Page 1

Manual de instruções

Equipamento de soldagem Inversora de SOLDA TIG WSME 315 TRIFÁSICA 220V Inversora de SOLDA TIG WSME 315 TRIFÁSICA 380V SAC Assistência Técnica - (47) 3121 5040 SAC Consumidor Final - 0800 645 5002


Índice Precauções de Segurança

03

Responsabilidade do Proprietário

04

1.Condições de Operação e Área de Trabalho

04

2. Componentes

04

3.Especificações Técnicas

04

4.Descrição para Uso

05

5.Método de Operação 5.1 Eletrodo 5.2 TIG DC 5.2.1 Limpeza antes de Soldar 5.2.2 TIG 5.3 Esquema de Montagem da Tocha

05 05 05 06 06 06

6.Regulagens de Amperagem (Para Referênca)

06

7.Processo de Solda TIG Pulsada 7.1 Características 7.2 Aplicações do Processo 7.3 Vantagens da Solda por pulso TIG 7.4 Seleção dos Parâmetros de Solda

08 09 09 09 09

8.TIG AC

09

9.Rampa de Subida e Descida

09

10.Desenho do Painel

09

11.Problemas Gerais e Resolução dos Mesmos

09

12.Garantia

09


PRECAUÇÕES DE SEGURANÇA SIGA ATENTAMENTE ESTAS INSTRUÇÕES! O USO INAPROPRIADO DE QUALQUER EQUIPAMENTO DE SOLDA PODE RESULTAR EM DANOS FÍSICOS E ATÉ MORTE! 1.

2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9.

10. 11. 12.

13. 14. 15. 16. 17. 18. 19.

LIGUE O APARELHO SOMENTE NA REDE ELÉTRICA DESIGNADA. A tabela de especificações lista esta informação. Quando utilizar o equipamento com extensão elétrica, usar somente extensão especificada para tal uso, ciente de que com excesso de comprimento há perda de corrente; OPERAR SOMENTE EM LOCAIS SECOS, chão de concreto ou em local adequado para o equipamento. Manter a área limpa e desbloqueada; MANTENHA DISTANTE QUALQUER MATERIAL INFLAMÁVEL, (ex. madeira, papel, tintas, solventes, combustíveis, etc.); NÃO USAR ROUPA CONTAMINADA com óleo ou graxa; MATENHA OS CABOS SECOS E LIMPOS DE ÓLEO E GRAXA e nunca enrole a tocha ou cabos em partes do corpo como braços e ombros; ASSEGURE O TRABALHO, FIXANDO O MATERIAL DE TRABALHO COM GRAMPOS OU ALICATES; DESLIGUE E DESCONECTE DA TOMADA O EQUIPAMENTO QUANDO FOR REPARAR OU AJUSTAR. Inspecione antes do uso. Use somente peças de reposição autorizadas pelo fabricante; SIGA TODAS AS NORMAS DO FABRICANTE na operação de botões e nos ajustes; SEMPRE USE EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual) quando estiver soldando. Isto inclui camisas com mangas longas, calças compridas, botas e sapatos fechados, luvas protetoras, guarda-pó para solda, toca e máscara de solda. Quando manusear materiais quentes, usar luvas especiais; QUANDO SOLDAR SOBRE A CABEÇA, CUIDADO COM PEDAÇOS DE METAL QUENTE QUE CAEM. Sempre proteja a cabeça, mãos, pés e o corpo; SEMPRE MATENHA UM EXTINTOR DE INCÊNDIO POR PERTO; NÃO EXCEDA O TEMPO DE TRABALHO DO APARELHO. O ciclo qualificado de uma máquina de solda é o percentual de um período de 10 minutos em que o aparelho pode operar seguramente sem interrupção da solda, RESPEITE ESTE CICLO; MANTENHA CRIANÇAS LONGE DA ÁREA DE TRABALHO. Quando guardar o equipamento, tenha certeza de que está fora do alcance de crianças; PROTEJA-SE CONTRA CHOQUES ELÉTRICOS. Nunca trabalhe na chuva. Não deixe nenhuma parte do corpo entrar em contato com as superfícies energizadas; Não solde ou corte cilindros, tanques ou tambores que contenham ou contiveram materiais inflamáveis ou gases combustíveis; Evite operações em materiais que foram limpos com solventes, clorados ou próximos de solventes; Procurar soldar em locais arejados e evitar ambientes fechados, pois haverá acúmulo de gases provenientes da solda e nocivos à saúde; Mantenha o cilindro do gás longe de fontes de calor, incluindo a luz solar direta, nunca solde sobre o cilindro de gás, pois há risco de explosão; Para facilidade e aumento da segurança use máscaras de solda automáticas WELD VISION.

03


RESPONSABILIDADE DO PROPRIETÁRIO

O proprietário e/ou operador deve entender as instruções e este aviso antes de utilizar o produto. É dever do proprietário certificar-se de que os operadores sejam devidamente treinados e habilitados e que utilizem corretamente os equipamentos de proteção individual.

1 | CONDIÇÕES DE operação e ÁREA de trabalho 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7.

Tensão da rede: TRIFÁSICA 220 Voltz, +/-10%; Frequência: 50/60 hz; Proteção: aterramento adequado; Umidade relativa: ≤90% (temperatura média mensal ≤20ºC); Temperatura ambiente: -10ºC a 40ºC; O ambiente da soldagem não deve conter gases nocivos, químicos, materiais inflamáveis, explosivos ou corrosivos, vibração e balanço no aparelho; Nunca opere sob chuva.

2|COMPONENTES COMPONENTES INCLUSOS Máquina de solda

1 Manual de Instruções 1 COMPONENTES OPCIONAIS Tocha TIG 1 Porta Eletrodo 1 Garra Negativa 1

3|especificações técnicas

MMA

MODELO ALIMENTAÇÃO - FREQUÊNCIA TENSÃO DE ENTRADA TENSÃO SEM CARGA AJUSTE DE CORRENTE CORRENTE DE SAÍDA ESPECIFICADA CICLO DE TRABALHO

DC TIG

AC TIG

AJUSTE DE CORRENTE (Base e pulso) TENSÃO SEM CARGA CICLO DE TRABALHO TIPO DE ARCO TENSÃO SEM CARGA AJUSTE DE CORRENTE (Base e pulso) CICLO DE TRABALHO DIÂMETRO DA ENTRADA DE GÁS ACIONAMENTOS DA TOCHA PESO

WSME 315 / 220V Trifásica - 50/60 Hz 220V 70V 20A a 250A 20 a 25A 60% a 250A; 100% a 200A

WSME 315 / 380V Trifásica - 50/60 Hz 380V 70 V 20A a 250A 250A 60% a 160A; 35% a 250A

20A a 315 A

20A a 315A

70V 60% a 315A 100% 250A ARCO DE ALTA FREQUÊNCIA 60 – 80V

70 V 60% a 315 A / 100% a 250 A ARCO DE ALTA FREQUÊNCIA 60-80 V

40A a 315A

40A a 315A

60% a 315A 8 mm 2 Tempos ou 4 Tempos 45 KG

60% a 315A 8 mm 2 Tempos ou 4 Tempos 45Kg

GRAU DE PROTEÇÃO

IP 21 S

IP 21 S

DIMENSÕES DE EMBALAGEM

515 X 265 X 570 mm

515 x 265 x 570 mm

04


4| DESCRIÇÃO PARA USO 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8.

Antes de utilizar o aparelho, o operador deve ler as instruções de operação e usar o aparelho conforme as especificações de uso do processo; Checar a aparência do aparelho para verificar deformações ou danos; Para a segurança pessoal e do equipamento, o comprador deve fazer o aterramento adequado de acordo com a rede de energia; A operação de solda deve ser realizada em ambiente seco. Evitar quaisquer objetos a menos de meio metro do aparelho; Checar se os conectores estão firmes; O aparelho não pode ser movido ou aberto enquanto estiver energizado ou estiver sendo feito operações de solda; O aparelho deve ser guardado, usado e administrado somente por pessoa especializada; Tenha certeza de que a alimentação é trifásica 220V±10% AC;

5| MÉTODO DE OPERAÇÃO 5.1 ELETRODO 1. 2. 3. 4. 5. 6.

Selecionar a chave seletora (10) (TIG/MMA) para a posição “MMA”; Regular a corrente no regulador (8); Para eletrodo conecte como a figura 1 : Conecte a linha de força no aparelho, então acione o botão de liga/desliga (22) e a luz piloto (1) acenderá; Preste atenção na corrente de solda indicada e o ciclo de trabalho para não sobrecarregar. Caso isso ocorra a luz (n°3) ascenderá e o aparelho não soldará mais até que resfrie e assim volte a funcionar; Após terminar a solda, deixe o aparelho ligado por mais alguns instantes para ventilar e após isso o desligue. FIGURA 1

ELETRODO PEÇA DO TRABALHO 5.2 TIG DC

INV 315 AC/DC

05


5.2.1 Limpeza Antes de Soldar A solda é muito sensível a superfícies sujas. Antes de realizar a solda, a superfície deve ser limpa, removendo graxa, óleos, lubrificantes, tintas e outras substâncias. 5.2.2 TIG 1. 2. 3. 4.

5. 6.

Selecione a chave (10) (TIG/MMA) para a posição “TIG”; Ligue a peça a ser trabalhada na saída do polo positivo (+) (18); Conecte a linha de força do aparelho (26), ligue a chave de liga/desliga (23) e a lâmpada piloto (1) se ascenderá; Teste de gás: conecte o regulador de gás ao tubo de gás, abra a válvula, pressione o botão da tocha, selecione adequadamente o fluxo de argônio, libere o botão e dentro do tempo de pós fluxo regulado no botão 17 o gás irá desligar automaticamente. Pressão de saída do gás = 1,5 bar ou 7 litros p/min (aproximadamente), par lugares abertos com passagem de ar recomendase 2,3 bar ou 10 litros p/min. Regulando a corrente (8), selecione adequadamente a corrente de solda conforme a espessura do material a ser soldado; Quando terminar o gás da solda desligue a válvula do tubo de argônio e desligue o aparelho. Não desligue a linha de força enquanto o botão liga/desliga (23) estiver ligado.

5.3 ESQUEMA DE MONTAGEM DA TOCHA BOCAL CERÂMICO RABETA CURTA

PINÇA

PORTA PINÇA

TOCHA

RABETA LONGA

6 |Regulagens de Amperagem (para referência) DIÂMETRO DO TUNGSTÊNIO

ESPESSURA DA CHAPA (mm)

AMPERAGEM NO AÇO INOX (A)

AMPERAGEM NO AÇO CARBONO (A)

1,6

1 a 1,5

20 - 50

20 - 50

2

2 a 2,5

50 - 80

50 - 80

2,4

3 a 3,5

80 - 130

80 - 110

3,2

4a5

130 - 150

110 - 130

4

6a8

150 - 200

130 - 160

06


7| PROCESSO DE SOLDA TIG PULSADA 7.1 CARACTERÍSTICAS A solda por pulso TIG é diferente da solda contínua TIG DC. A corrente da solda é pulsada. A forma

de onda da corrente é mostrada no gráfico abaixo. Na função TIG pulsada, a máquina possui uma regulagem de frequência. A frequência determina quantas vezes será atingida a corrente máxima e a corrente base do pulso, pode ser regulada de 1 a 25HZ, ou seja, a máquina pode alcançar a corrente máxima e reduzir até a corrente de base de 1 até 25 vezes em 1 segundo. A forma como a corrente irá aumentar pode ser regulada através da amplitude da onda. Com essa regulagem a corrente pode subir ou descer gradativamente conforme figura 5 e 6 ou atingir a corrente máxima e mínima de forma repentina conforme figura 7. FIGURA 5

FIGURA 6

FIGURA 7

7.2 APLICAÇÕES DO PROCESSO Lp e Ib (figura 7) são seus tempos contínuos, tp e tb (figura 7) podem ser regulados de acordo com a necessidade do processo. O valor da amplitude da corrente elétrica muda periodicamente com certa frequência no caso do pulso de corrente, formando o banho fundido na peça de trabalho e se solidificando no caso da corrente base. A solda é formada por sobreposições recíprocas. A temperatura da solda pode ser controlada regulando a frequência do pulso, amplitude da corrente de pulso, tamanho da corrente de base, o tempo contínuo do pulso de corrente e corrente de base e, portanto a solda, o tamanho e a qualidade da zona influenciada pelo calor podem ser controlados.

processo de solda tp td

rampa de subida fixa

rampa de descida

arco desligado IP

início arco

Ip -- corrente de pulso Ib -- corrente de base tp -- tempo de corrente de pulso tb -- tempo de corrente de base tp+tb =T tp =D tamanho de pulso tb

T IB

pós fluxo

T (S)

t1

7.3 VANTAGENS DA SOLDA POR PULSO TIG 1. 2. 3. 4.

Controle preciso do aquecimento para aumentar a resistência da penetração da solda fundida e preservação do banho quente. É fácil de obter até fusão profunda; O aquecimento e o resfriamento de cada ponto de solda são muito rápidos. Portanto, este processo é aplicável para trabalhos em que as peças a serem soldadas têm grande diferença de condutividade de calor e espessura; Arco pulsante pode obter fusão mais profunda com baixo aquecimento. Portanto, sobre a mesma condição, a zona influenciada pelo aquecimento e deformação da solda; Resfriamento rápido do banho de metal e curta duração de tempo de alta temperatura durante a soldagem, estas características podem reduzir rachaduras causadas por materiais termo-sensíveis durante a solda.

07


7.4 SELEÇÃO DOS PARÂMETROS DE SOLDA Exceto o pulso de corrente e o tempo (com quantidade) como também a frequência de pulso, os parâmetros de solda são os mesmos que o comum arco de solda de argônio e tungstênio. A corrente de arco mantida (ex. corrente de base) influencia o resfriamento e cristalização do material no banho. A faixa é determinada pelo desempenho do material de solda. Quando uma chapa é soldada, é mais comum se usar um tempo menor em que o arco é mantido para reduzir deformações. Quando o tempo de pulso (o tempo em que é mantido o pulso de corrente e a corrente base) é selecionado, tanto o aquecimento como os pulsos devem ser considerados. Usualmente, pode ser selecionado entre 30-60%. A seleção da frequência de pulso (mudança periódica de corrente de pulso) depende da espessura da chapa, velocidade de solda e do modo como o operador realiza a soldagem, todas essas características são levadas em conta.

8|TIG AC

Teoricamente, uma soldagem com AC é uma combinação das soldagens com DC+ e DC -. A corrente assemelha-se à uma, cuja parte superior representa a polaridade positiva, ou DC+, e a inferior a negativa ou DC-. Os elétrons e os íons partem da peça para o eletrodo e vice-versa, causando uma concentração equilibrada de calor de 50% para cada um com compenetração média. A corrente alternada é aplicada na soldagem de alumínio, magnésio e suas ligas. Na soldagem com AC, o arco tende a extinguir quando a corrente é muito baixa ou nula, uma vez que a corrente cai a zero a cada inversão de polaridade. O potenciômetro AC Balance modifica o equilíbrio das alternâncias positivas e negativas da corrente alternada “onda quadrada” na soldagem TIG. Este controle está desativado em soldagem com eletrodo revestido. O ajuste da escala tem como resultado 70% de limpeza da peça e 30% de penetração que é a mínima que a máquina fornece, e as alternâncias da corrente são equilibradas, o que é indicado como 50/50. Este ajuste corresponde à grande maioria das aplicações TIG em corrente alternada e contínua. À medida que o potenciômetro é girado no sentido horário, a ação de limpeza aumenta e a penetração diminui. Regulagens de amperagem (para referência) DIÂMETRO DO TUNGSTÊNIO

ESPESSURA DA CHAPA (mm)

1,6 2 2,4 3,2 4

1 3 4 5 6

a a a a a

2 4 5 6 8

AMPERAGEM NO ALUMÍNIO, MAGNÉSIO E SUAS LIGAS 20 - 40 40 - 60 60 - 80 80 - 100 100 - 150

Quando se trabalha com o controle “AC BALANÇO” ajustado no máximo da escala (posição 70%), penetração mínima, a corrente primária (que é absorvida da rede ) aumenta em 40 % e então o fator de trabalho deve ser reduzido em 50 %. Para a soldagem TIG em corrente contínua o potenciômetro de balanço de corrente alternada se torna nulo. Quanto maior a porcentagem, maior a limpeza e consequentemente menor a penetração da solda.

9| RAMPA DE SUBIDA E DESCIDA FIGURA 8

20% Penetração Máx. 50%/50% Relação de limpeza (+)/penetração(-);

60% de Limpeza

A rampa de descida (figura 9) é o tempo que levará para encerrar o arco que foi gerado pelo soldador. Há ocasiões em que a peça a ser soldada precisa ter um acabamento final com maior perfeição. Para isso, existe a possibilidade de regular um tempo que o arco demorará para se extinguir,

08


assim que liberado o gatilho da tocha (2 tempos) ou assim que pressionado o gatilho pela segunda vez (4 tempos). No caso da WSME 315, pode ser regulado de 0 a 5 segundos para que o acabamento tenha maior perfeição ao seu término.

FIGURA 9

10| DESENHO DO PAINEL

2

PAINEL FRONTAL

3

1

PAINEL TRASEIRO

8

7

10 21 11 16 15 14 13 12

04 05 06 17

23 22

9 18

20 19

26

25

24

1. Power: Quando esta luz esta acesa significa que a máquina está recebendo energia e está ligada; 2. ABS Phase: Quando essa luz está acesa indica que uma das fases não está perfeitamente conectada, ou houve uma sobtensão; 3. Luz de Sobreaquecimento: Quando essa luz se ascende há a necessidade de deixar a máquina mesmo ligada parada por um tempo, pois houve excesso no ciclo de trabalho da mesma; 4. Amperímetro: Exibe a corrente que está saindo na tocha ou no porta eletrodo assim que iniciado o processo; 5. Balanço de AC: Regula quanto será a porcentagem de penetração e quanto será a de limpeza na peça. Quanto menor for a porcentagem regulada mais penetração do material de adição terá peça. 6. Frequência AC: Regula quantas vezes haverá alternância entre DC+ e DC-, dentro em um segundo; 7. Corrente do Pulso: Neste potenciômetro regula-se a corrente de pico, ou seja, a corrente da onda na parte superior quando selecionada a função TIG pulsada. 8. Base da Corrente: Regula a base da corrente quando se utiliza solda TIG Pulsada ou AC/DC. Ou seja quanto será a corrente quando a onda estiver na curva de baixo; 9. ARC FORCE: Este controle é ativado somente quando o modo MMA (eletrodo revestido) é sele-

09


10.

11. 12. 13. 14. 15.

16. 17. 18. 19. 20. 21.

22.

23. 24. 25. 26.

cionado. Ele aumenta a amperagem no momento em que o eletrodo encosta na peça em cerca de 0,06 segundos com o objetivo de facilitar a abertura do arco elétrico, principalmente nos eletrodos AWS 7018. Chave TIG/MMA: Seleciona o tipo de solda que será realizado se TIG (AC ou DC) ou MMA(eletrodo). Se a chave estiver selecionada na posição MMA o potenciômetro que regulará a corrente será o n°8. 2 Tempos/4 Tempos: Na posição 2 Tempos (ou seja acionada para baixo) o operador deve manter o gatilho da tocha pressionado durante todo o processo, e na posição 4 Tempos ele precisa apenas pressioná-lo uma vez para iniciar o arco e uma vez para encerrá-lo; AC/DC: Selecione a posição AC para soldar materiais não ferrosos como alumínio, magnésio e suas ligas e a posição DC para materiais ferrosos como inox e aço comum; Regulagem rampa de subida: Selecione quanto tempo irá demorar para o arco atingir a corrente regulada no potenciômetro 8, sendo que a corrente sempre irá iniciar com 20 A. Frequência do Pulso: Regula quantas vezes por segundo a corrente vai alternar entre a base e o pico na função TIG pulsada. Largura do Pulso: Regula qual será o largura do pulso na base e no pico de corrente; Rampa de Descida: Seleciona quanto tempo demora para se extinguir o arco, basta após soltar o botão de acionamento (função 2 tempos) ou pressioná-lo pela segunda vez (função 4 tempos),manter a tocha aproximada da peça. Essa vantagem melhora o acabamento no final do cordão, evitando furos nas extremidades de chapas; Tempo de Pós Fluxo: Mantém a vazão de gás após extinto o arco de solda, com isso evita-se oxidação no fim do cordão reduzindo as chances de trincas e rachaduras; Conector Positivo: Entrada para porta eletrodo na solda com eletrodo revestido ou para garra terra se a solda for por processo TIG Saída do Gás: Conecte a mangueira de gás que vem da tocha nessa entrada; Controle: Entrada do plug da tocha; Conector Negativo: Em solda com eletrodo conecte nessa entrada a garra terra se a solda for pelo processo TIG conecte o conector de engate rápido da tocha nesta saída; 2 Tempos/4 Tempos: Na posição 2 Tempos ( acionada para baixo) o operador deve manter o gatilho da tocha pressionado durante todo o processo. Na posição 4 Tempos ele precisa apenas pressioná-lo uma vez para iniciar o arco e uma vez para encerrá-lo; Tabela de Especificações: Lista especificações técnicas da máquina em caso de vistoria de auditores, ou caso o operador queira tirar alguma dúvida quanto a voltagem de entrada, ciclo de trabalho entre outras coisas e não ter à mão o manual da máquina; Chave Liga/Desliga: Liga a máquina e desliga a mesma; Entrada do Gás: Conecte a mangueira que vem do cilindro de gás nesta entrada. Se a solda for através do processo com eletrodo revestido o gás de proteção torna-se desnecessário; Parafuso Terra: Através deste parafuso pode-se fazer o aterramento da máquina; Cabo de Tensão: Cabo que capta a energia da rede trifásica 220V.

11|PROBLEMAS GERAIS E RESOLUÇÃO DOS MESMOS PROBLEMA Lâmpada de ligado não acende; Ventilador não gira;

Indicador de aquecimento aceso, sem saída no eletrodo;

CAUSA 1. Sem eletricidade; 2. Falha no botão de liga; 1. Alimentação desligada do ventilador; 2. Ventilador bloqueado; 3. Falha no ventilador; 1. Proteção contra sobreaquecimento; 2. Curto intervalo de solda; 3. Falha no aparelho;

10

SOLUÇÃO 1. Checar alimentação; 2. Trocar o botão; 1. Religar a alimentação do ventilador; 2. Desbloquear; 3. Substituir; 1. Parar de soldar até resfriar; 2. Prolongar intervalo; 3. Necessita reparo no centro de serviço;


Corrente de saída diminui;

1. Tensão de entrada está baixa; 2. Cabo de alimentação muito fino;

Corrente não pode ser regulada;

1. Falha no potenciômetro para regulagem de corrente; 1. Falha no botão ou linha da tocha; 2. Intervalo de descarga da alta frequência é muito grande; 3. Distancia da tocha e da peça de trabalho muito longe; 1. Fluxo de argônio mal regulado; 2. Falho no eletrodo; 3. Valor da corrente não é adequado ao diâmetro do eletrodo de tungstênio;

Não é gerado arco de alta frequência;

Arco de solda é extinto ou eletrodo queimado;

1. Estabilizador de tensão AC (acima 5KVA); 2. Cabo de alimentação mais grosso; 1. Substituir potenciômetro; 1. Substituir botão da tocha ou linha; 2. Regular intervalo de descarga para 0.8-1.0mm; 3. Aproximar a tocha da peça; 1. Regular o fluxo corretamente; 2. Substituir ou afiar o eletrodo; 3. Selecionar o diâmetro e a corrente adequada;

12|GARANTIA A Garantia deste equipamento por lei (Art.24 e 26 do Código de Defesa do Consumidor) é de 90 dias. Porém ao comprar o equipamento Weld Vision, o cliente deve preencher em um prazo máximo de 30 dias a partir da data de compra o cadastro do termo de garantia estendida e enviar, via fax, e-mail ou através do site weldvision.com.br/garantia para ativar o benefício de garantia estendida de 1 ano gratuitamente. Em caso de dúvidas ou outros problemas apresentados sobre processos e equipamento, entre em contato conosco no telefone 0800 645 5002, ou através do nosso e-mail assistenciatecnica@weldvision.com.br. A WELD VISION oferece o serviço de assistência Leva e Traz Grátis. Esse serviço possibilita que em caso de defeito de fabricação, e o equipamento esteja dentro do prazo de garantia (verificar termo de garantia que acompanha o produto), efetuamos a coleta, o conserto e o envio do equipamento gratuitamente, em um curto prazo. ESTE PRODUTO ESTÁ SUJEITO AO ENTENDIMENTO DE QUE SE HOUVER DEFEITO DE FABRICAÇÃO O MESMO DEVE SER APRESENTADO A WELD VISION COM NO MÁXIMO 12 MESES À PARTIR DA DATA DE VENDA AO CONSUMIDOR, DESDE QUE HAJA SIDO REALIZADO O CADASTRO DE GARANTIA ESTENDIDA, CONFORME REGULAMENTO, NO TERMO DE GARANTIA QUE ACOMPANHA O PRODUTO. DESSA FORMA A WELD VISION PROVIDENCIARÁ OS DEVIDOS REPAROS SEM NENHUM CUSTO ADICIONAL. (EXCETO EM CASOS DE MAU USO DO EQUIPAMENTO). A GARANTIA ESTENDIDA SÓ BENEFICIARÁ A MÁQUINA E NÃO OS ACESSÓRIOS WELD VISION, QUE POSSUEM 90 DIAS DE GARANTIA, PARA CASOS DE DEFEITO DE FABRICAÇÃO, CONFORME LEI (ART. 24 E 26 DO CÓDIGO DE DEFESA DO CONSUMIDOR).

Manual sujeito a alterações sem aviso prévio. Revisão:01 - Data de Aprovação: 15/02/2016.

11


assistência leva e traz grátis cadastre o número de série de seu equipamento no site www.weldvision.com.br/garantia ou através do telefone 0800 645 5002

weld vision equipamentos de solda e corte rod. br 101 - km 37 - s/n cep: 89237-005 vila nova - joinville/sc fone: (47) 3121 5000 assistenciatecnica@weldvision.com.br www.weldvision.com.br

Profile for Weld Vision

Manual WSME 315 220V e 380V Weld Vision  

Manual de instruções da máquina WSME 315 da Weld Vision. Contém dados importantes sobre segurança, operação, consumíveis, acessórios e garan...

Manual WSME 315 220V e 380V Weld Vision  

Manual de instruções da máquina WSME 315 da Weld Vision. Contém dados importantes sobre segurança, operação, consumíveis, acessórios e garan...