Page 1

pรกginas1


De acordo com a produtora Techland, o foco no desenvolvimento de “Dying Light 2” será fazer com que ele rode primeiramente em 60 quadros por segundo, mesmo que para isso tenha que sacrificar a resolução 4K. “O mais importante par... - Veja mais em https://jogos.uol.com.br/ultimas-noticias/2018/07/02/estudio-priorizara-que-dying-light-2-rode-em-60-fps-ao-inves-de-4k.htm?cmpid=copiaecola Claro que isso não quer dizer que o jogo não terá suporte para rodar em 4K, pois Smektala complementa dizendo que a equipe possui alguns “magos” na área técnica e de otimização, sugerindo que “talvez consigamos entregar tanto 4K q... - Veja mais em https://jogos.uol.com.br/ultimas-noticias/2018/07/02/estudio-priorizara-que-dying-light-2-rode-em-60-fps-ao-inves-de-4k.htm?cmpid=copiaecola

páginas2


Dying Light deu as caras em 2015 trazendo proposta bem promissora, apresentando mundo aberto repleto de zumbis combinado com mecânicas de parkour, diferenciando-se dos demais jogos do mesmo gênero. Com os trabalhos pertinentes a Dying Light atualmente encerrados, muitos se perguntavam o que viria depois. Aparentemente uma sequência, de acordo com o site polonês Graczpospolita. Vale destacar que o rumor foi apagado, o que, certamente, é algo bem curioso. Segundo eles, um novo jogo da série estaria em desenvolvimento há algum tempo, e o mesmo será revelado nesta E3.

Dying Light 2 promete ser uma grande melhoria em relação ao jogo original, que acabou gostando dos usuários e da imprensa, com uma proposta original, mas às vezes um pouco vazia. Esta segunda parte quer promover o melhor do Dying Light e introduzir suas próprias mudanças para dar mais personalidade a uma propriedade intelectual dos mais interessantes. No primeiro jogo a resistência ou “resistência” foi muito importante durante a jogabilidade, nesta segunda parcela quiseram dar maior importância a este factor, sendo algo que também afecta as perseguições e que foi eliminado na livre exploração. Recentemente, Tymon Sme páginas3


I M E N I L OT

H

HOTLINE MIAMI 2 atinge o ápice da insanidade e, por isso, consegue ser superior ao primeiro jogo em todos os sentidos. Saiba tudo sobre o game de ação no review. Desde que foi anunciado em meados de 2013, Hotline Miami 2 comprovou através de trailers e breves demonstrações que pretendia elevar consideravelmente a insanidade de seus psicopatas mascarados. Pois bem, eis que a segunda versão finalmente saiu e, sim, ela é maior e melhor, já que explora a brutalidade doentia sob outras perspectivas.

páginas4


2 I M IA

9.0

Para ilustrar o novo patamar da loucura, podemos citar o início do gameplay, no qual morremos diversas vezes em poucos segundos para capangas estrategicamente posicionados em cenários cartunescos. A fórmula é basicamente a mesma da obra anterior: sob uma visão aérea, que remete aos primeiros games da franquia GTA, o jogador, trajando uma máscara de animal, deve entrar em diferentes estabelecimentos para cometer chacinas das mais variadas formas. À vista disso, o assassino pode interagir com os cenários para munir-se de facas, tacos de baseball, porretes, metralhadoras, pistolas com silenciadores, escopetas e etc. páginas5


Embora “The Division 2” esteja sendo desenvolv-

ido com foco em melhorar a experiência cooperativa do antecessor, sua campanha poderá ser jogada do começo ao fim por jogadores que preferem fazer isso sozinhos. A informação foi dada ... - Veja mais em https://jogos.uol.com.br/ultimas-noticias/2018/07/10/campanha-de-the-division-2-podera-ser-jogada-sozinho.htm?cmpid=copiaecola “Você pode jogar toda a campanha de história e o conteúdo end-game sozinho. Mas você também pode jogar o mesmo conteúdo no modo cooperativo para dois, três ou quatro jogadores,” disse Karlson. Isso mostra que o novo game se mante

Veja mais em https://jogos.uol.com.br/ultimas-noticias/2018/07/10/campanha-de-the-division-2-podera-ser-jogada-sozinho.htm?cmpid=copiaecola “Onde [os civis] vivem, a melhoria de suas vidas, a melhoria de seus equipamentos, e sua capacidade de manter seu território [e] obter os recursos que necessitam. E então eles também estão ajudando você de volta.” The Division 2 i As microtransacções tornaram-se num tema controverso e sensível nos videojogos depois de uma monetização bastante agressiva por parte da Electronic Arts em Star Wars: Battlefront 2 (associada às loot boxes), mas The Division 2 não se vai livrar delas i Tal como no primeiro jogo, The Division 2 terá microtransacções em que poderás gastar dinheiro real em itens cosméticos. Chadi El-Zibaoui, director criativo associado, confirmou ao GamingBolt que as microtransacções serão apenas para itens visuais que não dão qualquer vantagem aos jogadores. Chadi El-Zibaoui não quis confirmar se o jogo terá ou não loot boxes, que muitas vezes estão associadas às microtransações. O problema das loot boxes é que, diferente das microtransacções, o jogador não consegue comprar um item específico, estando dependente da sorte

páginas6


pรกginas7


Quem anda pelo mundo dos gamessabequenenhumgame gratuito é 100% gratuito. Na maioria das vezes eles são gratuitos até certo ponto, depois disso você tem de pagar para conseguirmaispoderes,liberar novos recursos, ter algumas vantagens, etc. Mas a prática não é exclusiva dos games gratuitos não, ou freemiunscomosãochamados. Já imaginou você comprar o game, depois ter de comprar algum item virtual dentro dele para aprimorar a experiência? Pois esta é a realidade da maioriadosgamesonlineonde alguns itens podem chegar a valer uma pequena fortuna de acordo com sua raridade e influência no jogo.

páginas8

Mas a prática não é exclusiva dos games gratuitos não, ou freemiuns como são chamados. Já imaginou você comprar o game, depois ter de comprar algum item virtual dentro dele para aprimorar a experiência? Pois esta é a realidade da maioria dos games online onde alguns itens podem chegar a valer uma pequena fortuna de acordo com sua raridade e influência no jogo.

O jogador

Que o diga o pessoal que joga Counter Strike e um dia sonhou em comprar uma rainbow knife, uma faca no CS GO que pode chegar a custar o preço de um carro popular aqui no Brasil

i conhecido como Buzz ´Erik` Lightyear sim. O cidadão desembolsou US$ 330 mil, o equivalente a R$ 574 mil por uma estação espacial no jogo online sueco Entropia Universe omuns na vida real. O game é gratuito e sobrevive de vendas de recursos e itens para os gamers. Apesar da boa grana que o jogador em questão gastou, parece que logo ele poderá ganhar vantagem com isso. Conforme a IGN, estação adquirida poderá fornecer a moeda virtual utilizada no jogo, o que pode representar um investimento lucrativo

E se você não sabe o que é uma rainbow knife (pão-duro!!), não vai ser hoje que você vai conhecê-la, pois seu preço de 10 mil dólares não chegou nem perto de colocá-la na nossa lista de itens mais caros da história dos jogos

A compra da Crystal Palace Space Station entrou para a história como o item virtual mais caro. O record anterior era do mesmo game, um resort espacial vendido por cerca de US$ 100 mil, ou R$ 170 mil, em 2007


O Entropia Universe é um game que simula uma vida em um mundo virtual, a exemplo do Second Life, oferecendo um ambiente aberto em que cada um é responsável pelo seu avatar. O diferencial é seu enredo futurista, com situações e cenários incomuns na vida real

A Thermaltake tem em seu catálogo alguns dos itens mais desejados pelos gamers. Uma das especialidades da empresa é a confecção de gabinetes com design exclusivo e ideais para comportar máquinas poderosas. O mais recente modelo da série Level 10, por exemplo, equivale ao custo total de um com

putador completo. Ele é vendido pela singela quantidade de R$ 2.408 Os HDs estão ficando obsoletos, mas isso não significa que os drives de estado sólido estão dominando. Aliás, pelo contrário, os discos rígidos ainda têm muito tempo de vida, visto que os preços dos drives SSD são realmente elevados. Este modelo com

512 GB da Kingston pode ser seu por apenas R$ 2.608 e o pior: ele ainda utiliza o padrão SATA II] Se a ideia é montar um PC realmente poderoso, então uma quantidade de memória exagerada pode vir a calhar. A GEIL oferece um kit com oito módulos DDR3 de 8 GB cada, que operam na frequência de 1600 MHz. Apesar de não ser o conjunto mais rápido da atualidade, esse produto tem um dos preços mais elevados. Você pode instalar 64 GB em sua máquina por meros R$ 3.002

páginas9


com a participação da

Gracom

páginas10

trabalho da Gracom  

nhe

trabalho da Gracom  

nhe

Advertisement