Issuu on Google+

ISBN 978-85-7683-396-3

9 788576 833963

O_mundo_genial_de_Hugo#CAPA_Lomb16.indd 1

12/12/12 16:32


Sabine Zett O mundo genial de Hugo

O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 1

13/12/12 09:34


Tradução: Sonali Bertuol Adaptação: Equipe V&R Editoras Editor: Fabrício Valério Preparação: Lorena Vicini e Malu Rangel Revisão: Natália Chagas Máximo e Luciana Araujo Diagramação: Pamella Destefi Hugos geniale Welt © 2011 Loewe Verlag GmbH, Bindlach © 2012 Vergara & Riba Editoras S.A. Todos os direitos reservados. Proibidos, dentro dos limites estabelecidos pela lei, a reprodução total ou parcial desta obra, o armazenamento ou transmissão por meios eletrônicos ou mecânicos, fotocópias ou qualquer outra forma de cessão da mesma sem prévia autorização por escrito das editoras.

Rua Capital Federal, 263 – Bairro Sumaré CEP 01259-010 – São Paulo – SP Tel./Fax: (55 11) 4612 2866 E-mail: editoras@vreditoras.com.br ISBN 978-85-7683-396-3 Impressão e acabamento: Geográfica Impresso no Brasil • Printed in Brazil Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) Zett, Sabine O mundo genial de Hugo / Sabine Zett; [ilustrações de Ute Krause; tradução de Sonali Bertuol ]. - São Paulo: Vergara & Riba Editoras, 2012. Título original: Hugos geniale Welt. ISBN 978-85-7683-396-3 1. Ficção - Literatura infantojuvenil I. Krause, Ute. II. Título. 12-08160

O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 2

CDD-028.5 Índices para catálogo sistemático: 1. Ficção: Literatura infantojuvenil 028.5 2. Ficção: Literatura juvenil 028.5

13/12/12 09:34


Sabine Zett

Com ilustrações de Ute Krause

O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 3

13/12/12 09:34


Para Meli e Vinc

O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 4

13/12/12 09:34


Sumário Ronaldo Beckham .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7 Na média . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 18 O guerreiro mental . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29 Astro do futebol . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 44 Motivação é tudo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 59 Um pequeno detalhe .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 73 Doce ou travessura? . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 89 Tatuagens para o amor .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 103 Ratazana judoca . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 114 Sob os holofotes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 132 O misterioso do chat .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 150 Dança nas nuvens . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 165 Quebra-Nozes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 181 Conto de fadas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 197 Bombástico .. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 215

O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 5

13/12/12 09:34


O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 6

13/12/12 09:34


Ronaldo Beckham Aí eu recebo a medalha de ouro! Ouro! Ouro! Ouro! Assim que o juiz pendura o cordão no meu pescoço, eu ergo o braço e ouço a galera batendo palmas e gritando meu nome. Uma homenagem para mim, que marquei o gol decisivo! E uma homenagem para o meu time! Meus colegas de classe me empurram e me dão soquinhos nos braços. As meninas estão na primeira fileira acenando, sorrindo... eu sinto: elas estão loucas por mim! E cadê ELA? Ali! Eu estou vendo! A doce Violeta do 7º-A está bem ali no meio das garotas, 7

O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 7

13/12/12 09:34


e também sorri para mim. Dá pra perceber que ela finalmente sacou que eu sou o grande herói. Eu, Hugo Kotsbusch, consegui! Vou chamá-la para ir ao cinema hoje à noite e vamos dividir um saco de pipocas. Talvez role mais alguma coisa... É isso, logo depois da cerimônia de premiação vou convidá-la e ela vai olhar para mim com aqueles seus olhos verdes, como os de gato, e sussurrar “Até que enfim, Hugo...”. “Hugo...”. Já posso ouvi-la dizer e soa incrivelmente bem. “Huuugooo...”. — Hugo! Hugo! E aí, mano! Cê desistiu, mano? A linda cena que eu tinha diante dos meus olhos foi cortada. Brutalmente. E um cara tosco estava bem na minha frente. Tudo bem, eu o conhecia: era o Nico, meu melhor amigo. Nico Kolping, bem mais baixo do que eu. Nico, com suas orelhas de abano escondidas por sua grande juba loira. Nico tem um desses cabelos que você olha e pensa: o cara deve passar o dia u todo fazendo experiênHu cias com eletricidade num laboratório de física.

! o o o g u

8

O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 8

13/12/12 09:34


Bom, talvez ele realmente faça isso, porque sempre que as pessoas encostam no Nico sem querer levam um choquinho. Eu evito encostar nele sempre que dá, não gosto de soltar faíscas. A não ser que a Violeta esteja por perto. Mas aí as faíscas são de amor. It’s magic. Yeah. Por falar em meninas, o Nico faz o mesmo sucesso que eu com elas. Ou seja, nenhum. Ele diz que é porque somos gênios incompreendidos, daqueles que só vão ser reconhecidos na velhice ou até mesmo depois de mortos. Sai dessa! Antes de ficar careca e precisar de dentadura quero beijar uma garota! — Diz aí, Hugo! Fala, irmão! Que que tá pegando? — O Nico agora anda investindo nesse jeito mano de falar. Ele acha que falando assim as pessoas não vão reparar tanto no seu tamanho. Eu consigo entender. Estar no 6º- ano e precisar levantar o rosto para encarar as meninas deve ser triste demais.

O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 9

13/12/12 09:34


Deve ser a mesma sensação que uma criança pequena tem no metrô lotado: só pernas, pernas e pernas, sem horizonte nenhum. E o que é pior: considerando a remota hipótese de que o Nico conseguisse beijar uma das garotas, ele ia precisar armar o maior plano para que o beijo rolasse quando eles estivessem sentados. Qual é a chance de isso acontecer? Pelo menos eu não tenho que me preocupar com a minha altura. Não que isso seja exatamente uma vantagem. Até agora, alto ou anão, nenhuma menina quis me beijar. Pra ser sincero, fico meio na dúvida: será que eu não ia achar meio nojento? Mesmo que fosse com a minha querida Violeta... Me sacudi para espantar os resquícios da minha fantasia com a medalha de ouro. Hoje à noite preciso trabalhar um pouco mais nos detalhes. Talvez a galera não grite apenas meu nome, mas cante algo como “Leleleô, o Hugo é um terror!”... Vamos ver. E uma modelo poderia colocar a medalha no meu pescoço. Será que elas já entregaram medalhas de futebol alguma vez? — Hugo, cê tá pronto pra nossa grande performance, mano? 10

O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 10

13/12/12 09:34


Performance? Ah, tá, o lance da apresentação. Eu concordei. — E você? Os músculos do seu rosto estão relaxados? Nico revirou os olhos. — Velho, sou relaxado desde que nasci.

A gente preparou uma apresentação para aula de filosofia. A aula mais tediosa do universo. Com o senhor Schumacher. Não, obviamente não é o Michael, o piloto de Fórmula 1, mas Wolfgang Schumacher, que aparenta ter 187 anos e diferente do Michael, é bem lerdo. Em tudo. Ele anda em câmera lenta. Não consegue rir direito porque os cantos da boca demoram muito para se mover. E também pronuncia as sílabas das palavras beeeem devagaaaaaarr. Paaaara faaaalaaaar caaada palaaavra, eeeeele preciiiiiisa deeee muuuuito teeeempo. Na semana passada, ele disse que os alunos que estavam com notas abaixo da média poderiam apresentar um seminário para ganhar alguns pontos a mais antes do dia da reunião 11

O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 11

13/12/12 09:34


de pais. É claro que eu e o Nico estamos abaixo da média. Então a gente se inscreveu. O tema do seminário era livre, desde que fosse algo filosófico. De saída, Nico veio com uma ideia assim: “Razões que provam que dormir na aula é saudável”. Eu acho que me saí melhor: “Bater nos outros é irracional, a não ser que você seja o mais forte”. A gente debateu bastante e, depois de três minutos, decidimos escolher um tema que pudesse ajudar o senhor Schumacher: “Como ajudar professores lentos que atrapalham a aula”. Depois de definir o tema, ligamos o computador dos Kolpings, mais conhecidos como a família do Nico, e começamos a pesquisar. Lá em casa minha mãe sempre me enche porque eu passo horas na internet. Faz um tempinho que ela veio tirar satisfação comigo porque os termos “mulher pelada” e “vagina” estavam no histórico das pesquisas. É que eu tinha aprendido na aula de educação sexual e queria saber mais sobre o tema. Para tirar boas notas, é claro. Um dia eu estava tão concentrado que nem reparei na minha mãe lá, parada na porta, e levei o maior susto quando ela me interrompeu com um grito assim que a página 12

O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 12

13/12/12 09:34


das “garotas gostosas de uniforme escolar”, de alguma maneira misteriosa, abriu de repente. Eu tentei pôr a culpa na minha irmã mais velha, Anna. Eu tinha acabado de ligar o computador! Só estava querendo saber o significado de onaismo! Ainda estava fazendo aquela pesquisa! Minha mãe deu uma risadinha e disse que o certo era onanismo com mais um “n”. Mas não pensem que ela levou numa boa, não. Eu me dei muito mal. Por causa da mentira, minha mãe cortou a internet e depois me deu o livro O que os garotos precisam saber. Ali explica o que é onanismo, é verdade, mas as mulheres peladas estão só desenhadas. Voltando: estávamos na casa dos Kolpings procurando textos inteligentes sobre professores lentos, porque a gente não estava com vontade de pensar em alguma coisa por conta própria. Infelizmente, não achamos muita coisa sobre o tema, mas em compensação vimos um monte de vídeos engraçados de professores no YouTube. A gente ficou bem chateado por não ter escolhido um tema assim: “Jeitos de professores pagarem mico”. Material é que não falta! 13

O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 13

13/12/12 09:34


No fim, a gente resolveu escrever alguns tópicos relativos ao tema em fichas e sorteá-los entre nós dois. Nico ficou com “Como dar aulas em dez minutos”, “Os alunos querem que acabe logo!”, “Quem fala devagar, faz o outro cochilar” e “Treino de sobrevivência dos caracóis”. Os meus foram: “Quem faz as coisas mais rápido tem mais tempo livre”, “Fala lenta é um método de tortura” e “Falar rápido não leva multa de velocidade”. Combinamos que cada um de nós precisaria arrumar argumentos a favor e contra professores lentos. Rá! O velho Schumacher estava lascado! E também íamos escrever fichas para nos ajudar, caso esquecêssemos de algo durante a apresentação. A mãe de Nico fez uma proposta nada a ver: que a gente treinasse para falar sem ler. Caímos na risada: — Como assim, senhora Kolping? A gente já sabe falar faz uns 12 anos, acho que dá pra fazer um seminário de dez minutos! — Eu tentei explicar para ela porque tínhamos achado aquela sugestão esdrúxula. Ela ficou me olhando de um jeito esquisito. Não sei por quê. Bom, acho que com este seminário vai dar para ficar acima da média. Tem que dar. 14

O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 14

13/12/12 09:34


Ou minha mãe vai ter um daqueles ataques e vai me obrigar de novo a fazer aquelas “tardes de estudo” por semanas. Ou seja: prisão domiciliar. Cativeiro no meu próprio quarto. O fato é que a minha mãe acha que eu sou muito preguiçoso para estudar. Talvez ela até tenha um pouco de razão. Mas isso não interessa. De uns tempos pra cá, tenho dedicado as minhas horas de estudo para pensar em outros meios de ganhar dinheiro. Muito e rápido. Sabe como? Usando meu talento esportivo. É verdade que até agora eu tinha me negado a dedicar duas ou três das minhas preciosas tardes como escravo de um time. Mas desde que comecei a pensar numa carreira profissional meteórica sem precisar passar pelos estudos, ganhar dinheiro com futebol me parece uma boa ideia. Você entende? Os caras correm de um lado para o outro, chutam um pouco a bola, fazem umas firulas e aparecem nos comerciais bebendo refrigerante ou falando no celular. E depois saem por aí de Ferrari. Além disso, faz umas duas semanas, enquanto estava espremendo espinhas na frente do espelho, me olhei bem e descobri que sou uma mistura de Cristiano Ronaldo com o David Beckham. 15

O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 15

13/12/12 09:34


Ainda não amadurecida, é claro, porque esses caras já são um pouco mais velhos. Mas foi então que percebi que quero sair da zona dos reles mortais para subir ao olimpo dos super-homens. Pensa só: como astro do futebol você está sempre com grana no bolso, tem uns assessores que carregam qualquer coisa pra você e, de quebra, um monte de fãs gritando seu nome no estádio — afinal, todos os caras que torcem para o time que você joga querem ser seus amigos. Vai dizer que isso não faz bem pro ego? Pensa que acabou? Não!

O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 16

13/12/12 09:34


Tem as lindas garotas que te veneram. Elas não fazem ideia do que é um bom drible, se seu time deu um chocolate ou se você foi pego em impedimento. Pra elas, você é simplesmente um super-herói. Yeah! Obviamente, o meu objetivo é chegar na seleção. Mas antes que eu seja descoberto como fenômeno do futebol nacional, preciso praticar um pouco com a bola no clube aqui do bairro onde treina o Juventude. Com certeza algum olheiro logo vai perceber a minha semelhança com Ronaldo Beckham.

O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 17

13/12/12 09:34


Sua opinião é muito importante! Mande um e-mail para opiniao@vreditoras.com.br como o título deste livro no campo “Assunto”. facebook.com/vreditorasbr

O_mundo_genial_de_Hugo#MIOLO.indd 226

13/12/12 09:35


O mundo genial de Hugo