Issuu on Google+

UNESCO – SEDUC-CE O trabalho com projetos: Interdisciplinaridade e contextualização do conhecimento a favor da autonomia do aluno

Mônica Waldhelm


O contexto


Ensino Médio Etapa final da Educação Básica

Preparação para a vida, continuidade dos estudos e mundo do trabalho.


Queremos formar alunos que...

sejam capazes de se inserir no mundo do trabalho compromissados com a sustentabilidade;

tenham formação humanística e cultura geral

atuem com base em princípios éticos ;

saibam interagir e aprimorar continuamente seus aprendizados

sejam cidadãos críticos, propositivos e dinâmicos


Em que medida o Enem impacta a Educação Básica Contextualização Interdisciplinaridade Habilidade de leitura e interpretação Resolução de problemas

Material didático

Ação pedagógica


ENEM: EIXOS COGNITIVOS COMUNS A TODAS AS ÁREAS DE CONHECIMENTO • • • • •

Dominar linguagens Compreender fenômenos Enfrentar situações-problema Construir argumentação Elaborar propostas

Associados a competências por áreas que se desdobram em habilidades


O que são competências?

Recursos internos de compreensão que cada pessoa possui e que são utilizados e ampliados pelo processo de aprendizagem, gerando autonomia intelectual. Referem-se à capacidade de agir eficazmente em um determinado tipo de situação, apoiando-se em conhecimentos, habilidades, procedimentos, valores e atitudes.


Habilidades  Associadas ao saber fazer  Menos amplas do que as competências.  Cada competência seria constituída por várias habilidades.  Não "pertencem" à determinada competência, uma vez que uma mesma habilidade pode contribuir para competências diferentes  Identificadas pelo desempenho


Dimensões de uma competência Conhecimentos

Habilidades • Técnica • Destreza • Saber como fazer

• Informação • Saber o que e por que fazer

Atitudes • Interesse • Determinação • Querer fazer


COMPETÊNCIA X HABILIDADE

• Não há como distinguir de forma precisa porque em determinadas situações ou isoladamente, uma habilidade pode ser uma competência a ser desenvolvida. • Competência seria uma habilidade de ordem geral, e a habilidade uma competência de ordem particular, especifica.


Aprendizagem e Competência

Aprendizagem

Competência

Processo ou meio pelo qual se adquire a competência.

Desempenho

Manifestação do que o indivíduo aprendeu. Expressão da competência.


COMPETÊNCIA: “RESOLVER PROBLEMAS”

Envolve habilidades do tipo: 1.Saber ler; 2.Saber calcular; 3.Saber interpretar dados; 4.Tomar decisões; 5.Fazer registros.


ANALISANDO UMA HABILIDADE

“SABER LER ....” Isoladamente, seria uma competência. “ A competência seria

constituída de

várias habilidades . Mas uma habilidade não

“pertence”

à

determinada

competência, uma vez que a mesma habilidade

pode

contribuir

para

competências diferentes.” (


• Competências não eliminam os conteúdos, pois não é possível desenvolvê-las no vazio • Conteúdos como meios e não como fins em si mesmos • Não são os conteúdos que constroem competências mas sim as atividades envolvendo os conteúdos • Atividades diversificadas desenvolvem/mobilizam diferentes competências • Desenvolvimento de competências não é linear ou escalonar


Como desenvolver competências: adestramento X situações de aprendizagem diversificadas Adestramento

Situações diversificadas

-

“Formata” as pessoas

Valorizam a criatividade

- Limita o desempenho a um determinado tipo ou número de situações de aprendizagem

- Irão provocar novos percursos de raciocínio, novas ações mentais, gerando a ampliação de sinapses


CONTEXTUALIZAÇÃO Princípio pedagógico e não simples estratégia  integra situações e conhecimentos no tempo e no espaço para gerar significado. Não significa limitar-se ao cotidiano imediato do aluno. Ampliação do quadro de referências Às vezes é mais fácil contextualizar no âmbito de outra disciplina


Cabeças “disciplinarizadas” não dão conta de um mundo cada vez mais hipertextual e complexo


Multidisciplinaridade:

Abordagem fragmentada


Abordagem interdisciplinar do conhecimento

Articulação sem perda da identidade disciplinar. O conhecimento é construído em rede, por meio da integração dos saberes das diferentes áreas.


Transdisciplinaridade:

Quebra de fronteiras disciplinares Pensamento na complexidade


Articulações Interdisciplinares 

Pelo contexto / problematização

 Pelas competências a serem desenvolvidas  Pelos conceitos estruturantes / conteúdos


Trabalho com projetos : uma estratégia integradora e viável no contexto escolar

• • • • • •

Quebra da linearidade e fragmentação curriculares Flexibilização de tempos e espaços escolares Interdisciplinaridade e contextualização Construção de competências Protagonismo juvenil Pesquisa e trabalho como princípios educativos


Aspectos/etapas que devem ser levados em conta • Problematização inicial • Pesquisa e seleção de fontes de informação, em diferentes formas e suportes (inclusive virtual) e áreas de conhecimento; • Relação da problemática levantada com outras, aproximando saberes das diferentes disciplinas; • Vivência de atividades que favoreçam a cooperação, o trabalho em equipe e que aceitem e valorizem a heterogeneidade; • O registro do percurso feito, com diferentes recursos técnicos e linguagens. • A memória do projeto servirá de subsídio para outros trabalhos.


O problema a ser resolvido - questão a ser investigada – é quem indica quais disciplinas são realmente necessárias.


Avaliação processual- A autoavaliação dos alunos deve ser incentivada. O portfólio como recurso para registro/avaliação. As propostas de intervenção na realidade e o levantamento de novas questões a partir do conhecimento construído. O projeto pode favorecer a integração da escola com a família e comunidade.


Exemplos de aproximações

Biologia Conceitos: vida, organização, metabolismo, adaptação, evolução, espécie, raça, racismo, hereditariedade, gene, eugenia, saúde, ética, biotecnologia etc... Os conceitos de eugenia, raça, racismo, biotecnologia e ética podem ser trabalhados em conjunto com a História e Sociologia. • Contextos sugeridos: Eugenia e racismo no movimento nazista; Racismo : reflexos e debates no Brasil etc.


Alegria , criatividade e aprendizagem podem- e devem - coexistir na escola. Em qualquer ĂŠpoca da vida. Vamos fazer nossa parte ?


Trabalho com projetos