Page 1

REDAÇÃO | (28) 99991-7726 ANÚNCIOS E ASSINATURAS (28) 3521-7726

SÁBADO E DOMINGO

CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM E REGIÃO SUL | ANO V EDIÇÃO 01678| DIÁRIO

15 e 16 DE JULHO DE 2017

Foto: Divulgação

PC JÁ TEM LINHA DE INVESTIGAÇÃO

DO ASSASSINATO DE ADVOGADO

Delegado não pôde dar detalhes, mas ouviu uma testemunha e espera solucionar o caso em uma semana. Fernando Guio (foto) levou um tiro na cabeça e capotou o carro, ontem em Cachoeiro

P.11 Foto: Daniel Borges

IA

M RETRATO DA BOE

Bar do Beto completa 30 anos e é tradição em Guaçuí

Foto: Wanderson Amorim/Arquivo Pessoal

P.6

MÃE E FILHA MORREM EM ACIDENTE

P.10 Franciene Lamas, 31 anos, e Laís, de 2 anos, estavam no carro que bateu de frente com uma caminhonete na BR 101, em Mimoso

Projeto musical está de volta em Vargem Alta

Foto: Divulgação

“MEIO DIA E MEIA”

P.7

ENCERRAMENTO

Últimos dias do Festival de Inverno em Domingos Martins

FORÇA TOTAL

P.10

Polícia Militar faz operação na divisa do Espírito Santo com Rio de Janeiro

ALEXANDRE GARCIA Mamar no Estado

P.2


2 OPINIÃO

SÁBADO E DOMINGO|15 E 16 DE JULHO DE 2017

FIGURAS

O prefeito de Cachoeiro, Victor, nomeou dois nomes de peso para compor seu governo: os ex-vereadores Fabrício do Zumbi e Professor Léo. Fabrício não disputou reeleição e Léo chegou a ser cotado a candidato a prefeito. Dois nomes que fazem parte da nova geração de políticos cachoeirenses e dialogam bem com a sociedade.

Fábio Malanquine (E) e o comerciário Felipe são figuras conhecidas em Cachoeiro. Juntos, é conversa em alto astral e muita informação sobre a cidade.

PRESENÇA O deputado estadual Marcos Mansur marcou presença ontem em evento de Cachoeiro. O prefeito em exercício de Itapemirim, Thiago, também. Os dois são aliados e tem mantido relação de proximidade.

TRANSTORNOS

A inauguração da unidade de armazenamento da Conab, em Cachoeiro, pode enfrentar algumas resistências com a comunidade no entorno. Alguns moradores temem o volume de trânsito pesado com carretas e caminhões, já que ali é um bairro tradicionalmente residencial. Mas é como se diz: não se faz omelete sem quebrar alguns ovos.

TRAGÉDIAS

Essa semana, foram diversos acidentes de trânsito que deixaram vítimas fatais, nas estradas da região sul do Espírito Santo. Violência nas rodovias que deixa marcas irreparáveis nas famílias envolvidas.

OPOSIÇÃO

Na queda de braço que o deputado Theodorico Ferraço tenta travar com Hartung, ele sai perdendo e prejudicando um monte de gente que teoricamente seria aliado. Faz parte.

DEU RUIM As notícias de acidente no trânsito aumentam a cada dia e não há uma perspectiva de que isso possa mudar. Fatalidades e tragédias diárias que deixam toda uma sociedade em estado de choque.

LAVA JATO

A operação Lava Jato deveria mudar de nome, já que não tem feito uma limpeza tão rápida como os lavadores de carro. Alguns anos se passaram e o resultado até agora foi apenas mostrar o tamanho da corrupção no Brasil, sem prender seus principais agentes corruptores.

DEU BOM

Projeto Ocupação Social levando mais oportunidades para jovens cachoeirenses. São 180 vagas para as oficinas gratuitas de canto, violão e percussão oferecidas pela Faculdade de Música do Espírito Santo (Fames).

EXPEDIENTE

GFC COMUNICAÇÕES EIRELI-ME MATRIZ: CNPJ: 10.916.216/0001-55 Rua Irmãos Fernandes, 59, bairro Bela Vista, CEP: 29.560-000 - Guaçuí-ES Telefone: (28) 3553 0517 GFC COMUNICAÇÕES EIRELI-ME FILIAL: CNPJ: 10.916.216/0002-36 Rua Dona Joana, 25, 2º Pavimento, Bairro Centro, Cep: 29.300-120 - Cachoeiro de Itapemirim-ES Telefone: (28) 3521-7726 | (28) 3511 2611

MAMAR NO ESTADO

DE PESO

DIRETORIA GERAL: Elias Carvalho Soares DIRETOR DE JORNALISMO: Ilauro Oliveira EDITOR GERAL: Filipe Rodrigues REPORTAGEM: Ana Gláucia Chuína, Edézio Peterle, Guilherme Gomes, Lucas Schuina e Wanderson Amorim, Daniel Borges, Danielle Muruci EMAIL:jornalismo.aquinoticias@gmail.com DIREÇÃO COMERCIAL: Kátia Quedevez ATENDIMENTO COMERCIAL: Débora Osório ASSISTENTE COMERCIAL: Ludmylla de Moraes ESTAGIÁRIA: Mylena Cortez EMAIL:atendimentofolhadocaparao@gmail.com

TEL: (28) 3553-0517 DIAGRAMAÇÃO: Celso Wallace e João Paulo

Acabamos de assistir a um espetáculo tosco, promovido por meia dúzia de senadoras que se abancaram na mesa diretora do plenário, para impedir a votação das melhorias na CLT e impor justiça no Imposto Sindical. Mostraram que, perdendo no voto, partem para a força - e isso é o oposto de democracia. Quando mentem que a atualização da CLT vai tirar direitos dos trabalhadores, na verdade defendem o imposto sindical, que confisca um dia de trabalho de todos os assalariados, mesmo os não sindicalizados, para sustentar o peleguismo. A atividade dos sindicatos, com dinheiro do trabalhador, nunca foi fiscalizada e a CLT da ditadura Vargas, por sua vez, alimenta uma gigantesca indústria de litígios, que gravita em torno da justiça trabalhista. O estado não produz riqueza; apenas a distribui. Mas aqui, fica com boa parte dos quase 40% que tira de todos, para se sustentar e manter suas gorduras em músculos flácidos. Com algumas benesses que

COLABORADORES: Alexandre Garcia, Luciana Fernandes, Wagner Medeiros Junior, Basílio Machado, Ramom Barros, Raysa Geaquinto

CIRCULAÇÃO AQUI NOTÍCIAS Anchieta, Atílio Vivácqua, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Conceição do Castelo, Iconha, Itapemirim, Marataízes, Mimoso do Sul, Muqui, Piúma, Presidente Kennedy, Rio Novo do Sul, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante.

enganam a população não esclarecida, graças ao ensino deficiente, a maior parte do povo adora o demagogo que vicia quem recebe, como bem lembrou Luiz Gonzaga em Vozes da Seca. Do estado, servem-se os empresários bem relacionados com o poder, como Joesley, com empréstimos subvencionados, incentivos ineficazes para a economia. Outros, têm aposentadorias privilegiadas, férias em dobro convertidas em dinheiro, mordomias, contracheques que ultrapassam o teto constitucional, fora a corrupção sistêmica, das propinas supostamente privadas, que são geradas por contratos superfaturados com o estado. O estado funciona mal, está inchado, quer se camuflar do prejuízo que dá, tentando mascarar o déficit da Previdência. A Constituição de 1988 também é responsável. Diz, por exemplo, que a saúde é direito de todos e dever do estado. Então, se não há recursos para determinado remédio, o juiz manda comprar e o governo tem que cumprir

ou o administrador pode ir preso. Greve no serviço público é outro absurdo. Absurdo porque é greve contra o próprio público, que é o patrão, a quem o servidor deve servir. O governo tem medo das corporações fortíssimas de funcionários públicos e não regulamenta a greve, estabelecendo seus limites. Aí, vira bagunça. Imagine gerações futuras sem aula, pacientes sem atendimento, trabalhadores sem transporte, cidadãos sem segurança. Outro erro dos constituintes foi dar autonomia orçamentária a quem não arrecada, como o Judiciário e o Legislativo. Aí estão os palácios suntuosos, faraônicos, para demonstrar a afoiteza. Parecem estados soberanos, com folhas de pagamento, férias e aposentadorias privilegiadas. Um dia, esse estado em que tantos mamam, vai estar completamente desidratado e quem trabalha para produz riqueza vai cansar de transferi-la para esse estado gastador, mau administrador e distribuidor de injustiça social.

As matérias assinadas e publicadas neste jornal, não traduzem a opinião do próprio jornal. A veracidade das informações publicitárias veiculadas é de responsabilidade de quem as patrocina (anunciante). A legislação não impõe ao órgão que veicula o anúncio (jornal) a obrigatoriedade de verificação e comprovação da fide lidade e correção destes anúncios. Fonte: STJ (Superior Tribunal de Justiça).

ACESSE:


POLÍTICA 3

SÁBADO E DOMINGO|15 E 16 DE JULHO DE 2017

SOLUÇÕES COMPARTILHADAS

PREFEITO E EMPRESÁRIOS DISCUTEM FUTURO DE ANCHIETA Foto: Renata Alves/PMA

Durante a reunião foram apresentadas sugestões para amenizar a crise financeira que Anchieta enfrenta Redação Anchieta

O prefeito de Anchieta, Fabrício Petri, se reuniu com um grupo de empresários da construção civil da cidade. A pauta foi agendada para discutir sobre o retorno das atividades operacionais da Samarco, inclusão do município na Fundação Renova e ações em Parceria Público-Privado (PPP). Durante a conversa, o prefeito ouviu os empresários e apresentou o que a administração vem fazendo para amenizar a pior crise financeira que o muni-

cípio vem enfrentando. Na ocasião, foi criado um grupo de trabalho, composto por empresários e representantes do poder público, com a finalidade de buscar uma agenda junto à Samarco e a Fundação Renova, a fim de apresentar o potencial existente em Anchieta para atrair novos empreendimentos e

investimentos. Os participantes elogiaram a atuação da Prefeitura no que diz respeito aos serviços de orientação aos possíveis investidores e empreendedores, mas solicitaram a criação de um espaço exclusivo para atender esse público com mais agilidade. Outra questão, levan-

tada pelos empresários, foi sobre a criação de ações em Parceria Público-Privado. Petri aproveitou para falar que o projeto de lei já foi elaborado e está sob análise da Procuradoria Municipal e em breve será encaminhada à Câmara de Vereadores para apreciação. Segundo o prefeito, es-

ses encontros são fundamentais para estabelecer uma união entre o poder público e a sociedade, em busca de soluções para a coletividade. “Estamos sempre nos reunindo para ouvir sugestões que venham ao encontro de iniciativas para amenizar a crise financeira que estamos enfrentando, como tanbém gerar emprego e renda para nossas famílias”, esclarece Petri. ENTENDA Parcerias público-privadas, as famosas PPPs, são acordos entre os setores público e privado para a realização conjunta de determinado serviço ou obra de interesse da população. Em uma PPP, a empresa normalmente fica responsável pelo projeto,

assim como seu financiamento, execução e operação. O Estado, em contrapartida, paga a empresa de acordo com o desempenho do serviço prestado. Uma vez vencido o contrato, tudo o que foi construído é do governo. A Fundação Renova tem a missão de implementar e gerir os programas de reparação, restauração e reconstrução das regiões impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão, localizada no subdistrito de Bento Rodrigues, em Mariana, Minas Gerais. Os programas, previstos no Termo de Transação de Ajustamento de Conduta (TTAC), estão reunidos em duas principais frentes: socioambiental e socioeconômica.

NOVIDADE

Aprovada comissão de mobilidade e acessibilidade

Redação Cachoeiro de Itapemirim

Preocupado com a discussão do Plano Municipal de Mobilidade, o vereador Alexon Cipriano propôs a criação, na Câmara de Cachoeiro, da Comissão Permanente de Mobilidade e Acessibilidade Urbana. O projeto foi aprovado por unanimidade e os nomes dos membros da comissão serão definidos logo após o fim

do recesso parlamentar, em agosto. “O cachoeirense sofre com dificuldades de locomoção relacionadas ao transporte público, circulação de veículos particulares e uso do solo urbano. É preciso encontrar meios de suprir a falta de planejamento adequado e a legislação municipal insuficiente”, diz Alexon. O texto aprovado afirma que serão avaliados pela nova comissão todos os projetos em

tramitação na Câmara que impactarem a acessibilidade e mobilidade no município; estudos, pesquisas e discussão de leis protetivas das pessoas com deficiência e mobilidade reduzida; proposições relativas ao sistema viário, de circulação e transportes; calçadas, equipamentos de acessibilidade e ciclovias; poluição gerada pelos veículos automotores e outros temas relacionados.

Foto: Arquivo

Vereador Alexon propôs a criação da Comissão para debater a questão da mobilidade


4 CIDADES

SÁBADO E DOMINGO|15 E 16 DE JULHO DE 2017

GRÃOS

UNIDADE ARMAZENADORA VAI ATENDER TODO O SUL DO ESPÍRITO SANTO

CAPACIDADE

Foto: Guilherme Gomes

A solenidade de inauguração aconteceu na manhã de ontem (14), com a presença do presidente da Conab, o prefeito de Cachoeiro, produtores rurais e lideranças políticas

A unidade convencional tem capacidade estática para armazenar 27,5 mil toneladas de grãos em uma área de 41 mil m² quadrados Filipe Rodrigues / Guilherme Gomes Cachoeiro de Itapemirim

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) iniciou ontem as operações na Unidade Armazenadora de Cachoeiro de Itapemirim, que pertencia ao Instituto Brasileiro do Café. O imóvel foi incorporado ao patrimônio da Conab em 2013 e seu funcionamento só foi possível

graças a uma parceria da Superintendência Regional da Conab no Espírito Santo com a prefeitura de Cachoeiro, que cedeu máquinas, implementos e mãos de obra para a reforma do espaço. A solenidade de inauguração aconteceu na manhã de ontem (14), com a presença do presidente da Conab, Francisco Marcelo Rodrigues Bezerra; o prefeito de Cachoeiro de Itapemirim, Victor Coelho; o gerente da Secretaria Estadual de Agricultura, representando o Governo do Espírito Santo, José Arcanjo Nunes; produtores rurais e lideranças políticas do Sul do Estado.

O presidente da Conab, Francisco Marcelo Rodrigues Bezerra disse que a abertura da Unidade Armazenadora de Cachoeiro de Itapemirim é uma antiga reivindicação dos produtores e das pequenas agroindustrias da região, além também da Zona da Mata Mineira e do Norte Fluminense. “Hoje finalmente estamos fazendo essa inauguração. Ela visa a atender aos pequenos criadores, pequenas agroindustrias, principalmente com produtos dos estoques públicos do Governo Federal. Estes estoques, principalmente do milho, é uma antiga reivindicação da região”, afirma o presidente.

Bezerra explica que para utilizar o espaço, os pequenos criadores e agroindústrias precisam fazer um cadastro junto a Conab, devido ao preço vantajoso há alguns critérios para ter acesso a estes estoques públicos. A novidade vai desafoga uma demanda reprimida na região e deve ser comercializado a partir de 1º de agosto. “Os pequenos criadores devem se dirigir a unidade armazenadora e fazer cadastro junto a Conab. Só para se ter uma ideia, a saca de milho, por exemplo, vai ser vendida a R$33, quando no mercado está sendo vendida entre R$50 / R$60”, conta Bezerra.

A unidade convencional tem capacidade estática para armazenar 27,5 mil toneladas de grãos em uma área de 41 mil² quadrados com um armazém convencional de 15 mil². Por estar localizada em uma região estratégica, beneficiará 28 municípios do sul do Espírito Santo e do Caparaó capixaba, que produzem mais de três milhões de sacas de café arábica por ano e 20% do conilon de todo o estado. O Espírito Santo é o terceiro maior produtor de café do país e o principal de conilon, com uma safra estimada para 2017 de 5,88 milhões de sacas de conilon e 2,9 milhões de sacas de arábica. A nova unidade armazenadora também atenderá pequenos criadores de aves e suínos da região norte do Rio de Janeiro e de municípios da Zona da Mata de Minas Gerais, por meio da comercialização de milho pelo Programa de Vendas em Balcão. Para atender a esse público, a unidade conta com um estoque de 1,5 tonelada de milho em grãos, à venda por preços compatíveis com o mercado atacadista local - atualmente, R$ 33 a saca de 60 quilos. A Conab dispõe de duas outras UAs no estado,

uma no município de Vitória - região central, e outra em Colatina - região noroeste. Em 2016, a Companhia vendeu mais de 10 mil toneladas de milho para seis mil pequenos produtores cadastrados no Programa de Vendas em Balcão. O prefeito de Cachoeiro de Itapemirim, Victor Coelho, enfatizou que o sul do Estado tem sido contemplado com diversas conquistas para os produtores rurais. A reabertura dos galpões da Conab vão envolver mais de sete mil produtores e impulsionar cada vez mais o agronegócio. “A Conab trazendo de volta para Cachoeiro de Itapemirim essa conquista importante para os produtores. Tivemos uma Exposul Rural que envolveu mais de 18 municípios do sul do Estado e movimentou mais de R$ 2 milhões. Boas notícias vindo do Governo do Estado também com a criação do Fundesul e o lançamento ontem do plano safra com uma linha de crédito de mais um bilhão de reais. Tenho certeza que a reabertura dos galpões da Conab vão influenciar bastante no crescimento do agronegócio e vai movimentar positivamente para os nossos produtores”, finaliza o prefeito.

DIVERSIDADE

LGBT: Cachoeiro cria comitê de proteção à diversidade Redação Cachoeiro de Itapemirim

A prefeitura de Cachoeiro instituiu nesta semana o Comitê Permanente de Proteção à Diversidade e Cidadania, para formular e propor ações governamentais voltadas à promoção e defesa dos direitos do público LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais,

Transexuais e Transgêneros). O órgão consultivo será composto por servidores das secretarias municipais de Desenvolvimento Social, Educação, Saúde e Defesa Social e representantes dos conselhos municipais de Direitos da Mulher, de Educação, da Pessoa com Deficiência, da Assistência Social e de

entidade do movimento LGBT. Os membros, a serem indicados por esses órgãos, integrarão o comitê durante dois anos, podendo ser reconduzidos por igual período. De acordo com a secretária de Desenvolvimento Social, Márcia Bezerra, as ações que culminaram na criação do comitê são realizadas desde o início

do ano, com reuniões que incluem a participação de especialistas no assunto, representantes da sociedade civil e membros do Núcleo Pedra, que representam o movimento LGBT no município. Uma das iniciativas de destaque foi o evento do Dia Municipal de Combate à LGBTfobia, em 17 de maio. Essas atividades pre-

Divulgação

liminares apontaram para a necessidade de ampliação do debate de temas de interesse do

público e do trabalho de sensibilização da comunidade com foco no respeito às diferenças.


CIDADES 5

SÁBADO E DOMINGO|15 E 16 DE JULHO DE 2017

OPORTUNIDADE

CACHOEIRO APRESENTA 57 PROPOSTAS AO SINAPSE DA INOVAÇÃO DO ESTADO Divulgação

Quinto em número de projetos, município recebeu divulgação do edital em maio Redação Cachoeiro de Itapemirim

por meio de capacitações para o desenvolvimento de produtos (bens e/ou serviços) ou de processos inovadores, gerando empreendimentos que incorporem novas tecnologias aos setores econômicos relevantes da economia capixaba. Todos os participan-

tes recebem capacitações sobre empreendedorismo e inovação e, ao final, até 40 projetos serão contemplados com R$ 50 mil em subvenção da Fapes, serviços técnicos do Sebrae-ES e suporte para alavancar seus negócios. O assessor técnico da

Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Alexandre Gasparini, representante da prefeitura de Cachoeiro no programa, salientou que foi muito significativo o número de propostas submetidas à Fapes, e comemora o fato de, mais uma vez, o muni-

cípio ter feito o dever de casa. “Terminamos na quinta colocação em todo o Estado no ranking dos projetos apresentados, atrás apenas de quatro municípios da Grande Vitória (Vitória, Serra, Vila Velha e Cariacica). Agora, é aguardar

PENSEDMA

Cachoeiro de Itapemirim está entre as cidades capixabas que mais apresentaram projetos à Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), na chamada pública do Edital Nº 01/2017 do Programa Sinapse da Inovação – Conexão ES. São 57 propostas de potenciais empreendedores cachoeirenses inscritas no programa, que seleciona ideias inovadoras e estimula o empreendedorismo

o término da fase I, da Seleção e Divulgação das ideias inovadoras, que está prevista para o próximo dia 18 de agosto, quando serão selecionadas 300 ideias inovadoras que passarão para a Fase 2, momento que deverão ser apresentados os Projetos de Empreendedorismo””. “Agradecemos às instituições de ensino do município que se empenharam na divulgação e no auxílio aos participantes, aos 74 autores das propostas, à equipe Sinapse da Inovação, do Centro de Empreendedorismo Inovador – Fundação Certi pela atenção dispensada e à Fapes pelas visitas técnicas de lançamento e divulgação do edital”, finalizou Gasparini.

A EQUIPE MULTIDISCIPLINAR MAIS COMPLETA E EXPERIENTE DO SUL DO ESTADO: - MÉDICOS ONCOLOGISTAS - CIRURGIÕES ONCOLÓGICOS - HEMATOLOGISTAS - NUTRICIONISTAS - NUTRÓLOGOS - PSICÓLOGOS - FISIOTERAPEUTAS - FARMACêUTICOS - ASSISTENTES SOCIAIS - ENFERMEIROS - ODONTÓLOGOS - RADIOTERAPEUTAS - RADIOLOGISTAS O MAIS COMPLETO CENTRO DE ONCOLOgIA DO SUL DO ESTADO COM: QUIMIOTERAPIA, RADIOTERAPIA, PATOLOGIA, RADIOLOGIA, PESQUISA CLíNICA RESIDêNCIA MÉDICA E RESIDêNCIA MULTIDISCIPLINAR EM ATENçãO AO CâNCER Anuncio Meia Pagina Campanha Oncologia Aqui 25,5 x 16.indd 1

hospital

ATENDEMOS

SUS - CONVêNIOS - UNIMED

EVANGÉLICO

Cachoeiro de Itapemirim TRABALHANDO PELA VALORIZAÇÃO VIDA

14/07/17 11:02


6 CIDADES

SÁBADO E DOMINGO|15 E 16 DE JULHO DE 2017

GUAÇUÍ

Retrato da boemia em Guaçuí, o bar preza a união e o respeito. Transforma freguês em amigo e, em um certo caso, em funcionário Daniel Borges Guaçuí

O Bar do Beto é o clássico botequim. Estufa com petiscos no balcão, cerveja gelada e uma infinidade de rótulos de cachaça, boa parte produzida em terras do Caparaó. Mas o local tem um diferencial: não toca música. E nem pode. O ambiente é voltado à conversa no balcão. Este ano, o bar completou 30 anos, 24 deles no mesmo local, a Praça João Acacinho, no centro de Guaçuí. ‘Aqui dentro construí amizades. Pessoas que moram muito longe,

têm bar próximo de suas casas, mas se deslocam até aqui. Com ou sem chuva. Eles dizem que encontram aqui um ambiente que lhes agrada, cerveja, petisco e as amizades. É o ponto de encontros de amigos”, conta Paulo Roberto Rodolfo, o Beto, enquanto repõe a maçã do peito na estufa, porção de carne com boa saída. A imagem estereotipada de bar mudou com o tempo, segundo Beto. “Antigamente falavam que só frequentavam bêbados, pessoas caindo pelo chão ou de má conduta. A visão mudou. Tenho vários tipos de clientes. Os da manhã e da tarde, maioria aposentados, passam aqui e bebem uma cervejinha. Durante a semana, tem o pessoal que sai do trabalho e vem beber, comer, as-

Fotos: Daniel Borges

OS 30 ANOS DO EMBLEMÁTICO BAR DO BETO

Paulo Roberto Rodolfo, o Beto, começou o bar com três engradados de cerveja e um de refrigerante. Passados trinta anos, se tornou referência na cidade

sistir jogo e conversar fiado (risos). E os do fim de semana. Pessoal do rock, do forró ou sertanejo. Ficam todos na praça, numa

Cacá, Ronilson, Márton e Hasley, amizade cultivada no bar

boa”, conta Beto. BALCÃO “É o bar que a gente se sente mais seguro. Se chega uma pessoa indesejável, implicante, ele logo pede para se retirar. Tá sempre atento. Nós (clientes) temos a sensação de segurança aqui”, diz o professor João Batista, frequentador assíduo. “Sou de Cachoeiro, estou em Guaçuí há três anos a trabalho. Desde que cheguei, frequento o bar e posso afirmar que minhas primeiras amizades eu fiz bebendo aqui e carrego até hoje. Além de uma ótima pessoa, Beto ainda faz esses petiscos saborosos,

fica difícil ir em outro lugar”, brinca o analista de atendimento Márton Arpád Vásárhelyi. Além de atender o pessoal no balcão e administrar o negócio, Beto garante que é ele que prepara as delícias que ajudaram a dar fama ao local. “Eu mesmo preparo tudo. Já vendi salgado em vitrine, mas eu quis inovar, todos os bares vendiam salgados. Até que pesquisei na internet e vi uma estufa dessas de restaurante e comprei, sem o pé de apoio, para colocar no balcão. Vendo de terça à sexta, seis variedades. Língua-de-boi, rabada, moela, carne de boi com batata, torres-

mo e peixe frito”. Tem boa saída, o povo gosta. Humilde o Bato. Na verdade, o “povo” adora a comida. “Fracamente, uma coisa é certa, ele faz o melhor tira-gosto do Sul do Estado”, conta Jorge Costa, 63, enquanto bebe uma cerveja. “Aqui é uma espécie de jornal, sabia? Falamos de política, economia, gastronomia, música. Um dos motivos para eu vir ao bar é o preço justo. Beto não pesa a mão. Agora, depois dessa entrevista se ele fizer isso eu não venho mais. Ouvi, Beto?” conta Carlos Cezar, o Cacá, apontando para Beto.

ENTREVISTA Num bate-papo, Beto destrincha a trajetória que fez o, ainda adolescente, largar o emprego no escritório de contabilidade do irmão, para seguir no ramo que já foi de seu pai. Como foi largar a estabilidade de um emprego para começar seu próprio negócio do zero, ainda novo, sem experiência como empresário? “Fiquei no escritório

por cinco anos ainda. Não era meu perfil. Meu pai, conhecido na cidade por Tibinha, sempre foi comerciante. Ele teve o Bar Progresso, na Rua do Norte, ao lado da antiga Farmácia do Cidinho. Me interessei em abrir um bar e o ponto comercial era do meu pai, que estava fechado. O bar virou realidade. E agora? “Eu estava com 19 anos, sem trabalhar, então sem recursos fi-

nanceiros. Meu pai foi quem acreditou. Me deu dois engradados de cerveja e três de refrigerante. Começou bem, funcionava. Era jovem, gostava de festa, acabei vendendo o bar. Abri outro, na rodoviária, onde hoje é o Bar do Jair. Fiquei pouco tempo também. Da “comodidade” de um bar fixo, para se aventurar pelas festas no trailer Maluco Be-

leza. O que motivou? Resolvi arranjar um trailer para fazer festa na cidade. Fiquei por um ano rodava pelas festas na região, curtia e trabalhava também, foi da juventude. Cansei de viajar, comecei a namorar, que hoje é minha esposa. Na época grávida do meu filho mais velho, o Matheus. Foi quando apareceu a oportunidade de vir para esse ponto. Isso faz 24 anos.

MINHA OPINIÃO Encontro das tribos no centro da cidade, o bar é pura empatia. Ali a hora voa, a cerveja não esquenta, o assunto não acaba, mas, se bobear, o petisco sim. A música (por incrível que pareça) não faz falta. Todos os jogos de futebol, de todos os campeonatos possíveis são exibidos. E tudo isso acontece na mais

perfeita paz. Grupo de amigos, homens, mulheres, solteiros, casados, com filhos ou não; Trabalhador e patrão. Todas as classes, todos os gêneros, sem preconceito, com muito respeito. Da porta para dentro todo mundo é igual. É o bar da diversidade e da democracia. E com o melhor torresmo.


CULTURA 7

SÁBADO E DOMINGO|15 E 16 DE JULHO DE 2017

TARDES DE SÁBADO

PROJETO MUSICAL “MEIO-DIA E MEIA” ESTÁ DE VOLTA EM VARGEM ALTA Fotos: Divulgação

O evento vai oferecer tardes agradáveis regadas a música de qualidade e profissionais de alto nível Guilherme Gomes Vargem Alta

Estender as raízes musicais e mostrar o trabalho de artistas regionais é o objetivo do projeto musical “Meio-dia e Meia”, em Vargem Alta. Com a proposta de produzir um episódio que abrace o samba, choro, MPB, rock n’ roll, blues, entre tantos, o evento acontece aos sábados no Sítio Quintas Leão. Hoje, será a vez do mais conceituado violeiro das noites cachoeirenses, Arildo Silveira, se apresentar junto a turma do samba. No repertório, clássicos de cantores como Paulinho da Viola, Cartola, Noel Rosa, Adoniram Barbosa, Bezerra da Silva e muito outros. Este projeto dá seguimento ao Memória Viva

A primeira atração do Projeto “Meio-dia e Meia” que acontece aos sábados será no Sítio Quintas Leão, em Vargem Alta

de Cachoeiro de Itapemirim, produzido pelo Studio 27 em parceria com o Cineclube Jece Valadão, que vem sendo promovido pelo Museu de Imagem e do Som de Cachoeiro - MISCI. Para o organizador do projeto, Gilson Leão, a iniciativa visa promover a cultura capixaba e alavancar a gastronomia do restaurante Rota dos Vales, e oferecendo tardes agradáveis, regadas a mú-

sica de qualidade, com profissionais de alto nível. Isso vai fortalecer o cenário musical em Vargem Alta, com palco aberto aos músicos capixabas que queiram apresentar seus trabalhos, com apresentações registradas em vídeo HD é outro dos objetivos. A idéia de retorno do “Meio-dia e Meia” saiu a partir dos encontros musicais das quartas-feiras, na casa de Jer-

sílio Cypriano, onde vários músicos da cidade se encontram para bater papo e tocar descontraidamente. Ampliou-se a idéia de também acontecer a reunião aos sábados de tarde, horário em que a maioria dos músicos está livre. “Vargem Alta é um privilégio da região e o sítio Quintas Leão torna-se, pela adequação de suas instalações, o local ideal para este

encontro da rapaziada. São dois palcos a disposição durante todo o dia para quem quiser dar canja e vender seu peixe. Traremos músicos de Vitória, Cachoeiro, Vargem Alta e de todo o sul do estado, onde vários talentos estão sem espaço para divulgar seus trabalhos”, explica Gilson Leão. Leão disse que já foram contatados vários especialistas em filmagens para que esses

eventos sejam registrados e divulgados no Museu de Imagem e do Som - MISCI- como forma de registrar a cultura da terra. Haverá também, via telão, 25 anos de filmagem feitas em vários eventos, de todas as manifestações culturais de Cachoeiro. Gilson diz que já tem programado uma lista com artistas que serão convidados para fazer parte do projeto. “Como atrações futuras já podemos anunciar Zé Lopes e o Zip Trio, no dia 29. Para o mês de agosto, o Walking Blues e Ney Costa em dupla com Renê de Oliveira. Contamos também com a presença de Lemin e a banda Termiinal para um final de semana de agosto, em data a ser agendada”, finaliza Gilson Leão. O Sítio Quintas Leão fica no km 8 da Rodovia Vargem Alta x Iconha. Maiores informações pelos telefones (28)99963-3088 ou (28)99926-6995.

ENCERRAMENTO

Últimos dias do Festival de Inverno de Domingos Martins Edézio Peterle Domingos Martins

Shows clássicos, populares, orquestras e audições irão invadir Domingos Martins neste fim de semana. Com o fim das oficinas, as audições dos alunos são uma atração especial. Eles saem das salas de aula e vão para os palcos mostrar tudo que aprenderam durante a semana. Este será o último final de semana do Festival que terá seu encerramento no domingo (16). Mas até lá, uma programação repleta de estilos musicais variados movimenta a cidade da Região Serrana. “Teremos muitos shows lindos, dos alunos,

PROGRAMAÇÃO

de nossos professores e dos capixabas que cantam e encantam todos que assistem”, destaca a secretária de Cultura e Turismo Rejane Entringer. “A edição deste ano do Festival está focada na pedagogia musical, na qualidade dos professores e também na qualidade das apresen-

tações. Ouvindo moradores e comerciantes, estamos certos de que a cidade não comporta mais shows gratuitos que atraem multidões”, finalizou Rejane. No domingo, às 18h, o festival se encerra com a apresentação da Banda do 38º Batalhão de Infantaria do Exército.

Sábado (15/07) 09h às 12h: Audição dos Alunos 12h às 23h: Palco Livre (Rua de lazer) 12h: Orquestra O Som das Águas do Caparaó (Coreto da Praça) 13h: The Old Brothers (Palco MPB) 14h: Sandrera e banda (Espaço Gourmet) 15h30: Brasilidade Geral (Palco MPB) 16h30: Coral Tribunal de Contas do Estado (Igreja Luterana) 17h: Brasileiríssimo – FAMES (Coreto da Praça) 18h30: Coral HEncantar do Hospital Evangélico de Vila Velha (Igreja Luterana) 19h: Coral Camerata/CameriaIFES (Igreja Luterana) 19h30: Show “Zé do Pife e Zé do Bumbo”(Espaço Gourmet)

20h30: Fabio Carvalho - Show Quintal (Coreto da Praça) 22h: Flavia Mendonça - Elas por Ela (Palco MPB) 24h:Renato Casanova - Som de Fogueira (Espaço Gourmet) Domingo (16/07) 12h às 18h: Palco livre (Rua de lazer) 12h: Orquestra de Vilões Cultura VIVA (Coreto da Praça) 13h: Grupo Cultural Martinense (Espaço Gourmet) 14h30: Banda Trilha – Rock da tarde (Palco MPB) 16h:Eden e Leandro - Tributo a Luiz Gonzaga (Espaço Gourmet) 18h: Encerramento com a Banda de Música do 38° Batalhão de Infantaria (Coreto da Praça)


8 COLUNA SOCIAL

SÁBADO E DOMINGO|15 E 16 DE JULHO DE 2017

Camila & Br�no em clima de romance, celebram união

Graciliano Ramos escreveu em “São Bernardo”... “...A gente discute, briga, trata de negócios naturalmente, mas arranjar palavras com tinta é outra coisa. Se eu fosse escrever como falo, ninguém me lia”. NOIVAS SOLIDÁRIAS É com grande felicidade que falamos AQUI do evento Noivas de Plantão. Já em sua 4ª edição, o encontro traz novidades para quem deseja subir ao altar. GRANDES EXPOSITORES Uma união dos profissionais que realizam o sonho das noivas vai apresentar as tendências e tudo que faz o altar brilhar.

DE GRAÇA Somente as noivas podem entrar gratuitamente. Demais interessados ou acompanhantes podem adquirir ingressos a R$30. Reservas podem ser feitas pelo telefone 28 99986-2580, com Elúsia Câmara, organizadora. AJUDE Parte da renda será revertida para a casa de apoio aos portadores de câncer de Cachoeiro de Itapemirim.

NOITE ITALIANA O Jantar que vai reunir a sociedade capixaba para uma causa nobre. Dia 5 de agosto no Jara-

guá, em prol da Casa de Apoio aos Portadores de Câncer. Reservas pelo telefone 28 998837636. SEXO PARA MULHERES É o tema da palestra de Flaviane Bramdenberg, exclusiva para Elas. Dia 9 de agosto, 18h00, no Bristol Hotel. Reservas 28 99953-7770 com Lila Pinho. PROFUNDEZAS DO PRAZER Mistério para muitas, desconhecido para grande parte... o orgasmo ainda é um mito e de forma dinâmica e descontraída as participantes vão conhecer os segredos do clímax. Foto: Rafael Duarte

Nosso amigo Rodolfo Miranda assina o make dessa noiva, a bela Camila Rodrig�es, que se uniu ao elegante Br�no Fer�eira. Uma cerimônia abençoada e cheia de emoções. Camila é filha da coordenadora do conselho t�telar de Cachoeiro, Isabel Cristina Cor�eia Rodrig�es. Ao casal, toda a felicidade do universo.

Foto: Roger Santos

Darcy Lanes e Igor Machado posam no Est�dio do SBT em São Paulo. Igor se apresentou e encantou o Brasil com seu talento e carisma. Um show!

Gláucia Dezan reuniu um time de primeira para uma animada festa count��. Todos os anos eles se encont�am para festejar a vida. Ano que vem a promessa é de uma super festa a fantasia.

Ainda falando do casamento do casal mais-mais Camila & Br�no, os amigos “jogadores de handebol” foram lá dar os votos de felicidades... ent�e eles o Rodolfo Miranda. A 16 anos, direto do t�nel do tempo.

No portal aquinoticias.com você encontra mais fotos, conteúdo exclusivo e vídeos de todos os eventos. Acesse!


GERAL 9

SÁBADO E DOMINGO|15 E 16 DE JULHO DE 2017

PERDIDO NO PICO DA BANDEIRA

AÇÚCAR DO CHOCOLATE AJUDOU PROFESSOR A SOBREVIVER 4 DIAS, DIZ NUTRICIONISTA Karol Muniz explica como a barra de chocolate foi importante para os dias sem alimentação Danielle Muruci Alegre

Ao ser resgatado após ficar quatro dias perdido no Pico da Bandeira, o professor universitário Antônio Teodoro Dutra Junior, contou que passou todo esse tempo apenas com uma barra de chocolate meio amargo. A declaração causou espanto em muita gente, mas tem uma explicação científica. A nutricionista clínica e esportiva, Karol Muniz, afirma que a barra de chocolate, por ser energética, ajudou o professor a sobreviver. Segundo ela, quando o corpo humano passa por privação alimen-

tar, ele entra em um estado de hipoglicemia. “É quando o nível de glicose, ou açúcar, no sangue encontra-se muito baixo. A hipoglicemia pode levar o organismo a apresentar sintomas como tremores, fraqueza, palidez, palpitações cardíacas, sensação de confusão mental e irritabilidade”, explica Karol. Ao ingerir o chocolate, o açúcar presente foi liberado na corrente sanguínea, o que ajudou o professor nesse período no qual ele necessitava de energia para sobreviver e procurar ajuda. Durante o frio as reservas de gordura são degradadas mais rapidamente, lembra Karol. Ela explica que, além da falta de alimento, o corpo necessita de energia também para se aquecer. “O chocolate é um alimento energético, nesse caso

de privação alimentar os alimentos ricos em açúcares no momento que forem ingeridos já aumentam quase que instantaneamente a glicemia sanguínea, revertendo o quadro de hipoglicemia gerado pela fome”, diz. PRIVAÇÃO ALIMENTAR Na literatura não existe um número definitivo de quanto tempo uma pessoa consegue ficar sem se alimentar, embora haja relatos de pessoas que sobreviveram até 50 dias em situações extremas. O tempo que a pessoa conseguirá sobreviver dependerá de diversos fatores que variam de indivíduo a indivíduo, o estado nutricional em que a pessoa se encontra é um deles. Uma pessoa de peso normal, com menor percentual de gordura

corporal , por exemplo, irá ficar debilitada mais rápido do que outra com o percentual de gordura corporal

AVENTURA

Encontro de trilheiros vai agitar Venda Nova neste fim de semana

Foto: Divulgação

Edézio Peterle Venda Nova do Imigrante

A velocidade e a aventura vão esquentar as baixas temperaturas de Venda Nova do Imigrante neste final de semana. É o 8º Encontro de Trilheiros neste sábado e domingo. A concentração será no Centro de Evento Padre Cleto Caliman, o “Polentão”. No local do evento haverá área para camping, além de almoço e café da manhã. Neste sábado, será realizada uma confraternização com os pilotos e familiares e, no domingo, logo cedo, começam as trilhas a partir das 09h. O Encontro de Trilheiros é organizador pela associação Polenta Trail Clube. “O evento

Foto: Divulgação

A nutricionista explica que em casos de privação alimentar os alimentos ricos em açúcares aumentam quase que instantaneamente a glicemia sanguínea

mais elevado. É que durante a falta de alimentos, inicialmente o organismo irá metabolizar a gordura corpo-

ral e, em seguida, começará a degradar as proteínas promovendo uma rápida perda muscular.

EDITAL DE PROCLAMAS CARTÓRIO DE REGISTRO CIVIL E NOTAS DE IUNA-ES Rua Galaor Rios, nº 42, Centro, Iuna-ES - CEP: 29.390-000 Tel.: (28) 3545-1223 E-mail: cartoriodojefin@yahoo.com.br Site:www.cartoriodojefin.com.br Bel. JEFERSON MIRANDA Registrador Civil e Notário EDITAL DE PROCLAMAS Faço saber que pretendem casar-se e apresentaram os documentos exigidos pelo artigo 1.525 do Código Civil Brasileiro: VALDIR MACHADO e SUELI ROSA DE JESUS. ELE: nacionalidade brasileira, profissão pedreiro, estado civil divorciado, de cinquenta e seis (56) anos de idade, natural de Desengano, distrito de Linhares-ES, nascido aos 24 de abril de 1961, residente e domiciliado no lugar denominado ‘’Córrego Fama’’, s/ nº, zona rural, Iúna-ES, filho de ARNALDO MACHADO e de IRACY LOIOLA MACHADO. ELA: nacionalidade brasileira, profissão do lar, estado civil solteira, de trinta e quatro (34) anos de idade, natural de Pinheiros-ES, nascida aos 30 de abril de 1983, residente e domiciliada no lugar denominado ‘’Córrego Fama’’, s/nº, zona rural, Iúna-ES, filha de OSVALDO JOSÉ DA SILVA e de JUDITE ROSA DE JESUS Se alguém souber de algum impedimento, acuse-o na forma da Lei. Iúna-ES, 14 de julho de 2017

será um dos melhores de todos os tempo aqui. Estamos acabando de preparar as coisas. O grupo está trabalhando para que tudo ocorra 100%. Convido a todos para estarem presentes. Estamos de braços abertos, esperando a

galera aqui. Vai ser top!”, conta o presidente da associação e organizador do evento, Soney Cassaro. As trilhas já foram preparadas pela organização do evento. Praticamente todas elas foram percorridas por

trilheiros no Enduro da Polenta, evento que ocorreu em maio. “Não vamos cortar nenhum metro de trilha devido ao mal tempo. Mas o dia está clareando aqui e acredito que vamos ter sol até domingo”, acrescenta Soney.


10 SEGURANÇA

SÁBADO E DOMINGO|15 E 16 DE JULHO DE 2017

MIMOSO DO SUL

ACIDENTE ENVOLVENDO DOIS CARROS E UMA CARRETA MATA MÃE E FILHA NA BR 101 Foto: Wanderson Amorim/divulgação

Mãe e filha morreram abraçadas no banco de trás, no HB20 Wanderson Amorim Mimoso do Sul

Um grave acidente entre três veículos na manhã desta sexta-feira (14) vitimou mãe e filha. A colisão aconteceu no km 437,7, da BR 101, na localidade de Biquinha, distrito de São José das Torres, em Mimoso do Sul. Franciene Lamas Vasconcellos, 31 anos, e sua filha Laís Lamas Hans, de apenas dois anos, morreram na hora. O condutor do veículo em que elas estavam foi socorrido para a Santa Casa de Cachoeiro de Itapemirim. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a colisão aconteceu próximo ao Posto Cajueiro, por volta das 10h40. Uma pick-up Fiat Strada, de cor preta, com placa de Mimoso do Sul e um HB20, de cor preta, de Vila Velha, colidiram de frente. Com o impacto, o HB20

siga e tráfego no local foi só foi normalizado por volta das 15h. Os corpos da mãe e da filha foram encaminhados para o Serviço Médico Legal de Cachoeiro de Itapemirim.

PNEU CARECA

O HB20 onde estavam Franciene Lamas, 31 anos, e sua filha Laís, de 2 anos, ficou completamente destruído

e um caminhão, de Campos dos Goytacases – RJ, carregado com óleo diesel e gasolina saíram da pista e foram parar em um pasto às margens da rodovia. A equipe de resgate da Eco 101, concessionária que administra a rodovia, realizou o resgate do casal que estava na pick-up e do condutor do HB 20.

Os três feridos foram levados para a Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim. O hospital não informou o estado de saúde das vítimas. Mãe e filha morreram abraçadas no banco de trás no HB 20. Laís estava na cadeirinha apropriada para o transporte de crianças, mas o equipamento não foi suficiente para

evitar a sua morte, devido à gravidade da colisão. O agricultor Graziano Antoneli, 33 anos, relatou que é comum os acidentes naquele trecho. “Moro aqui perto de onde ocorreu esse triste acidente, e infelizmente isso ocorre direto. Esse ano mesmo teve um mês que presenciei quatro acidentes”, disse.

A carreta de combustíveis não apresentou vazamento. Técnicos da empresa Ypiranga estiveram no local para fazer a remoção do veículo em segurança. Por conta da batida, o trânsito teve que ficar interditado nos dois sentidos para o trabalho da perícia técnica da Polícia Civil. Em alguns momentos fluiu no sistema de pare e

Para a PRF, dentre os fatores que podem ter contribuído com o acidente, está às condições precárias de um dos pneus do HB 20. “O condutor da pick-up seguia atrás do HB 20, sentido Rio de Janeiro, nos relatou que o veículo que estava a sua frente rodou na pista o atingiu e ainda bateu na carreta. Percebemos que um dos pneus do HB 20 estava bastante desgastado. Não sabemos se foi fator determinante para o acidente, mas que aumenta a probabilidade”, disse o policial rodoviário federal Valiatt.

FORÇA TOTAL DIVISA

PM do RJ e ES fazem operação em Presidente Kennedy Foto: Wanderson Amorim

Wanderson Amorim Presidente Kennedy

As polícias Militar do Espírito Santo e Rio de Janeiro, com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), realizaram nesta sexta-feira (14), a operação “Força Total Divisa”, no município de Presidente Kennedy, que faz divisa com o estado carioca. Durante a operação foram montados três pontos de bloqueio, um deles na Rodovia do Sol, na altura de Praia das Neves, no posto fiscal “Hugo Talon” que está desativado. De acordo com o comandante do Policia-

Ação realizou diversas abordagens na divisa entre ES e RJ

mento Ostensivo do Sul do ES (CPO Sul), coronel Alessandro Marin, o objetivo da operação, que contou com a participação de 60 homens, é evitar

que entrem em solo capixaba criminosos com armas e drogas. Os principais alvos das abordagens foram os veículos. “Hoje estamos visan-

do o restabelecimento de pontos de bloqueio. Nós já realizamos uma operação no dia anterior na região do ABC (Apiacá, Bom Jesus do Norte e São José do Calçado) e Mimoso do Sul, municípios que fazem divisa com o Rio de Janeiro. Nossa finalidade principal aqui é a interação entre as duas polícias, e é um exercício para que possamos estar realizando outras ações conjuntas de um lado ou do outro do Estado restabelecendo a sensação de segurança para os moradores da região”, disse Marin. O coronel Wolmer,

comandante do 32º Batalhão da PM de Macaé, destacou a importância da parceria com a Polícia Militar capixaba e falou sobre ações para o combate de crimes na divisa. “Trabalhamos com duas frentes para combater os crimes em nossa divisa: utilizando o serviço de inteligência por meio de contato com outros estados, como o Espírito Santo, e na parte operacional somando esforços com nosso efetivo, e agora em parceria com a PMES. Essa é a primeira de muitas parcerias”, afirmou ressaltando

que existe uma conversa com a PM capixaba para que o posto fiscal da Praia das Neves volte a operar. Quem passou pelos pontos de bloqueio e foi abordado pelas equipes policiais aprovou a operação policial. “Acho muito importante esse tipo de operação, principalmente para mim que sou comerciante. Ela é necessária e deve ter continuidade para inibir a criminalidade e oferecer mais segurança para a gente”, aprovou o comerciante Amarildo Azevedo Ribeiro, 45 anos.


SEGURANÇA 11

SÁBADO E DOMINGO|15 E 16 DE JULHO DE 2017

TRAGÉDIA

POLÍCIA CIVIL JÁ TEM LINHA DE INVESTIGAÇÃO DO ASSASSINATO DO ADVOGADO CACHOEIRENSE Fernando Guio deixa esposa grávida de cinco meses. Ele também atuava em Ong na defesa dos animais Ana Gláucia Chuína Cachoeiro de Itapemirim

A Polícia Civil confirmou no fim da tarde de ontem que o advogado Fernando da Costa Guio, de 35 anos, encontrado morto após capotar com o carro, foi assassiado. O delegado Guilherme Eugênio disse que já tem uma liha de investigação, mas tudo corre em sigilo. A expectativa é de que em uma semana o crime seja desvedado. As causas estão sendo investigadas para saber se ele foi vítima de homicídio ou latrocínio (rou-

bo seguido de morte). O advogado foi encontrado morto por volta das 12h40 em seu carro, um Honda Fit Twist, de cor branca, na Rodovia ES 488, conhecida como Rodovia do Frade. As primeiras informações que chegaram para a Polícia Militar foram de que o carro conduzido pelo advogado caiu em uma ribanceira após capotar no trevo do contorno, que dá acesso ao Presídio de Monte Líbano. Após perícia foi confirmado que a vítima foi atingida por arma de fogo. O corpo foi encaminhado para Serviço Médico Legal de Cachoeiro. O presidente da OAB Cachoeiro, Robson Louzada, esteve no local e acompanha o caso. Ele se disse surpreso com tamanha violência. Lou-

zada afirmou ainda que a entidade vai acompanhar as investigações e que o presidente da Ordem no Estado, Homero Mafra, já acionou a Secretaria de Segurança Pública pedindo agilidade nas investigações. “Não temos ainda detalhes sobre a motivação, mas se foi relacionada com a atividade profissional isso é inadmissível. Toda a classe já foi acionada e neste momento estamos em luto e prestando toda nossa solidariedade à família do nosso colega Fernando”, ressaltou Louzada. Fernando deixa esposa, grávida de cinco meses. O corpo do advogado será velado ainda nesta noite de sexta no Cemitério Park, no bairro IBC, em Cachoeiro. O horário do sepultamento ainda não está definido.

Foto: Divulgação

Fernando foi baleado antes de capotar o carro

DEFENSOR DOS ANIMAIS Além de advogado, Fernando Guio atuava em prol da causa animal. Presidente da Ong Patas de Ruas, de acolhimento a animais abandonados em Cachoeiro, ele era conhecido pela dedicação e paixão pelos bichos. Somente em sua

casa ele abrigava 17 animais. A jornalista Elisangela Teixeira, outra atuante na causa e que trabalhava com ele na Ong, lamentou o ocorrido. “O Fernando se dizia ateu, mas era o ateu mais cristão que eu conheci pelo grande coração e sempre gentil com os cuida-

dos que sempre teve pelos bichos e pelos amigos em volta”. Fernando foi um dos responsáveis pelo acolhimento e tratamento do cachorro Ambrósio, covardemente agredido a paulada pela própria dona em Cachoeiro, em julho do ano passado.

CONGESTIONAMENTO

Ônibus derruba poste e interdita rodovia em Alegre

Divulgação

O poste caiu depois de ser atingido por um ônibus Danielle Muruci Alegre

Parte da Rodovia BR 482 ficou parcialmente interditada por algumas horas na manhã de ontem, em Alegre. De acordo com a Polícia Mi-

litar, um ônibus saiu da pista e colidiu com um poste na beira da pista. A batida danificou a estrutura do poste, que tombou obstruindo a passagem de veículos nos dois

sentidos. A PM informou que foi necessário manter o sistema pare e siga até que a equipe responsável pelo abastecimento elétrico da cidade concluísse a retirada do poste.


12 PUBLICIDADE

SÁBADO E DOMINGO|15 E 16 DE JULHO DE 2017

Aqui Notícias edição 1678  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you