Page 1

Operação de cesta aérea


Operação de cesta aérea

Treinamento Operacional – Diretoria de RH Rua dos Lavapés, 463 – Cambuci 01519-000 - São Paulo - SP

Gerência de Treinamento Operacional Sergio Fesneda

Administração Denis Germino Elisaldo de Melo Patrícia Saline Valdir Lopes

Elaboração técnica Ana Rita Ramos Angela Chagas Joana Costa Samuel Braz

Projeto gráfico e editoração Michel de Oliveira Rodolfo Justino

São Paulo, junho de 2007.

R:\Treinamento Tecnico\SEGMENTOS\AÉREO\CONSTRUÇÃO E MANUTENÇÃO DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO AÉREA (CMRDA)\APOSTILAS\ MANUAL DE OPERAÇÕES DE CESTA AÉREA.doc


"Ninguém educa ninguém, ninguém se educa sozinho, os homens se educam em comunhão." Paulo Freire


Sumário 1

2

Introdução___________________________________________ 1 1.1

Definição ..................................................................................................................... 1

1.2

Utilização .................................................................................................................... 1

Tipos de cesta aérea ___________________________________ 2 2.1

Cesta aérea MAC CABE POWER ABS-35 ................................................................ 2

2.2

Cesta aérea MAC CABE POWER – HABS 2.46........................................................ 2

2.3

Cesta aérea PITMAN HOSTIK HS-46MN................................................................... 3

2.4

Cesta aérea PITMAN ML-31....................................................................................... 3

2.5

Cesta aérea HIGHWAY – UGF - 65 GIRAFFE ........................................................... 3

2.6

Cesta aérea SKYRITZ – 10/L ..................................................................................... 4

2.7

Cesta aérea HIDRO GRUBERT BL – 13 / CA............................................................ 4

3

Normas de utilização das cestas aéreas ____________________ 6

4

Importância da manutenção e conservação dos equipamentos __ 7

5

Procedimentos de segurança_____________________________ 8

6

Tarefa 1 - Operar cesta aérea ____________________________ 9 6.1

Operação 1 -Inspecionar o veículo........................................................................... 9 6.1.1 Passo 1 - Efetuar manutenção de 1º nível. ...................................................... 9

6.2

Operação 2 - Estacionar Veículo ............................................................................ 10 6.2.1 Passo 1 - Posicionar o veículo adequadamente ............................................ 10 6.2.2 Passo 2 - Calçar e sinalizar o veículo. ........................................................... 10 6.2.3 Passo 3 - Sinalizar o canteiro de trabalho e calçar o veículo......................... 11


6.3

7

8

Operação 3 - Acionar equipamento........................................................................ 12 6.3.1 Passo 1........................................................................................................... 12

Tarefa 2 - Utilizar cesta aérea ___________________________ 13 7.1

Operação 1 - Acionar estabilizadores (quando houver)....................................... 13 7.1.1 PASSO 1 - Localizar e acionar as alavancas dos estabilizadores. ................ 13

7.2

Operação 2 - Retirar cinta de travação do braço. ................................................. 14 7.2.1 Passo 1 - Localizar e soltar a cinta de travação do braço.............................. 14

7.3

Operação 3 - Retirar capas de proteção. ............................................................... 15 7.3.1 Passo 1 - Localizar e retirar as capas de proteção do braço e do cesto........ 15

7.4

Operação 4................................................................................................................ 16 7.4.1 Passo 1 - Efetuar o aterramento dos equipamentos. (Quando do trabalho em linha viva) ....................................................................................................... 16

Tarefa 3 Utilizar comandos hidráulicos ____________________ 17 8.1

Operação 1 - Manusear alavancas. ........................................................................ 17 8.1.1 Passo 1 - Localizar e acionar as alavancas de comandos hidráulicos .......... 17


1

Introdução

1.1

Definição Cesta Aérea é um equipamento veicular isolado, dotado de braço móvel, que possui comandos hidráulicos na caçamba, projetado para que o operador tenha liberdade de movimento durante sua utilização. Deve ser operada em posição estável, desde que esteja estabilizada em piso firme e nivelado com a colocação da placa de aço (pranchão) para acomodação dos estabilizadores.

1.2

Utilização A Cesta Aérea foi desenvolvida para posicionar o operador/eletricista nos pontos de trabalho acima do solo, em serviços de manutenção e reparos de linhas públicas.

1


2

Tipos de cesta aérea

2.1

Cesta aérea MAC CABE POWER ABS-35 ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ

Tipo articulado Classe de tensão: 69 kv Quantidade de cesta: 1 Altura máxima de trabalho: 12,16m Capacidade de carga máxima por cesta: 130 kg sem forro de polietileno e 115kg com forro de polietileno Giro de 360º não contínuo No caso de emergência ou de pane no motor, pode- se girar o equipamento, manualmente, usando uma chave direto na cremalheira* de giro, afastando o equipamento da linha energizada. Possui comandos inferior e superior e em alguns casos, engate para ferramentas, sendo os comandos independentes. (* “ Cremalheira: Barra dentada sobre a qual trabalha uma engrenagem que serve para transformar movimento retilíneo em circular”- Novo Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa)

2.2

Cesta aérea MAC CABE POWER – HABS 2.46 ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ

Tipo articulado Classe de tensão: 69kv Quantidade de cestas: 2 Quantidade de forro de polietileno:2 Altura máxima de elevação:15,33m Altura máxima de trabalho: 17,50m Capacidade de carga máxima por cesta: 130kg sem forro de polietileno e 115kg com forro de polietileno Giro: 360º contínuo Estabilizadores do tipo articulado de acionamento hidráulico: 4

2


2.3

Cesta aérea PITMAN HOSTIK HS-46MN ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ

2.4

Cesta aérea PITMAN ML-31 ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ

2.5

Tipo articulado Classe de tensão: 69 kv Quantidade de Cestas: 2 Quantidade de forro de polietileno: 2 Altura máxima de elevação: 14m Altura máxima de trabalho: 15,5m Capacidade de carga máxima por cesta: 130 kg sem forro de polietileno e 115 kg com forro de polietileno Giro 360º contínuo Estabilizadores do tipo telescópico com direcionamento hidráulico: 2

Tipo articulado Classe de tensão: 69kv Quantidade de cesta: 1 Quantidade de forro de polietileno: 1 Altura máxima de elevação: 9,45m Altura máxima de trabalho: 11m Capacidade de carga máxima por cesta: 130kg sem forro de polietileno e 115kg com forro de polietileno Giro 360º não contínuo

Cesta aérea HIGHWAY – UGF - 65 GIRAFFE Obs.: Os equipamentos Highway não foram aprovados nos testes de isolação efetuados por ocasião do recebimento, não estando, portanto, liberados para trabalhos em linhas energizadas. Possui 4 estabilizadores de acionamento telescópico com válvula de direcionamento hidráulico, localizado sob o patamar traseiro do veículo. Atende os movimentos de extensão e recolhimento dos estabilizadores. Altura de trabalho: 22,86m e giro de 360º contínuo Quantidade de cestas: 2 Capacidade de carga máxima por cesto: 130kg sem forro de polietileno e 115kg com forro de polietileno.

3


2.6

Cesta aérea SKYRITZ – 10/L ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ

Modelo Sprinter D 310 (diesel) Montada em veículo leve Alavancas de acionamento superior Quatro funções com duas alavancas: Alavanca esquerda: giro e acionamento do braço superior Alavanca direita: acionamento do braço inferior e ferramentas hidráulicas Montadas com sistema de acionamento de bomba hidráulica, por embreagem eletromagnética, acionada através de botão no painel. Classe de tensão: 46kv Quantidade de cesta: 1 Quantidade de forro de polietileno: 1 Altura máxima de trabalho: 10,20m Capacidade de carga máxima por cesto: 120kg Comandos na caçamba e na base Sistema emergencial – acionamento através de bomba manual; recolhimento do equipamento no caso de defeito do motor Trava tipo carneiro embaixo do painel, do lado esquerdo Válvula seletora para comandar estabilizadores; invertendo a posição, opera-se o equipamento Observações: As cestas aéreas são compostas de ferramentas hidráulicas: moto serra hidráulica, serra hidráulica de longo alcance, podador hidráulico, alicate de compressão, parafusadora / furadeira; A utilização destas ferramentas fica condicionada à conclusão do curso específico]

2.7

Cesta aérea HIDRO GRUBERT BL – 13 / CA ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ

Modelo F4000 (diesel) Montado em veículo leve Sistema de acionamento da bomba hidráulica por tomada de força (botão no painel) 4 alavancas de acionamento superior na caçamba, sendo 3 para comandos e 1 de ativação das ferramentas hidráulicas 4 alavancas de acionamento na base inferior, sendo 3 para comando hidráulico e 1 seletora de função Base de ferro para acomodar os estabilizadores. Dispositivo “sirene” acionado automaticamente quando os estabilizadores são acionados. Alavanca de liga / desliga o motor do veículo

4


ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ

Terminais (macho / fêmea) para ferramentas hidráulicas – engate rápido Classe de tensão: 46kv Quantidade de cesta: 1 Quantidade de forro de polietileno:1 Altura de trabalho:13m Capacidade de carga máxima por cesto:120kg Sistema emergencial – acionamento através de bomba manual; recolhimento do equipamento em caso de defeito no motor Estabilizadores em “A”

5


3

Normas de utilização das cestas aéreas ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ

A tomada de força do sistema hidráulico é ligado diretamente na caixa de câmbio do veículo e para aplicá-la, o mesmo deve estar em ponto neutro; A embreagem deve ser acionada da mesma maneira que utilizada para engrenar as marchas regulares; As marchas reduzidas não devem ser acionadas com o veículo parado; O sistema hidráulico é servido da potência fornecida pela bomba hidráulica; A bomba hidráulica é movida pelo motor, através da transmissão do veículo; O operador não deve deixar a bomba hidráulica ligada com o veículo em movimento; evitando acidentes e danificar o conjunto hidráulico; Não deve-se colocar materiais de espécie alguma dentro da cesta.

6


4

Importância da manutenção e conservação dos equipamentos ƒ ƒ ƒ

ƒ

Os braços, as cestas e os forros devem estar sempre limpos Usar sabão neutro para a limpeza, nunca produtos químicos Quando a unidade móvel não estiver em uso, a cesta e o braço isolado devem permanecer cobertos com tampa e capa apropriadas, protegendo os componentes da poluição, sujeira e intempéries, o que conserva suas características dielétricas Quando a unidade móvel estiver em uso, deve-se evitar o impacto de ferramentas ou outros objetos contra o forro de polietileno, a fim de não causar arranhões, pressões, abalos ou trincas, o que pode inutilizar o forro Obs.: Para evitar possíveis rachaduras no braço isolado, o acionamento dele para baixo deve ser efetuado suavemente, evitando impactos com os suportes de apoio. A fixação dos braços nos suportes de apoio através de cintos, deve ser efetuada de maneira adequada para evitar impactos decorrentes da folga existente no processo de fixação.

7


5

Procedimentos de segurança ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ ƒ

ƒ

Deve-se conhecer a capacidade máxima da carga da cesta aérea A alavanca de controle deve ser movida suavemente para controlar o fluxo de óleo, tornando segura a operação; evitar movimentos bruscos nos controles Estar constantemente atento, quanto à posição dos braços, quando operar os controles As operações devem ser realizadas através dos comandos hidráulicos inferiores, com o operador no mesmo potencial que o veículo / equipamento Acionar sempre os estabilizadores atravez das manoplas somente após a colocação da placa de aço (pranchão) sempre com a utilização do dispositivo sirene acionado. Não é permitido permanecer na plataforma de elevação, enquanto a unidade móvel estiver em movimento; o veículo deve ser estacionado de modo a impossibilitar qualquer parte do equipamento aproximar-se da distância mínima de segurança, requerida para qualquer linha energizada (todos os cabos aéreos devem ser considerados energizados, até que a ELETROPAULO verifique o contrário / verificar distância mínima) Todos os equipamentos de elevação (cesta aérea) são dotados de válvulas pilotadas, que no caso de falha hidráulica mantém o equipamento estático (parado)

8


6

Tarefa 1 - Operar cesta aérea

6.1

Operação 1 -Inspecionar o veículo

6.1.1

Passo 1 - Efetuar manutenção de 1º nível.

6.1.1.1

Como faz Verificar o nível de óleo (hidráulico e mecânico); água; pneus; mangueiras; aspectos mecânicos e conservação do veículo / equipamento. Registrar os dados no formulário de inspeção de veículos.(partes elétricas,freios,setas,luzes de ré,lanternas, etc)

6.1.1.2

Porque faz Para garantir a segurança, evitando acidentes e imprevistos de percurso e/ou de equipamento e atender o código de trânsito brasileiro.

6.1.1.3

Ferramentas e equipamentos necessários Vareta de medição de nível de óleo, martelo para verificação de pneus.

6.1.1.4

EPI´s Capacete, luva de vaqueta, botina de segurança sem componentes metálicos, óculos de segurança.

6.1.1.5

EPC´s

6.1.1.6

Riscos inerentes Não atender ao Código de Trânsito Brasileiro.

6.1.1.7

Medidas de controle Fazer inspeção de 1º nível.

9


6.2

Operação 2 - Estacionar Veículo

6.2.1

Passo 1 - Posicionar o veículo adequadamente

6.2.1.1

Como faz Verificar o local a ser feito o serviço e estacionar de forma que possibilite o manuseio do equipamento com Praticidade e Segurança.

6.2.1.2

Porque faz Para facilitar a elevação do eletricista e permitir que ele esteja o mais próximo possível do trabalho a ser realizado.

6.2.1.3

Ferramentas e equipamentos necessários Freio montanha e/ou carneiro, freio de estacionamento e calço para o veículo.

6.2.1.4

EPI´s Capacete, luva de vaqueta, botina de segurança sem componentes metálicos, óculos de segurança.

6.2.1.5

EPC´s Cones, fitas refletivas, bandeirola.

6.2.1.6

Riscos inerentes Colisão, atropelamento, acidentes com terceiros.

6.2.1.7

Medidas de controle Sinalizar o veículo conforme Instrução de Segurança do Trabalho de 10/01/2001, calçar o veículo.

6.2.2

Passo 2 - Calçar e sinalizar o veículo.

6.2.2.1

Como faz Com o veículo parado, acionar o freio de estacionamento e o Giroflex, Pisca-Alerta e a trava carneiro(freio montanha); em seguida, antes de descer do veículo, pedir ao colega de trabalho para calçar o veículo

10


6.2.2.2

PORQUE FAZ Para garantir a segurança no decorrer do trabalho e atender ao Código de Trânsito Brasileiro.

6.2.2.3

Ferramentas e equipamentos necessários Pisca alerta e Giroflex, calço do veículo e trava carneiro ou frei montanha.

6.2.2.4

EPI´s Capacete e Luvas de vaqueta, Capacete, luva de vaqueta, botina de segurança sem componentes metálicos, óculos de segurança.

6.2.2.5

EPC´s Cones, fita refletiva e bandeirolas.

6.2.2.6

Riscos inerentes Colisão com outros veículos, atropelamento, acidentes com terceiros.

6.2.2.7

Medidas de controle Estacionar o Veículo e sinalizar conforme Instrução de Segurança do Trabalho de 19/01/2001.

6.2.3

Passo 3 - Sinalizar o canteiro de trabalho e calçar o veículo.

6.2.3.1

Como faz Utilizar cones, fitas refletivas e bandeirolas, distribuindo-os aos redor do veículo e do local determinado.

6.2.3.2

Porque faz Para preservar a segurança dos eletricistas e de terceiros (outros veículos e/ou pedestres).

6.2.3.3

Ferramentas e equipamentos necessários

6.2.3.4

EPI´s Capacete, luva de vaqueta, botina de segurança sem componentes metálicos, óculos de segurança.

11


6.2.3.5

EPC´s Cones, fita refletiva e bandeirolas.

6.2.3.6

Riscos inerentes Colisão com outros veículos, atropelamentos e acidentes com terceiros.

6.2.3.7

Medidas de controle Sinalizar conforme a Instrução de Segurança do Trabalho de 10/01/2001.

6.3

Operação 3 - Acionar equipamento

6.3.1

Passo 1 Colocar em funcionamento os equipamentos hidráulicos.

6.3.1.1

Como faz Visualizar no interior da cabine a alavanca correspondente à tomada de força e ligá-la: simultaneamente, deixar o câmbio em ponto neutro e pisar na embreagem

6.3.1.2

Porque faz Para haver pressão no sistema hidráulico.

6.3.1.3

Ferramentas e equipamentos necessários

6.3.1.4

EPI´s Capacete, luva de vaqueta, botina de segurança sem componentes metálicos, óculos de segurança.

6.3.1.5

EPC´s Cones, fitas refletivas, bandeirola.

6.3.1.6

Riscos inerentes

6.3.1.7

Medidas de controle

12


7 7.1

Tarefa 2 - Utilizar cesta aérea Operação 1 - Acionar estabilizadores (quando houver)

7.1.1

PASSO 1 - Localizar e acionar as alavancas dos estabilizadores.

7.1.1.1

Como faz Visualizar as alavancas dos estabilizadores (assoalho ou coluna da cesta); realizar movimentos correspondentes a abaixar ou levantar, de acordo com a necessidade. Utilizar as plataformas de aço (pranchões de aço) em baixo dos estabilizadores a fim de proporcionar melhor apoio. OBS.: quando da utilização da Cesta Hidro Grubert e da Cesta Sky Ritz, verificar se a alavanca seletora de função, localizada no pedestal da coluna da Cesta encontrase na posição estabilizadores.

7.1.1.2

Porque faz Para obter-se estabilidade do conjunto de elevação (Cesta Aérea) e garantir a segurança dos nossos profissionais.

7.1.1.3

Ferramentas e equipamentos necessários Plataformas de aço (pranchões de aço)

7.1.1.4

EPI´s Capacete, luva de vaqueta, botina de segurança sem componentes metálicos, óculos de segurança.

7.1.1.5

EPC´s Cones, fita refletiva e bandeirola.

13


7.1.1.6

Riscos inerentes Tombar o veículo e acidentes com nossos funcionários.

7.1.1.7

Medidas de controle Verificar as condições do local para que o veículo permaneça estável durante a operação(condições do solo).

7.2

Operação 2 - Retirar cinta de travação do braço.

7.2.1

Passo 1 - Localizar e soltar a cinta de travação do braço.

7.2.1.1

Como faz Visualizar a trava e acioná-la; levantar a alavanca e /ou catraca manualmente e retirar a cinta que fixa os braços em posição de repouso. OBS.: A Cesta Hidro Grubert possui a cinta de proteção, porém, presa a uma catraca, ao invés da alavanca.

7.2.1.2

Porque faz Para liberar as articulações dos braços da cesta.

7.2.1.3

Ferramentas e equipamentos necessários

7.2.1.4

EPI´s Capacete, luva de vaqueta, botina de segurança sem componentes metálicos, óculos de segurança.

7.2.1.5

EPC´s Cones, fita refletiva e bandeirola.

7.2.1.6

Riscos inerentes Acidentes com as mãos, pés, etc.

14


7.2.1.7

Medidas de controle Fazer uso de luvas, botinas, óculos e capacete.

7.3 7.3.1

7.3.1.1

Operação 3 - Retirar capas de proteção. Passo 1 - Localizar e retirar as capas de proteção do braço e do cesto. Como faz Visualizar as capas e retirá-las manualmente. OBS.: Apenas retirar a capa do braço quando o trabalho for em rede energizada.

7.3.1.2

Porque faz Para acomodar o eletricista (Capa da Cesta). Para utilizar a isolação (capa do braço – em Rede Energizada).

7.3.1.3

Ferramentas e equipamentos necessários

7.3.1.4

EPI´s Capacete, luva de vaqueta, botina de segurança sem componentes metálicos, óculos de segurança.

7.3.1.5

EPC´s Cones, fita refletiva e bandeirolas.

7.3.1.6

Riscos inerentes Cortes nas mãos, torções, etc.

7.3.1.7

Medidas de controle Utilizar capacete, óculos, botina, luvas.

15


7.4

Operação 4 Aterrar o veículo.

7.4.1

7.4.1.1

Passo 1 - Efetuar o aterramento dos equipamentos. (Quando do trabalho em linha viva) Como faz Conectar uma das extremidades do cabo de cobre para aterramento já existente no veículo (dentro da caixa de ferramentas) na traseira do caminhão. A outra deverá ser presa a uma haste de aterramento fincada no solo,ou no neutro geral da Empresa.

7.4.1.2

Porque faz Para evitar energização do veículo, em caso de descarga elétrica, e acidente com nossos profissionais.

7.4.1.3

Ferramentas e equipamentos necessários Cabo de cobre, haste de aterramento, conector, faca curva e chave de boca regulável

7.4.1.4

EPI´s Capacete, luva de vaqueta, botina de segurança sem componentes metálicos, óculos de segurança.

7.4.1.5

EPC´s Cones, fita refletiva e bandeirolass.

7.4.1.6

Riscos inerentes Acidentes com as mãos e pés (torções).

7.4.1.7

Medidas de controle

7.4.1.8

Utilizar capacete,óculos,botina,luvas.

16


8 8.1 8.1.1

8.1.1.1

Tarefa 3 Utilizar comandos hidráulicos Operação 1 - Manusear alavancas. Passo 1 - Localizar e acionar as alavancas de comandos hidráulicos Como faz Visualizar e acionar as alavancas de comando hidraúlico, movimentando-as para frente ou para trás; para esquerda ou direita, conforme o giro, de acordo com a necessidade.

8.1.1.2

Porque faz Para posicionar-se adequadamente, afim de executar o trabalho.

8.1.1.3

Ferramentas e equipamentos necessários

8.1.1.4

EPI´s Capacete,óculos,botina,cinturão de segurança.

8.1.1.5

EPC´s Cones, fita refletiva, bandeirolas e aterramento temporário.

8.1.1.6

Riscos inerentes Choque elétrico (arco voltaico).

8.1.1.7

Medidas de controle Usar capacete, óculos, botina, luvas.

17


18


______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________


______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________


______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________


______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________


19-MANUAL DE OPERAÇÕES DE CESTA AÉREA  

Operação de cesta aérea Administração Projeto gráfico e editoração Elaboração técnica Ana Rita Ramos Angela Chagas Joana Costa Samuel Braz D...

Advertisement