Page 29

FEARLESS

Le Sommeil, Gustave Courbet, 1866

020

TOUCH THIS SKIN

xual abordando temas LGBTQ+, é importante tentar compreender seu contexto, suas motivações e seus objetivos com aquela obra. Mesmo que a imagem, por si só, possa ter um impacto positivo, não podemos pensar na produção de algo sem ver todo o seu processo até chegar aos olhos do público e ao mercado de arte. Por que esses artistas estão abordando essa temática? É um interesse genuíno? É parte da expressão individual deles? Será que não é só pelo fato de que “LGBTQ+ tá na moda”? Não tenho problemas com o fato em si de uma pessoa heterossexual falar sobre homossexualidade, por exemplo. Mas precisamos avaliar melhor não apenas todo o processo de produção e as motivações do artista, temos também que pensar nessa imagem final resultante na obra. Como ela contribui com a vida das pessoas LGBTQ+? Será que essa obra produzida por uma pessoa heterossexual, em uma exposição sobre a temática LGBTQ+, não está ocupando o espaço de um(a) artista LGBTQ+?

Profile for FEARLESS Mag

FEARLESS Mag // Edição No2 - Touch This Skin  

Com três opções de capa, a segunda edição da FEARLESS traz questionamentos sobre o significado da arte LGTBQ+, a representatividade com pink...

FEARLESS Mag // Edição No2 - Touch This Skin  

Com três opções de capa, a segunda edição da FEARLESS traz questionamentos sobre o significado da arte LGTBQ+, a representatividade com pink...

Advertisement