__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1


UM POUCO DA HISTÓRIA DOS DESFILES DE 7 DE SETEMBRO DO MUNICÍPIO DE ARATUBA – A PESQUISA A presente pesquisa nasceu após o último desfile que presenciei na minha cidade. Particularmente achei simples e bonito, porém com baixa criticidade o que não o diferencia dos últimos anos. Naquele momento pensei que seria interessante resgatar um pouco da historicidade desses instantes cívicos municipais. Durante o trabalho impressionou-me como os desfiles do passado apresentavam os problemas sociais como educação, a difícil vida do homem do campo, a prostituição e outros com mais clareza e indignação. E isso fez-me pensar como a liberdade de expressão, a criatividade e a criticidade nos desfiles cívicos ao arrefeceu no passar dos anos. Em 2013, por exemplo, com o julgamento do mensalão; a saúde aos pedaços no Brasil e os médicos cubanos como paliativos para solução; a questão da seca e da falta de água no Nordeste; o projeto de transposição das águas do Rio São Francisco parado; o próprio ano 2013 como o Ano Internacional da Cooperação pela Água; os gastos da copa do mundo; as manifestações e quebradeiras do patrimônio público e privado no país; a história local e as reais necessidades de Aratuba foram temáticas desconsideradas pelas escolas nucleadas do município no desfile cívico de 2013. O presente registro mostra como Aratuba interpretou e interpreta hoje A INDEPENDÊNCIA DO BRASIL. As fotos e comentários dos desfiles vistos na presente pesquisa, aconteceram entre o ano de 1971 na gestão do prefeito Francisco Pereira de Souza Leão (1970-1972) e se estendem até o último desfile no ano de 2013 na gestão de José Ivan Santos Neto (2013-2016). Claro que as fotos e relatos são de alguns e não de todos os desfiles ano a ano. Há ainda muitas lacunas a serem preenchidas por novas descobertas. No momento foi o possível e agradeço a todos que colaboraram com informações e imagens. Nos slide cada foto recebeu seus devidos créditos. Caso tenha cometido algum erro nas indicações de fotos e anos, por favor, agradeço sua generosa correção. Na primeira parte você verá os pelotões dos desfiles e depois as imagens e comentários das bandas de música.


UM POUCO DA HISTÓRIA DOS DESFILES DE 7 DE SETEMBRO DO MUNICÍPIO DE ARATUBA – ANTES DA EMANCIPAÇÃO A história dos famosos desfiles estudantis de 7 de setembro no município de Aratuba em homenagem a Independência do Brasil inicia-se antes mesmo de nossa própria emancipação política. A emancipação aratubense ocorreu em 29 de março de 1957 pelo decreto de lei nº 3.563, do então governador Paulo Sarasate. Os registros de desfiles cívicos em nossa terra datam uns 30 anos antes da emancipação quando ainda éramos Coité. No ano de 1928 registra-se um desfile estudantil da Escola Pública da professora Dona Júlia Barros, época do 2º paroquiado de Pe. Gerardo Plácido Broders. O desfile aconteceu certamente ao som da banda de música Lyra Coiteense, pois numa programação da festa do padroeiro de 1922 verse a atuação dessa banda no evento religioso. Acerca da professora Júlia Barros sabe-se que foi uma docente respeitada e influente no município, porém não muito aceita pelas famílias mais abastadas. Numa entrevista de 2001 realizada pela professora Regina Magna com pessoas com mais de 80 anos no município, a senhora Francisca da Silva afirma que estudou com dona Júlia Barros e que os filhos dos pobres iam para a escola da nobre professora, já que os ricos tinham escola particular. Já na entrevista de Osmarina Lima Batista, a professora Júlia de Barros é citada como organizadora dos dramas em Aratuba. E isso explica porque no poema “Aratuba” de Lourdenice Pinheiro Alves diz que “Os versos da cavalhada / Que dona Júlia fazia / Eram cantados na rua / Demonstravam alegria.”


UM POUCO DA HISTÓRIA DOS DESFILES DE 7 DE SETEMBRO DO MUNICÍPIO DE ARATUBA – DEPOIS DA EMANCIPAÇÃO Após a emancipação de 1957 os desfiles passaram a ter um tom mais respeitável e há menção deles na gestão do primeiro prefeito Clóvis Lima (1958-1962), pois a senhora Silvia de Castro afirma que nessa época aconteceram desfiles cívicos cuja concentração final acontecia em frente a coletoria da prefeitura que se localizava próximo a barbearia do Sr. Mário Carnaúba. A maioria dos desfiles cujas fotos apresentamos são momentos patrióticos realizados pelas escolas da CNEC e da então Escola de 1º Grau José Joacy Pereira, depois Escola de Ensino Médio José Joacy Pereira. A primeira era uma escola comunitária que oferecia ensino infantil, fundamental e médio entre os anos 1967-2001; e a segunda uma escola estadual que atualmente prepara os alunos para a universidade através do ensino médio. Nos desfiles ambas as escolas competiam de modo tal que nenhuma queria ficar atrás da outra. A escola que ficasse atrás era pejorativamente chamada de “rabada” pelos alunos da frente e os últimos pelotões eram os maiores alvos das chacotas dos colegas. Com o tempo a solução foi misturar os principais pelotões com alunos das duas escolas. Os desfiles eram muito bonitos e seguiam a importância dos atos heroicos e personagens célebres que os livros de história brasileira da época destacavam como Tiradentes e a Inconfidência Mineira, D Pedro I e o grito do Ipiranga; D Pedro II e o Segundo Império; a princesa Isabel como libertadora dos escravos, estes representados por alunos pintados de alcatrão e chupando cana durante o evento; Marechal Deodoro e a Proclamação da República dentre outros fatos históricos do Brasil. A maioria das 85 fotos apresentadas aqui fará você vislumbrar esses acontecimentos. São imagens na maioria inéditas para ver, lembrar, se emocionar e claro se contemplar ou ver alguém de sua família, amigo ou conhecido. Na verdade as fotos mostram mais que o desfile: as ruas, o comércio as casas, as pessoas, as autoridades e as paisagens.


UM POUCO DA HISTÓRIA DOS DESFILES DE 7 DE SETEMBRO DO MUNICÍPIO DE ARATUBA – LIÇÕES DO PASSADO Há muito o que aprender com os desfiles do passado. A capa de nosso estudo, por exemplo, mostra as diferenças do fardamento da banda de música. Enquanto no passado seguia-se uma tradição com a cor branca; no presente segue-se a orientação político-partidária com o azul e o amarelo. E quem sabe uma nova cor apareça no futuro dependendo da cor partidária no poder municipal. Se por um lado os atuais desfiles ganham mais cores, investimentos financeiros e mídia; antes eram mais independentes do poder público e por isso questionava e até às vezes denunciava a realidade social de se viver num país com um enorme ponto de interrogação após a palavra INDEPÊNDENCIA, cujo reflexo imediato se ver no lugar onde se vive. Antes havia uma preocupação maior em engrandecer o município e o país que exaltar o partido político que está no comando; uma maior ênfase na conscientização coletiva desse momento histórico que a agenda político-partidária sobre uma gestão em comparação com outra. As “disputas” eram entre escolas e não entre partidos ou governos. Os desfiles atraíam mais gente para as ruas. Hoje infelizmente com uma sociedade mais violenta e corrupta perde-se a cada ano o fervor do espírito patriótico e cívico. Em 2013 a bandeira do Brasil foi rasgada e queimada nas manifestações brasileiras e no Dia da Independência os blecks blocks, chamaram mais a atenção da mídia pela quebradeira nas capitais do que a data histórica. E até Caetano Veloso pousou na net em apoio ao grupo que prega a violência nas manifestações. Em Aratuba nos desfiles do passado, via-se mais pelotões das escolas com temáticas contestadoras da realidade social, política e econômica o que hoje num tempo de senso crítico com maioria de professores formados e com pós-graduação, nota-se uma ausência quase total dessa liberdade de expressão. O financiamento do poder público local faz as escolas apresentarem mais o que está do outro lado do país e não o que está do outro lado da rua da sua cidade. Dessa forma a agenda parece agradar mais as autoridades e conseguir os aplausos da sociedade que incentivá-los a pensar e entender o significado do 7 de setembro no passado e no presente nacional e localmente.


07 de setembro de 1971 Nas fotos o desfile se concentra em frente a Igreja Matriz quando o prefeito Francisco Pereira de Souza Le達o discursa aos muitos estudantes em fila e com um jipe na frente dos alunos.

Arquivos de Fotos de Francisco Pereira de Sousa Le達o


07 de setembro de 1977

O desfile no contorno da Praça Adolfo Lima subindo pela rua Júlio Pereira. No detalhe os alunos e irmãos José Clodovil e Altevir Germano com bandeiras do Brasil na mão.

Arquivos de Fotos de Deborah Maria Germano da Silva


Não consegui identificar o ano desse desfile, mas ele aconteceu na década de 70 do século passado. Os pelotões estão descendo pela praça e iniciam a subida pela rua Júlio Pereira. Nos detalhes da foto as pequenas árvores da praça e no meio dela uma televisão que foi colocada para à população. Parece que ao lado dos alunos está o pároco José Maria Cavalcante Costa que foi diretor e professor da CNEC. Arquivos do Departamento de Cultura - 2011


Esse desfile é de 7 de setembro de 1981. O pelotão dos Períodos da História da Humanidade, passa pelo contorno da praça Adolfo Lima em frente a residência de Ivan Santos. Os alunos estão caracterizados conforme a época histórica que representam. Na frente a aluna Lucilda Martins que conduz um escudo com o letreiro IDADE ANTIGA. No detalhe ao lado direito passa o comerciante Nemésio Lima. Arquivo de fotos de Lucilda Martins


07 de setembro de 1984 Descendo à rua Cel. João José Pereira o pelotão de frente com a estudante Maria Augusto Alencar Paulino (Soraya), com o emblema da Escola de 1º Grau José Joacy Pereira. Mais embaixo o mesmo desfile se concentrando em frente a praça Adolfo Lima. Em destaque a professora Ana Lúcia Maurício com os pelotões da Escola Joacy e do lado direito os alunos da CNEC.

Arquivos de Fotos de Maria de Nazaré Assis Ramos e Regina de Castro Martins(Gigi)


Desfile de 07 de setembro de 1985 O desfile desce na rua Targino Gões, em frente ao terreno da hoje Escola Maria Júlia. Em destaque pelotão de flores com as alunas (da esquerda para direita): Ana Luiza, Camila Tavares, Ana Claudia, Janaina Santos, Joselita e Carla Kênia. Logo atrás o pelotão de farda da Escola de 1º Grau José Joacy Pereira. Arquivos de Fotos de Ana Luiza Barros


O bonito desfile de 1982 com o pelotão das Forças Armadas: Exército, Marinha e Aeronáutica. O pelotão passa pela rua Júlio Pereira em frente a antiga residência de Pedro Elder Barbosa. Na foto o pelotão da Marinha com as alunas Clara Fraga, Lucilda Martins e Vera Santana. Arquivo de Foto de Lucilda Martins


07 de setembro de 1985 O desfile sai da antiga LBA – Legião Brasileira da Assistência. Na foto ver-se o portão de madeira dessa entidade que ficava em frente ao portão de entrada da escola Joacy Pereira. Na frente do desfile as crianças que portam bandeiras: Francisco Barros, Edson Moura e Calbi, in memorian. A mãe do prefeito Ivan Neto, Sra. Eliane Santos na foto olhando o seu filho Wolner Filho (Wolnim) que é a criança com a mão na espada olhando para trás.

Arquivos de Fotos de Ana Luiza Barros


Parece ser o desfile de 1985 da CNEC. Na foto as alunas Elizângela Tavares, Antônia Batista (Clênia), Orleir Martins, Aila Maria Pinheiro (Bilda); e Ângela Melo. O desfile desce pela rua Cel João José Pereira, próximo a entrada da CNEC. No detalhe da foto percebese a tradicional farda do Centro Educacional Monsenhor José Barbosa com camisa branca e calça e saia (mulheres) marrom e nos pés os famosos kichutes.

Arquivo de fotos de Gildo Gomes


Desfile de 07 de setembro de 1986 As duas fotos apresentam os pelotões dos contos de fadas da Escola Joacy Pereira. Na primeira o pelotão desce pela rua Júlio Pereira em frente ao terreno onde hoje localiza-se a escola Maria Júlia. Ao lado direito dos alunos aparece os professores Albaniza Mariano, Lúcia Santana e Francisco Barbosa (Chico Ermano). Na segunda ver-se o mesmo pelotão passar em frente a Igreja Matriz. No detalhe próximo ao antigo prédio do ADA – Associação Desportiva de Aratuba é possível distinguir três pessoas e entre elas, Dona Consuelo que presencia o desfile.

Arquivos de Fotos de Albaniza Mariano Passos


Desfile de 07 de setembro de 1986 com o Pelotão da Paz. No destaque da foto a aluna Vilany Ramos e atrás na esquerda do pelotão de farda da CNEC, o aluno Jerly dos Santos. O desfile passa em frente a Igreja Matriz. Percebe-se num pano de fundo o prédio do antigo ADA – Associação Desportiva de Aratuba, inclusive com fotos do Tasso na campanha política de 1986. Embaixo concentração do desfile em frente a praça Adolfo Lima com alunos da CNEC e Escola de 1º Grau José Joacy Pereira, nas fardas com cores azul e roxo.

Arquivos de fotos de Maria de Nazaré Assis Ramos e Vilany de Oliveira Ramos


Desfile de 07 de setembro de 1986 com o Pelotão do Ano Internacional da Paz com as aluna da Escola Joacy Pereira vestidas em verde e branco. O desfile passa em frente a oficina do Getúlio. Na frente no pelotão de fardas do Joacy ver-se o aluno Francisco Teodoro (Pinzão). Na outra foto as componentes do pelotão da paz na praça Adolfo Lima: Maria de Nazaré (Fifica), Sâmia Gomes, Cenira Mendes, Veruza, Laíde, Eucilene, Isabel Fernandes, Verônica Cabral e Rita Fernandes e outras. Arquivos de fotos de Gildo Gomes


Desfile de 07 de setembro de 1986 com o Pelotão das Constituições Brasileiras e logo após os alunos de farda da Escola Joacy Pereira. O desfile passa em frente ao cemitério. Na foto percebe-se o professor Francisco Barbosa (Chico Hermano) do lado direito do pelotão. Na outra foto a concentração dos pelotões em frente a praça Adolfo Lima. No detalhe aparecem alunas como Maria de Fátima e Eliziana (Ziana) Gomes. Arquivos de fotos de Gildo Gomes


Desfile de 07 de setembro de 1987 com o Pelotão dos portas bandeiras. No destaque da foto os alunos Wbiratan Paiva, com um companheiro ao lado e depois as alunas Telma Helena, Vilany Ramos e Rita Macário. O pelotão passa em frente a Farmácia Colares que no detalhe tem no topo do prédio uma radiadora que pertencia ao Bar e Restaurante o Pio.

Arquivo de fotos de Vilany de Oliveira Ramos


Desfile de 07 de setembro de 1987 com o Pelotão da Zona Rural e logo atrás um cartaz a favor da reforma agrária. Na frente do pelotão os alunos da CNEC Jerly dos Santos e Otoniel do Chico Isaias. As características dos alunos com calça arregaçada, chapéu de palha, foice e cabaça de água lembra realmente o homem do campo. Por coincidência na hora da fotografia eles passam em frente a Ematerce onde ler-se nos letreiros as palavras “adubos” e “venenos”.

Arquivo de fotos de Jerly dos Santos


Desfile de 07 de setembro de 1988

Pelotão das baianas (dança do coco) com as alunas do Centro Educacional Monsenhor José Barbosa, da esquerda para direita: Ana Luiza, Deborah Germano, Eliza Colares, Lígia Colares, Vanilda Mendes e Célia Verônica. Arquivo de fotos de Ana Luiza Barros


07 de setembro 1989 Na foto a concentração do desfile em frente a atual Secretaria de Saúde que pelo letreiro percebe-se o funcionamento da Secretaria de Educação de um lado e do outro a Ematerce. Na foto é possível distinguir a professora Telma Helena e o motorista Josenir Victor (Hulk) perto do prefeito João Leite com rosto virado próximo a algumas crianças conhecidas como Cíntia, Ana Márcia, Valber Lima e a professora Mirtes.

Arquivo de fotos de Telma Helena


Desfile das crianças de 1990 o Ano Internacional da Alfabetização e os alunos do ABC da CNEC destacam esse tema. Descem pela Av. Arlindo Medina. Na foto é possível ver o antigo prédio da TELECEARÁ. Na frente os pelotões de farda da CNEC.

Arquivo de fotos de Telma Helena


Desfile dos alunos da CNEC de 1990. Na foto o pelotão que apresenta O QUE TEMOS NO MUNICÍPIO e cita as CEBs, os Correios, a Secretária de Educação entre outras conquistas de Aratuba. Logo na frente do pelotão é possível identificar o aluno Fábio Melo com roupa branca. Arquivo de fotos de Lucilda Martins


07 de setembro 1990 Nas fotos o desfile desce e sobe pela rua Júlio Pereira. No detalhe percebe-se a bela sombra que as árvores da antiga praça forneciam aos expectadores enquanto os alunos Almir Bernardo passa com o escudo da CNEC; Walber Monteiro com o da Casa de Cultura; e Francisca Gerlaine com o escudo da Escola Joacy Pereira. Arquivo de fotos de Gildo Gomes e José Almir Bernardo da Silva


Desfile de 07 de setembro de 1992 com o Pelotão da TVC – Televisão do Ceará. Na foto alunos da 7ª série da professora Neide Cardoso que está próxima de sua turma. Na frente do pelotão o aluno Gildo Gomes. O pelotão passa em frente a igreja matriz onde é possível perceber o prédio dos correios.

Arquivo de fotos de Maria Lucia Alves


Parece que é o desfile de 1994. Na foto o aluno Luis Paulo como um escravo e a princesa Isabel ao seu lado como libertadora. Ambos são conduzidos por uma charrete que desce pela rua Júlio Pereira em frente a escola Maria Júlia.

Arquivo de fotos de Francisca de Paula (Novinha)


Desfile de 07 de setembro de 1995. Nas duas fotos o destaque é da escola particular Instituto Pedagógico Professora Maria Júlia com o aluno Izaquiel Ramos passando em frente a praça onde as escolas da CNEC e do Joacy Pereira já se encontram preparadas para iniciar o desfile cívico. Na foto seguinte ainda os alunos do Maria Julinha com o detalhe de um jumentinho que também participava do desfile no contorno da praça Adolfo Lima.

Arquivo de fotos de Vilany de Oliveira Ramos


07 de setembro de 1996 Desfile das crianças da CNEC. Nas fotos os alunos do Centro Educacional Monsenhor José Barbosa se organizam na rua Targino Gões descem pela rua Júlio Pereira. Com a faixa da Sociedade de Proteção a Criança Pobre de Aratuba, o desfile passa em frente a praça Adolfo Lima Arquivo de fotos de Gildo Gomes e Maria Neta


Desfile de 1996. A escola Joacy Pereira passa em frente a praça Adolfo Lima com escudo da escola e porta bandeiras do município, estado e país. No detalhe da foto ver-se a antiga padaria da Cezina e com o letreiro “Não volte ao passado”, lema de uma campanha política municipal.

Arquivo de fotos de Gildo Gomes


Desfile de 07 de setembro de 1997 A escola do Centro Educacional Monsenhor José Barbosa (CNEC) passa em frente a antiga padaria da dona Cezina chegando na praça Adolfo Lima. Com a identificação CNEC em letras vermelhas a aluna Edna Jerônimo inicia o pelotão da Década da Colheita, projeto da Igreja Assembleia de Deus, com uma faixa conduzida por alunas evangélicas como Gardênia Jerônimo e Daniela de Freitas. Logo depois vem Carlos Henrique Germano com a bandeira do município seguido pelo pelotão de farda da CNEC que no detalhe ainda era calça e saia marrom com camisas de meias com mangas curtas ou compridas. Arquivo de fotos de Gildo Gomes


Tudo indica que esse essa foto é também do desfile de 1997. O pelotão do ciclismo da escola da CNEC passando em frente ao casarão dos pereiras onde fazem o retorno. Alguns alunos são Diego Gomes, João Aêgno e Teylor Martins. Arquivo de fotos de Telma Helena


Desfile das crianças de 07 de setembro de 1997 com o Pelotão da Literatura Infantil dos alunos da CNEC. Os alunos descem pela rua Targino Gões nas proximidades da casa da diretora da entidade cnecista, Irismar Barros de Matos que aparece na foto junto com as crianças. Na outra foto o desfile faz o contorno da praça Adolfo Lima. Como prova de um ano seco basta olhar a “manga da Doca” para perceber o castigo dos 534,2 mm de chuva naquele ano. Arquivo de fotos de Ana Luiza Barros e Maria Neta dos Santos


Parece ser o desfile de 1998. A primeira foto apresenta o desfile no contorno da Praça Adolfo Lima com os pelotões do Centro Educacional Monsenhor José Barbosa (CNEC). A frase “A CNEC também existe” gerou discussões. Logo atrás o cartaz apresentava as necessidades da instituição. Exemplo da liberdade de expressão nos desfiles cívicos o que é normal num país ou município democrático. Na outra foto o pelotão de fardas masculino com camisa branca de gola marrom e calça jeans. Na frente do pelotão está o aluno Evenísio Fernandes (Vena). Há dúvidas se a segunda foto é do desfile de 1998. Arquivo de Fotos de Gildo Gomes e Fábio Melo


Não conseguimos datar esse desfile. Na foto o desfile passa pelo contorno da Praça Adolfo Lima com os pelotões das bandeiras. No detalhe os alunos do Centro Educacional Monsenhor José Barbosa como pelotão de frente com as bandeiras seguido pelos alunos do Ensino Fundamental da Escola José Joacy Pereira. No detalhe da foto no lado esquerdo o aluno Fernando Ferreira, in memorian, que leva a bandeira do Ceará.

Arquivo de Fotos de Maria Jacinta


Desfile de 1999 A foto apresenta o desfile de 1999 que aconteceu no dia 11 de setembro. Na primeira foto as alunas Neurynha e Ana Késsya da Escola Joacy Pereira apresentam os temas sobre escravidão, roubo e outros problemas sociais. Na outra foto o destaque é da Escola José Mendes da Cruz (Tope) na concentração em frente a Escola Professora Maria Júlia Pereira Batista. Dar para perceber no meio dos alunos um cartaz que faz referência ao concurso público municipal realizado no final do ano anterior.

Arquivo de Fotos de Gildo Gomes


Não consegui identificar o ano dessa comemoração do 7 de setembro, mas nesse tempo a CNEC não saiu às ruas. Apenas comemorou o momento cívico dentro da escola com os alunos da LBA. Na primeira foto a professora Telma Helena com alunos vestidos de soldado: Rair Ângelo, Adriano Fernandes e Diones. Na segunda foto as professoras Rita de Cássia (Duquinha), Raimunda Maurício e Telma Helena com os alunos David Castro, Adriano Fernandes, Victor, Willamis, Charles Martins, Carla Edwirges e João Âegno dentre outros.

Arquivo de fotos de Telma Helena


Não consegui datar esse desfile. Na época a LBA era anexado a CNEC. Na foto os alunos descem pela rua Júlio Pereira. São os últimos anos da instituição em Aratuba. Entre os alunos que conduzem o emblema da LBA é possível identificar Tiago Leitão que tempos depois tornou-se o primeiro prefeito mirim do município. Arquivo de fotos de Gildo Gomes


07 de setembro de 1999

O pelotão da CNEC passa em frente a Praça Adolfo Lima. O fardamento é aquela adotada nos últimos anos da entidade – camisa de meia branca e calça Jens. Na foto as alunas Antônia Erotilde e Kelma Coriolano com a faixa do 2º Grau (Ensino Médio) do Centro Educacional Monsenhor José Barbosa, e logo atrás pelo lado direito o aluno Rondismar Gomes. Arquivo de fotos de Gildo Gomes


07 de setembro de 1999 O pelotão da Escola de Ensino Médio Jósé Joacy Pereira vem pela CE-065 rumo a sede do município. Na outro foto dentro da cidade a aluna Rebeka Diniz conduz o escudo da escola particular Instituto Pedagógico Professora Maria Júlia. Arquivo de fotos de Maria Neta e Alígia Medina


Tudo indica que é o desfile de 2000. O pelotão da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Maria Júlia concentra-se em frente a praça Adolfo Lima. No detalhe da foto a aluna Paula Romany (Paulinha) com a bandeira da mesma escola. A camisa branca e calça cor de vinho era o fardamento original da instituição.

Arquivo de fotos de Francisca de Paula (Novinha)


Tudo indica que esse é o desfile de 2002. O pelotão da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professora Maria Júlia passa em frente a praça Adolfo Lima. Na da foto o pelotão de fardas da escola e na frente a aluna Louise Melo conduzindo a bandeira do Brasil.

Arquivo de fotos de Francisca de Paula (Novinha)


Desfile cívico de 2008 O desfile desce pela rua Júlio Pereira em frente a escola Maria Júlia com pelotão de escravos e a princesa Isabel. A cor vermelha conecta-se com a campanha política da época cujo candidato do PT era apoiado pelo prefeito. Na outra foto o prefeito José Wolner Santos, sua esposa, seu irmão Wainer Santos, secretário de educação e outras autoridades municipais no palanque enquanto passa o pelotão das bailarinas. Fotos arquivo da internet


Desfile cívico de 2009 Nas fotos o desfile desce pela rua Júlio Pereira passando em frente a farmácia Colares com o pelotão da Escola Maria Júlia que no detalhe ainda está com sua farda original de cor vinho e sua insígnia que é a do município ainda não havia sido alterada. O outro pelotão que sobe com a farda azul, cor que conecta-se ao partido do prefeito que assumiu naquele ano, é o pelotão dos idosos em frente ao palanque da concentração. Arquivo de fotos de Gildo Gomes


Desfile cívico de 2010 Nas fotos o desfile desce pela rua Júlio Pereira passando em frente ao palanque de concentração com o pelotão dos indígenas cuja faixa reivindica a garantia dos direitos de dignidade, espiritualidade, conhecimentos e terras indígenas. Arquivo de foto internet


Desfile 2011 Nas fotos o desfile passa em frente ao palanque com pelotões com camisas com cores da bandeira do país. Primeiro a cor verde com um convite para todos de juntarem aos alunos pelo bem e o segundo de camisa azul para dizer NÃO aos males sociais e humanos no município e lá atrás um pelotão amarelo com uma faixa QUEREMOS NOSSA ARATUBA FELIZ. Arquivo de foto Gildo Gomes


Desfile dos 54 anos de emancipação política do município de Aratuba em 2011, realizado pela Escola Professora Maia Júlia na direção da professora Léa Bernardino. A escola contou a história do desenvolvimento do município nos seus diversos aspectos como política, economia, educação, saúde, social e religião. No detalhe da segunda foto a réplica de um bolo com os 54 anos do município. A concentração se deu em frente a Secretaria de Saúde do município.

Foto de arquivo de Gildo Gomes


Desfile 2012 Os dois pelotões são da Escola Maria Júlia. Na primeira foto o desfile que representa personagens do Brasil Império passa em frente ao casarão dos Pereiras e na segunda foto o pelotão das bandeiras desce pela rua Júlio Pereira em frente ao posto de saúde.

Fotos de Arquivo de Gildo Gomes


Desfile 2013 Na primeira foto o pelotão das redes sociais da Escola Maria Júlia. Na frente o escudo da escola modificado nos últimos anos (saiu o tradicional alho, símbolo histórico da economia aratubense que está na bandeira municipal e colocaram as bananas). Na segunda foto o pelotão dos direitos humanos da Secretaria de Assistência Social com camisas amarelas e verdes e as históricas bandeirinhas do Brasil nas mãos dos alunos. Arquivo de fotos de Gildo Gomes


Desfile 2013 As fotos apresentam os pelotões descendo pela rua Júlio Pereira. O pelotão de camisa azul apresenta a necessidade dos valores como amor, fé, amizade, coragem e etc. O outro apresenta a escravidão e libertação das drogas – um anjo no meio de alunos com roupas pretas. O pelotão é da escola José Mendes da Cruz (Tope). Arquivo de fotos Gildo Gomes


Desfile 2013 Concentração do desfile e no destaque o pelotão dos direitos humanos com uma enorme faixa que cobre os alunos. Os direitos destacados são: a família, os indígenas, LGBTTT, deficientes, mulher, negro e idosos. Antes dos direitos a logomarca da administração POVO FELIZ que apresenta antes do nome ARATUBA a pintura da Igreja São Francisco de Paula. A logomarca fere os princípios de laicidade – separação entre igreja e estado. Como se trata de um símbolo oficial do município passa a ideia que o governo reconhece o catolicismo como única religião. É irônico uma faixa de defesa dos direitos humanos indiretamente ferir direitos constitucionais e religiosos Arquivo de fotos Gildo Gomes


As bandas de Músicas dos Desfiles de Aratuba

A Bandinha Feliz no desfile de 1990 tem a farda da Escola Joacy e no seu comando dois experientes tocadores Adarilton e Carlos Eduardo (Dudu), acompanhados pelo jovem Alex Colares na calçada de calça branca. O pelotão da banda é a Daniele Bernardino. Lá atrás no desfile vem os alunos da Cnec. Arquivo de fotos de Telma Helena


Banda de Música desfile de 1986

A Banda de Musica vem subindo com alunos do Joacy pela estrada do sítio Contendas onde hoje é Rua Sebastião Monteiro de Araújo. Na foto vislumbra-se a velha casa do seu Zé Doca entre os professores a docente Léa Bernardino. Arquivo de Gildo Gomes


Banda de Música desfile de 1985 A Banda de Musica passa em frente a Igreja Matriz. Na foto os corneteiros Castelo, Japonira e Telma Helena. No detalhe da foto é possível perceber lá no final um pouco da antiga casa de taipa do mestre Leopoldo Pereira Martins.

Arquivo de Maria de Nazaré Assis


Banda de Música desfile de 1986

A Banda de Musica sobe pela rua Júlio Pereira. Na foto os alunos e corneteiros Castelo, Carlos e Rivelino. No detalhe fotos de Adauto Bezerra nas residências pois trata-se de um ano político ao governo do estado. Arquivo de foto de Telma Helena


Banda de Música desfile de 1986

A Banda de Musica se concentra onde hoje é o calçadão. Nas fotos os corneteiros Castelo, Carlos, Rivelino e Telma Helena. Atrás dela no tarol o adolescente Francisco Orgacildo Pereira Paiva(Peta) e depois vem o jovem Carlos Santana (Carlinho). No detalhe da foto se percebe a radiadora do Pio em cima do comércio chamado na época de “balai de gato”. Arquivo de foto do Castelo


Parece que é a Banda de Música do desfile de 1987 Banda de Musica que passa em frente a Praça Adolfo Lima. Na foto os alunos Castelo e Nilson no tarol.

Arquivo de Foto de Castelo


Banda de MĂşsica desfile de 1992 ( ? )

A Banda de Musica sobe pela rua JĂşlio Pereira e passa em frente a mercearia do Pedro Barbosa, hoje mercadinho Pedro Elder. Na foto o corneteiro Castelo Ramos.

Arquivo de foto de Castelo


Banda de Música desfile de 2006

A Banda de Musica durante a concentração do desfile na praça Adolfo LIma. Nas fotos alguns componentes como Maynara Ramos, Louise Melo, Erton Oliveira, Luis Paulo, e Rayllane Roberta.

Arquivo Francisca de Paula (Novinha)


Banda de Música desfile de 2008

Banda de música com seu fardamento tradicional e com o Daniel em roupa comum no centro na liderança da banda que passa em frente ao prédio da Prefeitura de Aratuba. Arquivo de foto de Gildo Gomes


Banda de Música desfile de 2009

Banda de música do 7 de setembro que passa em frente a farmácia Colares. A tradicional cor branca deu lugar a camisa azul dos componentes da banda. Como o prefeito era do PR – Partido Republicano (azul) deduz-se uma propaganda políticopartidário em momentos cívicos e patrióticos como deve ser o 7 de setembro. Arquivo de fotos de Gildo Gomes


Banda de Música do desfile dos 54 anos de Aratuba em 2011 A Banda de Musica Mestre Zoza presente no desfile dos 54 anos de Aratuba promovido pela Escola Municipal Professora Maria Júlia. A foto mostra a banda concentrada na praça Adolfo Lima com seus componentes. Na foto o primeiro da esquerda para a direita é o maestro Adriano.

Arquivo foto de Gildo Gomes


Banda de Música desfile de 2013

Banda de música do 7 de setembro que passa em frente ao palanque das autoridades. A tradicional cor branca deu lugar a camisa amarela dos componentes da banda. Como o prefeito é do PSB – Partido Socialista Brasileiro (amarelo) deduz-se uma propaganda político-partidário em momentos cívicos e patrióticos como deve ser o 7 de setembro. Arquivo de Gildo Gomes


FRANCISCO GILDO ALVES GOMES, nasceu em Aratuba no dia 07 de abril de 1976. Filho de Gilvan Martins Gomes e Maria de Fátima Alves Gomes. Casado com Maria Neuridete Alves Pinheiro Gomes. É protestante e Pai de Caio Gabriel e João Wesley. Professor concursado do município de Aratuba e ensina há mais de 14 anos as disciplinas de Historia e Geografia. É graduado pela UECE (2002) para atuar no Ensino Fundamental e especialista em História do Brasil pela UVA (2011). É autor do livro Aratuba Ontem e Hoje – História e Consciência de um Município Serrano, lançado pelo portal aratuba online em março de 2013 e escreve artigos para a coluna do Raio X desde 2012.

Referências •Entrevistas de Regina Magna, Grupo Corujão, 2001 •Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos – Funceme, Posto de Aratuba , 1964-1997 •Conversas com Francisco Barbosa, Luicilda Martins, Ana Luiza Barros, Castelo Ramos, Jerly dos Santos, Vilany de Oliveira, Rita Oliveira, Ana Lúcia Maurício, Albaniza Mariano, Rita de Cássia Mariano e Regina de Castro. •ALVES, Lourdenise Pinheiro. Uma viagem em tempo de seca. Bagagem editora, 2008

Profile for Walber Lima

Breve história dos desfiles de 7 de setembro do Município de Aratuba  

Fotos inéditas dos desfiles cívicos de Aratuba.

Breve história dos desfiles de 7 de setembro do Município de Aratuba  

Fotos inéditas dos desfiles cívicos de Aratuba.

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded