Page 1

Fevereiro 2013

Newsletter PV-FLUL

ASSOCIAÇÃO RESGATE AO ENCONTRO

NESTA EDIÇÃO… |Associação Resgate – Ao Encontro | Voluntariado Intergeracional | Missões Solidárias | Planear o 2.º Semestre | Acção Qualidade de Vida | Estacionamento de Bicicletas na UL | Candidaturas PV-FLUL 2.º Semestre – Dá o Teu Sorriso  |Curso de Iniciação ao Braille | Cinema na Reitoria | Agenda Cultural

ENTRE GERAÇÕES

CANDIDATURAS AO PROGRAMA DE VOLUNTARIADO FLUL 2012-2013 – 2.º SEMESTRE Associação Sorriso Solidário Dá o Teu Sorriso 

Página 1 de 14


|ASSOCIAÇÃO RESGATE – AO ENCONTRO A Associação Resgate é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, fundada em 1923, que tem vindo a desenvolver a sua acção social no externato, nos lares de infância e juventude e na residência universitária. O Externato Condessa de Cuba em Porto Salvo continua o trabalho desenvolvido com mais de 170 crianças nas valências de creche, jardim-de-infância e centro de estudos.

Dr.ª Manuela Albuquerque Iniciou o seu percurso profissional há cerca de 20 anos na Associação Resgate como técnica superior de serviço social, no lar de crianças e jovens em risco. Presentemente na coordenação do projecto Ao Encontro, entende este como um novo desafio na medida em que a dinâmica da intergeracionalidade própria desta iniciativa, permitiu-lhe direccionar a sua acção para um novo segmento de população - a idosa - com a qual não tinha até ao presente momento desenvolvido qualquer tipo de intervenção a nível profissional.

O significativo aumento do segmento populacional sénior, principalmente nos meios urbanos, criou novas necessidades na sociedade. A Associação Resgate quer ser uma resposta activa na terceira idade, direccionando a sua acção para apoio ao domicílio e residência sénior. Neste sentido, em 2011, surge o Projecto Ao Encontro – que pretende desenvolver actividades intergeracionais, através da criação de ateliers de interesses em comum – promoção entre gerações, uma interacção entre crianças, jovens voluntários e seniores – são todos protagonistas. Os voluntários dinamizam ateliers temáticos (conciliam interesses e horários comuns) criando laços com os beneficiários das Instituições (Escolas, Colégios, Universidades, Lares e Instituições).

Através da actividade semanal conjunta, nas sessões do atelier, as gerações dão-se a conhecer e criam laços de relação, enquanto adquirem novas aptidões e se afirmam valores. Os ateliers, dinamizados pelos voluntários, promovem o estabelecimento de laços entre crianças/jovens e seniores através da partilha de experiências e saberes entre gerações. A colaboração dos voluntários reveste-se da maior importância na medida em que estes dinamizam os ateliers temáticos. Por isso, é tão importante que os voluntários sejam a ponte entre gerações, sendo estes também uma geração em presença.

Página 2 de 14


Através dos encontros intergeracionais, pretende desenvolver-se competências sociais e relacionais das gerações em presença, sensibilizando-as para os valores da tolerância e do respeito mútuo, quebrando assim preconceitos intergeracionais. Os voluntários dinamizam ateliers, com o apoio das equipas das instituições que acolhem o Projecto. Os voluntários desenvolvem uma actividade semanal, com cada um dos grupos geracional. No encontro mensal concretiza-se a partilha do trabalho feito com cada grupo. Presentemente decorrem os seguintes ateliers: - Expressão Dramática com música - Expressão musical - Jogos Lúdicos - Contar Histórias - Jardinagem - Manualidades - Correspondência - Expressão Plástica - Encontros Temáticos

Perspectivando o futuro, a nossa expectativa é reforçar a parceria entre a Associação Resgate e o PV-FLUL, na medida em que os voluntários são para nós o motor do Projecto “Ao Encontro”, porque são eles que possibilitam a concretização dos vários ateliers. Esperamos continuar a contribuir para a promoção do sentido cívico, espírito de iniciativa e novas competências sociais dos jovens universitários.

Página 3 de 14


SOU VOLUNTÁRIA Marta Manaças A Marta tem 24 anos e é estudante de Estudos Europeus. Actualmente é voluntária na Associação Resgate.

“Acho muito importante que se promova um maior contacto entre diferentes gerações e, neste caso, entre as duas camadas mais sensíveis da sociedade, as crianças e a terceira idade.”

No dia da formação de voluntariado, quando me foi dado a escolher a actividade que me interessaria mais, escolhi o projecto – Ao Encontro, da Associação Resgate, pelo facto de envolver a intergeracionalidade. Acho muito importante que se promova um maior contacto entre diferentes gerações e, neste caso, entre as duas camadas mais sensíveis da sociedade, as crianças/jovens e a terceira idade. A terceira idade é muitas vezes esquecida, especialmente num meio urbano, e entregue ao abandono e ao sentimento de inutilidade. Foi por este motivo que o projecto me suscitou interesse. A actividade que vou desenvolver foi sugerida pela Dr.ª Manuela e tem como objectivo ilustrar uma história. O meu papel é recolher a história, contada pelas senhoras do Centro de Convívio, transcrevê-la e ilustrá-la com as crianças do infantário. Este projecto motiva-me porque vai ser a primeira vez que vou trabalhar com crianças de 5 anos. O facto de envolver a ilustração também foi ao encontro de uma das minhas paixões, desenhar. Uma das minhas grandes dificuldades é a minha timidez e inibição, mas penso que esta é também uma oportunidade para a ir ultrapassando. Acredito que o facto de lidar com crianças me obriga a entrar numa dinâmica relacional, isso vai ajudar-me em relação à timidez. A maior competência que um projecto de voluntariado pode trazer é uma nova sensação ou noção de responsabilidade e, ao mesmo tempo, a capacidade de iniciativa, de criatividade, de “desembaraço” perante situações imprevisíveis. Num projecto onde o ponto central assenta na relação humana, há que considerar toda uma série de imprevistos. Acredito que a capacidade em ultrapassar barreiras pontuais e as capacidades de iniciativa e de criatividade serão úteis no mercado de trabalho. Aconselharia positivamente um futuro voluntário deste projecto por todas as razões que já mencionei, ou seja, pela envolvência afectiva e pelo sentimento de gratificação que o projecto pode trazer ao voluntário. Não só é uma maneira de nos sentirmos úteis, como de crescermos individualmente e socialmente, de nos redescobrirmos e desafiarmo-nos a nós próprios. Este projecto oferece a possibilidade de fazermos coisas que antes nunca pensaríamos vir a fazer.

Página 4 de 14


| VOLUNTARIADO INTERGERACIONAL Esta área permite que desenvolvas o teu trabalho voluntário em contacto com outras gerações. Para além da acção que realizas em prol dos outros também tu poderás retirar competências a partir destas experiências de voluntariado.

França (Ref.: 2408) Data de início: 01-09-2013 Data de fim: 30-06-2014 Vagas: 1 Duração: 10 meses Subsídio mensal (Dinheiro de bolso): 125 €

Recados & Companhia "Recados & Companhia" é um projecto que visa criar uma rede de voluntariado jovem de solidariedade intergeracional. Jovens com idades compreendidas entre os 16 e os 30 anos podem inscrever-se neste projecto e apoiar idosos com mais de 65 anos em pequenas tarefas (ida ao médico, passear, ir às compras) ou fazer-lhes companhia, diminuindo assim o isolamento desta população. O projecto decorre nos concelhos de: o o o o o o

Sintra Loures Setúbal Gaia Coimbra Porto

Resumo: The establishment can offer to the volunteer regular contacts with various professions: teachers, educators, reeducators, psychologists. He will be facing different situations together with a professional, allowing him various experiences and analysis. Perfil: Accept any gender and nationality. However, we prefer volunteers over 20 years old, who are autonomous and mature enough to face and take a distance towards a public with a physical handicap. Basis in French will be appreciated. Tarefas: participate to workshops like informatics, theatre, music, arts, … but also to the individual help for homework, help to write, accompany some pupils being integrated in some "open classes" in the schools and high schools of the town. - The volunteer can also valorise his own country and culture, through the organisation of meals, exhibitions, slideshows for instance. He can also create a workshop with the children around some personnal skills he wants to share with them (initiation to foreign languages, puppets creation, European games…).

Para te inscreveres preenche o formulário e envia-o por e-mail para as Direcções Regionais do IPDJ do Norte (serviços do Porto), de Lisboa e Vale do Tejo (serviços de Lisboa e de Setúbal) ou do Centro (Coimbra).

Condições: The organization of the missions of the volunteer will be on a basis of 35 hours a week, including 3 hours of French classes. The holidays will be school holidays (Autumn, Christmas, February and Easter).

Este projecto é promovido pelo IPDJ, I.P. em parceria com o ISS e tem o apoio da FNAJ e TMN.

Para mais Informações sobre esta oferta: SVE

Fonte: Portal da Juventude

Página 5 de 14


|MISSÕES SOLIDÁRIAS

Quem quer ajudar a Estímulo?

Jovens de bairros problemáticos ajudam a promover a saúde mental

A Estímulo é uma Organização Não Governamental para o Desenvolvimento cuja missão passa por intervir nas comunidades e escolas de várias regiões moçambicanas, no sentido de melhorar as condições de vida das populações. Em 2012, a associação visitou vários centros comunitários em províncias daquele país numa iniciativa que, durante 18 dias, permitiu chegar a duas mil crianças, 200 professores e 50 comunidades. Os objectivos, em 2013, são ainda mais ambiciosos. A Estímulo quer fazer um total de 6000 quilómetros, durante quatro semanas, para dar apoio e formação às comunidades já referenciadas. Entre Abril e Maio, a OGND terá uma missão, no terreno, que abrangerá 2500 alunos, 500 professores, 100 comunidades locais e 30 organizações. O custo total desta acção está estimado em 50 mil euros, entre passagens aéreas, alugueres de viaturas, alimentos, materiais escolares, comunicações, medicamentos ou roupas. Para isso, a Estímulo precisa de parceiros (como empresas) e anda à procura deles. Os apoios podem vir sob a forma que os beneméritos bem entenderem: dinheiro, viaturas, bens alimentares, livros, produtos de higiene, alojamento, kits de primeiros socorros, bilhetes de avião, equipamento fotográfico para registar a missão... Em contrapartida, a Estímulo assumirá o logo dos parceiros nos seus projectos de 2013. Quem estiver interessado em ajudar ou recolher mais dados, pode procurar informações em www.estimulo.eu ou www.facebook.com/estimulo.ongd.

Até 2015, um grupo de jovens dos 10 aos 12 anos vai aprender a lidar melhor com os seus problemas e a ajudar miúdos da mesma idade. Cerca de 150 jovens integrados no programa Escolhas, que promove a inclusão social em contextos socioeconómicos vulneráveis, serão acompanhados pela equipa da organização não-governamental Médicos do Mundo, com o apoio da multinacional farmacêutica AstraZeneca. Um dos principais objectivos é formar jovens que sejam capazes de dar continuidade ao projecto, ajudando outros miúdos da sua idade. A auto-estima é um conceito chave da iniciativa, que pretende desenvolver a confiança e a expressividade dos jovens.

Cartão de saúde solidário ajuda a financiar AMI

Urso solidário português pintado por Gustavo Fernandes

Ao todo, são 146 ursos de dois metros de altura pintados por artistas de todo o mundo, representando os países da ONU. Neste momento, estão em Paris, junto à Torre Eiffel, numa instalação circular que conta, também, com um animal made in Portugal. Gustavo Fernandes foi o artista (editado pelo Centro Português de Serigrafia) convidado para pintar um United Buddy Bear (Ursos Companheiros Unidos). No final, as esculturas serão leiloadas e a verbas recolhidas reverterão para organizações de apoio à criança. Fonte: Visão Solidária

O Cartão de Saúde da Assistência Médica Internacional (AMI) foi lançado há mais de dez anos. A sua subscrição é mais uma forma de a associação conseguir o financiamento necessário para os Centros Porta Amiga, Abrigos Nocturnos, Equipas de Rua e Apoio Domiciliário. Entre outras vantagens, o cartão dá direito a um plafond de 5 mil euros de assistência médica hospitalar, as urgências e os domicílios têm um custo de 10 euros e os medicamentos podem ser entregues ao domicílio e beneficiar de um desconte de 15% dentro da rede de farmácias aderentes. O valor da subscrição são 129 euros, o equivalente a dez refeições num centro Porta Amiga. Mais informações em www.ami.org.pt. Fonte: Visão Solidária

Página 6 de 14


|PLANEAR O 2.º SEMESTRE As avaliações do primeiro semestre acabaram há pouco e já estamos no início do 2.º semestre. Depois de um período de maior exigência, é importante darmo-nos algum tempo para descansar e recuperar energias, mesmo que os resultados obtidos não tenham sido o que desejávamos. Depois de uma pausa tão retemperadora quanto possível, será talvez o momento de planear o 2.º semestre? Deixamos aqui algumas sugestões.

Deixa tempo e espaço para as necessidades essenciais:

 Precisamos de descansar, de nos alimentarmos convenientemente, de tempo para estarmos com os que nos são queridos, de tempo para nós.

Tem em conta a experiência passada:  Sabemos o que funciona melhor para nós e o que não tem funcionado?  O novo plano tem em conta aquilo que sabemos sobre nós?

Os rabiscos ajudam os alunos a concentrarem-se Até agora pensava-se que os alunos faziam rabiscos por estarem distraídos, mas um estudo veio demonstrar que afinal isto ajuda-os a concentrarem-se e a memorizarem melhor.

Tira partido dos nossos recursos:  Se tivermos boas notas nas disciplinas que são mais fáceis para nós, isso poderá compensar notas mais baixas em disciplinas mais difíceis;  Investir o suficiente nas disciplinas (ou nas matérias dentro das disciplinas) mais fáceis dá-nos um ponto de apoio sólido.

Define prioridades:

 Se duas disciplinas têm horários incompatíveis, sabemos a qual delas vamos dar prioridade?  Estamos a dar a uma melhoria de nota o mesmo nível de prioridade do que a uma disciplina que ainda não fizemos?

Fazer rabiscos numa folha enquanto se escuta alguém, ajuda a reter melhor a mensagem porque se está mais concentrado na conversa, concluiu um estudo da Playmouth University. Parece contraditório, mas começa a fazer sentido quando os investigadores explicam que as pessoas se distraem mais facilmente quando deixam a mente divagar, do que quando rabiscam. É uma técnica que não dá para todas as situações, mas é perfeita para usar naquelas aulas chatas em que tem mais dificuldade em concentrar-se. Fonte: Quero Estudar Melhor

Página 7 de 14


É concretizável:  Frequentemente fazer planos mais ambiciosos leva a piores resultados, uma vez que acabamos a dispersar os nossos recursos;  Sabemos quais são os resultados com os quais ficaremos satisfeitos? Se o nosso objectivo for “Ter as melhores notas possíveis”, como saberemos se o atingimos?  Estamos a incluir no nosso plano algum tipo de apoio para as áreas nas quais sabemos que temos dificuldades?

É flexível:  Os imprevistos são precisamente… imprevistos. O nosso plano deixa alguma “folga” para as coisas que não podemos controlar?  É natural que seja necessário rever o nosso plano, à medida que nova informação vai ficando disponível.

Apoia a acção:  Um bom plano é aquele que nos ajuda a agir de uma forma eficaz no sentido de concretizarmos os nossos objectivos: o melhor plano do mundo não terá qualquer resultado se não o pusermos em acção.

Os seus comentários e sugestões são bem-vindos! Envie-nos um e-mail para: saa@fl.ul.pt

Maria de Fátima Conceição, Apoio Psicopedagógico. Serviço de Apoio ao Aluno, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Mascar pastilha elástica estimula o pensamento e a capacidade de reacção

Mascar pastilhas elásticas estimula até oito regiões do encéfalo e melhora o estado de alerta e a rapidez de pensamento em dez por cento, revela estudo do Instituto Nacional de Ciências Radiológicas (NIRS), no Japão. A investigação publicada na revista Brain and Cognition (estudo) refere que até oito áreas cerebrais podem ser afectadas pelo simples ato de mascar uma pastilha elástica, por estimular áreas localizadas junto a pontos neurológicos, melhorando o fluxo sanguíneo no cérebro. Os investigadores fizeram um teste que envolveu 19 adultos saudáveis, de ambos os sexos e com idades compreendidas entre os 20 e os 34 anos. Através de exames de ressonância magnética, os cientistas observaram dois grupos: num deles os indivíduos mascavam pastilhas elásticas e no outro não. O primeiro conjunto demorou 493 milésimos de segundo a reagir aos estímulos propostos e o segundo levou mais tempo, 545 milésimos de segundo. A equipa analisou algumas áreas do cérebro relacionadas com o estado de alerta e descobriram que o ato de mastigar estimulou determinadas áreas do cérebro como o córtex cingulado anterior. Os investigadores concluíram ainda que mascar pastilha elástica reduziu o tempo de reacção no teste cognitivo, aumentou o nível de excitação e alerta e potenciou o controlo motor, levando a melhorias no desempenho cognitivo.

Fonte: Sapo Saúde

Página 8 de 14


|ACÇÃO QUALIDADE DE VIDA

Festival dos Sentidos na Malaposta

Processo de atribuição de apoios diretos e pontuais a pessoas com deficiência motora e comprovada falta de recursos financeiros O período de candidaturas para a Ação Qualidade de Vida 2013 encontra-se a decorrer até dia 8 de Março. Clique aqui para ver obter mais informações, consultar o regulamento e aceder aos formulários de inscrição. Muitas pessoas com deficiência motora não possuem os recursos financeiros necessários que lhes permitam ter uma vida com qualidade. Estas pessoas têm projetos de vida, objetivos e ambições que querem alcançar, mas vêem-se limitadas pela falta de meios. A Associação Salvador recebe anualmente inúmeros pedidos de ajuda de pessoas com deficiência motora, os quais obviamente não pode apoiar aleatoriamente sem a definição de critérios e requisitos. A Ação Qualidade de Vida é um processo de candidatura anual, criado pela Associação Salvador, para atribuir apoios diretos e pontuais a pessoas com deficiência motora e com comprovada falta de recursos financeiros. Este ano será dada prioridade a candidatos com limitações motoras sem comprometimento cognitivo. Para ser possível dar uma resposta mais justa à variedade de pedidos recebidos, existem duas categorias: o "Vida com Dignidade" - os apoios visam satisfazer necessidades básicas do candidato, contribuindo para uma melhoria da sua condição de vida. o "Mudança de Vida" - os apoios a atribuir visam tornar a pessoa mais ativa, promovendo a sua melhor integração na sociedade. A Ação Qualidade de Vida visa apoiar casos que não encontraram resposta dentro dos programas de apoio promovidos pela Segurança Social e /ou Instituto de Emprego e Formação Profissional.

Fonte: Associação Salvador

De 12 a 16 de Fevereiro, decorre no Centro Cultural da Malaposta a quarta edição do Festival dos Sentidos. A CEDEMA - Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Mentais Adultos, aproveita para divulgar actividades e partilhar experiências. Há teatro, dança, concertos, workshops e muito mais. Junte-se a festa! Fonte: Magazine CONSIGO RTP2

Corrida/ Caminhada de São Valentim UVA

Local: Avenida Brasília na intersecção com o viaduto da Avenida Infante Santo, junto ao Museu do Oriente. Dia 17 de Fevereiro de 2013 às 10h Sob a designação UVA - Unir, Vencer, Ajudar, a Associação Portuguesa de Deficientes está a promover uma campanha de angariação de fundos, que culmina com uma Corrida/ Caminhada de São Valentim e um grandioso espectáculo junto à Torre de Belém com Sétima Legião, Mário Laginha, Samorah, Valete e José Fanha, entre outros convidados. O ingresso da Corrida de São Valentim UVA é um pacote (simples) com 1 TShirt da campanha e um dorsal com o número de participante ou um pacote (duo) com 2 T-Shirts da campanha e dois dorsais com os números dos participantes. Fonte: INR

Página 9 de 14


| ESTACIONAMENTO DE BICICLETAS NA UL

Workshop de Massagens de Relaxamento

A Universidade de Lisboa está a equipar os seus espaços com estacionamento para bicicletas. Já colocadas estão na Faculdade de Ciências e de Letras. A Faculdade de Farmácia e o Complexo Interdisciplinar para a Investigação serão as próximas unidades a colocar estes novos equipamentos.

Diz-se que a massagem é praticada no Médio e Extremo Oriente há pelo menos 5.000 anos. Hipócrates, o "pai da medicina", escreveu no séc. V a.C. que "para se gozar de boa saúde, é preciso tomar um banho perfumado e fazer uma massagem com óleos todos os dias."" Neste workshop, durante duas horas, vais aprender técnicas de massagens de relaxamento, com a orientação da professora Silvana Bernardino. Participa e relaxa! Calendarização: 07 de Março de 2013 Das 18h00 às 20h00 (Sala Corpo e Mente)

Biblioteca da Faculdade de Letras da UL

Inscrição: A partir de 05 de Fevereiro 2013 até 04 de Março 2013 Vagas limitadas! Não se efectuam devoluções de dinheiro, excepto no caso de a actividade não se realizar! Seguro: Seguro normal Vagas: 12 Taxas: Estudante – 12€

Fonte: Serviços de Acção Social – Desporto

Faculdade de Ciências da UL (C5)

Página 10 de 14


| CANDIDATURAS AO PROGRAMA DE VOLUNTARIADO FLUL 2012/2013 – 2.º SEMESTRE

Formulário de Inscrição

Página 11 de 14


| CURSO DE INICIAÇÃO AO BRAILLE

Formulário de Inscrição

Página 12 de 14


| CINEMA NA REITORIA

Quando: De 31 de Janeiro de 2013 a 16 de Maio de 2013 Onde: Reitoria da Universidade de Lisboa | Salão Nobre

Organização: Reitoria da Universidade de Lisboa Coordenação: Lauro António, Cineasta As sessões realizam-se semanalmente entre 31 de Janeiro e 16 de Maio de 2013. Cada sessão inclui, no início, uma apresentação do filme. Algumas sessões são seguidas de debate com a participação de um ou mais especialistas. Entrada livre, mas sujeita à capacidade da sala. Consulte o Programa – aqui.

Informações: Reitoria da Universidade de Lisboa Núcleo Cultural do Departamento de Estratégia e Relações Externas E-mail: nucleocultural@reitoria.ul.pt

Página 13 de 14


| MÚSICA GNR 16 de Fevereiro de 2013 | 21h Os trintões GNR apresentam-se afectivamente no CCB, no dia 16. Com três décadas de rock na bagagem, a banda do Porto surge agora em formato acústico: o baixo eléctrico dá lugar ao baixo acústico, a guitarra eléctrica é substituída pelo violino, e os teclados rendem-se ao piano. O Grupo Novo Rock promete dar uma nova roupagem aos clássicos que todos conhecem, esperando-se um Rui Reininho também acústico, isto é, menos eléctrico do que o habitual. Os bilhetes podem ser adquiridos nos lugares habituais com valores entre os 10€ e os 27,50€.

| TEATRO Macbeth Companhia do Chapitô Autoria: William Shakespeare Encenação: John Mowat Interpretação: Jorge Cruz, Ricardo Peres e Tiago Viegas Até 17 Março de 2013 De Quinta a Domingo às 22h Parábola sobre a ambição e a traição e uma das mais sanguinolentas peças de Shakespeare. Informações Úteis: Preço: 12€ (público em geral) Maiores 12 anos Fonte: Agenda Cultural | Câmara Municipal de Lisboa

Referências: Visão Solidária | Boas Notícias | Agenda Cultural CML | Expresso | UL | Portal da Juventude| Associação Salvador | SVE | Sapo Saúde | INR | Blogue Magazine Consigo RTP2 | UL

Elaborado por: Ana Galrão Lúcia Fonseca Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa Serviço de Apoio ao Aluno | Programa de Voluntariado FLUL Tel.: 21 792 00 23 E-mail: voluntariadoflul@fl.ul.pt | saa@fl.ul.pt

Página 14 de 14

Newsletter PV-FLUL | Fevereiro de 2013  

Newsletter do Programa de Voluntariado FLUL | Fevereiro de 2013

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you