Page 1

AMEAÇA NUCLEAR A GUERRA FRIA


GUERRA FRIA Logo depois do fim da 2ª Guerra, o antagonismo entre a União Soviética e os EUA criaram o medo de uma terceira guerra mundial. Em 1945, apenas os EUA tinham a tecnologia da produção da bomba nuclear. Em 1949, a União Soviética desenvolve a sua bomba atômica e em 1954, EUA e URSS desenvolvem a bomba de hidrogênio, uma bomba atômica bem mais poderosa do que a bomba de Hiroshima. Ficava o método uma guerra nuclear que poderia levar as superpotências a uma destruição total. Ao medo dessa guerra nuclear entre os dois países e à disputa pela hegemonia mundial dá-se o nome de Guerra Fria.


DESCOLONIZAÇÃO DA ÁFRICA E DA ÁSIA A África e todo o Sul da Ásia – principalmente o continente indiano – são hoje as regiões mais pobres do mundo. Há os maiores índices de miséria do mundo nessas regiões e sérios problemas de fome. Como se os problemas sociais desses países não fossem enormes, os governos investem pesado em armas, como os países africanos em guerra civil e o Paquistão e a Índia que têm projetos avançados de produção de armas atômicas. Os conflitos pós-independência: Não há como generalizar como se deu a independência dos países na África e na Ásia, mas grande parte desses processos foi marcado em algum momento por uma forte violência.


A DESCOLONIZAÇÃO DA ÍNDIA No processo de luta pela independência, que se intensificou durante a Segunda Guerra Mundial, hindus e muçulmanos romperam politicamente e esses últimos organizaram a Liga Muçulmana, liderada por Mohamed Ali Jinnah, representando cerca de 24% da população A crise econômica do final do século XIX, que atingiu os países industrializados, produziu efeitos desastrosos na Índia, provocando fome, epidemias rebeliões camponesas, fato que estimulou ainda mais o sentimento nacionalista. Em 1885 fundou-se o Partido do Congresso Nacional Indiano, que teria grande importância no processo de independência da Índia.


A DIVISÃO DA REGIÃO As disputas com nas quais a Índia se envolveu, internas e externas, serviram de justificativa para o desenvolvimento tecnológico bélico e, em 1974, o país realizou seu primeiro teste nuclear. O Paquistão sentindo-se provocado, também desenvolveu tecnologia nuclear e realizou testes em 1988. Atualmente a Índia controla dois terços da região e acusa o Paquistão de treinar e armar os separatistas.


A GUERRA FRIA NA AMÉRICA LATINA Como em outras partes do planeta, a Guerra Fria latinoamericana teve várias etapas, indo das tentativas de reforma social da Aliança para o Progresso patrocinada por John Kennedy à violência extrema que se seguiu à Revolução Sandinista na Nicarágua. Nos anos 70, o declínio dos EUA no Vietnã e foi percebido pelos países da região como a oportunidade para um intenso ativismo diplomático, no Brasil de Geisel, no México de Echeverría, na Venezuela de Carlos Andrés Pérez e em vertentes mais à esquerda no Chile de Allende e no Peru de Velasco Alvarado.

A Guerra Fria foi um período de intenso sofrimento na América Latina e podemos apenas especular como os conflitos sociais da região teriam transcorrido em um ambiente internacional mais ameno.


Ameaça Nuclear  

Ameaça nuclear, guerra fria e descolonizaçao da africa e da asia

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you