Issuu on Google+

Reuniões aos domingos: 10h – Escola Bíblica Dominical 19h – Culto de adoração e louvor

Pastor Wilson Porte Junior

liberdadeboletim@uol.com.br – Boletim 02/03/2014

Bazar Beneficente

UDEFA

na

Divulgue, participe e compareça. Doações falar com a Vilma.

Agenda para Março

08/03 – Início da classe preparatória na Rua 4, no 2305 Interessados devem falar com o Pr. Wilson

quer ser batizado?

Rua Dorival Alves, 39 Vila Xavier – (16) 9963-2524

08/03

Bazar:

08 – Bazar Beneficente na Udefa

Jovens:

15 – Intercâmbio com IPB Central de Araraquara!

Diretoria:

19 – Reunião – Casa da Rua 4

Jovens:

21 – 2o Encontro Universitário

Min. de Casais: 22 – Encontro de Casais (Pr. Ezequiel - IPA) Evangelismo: 29 – Orfanato Assembléia:

30 – Assembléia Extraordinária


Pastoral

...buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Mateus 6:33

Confiar e Obedecer:

O Segredo para Vi Por Pr. R. C. Sproul Jr.

O princípio SSI — Seja Simples, Idiota — é, ele mesmo, um princípio bastante simples. Ele argumenta que quando nos encontramos enrolados em argumentos complexos e complicados, as chances são que nós deixemos o campo apropriado de jogo. Enquanto, por exemplo, o evangelho é uma glória que pode ser estudada e exposta por séculos e séculos, ainda assim nós confessamos que há algo de errado se não conseguimos nos regozijar na nossa salvação simplesmente confessando: “Senhor, tem misericórdia de mim, um pecador”. Jesus disse que o homem que orou dessa maneira foi para casa justificado (Lc 18.14). O mesmo é verdadeiro após nossas almas serem salvas. Nosso perdão, nossa jus-

tificação, nossa adoção, tudo flui de uma verdade gloriosa, porém, simples; que embora fôssemos ainda pecadores, Cristo morreu por nós (Rm 5.8). Nossa santificação, contudo, o nosso chamado para crescer em graça e sabedoria, de mortificar o velho homem e se tornar mais semelhantes a Jesus — isso também é simples. Não há um grande e profundo segredo: nós somos chamados a confiar e obedecer. Isso não apenas descreve a nossa santificação, mas como o antigo hino aponta, isso descreve a única maneira de ser feliz em Jesus. Isto é, a chave para ter uma boa vida é profundamente simples. Ora, muitos têm reclamado que o best-seller Your Best Life Now (Sua Vida Melhor Agora, em tradução livre), por Joel Osteen, é simples demais, que falta substância ou peso, que é o


iver Bem equivalente espiritual de uma colher de algodão doce. Eu não li o livro, mas suspeito que minha preocupação seria exatamente o oposto. Não me oponho a ter uma boa vida. Eu desejo uma boa vida para meus filhos, para meus amigos, até mesmo para qualquer um que leia este artigo. Então não me oponho a conselhos de como ter uma boa vida. Eu me oponho a maus conselhos. A chave para viver uma boa vida é incrivelmente simples. Segundo o nosso Criador, o que devemos fazer se queremos que as coisas vão bem para nós na terra que ele nos deu, é honrar nossos pais e mães. Esse é o primeiro mandamento com promessa (Ef 6.2-3). A promessa é para “que te vá bem na terra”. O mundo nos diz que a chave para uma boa vida é uma boa educação. Vá bem na

escolha e você entrará em uma universidade disputada. Vá bem na universidade e você entrará em uma pós-graduação disputada. Vá bem na pós e você conseguirá um bom emprego com um alto salário. Depois você será capaz de comprar uma casa em um bairro com boas escolas para que os seus filhos possam fazer exatamente o que você fez, e seus netos depois deles. Eu chamo isso de a “rodinha de hamster do inferno”. O plano de Deus é muito mais claro, muito mais simples. É por isso que é provável que não acreditemos nele. Nós ficamos ofendidos com a simplicidade. Em nosso orgulho, gostamos de acreditar que qualquer coisa que valha a pena deve ser terrivelmente difícil de conseguir e terrivelmente difícil de descobrir como conseguir. Nós preferimos seguir sozinhos e, como consequência, não sermos abençoados na terra, do que abraçar a simples verdade de que precisamos honrar aqueles a quem Deus colocou como autoridade sobre nós. Essa é mesmo a real dificuldade? Nossa objeção está na simplicidade da regra ou na própria regra? Isto é, nós contestamos a promessa de Deus de que tudo nos correrá bem na terra se nos submetemos àqueles que têm autoridade sobre nós, porque não queremos nos submeter àqueles que têm autoridade sobre nós? O diabo, antes da sua queda, vivia uma vida espetacular. Ele jogou tudo fora porque não queria ser governado. Adão e Eva viviam em um paraíso literal, a terra que Deus havia dado a eles. Tudo o que eles tinham que fazer para ficar lá para sempre era se submeter ao seu Pai. Eles jogaram tudo isso fora. E nós somos os seus filhos. Essa não é a própria essência do que Jesus ensinou no Sermão do Monte? O que signifi-


Escalas

Pastoral ca para nós buscar primeiro o reino de Deus e a sua justiça senão buscar obediência ao nosso Pai celestial com uma paixão determinada? Ele não nos diz para abandonarmos as nossas preocupações com relação a todas aquelas coisas que pensamos que nos darão uma boa vida e nos entregarmos para buscar a sua justiça? A simples pergunta é: nós confiamos no nosso Pai? Nós cremos que a sua lei é um fardo para nos submetermos ou um mapa para a alegria? É claro que há maridos egoístas. Há pais pecaminosos. Há presbíteros infiéis. Há líderes civis corruptos. Todos esses, contudo, existiram quando o nosso generoso, puro e fiel Pai sem pecado nos prometeu que tudo nos iria bem se nos submetêssemos àqueles que têm autoridade sobre nós. Ele não apenas sabe o que é melhor, mas controla todas as coisas. Ele, afinal, possui o mundo inteiro em suas mãos. Não há necessidade de ficar se revirando toda noite imaginando o que você deveria fazer de diferente para ter uma vida melhor. Busque primeiro o reino de Deus e a sua justiça. Submeta-se àqueles que têm autoridade sobre você. “Obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra”. Seja simples, seja sábio. Assim, te irá bem. Publicação autorizada pela Editora Fiel. Para leitura online acesse < http://bit.ly/1knhwav >

Segurança 02/03 – Paulo 09/03 – Saulo Recepção 02/03 – Saulo e Vanessa 09/03 – Ademir e Vania Sonoplastia 02/03 – Mateus (M); Wagner (N) 09/03 – Leandro (M); Geni (N) Logística 02/03 – Equipe 2 09/03 – Equipe 3

Pauta de Orações Pastores e suas famílias; Seminarista; Finanças; Projeto Amor; Casa da Criança; Missões; Comunidades. Pela saúde física, emocional e espiritual de: Ana, Augusta, Beatriz, Carolina, Cláudio Roma, Cristina, Daniele, Daysi, Débora, Deia, Donata, Douglas, Durvalino, Edson, Elisangela, Elizabeth, Fábia, Fabiana, Fábio, Fernanda, Francisca, Gilson, Jandira, Janete, João Paulo, José Cândido, Júlia, Julinha, Juliana, Luciana BH, Luciana, Lurdes, Manoela, Mara, Marcelo Sepulveda, Maria, Marli, Mateus, Nayara e família, Neide, Neta, Odete, Osvaldinho, Paula, Pr. Elionai, Raquel, Regina, Rubesney (pai da nossa irmã Thereza), Samuel, Sebastião, Silvia, Simone, Sinval, Tereza, Valdomiro, Vânia e Vera Lúcia. Outros motivos: Falar com Beto / Duda - adriajmendes@ig.com.br - 33371319.

Visitas ou Aconselhamentos:

Pr. Wilson (99963-2524); Sem.Diego (98102-6828) ou Duda (3337-1319)


Boletim 50