Issuu on Google+

Página-1

Sexta-feira, 04 de outubro de 2013 EDIÇÃO

307

Parabéns às crianças!

EDITOR-CHEFE: JODI TANAKA • IBIÚNA 04 DE OUTUBRO DE 2013 • COM O POVO E A VERDADE • EXEMPLAR R$ 1,00

Indefinição política: TRE nega recurso e Fábio Bello continua na Prefeitura Fábio Bello (PMDB) continua como prefeito de Ibiúna. Ontem o TRE negou um agravo impetrado pelo Professor Eduardo (PT) e, com isso, o peemedebista continua no cargo até o julgamento do Recurso Contra Expedição de Diploma (Rced) ou até que seja cassada uma Medida Cautelar, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que suspendeu os efeitos de uma das condenações de Bello. Fábio tomou posse no dia 6 de setembro, depois da cerimônia de recontagem dos votos e diplomação dele e do vice Tadeu Soares (PMDB). Página 03

Dia do Professor

Médico, advogado, jornalista, dentista. Esses e outros profissionais devem parte de sua conquista a uma figura: o professor! O que seria do mundo, não fossem os ensinamentos deste profissional que dedica sua vida a orientar geração após geração? Portanto, no dia do professor, o maior presente é reconhecer que o professor é uma figura fundamental para o desenvolvimento da sociedade! Uma homenagem do VOZ de IBIÚNA

Impasse político pode fazer município perder ambulância

Denúncia de nepotismo marca primeiro mês do Governo Fábio Bello

População não concorda com importantes da prefeitura. a postura do prefeito que mal Vereadores aproveitaram as assumiu e já colocou mãe, irmão primeiras audiências do legislativo e primo nos cargos mais para questionar as primeiras ações. Página 08

O ex-vereador Ismael Pereira, assessor da Deputada Federal Bruna Furlan (PSDB), conquistou um recurso para compra de uma ambulância. Entretanto, por questões políticas o prefeito Fábio Bello se nega em receber o veículo. Página 02

Conquista: Ibiúna terá novos Sucesso total no Bon Odori Página 06 Postos de Saúde O presidente da Câmara, Carlinhos Marques (PT), e o exprefeito Professor Eduardo (PT) conseguiram mais quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS) para Ibiúna, além de a retomada das obras do Posto de Saúde do Distrito do Paruru. No total, o Ministério da Saúde irá repassar mais de R$ 1,8 milhão. Página 05

Professor Eduardo rebate críticas de Fábio Bello Em entrevista coletiva, o prefeito Fábio Bello (PMDB) falou inverdades sobre professor Eduardo, dando a entender que ele seria responsável por dívidas deixadas por ex-prefeitos, entre eles, o próprio prefeito Fábio. O professor responde às denúncias: “É nojento!” Página 07

Musical “A Bela e a Fera” Nadja Cia de Danças apresnta o espetáculo no dia 9 de Outubro, quarta-feira, no Centro Cultural de Ibiúna, em 3 apresentações: 10h, 14h e 19h. Ingressos R$ 5,00 (grupos escolares) e R$ 12,00 (público geral).

Ed. 307.pmd

1

04/10/2013, 01:45


Página-2

Sexta-feira, 04 de outubro de 2013 Editorial

Limpou, mas a mancha do batom ainda está lá O prefeito Fábio Bello tem vencido o embate contra sua ficha suja em todos os órgãos e instâncias. A última foi por 6 votos a 0 no Tribunal Regional Eleitoral, ontem (03/10). E tem sido assim: quando não ganha, miraculosamente dá uma sorte danada de sua cautelar não ser julgada no Tribunal de Justiça em Brasília, o que poderia jogar um banho de água fria em suas pretensões de continuar prefeito. Mas as condenações estão aí. As rejeições de contas estão aí. Os processos estão aí. Os ofícios para devolução de quantias imensas aos cofres públicos, por obras mal executadas também estão aí. A situação inexplicável pode ser comparada a de um homem que, antes de mostrar sua camisa manchada de batom para sua esposa, passa na lavanderia para apagar os rastros de seu desvio. Ao pegar a camisa, o dono verá que está limpa. Mas, se olhar com atenção, verá que os resquícios da mancha do pecado ainda estão lá. É o indício de que o crime foi cometido. Juridicamente, até aqui, está tudo certo. Todos sabem dos problemas que o prefeito enfrenta, mas, sem julgamento, como diz o eterno político Paulo Maluf – que fez uma grande escola, diga-se -, não há condenação. Mas o que esperar de um país em que político preso consegue participar de sessão em congresso, mesmo algemado? É o nosso Brasil.

Presidente da Câmara recebe a visita do vice-prefeito de Osasco O presidente da Câmara Municipal de Ibiúna, Carlinhos Marques (PT) recebeu na manhã da última terça-feira (01/09) em seu gabinete, a visita do viceprefeito de Osasco, Valmir Prascidelli (PT). Também participou da reunião o ex-prefeito Professor Eduardo (PT) e lideranças petistas da região. Durante o encontro, eles conversaram sobre o momento político que o município vem passando e possíveis alianças visando as Eleições 2014. Prascidelli se colocou a disposição de Carlinhos e Eduardo para uma parceria a fim de conquistar melhorias para a população ibiunense, bem como fortalecer a região. “Já fui vereador e sei como a batalha é bastante árdua. Por isso, viemos oferecer nosso apoio e experiência ao Carlinhos, que é um companheiro muito estimado e querido. Ficamos ainda mais contentes em encontrar o Professor Eduardo,

que enfrenta este impasse judicial, mas logo estará novamente comandando a prefeitura”, enfatizou o vice-prefeito.Carlinhos agradeceu a visita de Prascidelli e também se colocou a disposição do vice-prefeito. “Ibiúna precisa muito de políticos influentes como o Valmir. Leve nosso abraço também ao prefeito Lapas e todos os companheiros da nossa querida Osasco. Vamos juntos conquistar cada vez mais benfeitorias para toda a região”, declarou o presidente da Câmara.

Ex-vereador consegue ambulância para Ibiúna, mas novo prefeito nega a receber

O ex-vereador Ismael Pereira, assessor da Deputada Federal Bruna Furlan (PSDB), conquistou um recurso para compra de uma ambulância para o município, como resultado de uma solicitação da deputada ainda em 2012. A parlamentar destinou R$ 75.000,00 para comprar um veiculo para transportar pacientes. Durante a gestão do ex-prefeito Coiti Muramatsu (PSDB) foi apresentada toda documentação a Diretoria Regional de Saúde (DRS) de Sorocaba, indicando uma ambulância ou van para transportar pacientes. No início deste ano, na gestão do Prefeito Professor Eduardo (PT), a prefeitura abriu licitação para aquisição de uma ambulância e a vencedora foi a empresa Automec – Comercio de Veículos novos e Usados LTDA. Ismael lamenta que desde o dia

Fábio Bello assina renovação de convênio com a Sabesp

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito Fábio Bello (PMDB) assinaram, no dia 11 de setembro, às 15h, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, o Convênio de Cooperação e o Contrato de Programa para Prestação de Serviços de Saneamento de Ibiúna. Esse convênio autoriza a Companhia de Saneamento do Estado de São Paulo – Sabesp, a prestar serviços de saneamento básico ao município pelos próximos 30 anos. A partir da assinatura do contrato, a Sabesp investirá R$ 118 milhões nos sistemas de

DIRETORA: Júlia Tanaka J ORNALISTA R ESPONSÁVEL : Paulo Cesar Bueno - MTB 14305-53/18 - SP C ONSULTORIA. JURÍDICA : Delícia Fernandes dos Santos ARTE E DIAGRAMAÇÃO: Jamila Tanaka e Geovane Vinicius de Moraes CONS. REDAÇÃO: José Gomes (Linense), Ana Cristina e Claudino Piletti e Luiza Pontes

REVISOR GERAL: Júlia Tanaka ADMINISTRAÇÃO E D ISTRIBUIÇÃO: Jornal VOZ DE IBIÚNA Rua Peru, 20 - Ibiúna - SP - CEP: 18150-000 TELEFAX.: (15) 3241-1325 www.jornalvozdeibiuna.com.br REDAÇÃO: Rua Peru, 20 - Ibiúna - SP IMPRESSÃO: Gráfica Neograf TIRAGEM: 10.000 exemplares T. ACUMULADA: 2.994.000 exemplares

As matérias assinadas são de inteira responsabilidade dos autores.

Ed. 307.pmd

2

20 de setembro a ambulância está pronta para entrega, entretanto o prefeito Fábio Bello (PMDB) se nega a receber o veículo e consequentemente pagar a contrapartida de R$ 8.800,00 à Automec. A prefeitura alega que há divergência entre o plano de trabalho entregue a DRS-Sorocaba e o que foi licitado e contratado pela prefeitura. O ex-vereador afirma que já tentou falar com o Prefeito Fábio Bello por duas vezes, mas como ele não o atende, procurou a Comissão de Saúde da Câmara Municipal, representada pelos vereadores Pedrão d’Água (PTB), Israel Zaia (PSDB) e Paulinho Sasaki (PTB), para interceder junto ao Executivo, já que não há nenhuma ilegalidade no processo. “Precisamos deixar as vaidades políticas para não prejudicarmos a população”, finalizou Ismael.

04/10/2013, 01:45

abastecimento de água e esgotamento sanitário em Ibiúna, beneficiando mais de 36 mil habitantes. O município estava sem contrato com a Sabesp desde 2006. Desde o início do ano, o exprefeito Professor Eduardo (PT) se empenhou para que o contrato fosse renovado. A Câmara Municipal, em prazo recorde de quatro meses, colocou o projeto em votação e aprovou a renovação. O presidente da Casa, vereador Carlinhos Marques (PT), também esteve presente na assinatura do contrato.


Página-3

Sexta-feira, 04 de outubro de 2013

Com liminar, Fábio Bello toma posse como prefeito A ministra Clarissa Campos Bernardo, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP), deferiu parcialmente um pedido do prefeito Fábio Bello (PMDB) para recontagem dos votos das eleições de 2012. Com o resultado apurado, o juiz Wendell Lopes Barbosa de Souza, na tarde do dia 6 de setembro, diplomou Fábio Bello que tomou posse na Câmara Municipal, no mesmo dia. O Mandado de Segurança, impetrado por Fábio Bello ainda aguarda julgamento, já que a decisão da liminar foi dada apenas pela Ministra Relatora, que já levou o caso para julgamento do plenário da corte. Fábio entrou com mandato de segurança contra a decisão do juiz substituto Bruno Cassiolato que negou a retotalização dos votos, já que Fábio Bello teve duas condenações supervenientes, ou seja, após o registro de candidatura. A ministra entendeu, em seu despacho, que a retotalização deveria ser realizada: “Determino, portanto, que seja realizada a retotalização dos votos e, com os resultados obtidos, proceda-se nos termos da legislação eleitoral”. A defesa do ex-prefeito Professor Eduardo entende que no despacho não foi solicitado a diplomação imediata, apenas a retotalização. O agravo do litisconsorte, no entanto, foi julgado ontem (dia 3), mas foi negado pela Corte, que entende que as condenações supervinientes devem ser analizadas no Recurso Contra Expedição de Diploma (Reced), que já se encontra no Tribunal, aguardando parecer do Ministério Público Eleitoral. Os petistas também aguardam o julgamento final do um Mandado de

Segurança (MS) ou a derrubada de uma Medida Cautelar (MC), a qual o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) condiciona a posse de Bello. Entenda o caso Fábio foi o mais votado nas Eleições 2012, mas teve o seu registro de candidatura negado pela Justiça Eleitoral com base na Lei da “Ficha Limpa” por ter sido condenado pelo Tribunal de Justiça (TJ-SP) pela contratação sem licitação de transporte escolar no período em que era prefeito de Ibiúna. Isso garantiu a diplomação do ex-prefeito Professor Eduardo, que foi o segundo colocado no pleito. Entretanto, Bello conseguiu, em outubro do ano passado, uma Medida Cautelar no STJ anulando os efeitos da condenação no TJSP, até que o mérito do processo seja julgado pela corte. Com a Cautelar, o TSE, em sessão realizada no dia 27 de junho, entendeu que Fábio Bello poderia sim assumir a prefeitura de Ibiúna. Só que a publicação do acórdão levou mais de 40 dias e só saiu no dia 6 de agosto.

Ibiunenses conquistam 9 medalhas no Kickboxing

3

Claudino Piletti Em certa ocasião, no meio da floresta, o leão, considerado o rei dos animais, encontrou o elefante e, de nariz empinado, lhe perguntou: - Diga-me, meu fiel súdito elefante, quem manda na floresta? O elefante, com sua enorme tromba, agarrou o leão e jogou-o para o alto. O “rei dos animais”, estatelou-se no chão e, ainda tonto, disse ao elefante: - Perguntar não ofende, senhor elefante. É claro que quem manda na floresta é você! Há um provérbio que diz: “Se o elefante soubesse da sua força, seria o dono do circo”. O mesmo pode-se dizer do povo: se ele soubesse da sua força, seria o dono, por exemplo, desse circo mambembe e na lona em que se tornou o nosso município. Aliás, dizemos “nosso município” por força do hábito. Na realidade, porém, ele não nos pertence. Se nos pertencesse, teríamos o poder de decisão para mudar a caótica situação em que ele se encontra. Tal é o caos que já não se pergunta: “Quem é o prefeito?”, mas “, “Quem é o prefeito de plantão”? O povo, só raramente toma consciência de que é, ou deveria ser, o verdadeiro dono do circo. Ele, geralmente, é engabelado, isto é, enganado com as falsas promessas dos que se consideram os reis da cocada preta. O que se verifica, atualmente, é que mesmo políticos novos, vão com tanta sede ao pote do poder que, logo esquecem o povo. Só até as próximas eleições, é claro.

Enquanto isso, povo, só em poucos momentos privilegiados toma consciência do seu poder. Um desses momentos ocorreu por exemplo, nas manifestações de junho, quando, no cartaz de um manifestante, podia-se ler “ Ih, fodeu ! O povo apareceu.” E, em outro: “O povo acordou, falta ao Brasil dos grandes acordar” . E, num terceiro cartaz, o seguinte recado: “ Governantes aprendam a ceder à vontade do povo, pois esse é só o começo”. Oxalá isso seja verdade! Mas, para tanto, o povo precisa se organizar, pois, já não dá mais para confiar nos nossos partidos. Por isso um cartaz das manifestações dizia: “O povo unido não precisa de partido”. Se não precisa de partido, precisa de organização. Só com a tromba com a qual anda, o povo não conseguirá jogar para o alto os que se consideram reis e donos da nossa escura floresta. PS: Um leitor mandou à redação desse jornal um e-mail discordando de certos aspectos do meu artigo anterior, intitulado “A corrida entre aprendizagem e vadiagem”. Fiquei duplamente feliz. Primeiro, por saber que tenho um leitor. E, segundo, por discordar de mim. O progresso, no pensamento humano, só existe porque nem todos pensam igual. Só que esse simpático leitor, na minha opinião, não precisava concluir sua importante mensagem, dizendo: “Senhor eles não sabem o que escrevem!!!”.

Ex-secretário de turismo nega informações do atual prefeito A equipe ibiunense Dragões do Kickboxing, liderada pelo Mestre Marcinho Xavier e o Professor Guto Salustiano, mostrou toda sua força e técnica nas competições em que disputou. Desta vez foi na Copa Brasil de Kickboxing, que é a prova seletiva para o Campeonato Sul Americano, realizado na cidade de Maringá, de 5 a 8 de Setembro. A delegação, composta por quinze atletas, conquistou nove medalhas para Ibiúna. “Somos uma modalidade esportiva que está representando muito bem o nosso munícipio. Neste

Ed. 307.pmd

Mesmo com a decisão do TSE, no último dia 21 de agosto, o juizsubstituto da 2ª Vara de Ibiúna, Bruno Luiz Cassiolato, negou o pedido de diplomação de Fábio Bello. Entretanto, no dia 30 de agosto, a juíza Clarissa Campos, mesma que indeferiu a liminar, acatou um Mandado de Segurança interpelado por Fábio Bello determinando a recontagem dos votos das últimas eleições para prefeito no município, fato este que ocorreu no dia 6, no Cartório Eleitoral de Ibiúna, onde centenas de pessoas comemoraram a diplomação.

Afinal, quem é o dono do circo?

ano já somamos 64 premiações, dentre competições regionais, estaduais e nacionais. Tenho que agradecer primeiramente a Deus e a todos meus atletas, pois são verdadeiros guerreiros (as) que se dedicam muito no que fazem e na maioria das vezes, ainda são pouco reconhecidos”, desabafa Marcinho. Finalizando, Marcinho e equipe agradecem á todos os seus patrocinadores e amigos que foram fundamentais nesta grande conquista. O C.T. Dragões do Kickboxing fica localizado na Rua: Estados Unidos, 382.

O ex vice-prefeito Adal Marcicano, responsável pela Secretaria de Cultura e Turismo de Ibiúna, de janeiro a setembro deste ano, afirma que não é verdade que a verba do DADE de 2013, recurso repassado às estâncias turísticas paulistas, via convênio com o Estado, foi perdida, como divulgou a Revista Vitrine Ibiúna. O projeto está pronto e aprovado pelo COGUI, Conselho responsável que aprova os objetos de convênios das Estâncias Turísticas juntamente com o governador. Parte da verba será destinada para o término de ciclovia e academia ao ar livre na área de lazer

04/10/2013, 01:45

e a outra parte é para o projeto de reurbanização e revitalização das avenidas São Sebastião, Maria La Farina Milane, Vereador Benedito de Campos, Capitão Manoel de Oliveira Carvalho, além das ruas XV de Novembro, Pinduca Soares, Rua da Bica e do Correio. Afirma ainda que dificilmente se conseguirá mudar o objeto do convênio e apresentar outro projeto no prazo correto. “Temos que reunir o Comtur e a população para fiscalizar as obras do Terminal Rodoviário. Tivemos que devolver o dinheiro na conta do convênio, já que o mesmo desapareceu na gestão 2012”, finaliza Adal.


Página-4

Sexta-feira, 04 de outubro de 2013

Carlinhos e Professor Eduardo conseguem cinco novos Postos de Saúde para Ibiúna O presidente da Câmara Municipal, Carlinhos Marques (PT), e o ex-prefeito Professor Eduardo (PT) conseguiram mais quatro Unidades Básicas de Saúde (UBS) para Ibiúna, além de a retomada das obras do Posto de Saúde do Distrito do Paruru. No total, o Ministério da Saúde irá repassar mais de R$ 1,8 milhão para o município construir os novos postos. O vereador Carlinhos enfatizou que o recurso é proveniente de um esforço durante uma viagem a Brasília, neste ano, onde fez o pedido diretamente ao Ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e ao seu assessor André Segantin. “Todos os projetos que estamos protocolando nos Ministérios estamos sendo atendidos, porque temos um bom relacionamento com o Padilha e diversos deputados que intercedem por nós nos ministérios”, disse o parlamentar. Já o ex-prefeito Eduardo também destacou a influencia política da dupla petista. “Ibiúna foi uma das cidades mais beneficiadas da região em Unidades Básicas”,

Gloria Piletti

lembrou o Professor. Cerca de meio milhão de Reais já foram depositados na conta da secretaria de saúde do município e a licitação para as obras deverá ser iniciada ainda este ano. “Todas as licitações serão feitas nos próximos meses e as obras devem ter início logo no início de 2014. Serão, ao todo, cinco bairros diretamente beneficiados, sem contar as comunidades vizinhas”, disse o vereador, que na sessão da Câmara passada, enviou requerimento ao prefeito Fábio Bello de Oliveira (PMDB) solicitando informações dos convênios. Os bairros

beneficiados serão: Tavares, Lageadinho, Rosarial e Pintos – além do Paruru. Ônibus Outro recurso conseguido pela dupla anteriormente, foi para compra de 10 micro-ônibus escolares. O recurso já foi depositado na conta da prefeitura e a compra já foi realizada. Um dos veículos já chegou ao município. Os outros nove estão previstos para chegar ainda este mês – os ônibus são da Iveco, responsável pela entrega dos carros 0 km. Os recursos são de R$ 1,5 milhões.

Alunos da SOS Itupararanga elaboram diagnóstico ambiental Conhecer as riquezas naturais, as diferentes paisagens e os problemas ambientais existentes no município de Ibiúna são os objetivos do projeto desenvolvido pelos alunos da SOS Itupararanga. Através das visitas de campo, entrevistas com a comunidade e registros fotográficos, os alunos estão elaborando um diagnóstico nos bairros localizados ao longo dos Rios Sorocabuçu, Sorocamirim e Una, principais formadores da Represa Itupararanga. A dinâmica do projeto permite que os alunos visualizem os impactos e, assim, compreendam como podem ser comprometidas a qualidade e a quantidade das águas da represa, principal manancial de abastecimento público da região.

Ed. 307.pmd

4

As Crianças na Sociedade do Excesso Por volta do século XVII, Lord Rochester confessou: “Antes de me casar, eu tinha seis teorias sobre como as crianças devem ser criadas; hoje eu tenho seis filhos e nenhuma teoria”. Atualmente, as teorias sobre como educar as crianças se multiplicaram, o número de filhos por casal diminuiu e, quando temos filhos, ainda nos encontramos perdidos sobre como educá-los. Por quê? Antes das crianças nascerem, normalmente, os pais procuram se informar sobre como agir e o que fazer para educar seus filhos. No entanto, quando as crianças nascem, os desafios do cotidiano parecem não estar de acordo com o que foi planejado. A principal dificuldade, ao educar as crianças, é encontrar o equilíbrio entre o desejo de agradar e a necessidade de impor limites. Ao agradar, os pais obtêm rapidamente afeto e atenção das crianças. Ao impor restrições, a curto prazo, são retribuídos com desafeto ou descaso. No entanto, há o ditado popular que diz “dá a uma criança e a um porco tudo o que querem, e terás um excelente porco e uma péssima criança”. Assim, para uma criança, se dá o que ela precisa para se tornar um adulto capaz de viver em sociedade ciente de seus direitos e deveres. Outro fator interessante é a tendência de acreditarmos que a

felicidade está atrelada somente a momentos de êxtase e alegria intensa, ou seja, a fazer aquilo que queremos. O filósofo Jean-Paul Sartre afirmava “A felicidade não está em fazer o que a gente quer e sim em querer o que a gente faz”. Ou seja, não fazemos as crianças felizes quando satisfazemos todas as suas vontades, mas a ensinamos a ser felizes conhecendo, controlando seus desejos e valorizando suas conquistas. Assim, para enfrentar os desafios de educar uma criança em uma sociedade de excessos e desejos insaciáveis, onde quanto mais teorias, mais dinheiro, mais “amigos”, mais coisas você tem, mais feliz e controle você parece ser, é preciso, simplesmente, não cometer excessos. Isso significa que é preciso ser cauteloso, ter paciência e lembrar o que ensinou Bertrand Russel “ficar sem algumas das coisas que desejamos é parte indispensável da felicidade”.

Silvinha é destaque na Revista VIVABELEZA

Assoreamento dos córregos, disposição inadequada de lixo e falta de saneamento são alguns dos problemas observados pelo grupo. Os alunos fizeram um passeio de Catamarã pela Represa Itupararanga, promovido em parceria

com o Projeto Olho D´Água, que possibilitou a observação dos diversos tipos de ocupação existentes no entorno do reservatório e levou à reflexão sobre a necessidade de planejamento e fiscalização, essenciais para garantir a preservação deste patrimônio. O aterro sanitário de Ibiúna também foi visitado pelos alunos e foi uma importante oportunidade para conhecerem a destinação de resíduos no município.

Silvinha Vasconcelos, cabelereira ibiunense do salão Bella Boutique, foi escolhida entre centenas de profissionais para ser destaque na revista Viva Beleza. O conteúdo da revista traz o que há de melhor em cortes de cabelos, colorações, novas tendências, maquiagem e lançamentos de produtos direcionados à beleza da mulher. Na revista, Silvinha, juntamente com sua modelo Bianca Pinheiro, explica como utilizar o produto de cabelos Açaí Nutricare, da BEOX, que é indicada para reconstruir, hidratar e nutrir todos os tipos de cabelos. Parabéns Silvinha por mais esta conquista! A Bella Boutique

04/10/2013, 01:45

está localizada na galeria do Posto Ipiranga – Tel (15) 32481786 – (15) 9-9718-5410.


Página-5

Sexta-feira, 04 de outubro de 2013

Ibiúna participa da Expocavalos XCO Terra Preta agita Ibiúna em Prova Radical Segundo eles, a prova atingiu um número expressivo de participantes através da Coudelaria Função (86 atletas), haja vista que a adesão

Luíza Magalhães, cavaleira e treinadora da Coudelaria Função e integrante do Time Brasileiro de Adestramento, fez uma apresentação inédita no Brasil: montou no estilo Amazona, que é feito com o uso da Side Saddle, sela bastante antiga da época Vitoriana, onde as mulheres só podiam cavalgar de lado. Luíza fez demonstrações de adestramento durante todo o evento, realizado entre os dias 26 a 29 de Setembro, no Parque da Água Branca, em São Paulo. Também representando a Coudelaria, Ndzinji Pontes apresentou-se montado num garanhão e fez demonstrações dos exercícios mais complexos de uma prova de Grande Prêmio de Adestramento. Já Izabela Sanches, sócia proprietária da Coudelaria, apresentou-se em uma palestra durante o Seminário da Expocavalos, sobre o tema bem estar animal. Ndzinji também foi mentor de uma palestra durante o seminário, cujo tema foi a relação entre a equitação

Ed. 307.pmd

5

acadêmica e as diversas raças e modalidades esportivas. “Estamos felizes e gratos pelo convite em participarmos da primeira e da segunda edição do evento que ocorreu este ano. Sem dúvida, a Expocavalos é uma feira em ascensão e apresenta uma série de condições propícias para tornar-se um dos grande eventos equestres brasileiros. O Brasil precisa de iniciativas como essa, oportunidades de visibilidade da nossa equideocultura, mostrando o alto nível dos nossos profissionais. As palestras técnicas e informativas foram essenciais, pois são ocasiões favoráveis ao estudo e reflexão. Ficamos muito satisfeitos com a receptividade e interesse no tema de nossa palestra. Acreditamos no crescimento desse evento e esperamos mais adeptos para a próxima edição. Para nós foi uma satisfação participarmos e nos colocamos novamente à disposição”, afirmou Izabela. A Coudelaria Função está localizada no bairro do Lageadinho. Tel.: (15) 3294-2082.

No dia 15 de Setembro, ocorreu a prova de Mountain Bike mais emocionante já realizada na cidade de Ibiúna. O XCO Terra Preta foi uma prova realizada num circuito de 6,5 km, com grau de dificuldade elevado, no qual atende os prérequisitos de um circuito de nível olímpico. O trajeto, que teve concentração e largada do Mirante da Figueira, percorreu as trilhas conhecidas pelos ibiunenses como “Lost”, chegando até a estrada da Cachoeira, de onde os atletas retornavam ao Mirante praticamente em trilhas e estradas de terra. Segundo os organizadores do evento, Marcelo Freitas e Bruno

Gamarano, as expectativas foram atingidas, visto que os atletas ficaram impressionados com o visual e com a qualidade do circuito. “Não houve uma crítica negativa sequer, muito pelo contrário, mesmo aqueles que caíram só elogiaram o circuito, que foi o caso da atleta Janaina Carvalho que ficou orgulhosa por ter caído e mesmo assim vencido a prova na categoria feminina” enfatizou Marcelo. Para incentivar a prática esportiva à população, os organizadores isentaram da taxa de inscrição os atletas de Ibiúna e atletas juniores (menores de 18 anos), a fim de fomentar o esporte olímpico e descobrir novos talentos de Ibiúna.

para esta modalidade do Mountain Bike gira em torno de 70 atletas, mesmo em competições de nível mundial. Os destaques da competição foram os atletas: Samuel Spexotto (17 anos) da categoria Junior, que completou a prova com a volta mais rápida, em apenas 20 minutos; Janaina Carvalho que superou as adversidades e venceu a categoria feminina e o atleta de Suzano Sidney dos Santos, que conseguiu ultrapassar na última volta, o atleta Willian Soares Rebouças, da equipe Pedal Power de São Paulo. As próximas competições de MTB em Ibiúna estão previstas para o início do próximo ano, mas a Bikenexs promete um calendário de férias bem agitado ainda para este ano. Participe do “Ibiúna Night Riders”, passeio de bicicleta no perímetro urbano destinado a iniciantes no ciclismo, gratuito, todas as quintas-feiras, às 19h30, com saída em frente à Bikenexs (na Rua da Bica, atrás da Igreja Matriz).

O Conselho Municipal de Turismo de Ibiúna (COMTUR), com a finalidade principal de gerar ações voltadas para o desenvolvimento do turismo no município, convida todos os empresários do setor e interessados a participarem da reunião ordinária, que acontecerá no dia 05 de novembro de 2013, terça-feira, às 19h, no Auditório Municipal Rui Barbosa, situado à rua Benjamin Constant, 80. A reunião contará com a participação de Sandro Cobello, exchefe da Secretaria de Turismo de

São Roque, convidado pelo atual presidente do COMTUR de Ibiúna, Sr. João Giancoli, durante o Seminário de Turismo Rural em Itu, no mês de setembro. Sandro fará uma palestra sobre como o COMTUR pode atuar efetivamente no desenvolvimento do turismo local. A reunião também terá a presença do empresário Marcelo, da Bikenexs de Ibiúna, que abordará a temática sobre desenvolvimento do turismo através do ciclismo. Além dos palestrantes, a reunião também terá como foco outros

assuntos de suma importância e interesse, como a proposta para a realização do mapa comercial e turístico para o município e a parceria com o Sindicato Rural para trazer o curso de Turismo Rural para a cidade no próximo ano. Contamos com a presença e apoio de todos para ajudar no desenvolvimento turístico de nossa querida estância. Todas as reuniões do COMTUR acontecem nas primeiras terças de todo mês, às 17h, no auditório municipal, no mesmo prédio da biblioteca.

COMTUR de Ibiúna convida

04/10/2013, 01:45


Página-6

Sexta-feira, 04 de outubro de 2013

Ibiúna fica sem CND e pode perder convênios Ibiúna perdeu novamente a Certidão Negativa de Débitos (CND) – uma espécie de SCPC dos municípios – e está impedida de receber diversos recursos dos governos estadual e federal. O problema foi o principal destaque da Audiência Pública da Comissão de Finanças e Orçamento, realizada na última quinta-feira (26) na Câmara Municipal. Durante os debates, foi levantado que a dívida total da prefeitura é de aproximadamente R$ 85 milhões, sendo este rombo acumulado nos últimos 15 anos. A audiência foi presidida pelo vereador Leôncio Ribeiro da Costa (PDT) e contou com a presença do secretário Municipal de Finanças, César Ossamu Anno e do contador Cleiton Fernandez, além de vereadores, imprensa e outros munícipes. O secretário de finanças informou que está se dedicando ao máximo para reativar a CND. “O rombo com o INSS é muito grande, pois somente neste ano estamos devendo R$ 9 milhões. Foi feito um parcelamento em janeiro, pagaram a primeira parcela, mas as demais tentaram fazer compensações através de um escritório de advocacia, que não passou de uma farsa. Em julho, o acordo foi cancelado e, em agosto, a certidão negativada novamente. O maior problema é que nem o INSS sabe ao certo quanto é a dívida total do município, uma vez que não foram geradas nem as guias nos anos de

2011 e 2012. Uma falha muito grave que estamos tentando regularizar”, declarou César. Sem a CND, o município fica impedido de firmar convênios para receber emendas e outros recursos, sendo que alguns já estão estourando o prazo para entrega de documentação e podem ser cancelados. O vereador Pedrão da Água (PTB) questionou qual o valor real da dívida do município e também pediu aos presentes que informassem quem são os auditores que estão realizando a tão comentada auditoria feitas nestes primeiros dias de governo Fábio Bello (PMDB). O contador Cleiton informou que nunca dá para se saber ao certo o valor dos débitos, uma vez que a cada dia aparecem novas contas a pagar, como ações judiciais, convênios que não foram prestados contas e a prefeitura precisa reembolsar, além de outras cobranças. “Acreditamos que continua em torno de R$ 85 milhões, como foi anunciado no inicio do ano. Só de restos a pagar, que são fornecedores ou prestadores de serviço que não receberam, a prefeitura deve mais de R$ 37 milhões. Isso sem contar INSS (quase R$ 40 milhões no acumulado dos anos), FGTS, precatórios e outras dívidas”, declarou Cleiton. Outro problema grave é a folha de pagamento, que está consumindo mais de 57% do orçamento, sendo que o máximo permitido pela Lei de

Sucesso total no Bon Odori

Takano, Joogi, Jodi e Ricardo

O Centro Cultural de Ibiúna(CCI) realizou no ultimo dia 14, a tradicional festa do Bon Odori. Havia mais de 600 pessoas, entre os convidados, estavam o Deputado Estadual Jooji Hato (PMDB) e o representante do deputado federal Walter Ihoshi (PSD), Massa. Nessa festa as pessoas

demonstram gratidão pela boa colheita e celebram as almas de nossos antepassados através da dança (Bon Odori), ao som dos tambores típicos japoneses (Taiko), das flautas de bambu e muita musica. O organizadores do CCI agradecem a colaboração de todos os participantes.

Responsabilidade Fiscal é 52%. “Não se pode contratar mais para não agravar a situação. Além disso, também já foi atingido os 30% de remanejamento do orçamento, sendo que para alterá-lo será necessária a aprovação dos vereadores”, alertou o contador. Ele informou ainda que de janeiro a agosto de 2013, a prefeitura empenhou R$ 74 milhões, dos quais pagou R$ 62 milhões, sendo que muitas destas contratações já foram contabilizadas até dezembro, o que torna a situação controlável. “São prestações de serviço que foram contratadas até o final do ano e a prefeitura vai pagando gradativamente, conforme o serviço é executado. Já as dívidas dos anos anteriores, o prefeito Eduardo não pagou quase nada no tempo em que esteve na prefeitura, sendo que o primeiro precatório iria ser acertado em setembro, mas foi adiado diante da mudança na administração”, explicou Cleiton. Leôncio solicitou que o balancete e os documentos sobre a contabilidade da prefeitura sejam enviados com pelo menos quinze dias de antecedência da reunião para que possam ser analisados mais detalhadamente pelos vereadores. “Não tem como a gente analisar números tão complexos em quinze minutos. Espero que nas próximas reuniões os documentos venham a esta Casa com antecedência e mais claros para que possamos entender melhor”, finalizou o presidente da Comissão. Fonte: Jornal do Povo

O Dia do Médico e a saúde em Ibiúna

No “Dia do Médico”, próximo dia 18 de Outubro, os médicos que prestam serviços em Ibiúna não encontram motivos para comemorar o seu dia. Contudo, o ideal de praticar uma medicina mais humana, não foi interrompido mesmo com a falta de pagamento. Com desprendimento e dedicação, alguns profissionais idealistas continuam trabalhando sem receber, desde a época do secretário da saúde da gestão Coiti. Ao assumir a Prefeitura, o prefeito Eduardo procurou negociar com todos profissionais da saúde, inclusive os médicos, e conseguiu normalizar os serviços, melhorando o padrão de atendimento, recebendo elogios dos usuários. Com a volta do caos administrativo a partir de 6 de setembro, novamente os médicos encontram-se na rotina de angústia e incerteza. Em nome do povo, VOZ de IBIÚNA parabeniza os médicos no seu DIA e agradece a classe médica que dedica sua vida à saúde da população.

Será que sua empresa anda conversando com o poste? Fernando Moraes Na minha infância, sempre via um cidadão que, devido a uma deficiência mental, saía pela rua falando com postes, árvores, orelhões, como se fossem pessoas. Quem via se espantava por não ser algo normal. “Poste não ouve, poste não fala”, diziam. Entretanto, muitas empresas, associações, sindicatos, entre outras entidades, conversam com “postes”, “árvores”, coisas do gênero, sem se darem conta de que estão reproduzindo o mesmo ato de nosso amigo da introdução do texto. A comunicação tem uma estrutura básica. Em um artigo de jornal, por exemplo, a mensagem parte do emissor (jornalista ou redator), que emite uma mensagem (o assunto de uma reportagem), por meio de um canal (jornal), que é recebida pelo receptor (você, leitor), que domina as chaves para a decodificação da mensagem (língua portuguesa). Se este jornal não chega até o destinatário final, não adiantam os esforços do jornalista para escrever uma grande matéria, já que não será lida. Eu vejo muitas dificuldades de entidades civis organizadas de identificarem seus públicos de interesse, saber que meios de comunicação eles consomem (rádio, jornal, murais em ônibus ou comércio, internet, etc), bem como levar até eles assuntos pertinentes de forma eficaz. E isso é um prejuízo muito grande, pois a comunicação é imprescindível para o sucesso das organizações. Para ser forte e representativa, a entidade tem que atrair e conquistar pessoas. Simples. Já vi informações sobre cursos oferecidos por uma entidade serem anunciados em carros de som pelas ruas do centro da cidade. Várias coisas me intrigaram: 1) A mensagem era destinada para pequenos produtores rurais; 2) A mensagem era enorme e, mesmo que eu tivesse algum interesse em seu conteúdo,

Classificados Vende-se: Sítio 60.000 m² 2 casas simples, barracão, agricultura, Escritura, nascentes, excelente local. R$260 mil. Tel.: (15) 3248-1442. Vende-se: 2 casas, Residencial Europa, doc. Ok. para financiamento. 2 quartos, sala e cozinha. Tel.: (15) 99779-1104.

Ed. 307.pmd

6

04/10/2013, 01:45

não consegui identificar o que a entidade queria dizer por completo. Ou seja, sabia que era um curso para produtores rurais, mas não sabia quem promovia, a data, horário e local de realização, uma vez que só ouvi o meio da mensagem; 3) ainda que o texto fosse curto e eu fosse o público-alvo, seria insuficiente para que o meio me possibilitasse argumentos para me convencer, em tão pouco tempo, de que seria fundamental fazer o curso. Ou seja, neste caso o emissor, ou seja, a entidade, escolheu mal o meio e o canal de divulgação, elaborou a mensagem de forma equivocada e, por fim, não sabia se estava falando com seu público. Certamente não estava, estava falando sozinha, ou com postes. A atitude correta seria profissionalizar a comunicação destas entidades. Hoje há empresas preparadas para identificar os públicos de interesse, compreender que canais estes se utilizam para se manterem informados, elaborar mensagens para que estes públicos possam decodificar com facilidade, criando uma comunicação viva e eficiente. A informação tem valor. E este valor é muitas vezes subestimado. Se você é empresário, diretor de associação, cooperativa ou sindicato, experimente optar pela comunicação organizacional estratégica. Certamente, perceberá em pouco tempo que o preço que se paga por uma comunicação falha é infinitamente mais caro que o investimento em estratégias de comunicação eficientes, planejadas por profissionais habilitados. Até a próxima! * O autor é Jornalista, Relações Públicas, especialista em Comunicação Organizacional Integrada pela Faculdade Cásper Líbero. Diretor da ALivre Comunicação. moraes.fernando@terra.com.br


Página-7

Sexta-feira, 04 de outubro de 2013

Professores que Inspiram Ana Cristina Piletti Há pessoas que marcam nossas vidas. Entre elas, estão parentes, amigos e entes queridos. Às vezes, esta lista de referências inclui alguns mestres, ou seja, professores que nos serviram ou servem de inspiração. No entanto, quem são estes profissionais e quando eles se tornam tão especiais? Há uma frase que diz: “Professor é alguém que fala no sono dos outros”. Podemos afirmar que o professor é aquele que desperta o indivíduo para o conhecimento ou desejo de algo novo. É aquele que desafia o aluno para querer saber mais ou construir algo diferente em sua vida. Esse é o sentido de inspiração, termo de origem no latim inspiratio que, em português, significa “soprar em”. Na área da saúde, inspirar é “encher os pulmões de ar” e na área da educação, inspirar seria “encher os aprendizes de sonhos”. Por isso, o professor que desperta o estudante para o saber, também lhe dá motivos e perspectivas para querer conhecer. Assim, inspirar é estimular, incentivar as pessoas para uma nova forma de pensar e fazer. A pergunta é: Como um professor inspira alguém? No universo corporativo e político, é comum a divulgação de

personalidades que inspiram. Na área dos negócios e do governo, essas pessoas são chamadas de líderes como definiu o advogado e político americano John Quincy Adams “Se as suas ações inspiram outros a sonharem mais, a aprenderem mais, a fazerem mais e a serem mais, você é um líder”. Desta frase, já aprendemos que a forma de agir é a principal maneira de inspirar alguém. Ou seja, os professores que nos inspiram e mais nos inspiraram, com certeza, são educadores de ação. Pessoas que, com muita distinção, mantiveram um comportamento alinhado aos seus discursos e serviram de exemplos para seus alunos. Enfim, professores que inspiram são aqueles que conseguem conduzir os alunos “de onde eles estão para onde eles ainda não estiveram”.

Cetril consegue 18% de redução nas contas de energia O presidente da Cetril Nélio Antonio Leite anunciou, na última semana, que após muito empenho da direção da cooperativa, junto a Agencia Nacional de Energia Elétrica (Aneel), foi aprovada a redução tarifária da Cetril e o desconto, segundo ele, deve chegar a 18%. Em janeiro, a presidenta Dilma Rousseff anunciou redução nas tarifas de energia elétrica para todos os brasileiros, no entanto, a Resolução nº 579 incluía apenas as cooperativas concessionárias. “A não inclusão da Cetril gerou vários questionamentos dos nossos consumidores. Todos queriam saber por que a cooperativa não repassava o desconto. Muitos não entendiam que a nossa cooperativa não estava nas normas da Resolução”, argumentou o

Ed. 307.pmd

7

presidente. Nélio Leite ressaltou que “nosso trabalho foi intenso, fizemos várias incursões junto a Agência (Aneel), onde apresentamos solicitações e protocolamos inúmeros ofícios pleiteando o desconto na tarifa de energia elétrica, também para as cooperativas permissionárias. Este mês, tivemos uma resposta positiva ao nosso pleito e estamos repassando um desconto de 18%”. O novo percentual passou a valer na conta de agosto. A medida não será retroativa ao mês de janeiro, conforme solicitação da cooperativa. “Até o final do ano, poderemos transmitir boas notícias ao consumidor da Cetril. Em outubro teremos nova revisão tarifária e o nosso objetivo é reduzir ainda mais o custo final ao consumidor”, garantiu o presidente.

Fábio Bello faz críticas às gestões anteriores

Em sua primeira entrevista coletiva após reassumir a prefeitura de Ibiúna, Fábio Bello (PMDB) fez graves acusações aos seus antecessores Coiti Muramatsu (PV) e Professor Eduardo (PT). O novo prefeito recebeu a imprensa na tarde da última sexta-feira (13), no Gabinete, para revelar o resultado parcial de uma auditoria a qual ele e sua equipe se dedicaram mais de uma semana vasculhando contratos, notas fiscais, pagamentos, licitações e outros documentos. “Nossa prioridade agora é rever todas essas irregularidades encontradas na auditoria e encaminhá-las para que os órgãos competentes, como Ministério Público e Tribunal de Contas, tomem as providências cabíveis. Encontramos diversos crimes graves, como peculato, fraudes, superfaturamento, corrupção e

outros. Já cancelamos diversas licitações e contratos para que possamos refazer tudo novamente a preços reduzidos”, declarou Bello. Ele acrescentou que o próximo passo será reabrir as escolas que estavam fechadas na zona rural, bem como reativar o Centro de Educação Especial “Arco Íris”, em 15 dias. Supostas Irregularidades Bello distribuiu aos presentes na coletiva um documento contendo 15 possíveis irregularidades encontradas durante a auditoria. “São atos de improbidade administrativa, e peculato”. Além dos itens relacionados, o novo prefeito disse que já suspendeu os contratos com a empresa que fazia o fornecimento de medicamentos para o Hospital Municipal e Mandados de Segurança, bem como o das máquinas que estavam realizando

a manutenção das estradas rurais e também os de fornecimento de carnes, merenda escolar, materiais de construção e produtos de limpeza. Ele ainda falou que será rescindido o contrato com a empresa Ibis que vem administrando o Hospital Municipal, assim como o da empresa Cecan, responsável pelo processamento de dados de toda a prefeitura. Bello ainda acusou o ex-prefeito Eduardo de inchar a folha de pagamento dos funcionários, com a contratação de 57 funcionários para o Centro Olímpico Municipal e outros trinta para o Centro de Zoonoses. O novo prefeito considerou um absurdo contratar serviços de som para os eventos realizados no município por R$ 800 mil, assim como a contratação de empresa para instalação de placas de sinalização no centro da cidade.

Professor Eduardo dispara contra acusações infundadas: “É nojento!” “É natural que quem entra na Administração aponte pontos negativos da anterior e até alguns números aparecerem distorcidos. A maior parte do que foi apontado “preliminarmente” se refere a gestão de Coiti Muramatsu e resquícios do próprio gestor atual, pois a situação financeira do município vem sendo destruída há muito tempo. E não fomos nós que provocamos isso. Falou-se em “milhões” porque isso chama a atenção e assusta. Todas as eventuais denúncias devem ser apuradas e existem órgãos competentes para isso. Agora, o absurdo é levantar suspeitas para justificar a rescisão de contratos, para justificar a realização de outros com pessoas ou empresas próximas do gestor, deixando de pagar quem justamente trabalhou. Isso é nojento, é injusto, é típico da velha politicagem do tipo ‘não

se paga, deixa ficar ruim, rompese o contrato, aí justifica-se novas contratações com quem se quer ou com quem ajudou na campanha’, que sabemos foi milionária. Na entrevista, por que não se falou dos parcelamentos que fizemos das imensas dívidas que encontramos? Por que não se falou das devoluções de dinheiro, referente a convênios, que foram feitas e que ainda devem ser feitas, inclusive de 2002, 2004 e 2008? Quem vai pagar por isso? Por que não se falou dos recursos que conquistamos e que ainda chegarão para saneamento, asfalto, creches, centro do idoso, ambulância, ônibus escolar, internet grátis etc? Não desviei nada, não me enriqueci, e estou

Retratação

O Jornal VOZ de IBIÚNA afirma que a publicação inserida na edição nº 305 de 08 de Agosto de 2013, sob o

04/10/2013, 01:45

tranquilo quanto aos a t o s administrativos formalizados. Quem me conhece de verdade, sabe onde moro e como vivo. No dia 10/09 entreguei um relatório de cada setor para o gestor atual, com cópia para a Câmara e o Ministério Público. Quem ainda tiver dúvidas que procure saber junto a esses órgãos. Cobre, procure saber, é seu direito, pois o dinheiro é público, portanto, seu. Desculpe-me pelo pouco que fizemos, esperamos um dia poder ter a oportunidade de fazer mais. Bom trabalho e votos de sucesso ao atual prefeito porque Ibiúna precisa para o bem do seu povo, ou seja, todos nós.”

título “Associação Comercial vê Grande Movimentação para o dia dos Pais”, não foi autorizada pela Associação Comercial e Empresarial, sendo, portanto, de responsabilidade do VOZ.


Página-8

Sexta-feira, 04 de outubro de 2013

Fábio Bello nomeia parentes em sua equipe de Governo O novo prefeito Fábio Bello (PMDB) já confirmou a nomeação de 14 secretários municipais. Todos os nomes já foram confirmados na Imprensa Oficial do município. O irmão do prefeito, Alexandre Bello, será Secretário de Governo; sua mãe, Nydia Bello de Oliveira, volta a comandar a secretaria da Educação; a esposa e primeira dama, Deize de Oliveira Simão, estará à frente da Secretaria de Promoção Social, mesmo cargo que ocupou nas duas primeiras gestões de Bello; para a secretaria de Rendas Internas, foi nomeado o seu primo Sergio Pires de Almeida; o secretário de Finanças será César Ossamu, que era o Tesoureiro nas gestões anteriores do peemedebista; como secretário de Saúde, assume Reginaldo Ribeiro, que também já havia ocupado o mesmo cargo em 2008; para a secretaria de Assuntos Jurídicos foi nomeado o advogado

Douglas Bigarelli Rocha de Jesus; para o Desenvolvimento Urbano, assumiu a função Mario Aceiro; na Habitação, o ex-vereador Elizeu Dias; na Agricultura, Fausto Dourado também foi nomeado; no esporte, assumiu a função o presidente do Partido Popular Socialista (PPS), Nelson Nogueira, companheiro de partido do vereador Beto Arrais; para o turismo, o empresário Humberto Forli; na pasta de Controle de Arrecadação, Valter Barbosa; no meio ambiente, José Benedito, tio da vereadora Rozi da Farmácia (PV). A Guarda Civil Municipal será comandada por Benedito Alves dos Santos e pelo subcomandante Cesar Siqueira. Ainda não foram anunciados oficialmente os secretários para as seguintes pastas: Segurança Pública; Administração; Obras e Indústria e Comércio.

15 de outubro - Dia do Professor - A Beira do Colapso Há muito ouvimos alertas em campanhas de conscientização sobre uma possível extinção de espécies animal ou vegetal. São medidas de extrema importância para a plena manutenção do ecossistema do Planeta. Várias instituições de todo o mundo têm desempenhado com relevada competência, o papel de divulgação e difusão da necessidade cada vez maior da preservação de determinadas espécies a fim de evitar um descalabro à fauna e flora do Brasil e do mundo. Caro leitor, essa introdução proposital foi para chamar sua atenção sobre um problema tão importante quanto o abordado anteriormente. Diz respeito à desvalorização do papel do Professor. Após atuar na função há quase duas décadas, posso afirmar que atravessamos dias extremamente críticos que nos levarão a situação símil. Basta observar que, de todos os alunos que passaram por mim, pouquíssimos se tornaram professores. Qual seria a razão? Qual seria o motivo de universidades de grande porte fecharem cursos de licenciatura nas áreas de História e Geografia? Que campanhas efetivamente poderíamos fazer para conscientizar principalmente os governos e a

Ed. 307.pmd

8

sociedade como um todo sobre a importância da preservação dessa importante espécie chamada Professor? Quem poderia nos auxiliar na divulgação e difusão da ideia de que sem Professor a ciência morre, sem ciência não há desenvolvimento e sem desenvolvimento o país chega à estagnação total? Logo, qualquer medida de urgência deverá ser tomada para que a falta desse profissional seja suprida. Mas, será que é necessário chegar ao fundo do poço para depois tomar alguma atitude? Tomara que todas as manifestações veiculadas em diversos meios de comunicação sejam suficientes para sensibilizar autoridades e medidas concretas venham ser efetivamente tomadas para que esse colapso seja evitado. Caso contrário, não chegaremos nem na metade do século XXI sem que essa tão importante espécie seja extinta. Mesmo assim, amigos (as) reúnam forças para continuar nossa luta para que essa catástrofe não ocorra. Para tanto, é necessário mais união, fé e coragem. Um abraço a todos nesse dia, sempre com esperança de dias melhores à nossa categoria. Dizem que ela é a última que morre. Não a deixe morrer! Professor Zacarias Pereira Sampaio - EE Lino Vieira Ruivo.

Vereadores questionam prefeito por nepotismo e outras ações Júlia Tanaka Nas duas últimas sessões da Câmara Municipal de Ibiúna, os vereadores apresentaram vários requerimentos questionando o prefeito Fábio Bello (PMDB), sobre alguns atos neste primeiro mês de mandato. O presidente da Câmara, Carlinhos Marques (PT), questionou o fato de mesmo Fábio já ter sido prefeito e saber que não pode publicar imagem de político na capa do jornal Imprensa Oficial, o mesmo apareceu na primeira edição do periódico durante seu novo governo. O vereador se referiu a edição de nº 438, de 20 de setembro, em que o chefe do executivo aparece com o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e com a presidente da SABESP Dilma Penna na capa. “É proibido por lei caracterizando promoção pessoal”, disse o parlamentar. Os vereadores também questionaram o fato das nomeações de parentes de Bello. O prefeito nomeou sua esposa, mãe, irmão e primo para secretários municipais. “É puro nepotismo, pode ser até legal, mas imoral para quem os contratou”, disparou o vereador Pedrão d’Água (PTB). Assinaram os requerimentos

Carlinhos (PT), Pedrão d’Água (PTB), Odir Bastos (PSC), Rodrigo Lima (PCdoB), Israel Zaia (PSDB) e Rozi da Farmácia (PV). Os assuntos abordados nos tais requerimentos causaram revolta em vários munícipes que manifestaram através de debates em sites e redes sociais na internet. “Muitas pessoas estão nos cobrando quanto ao nepotismo na prefeitura e a propaganda pessoal na capa da Imprensa Oficial. Como vereador, precisamos tomar providencias, uma vez que em menos de um mês dessa administração, já surgiram indícios de várias irregularidades. O atual prefeito fala muito em Auditoria para tentar encontrar falhas nos seus antecessores, mas comete ações suspeitas logo no inicio de seu mandato”, disparou o presidente.

Dr. Rodrigo de Lima apresentou dois requerimentos questionando a paralisação das obras da ponte do Distrito do Paruru e o atraso no pagamento dos funcionários do hospital que prestam serviços pelo Instituto Brasileiro de Interesse Social, que administra o hospital. “São trabalhadores e pais de família que não tem nada a ver com o momento político que Ibiúna vem passando e precisam receber seus salários”, argumentou Rodrigo. O vereador Israel Zaia (PSDB) pediu informações sobre a liberação e fiscalização de alvarás para o funcionamento de Casas Noturnas em Ibiúna e outro sobre a compra de um terreno para a construção de um Cemitério Municipal. O prefeito agora tem 15 dias para responder tais questionamentos.

Seminário de Agroecologia em Ibiúna tem grande participação regional Ibiúna é considerada o berço da agroecologia, com a agricultura orgânica. Há dois anos, o Seminário Regional de Agroecologia é realizado no município, graças, sobretudo, ao bom trabalho do Sindicato Rural de Ibiúna para encabeçar o evento. Entretanto, pelo público presente no Centro Cultural de Ibiúna (CCI), no dia 07 de setembro, a impressão é que havia mais pessoas de fora do que do próprio município. Talvez pelo feriado da independência, o público não tenha sido superior ao do evento do ano passado. Isso não justifica, entretanto, a ausência de agricultores familiares que praticam a agroecologia no município de Ibiúna. Ainda mais com uma programação recheada,

que contou com grandes personalidades da Agricultura Agroecológica da região, como Issao Ishimura, Celso Tomita, o engenheiro ambiental Fernando Salles Rosa, além do apoio do Sebrae, com um escritório móvel e palestra com Heloisa Favera. O Seminário foi realizado pelo Sindicato Rural de Ibiúna, pela FAESP – Federação da Agricultura

04/10/2013, 01:45

e pecuária do Estado de São Paulo e do SENAR – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. O patrocínio ficou por conta do SEBRAE – SP. A Prefeitura da Estância Turística de Ibiúna, o Governo do Estado de São Paulo, o Centro Cultural de Ibiúna, Chip Sete Informática e a Associação Paulista de Tecnologia dos Agronegócios apoiaram o evento.


Edição 307