Page 1

Toledo, de 19 a 25 de novembro de 2010 - Ano 2 - nº 71

VALDIR PAGLIARINI

ALVIR PREISNER

BRUNO RADUNZ

MAYARA MARTAN

DOM FRANCISCO

WANDERLEY GRAEFF

O artigo da semana repercute a proposta de cientistas americanos de uma viagem sem volta à Terra, para astronautas que aceitem o desafio de ir à Marte, o que teria um papel estratégico na própria sobrevivência da espécie humana.

Tenho dito que governo em fim de mandato querendo realizar obras e mais obras é o fim da picada; o cheiro que incomoda os toledanos; com Yara e Toledão, cidade está muito bem servida de clubes; Samek: uma merecida homenagem.

Setor de automóveis é um dos que mais evoluíram no país; Secretaria da Educação em prédio novo; entrevistas do Viver Toledo rendem elogios dos leitores; no artigo da semana, lembranças dos tempos da infância e adolescência.

Faça teste para saber se você esta viciado na internet; banho após as refeições faz mal? Mito ou verdade; Roer unhas ou puxar os cabelos podem indicar ansiedade patológica, que é quando o indivíduo não encontra formas saudáveis de lidar com a ansiedade.

O homem e a mulher de hoje têm dificuldade de amar, porque o seu amor é, muitas vezes, modelado pelo “usa e joga fora”, pelo desejo de consumo, pelo “compromisso enquanto tiver vontade”. Assim, passa-se de um amor ao outro.

Eventos do Cojem e do Feras do Esporte na agenda social toledana; Nino e Ariete recebem Príncipe Imperial do Brasil, que se declara fã de sua pizzaria; antes de entregar o governo, Pessuti inaugurará a reforma do Palácio Iguaçu

PÁGINA 02

PÁGINA 02

PÁGINA 11

PÁGINA 07

PÁGINA 02

PÁGINA 12

>> FESTA DO ESPORTE | EXPRESSÕES DA REGIÃO RECEBEM HOMENAGEM

XI edição do Troféu Feras do Esporte premiará destaques de 2010 PÁGINA 03

Unopar tem inscrições para vestibular até dia 25 PÁGINA 03

Acit comemora 43 anos de uma rica história PÁGINA 08

Jorge Samek exibe para o Viver Toledo a honraria que recebeu da Amop

Festa do Troféu Feras do Esporte começou em Foz do Iguaçu e é realizada anualmente em Toledo

Show de orquestra no lançamento do Natal do Shopping Panambi

PÁGINA 09

A Orquestra São Gonçalo fará apresentação especial no lançamento da campanha de Natal do shopping

Empresas de peças agrícolas criam central de negócios PÁGINA 10

Jorge Samek é primeiro Cidadão Honorário do Oeste PÁGINA 03

Feira de Automóveis é atração do final de semana em Toledo PÁGINA 05


02

Toledo/PR • 19 a 25 de novembro de 2010

OPINIÃO POLÍTICA & GENTE Quero descer Para o trem que eu quero descer. Tenho dito que governo em fim de mandato querendo realizar obras e mais obras é o fim da picada. Calma, deixe-me explicar: menos de 60 dias para acabar um mandato, um governante não tem o direito, pelo menos do lado ético, de licitar ou assinar contratos para gastos que serão executados e Governador Orlando Pessuti pagos pelo governo que entra. Beto Richa pediu à sua equipe de transição para barrar a volúpia de Pessutão, Dilma fez a mesma coisa em relação ao Lula e aos mais de R$ 160 bilhões programados pelo hoje presidente brasileiro. Quero descer II Não bastasse tudo isso acontecendo na cara dura, início da semana - curta por sinal - leio nos jornais da capital um absurdo ainda inédito no nosso Paraná: o governador atual, com pouco mais de 30 dias para fechar o ciclo Requião, remaneja verbas da Secretaria de Turismo e Cohapar, dinheirinho previsto para as anunciadas “casas para o povo” pois tenciona pagar precatórios. Ufa, essa doeu! Quem sabe o que é precatório, deve ter sentido também no osso e na carne essa dorzinha. Quero descer III Dívidas de anos, que um governo empurra, o outro também. O terreno de uma praça em Cascavel demorou mais de 40 anos para ser pago. Aí outro exagero. Não se pode desapropriar uma área para se construir algo pelo governo municipal e enrolar todo esse tempo. Mas, remanejar verbas para pagar esse tipo de conta em fim de mandato, por mais certinho que o Pessutão queira ou seja, deixa um no ar um cheiro muito ruim. Pior que o da Sadia, em Toledo. Cheiro Falando nisso, faz tempo que quero abordar o tema, mas sempre surge outro mais importante e o assunto vai ficando para outra hora. Afinal, quando, alguém vai tomar providências sobre o mal cheiro da Sadia nesta cidade? Se fosse de vez em quando, com o minuano soprando lá de baixo, vá lá. Mas é sempre, e a área que a circunda está se desvalorizando. Fui ver uma casa dias destes para morar, mas não tive coragem nem de perguntar o preço. Um mau cheiro insuportável. Aí pensei: como as mães donas de casa fazem para agüentar isso o dia inteiro? Pensei também, as crianças meio dia vão para as aulas - se a escola for longe - e os pais devem trabalhar fora. Ameniza.

Cheiro II Mas acho que essa lógica também não procede. Pois todos voltam para casa, todos fazem refeições inalando aquele fedor e ainda tem a noite respirando, aspirando aquilo. Todas as noites, todos os dias. E o churrasquinho de domingo, com aquele cheirinho? Está na hora de alguma entidade tomar frente e buscar uma solução junto à Sadia. Ou algum advogado começar a defender essa população, já que autoridades normalmente pensam na geração de emprego e blá, blá, blá. Vamos pensar a respeito? Cinco minutos Na semana, como quase sempre faço, passei na Câmara para ver de perto o que nossos representantes do povo estavam discutindo, pois a pauta estava repleta. Mas aí, fiquei só 5 minutos. Ouvi do competente Rogério Massing, uma análise de arbitragem. Ele discursava se referindo a imprensa que criticava esse ou aquele árbitro de futebol, nas recentes partidas do Campeonato Brasileiro. Me virei, perguntei para as pessoas ao lado o que era aquilo, se eu estava no lugar certo, e uma jovem senhora falou: é o tempo do líder, ele fala o que quer. Ah, tá. Entendi. E olha que o Rogério sempre fala bem, é coerente, bastante claro em suas colocações. Será que eu estava fora de jogo? Toledão O clube completou dia 10 de novembro, 38 anos de fundação. Nas últimas administrações, cresceu muito. É um dos mais completos do nosso Paraná, até porque a convivência em sociedade vem diminuindo muito, nos dias atuais. E o Toledão faz com que todos repensemos esse conceito. Bonito, limpo, bem cuidado, bem administrado, inaugura inclusive o sistema de climatização, mesas e cadeiras novas. O associado deve estar muito satisfeito. Yara O outro clube da cidade, o Yara Country Clube também está no ritmo cidade em desenvolvimento. Uma infraestrutura completa, uma localização invejável. No próximo dia 4 de dezembro realiza mais uma edição do seu tradicional Baile do Hawai. Vale a pensa prestigiar. Toledão ou Yara? Não importa a sua escolha. Toledo está muito bem servido de clubes sociais, “cada um à sua maneira”, como diria a banda Nenhum de Nós. Chegando Será nesta segunda feira a XI edição da festa do Troféu Feras do Esporte que promovemos com o objetivo de enaltecer os talentos esportivos de nossa terra. Infelizmente, apenas convidados, pois como homenageados e seus acompanhantes não pagam absolutamente nada, não podemos convidar a todos, né? Mas o importante e você saber que ainda tem gente que se importa em prestigiar o nosso esporte, premiando aqueles que merecem. A imprensa local

D. FRANCISCO BACH Bispo da Diocese de Toledo

Dom gratuito e livre No matrimônio, a realização de cada um dos cônjuges passa pelo

do nas pretensões do eros, mas quando é vivido no acolhimento e

dom de si ao outro. Trata-se de um dom gratuito e livre, que a lin-

doação, aceitação e respeito pela diferença. A maturidade afetiva e

guagem cristã chama de amor oblativo. O homem e a mulher de

sexual traz os traços do dom de si ao outro e ao seu bem, indo além

hoje têm dificuldade de amar, porque o seu amor é, muitas vezes,

da necessidade de ser reconhecidos, aceitos, estimados, gratifica-

modelado pelo “usa e joga fora” , pelo desejo de consumo, pelo

dos. Eis o dom gratuito e livre, aquele que a linguagem cristã chama

“compromisso enquanto tiver vontade”. Assim, passa-se de um

de amor “oblativo”. Neste contexto, o eros não é eliminado e nem

amor ao outro, fazendo experiências com a lógica do

sacrificado, mas encontra o seu justo equilíbrio.

“satisfeito ou reembolsado”.

No pensamento cristão, a afetividade e a sexuali-

A promessa que se realizava, por trás desta espon-

dade encontram a sua exaltação precisamente neste

O ser humano precisa dom de si ao outro. Dom que, no matrimônio, ende relações estáveis e de e libertação individual. Mas, a promessa demonsduradouras, feitas de contra a sua expressão mais elevada. Surge, aqui, a trou ser falsa, porque a quantidade e a intensidade referência à figura conjugal, que traduz e encarna a dom e altruísmo. taneidade afetiva e sexual, era a de uma nova liberda-

das relações não compensaram a sua qualidade. E

profundidade de uma relação e exprime a vontade

quanto mais as relações forem do tipo “usa e joga

comum dos dois de alcançarem, juntos, o mesmo

fora”, tanto menos haverá motivações para lutar e

ideal, no dom total e definitivo de um ao outro. No

combater as dificuldades. O ser humano precisa de relações está-

matrimônio, há algo que vai além da atração sexual e do encanto

veis e duradouras, feitas de dom e altruísmo.

inicial, porque as pessoas decidem sobre si e sobre o sentido da

“Ele nos escolheu, antes da fundação do mundo, para sermos

sua relação.

santos e irrepreensíveis sob o seu olhar, no amor” (Ef 1,4). As pa-

No matrimônio, a realização de cada um dos cônjuges passa pelo

lavras da Carta aos Efésios, como tantas outras páginas da Bíblia,

dom de si ao outro. No início, isto é visto como uma graça, dando a

recordam-nos o que, hoje, as ciências humanas também põem em

impressão de ser fácil e até óbvio; sucessivamente, o outro é visto, tam-

evidência que o ser humano realiza-se, antes de tudo, na experiên-

bém, como limitação, porque se manifesta a inevitabilidade da renúncia

cia de amar e ser amado.

de algumas expectativas e possibilidades de realização pessoais. Amar

O amor entre o homem e a mulher não é um encontro de dois

é entregar-se ao outro, reconhecido como único. A unicidade de uma

egoísmos, mas de dois altruísmos, no dom que cada um faz de si ao

pessoa apela para a unicidade de uma história e de uma relação. Eis o

outro. O “nós” no casal se realiza quando o amor não fica enreda-

significado do amor e da fidelidade no matrimônio!

EXPEDIENTE

Projeto gráfico: Grécia Comunicação - www.grecia.ppg.br

Editora Viver Toledo Ltda. CNPJ 10.995.596/0001-60 Rua Santos Dumont, 4110, Sl 07 – Vila Industrial CEP 85904-450 Toledo - PR Fones: (45) 3054-0444 - 3054-0333 vivertoledo@vivertoledo.com.br

Diretor e Editor Wanderley Graeff wanderley@vivertoledo.com.br Diretor Comercial Alex Donega alex@vivertoledo.com.br

por Alvir Preisner | alvir@certto.com.br

e regional vai contar tudo nos próximos dias. Samek Foi uma noite de gala, a solenidade de entrega de título de cidadão honorário do Oeste do Paraná para Jorge Samek, diretor geral brasileiro da Itaipu Binacional. Emocionado, ele disse que só vai poder retribuir, com “mais trabalho”. As autoridades presentes eram unânimes em reconhecer no guerreiro Jorge Samek um de nossos mais Jorge Samek em momento de ilustres e competentes líderes. emoção Que ainda vai nos proporcionar muito mais alegrias, representando o Estado do Paraná e agora, a Região Oeste, da qual é o primeiro cidadão. Até a próxima.

VALDIR PAGLIARINI Professor vjpagliarini@yahoo.com.br

Quem quer morar em Marte? Nos anos 60, o seriado de TV Perdidos no Espaço fez enorme sucesso, ao contar a história de uma família americana, escolhida para iniciar uma colonização numa estrela próxima ao planeta Terra, à distância de 4 anos luz do Sol. Agora, uma dupla de cientistas americanos, Dirk Schulze-Makuch, da Universidade do Estado de Washington, e Paul Davies, da Universidade do Estado da Flórida, está propondo uma viagem sem volta à Terra, para astronautas que aceitem o desafio de ir à Marte, sem previsão de volta. O projeto foi publicado na revista científica “Journal of Cosmology”, e justifica o fato da viagem ser só de ida, afirmando que seria improvável uma missão tripulada de ida e volta ao planeta, devido aos custos incrivelmente caros, tanto na questão financeira quanto política. Para eles, Marte é o alvo mais promissor para uma colonização humana, por ser muito similar à Terra, por possuir uma gravidade moderada, uma atmosfera, “água abundante”, dióxido de carbono e uma infinidade de outros minerais essenciais. Além disso, é o segundo planeta mais próximo da Terra, depois de Vênus, e uma viagem a Marte levaria apenas seis meses, usando a opção de lançamento mais favorável e a atual tecnologia dos foguetes químicos. “Uma estratégia seria enviar inicialmente quatro astronautas, dois em cada uma de duas espaçonaves, ambas com O estabelecimento módulo de pouso e com suprimende uma colônia no tos suficientes planeta teria segundo para estabelecer um único posto avançado em o artigo, um papel Marte”, explicou estratégico na própria Schulze-Makuch. sobrevivência da Embora afirmem que seria espécie humana. essencial que os astronautas fossem voluntários, Schulze-Makuch e Davies ressaltam que não estão propondo que os pioneiros espaciais sejam simplesmente abandonados à própria sorte em Marte - eles propõem uma série contínua de missões, suficientes para dar suporte à colonização de longo prazo. O estabelecimento de uma colônia no planeta teria segundo o artigo, um papel estratégico na própria sobrevivência da espécie humana. O planeta Terra se encontra numa região sujeita a choques com asteróides e cometas, o que representa uma ameaça à vida. Uma colônia em Marte também pode significar a salvação do ser humano no caso de pandemias globais, guerras biológicas, colapso ambiental ou surgimento de super-vulcões. Falando em perspectivas de sobrevivência da raça humana nos próximos 100 anos, o físico e matemático Stephen Hawking diz ser muito baixa. Embora soe como boato alarmista, Hawking não defende sozinho esta teoria. O astrônomo John Lewis é outro que defende a ideia de se utilizar os recursos minerais e energéticos do restante do Sistema Solar, como solução para a sobrevivência da humanidade. Se algum dia tivermos que abandonar nosso planeta pela continuidade da sobrevivência da espécie humana, acredito que os primeiros a embarcar não serão exatamente os “escolhidos” a que se refere o Evangelho. Antes disso, muitas guerras deverão ser deflagradas para escolher quem serão verdadeiramente os “primeiros”. Enquanto isto não acontece, o melhor mesmo é deixar essa preocupação para os cientistas e procurarmos - nós os simples mortais - vivermos de acordo com aquilo que nos ensina a Lei Maior. (19/11) Gerência Administrativa Luciane Graeff lucianegraeff@hotmail.com Depto Comercial - Vendas Ana Maria Bellocchio

Equipe Karine Graeff Wanderley Graeff Jr. Mayara Martan Bruno Marcos Radunz Diagramação Lídio Ricardo


Toledo/PR • 19 a 25 de novembro de 2010

03

CIDADE >> FESTA DO ESPORTE | EXPRESSÕES DA REGIÃO RECEBEM HOMENAGEM

XI edição do Troféu Feras do Esporte premiará destaques de 2010 Em sua décima segunda edição, a festa do Troféu Feras do Esporte será realizada na próxima segunda-feira, 22, no Toledo Futebol Clube. Organizada pelo radialista, apresentador e colunista do Viver Toledo, Alvir Preisner, o evento contemplará desportistas que alcançaram destaque em suas atividades em 2010, além de promover um resgate de gente que já se destacou, seja como atleta, dirigente ou no apoio ao desenvolvimento do esporte. Iniciada em Foz do Iguaçu, quando Alvir residia e atuava na imprensa da cidade da Tríplice Fronteira, há vários anos a Festa do Troféu Feras do esporte é realizada em Toletque se destacam no esporte, como

Evento premiará os destaques do esporte de toda a região Oeste

forma de incentivá-las na sua luta”, diz Alvir Preisner. A formatação do evento vem sendo dada há meses por Al-

vir. Várias etapas são cumpridas para se chegar ao dia da comemoração, um jantar onde homenageados e convi-

dados não pagam absolutamente nada. “Um evento desse porte exige planejamento, por isso, agimos com antecedência, contando com o apoio de muitos companheiros na escolha dos nossos homenageados. Sem avisar os futuros homenageados, solicitamos que eles enviassem uma relação com oito nomes que mereçam ser destaques este ano, de qualquer modalidade.” Além disso, foram elencados nomes que não precisam necessariamente estar em atividade que mereçam um troféu ´fora de série´ por trabalhos ou conquistas ao longo de anos. Também foram indicados nomes para uma homenagem como resgate para receber um troféu especial.

Deputado Duílio em compasso de espera para continuar na AL O deputado estadual Duílio Genari (PP) está na expectativa de assumir o mandato já no início da próxima legislatura, após ter ficado na primeira suplência nas eleições de outubro. Essa possibilidade está aberta diante da perspectiva de o deputado Durval Amaral (DEM) assumir a Secretaria da Fazenda ou a chefia da Casa Civil do governo do Estado. Segundo Duílio, “oficialmente não posso falar, pois são apenas comentários. Pela experiência que o deputado Durval Amaral tem, tanto na Secretaria da Fazenda, quanto na Casa

Civil, ele é merecedor de um cargo no governo. E caso ele vá servir ao governo, me favorecerá para que eu continue trabalhando como deputado. Porém, temos que aguardar uma palavra oficial do próprio governador eleito, Beto Richa, que com certeza escolherá as pessoas certas para ocupar os cargos no governo”. Votações Em fase de transição do governo do estado, os deputados estaduais estão se desdobrando para votar as matérias neste final de ano. O motivo do cuidado maior para com as votações

é que as mesmas precisam estar de acordo com as necessidades do atual, e do governo que assume no próximo dia primeiro de janeiro. Participando ativamente de todos os trabalhos da Assembléia e ainda integrando quase todas as comissões, o deputado Duílio Genari tem o reconhecimento dos seus pares como um dos expoentes da Casa. Ao mesmo tempo, o parlamentar continua o seu ritmo de trabalho na região, com visitas a lideranças e comunidades, além da participação em diversos eventos, como ocorreu por

ocasião da entrega do Prêmio Amop de Jornalismo e entrega do título de Cidadão Honorário do Oeste do Paraná a Jorge Samek, em Cascavel, e da Festa da Ovelha e do Costelão a Fogo de Chão no distrito de São Luis do Oeste. Na última segunda-feira, feriado nacional, o deputado realizou reuniões com pessoas vinculadas a área de educação que reivindicam melhorias para o setor para o próximo ano, e na manhã desta terça-feira já atendia normalmente em seu gabinete na Assembleia Legislativa.

Unopar Virtual tem inscrições para vestibular até dia 25 Estão abertas até o dia 25 de novembro, as inscrições para o vestibular da Unopar Virtual. As provas acontecem no dia 28. A Unopar, que tem um pólo em Toledo, oferece os cursos de graduação de Administração, Ciências Contábeis, Letras – licenciatura em língua portuguesa e respectivas literaturas, Letras – licenciatura em língua espanhola, Pedagogia – licenciatura, Serviço Social, Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais, Superior de Tecnologia em Marketing, Superior de Tecnologia em Processos Escolares, Superior de Tecnologia em Gestão Desportiva e de Lazer, Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental, Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos, Su-

A Unopar Virtual utiliza o sistema de ensino presencial conectado que oferece aulas ao vivo

perior de Tecnologia em Gestão da Produção Industrial e Superior de Tecnologia em Gestão Hospitalar. As aulas acontecem uma vez por semana na unidade de Toledo. Pós Graduação A Unopar também oferece cursos de pós-graduação, com

aulas quinzenais nas áreas de Direito Ambiental, Educação a Distância, Psicopedagogia Institucional, Direito Previdenciário, MBA em Finanças Empresariais e Bancos, Gestão e Organização da Escola, MBA em Gestão de Pessoas e MBA Executivo em Negócios.

Sistema de Ensino A Unopar Virtual utiliza o sistema de ensino presencial conectado que oferece aulas ao vivo. O aluno participa de atividades presenciais nos pólos de apoio, onde encontra suporte pedagógico e ambiente acadêmico adequando. Além disso, o sistema conta com atividades não presenciais desenvolvidas e acompanhadas via web por tutores e professores, o que permite ao aluno a organização de seu horário de estudos de acordo com sua disponibilidade. Os alunos interagem com os docentes pelo microfone ou via chat no decorrer da tele-aula. Unopar Toledo Em Toledo, a Universidade Norte do Paraná se encontra na Av. Parigot de Souza, 2986 - Vila Industrial, e o telefone é (45) 3378-5706.

Samek é o primeiro Cidadão Honorário do Oeste do Paraná O diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, Jorge Samek, recebeu o título de Cidadão Honorário do Oeste do Paraná, numa solenidade concorrida realizada em Cascavel. Mais de 800 lideranças políticas e empresariais prestigiaram a homenagem prestada pela Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (Amop). A entidade reúne 51 municípios, que juntas têm 1,2 milhão de habitantes. Samek é a primeira pessoa na história a receber essa honraria na região, cuja eleição ocorreu por voto direto dos prefeitos do Oeste. A solenidade reuniu o governador do Paraná, Orlando Pessuti (PMDB), o governador eleito de Rondônia, Confúcio Moura (PMDB), o senador Acir Gurgacz (PDT-RO), deputados prefeitos, vereadores e secretários. A entrega da reverência foi marcada pela emoção nos discursos em reconhecimento ao trabalho prestado por Samek e sua equipe frente à Itaipu Binacional desde 2003. A comoção foi completada com a exibição de um vídeo com a sua trajetória na vida pública e depoimentos emocionados de amigos e familiares. Pessuti destacou, em seu discurso, a seriedade do trabalho de Samek como vereador, secretário estadual e gestor público. “É um republicano, um

defensor das liberdades democráticas, um amigo de longa data, um filho ilustre do Oeste do Paraná, que merecidamente recebe essa deferência”, afirmou o governador. Para o presidente da Amop e prefeito de Jesuítas, Aparecido José Weiller Júnior, a primeira edição do “prêmio” está em boas mãos. “Graças à sensibilidade do Samek, os projetos implantados pela usina em Foz do Iguaçu foram levados para os demais municípios da região. Queremos vê-lo continuando o trabalho pelo Oeste.” Bastante emocionado, Jorge Samek agradeceu pela homenagem recebida e a compartilhou com os companheiros de caminhada da Itaipu Binacional. Ele também fez questão de dividir o título com a família, em particular com a mulher, Maria Olívia. “Não é um prêmio individual, é um reconhecimento coletivo”, ponderou. Durante seu discurso, ele reforçou que o Oeste é uma região ímpar no Paraná, graças à competência, ao mesmo tempo, da agricultura e da tecnologia, da cidade e do campo, dos pioneiros desbravadores e da juventude, das universidades e das indústrias. “São tantas as conquistas desse povo trabalhador. Tudo isso é motivo de orgulho para a gente. Só tenho a agradecer, e só tem uma forma de retribuir: com mais trabalho.”

Empenho de Samek muda relação da Itaipu com a região A trajetória de Jorge Samek na vida pública foi destacada pelas autoridades no evento promovido pela Amop. Lideranças ressaltaram o período do iguaçuense como chefe de gabinete da Se- Jorge Samek exibe a honraria recebida da cretaria de Esta- Amop diante de autoridades e convidados do da Agricultura durante o governo José Richa; como secretário municipal de Abastecimento, em Curitiba; como vereador (quatro mandatos consecutivos; e diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional. A usina mudou sua missão institucional em 2003, modernizando a gestão e abrindo as portas da empresa para a comunidade. Antes a binacional tinha como compromisso a produção de energia e a proteção do meio ambiente. Hoje, zela por ações voltadas ao enfrentamento de problemas socioambientais da região, ao desenvolvimento tecnológico, ao fomento do turismo e à integração regional. São frutos dessa nova mentalidade projetos e programas como o Parque Tecnológico Itaipu (PTI), a Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila), a Plataforma Itaipu de Energia Renováveis, o Cultivando Água Boa, bem como o centro de pesquisa, desenvolvimento e montagem de veículos elétricos. Para o deputado estadual Duílio Genari “o trabalho, não só do Jorge Samek, mas de toda a Itaipu, comandada pelo Samek, foi coroado com essa grande e merecida homenagem”. O prefeito de Toledo, José Carlos Schiavinato salientou que “Jorge Samek é uma personalidade, não só do Oeste do Paraná, mas do país. É uma homenagem justa para uma pessoa que ajuda os municípios, mesmo não sendo lindeiros, que conseguem através de bons projetos, ter uma participação da Itaipu”.


04

Toledo/PR • 19 a 25 de novembro de 2010

SAÚDE Tratamento ortodôntico

Boca saudável, aparência agradável e dentes para durar uma vida Ortodontia é uma especialidade odontológica que corrige a posição dos dentes e dos ossos maxilares posicionados de forma inadequada. Dentes tortos ou dentes que não se encaixam corretamente são difíceis de serem mantidos limpos, podendo ser perdidos precocemente, devido à deterioração e à doença periodontal. Também causam um estresse adicional aos músculos de mastigação que pode levar a dores de cabeça, síndrome da ATM e dores na região do pescoço, dos ombros e das costas. Os dentes tortos ou mal posicionados também prejudicam a sua aparência. O tratamento ortodôntico torna a boca mais saudável, proporciona uma aparência mais agradável e dentes com possibilidade de durar a vida toda. Como saber se preciso de um ortodontista? Apenas seu dentista ou ortodontista poderá determinar se você poderá se beneficiar de um tratamento ortodôntico. Com base em alguns instrumentos de diagnóstico que incluem um histórico médico e dentário com-

Os aparelhos são as soluções para os problemas ortodônticos

pleto, um exame clínico, moldes de gesso de seus dentes e fotografias e radiografias especiais, o ortodontista ou dentista poderá decidir se a ortodontia é recomendável e desenvolver um plano de tratamento adequado para você. Se você apresenta algum dos problemas abaixo, pode ser um candidato para o tratamento ortodôntico: * Sobremordida, algumas vezes chamada de “dentes salientes” - este problema é caracterizado por um excesso vertical da região anterior da maxila e/ou uma sobre-erupção dos dentes dessa região. Nos casos de sobremordida, os dentes anteriores superiores recobrem quase 100% dos dentes inferiores, conferindo

Somente um profissional habilitado é capaz de definir o real problema

um sorriso desagradável e problemas mastigatórios. Os dentes inferiores podem, inclusive, estar tocando no palato e na gengiva do arco superior. * Mordida cruzada anterior - uma aparência de “bulldog”, quando a arcada inferior está projetada muito à frente ou a arcada superior se posiciona muito atrás. * Mordida cruzada - ocorre quando a arcada superior não fica ligeiramente à frente da arcada inferior ao morder normalmente. * Mordida aberta - espaço entre as superfícies de mordida dos dentes anteriores e/ou laterais quando os dentes posteriores se juntam.

* Desvio de linha mediana ocorre quando o centro da arcada superior não está alinhado com o centro da arcada inferior. * Diastema - falhas, ou espaços, entre os dentes como resultado de dentes ausentes ou dentes que não preenchem a boca. * Apinhamento - ocorre quando existem dentes demais para se acomodarem na arcada dentária pequena. Como funciona um tratamento ortodôntico eficaz? Diversos tipos de aparelhos, tanto fixos como móveis, são utilizados para ajudar a movimentar os dentes, retrair os músculos e alterar o crescimento mandibular. Estes aparelhos funcionam colocando uma leve pressão nos dentes e ossos maxilares. A gravidade do seu problema é que irá determinar qual o procedimento ortodôntico mais adequado e mais eficaz. Por isso, a consulta a um especialista é de suma importância. Pois só ele saberá dizer qual o seu problema e qual tipo de aparelho e tratamento serão os mais corretos.

BOA MESA Um roteiro diversificado na gastronomia Toledo se notabiliza pela sua diversificada gastronomia. São várias opções em restaurantes, pastelaria, panificadora e confeitaria, sorveteria e casa especializada em batatas recheadas, além de estabelecimentos que oferecem bons ambientes para um happy hour. Empório do Pão O melhor em panificação e confeitaria. Atende das 7h às 20h20 de segunda a sexta-feira, aos sábados das 7h às 12h e das 16h às 20h20 e aos domingos das 8h às 12h e das 17h às 20h20, com lanches, salgados, tortas, bolos e café expresso. Encomendas pelo e-mail: emporiopao@uol.com.br. Rua Dom Pedro II, nº 2099 – fone 3055-3355 Família Jhony’s Uma das mais completas casas da gastronomia regional. Compreende vários ambientes, incluindo um aconchegante restaurante a la carte com cardápio diversificado e pastelaria com um show de sabores, além de choperia, lanches e petiscos. Diariamente das 10h às 22h, com música ao vivo todas as quintas-feiras. No Shopping Panambi - fone 3055-3827. Restaurante Chinatown Parque Ecológico e Shopping Panambi. Delivery pelos fones 32772728 e 3378-1316. Comida chinesa, com mais de duas décadas de tradição. Buffet no almoço nos dois endereços e também no jantar no shopping. À noite, a la carte no endereço do lago com mais de cem variedades de pratos com peixes, carnes bovina, suína e frango, além de massas. Nas noites de sexta, buffet especial. Água Doce Cachaçaria Restaurante aconchegante, ótimo atendimento, pratos fartos e deliciosos, integra uma rede com mais de 90 casas espalhadas pelo Brasil. Pratos típicos irresistíveis, como Escondidinho, Bolinho de carne-de-sol, Feijão Tropeiro e Arroz Carreteiro, entre outros. Serviço de bar, consagrado por preparar batidas e coquetéis deliciosos. Av. Parigot de Souza, 3377 – fone 3379-1034.

Gigabom No Shopping Panambi, um ambiente com opções deliciosas com buffet de sorvetes com irresistíveis complementos e cardápio diversificado de batatas recheadas, além de mini-pizzas, tortas e outras delícias. Inúmeras opções numa incrível combinação de sabores para qualquer hora do dia, que atrai clientela de toda a região. E não deixe de experimentar a novidade do verão: açaí na tigela. Entrega em domicílio – Disque-batata: 3055-2596. Filezão Rua Santos Dumont, 1595, e também anexo ao Super Muffato. Serve diariamente um farto Buffet de saladas, pratos quentes e carnes. É referência para eventos – festas, aniversários, casamentos, confraternizações – contratados para qualquer dia da semana, à noite. Tem capacidade para até 400 pessoas confortavelmente acomodadas, em ambiente climatizado. Café no Bule Uma experiência irresistível com os sabores variados resultantes da combinação do melhor café com produtos de excelente qualidade que compõem um cardápio rico e diversificado. Shopping Panambi – Fone 3055-2277. Diariamente, a partir das 10h, cafés e várias sugestões de lanches. Big Peixes O Big Peixes é o lugar certo para você e sua família. O Big atende diariamente servindo porções e pratos a la carte, rodízio de peixes com música ao vivo nas sextas-feiras. Aos sábados, rodízio no almoço e jantar. Aos domingos, buffet no almoço. BR 467 KM 81. Fone 3252-2517. Mercattu Restaurante Uma boa opção para o seu almoço é o Mercattu Restaurante. Há anos trabalhando no jantar com pizzas a la carte e disk pizza, agora o Mercattu serve de segunda a sexta, marmitex, pratos prontos e pratos executivos, como virado à paulista, bife à parmegiana, pierogue com costela ao forno, frango xadrez, bife à role e bisteca à brasileira. Aos sábados, domingos e feriados, os clientes podem degustar o que há de melhor das culinárias alemã e italiana. Av. Min. Cirne Lima, 2199 – Jardim Santa Maria Fones (45) 3277-2057/3378-4478/9977-6111.

Promoção válida para M. C. Rondon e Toledo AGORA ABERTO AOS DOMINGOS


Toledo/PR • 19 a 25 de novembro de 2010

05

EMPRESAS & NEGÓCIOS >> FEAUTO | OPORTUNIDADE PARA REALIZAR BONS NEGÓCIOS

Feira de Automóveis é atração do final de semana em Toledo Em parceria com a Aymoré Financiamentos e empresários do setor a Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit) promove a 16ª Feira de Automóveis (Feauto), de sexta-feira(19) a domingo(21), no Centro de Eventos Ismael Sperafico. A feira vai contar com 28 expositores dos segmentos de revenda de carros usados e semi-novos e motocicletas. Será uma excelente oportunidade para os interessados em fazer negócios, com a grande vantagem da facilidade para pesquisar e escolher antes de comprar. De acordo com o gerente da Regional Oeste da Aymoré Financiamentos, Paulo Henrique Gouvêa, o momento econômico está favorável e a expectativa é a melhor possível. “O momento é favorável, tivemos boa safra na região e temos condições para fazer deste evento um grande sucesso, como foram os anteriores. Algumas dificuldades acabam acontecendo, porém, dentro da normalidade. Esperamos um bom volume de vendas e queremos dar o supor-

te necessário para que os empresários atinjam suas metas.” Ele ressalta ainda que a financeira terá taxas de juros atraentes para fomentar os negócios. “Além disso, daremos carência, com pagamento da primeira parcela para 60 dias, de forma que o comprador tenha um fôlego, já que de imediato ele tem as taxas de transferência, seguro e documentação. E o principal, temos nossa motivação, dos lojistas, e a confiança do comprador que já conhece a Feauto para adquirir seu veículo.” Segundo o diretor de Feiras da Acit, Danilo Gass, a expectativa é positiva: “Acreditamos que esta deva ser uma das maiores feiras. O mercado de veículos vem batendo recordes de comercialização há cerca de três anos, as financeiras estão facilitando muito, atingindo as classes C e D, que estão tendo maior facilidade de adquirir automóveis. Com este cenário, esperamos ter sucesso na feira”. Para o empresário Celso Luiz Colombo, a expectativa é muito

Reunião na Acit encaminhou detalhes do evento, como o sorteio dos estandes entre os expositores

boa. ”Estamos animados, acreditamos que teremos bons resultados. A feira já tem tradição, os compradores já esperam

esta época, sabendo que vão realizar bons negócios. Embora a concorrência aumente cada vez mais, mas quem se sobressai

faz bons negócios.” A 16ª Feauto vai abrir na sexta-feira (19), das 15h às 21h; no sábado (20), das 9h às 21h e no

domingo (21), das 9h às 18h. A entrada é gratuita. Haverá recreação infantil e praça de alimentação no local.


06

Toledo/PR • 19 a 25 de novembro de 2010

SOCIAL

“O otimista diz que vivemos no melhor dos mundos, e o pessimista teme que isso seja verdade.” (a.d.)

CHAMA CRIOULA

por Marcos Padilha | marcospadilha@yahoo.com.br

Prêmio Amop de Jornalismo contempla toledanos A Associação dos Municípios do Oeste do Paraná promoveu em Cascavel a entrega do Prêmio Amop de Jornalismo 2010. Profissionais da imprensa toledana foram contemplados. Confira os premiados: Cassiana Anschau, esteticista da Unipar com Eduarda Cristina em evento em Cascavel

Enart 2010 João Vitor com os papais corujas Adolfo e Cassiane Haas, hoje residindo em Itatiba-SP

Acontece neste fim de semana na cidade de Santa Cruz do Sul/RS o maior encontro de danças gaúchas do país. O evento contará com mais de 10.000 espectadores que poderão apreciar a boa dança gaúcha, poesias, concursos de gaitas e chula.

Exemplo de vida

Cláudio e Mirtes Haas (Grupo Rhaas) que aproveitaram o feriado para curtir um descanso em Águas de Sulina

Orandi e Ivonete Gayardo em evento no CTG Chama Crioula

Nossos idosos dão aula de disposição e alegria para alunos do Senac. Os idosos dos Certis da Pioneira e do Coopagro realizaram apresentação de dança a convite dos professores de artes. Durante a apresentação os idosos além de dançar também responderam a diversas perguntas feitas pelos jovens alunos que ficaram entusiasmados com a alegria e disposição dos integrantes da melhor idade e por fim acabaram entrando na dança também, e a apresentação se encerrou com uma grande confraternização entre jovens adolescentes e jovens idosos.

CATEGORIA RÁDIO 1º Lugar: Deummury Souza – Rádio Amiga 2º Lugar: Gean Luiz Senhorini – Rádio Jornal 3º Lugar: William Pinto – Rádio Club CATEGORIA IMPRESSO 1º Lugar: Rejane Pires – Revista Aldeia 2º Lugar: Carina Walker Ribeiro – Jornal O Presente 3º Lugar: Angélica Maria/Camile Frizon/Fabíola Dalla Vechia – Jornal do Oeste CATEGORIA TELEVISÃO 1º Lugar: Sirlei Benetti – TV Tarobá 2º Lugar: Cátia Sehn – TV Tarobá 3º Lugar: Denise Savi Sperafico – TV Tarobá CATEGORIA FOTOGRAFIA 1º Lugar: Edna Nunes – Jornal do Oeste 2º Lugar: Camile Frizon – Jornal do Oeste 3º Lugar: João Guilherme Clos - Gazeta do Paraná Wanderley Graeff

Camile Frizon, Angélica Maria e Fabíola Dalla Vechia, do Jornal do Oeste

Andressa e Anderson Calgaro, irmãos que fazem parte do Grupo de Dança Adulta, ele que se prepara para prestar vestibular no próximo sábado

Daniele Maldaner e Kely Seibert, prendinhas que fizeram parte dos grupos do CTG Chama Crioula

Nair e Paulo Niederauer prestigiando jantar no Chama Crioula

Sperafico espera aprovação do Orçamento da União até 20 de dezembro Da Assessoria As atividades da Câmara dos Deputados e do Congresso Nacional, em Brasília, foram retomadas com a perspectiva de muito trabalho, pois há muitas matérias pendentes para serem apreciadas até 31 de dezembro. Conforme o deputado federal Dilceu Sperafico, membro da Comissão Mista de Orçamento, o trabalho será grande e pesado, com debates e votações até a madrugada, pois o objetivo é aprovar a proposta orçamentária para 2011, até o dia 20 de dezembro. “Dessa forma será facilitando o andamento das coisas, pois em caso contrário, tudo atrasa. Se deixarmos para concluir a votação final do orçamento para o começo do ano que vem, atrasa a liberação de recursos e haverá prejuízos para Estados e municípios”, afirma o parlamentar. Conforme Sperafico, o governo pode até gostar do atraso no orçamento, pois assim não terá de desembolsar verbas específicas e voluntárias, mas o andamento normal dos trabalhos é a melhor forma de enfrentar os problemas e promover o desenvolvimento e o bem-estar da população. Até na semana do Natal ou muito próximo, deverá ser concluída a votação do Orçamento da União de 2011. Cumprir esse prazo, segundo Sperafico, será um desafio, porque a pauta da Câmara está trancada por 11 Medidas Provisórias (MPs), demonstrando que a atual administração utilizou muito esse recurso para governar, não dando espaços para projetos de lei e propostas de emendas cons-

Deputado Dilceu Sperafico

titucionais, conforme seria do interesse do legislador. “O trabalho será muito pesado para a apreciação de tudo o que tem de ser votado até o final do ano e a conclusão do atual mandato de governantes e legisladores, que está chegando ao fim. Nós, do Paraná, ainda teremos a tarefa de estudar e encaminhar reivindicação do futuro governador Beto Richa, que deseja 771 milhões de reais para investimentos no Estado”, acrescenta. Conforme ele, para ser atendido, o pleito deve ser votado e incluído na lei do orçamento e a bancada irá agora analisar os interesses do Estado, confrontando-os com as aspirações regionais e municipais. “De nossa parte, vamos lutar prioritariamente por emendas específicas para a nossa região, que talvez não coincidam com as reivindicações do Estado. Vamos debater o assunto com muita clareza a partir dos próximos dias, para que se possa chegar a um acordo”, prossegue. “Logicamente que em tudo o

que bancada puder ajudar o governo do Estado estaremos prontos a apoiar. A reivindicação do futuro governador, por sinal, é positiva, pois isso não vinha acontecendo nos últimos anos, já que o governo estadual não procurava a bancada federal”, recorda. Com isso, conforme Sperafico, o Paraná foi sempre um Estado menos aquinhoado com recursos federais para obras específicas. Para reverter esse quadro, foi oportuna a iniciativa do governador Beto Richa de procurar a bancada e propor trabalhar em parceria. “O interesse do Estado nessa área facilita muito o nosso trabalho de trazer recursos para o Paraná. O recurso obrigatório vem e o governo do estado o administra sem a necessidade de apoio da bancada federal, já nas verbas extraordinárias ou voluntárias, como as emendas parlamentares e os programas especiais, é muito importante a parceria entre senadores, deputados e o governador”, explica. “Felizmente o governador Beto Richa iniciou esse trabalho e com certeza ele vai trazer bons resultados ao Estado. A iniciativa é muito relevante, pois foi adotada ainda antes de assumir o governo, já que a posse somente acontecerá no início de janei-

ro, mas quando o novo orçamento começará a ser executado”, destaca. Conforme o deputado, Beto está propondo ações para o futuro, não para o atual governo e a bancada certamente vai corresponder e trabalhar em benefício do Paraná. “A iniciativa é correta e interessante, mas precisamos levar em conta os interesses regionais. Assim, algumas reivindicações podem não ser atendidas da forma proposta, pois viriam em detrimento da região e municípios. O importante é que se tenha a visão que o atendimento regional e municipal também beneficia o Estado, pois os recursos serão aplicados dentro do Paraná”, destaca. Segundo Sperafico, dos 30 atuais deputados federais do Estado, muitos não voltarão, pois não concorreram novamente ao cargo ou não se reelegeram, mas a representação certamente continuará defendendo os interesses do Paraná, com a determinação de sempre. Serão 11 os novos parlamentares, dos mais diversos partidos, mas os 19 mais antigos estarão lá para repassar seus conhecimentos e sua experiência aos estreantes.


Toledo/PR • 19 a 25 de novembro de 2010

SAÚDE

“Enquanto houver um louco, um poeta e um amante haverá sonho, amor e fantasia. E enquanto houver sonho, amor e fantasia, haverá esperança.” (William Shakespeare)

VIVER BEM Internet vicia Faça este teste para saber se você esta viciado na internet: 1. Você passa mais tempo do que pensa que deveria navegando na internet? 2. Você sente que tem problemas em limitar o tempo que passa na net? 3. Seus amigos ou familiares já reclamaram sobre o tempo que você passa no computador? 4. Você acha difícil ficar longe da internet por vários dias seguidos? 5. Existem áreas da internet ou tipos de arquivos que você acha difícil de resistir? 6. Você tem problemas em controlar seus impulsos de adquirir itens, produtos ou serviços na internet? 7. Você já tentou, sem sucesso, encurtar o tempo que passa na internet? 8. A maior parte do seu prazer e satisfação na vida vem da internet? 9. Seus relacionamentos pessoais ou de trabalho já foram prejudicados pelo tempo que você passa na internet? Resultados! - Se você tem de 0 a 3 respostas “sim” Parabéns, você provavelmente tem pouca tendência em se tornar um viciado na internet. - Se você marcou entre 4 a 6 respostas “sim” Cuidado...está no limite para se tornar um viciado. Se marcou 5 ou 6 respostas, a probabilidade de desenvolver esse problema é maior. - Se você marcou de 7 a 9 respostas “sim” Você já pode ser uma pessoa viciada na internet. Lembre-se, quanto mais tempo você ficar parado, maior será a tendência de sedentarismo. E sedentarismo não é nada bom para a saúde. E tem mais: não é só o corpo que sofre, visto que o círculo social é importantíssimo para a saúde mental de todas as pessoas. Jogar conversa fora, praticar um esporte em grupo vai trazer muita alegria para a sua vida!

Como lidar com a ansiedade Roer unhas ou puxar os próprios cabelos (tricotilomania) podem ser apenas falta de vaidade ou simples manias. Mas pode ser que em vez de atos banais, podem ser indícios de que a pessoa sofre de ansiedade patológica, que é quando o indivíduo não encontra formas saudáveis de lidar com a ansiedade. Segundo definição da psicóloga Luciana Nunes, “ansiedade é um estado caracterizado pelo medo, apreensão, mal-estar, desconforto, insegurança, estranheza do ambiente ou de si mesmo e, muito freqüentemente, a sensação de que algo desagradável pode acontecer”. Antes que você ache que, por sentir-se ansioso, ache que está precisando visitar um psicólogo, é importante dizer que a ansiedade é um estado normal. Todo mundo fica ansioso.

Maratona de Curitiba Toledo será representado por dez atletas neste domingo (21), na Maratona Internacional de Curitiba. Os atletas Ademir Souza Santos, Adroaldo Bombardelli, Antonio Dias de Souza, Cleidson Rubens da Silva, Eliana Maria de Lima, Eurípides Bertolin, Penha Alves da Silva Trugillo, Roque Wammes, Torao Takada e Valdir Silva de Lima, que fazem parte da Associação de Corredores de Rua de Toledo, competirão ao lado de corredores de diversos países. Além de buscar bons resultados, os competidores toledanos visam a melhoria e a manutenção da saúde. Campeonato Amador Santos, Náutico, Penharol e Real Panorama são os classificados para disputar as vagas às finais do Campeonato Amador 2010. O Náutico enfrenta o Santos no Recanto Municipal. O Santos tem vantagem de disputar o jogo de volta diante de sua torcida, em Dois Irmãos, por ter feito melhor campanha. Na outra semifinal, o Real Panorama recebe o Penharol, no Centro Esportivo Nelson Miguel Schardong. O Penharol também tem vantagem de disputar o jogo de volta em seus domínios. Campeonato Sub-20 As semifinais do Campeonato Sub-20 também estão definidas. E, por coincidência, os confrontos serão realizados pelas mesmas equipes do Campeonato Amador, porém, as vantagens se disputar os jogos de volta, serão invertidas. No primeiro confronto das semifinais, o Santos recebe o Náutico, em Dois Irmãos, e o Penharol recebe o Real Panorama, em Novo Sobradinho. Jogos da Cidade As inscrições para os Jogos da Cidade de Toledo estão abertas. A competição que se iniciará no dia 10 de dezembro, terá disputas nas modalidades de Bocha de Areia (Feminino e Masculino), Bolão (Feminino e Masculino), Canastra (livre), Futevôlei (Masculino), Natação (Feminino e Masculino), Tênis de Mesa (Feminino e Masculino) e Vôlei de Praia (Feminino e Masculino). A bocha, o bolão, a natação e o tênis de mesa serão disputados na categoria individual, já a canastra, o futevôlei e o vôlei de praia na categoria de duplas. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas na Secretaria de

Banho após as refeições Na verdade, não é indicado tomar banho de imersão, frio, depois das refeições. Durante a digestão, a circulação sangüínea na região do aparelho digestivo é mais intensa, visando absorver os nutrientes do bolo alimentar. Se tomarmos banho de imersão, numa piscina, por exemplo, esse mesmo sangue que deveria cumprir tal função vai para o tecido epitelial, ou seja, da pele, para manter o corpo aquecido. É o mesmo efeito de correr ou praticar outro exercício físico que aumenta os batimentos cardíacos depois de comer, por isso termos a famosa congestão. Já o banho de chuveiro não faz, pois a água está correndo e não comprimindo a tua respiração como a água de uma piscina, por exemplo. O único risco do banho de chuveiro é o choque térmico, por exemplo, entra com o corpo quente debaixo de água fria, do mesmo jeito pode acontecer na piscina.

por Wanderley Graeff Jr.

Esportes e Lazer ou com os professores em vários locais de atendimento da Secretaria de Esportes e Lazer. Feras do Esporte Nesta segunda-feira (22), a Abatol (Associação dos Amigos do Basquete de Toledo) estará presente no Troféu Feras do Esporte, que acontece no clube Toledão. A associação será uma das homenageadas no evento que congratula atletas, equipes e pessoas que trabalham em prol do esporte toledano. Estarão presentes representando os atletas e pais de atletas ex presidente Edviges Pycc Hartmann , o ex-tesoureiro Ney Zorzo, e o atual presidente Gervásio Finger. Sobre a Abatol

12

Fundada em 1999, a Abatol atende hoje mais de 600 atletas na modalidade, entre atletas das escolinhas e de rendimento. A entidade, dirigida por pais de atletas e ex-atletas, foi criada para oferecer suporte, administrar recursos financeiros oriundos dos patrocinadores parceiros e organizar promoções que permitam a execução dos projetos. São 12 anos de trabalho envolvendo pessoas que não medem esforços na hora de trabalhar em busca de recursos para a entidade. “Essa homenagem é justíssima, pois sem a associação nosso basquete masculino não seria o que é hoje. Somente com a ajuda desses pais é que é possível nossa participação em tantos eventos”, diz a técnica Marli Costa. Na foto, estão os pais que compõem a nova diretoria da entidade.

Lentes de contato

Mas é principalmente sobre como as lentes são adquiridas e adaptadas que as pessoas devem ser orientadas e alertadas.

por Mayara Martan

Como lidar com a ansiedade II Agora a forma como você lida com o estado de ansiedade é que pode ou não resultar num distúrbio. “A situação de quem sofre de ansiedade é muito desagradável, motivo pela qual a ansiedade patológica pode mobilizar o comprometimento social da pessoa”, explica Luciana Nunes. Por isso, quando a pessoa não consegue lidar de forma saudável com os estados de ansiedade, é fundamental a procura de um psicólogo. Um quadro de ansiedade pode se construir devido um fato na vida pessoal, como separação de um casal ou morte de uma pessoa querida. Se a pessoa não consegue elaborar essas situações graves de forma satisfatória e está tendo problemas por conta disso, a indicação é procurar um profissional que lhe ajude a lidar com esses fatos.

ESPORTE

As lentes de contato em vários casos melhoram a estética, permitem a prática de esportes e até possibilitam que o usuário exerça algumas atividades no trabalho que seriam mais difíceis com o uso de óculos. Existem hoje no mercado diversos tipos de lentes de contato, cada qual com suas indicações, vantagens e desvantagens. Somente um contatólogo saberá indicar a que melhor se aplica a cada caso. Há lentes de contato rígidas (fluorcarbonadas), gelatinosas de uso diário, de uso prolongado, descartáveis, coloridas, entre outras.

07

Hoje em dia se vê propaganda e venda de lentes por toda parte, até pelo correio e pela internet. E é ai que mora o perigo, já que

existem riscos sérios no uso de lentes sem supervisão e acompanhamento de um contatólogo, que é o profissional responsável pela adaptação de lentes. Não se decide a compra de lentes de contato, mesmo as coloridas, como se decide a compra de uma roupa ou um corte de cabelo. Por isso não arrisque. Garanta a qualidade da sua visão com quem tem mais de 30 anos de experiência. Em Toledo, a Ótica Friedrich conta com o título de Varilux Especialista, o que garante a qualidade dos serviços oferecidos no ramo óptico. Procure a Friedrich na Avenida Tiradentes, 204. Fone 3055-3053.


08

Toledo/PR • 19 a 25 de novembro de 2010 “Não faça das costa dos outros uma escada pra você crescer na vida, pois quando você estiver no último degrau ele pode se quebrar e você cair ao chão.” (a.d.)

SOCIAL ALEX DONEGA Acit comemora 43 anos de uma rica história alex@vivertoledo.com.br

Na próxima semana a Associação Comercial e Empresarial de Toledo, Acit, vai completar 43 anos de história. Sua fundação foi em 23/11/1967, e desde o início foi composta por empresas e profissionais dedicados e corajosos, que buscaram fomentar o desenvolvimento e profissionalização do comércio, indústria e serviços de nosso município. Ao total foram 29 presidentes, contanto o atual gestor Eduardo Della Costa. Atualmente,a entidade conta em seu quadro social com mais de 1700 associados. Historicamente a entidade sempre teve participação ativa nas mais importantes campanhas movidas pela comunidade de Toledo. Alguns registros da participação da Acit: instalação da Telepar, Copel, Agência de Correios, ampliação das agências bancárias, SCPC, torres de repetidoras de TV; asfalto Toledo-Cascavel; implantação do ensino superior através da Facitol, da Unioeste, Unipar e PUC; instalação do Sistema Nacional de Emprego; construção do Centro Comercial Comunitário, a sua sede própria, dando início à verticalização na construção civil em Toledo, entre outras ações. Toledo é uma cidade que está em franco desenvolvimento, pela capacidade e visão de futuro não só dos administradores públicos, mas do empresariado, representado pela entidade. O Jornal Viver Toledo tem a felicidade de estar no quadro de associados dessa entidade e parabeniza a Acit pelo aniversário, e principalmente por ao longo dessas quatro décadas, ter buscado cumprir a missão de promover o desenvolvimento não somente da classe empresarial, mas de toda a comunidade toledana.

Prédio da Acit foi o início da verticalização na construção civil em Toledo

Ao centro o atual presidente da Acit Eduardo Della Costa, com os expresidentes Mario Costenaro e Joel Loh

APOIO:

Sol e Mar Distribuidora de Bebidas


Toledo/PR • 19 a 25 de novembro de 2010

CINEMA Cine Panambi (45) 3378-4774 PROGRAMAÇÃO DE 19/11 a 25/11 SALA 1: Filme 1: HARRY POTTER E AS RELIQUIAS DA MORTE (ESTRÉIA MUNDIAL)

Natal do Shopping Panambi será lançado no dia 24

Tuka Rocha, na finalização de uma das obras desenvolvidas especialmente para o Natal do Shopping Panambi

Karine Graeff Será lançada na próxima quarta-feira, dia 24, a campanha de Natal 2010 do Shopping Panambi. O evento acontecerá a partir das 20h30, com apresentação especial da Orquestra São Gonçalo de Viola Caipira, formada por músicos de Toledo que já conquista o público regional.

A Sagrada Família e os duendes, em tamanhos reais, fazem parte da decoração

A partir desta data, estarão sendo distribuídos os cupons que darão direito aos clientes do shopping, a concorrerem a duas motos zero quilômetro, e exposta a decoração de Natal. A ornamentação do shopping foi toda confeccionada pelos artistas plásticos Neimar Proença e Tuka Rocha. Os dois foram responsáveis pela confecção de dez duendes de 90 cm, dois pa-

pais noéis e uma mamãe noel, a sagrada família, uma esteira e um saco de presente no tamanho de 1.50m x 2m. Todas as obras foram confeccionadas em E.V.A., com estrutura de ferro e em tamanhos reais. As peças, denominadas “Fábrica de Brinquedos”, estão expostas no hall central e também na entrada principal.

Os artistas Os artistas que executaram a obra são professores de arte e contam com um currículo premiado em salões oficiais no estado do Paraná, representando o município em outras cidades. No mês de outubro, Tuka expôs na Retrospectiva Mostra Regional de Artes Visuais de Artistas Premiados na Secretaria de Cultura do estado, na cidade de Curitiba.

João de Paula fazendo o que mais gosta no atendimento na D´Paula Choperia

Rafael, Amanda, Nathalie e Alana Migliorioni

A L´Marca é o endereço das roupas com tamanhos especiais em Toledo

Luciane e João Tonin conferindo os sabores do Família Jhony´s

Aventura.Classificação indicativa 12 anos. Sessões: Diariamente: : 15h00, 19h00 e 21h30

09

SALA 2: Filme 1 NANNY MCPHEE E AS LIÇÕES MÁGICAS Comédia. Dublado. Classificação indicativa:Livre. Sessões: Diariamente:16h00 Filme 2: GENTE GRANDE Comédia.Legendado. Classificação indicativa:12 anos. Sessões: Diariamente: 19h30 Filme 3: TROPA DE ELITE 2 Policial. Classificação indicativa:16 anos. Sessões: Diariamente: 21h15


10

Toledo/PR • 19 a 25 de novembro de 2010

ESPECIAL

Empresas de peças agrícolas criam central de negócios no Oeste paranaense Assessoria do Sebrae/PR

Com apoio do Sebrae/PR, micro e pequenas empresas de 14 diferentes cidades da região unem-se em torno da cooperação; termo de adesão foi assinado no final de outubro e agenda de trabalho segue até dezembro O associativismo virou uma oportunidade de mercado para o comércio varejista de peças agrícolas, no Oeste do Paraná. Com o apoio do Sebrae/PR, empresários de 14 diferentes cidades da região criaram uma central de negócios, que visa aumentar a competitividade e superar desafios do setor de forma conjunta. Com base no modelo de centrais de negócios, desenvolvido pelo Sebrae Nacional, o grupo prevê reuniões quinzenais até dezembro deste ano, a fim de alinhar estratégias para que, então, iniciem as negociações coletivas, a partir de 2011. A iniciativa no segmento é pionei-

ra no Estado, segundo o consultor do Sebrae/PR, Marcos Justini Uda, que coordena os processos de consolidação de centrais de negócios pela entidade, no Paraná. “Atualmente, estamos com 15 centrais em fase de implantação no Estado, atuando em segmentos como mercados, farmácias, agronegócios, entre outros. No setor específico de lojas de peças agrícolas, essa é a primeira. Consideramos que esse formato de associativismo pode auxiliar tanto na melhoria dos negócios, como nos ganhos nas compras ou vendas coletivas, bem como também na troca de conhecimento para a melhoria dos processos de gestão”, explica. De acordo com o consultor do Sebrae/PR em Toledo, Alan Alex Debus, diferentemente de uma central de compras em conjunto, uma central de negócios permite que sejam feitas diversas transações em conjunto com o grupo. “As centrais de negócios permitem várias formas de negociações coletivas. Entre as mais comuns estão a viabilização das compras, o planejamento de

Especialista destaca sete passos para a “revolução” no varejo Da Assessoria Pegue uma página em branco e anote uma coisa que você pretende mudar na sua vida pessoal ou profissional. Partindo dessa mensagem o escritor, professor e especialista em comércio varejista, Edmour Saiani, ministrou a palestra “Um Show de Loja”, que reuniu cerca de 80 empresários, equipes de venda e estudantes rondonenses no Workshop Varejo em Revolução, iniciativa do Sebrae/PR e Sistema Fecomércio/ PR, no auditório da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Marechal Cândido Rondon (Acimacar). Para o especialista, manter-se bem no setor do varejo não é uma tarefa fácil, pois o segmento lida diariamente, e de maneira direta, com o cliente, que é, na maioria das vezes, implacável e exigente. “Para encarar o mercado é preciso ter o que chamo de GAS, ou seja, Gostar de Atender e Servir. Se eu não gostar disso, é melhor não trabalhar no varejo. Hoje, com a concorrência do mercado, é o cliente que está à frente das decisões, escolhe entre comprar de você ou do concorrente. Precisamos apresentar diferenciais que façam com que ele efetive a compra do produto em nossa loja.” Criar diferenciais, ressaltou Saiani, pode parecer que não, mas é uma vantagem que as micro e pequenas empresas têm em relação aos grandes negócios. “Mudar uma grande rede torna-se mais difícil, pois qualquer alteração precisa ser disseminada em todas as filiais, passar pelo aval de todos os sócios e assim por diante. Em empresas menores, o caminho é mais simples. É necessário ter criatividade, atitude e saber se arriscar. Inventar, mudar, inovar em atrativos para conquistar os clientes”, reforçou o palestrante. A palestra “Um show de Loja” destacou sete passos para que o comerciante consiga enfren-

tar os novos desafios de manter o cliente: a relação entre marca e reputação, o foco no cliente, as redes sociais e multicanais, o novo luxo, design mutante, ecologia empresarial e a atitude incrivelmente diferente da usual. “O varejista tem de entender que a loja não deve ser feita para durar para sempre e, sim, para mudar constantemente, com as alterações de mercado e do perfil do consumidor. Preparem-se para a geração ‘Z’ de clientes que está vindo por aí. Na qual, o ‘Z’, vem de ‘zapear’, esse cliente que troca de loja constantemente, caso não o surpreendam”, orientou Saiani. Segundo o palestrante, a melhor forma de saber se a reputação da loja está boa é perguntar para o cliente. “Isso se faz de forma simples e não pedindo ao cliente que preencha um longo questionário. Basta pedir a ele, depois do atendimento, se algo o surpreendeu ou o frustrou. Apenas a satisfação não é mais garantia de venda. Pesquisas indicam que 66% dos clientes, mesmo satisfeitos, abandonam a marca. É preciso mais do que satisfazer, surpreender o cliente. Outra boa atitude do empresário varejista é ouvir o funcionário, que lida diretamente e escuta o cliente, ele poderá saber se algo o surpreendeu ou se existe algo errado.” Saiani despertou nos participantes o interesse e gosto por fazer diferente e conseguiu surpreender a estudante do último período do curso de administração, Deisi Richter. “Vim para buscar um diferencial e o conteúdo realmente me surpreendeu, consegui aprender coisas novas. Estou cursando administração para ajudar a desenvolver a empresa de minha família e vou utilizar muitos dos ensinamentos adquiridos na palestra. Com os exemplos e passo a passo, o palestrante conseguiu despertar nossa vontade de fazer diferente”, observou a acadêmica.

Alex Debus, consultor do Sebrae em Toledo: centrais de negócios permitem várias formas de negociações coletivas

ações de venda, o acesso diferenciado à mídia, a capacitação das equipes, o plano de marketing, design da loja. Além disso, a central de negócios pode contar com um centro de distribuição, criar uma marca padrão e, ainda, possibilitar melhores condições para linhas de crédito”, afirma Alan Debus. A central de negócios do setor de

lojas de peças agrícolas, criada no Oeste, foi constituída por 15 empresas do setor, entretanto, reforça o consultor do Sebrae/PR em Toledo, ainda é possível a adesão de outras micro e pequenas empresas. “O primeiro passo já foi dado, que era a união de um grupo interessado em montar a central. Mas antes que se iniciem as negociações coletivas é necessário bastante planejamento. Assim, ainda há tempo para a inserção de novos associados. Desde que atuem no setor, estejam locados em cidades do oeste paranaense e queiram desenvolver ações coletivas.” Marcos Uda ressalta que o tempo médio para que se iniciem as negociações em uma central de negócios gira em torno de três a quatro meses, mas a implantação completa do modelo da central, orientado pelo Sebrae, requer um tempo maior, de aproximadamente dois anos. Assim, no roteiro de implantação da central de negócios de lojas de peças agrícolas do Oeste do Paraná ainda estão previstas várias reuniões com o grupo.

Autoavaliação é um dos caminhos para o sucesso Saiani acredita que os empresários do varejo precisam pensar e agir como se fossem os clientes da própria loja. “É engraçado que quando visitamos outras lojas, como consumidores, sabemos exatamente quais são as falhas. Mas quando olhamos para o nosso negócio, ficamos propensos a não enxergar os defeitos que tem. Até dá pra entender a atitude, pois tratamos nosso negócio como um ‘filho’, e é muito difícil ver defeito ou saber que há algo de errado. Mas é preciso aprender a olhar com os olhos do cliente, a autoavaliação é indispensável para melhorar os negócios”, disse. Enquanto falava de clientes, o palestrante mostrou dados novos quanto à satisfação ou insatisfação do consumidor. “Antigamente falávamos que um cliente satisfeito disseminava a informação para quatro pessoas e, quando insatisfeito, falava mal da empresa para 20 outros consumidores. Hoje, essa relação é absurdamente maior. Um cliente insatisfeito pode estender seu descontentamento para mais de 10 milhões de pessoas. Esse é o número de acessos a um único vídeo feito por um consumidor descontente com uma companhia aérea, por exemplo, exposto na internet.” O especialista em varejo salientou ainda que redes sociais precisam ser vistas além da internet. “Aqui em Rondon devem existir muitas ‘tribos’, assim como em qualquer lugar. O fato é que não encontramos esses grupos de pessoas, que têm afinidades em comum, apenas em redes virtuais. Elas estão dentro da sua loja”, apontou. “Em uma loja de calçados, por exemplo, podemos encontrar a tribo que gosta dos sapatos de salto ou a que prefere as sandálias rasteiras. O que o lojista precisa fazer é identificar as tribos e criar movimentos específicos para cada uma delas.” Uma das dicas de Saiani, para agradar o consumidor, é “não faça o que ele não quer, mas faça o que ele quer e, ainda, algo a mais”. Criar oportunidades de contato com o cliente, saber o que ele deseja e oferecer momentos de interação dele com a loja é fundamental, explicou o palestrante. “O varejo é um setor flexível, que deve estar atento ao cliente. Fazer o consumidor sentir-se parte da loja, seja pedindo produtos, opinando sobre a decoração, faz parte dessa interação”, enfatizou.

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DO PARANÁ COMARCA, MUNICIPIO E DISTRITO DE TOLEDO RUA ALMIRANTE BARROSO1 1713 - CENTRO O senhor SÉRGIO PAZZOTI LAURINDO, ofi cial do cartório de registro civil de pessoas naturais, no uso de suas atribuições (art. 1527), FAZ SABER, a quem interressar, que as pessoas a seguir nominadas requereram suas habilidades para casarem-se civilmente perante este Cartório, apresentando os documentos exigidos pelo art. 1.525, I a IV, do Código Civil Brasileiro.

Shopping a céu aberto De acordo com o consultor do Sebrae/PR em Cascavel, Osvaldo Cesar Brotto, o objetivo de levar a primeira edição do evento à cidade foi decorrente tanto da parceria firmada com as instituições locais, quanto da proposta já em andamento, de transformação do comércio de rua local em um “shopping a céu aberto”. “Rondon foi uma das cinco cidades escolhidas para receber o Programa de Desenvolvimento de Espaços Comerciais, projeto-piloto do Sebrae/ PR e do Sistema Fecomércio/PR, que propõe revitalizar o comércio de uma área da cidade. Assim o Workshop Varejo em Revolução foi uma espécie de fase preparatória para os lojistas”, comentou o consultor do Sebrae/PR.

SE ALGUÉM souber de impedimento ou causa suspensiva, oponha-o na forma do art. 1529 do Código Civil. DADO E PASSADO nesta cidade e comarca de toledo-pr, aos 12 dia 19 do mês de novembro de 2010. (ass.) Sérgio Pazzoti Laurindo - Oficial

Grupo tem agenda de reuniões até dezembro “Depois do encontro, no final de outubro, para assinatura do termo de adesão da central de negócios, já realizamos a primeira reunião coletiva com os associados, que aconteceu em Toledo no último dia 5. Na ocasião, levantamos as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças da central de negócios e do setor. Essas informações servirão de base para que possamos desenvolver o planejamento estratégico e o plano de ação da instituição. Neste mês, marcamos, ainda, um encontro em Assis Chateaubriand e, em dezembro, voltaremos a nos reunir em Toledo, dia 3, e em Terra Roxa, no dia 17”, assinala Alan Debus. “Nas centrais de negócios, as empresas passam a trabalhar de forma associada e o resultado reflete diretamente em favor do consumidor que vai ganhar em qualidade de serviços e em economia, pois, em rede, os empresários podem até aplicar descontos que não conseguiriam se estivessem sozinhos”, avalia Alan Debus, do Sebrae/PR. Mais informações sobre a central de negócios do setor de lojas de peças agrícolas do oeste do Paraná podem ser solicitadas pelo telefone (45) 3252-0631, do escritório regional do Sebrae/PR em Toledo.

Entretanto, a expectativa de dar início às negociações já é grande por parte dos associados. O empresário de Terra Roxa, Doniseth Aparecido Bachiega, diz que, com a central de negócios, as micro e pequenas empresas integrantes conseguirão melhorar o rendimento e competir com as grandes empresas

do segmento. “Passamos a conhecer o funcionamento de centrais de negócios que estão dando resultado. Assim, inspirados nos bons exemplos e com o apoio do Sebrae/PR, conseguiremos ganhar mercado, ter um volume de compras maior e, em consequência, oferecer preços mais acessíveis ao consumidor”, resume.

Incomar encerra projeto de apoio à África Da Assessoria O Colégio Vicentino Incomar enviou à África a sua parcela de contribuição na campanha em apoio ao trabalho desenvolvido em Moçambique pelas Filhas da Caridade de São Vicente de Paulo. O projeto iniciado em seguida à Copa do Mundo mobilizou os estudantes através de diversas atividades voltadas ao conhecimento da África e suas necessidades e buscou recursos junto à comunidade escolar e à cidade. “Houve um resultado muito positivo, uma receptividade muito boa da comunidade escolar e mais do que o valor financeiro enviado valeu a participação pela solidariedade”, resume a diretora do Incomar, Irmã Neriuza Franco. O projeto global prevê investimento de US$ 40.421,80 para uma série de melhorias junto à Escola Santa Luísa de Marillac e a comunidade de Manjangue visando estruturar o trabalho educacional e a geração de renda. Ele conta com 14 subprojetos para Manjangue, onde 12 mil pessoas contam apenas com dois poços artesianos e muitos outros problemas, que vão desde a saúde a famílias desestruturadas pela guerra civil e dificuldades econômicas. Em Toledo o projeto do Incomar contou com atividades como danças, trajes e músicas africanas, além de lanche em benefício de Manjangue. Também o Sicoob e a Marini Distribuidora de Gás firmaram parceria, contribuindo através do recolhimento de doações em cofrinhos nas agências

da cooperativa de crédito e de R$ 1,00 por botijão comprado por apoiadores da campanha. “Isto é olhar para um país que necessita muito mais do que nós, este despertar é que é interessante”, afirma Irmã Neriuza. Moçambique foi colonizada por Portugal e tornou-se independente em 1975, mas as semelhanças com o Brasil resumem-se ao idioma e aspectos culturais. Com 19,2 milhões de habitantes o país africano vizinho da África do Sul enfrenta doenças infecciosas, especialmente uma verdadeira epidemia de Sida-Síndrome da Imunodeficiência Adquirida – Aids, em inglês e no Brasil. A população é jovem e 45,6% tem menos de 15 anos, sendo a maioria mulheres, e a mortalidade infantil atinge 219 mortes por mil nascidos vivos, índice que no Brasil atingiu 19,88 neste ano. Além disso 75% das mulheres são analfabetas e 45% dos homens e as escolas urbanas funcionam em três turnos devido à falta de salas. Irmã Neriuza destaca que embora tenha coincidido com a Copa do Mundo o evento esportivo internacional na vizinha e mais desenvolvida África do Sul mostrou um outro lado da África, a qual tem muitas carências. Segundo ela a totalidade dos projetos foi contemplada com recursos e os objetivos foram totalmente atingidos. “Agradecemos a participação de todos e que Deus recompense a todos, recebam a nossa gratidão em nome daqueles que estão recebendo esta ajuda”, finaliza a diretora do Colégio Vicentino Incomar Irmã Neriuza Franco.


Toledo/PR • 19 a 25 de novembro de 2010

LEITURAS DA MADRUGADA

SOCIAL

“Mas se com a idade a gente dá para repetir certas histórias, não é por demência senil, é porque certas histórias não param de acontecer em nós até o fim da vida” (Chico Buarque de Hollanda)

BRUNO RADUNZ O Mabu Royal & Premium Hotel, localizado na Praça Santos Andrade, em Curitiba, recebeu o cantor e compositor carioca Paulinho da Viola. O artista esteve na capital paranaense para se apresentar na Virada Cultural, programação de shows da Corrente Cultural 2010. Para ficar hospedado, Paulinho escolheu uma das suítes da ala Royal. Quem o recebeu para dar boas-vindas foi o gerente geral do Mabu Royal & Premium Hotel, Jair Ansolin.

Automóveis Para um país que até alguns anos atrás só possuía quatro marcas de carros, estamos avançando e muito. Basta andar pelas ruas e perceber a diversidade de novos modelos rodando e de marcas mais distintas possíveis. Talvez seja um dos ramos que mais evoluiu na nossa economia. E tudo começou com certa história de carroças de certo presidente da República...

Educação Quem está radiante é o secretário de Educação, Ildo Bombardelli, e seu quadro de colaboradores com a mudança para o prédio onde funcionava o campus da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, junto à Funet. A Pasta passa a ocupar amplas instalações, com direito a sala de reuniões, palestras, cozinha, etc. e tal.

Pontualidade Comentei na edição anterior sobre o grande show de Paul McCartney em Porto Alegre, onde ele encantou a todos com sua simpatia e atenção para com os fãs. Tocou e cantou 36 músicas, em mais de 3 horas de show. Importante: o show, marcado para as 21 horas, começou às 21h05. Isso mesmo: foram cinco minutos apenas de atraso. Isso é respeito!

Em evento rotário recente, Oscar Francisco Monteiro, Ayrton Saboya Pitta e Darvi Bombonatto

Destaque

Quem tem se destacado no meio da venda de seguros é o colaborador da Vip Seguros, Eloi Martinelli. Ele esbanja profissionalismo e tem demonstrado toda sua capacidade herdada dos tempos do Bamerindus.

Vip Seguros

Recebi via e-mail a notícia do empresário Omero Renato Bordin, proprietário da Vip Seguros: a conquista do Prêmio Destaque Empresarial 2010 pelo quinto ano consecutivo. Reflete o trabalho sério e com excelentes profissionais à disposição dos seus clientes e amigos. Credibilidade é tudo no mundo dos negócios.

Entrevistas Da campanha eleitoral, o deputado estadual eleito Evandro Júnior (PSDB) com o tio Lincoln Buquera de Freitas Oliveira, que se empenhou para a conquista de votos em Toledo

Recebi muitos e-mails parabenizando o Jornal Viver Toledo e equipe pelas belas entrevistas que temos veiculado, trazendo à luz aspectos muitas vezes desconhecidos da comunidade. Em destaque, as entrevistas com Ênio Perin e Derli Donin.

Unção dos enfermos A Unção dos Enfermos é um dos sete sacramentos da Igreja Católica e que é ministrada aos doentes e pessoas idosas. Até a pouco tempo chamava-se de Extrema Unção, em alemão “Die letzte Ölung” e era ministrada apenas a pessoas doentes já em fase terminal, como dizia o próprio nome: Extrema Unção. Como tudo tende para melhor, a Igreja decidiu também modernizar-se. No caso da Unção dos Enfermos nada mudou na essência do sacramento,

turma. Eu o provocava o tempo todo sobre ele ser um verdadeiro nerd. Um dia, quando eu era calouro Ele teve que preparar um discurna escola, no Colégio Sinodal em so de formatura e eu estava suTrês de Maio, no sul, vi um garoto per contente por não ser eu quem de minha sala caminhando cabis- deveria subir no palanque e disbaixo para casa depois da aula. cursar. Depois descobri que seu nome No dia da formatura Flávio esteera Flávio. ve ótimo. Parecia que ele estava carreEra um daqueles caras que regando todos os seus livros. almente se encontram quando Eu pensei: passam por algum tipo de prova“Por que alguém iria levar para ção.... casa todos os seus livros numa Estava mais encorpado e realsexta-feira?” mente tinha uma boa aparência, Ele deve ser mesmo um daque- mesmo usando óculos. les meninos nerds, pensei...! Ele saía com mais garotas do O meu final de semana esta- que eu e todas as meninas o adova planejado, um jogo de futebol ravam! Às vezes eu até ficava com meus amigos no sábado à com uma pontinha de inveja, mas tarde, então dei de ombros e se- sem malícia. gui o meu caminho. Hoje era um daqueles dias. Eu Conforme ia caminhando, vi um podia ver o quanto ele estava nergrupo de garotos correndo em di- voso sobre o discurso. Então, deireção ao Flávio. Eles o atropela- -lhe um tapinha nas costas e disram, arrancando todos os livros se: “Ei, garotão, você vai se sair de seus braços, empurrando-o de bem!” forma que ele caiu no chão. Ele olhou para mim com aquele Seus óculos voaram e eu os vi olhar de gratidão, sorriu e disse: aterrissarem na grama há alguns -”Valeu”! metros de onde ele estava. Flávio Quando ele subiu no oratório, ergueu o rosto e eu vi uma terrível limpou a garganta e começou o tristeza em seus olhos. discurso, falando mais ou menos Meu coração penalizou-se! Cor- assim: ri até o colega, enquanto ele en“A formatura é uma época para gatinhava procurando por seus agradecermos àqueles que nos óculos. ajudaram durante estes anos duPude ver uma lágrima em seus ros. Seus pais, professores, irolhos. Enquanto eu lhe entre- mãos, talvez até um treinador, gava os óculos, disse: “Aqueles mas principalmente aos seus caras são uns idiotas! Eles real- amigos. Eu estou aqui para lhes mente deviam ardizer que ser um rumar outra pesamigo para alsoa para mexer”. guém, é o meFlávio olhou-me No dia da formatura lhor presente que nos olhos e disse: Flávio esteve ótimo. você pode lhe dar. “Hei, obrigado”! Vou contar-lhes Era um daqueles Havia um granuma história:” de sorriso em caras que realmente Eu olhei para o sua face. Era um se encontram quando meu amigo sem daqueles sorripassam por algum conseguir acredisos que realmentar enquanto ele tipo de provação. te mostram gracontava a histótidão. Eu o ajudei ria sobre o primeia apanhar seus liro dia em que nos vros e perguntei conhecemos. Ele onde ele morava. havia planejado Por coincidência ele morava se matar naquele final de semaperto da minha casa, mas não ha- na! Contou a todos como havia víamos nos visto antes, porque esvaziado seu armário na escola, ele freqüentava uma escola par- para que sua mãe não tivesse que ticular. fazer isso depois que ele morresConversamos por todo o cami- se e estava levando todas as suas nho de volta para casa e eu carre- coisas para casa. guei seus livros. Ele olhou diretamente nos meus Ele se revelou um garoto bem olhos e deu um pequeno sorriso. legal. “Felizmente, meu amigo me salPerguntei se ele queria jogar fu- vou de fazer algo inominável!” Eu tebol no sábado comigo e meus observava o nó na garganta de amigos. Ele disse que sim. Fica- todos na platéia enquanto aquele mos juntos por todo o final de se- rapaz popular e bonito contava a mana e quanto mais eu conhecia todos sobre aquele seu momento o Flávio, mais gostava dele. de fraqueza. Meus amigos pensaram da mesVi sua mãe e seu pai olhando ma forma. Acabaram gostando para mim e sorrindo com a mesdele também. ma gratidão. Chegou a segunda-feira e lá esAté aquele momento eu jamais tava o Flávio com aquela quanti- havia me dado conta da profundade imensa de livros outra vez! didade do sorriso que ele me deu Eu o parei e disse: naquele dia em que o ajudei a “Diabos, rapaz, você vai ficar re- ajuntar seus óculos e livros...” almente musculoso carregando Nunca subestime o poder de essa pilha de livros assim todos suas ações. Com um pequeno os dias!”. gesto você pode mudar a vida de Ele simplesmente riu e me en- uma pessoa. Para melhor ou para tregou metade dos livros. Nos pior. quatro anos seguintes, Flávio e eu Deus nos coloca na vida dos ounos tornamos mais amigos, mais tros para que tenhamos um imunidos. Quando estávamos nos pacto, uns sobre o outro, de alguformando, começamos a pensar ma forma. em Faculdade. PROCURE O BEM NOS OUFlávio decidiu ir para Santa Ma- TROS! ria e eu para Toledo. Eu sabia que Esta mensagem quer demonsseríamos sempre amigos, que a trar o quanto os meus amigos são distância nunca seria problema. importantes pra mim! Ele pretendia ser médico e eu ia tentar uma profissão vinculada à * Bruno Marcos Radunz é adadministração de empresas. Flá- ministrador de empresas, pavio foi o orador oficial de nossa lestrante e escritor. *Bruno Marcos Radunz

Gente que soma mais de três ou quatro décadas de atuação na imprensa regional, Chico de Alencar (Foz do Iguaçu), Xico Tebaldi (Cascavel) e Wanderley Graeff (Viver Toledo)

Paulinho da Viola ao lado do gerente geral do Mabu Royal & Premium Hotel, Jair Ansolin

brunoradunz@ibest.com.br

Coisas da vida...

Paulinho da Viola

*Arnoldo Bohnen

11

tubro nós tivemos em nossa Caapenas mudou-se a expressão e tedral a Missa da Unção dos Ena maneira de encarar com mais fermos, com a otimismo e mais participação dos alegria este sapadres Inácio e cramento que como agora não mais O momento não foi Lucimar oficiantes e o é recebido apede tristeza e de luto comparecimento nas na hora exe sim de alegria de aproximadatrema, e sim em mente 200 pese de espírito de diversas oportusoas, entre enfernidades da vida, ressurreição. mos e idosos. principalmente Comparecepor pessoas enram pessoas em fermas e idosas. cadeiras de roAo invés de das e a outra maioria, que ainmarcar apenas a hora derradeida conseguia locomover-se com ra da vida, marca a alegria da facilidade. futura ressurreição. Eu também participei e, como Assim, no início do mês de ouDiácono, recebi o último dos sete sacramentos da Santa Igreja. O momento não foi de tristeza e de luto e sim de alegria e de espírito de ressurreição. Como fruto de uma educação e formação intelectual e ascética mais antiga, participei desta celebração com a mente povoada por costumes antigos em que esse sacra-

mento era celebrado talvez com menos espírito alegre, mas com a mesma fé, pois como já disse, mudaram as aparências, mas a essência continua imutável. Passei a celebração recordando sempre a imagem dos antigos mosteiros em que cada monge tinha no seu quarto de dormir uma caveira humana insinuada pelos seguintes dizeres latinos: “Hodie mihi. Heri tibi” o que em português simples seria: “Hoje eu fui chamado. Amanhã será você.” Isso é sem dúvida muito salutar, cheio de apelo de eternidade, mas ele não deve nos tirar a alegria da ressurreição. Para o ano que vem novamente se realizará essa celebração. É com alegria que eu convido, desde já, a todos os irmãos na fé, os enfermos e os idosos a participarem desta celebração da alegria, com vistas à vida eterna. * Arnoldo Bohnen é ex-prefeito de Toledo e Diácono


12

Toledo/PR • 19 a 25 de novembro de 2010

SOCIAL

“Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocarmos nela, corre por nossa conta.” (Chico Xavier)

WANDERLEY GRAEFF

wanderley@vivertoledo.com.br

Wanderley Graeff

Na entrega do título de Cidadão Honorário do Oeste a Jorge Samek, Jairo Eduardo (Revista Aldeia/Pitoco), governador Orlando Pessuti, Wanderley Graeff (Viver Toledo/Rádio Guaçu) e Xico Tebaldi (Exatta Pesquisas)

No evento da Amop, deputado Duílio Genari, Leandro e Marinês Schiavinato, prefeito José Carlos e Marlene Schiavinato, Márcia e Alceu Dal Bosco, ele chefe de Gabinete da Prefeitura de Toledo

Príncipe

Feras

Dom Bertrand Maria José Pio Januário Miguel Gabriel Rafael Gonzaga de Orléans e Bragança e Wittelsbach, príncipe de Orléans e Bragança, é o atual Príncipe Imperial do Brasil. Antigo expoente das causas da elite católica conservadora, D. Bertrand esteve em Toledo para palestra a jovens católicos e, como sempre faz, jantou na Pizza Itália do Nino. Ao Viver Toledo, ele disse que é o maior fã da pizzaria: “Na França há um guia turístico que indica uma determinada categoria de restaurante: vale uma parada, vale um desvio ou vale uma viagem. Eu diria que a pizza do Nino se enquadra nessa terceira categoria: vale uma viagem a Toledo só para comer a pizza do Nino”.

Colunista do Viver Toledo, Alvir Preisner assina a homenagem que receberão desportistas de Toledo e região na segunda-feira (22). A Festa do Troféu Feras do Esporte será realizada no salão social devidamente climatizado do Toledão. É o único evento do gênero da região Oeste, em que homenageados e convidados não pagam absolutamente nada na noite de gala do esporte regional.

Gilmar Piola, superintendente de Comunicação da Itaipu Binacional, parceira do Feras do Esporte, e Alvir Preisner, protagonista da festa de segunda-feira

Destaque Príncipe Bertrand de Orléans e Bragança com Nino Granata e Ariete Tonello na Pizza Itália

Palácio Antes de deixar o poder, o governador Orlando Pessuti será protagonista da reinauguração do Palácio Iguaçu. Ele convidou o presidente Luis Inácio Lula da Silva e a presidente eleita Dilma Rousseff para a solenidade no dia 17 de dezembro, por ocasião das comemorações dos 157 anos da emancipação política do Paraná. Construído no governo de Bento Munhoz da Rocha Neto e inaugurado em dezembro de 1954, o palácio está em reforma desde o primeiro semestre de 2007, ao custo de R$ 23,5 milhões para os seus 15 mil m².

O Salão de Verão do Olinda Park Hotel se abrirá nesta sexta (19) para tradicional evento assinado pelo Conselho do Jovem Empreendedor da Acit. Em sua sexta edição, o Prêmio Destaque Empresarial é um reconhecimento às empresas mais lembradas pela população toledana, indicadas através de pesquisa “Top of Mind”. Serão contemplados mais de cem segmentos da indústria, comércio e prestação de serviços.

Rafain A Rafain Churrascaria Show recebeu o Prêmio Impar – Índice das Marcas de Referência e Afinidade Regional - como melhor restaurante de Foz do Iguaçu. A honraria foi conferida pela RIC TV, com base em pesquisa Ibope Inteligência realizada entre os meses de junho e julho.

Olímpico Na agenda do clube Olímpico, sábado, baile com o Musical Som Sete, com ingresso antecipado a R$ 10,00 até as 23h. No domingo, o mati-baile será com o grupo Tchê Kakareko.

Leonardo Petrelli (RIC TV), Paulo Henrique Amorim (Record) e Vilson dos Santos, gerente Comercial da Rafain Churrascaria Show

3378-5706 3252-6476 Rua Santos Dumont, 3059 - Centro 85905-000


PDF 71ª edição do Jornal Viver Toledo  

PDF 71ª edição do Jornal Viver Toledo

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you