Page 67

Site: http://geocities.yahoo.com.br/gagaufera2003/

tempo, pode-se fazer o teste unilateralmente, utilizando-se um goniómetro (Figuras 4A e 4B).

Figura 2A

Figura 2B

Figura 3

Figura 4A II.

Figura 4B

Como elaborar o diagnóstico 1. Segundo Staheli, se a rotação interna variar de 70 a 80 graus e a externa de 10 a 20 graus, deve haver um leve aumento do ângulo de anteversão femoral. Se a rotação interna variar de 80 a 90 graus e a externa de 10 a 0 graus, deve haver um aumento moderado do ângulo de anteversão. Se a rotação interna for maior que 90 graus e a rotação externa não for possível, deve haver um severo aumento do ângulo de anteversão femoral. 2. Segundo Shands e Steele, citados por Tachdjian, o ângulo de anteversão femoral varia com a idade: -

Entre 3 e 12 meses, 39 graus. Aos 24 meses, 31 graus. A partir de então, diminuição de 1 a 2 graus a cada dois anos. Aos 10 anos, a média é 24 graus. Aos 14 anos, 21 graus. Aos 16 anos, 16 graus.

Angela santos diagnóstico clinico postural  
Angela santos diagnóstico clinico postural  
Advertisement