Page 1

palavradapromocat

REVISÃO EQUILÍBRIO

TEMPO DE E POR FÁBIO CASTRO

T

oda organização pressupõe a existência de controle, por isso, é necessário haver fluxo operacional e estratégias predeterminadas. Porém, falar de controle emocional sugere aplicar conhecimento que regem comunicação e criatividade do indivíduo. Desse modo, hoje vivemos sob pressão ou excesso de ruído, poluição sonora e visual que alimentam forças interiores, onde o sujeito identifica certos modos de ser e de agir às vezes contrários aos parâmetros já definidos ao longo da vida. Tão notória é a capacidade da pessoa interagir com o meio em que vive, que de acordo com suas atitudes, pode-se dizer que disciplina, sensibilidade, respeito, obrigação, exatidão, dentre outros aspectos, são modos de ser e de agir que repercutem no espaço em que passa maior parte do tempo, ou seja, o ambiente de trabalho. Contudo, dentro do processo de pós-industrialização, as pessoas vivem em conflito consigo mesmas, sendo que experimentam uma infinidade de elementos que categorizam e inventam situações que às vezes não se coadunam com a realidade vivenciada. A rigidez não está só em ambientes corporativos, em instituições religiosas, nem nas regras, mas sim ela está dentro de cada um. Embora, nem sempre somos tendenciosos em relativizar tais rea­lidades, pois é necessário conduzi-las conforme as convicções próprias. Lembra quando Jesus pregava sobre a ‘dureza dos corações’? Pois é, Ele quis dizer que há dentro de cada um de nós um modo de ser e de agir e Ele ainda incen8 Paróquias & CASAS RELIGIOSAS

tiva para que a pessoa deixe a porta vidas. É ponderável situar nosso entenaberta, sugerindo uma revisão de vida. dimento quanto às necessidades de Sobre tais posturas que alargam noscada um dos colaboradores de sua inssa reflexão, hoje nos interpelam de forma tituição religiosa ou empresa do segque não podemos subesmento religioso, pois timar nossas convicções. A rigidez não está esse é um motivo pelo E segundo uma nova ‘orqual cada líder-gestor dem’ de ‘responsabilidade’ só em ambientes corpo- deve contemplar em em nossas instituições re- rativos, em instituições suas ações cotidianas. ligiosas, que no afã da que ter conreligiosas, nem nas regras, Lembre-se discussão, ponderamos trole emocional é fundaalgumas ideias que funda- mas sim ela está dentro de mental para que suas mentam esse controle cada um ações sejam equilibraemocional, onde o indivídas, e faça com que o reduo se depare com possíveis fórmulas lacionamento comunitário esteja em adequadas para cuidar das relações. sintonia com os ideais de sua missão. Quero, então, reportar-me à mensagem de Jesus Cristo, quando Ele faz a seguinte reflexão com os discípulos, chamando atenção pela parábola do rico administrador (Lc 16, 1-13). Jesus exorta de forma que Ele elogia o administrador que soube tomar atitude prudente, recomenda o uso da riqueza em favor dos pobres, porém a pessoa deve prestar atenção quando negligencia o cuidado com as pequenas coisas. Ou seja, Cristo pondera que o homem deve tomar decisão consistente, pois é prudente escolher o que lhe aprouver, contando com a grandeza das coisas divinas. Nesse sentido, comparar essa parábola com o controle emocional justifica que cada um de nós lidamos com diversas situações liFábio Castro mites em nosso cotidiano, tanto é que a Diretor Geral da Promocat mensagem do Mestre irrompe nossas atitudes para o bem de todos. Justifica dizer que não existe uma receita pronta para lidar com as adversidades que insistem eclodir em nossas

www.revistaparoquias.com.br | maio-junho 2011

Palavra da promocat  

Tempo de revisão e equilibrio