Page 81

Site: http://geocities.yahoo.com.br/gagaufera2003/

Figura 1 3. Se ele não for capaz, o terapeuta deve ajudá-lo, imobilizando a dorsal inferior, instruindo-o a fletir os joelhos, solicitando que suba o púbis para o umbigo etc. 4. Com a lordose corrigida, o terapeuta observa e anota detalhes sobre os seguintes itens: II.

Endireitamento lombar Flexão dos joelhos Flexão tibiotársica Varo do calcâneo Posicionamento da região dorsal Posicionamento da região cervical Posicionamento do esterno Posicionamento dos ombros

Como elaborar o diagnóstico 1. Endireitamento lombar: -

-

Total sem ajuda: espontaneamente o paciente desfaz a região dorsal, alterando um mínimo a posição dos joelhos e nada dos outros segmentos corporais. Total com ajuda: o paciente só consegue desfazer a lordose lombar por completo com a ajuda do terapeuta. Isso deve estar associado ao desconhecimento do movimento ou a uma pequena tensão paravertebral que se resolvem com a assistência do terapeuta. Parcial com ajuda: o paciente consegue desfazer parcialmente a lordose lombar, mesmo com a ajuda do terapeuta. Isso deve relacionar-se a muita tensão de para vertebrais que não cedem o

Angela santos diagnóstico clinico postural  
Angela santos diagnóstico clinico postural  
Advertisement