Page 41

Site: http://geocities.yahoo.com.br/gagaufera2003/

CERVICAL Alinhamento cervical Este exame é suficiente quando a queixa principal não for a da coluna cervical. Se a coluna cervical apresentar um desequilíbrio bastante significativo, limitação de movimentos ou dor, é necessário realizar um exame mais detalhado, como o que é apresentado a partir da página 65. Alinhamento cervical no plano frontal I. Como realizar o exame 1. O paciente, em pé, mantém os pés na posição de passo, mantendo a pelve equilibrada no plano frontal. 2. O terapeuta coloca-se a uma distância confortável a fim de observar a região cefalocervical de frente. II.

Como elaborar o diagnóstico 1. A linha média do rosto que passa pelo centro do queixo, dos lábios, do nariz, das sombrancelhas e da testa deve ser vertical e coincidir com o centro da fúrcula esternal (Figura 1). 2. Se essa linha não for vertical, estamos diante de uma inclinação da cabeça, condicionada por problemas localizados na região cervical, já que a coluna cervical está a serviço da cabeça. 3. Se houver inclinação da cabeça, em geral há também uma rotação. Essa rotação pode ser para o mesmo lado ou para o lado oposto à inclinação. 4. Em caso de dúvida, o terapeuta deve utilizar uma pequena régua, de preferência transparente (para não perder a visão do conjunto do rosto), erguê-la diante de um de seus olhos, permanecendo o outro fechado, e fazer um dos bordos da régua coincidir com a vertical que parte do centro do manúbrio esternal do paciente:

Figura 1

Angela santos diagnóstico clinico postural  
Angela santos diagnóstico clinico postural  
Advertisement