Issuu on Google+

JORNAL

SÁBADO, 8 DE JUNHO DE 2013. ANO 1 - EDIÇÃO 006 - DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

Circulação: Araquari, Balneário Barra do Sul, Barra Velha, São João do Itaperiú e Balneário Piçarras

PARQUE DO PEABIRÚ: UNIDADE AMBIENTAL DE BARRA VELHA SEGUE DESATIVADA

Acompanhando o projeto desde o inicio, ambientalista Marcos Junghans fala sobre entraves que impedem abertura

PÁGs 8 e 9

H C FE

O D A

E MAIS: SAIBA QUAIS AS ATIVIDADES QUE SERIAM DESENVOLVIDAS PELO PARQUE SE ELE ESTIVESSE FUNCIONANDO

PÁG 11 SEG. PÚBLICA PERIGO NAS MARGINAIS: ACIDENTES SÃO COMUNS E CAUSAM ATÉ MORTES

PONTAPÉ INICIAL

CANAL DO LINGUADO

SECRETARIAS DE ESPORTE APOSTAM EM ESCOLINHAS DE FUTEBOL PARA A GAROTADA

FATMA APRESENTA PROJETO DE MOLHE EM AUDIÊNCIA PÚBLICA

PÁG 16

PÁG 3

PÁG 7 GERAL AMPE REFORÇADA COM EMPRESÁRIOS DE BALNEÁRIO BARRA DO SUL

PÁG 10 POLÍTICA LEI PROÍBE FUMAR EM LOCAIS FECHADOS DE SÃO JOÃO DO ITAPERIÚ


2

EDITORIAL

Sábado, 8 de junho de 2013.

Estamos no meio do ambiente! O que nos rodeia e envolve? Onde vivemos? As condições físicas do lugar onde passamos a maior parte do nosso tempo são comuns para inúmeras pessoas. Deveríamos ter preocupações ou no mínimo indagações de como está este ambiente. Segundo pesquisa, 13% dos brasileiros dizem ter preocupação com o meio ambiente, isso é resultado de um maior acesso à informação. Mas o meio ambiente também é visto como problema, e não como uma oportunidade. O principal problema ambiental do nosso meio vivencial é a falta de saneamento básico. Outro problema

é o descaso com os rios Itajuba, Itapocu e a lagoa que serve três municípios em toda sua extensão até a lagoa da cruz. No entanto nunca houve qualquer união de esforço para minimizar os cotidianos danos e agressões. Por outro lado estamos de olhos vedados para o fator passivo ambiental, que é o dejeto produzido por muitas indústrias que estão migrando para nossa região. Assim como desconhecemos o teor das fumaças expelidas pelas altas e bem sinalizadas chaminés das indústrias de ponta. Como se não bastassem os problemas de grande relevância, temos ainda o uso

PREVISÃO DO TEMPO SÁBADO

(08/06)

indiscriminado e criminoso de agrotóxicos e consumo exagerado de sacolas plásticas e embalagens descartáveis. Será que os governantes vivem fora desse mundo? Dessa realidade? Não é possível que tudo isso não seja visto, ou se é, estão fechando os olhos para não enxergar. Infelizmente, a curto e médio prazo não temos perspectivas de mudanças de comportamento comunitário, pois o exemplo deverá ser vertical. E o Parque Peabirú? Será que agora terá marco lógico e legal? Só assim poderá sair do papel!

FACEBOOK

NOTÍCIAS DIÁRIAS DA NOSSA REGIÃO.

Não leu as edições anteriores do Voz do Itapocu? Acesse: www.issuu.com/vozdoitapocu e leia na íntegra a edição virtual do jornal, de forma interativa e prática.

VEJA ONDE ENCONTRAR O JORNAL DE FORMA GRATUITA TODOS OS SÁBADOS: www.vozdoitapocu.com.br

CONTATOS

Informações do Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (Ciram) da Epagri

DOMINGO (09/06) SEGUNDA-FEIRA (10/06)

(47) 3456 1194 (47) 9959 1143 (Comercial) Reportagem - jornalismo@vozdoitapocu.com.br Comercial - comercial@vozdoitapocu.com.br Colunistas - colunas@vozdoitapocu.com.br Coluna Social - social@vozdoitapocu.com.br

EXPEDIENTE Ensolarado

MÁX: 25º MÍN: 15º

Sol com algumas nuvens

Sol com aumento de nuvens

MÁX: 23º MÍN: 15º

MÁX: 21º MÍN: 16º

Tiragem: 5 mil exemplares / distribuição gratuita / semanário Circulação: Araquari, Balneário Barra do Sul, Balneário Piçarras, Barra Velha e São João do Itaperiú Reportagem Carolina Nunes Claudia S. Prevedello Diagramação Germana Souza Edição Anderson Davi Departamento Comercial Paulo Roberto Rosinski

Colaboradores Angelita Borba de Souza Lígia Delazzeri R. Balbinott Daniela Censi Lino Pedro de Araújo Filho Marcos Zaleski de Matos Gabriela Stahelin Pereira Volnei Antônio de Souza Jornalista Responsável Flávio Roberto DRT: 02494 JP

Colunas, artigos, cartas, e-mails enviados e assinados são de inteira responsabilidade de seus autores. O conteúdo não expressa, necessariamente, a opinião do jornal. UMA PUBLICAÇÃO

REDAÇÃO Avª Santa Catarina, 1192 - Sobreloja Centro - Barra Velha - SC CEP: 88390-000


GERAL

Sábado, 8 de junho de 2013.

Fatma apresenta projeto de molhe no canal do Linguado em Audiência Pública

Um projeto importante para a comunidade de Balneário Barra do Sul foi apresentado nesta semana em Audiência Pública realizada pela Fatma. A conclusão do molhe no canal do Linguado foi colocada em pauta para moradores e autoridades da cidade. O órgão do Governo do Estado teve como foco principal o Relatório de Impacto Ambiental (Rima) da obra, produzido pela empresa Pro Sul, contratada pelo Ministério da Pesca. O Rima considera de baixo impacto ambiental a implantação do molhe, com grande retorno socioeconômico para a região. O término do molhe evitaria o assoreamento do canal provocado pela força da maré, garantindo a segurança dos pescadores e permitindo que os barcos possam transitar pelo local diariamente para a atividade que representa, junto com o turismo, mais de 80% da economia do município. Além de ser um fonte de renda para muitas famílias da cidade, muitos barcos de pesca esportiva também utilizam o canal, desenvolvendo um atrativo turístico em Balneário Barra do Sul. Após a explanação da empresa contratada e da Fatma, a palavra foi aberta para o público, formado prioritariamente por pescadores e empresários da cidade. A obra é uma reivindicação antiga da comunidade, que desde a década de 1980 cobra o término do molhe de pedra. O prefeito Ademar Borges, presente no debate, defende o projeto, assim como a maioria da população. “É um projeto fundamental para a nossa co-

Foto: Projeto Pro Sul

munidade. Hoje nossa economia gira em torno do turismo e da pesca, então nós precisamos dessa obra. Até porque impacto ambiental não vai atingir diretamente a população”, comenta o prefeito. A obra está orçada em torno de R$20 milhões, que devem sair dos cofres do Ministério da Pesca ou da Integração. “Se for o caso, pretendemos até fazer com o recursos próprios”, completa Borges. Apesar da aprovação da população, os relatos colhidos na Audiência Pública passarão por uma avaliação técnica, junto com o projeto, para que a Fatma conceda a licença ambiental para a implantação dos blocos de pedras que formarão o molhe de contenção da maré.

3

Saúde

Fisioterapeuta Daniela Censi e-mail: dani_censi@hotmail.com

Você sabe o que é incontinência urinária? A incontinência urinária é a perda involuntária de urina, ou seja, sem o desejo da pessoa. É uma condição que afeta principalmente as mulheres e é geradora de grande incômodo. É um problema que geralmente é associado apenas aos idosos, porém cada vez mais pessoas jovens sofrem dessa condição e tem vergonha em procurar ajuda. O medo de ficar molhada ou cheirando a urina gera um grande desconforto, obrigando a pessoa a modificar seus hábitos diários, se privando muitas vezes de atividades prazerosas, como realização de exercícios físicos, brincar com os filhos e netos, e até mesmo realizar caminhadas ou corridas. Existem dois tipos principais de incontinência urinária: a de esforço e a de urgência. A primeira é causada pelo aumento súbito da pressão intra-abdominal após esforços como tosse, espirro, gargalhadas e a segunda é causada por um desejo incontrolável de urinar, desencadeada após ouvir barulho de água, por exemplo. Ao iniciar os sintomas a pessoa deve procurar seu médico de confiança ou um especialista urologista ou ginecologista. Quanto mais cedo procurar ajuda, melhor. Caso seja constatado o quadro de incontinência urinária, a pessoa deve procurar o fisioterapeuta, pois este é um profissional capacitado para tratar essa condição. São utilizados exercícios

feitos pelo próprio paciente, associados à utilização de diversos equipamentos. O assoalho pélvico é a região que deve ser tratada. Como já diz o nome, o assoalho é a área que sustenta os órgãos internos, como a bexiga e útero. Essa região é formada por músculos, que devem ser fortalecidos, igualmente como os músculos do resto do corpo. Esse tratamento é chamado de malhação íntima e deve ser supervisionado pelo fisioterapeuta, porém os exercícios devem ser feitos em casa também. Esses exercícios também servem como forma de prevenção da incontinência urinária, pois quando esses músculos estão fracos, a pessoa tem propensão alta a desenvolver o problema. Dicas importantes são dadas aos pacientes, como redução do consumo de líquidos que contenham frutas ácidas, cafeína e refrigerantes. Outra dica é programar a micção para horários pré-determinados, assim a bexiga não chega a ficar tão cheia e a vontade de urinar tão intensa. A fisioterapia no tratamento da incontinência urinária possui resultados ótimos, mas ainda é uma área pouco conhecida. Você que se identificou com esse texto e possui algum dos sintomas apresentados, procure ajuda! Não é normal perder urina, nem se você for idoso. Não se conforme com essa condição.


4

GERAL

Sábado, 8 de junho de 2013.

Inicia hoje a campanha de vacinação contra a paralisia infantil A meta é vacinar 5.611 crianças nas cidades de Balneário Piçarras, Barra Velha, São João do Itaperiú, Araquari e Balneário Barra do Sul A campanha de vacinação contra a paralisia infantil terá início neste sábado, dia 8. Mesma data eleita para marcar o Dia Nacional de Mobilização. A vacinação se estende até 21 de junho. Na região cerca de 5.611 crianças entre os seis meses até os menores de cinco anos de idade irão tomar a vacina. Barra Velha tem a meta de vacinar 1.593, Balneário Piçarras 1.205 crianças, São João do Itaperiú 225, Balneário Barra do Sul 496 e Araquari 2.092 crianças. Em âmbito nacional, a meta do Ministério da Saúde é imunizar 95% das mais de 12 milhões de crianças.

A enfermeira da Vigilância Epidemiológica de Araquari, Ana Paula dos Reis, explica que crianças menores de seis meses não entram nesta campanha. A imunização delas serão através da vacina injetável, aos dois meses e aos quatro meses de idade. Apesar desta etapa, futuramente estas crianças terão que receber a dose em gotinhas, já que a dose em agulha não substitui a vacina em gotas. “A diferença entre as duas é que a vacina injetável usa o vírus morto e, a segunda, o vírus vivo atenuado, mais fraco”. A enfermeira lembra ainda que os pais devem levar a car-

teirinha de vacinação do seu filho e que não será realizada a vacina se não for apresentado esse documento. A vacina contra a poliomielite é trivalente e sua eficácia gira em torno de 90% a 95%. Para uma imunidade longa, frente aos três tipos de poliovírus, é necessário completar o ciclo básico de três doses: duas doses da vacina inativada poliomielite (VIP) e uma dose da vacina oral poliomielite (VOP), sendo necessário uma dose de reforço (VOP) após o termino do ciclo básico. Assim, praticamente 100% dos vacinados terão proteção garantida.

Estatísticas Em 2013 a campanha chega ao 24° ano sem a doença no país, livre do poliovírus desde 1990. O objetivo da campanha é garantir a não reintrodução da doença no território brasileiro, com a manutenção das campanhas de vacinação. O Ministério da Saúde reforça que, apesar de o país ter erradicado a doença, a vacinação é importante para evitar a reintrodução da poliomielite por viajantes que chegam ao Brasil. Ainda há 16 países com

casos registrados da doença. O governo distribuirá aproximadamente 19,4 milhões de doses da vacina. Também serão investidos cerca de R$ 32,3 milhões, sendo R$ 13,7 milhões com a aquisição da vacina e R$ 18,6 milhões que serão repassados do Fundo Nacional de Saúde para as secretarias estaduais e municipais de saúde. Desde o ano passado, o Brasil passou a realizar somente uma etapa da Campanha Nacional.

Araquari terá órgão de Proteção e Defesa do Consumidor a partir de julho

Precauções Se as crianças tiverem febre alta, alguma hipersensibilidade a algum componente da vacina, ou alguma doença aguda, os pais devem conversar com os profissionais de saúde antes da vacinação.

Secretaria de Obras de Balneário Piçarras realiza limpeza do Ribeirão Ferido

PROCON irá contratar estudantes de direito para estagiar na coordenadoria Um novo órgão de fiscalização irá auxiliar os consumidores de Araquari em breve. A Coordenadoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) previsto para iniciar os atendimentos em julho, está construindo sua sede ao lado da Associação Comercial Industrial e Agrícola de Araquari (ACIAA). De acordo com o futuro diretor Ederaldo Brites da Maia, o crescimento acelerado da cidade necessita de um órgão de fiscalização. A equipe de trabalho já está sendo pensada, além dos estagiários do curso de direito que a coordenadoria pretende contratar, o órgão contará com servidores públicos capacitados na área, que serão remanejados para esse

serviço. Os estudantes de direito que queiram enviar os currículos para trabalhar no Procon como estagiário podem procurar a ACIAA ou o RH da Prefeitura Municipal. Proteção e Defesa do Consumidor O Procon atua em todo o Brasil em defesa do consumidor, e orienta os consumidores em suas reclamações, informa sobre seus direitos, e fiscaliza as relações de consumo. Funciona, dessa forma, como um órgão auxiliar do Poder Judiciário, tentando solucionar previamente os conflitos entre o consumidor e a empresa que vende um produto ou que preste um tipo de serviço.

Iniciou na última semana em Balneário Piçarras a limpeza do Ribeirão Ferido, que atravessa todo o bairro Itacolomi e deságua no Rio Piçarras, próximo ao bairro Santo Antônio. De acordo com o Secretário de Obras Rogério Santiago, o trabalho de coleta de materiais que estão na

água a e limpeza das bordas está acontecendo em toda a extensão do Ribeirão. Santiago contou também que será realizada a limpeza de valas que estão ligadas ao Ribeirão Ferido, além de rebaixar a tubulação de algumas ruas para dar maior

vazão à água da chuva e evitar alagamentos. As obras e limpeza estão previstas para terminar em 15 dias, “Estamos trabalhando para evitar que o Ribeirão transborde e atinja novamente as casa como aconteceu em abril”, esclarece Santiago.


GERAL

Sábado, 8 de junho de 2013.

São João do Itaperiú vence o Dia do Desafio

Quatro municípios da região participaram concorrendo com cidades de outras partes do Brasil Das quatro cidades da região que participaram do Dia do Desafio, na quarta-feira, dia 29, a única que conseguiu superar a sua concorrente foi São João do Itaperiú. Mobilizando 55,73% da população para atividades físicas em benefício da saúde e bem-estar, vencendo apertado a sua concorrente, a cidade de Sete de Setembro, do Rio Grande do Sul. Com o tema “Você se mexe e o mundo mexe junto”, o Dia do Desafio incentivou a prática de exercícios físicos em 180 cidades de Santa Catarina. Balneário Piçarras, Araquari e Balneário Barra do Sul também participaram da competição, mas não mobilizaram pessoas o suficiente para ganhar das suas cidades concorrentes. Apesar da derrota simbólica, Araquari têm motivos de so-

bra para comemorar. A cidade conseguiu mobilizar mais de 80% da população ao longo de 24 horas de atividades físicas, ficando apenas 8,25% atrás da cidade de Araripe ,do Ceará. Balneário Piçarras chegou a quase 60% de adesão, mas acabou longe da “rival” Arroio dos Ratos do Rio Grande do Sul. Já Balneário Barra do Sul por pouco não bateu sua concorrente, ficando atrás de Ibiaça, do Rio Grande do Sul, em 3,8%. Realizado anualmente, sempre na última quarta-feira do mês de maio, a “competição” propõe que as pessoas interrompam suas atividades rotineiras para praticar qualquer tipo de atividade física por no mínimo 15 minutos consecutivos. Abaixo o resultado completo da região.

Fotos: Divulgação Prefeitura de São João do Itaperiú

PLACAR FINAL - DIA DO DESAFIO Cidades locais

Resultado

Cidades adversárias

São João do Itaperiú

55.73% X 54.47%

Sete de Setembro (RS)

Balneário Piçarras

58.10% X 80.30%

Arroio dos Ratos (RS)

Araquari

80.75% X 89.00%

Araripe (CE)

Balneário Barra do Sul

21.68% X 25.48%

Ibiaça,(Rio Grande do Sul)

Após indicação de vereador, Barra Velha terá festa julina neste ano Está confirmado para o próximo mês a 1ª Festa Julina de Barra Velha. O evento, que será realizado no dia 13 de julho, tem como objetivo movimentar a baixa temporada e acrescentar mais um atrativo ao calendário anual de eventos do município. A indicação para o Poder Executivo partiu do vereador Douglas Elias da Costa, que

busca neste evento confraternizar a comunidade em um evento familiar. “É tanto trabalho, que a população não tem tempo para se socializar. Precisamos ter mais chances de encontrar antigos amigos e, porque não, fazer novas amizades”, comenta o edil. As secretarias do município, escolas e entidades beneficentes de Barra Velha já estão

se organizando para montar a festa, que será realizada no local da Festa Nacional do Pirão. Até o momento já estão reservadas 40 barracas. Cada entidade participante terá seu próprio caixa e a renda será revertida para a sua associação. De acordo com Douglas os planos são para que a festa seja itinerante, ano que vem será no bairro Itajuba e no

seguinte, no bairro São Cristovão, “Estou muito feliz com o apoio de todos a mais um projeto que só auxiliará no crescimento do turismo para a cidade”, explica o parlamentar. “Com uma indicação ao poder executivo e apoio do prefeito Claudemir Matias, o projeto saíra do papel”, comemora Douglas.

ANUNCIE NO

TELEFONE: 3456 1194

5


6

GERAL

Sábado, 8 de junho de 2013.

Livro “O Divino no Cenário Luso-açoriano de Barra Velha” é distribuído nas escolas do município Foram distribuídas na última semana nas escolas da rede municipal, estadual e particular de Barra Velha as primeiras levas de exemplares do livro paradidático “O Divino no Cenário Luso-açoriano de Barra Velha”, de autoria do professor e historiador Juliano Bernardes, com auxílio do professor e secretário de Edu-

cação Dr. Valdir Nogueira. A escola Professora Antônia Gasino de Freitas foi a primeira instituição escolar a receber a obra O livro está disponível na biblioteca das escolas e também da Biblioteca Municipal para ser utilizado por professores e alunos que desejam conhecer a principal festividade

Crianças e adolescentes terão aulas de percussão de samba em Barra Velha

folclórica e religiosa do município. O lançamento havia acontecido durante a Festa do Divino deste ano. o Núcleo de Estudos Açorianos (NEA) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) também abriu espaço para a apresentação da obra em Florianópolis, no mês passado.

Como surgiu a ideia do livro

Por Juliano Bernardes

O livro é fruto de material que eu escrevi em 2005, chamado ‘Divino na Escola’. Ele conta toda a história da festa e traz algumas sugestões de atividades aos professores. Há muito tempo, quando eu sou requisitado, eu vou às escolas para fazer palestras sobre a festa. Como existia a necessidade de um material escrito, surgiu o livro. Para este ano nós repensamos esse material antigo. Através da Fundação de Turismo, Esporte e Cultura, junto com a Secretaria de Educação, foi acrescentado no texto algumas sugestões de atividades para os alunos. Este livro é paradidático, para os professores estarem preparados para abordar o tema com os alunos.

Visando ampliar os projetos sociais para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, o secretário de Assistência Social de Barra VElha, José Idemar Trevisani (à direita na foto), firmou uma parceria com o Coordenador da Escola de Samba de Itajaí, Odair Inocense, para a criação do projeto “Batuque Social”. As aulas serão ministradas por voluntários da escola de

samba aos sábados no Complexo Social entre às 9h e 11h, gratuitamente. O projeto tem como objetivo, promover a “Arte de Percussão de Samba”, tendo como base a utilização de métodos de ensino e técnicas disciplinares bem como o fortalecimento de vínculo familiar, oferecendo benefícios de autoestima e o aumento da autoconfiança de crianças e adolescentes.


GERAL

Sábado, 8 de junho de 2013.

7

Empresários de Balneário Barra do Sul se unem a Associação de Micros e Pequenas Empresas de Araquari Atualmente cerca 50 empresários ou gestores de empresas fazem parte da AMPE Os empresários de Balneário Barra do Sul anunciaram a sua união com a Associação de Micros e Pequenas Empresas (AMPE) de Araquari. Cerca de 50 pessoas entre novos, antigos e futuros empresários estiveram no auditório do Hotel Bandeirantes, onde aconteceu a reunião. De acordo com o atual presidente da AMPE e empresário de Balneário Barra do Sul, Altair Klaus, a função da associação é de despertar no gestor de qualquer empreendimento o desejo de crescimento e desenvolvimento, aproveitando o contexto em que atua. O presidente ressaltou ainda a importância da inovação nos negócios para que a empresa consiga sobreviver no mercado. Atualmente as micros e pequenas empresas representam 98,9% do total de empresas no país, porém, segundo dados do SEBRAE (2007), aproximadamente 22% decretam falência antes dos dois primeiros anos de funcionamento. De acordo com Altair, muitas

delas, por falta de orientação adequada. Planos para este ano A AMPE busca para 2013 oferecer benefícios aos associados. Atualmente cerca de 50 empresários ou gestores de empresas fazem parte da associação. Com a adesão de Balneário Barra do Sul, as expectativas é que o número de associados chegue à duzentos até final do ano. Outros objetivos da associação são: a conquista de convênios, como o já estabelecido com o SEBRAE que vai oferecer consultorias quando necessárias aos empresários, além de fortalecer planos de saúde para os associados e convênios com seguradoras. Essas são as meteas que devem seguir com a presença do futuro presidente da AMPE, Gilberto Boettcher, empresário de Araquari e expresidente da AJORPEME, em Joinville. O empresário afirma que com a vinda de novas e grandes empresas para Araquari, essa capacitação se torna mais que

necessária, afinal, as empresas que vão se instalar no município já vem com investimentos pesados e estão bem desenvolvidas, reforçando a necessidade das pequenas empresas em se adequar e se desenvolver para o mercado competitivo que se estabelecerá na região. Segundo a visão de Gilberto, incluir Balneário Barra do Sul na AMPE, além de deixar a associação mais forte para correr atrás dos benefícios aos empresários, é uma questão de necessidade de mercado. Para ele, o crescimento e desenvolvimento de Araquari, as cidades do entorno vão sentir o mesmo impacto. Outro fator que levou a AMPE a alterar o estatuto para trabalhar com Balneário Barra do Sul foi à necessidade de transformar a cidade em um município lucrativo, mesmo em baixa temporada, assim como trabalhar com os pequenos empresários para que obtenham lucro fora do veraneio e movimentem a economia do município.

Foto: Divulgação Prefeitura

Ações agendadas Para os próximos dias e meses a AMPE já têm algumas ações previstas para as duas cidades. Uma delas faz parte da parceria com o SEBRAE, que levará uma unidade móvel para atender os gestores de Balneário Barra do Sul nos dias 15 e 16 de julho e de Araquari em 17,18 e 19 de julho. Além dessa ação, os comerciantes associados destes municípios também podem receber um treinamento para atender os turistas na próxima Festa da Tainha de Barra do Sul e na Festa do Senhor Bom Jesus, de Araquari.


8

Sábado, 8 de ju

Parque do Peabirú: unidade ambient

Diretor do grupo Viagem Família concede entrevista exclusiva ao Voz do Itapo

O Dia Mundial do Meio Ambiente, na quinta-feira, foi marcado em todas as cidades da região com programações específicas sobre essa data, ressaltando a importância da preservação ambiental e da preocupação com a qualidade de vida das gerações futuras. Em Barra Velha, palestras sobre licitações sustentáveis e alterações climáticas cumpriram o papel do

Poder Executivo de participar de algum evento alusivo ao Meio Ambiente, através de uma promoção do Poder Judiciário. Sem desmerecer a iniciativa e o trabalho das palestrantes Marcia Kniscke Matzinbacher e Regina Graciano, a prefeitura teria muito mais para debater neste quesito. Um dos casos que mais preocupa os ambientalistas da cidade é a situação do Parque do Peabirú, que

deveria ser implantado desde 2008 e até o momento não funciona como foi planejado. O jornal Voz do Itapocu ouviu um dos principais defensores do Peabirú, Marcos Junghans, diretor do grupo Viagem Família. Ele esclareceu os principais pontos deste que poderia ser um grande atrativo para o Dia Mundial do Meio Ambiente, mas que segue desativado.

Entrevista Como seria o Parque se ele estivesse funcionando?

Como a comunidade estaria tomando proveito do Parque?

Porque ainda não foi Gestor?

Segundo o que foi acordado nas Oficinas de Proposta de Manejo, o Parque seria utilizado para: - Programas e projetos de educação ambiental para escolas e comunidade - Implantação da sede da Fundema - Implantação de praça pública na zona de uso intensivo - Implantação de mirantes nas zonas especiais - Implantação de trilhas - Implantação de placas informativas sobre flora, fauna e bons hábitos

A cidade e comunidade teria a sua disposição o 1° Parque Urbano Ecológico de Barra Velha e região, com toda a infraestrutura para pesquisas, lazer e turismo contem-

O conselho foi criado, tem 20 membros, 10 do Poder Público e 10 da Sociedade Civil, mas ele não foi homologado, pois não houve a Audiência Pública indispensável para referendar este conselho. A Fundema acabou se autonomeando Órgão Gestor conforme cópia da ata da Audiência Pública fictícia, que nem se realizou!

- Implantação de Centro de Reabilitação de animais silvestres - Criação de um Centro de Recepção de Visitantes com museu - Funcionários contratados pelo parque e para o parque - Implantação de turismo de receptividade, ecológico e pesquisas - Valorização e pesquisa dos dois sambaquis lá existentes - Resgate histórico e cultural com a incorporação do antigo cemitério ao Parque

Qual o prazo que o projeto apresentou no inicio? Não há prazos para implementação do Parque. Há sim, prazos para a realização das Oficinas de Manejo que foram cumpridos, exceto a realização da Audiência Pública

que não aconteceu. Os demais prazos só seriam determinados quando do início da implementação do Parque.

plativo. Fonte de turismo, emprego, renda e principalmente atração turística do município. Fato que incrementaria o desenvolvimento da região.

Há manutenção no Parque? Está sendo feita nenhuma manutenção, a desculpa é que não há pessoal, nem veículos disponíveis. Havia

um vigia que foi contratado em caráter temporário, mas atualmente ninguém faz a segurança do Parque.

A Cebrace fez um rep Porque o Parque ainda não foi cadastra- milhão como compen do no Sistema Nacional de Unidade de tal, você sabe quanto Conservação da Natureza (SNUC) para parque? Qual o desti receber verbas do Governo Federal? além da compra da c Não foi cadastrado porque n° 4.340 de 22 de agosto de em torno de R$94 m não obedeceu a metodologia de implementação de Unidade de Conservação conforme Lei 9.985 de 18 de julho de 2000 e Decreto Federal

2002, que regulamenta os artigos da lei do SNUC e estabelece competências.

A reportagem do Voz do Itapocu tentou contato pessoalmente e por telefone com representantes da Fundema de Barra Velha para responder aos mesmos questionamentos, mas não obteve retorno.

O repasse de medida compensatória não é de R$ 1,5 milhão. O repasse foi de R$ 2.214.254,72 na data de 31 de janeiro de 2008. O último saldo a que tivemos acesso em 19 de julho de 2011, que ainda restavam em caixa o valor de R$ 515.954,42.


MATÉRIA ESPECIAL

unho de 2013.

9

tal de Barra Velha continua desativada

ocu e revela detalhes dos entraves que prejudicam a abertura do parque.

Quem é Marcos Junghans? Nome: Marcos Andreas Junghans Naturalidade: Curitiba, morando há 16 anos em Barra Velha Formação profissional: Técnico Eletrotécnico-CEFET-PR e Professor de Inglês/Universidade de Michigan-USA. Atividades: Diretor do grupo Viagem Família. Assessoramento e consultoria Ambiental e de Ambientes Domésticos e Construtivos. No Conselho Gestor, as funções não foram referendadas ainda. Participou por cinco anos na Associação Comunitária do Desenvolvimento de Itajuba (ACDI), três anos como Conselheiro Fiscal e dois anos como Vice-Presidente e Presidente interino. Atualmente faz parte do voluntariado da AAPEC como colaborador geral e motorista de ambulância. Membro da OBAL, como apoiador. Tem hoje o foco sobre o meio ambiente e questões culturais e de turismo.

i criado o Conselho Esta dita Audiência Pública veio travestida de reunião final preparatória para últimos ajustes antes da propriamente dita Audiência. Esta reunião final preparatória aconteceu no dia 30 de novembro de 2011 no Salão da Paróquia Divino Espírito Santo. Temos cópia desta ata.

passe de R$1,5 nsação ambieno foi investido no ino desta verba, camionete avaliada mil? Diversos lançamentos e gastos foram feitos sem que fossem autorizados pelo Conselho Gestor do Parque, que acabou nem sendo criado. Temos em mãos um detalhamento aproximado sobre os gastos nos anos de 2008, 2009, 2010 e 2011.

Suas considerações finais sobre o Parque. O que realmente chama atenção é a falta de transparência e prestação de contas sobre os recursos advindos das medidas compensatórias de diversas fontes, inicialmente da Cebrace e mais atualmente de outras indústrias que se instalaram na cidade. A falta de empenho e vontade executiva da prefeitura municipal em alavancar um empreendimento autossustentável

que seria um marco para o município e para a comunidade, mostrando como seria uma gestão compartilhada e integrada do poder público com a Sociedade Civil Organizada. Quem está gerindo os recursos advindos das compensações ambientais, pois isso é de competência exclusiva do Conselho Gestor, que não foi criado? Porque não foi criado o Conselho

Gestor e não foi realizada a Audiência Pública onde seriam homologadas todas as decisões tomadas anteriormente nas Oficinas de Manejo, legitimando todo o processo? Onde está o cumprimento da Lei de participação popular na administração de bens públicos e gestões compartilhadas?


10

POLÍTICA

Sábado, 8 de junho de 2013.

Palestrante tira dúvidas dos vereadores de Barra Velha antes da Audiência Pública da Casan Representante da Agência Municipal de Regulação de Joinville (AMAE), Antônio Valdir Riva, falou sobre gestão de água e esgoto municipal Aconteceu nesta semana na Câmara de Vereadores de Barra Velha a palestra do representante da Agência Municipal de Regulação de Joinville (AMAE), Antônio Valdir Riva. O objetivo do encontro foi apresentar quais devem ser as atribuições da Casan caso permaneça na gestão de água e esgoto de Barra Velha. Além disso, Riva também falou a respeito do Conselho Municipal de Saneamento, do Plano

Municipal de Água e Saneamento e da função das Agências Reguladoras. A palestra serviu para que vereadores e a população tivessem entendimento a respeito do assunto, antes da Audiência Pública com a Casan realizada na noite de sexta-feira, dia 7, que ocorreu após o fechamento desta edição do Voz do Itapocu. (Na próxima edição um balanço com as principais informações sobre a Audiência Pública). Ele destacou a importância

da fiscalização do trabalho realizado pela Casan, para que o tratamento de água de esgoto cumpra as necessidades da população e do Poder Público. Após a explanação de Antônio, a palavra foi aberta para a comunidade e para os parlamentares presentes. Permaneceram até o fim do debate os edis Adilson Madruga (PT), Douglas Elias da Costa (PR), Léia da Banca (PSB), Marciel Berlin (PSB) e Natanael Izidorio (PSB).

Para ele, não eram aquelas questões que precisavam ser elucidadas. Atitude que gerou uma discussão acalorada entre Dalete e o representante da AMAE.

Após alguns minutos, os ânimos foram contidos e o edil se retirou da Câmara de Vereadores sem esperar para escutar os questionamentos da população.

Antônio Valdir Riva

Ânimos exaltados Durante o espaço aberto para perguntas e considerações dos presentes, o vereador Dalete Vieira (PMDB) se exaltou e questionou o palestrante sobre o conteúdo apresentado.

Câmara de Vereadores de São João do Itaperiú aprova Programa de Recuperação Fiscal Lei que proíbe o consumo de cigarros em locais públi- inicia em Balneário Piçarras cos e privados da cidade A Câmara de Vereadores de São João do Itaperiú aprovou por unanimidade a Lei Nº023/2013 que proíbe o consumo de cigarros e produtos similares em locais privados e públicos do município que sejam fechados. A Lei de autoria dos Vere-

adores Angelita Lourenço Bonkowski (PMDB), Marcos Lickmann (PMDB), Lírio Reinert (PMDB) e Antônio Carlos de Lima (PMDB) proíbe o uso de cigarros, cigarrilhas, charutos, cachimbos ou de qualquer outro produto fumígero, derivado ou não

do tabaco, De acordo com o presidente da Casa, Sandro Jarozinski, o prefeito Rovani Delmonego tem 15 dias para sancionar ou não a Lei. “Sabemos como é desagradável para não fumantes o consumo de cigarro em locais fechados”, salientou Jarozinski.

Lei Federal A presidente Dilma Rousseff sancionou em 2011 a Lei que proíbe o fumo em locais fechados em todo o país, sejam eles públicos ou privados. Considera-se recinto coletivo público ou privado, “local fechado, de acesso público, destinado a permanente utilização simultânea por várias

pessoas”. Entram nessa regra, por exemplo, os shoppings. O texto alterou também os artigos 2 e 3 da Lei 9.294/1996. O artigo segundo previa o fumo em recinto coletivo “salvo em área destinada exclusiva mente a esse fim, devidamente isolada e com arejamento conveniente”.

Foi sancionado pelo prefeito de Balneário Piçarras, Leonel Martins, a Lei que institui o Programa de Recuperação Fiscal do Município, o Refis. Ela havia sido aprovada por unanimidade na Câmara de Vereadores do município no dia 28 de maio e recebeu a assinatura do chefe do Executivo em 3 de junho. De acordo com o assessor fazendário de Balneário Piçarras, Edson Vander das Neves, a procura para negociar as dividas com o município está sendo constante, “Não estamos tendo problemas com os atendimentos, o sistema já está preparado para conceder os descontos”. O Refis irá possibilitar a regu-

larização tributária oferecendo condições de pagamento com desconto do valor original do débito, já acrescidos de correção, juros e multa. Os descontos irão variar conforme a forma de pagamento. O contribuinte terá 90% de desconto para pagamento à vista em no máximo 30 dias. Para parcelas de seis vezes será concedido 80% de desconto. Em parcelas de 12 vezes os descontos serão de 60%. Ganham 40% os parcelamentos de 18 vezes. O objetivo é arrecadar cerca de R$ 2,5 milhões de aproximadamente R$ 52 milhões de impostos atrasados.

Defesa Civil do Estado vai financiar obra de contenção da ressaca em Balneário Barra do Sul A prefeitura de Balneário Barra do Sul aguarda o repasse de R$150 mil da secretaria de Defesa Civil do Governo do Estado para realizar obras de contenção da ressaca na Boca da Barra. Segundo o prefeito Ademar Borges, a obra

é importante para evitar que a força do mar siga causando destruição no entorno da praia. O recurso será utilizado para a implantação de blocos de pedras no local. Como a obra é emergencial, o repasse será feito diretamente

aos cofres da prefeitura, que ficará encarregada de executar a benfeitoria. “É uma obra simples, mas que é bastante importante para a comunidade, principalmente em função do turismo, que é uma das nossas atividades econômicas mais

fortes”, destaca Borges. O repasse foi confirmado pelo secretário da Defesa Civil Estadual, Milton Hobus, em reunião realizada em Florianópolis com a presença do Deputado Estadual Darci de Matos. Interlocutor entre as

demandas da região e o Governo do Estado, Darci auxiliou no processo de liberação da verba. “Sempre tenho me mobilizado para conseguir verbas para obras que facilitem a vida dos pescadores e dos moradores”.


Sábado, 8 de junho de 2013.

SEGURANÇA PÚBLICA

11

Perigo nas marginais: acidentes em Barra Velha são comuns e terminam até em morte Pedestres e ciclistas são as principais vítimas de acidentes. Para polícia, causa maior é o fato das marginais serem de mão dupla Segunda-feira, 18h. A reportagem do Voz do Itapocu retorna de uma pauta em São João do Itaperiú quando passa por um acidente na marginal da BR-101, próximo ao túnel que dá acesso a Havan e ao bairro São Cristóvão. Visivelmente nervosa, a motorista do carro que atropelou um ciclista não quis se pronunciar. “Eu simplesmente atropelei ele”, resume. Por sorte, a vítima não teve nenhum ferimento grave, mas mesmo assim deixa o local imobilizada e na ambulância do Corpo de Bombeiros. Situações como essa são mais comuns do que se imagina, é o que garante o subtenente dos Bombeiros, Carlos Roberto Mello. “Só na última semana foram dois acidentes, em outro um o carro passou por cima das pernas de uma mulher”, relembra. A estatística aumentaria ainda mais se contássemos os casos que são atendidos pela equipe de emergência da Autopista Litoral, responsável também pela margina da rodovia. Segundo Mello, os Bombeiros de Barra Velha dividem as

ocorrências com a Autopista e também com os Bombeiros de Balneário Piçarras, que pela proximidade fazem atendimentos em alguns pontos de Itajuba. “Não tem acostamento, não tem onde trafegar. A maioria dos acidentes é porque o pedestre ou o ciclista está na pista e acaba atingido pelos veículos. Ou a pessoa anda na pista ou no mato”, comenta. O policial rodoviário federal Sérgio Luiz é taxativo com relação a presença de pedestre e ciclistas nas marginais da BR-101 em Barra Velha. “Não tem ciclofaixa nem acostamento, os pedestres e ciclistas não devem andar nesse local, é uma pista exclusivamente para carros”, justifica. O problema maior das marginais para o policial é outros. Para ele, o fato da pista ser de mão dupla é que a torna perigosa. “Enquanto for mão dupla, vai continuar tendo acidente, inclusive com morte. Margina tem que ser de mão única, mas pela comodidade a população acaba preferindo que continue mão dupla”, co

“Eu simplesmente atropelei ele”, afirmou motorista.

menta. Luiz completa que até mesmo os atropelamentos de ciclistas e pedestres são motivados pelo fato das marginais serem mão dupla. “O motorista acaba esquecendo de olhar para os dois lados antes de atravessar ou fazer uma manobra e acaba atingindo o ciclista e o pedestre que vem na direção contrária”.

Funcionário da Secretaria de Obras foi a última vítima fatal Um funcionário contratado da secretaria de Obras de Barra Velha morreu atropelado na madrugada de sábado para o domingo, no último final de semana. Gercino Miguel, 59 anos, estava de bicicleta na marginal da BR101 quando foi atingido por um Peugeot com placa de Barra Velha, por volta de 3h. O motorista do carro não se machucou, mas a vítima faleceu no local. De acordo com a secretaria de Obras, Gercino exercia as funções de auxiliar de serviços gerais no rancho dos Pescadores de Itajuba. O sepultamento aconteceu no cemitério do bairro.

Comunidade do Morro Grande e Itapocu pede mais segurança na região

Onda de furtos tem assustado moradores da região, em Araquari. Para polícia militar, situação não é alarmante

se tornem violentas contra a população”, completa o morador.

Polícia Militar faz rondas diárias

O que era uma região com poucas ocorrências policiais está tirando o sono dos moradores nas últimas semanas. As comunidades do Morro Grande e Itapocu, em Araquari, temem que a onda de arrombamentos que toma conta da área permaneça. Segundo um grupo de moradores que procurou o jornal Voz do Itapocu, eles contabilizaram em torno de cinco ca-

sos parecidos entre final de maio e inicio de junho. Além de residências, os ladrões estão invadindo estabelecimentos comerciais. Em um dos casos, o prejuízo chegou a três mil reais. “Nossa região era segura, mas não temos mais sossego. Agora ficamos com medo de sair para fazer as coisas no centro porque não sabemos se alguém vai entrar na nossa casa”,

reclama um morador, que não quis se identificar. Outra reclamação da comunidade é com relação aos usuários de crack. Segundo os moradores, a concentração está aumentando no bairro e a incidência de viciados também é motivo para preocupação. “Além dos furtos que estão acontecendo, temos medo que essas pessoas que estão vindo para a região para usar drogas

Para a 2ª Companhia do 27º Batalhão de Polícia Militar, responsável por Araquari, a situação do Morro Grande e Itapocu ainda não é alarmante. Segundo o capitão da 2ª Companhia, Maicon Dilmo de Souza, as guarnições responsáveis pela área não têm registrado muitos casos de crimes no local. Desde que assumiu a Companhia em fevereiro, Maicon conta que deslocou uma viatura exclusiva para circular por Itapocu, Coverta e Rainha entre 13h e 1h. Fora do horário das rondas, as ocorrências são atendidas pela viatura que fiscaliza Itinga. “Em comparação com o bair-

ro Itinga, Itapocu é uma região pacata. Muitas vezes, por se tratar de arrombamentos, as pessoas vão diretamente na delegacia de Polícia Civil fazer o boletim de ocorrência, por isso a polícia militar não toma conhecimento de grande incidência de casos. Por ser uma área com muitas casas de veranistas, muitas pessoas só tomam conhecimento dos furtos nos finais de semana”, acrescenta. Maicon destaca que a polícia militar também tem autonomia para fazer o boletim de ocorrência, porém o boletim é feito no local do crime pelos policiais e depois a pessoa precisa ir até a companhia retirar uma cópia. No caso da polícia civil, o reclamante vai até a delegacia e já sai com o registro impresso. “Por isso muita gente prefere a delegacia”.


12

MEIO AMBIENTE

Sábado, 8 de junho de 2013.

Boca House e-mail: associacaobocahouse@gmail.com

Lixo? Depende do ponto de vista

Homem recolhe eletroeletrônicos em residências de Barra Velha para dar destino correto Foto: Claudia S. Prevedello

Estatístico Paulo Zaleski de Matos

REDES DE PESCA – ARMADILHAS AO MAR - PARTE 2 A ONG MARSEGURO instituto Thiago Buffato atua diretamente na causa de proteção das redes de pesca em locais impróprios, favorecendo o alcance de resultados positivos vistos ao longo dos anos. Muito se evoluiu, foram campanhas educativas, comissões na Assembléia Legislativa, luta de abnegados, até se chegar à criação de Leis que delimitam e sinalizam as áreas de surf e de pesca. Apesar disso, estamos longe de termos tranqüilidade com esta situação, nos falta à sinalização e demarcações de muitas áreas, fiscalização efetiva, conscientização de todos os segmentos e punição dos culpados. Associação busca a conscientização e participação da comunidade em geral, entidades e todos os segmentos para se engajarem nesta luta. O objetivo principal é trabalhar preventivamente afim de evitar acidentes, mortes de surfistas e banhistas, pela proteção sustentável do ecossistema, pela efetiva contraprestação

de parte do poder público pelos tributos recolhidos e conservação do meio ambiente! Por tudo isso, precisamos do seu apoio, da sua participação, lute organizadamente conosco, façamos que a união de esforços consciente alcançe os objetivos que todos esperam. Apenas lembrando a responsabilidade por parte dos surfistas de respeitarem o período e locais delimitados para pesca da tainha. Período que se estende entre o dia 15 de maio até 31 de Julho de 2013. É praticamente uma LEI! “Em dias de mar pequeno o mar é do pescador em diversos points de surf”. Para denunciar alguma rede em área irregular, comunique a Policia Ambiental, através do telefone (47) 3456-2250 e alerte a Boca House através do e-mail associacaobocahouse@gmail. com, que monitorará sua denúncia, além de auxiliar na retirada do material irregular.

A última semana ficou marcada pelo Dia do Meio Ambiente. Para Sidnei Girolometto, coletor de materiais eletroeletrônico e morador de Barra Velha há 10 anos, a preocupação com o meio ambiente faz parte do seu dia-a-dia. Preocupado em dar destino correto a esses equipamentos e fazer uma renda extra, Girolometto há oito anos recolhe computadores, máquinas de lavar, máquinas de cortar grama, ventiladores, motores queimados e vários outros

objetos em Barra Velha. Depois da coleta, todo o material é desmontado e todas as peças são separadas e devidamente armazenadas, durante três ou quatro meses, dependendo da quantidade de eletroeletrônicos. Quando o estoque começa a ficar cheio, Sidnei vende para uma empresa de Itajaí que dá o destino certo às peças. Dependendo da época, os reciclados podem render de R$200 a R$300, de acordo com o peso. Para a dona de casa Maria

Aparecida Campos, ter uma pessoa que recolhe esse tipo de material é muito bom, “Depois que conheci o Sidnei não penso duas vezes, toda vez que preciso dispensar esse tipo de lixo, ligo pra ele. Prefiro que vá para o destino correto, além da oportunidade de poder ajudar”. Para se desfazer de algum eletroeletrônico que não está funcionando basta ligar para o telefone 3456 5409. A coleta é realizada na residência por Sidnei.

Mutirão da limpeza será realizado amanhã na Praia da Península, em Barra Velha

Foto: Claudia S. Prevedello

Foto: Claudia S. Prevedello

Em Barra Velha situações como essa também acontecem. Hélice de lancha ficou preso em rede na Boca da Barra.

Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, a Associação de Preservação Ambiental Boca House de Barra Velha convida seus sócios e todas as pessoas interessadas em cuidar do ambiente onde vivem a realizar um

mutirão de limpeza da Praia da Península, que será realizado no domingo, dia 9. A equipe da associação também estará analisando a qualidade ambiental da região, discutindo o uso sustentável, as melhorias necessárias

para preservação do local, entre outros assuntos pertinentes. Dica: leve água e protetor solar.


CULTURA

Sábado, 8 de junho de 2013.

Saída fotográfica do Museu da Imagem acontece hoje em Araquari Grupo irá seguir os trilhos até a estação férrea da cidade Foto: Prefeitura de Araquari

13

Esquinas da

História

Professora e historiadora Angelita Borba de Souza e-mail: angelitaborba@hotmail.com

SAIBA QUEM FOI ODORICO MAGALHÃES

De câmeras profissionais com uma grande variedade de lentes até um simples celular. Nos tempos atuais, o registro fotográfico está presente em todos os momentos do cotidiano das pessoas e das mais diversas formas. Aproveitando estas facilidades, o Museu da Imagem de Araquari promove neste sábado a primeira saída fotográfica da instituição, com trajeto iniciando no Museu (Av. Getúlio Vargas, 485, Centro) e seguindo pelos trilhos até a ponte férrea. O objetivo principal da diretora do Museu, Angelita Leandra Estevão, é promover tanto o Museu quanto a cidade. Para isso, ela espera que além da população araquariense, o en-

contro atraia pessoas de toda a região. A saída está agendada para às 14h e qualquer um pode participar, munido de sua câmera ou outro eletrônico capaz de capturar imagens. As inscrições podem ser feitas pelo telefone: 3433 8998.

Museu completa um ano neste mês

A escolha de junho para promover a primeira saída fotográfica por Araquari não é por acaso. No dia 29 deste mês o Museu da Imagem completa um ano de existência, graças uma parceria entre a prefeitura e empresário e fotógrafo Luiz Hille, proprietário do acervo do museu que viaja o mundo em busca de material. Atualmente já são cerca de 300

máquinas antigas e outros equipamentos fotográficos, além de uma coleção de fotografias antigas de Araquari e de outros locais, marcando também com imagens a história da fotografia. A direção do Museu contabiliza por mês aproximadamente 180 pessoas, desde alunos e professores do ensino fundamental, até estudantes de ensino superior, historiadores, pesquisadores, fotógrafos e estudantes do próprio curso de fotografia. O horário de funcionamento do Museu é das 8h às 12h e das 13h às 17h. Apenas turmas grandes precisam agendar, caso contrário, ele é aberto para qualquer visitante.

Festa da Tainha de Balneário Barra do Sul já tem atrações principais definidas Leonardo, Ataíde & Alexandre e Rick & Renner serão os destaques dessa edição Entre os dias 10 e 14 de julho acontece em Balneário Barra do Sul a 21º edição da tradicional festa da Tainha, na Boca da Borra. Ainda em fase de captação de recursos, o prefeito Ademar Borges divulgou com antecipação ao jornal Voz do Itapocu as principais atrações musicais do evento, que mobiliza toda a população da cidade e da região, com um público superior a cem mil pessoas. O cantor Leonardo e as duplas Ataíde & Alexandre e Rick &

Renner são os nomes já contratados pela prefeitura. O governo municipal também negocia um nome nacional do estilo gospel também deve compor a escalação. A festa celebra a safra de tainha fora do período de defeso e acontece tradicionalmente em junho. “Neste ano decidimos realizar a festa em julho porque ainda estamos organizando as finanças da prefeitura, já que assumimos há apenas seis meses. Já inscrevemos o pro-

jeto da festa no Funcultural do Governo do Estado e aguardamos um retorno positivo”, explica o prefeito, garantindo que em 2014 o evento deve retornar para o seu mês de origem. Ademar comenta ainda que o custo aos cofres públicos da festa da Tainha giram em torno de R$700 mil e neste ano apenas o sábado, dia 12, terá cobrança de ingresso. “Será uma festa para reunir as famílias”, complementa.

“Sim senhor”, “a bênção pai”, eram falas que faziam parte do cotidiano da família Magalhães de Barra Velha. Odorico, anos depois homenageado com o nome da rua onde está a atual capela mortuária e que possui até escola particular e instituto de dança, no centro, era um homem trabalhador e lutador, muito rígido com seus filhos, e que deixou muitos ensinamentos, como lembrou um de seus 11 filhos. Não havia espaço para a conversa durante as refeições e todos eram servidos pela mãe Maria de Oliveira Magalhães. O respeito sempre foi algo muito importante para Odorico, que exigia que os filhos tivessem horários, para dormir, acordar e chegar em casa. Trabalhou como sapateiro, habilidade herdada do pai, um português chamado Antônio Coelho Magalhães - responsável pela doação da área do atual cemitério barra-velhense -, e também como zelador da escola na época das freiras. Pela proximidade das casas, ambas na Rua Paraná, as freiras sempre frequentavam a casa da família Magalhães. Aliás, a casa está ainda hoje sob os cuidados da família: atualmente um dos filhos mora no local, que está cheio de lembranças do pai. A única atividade de lazer do patriarca era ouvir no rádio as músicas de Tonico & Tinoco e as notícias da Hora do Brasil, que eram oferecidas aos ouvintes todas as noites. Impossível falar de Odorico sem lembrar da sua habilidade como pescador, atividade desenvolvida ao lado de seus amigos nas madrugadas geladas de Barra Velha. A lagoa sempre foi muito boa com ele que

pegava lances enormes de tainhas, bagres dentre outros peixes, além de siris de tamanhos que hoje não se vê mais. Juntamente com seus amigos Seu Deca, Nicolau e Pedro Borba foi possível adquirir uma rede de pesca, na época muito cara. Naquele paraíso que era a lagoa, os amigos pescaram muito, tanto que era possível abastecer as quatro famílias, vender, trocar e presentear os conhecidos. Odorico pedia que os filhos enchessem um balaio com peixes e siris e levassem até o atual município de São João do Itaperiú para fazer o troca-troca. Depois de muito caminhar, era possível trocar os peixes por farinha, batata, galinhas e até mesmo leitões. Surpreendente era a habilidade de Odorico em observar e descobrir pelas pegadas e marcas deixadas nas margens da lagoa, quais de seus companheiros já estavam na água. “Em meio à escuridão ele sempre acertava!”, lembra o filho, emocionado. Em tempos de Festa do Divino Espírito Santo, a Rua Paraná se transformava em um estacionamento de carroças vindas de toda a região. As famílias já chegavam na sexta-feira para participar e ajudar nas festividades. Mas precisavam de abrigo e Odorico, que era muito católico, fazia questão de abrigá-las. Sua casa chegou a abrigar mais de 5 famílias na época da festa. O pai, sapateiro e pescador Odorico Magalhães deixou muitas saudades e também a certeza de que cumpriu seu papel de pai e cidadão barra-velhense.


14

VARIEDADES

Sábado, 8 de junho de 2013.

CURIOSIDADE

Chocolate a favor Às vezes ele é nosso pecado, às vezes salva o dia: o que faz do chocolate meio amargo ser nosso amigo? O chocolate meio amargo faz bem ao coração porque sua grande quantidade de antioxidante diminui o risco de doenças cardíacas e protege contra o câncer. O chocolate preto ou meio amargo é

MODA

elaborado a partir da massa de cacau e da manteiga de cacau. Quanto mais cacau há no chocolate, maiores são seus benefícios, assim, o chocolate meio amargo é o que apresenta maior propriedade nutricional. É recomendado comer uma pequena porção do alimento diariamente para regular também a pressão

Áries Una-se a pessoas que tenham objetivos parecidos com os seus. Procure colaborar nas tarefas dos demais. Em equipe, você tem tudo para desenvolver métodos mais eficientes de desenvolver seu trabalho.

Abuse do vermelho

Se existe alguma cor que combina com o frio, com certeza é o vermelho! Ele faz sucesso nas peças de vestuário, na maquiagem, nos calçados, na unha e também nos acessórios. E mais, fica lindo em qualquer

tom de pele. Não tem erro, dá para usar o vermelho sem medo de errar. Pode ser combinado com cores neutras ou em looks monocromáticos nesta estação. Nas roupas a cor alcançou as mais diferentes peças, como calças, bolsas, botas e o queridinho blazer. Os materiais utilizados nunca foram tão inusitados, podendo ser seda, couro, tricô, lã e até as clássicas peles. Há muita variedade para usar ao longo da estação. Como ninguém tem o mesmo gosto, o vermelho joga para todos os lados. Para o dia a dia, abuse do vermelho com o jeans. Traz um ar despojado, mas elegante. Se você procura algo mais clássico, a cor para acompanhar é o preto, deixando o look mais misterioso. Se a intenção é ser

LOTERIAS

MEGA SENA

Resultado Concurso 1500 (05/06)

10 - 18 - 31 - 43 - 57 - 59

Próximo sorteio: 08/06 (hoje) Prêmio Estimado: R$3.000.000,00

HORÓSCOPO

sanguínea.

moderno, opte pelo branco. E claro, para abusar nada melhor que arriscar, use com animal print, como a clássica onça. Mas fique ligada, escolha por estampar apenas os acessórios. Exemplo: vestido vermelho e sandália de oncinha, para cair da balada. E para quem não quer usar roupas e acessórios no tom, também há solução. Abuse no make! O tom sangue tende a dar uma levantada nos figurinos nesse inverno, ganhado ousadia e sofisticação. Se você tem medo de errar, acenda apenas um ponto do outfit, combinando todo o resto com cores neutras. Na dúvida, tenha em seu armário pelo menos uma peça-chave vermelha. Pode ser um casaco mais clássico ou uma saia longa. Vai fazer toda a diferença.

LOTERIA FEDERAL

Resultado Concurso 04768 (05/06) 1º prêmio - nº 77.410 - R$250.000,00 2º prêmio - nº 53.737 - R$17.100,00 3º prêmio - nº 22.911 - R$16.600,00 4º prêmio - nº 69.617 - R$16.100,00 5º prêmio - nº 53.688 - R$15.200,00

Gêmeos O dia é favorável para trabalhos em grupo, mas não tente de destacar mais que os demais. Mantenha um diálogo aberto com todos. Não é bom momento para tomar a iniciativa.

Leão

Semana de renovação! Seja mais ágil e inteligente no trato com os colegas de trabalho. Novas amizades estão por vim. É tempo de expandir seus horizontes para melhorar as oportunidades.

Libra Se deseja obter resultados diferentes, terá que agir de outra forma diante dos acontecimentos. Troque informações com pessoas experientes. Não tenha medo de mudanças.

Sagitário

GASTRONOMIA

Fondue de Queijo Ingredientes - 200g de queijo gruyère - 300g de queijo estepe ou emmental - 1 dente de alho - 1 pitada de noz- moscada - 1 colher de sopa de amido de milho - 1 cálice de conhaque (20 ml) (opcional) - 3/4 de um copo de vinho branco seco (180 ml)

Modo de Preparo Rale os queijos no ralador ou processador. Dissolva o amido de milho no vinho branco e misture com o conhaque. Adicione a noz-moscada a este líquido. Passe o alho nos lados e no fundo da panela. Coloque os queijos e o líquido que você preparou na panela e vá misturando, sempre em fogo baixo, até fundir totalmente o queijo. Continue mexendo até que a massa ganhe uma consistência homogênea,

logo após levantar fervura. Caso fique muito líquido, dissolva mais um pouco de amido de milho em um cálice de água e adicione à mistura.

Informações Adicionais Sirva preferencialmente com pão italiano. Na falta dele, use outro pão desde tenha consistência firme para não se despedaçar quando mergulhado no queijo.

Você pode encontrar o equilíbrio que procurava em suas finanças. Um dinheiro que não contava mais chegará em breve. Mas não gaste o melhor a fazer é poupar.

Aquário Participe mais das atividades dos colegas e colabore em todas as oportunidades que surgirem ao longo da semana. No setor familiar, um bom diálogo pode esclarecer mal-entendido.

Touro No ambiente profissional, é tempo de superar os conflitos existenciais. Aproxime-se mais do chefe, pois uma promoção ou aumento de salário não estão descartados.

Câncer As novas oportunidades de crescimento e expansão vão chegar por meio de amigos ou de colegas de trabalho. Vá ao encontro de seus sonhos e desejos, especialmente os profissionais.

Virgem

Sua criatividade e capacidade de solucionar problemas encontram-se em alta. Aproveite para assumir a liderança no grupo de trabalho. Semana para discutir novas oportunidades para a vida.

Escorpião Excelente momento para conversar com pessoas que comungam dos mesmos ideais e objetivos que você. Não crie expectativas altas demais essa semana ou poderá se frustrar.

Capricórnio O astral é favorável para desenvolver atividades em grupo. O serviço tende a render, mesmo aqueles que precisam de mais estudos ou pesquisa. Ideias interessantes vão surgir.

Peixes Sua semana promete ser agitada. Não permita que os problemas cotidianos interfiram negativamente em seu comportamento. Tente manter o bom humor mesmo em situações que tiram você do sério.


#SOCIAL

Sábado, 8 de Junho de 2013.

ANIVERSÁRIOS DASEMANA

CAIU NA REDE #Parabéns

10 de junho Mayara Cristine do Nascimento

13 junho Yara Carvalho 10 junho Aline Teodoro Krüger

8 de junho Amanda Donansan

#Beatles Para alegria e diversão dos amantes de boa música, nesta semana um vídeo caseiro caiu na rede e rapidamente virou viral. O dueto entre Christian Diego Mello (pai) e Diogo (filho) cantando a música ‘Don’t Let Me Down’, dos Beatles, ultrapassou mais de dois milhões de acessos. O que surpreende e faz o vídeo ser o maior sucesso nas redes foi o fato de Diogo, uma criança de apenas 1 ano e 11 meses, cantar quase perfeitamente a canção. No vídeo seu pai o acompanha cantando e tocando violão. Christian, morador de Criciúma, ficou surpreso com o tamanho do sucesso, já que gravou o vídeo de forma despretensiosa, para provar a uma amiga de trabalho que não acreditou quando disse que Diogo cantava e tocava violão. A cantoria em menos de uma semana rompeu a barreira de dois milhões de acessos, chamando atenção de vários sites e jornais brasileiros e de outros países. A gravação chegou até a atores norteamericanos, que fizeram vários comentários elogiando a iniciativa, como “Melhor cover de Beatles que eu já vi”. Assista procurando no Youtube por: Don’t Let Me Down - The Beatles, por Diogo Mello (1 ano e 11 meses).

AGENDA

BEM NA FOTO

#Em Família

A jornalista Isabelle Balbinotti comemorou no último final de semana mais um ano de vida junto da família e dos amigos em Barra Velha. Atualmente morando em Joinville, Isabelle ofereceu um delicioso café da tarde na casa da mãe, Fátima Balbinotti.

15

#Barra Velha

#Balneário Piçarras

Bier Coast 8/06 Marquinhos e Serginho (Rock MPB e Pop Rock) 9/06 Pagode e Sertanejo (mulheres não pagam até 23h)

Píer Pub 8/06 Hip Hop e Funk com DJ Grillo Matos

Samuraii 8/06 Banda Rock’50 (clássicos do Rock e Flash Back) 14/06 Rodrigo Dumcke (MPB e Surf Back)

Última Tribo 8/06 Sertanejo Universitário com André Felipe 9/08 Pagode com o grupo Samba Vibe


16

ESPORTE

Sábado, 8 de junho de 2013.

Secretarias de Esporte da região apostam em escolinhas de futebol para a garotada Barra Velha oferece aulas no São Cristóvão. Em São João do Itaperiú atividades serão em três bairros “Quem não sonhou em ser um jogador de futebol?”, já dizia a letra da música Partida de Futebol, da banda mineira Skank, sucesso na década de 1990. Para muitas crianças de Barra Velha o primeiro passo pode ser dado nas aulas de futebol que a Fundação Municipal de Turismo, Esporte e Cultura (Fumtec), em parceria com a Associação dos Moradores do bairro São Cristóvão, deu inicio na última semana. Crianças de seis até 17 anos podem participar das turmas, que foram dividias por médias de idade entre horários de manhã e de tarde, com treinos nas ter-

ças-feiras e quintas-feiras. Nos sábados, os dois períodos se juntam para um coletivo pela manhã dentro das respectivas categorias. Confira tabela com horários e idades ao lado. Os treinos são ministrados pelo professor da fundação Marcos Finkbeiner nos campos de grama e sintético da Associação. Qualquer criança do município pode participar gratuitamente das aulas. No primeiro dia com a turma, o aluno recebe uma ficha de inscrição que deve ser levada para casa e preenchida pelos pais, com todas as informações necessárias.

Segundo a fundação, o principal objetivo das aulas é promover uma atividade esportiva no contraturno escolar das crianças.

Em São João do Itaperiú, aulas começam na segunda-feira Outra cidade que também dá o pontapé inicial em atividades de futebol no contraturno escolar para as crianças é São João do Itaperiú. Nesta segunda-feira a secretaria de Esportes do município inicia aulas de futebol e dança em três bairros para crianças de sete a 17 anos. Segundo o

secretário Anderson Catafesta, algumas crianças já exerciam essas atividades, mas devido a grande procura o projeto foi expandido. No centro as aulas acontecem segundas, quartas e sextasfeiras das 8h30 às 10h e 13h30 às 15h. As meninas interessadas em dança, terão aulas

nestes horários nas segundas e quartas. Na terça-feira o futebol é no Santa Cruz, das 9h às 10h30 e das 13h30 às 15h. Já na quinta-feira, o treino será de futsal para o pessoal do Santo Antônio, também das 9h às 10h30 e das 13h30 às 15h. Mais informações pelo telefone: 3458 0588.

Chuva adia rodadas em Balneário Piçarras e Barra Velha. Jogos acontecem neste domingo O tempo não colaborou e as rodadas dos campeonatos de futebol de campo das cidades de Barra Velha e Balneário Piçarras foram adiadas no último final de semana. Em virtude da forte chuva que caiu na madrugada de sábado para domingo na região, os gramados ficaram impossibilitados de receber os jogos que estavam agendados. Com isso, as partidas serão realizadas neste final de semana.

equipe 100% do campeonato, o São Cristóvão, mede forças contra o Rio Novo. Em caso de empate, a decisão vai para os pênaltis. A grande final acontece no domingo seguinte, no campo de Itajuba. Os perdedores das semifinais fazem a disputa do terceiro e quarto colocados, e na sequência acontece a decisão do título. O critério da disputa por pênaltis é mantido em caso de empate.

Semifinais em Barra Velha

Segunda rodada em Balneário Piçarras

Em Barra Velha faltam dois jogos para ser definido o campeão. Neste domingo acontecem no campo do São Cristóvão às semifinais, em partida única. Medeiros, dono da melhor campanha na competição, enfrenta o Pedras Brancas. Enquanto a outra

Já o campeonato de Balneário Piçarras está só começando. Doze equipes divididas em três grupos disputam as vagas para as fases finais da competição. No domingo passado era para ter ocorrido a segunda rodada, depois de

TURMAS EM BARRA VELHA MATUTINO TERÇAS E QUINTAS FEIRAS HORÁRIOS

IDADES 1996 – 1998 1999 – 2001 2002 - 2004 2005 – 2007

( 15 a 17 anos) 08:00 às 09:15 (12 a 14 anos) 09:15 às 10:30 (09 a 11 anos) 10:30 às 11:45 (06 a 08 anos) 10:30 às 11:45

VESPERTINO TERÇAS E QUINTAS FEIRAS IDADES 2005 – 2007 2002 – 2004 1999 – 2001 1996 – 1998

(06 a 08 anos) (09 a 11 anos) (12 a 14 anos) (15 a 17 anos)

HORÁRIOS 13:30 às 14:45 13:30 às 14:45 14:45 às 16:00 16:00 às 17:15

Torneio de futevôlei agita o sábado em Araquari

uma rodada de estreia com média de quatro gols por confronto. Devido às chuvas, os campos do Quinca Ludo e Lagoa não receberam jogos. Com isso, a segunda rodada acontece neste domingo. Confira a tabela: Confrontos da segunda rodada: Grupo A Morro Alto x Conceição Hangover x Spartcus Grupo B Auto Peças Piçarras x Amigos do Valentim River Plate x Terraplangem Testoni Grupo C Lagoa x N.S. da Paz Real Charme x Mevep

Duplas masculinas de toda a região são esperadas neste sábado para o torneio de futevôlei promovido pela secretaria de Lazer e Esportes de Araquari. A competição se inicia nesta manhã no Largo do Carioca, próximo ao PA Aci Ferreira de Oliveira. Os interessados em participar podem se inscrever no ginásio de esportes Jornalista Moacyr Iguatemy da Silveira. Caso ainda haja vagas, a taxa de inscrição custa R$30 por duplas. Informações pelo telefone: 3447-1080. Além de participar de uma atividade física através de um esporte que mescla a técnica do futebol com a precisão do voleibol, os participantes podem sair da competição com as premiações oferecidas pela secretaria. Além dos tradicionais troféus e medalhas, os primeiros colocados ainda levam pra casa uma quantia em dinheiro, que varia entre R$100 e R$400.


Jornal Voz do Itapocu - 6ª Edição - 08/06/2013