Page 1


WAVE MAG Edição nº 49 Esta publicação é de responsabilidade do Grupo Wave Academia

Editorial

Jornalista Responsável: Luciana Zonta Textos: Buriti Jornalistas Associados

(Adão Pinheiro e Luciana Zonta) Supervisão: Fabiana Mazotine Produção: Betiatto Junior Luiz Gabriel Oliveira Silvano Aranha Diagramação e projeto gráfico: Silvano Aranha Contato: wave@academiawave.com.br

Wave Barra Sul

Rua 3.300, nº 330 - Barra Sul - B. Camboriú / SC Telefone: (47) 3361 8254

Wave Barra Norte

Rua Miguel Matte, nº 225, Av. Brasil - Pioneiros B. Camboriú / SC Telefone: (47) 3344 5199

E

spreguiçar-se, abaixar-se para amarrar o sapato, subir escada, limpar a casa. Movimentar o corpo é algo inerente ao ser humano, por mais preguiçoso que ele tente ser. Todos os dias, em casa, na cama, no escritório, com as crianças e até mesmo tomando banho fazemos atividades físicas e gastamos calorias. Ir para a academia é apenas uma extensão direcionada do que fazemos desde que viemos ao mundo: movimentar-se. Do nascimento à velhice, as necessidades são bem distintas e, quanto antes aprender a fazer do esporte um hábito diário, mais qualidade de vida, mais independência corporal, mais estimativa de felicidade. Nesta edição mostramos o quão importante é mexer o corpo nas diferentes fases da vida, mas em especial na terceira idade, quando o corpo e a mente precisam de estímulo extra para manter-se em plena saúde. Mostramos também que doenças como diabetes não são desculpas para deixar de correr na praia, nadar ou malhar com acompanhamento médico especializado. O esporte, aliás, só traz benefícios para quem precisa controlar o nível de açúcar no sangue e o estresse diário, segundo apontam médicos e professores de Educação Física ligados ao Grupo Wave. Ao longo de 13 anos de atividades, não cansamos de reforçar o que mais acreditamos: que a busca pela saúde deve ser contínua e disciplinada. De quebra, você ainda ganha um corpo mais bonito e malhado, além de alguns anos na expectativa de vida. Quer aprender como? Esta edição está cheia de dicas sobre treinos, gastronomia, prevenção e malhação.

Wave Camboriú

Rua Pernambuco nº 153, Areias - Camboriú / SC Telefone: (47) 3365 0624

Wave Itapema

Avenida Nereu Ramos, 4000 Meia Praia Itapema / SC Telefone: (47) 3368 9955

Boa Leitura!


abril

16

Nesta Edição

2013

28 30

Costas retas, pilates na veia

12

14

21

Nutrição

Como controlar a ansiedade? Conheça alguns alimentos que ajudam a controlar a ansiedade.

Foco e disciplina na empresa e na academia

Decidido e a ganhar mais qualidade de vida, Diego Schumacker Rosa deu início a um plano de reeducação alimentar e exercícios físicos com a meta de perder 23 quilos.

Estima-se que 12 milhões de pessoas tenham diabetes no Brasil, mas a metade sequer saber disso. A prática regular de atividade física ainda é a melhor forma de prevenir e controlar a doença.

Idoso sim, mas com todo o pique da juventude!

Qual a relação direta entre flexibilidade e alongamento?

Para comer sem culpa e ainda fortalecer o sistema imunológico

24 34

A nutricionista Janaina Claudino, da Cia. da Saúde, separou duas receitas especiais para a Wave Mag, que ajudam a fortalecer o sistema imunológico.

Wave projeta três novas academias até 2014

Sim, diabéticos podem e devem malhar!

48

Quebrando Mitos

Nossa capa Débora Spengler

45 52

Agachamento ou stiff?

Os movimentos são parecidos, mas geram resultados diferentes. Fique atenta às dicas dos profissionais da Wave e saiba mais sobre o seu treino.

Novidades para queimar calorias

Segunda edição da Expo Fitness & Sports, em Itajaí, promete modernidade e tecnologia para o universo fitness.


Avenida Brasil, 1310, Centro Balneário Camboriú - SC tel: (47) 3367-1607


colaboradores

ROGÉRIO MENDES Mestrado em atividade Motriz e Educação pela Universidade de Barcelona - ESPANHA. Pós-graduação Lato Sensu em Atividade de Academia e Treinamento Personalizado pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Mandaguari. Licenciatura Plena em Educação Física pela Universidade Estadual de Maringá.

EDINEI KNAPP Pós-graduação em Biomecânica - UGF Graduado pela Universidade de Santa Maria UFSM/RS; Professor exclusivo da Wave a 8 anos. Responsável pelo turno matutino da sala de musculação.

DANIELLE ROSAL Pós-graduação em Fisioterapia Cardiorrespiratória e em Fisioterapia e Terapia Intensiva pela Faculdade Inspirar e graduação em Fisioterapia pela FURB e formação no curso de Pilates Ivana Henn.

MARIA VALÉRIA FIGUEIREDO Mestrado em Fisiologia do Exercício pela Universidade Federal de São Paulo (2003). Especialização em Fisiologia do Exercício (UNIFESP) e Biomecânica (Gama Filho). Graduação em Educação Física pela Universidade de São Paulo (1992). Atua no segmento de Avaliação Física e prescrição de exercícios desde 1990. Gestora Técnica da Unidade Barra Norte.

10|wave mag|abril 2013


artigonutrição Por Carine Schneider

Como controlar a

ANSIEDADE?

A ansiedade, quando não exagerada, é normal. Mas, infelizmente, com a correria dos dias de hoje, a grande maioria da população acaba sofrendo desse mal. Algumas terapias complementares têm tentado auxiliar no controle dessa sensação, que, quando em excesso, provoca estresse profundo e faz mal ao organismo. Os alimentos vilões da ansiedade são os preferidos dos ansiosos: chocolate, café e açúcar. Muitas pessoas acreditam que o chocolate traz a sensação de bem-estar, mas o chocolate alivia momentaneamente a sensação de nervosismo. O efeito é comprável a uma droga, depois que passa a sensação de “relaxamento” a ansiedade volta com mais intensidade.

12|wave mag|abril 2013


5

Escolha os seguintes alimentos que ajudam no controle da ansiedade:

MAGNÉSIO: O magnésio está também envolvido na regulação dos níveis de serotonina. Participa da produção de energia, da contração muscular, da manutenção da função cardíaca normal e da transmissão dos impulsos nervosos. Fontes de Magnésio: tofu, soja, caju, salmão, espinafre, aveia e arroz integral.

1

TRIPTOFANO: Aumenta a produção de serotonina que é o neurotransmissor capaz de reduzir a sensação de dor, diminuir o apetite, relaxar e até melhorar o sono. Alimentos ricos em triptofano: leite e iogurte desnatado, queijo branco, nozes, banana, arroz, batata, feijão, lentilha, castanhas, abacate, soja e derivados.

6

2

PROTEÍNAS: Um aminoácido conhecido como tirosina está relacionado com a produção de dopamina e adrenalina, ambos, neurotransmissores que promovem o estado de alerta, o “pique” e a alegria. Fontes de tirosina: peixes, carnes magras, ovos, leguminosas, nozes e castanhas, leite desnatado, queijos magros e tofu.

3

FOLATO: O Folato ou ácido fólico é uma vitamina antidepressiva natural. Fontes de Folato: espinafre, feijão branco, laranja, aspargo, couve de Bruxelas, maçã e soja.

4

VITAMINA B6: Faz parte de uma enzima “chave” que participa da produção dos neurotransmissores norepinefrina e serotonina e conseqüentemente melhora o humor. Fontes de B6: frango, atum, banana, cereais integrais, levedo de cerveja, arroz integral, cará, alho e sementes de gergelim.

SELÊNIO: Pessoas com carência de selênio são mais depressivas, irritadas e ansiosas. Fontes de selênio: castanha do Pará, nozes, amêndoas, atum, semente de girassol, trigo integral e peixes.

7

ÔMEGA 3: Além de proteger o coração e as artérias, auxilia na redução do colesterol, mantém estáveis os níveis da pressão arterial, fortalece o sistema imunológico, pode ainda auxiliar nos tratamentos contra depressão. Fontes de ômega-3: salmão, atum, bacalhau, arenque, cavalinha, sardinha, truta, óleos de peixe e sementes de linhaça.

8

PIMENTA: As pesquisas científicas constataram que o uso da pimenta vermelha durante as refeições proporciona ação no sistema nervoso simpático com respectivo aumento da liberação de noradrenalina e adrenalina, ambos responsáveis pelo estado de alerta e melhora de ânimo em pessoas deprimidas.

9

CAMOMILA: Tem efeito relaxante, ameniza a ansiedade e a depressão.

Foto: Banco de imagens Mande sua dúvida sobre nutrição para caca.nutri@gmail.com

abril 2013|wave mag|13


alunoaplicado

FOCO E DISCIPLINA NA EMPRESA E NA ACADEMIA

Decidido e a ganhar mais qualidade de vida,

Diego Schumacker Rosa deu início um plano de reeducação alimentar e exercícios físicos com a meta de perder 23 quilos. 14|wave mag|abril 2013

Fotos: Leo Cristopholi


DIEGO SCHUMACKER ROSA

D

eterminação e disciplina costumam definir o sucesso tanto de um novo negócio quanto de um projeto pessoal. Estes dois elementos tem sido fundamentais também para a saúde e o bem estar de Diego Schumacker Rosa, 32 anos, empresário e diretor executivo da Explorer Fundações, do Grupo Embraed. Obstinado a reeducar a alimentação, perder peso e ganhar qualidade de vida em 2013, Diego conseguiu emagrecer nada menos que 11 quilos em 50 dias de treino na Wave Academia. O empresário malha há quase dois anos, mas estava parado desde novembro do ano passado. Apreciador da boa gastronomia, tinha descuidado também da alimentação e ganhado alguns quilinhos extras. Na primeira semana de janeiro – mês que representou também o início de uma nova fase na vida pessoal – matriculou-se na Wave Barra Sul e começou uma rotina disciplinada de exercícios. A meta é perder nada menos do que 23 quilos. O plano de bem estar inclui dieta e academia de segunda a sábado, sempre no horário do almoço. Diego chega na Wave ao meio-dia e permanece por cerca de uma hora, período que faz exercícios aeróbicos. “A ideia é enxugar um pouco para, no segundo momento, retomar a malhação e o fortalecimento muscular”, comenta o empresário, que gosta de treinar em períodos de pouco movimento. “Além disso, ao meio-dia estou mais bem disposto do que no final de um dia intenso de trabalho”, diz.

Sem radicalismo A dieta inclui cuidados básicos como o balanceamento correto entre carboidratos, proteínas, frutas e verduras, mas não apela para o radicalismo. Diego não ingere bebidas alcoólicas por pura opção, mas não deixa de comer o que gosta em alguns finais de semana, o que inclui hambúrguer, batata frita e pizza. O segredo, segundo ele, é se alimentar com moderação e consciência. “Até porque o corpo e a mente se acostumam a comer menos e com mais equilíbrio”, comenta. Nas viagens para fora do Brasil a trabalho ou lazer, Diego continua se permitindo aos prazeres da gastronomia local, mas agora sem exageros. Ao longo da semana, cortou 80% dos açúcares e carboidratos que ingeria antes da dieta. Atualmente come de cinco a seis vezes por dia, incluindo pequenos lanches entre as refeições principais com barras de cereal, castanhas ou suco natural de frutas. “Vir para a academia e ver os resultados na balança também anima a continuar e ainda ajuda aliviar o estresse diário”, finaliza.

fevereiro abril 2013|wave mag|15


fitness

Costas retas, pilates na veia Exercícios de pilates contribuem para o equilíbrio do corpo e o fortalecimento dos músculos. O resultado é a reeducação postural e mais qualidade de vida entrevistada: Danielle Rosal

C

omputador, estresse e vida sedentária formam um trio imbatível quando o assunto é dor nas costas. Trabalhar, dormir ou fazer tarefas domésticas na posição errada pode gerar problemas sérios de coluna. Além disso, o corpo humano não foi feito para ficar parado em uma mesma posição por muito tempo. Mesmo com a postura correta, a falta de movimentação faz com que os músculos entrem em fadiga e doam. O problema tem efeitos ainda piores em situações de posturas incorretas. As dores musculares mais comuns são provocadas por fatores mecânicos, como o esforço excessivo e o erro postural. Essas dores costumam durar até 8 semanas e ter começo, meio e fim. Se a dor continuar por mais de 8 semanas, é preciso procurar um médico para investigar se há algum outro problema.

16|wave mag|abril 2013

Geralmente, a prevenção é simples: corrigir a postura, fortalecer os músculos e se movimentar alternando a posição, como recomendam as fisioterapeutas Hellen Ferrarezzi e Danielle Rosal, do Studio Pilates da Wave Barra Sul. A própria prática do pilates é um forte aliado no fortalecimento dos músculos e, por consequência, na reeducação postural. “É fundamental ter equilíbrio, com toda a musculatura corporal alongada e fortalecida”, explica Daniele. A consciência corporal, segundo Hellen, vem com a prática regular dos exercícios a partir dos quatro princípios do pilates: respiração, concentração, fluidez e controle. O domínio destes elementos gera, entre outros benefícios, uma reeducação postural com naturalidade. Alguns exercícios executados no estúdio de pilates, conforme destacado nas próximas páginas, colaboram para amenizar e, em alguns casos, até curar dores nas costas. Confira!


Alinhamento da escápula (ombros): O movimento exige o deslizamento da escápula em forma de V em direção ao quadril e faz com que a musculatura desta região ganhe força e mantenha os ombros alinhados.

Fotos: Leo Cristopholi

Exercício peitoral: Com a palma da mão para voltada para frente, o movimento permite o fortalecimento da região dos ombros no movimento anterior e o alongamento no retorno. Exercício para alinhamento e estabilização do quadril: Movimento com os pés no pedal que exige estabilidade total da coluna, fazendo apenas a flexão e extensão dos joelhos. abril 2013|wave mag|17


fitness

Exercício de extensão lombar: Com as mãos no pedal, mantendo o alinhamento dos ombros, faz-se o movimento de elevação do tronco. O exercício permite o fortalecimento da região lombar em conjunto com o alinhamento dos ombros.

Movimento na prancha: Com as duas mãos apoiadas no chão e os joelhos no aparelho, faz-se o movimento de flexão e extensão do quadril e joelhos, ficando em posição de prancha. O exercício exige força no abdômen, que é o centro de gravidade do corpo, além de gerar estabilização de quadril e ombros. Alongamento posterior: Com as duas mãos apoiadas no aparelho e os pés no chão, o movimento empurra o aparelho à frente, fazendo o alongamento da coluna e das pernas. Permite o equilíbrio muscular e postural e ajuda a manter o alongamento da cadeia posterior. 18|wave mag|abril 2013


corpo&mente

Fotos: Banco de imagens

Sim, diabéticos podem e devem malhar! Estima-se que 12 milhões de pessoas tenham diabetes no Brasil, mas a metade sequer saber disso. A prática regular de atividade física ainda é a melhor forma de prevenir e controlar a doença

O

s benefícios da prática de atividade física são indiscutíveis. O hábito de fazer exercícios é defendido por cientistas e recomendado por médicos como um dos melhores caminhos para uma vida saudável. Quem sofre de doenças crônicas, porém, costuma ter dúvidas sobre se pode ou não se exercitar. Diabéticos, por exemplo, nem sempre sabem que mexer o corpo pode ser parte fundamental do tratamento da patologia, desde que os exercícios sejam personalizados e voltados para as necessidades e limitações de cada um.

>>

abril 2013|wave mag|21


corpo&mente

No Brasil, a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) estima que 12 milhões de pessoas tenham a doença, sendo que metade sequer sabe disso. A médica da família Viviane Faria Silva explica que a atividade física ajuda na melhora do equilíbrio da glicose, fazendo com que ela entre na célula e, consequentemente, proporcione a diminuição do elemento no sangue. Também facilita a perda ou a manutenção de peso adequado, evitando a obesidade como fator de risco para a diabetes. A doença é uma síndrome metabólica de origem múltipla, decorrente da falta de insulina ou da incapacidade dela exercer adequadamente seus efeitos. A insulina é produzida pelo pâncreas e responsável pela manutenção do metabolismo da glicose. A falta desse hormônio provoca déficit na metabolização da glicose e, consequentemente, o diabetes. Caracteriza-se por altas taxas de açúcar no sangue (hiperglicemia) de forma permanente. O aumento da incidência mundial de diabetes está relacionado à obesidade e ao sedentarismo, relacionados diretamente

ACOMPANHAMENTO Alunos diabéticos da Wave Academia, por exemplo, passam obrigatoriamente pelo Departamento de Avaliação Física, onde são submetidos a uma análise profissional das suas condições físicas. Os profissionais da Wave verificam se a doença apresenta associação a outros fatores de risco, como

22|wave mag|abril 2013

à crescente urbanização. O tratamento geralmente inclui terapia hormonal e exercícios físicos, que previnem e retardam o desenvolvimento do diabetes e suas complicações. A mestre em Fisiologia do Exercício e gestora técnica da Wave Barra Norte, Maria Valéria Guglielmetto Figueiredo, reforça que a prática de exercícios físicos é essencial para prevenção e tratamento do diabetes, pois atua diretamente nos fatores de risco como o sedentarismo, a obesidade, a hipertensao arterial e dislipedemias. “Fazer alguma atividade com regularidade é um dos melhores tratamentos, pois aumenta o controle glicêmico, o perfil lipídico e diminui a resistência à insulina, além de reduzir a ocorrência de disfunções ventriculares e o risco de mortalidade”, enfatiza Maria Valéria. A gestora técnica acrescenta que a atividade física deve fazer parte da rotina do diabético. A exceção são as pessoas com problemas cardíacos, pois o diabetes mal controlado pode levar ao mau funcionamento do coração. “Por esse motivo que se recomenda uma avaliação médica antes do início da atividade física”, acrescenta Valéria.

obesidade ou hipertensão, e verifica o condicionamento físico do aluno. “Os indivíduos descompessados, ou seja, aqueles que não controlam sua glicemia ou sabem que há muito tempo ela está elevada, devem buscar auxílio médico e novos exames para ajustar as dosagens ou modificar o tratamento. Os alunos diabéticos sempre são encaminhados ao cardiologista

da Wave, para que possa solicitar exames complementares”, enfatiza Valéria. Conforme Viviane Faria Silva, reforça que, apesar do exercício físico ser benéfico para os portadores de diabetes, é fundamental uma avaliação médica antes de começar as atividades, pois, onde existe uma complicação cardíaca, é fundamental o diagnóstico precoce.


TIPOS DE DIABETES

2

DIABETES TIPO 1: causado pela destruição das células produtoras de insulina, em decorrência de defeito do sistema imunológico em que os anticorpos atacam as células que produzem a esse hormônio. O diabetes tipo 1 ocorre em cerca de 5% a 10% dos pacientes com diabetes.

1

Corrente sanguínea

O estômago trasforma a comida em glicose

4 3

A glicose entra na corrente sanguínea

Estômago

A insulina entra na corrente sanguínea

Insulina

O pâncreas produz pouca ou nenhuma insulina

Pâncreas DIABETES TIPO 2: resulta da resistência à insulina e de deficiência na secreção de insulina. O diabetes tipo 2 ocorre em cerca de 90% dos pacientes com diabetes.

PRINCIPAIS SINTOMAS DO DIABETES TIPO 1:

DIABETES GESTACIONAL: é a diminuição da tolerância à glicose, diagnosticada pela primeira vez na gestação, podendo ou não persistir após o parto. Sua causa exata ainda não é conhecida.

Sede constante

OUTROS TIPOS DE DIABETES: são decorrentes de defeitos genéticos associados a outras doenças ou ao uso de medicamentos. Podem ser defeitos genéticos da função da célula beta, defeitos genéticos na ação da insulina, doenças do pâncreas exócrino (pancreatite, neoplasia, hemocromatose, fibrose cística), e defeitos induzidos por drogas ou produtos químicos (diuréticos, corticoides, betabloqueadores, contraceptivos).

Vontade de urinar diversas vezes Fome frequente Perda de peso Fraqueza Fadiga

5

A glicose se acumula na corrente sanguínea

CUIDADOS PARA UMA VIDA SAUDÁVEL - Diabéticos necessitam de cuidados com o seu estilo de vida, o que inclui a prática de 30 minutos diários de exercícios físicos, com preferência para os aeróbicos

Náusea e vômito.

- Consumir alimentos com baixo teor glicêmico e calórico e, de preferência, sob orientação de um profissional qualificado

PRINCIPAIS SINTOMAS DO DIABETES TIPO 2:

- Manter uma dieta rica em grãos integrais, nozes e leguminosas, verduras, alimentos ricos em fibras e pobres em açúcares simples e amido refinado

Nervosismo Mudanças de humor

Infecções frequentes Alteração visual (visão embaçada) Dificuldade na cicatrização de feridas Formigamento nos pés e furúnculos.

- Administrar o estresse cotidiano - Realizar avaliação médica regularmente

abril 2013|wave mag|23


waveacademia

Foto: Leo Cristopholi

24|wave mag|abril 2013


TR GR ÊS UP NO O W VA AV S EP AC R AD OJ E EM TA IA S

abril 2013|wave mag|25


waveacademia

26|wave mag|abril 2013


waveacademia

Foto: Rivo Biehl

Marcos Gracher é um empresário movido por desafios. Formado em Direito, decidiu investir na carreira de administrador de empresas para dar vida ao Grupo Wave, que em pouco tempo tornou-se a maior rede de academias do Sul do Brasil. A formação acadêmica serviu para abrir novos horizontes, mas foi acompanhando o trabalho do pai e com muita leitura que Marcos conseguiu fazer da Wave uma referência no segmento. Com 13 anos no mercado, a marca Wave ganhou status de franquia. Hoje são quatro academias: duas em Balneário Camboriú, uma em Itapema e outra em Camboriú. Nesta entrevista, ele faz uma avaliação da história da Wave e fala dos planos para os próximos anos.

A Wave Academia chega ao 13° ano como um modelo a ser seguido. Quais são os planos e desafios que a marca Wave tem pela frente? Marcos Gracher: O plano

para a Wave Academia é continuar crescendo e crescendo, o que inclui a abertura de uma unidade em Itajai, com 2.500 metros quadrados; uma no Centro de Balneário Camboriú, com 1.500 metros quadrados, e outra em Camboriú, com 3.000 metros quadrados. Todos os projetos estão em andamento e possuem características diferentes. As novas unidades devem inaugurar entre o final deste ano e 2014.

Hoje a Wave é uma marca reconhecida no mundo fitness. Como manter esse conceito junto ao público frente à concorrência?

M.G.: A marca Wave é sinônimo de qualidade porque estamos sempre

renovando equipamentos, fazendo manutenção na estrutura e treinando a equipe, coisa que a concorrência não faz. Temos uma escola de pósgraduação e cursos de capacitação, o CCA – Centro de Ciências Avançadas, que está sempre atualizando a equipe. Dos 20 melhores professores palestrantes do país na área fitness, 16 já estiveram na Wave dando treinamento, entre eles um membro do Comitê Olímpico Internacional e o chefe do Laboratório de Biomecânica da USP.

Qual o principal diferencial da Wave em relação às outras academias? M.G.:

O investimento constantemente na estrutura e no treinamento dos funcionários. Isto garante a qualidade no atendimento e o nível técnico dos professores. Estamos sempre inovando e trazendo as tendências e os melhores equipamentos do mercado internacional para a Wave.

Qual o desafio diário da Wave Academia? M.G.: Superar as expectativas de todos os clientes, todos os dias que eles vierem treinar.

Como você avalia o sucesso desses 13 anos de Wave Academia? M.G.: Superei minhas

próprias expectativas porque começamos com uma academia de 350 metros quadrados e aparelhos bem simples. Hoje somos a maior rede do estado, temos a maior academia do Sul do Brasil, a unidade Barra Sul, e que está entre as 10 maiores do País. Sem dúvidas é o melhor custo-benefício entre as maiores academias, já que todas as outras cobram mensalidades acima de R$ 400, podendo chegar a R$1 mil. Oferecemos os mesmos equipamentos que as melhores academia dos Estados Unidos e Europa, que são da marca LifeFitness Americana, a maior empresa do mundo no segmento. Saltamos de sete funcionários diretos para 200 diretos e mais de 100 indiretos. Nunca imaginei que a Wave Academia pudesse chegar tão longe quando iniciamos. Mesmo assim, pretendo muito mais nos próximos anos. abril 2013|wave mag|27


+

quebrandomitos alongamento estático

Fotos: Banco de imagens

A LONG A Qual a relação direta entre flexibilidade e alongamento? Flexibilidade é o que define a capacidade física de amplitude de uma articulação. É a condição motora determinada pela genética e pelo meio ambiente. É expressa pela maior medida possível de movimento de um grupo musculoarticular, sem provocar lesões. Alongamento é o conjunto de exercícios que utilizamos para o desenvolvimento ou manutenção da flexibilidade. O sedentário tende a ter menor grau de flexibilidade do que o indivíduo ativo. Dentre as técnicas empregadas para aumentar a flexibilidade destaca-se o alongamento estático ou passivo, que apresenta o menor perigo de lesionar tecidos. Consiste em permanecer em uma determinada postura e

28|wave mag|abril 2013

receber uma força externa para que os movimentos sejam efetuados. Ainda existem os métodos menos usados, porém eficientes, como o método Balístico, Ativo e de Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva.

Alongar previne lesão? Na sala de musculação devemos aprender a separar alongamento de aquecimento. O alongamento prévio, antes do treino de musculação, não serve para muita coisa, sua prática era sustentada pois acreditava-se que prevenia distensões ou contraturas musculares. Na literatura especializada, não está documentado que evita lesão. O que nos protege e aumenta o rendimento é o aquecimento articular. Ele pode ser feito por meio de 20 repetições utilizando 50% da carga usada para treino. Dessa forma a cartilagem


+

quebrandomitos alongamento passivo

A MEN TO é estimulada e acontece o que chamamos em biomecânica de Efeito Creep e Relaxamento de Stress. Os componentes da articulação se ajustam para receber a carga, preservando a cartilagem, que possui algo em torno de 6 milímetros de espessura e precisa durar uma vida pois ela não tem reparo. Portanto aquecimento articular é uma ótima escolha. Alongar antes do treino de musculação é dispensável.

Alongar após a musculação diminui a dor muscular do dia seguinte? Para entender essa questão, precisamos entender de onde vem a dor muscular do dia seguinte. No treino de musculação esperamos que ocorram as famosas microlesões teciduais nas fibras musculares. As células

musculares mais “fraquinhas” se rompem com o estimulo mecânico do exercício e ao final do treino começa o que chamamos de fase de anabolismo ou reparo tecidual. Neste momento, alongar não consegue evitar a dor, pois a microlesão já está instalada e o alongamento não tem poder de reparo tecidual. Se você treina e faz os alongamentos na mesma sessão, preste atenção em uma regrinha: se o treino de musculação for intenso, o alongamento deve ser fraco, se o alongamento for intenso a musculação deve ser fraca. Essa regrinha evita problemas como a distensão muscular por incapacidade do reflexo miotático, que é protetor musculoarticular.

entrevistado: Edinei Knapp

abril 2013|wave mag|29


gastronomiasaúdavel

fotos: Gonzalo Fajardo

PARA COMER SEM CULPA e ainda fortalecer o sistema imunológico

O

outono é uma estação marcada pelas chuvas no fim de março e a temperatura cada vez mais baixa até a chegada do inverno, quando nos preocupamos com doenças como gripe, asma e outras complicações comuns das temperaturas baixas. É possível, no entanto, adotar hábitos alimentares que podem ser intensificados nessa estação para garantir proteção contra problemas ligados ao sistema respiratório até o fim do inverno. A nutricionista Janaina Claudino, da Cia. da Saúde, separou duas receitas especiais para a Wave Mag, que ajudam a fortalecer o sistema imunológico. O Cia de Saúde é uma rede de lojas de produtos naturais, com duas unidades em Balneário Camboriú. As unidades oferecem grande variedade de produtos a granel como cereais, sementes, oleaginosas, temperos, farináceos e biscoitos integrais, além de alimentos funcionais, chás, fitoterápicos, alimentos sem glúten e sem lactose, e suplementos nutricionais e esportivos.

30|wave mag|abril 2013

Na unidade da Wave Barra Norte, são servidas opções de lanches integrais, sucos naturais e açaí na tigela, além dos produtos mais vendidos nas lojas como os lanchinhos saudáveis com oleaginosas e frutas secas e as barrinhas nutritivas. Os cuidados com a alimentação em qualquer época do ano trazem inúmeros benefícios para a saúde, conforme ensina a nutricionista Mariá Barboza, pós-graduanda em Nutrição Esportiva que atende na Wave Barra Norte. Rico em nutrientes que atuam diretamente no sistema imunológico, o Shake Protéico e Imunomodulador é indicado para deixar as pessoas mais fortes e resistentes. O níbis de cacau contém uma infinidade de antioxidantes que protegem as células contra as agressões, nos mantendo mais revigorados e dispostos. Pegue o seu caderninho de receitas e anote as opções.


gastronomiasaúdavel

Bolo Integral Cia Da Saúde INGREDIENTES

- Mistura para bolo (encontrada nas lojas Cia da Saúde Balneário Camboriú) que contém farinha de aveia, gérmen de trigo, açúcar mascavo, pepita de girassol, uva passa e castanha do pará - 3 ovos - ½ xícara de óleo de soja (Dica: pode ser substituído por óleo de coco) - 1 colher de sopa de fermento em pó - 4 bananas pequenas - 50g de granola - Canela em pó à gosto

MODO DE PREPARO

Bata no liquidificador os ovos, o óleo e duas bananas picadas. Despeje a mistura para bolo em uma vasilha e acrescente aos poucos o conteúdo que foi batido no liquidificador, adicione as outras duas bananas picadas e a canela, por fim incorpore o fermento. Transfira para uma forma redonda de furo no meio previamente untada e polvilhe a granola, coloque então no forno pré-aquecido a uma temperatura de 180 graus por aproximadamente 40 minutos.

BENEFÍCIOS PARA O CORPO

Rico em fibras e poderoso auxiliar no controle de colesterol, glicemia e pressão arterial, este bolo integral e cheio de nutrientes é ideal para saborear no café da manhã, finais de semana, e até mesmo

32|wave mag|abril 2013

como pré-treino, respeitando o tempo de digestão de aproximadamente uma hora. A aveia contém beta glucana, que é ideal para o bom funcionamento do intestino e para a imunidade. Ela também atua como auxiliar no controle e peso por diminuir a absorção de glicose, ideal para dietas de emagrecimento e definição muscular. O gérmen de trigo é rico em vitamina E, uma poderosa amiga do peito e das células machucadas, sendo também indicado em casos de enfermidades. Para completar esse time, tem a uva passa, com poder de deixar o sangue mais limpo, pois controla a acidez. A banana é nutritiva energética e estimulante de serotonina, o “hormônio do prazer”, aliado às castanhas ricas em antioxidante e gorduras benéficas para saúde do coração e resistência esportiva. A receita tem também semente de girassol que apresenta excelente quantidade de potássio e cálcio, os quais atuam na boa contração muscular durante o treino e nos batimentos cardíacos. A canela dá o toque especial para controlar a ação da insulina, termogênica e uma graça afrodisíaca.

Shake Protéico e Imunomodulador INGREDIENTES

- 200ml de leite de baixa lactose - 5 morangos - 1 colher de sopa de Whey Protein Isolado - 1 colher de café de pólen granulado

- 1 colher de café de nibis de cacau - 1 colher de sopa rasa de mel

MODO DE PREPARO

Bata todos os ingredientes no liquidificador, acrescente gelo e sirva.

BENEFÍCIOS PARA O CORPO

Rico em nutrientes que atuam diretamente no sistema imunológico, o shake é ideal para quem malha intensamente e para os professores de ginástica, que muitas vezes apresentam uma queda na imunidade. O níbis de cacau contém uma infinidade de antioxidantes que protegem as células contra as agressões, deixando quem consome mais revigorado e disposto. O pólen é um alimento natural que apresenta 21 dos 25 aminoácidos, importante para a recuperação muscular e a estrutura das células. É também revigorante e protetor hepático. Nesta receita, entra em ação o suplemento protéico Whey Protein, sendo este um produto de boa biodisponibilidade (bom aproveitamento pelo organismo) e agindo como recuperador muscular e fortalecedor do sistema imunológico. É importante ressaltar que o uso de suplementos é muito individual, dependente do objetivo, tipo e intensidade e treino. A albumina pode ser substituta, porém possui uma digestão mais lenta. Para completar essa delícia, o mel é um excelente amigo do intestino, pois é rico em insulina, que aumenta a produção de bactérias benéficas intestinais e que acendem a luz do sistema imunológico.


nossacapa

Débora Spengler Malhar aumenta minha disposição e relaxa minha mente

Modelo: Débora Spengler Look e Acessórios: Fabi Rosin Acessórios, Korrer, Morena Rosa, Rosa Rosi Roupas Fitness Fotógrafo: Leo Cristopholi Produção: Fabiana Mazotine , Betiatto Junior, Luiz Gabriel Oliveira e Silvano Aranha Beleza: Paulo Marinho Pós-Produção: Leo Cristopholi, Silvano Aranha e Thiago Costa Direção de Arte: Silvano Aranha

34|wave mag|abril 2013


A paixão pela área de logística internacional e o “vício” por atividade física divide o mesmo espaço no coração da assistente em importação Débora Spengler, 25 anos. A bela loira de olhos verdes é formada em Comércio Exterior e adora o que faz. “Sempre estudei idiomas e me interesso pela diversidade de culturas entre os países”, comenta. Aluna da Wave há quase um ano e meio, Débora malha com personal trainer e se diz “viciada” pelos treinos desde que veio morar em Balneário Camboriú. Conheça um pouco mais da nossa Garota da Capa.

Rosa Rosi Roupas Fitness Korrer Tênis Nike 001.4175F

abril 2013|wave mag|35


nossacapa Como é a tua rotina de trabalho e como foi a escolha pela área de comércio internacional?

Você malha quantas vezes por semana e quantas horas por dia?

Quais os projetos para a carreira profissional?

Por que fazer atividade física é importante para você?

Desde quando você pratica atividade física e o que mais gosta de fazer na academia?

Além de cuidar do corpo, como cuida da mente?

Trabalho de segunda a sexta em uma multinacional alemã de logística internacional, onde coordeno embarques de importação marítima e aérea. Adoro o que faço e, além de tudo, tenho a sorte de trabalhar com excelentes profissionais que deixam o ambiente de trabalho ainda mais agradável. Escolhi a área de Comércio Exterior porque sempre estudei outros idiomas e me interessei pela diversidade de culturas entre os países.

Pretendo começar a fazer a especialização de MBA em Importação este ano para aprimorar meus conhecimentos na área de comércio exterior e evoluir como profissional.

Há um ano e meio comecei a praticar atividade física e não parei mais. Sou aluna da Wave há um ano e três meses, desde quando me mudei para Balneário Camboriú por causa do meu trabalho. Antes disso, sempre começava a malhar e não aguentava mais de um mês, acabava desistindo no meio do caminho. Depois que comecei na Wave, nunca mais parei. Fiquei “viciada”. Somente falto nos treinos por compromissos importantes. Pratico apenas musculação. Se tivesse mais tempo, gostaria de fazer também as aulas aeróbicas.

36|wave mag|abril 2013

Treino duas vezes por semana com a minha personal, a querida Nani Niehues, que já se tornou uma amiga. Para complementar, malho uma vez por semana sozinha, seguindo outro treino passado pela minha personal também. Apesar de serem poucas vezes por semana, os treinos são bem intensos, e aliados a uma alimentação controlada, trazem os resultados esperados. Malho sempre em torno de uma hora e meia.

Porque faz bem para meu corpo e para a minha mente. Além dos benefícios que traz para a saúde e para a forma física, malhar aumenta minha disposição e relaxa minha cabeça.

Adoro ler livros de auto-ajuda, mais especificamente sobre como lidar com a mente. Sempre tive interesse por esse assunto. Acredito que nossos pensamentos podem influenciar muito nosso cotidiano.


O que faz nas horas de folga quando não está malhando? Gosto de ficar com a minha família e meus amigos, os quais só posso ver durante o final de semana devido à minha rotina corrida.

Como foi a experiência de ser a Garota da Capa?

Adorei o convite. Sou fã da Wave, a melhor academia que já frequentei! Por isso essa experiência foi muito legal e satisfatória.

Rosa Rosi Roupas Fitness Korrer Mochila Adidas W68167 Squeeze Adidas Tênis Progrid Kinvara 3 - 200967

abril 2013|wave mag|37


nossacapa

Rosa Rosi Roupas Fitness Korrer TĂŞnis Progrid Kinvara 3 - 200967 Viseira Trinys 0244

38|wave mag|abril 2013


BATE BOLA Nome completo: Débora Helena Spengler Data de nascimento: 03/10/1987 Signo: Libra Profissão: Assistente de Importação e atendimento ao cliente.

Hobby: Viajar e ler um bom livro. Dica de beleza: Não levar os problemas tão a sério, pois eles vêm e vão. O importante é estar de bem consigo mesma. A beleza vem de dentro também. Par ideal: Companheiro e leal. Amigo(a) ideal: Aquele em que se pode confiar e contar em todas as horas. Viagem: Tailândia. Sonho: Não tenho um sonho específico, mas sim metas.

Tudo é possível desde que você acredite e haja de acordo com seus desejos.

Se vivesse só mais um dia: Passaria ao lado das pessoas que mais amo, minha família.

Rosa Rosi Roupas Fitness Korrer Mochila Adidas W68167 Viseira Trinys 0244

abril 2013|wave mag|39


esporte &

saúde

Forcinha na dieta

O livro conquistou uma legião de fãs por todo o mundo, dentre eles a princesa Kate, da Inglaterra. Em “Eu Não Consigo Emagrecer”, o Dr. Pierre Dukan apresenta uma nova metodologia de dieta. Excluindo as características mais rigorosas presentes em quase todos os métodos de emagrecimento que, muitas vezes, são o motivo para as pessoas pararem de segui-los, a dieta Dukan mostra quatro passos simples para a perda de peso sem que seja preciso passar fome ou desconforto. Editora Best Seller LV, com 308 páginas.

Melão para hidratar

Cozinha de afetos

“A Cor do Sabor” não é um livro sobre culinária japonesa, embora ela seja base e referência para o trabalho do chef Shin Koike. É um livro sobre conceitos que norteiam a cozinha autoral deste samurai que maneja facas. O autor Jo Takahashi, apoiado pelas imagens do fotógrafo Tatewaki Nio, busca mostrar que a gastronomia praticada pelo chef não é de efeitos, mas de afetos e marcada pela forte presença de ingredientes tipicamente brasileiros, os quais são assim adotados da mesma forma como ele mesmo foi adotado no país. Há também bate-papos em que se pode entrever um pouco da personalidade do chef, além de uma autêntica eatrip, uma expedição gastronômica pela Ilha Grande, no litoral de São Paulo. Editora Melhoramentos, com 272 páginas.

40|wave mag|abril 2013

Os dermatologistas são unânimes em afirmar que a hidratação começa de dentro para fora. Mas você não precisa ficar só na água, nos chás ou sucos. Ricos em líquidos, alguns legumes e frutas também são importantes nesse processo, a exemplo do melão. Composto de 80% de água, ele hidrata mesmo quando consumido aos pedaços. Se você preferir transformá-lo em suco vá em frente, mas evite coar. Do contrário, você elimina boa parte das fibras que também estão presentes na polpa e são muito bem-vindas. Elas garantem o poder da fruta em eliminar toxinas e a desinchar, o que ajuda muito na conquista de uma barriga mais lisinha. E, por ter poucas calorias – apenas 30 em uma fatia média de 100 gramas -, o melão não engorda e até facilita a perda de peso.


esporte&saúde

A escolha do tênis

Quando o assunto é tênis, os especialistas são unânimes em afirmar que o calçado adequado pode potencializar ou arruinar um treino esportivo, seja ele amador ou profissional. Para encontrar o tênis mais apropriado para suas atividades, nível de condicionamento físico e orçamento, o ideal é procurar a orientação de um professor de educação física ou personal trainer. Antes de comprar qualquer coisa manipule os calçados. Agarre-os na área dos calcanhares e dos pés e dobre-os para frente e para trás, ele deve dobrar perto do arco do pé porque esse é um ponto de articulação natural. Em seguida, deve ser torcido para os lados. Quanto menos ele torcer, mais suporte lateral aos pés ele vai proporcionar. Para testar a capacidade de absorção de impacto do tênis, coloque um dos polegares na palminha do tênis, na área do calcanhar, posicione o outro polegar do lado de fora e aperte para ver como solado responde. Embora o calcanhar e os dedos sejam áreas muito suscetíveis a bolhas, nenhum tênis deve apertar, beliscar ou gerar atrito com a pele em área alguma do pé. E por fim, calce os dois pés e caminhe por alguns instantes, para ter certeza de que o tênis está confortável.

Hidratação capilar

O mercado brasileiro tem ganhado cada vez mais atenção do segmento de cosméticos e as marcas estrangeiras não têm deixado a desejar neste quesito. Dessa vez, a francesa La Roche-Posay desenvolveu a Kerium Máscara, uma máscara reparadora intensiva, a primeira da marca de tratamento com dupla ação. Além de nutrir e reparar a fibra capilar, graças a associação entre a Ceramida Recherche™, molécula patenteada pela L’Oréal, a Manteiga de Karité, o produto também promete manter o equilíbrio natural do couro cabeludo, sem deixá-lo oleoso, com o complexo suavizante que combina Glicirrizinato de potássio (fitoativo conhecido por sua ação anti-inflamatória), Aloe Vera e Água Termal La Roche-Posay. Indicado para homens e mulheres, pode ajudar no tratamento contra caspa ou queda capilar, que podem ressecar os fios e irritar o couro cabeludo.

42|wave mag|abril 2013

Praia: extensão da academia

Para quem mora no litoral, a areia é uma espécie de extensão da academia nos finais de semana. Para quebrar a rotina com prazer, vale apostar em atividades físicas divertidas ao lado da família, de amigos e até mesmo sozinho. Os exercícios sobre a areia exigem 30% mais esforço do que se feitas em piso liso, permitindo que você emagreça (mais!) enquanto a diversão rola solta. De quebra, você ainda ganha um bronzeado. Confira seis maneiras de você conservar os músculos e perder calorias na beira do mar. Frescobol A repetição dos movimentos é um ótimo exercício para o coração. Com uma raquete e bolinha na mão você ainda melhora a coordenação motora. Peteca Só de cavar os buraquinhos no chão você já trabalha braços e ombro. Depois, ao lançar a peteca contra os adversários, você mexe o corpo todo, ganha fôlego e melhora os reflexos Frisbee A brincadeira inventada por estudantes americanos com o arremesso de bandejas normalmente acontece com14 jogadores em campo. O jogo ganhou sua adaptação para as praias e assim dá para arriscar lances livres até em dupla. Pular corda A brincadeira de criança é ideal para ganhar força nas pernas, além de trabalhar braços, glúteo e abdômen. A ativação do sistema cardiorrespiratório e a circulação também saem ganhando Vôlei de praia O esporte exige deslocamentos rápidos e dinamismo, faz você ganhar mais fôlego e ainda trabalha braços, coxas e abdômen. Não maneire nas cortadas nem nos saltos para bloquear. Slackline As manobras sobre a fita ajudam a treinar a estabilidade, enquanto abdômen, glúteos, ombros, pernas e lombar são fortalecidas. O equilíbrio aqui é fundamental e quem é fera no assunto consegue saltar ou fazer posições de ioga sobre a fita.


dicadetreino

AGACHAMENTO

OU STIFF ?

Os movimentos são parecidos, mas geram resultados diferentes. Fique atenta às dicas dos profissionais da Wave e saiba mais sobre o seu treino >> entrevistado: Rogério Mendes fotos: Gonzalo Fajardo

Você sabe exatamente qual a diferença entre o levantamento com pernas estendidas (Stiff) e o agachamento? Os movimentos são bem semelhantes, mas têm resultados diferentes na musculatura trabalhada e na execução do exercício. Em ambos os exercícios a execução deve

ser sempre bem orientada. A má execução decorrente de uma falta de técnica ou excesso de carga pode acarretar em hérnias de disco com predominância na região lombar da coluna vertebral. O professor Rogério Mendes, da Wave Camboriú, falou à Wave Mag e explica os detalhes de ambas.

abril 2013|wave mag|45


dicadetreino

AGACHAMENTO Por exigir habilidade de grande parte dos sistemas muscular e cardiovascular, o agachamento é um dos exercícios mais completos dentro das sessões de treinamento. Com grande número de variações, ele pode ser realizado por todos os públicos, desde o aluno iniciante até o praticante de culturismo (salvo em casos patológicos com restrição médica).

AGACHAMENTO TRADICIONAL

Com as variações deste exercício é possível enfatizar a ação de um ou outro músculo da coxa de acordo com os critérios adotados pelo professor responsável pela sessão de treino. Na versão mais tradicional, os músculos principais acionados são quadríceps (anterior de coxa) e glúteos. Em menor proporção aparecem os músculos do tronco (dorsais e abdominais) e demais músculos das pernas.

STIFF A sessão de stiff não apresenta tantas variações quanto o agachamento, mas é uma boa escolha para enfatizar o trabalho dos músculos posteriores da coxa, glúteo máximo e eretores da coluna. A escolha por um ou outro (ou ambos) nas sessões de treinamento vai depender de alguns fatores como critério adotado pelo professor para determinada fase do treinamento; experiência e evolução do aluno; e fatores limitantes, incluindo as contraindicações médicas.

Stiff POSIÇÃO INICIAL

46|wave mag|abril 2013

Stiff POSIÇÃO FINAL

agachamento tradicional POSIÇÃO INICIAL

AGACHAMENTO SUMÔ *Variação de agachamento com prioridade para músculos adutores (internos) da coxa.

agachamento sumô POSIÇÃO INICIAL


dicadetreino

AGACHAMENTO COM BANCO *Variação de agachamento mais indicados para idosos

agachamento tradicional POSIÇÃO FINAL

agachamento com banco POSIÇÃO INICIAL

agachamento com o banco POSIÇÃO FINAL

AGACHAMENTO COM BOLA *Variação de agachamento mais indicado para iniciantes.

agachamento sumô POSIÇÃO FINAL

agachamento com bola POSIÇÃO INICIAL

agachamento com bola POSIÇÃO FINAL

abril 2013|wave mag|47


viverbem

IDOSO SIM, M Fotos: Leo Cristopholi

48|wave mag|abril 2013


MAS

S

e praticar atividade física é importante em todas as fases da vida, torna-se absolutamente fundamental na terceira idade. Conheças os benefícios de quem malha aos 50, 60, 70, 80 anos... Aos 74 anos, Maria de Lourdes Medeiros é “rata de academia”. A secretária aposentada, mãe de três filhos e avó de cinco netos não falta um só dia de treino na Wave Barra Sul, divido entre aulas de bike, alongamento, pilates, musculação e esteira. São três horas diárias de atividade física – de segunda a sexta-feira - que lhe garantem uma vida longe dos remédios e das dores típicas da idade avançada. “Tenho muito mais pique do que meus filhos, nem lembro da idade que tenho”, orgulha-se. Se praticar exercício físico é importante em todas as fases da vida, torna-se absolutamente fundamental na terceira idade. Isso porque os benefícios se estendem a todo o organismo, incluindo a saúde do cérebro e a ativação da memória. “A atividade física regular fortalece o sistema cardiovascular, combate a ansiedade e a depressão, aumenta a imunidade e ainda ajuda a controlar os níveis glicêmicos e da pressão arterial, decorrentes muitas vezes do sedentarismo do idoso”, observa o médico nefrologista do projeto Unisaúde da Unimed, Celso Golin.

Com 57 quilos bem distribuídos em 1,52 de altura, Maria de Lourdes conta que faz atividade física há 30 anos. Ir à academia diariamente ajuda a “praticar a cabeça” com as contagens das repetições e a sequência dos exercícios. “O professor precisa me passar a série de atividades uma vez só. Logo já gravo e saio fazendo. Também sei o nome de todo mundo na academia, não erro o de ninguém”, comenta a aposentada.

O COMEÇO

O primeiro passo para um idoso começar uma atividade física é procurar ajuda profissional especializada. Segundo Celso Golin, é importante passar por uma completa avaliação médica antes de iniciar uma rotina de exercícios físicos. “Esta avaliação tem a finalidade de avaliar o estado de saúde do futuro ‘atleta’, bem como detectar possíveis patologias até então desconhecidas que possam prejudicá-lo caso comece exercitar-se sem orientação especializada”, explica. As unidades da Wave têm professores especialistas nas diversas modalidades, Departamento de Avaliação Física e Departamento de Fisioterapia. “Com todo esse amparo profissional os riscos à saúde dentro da academia são mínimos”, aponta o coordenador de musculação e personal trainer da Wave, Edinei Kapra. Para atender este público específico, o Grupo Wave investe em equipamentos

COM TODO O PIQUE DA

JUVENTUDE! abril 2013|wave mag|49


viverbem de última geração que respeitam a biodinâmica do aparelho locomotor. “O aluno sente-se confortável e isso contribui no desenvolvimento do seu treino”, comenta Edinei. Aliado ao aparelho, a prescrição do exercício, com indicações de carga e a maneira correta de executá-lo ajuda a “poupar” as articulações. Para garantir segurança à saúde do aluno, a equipe de profissionais da Wave costuma sugerir aulas e sequências de treinos que garantam o equilíbrio e controle absoluto dos movimentos. Nos idosos, é comum a equipe identificar incapacidades geradas por aspectos degenerativos, como uma artrose com fator de desgaste da cartilagem articular que causa dor. “Precisamos entender quais as limitações do aluno para prescrever um treino de musculação. Neste momento, o professor dedica toda sua atenção para conhecer melhor seu aluno e avaliar o seu nível de coordenação nos movimentos básicos como sentar e levantar, puxar e empurrar ou estabilizar a coluna”, detalha Edinei. Quando necessário, o Departamento de Fisioterapia dá um suporte extra ao aluno.

semanas em homens e mulheres de 56 a 80 anos, é de 92% em flexão de pernas, 65% em extensão de pernas e 30% no exercício supino. “E quanto mais cedo incorporarmos a atividade física na nossa rotina, aliada a uma dieta saudável, menos doenças e mais qualidade de vida teremos no futuro”, observa o nefrologista Celso Golin.

MUSCULAÇÃO

ENCOLHIMENTO

O nível de força e de velocidade se manifesta na maioria das tarefas cotidianas dos idosos, e consequentemente, são primordiais para a independência e a qualidade de vida. Segundo Edinei, a potência muscular pode sofrer redução de até 60% em 50 anos. As causas dessa redução estão relacionadas a sarcopenia (perda do tecido muscular), aspectos neurais e fatores ambientais. E é justamente a falta de força muscular nos idosos o principal fator responsável pelas quedas. “Após curtos períodos de treinamento com pesos já podemos verificar modificações significantes na força muscular, seja ele jovem ou idoso”, comenta o profissional. Essas alterações estão relacionadas a adaptações neurais, também chamadas de coordenação motora. Após várias semanas de exercícios também se observa o aumento do volume do músculo treinado ou hipertrofia muscular. Na literatura especializada, estudos comprovam que esse aumento de força em um treinamento de 12

50|wave mag|abril 2013

Um recente estudo feito pela Universidade de Edimburgo, na Escócia, e publicado na revista Neurology apontou que a atividade física regular na terceira idade pode ajudar a evitar o encolhimento do cérebro e outros sinais associados à demência. A pesquisa analisou dados de 638 pessoas com 70 anos, submetidas a exames cerebrais. Os resultados mostraram que aqueles que eram fisicamente mais ativos tiveram uma menor retração do cérebro do que os indivíduos que não se exercitavam.

Por outro lado, as pessoas que faziam atividades de estimulação mental e intelectual, como palavras cruzadas, leitura de livros ou socialização com os amigos, não tiveram efeitos benéficos em relação ao tamanho do cérebro. Embora estudos anteriores já tenham mostrado os benefícios do exercício para prevenir ou retardar a demência, ainda não estão claros os motivos por que isso acontece. Os pesquisadores acreditam que as vantagens da atividade esportiva podem estar ligadas ao aumento do fluxo de oxigênio no sangue e de nutrientes para o cérebro. Mas uma outra teoria é que, como o cérebro das pessoas encolhe com a idade, elas tendem a se exercitar menos e, assim, acabam tendo menos benefícios. Seja qual for a explicação, dizem os especialistas, os resultados servem para comprovar que o exercício físico é benéficio para a saúde mental.

POR QUE MALHAR NA TERCEIRA IDADE? - Aumenta a autonomia e sensação de bem-estar; - Aumenta a força muscular; - Manutenção ou melhora da flexibilidade; - Maior coordenação motora e equilíbrio; - Maior sociabilidade;

- Controle do peso corporal; - Diminuição da ansiedade e depressão; - Ajuda na memória; - Maior independência pessoal; - Ajuda no tratamento e prevenção de doenças.


FEIRAS&EVENTOS

52|wave mag|abril 2013

fotos: Rivo Biehl

I

>

NOVIDADES PARA QUEIMAR CALORIAS

SEGUNDA EDIÇÃO DA EXPO FITNESS & SPORTS, EM ITAJAÍ, PROMETE MODERNIDADE E TECNOLOGIA PARA O UNIVERSO FITNESS

tajaí será novamente uma espécie de vitrine nacional para o universo das academias e espaços de saúde. A cidade irá sediar, de 19 a 21 de abril, a segunda edição da Expo Fitness & Sports no Centreventos Itajaí. Maior do que a primeira edição, a feira terá 35 expositores que apresentarão o que existe de mais moderno e tecnológico no universo fitness. O evento contará novamente com a participação de alguns dos mais conceituados profissionais da área para ministrar cursos e workshops, entre eles Antônio Carlos Gomes, responsável pelo curso de Personal Training: Base Científica Para Prescrição de Exercícios Neuromuscular e Cardiorrespiratório, e até com um campeonato de fisioculturismo para iniciantes.


> De acordo com a organização da Expo Fitness Sports, a feira contará também com uma grade de cursos científicos ministrados nos auditórios do Centreventos Itajaí, além de uma programação de cursos práticos voltados para profissionais e estudantes de Educação Física e Fisioterapia na Wave Barra Sul, em Balneário Camboriú. Entre os nomes de destaque da feira estão o de Tales de Carvalho, professor do curso de Exercícios Físicos Para Populações Especiais: Reabilitação Cardiopulmonar e Metabólica; e o de Júlio Cerca Serrão, coordenador do Laboratório de Biomecânica da Escola de Educação Física e Esporte da USP, que ministrará treinamento de Biomecânica da Coluna Vertebral e do Joelho Aplicada ao Tratamento de Força.

A feira reunirá as principais inovações do segmento, mercado que cresce a passos largos no Brasil. De 2011 para 2012, o número de academias cresceu 30%, chegando a 23.400 estabelecimentos em todo o País dos 133.760 espalhados pelo mundo. O Brasil é o segundo país do ranking em número de academias, atrás apenas dos Estados Unidos, com 30 mil unidades. O México vem em terceiro lugar, com 7,8 mil academias. Com isso, o setor movimenta nada menos que R$ 2,5 bilhões anualmente no Brasil, com 7,3 milhões de praticantes de exercícios físicos com regularidade.

>

Na parte administrativa, a feira terá a participação de Marynês Pereira, referência nacional em marketing e vendas para academias. Ela será responsável pelo curso voltado especialmente para donos e gerentes de estabelecimentos do setor sobre Gestão Para o Sucesso, com temas que envolvem ferramentas de promoção e vendas. No dia 20 de abril, o evento abrigará a primeira edição do Campeonato de Estreantes de Fisioculturismo, promovido pela Federação de Culturismo do Estado de Santa Catarina (IFBBSC).

Expo Fitness & Sports 2013 Data: 19 a 21 de abril Local: Centreventos Itajaí, Avenida Ministro Victor Konder (Beira Rio), Centro, Itajaí Informações: www.expofitnesssports.com.br

abril 2013|wave mag|53


54|wave mag|abril 2013


abril 2013|wave mag|55


Wave Mag 49  

A revista do Grupo Wave Academia estamapa a aluna da Wave Barra Sul, Débora Spengler. Confira o editorial de moda e muitas outras matérias s...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you