Page 1

Acção de Sensibilização Projecto monIT

Elaborado por: Diogo Teixeira

Orientado por: Rui Silva

Fábio Lopes Francisco Cardoso João Almeida

Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2011


Palestra monIT 2011

Índice

Introdução .................................................................................................................................... 3 Descrição da Sessão ................................................................................................................. 4 Entrevista Eng. Daniel Sebastião ............................................................................................ 6 Galeria de Fotos ......................................................................................................................... 8

Escola Profissional Mariana Seixas – Viseu

2


Palestra monIT 2011

Introdução

Nós somos a equipa waVis formada por 4 alunos da Escola Profissional Mariana Seixas do curso Técnico de Electrónica, Automação e Computadores orientados pelos professores da área de Electrónica. Este projecto está integrado na nossa Prova de Aptidão Profissional. Foi esta a nossa escolha por vários motivos, um deles foi uma enorme curiosidade transparecida por todos no que toca ao estudo das potencialidades das radiofrequências, interesse e grande entusiasmo nos projectos complementares ao projecto e claro, seriamos hipócritas se não dissesse-mos, regozijo na possibilidade de vencer o concurso “Projecto Prémio monIT”. Neste relatório, pretendemos informar a todos quando, como, onde e o que foi a sessão de sensibilização monIT que promovemos na nossa Escola.

Escola Profissional Mariana Seixas – Viseu

3


Palestra monIT 2011

Descrição da Sessão Com o objectivo de informar a comunidade escolar sobre as Radiofrequências nas Comunicações Móveis, nós equipa “waVis – Ondas em Viseu” resolvemos convidar os monitores do projecto monIT para uma palestra na nossa escola. Esta decorreu no passado dia 28 de Janeiro, no centro de Recursos da nossa Escola, para as turmas dos três anos de Electrónica e para o 3º ano de Energias Renováveis. Teve como intervenientes dois investigadores do Instituto Superior Técnico de Lisboa, o Eng.º Daniel Sebastião e a Engª. Diana Ladeira. Os investigadores falaram sobre o electromagnetismo, o que são campos electromagnéticos, qual a sua necessidade e as potências envolvidas na radiação destes nas diversas bandas e serviços de Comunicações. Explicaram os limites de emissão e exposição impostos pela legislação, e quais os grupos de risco na sociedade. Elucidaram a plateia em relação às antenas de estação base responsáveis pela comunicação móvel, exibindo as suas características, distribuição geográfica e a potência das mesmas. Mostraram a investigação que estão a fazer por todo o país, os valores que têm vindo a ser medidos bem como as acções de sensibilização que têm feito por todo o país. Houve ainda tempo para desmistificar alguns mitos que surgiram na comunidade provenientes

de

variadíssimas

formas,

nomeadamente

de

anúncios

publicitários enganosos, alertando os presentes para a necessidade de saberem filtrar a informação retirada da Internet. Claro está falou-se do projecto monIT, em que consiste, a quem se destina e os objectivos. Por último os investigadores recorreram aos equipamentos de medidas para demonstrarem o nível de radiações envolvidos no processo de uma comunicação móvel, convidando os alunos a efectuarem várias chamadas em simultâneo, colocando os seus telemóveis junto da sonda do equipamento de medida, tendo suscitado grande interesse e entusiasmo nos alunos.

Escola Profissional Mariana Seixas – Viseu

4


Palestra monIT 2011 Em suma foi uma sessão bastante enriquecedora para todos os presentes, em especial para a equipa “waVis – Ondas em Viseu” que desta feita ganhou mais entusiasmo para a continuar a trabalhar arduamente neste projecto.

Escola Profissional Mariana Seixas – Viseu

5


Palestra monIT 2011

Entrevista Eng. Daniel Sebastião O que é o projecto monIT?

É um projecto de comunicação de risco, tem como objectivo principal informar a população sobre esta temática da exposição à radiação em comunicações móveis.

Este projecto já tem alguns anos. A que conclusões é que já conseguiram chegar com a investigação que têm feito?

O principal objectivo do projecto é informar, e é o que temos feito ao longo do tempo, e pensamos que temos atingido os nossos objectivos. A nível de medidas que temos feito, já fizemos mais de 500 medidas por todo o país e até agora ainda não encontramos nenhum valor acima do limite, por isso temos uma margem de segurança relativamente grande.

Até que ponto os limites fixados por lei são valores seguros para as pessoas?

Os próprios limites já têm uma margem de segurança em relação ao limiar onde foram detectados efeitos na saúde, ou seja uma margem de segurança de 50 vezes, como a maior parte dos valores, mais de 95%, ainda está 100 vezes abaixo do limite, portanto temos uma margem de 500 vezes até ao limiar onde foram detectados efeitos, que é uma margem gigantesca.

Escola Profissional Mariana Seixas – Viseu

6


Palestra monIT 2011

Numa das participações no nosso fórum houve um utilizador que mostrou preocupação com a utilização dos microondas, nomeadamente com as possibilidades de estes emitirem radiações para o exterior, terá fundamento estas preocupações?

Os microondas quando são comprados novos vêm com uma blindagem muito forte, muito pouca radiação sai cá para fora, claro que é impossível fazer uma blindagem perfeita, porque temos sempre uma porta que abre e essa porta vai ter sempre fugas, claro que há medida que vamos usando o aparelho, abrindo fechando a porta, esse isolamento vai se perdendo aos poucos, mas em condições normais as perdas cá para fora não são assim tão grandes, desde que as pessoas não estejam encostadas ao vidro a ver a cozinhar os alimentos em princípio não haverá problemas.

Existem

alguns

mitos

acerca

das

radiações

dos

telemóveis,

nomeadamente as grávidas não devem utilizar o telemóvel, e se se fizer muitas chamadas em simultâneo para telemóveis relativamente próximos é possível fazer pipocas. Até que ponto estes mitos têm fundamento?

A potência que o telemóvel emite é relativamente baixa, os próprios fabricantes são obrigados a certificar os equipamentos antes de eles saírem para o mercado, ou seja são obrigados a garantir que os telemóveis quando estão nas condições normais de funcionamento os níveis de radiação a que estamos expostos estão abaixo dos limites, se eles estão certificados não haverá esse problema.

Escola Profissional Mariana Seixas – Viseu

7


Palestra monIT 2011

Galeria de Fotos

Figura 1

Figura 3

Figura 2

Figura 4

Escola Profissional Mariana Seixas – Viseu

8

Relatório Sessão monIT - EPMS  

Relatório Sessão monIT - EPMS

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you