Issuu on Google+


02


Ă?ndice QUEIJOS ................................................ 05 ESPECIAIS

.................... 17

(Chocolate, Foie Gras, Caviar, Trufa, Azeite, Massa e Frios)

VINHOS .................................................. 30


04


Quei jos TRADIÇÃO EM QUEIJOS FINOS

O

queijo possui uma vasta história, com presença marcante em muitas culturas. Desde sua gênese é seguramente parte do cotidiano alimentar da humanidade, quando as populações começaram a domesticar animais e a criar rebanhos, e desta forma garantir fonte de carne e de leite. Quem sabe, por mero acaso, o leite coalhou! Paralelamente, as inovações determinaram fortemente a melhora da produção de queijo. Foram encontradas vasilhas perfuradas que permitiam o escoamento da coalhada. Com uma relação profunda com a mitologia e com as divindades, encontrou na alimentação diária dos componeses e aldeões, desde a antiga Suméria, passando pelas civilizações Babilônica e Hebraica, até a antiga Grécia e civilização romana. O século XIX foi ápice do consumo de queijo, com sua produção tornando-se industrial e também sofrendo uma grande revolução : a pasteurização. Depois de tantos séculos, sua evolução é indiscutível. Hoje, há uma enorme variedade de sabores e formas, sendo um alimento extremamente rico em proteínas e vitaminas. O queijo tornou-se um nobre produto, com apreciadores em todo mundo e até com técnicas próprias para um melhor consumo. Conheça o maravilhoso mundo dos queijos e seus segredos!

05


Rouzaire FRANÇA

A

Rouzaire é uma empresa fami-

liar que esta em sua quarta geração. Fundada em 1928, em Saint Chély d´Apcher, tem uma história de franca expansão, iniciando exportações em 1985 para Itália, Espanha, Alemanha, Países Baixos, Luxemburgo e Suíça. Com tal crescimento, a Rouzaire investiu ainda mais na qualidade de sua produção artesanal e modernizou a distribuição, melhorando o transporte. Em 2003, a empresa festejou seu 75º aniversário e solidificou o conceito que traz a você produtos exclusivos da França, como os aclamados Brie 06

de Meux, Brie de Melun e Brie de Nangis AOC.


O Brie é muito apreciado pela realeza francesa, sendo consagrado “Rei dos Queijos”.Caracterizado como queijo de massa mole, é produzido em todo departamento de Seine-et-Marne, a partir de leite de vaca. Suas AOCs mais nobres são o Brie de Meaux e de Melun, feitos de leite cru. Os queijos Beillat Savarin, Fougerus, Grand Mogol e Grantte Paille também são feitos a partir de leite cru, suas afinagens seguem todos os padrões e consagram-se por sua qualidade artesanal, o que lhes conferem uma textura cremosa e um rico sabor.

• Brie de Meaux AOC 2,5kg - cód. 625

• Brie de Nangis AOC 1kg - cód. 672

• Brie de Melun AOC 2,5kg - cód. 676

• Brillat Savarin 700g - cód. 671

• Fougerus 250g - cód. 628

• Grand Mogol 200g - cód. 626

• Gratte Paille 250g - cód. 786

07


Quei jos Especiais FRANÇA

Dentre mais de 500 queijos do universo francês, destacam-se os queijos AOC, de produção limitada e acompanhando as normas e séculos ancestrais de produção. Cada AOC é representante do seu “terroir”, como acontece com os vinhos. Consulte sempre sobre a disponibilidade, que pode variar ao longo do ano. Alguns exemplos: • Crottin de Chavignol: este queijo também é conhecido como Chavignol e tem uma superfície dura, escura e encalombada. Um pouco salgado, carrega consigo o equilíbrio entre o ácido e o doce, além do cheiro de leite que intensifica o seu sabor é produzido a partir do leite de cabra. • Epoisses: queijo AOC apreciado por toda Europa. Um sabor mágico originado do leite de vaca, de pasta mole, com sua crosta lavada e lisa, sendo ainda um pouco rugosa e brilhante. Sua coloração branca alaranjada acontece devido à pigmentação natural dos fermentos. • Munster: produzido com leite de vaca, tem pasta mole e crosta lavada, quando jovem é alaranjada e tem textura macia. O coração do queijo é ligeiramente mais firme que o restante e seu sabor é excepcionalmente fresco. Quando mais afinado, sua crosta fica avermelhada e a pasta mais cremosa. • Reblochon: juventude e suavidade são as características mais notáveis deste queijo de pasta ligeiramente prensada e não cozida a partir do leite de vaca. Sua crosta é lisa, varia do amarelo ao alaranjado e pronuncia açafrão, assim como, também é recoberta de fina camada branca que indica boa afinação em cave fresca.

• Crottin de Chavignol 60g - cód. 781

08

• Epoisses 250g - cód. 679

• Munster 200g - cód. 682

• Reblochon 240g - cód. 678


Isigny S Mère te

FRANÇA

Tudo começou em 1932, com a primeira fábrica de laticínios, Co-operative Isigny-sur-Mer, com somente 42 fazendeiros que juntaram forças para promover e defender a boa fama do leite e da manteiga da região. Em 1979, nasceu a Isigny Sainte-Mère, seguida pela fusão com a Sainte-Mère-Eglise Dairy Co-operative. Tornouse um grupo de laticínios mudialmente famoso, e hoje a exportação soma em torno de 40% do negócio. A região de Isigny tem um clima úmido e suave, além de um rico solo em argila e lodo. O leite destes pastos é rico em determinados elementos e tem altos níveis de gordura, características que conferem o sabor inigualável de sua manteiga e seu creme francês. Como produtos da AOC. A zona Isigny compreende 193 comunas, sendo 110 na Cotentin e 83 em Bessin. São queijos fabricados a partir do leite de vaca, pasta mole não prensada.

• Pont L´Eveque AOC leite crú Red Label 350g - cód. 783 • Pont L´Eveque AOC leite crú Red Label 175g - cód. 784

• Camembert de Normandie AOC 250g - cód. 785

• Camembert De Normandie: apresenta-se na forma redonda regular, com superfície de pigmentações vemelhas. Sua pasta é lisa e cremosa, que varia da cor branca à bege clara. Seu bouquet vai de suave a delicado, o seu paladar deve ser sutil e leve na boca. Afinado, o sabor do Camembert da Normandie pode ser acentuado, podendo ser frutado ou forte, porém nunca amargo. Seu teor de gordura é de 45%. • Pont L´êvéque: crosta macia e carnuda, de cor ocre ou amarela dourada. Quando lavada, a crosta é brilhante, lisa e alaranjada. Quando a afinagem é feita a seco, apresenta-se mais espessa e cinzenta. O aroma deste queijo deve ser pronunciado e sua pasta cremosa deve ser homogênea e de gosto marcante, porém delicado.

09


President FRANÇA

P

resident é a principal marca

de queijos finos do mundo, está presente em 123 países, trazendo a arte das manteigas e dos queijos. Faz parte de um grupo fundado em 1933 que produz hoje cerca de 140.000 toneladas de manteiga, 100.000 de creme e 520.000 de queijo. Para produzir queijos e manteigas perfeitas, com intensidade certa de sabor, textura e aroma, atenta-se a vários fatores como solo e alimentação das vacas, cabras ou ovelhas, pois a qualidade do leite é definida pelo tipo de animal, vegetação e estação climática em que está sendo produzido. A President tem todo esse cuidado, com profissionais altamente qualificados para que seus clientes possam desfrutar de um bom queijo e apreciar seu contraste e sutileza, assim como sua variedade, pois existe um para cada paladar e para cada ocasião, desde os ricos, maduros e gordurosos, até o final da escala de sabores, 10

com os mais acres, picantes e salgados.


• Buchete de Cabra com Cinzas 113g - cód. 560

• Buchete de Cabra com Ervas 113g - cód. 561

• Buchete de Cabra Natural 113g - cód. 559

• Crottin de Cabra 120g - cód. 336

• Grand Palet de Cabra 180g - cód. 283

• Brie 200g - cód. 268

• Camembert 1/2 lua 125g - cód. 328

• Roquefort (ovelha) 100g - cód. 334

• Creme de Camembert 125g - cód. 730

• Creme de Emmenthal 125g - cód. 731

• St. Maure de Cabra 200g - cód. 270

• Bleu D´Auvergne 100g - cód. 749

• Manteiga La Motte 250g - cód. 748

11


Mauri ITÁLIA

C

12

om uma grande linha de queijos italianos, Mauri Formaggi atingiu o primeiro lugar em laticínios. A empresa foi fundada em 1926, por Emílio Mauri, em Pasturo, uma pequena cidade localizada na região da Valsassina. Seu objetivo de zelo e qualidade foi mantido pelos seus sucessores, que em 1972 decidiram transferir parte da produção para Treviglio. Esta área era conhecida pela ótima qualidade do leite com execelentes características nutricionais. A região tornando-se a base da produção, porem as grutas naturais, chamadas de “le casere”, continuaram em Valsassina. Era o ambiente mais importante para o período de maturação, onde os queijos Mauri adquiriam seu sabor e aroma únicos. Mauri é uma das poucas empresas da Itália reconhecidas pela grande quantidade de queijos com tamanhos, intensidades e sabores naturais dos “tempos antigos”.


• Gorgonzola Dolce 240g - cód. 151

• Gorgonzola Picante 240g - cód. 591

• Muizzarela de Búfalo 125g - cód. 675

• Bontaleggio de Grotta 400g - cód. 589

• Gorgonzola Bontazola: um queijo de massa crua e de cor branca-palha, caracterizado pelos veios azuis esverdeados, típicos da atuação do fungo “penicillinnum glaucum”. Produzido exclusivamente com leite de vaca integral e fermentos lácteos, e por isso, deve ser sempre o último em uma desgustação. • Gorgonzola Picante: sua massa é homogênea, cremosa e de cor branca. Tem sabor adocicado e de nata. Possui as mesmas características do Bontazola, porém seu sabor, torna-se mais picante e apurado devido a maior quantidade de fungos “penicillinnum glaucum”. • Bontaleggio e Talleggio de Grotta: um queijo de mesa extraordinário, de pasta mole e cor branca-palha, produzido com leite de vaca pasteurizado. Delicioso, dissolve na boca e tem sabor delicado e doce, com aroma bem sutil. O Talleggio de Grotta tem sua afinagem feita em grutas naturais da região.

• Bontaleggio 1,6Kg - cód. 590

• Mascarpone 250g - cód. 611

13


Rocinante

ESPANHA

Fundada há mais de meio século, a empresa fica situada na maior comarca natural da Espanha, sendo uma das líderes na elaboração de Queijo Manchego com Denominação de Origem. Fabrica o autêntico e inconfundível queijo puro de Ovelha Manchega Maese Miguel. Desde 1996, ostenta o Certificado de Qualidade ISO 9001, que garante a máxima qualidade dos queijos, contando adicionalmente com o Certificado de Meio Ambiente ISO 14001, desde o ano 2000, prova de sua atuação respeitosa com a natureza. Presume-se serem pioneiros, em toda indústria láctea, a conseguir estas certificações. Otimizando os processos tradicionais da elaboração e utilizando a melhor matéria-prima, Rocinante atingiu excelentes níveis de qualidade em sua extensa gama de queijos. • Manchego Maese Miguel D.O.: queijo de pasta prensada com Denominação de Origem, elaborado a partir do leite pasteurizado de ovelha de raça “Manchega”. Sua maturação mínima varia de 3 a 6 meses em bodega. Tem um suave sabor, com forte corpo e final persistente. • Rocinante Semicurado: elaborado a partir de leite pasteurizado de vaca, cabra e ovelha. Sua maturação é de aproximadamente 45 dias e tem sabor suave, percebendo-se algo manteigado no paladar. • Rocinante Curado: queijo de pasta prensada, elaborado a partir de leite pasteurizado de vaca, cabra e ovelha. Sua maturação mínima é de 120 dias em bodega. Muito saboroso e ligeiramente picante. • Queijo Cabra: com suave sabor, agradavelmente ácido, manteigoso e pouco salgado. Pasta prensada elaborada a partir de leite pasteurizado de cabra. A maturação mínima é de 30 dias em bodega.

• Manchego Maese Miguel D.O 3 meses 250g - cód. 795

14

• Rocinante Meia Cura 250g - cód. 792

• Rocinante Curado 250g - cód. 784

• Cabra Mini 250g - cód. 786


Zarpellon

ITÁLIA

Em 1995, Zapellon fundou uma empresa de produtos derivados do leite aos pés dos Alpes Venetas. Um ano depois, iniciou uma nova atividade de produção, com ênfase em queijos típicos, locais e nacionais como: • Grana Padano Forma: fabricado a partir do leite de vaca, tem casca natural, lisa e extremamente dura e expessa. É um queijo DOC (Denominação de Origem Controlada). Pode ser servido como queijo de mesa, ralado, em entradas e molhos, massas e saladas, sempre acompanhado de um Cabernet Sauvignon. • Parmeggiano Regiano: popularmente chamado de Parmesão, este é o queijo italiano mais conhecido da família Grana. Muito compensador, é fabricado com leite de vaca, misturado com coalhada e cozido por 30 minutos até que os coágulos se separem. Pode ser ralado, adicionado a sopas, salpicado sobre massas e arroz e até utilizado como tempero em outros pratos. • Pecorino Romano: qualificado como um dos queijos mais antigos, é produzido exclusivamente com leite de ovelha integral oriundo da Sardenha, Lazio e Grosseto. Sua tipicidade é proveniente das características da ração peculiar das ovelhas, pastos e, conseqüentemente, do leite que produzem.

• Grana Padano 300g - cód. 402

• Parmessão Reggiano 300g - cód. 403

• Pecorino Romano 300g - cód. 430


16


Especiais EXCELÊNCIA EM GASTRONOMIA

O

s produtos especiais chegam para aguçar ainda mais o paladar brasileiro. O intuito é oferecer a excelência em gastronomia, com produtos de qualidade e sofisticação, aproximando mais os apreciadores de um agradável mundo de sabores. São produtos de referência gastronômica internacional e tradição, que aliam enstilos artesanais a tecnologia, conhecimento, inovação e garantia de qualidade. Nós, da Caseus, preparamos além de Caviar, Vinhos, Foie Gras, Trufas, Chocolates “Valrhona”, Massas, entre outros, para serem consumidos intesa e prazerosamente, conferindo a todos a sensação de estar no país de origem desfrutando o que há de melhor em produtos gourmet. A vocês, apreciadores e experts que prezem o sabor, o aroma e o requinte em seus momentos especiais. Prove!

17


Valrhona V alrhona FRANÇA

A

vocação da Valrhona se afirma desde sua criação em 1922, ao elaborar chocolates excepcionais como os Grand Crus Guanaja, Caraibe, Jivara e Manjari, resultados da dedicação de plantar, descobrir e selecionar os melhores grãos ao redor do mundo. A empresa mantém a tradição de sua produção artesanal, ampliando seus conhecimentos sobre as diferentes espécies de cacau e o tratamento que cada um deve receber para criar o melhor chocolate. As diferentes colheitas são tratadas separadamente, e esta meticulosidade garante a busca pelos mais intensos e autênticos sabores. Aperfeiçoa seus métodos na Escola Valrhona, onde os departamentos de pesquisas e desenvolvimento criam novas formas, misturas e receitas elaboradas com chefs de renome do mundo inteiro, para o deleite de seus consumidores em mais de 50 países. Recebeu prêmios como o de Qualidade Francesa em 2004 e o da Copa do Mundo de Pâtisserie em 2005. É o padrão mundial em chocolates. 18


BARRAS GRAND CRU • Guanaja 70% Cacau 75g - cód. 839

• Caraibe 66% Cacau 75g - cód. 840

CAIXA DE PRESENTE EM MADEIRA • Estate Grown Chocalates 6 unid. de 75g - cód. 845

• Jivara 40% Cacau 75g - cód. 841

• Coleção 4 Chocolates Grand Crus 60 unid. de 5g - cód. 846

• Caraibe com Pedaços de Avelã 75g - cód. 842

• Manjari 64% Cacau Raspas de Laranja 75g - cód. 843

CAIXA DE PRESENTE EM METAL • Grand Cru Guanaja • Grand Cru Caraibe 18 unid. de 5g - cód. 847 18 unid. de 5g - cód. 848

• Jivara com Nozes 75g - cód. 844

• Grand Cru Jivara 18 unid. de 5g - cód. 849

CAIXA DE PRESENTE • Guanaja Grand Cru 57 unid. de 5g - cód. 850

• Caraibe Grand Cru 57 unid. de 5g- cód. 851

• Jivara Grand Cru 57 unid. de 5g - cód. 852

• Manjari Jivara Grand Crus 36 unid. de 5g - cód. 853

19


Rougié FRANÇA

P

20

atos, gansos e Rougié possuem uma longa história em comum, que se inicia em 1875, com uma reunião de gourmets na França. A produção da família Rougié alcança fama mundial e tem presença confirmada nas mesas mais refinadas de 120 países, tornandose o emblema do bom gosto francês. Com o grupo Rougié Bizac International (RBI), fundado em 1999, a empresa controla toda a produção. O conhecimento do processo de produção desta iguaria é apreciado em Périgord (sede da empresa), como uma arte que revela os sabores mais autênticos do fígado da ave. Rougié é o patrocinador exclusivo do Bocuse d’Or, torneio internacional coordenado pelo Chef Paul Bocuse, que premia os chefs mais proeminentes em todo o mundo. A produção Rougié é exportada sob os mais rígidos padrões e produzida com a melhor tecnologia existente, sem perder a qualidade do processo artesanal. A alta gastronomia tem um lugar especial na Rougié. Sua cozinha experimental está sempre pesquisando e desenvolvendo novos sabores.


Rougié combina a arte e a tradição na criação de Foie Gras, a partir de técnicas e segredos passados de geração em geração. A excepcional qualidade dos foie gras de ganso e pato, crus, congelados, pasteurizados ou em conserva, estão presentes nos melhores restaurantes e cozinhas no mundo todo, e são o resultado da busca constante para melhor atender as expectativas dos consumidores.

• Bloco de Fígado de Ganso com Trufas 700g 75g - cód. 827 145g - cód. 828 210g - cód. 829 310g - cód. 830 • Bloco de Foie Gras de Ganso 75g - cód. 831 145g - cód. 832 210g - cód. 833 • Bloco de Fígado de Pato 135g - cód. 835 180g - cód. 836 200g - cód. 837

• Trufas em Conserva 15g - cód. 838

• Foie Gras Fresco de Pato Congelado 500-600g - cód 110

• Mousse de Fígado de Ganso 320g - cód. 834 4

21


Kaspia FRANÇA

A • Salmão Selvagem Defumado em fatias cód. 923

casa Kaspia foi fundada em 1927, em Paris, por Arcady Fixon, que além da descoberta do caviar, permitiu ao produto ser um ícone da alta gastronomia. Imigrante da Rússia no início dos anos 20, o Sr. Fixon impôs progressivamente nos meios culturais a degustação de caviares frescos. O Caviar é produzido a partir das ovas do peixe esturjão. O maior esturjão, o Beluga mede quase 5 metros de comprimento e pode viver até 100 anos e pesar até 1000kg. Isto significa uma enorme quantidade de caviar, já que as ovas representam 18% do peso deste peixe. A concentração de esturjão é no Mar Cáspio e no Mar Negro, na Rússia e no Irã. Mas já há produções alternativas na França, em cativeiro, na região de Aquitaine, em Bordeaux. Os quatro tipos de caviar esturjão são: • BELUGA - Tem as maiores ovas, extraídos do maior esturjão. É preto ou cinza escuro. Prefere-se os mais claros. • OSCIETRA - Granulação firme, marrom ou levemente dourada. Tem sabor mais forte e custa menos que o Beluga. • SEVRUGA - A menor granulação de caviar, produzido pelo menor esturjão. É o mais macio. • CAVIAR PRENSADO - É produzido a partir de ovas de esturjão muito maduros, que tendem a quebrar. O sabor é concentrado e salgado.

• Ovas de Salmão cód. 982 • Caviar prensado cód. 922 • Caviar Beluga cód. 924

22

• Caviar Oscietra cód. 926

• Caviar Sevruga cód. 925


Trufas ITÁLIA E FRANÇA

A

palavra trufa vem do latim tuber, que significa tubérculo. A sua origem, inexplicavelmente, teria sido nas areias da Líbia, em tempos remotos. Sabe-se que os romanos já a utilizavam em seus famosos banquetes. Por não conhecermos exatamente os fatos do acaso que resultam em sua aparição, possui uma incrível virtude aromática e devido ao seu aroma a trufa parece estar em uma dimensão mágica. Seu perfume é animal e vegetal, muito penetrante e invasor de todos os espaços disponíveis a volta. Dois tipos de trufas se destacam na gastronomia: a trufa branca do Piemonte (Itália) denominada Tuber Magnatum Pico e a trufa negra do Perigord(França), Tuber Melanosporum. O processo de “caça” à trufa, utilizando cachorros e outrora porcos farejando e cavando ao pé das árvores dos bosques italianos e franceses, também lhe confere toda esta aura de mistério, curiosidade e exceção. As trufas brancas são encontradas entre outubro e dezembro e quando desaparece em Piemonte, surgem as trufas negras do Perigord que atingem sua maturidade em dezembro e janeiro, estendendo-se também por poucos meses. Consulte-nos a partir de setembro para a nossa programação de trufas frescas, brancas e pretas. Dispomos de várias preparações e conservas de trufas que permitem degustar esta iguaria em todas as estações. • Azeite trufado • Manteiga de trufa branca e preta • Mel trufado • Tartufata: creme de trufas brancas • Trufas brancas e pretas, em conserva, a partir de 25 gramas.

23


Rosmarini

Azeite

ITÁLIA

C

hegou para enriquecer ainda mais os aromas da cozinha brasileira. O Azeite Extravirgem Costa Dei Rosmarini tem teor de acidez abaixo de 1% e exala um perfume bastante delicado. Sua cor é amarela clara vendada e seu sabor é inigualável. As azeitonas são Taggiasco, dos bosques particulares da região de Ligúria, e coletadas manualmente quando parcialmente maduras. Depois são pressionadas a frio na primeira prensagem, sem aditivos e nenhum processo químico. Com fragância delicada de fruta apresenta-se melhor ao ser apreciado cru, em saladas, peixes, grelhados ou carnes. O escolhido por especialistas e famosos chefs mundiais como H. Cipriano (Venesa), Orient Express (Veneza), Hotel Splêndido (Portofino), Sadles Rest. (Milão), Lafayette Gourmet (Paris), Dean & De Luca (Nova York), Caviar House (Genebra), entre outros. • Azeite Extravirgem D.O.P. Costa dei Rosmarini 500g - cód. 798 • Azeite Extravirgem Costa dei Rosmarini 500g - cód. 799

24


Cara Nonna ITÁLIA

A

Cara Nonna nasceu para produzir uma massa de alta qualidade e especial, principalmente porque sua fábrica encontra-se numa região famosa pelo seu grano duro, além de sua vasta e antiga experiência na produção da sêmola e de massas. Seu nome expressa a imagem de um produto genuíno e de sabor artesal, como a massa feita à mão pelas nossas avós. A fabricação utiliza método original de produção de massas, ou seja, secagem longa, trefilagem feita com o bronze, etc. Atualmente são produzidos cerca de 80 formatos especiais e mais 20 formatos especiais. Todos os produtos são pasteurizados para permitir uma longa e segura conservação do produto.

• Bavette al Funghi Porcini 500g - cód. 801 • Tonnarelli al Nero di Seppia 500g - cód. 800

25


Negroni

ITÁLIA

E

26

strela em carnes desde 1907, Pietro Negroni é líder na produção, distribuição e venda de produtos curados e pré-cozidos de porco em toda a Itália. Foi a primeira salumeria a tornar-se independente do ciclo das estações por adotar a chamada “tecnologia do frio”. A missão da Negroni é, originalmente, de produzir salames de qualidade em quantidade industrial, mantendo a tradição camponesa e a metodologia do artesanato de seu fundador. Mas hoje produz também mortadelas, presuntos crus, cozidos e assados, e outros produtos que servem clientes no mundo todo. Um dos pontos fortes da empresa é controlar cada uma das fases da produção, da qualidade da alimentação dos animais até a do transporte, garantindo o sabor e o frescor em todo o processo. Com fábricas em Cremona e Zibello-Parma, duas tradicionais regiões de produção, e mais 120 agentes em extensiva rede de distribuição, Negroni construiu seu prestígio e liderança no mercado italiano. A estrela pode ter evoluído, mas sua base permaneceu a mesma: paixão pela qualidade, respeito pela tradição e comprometimento com o sabor original do salame”.


Bem-vindo ao espírito Negroni. Na busca incessante de cumprir sua missão de obter as melhores carnes parar a elaboração de seus delicados presuntos crus e carnes processadas, a Negroni é bem sucedida na combinaçao entre a tradição e a evolução tecnológica. Algumas coisas mudaram para a Negroni desde 1907, mas não a sua filosofia que está baseada em três princípios essenciais: amor e paixão pela qualidade, absoluto respeito pela tradição e pelas terras onde estas são preservadas, e ao mesmo tempo o verdadeiro respeito ao genuíno e típico sabor delicado de suas carnes e do produto final.

• Cottechino Lampo 500g - cód. 20

• Zampone Lampo 1Kg - cód. 21

• Presunto Parma Desossado 6Kg - cód. 1

• Presunto San Daniela Desossado 6Kg - cód. 2

27


28


Vinhos DAS MAIS RENOMADAS REGIÕES.

N

ão se pode apontar o local e a época em que o vinho foi feito pela primeira vez, porém, não precisou ser inventado: estava lá, onde quer que uvas fossem colhidas e armazenadas em um recipiente que retivesse seu suco. A história nos faz acreditar que o vinho foi uma daquelas descobertas do homem que nasceram por inspiração divina, e mostra também que esta profundamente inserido nas culturas da humanidade. Na região Mediterrânea, ganhou força como bebida divina. Os gregos e os romanos tiveram personagens enófilos em sua mitologia: Dionísio e Baco. No cristianismo, Jesus Cristo utilizou o vinho para simbolizar seu sangue e inspirou o seu primeiro milagre. A vitivinicultura ficou ameaçada por volta de 1870, quando a praga “phylloxera” levada por vinhas americanas contaminadas, destruiu praticamente todas as videiras européias. Porém, as próprias raízes americanas eram resistentes e tornaram-se porta-enxerto para as vinhas européias. Sua grande impulsão acontece a partir das descobertas sobre microorganismos e fermentação de Louis de Pasteur (18221895), publicadas em sua obra “ Études Sur Le Vin”, que constituem o marco fundamental do desenvolvimento da enologia moderna. Agora, é você se aprofundar nesse fascinante mundo de sabores e aromas, apreciar esta incrível evolução e conhecer todo o prazer que um vinho pode proporcionar.

29


Nicolas FRANÇA

Feuillatte A

vinícola Nicolas Feuillatte é uma associação com 4.500 excepcionais produtores, agrupados em 85 cooperativas e sócios na arquitetura deste sucesso. Fornecem uvas de aproximadamente 2.200 hectares de todos os vinhedos de Montagne de Reims, Côte des Blancs, Vallée de la Marne, Sézannais e Côte des Bar. A diversidade dos vinhedos e a colheita condicionada a harmonização entre quantidade e qualidade permite, que a cada ano, o mestre da adega prepare misturas fabulosas para fazer jus ao charme e sabor de um grande champagne. Nicolas Feuillatte chegou quase a marca de 6 milhões de garrafas em 2002, e hoje exporta 50% da sua produção para mais de 40 países, sendo a oitava maior marca de Champagne.

30


• Palmes D’Or Rosé cód. 811

• Palmes D’Or Rosé cód. 810

Há três séculos, o champagne participa da arte de viver, proporcionando elegância, romantismo e fantasia a todos os momentos; um símbolo único e autêntico de qualquer celebração. Já encanta naturalmente pelo seu • Blanc de Blancs Millesime dom da efervescência, com a mágica presença das bolhas, fruto do trabacód. 807 lho lento das leveduras no frescor das adegas. Alguns champagnes são potentes, acompanham bem queijos cremosos, foie gras, presunto de Parma ou Cotechino. Os leves de espírito são repletos de vivacidade e delicadeza, liberando notas vegetais e frutas cítricas, casando belissimamente com aperitivos, sorvetes e sobremesas geladas, principalmente as à base do mascarpone. Quando se leva o tempo necessário, todos os matizes do champagne são revelados.

• Reserve Particuliere Brut Magnum - 1,5l - cód. 802 • Mevushal Kosher Brut cód. 805

• Kosher Demi-Sec cód. 806

• Reserve Particuliere Brut - cód. 803 Gift Box com 3 unidades

• Reserve Particuliere Brut - cód. 804

• Rosé Brut cód. 807

31


Trimbach

FRANÇA

E

ste fabuloso produtor é uma lenda viva da vinicultura francesa. Exibe vinhos brancos extremamente ricos e completos, produzidos de forma pura e com as principais castas da região da Alsace: Pinot Gris ou Tokay d’Alsace, Riesling, Gewurztraminer e Muscat. Os vinhos varietais, aqueles elaborados com um só tipo de uva, são produzidos com as castas Pinot Gris, Sylvaner e Pinot Blanc. A deliciosa exceção é a uva Pinot Noir, que presenteia a todos com excelentes vinhos tintos e rosés. Trimbach busca representar de forma pura e sutil a diversidade de seu terroir e cultivar a riqueza de suas castas, moldando o que há de melhor em sua região.

32

Em poucas regiões do mundo podemos encontrar um cenário tão favorável e fascinante para a produção de grandes vinhos. Talvez tal inspiração venha da grande concentração de restaurantes e chefs excepcionais.


• Pinot Gris Grains Nobles • Gewurztraminer Grains Nobles 1994 - 375ml - cód. 812 1994 - 375ml - cód. 813

• Riesling Reserva 2002 375ml - cód. 814

• Riesling Reserve 1998 - cód. 637

• Gewurztraminer Cuvee Des • Gewurztraminer Cuvee Des Seigneus de Ribeaupierre Seigneus de Ribeaupierre 1999 - cód. 821 1985 - cód. 819

• Riesling 2003 cód. 815

• Riesling Cuvee Frederic Emile Vendanges Tarives 1998 - cód. 817

• Riesling Cuvee Frederic Emile 2000 - cód. 818

• Gewurztraminer Vendanges Tardives 1999 - cód. 816

• Gewurztraminer 2002 - cód. 820

33


Verrazzano ITÁLIA

O Castelo de Verrazzano está localizado no topo de uma colina em Chianti Classico, região onde cresceu a primeira uva e a produção de vinho através da proclamação oficial do Duque Cosimo III de Médici, em 1716. O castelo pertence à família Verrazzano desde o século VII e seus vinhedos tradicionais são mencionados num manuscrito datado no ano de 1170 e preservados pelo mosteiro Passignano. A posição do castelo, acima do Vale Greve, foi parte de uma importante estratégia militar, mas hoje é possível perceber facilmente o domínio das videiras. A propriedade faz parte do Consorzio Chianti Classico desde 1924 e a produção de vinhos de alta qualidade é favorecida pelo solo, altitude dos vinhedos e o clima dominante entre abril e setembro. O Chianti Classico di Verrazzano possui o título de DOCG, que é o mais importante reconhecimento de qualidade concedido aos vinhos.

• Bottiglia Particolare 2001 - cód. 351

34

• Sasselo Supertoscano 2000 - cód. 350

• Chianti Classico Riserva 2001 - cód. 346

• Chianti Riserva DOCG 2003 - cód. 357

• Rosso di Verrazzano 2002 - cód. 839


Settimo ITÁLIA

A um quilômetro de La Morra, próximo a Alba, a estrada tem uma bifurcação. À direita, no sentido da Vila Annunziata, dois quilômetros a frente destaca-se a casa branca de Aurélio Settimo, sede também de sua adega. Aurélio e sua esposa Maria sempre foram os vinicultores da área de Annunziata. Agora, a filha, Tiziana, é responsável pela fazenda, mas com seu pai sempre ao lado dela, tanto nas plantações quanto na adega. Ele tem “ciúmes” da sua produção, é um homem conservador das antigas tradições e que ainda produz o seu bom e velho “Barolo”. Os seus vinhos em Annunziata são iluminados pelo sol na aurora e suas uvas são sempre adocicadas. O paladar de seu Barolo é redondo e agradável, e o perfume profundo e persistente. Aurélio Settimo produz ainda o especial Dolcetto, que possui um bouquet floral e taninos firmes – a principal característica da região La Morra.

• Barolo DOCG Rocche 2000 Magnum - 1,5l - cód. 927

• Barolo DOCG Rocche 2000 - cód. 343

• Barolo DOCG 2000 - cód. 348

• Dolcetto D´Alba DOC 2003 - cód. 359

35


Casa Del Toqui CHILE

E

36

stá localizada no vale do Rio Cachapoal (Vale Central do Chile) no paralelo 34-Sul, a 500 metros de altura na Cordilheira dos Andes. Esta região é conhecida pela qualidade de seus vinhos que possui condições climáticas privilegiadas, tendo uma importante amplitude térmica de 20°C entre o dia e a noite. Durante a escassez de chuvas, as vinhas são irrigadas com água do degelo da Cordilheira, trazidas pelo Rio Cachapoal, ajudando também no combate natural a enfermidades. Casa Del Toqui possui uma grande diversidade de solos exigindo uma gestão diferenciada de irrigação. O “Sistema Californiano” permite boa irrigação do solo com o mínimo de água (sem erosão). Os vinhedos estendem-se por mais de 105 hectares, dos quais 75 são em solo plano. A idade média dos vinhedos é de 25 anos, dos quais 25% tem mais de 58 anos de idade. Conta com uma densidade elevada de plantação, especialmente no vinhedo antigo, com 6.600 plantas por hectare, sendo a maioria com condução vertical, o que oferece às uvas maior exposição ao sol. As cubas de aço inoxidáveis têm capacidade de até 1,65 milhões de litros, das quais 85% termocontroladas. Tem ainda 1.500 barricas para o afinamento dos vinhos. Protegida pelo Oceano Pacífico e pela Cordilheira dos Andes, a Casa Del Toqui produz vinhos equilibrados para consumo rápido e também de longo envelhecimento, sendo um ícone do Novo Mundo com a essência dos grandes Châteaux.


• Leyenda Cabernet Sauvignon 1999 - cód. 671

• Cabernet Sauvignon Prestige 2000 - cód. 719

• Cabernet Sauvignon Reserve 2001 - cód. 717

• Merlot Reserve 2002 cód. 750

• Cabernet Sauvignon 2003 - cód. 715

• Leyenda Chardonnay 1999 - cód. 722

• Chardonnay Reserve 2002 - cód. 718

• Chardonnay 2002 cód. 716

• Semillon 2002 cód. 714

• Semillon Late Harvest 2001 350ml - cód. 720

• Rio de Chile Cabernet Merlot 2003 - cód. 713

37


Finca Las Moras ARGENTINA

É uma vinícola que se dedica à produção de vinhos de alta qualidade, produzidos na província de San Juan, demarcada a oeste pela Cordilheira dos Andes, que a protege do Oceano Pacífico. Suas vinhas próprias são circundadas por amoreiras, com as quais florescem de maneira prolífica, por 120 hectares. Excelente gestão de irrigação, desgaste hídrico, cuidados com as lonas de proteção, poda das vinhas e colheita manual são algumas das técnicas aplicadas com o objetivo de assegurar um sabor varietal específico e bem definido, além de manter o seu frescor. O rio San Juan oferece solos aluviais e subsolos seixosos. As uvas dos vinhos Reserva bem como as dos Brancos, crescem em solos de profundidade média e também em argilosos fofos, enquanto que as uvas dos Tintos, para a gama varietal, crescem em solos arenosos e ligeiramente argilosos.

• Mora Negra 2001 cód. 751

38

• Reserva Malbec 2001 cód. 739

• Reserva Cabernet/Syrah 2001 cód. 659

• Chardonnay Reserva 2003 cód. 740

Todas as nossas vinhas têm o nível reduzido de matéria orgânica. Com o solo pobre, a vinha tem que fazer um esforço extremo, o que resulta na produção de um vinho intenso e concentrado, tanto no aroma quanto na cor.


Seleção Especial

Em breve Bordeaux “Excepcionnels”, Premiers e “Grands Crus Classes”.

ITÁLIA

PORTUGAL

MICHELE CASTELLANI - Veneto

DOMINGOS ALVES DE SOUSA - Douro

TINTOS

TINTOS

TINTO

• Amarone I Castei Campo Casalin 1999.........cód. 882

• Vosne Romanée 1er Cru Suchots 1998 ...........cód. 857

• Amarone Classico di Valpolicella 2000...........cód. 883

• Quinta de Estação (Duetos) Tinta Roriz Tinta Barroca 2000.......................................................cód. 891 • Quinta do Vale da Raposa Tinta Barroca 2000...cód. 892 • Tinta Roriz 1999...........................................cód. 893 • Quinta da Estação 2002...............................cód. 894 • Cume 2002..................................................cód. 895

FRANÇA DOMAINE JACQUES CACHEUX - Bourgogne

I FEUDI DI ROMANS - Friuli DOMAINE ANTONIN GUYON - Bourgogne

TINTO

TINTO

• Riserva dei Feudatari Anno I 1998..............cód. 884

• Aloxe-Corton 1er Cru Les Fourniêres 1996....cód. 859 BRANCO

• Pernand-Vergelesses Blanc 1996.................cód. 860

BRANCO

• Pinot Bianco 2002.....................................cód. 885

WARRES - Porto

CARDETO - Umbria

TINTOS

TINTOS

ALICE ET OLIVIER DE MOOR - Chablis

• Nero Della Greca 2001..............................cód. 886 • Rupestro Rosso IGT 2003..........................cód. 887

BRANCO

BRANCO

• Chablis “Entre Jacquemart

• Orvieto Classico Bianco 2004...........................cód. 888

et Jacquerie” 1999......................................cód. 861

• Vintage 1985................................................cód. 903 • Otima 20 years.............................................cód. 904 • Otima 10 years.............................................cód. 905 • Warrior.........................................................cód. 906 • Kings Tawny.................................................cód. 907 • Heritage Ruby..............................................cód. 908

SAN FABIANO - Toscana TINTO

• Cerviolo 2000............................................cód. 889

CHÂTEAU DE LA GARDINE- Rhone TINTOS

• Châteauneuf du Pape Rouge 2002............cód. 862 • Côtes du Rhône Villages Rouge 2002.........cód. 863

cód. 857

cód. 861

cód. 862

QUINTA DOS ROQUES - Dão TINTOS

PIO CESARE - Piemonte TINTO

• Quinta dos Roques Alfrocheiro Preto 2000.....cód. 896

• Barolo 1999..............................................cód. 890

• Quinta dos Roques Tinto Cão 1999..................cód. 897

cód. 884

cód. 886

cód. 889

cód. 890

cód. 891

cód. 903

cód. 897

39


Seleção Especial BODEGAS MASIES D’AVYNIO - Espanha

PORTUGAL (continuação)

TINTOS

PLANSEL - Alentejo TINTOS

• Capela de Santa Margarida DOC 2002.......cód. 898 • Regional Pintada 2003................................cód. 899 • Regional Plansel 2001.................................cód. 900 • Marques de Montemor 2004.......................cód. 901

E.U.A.

• Marques de Montemor 2004............................. cód. 902

J.LOHR - Estados Unidos

BRANCO

• Varanda do Conde 2004..............................cód. 909

ANSELMO MENDES - Minho BRANCO • Alvarinho Muros Antigos 2004.....................cód. 910

REAL SITIO DE VENTOSILLA - Espanha TINTOS

• Prado Rey-Reserva 1999..............................cód. 911 • Crianza 2000............................................cód. 912 • Prado Rey-Roble 2002..................................cód. 913

cód. 898

cód. 910

TINTOS

• Finca Los Nobles Cabernet Bouchet 1999.....cód. 869 • Finca Los Nobles Malbec Verdot 1999...........cód. 870 • Gala 2 - Cabernet Sauvignon Cabernet Franc Merlot 2002............................................cód. 872

TINTOS

• Crosspoint Pinot Noir 2003..........................cód. 917 • Estates Syrah 1999.......................................cód. 918 • Cypress Cabernet Sauvignon 2000...............cód. 919 • Painter Bridge Zinfandel-Shiraz 2002.............cód.920 BRANCO

• Cabernet Sauvignon Reserva 2002................cód. 873 • Malbec Reserva 2002...................................cód. 874 BRANCO

Finca Los Nobles Chardonnay 2001.................cód. 875

• Painter Bridge Chardonnay 2002..................cód. 921

VIÑA ALICIA

CHILE

ESPANHA

LUIGI BOSCA

• Gala 1 - Malbec Verdot Tannat 2002.............cód. 871

BRANCO

PROVAM VINHO VERDE - Minho

40

• Abadal Reserva 1999.............................................cód. 914 • Abadal Cabernet-Merlot Crianza 1999.............cód. 915 • Abadal Cabernet Franc-Tempranillo Semi-Crianza 2000.................................................cód 916

ARGENTINA

TINTOS

DE MARTINO

• Cuarzo Grand Reserve Viña Alícia 2002.........cód. 876

TINTOS

• Malbec Brote Negro 2002............................cód. 877

• Cabernet Sauvignon Gran Familia 2002.........cód.864 • Syrah Reserva Single Vineyard 2003..............cód. 865 • Pinot Noir Single Vineyard 2002...................cód. 866 • Cabernet Sauvignon Single Vineyard 2002.....cód. 867 • Carménère Single Vineyard 2003..................cód..868

• Nebiolo 2002...............................................cód. 878

cód. 911

cód. 914

cód. 919

• Syrah 2002...................................................cód. 879 • Malbec 2002................................................cód. 880 • Cabernet Sauvignon Coupage 2001..............cód. 881

cód. 867

cód. 870

cód. 877


Caseus C

aseus significa “queijo” em latim, mas também é a nova parceria da Allfood em linha gourmet, repleto de bebidas e alimentos finos provenientes das mais excepcionais regiões do mundo. Especializada em queijos, também oferece frios italianos, massas, azeites, caviar, foie gras, trufas, vinhos e outros produtos de sabores e aromas muito apurados, para você apreciar intensa e prazerosamente, e enobrecer tanto os seus momentos requintados quanto os descontraídos. Nosso atendimento é experiente e personalizado para atender você com a máxima comodidade. Utilize nosso serviço de pedidos por telefone, orientado pela “connaissance” e gentileza de nossa equipe, pronta a auxiliar na harmonização dos produtos, sugerindo receitas e toques especiais para valorizar o sabor e o prazer à mesa.Você tem todas as garantias de qualidade, sabor e procedência.

01


Caseus catalogo