Page 1

Página-1

Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2018 EDIÇÃO

361

Dia Internacional da Mulher

EDITOR-CHEFE: JODI TANAKA • IBIÚNA 27 DE FEVEREIRO DE 2018 • COM O POVO E A VERDADE • EXEMPLAR R$ 1,00

Circuito Paulista de Travessias Aquáticas levou centenas às águas de Itupararanga COMUNICADO Fone-Fácil 2018 Nadadores de Ibiúna participaram do evento

A represa de Itupararanga recebeu a 2ª Etapa do Circuito Paulista de Travessias Aquáticas no último domingo, 25. Segundo os organizadores, mais de 400

atletas de diversas cidades do estado participaram da competição. A realização do circuito foi da Gaivotas Eventos em parceria com a Prefeitura de Ibiúna. Pág. 03

Ibiúna terá Polo de Universidade Pública a Distância

A equipe do Jornal VOZ de IBIÚNA comunica a todos os seus patrocinadores e colaboradores que o Guia Fone-Fácil 2018 circulará a partir do dia 5 de março, com muitas informações e novidades que nossa equipe preparou com muito carinho. Agradecemos aos anunciantes pela confiança e credibilidade, pois sem vocês não seria possível editarmos o FoneFácil 2018 – Guia de negócios, telefones, entretenimento, turismo e muito mais. A edição completará 22 anos de existência em Ibiúna. Muito obrigado!

Morador de veraneio é autor de mais de 100 livros Página 02

Prefeitura faz parceria para reformar Velório Municipal Página 02

O prefeito João Mello (PSD), o vice Valdemar Cardoso (Sdd) e o secretário de Indústria e Comércio Carlinhos Marques (PSB) estiveram com o vice-governador Márcio França (PSB), no início de fevereiro, no Palácio dos Bandeirantes. No encontro, viabilizado pelo deputado estadual Carlos Cezar (PSB), o vicegovernador gravou um vídeo com o deputado e as autoridades ibiunenses para anunciar a implantação do Polo da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) em Ibiúna. A Univesp é um novo modelo de ensino superior a distância implantado no estado. Os cursos são oferecidos pela instituição em parceria com a Universidade de São

Paulo (USP), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e a Universidade do Estado de São Paulo (Unesp). O aluno faz o vestibular e frequenta uma aula presencial a cada 15 dias, sendo que as demais são realizadas pela internet, com acesso pelo portal da Univesp. Os cursos oferecidos no Polo de Ibiúna, a princípio, serão os de pedagogia, matemática, engenharia da computação e engenharia da produção. Segundo o secretário de Indústria e Comércio Carlinhos Marques, o prefeito definirá outras informações sobre os cursos ainda em março para que o vestibular seja realizado ainda este ano, prevendo início das aulas no segundo semestre.

Lar de Idosos, Casa de Santa Rita pede socorro Página 03

Prefeitura revoga revisão de Planta e reajuste do IPTU Página 04

Briga em Bingo após Romaria termina com dois mortos e três feridos

Carmelo (a esquerda), foi vítima do disparo de Maurício, que foi linchado por populares e também não resistiu

O que era para ser um bingo após uma Romaria, no bairro dos Grilos em Ibiúna, acabou em tragédia. Após uma briga entre os participantes, Maurício João dos Santos, 35, se irritou e discutiu com um dos membros da organização, identificado como José Francisco. Segundo o boletim de ocorrência, Maurício sacou uma arma após a discussão e atirou contra quatro pessoas, um deles, conhecido como Carmelo, morreu no local. Após ser desarmado, o atirador foi linchado por populares que viram os disparos e deferiram diversos golpes contra Maurício, que também faleceu. A arma não foi encontrada pela polícia e os agressores não foram identificados. Os três baleados foram socorridos e encaminhados ao Pronto-Socorro de Caucaia do Alto, distrito de Cotia. Até a manhã de ontem

(26), um dos atingidos que estava no PS de Caucaia teve alta. A reportagem procurou o hospital para saber qual é o estado de saúde dos feridos, mas não obteve resposta. Os dois corpos foram recolhidos para o IML de Cotia. Discussão Segundo informações da Guarda Civil Metropolitana de Cotia (GCMC), o bingo ocorria em uma praça da região, durante comemoração religiosa após a chegada da Romaria. Em determinado momento da competição, um participante afirmou ter ganhado o jogo, no entanto, a cartela do suposto vencedor era diferente da considerada pelos responsáveis. Por isso, a partida não foi aceita pelos membros da organização. No mesmo instante começou a discussão. O crime repercutiu na imprensa nacional.


Página-2

Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2018

Estamos de volta

EDITORIAL

Após dois meses sem publicação, por conta da edição do Fone-Fácil 2018, o jornal VOZ de IBIÚNA volta a circular, iniciando um ano que, certamente, será de muito trabalho, sobretudo relacionado a cobertura regional das eleições 2018. Após um período extremamente turbulento após a reeleição da presidente Dilma Roussef (PT) – com passagens pelo impeachment e desdobramentos catastróficos da Operação Lava Jato –, as eleições de 2018 trará um novo ânimo de esperança para o sofrido povo brasileiro. Para isso, no entanto, é preciso contar com o trabalho da imprensa em todo o país, para divulgar e informar sobre as propostas e posturas de todos os candidatos, seja aos cargos executivos, ou cargos legislativos, como senadores e deputados. O momento político também é propício para que as autoridades locais busquem apoio de deputados, secretários de estado e líderes estaduais e nacionais para arrecadar recursos para o município, já que é comprovado que em anos eleitorais a distribuição de convênios e emendas estaduais e federais as prefeituras aumentam significativamente. Por isso, é hora de aproveitar para que as benfeitorias tão necessárias ao nosso município, impossibilitadas de serem realizadas por conta da falta de recursos, possam ser por meio das transferências voluntárias dos governos estadual e federal. Nesta edição reduzida, o VOZ alerta quanto a febre amarela no município que, até o momento, teve duas vítimas. As vacinas ainda continuam, mas, pelo que apresentou nota emitida pela Secretaria de Saúde do município, as procuras pela imunização estão diminuindo. Por isso, se você ou alguém de seu convívio ainda não foi vacinado, corra até o Posto de Saúde central e seja imunizado. A prevenção é sempre o melhor remédio. Vale destacar que a febre amarela acometendo pessoas no estado de São Paulo demonstra um retrocesso na saúde pública brasileira, sobretudo, pela falta de medicina preventiva e também pela falta de investimentos em saneamento básico. Ou seja, embora pareça não ter ligação alguma, o surto de febre amarela que já levou dezenas de pessoas a morte no estado de São Paulo evidencia que estamos com o nosso sistema político, até mesmo da área da saúde, em decadência. É preciso ter mudanças e o momento é agora, diante das eleições de outubro que distam pouco mais de sete meses. Uma boa leitura a todos e até a próxima edição!

Victor Mirshawka, ilustre morador dos fins de semana de Ibiúna Carlinhos Marques Campeão mundial e medalhista olímpico pela seleção brasileira de basquete na década de 60, foi na vida acadêmica, no entanto, que o professor Victor Mirshawka tornouse celebridade no Brasil e no mundo. Ainda jovem, quando jogava basquete, conseguiu conciliar o esporte com os estudos e formou-se em engenharia pela faculdade Mackenzie de São Paulo, ainda em 1964. De lá para cá, estudar e ensinar passaram a ser rotina para o professor, que é autor de mais de uma centena de livros em diversas áreas. O engenheiro é mestre em estatística, escritor, gestor educacional, palestrante, consultor editorial da DVS Editora e editor da revista Criática. O currículo do Dr. Mirshawka é ainda mais extenso e sua contribuição para o país também. Diretor aposentado da Fundação Armando Alvares Penteador (FAAP), o professor Victor foi o idealizador do curso Gerente de Cidades, pós-graduação focada em gestão pública para municípios, sendo considerado um dos melhores do país. Desde que deixou a Fundação, em 2015, tem se dedicado a escrever uma coleção de sete livros sobre

DIRETORA: Júlia Tanaka - MTB 84.492/SP JORNALISTA RESPONSÁVEL E REVISOR GERAL: Carlos Roberto Marques Jr. - MTB 84.493/SP C ONSULTORIA. J URÍDICA : Delícia Fernandes dos Santos ARTE: Marcelo Martins DIAGRAMAÇÃO: Carlos Roberto Marques Jr. CONS. REDAÇÃO: José Gomes (Linense), Ana Cristina, Claudino Piletti e Luiza Pontes

cidades de destaque no mundo. A série começou com os livros Cidades Criativas, volume 1 e 2, onde o professor apresenta casos positivos de diversas cidades do mundo, sob a ótica dos talentos, tecnologia, tesouros e tolerância. A próxima obra, que estará disponível nas principais livrarias do Brasil em abril, terá o título Cidades Paulistas Inspiradoras, livro em que o autor reúne 51 municípios do estado que apresentam diferenciais e situações que deram certo. O professor Mirshawka relacionou entre as cidades de sua nova obra, o município de Ibiúna e o motivo é simples: Victor tem chácara de veraneio há mais de 30 anos no município e é aqui que o professor busca o ambiente para a revisão de suas obras. O novo livro terá, como já aconteceu em outros volumes, o prefácio do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), amigo pessoal do professor. Em 2014, Victor lançou o livro ‘A Luta pela Qualidade na Administração Pública com Ênfase na Gestão Municipal’, que enfatiza a necessidade de o Brasil ter profissionais

ADMINISTRAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO: Jornal VOZ DE IBIÚNA Rua Peru, 20 - Ibiúna - SP - CEP: 18150-000 TELEFAX.: (15) 3241-1325 www.jornalvozdeibiuna.com.br REDAÇÃO: Rua Peru, 20 - Ibiúna - SP IMPRESSÃO: Gráfica Atlântica TIRAGEM: 10.000 exemplares T. ACUMULADA: 3.554.000 exemplares

As matérias assinadas são de inteira responsabilidade dos autores.

capacitados auxiliando a administração de prefeituras de todo o país. Recentemente, as obras de Economia Criativa: Fonte de Novos Empregos, volumes 1 e 2, também abordaram as mudanças relacionadas a geração de empregos do século XXI e que estão diretamente relacionadas com a gestão pública

municipal. Em parceria com a Associação Paulista de Municípios, o professor tem ministrado palestras e cursos para prefeitos e equipes de cidades, e divulgado o curso de pós-graduação latu sensu idealizado por ele, Master of Public Administration (MPA), ou seja, máster em administração pública, com foco principalmente no governo municipal. A formação é oferecida pelo Centro Universitário de Jaguariúna em classes descentralizadas em cidades do estado. O professor Victor participará de uma palestra em Ibiúna após a publicação do livro que inclui a cidade para explicar sobre a disciplina em que ele é um dos mais renomados escritores do país, a gestão pública municipal.

Prefeitura faz parceria para reformar Velório Municipal

A Prefeitura de Ibiúna e as funerárias Organização Lemes Funerária de Ibiúna - Ltda e Funerária Santo Antonio Ibiúna Ltda-ME, irão ampliar o Velório Municipal. ”Parceria sempre é bom. No momento em que vivemos, ainda mais. Eu estou em busca de parceiros que queiram colaborar com o município de Ibiúna. O Velório Municipal é um local onde as pessoas passam momento de saudade, onde merecem ser bem acolhidas. E nós formamos uma bela parceria com a Organização Lemes e com a Santo Antonio, que fazem esse trabalho no momento

tão difícil das famílias”, salientou o prefeito João Mello. Recentemente, as autoridades acertaram a parceria com os empresários. Durante a reunião para acertar os detalhes da parceira, o prefeito esteve acompanhado dos representantes das funerárias, do vice-prefeito Valdemar Cardoso, do secretário de Obras, César Petrucelli e do secretário da Administração, Antonio Melo. As empresas parceiras entram com material, como tintas e a mão de obra e a Prefeitura com o projeto e acompanhamento técnico.


Página-3

Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2018

Ibiúna sediou 2ª Etapa do Circuito Paulista de Travessias Aquáticas No último domingo, dia 25, a represa de Itupararanga recebeu os atletas da 2ª Etapa do Circuito Paulista de Travessias Aquáticas, num lindo fim de semana com muito sol e calor, no bairro da Cachoeira, em Ibiúna. Segundo os organizadores, mais de 400 atletas de diversas cidades do estado de São Paulo participaram da competição no município. Entre eles os participantes, atletas militares de nível mundial.

A realização do circuito foi da Gaivotas Eventos em parceria com a Prefeitura de Ibiúna. Os primeiros colocados receberam troféus como premiação; todos os que completaram o percurso receberam medalhas. Os alunos e professores da Academia Vida e Saúde representaram a Prefeitura na prova de 1000 e de 500 metros. Professores Wellington Belmiro - 2º lugar, L. Ronaldo - 2º, Fernanda Keller - 3º, Benedito Jr 5º. Os alunos: Lucas Sobreira - 2º

O diretor de esportes Ozorio do Amaral (Zorinho) entregando o prêmio

lugar, Miguel Oliveira - 3º, Simei Arjona - 6º, Antonio Borba - 5º, Antonio Arjona - 6º.

Vereadores criam Frente Parlamentar Regional em Socorro à Saúde A Câmara Municipal de Sorocaba realizou em seu plenário, ontem (26), audiência pública para instalação da Frente Parlamentar Regional em Socorro à Saúde. De Ibiúna participaram os vereadores Ismael Pereira (PMDB) e Jair Marmelo (PCdoB), que serão membros da Frente, além de Elisângela Soares (PTB), Rozi da Fármacia (PTB) e Lino Junior (PSB).

O evento foi presidido pelo presidente da Câmara de Sorocaba, vereador Rodrigo Manga (DEM), autor do projeto que cria o grupo com a participação de parlamentares das 48 cidades da área de abrangência Departamento Regional de Saúde (DRS-16). Na ocasião foi oficializada a composição da Frente e definido um cronograma de ações. “Muita gente já confirmou presença e esperamos um ple-

nário lotado, para início dos trabalhos dessa força-tarefa em prol da saúde”, explica Rodrigo Manga. A iniciativa tem como objetivo integrar as Câmaras de Vereadores da região, visando identificar a demanda de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS) nessa região, sobretudo nas questões que concernem ao Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS), hospital de referência da região.

DER garante que obras de duplicação já iniciaram O Departamento de Estradas e Rodagens (DER) do Governo do Estado de São Paulo informou ao VOZ que as obras de duplicação da Rodovia Bunjiro Nakao estão em andamento. Segundo o órgão, a empresa responsável Heleno & Fonseca Construtécnica SA está realizando serviços preliminares para o levantamento topográfico, mobilização de pessoal e equipamentos, medições e implantações de canteiros. “Por

este motivo, não é possível ainda observar maquinários pesado na rodovia”, diz nota encaminhada ao jornal.

Prefeitura adquire bens para escolas municipais

A Prefeitura de Ibiúna adquiriu diversos materiais permanentes destinados às escolas municipais. Os bens já estão sendo instalados nas instituições para o ano letivo. “O investimento na infraestrutura das escolas é uma das prioridades da administração municipal, visto que

influencia diretamente na qualidade do ensino”, afirmou o secretário de Educação, Paulo Dias do Carmo. Para as creches foram comprados 18 centrífugas; já para às unidades escolares foram adquiridos seis freezers horizontal e 23 geladeiras.

A conclusão das obras da primeira etapa está prevista para julho de 2019, com investimentos de R$ 92,1 milhões.

Bolsonaro e as cebolas do Egito Claudino Piletti O antigo povo israelita, após ter sido libertado da escravidão do Egito, andou por quarenta anos pelo deserto, onde passou mil necessidades, sobretudo fome. Então, alguns, lembrando das cebolas que comiam de graça no Egito, sonhavam voltar. Hoje, muitos brasileiros, lembram das cebolas do tempo da ditadura e sonham com sua volta. E, segundo eles, o caminho de volta passa por Bolsonaro. Por isso, declaram que, nas eleições de outubro, votarão nele para presidente. Mas, assim, como os israelitas não retornaram à escravidão do Egito, espero que não retornemos à escravidão da ditadura. Se, atualmente, muitos brasileiros querem tal retorno, é porque, após a ditadura, nossos políticos passaram a roubar como nunca antes na história do país, deixando-o na lamentável situação em que se encontra. Por isso, não são poucos, hoje, os brasileiros que sonham com a volta dos militares. Não é à toa que, após a condenação de Lula e sua provável saída do páreo, o ex-militar Bolsonaro passou a liderar as pesquisas de intenção de voto para presidente. Dada a situação em que o povo

se encontra, não tenho, e acho que ninguém tem, a receita para convencê-lo a deixar de sonhar com as cebolas do Egito, isto é, da ditadura. Tenho, no entanto, uma receita de salada de cebola, fácil de fazer e gostosa de comer. Foi-me passada pelo amigo, químico e escritor Augusto, conhecido como Costão, nome da localidade onde ele nasceu. Trata-se de um belo lugarejo perdido numa íngreme encosta em meio às densas matas da serra que separa o Rio Grande do Sul de Santa Catarina. Em janeiro, quando ambos estivemos hospedados na casa do meu irmão Nelson, em Florianópolis, o Augusto confessou que, apesar de ter uma filha que é capitã do exército, não sonha com as cebolas do Egito. Prefere a sua salada de cebola, cuja receita aqui vai do jeito que ele a escreveu: - Cortar as cebolas no capricho e lavar; - colocar em panela de alumínio com sal, levar ao fogo até levantar fervura; - aguardar um minuto e eliminar a salmoura; - adicionar vinagre, vinho tinto seco e água gelada; - após 10 minutos eliminar o caldo; - adicionar azeite e colocar na geladeira.

Lar de idosos, Casa de Santa Rita pede socorro O lar de idosos Casa de Santa Rita abriga atualmente 39 idosos, a maioria sem familiares, alguns abandonados; entre estes, há aqueles que tem mobilidade reduzida ou estão acamados, consequentemente incapacitado para a vida independente, necessitando de ajuda de terceiros, além de auxílio para medicamentos, alimentação, produtos de higiene, fraldas, entre outros, para dar a eles o mínimo de conforto para sua sobrevivência. Com a alteração do programa da Nota Fiscal Paulista (NFPs), a entidade, que contava com uma receita de aproximadamente R$ 300 mil por ano, perdeu esse montante a partir deste

ano, já que as receitas provenientes das NFP’s foi reduzida a zero, tornando insustentável a manutenção da Casa. O custo de cada idoso é R$ 3100,00 (três mil e cem reais) ao mês. Uma das alternativas sugeridas seria estimular empresas a adotarem idosos. Dê sua contribuição, torne-se sócio. Venha conhecer o trabalho realizado pela entidade. Traga suas doações de alimentos, fraldas, produtos de higiene, entre outros. R. Dr. Gabriel Monteiro da Silva, 330 (15) 3241-1109 – www.casasantarita.org.br. E-mail: contato@casasantarita.org.br contribuição em conta bancária: agência 6643-5, conta 40142-0


Página-4

Terça-feira, 27 de Fevereiro de 2018

Prefeito decide revogar revisão do IPTU Os vereadores de Ibiúna acataram a proposta do prefeito João Mello (PSD) de revogar a Lei, que havia sido aprovada no fim do ano, que revia a Planta Genérica de Valores (PGV) e, com isso, reajustava o imposto em todo o município. A decisão implicará com a emissão dos carnes de IPTU com os mesmos valores de 2017. Após a aprovação da Planta Genérica de Valores, uma série de reclamações chegaram ao poder público, sobretudo de condomínios de alto padrão no município, locais onde a revisão previa um maior reajuste. Após a revogação, a Prefeitura de Ibiúna emitiu um comunicado sobre os motivos da revogação, confira: “Como é do conhecimento de grande parte da população, em 15 de dezembro de 2017 a Câmara de Vereadores aprovou projeto de nossa autoria, atualizando a Planta Genérica de Valores. Essa planta – ou PGV – é a base para cobrança dos tributos baseados em valor venal de qualquer imóvel e, aprovada, daria ao Município um aporte de, aproximadamente, R$ 6 milhões de reais a mais durante o ano de 2018. A PGV não era atualizada há mais de 17 anos e continha deformações gritantes, com lotes em con-

domínios luxuosos que valem cerca de R$ 700,00 o metro quadrado, constando na Prefeitura a R$ 30,00 o metro quadrado. Os estudos para a atualização foram criteriosos e corretos, tanto que a Câmara a aprovou por 13 votos a 2. O IPTU é um imposto de finalidade social e os seus recursos trariam novas melhorias ao município, incrementando a manutenção de vias, zeladoria, reformas de escolas, de postos de saúde, – enfim, numa melhoria geral dos serviços hoje prestados aos munícipes. Infelizmente, pessoas que se dizem candidatos às próximas eleições (e com isso querem tirar partido da situação, desinformando a população) e por alguns poucos políticos em mandato irresponsavelmente espalharam o caos por todo o município, levando o medo de alta excessiva às mais pobres camadas da população – que nem mesmo seriam afetadas pela atualização. E, a esta altura, uma liminar que se conceda inviabilizará a cobrança de todo o IPTU do município, inviabilizando também a sua vida financeira, eis que a maior parte dos recursos próprios municipais é constituída pela arrecadação do IPTU.

Curtas da Política Na mira do MP No último trimestre de 2017, o Ministério Público Estadual abriu 12 ações de danos ao erário e de improbidade administrativa contra políticos de Ibiúna. O campeão das ações é o ex-prefeito Coiti Muramatsu (PSDB) que terá que responder por, pelo menos, 09 acusações. Em uma delas, do caso Castelluci, Coiti e outros réus tiveram decretação de indisponibilidade dos bens em um total de R$ 9 milhões. Além dele, responderão acusações pelo menos cinco vereadores, ex-vereadores, ex-prefeitos e ex-secretários municipais. O VOZ de IBIÚNA prepara uma apuração completa das denúncias para a edição de março. Dança das cadeiras Na edição do Imprensa Oficial da Prefeitura de 23 de fevereiro, está a publicação das exonerações de dois secretários da atual administração. Anilton Dantas de Figueiredo deixou a pasta de Controle de Arrecadação – logo após a Prefeitura revogar a atualização da Planta Genérica de Valores (PDV). Huda Farah Siqueira Cunha deixou a secretaria da saúde. O ex-prefeito Jonas de Campos, secretário de governo até então, passou a responder pela saúde em definitivo. O tio do prefeito, Antônio Francisco Melo, secretário de administração, ocupa interinamente as pastas de Controle de Arrecadação e Governo. No mês de janeiro, o prefeito João Mello (PSD) nomeou o ex-

vereador Carlos Roberto Marques Junior, conhecido como Carlinhos Marques, para responder pela pasta de Indústria e Comércio. Eleições 2018 Ibiúna deve ter o maior número de candidatos a deputados de sua história. Pelo menos três políticos da cidade devem arriscar uma candidatura a Câmara Federal ou a Assembleia Legislativa: os vereadores Charles Guimarães (PSL) e Jair Marmelo (PCdoB), além do exvereador Paulinho Sasaki (PTB). Cogita-se ainda que o ex-prefeito Fábio Bello (PMDB), que teve sua candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral na eleição de 2016, e também o ex-vereador Antônio Carlos de Moraes (PSL) podem surgir nas urnas em 2018. Nélio Leite é reeleito O presidente da Cooperativa de Eletrificação de Ibiúna e Região, Nélio Antonio Leite, foi reeleito para mais um mandato de quatro anos. A Assembléia Geral Ordinária (AGO) aconteceu na última sexta-feira (23), no Centro Cultural e Esportivo de Ibiúna (CCEI). A reunião contou com a presença do prefeito João Mello (PSD), do vice Valdemar Cardoso (Sdd) e do deputado federal Carlos Zarattini (PT), um dos defensores do cooperativismo no Congresso Nacional. Nélio terá como vice Paulo Dias de Moraes e como secretário Fernando Vieira Branco. Apenas uma chapa concorreu na AGO.

Diante disso, ouvimos os apelos dos 13 vereadores da base e em nome da população ibiunense, optamos por manter a Planta Genérica de Valores vigente em 31 de dezembro de 2016, possibilitando desde logo a emissão dos carnês. Não poderemos introduzir neste exercício as melhorias que pretendíamos. Mas continuaremos trilhando o caminho da legalidade, transparência e correção, dando o máximo do Executivo em prol da nossa população, dentro dos poucos recursos que temos hoje disponíveis. Continuaremos a luta por convênios e programas com os Governos do Estado e Federal. Mas entendemos que a atualização da PGV é uma necessidade e, ao longo deste ano, debateremos com a população a sua correção”.

Do povo para Prefeitura Mau cheiro Na Rua Cirineu Soares de Campos, esquina com a Rua Gregório de Almeida Lima (próximo a Escola Roque Bastos), a vizinhança reclama do persistente mau cheiro de animal morto (carniça). Pessoas não identificadas jogam restos de animais em decomposição, além de lixos e entulho por cima do muro dificultando o trabalho da coleta municipal de lixo. Nos dias ensolarados o mau cheiro torna-se insuportável, incomodando os moradores e transeuntes que por ali passam. Solicitam ao setor competente da Prefeitura para solucionar esse problema urgente. Água empoçada e lamaçal Na Rua Osório Ayres, atrás do Bruno Autopeças e Rua Guarani, próximo da Oficina Borges, os feirantes, moradores locais e frequentadores da feira livre reclamam do lodo, buracos e grama com água empoçada que dificulta a transição de quem está a pé e tem que passar pela área. Alguns feirantes providenciam tábuas para facilitar a travessia dos pedestres. Pedem providencias urgentes à Prefeitura. Médicos sem receber O VOZ recebeu queixa de alguns médicos pelo atraso de pagamento do Hospital. Alegam que receberam o último pagamento referente a outubro de 2017. A Prefeitura reconhece o atraso no pagamento da empresa responsável, porém ainda não definiu data para sanar as dívidas com os profissionais.

Hospital Municipal recebeu doação de ambulância

O prefeito de Ibiúna, João Mello (PSD), e o secretário municipal da Saúde, Jonas de Campos, receberam a doação de uma ambulância Amarok, com 700 km rodados, totalmente equipada para atender a rede municipal de saúde. A doação foi feita pelo Consórcio Construtor São Lourenço (CCSL), através da médica Andrea Almeida Rollo. “Essa doação é uma retribuição ao atendimento que este hospital sempre

ofereceu aos nossos funcionários e familiares do consórcio, durante o tempo que estivemos no município”, ressaltou a Dra. Andrea. Em seu agradecimento o prefeito destacou: “A saúde é o principal desafio de Ibiúna. É um desafio que nós temos perante a comunidade mais carente e este gesto é essencial para a cidade. Vocês estão ajudando a salvar vidas”, afirmou João Mello.

Ibiúna já vacinou mais de 35 mil pessoas contra febre amarela

A Prefeitura de Ibiúna, por meio da Secretaria de Saúde e Vigilância Epidemiológica, já imunizou 35.547 pessoas contra a febre amarela, o balanço inclui pessoas que foram vacinadas na campanha de intensificação da imunização, que começou em 20 de dezembro até 21 de fevereiro. O município está aplicando a vacina de segunda a sexta-feira, no período da manhã (a partir das 8h), no Centro de Saúde Central. “A vacina é segura e é a principal forma de prevenção contra a febre amarela. É fundamental que a população receba a dose para evitar essa doença que tem alta letalidade”, alerta a Vigilância Epidemiológica. Por determinação do Ministério da Saúde, durante o período de campanha, as doses aplicadas são fracionadas. Os viajantes, crianças de nove meses a dois anos, gestantes e pessoas com condições clínicas especiais recebem doses integrais. Todos que procuram pela vacina passam por uma triagem antes de receber a dose. O Ministério está seguindo a recomendação da Organização Mundial da Saúde e adotou os padrões internacionais da dose única. Ou seja: quem toma a vacina padrão da febre amarela no Brasil está imu-

nizado pelo resto da vida. Quem tomar a vacina fracionada estará protegido por oito anos. A doença – A febre amarela é transmitida através da picada de mosquitos. Os sinais e sintomas mais comuns da doença são: febre alta, calafrios, cansaço, dor de cabeça, dor muscular, náuseas e vômitos que duram, em média, três dias. Nas formas mais graves da doença, podem ocorrer icterícia (olhos e pele amarelados), problemas no fígado e nos rins, hemorragia e cansaço intenso. Esclarecimento A Secretaria de Saúde informa que por conta da baixa procura pela dose da vacina, a vacinação está sendo realizada na Sala de Vacina, no Centro de Saúde Central, no período da manhã, de segunda a sexta-feira, com distribuição de senhas. Também segue realizando o monitoramento e bloqueio nos bairros onde houver registro de macacos mortos, e esses bairros recebem a vacinação casa a casa. Quem encontrar macacos mortos em Ibiúna pode entrar em contato com o Departamento de Zoonoses pelo telefone: (15) 32941381, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Mais informações pelo telefone: (15) 3241-2601.

Confirmado duas mortes de febre amarela em Ibiúna Em meados de janeiro, a TV Sorocaba, afiliada do SBT, divulgou a confirmação de duas mortes por febre amarela no município. As vítimas são dois homens, de 54 e 63 anos. Segundo a reportagem, as vítimas contraíram a doença no município, o que aumenta a preo-

cupação em relação a possível disseminação da doença. Segundo o prefeito João Mello (PSD), em entrevista à TV Sorocaba, os casos aconteceram nos bairros da Areia Vermelha e do Rio de Una, e todas as medidas para prevenção na região já foram tomadas.

Ed 361  
Ed 361  
Advertisement