Page 1

Página-1

Quarta-feira, EDIÇÃO08 de Novembro de 2017

359

Viva Proclamação da República!

EDITOR-CHEFE: JODI TANAKA • IBIÚNA 08 DE NOVEMBRO DE 2017 • COM O POVO E A VERDADE • EXEMPLAR R$ 1,00

Prefeitura intensifica manutenção de estradas

Indicadores de escolaridade de Ibiúna é destaque da Região de Sorocaba O Índice Paulista de Responsabilidade Social (IPRS), reconhecido pela ONU, avaliaram as cidade de Ibiúna, Araçariguama, Alambari e Quadra como as que registraram maior crescimento nos indicadores de escolaridade na região. O índice foi divulgado em audiência pública realizada na Câmara Municipal de Sorocaba, com a presença de autoridades de toda a região. “O indicador está na sua 9º edição, foi lançado há 18 anos. A sua principal missão é ajudar o

A Prefeitura divulgou, no fim de outubro, que mais de mil km de vias foram recuperadas, com serviços de terraplanagem nas vias, além da colocação de linhas de tubos, operação tapa-buraco, desassoreamento

de córregos, drenagem e capinação. Segundo assessoria do prefeito João Mello (PSD), foram atendidos 21 bairros na recuperação dos trechos mais críticos com a operação tapaburaco. Pág. 03

Alunos do Curso de Turismo Rural organizaram Festival

Caminhada “Passos que Salvam” em Ibiúna Idealizado pelo Hospital do Câncer de Barretos, a caminhada “Passos que S a l v a m ” ocorrerá em cerca de 650 cidades brasileiras, no dia 26 de novembro, como manifesto em favor do combate ao câncer infantil. Em Ibiúna será realizada pela primeira vez, graças a intermediação da professora Denise Pontes. A caminhada terá concentração na Capela do Bom Jesus, a partir das 8h, domingo (26). Pág. 04

3º Desafio Outubro Rosa tem recorde de participações O Sindicato Rural de Ibiúna e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR) promoveram o Festival Ser tanejo e Gastronômico, realizado em Ibiúna, na Chácara Martins,

Vargem do Salto, na tarde de domingo (5). O evento foi brilhantemente organizado pelos alunos do curso de Turismo Rural, como parte da grade do curso. Pág. 08

O Desafio Outubro Rosa deste ano contou com a participação de mais de 120 mulheres na prova, no último domingo 29. O projeto é idealizado e organizado pela professora de educação física Mariana de Almeida Soleira. Pág. 04

poder público a fazer o investimento de maneira correta, garantindo qualidade de vida para o povo

paulista”, explicou o presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Cauê Macris (PSDB). Pág. 05

Prefeito inaugura nova base do SAMU e Centro de Informações Turísticas

Pág. 07

Destruindo a História e Apagando a Memória

Antiga casa do senhor Roque e Fauzia

O pesquisador José Gomes (Linense) denuncia a destruição da

história dos poucos prédios antigos de Ibiúna, em artigo na página 08.


Página-2 EDITORIAL

Quarta-feira, 08 de Novembro de 2017

E que venha 2018

O tempo não para. Em um ano em que a economia nacional fez com que a capacidade produtiva do país tenha caminhado lentamente, quase parando, o que não parou em 2017 foi a velocidade do tempo. Haja vista, o ano peregrina para sua última etapa e já estamos no penúltimo mês. VOZ de IBIÚNA completará 2017 com a sua 360ª edição, que será publicada em nosso próximo número, no mês que vem. Além disso, nossa equipe já prepara a confecção da lista mais famosa da região: o Fone-Fácil, que em 2018 fará circular a sua 22ª edição. Não bastasse a magia que envolve o fim de ano, com a festa natalina e com a alegria das comemorações da chegada do ano-novo, 2018 terá, para todos os brasileiros, um significado a mais, já que em outubro do próximo ano os brasileiros voltarão as urnas para as eleições gerais, para eleger (esperamos) um novo congresso, novo líder estadual e um novo governo federal. Diante da grave crise, econômica e política, que o país atravessa desde a eleição da ex-presidente Dilma Roussef (PT), o que vimos, até aqui, foram episódios lamentáveis envolvendo os principais nomes da política nacional. Diante disso, o que nos resta, é torcer para que chegue 2018 e com ele novos ares para a nossa pátria amada. Enquanto no cenário nacional a expectativa é grande diante da proximidade das eleições, no caso de Ibiúna a esperança também é; afinal, estaremos no segundo ano da administração do prefeito João Mello (PSD). Até aqui, com um orçamento proposto pela administração anterior e com o famoso pretexto de que, primeiro, foi preciso arrumar a casa para promover as mudanças que os cidadãos almejavam (ainda que muitos já tenham desiludidos), ainda há a esperança de que 2018 seja de melhores resultados da administração municipal em benefício da cidade e de seus habitantes. Que a casa de fato esteja arrumada para a realização das benfeitorias que os ibiunenses anseiam. Como 2017 está sendo um ano daqueles que não há quase motivos para comemorar – mas infinitos para lamentar, ao se aproximar o ano vindouro, nossas expectativas ficam à espera de que, como dizia a música dos jovens guardas, Erasmo e Roberto Carlos, que “daqui pra frente tudo vai (e que possa) ser diferente”. Assim caminhamos para findar 2017 com a esperança de que 2018 seja um ano diferente. Uma boa leitura a todos e até a próxima edição.

Participe da Palestra da Motors Imports e concorra a uma TV LED 32" No próximo dia 14 (quarta), na G8 Car Center, acontece uma palestra técnica focada em amortecedores para carros importados através de uma parceria entre a G8 Car Center, a KYB e a Motos Imports (empresa que monta os carros da Toyota e também veículos da GM Motors e a Volkswagen). “Convido todos os mecânicos da cidade para participarem e conhecerem essa marca, que tem peças muito boas”, disse o empresário Gilberto Andrade sobre o evento que será na Avenida Capitão

†Falecimento O senhor Shunichi Matsusako, 77 anos, faleceu no dia 08 de outubro de 2017, após ter sido internado no Hospital Nove de Julho, em São Paulo, por três semanas. Deixou esposa, filhos e netos. A família agradece a todos os parentes e amigos que não mediram esforços em prestar condolências. Muito obrigado, família Matsusako.

Manoel de Oliveira Carvalho, 664, em frente a Construção do Supermercado São Roque, na sede da G8 Car Center. Para mais informações, fale com Gilberto ou Gilson pelos telefones: (15) 3241-1248 ou 32411722/ (15) 97402-998 – Nextel ID 35*8261471. G8 Car Há mais de 20 anos no mercado, com duas lojas em São Paulo, a G8 Car Center agora está em Ibiúna, visando oferecer na cidade um novo conceito em atendimento automobilístico. O empresário Gilberto veio para a cidade com o seu filho caçula porque enxergou na cidade um potencial no ramo de pneus.

Na loja em São Paulo, a G8 oferece, além dos serviços, peças para oficinas mecânicas, alinhamento e balanceamento de rodas, entre outros, com um vasto estoque de pneus e acessórios, inclusive de importados. “Queremos ter este convênio aqui também com os mecânicos, porque na capital foi uma parceria que deu muito certo”, contou Gilberto.

Ibiúna terá reforço na fiscalização ambiental com o apoio da Polícia Militar A Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria do Meio Ambiente e apoio da Polícia Militar Ambiental, irá reforçar a fiscalização ambiental do município. Na última semana, a Secretaria realizou reunião com o tenente Bortoletti da 3ª Cia do Batalhão

DIRETORA: Júlia Tanaka - MTB 84.492/SP JORNALISTA RESPONSÁVEL E REVISOR GERAL: Carlos Roberto Marques Jr. - MTB 84.493/SP C ONSULTORIA. J URÍDICA : Delícia Fernandes dos Santos ARTE: Marcelo Martins DIAGRAMAÇÃO: Carlos Roberto Marques Jr. CONS. REDAÇÃO: José Gomes (Linense), Ana Cristina, Claudino Piletti e Luiza Pontes

de Polícia Ambiental (BPAmb) e o soldado Jailson. O “município de Ibiúna vai passar a ter 136 vagas de Diária Especial por Jornada Extraordinária de Trabalho Policial Militar (DEJEM ambiental). O tenente destacou a importância da região frente aos re-

ADMINISTRAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO: Jornal VOZ DE IBIÚNA Rua Peru, 20 - Ibiúna - SP - CEP: 18150-000 TELEFAX.: (15) 3241-1325 www.jornalvozdeibiuna.com.br REDAÇÃO: Rua Peru, 20 - Ibiúna - SP IMPRESSÃO: Gráfica Atlântica TIRAGEM: 10.000 exemplares T. ACUMULADA: 3.534.000 exemplares

As matérias assinadas são de inteira responsabilidade dos autores.

cursos naturais de fauna, flora e outros atributos ambientais, e que também irá fortalecer e intensificar o policiamento ambiental na região, visando à proteção dos mesmos nas ações de fiscalização ambiental”, ressalta o secretário do Meio Ambiente, Jean Marcicano.

A escravidão em discussão Ana Cristina Piletti Depois de sancionada a polêmica reforma trabalhista, mais uma controversa questão ocupou o cenário político: a Portaria 1.129 de 16 de outubro de 2017, que define o que é trabalho escravo para fins legais. Mas, por que esta medida do governo gerou tanto debate e mobilizou a sociedade e juristas em todo o país? Passado mais de um século da abolição da escravidão no Brasil, em 1888, ainda hoje são necessários políticas públicas e suporte legal para eliminar as marcas culturais e sociais desse processo. De acordo com dados do Observatório Digital do Trabalho Escravo no Brasil, desde 2003, mais de 40 mil pessoas em condição de trabalho análoga à de escravo foram resgatadas no país. Nesta população predomina homens, negros, sendo que um em cada três é analfabeto, três em cada quatro são trabalhadores agropecuários e egressos de municípios caracterizados pela pobreza, desigualdade, e baixos índices de desenvolvimento humano. O resgate destes trabalhadores até então foi possível devido à legislação brasileira que condena o trabalho análogo à escravidão. O Código Penal de 1940, em seu art. 149, condena àquele que “reduzir alguém a condição análoga à de escravo, quer submetendo-o a trabalhos forçados ou a jornada exaustiva, quer sujeitando-o a condições degradantes de trabalho, quer restringindo, por qualquer meio, sua locomoção em razão de dívida contraída com o empregador ou preposto”. Além disso, este

tipo de trabalho fere o princípio fundamental da dignidade da pessoa humana previsto na Constituição Federal de 1988 e em Tratados Internacionais de proteção dos Direitos Humanos ratificados pelo Brasil. Ao restringir a definição de condição análoga à de escravo, trabalho forçado, jornada exaustiva, condições degradantes e burocratizar o serviço de fiscalização deste tipo de trabalho, a nova Portaria “atenua fortemente o alcance das políticas de repressão, de prevenção e de reparação às vítimas do trabalho em condições análogas à de escravo”, segundo a ministra do Supremo Tribunal Federal Rosa Weber (EXAME, 24/10/2017). Outro ponto que gerou discussão foi condicionar a chamada lista suja das empresas condenadas por este tipo de prática à aprovação do ministro do Trabalho, rebatido pelos críticos pela possibilidade de abrir espaço para a influência política. Diante das dúvidas quanto a legalidade da medida, Rosa Weber suspendeu a portaria até que o caso seja apreciado em definitivo. Enfim, embora os favoráveis à portaria insistam na necessidade de tornar mais claros e operacionais os termos com o objetivo de diminuir confusões e agilizar o trabalho de fiscalização de situações de trabalho escravo, a forma como a medida foi elaborada e apresentada não agradou a sociedade. No entanto, reacendeu o debate sobre uma realidade que ainda assombra o nosso país e exige ações que visem reprimi-las e não legitimá-las.

Coral da Estância na Casa Santa Rita

Juan Manuel Urbinati A Estância Morro Grande, em seus 15 anos de existência, vem desenvolvendo atividades que permitem a reintegração dos seus pacientes na sociedade de forma participativa. Sendo assim, já frequentaram shows, assistiram teatros na cidade, fizeram passeios a cachoeiras e represa. No dia 1º de novembro, por iniciativa dos internos, apresentaram seu Coral no asilo de idosos Casa Santa Rita. O repertório foi excelente,

acompanhado de teclado, guitarra e percussão. As canções trouxeram lembranças que emocionaram os idosos; mas, o mais importante, foi a troca de afeto que aconteceu espontaneamente. Os visitantes entregaram individualmente rosas aos moradores e aquele abraço, aquele beijo, expressando o carinho que todos merecem. Assim, cumprimos nosso objetivo e nossa filosofia, a de tirar preconceitos e reinserir o cidadão positivamente na sociedade.


Página-3

Quarta-feira, 08 de Novembro de 2017

Prefeitura realiza a manutenção de mais de mil km de estradas Em 2017, a Prefeitura de Ibiúna tem investido na manutenção das estradas e vicinais do município, é o que divulgou recentemente a assessoria de imprensa do Paço. Por meio da Secretaria de Obras, foi realizado, no período de janeiro a outubro, os serviços de recuperação de estradas, linhas de tubos, operação tapa-buraco, desassoreamento de córregos, drenagem e capinação. “Os trabalhos estão sendo executados diariamente pelas equipes de obras que se dividem para atender os bairros dos quatro cantos do município, afinal a área do município de Ibiúna é de 1.058 km², sendo 34° município de maior extensão territorial do Estado de São Paulo”, diz a nota encaminhada pela Prefeitura. Nos serviços já realizados está o de manutenção de estradas, com aproximadamente 1.058 km de recuperação, atendendo cerca de 90 bairros. Foram atendidos 21 bairros na recuperação dos trechos mais críticos com a operação tapaburaco. A Secretaria de Obras também executou a colocação de 260 metros de linhas de tubos em 10

O Brasil, quem diria, virou imensa Ibiúna Claudino Piletti

bairros e o desassoreamento de córregos em seis bairros. “A Prefeitura vem trabalhando para atender os bairros e oferecer a população mais qualidade de vida”, destaca a assessoria do prefeito João Mello. Vereador acompanha O vereador Abel do Cupim (Sdd) tem acompanhado o trabalho da equipe da garagem municipal. Recentemente, o vereador esteve vistoriando a manutenção das vias na Vargem do Salto, Vieirinha e toda a região. “O prefeito João Mello tem dado bastante atenção aos

bairros do município melhorando as estradas em vários locais, onde há muitos anos não passavam com as máquinas. Estamos acompanhando e fiscalizando este trabalho”, explicou Abel.

Alunos de qualificação receberão certificados

No próximo dia 20 de novembro, os 60 alunos do curso de qualificação profissional, promovido pelo governo do estado em Ibiúna, receberão os certificados. Um dos mediadores para que o Programa Estadual de Qualificação (PEC) viesse para Ibiúna, o vereador Abel do Cupim (SDD) destacou que o objetivo é de qualificar os alunos para aumentar as chances deles no mercado de trabalho. O programa teve início em 20 de agosto e os participantes escolheram entre dois cursos: atendente de recepção e auxiliar administrativo.

Na linguagem indígena a palavra “Ibiúna” (ibi = terra e una = escura) significa “terra escura”. Os índios, primeiros habitantes da localidade, assim a denominaram pelo fato da mesma estar quase sempre envolta em densa bruma. Hoje, parece que nosso país virou uma imensa Ibiúna, pois, densa é a bruma que o envolve. Mas, trata-se de uma bruma em sentido figurado, ou seja, de incerteza em relação ao futuro. Há bruma quando as formas não se distinguem, pois, as antigas estão desaparecendo e as novas ainda não surgiram. A bruma, geralmente, precede grandes transformações. A bruma da incerteza, atualmente, encobre nosso horizonte. Após mais de 20 anos de ditadura, tivemos uma incipiente e alvissareira democracia que, quem diria, virou uma cleptocracia, palavra de origem grega que significa “governo de ladrões”. Aqui vivemos, também, em tempos de muita vulgarização da linguagem. Onde já se viu chamar político de “ladrão”! Que vulgaridade! Ele é cleptomaníaco, ou seja, um gatuno rico. “Ladrão” é gatuno pobre, aquele que rouba galinha. E, segundo alguns “sábios”, se gatuno pobre se cura com cadeia, gatuno rico se cura com tratamento psicanalítico. Tirar os cleptomaníacos do poder: eis o desafio dos brasileiros nas eleições de 2018. Mas, não está nada fácil, pois, além dos danados estarem com a faca e o

queijo na mão, há muito eleitor que gosta de votar em gatuno rico. Só não vota em gatuno pobre. Daí as brumas da incerteza toldarem o futuro do nosso país. O pior é que, para muitos brasileiros, essas brumas não toldam só o seu futuro distante, mas também seu futuro imediato, ou seja, o dia seguinte. Falo de milhões de pessoas que, oprimidas pela extrema pobreza, vão dormir sem saber se, no dia seguinte, terão um prato de comida. E daquelas que, em nossas grandes cidades, vivem diariamente sob a ameaça da violência urbana. Caso emblemático é o do Rio de Janeiro, a outrora “cidade maravilhosa” e, hoje, “cidade perigosa”, onde tal é a incerteza que 7 em cada 10 desejam deixar a cidade, segundo o Datafolha. A razão disso é que, se em suas belas praias há muito sol, nas mentes e corações de seus habitantes adensam-se cada vez mais as brumas da incerteza. As próprias eleições de 2018 estão envoltas em brumas. Na prática, nossos cleptomaníacos nada fizeram para melhorar o sistema eleitoral, pois, do jeito que está, facilita a reeleição mesmo dos que estão envoltos na bruma da corrupção. Assim, teremos mais do mesmo: cleptomaníacos no poder e, o que é pior, com foro privilegiado.

Obras de muro de arrimo na Avenida João Benedicto de Mello estão paradas

As obras de um muro de contenção para impedir o desmoronamento da via, problema antigo existente na Avenida João Benedicto de Mello Junior, estão paradas. Segundo um morador, que mora próximo ao local, há cerca de um mês não se vê mais movimentação dos trabalhadores na obra. O prefeito João Mello (PSD) anunciou, no dia 02 de agosto, que o problema seria solucionado. No local consta a placa com as especificações da obra,

com valor de R$ 529 mil e previsão de conclusão no dia 28 de dezembro deste ano. Os tapumes da obra causam afunilamento na avenida e, por isso, está prejudicando o fluxo de veículos, inclusive causando transtornos aos motoqueiros e pedestres. Vale lembrar que o local está próximo a escola Municipal Padre Elídio Montavani. Até o fim desta edição, a Prefeitura não se manifestou.


Página-4

Quarta-feira, 08 de Novembro de 2017

3º Desafio Outubro Rosa tem recorde de participações Nos dias 28 e 29 de outubro foi realizado o “3º Desafio Outubro Rosa”, projeto idealizado e organizado pela professora de educação física Mariana de Almeida Soleira, que iniciou o movimento em 2015. O objetivo do desafio, segundo a idealizadora, é incentivar a prática esportiva e a prevenção do Câncer de Mama. Na edição deste ano, o evento alcançou recorde de participações. Foram cerca de 120 mulheres para a prova que ocorreu no domingo, além das participantes do evento no sábado, realizado na Praça da Matriz. “Contamos com o patrocínio de 28 empresas que proporcionaram a todas as participantes um maravilhoso kit composto por sacola, camiseta, medalhas, hidratação, alimentação e todas as premiações para as cinco primeiras colocadas”, ressaltou a professora Mariana. Segundo ela, este ano a iniciativa contou, pela primeira vez, com o apoio da Prefeitura, que preparou toda parte de som para o

evento de sábado e ofereceu o suporte para o evento no domingo. “Nos deu todo o apoio de segurança e ambulância durante a prova. Agradeço a vereadora Elisângela (PTB) que fez todo o contato interno com a prefeitura e também ao prefeito João Mello (PSD) que prestigiou o evento nos dois dias”, completou Mariana. “Em nome de todas as mulheres agradeço também toda a equipe de apoio que colaboraram na organização do dia da prova, aos professores que deram as aulas abertas, ao Coral Vozes e Violões

Enluarados dos Amigos para Sempre, Renato e Nicole que fizeram uma apresentação maravilhosa. Tudo isso fez do evento um sucesso. O mesmo já faz parte do calendário esportivo e turístico de nosso município; este ano contamos com atletas de seis municípios”, finalizou Mariana. A classificação final da corrida foi a seguinte: 1ª Colocada: Jéssica Olanik (Ibiúna), 2ª colocada: Roberta Silva (Ibiúna), 3ª colocada: Kátia Tamura (São Roque), 4ª colocada: Priscila Dias (SR) e 5ª colocada: Eliane Silva (SR).

Mart Plus Corretora de Seguros realiza evento sobre Outubro Rosa e Novembro Azul A MartPlus Corretora de Seguros realizou, no dia 31 de outubro (terça-feira), evento para destacar a importância dos movimentos Outubro Rosa e Novembro Azul, organizado pelo casal Graça e Davi Elias Martin. A inciativa contou com uma palestra de conscientização sobre a importância da prevenção do câncer de mama, proferida pela bioquímica Jacqueline Watanabe, da Vitalabor. Na ocasião, a MartPlus inaugurou um espaço para reuniões e eventos, que acontecerão com frequência sobre vários assuntos relacionados a atividade. A palestrante alertou às mulheres sobre a necessidade de fazer consulta médica com o ginecologista, fazer o autoexame palpando seus próprios seios para detectar se há alguma anormalidade, pois o câncer de mama quando é diagnosticado precocemente tem cura. “Portanto as mulheres têm que estar atentas em seu corpo”, alertou Jacqueline. O evento aconteceu na sede da Corretora, na Rua Benjamin Constant, 15. Além da ênfase as mulheres, mensagens sobre o Novembro Azul e os tipos de câncer

que atingem os homens também foram discutidos. A iniciativa contou também com a presença de representantes da seguradora Mapfre, que divulgou um produto específico para mulheres: o “Vida Mulher”, seguro de vida que além da cobertura de morte (comum em seguros de vida), também indeniza a mulher

em caso de diagnóstico de um dos tipos de câncer citados acima; a indenização possibilita que a mulher receba esse dinheiro e invista em reconstrução da mama, tratamentos alternativos para o câncer ou outras necessidades. No final do encontro as convidadas saborearam um coquetel acompanhado de diversas iguarias.

Habitação: prefeito de Ibiúna assina convênio do Programa Cidade Legal O prefeito João Mello (PSD), acompanhado do secretário de Desenvolvimento Urbano, Habitação e Indústria e Comércio, Marco Mello, cumpriu agenda na Secretaria Estadual de Habitação, onde assinou convênio do Programa de Regularização Fundiária “Cidade Legal”. Segundo informações preliminares da Prefeitura de Ibiúna, o convênio firmado irá atender cerca de 54 Núcleos Habitacionais Urbanizados na cidade, porém a prefeitura está definindo quais núcleos serão atendidos pelo “Cidade Legal” e qual o cronograma de trabalho para as áreas. A parceria vai beneficiar milhares de famílias, dando a elas o título de

propriedade de seus imóveis. “É um importante Programa do Governo Estadual que só traz benefícios aos municípios. Nossa equipe de governo está agilizando

os trâmites legais para regularizar a situação dos bairros (núcleos) em Ibiúna e dar mais dignidade para nossa população”, enfatizou João Mello.

Ibiunenses promovem a Caminhada “Passos que Salvam” A caminhada “Passos que Salvam” ocorrerá em aproximadamente 650 cidades brasileiras, em 19 estados do país, no dia 26 de novembro, para que todos se unam em favor do combate ao câncer infantil. Em Ibiúna será realizada pela primeira vez, com concentração na Capela do Bom Jesus, a partir das 8 horas. Idealizado pelo Hospital de Câncer de Barretos/SP, o evento tem o objetivo de esclarecer, conscientizar e despertar a atenção de toda a população para o diagnóstico precoce do câncer em crianças e adolescentes. O projeto chegou em Ibiúna por intermédio da professora Denise Pontes, que coordena a iniciativa e conta com mais três voluntárias: Ana Lúcia, Marcia e Nanci. O grupo também teve apoio da Secretaria Municipal de Saúde, que capacitou para o projeto uma pediatra e uma enfermeira. Agora, se mobilizam para organizar a caminhada, promover palestras nas escolas e contar com apoio de todos na luta para conscientização e prevenção do câncer infantil. De acordo com a coordenado-

ra da ação, Naima Kathib, “o intuito da Caminhada é trazer à discussão essa conscientização de maneira lúdica, envolvendo toda a sociedade para permitir que aconteçam mais diagnósticos precoces e as chances de cura possam ser ampliadas para até 95%. Além de disseminar essas importantes informações”. “A Caminhada Passos que Salvam também possui uma ação para arrecadar fundos para o tratamento dos pacientes no Hospital de Câncer Infantojuvenil”, ressalta Naima. Os interessados em participar da caminhada podem fazer adesão através da compra de kits no valor de R$ 35,00 (camiseta, boné e sacochila do Hospital), que estão disponíveis na tenda do projeto na feira livre da cidade, podendo também ligar para o celular (15) 997664759 e falar com a Denise.O montante arrecadado com as vendas dos kits será destinado ao Hospital de Barretos, que já atende pacientes de Ibiúna e de outras cidades da região. Adquira seu kit e faça parte da Caminhada!

Prof. Luiza Alves

tensão e a cobrança em excesso podem gerar um efeito contrário e fazer com que a criança fique avessa aos estudos. Outra e muito valiosa ajuda seria a contratação de um professor particular para orientar e sanar as dúvidas em tempo rápido. Os pais também precisam tomar cuidado para não depositar sobre os filhos toda responsabilidade dessa “recuperação”; a palavra parceria deve ser o carro chefe durante esse período e a presença da família para dividir as responsabilidades é indispensável. Outra dica válida é “dar um tempo” nas atividades extras a fim de não sobrecarregar a agenda das crianças. Por fim, ter muita atenção para não cobrar dos filhos aquilo que eles não estão preparados para corresponder, pois existe diferença entre dificuldades e dúvidas daquilo que chamamos de distúrbios de aprendizagem. No segundo caso, a ajuda de especialistas na área é a única recomendação imediata.

Conselhos para os pais: como ajudar os filhos no fim do ano letivo

Estamos a menos de dois meses para o final do quarto bimestre e “muitos filhos” precisarão de ajuda para passar de ano. A questão nesse momento então é: o que os pais podem fazer para ajudar os filhos a reverter essa situação de possível retenção? A maioria dos pais ficam desesperados com a possibilidade da reprova, contudo, essa preocupação não deve ser maior que a vontade de auxiliá-los. Muito embora não exista uma receita mágica para esse problema, organizar-se e dedicar-se em alguns pontos específicos podem fazer toda diferença. Primeiramente deve-se sondar quais as principais dificuldades de seus filhos, procurando saber dos professores os conteúdos a serem estudados. Fixar um horário de estudos também faz parte dessa estratégia de auxílio. Isso não significa exilar os filhos do lazer, afinal, a

Feirão de automóveis na Tibério durante o mês de novembro

Aproveite o Mega Feirão da Tibério Veículos, durante todo o mês de novembro. Uma oportunidade especial para você trocar seu carro no Mega Feirão, com mais de 50 veículos revisados, com garantia e procedência de confiança. Você adquire seu carro na

Tibério Veículos e a transferência é grátis. Financiamento através do Itaú, Santander e BV Financeira, com taxas diferenciadas e fácil aprovação. Av. Cap. Manoel de Oliveira Carvalho, 310. Contato: (15) 3241-5863 e 3248-3852.


Página-5

Quarta-feira, 08 de Novembro de 2017

Cultura e Cia Una D’Art apresentam a peça teatral “1968– O Último Ato”

Indicadores de escolaridade de Ibiúna é destaque da Região de Sorocaba O IPRS, reconhecido pela ONU, é elaborado pela Fundação Seade em parceria com a Assembleia Legislativa de SP A maioria dos municípios da Região Administrativa de Sorocaba teve indicadores de escolaridade superiores à média do Estado de São Paulo, com destaque Ibiúna, Araçariguama, Alambari e Quadra, que registraram maior crescimento. O Índice Paulista de Responsabilidade Social (IPRS) foi divulgado no dia 27 de outubro, na Câmara Municipal de Sorocaba. O estudo é reconhecido pela ONU e aponta a qualidade de vida nos 645 municípios do Estado. “Esse índice é importante para que o gestor público, os vereadores e os legisladores possam fazer efe-

Não percam! Apresentações dias 13 e 20 de novembro, no Auditório municipal às 20 horas. Espetáculo para maiores de 14 anos. Entrada gratuita. O Programa Oficinas Culturais da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, por intermédio da Poiesis Organização Social de Cultura, em parceria com a Prefeitura da Estância Turística de Ibiúna e Secretaria de Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, oferece gratuitamente o Espetáculo Teatral “1968 - O Último ATO”, dirigido pelos diretores da Cia Una D’Art (companhia teatral da cidade de Ibiúna existente há 12 anos), Giovani Domingues Martins e Misael Pedro. A peça narra a história do Brasil, desde o Réveillon de 19671968, passa pela estreia da peça “Roda Viva”, de Chico Buarque, no Rio de Janeiro. Faz referência à passeata dos Cem Mil

( A Passeata dos Cem Mil foi uma manifestação popular contra a Ditadura Militar no Brasil. Organizada pelo movimento estudantil, ocorreu em 26 de junho de 1968, na cidade do Rio de Janeiro, e contou com a participação de artistas, intelectuais e outros setores da sociedade brasileira). Narra também o primeiro homicídio de um estudante, Edson Luís, pela ditadura militar, onde o palco foi o Restaurante Calabouço. Culminando na desarticulação de uma reunião clandestina da União Nacional dos Estudantes, acontecia na cidade de Ibiúna. Aproximadamente 900 estudantes foram presos pela simples participação naquele evento político.

tivamente políticas públicas que atendam aquilo a que mais precisam, e querem”, afirmou o deputado Carlos Cezar (PSB). Para o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Cauê Macris (PSDB), o objetivo é popularizar o IPRS. “O indicador está na sua 9º edição, foi lançado há 18 anos. A sua principal missão é ajudar o poder público a fazer o investimento de maneira correta, garantindo qualidade de vida para o povo paulista.” Índice Paulista de Responsabilidade Social (IPRS) O IPRS monitora a evolução

das condições de vida da população dos municípios. As informações são fornecidas a cada dois anos aos gestores públicos e podem ser utilizadas para nortear a implementação de políticas públicas em áreas mais vulneráveis. O indicador nasceu por demanda da Assembleia Legislativa de São Paulo e é elaborado pela Fundação Seade. O estudo, realizado com registros oficiais administrativos, é estritamente técnico e trabalha com um número maior de variáveis, que permite melhor detalhamento das informações.

CNA Ibiúna conquista Prêmio Destaque CNA 2017 como uma das melhores escolas do país

O CNA Ibiúna conquistou pela segunda vez o Prêmio Destaque CNA 2017 como uma das melhores do Brasil. A cerimônia de premiação foi realizada no dia 4 de outubro, na Expo Center Norte, em São Paulo (SP) e reconheceu as escolas com as melhores práticas da rede. “Esse prêmio representa o reconhecimento para quem cria, ousa, inventa, supera limites e busca a excelência em todos os momentos”, destaca a direção do CNA Ibiúna, que conta com uma equipe de colaboradores engajada para melhores resultados em prol dos seus alunos. Neste ano, mais de 200 escolas alcançaram um excelente padrão de qualidade. “É preciso ter um altíssimo nível para estar na premiação. Então, estamos bastante felizes com o

nível de aderência e engajamento delas”, afirmou Décio Pecin, presidente do CNA. As escolas foram agrupadas em seis regiões: Norte e Nordeste; Centro-Oeste e Sul; Minas Gerais e Espírito Santo; Rio de Janeiro; São Paulo – Capital; e São Paulo – Interior e para escolher os vencedores, foram considerados diversos critérios como padronização visual na escola, atendimento, processos de recursos humanos, método pedagógico e abordagem comercial. As melhores de cada região, além de ganhar a premiação na categoria “Infinity”, concorreram ao prêmio de melhor escola do Brasil, cujo vencedor foi o CNA Fortaleza – Fátima (CE), que levou para casa

Eliana, diretora do CNA Ibiúna

um carro 0KM. A CNA Ibiúna está localizada na Rua João Carlos Marcondes, 09 – telefone: (15) 3248-3208/ 32484646.


Página-6

Quarta-feira, 08 de Novembro de 2017

Prefeitura e o projeto Sopro Novo Flauta Yamaha 2017 promoveram recital de formatura O Colégio Objetivo de Ibiúna foi o palco do Recital de Formatura do Grupo Sopro Novo Yamaha 2017. Ao todo foram entregues 198 Flautas Doce pela prefeitura, através da Secretaria de Cultura e Turismo, Esporte e Lazer. Também foi assinado termo de Parceria e Cooperação entre a Fundação Sopro Novo Yamaha, por meio da Diretora Pedagogica Cristal Velloso e o Diretor Executivo João Takao Shirahata, e a Prefeitura de Ibiúna, por meio do prefeito João Mello (PSD) e do Secretário de Cultura e Turismo Sandro Cobello. O acordo prevê a implantação do Programa Sopro Novo, com metodologia e materiais pedagógicos. O projeto é composto por 18 integrantes, onde 12 são professoras da rede municipal de ensino. O curso é uma capacitação em educação musical, por meio da Família da Flauta Doce, dirigido pela monitora Sopro Novo, a professora Elisangela Godinho Dias, e teve duração de 6 meses. Na abertura do evento o Recital de Formatura do Grupo Sopro Novo Yamaha de Ibiúna fez uma

apresentação executando com afinação músicas da Renascença e de outras épocas, além disso, 12 professoras da rede municipal receberam flautas doce para serem utilizadas por seus alunos, levando assim a educação musical para salas de aula. “Este evento é um acontecimento muito importante para educação do município, pois dessa forma professoras tanto da educação infantil como do ensino fundamental poderão trabalhar a iniciação musical com os alunos”, enfatizou o prefeito João Mello durante seu discurso. Ele agradeceu a parceria do grupo

Yamaha e de todos os envolvidos no programa. Com 12 anos de atuação, o projeto Sopro Novo da Yamaha Musical do Brasil já levou música a mais de quatro milhões de crianças em todo país e contabiliza cinco mil professores formados. A Yamaha trouxe também, de presente para os ibiunenses, o Concerto Artístico do grupo “Quinteto Sopro Novo”, que fechou a noite com chave de ouro. A professora Elisangela comunica que os interessados em aprender flauta doce podem se inscrever pelo telefone: (15) 99788-6194.

Churrasco do Borba em homenagem ao grupo de funcionários CEMENE

O professor Luiz Carlos Borba de Góes, conhecido como Borba Eletricista, lecionou matérias de Geografia, Matemática, Eletrotécnica por vários anos nas escolas de Ibiúna. No domingo (22 de outubro), o professor ofereceu uma festa de confraternização aos seus amigos, parentes, equipe de enfermeiros, técnicos e funcionários do Centro Médico e Nefrológico, onde atualmente Borba faz tratamento de Hemodiálise. Borba nos contou que foram

mais de 250 pessoas convidadas, inclusive o prefeito João Mello (PSD) e família, que compareceram para o almoço que o anfitrião ofereceu, com churrasco e chopp, bebidas e refrigerantes. Borba comentou que dá muito trabalho à equipe do Centro Médico e também a Prefeitura de Ibiúna, que oferece locomoção 3 vezes por semana até o CEMENE em São Roque. Em gratidão, o professor fez questão de oferecer um almoço a todos, os quais, considera seus grandes amigos.

Nota de Esclarecimento HELIO & HELIO Topografia® Hélio Roberto de Oliveira®

Eu, Hélio Roberto de Oliveira, atuo no ramo de topografia em Ibiúna com muita honra há mais de 45 anos. Por isso, após ter sido procurado por diversas pessoas, pedindo informações sobre uma licitação pública que originou uma relação de serviços de topografia junto ao Itesp, no bairro Laval I e II e Vila Lima, informo aos meus amigos e clientes que estou surpreso com os relatos, porque não tenho ligação com estes serviços. Aproveito para deixar claro que Hélio Roberto de Oliveira® não tem nenhuma relação com tal licitação. Não participei de nenhuma licitação, até mesmo por ser funcionário público municipal desde 1974. Por esse motivo não posso participar de

concorrências públicas. Resguardo que ninguém, por mais próximo que seja, está autorizado a usar o nome HELIO & HELIO Topografia®, do qual sou o único responsável. Àqueles que assim procederam ou continuam procedendo, estou tomando as devidas providências. Por fim, agradeço as pessoas que em mim confiaram e ficaram felizes por supor que seria eu o responsável por tais serviços, mas ressalto que não sou. Fui pego de surpresa por este fato lamentável, em que usaram o meu nome e de minha empresa indevidamente! De qualquer forma, espero que os responsáveis de fato pelos serviços cumpram com suas responsabilidades profissionais.

Justiça multa responsáveis por abandonar animais em canil no Rio de Una A proprietária de um canil particular localizado no bairro Rio de Una – onde seis cachorros foram encontrados abandonados, com sinais de maus tratos, sem comida ou água – foi condenada a pagar R$ 5 mil de multa, por conta do episódio, que foi descoberto em março deste ano. Um suposto exfuncionário da proprietária também

foi condenado a pagar multa de R$ 3 mil por abandono dos animais em condição de miséria. Manifestantes compareceram à frente do Fórum exibindo faixas durante o julgamento. Lecir Eveline, 35 anos, presidente da Organização dos Protetores de Animais de Ibiúna (OPA!) foi uma das organizadoras do ato. Segundo ela, o trabalho deles como ONG são conscientizar as pessoas sobre o cuidado com os animais por toda a cidade. A proprietária do imóvel onde os animais foram encontrados negou que o local fosse um canil, mas

um espaço que ela tinha para os cachorros dela. “O canil nunca ficou largado, porque eu sempre dei alimentação, sempre paguei de tudo”, afirmou a proprietária. Ela conta que estava mudando de casa e por fazer o tratamento com seu filho depois de descobrir autismo delegou a função de cuidar do canil para, até o momento da denúncia, seu funcionário. “Se eu não confiar por um mês ou um mês e pouco em um funcionário que prestava serviços para mim durante seis anos, para que ele cuidasse do que ele tem que cuidar é complicado”, justificou.


Página-7

Quarta-feira, 08 de Novembro de 2017

Ibiúna alcança pré-certificação no Programa Município Verde Azul A Prefeitura de Ibiúna, por meio da Secretaria do Meio Ambiente, conquistou a précertificação no Programa Município Verde Azul, alcançando 50,58 pontos. O munícipio subiu 481 posições no ranking geral dos munícipios. No ano de 2016, Ibiúna ocupava a posição de 581º com apenas 4,04 pontos e, hoje se encontra na posição 101º entre todos os municípios do Estado. Vale ressaltar que o Programa Município Verde Azul (PMVA) tem o propósito de medir e apoiar a eficiência da gestão ambiental com

a descentralização e valorização da agenda ambiental nos municípios. Assim, o principal objetivo do PMVA é estimular e auxiliar as prefeituras paulistas na elaboração e execução de suas políticas públicas estratégicas para o desenvolvimento sustentável do Estado de São Paulo. Além disso, a participação do município no PMVA é um dos critérios de avaliação para a liberação de recursos do Fundo Estadual de Controle da Poluição (FECOP). As atividades e ações seguem até o final do ano.

Buscando ações que melhorem a posição de Ibiúna no ranking do Programa Município Verde Azul (PMVA), a Secretaria do Meio Ambiente inaugurou a primeira Nascente Modelo, que faz parte de uma das metas propostas pelo Programa, contida na diretiva de “Gestão das Águas” que aborda a questão dos recursos hídricos em suas mais diversas esferas. “Esta ação em especial, tem como objetivo a conscientização e valorização das nascentes do município, divulgando sua importância junto ao meio ambiente e a produção de água, que afinal é o principal recurso natural de nossa região”, ressalta o secretário de Meio Ambiente, Jean Marcicano. Representantes de Cotia No dia 27 de outubro, técnicos da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Cotia estiveram visitando a Nascente Modelo. No encontro foram explicados todos os

princípios da nascente na propriedade, os bons resultados da prática, e como pode a mesma ser implantada em cada munícipio, tanto em propriedades particulares quanto em áreas públicas.

Meio ambiente: município tem Nascente Modelo

Prefeito participa da reunião do CBH do Rio Sorocaba e Médio Tietê em Botucatu O prefeito de Ibiúna, João Mello (PSD), e o secretário do Meio Ambiente, Jean Marcicano, participaram, no dia 27 de outubro, da 47ª reunião ordinária do Comitê de Bacias Hidrográfica, no Parque Tecnológico, em Botucatu. Na ocasião, Ibiúna votou a favor da deliberação que estabelece critérios para implantação de pagamentos por serviços ambientais na Bacia Hidrográfica do Rio Sorocaba e Médio Tietê. A meta principal da deliberação é reconhecer os pagamentos por serviços ambientais como instrumento de Gestão e Unidade de Gerenciamento de Recursos Hídrico, objetivando a promoção do desenvolvimento sustentável. O pagamento por serviços é uma retribuição,

seja ela monetária ou não, às atividades humanas de restabelecimento, recuperação, manutenção e melhoria dos ecossistemas que geram serviços ambientais e que estejam amparadas por planos e programas específicos. João Mello destacou na reunião a importância deste instrumento para a região de Ibiúna. “O município de Ibiúna é extremamente importante frente aos recursos hídricos, um município estratégico para o abastecimento público, e devemos incentivar a preservação dos recursos naturais, e os pagamentos por serviços ambientais vêm para contribuir, ajudando e dando subsídio e incentivo aos produtores rurais para preservação ambiental”, enfatizou o prefeito.

Prefeito realiza inaugurações na entrada da cidade com secretário estadual da Justiça No último dia 21, o prefeito João Mello (PSD) inaugurou a nova base do SAMU, denominada de Benedito Atui, o novo Centro de Informações Turísticas (CIT), a Praça Wilson de Moraes Rosa e firmou convênio de Regularização Fundiária com a Fundação Instituto de Terras do Estado de São Paulo (ITESP) para regularizar 2 mil lotes de famílias ibiunenses. A cerimônia aconteceu na Praça Wilson de Moraes, na entrada da cidade, onde também se localiza o SAMU e o CIT, e contou com a presença do secretário estadual de Justiça e Cidadania, Márcio Elias Rosa. Durante a cerimônia de inauguração, o prefeito agradeceu a presença das autoridades e aproveitou para defender sua gestão, onde classificou que o seu maior trabalho é organizar a casa, “arrumar tudo para começar as transformações”. “Estamos num momento em que os frutos começam a surgir. É fundamental para que as coisas aconteçam dentro do sistema da lei, da transparência, das normas técnicas adequadas e corretas para que as benfeitorias sejam duradouras”, disse João Mello. O Secretário da Justiça e Cidadania, Marcio Elias Rosa, que é ibiunense, agradeceu, em nome da família, a homenagem prestada ao seu pai, Wilson de Moraes Rosa, nome dado a Praça na entrada cidade. O secretário elogiou o prefeito João Mello, segundo ele, em nome do Governador Geraldo Alckmin (PSDB). “Em 10 meses João arrumou estradas rurais e parte das vias urbanas serão repavimentadas (sic)”, disse Márcio. “Nossa política é dar de si para o próximo, temos que devolver a esperança e dignidade para as pessoas. O Hospital Municipal já chegou a atender 900 pessoas por dia, portanto não existe crise em Ibiúna, esta palavra não é gerada aqui”, completou. Dr. Marcio lembrou que é do Governo Federal a competência de políticas de desenvolvimento rural agraria fundiária no Brasil, mesmo assim, só no Estado de São Paulo, o Governador Alckmin fez 138 assentamentos regularizados, sendo 98 no Pontal de Paranapanema, todos idealizados através do ITESP, do Governo Estadual. “O trabalho de regularização fundiária agrária urbana é necessário para aquele que possui imóvel, por exemplo em loteamento clandestino, para receber o título de proprietário e posteriormente ir ao Cartório de Registro de Imóveis passar em seu nome para dar segurança jurídica a pessoa e seus sucessores”, acrescentou Márcio Elias. Representando a família do homenageado Benedito Atui, o advogado Batista Atui Neto agradeceu a lembrança ao ex cartorário, que morreu precocemente aos 51 anos. Dito, como era conhecido, trabalhou durante três

administrações na Prefeitura de Ibiúna. “A sua ausência hoje se tornará uma presença eterna pela homenagem que ficará perpetuada e fará com que o nome de Benedito Atui esteja presente na unidade do SAMU”, disse Neto. A cerimônia contou com a presença dos deputados João Caramez (PSDB) e Márcio Camargo (PSC). O deputado estadual Caramez elogiou a atitude do prefeito que, segundo ele, “está colocando a cidade de Ibiúna nos trilhos”. Lembrou que o turismo é a maior fonte de renda geradora do mundo e Ibiúna, por ser Estância Turística, tem tudo para desenvolver economicamente. Já Marcio Camargo prometeu que, juntamente com o deputado federal Eli Correia Filho, está pleiteando uma emenda parlamentar para atender Ibiúna. O presidente da Câmara Municipal, vereador Pedrão da Água (Pros), falou que deputados bons são aqueles que se preocupam em trazer emendas para a cidade. Disse que a população está feliz com as obras, porque “começa a perceber que tem dignidade”. “As benfeitorias que estão recebendo através do ITESP, CIT, SAMU e a queda dos tapumes que escondia

as obras inacabadas já são realidade, graças a coragem da administração João Mello”, enfatizou Pedrão. Nova Praça A Praça foi denominada de Wilson de Moraes Rosa, em homenagem ao ilustre ibiunense, pai do Dr. Marcio Elias Rosa e seus 5 irmãos. O prefeito João Mello (PSD) lembrou que o homenageado sempre teve uma postura ética e moral, crítica inabalável, enfrentou a ditadura para defender a liberdade e a justiça. Foi tabelião do cartório, fundador do Guarani AC, Casa de Santa Rita, lutou para reinstalação da Comarca de Ibiúna, “sempre bem-humorado, contador de história e de causas, gostava de conviver relacionandose bem com todos”. A cerimônia contou também com a presença do vice-prefeito, Valdemar Cardoso (SL), Secretários Municipais, o Secretário Adjunto da Justiça e Cidadania, Luís Madureira, o Secretário de Relações do Trabalho, José Luis Ribeiro, Diretor Regional do SAMU, Paulo Sampaio, os Juízes da Comarca de Ibiúna, Dr. Everton Willian Pona e Dr. Luiz Fernando Angiolucci, vereadores, políticos de Alumínio e de Cotia e convidados.

Objetivo realizou Feira Cultural

No último dia 28, o Colégio Objetivo de Ibiúna realizou a tradicional Feira Cultural envolvendo alunos desde a Educação Infantil até o Ensino Fundamental II, com trabalhos interdisciplinares, como possíveis destinos do lixo, a influência indígena e africana na Língua Portuguesa e a importância da leitura desde os primeiros anos de

vida. Os alunos se organizaram com os professores, coordenadores, funcionários e familiares para a montagem desse grande projeto. O colégio recebeu a comunidade ibiunense para expor temas estudados durante o ano, que se mostrou muito interessada em conferir e prestigiar o evento.


Página-8

Quarta-feira, 08 de Novembro de 2017

Turismo Rural: Festival sertanejo e gastronômico resgata tradições ibiunenses Até a garoa fina e o friozinho incomum para esta época do ano contribuíram para o clima bucólico que coroou o Festival Sertanejo e Gastronômico realizado em Ibiúna na tarde de domingo (5). Promovido pelo Sindicato Rural de Ibiúna em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), o evento foi brilhantemente organizado pelos alunos do curso de Turismo Rural. Realizado na Chácara Martins (na Vargem do Salto), de propriedade do casal Marta e Lopes, o evento faz parte da grade do curso de Turismo Rural. A cada ano, novidades são incluídas, como a Feira de Produtos Orgânicos com itens da agricultura local. Enquanto os convidados iam se acomodando para o almoço, o jornalista Fernando Moraes relembrou, ao violão, alguns clássicos da música sertaneja raiz, como Chalana e Cuitelinho. Em seguida, Dona Cidinha, uma das alunas, deu uma aula sobre a cultura tradicional tropeira, contextualizando com uma das iguarias que seria servida, a paçoca de carne seca. De voz doce e carismática, ela falou sobre a origem do prato, socado no pilão. Com ar de nostalgia, ela lembrou o tempo dos seus pais e avós, com histórias de tropeiros que levavam banha de porco e carne seca para a cidade de São Paulo. Show da culinária tradicional Além da paçoca de carne seca,

Destruindo a História e Apagando a Memória José Gomes (Linense)

legumes cozidos e o frango atropelado foram os pratos principais servidos para um público seleto. Mas é preciso falar do antes e depois: como entrada, o público saboreou sem economizar as pastas de alho, tomate e tofu produzidos pelos alunos. E a sobremesa? Estampado nos olhos dos convidados, o semblante de satisfação com iguarias como doce de feijão, geleia de framboesa, doce de leite e outros pratos deliciosos. Chave de ouro O evento encaminha o encerramento do curso e por isso as instituições promotoras aproveitaram para apresentar o projeto. Toninho Custódio, à frente de todos os cursos promovidos pela parceria Sindicato/SENAR, lembrou que esta é a nona turma do curso de Turismo Rural e que a cada ano um grupo diferente faz valer o conhecimento adquirido. “É muito gratificante ver o empenho de cada um para que este evento aconteça conforme o planejado”.

Gumercindo Basso, instrutor do SENAR, fez questão de ressaltar a importância da integração dos alunos com as pessoas que puderam saborear todos os pratos e brincou: “vocês não são nossos convidados, vocês são é cobaias”, disse arrancando gargalhadas. O evento foi prestigiado por diversas personalidades do município, visitantes de outras cidades e também autoridades locais, como o vice-prefeito Valdemar Cardoso de Moraes (SDD) e o presidente da Câmara Pedro D’água (Pros). Seminário de Turismo Rural Pelo segundo ano consecutivo, a parceria Sindicato/SENAR deve organizar, em Dezembro, o Seminário de Turismo Rural, para debater as tendências deste seguimento que cresce ano a ano no interior brasileiro, movimentando a economia e gerando emprego longe dos centros urbanos. Em breve, informações sobre local, data, programação e inscrições.

É esse o triste quadro que Ibiúna vivencia ao longo dos anos: a sua destruição da história e o crepúsculo de sua memória. Nem mesmo ter sido elevada à condição de “Estância Turística” levou Ibiúna a criar uma política de preservação cultural, e assim sendo os poucos prédios de valor histórico do município ainda existente estão sendo demolidos impiedosamente, em detrimento da cultura do povo ibiunense. Dos prédios históricos, apenas a Capelinha do Bom Jesus da Prisão foi tombada para a formação do patrimônio histórico e cultural da cidade, mesmo assim, está largada ao abandono. A antiga Casa do Império, depois Bar Brás Falci

e do Zezito, não foi preservada e acabou sendo demolida. A casa do Roque Guarana ou da Fauzía, como era conhecida, que abrigou a Prefeitura, Câmara Municipal e Mini Hospital de grande valor histórico e cultural, inestimavelmente está sendo demolida e, ainda, o Mirante da Figueira está sendo objeto de abandono e de destruição. Infelizmente, em Ibiúna, não se criou uma política de preservação nesse sentido, tampouco se ouve uma voz na Câmara dos Vereadores em defesa do patrimônio histórico e cultural da cidade. O mesmo acontece com a Prefeitura onde os responsáveis não tomam nenhuma medida a favor do tombamento e preservação do pouco que ainda nos resta. É lamentável, profundamente lamentável!

Fratura do quadril no idoso O número de cirurgias para fraturas do quadril teve um aumento significativo nos últimos anos. Estima-se que a partir de 2050 mais de 6 milhões de fraturas do fêmur proximal ocorrerão em todo o mundo. Isto é explicado pelo aumento no número de idosos e por consequência na incidência de osteoporose. As fraturas geralmente ocorrem nos pacientes acima de 65 anos e são 3 vezes mais comuns em mulheres. Nesta etapa da vida, ocorre redução na formação óssea causada principalmente pela menor produção de hormônios. Com os ossos mais fracos, os idosos têm risco aumentado para esse tipo de fratura.

O grande segredo para minimizar essa estatística, é fazer a prevenção contra a osteoporose, através de exames de rotina (densitometria óssea), manter atividade física regular e se for necessário utilizar medicamentos para repor e manter a densidade adequada do osso. Dr Nacib da Luz Camago Junior, Médico – Ortopedista (CRM 111.675 / TEOT 10.756). Atende na Clínica Médica Ibiúna, tel.: (15) 3248-3790.

Vereadores criam Comissão para fiscalizar investimentos da Sabesp e Frente Parlamentar em Defesa da Vida e da Família Foi aprovada na sessão da última terça-feira, 24 de outubro, a Comissão Especial de Vereadores para acompanhar os investimentos da Sabesp no município. A comissão terá presidência do vereador Ismael Martins Pereira (PMDB) e atuará para “acompanhamento e tomada de posições da Câmara Municipal em relação à execução do contrato de concessão vigente entre a Sabesp e o município da Estância Turística de Ibiúna, bem como das obras decorrentes do Consórcio São Lourenço (CSL).” Em pronunciamento, Ismael destacou a importância da Comissão para acompanhar de perto as questões relativas às obras para abastecimento de água e o correto recolhimento e tratamento do esgoto envolvidas no processo do Consórcio São Lourenço e feitas pela Sabesp. “O primeiro prazo do contato com a Sabesp, dentro do consórcio, está vencendo e é pre-

ciso verificar se as promessas foram efetivamente cumpridas, cobrar essas obras, se não foram feitas e assim avançar corretamente para a segunda fase”, explicou. Segundo o Projeto de Resolução, que tem o número 08/2017, a Comissão será composta por cinco vereadores indicados pela Presidência da Câmara, respeitada a proporcionalidade partidária, e terá de apresentar uma conclusão do acompanhamento junto ao CSL e à Sabesp em 180 dias. A resolução entrará em vigor na data da publicação, o que deve ocorrer na próxima edição da Imprensa Oficial do Município. Vida e Família Outra ação aprovada pelos vereadores promete acompanhar políticas públicas em Defesa da Vida e da Família, de autoria do vereador Antônio Reginaldo Firmino, o Naldo (PP). “O objetivo é defender e garantir as políticas em de-

fesa da vida e dos valores da família no âmbito municipal, participando e promovendo debates, fóruns, simpósio e outras ações junto à sociedade civil, órgãos públicos e autoridades”, diz o teor do projeto. Em sua justificativa, Naldo mostrou as garantias constitucionais à inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, e que esse dever do Estado quanto à proteção da família, feito pelo legislador, “visa proteger a célula básica da sociedade, reconhecendo a instituição familiar como fundamento que sustente uma boa sociedade”, explicou. As atividades e reuniões dessa Frente Parlamentar serão periódicas e comunicadas com antecedência e poderão contar com convidados a fim de colaborar nas sugestões ou aprofundamentos de temas relacionados à matéria.

Esclarecimento: vacinação contra a Febre Amarela A Secretaria Municipal da Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, informa que a cidade de Ibiúna é monitorada pelo GVE de Sorocaba, a qual esclareceu que o município não é área de recomendação para a vacina contra a febre amarela, por este motivo, o setor não recebe quantidade em larga escala para realizar a vacinação em massa. A vacina será realizada conforme o calendário vacinal de São Paulo (crianças com nove meses de ida-

de em áreas endêmicas) e pessoas que irão viajar para área endêmica, perante comprovante da viagem. No ano de 2010, foi realizada vacinação. O Ministério da Saúde preconiza apenas uma dose da vacina de febre amarela. Ressaltamos que o macaco (bugio, entre outros primatas) é o hospedeiro da doença, mas não transmite para o ser humano. Qualquer alteração dessas informações, comunicaremos a população. Dúvidas: (15) 3241-2601.

Conjuntivite Estamos entrando na estação mais florida do ano. E com ela, algumas doenças típicas da estação, entre elas a conjuntivite, que pode ser viral ou bacteriana, com os seguintes sintomas: coceira, ardor, lacrimejamento, sensibilidade e vermelhidão. Na sua grande maioria são

transmissíveis pelos contatos diretos da mão, boca e ambiente. Nesse caso, procurar rapidamente o auxílio médico para obter o diagnóstico e iniciar o tratamento.

Dra.Mariana Sagawa é médica pediatra, atende na Clínica Médica Ibiúna – (15) 3248-3790 e 3241-1991.

Ed 359  
Ed 359  
Advertisement