Page 1

Oficializando o Hek Ki Boen Eng Chun no Brasil Início > Comunidades > Outros > Kung Fu - Fatos e Mitos > Fórum: > Oficializando o Hek Ki Boen Eng Chun no Brasil primeira | < anterior | próxima > | última mostrando 1-10 de 51 08/11/10

Prof. Boscolo Oficializando o Hek Ki Boen Eng Chun no Brasil "Seminário Internacional de Hek Ki Boen Eng Chun na Unifor Representantes de vários estados brasileiros reuniram-se ontem, no Teatro Celina Queiroz, para acompanhar o primeiro Seminário Internacional de Hek Ki Boen Eng Chun, realizado na América do Sul. O evento contou com a participação dos grãos-mestres em Kung Fu, Benny Meng e Lin Xiang Fuk. De acordo com o mestre Meng, o evento tem como objetivo central disseminar a nova técnica aos praticantes do Kung Fu ocidental. "Nós escolhemos o Brasil devido ao interesse e a lealdade dos alunos daqui". Segundo ele, esta é a oportunidade das novas gerações conhecerem melhor o Hek Ki Boen Eng Chun. "A maioria das artes marciais são conhecidas superficialmente aqui no ocidente, e nós viemos mostrar algo mais profundo", disse o mestre. Primeiro contato Esta é a primeira vez que praticantes da América do Sul tem contato com a nova técnica, que foi desenvolvida na China antiga, mais precisamente no século XVII, por guerreiros das sociedades secretas. "Os alunos estão tendo um primeiro contato com o novo estilo. E o nosso objetivo é encontrar novos discípulos que possam manter o estilo vivo. No tempo certo e com as pessoas certas, nós alcançaremos tal objetivo", explicou o mestre Lin Xiang Fuk, guardião da quarta geração de discípulos da nova técnica, visitando pela primeira vez o Brasil. Para o aluno Cesar Augusto, natural de Aracaju e praticante do Kung Fu há quatro anos, "este foi um momento único para a história do Kung Fu brasileiro". "Desde quando tive meu primeiro contato com as artes marciais, nunca tinha visto algo assim. O estilo é uma grande evolução da luta em si, com movimentos bem diferentes". Fonte: Diário do Nordeste (30/10/2010)" Estive presente no Seminário aberto ao público (uma noite e um dia) e aos 3 dias de treinamento fechado. Ao final o Sifu Alex Magnos foi aceito e reconhecido como o primeiro cadidato do Brasil e da America do Sul a ser aceito para o Programa de Instrutores da International HKB Eng Chun Pai Association. 08/11/10


Sifu Gabriel Não entendi duas coisas. 1 - "A maioria das artes marciais são conhecidas superficialmente aqui no ocidente, e nós viemos mostrar algo mais profundo". Tá ai uma coisa que eu não sabia. Eu pensei que os lutadores brasileiros fossem temidos ai pelo exterior 2 - Técnica, que foi desenvolvida na China antiga, mais precisamente no século XVII, por guerreiros das sociedades secretas. Nosso objetivo é encontrar novos discípulos que possam manter o estilo vivo. No tempo certo e com as pessoas certas, nós alcançaremos tal objetivo". Entendi direito ou esse estilo tem tão poucos praticantes que está quase morrendo e precisam de um esforço extra agora pra mantê-lo vivo 08/11/10

Prof. Boscolo Sifu Gabriel A primeira questão esta dentro de como a jornalista editou sua matéria. Nós temos ótimos guerreiros, ótimos lutadores, o que não implica em conhecer ou não a fundo um sistema. Quanto a segunda questão, veja que o GM Lin esta a procura de discípulos (penso que você saiba bem a diferença entre aluno e discípulo), alunos há muitos. Entretanto a preocupação inicial não esta focada na quantidade, mas sim na qualidade. De qualquer forma, desculpe-me se ofendi alguém ou alguma escola, não era essa a intenção, mas sim de informar aos colegas professores de que mais um sistema muito bacana de Kung Fu esta no Brasil. 08/11/10

Prof. Boscolo Quando digo 'Nós' me refiro ao Brasil. 08/11/10

Sifu Gabriel


Não estou ofendido. Apenas achei estranho. No meu caso eu não tenho discipulos, já que todos os meus alunos, inclusive meus sócios me pagam e eu ensino. Sei bem a diferença entre alunos e discípulo e não quero mais discípulos. 08/11/10

Prof. Boscolo Obrigado Sifu Gabriel pela compreenção. E mais uma vez parabéns pelo trabalho dentro do Kung Fu no Brasil. 08/11/10

Prof. Boscolo Sr. Gazel Estimado colega, veja se este texto lhe dá alguma idéia da diferença: http://www.shaolinwingchun.com.br/shaolin/fukien_hkb_wingchun.php 09/11/10

Prof. Boscolo Caro Gazel e Família Kung Fu do Brasil Elaborei este pequeno texto na tentativa de ilusidar melhor o sistema e alguns pontos chaves, mas palavras escritas são complicadas e escritas ainda mais. Vamos sobre a pergunta a respeito deste sistemar ser diferente dos demais, inicialmente sob análize com os outros sistemas de Wing Chun. Ele é muito diferente, muito diferente mesmo! Não se trata de um sistema semelhante ou parecido, mas totalmente diferente. Primeiro ele nasceu na região de Fukien (Hokkian ou Fujian), portanto o dialeto utilizado no sistema até


hoje ainda é o 'Fukinês'. Eu treino AMC e tive contato com outras AM (japonesas e coreanas) e posso afirma com 100% de certeza, não há nada igual. Eu poderia aqui ficar horas e horas tentando explicar mas não adiantaria nada. O que eu posso dizer de momento é que difrente das artes marciais que conhecemos, onde todo o corpo sempre é enfatizado para um total e hamonioso controle, ou seja, por exemplo, num ataque aprendemos utilizar - e aí cada sistema e ou estilo possue sua forma peculiar em abordar isso dentro da sua perspequitiva de objetividade e eficiência - todo corpo e quanto melhor esse controle (pés enraizados, giro de quadril, prefeito alinhamento do centro, etc etc etc ) mais potente, mais energia é gerado. O Hek Ki Boen Eng Chun caminha de forma oposta! O foco inicial esta no desapego as partes do corpo. A energia gerada desta forma é algo fantástico. Seu treinamento se dá através da prática (muita prática mesmo) da primeira forma do sistema de nome Sam Chiam Phok - Separação da Mente, Corpo e Energia. A fórmula desenvolve o desapego do punho e antebraço do restante do corpo, desenvolvendo muito os ossos (eslastificação) e tendões (firmeza). (...) 09/11/10

Prof. Boscolo (...) Veja, usarei um exemplo que o GM Lin utilizou e tão bem ilustrou a diferença de desenvolvimento de força. Veja, você consegue empurrar um carro com os pés no chão certo? Mas e com apenas um dos pés, você consegue? E se estiver pulando, durante o momento de vôo? Isso é força de 'impulso' (de empurrar e ou de puxar). Imaginem um lutador sendo agarrado e é retirado do chão, levantado pelas pernas ou pelo quadril, como ele ataca? A força desenvovida pelo treinamento do HKB Eng Chun através da prática sistemática, constante e interrupta da forma Sam Chiam Phok é uma força onde seu punho se torna um matelo ao mesmo tempo que os movimentos são feitos através de uma verdadeira chicotada. Então você agora deve imaginar se consegue pregar um prego na parede com o martelo em pé? E sob apenas uma perna, voce ainda consegue pregar? Se saltar você ainda consegue pregar o prego? Então imaginem este lutador, com esta projeção de energia diferente, sendo retirado do solo, ele efetua um ataque, uma martelada na cabeça do oponente. Qual seria o nível do estrado feito por esta martelada? Veja, o sistema é simples e direto, muito embora para se conseguir tal nível de destresa nos membros superiores somente seja conseguido através do Kung Fu, de um real Trabalho Duro. Como disse antes, ficar falando aqui não leva a nada. O melhor é se vivenciar na prática. Algumas respostas nesta página foram excluídas ou estão sob revisão. Oficializando o Hek Ki Boen Eng Chun no Brasil Início > Comunidades > Outros > Kung Fu - Fatos e Mitos > Fórum: > Oficializando o Hek Ki Boen Eng Chun no Brasil


primeira | < anterior | próxima > | última mostrando 11-20 de 51 09/11/10

Prof. Boscolo A sim, qualquer dúvida só entra em contato com meu Sifu Alex Magnos, comigo ou mesmo com os GM Benny Meng e GM Lin Xiang Fuk. 09/11/10

Prof. Boscolo Por favor, onde esta escrito " mas palavras escritas são complicadas" leia-se: 'mas palavras ditas são complicadas' 16/11/10

PD "Imaginem um lutador sendo agarrado e é retirado do chão, levantado pelas pernas ou pelo quadril, como ele ataca?" Com golpes contudentes que não necessitem da ação-reação com o solo pra ocorrerem. Muitas lutas possuem essas técnicas. Esse teu exemplo do martelo e do carro, não tem pé e nem cabeça. 17/11/10

Tiago - Se for válido ser levantado pelas mãos... Após 45 segundos de vídeo. http://www.youtube.com/watch?v=m5bhANMTg70 17/11/10


Prof. Boscolo P D. Como queira. O exemplo foi expressão do GM Lin Xin Fuk. Faz o seguinte, senão fica o dito pelo não dito. Assim que tiver uma oportunidade venha conhecer o HKB Eng Chun. GM Lin estará periódicamente no Brasil e assim vc poderá ter um entendimento final sobre o sistema HKB Eng Chun. Recentemente o GM Lin disponibilizou um video, vale a pena observar o que eu disse sobre sesapego ... entretanto não sei se vão entender... foi dificil pra mim tb antes de sentir na prática. Segue abaixo o video: http://www.youtube.com/watch?v=QKfsMjZ7r5U 17/11/10

Prof. Boscolo Tiago Muito interessante o vídeo. Embora eu tenha grande repeito pelo Aikidô, infelizmente o que eu tentei ilustrar no exemplo não tem nada haver com a demostração do Sensei neste vídeo que vc postou. 17/11/10

Nelson Caro Prof. Boscolo, Interessante, o video faz o HKBEC parecer muito, mas muito com o Fujian Baihe (Garca Braca de Fujian) e Yong Chun Baihe. Vejo que o Shifu Benny Meng esta' fazendo parte desse grupo, ele ainda trabalha com o HFY? Abracos 17/11/10

Antonio Cara, muito interessante o vídeo, parece um estilo mais interno, só que, me desculpe, a cara que o díscipulo faz quando toma um TAPA no braço aos 32 segundos é inpagável, o rapaz quase chora!!!


17/11/10

Prof. Boscolo Opa, Sifu Nelson! Tudo bem? GM Benny Meng e toda família ligada a ele aqui no Brasil, liderada pelo Sihu Alex Magnos, não trabalham mais com o HFY. Existe semelhança sim Sifu Nelson, mas fica somente na semelhança de movimentos enquanto que nos conceitos e príncipios fica muito diferente, sendo o foco diferente, como expliquei antes. Caro Antonio, o "tapa" que parece que o rapaz toma na verdade imagina uma 'marretada' no teu braço! No evento em Fortaleza, agora no final de outubro e início de novembro, eu ví o GM Lin efetuar esse 'pak sau' no braço de dois gigantes (um deles praticante do Karate Oyama) e eles tiveram a mesma expressão. E impagavel esses momentos ... ahaha afinal, apesar do cara levar uma baita marretada acaba sorrindo juntamente com todos. 17/11/10

Prof. Boscolo Amigos aqui tem mais relatos (Americanos e Brasileiros por enquanto) sobre o sistema. Espero que agrade e consiga transmitir aquilo que eu não consegui: http://www.youtube.com/watch?v=P_1vZqwYJY4&feature=related Oficializando o Hek Ki Boen Eng Chun no Brasil Início > Comunidades > Outros > Kung Fu - Fatos e Mitos > Fórum: > Oficializando o Hek Ki Boen Eng Chun no Brasil primeira | < anterior | próxima > | última mostrando 21-30 de 51 18/11/10

Ricardo parece mais que a marretada é provocada pela ponta dos dedos que por seremmais velozes provocam microlesoes nas veias... 18/11/10


mestre Walter Que barbaridade! 18/11/10

Prof. Boscolo Espero num período médio de tempo conseguir trazer para São Paulo os Mestres Magnos e os GM Benny Meng e GM Lin Chiang Fuk... assim que possível e viável, se eu conseguir parcerias, incentivos ou patrocínio, etc... Então o povo paulista poderá ter um real contato com o sistema. 14 jan

Prof. Boscolo Estou a disposição para palestras a respeito do Sistema, assim como o Sihu Alex Magnos. Para os interessados, Professores e Mestres que queiram aumentar seu saber, ou mesmo novatos que estejam querendo iniciar no sistema, podem entrar em contato. Prof. Boscolo (11) 85514758 boscolo108@hotmail.com Mestre Magnos: SHAOLIN WING CHUN KUNG FU Shaolin Wing Chun Red Flower Boxer Society http://www.shaolinwingchun.com.brhttp://www.wingchunce.orgwengkiu@shaolinwingchun.com.brale xmagnos@shaolinwingchun.com.bramegalos@gmail.com No Orkut, Comunidade: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=108365098 Estamos a sua disposição, alunos, Instrutores, Professores, Mestres e Grão Mestres. Obrigado. 5 fev

Alex


Boscolo ... e os novos vídeos brasileiros? Ainda estamos na 'teoria' do site do estilo e suas postagens ... qdo iremos ver o HKBEC do Brasil? 7 fev

Alex Boscolo, espero que haja vídeos das técnicas para conhecermos a partir destes Workshops e seminários ... depoimentos, sinceramente, para mim não dizem nada ... qdo vier para SP, torço para que colegas praticantes de VT de outras famílias possam participar para que possamos ter a opinião de quem conhece uma vertente do sistema. 20 mar

Prof. Boscolo Alex Entendo sua posição. Entretanto isso não depende de mim. Eu acredito que logo haverão mais videos técnicos, mas não tenho a informação sobre como o GM Lin esta organizando isso. Peço desculpa aos amigos pela demora em responder, ela se dá por motivos sérios para com a minha família, uma vez que minha casa foi arrombada e muita coisa foi furtada na ocasião. 21 mar excluir

Washington Prof. Boscolo Achei muito interessante embora, acho que como o sifu Nelson observou, parece que depois de um tempo no kungfu a gente ja viu tudo e sempre vê alguma semelhança com outro sistema que ja viu antes, etc. E vc falou de eficiencia... pensei assim, que o wing chun seria o supra sumo do fukien shaolin e que o black flag seria o supra sumo do supra sumo... e ja vi uma historia semelhante dentro do hung gar de um cara que apareceu com um hung gar que era secreto ate dentro do hung gar... bom... quanto tempo um sifu levaria pra treinar um pequeno exercito nessa tecnica tao boa e eficiente... ou um pequeno grupo de 30 alunos... quanto tempo levariam pra fazer esse tipo de hematomas em lutadores experientes em outras artes marciais mais populares que vemos por ai?

xie xie. abs. 19 mai


Prof. Boscolo Washington Os estudos do meu SiKung apontam para a criação de 5 organizações (bandeiras) com o objetivo comum de derrubar os Qing e restabelecer o Império Ming - depois da destruição do Templo Shaolin do Sul, entretanto, cada uma destas bandeiras tinham objetivos diferentes também com funções diferentes. Então surge primeiro a Bandeira Negra que liderava e fiscalizava as outras Bandeiras. Essa primeira possuía o objetivo para proteção dos remanescentes Mings como também identificar e eliminar traidores e espiões. Sua preocupação não era formação de grandes tropas, mas sim de um grupo limitado e pequeno, muito secreto para que conseguissem identificar e eliminar estes traidores e espiões. O tempo é subjetivo aqui. Na minha opinião realmente se demora muito para dominar este sistema que hoje é denominado Hek Ki Boen Eng Chun. Esta organização ficou na região de Fukien. A segunda bandeira possuía o importantíssimo papel para formação de generais com potencial de criar grande quantidade de guerreiros num tempo relativamente menor, uma vez que, a cada dia que passava, o Império Qing conseguia aumentar suas raízes e quanto tempo mais demorasse mais difícil seria expurga-los. Por isso o tempo aqui é importante, para formar maior quantidade de guerreiros – soldados – no menor tempo possível. Esta organização foi criada na região de Cantão.

Uma observação, não tem nada haver com sua pergunta, mas que me lembrei agora. Uma coisa me veio a cabeça quando eu estava em Fortaleza ano passado, quando o HKB me foi apresentado. Foi como se algo me disse-se: ‘Ei cara, todo este tempo e você nunca se perguntou por que o sistema Wing Chun sempre estava sendo representado pelo dialeto cantonês, sendo que o Templo do Sul ficava em Fukien e portanto deveria estar em Fukines? Horas bolachas, o Karatê esta em Japonês, o TKD em Coreano, sistemas que nasceram na região de Cantão estão em Cantonês. Então como o Wing Chun começou a utilizar o cantonês?

Sobre as outras 3 bandeiras eu não sei e aguardo o momento de aprender. 19 mai excluir

Washington Cheguei a conclusão que o empirismo é o lugar comum em se falando de estudo da história do kung fu. Me lembrei de uma historia interessante que aconteceu comigo. Conheci um sujeito que treinava "kung fu shaolin" em Campinas (idos de 1980). Me disse que o mestre dele havia treinado no próprio templo shaolin. Quando mosttrei pra ele alguns livros que diziam que o templo shaolin havia sido destruido pelos manchus, etc, etc... ele me diz que o mestre lhe confio o segredo de que havia treinado no templo atravez de viagem astral e que no templo foi batizado com o nome de pequeno castor...


Alguns historiadores da China, entre eles me lembro agora de Jonathan D. Spence, afirmam que estas sociedades secretas que misturavam misticismo, politica e artes marciais se tornaram organizações criminosas literalmente. Acho que agora o HKB é ensinado em pequenos grupos como uma tradição. E que todos tentam treinar arduamente para quem sabe um dia em um futuro muito distante possam quem sabe conseguir executar a técnica como seu sifu. Estarei certo? E as organizações de revolucionarios não conseguiram atingir seus objetivos; os manchus só foram derrubados pelos japoneses e a bagunça continuou até a chegada dos comunistas. Nem ajudar Chiang Kai chek conseguiram. Talvez se tivessem se dedicado mais politica efetivamente ou ao capitalismo como vemos agora eles conseguissem realmente alguma coisa... Sobre a sua observação; não vejo nada demais nas teorias dos sistemas de kung fu ou nas terminologias usadas. O chines se vale dos mesmos recursos para "sistematizar" outras artes. Constroe pequenas rimas, poemas e alegorias para descrever qualquer coisa e como nos, eles tbm adaptam o idioma. Quando vou comer em um restaurante chines eles sempre perguntam se quero talher ou "hashi"... Oficializando o Hek Ki Boen Eng Chun no Brasil Início > Comunidades > Outros > Kung Fu - Fatos e Mitos > Fórum: > Oficializando o Hek Ki Boen Eng Chun no Brasil primeira | < anterior | próxima > | última mostrando 31-40 de 51 21 mai

Antonio O estilo que pratico foi criado em Shantung e levado para Hong Kong só no século XX. Mesmo assim toda a terminologia está em Cantonês. 26 mai

Prof. Boscolo Questões do Washington "Cheguei a conclusão que o empirismo é o lugar comum em se falando de estudo da história do kung fu. Me lembrei de uma historia interessante que aconteceu comigo. Conheci um sujeito que treinava "kung fu shaolin" em Campinas (idos de 1980). Me disse que o mestre dele havia treinado no próprio templo shaolin. Quando mosttrei


pra ele alguns livros que diziam que o templo shaolin havia sido destruido pelos manchus, etc, etc... ele me diz que o mestre lhe confio o segredo de que havia treinado no templo atravez de viagem astral e que no templo foi batizado com o nome de pequeno castor..." Colega realmente em Campinas houve muitos picaretas que se diziam mestre em Kung Fu Shaolin. Nesta época a única que eu respeitava como tendo algo legítimo era a Bien Hoo (Mestre Grag Tan) hoje dirijida pelo Sifu Professor Wladimir.

"Alguns historiadores da China, entre eles me lembro agora de Jonathan D. Spence, afirmam que estas sociedades secretas que misturavam misticismo, politica e artes marciais se tornaram organizações criminosas literalmente." As Sociedades Secretas das quais esto me referindo não tem nenhuma ligação com as Sociedades Secretas Criminosas (Tríades) que (acredito eu) ainda existem na China. Há uma divisão. Inicialmente existiam as 'Sociedades Secretas' para fins humanitários, posteriormente com a queda do império Ming algumas destas sociedades se tornaram revolucionárias. Muito tempo depois que a 'bandidagem' chinesa acabou utilizando de parte dos costumes das antigas sociedades chinesas pela sua forma de organização. "Acho que agora o HKB é ensinado em pequenos grupos como uma tradição. E que todos tentam treinar arduamente para quem sabe um dia em um futuro muito distante possam quem sabe conseguir executar a técnica como seu sifu. Estarei certo?" GM Lin esta inicialmente capacitando uma pequena quantidade de pessoas por motivos simples: quantidade não é qualidade e por querer, sem exeção, somente instrutores realmente qualificados no sistema. O tempo é relativo, depende do esforço. 26 mai

Prof. Boscolo Questões do Washington 2 "E as organizações de revolucionarios não conseguiram atingir seus objetivos; os manchus só foram derrubados pelos japoneses e a bagunça continuou até a chegada dos comunistas. Nem ajudar Chiang Kai chek conseguiram. Talvez se tivessem se dedicado mais politica efetivamente ou ao capitalismo como vemos agora eles conseguissem realmente alguma coisa..." As sociedades revolucionarias não conseguiram restabelecer o Império Ming. Entretanto os 'Manchus' não conseguiram se apoderar dos Tesouros de Shaolin nem consequiu aniquilar os revolucionarios. Não entendi o que vc quiz dizer com 'bagunça'? "Sobre a sua observação; não vejo nada demais nas teorias dos sistemas de kung fu ou nas terminologias usadas. O chines se vale dos mesmos recursos para "sistematizar" outras artes. Constroe pequenas rimas, poemas e alegorias para descrever qualquer coisa e como nos, eles tbm adaptam o idioma. Quando vou comer em um restaurante chines eles sempre perguntam se quero talher ou "hashi"..." Washington você não entendeu minha observação. Vamos ver se me faço entender. Se o Templo Shaolin do Sul ficava em Fukien o mais natural seria que todos falacem a língua local, o


Fukines. Então se o Wing Chun teve origem neste templo eu apenas questionei (pq eu também ainda não encontrei a resposta!) como e quando o sistema acabou tendo como língua-dialéto 'oficial' o cantonês. 26 mai excluir

Washington Prof. Boscolo Os Manchus queriam os Tesouros de Shaolin? Que tesouros? Acho que aniquilar os revolucionários (terroristas) é o que todo poder diz querer fazer. Já fazer mesmo é outra estória... Bagunça porque estas sociedades tinham ramificações e diversos fins. Por exemplo, a Lotus Branca (e existiram varias sociedades chamadas Lotus Branca), Lanternas Vermelhas, Dragões Negros, Dragão vermelho, Três Irmãos, etc. Eram ao mesmo tempo organizações secretas, religiosas e políticas e não apenas políticas ou apenas religiosas. Varias revoltas aconteceram, Turbantes Amarelos, Tai Ping, Boxers... a coroa chinesa perdeu parcialmente o controle econômico das províncias e vários generais “Manchus” se tornaram warlords, senhores da guerra. Essa é a minha visão de bagunça. Na minha família de kung fu o idioma oficial é o português e uso alguns termos que acho relevante em chinês cantonês apenas como referência. Quem tornou isso oficial fui eu mesmo. Na sua família de kung fu qual é o idioma oficial? Acho que o kung fu do templo shaolin de fukien, lá o idioma oficial era o fukienes mesmo. 28 mai

Prof. Boscolo Washington Primeiramente obrigado pela resposta. Esse 'tesouro de Shaolin' a qual me refiro é tudo o que o Templo do Sul* desenvolveu, principalmente o conteúdo desenvolvido no período da queda do Império Ming, ou seja, conteúdo desenvolvido por três grupos distintos: 1) Monges; 2) Oficiais da alta patente remanecentes e prol Ming; e 3) Remanecentes da família Real Ming. * Naam Siu Lam Ji - Não vejo ele como um Templo, mas sim como um gigantesco Monástério, uma verdadeira Universidade onde se estudava a "realidade da vida" através do Budismo Chan. 28 mai


Prof. Boscolo Washinton, só não entendi pq vc relacionou o grupo revolucionário pró-Ming como terroristas!!! 29 mai excluir

Washington Prof. Boscolo Tudo uma questão de ponto de vista. Para o império chinês na época eles eram terroristas, cometiam assassinatos, sabotagens, etc. Uma terrorista brasileira, com documentos verídicos hoje é a nossa presidenta. rs. Podemos ter até uma visão romanceada do que aconteceu na época, mas os relatos mais comuns aceitos dizem sobre traidores dentro do templo e que pelo menos uma das sociedades secretas que diz ter como origem este templo, depois se tornou uma triade, a sociedade Hung Mun.(http://www.cscmarietta.com/index.php/training-guide/stories-a-tales/90-the-origin-of-the-triadsociety) Prof. Obrigado por toda a atenção. 1 jun

João Miguel o dialeto cantonês não é do sul da China ou estou errado? E o wing chun não é uma arte marcial criada no sul da China? 1 jun

mestre Walter Sempre ouvi dizer que não existe e nem existiu templo shaolin no sul da china. 1 jun

Antonio João Miguel


O cantonês é do sul da China, mas não é o ÚNICO dialeto do sul da China. mestre Walter O senhor tem toda razão. Apesar da insistência dos praticantes de Kung Fu em falar de um "Templo Shaolin do Sul", até hoje nenhum historiador conseguiu sequer descobrir onde ele ficava. Prof. Boscolo Veja bem, não tenho nenhuma intenção de denegrir o seu trabalho, muito pelo contrário. Se a sua vertente do Wing Chun for a metade do que o senhor está falando, desejo-lhe todo sucesso do mundo. Entretanto, essa estória das "bandeiras" não faz o menor sentido. Se a função da "bandeira" que foi para Guandong era formar generais e preparar um exército, seria de se esperar que fosse dados aos seus membros os meios para conseguir atingir estes objetivos. O que se observa, entretanto, é que o Wing Chun, apesar de toda a sua eficiência em combates um-aum ou em pequenos grupos, é totalmente inadequado para um campo de batalha. Mesmo na China medieval as batalhas não eram lutadas com os punhos, mas sim com armas. Quais são as armas praticadas no Wing Chun? Bastão longo e Bát Cham Dao. Nenhuma das duas é adequada para uma guerra. Os Qing não eram guerreiros incompetentes, pelo contrário, tomaram a China de assalto de uma vez só. Um grupo de lutadores de Wing Chun armados com bastões e Bát Cham Dao enfrentando um número igual de lanceiros Qing a cavalo seria simplesmente massacrado. Se os Qing utilizassem arqueiros, então, nem se fala! Talvez não houvesse uma única baixa entre os Qing. Posso até aceitar que um grupo dedicado à inteligência/contra-espionagem adotasse o Wing Chun. As Bát Cham Dao são só um pouco mais difíceis de ocultar sob a roupa do que os punhais chineses, e apresentam grandes vantagens e relação a estes, e bastões poderiam ser facilmente encontrados, dada a grande utilização de bambus. Mas a possibilidade de formar um exército de lutadores de Wing Chun para enfrentar os Qing em campo de batalha é simplesmente absurda! Oficializando o Hek Ki Boen Eng Chun no Brasil Início > Comunidades > Outros > Kung Fu - Fatos e Mitos > Fórum: > Oficializando o Hek Ki Boen Eng Chun no Brasil primeira | < anterior | próxima > | última mostrando 41-50 de 51 1 jun

Antonio Até se poderia argumentar que a idéia era fazer guerrilha, e não participar de batalhas, mas ainda assim não faz sentido. Guerra aberta ou guerrilha, armas seriam necessárias de qualquer forma. Uma guerrilha possui recursos


escassos e uma boa ponta de lança é muito, mas MUITO, mais fácil de ser fabricada do que um bom par de Bát Cham Dao. Além disso, os guerrilheiros deveriam ser capazes de utilizar o que conseguissem capturar do inimigo. Assim, mais uma vez a limitada prática com armas dentro do Wing Chun atesta contra a estória das "bandeiras".

O mais provável, na minha modesta opinião, é que essa estória tenha sido "fabricada" para engrandecer o nome do HKB Eng Chun. Na verdade isso é muito comum quando da criação de estilos novos de Kung Fu, inventa-se uma fábula qualquer para atribuir ao estilo uma criação antiga, quando na verdade sua criação é recente. Nada disso invalidada a técnica, que se é boa, é boa, independentemente da origem. Mas é uma pena que o HKB já tenha começado envolto em uma polêmica dessas. 1 jun

João Miguel Acho que todo chinês cria fábulas desse jeito, assim como 6 anos de garantia do carro ching ling aqui no Brasil 2 jun

Prof. Augusto É muito triste tudo isso! Só posso lamentar pelos colegas enganados. Lamento muito ver um brasileiro fazendo papel de bôbo. É muito triste para todos nós. 2 jun excluir

Washington obrigado shaolin e antonio. 2 jun

João Miguel


todos estrangeiros nos fazem de bobo você nao escapa hahahaha 2 jun

João Miguel Corno assumido foi foda hahaha Mas você não escapou de ser bobo, para descobrir a razão e a verdade, antes foi bobo para acordar, não? 13 jul

Prof. Boscolo Atenção É preciso que fique bem claro que todo esse ataque tem origem do Sifu Sergio Iadarola que tenta colocar palavras na boca do GM Tio. É impossível que GM Tio tentasse fazer algo assim ou qualquer coisa semelhante. Todos na família HKB se tratam de boas pessoas. O GM Tio não está disposto trabalhar com pessoas tão mas, especialmente se tratando a qualquer tipo de ataque à Linhagem de GM The Kang Hay, que é a sua própria Família Kung Fu. GM Tio não é este tipo de pessoa. Trata-se de uma notícia absurda, uma informação com um único objetivo: o de defamar tanto GM Lin como também ao GM Tio. Eu peço aos participantes deste fórum e a Comunidade Marcial Brasileira que, por favor, prestem atenção no absurdo desta história sem sentido. O GM Tio é uma boa pessoa, ele nunca iria ferir ou atacara alguém, especialmente sua própria família Kung Fu pelo respeito a sua relação de Kung Fu com GM The Kang Hay e GM Lin Xiang Fuk. GM Lin disse que GM Tio não se deixaria usar ou manipular por más pessoas, que nada fazem a não ser caluniar as pessoas. O Profesor de GM Tio, quando ele estava aprendendo HKB, tinha confiança que ele era uma boa pessoa. Portanto, é impossível que GM Tio ataque denegrindo as pessoas, especialmente sua própria família Kung Fu. Ele não faria tal coisa para destruir sua própria reputação. Até porque GM Lin tem o apoio total do atual Líder e Sucessor de GM Kwee King Yang, que é GM The Kang Hay. Isso foi um dos motivos principais pelos quais GM The Kang Hay foi aos EUA, em Junho desse ano, para realizar um documentário Oficial em apoio a seu aluno, GM Lin Xiang Fuk, que será liberado no tempo certo. 13 jul

Prof. Boscolo


Entrevista com GM Tio de HKB Eng Chun/Wing Chun Grão-Mestre de HKB/Black Flag Wing Chun, Tio Tik Kwi sendo entrevistado pelo Jawa Post, maior Jornal da Indonésia, 17/01/2009. (Copia da Versão Original em Indonésio, anexada)

Tradução: Do Inglês e Indonésio para o Português Por Alex Magnos Entrevista com Tio Tik Kwi para o Jawa Post Newspaper em 17/01/2009. A entrevista foi conduzida pessoalmente por Muhammad Fahmi, Reporter do Jawa Post Indonesia. (Essa versão foi Traduzida da versão em Inglês e comparada com o original em Indonésio)

Radar Bromo [ Sábado, 17 de Janeiro de 2009 ] Conheça Tio Tik Kwie, Grão Mestre de Kung Fu da cidade de Probolinggo. Convidado aos Estados Unidos da América em relação ao desenvolvimento da Arte Marcial Kung Fu. Em Probolinggo, escolas de Kungfu para o público são coisas raras. Mas, quem iria imaginar que nessa cidade, onde a fruta manga é muito famosa, tinha um verdareiro Grão Mestre de Kung Fu. Ele é Tio Tik Kwie. Muhammad Fahmi, Probolinggo ----------------------------------------------------A residência de Tik Kwie fica em Jl, Probolinggo, Indonésia. Quando Radar Bromo (uma subdivisão do Jawa Post) visitou sua residência que também é usada como uma loja de medicina tradicional, parecia bastante tranquila. Haviam apenas dois cães latindo quando nos viram chegando para a visita. "Entre, entre!! Não tenha medo meu jovem. Meus cães não mordem. Mais tarde eu irei trancá-los. Venha meu jovem." Disse Tio Tik Kwie ou mais conhecido com Teja, enquanto ele prendia os cães. Àquela tarde, sua aparência era bem casual. Não havia nenhuma indicação de que ele era Grão Mestre do Kung Fu como em um filme Chinês Mandarim. Ele apenas usava uma blusa azul e calção branco. 13 jul

Prof. Boscolo Enquanto se apresentava e falava sobre sua história, ele admitiu ter 67 anos. Contudo, ele parecia mais jovem. Sua condição física é ainda muito boa, mesmo sua pele ainda é bem firme, sem 'keriput'. Seu cabelo ainda não se tornou grisalho. "Essa é cor natural de meus cabelos, eu nunca usei tintura para cabelos. Estou nestas condições porque sempre manti meu corpo saudável. Eu sempre treino os exercícios do Kung Fu," Disse Teja. Com sua habilidade, alguns meses atrás, Teja passou algum tempo compartilhando seu conhecimento nos EUA. Mesmo assim, no início, Radar Bromo, teve dificuldades para obter informações a respeito de suas atividades de quando ele estava nos EUA.


Isso tudo se deve à personalidade de Teja ser de uma pessoa muito humilde e reservada. Ele não queria expor sua visita aos EUA. Ele não gosta de "aparecer". Por essa razão, enquanto ele estava nos EUA, a maioria de seus vizinhos nem mesmo soube. Somente depois de Radar Bromo dar uma explicação sobre o propósito da entrevista, foi que ele finalmente compartilhou sua visita aos EUA. Ele visitou os EUA porque foi convidado por seu estudante, Kenneth. Por todo esse tempo, Teja já tinha aberto suas portas e usado sua casa como escola de Kung Fu. Mas não veja a casa de Teja como se fosse como qualquer outra escola profissional de esportes. Pelo contrário, dentro de sua casa, há uma sala de 4 por 5 metros. Nesse local ele tem ensinado muito estudantes desde 1973. O próprio Teja iniciou no Kung Fu em 1961. Ele herdou esse talento de seu avô, que também era um Mestre de Kung Fu. Ele disse "Meu pai não sabia Kung Fu. Mas, meu avô era um Mestre de Kung Fu. Contudo, eu não tive a chance de receber instruções de meu avô. Por que ele já havia falecido quando eu ainda era um bebê. Com uma afinidade, eu encontrei meu professor sob o Grão Mestre Kwee (The) King Yang em Surabaya." 13 jul

Prof. Boscolo Depois de dominar as habilidades do Kung Fu ensinadas por seu mestre, Teja recebeu intruções/ordens para expalhar o ensinamento abrindo uma escola de Kung Fu em sua casa. Contudo, ele deu uma parada desde 2007 (aposentado), ao mesmo tempo, ele estava também planejando fazer os mesmos arranjos para atender ao convite de seu estudante, Kenneth, nos EUA. Em Julho de 2008, Teja foi para os EUA. No país do Tio Sam, ele ficou quase 6 meses. No fim de Novembro, ele voltou para a Indonésia. "Eu foi também convidado a encontrar alguns outros professores e membros de linhagens diferentes. A pesar de a nossa ser uma linhagem diferente, contudo, a discussão ainda permaneceu no mesmo tópico de interesse o qual era sobre o desenvolvimento Kung Fu" Explicou Teja. Depois, Teja explicou que o Kung Fu é como uma grande árvore. A árvore tem muitas ramificações. Essas ramificações são similares às linhagens de Kung Fu. O sistema/linhagem/identidade do Kung Fu de Teja é o Black Flag Wing Chun Kung Fu. "No passado, a China foi invadida. Durante esse tempo, muitas sociedades socretas revolucionárias surgiram para expulsar os invasores e removê-los da China. Uma vez que o território Chinês é tão grande, entretanto, eles não praticavam juntos. Isso acabou gerando muitas ramificações para o Kung Fu." Explicou ele. É adimitido por Teja que o Kung Fu realmente tem um significado muito amplo. Para ele, o Kung Fu é tido como um caminho de vida. "Kung Fu ensina compaixão e cria uma forte persistência/caráter. Através dos movimentos de autodefesa, os praticantes serão moldados/formados para se tornarem pessoas melhores. Da mesma forma que uma religião faria." Explicou novamente. Contudo, ele também se sente mau porque há pessoas que fazem mal uso do Kung Fu para ferir outros. Se isso é feito dessa forma, ele acredita que essa pessoa não está seguindo os ensinamentos do Kung Fu. Oficializando o Hek Ki Boen Eng Chun no Brasil


Início > Comunidades > Outros > Kung Fu - Fatos e Mitos > Fórum: > Oficializando o Hek Ki Boen Eng Chun no Brasil primeira | < anterior | próxima > | última mostrando 51-51 de 51 13 jul

Prof. Boscolo "Eu ministrei um workshop de Kung Fu nos EUA. A respota foi muito boa. Eles tem tanto interesse e respeito pelo Kung Fu. Além disso, nos EUA, as pessoas que estudam Kung Fu não são apenas crianças ou jovens, mas também adultos e mesmos gerações acima dos 50" explicou ele. Por essa razão, ele estava tão feliz com o desenvolvimento do Kung Fu nos EUA. Mas, em relação à ciade de Probolinggo? Segundo Teja, o interesse dos jovens de Probolinggo tem-se distanciado muito do estudo do Kung Fu. "Os jovens de hoje preferem jogam video games em vez de aprender autodesefa. Autodefesa pode criar/construir o caráter de compaixão. Além disso, as Escolas (NT: educação formal) de hoje também não dão o devido suporte" compartilhou ele. Além de que, a inclinação do horário escolar e suas atividades tem monopolizado/espremido as atividades dos jovens fora da escola. O resultado; Os jovens dificilmente têm tempo livre para fazer qualquer outra coisa que não seja estudo acadêmico. "Em vez disso, o estudo não é feito apenas na escola. A verdade é que com o Kung Fu, é possível se construir jovens com bom caráter e moral." Ele finaliza. (*) Link para a entrevista na lígua original - Indonésio. http://www.facebook.com/photo.php?pid=32523785&l=3db1ccf0de&id=1337853412

Oficializando o Hek Ki Boen Eng Chun no Brasi1  

De acordo com o mestre Meng, o evento tem como objetivo central disseminar a nova técnica aos praticantes do Kung Fu ocidental. "Nós escolhe...