Issuu on Google+

Jornal EPOAS - produzido pelos alunos e professores da Escola Estadual Professora Olindina Semente R. Paulo Afonso, S/N, Barro, Recife - PE. Fone: (81) 3252-4011 Tiragem: 300 cópias. Disponível também para download no blog: <www.entressafra89.blogspot.com>

Editorial Nesta quinta edição, temos uma matéria cultural, com uma pequena resenha do filme “Bee Movie”, escrito por Lucas Venicius do 6º ano C. A matéria “Arte” segue com desenhos enviados pelos alunos. Os selecionados foram: “Panda”, de Gabrielle Maciel, do 6º ano A; “Cavaleiro Negro”, de Roesller Pachedo, do 6º ano B; “Yugi, do anime YU-GI-OH!”, de Monique Maria, do 7º ano A. O “Espaço do Professor” segue com um texto de conscientização e de ORGULHO NEGRO, do Professor Cledson. Além disso, a entrevistada do mês foi a Professora Cristina Arcanjo, entrevista feita por Adrielle Espíndola e Maria Eduarda, ambas do 7º ano A. Esta edição é dedicada a uma exprofessora da escola, Aline Silva, que faleceu ontem, 14/04/2014. Prof. Walter Costa.

5

EDIÇÃO: Mês/ano: abril/2014 Matéria cultural Texto escrito por Lucas Venicius, do 6º ano C – manhã. Bee Movie

O filme foi lançado em 2007 e é uma animação feita por computadores. Foi escrito e dublado por Jerry Seinfield. Na história do filme, Barry B. Benson era uma abelhinha muito esperta, que sabia como trabalhar. O sonho dele era ser um dos soldados que tiravam pólens das flores. Certo dia, quando ele estava voando pelo céu, deu uma chuva e bateu um pingo em sua asa. Quando ele caiu, ele encontrou uma família humana e tornou-se amigo dessa família. Uma vez começou a chover e o avião que o piloto estava ia cair. Mas a mulher não deixou e aterrissou no aeroporto. Recomendo o filme! ESPAÇO DO PROFESSOR CONSCIENTIZE-SE! Professor Cledson

Quem é Negro Drama? Mano Brown (foto: Guilherme Perez/Revista Fórum).

Mano Brown é um dos cantores do grupo de RAP Racionais MC’s, formada em São Paulo, no ano de 1988, junto a Ice Blue, Edy Rock e KL Jay. Suas canções tratam da violência na periferia, denunciam o preconceito racial contra os negros, com apelo religioso e tem um caráter de pertencimento às minorias marginalizadas, sempre com tom de narração e revolta. Em outubro de 2008, a revista Rolling Stone destacou Mano Brown como um dos 100 maiores artistas da música brasileira. Conhecido por não gostar de dar entrevistas, já foi preso por desacato à autoridade em 2004 e em 2007 no jogo do seu time Santos, em entrevista a revista fórum afirmou que não se envolvia com o crime. Junto com Edy Rock, Mano Brown escreveu a letra da música NEGRO DRAMA, que aborda temas como: a condição social do negro; o estigma e os caminhos perigosos que são dados aos negros para os mesmos trilharem; a falta de perspectiva; o sentimento de desamparo; entre outros. Para muitos pesquisadores, NEGRO DRAMA é uma autobiografia do cantor Mano Brown e significa “o drama de ser negro no Brasil”.


ENTREVISTA

ARTE Panda – Gabrielle Maciel, 6º ano A, manhã.

Adrielle Espíndola, e Maria Eduarda, ambas do 7º ano A – manhã entrevistaram a Professora Cristina Arcanjo.

A&M: Por que a senhora escolheu ensinar História? CA: Porque fui influenciada por meu padrasto apaixonado por História e também porque sempre gostei da matéria. A&M: Há quantos anos a senhora está ensinando aqui na escola? CA: Há 21 anos. A&M: Quando a senhora era criança, sempre quis ser professora ou gostaria de exercer outra profissão? CA: Sempre quis ser professora e também exercer outras profissões.

Cavaleiro Negro – Roesller Pacheco, 6º ano B, manhã.

A&M: Qual é a importância do ensino de História para os alunos? CA: Possibilita aos alunos a compreensão da sociedade. A&M: Quando a senhora se aposentar, vai querer parar de ensinar, seguir outra profissão, ou só curtir a aposentadoria? CA: Não vou parar de trabalhar, mas ainda não defini em quê. A&M: A senhora gosta de ler sobre outros assuntos além de História? Por quê? CA: Sim. Ficção Científica, suspense e drama. A&M: A senhora sente saudades de seu tempo de aluna de escola? CA: Sim. A&M: A senhora acha que a História se repete? CA: Não se repete, influencia e determina o presente. A&M: Qual é a importância do estudo de Atualidades para entender o mundo? CA: Não podemos compreender o momento em que vivemos sem estudar política, religião... A&M: A senhora se espelha ou já se espelhou em algum (a) outro (a) professor (a) para a sua metodologia de ensino? CA: Sim, convivo com profissionais muito competentes aqui na escola. DIVIRTA-SE!

Yugi, do anime Yu-Gi-Oh! – Monique Maria, 7º ano A, manhã.


Jornal EPOAS abril 2014