3 de fevereiro, quando o funcionamento da estação será ampliado, operando de domingo a sexta das 4h40 à 0h00, e aos sábados das 4h40 à 1h00, como nas demais estações da rede.

Um Jornal

a

Serviço

da

Sociedade

de

São Paulo

Rua Jocelyn Santos, 123 - Arthur Alvim - Cep: 03589-140 Conj. Padre José de Anchieta - São Paulo - SP E-mail: jornaldestaquelestesaopaulo@ig.com.br

 2741-4473 Diretor: Wilson Rodrigues Borges

Conselho Editorial: Alyne Antonieta Borges, Leonardo Peterson Borges Distribuido para um público de 120.000 Leitores Impressão:

- Tel.: 3856-2424

Distribuição : Gratuita no Centro Expandido de São Paulo

Braz, Mooca, Pari, Liberdade, Bela Vista, Luz, Consolação, Glicério, Aclimação, Paraíso, Bom Retiro, República, Santa Cecília, Vila Buarque, Campos Elísios, Ponte Pequena, Canindé, Higienópolis, Santa Ifigênia, Vila Mariana, Barra funda, Pompeia, Cerqueira César, Ipiranga, Cambuci, Vila Prudente, Ibirapuera, Moema, Vila Guilherme, Santana

As matérias assinadas não descaracterizam a imparcialidade deste jornal

A Linha 4-Amarela servida pela nova estação opera com sistema Drive Less, sem necessidade de maquinista

Empresas atendem vítimas, mantêm serviços de denúncia e delegacias especializadas na capital, interior e litoral atendem ocorrências

A providência mais adequada para combater o abuso sexual é a denúncia do agressor, para que ele não permaneça impune. Por isso, se você for vítima ou presenciar esse tipo de crime, denuncie. No transporte público, a Campanha “Juntos podemos parar o abuso sexual no transporte”, coordenada pelo Tribunal de Justiça, envolve o Metrô, CPTM e EMTU e orienta e estimula as vítimas e testemunhas a romperem com o silêncio. Nos trens do Metrô, vítimas e testemunhas devem procurar um funcionário da companhia, recorrer ao aplicativo Metrô Conecta ou ao serviço SMS Denúncia (97333-2252). A mensagem é transmitida

DESTAQUE S. PAULO

em diferentes fases, a Linha 4-Amarela está em operação desde 2010 e, desde então, já transportou 1,2 bilhão de pessoas. A linha, que é construída pelo Metrô de São Paulo e é administrada e operada pela concessionária ViaQuatro, atualmente funciona de Luz a Butantã, com 8,9 km e sete estações, permitindo a conexão com seis linhas da rede sobre trilhos de São Paulo, em quatro estações diferentes. Por ela passam em média 730 mil pessoas por dia útil. A segunda fase de implantação da linha consiste na construção das estações Fradique Coutinho (aberta em 2014), HigienópolisMackenzie, Oscar Freire, São Paulo-Morumbi e Vila Sônia, além do terminal de ônibus Vila Sônia, um túnel de 1,5 km para chegada a esta última estação, complementação do Pátio de Manutenção da Vila Sônia e também a compra e instalação das portas de plataforma, e dos sistemas de alimentação elétrica, auxiliares e de telecomunicações. Toda esta etapa tem o valor orçado em R$ 1,9 bilhão. As obras desta fase prosseguem e a estação Oscar Freire tem a meta de conclusão em março de 2018. Em seguida, no mês de julho, deve ser concluída a estação São PauloMorumbi. A estação Vila Sônia, a última desta etapa, deve ser finalizada em dezembro de 2019.

Campanha orienta sobre abuso sexual no transporte público

Sponholz

EXPEDIENTE

Construída pelo Metrô de São Paulo, a HigienópolisMackenzie é a oitava estação em funcionamento da Linha 4-Amarela, operada pela concessionária ViaQuatro. Com a estimativa de receber 42 mil pessoas diariamente, ela não irá alterar a extensão da rede metroviária da capital paulista, de 80,4 km, já que fica no trecho intermediário entre as estações República e Paulista, ambas em operação. Uma nova estação na região central A mais nova estação da região central de São Paulo facilitará o acesso para quem vai à Rua da Consolação e locais como o Tribunal Regional do Trabalho, Mackenzie, Centro Universitário Maria Antonia (USP), PUC– Campus Consolação, Sesc Consolação, Shopping Frei Caneca, Praça Roosevelt e Cemitério da Consolação. Serão dois acessos: Mackenzie, na esquina das ruas da Consolação e Piauí; e Ouro Preto, que fica no lado oposto da Rua da Consolação, quase na esquina com a Rua Visconde de Ouro Preto. A estação é totalmente acessível aos usuários com deficiência e mobilidade reduzida. Os pavimentos contam com cinco elevadores que fazem a interligação da rua com o mezanino e com as plataformas, além de 26 escadas rolantes

e 13 fixas. Também foram instalados outros equipamentos que facilitam a acessibilidade, como piso podotátil direcional, corrimãos e fita antiderrapante nos degraus das escadas fixas. O acabamento da estação foi feito seguindo o padrão arquitetônico adotado nas demais paradas da Linha 4-Amarela. Nos acessos e plataformas, há revestimento nas paredes com cerâmicas esmaltadas, utilizando algumas tonalidades diferentes das cores verde e cinza, como menta e jade, e também grafite e petróleo. No mezanino, o guarda-corpo foi feito com a utilização de vidro, conferindo um layout mais leve à estação. Com 25 metros de profundidade, a construção da estação foi feita por diferentes formas construtivas. O corpo foi feito através de uma tuneladora Shield (conhecida como tatuzão) que construiu os túneis da linha e complementado pelo método NATM (túnel mineiro). Ao todo, foram escavados mais de 6 mil m³. Ao todo, são 12 mil m² de área construída, com o uso de 4,5 mil m³ de concreto, que compreende todo o corpo da estação, com as duas plataformas laterais, mezanino, dois acessos externos e um edifício anexo de seis andares que abrigará as salas técnicas operacionais. Linha 4-Amarela Projetada para ser implantada

para o Centro de Controle de Segurança que destaca os agentes de segurança mais próximos para o atendimento de ocorrência. O metrô mantém mais de mil agentes de segurança em ações estratégicas operacionais em rondas constantes, uniformizados ou em trajes civis, em trens e estações, além de uma estrutura com 3.500 câmeras de monitoramento. As ocorrências de segurança pública são encaminhadas e investigadas pela Delegacia do Metropolitano (Delpom). Na CPTM, fatos envolvendo abuso sexual nos trens devem ser informados aos funcionários, para que o agressor seja encaminhado à delegacia de polícia mais próxima para registro do Boletim de Ocorrência (BO). A ocorrência também pode ser encaminhada ao serviço do SMS Denúncia (97150-4949). É importante descrever características físicas e roupas do agressor para facilitara a sua identificação e localização. A EMTU orienta e treina os colaboradores das concessionárias e permissionárias responsáveis pela operação dos ônibus

metropolitanos para denunciar os criminosos pelo telefone 190 do Centro de Operações da Polícia Militar e atender e prestar total apoio às vítimas. Participam da campanha o Tribunal de Justiça do Estado, Ministério Público do Estado, Governo de São Paulo, Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitano, CPTM, Metrô e EMTU, Estrada de Ferro Campos do Jordão (EFCJ), ViaQuatro, Prefeitura de São Paulo, SPTrans, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Polícia Militar, Polícia Civil, Secretaria de Segurança Pública e Secretaria Municipal de Mobilidade e Transportes de São Paulo. Delegacias Agressões e violência contra as mulheres são tratadas com rigor por delegacias

Fotos: Pixaby

Destaque Opinião

especializadas no Estado de São Paulo. São 133 delegacias do gênero, distribuídas na capital (19), Região Metropolitana de São Paulo (19, litoral e Interior do Estado (108). São Paulo é o estado como o maior número de delegacias especializadas em atender casos de violência contra a mulher, com 36% de todas as unidades existentes no país. Outro marco no enfrentamento da questão, foi a criação em 2016 da 1ª Delegacia de Defesa da Mulher, em São Paulo, com funcionamento em plantão de 24 horas. Delegacias da Mulher em São Paulo 1ª Delegacia de Defesa da Mulher – Centro Rua Dr. Bittencourt Rodrigues, 200 – térreo – CEP 01017-010 – São Paulo. Telefone: (11) 3241-3328 (24 horas) e outras em todas as regiões.


DESTAQUE S. PAULO

SÃO PAULO, DE 24/01 A 16/02 DE 2018

3

CIDADE

INSEGURANÇA TOTAL NO PARI Número de arrombamentos, roubos, furtos multiplicou e sociedade local pede socorro

Foto: PrtScrin do Google Maps

“A gente reclama. O delegado do 12º Distrito é muito fraco, já deveria ter sido substituído. Não consegue prender ninguém. Os bandidos roubam, furtam, assaltam na região e nada acontece”, desabafou uma pessoa vítima de furtos e roubos. “A gente pode falar, mais não pode nem de longe ser identificada. Parece que os marginais têm muita informação, não agem aleatoriamente. É com planejamento. Têm comparsas, informantes e vai saber, parece que são infiltrados nos diversos meios”, confessam. Para conseguir conversar com algumas pessoas a nossa reportagem deu idas e vindas a vários locais do bairro. O receio e o medo prevalecem e com muito custo conseguimos alguns relatos. Isso aconteceu em dezembro, depois de recebermos ligações de umas três pessoas que usaram telefones sem identificação. Dois homens e uma mulher que só faltaram pedir pelo amor de Deus para a gente fazer uma reportagem na região. “Estamos em um território sem Lei, abandonados pelo poder público, à mercê dos bandidos. Estamos entregues à própria sorte”, foi o resumo das conversas. Solução C o m o r e s o l v e r, t o d o s sabem: mais policiamento preventivo e investigação eficiente. A ação das polícias Militar e Civil precisa ser intensificada na região que recebe milhares de pessoas diariamente. É necessária uma resposta urgente à sociedade e o Governo do Estado tem obrigação de agir.

Foto: DSP

Pela página do Google Maps a identificação dos locais de maior incidência, embora há relatos de crimes cometidos em toda a região. Muitos comerciantes fecharam as portas A região do Pari está se Como não têm preocupação, trabalha em uma lanchonete. transformando em território devido à ausência da Polícia, “Foi assaltado duas vezes à sem lei com furtos e roubos os bandidos roubam em mão armada, teve dois furtos fazendo parte do cotidiano, plena luz do dia. Invadem após arrombamento, mas a assustando consumidores, estabelecimentos comerciais gora d’água mesmo foi os dois amedrontando moradores e e roubam clientes e lojistas. As sequestros relâmpagos que intimidando comerciantes. confecções, mesmo pequenas sofreu. Em um deles deram Inúmeros estabelecimentos estão também sendo alvo de coronhada na cabeça dele e da região já foram alvo ações dos marginais. Roubam ameaçou matar a família. Os dos bandidos que agem pertences diversos, celulares bandidos falaram o endereço livremente à luz do dia em e dinheiro de quem está dele. Acho que ele nem vendeu assaltos ou à noite arrombando trabalhando. “Só na Rua Souza o ponto, fechou e nunca mais estabelecimentos comerciais Caldas e João Boemer três foi visto. Há quem diga que sem uma resposta à altura da casos foram registrados nesse mudou para o Rio Grande do Segurança Pública. mês”, relatou um comerciante Sul”, completou. Mesmo com a instalação que preferiu não se identificar. Quando perguntamos se não de alarmes e sistemas A situação está realmente feia reclamam sobre a falta de d e s e g u r a n ç a v á r i o s na região. Ouvimos relatos de policiamento, a maioria das estabelecimentos comerciais que mercadinhos, bares, centro pessoas que se dispuseram foram alvos da ação dos automotivos foram alvo das a conversar foram quase bandidos. Muitas dessas ações ações dos criminosos. “Tem unânimes em afirmar que é planejadas com o desligamento comerciante que fechou as muito fraca a atuação tanto dos cabos de energia elétrica, portas por causa de assaltos”, da Polícia Militar, quanto e para posteriormente agir. informou Maria Cristina que principalmente da Polícia Civil. “A prática é semelhante”. Eles colocam escadas como se fossem funcionários da distribuidora de energia, de telefonia ou de TV a cabo para não despertar suspeitas e cortam os cabos de energia. Após algumas horas voltam ao estabelecimento que já teve as baterias dos alarmes descarregadas e arrombam as portas furtando tudo o que lhes interessar. Em alguns casos, em dezembro, levaram o dinheiro do décimo terceiro salário dos trabalhadores de empresas. Se o alarme disparar agem mais Aparentemente tranquila, a Av. Carlos de Campos é uma rápido e levam o que der. das mais que mais sofre com ações dos marginais

Projeto acaba com o uso de ‘excelência’ e ‘doutor’ no tratamento a autoridades

Senador Roberto Requião A proposta que põe fim ao modo cerimonioso de tratar detentores de cargos públicos foi apresentada em setembro do ano passado pelo senador Roberto Requião (PMDBPR) depois que a procuradora da República Isabel Vieira protestou, ao ser chamada de “querida” pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em depoimento ao juiz Sérgio Moro, no Paraná. Ela exigiu a forma protocolar devida. Requião diz, na justificativa do projeto, que chamar juízes, procuradores e políticos de “excelência” ou “doutor” é um contrassenso à democracia, pois as autoridades devem estar a serviço do povo. “Verificam-se incabíveis, em uma democracia, a continuidade de tratamento protocolar herdado da monarquia. Na democracia, todos são iguais ou pelo menos deveriam ser”, argumenta o parlamentar. Conforme o projeto, fica proibido o uso de pronomes de tratamento, excepcionadas as palavras “senhor” e “senhora” em correspondências e documentos oficiais. A proposta também autoriza o cidadão a utilizar as palavras “você” ou “tu” quando dirigir-se a

qualquer detentor de cargo público ou mesmo optar por não usar qualquer pronome de tratamento ao falar com autoridades. Qualquer exigência nesse sentido feita por servidores ou detentores de cargos públicos, expressa ou velada, será configurada como crime de injúria discriminatória, punível com a pena prevista no art. 140, § 3º do Código Penal: reclusão de um a três anos e multa. A ideia, segundo Requião, é assegurar tratamento igual para todos e “evidenciar para o cidadão mais simples que ele não é menor do que o presidente da República”. Segundo o senador, o único direito que autoridades têm é de serem respeitadas: “Creio que, quando Lula chamou a Procuradora da República de ‘querida’, deu um bom exemplo de cordialidade e respeito que deveriam permear as relações humanas. É possível, porém, que ela não fosse do tipo de desejasse ser querida, mas que fosse do tipo que prefere ser chamada de ‘excelência’. Vaidade das vaidades. A verdadeira excelência de um ser humano revela-se, antes de tudo, por meio de sua humildade”, diz Requião em sua justificativa. Com base no projeto de Requião, o Senado abriu uma enquete no Portal e-Cidadania para saber a opinião das pessoas sobre o assunto. Até agora, 4.093 se posicionaram a favor da ideia do senador, ante 560 contra. Como receberá decisão terminativa na CCJ, poderá seguir para a Câmara dos Deputados se for aprovado e não houver recurso para que seja votado pelo Plenário do Senado. Agência Senado


DESTAQUE S. PAULO

SÃO PAULO, DE 24/01 A 16/02 DE 2018

4

ATUALIDADES

Febre Amarela: CRMV-SP divulga E os meus 3 “centavinhos” de troco? orientações e esclarecimentos algumas regiões do Estado de São Paulo, em seu ciclo silvestre, e atualmente têm ocorrido registros de mortes de primatas, o que indica a retomada da dispersão do vírus com a elevação da temperatura e da umidade características desta época do ano. Neste contexto, o CRMV-SP alerta os profissionais veterinários quanto a: 1. Notificação de Febre Amarela Silvestre em macacos Caso chegue a seu conhecimento qualquer informação sobre ocorrência de macaco doente ou morto, a recomendação é que os órgãos de saúde sejam acionados, por um dos seguintes telefones: •136 - •(11) 3066-8296 Divisão de Zoonoses do Centro de Vigilância Epidemiológica (de segunda a sexta-feira, das 7 às 18 horas) •0800-555466 - Plantão Médico do Centro de Vigilância Epidemiológica (finais de semana e feriados) As notificações são de extrema importância para a adequada vigilância da doença, realizada conforme os procedimentos estabelecidos no “Guia de Vigilância de Epizootias em Primatas Não Humanos e Entomologia Aplicada à Vigilância da Febre Amarela”, disponível no site do Ministério da Saúde. Reforçamos que pessoas leigas não devem manipular os animais, devido ao risco de contaminação por outras doenças (não pelo vírus da Febre Amarela, que é transmitido apenas por determinados mosquitos, mas há outras doenças a serem prevenidas, como a raiva). 2.Vacinação humana contra a Febre Amarela Recomenda-se que os profissionais se informem pelos sites dos órgãos oficiais de saúde sobre os municípios do Estado de São Paulo com recomendação de vacinação, que é a principal forma de prevenção da doença. 3. Orientações gerais •Ao encontrar macacos vivos, sadios e em vida livre: NÃO capturar; NÃO alimentar; NÃO retirar do seu habitat; NÃO transportar para outras áreas; NÃO agredir, maltratar e muito menos matar. Para ajudar, apenas deixar os macacos vivos na floresta. •Ao presenciar ou saber de agressões a macacos: denunciar às autoridades de meio ambiente, pois isto constitui crime ambiental e prejudica o trabalho de vigilância sanitária, por meio de denúncia ao 0800618080. O CRMV-SP, considerando sua missão, está auxiliando na divulgação de informações relativas ao tema, a fim de que todos os profissionais veterinários possam cumprir seu importante papel de orientação à população, sob a abordagem da Saúde Única. Por fim, agradecemos a atenção e contamos com a colaboração de todos. Sobre o CRMV-SP O CRMV-SP tem como missão promover a Medicina Veterinária e a Zootecnia, por meio da orientação, normatização e fiscalização do exercício profissional em prol da saúde pública, animal e ambiental, zelando pela ética. Ele é o órgão de fiscalização do exercício profissional dos médicos-veterinários e zootecnistas do Estado de São Paulo, mais de 32 mil profissionais ativos.

Falta de troco dos estabelecimentos comerciais Vivemo s em uma sociedade em que diariamente precisamos comprar diversos produtos, na padaria, no supermercado, na farmácia etc. Isso é a coisa mais normal e comum nos tempos que vivemos. Mas acontece que na hora de pagar pelo produto, não raras as vezes, acabamos por perder alguns centavos que nos seria devido a título de troco. Seja um, dois, três ou até mesmo cinco centavos. O fato é que, dificilmente você receberá o troco se esse for menor do que cinco centavos, pois os estabelecimento não vai ter moedas de um centavo para te dar. Nos supermercados, quando entramos e passamos a observar os preços nos produtos das prateleiras observamos que esses preços nunca é um valor fechado, tipo, R$ 1,00, R$ 9,00, R$ 10,00.... É sempre quebrado R$ 1,99, R$ 1,98, R$ 1,97, R$ 9,99 e assim por diante. E isso não é por acaso, muito pelo contrário, tem um motivo por trás disso, é algo muito bem pensado, planejado e estudado pelos comerciantes. Isso porquê os preços quebrados exerce um efeito psicológico sobre nós, clientes. Pois de acordo com o economista Gilberto Braga, professor de Finanças e Gestão do Ibmec-RJ, “os comerciantes preferem utilizar preços quebrados para induzir o cliente que o preço é menor do que o que realmente é”, seja um ou dois centavos a menos. E isso funciona muito bem! Entre dois produtos idênticos e da mesma marca, um de R$ 10,00 e outro de R$ 9,98 somos, inconscientemente, inclinados a levar o produto que custa R$ 9,98. Quem nunca agiu assim? Porém, ao chegar no caixa esse produto na verdade sairá pelo mesmo valor do outro, R$ 10,00, pois o caixa não vai ter os 2 centavos pra lhe dar de troco e a praxe é que o valor seja arredondado e sempre é arrendondado para cima. Ai o

Foto: Pixaby

Na última terça-feira, a Organização Mundial da Saúde (OMS) incluiu todo o Estado de São Paulo na área de risco de transmissão de Febre Amarela. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde, desde janeiro de 2017, 21 pessoas morreram em virtude da doença. Em relação à ocorrência da doença em macacos, 238 municípios enviaram notificações à Secretaria e, deste total, 40 tiveram a confirmação da circulação do vírus em 2017. Apesar da maior incidência de casos, o Ministério da Saúde informa que não há um surto de Febre Amarela na região. Em nota, o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP) esclarece que a dispersão do vírus aumenta nesta época do ano porque o vetor, mosquito transmissor, se multiplica em ambientes com temperaturas mais altas e úmidas. Reforça também sobre a importância da vacinação humana e da notificação de animais infectados para o monitoramento e o controle da Febre Amarela. Além disso, esclarece que a doença não é transmitida pelos macacos a humanos. Vacina é principal forma de prevenção Em comunicado oficial, a OMS recomenda que estrangeiros tomem a vacina contra a Febre Amarela antes de visitar qualquer região do Estado de São Paulo, incluindo a Capital. Para imunizar a população local, o governo estadual fará uma campanha de vacinação entre os dias 29 de janeiro e 17 de fevereiro. A meta é que 8 milhões de pessoas recebam a dose padrão ou a dose fracionada da vacina, que garante proteção por cerca de 8 anos. Confira abaixo a nota elaborada pela Comissão Técnica de Animais Selvagens do CRMV-SP: Nota sobre Febre Amarela - CRMV-SP O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP) transmite algumas informações sobre a Febre Amarela, considerando a importante interface da doença entre a saúde pública e a saúde silvestre, mais especificamente das populações de macacos (tecnicamente tratados como ‘Primatas Não Humanos’). A Febre Amarela foi introduzida no Brasil a partir da África há centenas de anos. Os macacos, assim como os humanos, não transmitem diretamente essa doença. O vírus pode circular em dois ciclos básicos: o urbano e o silvestre. No ciclo urbano (não registrado no Brasil desde 1942), a transmissão se dá dentro de cidades através do mosquito Aedes aegypti que, nesse caso, é o vetor responsável pela disseminação da doença. No ciclo silvestre, a doença circula entre macacos e outros animais, transmitida por algumas espécies de mosquitos. A Febre Amarela no Brasil apresenta uma ocorrência endêmica, principalmente na região amazônica. Fora da região amazônica, surtos da doença são registrados esporadicamente quando o vírus encontra uma população de susceptíveis (pessoas não vacinadas). A ocorrência de casos humanos tem sido compatível com o período sazonal da doença (dezembro a maio), mas são necessários esforços adicionais para as ações de vigilância, prevenção e controle da doença. Desde 2016 o vírus voltou a circular em

Como centavos nos preços dos produtos, sacolinhas dão lucro sim cliente comprou o produto que de 1 centavo para te dar o troco, estava na prateleira pelo valor deve, então, arredondar o valor, de R$ 9,98 e paga R$ 10,00 mas arredondar para baixo até por falta de troco. E é aqui que chegar ao valor em que possa entra o seu direito, e o dever dos lhe dar o troco corretamente. estabelecimentos comerciais! Assim, por exemplo, se o valor Então surge a pergunta: o que da compra deu R$ 9,98 e o cliente fazer na falta de troco? E é o pagou com uma nota de R$ que você vai aprender nesse 10,00 mas o supermercado não post. Mas, antes de proceder tem 2 centavos para dar troco, no que o cliente deve fazer, é o caixa deve arredondar para salutar saber as duas principais 9,95 e, se ainda não tiver como situações, as que ocorrem com devolver o troco, o valor deve mais frequência, onde perdemos ser arredondado para R$ 9,00 e o troco, que são: assim até que o caixa tenha como ·1º. O estabelecimento não tem lhe dar o troco. o troco e o caixa vai arredondar D a r o t ro c o e m b a l as é o valor para cima, ou; outra prática comum nos ·2º. O cliente recebe uma bala estabelecimentos quando eles ou chiclete em vez do dinheiro. não tem troco e isso, segundo o O que você, como cliente, tem advogado Guilherme Varella do que fazer é exigir o seu troco. Instituto Brasileiro de Defesa do Os supermercados sabem que Consumidor (Idec), é considerado tem o dever de lhe dar o troco e prática ilegal pelo CDC, pois você tem que exigir isso! Você deixa o cliente em “desvantagem pode falar ah, mais é só 1 ou exagerada no mercado”. O 2 centavos, é besteira. Parece advogado ainda esclarece que se besteira sim, o valor é mesmo essa prática for frequente pode muito pequeno se isso fosse só configurar enriquecimento ilícito: com você e uma vez, de forma “Essa prática pode ser vista até isolada. Mas imagine um grande mesmo como enriquecimento supermercado, onde muitas ilícito no caso de acontecer pessoas compram todos os com frequência ou em grande dias, de segunda a segunda, das proporção, pois o estabelecimento 8:00 as 22:00. Os “apenas” 1 ou estaria lucrando indevidamente 2 centavos não é apenas 1 ou 2 às custas do patrimônio alheio, centavos para o supermercado. do consumidor. Além disso, Peça o troco! Se falta troco, o pode ser considerado um tipo de problema não deve ser do cliente. venda casada, pois o consumidor E se o estabelecimento não tiver quer aquele produto e, devido à o troco de jeito nenhum? Ai falta de troco, é obrigado a levar você como cliente não pode também uma outra coisa, como ser prejudicado por isso não é uma bala” mesmo? Afinal o estabelecimento Portanto, segundo o art. que botou os preços quebrados. 39 do Código de Defesa do N a s s i t u a ç õ e s o n d e o Consumidor:”É vedado ao estabelecimento não tem moedas fornecedor de produtos ou

serviços, dentre outras práticas abusivas: I - condicionar o fornecimento de produto ou de serviço ao fornecimento de outro produto ou serviço, bem como, sem justa causa, a limites quantitativos; Fica claro a intenção do legislador em proibir a venda casada - aquela em que a compra de um produto é condicionada a de outro - evitando, destarte, que os comerciantes prevaleça em sua superioridade econômica em face do consumidor, impondo condições para a venda de produtos ou serviços, que seja desvantajoso ao cliente. Por outro lado o Código Civil tenta evitar que os comerciantes tenha um enriquecimento ilícito em cima dos clientes quando diz em seu art. 884 caput que: “ Aquele que, sem justa causa, se enriquecer à custa de outrem, será obrigado a restituir o indevidamente auferido, feita a atualização dos valores monetários “. Finalizado, ainda não existe legislação específica que regule os preços quebrados, e isso não é proibido. Os estabelecimentos podem colocar livremente em seus produtos preços quebrados, mas o que não se pode é usar isso para lesar clientes, para usar como vantagem, e enriquecer ilicitamente e sem justa causa, aumentar o valor do produto (arredondar para cima). Se os estabelecimentos colocam os preços quebrados deve garantir que o cliente terá o troco e se não tiver o troco o cliente não tem nada a ver com isso, não deve sair no prejuízo. Claro que tudo é bom senso, você pode aceitar balas em vez de dinheiro, pode dispensar os 3 centavos de troco. Mas se você quiser o seu troco os estabelecimento que trabalha com preço quebrado tem que dar um jeito de entregar o troco em dinheiro, seja 1 ou 3 centavos e na falta deve arredondar sempre para baixo até conseguir passar o troco. Você também não é obrigado a receber as balas ou chicletes que os caixas dão quando estão sem troco. Lembre sempre, se for arredondar, sempre para baixo. Exijam! Saudações Damião Oliveira


DESTAQUE S. PAULO

SÃO PAULO, DE 24/01 A 16/02 DE 2018

5

ATUALIDADES

Prefeitura inaugura oficialmente passarela Barriga não aumenta com cerveja que dá acesso ao aeroporto de Congonhas Estudos mostram ainda que bebida previne resfriados e estresse em consumo moderado

Fotos: Heloisa Ballarini/SECOM

Nova estrutura, necessária há 18 anos, e praça de acesso foram viabilizadas por meio de parceria com empresas da iniciativa privada “É uma honra para a Iguatemi contribuir com a construção da nova passarela de Congonhas, uma obra que certamente resgata a qualidade dos equipamentos públicos que os paulistanos esperam ver na sua cidade, e que irá beneficiar milhões de pessoas que utilizam o aeroporto”, afirma Carlos Jereissati Filho, presidente da Iguatemi Empresa de Shopping Centers. Acessibilidade e melhorias A nova passarela é totalmente adaptada às normas de acessibilidade vigentes, conta com dois elevadores que possibilitarão o acesso de pessoas com necessidades especiais, iluminação e cobertura em todo o percurso, rampas de acesso nas calçadas, Homenagem justa ao Comandante Rolim fundador da TAM instalação de corrimãos e guarda-corpos A Prefeitura inaugurou oficialmente na com mobiliário urbano personalizado em duas alturas, faixa de sinalização visual sexta-feira (19) a passarela para os pedestres em madeira, espreguiçadeiras, bancos, fotoluminescente nos degraus das escadas, chegarem ao aeroporto de Congonhas e uma vegetação, banheiro acessível, paraciclo, sinalização em braile e piso tátil direcional praça em um dos acessos da nova estrutura iluminação e piso de ladrilho hidráulico. e de alerta, além de sinalizações e placas (lado direito, sentido bairro). A iniciativa Há ainda espaço reservado para até dois direcionais. O projeto de revitalização da realizada por meio de parceria com a foodtrucks e um ponto fixo de comércio. passarela possibilitou ainda o aumento da Associação dos Amigos da Passarela (Aspa), Esse módulo de comércio terá telhado altura entre a Avenida Washington Luís e a que lutou 18 anos por essa nova passarela, verde para melhor isolamento térmico e base da passarela. a Praias Construtora e um grupo de empresas foi desenvolvido em CLT (Cross Laminated A passarela é composta por um conjunto parceiras, visa beneficiar os pedestres Timber), sendo transportado ao local já de peças metálicas, que pesam 53 toneladas proporcionando segurança e comodidade. pronto para uso, seguindo o mesmo conceito e que juntas totalizam 75 metros de Tanto a passarela quanto a praça têm o usado na montagem da passarela. Pensando comprimento, ligando os dois lados da nome do fundador da empresa aérea TAM na segurança dos pedestres foram instaladas, Avenida Washington Luís. Em novembro de na passarela e na praça, 14 câmeras de 2017, para o içamento das estruturas foi (hoje LATAM), Rolim Amaro. “Entregamos hoje para a cidade uma vigilância integrantes no projeto City Câmeras usado um guindaste com capacidade para erguer até 100 toneladas. No mesmo mês estrutura nova, acessível e que oferece toda que monitoram o local 24 horas por dia. Quarenta e quatro anos após sua concepção também foram içadas as duas estruturas a segurança para os pedestres. Com a parceria entre a Prefeitura e as empresas amigas da pelo arquiteto brasileiro Vilanova Artigas dos novos elevadores que darão acesso cidade foi possível atender a população e (1915-1985) a passarela Rolim Amaro à passarela. A estrutura original da requalificar a área. Graças à utilização de passou por uma completa revitalização. O passarela, inaugurada em 1974, também técnicas inovadoras, a obra não causou projeto idealizado por seu neto, o arquiteto foi revolucionária para sua época, utilizando impactos no trânsito da região.”, afirma Marco Artigas (Estúdio Artigas), e pela pilares de concreto fabricados in loco. Marcos Penido, secretário Municipal de arquiteta Helena Camargo (H2C Arquitetura), Empresas que participam do projeto: buscou resgatar a essência da antiga • Associação dos Amigos da Passarela (ASPA) Serviços e Obras. A nova passarela já está aberta para a estrutura. A escada helicoidal no centro • Iguatemi Empresa de Shopping Centers circulação de pedestres desde o dia 26 de da passarela, por exemplo, teve toda • Accor Hotels dezembro de 2017, medida necessária para sua estrutura de concreto restaurada e • Hotel Ibis Congonhas que a estrutura provisória, montada em recuperada. Os trabalhos de revitalização • Latam 2015, pudesse ser retirada definitivamente começaram em junho de 2017 e as empresas • Gol Linhas Aéreas e a praça, finalizada. Parte da passarela parceiras investiram R$ 6,7 milhões para • Atlas Schindler devolver a São Paulo a passarela por onde • R.Yazbek/Rofer provisória ocupava o local da atual praça. “Ver um projeto como este concluído circulam cerca de 5 mil pessoas/dia. • Praias Construtora em poucos meses, depois de décadas de indefinições, é motivo de grande satisfação. Desde 1999, estamos batalhando com a proposta de tornar a passarela acessível a todos, com segurança e conforto. Sentimos, portanto, muito orgulho em ter participado do resgate de um pedaço da história da nossa cidade, que fará muita diferença na vida de quem trabalha e circula na região. Esperamos que nossa perseverança sirva de exemplo para todo cidadão que gosta de São Paulo e deseja o melhor para esta metrópole”, analisa o presidente da ASPA, Carlos Alberto Camargo. A praça, com 262 metros quadrados, será um novo local de lazer nas imediações do aeroporto de Congonhas. Conta Homenagem justa ao Comandante Rolim fundador da TAM

A Ciência ‘redimiu’ a cerveja. A bebida mais popular do país não ‘dá’ barriga, faz bem ao organismo e ainda previne a gripe, apontam pesquisas. Mas antes que você use estes argumentos para beber todas nesta sextafeira, saiba que limite no consumo é essencial. Estudo japonês mostrou que compostos do lúpulo — planta que dá o sabor amargo à bebida — são capazes de inibir a multiplicação do vírus respiratório e ainda protegem contra a pneumonia. Outra pesquisa, feita por europeus, verificou que consumo diário de 330 ml de cerveja

por mulheres e 660 ml por homens, por um mês, aumentou as células de defesa nas mulheres e a produção de anticorpos em ambos. O lúpulo ainda pode ajudar a combater insônia e estresse. “Os benefícios servem para cerveja com ou sem álcool, mas é fundamental moderação. O recomendado é uma lata para mulheres e duas para homens, por dia”, explica Andrea Zaccaro, presidente da Associação Brasileira de Nutrição Esportiva. Mas como fica a famosa barriguinha de chope? Andrea explica que o problema

está relacionado ao excesso de calorias e a exageros na alimentação. Afinal, ao lado da cerveja sempre tem batata frita ou queijo amarelo. Uma lata da bebida contém apenas 140 calorias. Já 100 gramas de amendoim têm 500, lembra a especialista. “Duas latas não têm relação alguma com barriga. O problema é que muitas pessoas não degustam a cerveja, mas bebem em grande quantidade”, disse, acrescentando que excessos podem causar doenças cardiovasculares. Antioxidantes e vitaminas Não só de lúpulo é feita a cerveja. A cevada, outro componente famoso da bebida, também faz bem. É do grão que vem a metade dos polifenois da cerveja, que têm ação antioxidante, removendo radicais livres que prejudicam as células saudáveis. Além de antioxidantes, explica Andrea, a cerveja é rica em água, carboidratos, contém um pouco de sais minerais, vitaminas do complexo B e fibras solúveis que ajudam a reduzir os níveis de colesterol e açúcar no sangue. Mas se você não curte beber, não se preocupe. Há outras opções para a ingestão do grão. Pão integral de cevada, sopas, saladas e risotos são algumas alternativas em que os benefícios são mantidos.

Destaque Astrologia ÁRIES - 21 de março a 20 de abril

LEÃO - 22 de julho a 22 de agosto

S A G I T Á R I O - 22 de novembro a 21 de dezembro

Bons ventos sopram em direção à sua carreira. O trabalho em equipe pode trazer bons resultados, desde que cada um mantenha a sua autonomia e individualidade. À noite, há boas chances de ser surpreendido(a) com uma declaração de amor.

Terá êxito nas atividades que envolvam o contato com o público. É melhor manter a discrição quanto a sua vida íntima. No campo afetivo, as afinidades falarão alto. Agora, quem está só deve aproveitar as chances de conquistar um amor.

Período promete ser movimentado. Você terá mais disposição no trabalho. Mas cuidado com distração ou esquecimentos. Analise bem o IPTU e em quem vai acreditar. Saia da rotina e deixe que o desejo ajude a esquentar a paixão.

TOURO - 21 de abril a 20 de maio

VIRGEM - 23 de agosto a 22 de setembro

Quem trabalha por conta própria recebe boas vibrações. Não deixe que o comodismo te impeça de dar voos maiores. Seja gentil e amável com as pessoas ao seu redor e verá como o sua vida melhora. Na relação a dois, mantenha a sua discrição GÊMEOS - 21 de maio a 20 de junho

Você pode contar com uma ajuda dos amigos para resolver um problema ou mesmo pedir um conselho. Um programa com os amigos, pode conhecer alguém interessante. Um lance iniciado agora tem mais chances de ficar sério. A intimidade esquenta. Cor: verde LIBRA - 23 de setembro a 22 de outubro

No trabalho, tudo o que puder ser feito em parceria terá mais chance de dar certo. Mas cuidado com mudanças de humor. Curtir a sua alma gêmea será prioridade e o desejo deve esquentar a intimidade. Só o que acontece agora projeta o futuro: IPTU. Cor: tons pastel. AQUÁRIO - 21 de janeiro a 19 de fevereiro

Busque uma solução definitiva para os problemas recorrentes. Terá sucesso ao solucionar questões que envolvam dinheiro e negócios. No campo afetivo, o clima é dos mais excitantes. Vai sentir sensação de felicidade às noites. CÂNCER - 21 de junho a 21 de julho

É melhor ficar na sua e ter cuidado com inimigos, inclusive no trabalho. Faça suas tarefas sozinho(a) e fique atento(a) aos seus compromissos. O astral melhora, mas é melhor não abusar. A paixão esquenta, mas há risco de se envolver com alguém comprometido.

Profissões que exijam deslocamentos e conhecimento especializado vão deslanchar, mas mantenha a discrição no ambiente de trabalho neste momento. Viagem ou encontro especial vai estimular a sua vida amorosa: solte-se mais!

O trabalho vai absorver grande parte da sua atenção neste periodo. Não convém querer controlar os acontecimentos que não dependem de você. Sua vida amorosa pode passar por grandes mudanças, mas tudo indica que elas vão ocorrer a seu favor. Cor: rosa.

Batalhe por seus objetivos com determinação, pois tudo o que você conseguir será consequência da sua dedicação e seu esforço. Aproveite este período para mostrar o seu lado mais diplomático. Na área afetiva, fuja ao convencional e surpreenda! Cor: verde.

ESCORPIÃO - 23 de outubro a 21 de novembro

CAPRICÓRNIO - 22 de dezembro a 20 de janeiro

PEIXES - 20 de fevereiro a 20 de março O tempo favorece as relações de amizade e o convívio social: aproveite para dar uma alavancada nos negócios. É hora de separar o que serve do que não serve mais no campo profissional. Os momentos de erotismo vão esquentar a vida a dois. Cor: roxo.


DESTAQUE S. PAULO

SÃO PAULO, DE 24/01 A 16/02 DE 2018

6

VARIEDADES

Suco de melancia pode ter efeito similar ao Viagra

Zeca Camargo é condenado a indenizar família de Cristiano Araújo por crônica

Assim como o remédio, bebida traz aminoácido que ajuda na dilatação dos vasos sanguíneos Flórida, EUA. Dois novos estudos da Universidade da Flórida e da Universidade italiana de Foggia mostram que o suco de melancia é tão bom para a circulação sanguínea que pode reduzir a hipertensão e aliviar a disfunção erétil – tudo por causa da citrulina, que relaxa e dilata os vasos sanguíneos. E ainda tem apenas 71 calorias por porção, é rico em vitamina C e potássio. Mas como a melancia vira Viagra no organismo? O aminoácido citrulina é transformado em arginina, precursor do óxido nítrico, que ajuda na dilatação dos vasos sanguíneos. Mas antes de comemorar, pense: cerca de 110 gramas de melancia contém 150 miligramas de citrulina. Não se sabe ao certo quanto de melancia é preciso para aumentar os níveis sanguíneos de arginina. Em estudo de 2007 na revista “Nutrition”, voluntários que beberam oito copos de 225 ml de suco de melancia por dia durante três semanas e aumentaram os níveis de arginina em 11%. “Considerar a melancia um novo Viagra é prematuro”, diz Roger Clemens, professor de farmacologia na Universidade do Sul da Califórnia, em Los Angeles. Ele estudou o efeito da arginina na melhora vascular e, desde então abandonou essa linha de estudo. “A grande maioria dos homens produz arginina suficiente”, diz

O suco ainda tem poucas calorias, 71 por copo, e é rico em vitaminas

Irwin Goldstein, diretor médico do Centro Médico do Hospital Alvarado, em San Diego, e professor clínico de cirurgia da

Universidade da Califórnia, em San Diego School of Medicine. “Homens com disfunção erétil não necessariamente têm deficiência de arginina.” Embora a arginina seja necessária para fazer o óxido nítrico e o óxido nítrico seja necessário para dilatar os vasos sanguíneos e ter uma ereção, isso não significa que comer algo que é rico em citrulina fará arginina suficiente ao ponto de melhorar ereções penianas, segundo o médico.

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS www.coquetel.com.br

Revistas COQUETEL 2018

O apresentador Zeca Camargo foi condenado pela Justiça a pagar R$ 60 mil de indenização por danos morais à família de Cristiano Araújo por conta de uma crônica que ele narrou no “Jornal das Dez” da Globo News em 2015, logo após a morte do cantor. O sertanejo e sua namorada, Allana Moraes, morreram em um acidente de carro em junho daquele ano. A decisão foi tomada pela juíza Rozana Fernandes Camapum, da 17ª Vara Cível de Goiânia (GO) nesta terça-feira, 22. A ação foi proposta em 2015 pelo pai do artista, João Reis Araújo, e pela C.A. Produções Artísticas, empresa que gerenciava a carreira do cantor. À decisão ainda cabe recurso As partes justificam a abertura do processo pois consideram que o texto “foi escrito e interpretado de forma preconceituosa e com finco a denegrir a imagem não apenas do cantor falecido, mas também da música sertaneja brasileira”. A juíza baseia sua decisão no fato de que o jornalista “está autorizado a fazer crônicas e falar com emoção, mas não deve descambar para a agressão gratuita, desprestígio e humilhação a pessoa humana na narrativa”, alegando que ele “não respeito o momento do luto do pai, família, empresário e fãs do falecido”. Na crônica de 2015, o jornalista questiona a popularidade do gênero sertanejo. A opinião de Zeca foi duramente criticada pelos fãs do cantor na época, que acharam o texto desrespeitoso. “Muita gente estranhou a comoção nacional diante da morte trágica e repentina do cantor Cristiano Araújo. A surpresa maior, porém, é o fato de ele ser ao mesmo tempo tão famoso e tão desconhecido. O que realmente surpreende nesse evento triste da semana foi a comoção nacional. De uma hora para outra, (...) fãs e pessoas que não faziam ideia de quem era Cristiano Araújo, partiram para um abraço coletivo, como se todos nós estivéssemos desejando

alguma catarse assim, algo maior que nos uníssemos pela emoção”, disse. “Mas Cristiano Araújo? Sim. Lady Di, Senna, todos esses eram ídolos de grande alcance. Como então fomos capazes de nos seduzir emocionalmente por uma figura relativamente desconhecida? Ao nos mostrarmos abalados com a ausência de Cristiano, acreditamos estar de fato comovidos com a perda de um grande ídolo. Todos sabemos que não é bem assim”, diziam alguns trechos da crônica recitada e escrita por Zeca. Há alguns dias, a Justiça condenou o motorista Ronaldo Miranda pela morte do cantor. Miranda deverá cumprir 2 anos e sete meses de detenção, em regime aberto, pelo crime de homicídio culposo - quando não há a intenção de matar. A pena foi convertida em prestação de serviços à comunidade e pagamento de dez salários mínimos a uma instituição de caridade a ser escolhida. A reportagem não conseguiu contatar Zeca Camargo para que ele fizesse suas considerações. O espaço permanece aberto.

Saiba porque Mariana Goldfarb terminou com Cauã

Circulou recentemente a notícia sobre os motivos do término de Cauã Reymond e Mariana Goldfarb. Mas a coluna soube com exclusividade que, boa parte dessas informações, não procede. A mais surpreendente delas foi que Mariana quem terminou, e não Cauã. Pessoas próximas garantem que o comportamento do ator não era ‘satisfatório’, se é que me faço entender. E mais, em nenhum momento Mariana procurou qualquer parente de Cauã, nem tentou reatar. É sabido no meio artístico a fama de galanteador do ator. Vale ressaltar que o término, financeiramente falando, pode ter danos à carreira de Mariana, que cresceu vertiginosamente após o relacionamento com o ator global. Modelo não aguentava mais comportamento do ator

Batoré fará participação na Globo Mais conhecido por integrar por 11 anos o humorístico A Praça É Nossa, no SBT, o comediante Ivanildo Gomes Nogueira, chamado apenas de Batoré, está aos poucos encontrando espaço na teledramaturgia da Globo. Após participar da primeira fase da novela Velho Chico, na qual interpretou o delegado Queiroz, em 2016, agora ele estará na série Cine Holliúdy. O seriado é inspirado no filme homônimo cearense que, em 2012, tornou-se um fenômeno de bilheteria no Nordeste. O ator é convidado e já gravou suas

cenas. No elenco, também estão Matheus Nachtergaele e Heloísa Perissé. A série vai abordar a disputa entre dois empresários de cinema na peuena cidade de Pitombas, no interior do Ceará. A história se passa nos anos 1970. A produção, que ainda não tem data de estreia, nasceu de uma parceria entre a Globo e a produtora Glaz. O pernambucano Batoré trabalhou por 18 anos no SBT. Nos anos 1980, fazia participações do Show de Calouros, apresentado por Silvio Santos. Na década seguinte, fazia parte do elenco de A Praça é Nossa. Demitido em 2003, por contenção de despesas, envolveu-se com política no interior de São Paulo e foi vereador em Mauá.

Filha de Datena vai se casar com vice da Fox Chile

Filha do apresentador José Luiz Datena, Letícia está prestes a subir ao altar. A famosa está noiva de Rodrigo Norambuena, vice-presidente da Fox Chile, e os pombinhos devem oficializar o relacionamento em maio deste ano. Segundo a revista “Quem”, o casamento acontecerá em um resort, no litoral de São Paulo. Atualmente o casal mora no Chile e, em breve, a morena estreará um programa na TV aberta do país, em que tratará a respeito de assuntos de esportes e vida fitness. © Instagram Letícia Datena e Rodrigo Norambuena moram no Chile


DESTAQUE S. PAULO

SÃO PAULO, DE 24/01 A 16/02 DE 2018

MAGAZINE

7


DESTAQUE S. PAULO

8

SÃO PAULO, DE 24/01 A 16/02 DE 2018

Veículos

Cinco pontos de atenção Proprietários podem parcelar multas de trânsito atrasadas de veículos em SP com o óleo do motor

Viscosidade do óleo é fator fundamental para vida do motor Importante item para o funcionamento consumidor para evitar problemas com o correto do motor do veículo, o óleo tem óleo. Veja: quatro funções básicas e que devem estar Verifique o nível do óleo: a primeira no ponto de atenção do proprietário, caso indicação é verificar o nível do óleo com não estejam sendo cumpridas: o motor do carro frio. Com o motor quente, · Lubrificação: mantém partes do motor a pressão do motor aumenta o fluxo do para diminuir o atrito e evitar o desgaste óleo, o que pode mascarar a quantidade excessivo de peças; correta do lubrificante. Existe um limite · Limpeza: manter o motor limpo e livre mínimo e máximo na vareta de medição de impurezas que podem prejudicar o seu do óleo do motor. Muito abaixo existe desempenho; um problema de vazamento, que pode · Temperatura: o óleo mantém a prejudicar o funcionamento e limpeza do temperatura do motor em níveis adequados sistema, assim como o excesso de óleo, para funcionamento; que também pode danificar o conjunto, · Proteção: o óleo é um agente de que não consegue calcular corretamente a vedação que impede que o lubrificante quantidade necessária para trabalhar. saia do sistema, evitando que elementos Verifique seu tipo de condução: um mito de fora o contamine. comum é achar que quilometragem é o Entretanto, mesmo com todas as fator que gera mais atenção com o óleo. É especificações das montadoras nos correto, porém quem roda pouco também manuais dos veículos, o consumidor deve estar atento. O óleo também possui acaba esquecendo-se de realizar a troca e prazo de validade, então é preciso estar de manutenção do óleo do motor. “Algumas olho no tempo que foi feita a última troca, fabricantes indicam a troca a cada 10 mil para evitar problemas no motor. Quem km, mas isso depende de um carro para o utiliza o carro em condições mais severas, outro. O proprietário tem que estar atento como anda e para dos congestionamentos, à quilometragem e também ao prazo de deve verificar a indicação da fabricante. validade do produto. Deixar de fazer a troca Coloração do óleo: Não se assuste com a quando o carro roda muito, ou até mesmo cor do óleo ao verificar o nível. Se estiver pouco, pode ser um fator que diminui a preto, não indica que está velho ou com vida útil do motor”, afirma Fábio Facca, problemas. O óleo fica preto porque está gerente de vendas nacional da Campneus, lubrificando todo o sistema corretamente. maior revendedora Pirelli do Brasil. A coloração é resultado da limpeza dos Com isso, Facca levanta quatro pontos pequenos resíduos entre as peças. que devem estar sempre na atenção do Tipo de óleo: O melhor óleo para o seu

veículo é aquele especificado no manual do fabricante. A maioria dos fabricantes indica no mínimo duas especificações de óleo para cada veículo. “Essa indicação nunca é demais. Verifique sempre o manual da montadora e qual óleo e procedimento ela indica. Caso você não saiba, procure centros automotivos especializados que são treinados para atenderem essas especificações e garantir uma manutenção adequada ao veículo”, comenta Facca. Lembre-se do filtro: ao realizar a troca do óleo do seu carro, não se esqueça de trocar também o filtro do óleo. “Como o novo lubrificante estará limpo, qualquer vestígio de sujeira presente no filtro velho pode contaminar o novo óleo, prejudicando o seu trabalho e diminuindo a vida útil do motor”, finaliza o executivo. Sobre a Campneus Com mais de 42 anos de experiência de mercado, a Campneus é a maior Revendedora Oficial de Pneus Pirelli do Brasil e uma das mais bem conceituadas marcas de autocenters do país, presente em 16 estados brasileiros, com mais de 120 lojas e um e-commerce com a disponibilidade de 100% da gama de pneus da Pirelli e Nexen para compras online. Comercializamos a gama completa de pneus Pirelli para automóveis de passeio, camionetas, motos, caminhões, ônibus, tratores, máquinas industriais e fora-de-estrada, visando atingir as mais variadas necessidades de cada tipo de consumidor. No segmento de autopeças, oferecemos uma ampla linha de produtos como freios, amortecedores, molas, rodas, óleos lubrificantes, filtros e palhetas. Serviços como alinhamento, balanceamento, troca de óleo e serviços de suspensão entre outros, são executados por profissionais altamente qualificados e constantemente treinados.

No tempo certo, vida longa

Foto: Pixaby

O motor é como o coração do veículo e precisa funcionar como um relógio, sempre lubrificado Programa de Parcelamento de Multas de Trânsito foi regulamentado no último dia (13). Multas de trânsito em atraso podem ser parceladas em até 12 vezes. Adesão deve ser feita via internet

Bom para quem deve, bom para quem arrecada Desde o último dia 15), proprietários impedido de circular com o veículo, ou de mais de 2 milhões de veículos podem vendê-lo. parcelar multas de trânsito atrasadas na O PPM possibilitará a redução de cidade de São Paulo, no site https://ppm. 100% dos juros sobre o débito principal e prefeitura.sp.gov.br. liberará o licenciamento ou transferência O Programa de Parcelamento de Multas do veículo. Isto porque as multas serão de Trânsito (PPM), que foi regulamentado desvinculadas da placa e atreladas ao por decreto no último sábado (13), CPF ou CNPJ, criando condições para é o primeiro do gênero no País que que os proprietários possam se recompor desvincula a multa da placa do veículo financeiramente e quitar seus débitos. e a transfere para o CPF ou CNPJ do Pode participar, inclusive, quem já está proprietário, permitindo que os veículos com o nome inscrito na dívida ativa do sejam licenciados a partir do pagamento município. da primeira parcela. “Este é um programa pioneiro no Elaborado por um grupo de trabalho Brasil que permitirá a regularização da da Prefeitura que envolveu técnicos das documentação de milhares de veículos. secretarias de Mobilidade e Transportes A maioria dos proprietários de veículos e da Fazenda, o programa possibilitará com débitos referentes a multas deseja que sejam parceladas quase 12 milhões regularizar sua situação. E o parcelamento de multas vencidas. Tanto pessoas físicas das penalidades de trânsito garante quanto jurídicas poderão solicitar o essa possibilidade”, explica o secretário parcelamento. de Mobilidade e Transportes, Sérgio Poderão ser negociadas dívidas Avelleda. “Com a nova medida, quem decorrentes de penalidades cometidas até possui um veículo e for parcelar as multas 31 de outubro de 2016. O período para atrasadas também tem a possibilidade de o ingresso será de 90 dias, e quem aderir transferir o veículo para terceiros”. à medida terá o licenciamento liberado e Regras do PPM poderá fazer a transferência do veículo Adesão para terceiros após o pagamento da Podem aderir ao PPM tanto pessoas primeira parcela. Atualmente, o munícipe físicas quanto jurídicas. Para solicitar não pode licenciar o veículo com multa o parcelamento basta acessar o site pendente e, sem o licenciamento, fica https://ppm.prefeitura.sp.gov.br a partir de hoje (15/01), portando CPF (para pessoas físicas) ou CNPJ (para pessoas jurídicas) do proprietário; Renavam do veículo e multas relacionadas a ele. Além disso é preciso criar uma senha web (quem ainda não possui), que dá acesso a serviços da Secretaria da Fazenda na internet. A senha pode ser criada no site http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/ secretarias/fazenda/servicos/senhaweb/. O desbloqueio da senha web é feito por certificado digital ou pessoalmente, em

uma das Prefeituras Regionais ou na praça de atendimentos da Secretaria da Fazenda, no Vale do Anhangabaú. Após a inserção dos dados, o site gerará um protocolo e uma guia de pagamento no valor da primeira parcela. Somente após o pagamento da guia é que o veículo terá o licenciamento liberado para regularização. Parcelamento O número máximo para quitar a dívida com multas é de 12 parcelas e o valor mínimo de cada uma é de R$ 50 para pessoas físicas, e de R$ 300 para pessoas jurídicas. Se houver mais de um veículo em nome do mesmo proprietário, o parcelamento poderá ser conjunto. Somente o dono do veículo poderá aderir ao programa, e a dívida não poderá ser transferida a terceiros. Prazos O prazo de adesão ao programa é de 90 dias contados a partir deste sábado, 13 de janeiro. Caso a primeira parcela não seja paga em até 45 dias corridos após a emissão da guia, o proprietário terá seu cadastro cancelado do programa, assim como a negociação das dívidas referentes às multas de trânsito. O licenciamento do veículo, neste caso, continuará bloqueado. O cancelamento do cadastro ao PPM também ocorrerá caso o proprietário deixe de pagar três parcelas, consecutivas ou não. Cálculo das parcelas no site O site do Programa de Parcelamento de Multas, que estará no ar a partir de segunda-feira, 15 de janeiro, traz uma ferramenta de cálculo em que o proprietário do veículo insere as multas devidas para saber exatamente a quantia a ser paga em cada parcela. Programa só vale para dívidas de multas de trânsito Somente multas de trânsito aplicadas na cidade de São Paulo podem ser parceladas no PPM. Não podem ser parceladas dívidas referentes a, por exemplo, IPVA, taxas de estadia e remoção em pátios, multas aplicadas pelo Departamento de Transportes Públicos (DTP), além de penalidades pela não realização de inspeção veicular. Destinação dos valores arrecadados Os valores arrecadados com o PPM serão destinados ao Fundo Municipal de Desenvolvimento de Trânsito. Também haverá o repasse obrigatório de 5% do valor total ao Fundo Nacional de Segurança e Educação de Trânsito (Funset), do governo federal.

Destaque s paulo ed 066 issuu  
Destaque s paulo ed 066 issuu  
Advertisement