Page 1

trabalhos selecionadados

PortfĂłlio arq.urb

wellington spĂ­nola


Wellington Spínola BIOGRAFIA Discente do curso d e gra d u a ç ã o em A rq u it et u ra e

R ua São Sebasti ão, 70B, B a u x ita

Urba nismo da Universid a d e F ed era l d e O u ro P re to

O uro Preto, MG, B ra sil 31 9755 4 8 0 7 0

co m perío do sa ndu ích e n a u n iversid a d e S a va n n ah

wpas12@gmail.com

Colleg e of Arts a n d Design .

EDUCAÇÃO ARQUITETURA E URBANISMO UFOP | 2012 - Atualmente

EXPOSIÇÕES Mostra Coletiva “ FAR FROM HOME” Fahm Hall Galery, EUA | 2015

CINEMA E ARQUITETURA SCAD | 2014 - 2015

P articip ação com a fotogra fia “M eu san gue, teu s a ngue . ”

“SOBRE O TEMPO” Jorge Fonseca

Galeria Ney Cokda, Ouro Preto | 2017 P articip ação com o vídeo-ins ta la çã o “S ob re o tem p o ”

Mostra coletiva “ Primeiros Passos” Galeria MABEU, Belém | 2017 P articip ação co m o vídeo “Ad Etern um ”

12º Verão Arte Contemporânea CCBB, Belo Horizonte | 2018 P articip ação co m o víde o “reassen tam en tos ”

17ª Mostra Filme Livre

CCBB, RJ, SP e BSB | 2018 P articip ação co m o vídeo “Os q uase- veres”

HABILIDADES REVIT PHOTOSHOP AUTOCAD SKETCHUP 3DS MAX LUMION ILLUSTRATOR


EDIFÍCIO DE USO MISTO 2016

DISCIPLINA : Projeto 3

Este projeto tem como objetivo a inserção de um edifício com funcionalidade diversa em uma região propícia da cidade de Ouro Preto. Para escolha do lote analisamos os vetores de crescimento da cidade, chegando na escolha final de um lote no bairro Lagoa. Dentre as principais razões para a escolha deste lote podemos destacar a sua proximidade com um grande equipamento urbano, o supermercado EPA. Como resultado final a edificação possui 8 apartamentos e 2 pavimentos para área comercial. Área uso público : 740m2 Sendo:

Comércio : 203m2 Praças : 537m2

Área dos apartamentos : 94m2 x 8 unidades : 752m2

Vista Noroeste

Va l o r i za çã o d a vista do pico itacolomi

Aberturas e inclinações que propiciam uma maior iluminação natural do apartamento

Vista Nordeste

Corte

Vista Sudeste

1


P L A N TA S

P L A N TA PAV I M E N TO T I P O

Comércio

Garagem

Comércio

Comércio

P L A N TA G A R A G E M

P L A N TA P I L O T I S

2


EDIFÍCIO DE USO MISTO 2016

DISCIPLINA : Projeto 3

Visando uma integração entre o espaço urbano e sua permeabilidade entre os âmbitos público e privado, a edificação sugere uma mutabilidade de usos e propostas no mesmo equipamento. Situado no centro de Belo Horizonte, o edifício sugere a fagocitação da circulação urbana e sua incorporação de forma vertical. Os primeiros pavimentos são dedicados ao comércio , com o uso de fachadas ativas. Logo acima vemos um processo gradual de restrição de circulação, primeiro com propostas de salas para escritórios até a circulação privada, sendo esta residencial. Área comercial : 720 m2 Residencial : 870 m2 Serviço : 560 m2 Uso livre * : 1470 m2 * entende-se por área de uso livre toda área onde o espaço público permeia o privado, ou seja, pátios, varandas e salões. Esse espaço beneficia a qualidade de circulação, permanência e expansão do uso comercial.

Modulação em concreto armado 6x6m

Vista Sudoeste

Vista Nordeste

3


P L A N TA S

Comer.

Comer. Comer.

Comer. Comer.

Comer. Comer.

Comer. Comer.

Comer.

Comer.

Comer.

Segundo Pavimento ( Comércio)

P a v i m e n t o Té r r e o ( Comércio)

Serviço Serviço

Serviço

Serviço

Serviço

Te r c e i r o P a v i m e n t o (Residencial e ser viços)

4


INTERVENÇÃO EM CONTEXTO HISTÓRICO DISCIPLINA : Projeto 5

2017

Na rodoviária, o viajante tem sua primeira e sua última experiências da cidade. Ouro Preto, enquanto centro turístico e universitário, se constitui a partir do fluxo de pessoas, e portanto sua rodoviária deve ser vista como um equipamento de especial relevância para a cidade. Além disso, rodoviária e pontos de ônibus acessíveis, visíveis, confortáveis, seguros e eficientes, que propiciem experiências positivas para seus usuários, são estímulos para a utilização do transporte púbico. A rodoviária fechada para seu entorno nega seu caráter de conexão e inibe a vocação dinâmica do espaço público, e assim também sua vitalidade. Pavimento Térreo -

Circulação vertical e lockers. Centro de atendimento ao turista. Praça de alimentação Praça aberta. Segundo Pavimento

- Guichês das companhias viárias - Ciculação vertical - Banheiros

Vista Noroeste

Terceiro Pavimento -

Área de embarque Circulação vertical Banheiros Pequeno comércio

Vista Nordeste

5


P L A N TA S

Comércio

Comércio

Serviço

Serviço

Comércio

P a v i m e n t o Té r r e o

6


H A B I TA Ç Ã O D E INTERESSE SOCIAL 2017

DISCIPLINA : Projeto Integrado

Neste exercício foi proposto a elaboração de um conjunto habitacional para 8 famílias, em um loteamento selecionado anteriormente. Como resultado final foi criado uma modulação de um conjunto de casas geminadas com 60m², tendo a possibilidade de expansão para 90m², conforme a necessidade do usuário. Além disso, com a implantação adotada, foi possível um aumento das possibilidade de fluxo interno e o acréscimo de mais 4 famílias, somando um total de 12.

Vista Nordeste

Projeção de expansão

7


P L A N TA S

Expansão

Expansão

P a v i m e n t o Té r r e o

Expansão

Expansão

Expansão

Expansão

Pavimento Superior

Implantação

8

Portfólio_Arquitetura_Wellington_Spinola  

Wellington Spínola é discente do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Ouro Preto com período sanduíche na Savannah Co...

Portfólio_Arquitetura_Wellington_Spinola  

Wellington Spínola é discente do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Ouro Preto com período sanduíche na Savannah Co...

Advertisement