Page 1

Página-1

Quinta-feira, EDIÇÃO14 de Dezembro de 2017

360

Feliz Natal e Próspero Ano-Novo!

EDITOR-CHEFE: JODI TANAKA • IBIÚNA 14 DE DEZEMBRO DE 2017 • COM O POVO E A VERDADE • EXEMPLAR R$ 1,00

Vereadores aprovam revisão na Planta Genérica e IPTU terá reajuste Assessoria de Imprensa Câmara de Ibiúna

Um polêmico projeto que atualiza a Planta Genérica de Valores dos imóveis foi aprovado pelos vereadores na última terça(12). Com isso, os valores do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para 2018 serão reajustados, principalmente em condomínios, alcançando até 600% de reajustes em alguns locais. O prefeito João Mello (PSD) divulgou nota ressaltando que a falta da atualização na Planta Genérica beneficiava os mais ricos, “moradores de condomínio de alta classe”, que pagavam impostos abaixo do Pág. 12 previsto.

Prefeitura tomará empréstimo para realizar investimentos

Editorial

Fim de ano de frustação e esperança

Na última terça-feira (12), os vereadores também aprovaram projeto que autoriza a Prefeitura a contrair empréstimo da Caixa Econômica Federal para realizar obras e investimentos no município. O

valor autorizado será de R$ 5 milhões, dos quais o prefeito pretende duplicar a ponte que dá acesso ao bairro da Cachoeira, modernizar a praça da matriz e outras Pág. 03 benfeitorias.

Obras na Bunjiro Nakao serão iniciadas em janeiro Em reunião na sede do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) para acompanhar os trâmites para o início das obras de duplicação da Rodovia Bunjiro Nakao, o prefeito João Mello (PSD) recebeu a informação de que o início das obras está previsto para ja-

neiro. No encontro ainda foi informado que mais passarelas foram contempladas no projeto, como na entrada da Rodovia Quintino de Lima, em frente ao Posto Folena do Curral, Posto Alvarenga, Madeireira Mil, Condomínios Colinas Pág. 03 de Ibiúna e Jahú.

Página 02

Prefeito assina convênio para revitalizar Centro Olímpico

Destaques do ano O jornal VOZ de IBIÚNA relacionou pessoas que ficarão na história da cidade porque, de diferentes formas, contribuíram com o desenvolvimento do município em 2017. Confira na página 07.

Leitores opinão sobre administração O prefeito João Mello (PSD) assinou convênio com Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (DADETUR) para revitalização e reordenação do Centro Olímpico Municipal. A cerimônia aconteceu no Palácio dos Bandeirantes e contou com a presença do governador Geraldo Alckmin (PSDB). De acordo com o prefeio, o pro-

jeto apresentado pela prefeitura irá permitir a “revitalização e a reordenação do Centro Olímpico que se transformará num centro de eventos e contará com um ginásio poliesportivo coberto, salas para múltiplos usos, como shows de rock, oficinas culturais, artes cênicas, entre outras atividades para atrair e acolher turistas”, disse. Página 04

O jornal VOZ de IBIÚNA selecionou alguns leitores, do mundo político e fora dele, para exporem suas opiniões sobre o primeiro ano da administração João Mello (PSD) e a expectativa para 2018. Confira na página 10.

Restrospectiva Na última edição do VOZ de 2017, preparamos um apanhado dos principais eventos que aconteceram em Ibiúna durante o ano. Confira na página 11.

Ibiúna sediou 2º Seminário Regional de Meio Ambiente

A Prefeitura de Ibiúna promoveu o 2º Seminário Regional de Meio Ambiente para destacar a preservação dos recursos hídricos e a necessidade dos Pagamentos por Serviços Ambientais (PSA) na região da

Bacia dos Rios Sorocaba e Médio Tietê. O evento contou com a presença do prefeito João Mello (PSD) e dos deputados Vitor Lippi (federal-PSDB) e Maria Lucia Amary (estadual-PSDB). Pág. 04


Página-2 EDITORIAL

Fim de ano de frustação e esperança

Estamos finalizando mais um ano. 2017 acabou. Os dias que restam são de festas, confraternizações e de comemorações, seja pelo Natal, festa cristã, ou pelo ano que se finda – mesmo embora as circunstâncias do momento proporcionem poucos motivos para festejar. Mas, enfim, a vida é uma grande comemoração. 2017 termina, no entanto, como um ano que apresentou poucos motivos para celebrar. Afinal, no cenário nacional, a economia, embora esteja reagindo, passou um ano rastejando; o cenário político apresentou as denúncias talvez mais graves de nossa história. Muitos sentiram vergonha de pertencer a este país. Quando pensamos ter chegado ao fundo do poço ao ver um assessor do presidente da República, Rodrigo Rocha Loures, correndo com uma mala de dinheiro nas mãos, R$ 500 mil oriundo da corrupção, a Polícia Federal descobriu, dias depois, em um apartamento vazio, mais de R$ 50 milhões em espécie, também de um agente público, o ex-ministro da República Gedel Vieira Lima. Por todo esse imbróglio, Michel Temer (PMDB) foi o primeiro presidente denunciado pelo Ministério Público Federal por ter, supostamente, cometido crimes no exercício do mandato – mas, como rege nossa Constituição, os nossos representantes da Câmara dos Deputados impediram que o excelentíssimo fosse investigado no exercício da função, a apuração que envolve o presidente acontecerá somente após o fim do mandato. Em Ibiúna, a expectativa pelo primeiro ano do governo João Mello (PSD) também não foi correspondida. Foi um 2017 extremamente difícil, com polêmicas, como a que envolveu a troca da empresa de ônibus e também a revisão da planta genérica no município neste mês, em que localidades terão mais de 500% de reajuste no valor do IPTU. A esperança de uma administração mais efetiva não foi notada pela maior parte da população e, por isso, a frustração é nítida em boa parte da sociedade ibiunense. No entanto, 2018 será de esperança. O ano que se iniciará terá, para o prefeito municipal, o orçamento elaborado por ele próprio e sua equipe. Passado o primeiro ano em que, em tese, “arrumou a casa”, agora é a hora de trocar a mobília e deixa-la mais bonita, metaforicamente. Ou seja, a cidade terá de ver em 2018 a real vocação política e administrativa do médico ibiunense, que carrega em sua bagagem a história do tio, Zezito Falci, considerado por muitos o melhor prefeito de nosso município em todos os tempos. Em 2018, João Mello terá que mostrar para que almejou, por três eleições, ser o prefeito de Ibiúna. No cenário nacional, é ano de escolha. Iremos as urnas para escolher o nosso novo governante. O governo vai mudar e, nós, brasileiros escolheremos quem deverá administrar e com qual projeto o Brasil será levado adiante. Embora 2017 possa ter sido um ano de frustrações, 2018 será de esperança e o VOZ estará acompanhando o cotidiano de nossa cidade. Feliz Natal, Próspero Ano-Novo e uma boa leitura a todos.

Conseg alerta: vizinhança solidária e PM previnem a insegurança

Júlia Tanaka

Na reunião do Conselho Municipal de Segurança (Conseg), realizada no dia 7 de dezembro, compareceram o presidente do conselho, Marcelo Zambordini, o delegado titular, Dr. José Madureira, o tenente interino da PM, Vitor Samuel Caldas, o sargento Ribeiro, imprensa e sociedade civil. O delegado informou que o novo prédio da Delegacia, que está parado há anos, finalmente será retomado com nova construção em 2018. O Governo do Estado irá bancar toda obra. A licitação já foi realizada e a atual construção será demolida. O término está previsto para 18 meses, segundo o delegado. Sobre os três homicídios que aconteceu em Ibiúna, no período de 15 dias, a Polícia Civil está investigando. Madureira alertou: um deles poderia ter sido evitado porque foi dentro de um barzinho em altas horas. O delegado disse que a Prefeitura não está fiscalizando

DIRETORA: Júlia Tanaka - MTB 84.492/SP JORNALISTA RESPONSÁVEL E REVISOR GERAL: Carlos Roberto Marques Jr. - MTB 84.493/SP C ONSULTORIA. J URÍDICA : Delícia Fernandes dos Santos ARTE: Marcelo Martins DIAGRAMAÇÃO: Carlos Roberto Marques Junior CONS. REDAÇÃO: José Gomes (Linense), Ana Cristina, Claudino Piletti e Luiza Pontes

Abel do Cupim será presidente da Câmara em 2018

Abel terá Claudinho Coragem (PSC), como 2º secretário, Pedrão da Água (Pros), 1º secretário, Ismael Pereira, 1º vice-presidente, e Devanir Cândido Andrade, 2º vice.

O vereador Abel Rodrigues de Camargo, o Abel do Cupim (SDD), foi eleito para presidir a Câmara Municipal em 2018. O atual, vereador Pedrão da Água (Pros), passará a ser o 1º secretário. Apenas uma chapa foi protocolada, tendo como candidato a presidente o vereador Abel do Cupim; 1º vice-presidente Ismael Martins Pereira (PMDB); 2º vice-presidente Devanir Cândido Andrade (PMDB); 1º secretário Pedro Luiz Ferreira; e 2º secretário Claudinei Gabriel, o Claudinho Coragem (PSC). Branco Os vereadores que estão tendo posicionamento de oposição ao governo do prefeito João Mello (PSD), Charles Guimarães (PSL) e Rozi Aparecida Domingues Machado, a Rozi da Farmácia (PTB), optaram por votarem em branco para todos os cargos. Histórico Vereador pelo segundo mandato, Abel foi presidente da Câmara em 2014. Após ter sido eleito pelo PMDB, em 2012, migrou para o Solidariedade, onde se reelegeu vereador e, como presidente da si-

gla, emplacou Valdemar Cardoso de Moraes como vice prefeito, na composição com João Mello (PSD). Abel já ocupou, por duas vezes, a primeira secretaria da câmara. Sempre com um trabalho forte no social, também esteve, durante este ano, como líder do governo João Mello no legislativo. Abel também conseguiu, por duas vezes, ter sido o vereador mais votado das coligações que apoiaram os prefeitos eleitos. Assim foi quando Fábio Bello (PMDB) se elegeu em 2012 e repetiu a façanha com a eleição de João Mello.

A Polícia Civil apura o caso de um duplo homicídio ocorrido na madrugada do último domingo (10), no bairro dos Ortizes, em Piedade. As vítimas eram os ibiunenses Júlio César Pereira, de 30 anos, e Silnei Cardoso Nascimento, 27, ambos moradores do bairro do Paruru. Eles foram mortos a tiros. Os policiais tentam reconstituir os últimos passos da dupla antes de terem morrido, a fim de encontrarem alguma pista dos suspeitos, segundo o jornal do Povo. De acordo com o delegado Paulo Sérgio Garcia, que chefia as investigações, os policiais fizeram diligências em três estabelecimentos localizados na Bunjiro Nakao. Imagens de monitoramento de alguns desses lugares também passam pela análise das autoridades. O Crime Júlio César e Silnei foram mortos por volta das 4h15 da madru-

gada, na principal rua do bairro, próximo a casa em que uma das vítimas estava morando. Testemunhas falaram em ter escutado uma rápida discussão, os disparos e o som de um automóvel deixando o local em alta velocidade, sem identificar o veículo. Júlio levou um tiro na cabeça e outro no tórax, enquanto Silnei foi morto com uma única bala no crânio. A perícia analisará a trajetória dos projéteis que poderá mostrar, se o atirador desceu do carro para cometer o crime. Em entrevista ao Jornal Folha de Piedade, o delegado disse não acreditar em premeditação para o crime. Para ele, o mais provável é que tenha havido algum tipo de desavença entre o autor dos disparos e as vítimas. “Ali, foi uma questão de oportunidade, aparentemente”, afirma o responsável pelas investigações.

Polícia investiga morte de ibiunenses em Piedade

esses locais, onde há grande concentração de alcoólatras e a maior parte dos ‘barzinhos’ funcionam sem alvará de funcionamento. “A Policia Civil e Militar não tem o poder de chegar de madrugada nos barzinhos e mandar fechá-los, isso compete à Prefeitura”, desabafou o delegado. O Tenente interino Caldas informou que no dia 30 de novembro aconteceu uma operação integrada, coordenada pelo batalhão de Votorantim, envolvendo policiais de Sorocaba, Itu, Votorantim e o heli-

ADMINISTRAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO: Jornal VOZ DE IBIÚNA Rua Peru, 20 - Ibiúna - SP - CEP: 18150-000 TELEFAX.: (15) 3241-1325 www.jornalvozdeibiuna.com.br REDAÇÃO: Rua Peru, 20 - Ibiúna - SP IMPRESSÃO: Gráfica Atlântica TIRAGEM: 10.000 exemplares T. ACUMULADA: 3.544.000 exemplares

As matérias assinadas são de inteira responsabilidade dos autores.

cóptero Águia, porém não foi localizado nenhum suspeito. O Tenente disse ainda que os furtos e roubos de motos e veículos em Ibiúna foram reduzidos. Operação fim de ano O tenente alertou a todos que a PM intensificou o patrulhamento nas principais ruas da cidade com motos e viaturas a fim de inibir ações dos marginais. Vizinhança Solidária x PM O morador Renato Tadeu Andrade, do loteamento Lagos Verdes no bairro Campo Verde, informou que em seu loteamento foi implantado o Programa Vizinhança Solidária da Policia Militar, que visa unir as comunidades interessadas em aderir ao programa orientando-as, acompanhando e monitorando de perto as irregularidades relativas a segurança das comunidades. No Lagos Verdes foi criado um grupo de WhatsApp que é acompanhado por moradores e pela PM; estão previstas reuniões periódicas para com os moradores a fim de discutir ações e procedimentos que fortalecerão a questão da segurança, visando reduzir furtos e roubos.

Assessoria de Imprensa Câmara de Ibiuna

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017


Página-3

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Obras da duplicação da Bunjiro Nakao serão iniciadas em janeiro No último dia 21 de novembro, uma comitiva do município esteve na sede do Departamento de Estradas e Rodagens (DER) para acompanhar os trâmites para o início das obras de duplicação da Rodovia Bunjiro Nakao. A comitiva, liderada pelo prefeito João Mello (PSD), reuniu-se com o engenheiro Rubens Cahin e diretores do setor, para tratar da apresentação final do projeto da duplicação da Rodovia Bunjiro Nakao (SP250), onde anteriormente havia sido solicitada a inclusão das chamadas “pontas” - trechos iniciais de acesso ao município, dentro do projeto da Rodovia, que será duplicada, por intermédio do Governo do Estado. Alguns pontos haviam sido definidos e outros sugestionados pelo time do Legislativo, como a ciclovia que liga até à rotatória do centro da cidade, acesso ao bairro Lageadinho e sugestões de passarelas, bem como a entrada do município de São Roque com solução de acesso para a Rodovia Quintino de Lima. As passarelas citadas e contempladas no projeto foram: na entrada da Rodovia Quintino de Lima, em frente ao Posto Folena do Curral, Posto Alvarenga, Madeireira

Enfim uma boa notícia: temos o melhor governo Claudino Piletti

Mil, Condomínios Colinas de Ibiúna e Jahú. O engenheiro Rubens, afirmou que o projeto está em fase final de contratação da empresa que executará a obra, para que logo em seguida seja assinado o contrato. No mês de dezembro, será assinada a Ordem de Serviço pelo governador Geraldo Alckmin e as obras terão início em janeiro de 2018. De acordo com o engenheiro, a empresa responsável pela obra será Heleno & Fonseca Construtécnica, com apoio de duas outras empresas, uma para supervisão técnica e outra para supervisão ambiental. O prefeito João Mello e vereadores comemoraram a aprovação de toda a obra de ponta a ponta. A Rodovia será duplicada nesta primeira etapa num trecho de 13,9

quilômetros, que corresponde do km 48,7 ao km 62,6 contemplando as cidades de Vargem Grande Paulista, Cotia e Ibiúna. O projeto executivo também prevê a implantação de cinco passarelas, no km 49,6, km 53,3, km 57,2, km 59,7 e km 61,6. Outras melhorias no sistema de drenagem, sinalização e dispositivos de acesso estão previstas para todo o trecho. Sobre o Projeto A Rodovia Bunjiro Nakao é conhecida pelo grande trajeto de carros todos os dias. A obra será financiada pelo Banco Mundial, por meio do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD) e da Agência Multilateral de Garantia de Investimentos (MIGA) e o valor total está orçado em R$ 142,5 milhões.

O escritor francês Flaubert (1821-1880) afirmou, em certa ocasião: “O melhor dos governos é para mim aquele que agoniza, pois vai ceder lugar a outro”. É o que sinto em relação ao atual governo. Por isso, conto os dias que faltam para seu final e eleição de novo presidente, como a criança pobre que conta os dias que faltam para o Natal e a chegada de seu presente. “Cada povo tem o governo que merece”, dirá você... Concordo, pois, nosso presidente não nos foi imposto por um ET, mas eleito pelo PT. Mas, apesar disso, nosso presidente é um sujeito muito capaz... Capaz de tudo, diria Getúlio Vargas (1883-1954) que, quando nos governava, afirmou: “Metade de meus homens de governo não é capaz de nada, e a outra metade é capaz de tudo”. Hoje, nosso presidente poderia dizer o mesmo de seus homens, mas incluindo-se, ele próprio, em ambas as metades. Os fatos demonstram que ele é, ao mesmo tempo, capaz de nada e de tudo. Vejamos alguns desses fatos. Ele não foi capaz de ajudar a presidente, na carona da qual se elegeu, a fazer um bom governo. Mas, foi capaz de tira-la do poder para tomar o seu lugar. Ele não foi capaz de formar um governo com gente honesta. Foi capaz, no entanto, de comprar deputados para que o livrassem de ser julgado pelo Supremo Tribunal Federal.

Ele não foi capaz de combater a criminalidade no país. Mas, foi capaz de reunir-se em seu palácio, na calada da noite, com um empresário criminoso para combinar o recebimento de uma mala de dinheiro. Ele não foi capaz de resolver o problema da segurança no país, mas foi capaz, para se proteger, de mandar cercar o seu palácio com arame farpado. Ele não foi capaz de diminuir os impostos cobrados dos mais pobres. Foi capaz, porém, de perdoar impostos devidos por ricos sonegadores. Ele não foi capaz de melhorar o nível de educação do nosso país. Mas, ao viajar para fora, foi capaz de cometer gafes monumentais, misturando alhos com bugalhos. Ele não capaz de melhorar a saúde no país. Foi capaz, no entanto, de parir um governo que nasceu agonizante. Só espero que o próximo governo não nasça agonizante. Se isso ocorrer, a vaca irá pro brejo de vez. E, com ela, nossa idolatrada Pátria. Então, os que puderem irão para os Estados Unidos, Japão, Portugal ou qualquer outro lugar. Os demais, aqui ficarão condenados à triste sina de contar os dias que faltam para o final do governo e a chegada do Papai Noel com um saco de presente, pois, o deles, já está cheio há muito tempo.

Ponte que dá acesso ao Residencial Arapongas pode cair

Prefeitura tomará empréstimo para realizar benfeitorias na cidade Os vereadores aprovaram na sessão da última terça-feira, 12, projeto de Lei que autoriza a Prefeitura a contrair recursos do Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento na Modalidade Apoio Financeiro (Finisa), do banco Caixa Econômica Federal. O valor contraído será de até R$ 5 milhões. A proposta foi aprovado por 12 votos favoráveis e dois contrários, Charles Guimarães (PSL) e Rozi da Farmá-

cia (PTB). O vereador Paulinho Dias (PR) não compareceu à sessão. Como garantia da movimentação financeira, a Prefeitura disponibiliza o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que é uma transferência constitucional do Governo Federal aos municípios. Segundo a mensagem encaminhada a Câmara Municipal, a o prefeito João Mello (PSD) defendeu que pretende destinar o valor a completa reforma

e remodelação da Praça da Matriz, “que voltará a ser um cartão postal da cidade”, além da duplicação da ponte da Estrada da Cachoeira (próximo a rotatória do Supermercado Ibiúna), “evitando que ocorra mais acidentes”, e ainda a construção de um Centro de Multiatividades ao lado do Ginásio de Esportes, onde se localiza a comunidade de moradores que serão transferidos ao CDHU Jemima, em fase final de construção. O valor será pago em até dez anos, com dois anos de carência.

Há anos, os moradores e diretores do Residencial Arapongas, no bairro do Piaí, reclamam pela falta de manutenção de uma ponte de madeira que dá acesso ao residencial. Segundo os diretores, centenas de veículos passam pela

ponte todos os dias e o residencial emprega considerável número de pessoas; como está, a via oferece risco aos transeuntes. Os moradores já fizeram diversas cobranças e cobram o atual prefeito João Mello (PSD) – que já está a quase um ano no cargo – para que olhe com atenção para o bairro e providencie, com a maior urgência possível, uma ponte de alvenaria para o local. “A falta de manutenção na ponte dificulta novos investimentos no residencial”, disse um dos diretores do Arapongas.


Página-4

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Ibiúna promoveu o 2º Seminário Regional de Meio Verba do DADE será utilizada Ambiente com temas da APA de Itupararanga para revitalizar Centro Olímpico A Prefeitura de Ibiúna promoveu o Seminário Regional de Meio Ambiente, no último dia 1º de dezembro, no Centro Cultural e Esportivo de Ibiúna (CCEI). O objetivo do evento foi destacar a preservação dos recursos hídricos, além da importância e necessidade dos Pagamentos por Serviços Ambientais (PSA) na região da Bacia dos Rios Sorocaba e Médio Tietê. O evento contou com a presença do prefeito João Mello (PSD), dos deputados Vitor Lippi (federal-PSDB) e Maria Lucia Amary (estadual-PSDB), do presidente da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente e secretário de Meio Ambiente de Campinas, Rogério Menezes, coordenador de Saneamento da Secretaria Estadual de Recursos Hídricos Américo Sampaio, do Comitê de Bacias, Sétimo Marangoni, o Gerente da Fundação Florestal, Diego Hernandes Rodrigues, a presidente do Instituto de Projetos e Pesquisas Socioambientais (IPESA), Paola Samora, do Programa Fazenda Legal, Sérgio Saliba, secretários municipais, vereadores e representantes da região. O prefeito João Mello enalteceu e agradeceu os deputados Vitor Lippi e Maria Lucia Amary, que “lutam pela questão da água e meio ambiente”, todos os participantes, principalmente, os envolvidos na causa da educação ambiental, saneamento básico, pagamentos por serviços ambientais e a produção

sustentável. “Foi uma satisfação sediar este evento, peço que meus colegas da classe política abracem à causa e com diretrizes e planejamento faremos um grande trabalho para o meio ambiente”, destacou o João. “Ressaltamos a importância de dar o devido encaminhamento para o reconhecimento do PSA como instrumento de gestão ambiental na Bacia. O pagamento ou a compensação por serviços ambientais consiste na transferência de recursos (monetários ou outros) a quem ajuda a manter ou a produzir os serviços ambientais”, destacou o secretário municipal do Meio Ambiente, Jean Marcicano. No seminário, aconteceu a entrega da Carta por Itupararanga, feita pela aluna da Escola Dom Bosco, Júlia, as autoridades presentes, enfatizando as contribuições da sociedade para preservação de Itupararanga. Para ler o poema, “As Borboletas” de Vinícius de Moraes, a aluna Anna Beatriz, de 3 anos, da “E.M. Juliana Coelho da Silva

Hamada”, protagonizou um momento de reflexão. Também foram entregues os certificados do curso de 1ª Capacitação em Legislação Ambiental na APA Itupararanga aos participantes, pelo capitão da Polícia Militar Ambiental, Guilherme Bopré. Na ocasião, o professor e Dr. André Cordeiro, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), apresentou como está à qualidade da água na Represa de Itupararanga, além de levar conhecimento à população, destacando a importância do reservatório para a região. Américo Sampaio, da Secretaria de Recursos Hídricos, abordou a questão da reestruturação do projeto “Água é Vida”, sistemas isolados de saneamento. Para finalizar, Dr. Emerson Arruda, também da UFSCAR, apresentou os parâmetros e estudos do PSA, bem como o encaminhamento da proposta de pagamentos por serviços ambientais para as autoridades, para que reconheça o PSA como instrumento de gestão na bacia.

19ª Aniversário da APA de Itupararanga

No dia 1º de dezembro, o Centro Cultural e Esportivo de Ibiúna (CCEI) foi palco das comemorações do 19º Aniversário da Área de Proteção Ambiental (APA) de Itupararanga, que aconteceu pela manhã. Os municípios de Ibiúna, Alumínio, Cotia, Mairinque, Piedade, São Roque e Vargem Grande Paulista enviaram representantes ao evento. O gestor da APA, Diego Fernandes, da Fundação Florestal, foi o coordenador da iniciativa. Ele

agradeceu os presentes e o apoio da Prefeitura de Ibiúna em sediar a festa. Já o prefeito João Mello (PSD) disse da satisfação em ser o anfitrião das comemorações e poder compartilhar o projeto de educação ambiental na região. A represa de Itupararanga é responsável por abastecer cerca de um milhão de moradores da região de Sorocaba. Durante as palestras, foi ressaltado que a qualidade da água é uma das melhores do estado, comparados a outros mananciais de

abastecimento à população. A diretora da ONG SOS Itupararanga, Viviane Oliveira, explanou sobre os resultados do projeto de implantação dos biogestores em bairros de Ibiúna. Ela falou também do “Projeto Nossa APA”, sobre a educação ambiental contendo os kits educacionais que foram entregues à alunos da rede pública. A Saneaqua, de Mairinque, também participou da comemoração, bem como o SAEE, de Sorocaba, e a Contemar, fizeram suas apresentações. O evento também recebeu também exposições das escolas com projetos de educação referentes ao Meio Ambiente, a APA Itupararanga, turismo ecológico e agricultura orgânica.

O prefeito João Mello (PSD) participou da assinatura do convênio com Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (DADETUR), da Secretaria Estadual de Turismo no último dia 30 de novembro, no Palácio dos Bandeirantes. Por meio do convênio, o município receberá repasse de R$ 2,3 milhões para realização de projeto de revitalização e reordenação do Centro Olímpico Municipal. A cerimônia foi presidida pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) e contou com a presença de prefeitos de estâncias turísticas e de onze Municípios de Interesse Turístico (Mits), do vicegovernador Márcio França (PSB), do chefe da Casa Civil, Samuel Moreira (PSDB), dos secretários estaduais Fabricio Arbex Cobra (Turismo) e Floriano Pesaro (Desenvolvimento Social) e da diretora do Dadetur, Nanci Cortazzo.

De acordo com João Mello, o projeto apresentado pela prefeitura irá permitir a “revitalização e a reordenação do Centro Olímpico que se transformará num centro de eventos e contará com um ginásio poliesportivo coberto, salas para múltiplos usos, como shows de rock, oficinas culturais, artes cênicas, entre outras atividades para atrair e acolher turistas”, disse. Para o prefeito, a assinatura desse convênio “coroa um ano de muito trabalho. Para que pudéssemos assinar a liberação desses recursos, o governo estadual nos exigiu que todas as pendências anteriores fossem resolvidas. Ibiúna tinha muitos convênios sem prestação de contas, com projetos malfeitos, licitações equivocadas e nós passamos este ano todo ajustando os detalhes para conseguir entrar finalmente no rol das cidades que assinaram o convênio”, destacou João Mello.

Ana Cristina Piletti

mesmo percurso sozinho. Ficou surpreso ao notar que havia dois córregos, um em cada lado da estrada. O córrego que tinha visto da sua janela, agora na condição de motorista do veículo, era tão feio e poluído quanto o descrito pelo seu pai (adaptado de Irvin Yalom, 2006). Enfim, o nascimento representado pela época natalina parece oportuno para que cada um de nós perceba que recomeçar significa mudar. É como diz a expressão latina “mutatis mutandis”, ou seja, mudando o que deve ser mudado. Estas mudanças começam na forma de ver nossos relacionamentos e ações no mundo. Na maioria das vezes, há mais de um córrego na estrada e não será possível mudar se não olharmos pela janela do outro.

Mudando o que precisa ser mudado

Embora seja uma festa cristã, o Natal é comemorado por pessoas de diferentes culturas e religiões. Talvez, o nascimento seja o ato mais representativo e a ideia que pode ser compartilhada por todos os que celebram a data. Nascer, segundo o dicionário, é “passar a ter vida exterior no mundo” ou, ainda, “começar a dar sinal de sua presença”. O nascimento de uma pessoa, por exemplo, é um sinal de esperança e expectativa de um futuro melhor. É claro que uma criança é sempre uma mensagem otimista para o futuro. Mas, o adulto também o é enquanto não perder a sua capacidade de mudar e recomeçar. Para isso, é preciso aprender a olhar para além da sua própria janela, tal como ensina a seguinte história: Pai e filho viajavam de carro por uma estrada, na tentativa de restabelecer o diálogo e o relacionamento a tempo desgastado. Logo, o filho desistiu de conversar com o seu pai quando este continuamente reclamava do feio riacho entulhado de lixo às margens da estrada. O filho, por outro lado, não via nenhum entulho no belo riacho que, para ele, conservava sua beleza natural. Passado um tempo, o filho teve a oportunidade de realizar o


Página-5

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Recital do Grupo Sopro Yamaha no Centro Olímpico

No último dia 29, no Centro Olímpico, foi realizado o Recital do Grupo Sopro Yamaha de Ibiúna, sob o comando da educadora musical Elisangela Godinho Dias, abrindo o calendário das festividades do ‘Natal da Paz’ da cidade. O repertório contou com músicas folclóricas do cancioneiro infantil e lindas canções natalinas, interpretadas através do canto das crianças e das flautas doces soprano, contralto, tenor e baixo. O grupo Sopro Novo de Ibiúna é formado por professores e músicos ibiunenses que participaram dos cursos de iniciação musical por meio da flauta doce Sopro Novo Yamaha. Agora, eles estão utili-

zando o instrumento em sala de aula, apresentando-se no ambiente escolar e levando música para toda comunidade. Na apresentação, estiveram presentes o prefeito João Mello (PSD), o secretário de Educação, Paulo Dias, os diretores da Fundação Sopro Novo Yamaha, Cristal Velloso e João Takao Shirahata, e a mãe do prefeito, professora Yóle Falci de Mello – “madrinha do Grupo Sopro Novo de Ibiúna”. O Recital contou ainda com a presença de, aproximadamente, 400 alunos entre das redes Municipal e Estadual de ensino. O evento abriu as festividades de fim de ano promovidas pela Prefeitura de Ibiúna.

Sentido verdadeiro do Natal cristão Padre Daniel Vitor Todo ano, quando o 25 de dezembro se aproxima, verificamos muitas mudanças em nosso cotidiano em função das comemorações do Natal. Ruas e casas enfeitadas com luzes, árvores natalinas por todos os lados, decorações e Papai Noel nos Shoppings, anúncios comerciais de brinquedos e presentes por toda parte. O consumo é estimulado por todos os lados, desviando-nos do verdadeiro sentido do Natal Cristão. Claro que as decorações e até mesmo a figura tradicional e folclórica do Papai Noel são legais e interessantes, principalmente para o universo infantil. Mas não passam de tradições. Logo, não deveriam desviar as pessoas do verdadeiro sentido desta importante data do calendário cristão. De que forma a comemoração teria mais significado do ponto de vista cristão? É bom lembrar que no dia em que Jesus nasceu (25 de dezembro é uma data atribuída, porém na era apostólica essa data marcava a festa do sol, uma comemoração pagã onde os cristãos buscaram

encontrar o sentido de representar Jesus como Luz do mundo, superando a cultura pagã forte da época) na cidade de Belém, a alguns quilômetros de lá, o rei Herodes planejava sua morte. É bem provável que, neste dia, o cruel rei enfartava-se comendo carnes, guloseimas e bebendo vinho. Já numa simples instalação, ao redor de uma manjedoura, Maria e José se alimentavam provavelmente com poucas frutas secas, pão e água. O sentido mais profundo do Natal é verdadeiramente deixar Jesus nascer em seu coração prontamente para restaurar sua vida com propósitos firmes de uma vida mais humilde e solidaria. E qual seria então o significado cristão do Natal? Basta lermos os evangelhos para percebemos que Jesus não valorizava bens materiais, muito pelo contrário. As mensagens e ensinamentos de Jesus estão relacionados com mudanças de atitudes no sentido de melhorar o caráter e aproximar as pessoas cada vez mais de Deus. Amar a Deus sobre todas as coisas e amar ao próximo como a si mesmo são os dois ensinamentos chaves da mensagem de Jesus. Perdoar, não julgar o próximo, fazer o bem, ter

compaixão e ajudar os necessitados também são orientações importantíssimas feitas por Jesus. Portanto, é a festa da família, de valorizar aspectos essências de fraternidade que uni a humanidade a celebrar a vida redimida com a vinda do menino Deus que vem fazer morada em nossa vida interior, tornando-nos capazes de levar essa luz na vida dos mais necessitados, compartilhando a alegria do Salvador que nos instrui no caminho verdadeiro que leva o sentido da vida. Jesus nasce e revela tamanho amor de Deus por nós, assim, devemos estar convictos da libertação que recebemos de Deus buscando seguir os ensinamentos do Cristo superando os apegos das coisas passageiras e alcançar através de nossas atitudes a gloria do Reino restaurando a nossa vida pela virtude da esperança. Bom Natal para todos!

Prefeitura promove atrações musicais com o ‘Natal da Paz 2017’ Escola Adventista promoveu Cantata de Natal na Praça

No dia 30 de novembro, os alunos da Escola Adventista de Ibiúna apresentaram uma emocionante Cantata de Natal na Praça da Matriz, com a regência da professora Elisiane Feitosa. Os alunos cantaram canções natalinas, acompanhadas pela Banda Musicart, coordenada pelo músico e vocalista Wesley Moreira.

Os pais, familiares e amigos presentes no evento não conseguiram esconder a emoção ao verem seus filhos cantarem; muitos foram às lágrimas. O pastor da Igreja Adventista, capelão da escola, Edgard Garcia, proferiu uma mensagem bíblica sobre o nascimento de Jesus Cristo.

Para fechar as comemorações de fim de ano, a Prefeitura está realizando diversas apresentações com o ‘Natal da Paz 2017’ em pontos centrais da cidade. As apresentações começaram no dia 29 de novembro com o ‘Recital de Fim de Ano’, do Grupo Sopro Novo, seguido da ‘Cantata de Natal do Coral Infantil da Escola Adventista’, realizado no dia seguinte. Já no dia 2 de dezembro, o ‘Grupo de Taiko Ryubu Daiko’, do Centro Cultural e Esportivo de Ibiúna (CCEI), se apresentou na Praça da Matriz. O coral do Colégio Objetivo também emplacou o brilho do Natal, com apresentação musical realizada no prédio da Prefeitura, na XV de Novembro, no dia 4. Na

quinta-feira, 7, aconteceu a ‘Cantata de Natal do Projeto Guri’, que encantou diversas pessoas com apresentação no Terminal Rodoviário. Seguindo as atrações, a Matrimonium Banda Musical com Aline Chahad se apresentou no dia 8. A Banda RJN Zerograu se apresentou na Praça da Matriz, no

último sábado 9. Os shows continuaram com a tradicional Banda Lyra Unense, no domingo 10. As comemorações seguem até o dia 23 com o ‘Natal da Associação Comercial e Empresarial’, que acontecerá às 17 horas, na Praça da Matriz. Todos estão convidados a participar!


Página-6

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Conselho de Pastores participa de coquetel no Recanto Julubi Júlia Tanaka Na noite do dia 26 de novembro, os proprietários do Recanto Julubi, senhores Jacó e Soá, ofereceram um jantar para membros do Conselho de Pastores e Líderes Evangélicos de Ibiúna (CONPLEI), com a finalidade de divulgar o local. Os anfitriões manifestaram a satisfação em receber os pastores e convidados para uma noite memorável em sua pousada – Recanto Julubi. O Julubi oferece uma estrutura e atendimento ideal para realizar qualquer evento com qualidade e conforto. Segundo Jacó, a capacidade do Julubi é para 176 pessoas pernoite; em 2018, a diária por pessoa, incluindo café da manhã, almoço, jantar e direito a usufruir todas as atrações que o Julubi oferece, será de apenas R$ 99,00. Religiosidade Durante a noite, os pastores aproveitaram o espaço para promover momentos de louvor e ado-

ração, com a participação dos pastores Marcos e Rogério. Coube ao pastor Tony ministrar a Palavra de Deus. O presidente do CONPLEI, pastor Gilberto Alves, agradeceu o convite do empresário Jacó, que também é diácono, e a gentileza de ter oferecido o espaço para reunião mensal do CONPLEI. Agradeceu também pelo jantar oferecido para todos os presentes, que foi carinhosamente preparado pela equipe Festas e Eventos Raquel

Keller – que recebeu elogios dos pastores presentes. Diretoria O Conselho de Pastores e Líderes Evangélicos de Ibiúna tem a seguinte composição: Pr. Gilberto Alves, presidente; Pr. Henrique Nhime, vice-presidente; Pr. Adilson de Oliveira, primeiro secretário; Pr. José Ramalho, segundo secretário; Pr. Nelson Gonçalves, primeiro fiscal; Pr. João Messias, segundo fiscal; Pr. José Carlos, tesoureiro.

Sindicato Rural divulga cursos gratuitos para 2018 O Sindicato Rural de Ibiúna divulgou os cursos gratuitos que estão previstos para o próximo ano: Meliponicultura - criação de abelhas sem ferrão, mel na gastronomia, olericultura básica – colheita e comercialização, administrar a vida e o trabalho, processamento artesanal de leite, hidropônica, operação e manutenção de roçadora lateral, operação e manutenção de motosserra, processamento artesanal de pães, minhocultura – produção de húmus, equitação-manejo de po-

tros, viveirista 1 e 2 – horticultura plantio/manejo, orquídea, artesanato em sementes, grãos, folhas e cascas, aquapônia, eletricista Inst. elétricas em baixa tensão, fruticultura básica – manejo e tratos culturais, aplicação de agrotóxicos com pulverizador costal manual, rosa manejo e tratos culturais, eletricista acionamento de motores elétricos, artesanato em bambu, equitação-noções básicas, jardineiro 1 - implantação do jardim, operação e manutenção de tratores agrícolas, pedreiro, jardineiro 2 –

condução manutenção e reforma, equitação – casqueamento e ferrageamento, artesanato em argila-bijuterias, hidráulica – rede de água e esgoto, cogumelo shitake, programa apicultura, programa turismo rural e programa olericultura orgânica. As vagas são limitadas. Os documentos necessários para inscrição são cópias do RG, CPF ou CNH. Endereço: Rua Pinduca Soares, 260 – Centro. Telefones: (15) 32411435 e 3241-1246. Email: siribiu@gmail.com.

Lar de Idosos precisa de sua ajuda Transfira à Casa de Santa Rita os créditos da Nota Fiscal Paulista

A Casa de Santa Rita – abrigo com mais de 50 idosos, passa por sérias dificuldades financeiras. Para tentar amenizar o déficit, os diretores da Casa, que são voluntários, estão promovendo campanhas para motivar as pessoas a doarem os créditos do Nota Fiscal Paulista (NFP) para a entidade. Aos cadastrados no Nota Fiscal Paulista, a cada semestre o governo libera créditos para os participantes, conforme o consumo em que a Nota Fiscal é emitida com o CPF do contribuinte. Através do smartphone, com o aplicativo da NFP, ou mesmo pelo site (www.nfp.fazenda.sp.gov.br/ default.asp), você pode direcionar os seus créditos a entidade, basta acessar o link doação e, depois,

doação manual. Após, clicar em ‘digitar cupom fiscal’ e preencher o CNPJ da Casa de Santa Rita (CNPJ 49.315.666/0001-28) ou procurar por entidades na cidade de Ibiúna e selecionar a Casa de Santa Rita, que ficará disponível também para as próximas doações. É fácil se cadastrar e você pode ajudar a continuidade dos trabalhos do asilo de Ibiúna. Cadastre-se Se você ainda não se cadastrou no site da Nota Fiscal Paulista, basta entrar no site da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo ou buscar diretamente por Nota Fiscal Paulista. No link consumidor, você faz o cadastro de pessoa física ou jurídica. Preenche os dados e depois é só avançar e finalizar.


Página-7

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Destaques 2017 O jornal VOZ de IBIÚNA relaciona pessoas que ficarão na história da cidade porque, de diferentes formas, contribuíram e continuam a contribuir com o desenvolvimento do município. Seja por investimentos privados, promovendo empregos e geração de renda, ou por apoiarem projetos sociais no município. Por isso, abaixo, segue algumas das personalidades do ano na avaliação do conselho editorial do VOZ: Clara Ibiúna Resorrt Teve início este mês as atividades do Santa Clara Resort Ibiúna. O empreendimento turístico fica no bairro da Cachoeira, as margens da represa de Itupararanga e fará uma aposta importante no potencial do turismo ibiunense. A expectativa do novo empreendimento é gerar até 150 empregos no município, até 2019. O Santa Clara Eco Resort já tem um hotel no município de Dourado/SP – considerado o segundo melhor do mundo para famílias. Em Ibiúna, a expectativa é ter mais de 60 apartamentos com acomodações para 120 pessoas. Thaiza Krueder é a responsável pelo empreendimento no município e disse ter se apaixonado com o local e com as belezas da natureza de Ibiúna. Sejam bem-vindos, Taíza e Clara Ibiúna Resort. Novo Sítio Chibana Foi inaugurado em setembro o novo espaço para lazer e educação ambiental de Ibiúna. Tratase do Sítio Chibana, localizado no bairro Vo t o r a n t i m , acesso pelo km 63,5 da Rodovia Bunjiro Nakao. A proposta do local inclui projetos de ecoturismo, regaste de tradições, responsabilidade social e educação ambiental. O Sítio dispõe de salão para festas, lagos, jardim japonês, quadra poliesportiva, piscina, playground,

estacionamento, minifazenda, borboletário, trilhas e horta. Uma das responsáveis, Adriana Chibana, aposta no potencial turístico de Ibiúna e tem participado das ações do setor, como frequentado as reuniões do Conselho Municipal de Turismo. É mais um investimento importante para o turismo ibiunense. Espaço Haras Passargada

O casal Admir e Diomar Ferro, proprietários do Haras Passargada, há mais de 15 anos oferecem Centro de Treinamento, equitação básica, salto, adestramento clássico, baias de aluguel, restaurante, entre outros serviços. Recentemente, acreditando no potencial turístico de Ibiúna, o casal inaugurou espaço de eventos para 100 pessoas, com estrutura completa, para oferecer espaço de lazer para os usuários, com piscina, caminhada e outros atrativos, além, é claro, da cavalgada. Novo Posto Folena O empresário João Paulo Folena inaugurou mais um posto de combustíveis na cidade, no km 68 da Rodovia Bunjiro Nakao. Em um espaço ainda maior e com uma estrutura para atender muito mais que seu carro,

Família de doutores No último dia 28 de novembro, a colunista do VOZ, Ana Cristina Piletti Grohs, defendeu sua tese de doutorado na Universidade de São Paulo (USP). A tese “Laboratório de Relacionamentos Estratégicos: nova metodologia educacional para o ensino-aprendizagem das Relações Públicas” foi aprovado com louvor. A defesa de Ana inovou com a criação de um simulador organizacional e um jogo de empresas para o campo da comunicação e traz contribuições significativas para as áreas de gestão e educação. Aninha alcançou a formação acadêmica do seu pai, o Dr. Claudino Piletti, também colunista do VOZ.

o Grupo Folena abriu sua terceira unidade na cidade. Na dependência do novo Posto, há também troca de óleo, imobiliária, casa de rações, drograria, conveniência e salão de beleza. Naka Auto Posto No início de fevereiro, o empresário Shigueru Nakamura, conhecido como Naka, inaugurou mais um posto de combustível que leva o seu apelido. O mais novo Posto Naka está localizado na Rodovia Bunjiro Nakao, km 83,5, no bairro da Ressaca. Presente em Ibiúna há mais de 15 anos, a Rede Naka inaugurou sua primeira unidade na zona rural, visando levar desenvolvimento para bairros de região da Ressaca, Paruru e outros . Está para inaugurar também outra unidade no bairro do Feital, na Rodovia Tancredo Neves, km 8,5. SOS Itupararanga A ONG SOS Itupararanga, com recursos do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), produziu em 2017 mais de 11 mil kits contendo jogos e cartilhas, além de encartes sobre a Área de Proteção Ambiental (APA) de Itupararanga, que traz informações sobre as novas ferramentas de educação ambiental que valorizam os atributos naturais de Ibiúna, em especial, a Represa de Itupararanga. Os kits contém quebra-cabeça com ilustração do mapa de zoneamento da APA; Jogo de trilha com tabuleiro com base em um mapa ilustrativo do município e Cartilha ilustrada. Para alunos do oitavo ano e ensino médio, encarte ilustrado.

Para 2018, esperamos avanços e não retrocessos Professora Luiza Muitas vezes, nós educadores temos a impressão de que as administrações públicas esperam que a educação resolva, sozinha, os problemas sociais. O que não conseguem compreender é que nossa educação também está necessitada de atenção. As necessidades vão desde os espaços físicos de nossas escolas até a valorização e investimento no aperfeiçoamento dos profissionais da área, tendo em vista que o desenvolvimento dos professores é uma pré-condição para o desenvolvimento da escola. Ao que se refere dos resultados da prova ANA (Avaliação Nacional de Alfabetização) no município de Ibiúna, uma grande preocupação vem nos alertar que 2018 deverá trazer consigo ações significativas que venham de encontro as reais necessidades de aprendizagem dos nossos alunos. Não muito diferente dos resultados Nacionais e Estaduais, a prova ANA revela um cenário onde aproximadamente

52% dos nossos alunos de 3º ano encerram esse ciclo da educação abaixo do esperado/ideal para essa fase. Bem sabemos que muitos são os fatores que se revelam por trás desses resultados. Podemos citar, entre eles, a acessibilidade para as escolas da zona rural (ruas/ estradas em situações precárias que impedem o aluno de chegar até a escola em dias chuvosos) e a infraestrutura dos prédios escolares, muitas vezes construído sem o menor planejamento e em consequência não conseguem atender adequadamente as necessidades dos alunos (fossas abertas, ausência de manutenção dos prédios, quantidade de banheiros insuficiente para o número de alunos, etc). Desse modo, esperamos que em 2018, tais problemas tão aparentes possam ser considerados como prioridade por parte da gestão pública, afinal, nossos alunos merecem uma educação de qualidade e nossos educadores merecem melhores condições de trabalho.

Curtas da Política Mudança no Lixo Desde semana passada, a empresa responsável pela coleta de lixo em Ibiúna é a Rocastro Ambiental Eireli, da cidade de São Paulo. Com o fim dos serviços do Consórcio Una Ambiental, união entre a TB Serviços e a MB Engenharia, a Prefeitura firmou contrato emergencial com a Rocastro por 180 dias, o valor será de R$ 3.260.113,70 pelo período, ou seja, R$ 543 mil mensais. Os serviços consistem em coleta e transporte de resíduos sólidos, limpeza de vias e logradouros públicos, operação e manutenção do aterro sanitário e atividades relacionadas. Licitação prevista Com o novo emergencial, a Prefeitura também divulgou o edital para a Concorrência Pública visando a contratação definitiva da empresa responsável pela coleta no município. O certame está previsto para o dia 19 de janeiro. LCP fica Nos últimos dias, um boato de que a empresa de ônibus Viação Raposo Tavares estaria reassumindo o transporte coletivo na cidade deixou inseguro funcionários da atual responsável, a LCP Transportadora. A insegurança no entanto, durou até a publicação do Imprensa Oficial do Estado da última sextafeira, 08. O prefeito João Mello (PSD) assinou novo contrato

emergencial com a LCP Transportadora Ltda por 180 dias. A tarifa continua a R$ 3,60. Bloqueados Decisão da justiça local, em pedido de liminar do Ministério Público, decretou a indisponibilidade de R$ 1,3 milhões em bens do ex-prefeito Fábio Bello, dos empresários Mario Elisio Jacinto e Flávio Furtado de Oliveira. Na decisão que acatou o pedido de liminar, o juiz Dr. Éverton Willian Pona destacou que a petição do MP revela fortes indícios de que os réus direcionaram licitação para a empresa vencedora, no caso a Cidal – Cidade Limpa, e reajustaram o valor do contrato em quase 1/ 3 em menos de um mês após a assinatura. “Foi aumentado em desacordo com as cláusulas contratuais, configurando beneficiamento, em tese, ilegal”, diz a decisão. Pode complicar mais A decisão ainda é em pedido de liminar mas, caso venha confirmar a condenação em primeira e posterior segunda instância, a solicitação do Ministério Público Estadual será mais um calo no sapato do ex-prefeito Fábio Bello de Oliveira. Ele já foi considerado inelegível na eleição do ano passado e, caso este processo também seja levado adiante, será mais um a comprometer o prosseguimento da carreira política do ex-prefeito.


Página-8

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Ibiúna recebe Caravana da Inclusão, Acessibilidade e Cidadania 2017

ONG debate assuntos sobre Itupararanga

Viviane R. de Oliveira No dia 1º, Ibiúna foi a última cidade paulista a receber a 8ª Caravana da Inclusão, promovida pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e da Pessoa com Deficiência de Ibiúna. Este ano o evento contou com a participação de dois fundamentais parceiros: o Ministério Público e a Defensoria Pública do Estado. Em sua oitava edição a Caravana da Inclusão, Acessibilidade e Cidadania trouxe novamente ao centro dos debates municipais e regionais as questões relacionadas às políticas públicas inclusivas, as quais, com a vigência da Lei Brasileira de Inclusão (Lei federal n° 13146/2015), vêm ganhando cada vez mais atenção do poder público e da sociedade como um todo. O prefeito João Mello (PSD) deu as boas-vindas aos participantes e enfatizou a importância da Secre-

taria Municipal de Assistência Social. O prefeito destacou atuação da assistência social interligada com a saúde, educação e as demais Secretarias. “Essa é a nossa visão, uma visão holística, não podemos excluir, nós temos que realmente fazer a inclusão e a interligação de todos os setores da gestão para que o atendimento e o cuidado seja efetivo e amplo”, frisou o prefeito. Já a secretária municipal de Assistência Social, Maria Angélica Gomes Balanco, ressaltou a importância do evento para o município e agradeceu a presença de todos. Bem como, a coordenadora de Inclusão da Pessoa com Deficiência do Centro Paula Souza, Alessandra Costa, que parabenizou o município pela receptividade do evento. O conselheiro Fernando Joaquim dos Santos, do bairro do Paruru, representante do Conselho Municipal dos Direitos e Cidadania da Pessoa Com Deficiência, sa-

lientou a sua superação de vida. O Secretário adjunto da Secretaria do Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, Luiz Carlos Lopes, apresentou os avanços e desafios e também o quantitativo de 1 milhão de pessoas com deficiências no mundo. Já a palestrante e Defensora Pública e Coordenadora do Núcleo Especializado de Direitos do Idoso e da Pessoa com Deficiência, Dra. Renata Flores Tibyriçá, explanou sobre os direitos da pessoa com deficiência e as demandas com foco na importância dos “Centros Dias” a serem implantados no município para o acompanhamento dos deficientes. No período da tarde houve debate com alunos portadores de deficiência da ETEC local e os temas abordados foram: sonhos, carreira profissional, direitos sobre a pessoa com deficiência e expectativas sobre a inclusão.

Educação discute temas para serem implantados pelo PVE em 2018 A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Educação, assinou termo de compromisso com o Programa Parceria Votorantim Pela Educação (PVE) por mais um ano consecutivo, em reunião realizada no dia 6 de dezembro. Na ocasião, esteve presente o prefeito João Mello (PSD) e o secretário municipal de Educação, Paulo Dias, além da coordenadora do PVE, Ana Cristina, a formadora da Comunidade Educativa (CEDAC), Maria Paula, e a Consultora de Responsabilidade Social de Votorantim e Energia, Daniela Gerdenits. O objetivo da reunião foi discutir os temas que Ibiúna vai escolher para 2018, além de encerrar as ati-

vidades desenvolvidas neste ano. “O objetivo é estabelecer a melhor relação possível e o bom desenvolvimento do município”, destacou Maria. Na reunião também foram abordados os diferenciais e as novidades do PVE para o próximo ano, que são: o desenvolvimento de competências profissionais de gestores educacionais e escolares, mobilização da comunidade em prol da educação, além de atendimento individualizado, troca de experiências entre municípios e acompanhamento remoto constante. O PVE atende 100 municípios e completou nove anos de existência.

As representantes do PVE ressaltaram a importância do programa, que busca priorizar a educação. “Temos o objetivo de fazer com que os alunos aprendam de forma correta e na hora certa”. Para o próximo ano, foi destacado o desenvolvimento e apoio na parte de Mobilização Social e Apoio a Gestão.

A reunião anual da SOS Itupararanga, que aconteceu no dia 25 de novembro, promoveu o encontro de seus diretores e conselheiros, parceiros e associados para apresentar as conquistas e projetos desenvolvidos em 2017 e os novos desafios para o próximo ano. A SOS Itupararanga mostrou que 2017 foi um ano em que a entidade alçou voos mais altos, especialmente, com a realização do projeto Nossa APA. Aprovado pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Sorocaba e Médio - Tietê (CBHSMT) e com financiamento do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro), a ONG produziu kits contendo jogos e cartilhas, além de encartes sobre a Área de Proteção Ambiental (APA) de Itupararanga, e atendeu a mais de 12 mil alunos do município. A ONG apresentou o andamento de mais 3 de seus projetos financiados pelo Fehidro e também o trabalho que realiza desde 2007 para a formação de jovens por meio do curso de informática, que já atinge a marca de mais de mil alunos atendidos. Em 2018, a SOS Itupararanga iniciará a implantação de biodigestores no bairro Verava, projeto que também receberá recur-

sos do Fehidro. A atuação da ONG na gestão da APA de Itupararanga mereceu destaque, já que este ano a SOS Itupararanga organizou e participou de importantes encontros, como a elaboração do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado da Região Metropolitana de Sorocaba e a revisão do Plano de Bacia, oficina esta que aconteceu na sede da entidade e que recebeu os prefeitos de Ibiúna, São Roque e Vargem Grande Paulista. O projeto de extração de areia e argila na várzea dos rios formadores da represa foi outro tema amplamente discutido. A ONG, que tem acompanhado de forma direta o assunto, apresentou informações atualizadas sobre o andamento do processo de licenciamento, e destacou a reunião da entidade com o Secretário Estadual de Meio Ambiente de São Paulo, Maurício Brusadin, que tratou desta pauta. O encontro anual da SOS Itupararanga comprovou que a articulação dos atores é fundamental para garantir a preservação da nossa represa e que as parcerias fortalecem ainda mais o trabalho desenvolvido pela ONG, permitindo que as ações e projetos cheguem a todos os segmentos da nossa sociedade.

Bom Apetite: massas, assados e congelados O Bom Apetite é a mais nova Rotisseria da cidade. Inaugurado por Daniela e Gabriela Silva, do Posto Vitor, o novo empreendimento fica ao lado do Posto, na saída para Piedade. Elas contaram que resolveram ampliar o leque de seus negócios. A Rotisseria oferece almoço de terça a domingo, com um cardápio voltado para massas caseiras, como nhoque e quatro tipos de macarrão, além de saladas variadas. O Bom Apetite oferece também outras iguarias, como antepastos de berinjela, maionese, saladas, bife a

rolê, espetinhos para churrascos, frango assado e parmegiana. Os clientes ainda podem levar massas congeladas para casa, como lasanhas, canelone, nhoque e rondelli. Daniela e Gabriela convidam a todos para conhecerem a nova Rotisseria, com qualidade em um ambiente aconchegante, com preços justos. Aveninda Maria La Farina Milani, 301 (dentro do Posto Shell, saída para Piedade) – whats (15) 99846-8912 (Delivery).


Página-9

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Turismo Rural consolidando-se em Ibiúna Fernando Moraes Uma nova turma do curso de Turismo Rural promovido anualmente pelo Sindicato Rural de Ibiúna em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) acaba de se formar. Um workshop no Recanto e Haras Passárgada, no bairro Feital, marcou o encerramento do curso, finalizado no último dia 03 no sítio Vale Verde (nos Grilos). Com casos de sucesso apresentados por ex-alunos do curso e profissionais da área, ficou evidente que o Turismo Rural começa entrar em uma fase de consolidação, com algumas experiências bem sucedidas, com otimismo do setor para o futuro e, acima de tudo, a união em torno de transmitir conhecimentos que proporcionaram sucesso de empreendedores. O workshop foi acompanhado por cerca de 80 pessoas, entre convidados especiais e participantes do curso. A primeira parte da atividade consistiu em uma visita técnica pelo Haras, capacitado para receber eventos e competições nacionais e internacionais. A visita foi conduzida pelos pro-

prietários do Haras, o casal Diomar e Admir Ferro, que puderam mostrar uma estrutura nova, mas que já tem conquistado o público com o qual trabalham. Posteriormente, os visitantes puderam se servir com um café preparado por participantes dos cursos, por grupos de alimento orgânico, com destaque para os bolos e tortas da Thais Raiz Café. As apresentações dos casos aconteceram após a introdução do Coordenador de Cursos do Sindicato, Antonio Custódio, e do instrutor do curso de Turismo Rural Gumercindo Basso. Dona Ilda Falacho Torres, do projeto Raízes da Terra, foi a primeira a contar sua história e transmitir ao público como um sonho pode se tornar realidade com trabalho, dedi-

Guarda Civil Municipal de Ibiúna tem nova sede

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Ibiúna agora está em novo endereço, com melhores condições estruturais, na Rua Divaldo Bellato, 1.153 (próximo ao Pronto-Socorro Infantil). Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura, a mudança teve objetivo de melhorar o atendi-

mento, acessibilidade e estruturar a administração e o plantão de atendimento. O local conta com vagas de estacionamento para as viaturas, colaboradores e o público que busca os serviços da Guarda. “Agora possuímos acessibilidade em todo prédio, incluindo banheiro público adaptado, também conseguimos agregar a administração da GCM, o plantão 24 horas e a Diretoria Municipal de Trânsito (Dimutran) no mesmo local”, informou o comandante Marcelo Godinho. Para mais informações, o telefone da administração é (15) 32482053, de segunda a sexta-feira, com horário de funcionamento das 8 às 17h. Já o Plantão 24h atende pelo número (15) 3241-2509 e 153.

cação e planejamento. Na sequência, os importantes depoimentos de Elisa Flaiban, da chácara Flamboyant, e de Admir Ferro, do Recanto e Haras Passárgada. Para finalizar, aluna do curso Regiani Góes, que falou sobre o valor de ser ibiunense, resgatando o orgulho do cidadão que vive na área rural, destacando seus potenciais.

Comtur de olho no lixo

Carlinhos Marques O Conselho Municipal de Turismo (Comtur) está iniciando uma campanha educacional e institucional para conscientizar a população e os turistas sobre a necessidade de cada morador ou visitante cuidar do lixo pessoal. A iniciativa é da sociedade civil, dos membros do Conselho do Turismo, que tem notado a dificuldade no cuidado com o lixo em Ibiúna. No último dia 04, os membros do Comtur estiveram reunidos para planejar as ações. Está previsto um novo encontro para que seja elaborado um relatório com os principais problemas, apresentando imagens e dados sobre a coleta de lixo no município, bem como os locais em que é necessário a implanta-

ção de novos depósitos móveis, além da expansão da coleta. Entre as iniciativas da campanha, o conselho planeja a divulgação de materiais conscientizando os cidadãos sobre a necessidade de cada um cuidar do seu próprio lixo, visando inibir o acumulo em beira de rodovias e estradas. A ação prevê também uma série de sugestões que, ao fim da campanha, serão encaminhadas ao poder público, bem como aos responsáveis pela coleta. A campanha tem o nome de Lixo: Um Problema – Você: A Solução. Na reunião, o presidente do Comtur, o empresário João Giancoli, lamentou a ausência de representantes do poder público local.

Ibiúna assina convênio de educação empreendedora com Sebrae Em novembro, Ibiúna assinou o convênio do Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), do Sebrae, com objetivo de introduzir a disciplina de Empreendedorismo na Educação Básica do Município e também na rede Estadual. O evento ocorreu em São Paulo, na sede da FIESP, com a presença do presidente da Fundação, Paulo Skaf, e autoridades. O prefeito João Mello (PSD), acompanhado do vice-prefeito Valdemar Cardoso (SDD), o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Marco Mello, e o diretor de Indústria e Comércio, Álvaro Teshirogi, estiveram no evento. Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, o programa, que será desenvolvido com alunos

da rede municipal de ensino, tem o objetivo de implantar a cultura empreendedora nas instituições de ensino fundamental, fazendo com que a Educação atue como transformadora dos alunos e os incentive a desenvolver habilidades e comportamentos empreendedores. Para isso, apresenta práticas de aprendizagem que valorizam a autonomia do aluno para aprender, além de favorecer o desenvolvimento de atributos e atitudes necessários à gestão da própria vida. A Prefeitura não terá custos com a aquisição de material didático para os professores e alunos, que serão distribuídos gratuitamente pelo Sebrae/SP. João Mello destacou a importância do programa que será de-

senvolvido em Ibiúna, afirmando que a educação empreendedora pode transformar os jovens. “São os alunos que participarão desse programa que, no futuro, assumirão posições de liderança na cidade, gerando emprego e renda, contribuindo para o desenvolvimento do município”, disse o prefeito. O programa será desenvolvido em parceria com a Prefeitura, através da Secretaria de Educação. O SEBRAE transferirá o conhecimento para os professores, para que eles conheçam a metodologia e recebam o material que será utilizado. Terminada a capacitação, que ainda não tem data para acontecer, o programa começará a ser implementado.


Página-10

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Ibiunenses opinam sobre primeiro ano da administração João Mello e expectativas para 2018 A expectativa para 2018 é a maior e melhor possível, isto em razão de já haver passado esse primeiro ano, em que o país obteve alguma estabilidade e melhora, refletindo, ainda que de maneira lenta, sobre todos os Estados e, respectivamente, sobre os municípios. Com relação ao primeiro ano do prefeito João Mello, avalio como sendo inexpressivo, pois o município de Ibiúna não se encontrava bem equalizado ao final de 2016, sendo normal que a transição trouxesse os orçamentos defasados e todo sucateamento de um final de mandato. Lógico que o eleitor sempre es-

pera mudanças visíveis, e quando essas não se apresentam, acarreta a frustração que o voto não incorporou. Acarreta a descrença, e até arrependimento, pela escolha feita na urna. Todavia, o imediatismo não é bom conselheiro, e em sendo assim, é aconselhável um pouco mais de paciência. Ainda teremos que conviver com as ruas totalmente esburacadas, mesmo as do centro da cidade turística, e que não se fale das ruas ou estradas vicinais dos bairros mais afastados. Lembro-me da paciência, sabedoria budista! Então vamos praticar e, assim, teremos que esperar mais pela saúde, esperar por mais remédios, esperar

Procuro ser otimista sempre; passado a turbulência da transição do primeiro ano de governo, se realmente os ajustes necessários estão sendo feitos, veremos, com certeza, o resultado através das obras que o povo tanto clama, como o recapeamento da extensão total da estrada do Verava, o reparo necessário da Júlio Dal Fablo (antes que fique muito ruim), a conclusão da pista de caminhada e da delegacia, além de investir mais na infraestrutura da saúde, educação e da segurança onde os recursos são maiores vindos de fora! Em todos os setores vejo funcionários se esforçando para o bom andamento do serviço público, mas, muitas vezes, se deparam com falta de estrutura para poderem desempenhar bem as suas funções! Dentre os pontos negativos foi a mudança do transporte coletivo e a péssima qualidade do serviço de coleta e a manutenção do aterro

sanitário, que precisam melhorar e muito os serviços prestados. Avalio de uma forma positiva a diminuição de secretarias e passado os doze meses é necessário a prestação de contas do que foi realizado em cada pasta e se for o caso fazer as substituições inevitáveis! É importante destacar também o preenchimento dos cargos públicos com pessoas que fizeram o concurso e diminuir ao máximo os cargos comissionados! No mais, acredito que o segundo ano dessa gestão será de resultados bastante positivo, é o que esperamos! Um grande abraço a todos! Uma observação importante também é se alguma ação está sendo feito em relação a geração de empregos! Paulo Kenji Sasaki, agricultor.

por uma merenda escolar balanceada e nutritiva, por um transporte compatível, por uma administração mais humana e eficiente para todos, tenham ou não votado no prefeito atual. Não há por que se preocupar com o futuro, caso as coisas não melhorem, pouco ou nada podemos fazer, além de cumprir com nossas obrigações, pagando nossos impostos e acompanhando o bom uso da administração pública com o orçamento alcançado. E, se ainda assim, as coisas não melhorarem, contamos com o prazo de validade que o mandato encerra, assim é a democracia, vamos bem exercê-la! Ruth Maria Canto Cury, advogada

Tenho uma visão positiva deste primeiro ano. Uma vez que, segundo as falas do prefeito, este foi um período de reavaliação e planejamento, acerto de contas e enxugamento da máquina pública. Estas atitudes são silenciosas e invisíveis do qual não podemos ver o trabalho, mas que se foram feitas, veremos o resultado não apenas nesse governo, mas por um longo período. Espero que tenha sido feito e bem feito. De qualquer maneira seria irresponsável, para não dizer uma burrice mesmo, condenar sistematicamente o primeiro ano de um governo que é obrigado a realizar sua agenda com a perspectiva de orçamento do governo anterior. A partir do segundo ano teremos uma visão mais clara das qualidade e defeitos da gestão.

Como um cidadão que ama esta cidade, e sobretudo, como um empresário que sonha com uma cidade próspera não posso me deixar abater nunca. Continuaremos lutando com muito trabalho, com muita audácia, com coragem. Espero que tudo melhore e, através da nossa luta diária, espero colaborar com o município trazendo a formação adequada aos nossos jovens e ampliando o número de funcionários que vivem da minha empresa. Ibiúna em primeiro lugar! Leandro David Godinho, Profissional do Marketing

Minha expectativa para 2018 é diminuir os salários dos vereadores e do prefeito. Melhorar o atendimento dos postos de saúde e hospital. Melhorar e ter constância no recolhimento de lixo hospitalar. Melhorar a organização das campanhas de vacinação animal contra raiva e o esquema de castração de cães e gatos de pessoas carentes proprietárias. Melhorar as condições de trabalho dos professores, funcionários e direção da rede pública de educação. Incentivo ao esporte, ao treinamento e participação da juventude nos jogos regionais.

Incentivo a divulgação da produção orgânica de hortaliças, pois Ibiúna poderia tornar-se um exemplo e ser reconhecida como polo de produtores orgânicos do cinturão verde da Grande São Paulo. Melhoria das condições das estradas de asfalto rurais, principalmente a estrada do Verava. O que observei da gestão do atual prefeito João Mello (PSD) que seja relevante para mim foi o descaso com as estradas asfaltadas rurais, principalmente a estrada do Verava na qual tenho minha clínica veterinária há mais de 20 anos. Ela sempre foi muito usada, mas esses últimos anos tem sido

muito usada por caminhões pesados, seja da obra de São Lourenço da SABESP, ou dos caminhões do porto de areia, ou dos caminhões das mineradoras de água e os tradicionais caminhões de verduras. Para nós, que trabalhamos e usamos diariamente essas estradas, estamos nos sentindo prejudicados e abandonados. Quanto às estradas de terra houve melhoria na conservação, tanto que tenho usado elas para ir à Ibiúna quando estou no Verava, mas ao alcançar as partes asfaltadas, só tem buraco. Claudia I. Barbosa, veterinária

Bailarinas de Ibiúna estiveram em Orlando De 23 a 26 de novembro, a Cia de Dança 8.1, da Nadja Cia de Dança, esteve em Orlando, nos Estados Unidos, participando do campeonato internacional de Dança, o All Dance International. Foi um encontro com a presença de 1.400 bailarinas de mais de 12 países, entre eles, Peru, Chile, Equador, Argentina, Paraguai, Uruguai, Costa Rita, Trinidad Tobago, Haiti, Estados Unidos, França, Por-

Anuncie no Fone-Fácil 2018

(15) 3241-1325

tugal, Inglaterra, além do Brasil, que foi muito bem representado. A Cia de Danças da Nadja trouxe para o Brasil três troféus de prata e bronze. “Mais uma experiência incrível que as bailarinas da Cia de Danças tiveram a oportunidade de acrescentar em seu curriculum profissional e, principalmente, no currículo da vida”, comemorou a professora Nadja.


Página-11

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Obesidade: inimigo da qualidade de vida Em nossa rotina não é incomum nos depararmos com colegas, familiares e até crianças acima do peso, sendo esta uma realidade crescente e alarmante na população brasileira e mundial. A obesidade é considerada um problema de saúde crônico e é fator de risco para uma infinidade de comorbidades como diabetes, hipertensão, dislipidemia, alguns tipos de cânceres, osteoartrite, esteatose hepática não alcoólica, doença do refluxo gastroesofágico, apnéia do sono, hiperplasia prostática, infertilidade, entre outros. O quanto antes for identificado e tratado o sobrepeso ou obesidade, menores os riscos das complicações. Em adultos, o tratamento depende de dieta hipocalórica e ativi-

dade física regular, porém em alguns casos tratamentos medicamentosos podem ser indicados de forma individualizada com o intuito de otimizar resultados na perda de peso. Nos casos mais graves, equipe multiprofissional poderá indicar tratamentos invasivos, sendo o mais conhecido a cirurgia bariátrica. Evite dietas da internet ou alimentos sem estudos científicos. Para melhor avaliação, procure o médico endocrinologista. Dra Martha Camillo Jordão, endocrinologista, atende na Clínica Médica Ibiúna, tel.: (15) 32483790/ 3241-1991 -

O sol é o maior presente que recebemos O cuidado com o sol de verão deve ser somente para não queimar demasiadamente a pele, pelo desconforto que a seguir trará. Já a exposição com moderação, é importante para a regulação da fisiologia osteomineral dado pela vitamina D3. A importância da vitamina D se dá simplesmente pelo fato de que todas as nossas células têm um receptor para receber informação de vitamina D, para que essas células funcionem bem. Benefícios: Produção de fatores autoimunes, multiplicação celular e diferenciação celular, proteção anticâncer, dentre outras. Melanoma, o mais agressivo tumor da pele, normalmente só se manifesta em partes do corpo que

ficam menos expostas ao sol. Pode-se concluir, pelos estudos que se fizeram, que pelos seus efeitos anti-inflamatórios e imunomodulador, a vitamina D seguramente prolonga a vida. O uso de bloqueadores ou protetores solar, devem ser usados com parcimônia nas regiões que não se quer hiperpigmentadas, pois esses “protetores” podem funcionar como xenoestrógenos e bagunçar nosso equilíbrio hormonal. Vamos saber aproveitar essa grande pílula que nos é presenteada quase que diariamente - o Sol. Dr. Jayme Policeno de Bulhões, atende na Clínica Médica Ibiúna - R. João Rolim de Góes, (15) 3241-3790 e 3248-3790.

Clube de Mães Clélia Silva

No último sábado, 9 de dezembro, as voluntárias do Clube de Mães da Igreja Nossa Senhora das Dores promoveram o Bazar beneficente na Praça da Matriz expondo seus trabalhos de artesanato em crochê, bordado, pintura nos panos de prato, toalhas de rosto e cozinha, tapetes, entre outros. A presidente do Clube, Vilma Pecci, que colabora voluntariamente há mais de 20 anos com suas amigas, disse da sua satisfação em poder ajudar mais de 60 senhoras para aprender trabalhos de artesanato e compartilhar experiências de vida, que eleva a autoestima. Vilma ressaltou que parte da renda obtida com a feirinha será doada à Casa

de Santa Rita – Lar de Idosos, que abriga 55 pessoas sem condições econômicas e necessita da ajuda de todos para comprar comida, remédios, fraldas e produtos de higiene.

Restrospectiva 2017 Na última edição do VOZ de 2017, preparamos um apanhado dos principais eventos que aconteceram em Ibiúna durante o ano. Em nossa retrospectiva, lembramos de fatos que entraram para a história do município. Janeiro No dia 1º de janeiro, o prefeito João Mello (PSD), o vice Valdemar Cardoso de Moraes (SDD) e os vereadores eleitos em 2016 tomaram posse. A cerimônia aconteceu no Centro Cultural e Esportivo de Ibiúna (CCEI). No mesmo dia, o vereador Pedro Luiz Ferreira, o Pedrão da Água (Pros) assumiu a presidência da Câmara de Ibiúna. Fevereiro No dia 02 de fevereiro, o prefeito João Mello rescindiu o contrato com a empresa Viação Raposo Tavares, responsável, até então, pelo transporte coletivo na cidade. No dia seguinte, a desconhecida LCP Transportadora assumiu os serviços na cidade. A mudança causou diversos transtornos aos usuários, além de levantar suspeitas de favorecimento, por parte do prefeito, a ‘empresa’, que possuía contrato social de valor insignificante e não tinha, até então, operado os serviços de transporte coletivo em lugar nenhum. Também em fevereiro, o empresário Shigueru Nakamura inaugurou mais um posto de combustível na cidade, no bairro da Ressaca, no km 83,5 da Rodovia Bunjiro Nakao. A Rede Naka conta com 03 postos na cidade e mais um posto deve ser inaugurado ainda este ano. No dia 08 de fevereiro, oito guardas civis municipais foram presos em Ibiúna. A operação que prendeu os GCMs contou com a Polícia Civil e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO). Eles se juntaram a 05 guardas que já estavam presos. Dois GCMs ainda estão foragidos. Março Ibiúna completou 160 anos de Emancipação. Na comemoração, o maestro João Carlos Martins se apresentou no Centro Cultural e Esportivo de Ibiúna (CCEI), como principal atração da festa, que também teve show da dupla sertaneja Milionário e Marciano. Também no mês de março, o prédio da Prefeitura foi interditado porque, segundo a assessoria de imprensa do governo municipal, parte do teto da parte superior desabou e a Defesa Civil interditou parte do Paço. O gabinete do prefeito e outros departamentos transferiram para a galeria da Rua XV de Novembro, enquanto outros setores foram para o Shopping, na Avenida São Sebastião. Abril Políticos de Ibiúna e região, incluindo deputados, estiveram na Casa Civil do Governo Estadual para cobrar a duplicação da Rodovia Bunjiro Nakao. Na ocasião, o secretário Samuel Moreira prometeu a publicação do edital para o mesmo mês. O que não aconteceu. Maio A equipe do Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) realizou o primeiro Emprega Ibiúna, em parceria com empresas da cidade. O evento foi para capacitar e oferecer ajuda aos munícipes que estavam à procura de empregos. No fim do mês aconteceu a 98ª Festa de São Sebastião e do Divino Espírito Santo. Junho O Grupo Folena inaugurou novo Posto no km 68 da Rodovia Bunjiro Nakao, no bairro do Curral. O local passou a contar também com um

pequeno centro comercial, com drogaria, casa de ração, imobiliária, salão de beleza e conveniência. No mesmo mês, o Governador Geraldo Alckmin (PSDB) deu início a licitação para a duplicação da Rodovia Bunjiro Nakao. O edital foi publicado no jornal Imprensa Oficial do Estado. Julho No início do mês, a Prefeitura finalizou um trecho de pavimentação no bairro dos Paes. O trecho pavimentado foi de, aproximadamente, 1 km. O recurso foi proveniente de um convênio com o Governo Federal, ainda de 2014. O jovem Eric Taniguchi Pardinho, de 16 anos, foi contratado pelo Toronto Blue Jays, que integra a Major League Beaseball (MLB), a liga norte americana profissional de beisebol. O contrato do jovem, que morava em Ibiúna, com a equipe americana foi superior aos R$ 4,5 milhões. Agosto No início do mês, a extensão da Escola Técnica Estadual (ETEC) de Mairinque, com sede em Ibiúna, comemorou cinco anos na cidade. A solenidade de comemoração aconteceu da Câmara Municipal. A escritora ibiunense Ana Cecília Porto lançou novo livro infantil, na Esquina da Arte, em Ibiúna, e no Shopping Granja Viana, em Cotia. No mesmo mês, a Orquestra de Metais e Percussão de Ibiúna se apresentou no CCEI. A Prefeitura aditou contrato da empresa responsável pelos serviços de saúde no hospital municipal. O valor saltou de R$ 1,44 para R$ 1,83 milhão. Mesmo com o aumento do custo, as reclamações dos usuários continuaram. Setembro Ibiúna comemorou a 206ª Festa de Nossa Senhora das Dores, sob responsabilidade do Padre Benedito Cesário e contou com participação especial da Banda Lira Unense. No mesmo mês, a ONG SOS Itupararanga doou uma embarcação para a Guarda Civil Municipal, com a finalidade de intensificar o patrulhamento na represa. Feira de Saúde e Passeio Ciclístico deram as boas-vindas à

Primavera, o evento aconteceu na Praça da Matriz e contou com organização da Igreja e Escola Adventista, além de empresas da cidade, como a Bikenexs. No fim do mês, moradores do bairro do Verava interditaram a via para passagem dos trabalhadores que atuavam na obra do Sistema Reprodutor São Lourenço. Os moradores reivindicaram melhorias na estrada, que foram ainda mais danificadas com o tráfego dos caminhões pesados do consórcio. Outubro O Sítio Chibana inaugurou novo espaço, no bairro Votorantim, com projeto de ecoturismo com responsabilidade social e educação ambiental. Obra de um muro de arrimo, na Avenida João Benedicto de Mello Junior, foram paralisadas. A Prefeitura não se manifestou sobre o motivo da paralização. A Prefeitura inaugurou a nova base do SAMU e o Centro de Infor-

mações Turísticas (CIT), na entrada da cidade. Na cerimônia, o prefeito João Mello (PSD) recebeu a o secretário de Justiça e Cidadania do Estado, Márcio Elias Rosa. A Praça, ao lado do SAMU e do CIT, recebeu o nome de Wilson de Moraes Rosa, pai do secretário estadual, que é ibiunense. Novembro No início de novembro, a sociedade ibiunense prestigiou o 31º Jantar Beneficente – Noite Italiana, no salão do Centro Cultural Esportivo de Ibiúna (CCEI), em prol do Lar de Idosos da Casa de Santa Rita. O cardápio variado com canelone, espaguete a moda do chefe, filé mignon ao molho madeira, frango recheado, saladas diversificadas, além dos deliciosos patês acompanhados de pão italiano, agraciou o apetite de todos os convidados, que elogiaram mais uma vez o empresário Giovani Nanni e sua equipe da GNANNI Food Service, que gentilmente preparou toda a comida com muito esmero, sabor e qualidade.

Giovani (GNANNI) e Luciano, presidente da Casa de Santa Rita


Página-12

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Na sessão de terça-feira (12), a última do ano, os vereadores de Ibiúna aprovaram a atualização da Planta Genérica de Valores do Código Tributário Municipal. Com isso, os valores do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para 2018 será reajustado. O projeto polêmico foi colocado em regime de urgência para apreciação dos parlamentares e foi aprovado com 12 votos favoráveis e dois contrários, dos vereadores Charles Guimarães (PSL) e Rozi da Farmácia (PTB). O vereador Paulinho Dias não compareceu à sessão. Após a polêmica, no início da tarde do mesmo dia, o prefeito João Mello (PSD) publicou um vídeo nas redes sociais justificando o projeto de Lei. Para ele, a atitude dos vereadores foi “corajosa e justa”. Segundo Mello, a falta da atualização na Planta Genérica beneficiava, principalmente, os mais ricos, “moradores de condomínio de alta classe”. Como exemplo, “o condomínio Vergel de Una, com avaliação de R$ 450 o

Assessoria de Imprensa Câmara de Ibiúna

Vereadores aprovam revisão na Planta Genérica e IPTU terá reajuste

m², mas o valor venal para o município era de R$ 70 o m². Enquanto as pessoas das camadas mais pobres tinham que pagar um IPTU mais elevado. Essa Planta Genérica de Valores faz uma atualização aproximada, que ainda não se chegou ao valor real, como a praticada em outros municípios, inclusive com força de Lei”, defendeu João Mello. Para condomínios de alto padrão, o aumento será de até 600%, segundo o vereador Charles Guimarães. A previsão do governo é ter um acréscimo anual na receita da Pre-

feitura de, aproximadamente, R$ 10 milhões. Contrário à proposta e defensor para que o projeto fosse rejeitado, o vereador Charles Guimarães postou um vídeo nas redes sociais. Segundo ele, no Real Parque Morumbi, loteamento próximo a cidade, o reajuste será de 535%, enquanto Colinas de Ibiúna 280% de aumento. O vereador enumerou os principais valores reajustados dos condomínios. “Foi um presente de final de ano que o prefeito enviou para vocês de Natal”, ironizou Charles.

Nota de Esclarecimento Muito oportunismo político tem sido usado contra a Revisão da Planta Genérica de Valores do município, que estava defasada há mais de 15 anos, sem qualquer ajuste ou revisão. Como prefeito, tenho a obrigação de zelar pela cidade e para isso tenho prerrogativas constitucionais para propor medidas em benefício da população. E coragem é um atributo indispensável para isso. Encontramos a Prefeitura de Ibiúna arrebentada sob o ponto de vista financeiro e administrativo, com mais de R$ 120 milhões em dívidas. Nossa cidade – a maior de toda a região – tem uma arrecadação muito aquém do necessário para custear os serviços necessários a população, isto porque o oportunismo político sempre esteve acima dos interesses coletivos. Embora tenhamos a maior extensão territorial, o que encarece os custos de manutenção de estradas, coleta de lixo, transporte em geral e também para atendimento de saúde e educação, somos o município da região com a menor arrecadação per capita. Enquanto municípios como Vargem Grande Paulista, São Roque e Mairinque arrecadaram, entre janeiro e outubro deste ano, entre R$ 2.400 a R$ 2.540 por habitante, Ibiúna alcançou R$ 1.900. Com toda a dificuldade de ser cinco vezes maior do que Mairinque, por exemplo, Ibiúna ainda conta com hospital municipal com atendimento 100% público – o único da região – e com o maior quadro efetivo do funcionalismo, principalmente na área da educação fundamental, mas com arrecadação por habitante 25% inferior. Em outras palavras, temos o maior território, os maiores custos

de serviços e a menor receita. Se fosse uma empresa, principalmente pelos desmandos do passado, nossa Prefeitura já estaria fechada. Estamos trabalhando com muita seriedade para reverter este quadro, para equalizar as contas e promover os investimentos que o município tanto precisa. Para isso, a atualização da Planta Genérica de Valores é um procedimento primordial, afinal a nossa é a mais defasada de toda a região também. É injusto uma propriedade com valor de mercado de R$ 1 milhão ter cadastro na prefeitura como um imóvel avaliado em R$ 150 mil, para ocultar o pagamento correto do imposto. E isso acontece, em nossos cadastros, principalmente, em áreas de condomínios de luxo e de alto poder aquisitivo. Estamos cortando despesas e buscando os meios para que nossa receita seja mais próxima possível da realidade de um município que tem cerca de 100 mil habitantes em fins de semana e feriados prolongados. Estamos buscando nada mais do que a justiça econômica para Ibiúna, para que possa ser revertida em justiça social, principalmente àqueles que mais precisam. Certamente, a população verá o resultado de nossas ações em pouco tempo e, em 2018, já teremos motivos para comemorar, como a entrega das 188 casas do CDHU Jemima, obra que iniciou há mais de 10 anos e não foi concluída; construção da nossa nova Delegacia, melhorias nas estradas, recuperação das vicinais, como a Estrada do Verava, asfalto nos bairros, obras de saneamento, retomada das obras da Ciclovia na marginal, início do Programa Saúde da Família (PSF) com 20 equi-

pes, instalação de empresas e infraestrutura no Polo Industrial, implantação em Ibiúna de um polo da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) para a qualificação dos nossos jovens, melhorias no centro da cidade, readequação e reformas em diversas escolas do município e muitas outras benfeitorias para melhorar a qualidade de vida de cada cidadão ibiunense. Isso só será possível porque estamos trabalhando com seriedade e coragem. Por fim, quero pedir que a população continue acreditando em nosso trabalho. Foi um ano de ajustes, adaptações e cortes de despesas; assumimos o orçamento proposto pela gestão anterior. 2018 será diferente, promoveremos mais investimentos, teremos uma arrecadação mais justa e, com as medidas que tomamos este ano, será possível imprimir a marca da nossa administração, com seriedade, coragem e transparência. Podem ter certeza, as decisões que tomamos hoje terá reflexo positivo em um futuro próximo e o maior beneficiado será você, ibiunense! Um feliz Natal e um próspero Ano-Novo, com as bênçãos de Deus à sua família e a nossa cidade. João Mello Prefeito

A inovação dos cursos universitários públicos a distância no estado de SP Carlinhos Marques A Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) foi criada em 2012, como uma fundação. Desde 2016, no entanto, a instituição de Ensino Superior mantida pelo Governo do Estado está ampliando a sua atuação para abrir 50 mil novas vagas de Educação a Distância (EaD) já em 2018. Para isso, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado, chefiada pelo vicegovernador Márcio França (PSB), pretende implantar mais de 200 novos polos da Univesp em todo o estado já no ano que vem. A iniciativa fará com que, se mantido o cronograma do projeto, todo o jovem que terminar o ensino médio a partir de 2020 tenha condição de fazer um curso superior a distância em uma instituição pública sem vestibular. Para isso, a Univesp assinou termo de cooperação com a USP, Unicamp e Unesp – as três universidades estaduais de São Paulo. Os professores, que lecionam a distância pela Univesp, também ministram nas universidades públicas presenciais de SP. A educação a distância é a modalidade de ensino que mais cresce no país. Todo ano, centenas de novos cursos EAD são reconhecidos pelo MEC e, como parte integrante da formação universitária privada, a modalidade está iniciando no Brasil pelo estado de SP no ensino público, como uma novidade para formação de jovens e adultos. Após ser introduzido também na Europa, em conceituadas universidade como Oxford, no Reino Unido, e Navarra, na Espanha, a metodologia EaD está vencendo o

preconceito e tem atraído milhões de estudantes no Brasil e no mundo, ano após ano. Na Univesp, o aluno faz o vestibular e estuda pela internet, mas frequenta as aulas presencias, para interação com os colegas de curso e com um tutor responsável por sanar as dúvidas, semanalmente ou quinzenalmente. Para 2017, os cursos oferecidos serão o de Engenharia da Produção, Engenharia da Computação, Pedagogia, Licenciatura em Matemática, Física, Química e Biologia, além do curso tecnólogo de gestão pública, em parceria com a Faculdade de Tecnologia (Fatec). Para o segundo semestre, o vice-governador Márcio França anunciou o início também dos cursos de administração e contabilidade pela Univesp – ressaltando que os cursos são gratuitos. Com a triste notícia do encerramento das atividades da Faculdade Estácio, a possível instalação de um polo da Univesp em Ibiúna será um presente para a cidade. Na penúltima semana, tive a oportunidade de intermediar encontro do prefeito João Mello (PSD) com o deputado Carlos Cezar visando a implantação do polo no município. O prefeito tem demonstrado disposição em conquistar para a cidade um polo do centro universitário, despendendo tempo e prevendo recursos para que Ibiúna tenha um centro da Univesp em 2018. Será, certamente, uma conquista para a cidade, sobretudo aos jovens ibiunenses. O autor é jornalista e ex-vereador

Câmara aprovou reajuste dos funcionários para 2018 Os vereadores de Ibiúna aprovaram o projeto de Lei para reajustar o salário dos funcionários municipais com base na inflação dos últimos 12 meses. O reajuste será de 2,9% para todos os funcionários, ou seja, baseado no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que até novembro alcançou 2,8%. Antes de assumir, em dezembro de 2016, Mello intermediou o rea-

juste acima da inflação, cerca de 10% na época. Como teve dificuldade para cumprir os compromissos neste ano, o prefeito preferiu o reajuste com base na inflação para não correr riscos de ultrapassar o limite máximo previsto pela Lei para o pagamento de funcionários, que é de 54% da Receita Corrente Líquida (RCL) do município. A oposição, porém, reclamou do reajuste.

Ed 360  
Ed 360  
Advertisement