Page 1

Leia Anuncie e Assine

A melhor Pizza da cidade

3054-0444 Toledo/PR • de 14 a 20 de setembro 2012 - Ano 4 - nº 161

PITÁGORAS

BRUNO

D. FRANCISCO

MACIEL

POLÍTICA & GENTE

WANDERLEY GRAEFF

Juventude toledana nos anos 60. Naqueles tempos os preferidos pelos irmãos lassalistas eram os boleiros bons de bola. A cada boa partida eles tinham um ou dois pontos a mais nas notas. Foi por aí que o Tita Campos descobriu o “caminho das índias” - inventou o conjunto Os Ritmistas.

Um amigo e sua esposa estavam completando 30 anos de casados, na mais perfeita união, com dois filhos já formados, trabalhando e se auto-sustentando. Comecei a pensar em como está ficando cada vez mais difícil os casais chegarem a esta idade juntos.

É suficiente abrir qualquer um dos quatro evangelhos, para nos encontramos imersos nos milagres que marcam constantemente a vida de Jesus. O que são os milagres neste contexto? São ações admiráveis, realizadas por Jesus, para iluminar a nossa mente e fazer-nos compreender que ele é o Senhor.

Gente bonita na coluna

Rogério visita Viver e relembra lutas e conquistas evidenciadas ao longo da trajetória política; licitações: tema de palestra na Prefeitura de Toledo; Lodi: agregar valor à produção regional é imprescindível; baú traz foto da antiga Catedral Cristo Rei.

Boa gastronomia e Esquadrilha da Fumaça na Festa do Porco no Rolete; Bruno é só sorrisos com o desempenho de livro; Leila Navarro no Conexão 2012; Casa Toledo abre para um mês de visitação; Bom Jesus comemora aniversário com jantar beneficente.

PÁGINA 07

PÁGINA 06

PÁGINA 06

PÁGINA 11

PÁGINA 02

PÁGINA 12

Porco no Rolete

Festa tem boa gastronomia e show da Esquadrilha da Fumaça

PÁGINA 03

Casa Toledo

101 anos da imigração italiana é destaque PÁGINA 05

Um dos maiores shows da gastronomia da Paraná, a Festa do Porco no Rolete acontece domingo

Conexão Empresarial

Persistência é chave para o sucesso, Chapada Diamantina diz Oscar Beleza natural no coração da Bahia Schmidt A exposição de fotos retratando a imigracão italiana é uma iniciativa do empresário italiano Nino Granata

Nem só de praia é formada a paisagem da Bahia. No coração do estado está um dos mais belos cenários do país, salpicado de cachoeiras, grutas, cânions e vales. O Parque Nacional da Chapada Diamantina tem atrações que extrapolam seus limites. PÁGINA 09

1.590,00

PÁGINA 08

Paisagem exuberante é marca do parque localizado no estado baiano

Ciclovia presta homenagem a pais de Dom Odilo Scherer PÁGINA 03

Toledo realiza a 4ª Feira de Imóveis PÁGINA 08


02

Toledo/PR • 14 a 20 de setembro de 2012

OPINIÃO

“Quando a circunstância é boa, devemos desfrutá-la; quando não é favorável devemos transformá-la e quando não pode ser transformada, devemos transformar a nós mesmos.” (Viktor Emil Frankl)T

POLÍTICA & GENTE Licitações “Quer vender ou prestar serviços à Prefeitura de Toledo?” é o evento que será realizado no Auditório da Prefeitura, na quarta-feira, (19), às 19 horas. Promovida pela Sala do Empreendedor, com apoio da Acit, Sebrae e Prefeitura, o evento terá como palestrantes Adalberto Przybylski, assessor jurídico para licitações, e Ademar Alcindo Roehrs, pregoeiro. A inscrição é gratuita e será conferido certificado. Para informações: (45) 3055-8856. Massing O vereador Rogério Massing (PSDB) fez visita de cortesia ao jornal Viver Toledo. Em campanha pela reeleição, Rogério discorreu com a equipe sobre algumas das inúmeras lutas e conquistas evidenciadas ao longo de sua trajetória política. Entre elas, o programa de asfalto rural, em que Toledo é hoje modelo para o Brasil, iniciado na gestão do ex-prefeito Derli Donin, quando Massing exercia um dos seus mandatos e chegou à presidência da câmara Municipal, condição na qual assumiu a chefia do Poder Executivo como prefeito interino. Amop Prefeitos da Amop (Associação dos Municípios do Oeste do Paraná) discutiram em reunião ordinária, terça-feira, em Cascavel, o tema Oscips (Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público). A reunião foi presidida pelo prefeito de Toledo e presidente da Amop, José Carlos Schiavinato. A pauta tambem analisou outros temas da esfera municipalista e ainda a escolha do Cidadão Honorário do Oeste do Paraná 2012 e a missão técnica que será realizada aos Estados Unidos em outubro. Amenduim O candidato a vereador Fábio Rios, o “Amenduim” (PMDB), fez visita ao Viver Toledo, quando comentou sobre as propostas da coligação Toledo Humano, Desenvolvido e Participativo. Amenduim tem várias proposições que valorizam o ser humano, com destaque para atividades voltadas à criança e ao adolescente. “Em nossa caminhada, observamos muitos jovens nas ruas, sem nada fazer, o que nos preocupa. Precisamos desenvolver atividades que contemplem a todos, mesmo àqueles que trabalham e que após esse horário necessitam de opções para o preenchimento do tempo, com incentivo ao esporte e à cultura”, diz. Marechal A Associação Comercial e Empresarial de Marechal Cândido Rondon está realizando uma agenda de encontros de candidatos a prefeito e vice com empresários da cidade. Já passaram pela entidade Mai-

con Palagano e Paulo Goehl; Moacir Froehlich e Silvestre Cóttica; Vitor Giacobbo e Verinha Seyboth. Os demais encontros serão os seguintes: dia 18, com Italo Fernando Fumagali e Arno Figur; dia 20, com Wilson Moraes e Neri Wagner; e dia 25, com Danilo Johann e Victor Kressin. Industrialização O ex-presidente da Associação Comercial e Empresarial de Toledo, Walmor Lodi, candidato a vereador pelo PR, tem enfatizado nos seus contatos na campanha eleitoral a necessidade de agregar valores à produção agropecuária regional, através da industrialização da produção – assunto que norteou o seu discurso de posse na entidade. Na ocasião, Lodi aludiu aos saborosos salgadinhos de soja distribuídos entre as mesas do evento e comentou sobre o extraordinário valor agregado pela industrialização da produção primária.

Jairo Eduardo

Intervenção judicial na Câmara! Episódio inédito na história de Cascavel repercute Brasil afora

Atividades O prefeito José Carlos Schiavinato vem cumprindo uma intensa maratona de atividades. Na semana, ele realizou a entrega de várias obras: Parque Infantil do Jardim Santa Clara IV, Academia da Terceira Idade da Associação de Moradores Panorama II; Parque Infantil do BNH Barão; reforma do Ginásio do Jardim Europa; Parque Infantil da Rua Getúlio Vargas, ao lado do Ginásio Alcides Pan e inauguração da Unidade Básica de Saúde do Jardim Pancera. Nesta sexta-feira, às 16 horas, será entregue o Parque Infantil da Escola Santos Dumont. Bancários Os bancários poderão deflagrar greve em todo o país. A Contraf-CUT enviou carta à Fenaban informando que, em razão do impasse nas negociações provocado pela decisão dos bancos em manter a proposta insuficiente de 6% de reajuste, o Comando Nacional dos Bancários orientou os sindicatos a convocarem assembleias no dia 12 para aprovarem a deflagração de greve por tempo indeterminado a partir do dia 18, se até lá as empresas não apresentarem nova proposta que contemple as reivindicações da categoria.

BAÚ

O local onde hoje está construída a Catedral Cristo Rei abrigava uma bela igreja, de duas torres, demolida na década de 70 para a edificação do novo templo.

DILCEU SPERAFICO Deputado Federal

O acesso aos medicamentos e o remédio da reforma tributária Um dos mais contundentes argumentos da defesa de verdadeira Isso porque no Brasil as despesas com a aquisição de remédios reforma tributária para o País está na tributação de medicamentos, não são reembolsadas pelo poder público ou por planos de saúde, produtos essenciais ao bem estar dos cidadãos e aos maiores patri- como acontece em outros países, especialmente os mais desenvolmônios da sociedade, como são a saúde e a vida humana. vidos. Por mais absurdo que possa parecer, o Brasil detém o maior voluConforme o estudo, no mercado farmacêutico brasileiro o faturame de impostos cobrados sobre a venda de remédios nas farmácias, mento atingiu 42,8 bilhões de reais em 2011, dos quais 71,4% desob prescrição médica, entre 38 países pesquisados. sembolsados diretamente pela população. Em países da Europa, O recorde negativo decorre da soma de alíquotas de tributos fede- somente de 10% a 15% desses custos são cobertos pelos consumirais e estaduais incidentes sobre o comércio do setor, dores. Na prática, o brasileiro financia o seu trataque atinge a média de 28%. mento de saúde e como recompensa por isso, paga Para quem não sabe, é três vezes maior que a méa maior tributação do mundo. dia alcançada entre os demais países estudados. Em Conforme a Interfarma, a eliminação de tributos Por mais absurdo algumas dessas nações, entre os quais o Canadá, sobre medicamentos poderia elevar as vendas das que possa parecer, o farmácias em de 2,5% a 5%, beneficiando o setor e México e Inglaterra, a alíquota sobre a produção e Brasil detém o maior as pessoas pobres que não conseguem comprar a venda de remédios é zero. volume de impostos medicação prescrita pelos médicos. O impacto da Os números foram levantados pelo pesquisador cobrados sobre a Nick Bosanquet, professor de políticas de saúde do tributação dos medicamentos entre a população de venda de remédios menor renda é comprovada pelo IBGE. Imperial College, de Londres, fazendo parte de publinas farmácias, sob cação da Associação Brasileira da Indústria FarmaO órgão estima que o desembolso de famílias de prescrição médica, Classe E na compra de remédios é de sete reais por cêutica de Pesquisa (Interfarma), editada em agosto entre 38 países último. mês, enquanto os com maiores rendimentos gastam pesquisados. O trabalho abrangeu os impostos sobre consumo 97 reais e a média nacional fica em 38,60 mensais. em cada um dos países analisados e no Brasil contaNo Brasil, a maior tributação do setor farmacêubilizou o PIS/Cofins cobrado pelo governo federal e o tico está no ICMS, recolhido pelos Estados, com a ICMS recolhido pelos governos estaduais. média de 17% , mas os impostos federais também Trata-se de tributação injusta e injustificável, até porque entre os colaboram muito para a elevação do preço final dos medicamentos principais consumidores de medicamentos estão idosos e pesso- e penalização da população de menor renda, em momentos críticos as portadoras de doenças crônicas, na maioria de famílias de bai- de sua existência. xa renda. Outra prova da injustiça dessa situação é que no Brasil, produto Os governos federal, estaduais e municipais distribuem muitos essencial como o medicamento, muitas vezes tem alíquota de tribumedicamentos de uso contínuo à população carente, mas como não to maior que a de automóveis, entre outros bens de consumo. A sacobrem todos os produtos prescritos pelos médicos, a tributação ída está nas demandas na Justiça pelo recebimento de medicamenelevada tem grande impacto no bolso dos consumidores. tos do poder público, com 200 mil processos tramitando no País.

EXPEDIENTE

por Wanderley Graeff | wanderley@vivertoledo.com.br

Editora Viver Toledo Ltda. CNPJ 10.995.596/0001-60 Rua Santos Dumont, 4110, Sl 07 – Vila Industrial CEP 85904-450 Toledo - PR Fones: (45) 3054-0444 - 3054-0333 vivertoledo@vivertoledo.com.br

Diretor e Editor Wanderley Graeff wanderley@vivertoledo.com.br

Um juiz pensa inúmeras vezes antes de destituir o presidente de um outro poder. É algo muito grave, espécie de último recurso, já que faz tremer o tripé institucional da República, composto de poderes “harmônicos e independentes”, Judiciário, Executivo e Legislativo. O que aconteceu em Cascavel, guardadas as devidas proporções, é como se o STF tivesse mandado o presidente do Congresso Nacional vestir pijama xadrez por pelo menos 90 dias. Marcos Damaceno, seu vice-presidente, Paulo Bebber, e toda a assessoria de ambos, tiveram seus cargos suspensos por decisão judicial. Um assombro. O juiz Leonardo Ribas Tavares derrubou o presidente do Legislativo. O argumento utilizado - de que os afastados poderiam atrapalhar as investigações da chamada CPI da Propina - guarda semelhança com a prisão preventiva, quando alguém é algemado por ameaçar testemunhas. Pelo entendimento do togado, “os réus fizeram de tudo e mais um pouco para evitar a instalação da CPI”. É o desfecho de uma queda de braço entre os dois poderes no qual a direção do Legislativo de fato desafiou o Judiciário. A tal CPI só saiu por força dos canetaços emanados da Avenida Tancredo Neves e ainda assim, quando constituída, não resguardou a proporcionalidade de forças no Legislativo, abrigando apenas homens de confiança dos investigados. Na CPI da Propina, o prefeito Edgar Bueno e o secretário de Obras, Paulo Gorski, são alvo de investigação que surgiu a partir de denúncia ao Gaeco, organismo policial especializado em danos ao erário público. Segundo a acusação, prefeito e secretário receberam propinas da empresa que faz a manutenção da vasta frota da Secretaria de Obras. Ambos refutam as denúncias - atribuídas a armação da oposição - e colocaram suas contas bancárias a disposição da Justiça. Editorial Epílogo escuro desta amarga legislatura da Câmara de Cascavel. O fato repercutiu em todo o Brasil e nos principais portais, como o da Rede Globo. De fato, tem vereador ali que passou mais tempo correndo da polícia que dando expediente no “egrégio” Poder Legislativo. Definitivamente, uma turminha para ser esquecida nos porões poeirentos da história.

Leia na “Aldeia” Márcio Campos identidade própria Já está circulando a revista “Aldeia” deste mês. Na matéria de capa, o executivo Márcio Campos, 34 anos, conta sua trajetória pessoal até chegar à gestão de negócios de uma grande rede de lojas de materiais de construção. Acompanhe também a entrevista com o historiador Alceu Sperança e conheça “Loro”, o papagaio bilíngue que fala português e alemão. Colmeia lidera a audiência O Ibope ouviu 960 ouvintes entre 13 e 20 de agosto para saber quais são as emissoras de maior audiência em Cascavel. A Colméia lidera o segmento AM, com 80,21%. CBN com 8,7% e rádio Globo (8%) surgem na sequência. No FM, a liderança da Capital surge mais apertada, com 42 pontos. A Tarobá cravou 31%. Rádio Pan, com 9,3 e a T com 7 pontos também apareceram na preferência popular.

Gerência Administrativa Luciane Graeff lucianegraeff@hotmail.com

Assinaturas

Karin Alessandra Graeff

Equipe Karine Graeff Wanderley Graeff Jr. Diagramação Lidio Ricardo


Toledo/PR • 14 a 20 de setembro de 2012

03

CIDADE Porco no Rolete

Combate à corrupção é tema de palestra a gestores de escolas

Acontece neste domingo (16), no Clube de Caça e Pesca um dos principais eventos gastronômicos da região: a Festa Nacional do Porco no Rolete, que este ano vive a sua 39ª edição. A organização do evento espera cerca de 30 mil pessoas para o almoço nos 120 estandes e oito barracos, reunindo grupos de amigos e empresas. Quem não tem estande, pode almoçar no restaurante do clube, que vai assar 280 porcos para atender a um público de até 4 mil pessoas. O almoço vai custar R$ 20,00 por pessoa. Atrações Durante todo o dia haverá exposição de carros antigos e, às 16h00, o ponto alto da programação: a apresentação da Esquadrilha da Fumaça. Também à tarde, vai acontecer o sorteio de prêmios. Todas as pessoas que adentrarem ao clube estarão con-

Como combater a corrupção e provocar uma mudança de postura na sociedade brasileira através da educação? Esse foi o questionamento debatido pelo promotor de Justiça Hugo Evo Magro Corrêa Urbano, em palestra para cerca de 200 gestores de escolas das redes estadual e municipal de ensino. O evento aconteceu no Auditório do Centro de Eventos Ismael Sperafico, em Toledo, inserida nas ações do Movimento Paraná Sem Corrupção. Criando em 2007 e inserido num contexto nacional, o “Paraná sem Corrupção” tem o propósito de enfrentar a corrupção de duas formas: por meios legais, processando agentes públicos corruptos; e promovendo a conscientização social para a reflexão acerca do tema e a disseminação da cultura da honestidade. De acordo com o promotor Hugo, a participação dos diretores das escolas no movimento é fundamental, não apenas porque eles administram recursos públicos, mas porque estão diariamente em contato com os alunos. “Acredito que ao lado do Ministério Público, os

Festa tem boa gastronomia e show da Esquadrilha da Fumaça

Porco no rolete: delícia da gastronomia paranaense em evidência no Clube de Caça e Pesca

correndo a três prêmios: um televisor 42 polegadas, um no-

tebook e uma filmadora. O ponto alto da festa será o

concurso de melhor porco, melhor recheio e melhor estande.

Eleições 2012

Em visita ao Viver Toledo, Lunitti se diz satisfeito com rumos da campanha Dizendo-se satisfeito com os rumos da campanha eleitoral, o candidato a prefeito Beto Lunitti – Coligação Toledo Humano, Desenvolvido e Participativo, realizou visita à redação do Viver Toledo, quando anunciou que receberá, neste sábado, 15, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo. Uma agenda de visitas será cumprida na cidade e o ministro gravará depoimento para ao horário eleitoral. Ele adiantou tambem a presença em Toledo, no dia 22, do ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, acompanhado do ex-governador Orlando Pessuti e do senador Sérgio Souza, todos do PMDB. Beto Lunitti se disse feliz com os rumos da campanha eleitoral, destacando o volume que ela alcançou, “com o apoio de autoridades e lideranças, alem de significativa inserção nas camadas populares e até mesmo de lideranças que antes nos eram antagônicas.” Ele salientou encontros que manteve e gravações de apoio, entre outros, do vice-presidente Michel Temer, dos ministros Paulo Bernardo (Comunicações) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil),

dos senadores Roberto Requião e Sérgio Souza, dos deputados federais Osmar Serráglio e Hermes Frangão Parcianello (PMDB), André Vargas, Zeca Dirceu e Dr. Rosinha (PT), Nélson Padovani e Hidekazu Takayama - que estará em Toledo no dia 20, e dos deputados estaduais Elton Welter (PT), Leonaldo Paranhos (PSC) e Nereu Moura e Ademir Bier (PMDB). “Vemos nesta eleição uma unidade nunca antes vista na história, construída a partir de uma articulação bem feita e fechada com muita antecedência com os vários partidos que nos apoiam. Tudo isso produziu uma confiança que se refletiu no governo federal e nas li- Beto Lunitti durante a visita ao Viver Toledo: deranças, que percebe- satisfeito com os rumos da campanha ram que estamos todos numa proposta fechada, nos mente, em depoimento gravado respaldando extraordinaria- para o horário eleitoral: ‘Lunitmente. Toledo está no foco das ti, você e o Welter sempre estiveram comigo, então, agora esatenções do país”, disse. Ele lembrou ainda o encon- tou retribuindo esse apoio’”. O candidato tambem comentro recente que manteve em São Paulo com o ex-presidente tou sobre as propostas do plano Lula. “O Lula nos disse, textual- de governo, “baseadas em três

eixos principais - políticas humanas, de desenvolvimento e participativa, que resultou na discussão sobre 15 diretrizes de governo, que por sua vez produziram, na comunidade, 591 propostas para Toledo. Essas informações inclusive estão em nosso site - www.betolunitti15. com.br – como um documento que vai embasar a comunidade a nos cobrar se estamos cumprindo aquilo que propomos. Sobre a postura que está mantendo na campanha, Beto salientou que “estamos trabalhando com o propositivo, sem ataques. A política raivosa ou rancorosa, a indústria de boatos, não fazem parte da nossa postura, que é apenas de conversar com a comunidade, levando as nossas propostas”, disse, completando: “Estou muito feliz, abrindo meu coração e contando com um apoio expressivo dos nossos 128 candidatos a vereador, que tem trabalhado de uma maneira como eu nunca tinha visto antes”.

professores também são agentes de combate à corrupção, em seu trabalho diário como educadores, um trabalho que reflete a longo prazo, onde podemos ter os melhores resultados para uma mudança de mentalidade, uma mudança cultural”, comentou o promotor. Na palestra foram tratadas as varias formas de corrupção, na esfera pública e privada, em diversas situações, como em casa, no trabalho, na escola e na vida social. O promotor ainda dá a dica para que todos os cidadãos possam também ser agentes de combate a corrupção. “A melhor forma de combater a corrupção é dar o exemplo. A pessoa, individualmente considerada, pode combater a corrupção diariamente dando o exemplo em diversas situações, não furando fila, respeitando as regras de trânsito, procurando saber o que acontece na sua cidade, no seu país, e escolhendo bem na hora de votar”, afirma Hugo Evo. Estas podem parecer atitudes simples, mas, se levadas a sério por todos, são capazes de promover um grande impacto na sociedade.

Promotor Hugo Evo: todos os cidadãos podem ser agentes de combate a corrupção

Ciclovia homenageia pais de D. Odilo Scherer Carlos Rodrigues

Saúde

Hospital Bom Jesus diminui 6,1% a taxa de Cesárea No Brasil, 43% dos partos são cirúrgicos de acordo com estudos da Escola Nacional de Saúde Pública A taxa de cesárea do Hospital Bom Jesus apresentou 6,1% de diminuição no início do segundo semestre deste ano. Para se ter uma ideia, somente em julho deste ano, a instituição contabilizou 38% dos partos de caráter normal dos 197 nascimentos realizados. Mas ainda muito precisa ser feito: a meta da entidade é alcançar o dobro de procedimentos naturais, até 2013. O objetivo deste controle, segundo Marcia Baptista, chefe de enfermagem do Hospital é a diminuição nos números para que a instituição consiga o credenciamento com a Iniciativa Hospital Amigo da Criança (Ihac). “Com esta parceria, tanto o Hospital, quanto a mãe, o bebê e a família são beneficia-

HOSPITAL AMIGO DA CRIANÇA Com o título Hospital Amigo da Criança, as instituições se tornam referência na amamentação em toda região. Nestes hospitais, as mães são orientadas e apoiadas para o sucesso deste procedimento, desde o pré-natal até o pós-parto. Dessa forma, há um aumento nos índices de aleitamento materno exclusivo e continuado e redução da mortalidade materna e infantil. A Iniciativa Hospital Amigo da Criança (Ihac) foi definida como ação prioritária em 1992, pelo Ministério da Saúde e capacita profissionais da área, realiza avaliações e incentiva a rede hospitalar para o credenciamento. No Brasil, já existem 336 Hospitais Amigos da Criança. O trabalho conta com o apoio das Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde. Referência Referência no atendimento de 18 municípios da 20ª Regional de Saúde de Toledo, o Hospital Bom Jesus é o único credenciado ao Sistema Único de S aúde (SUS) da abrangência. Além disso, sua infraestrutura apresenta a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal e sedia o Banco de Leite Humano Dr. Jorge Nisiide. Procedimentos dos principais convênios e particulares também são realizados na instituição. dos. Isso significa mais saúde e economia para todos”, explica a enfermeira.

Quem ganha com isso Mais do que a rápida recuperação das mães, os bebês tam-

bém ganham com o parto normal. Um estudo realizado em Agosto deste ano, pela Escola de Medicina de Yale, no Estado Unidos e publicado pela revista especializada Plos One, mostra que os bebês gerados pelo parto normal conseguem processar melhor o leite materno. No caso do Hospital Bom Jesus, toda gestante que tem bebê na instituição, antes de receber alta, passa pelo Banco de Leite Humano (BLH) Doutor Jorge Nisiide. Por lá, ela recebe orientações sobre o aleitamento e a observação da mamada. Uma semana depois, é realizado um contato com a mãe por telefone para que o Banco saiba como estão ambos. Neste momento se verifica a necessidade de outras orientações.

Prefeito Schiavinato, arcebispo de São Paulo, Dom Odilo e bispo de Toledo, Dom Francisco Carlos Bach

A Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), com o objetivo de compartilhar suas decisões de planejamento e ampliar o acesso ao ensino público superior das Regiões Oeste e Sudoeste do Paraná, encaminhará questionário on line para entidades da sociedade civil regional. Em 2013 a Universidade completa 25 anos de atuação no Ensino Superior Público e está discutindo o Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI). Por isso, há expectativa em conhecer as opiniões e demandas da sociedade civil organizada quanto à atuação da Unioeste para os próximos 10 anos. Destaca-se que a área de atuação da Unioeste abrange um espaço territorial de 33 mil quilômetros quadrados, correspondendo a 16,3% do território do Estado do Paraná, cuja população é superior a 2 milhões de habitantes. Atualmente, a comunidade estudantil da Unioeste conta com

10.928 acadêmicos, distribuídos em 33 cursos de graduação, 19 de especialização, 22 programas de mestrado e 4 de doutorado. Sendo uma entidade autárquica estadual, sem fins lucrativos, com campus nas cidades de Cascavel, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Marechal Candido Rondon e Toledo. Questionário As informações coletadas pelos questionários digitais, a serem encaminhadas aos representantes de entidades das duas regiões onde a Unioeste estão instalada, subsidiarão as atividades da Reitoria no planejamento e avaliação dos serviços prestados pela Universidade à comunidade. Essas informações também vão contribuir no desenvolvimento de ações para aproximar a Unioeste da comunidade regional. A administração da Unioeste em todas as suas unidades administrativas tem a clareza da necessidade da participação da comunidade nas suas decisões.


04

Toledo/PR • 09 15 de março de 2012 14 a 20 setembro de 2012

Buffet Terça a sexta

R$ 13,00 Sábados

No Shopping Panambi Almoço semanal

Domingo (especial)

Fim de semana e jantar

R$ 15,00

R$ 18,00

Shopping Panambi: compras, gastronomia e lazer Compras, lazer, diversidade gastronômica. Tudo isso você encontra no Shopping Panambi, que conta com ambiente confortável, seguro e cheio de atrativos. E com a chegada da primavera, a moda que anuncia a estação mais colorida do ano já está nas vitrines do Shopping Panambi. As lojas estão no clima exibindo as coleções primavera-verão 2012/2013 com roupas masculinas, femininas e infantis, calçados e acessórios das melhores marcas. Vale a pena passear no local, fazer compras com facilidade de pagamento, conforto e segurança, e depois aprovei-

A noite somente com reservas (não válido para o Shopping)

3277-2728 Rua Rua Pedro Pedro dos dos Santos Santos

R$ 11,00

R$ 14,50

3378-1316 Shopping Panambi

Cine Panambi (45) 3378-4774 PROGRAMAÇÃO DE 14/09 a 20/09/2012 SALA 1 - A ERA DO GELO 4 Animação, aventura. Dublado. Classificação indicativa: livre Sessões: sexta, sábado, domingo e quarta: 19h30 Segunda, terça e quinta: 21h20 SOMBRAS DA NOITE Comédia. Legendado. Classificação indicativa: 14 anos Sessões: sexta, sábado, domingo e quarta: 15h40 e 21h20 Segunda, terça e quinta: 19h30

tar as delícias da praça de alimentação que agrada todos os paladares, com sorvetes, doces, lanches simples a pratos sofisticados e até mesmo buffet com comida chinesa. Além disso, o shopping oferece espaço de lazer para crianças e duas salas de cinema com os melhores filmes em cartaz.

SALA 2 - VALENTE Animação, aventura. Dublado. Classificação indicativa: livre Sessões: sexta, sábado, domingo e quarta: 16h00 e 19h40 Segunda, terça e quinta: 21h30 E AÍ, COMEU? Comédia. Classificação indicativa: 10 anos Sessões: sexta, sábado, domingo e quarta: 21h30 Segunda, terça e quinta: 19h40

Infraestrutura e Logística

Sciarra confirma Secretaria pede abertura da UTFPR inclusão do Trem Péem Santa Helena Vermelho no PAC 2 Gráfico mostra trajeto que o trem “Pé-Vermelho” deverá percorrer na região Norte do paraná

A Secretaria de Infraestrutura e Logística cadastrou no Ministério das Cidades proposta técnica para atrair recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) para o projeto Trem Pé-Vermelho, que pretende interligar 13 cidades de pequeno e médio portes situadas nas áreas de influência dos polos regionais de Londrina e Maringá. A proposta foi homologada na modalidade “Médias Cidades” e o custo estimado do investimento, no regime de parceria público privada, é de R$ 671,8 milhões. A medida busca atender reivindicação de municípios. O Trem Pé-Vermelho será um trem regional de passageiros, com função de ligar, via ferrovia, o eixo Ibiporã-Paiçandu, como alternativa de transporte público da região. De acordo com estudo preliminar realizado pelo Labtrans (Laboratório de Transportes da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC), que fez o Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA), a demanda diária no trecho é de 30.658 passageiros. Preferência Pesquisa feita pelo Labtrans, em 2011, em conjunto com as universidades estaduais de Londrina e Maringá (UEL e UEM), aponta que mais de 60% dos passageiros de ônibus e 43% dos viajantes de automóvel que transitam diariamente entre Ibiporã e Paiçandu aceitariam trocar o transporte atual

pelos trilhos. A ferrovia terá cerca de 150 quilômetros de extensão, com aproximadamente 13,2 milhões de passageiros no primeiro ano de operação. Segundo dados do projeto, o conjunto das cidades envolvidas tem cerca de 1,75 milhão de habitantes. A região concentra cerca de 26% do PIB (Produto Interno Bruto) do Paraná, que foi de R$ 251 bilhões em 2011. Há mais de 44 mil empresas operando na região, sendo 8.400 indústrias e 23 complexos industriais. Há fortes clusters industriais, em áreas como a moveleira, de alimentos, têxtil e agrobusiness. As empresas de tecnologia de informação também têm se destacado na região. Também há alta concentração de faculdades devido à necessidade de mão de obra qualificada nas empresas, o que ocasiona alta mobilidade de estudantes e acadêmicos de vários cursos superiores entre as cidades. Uma das possibilidades é que o trem a ser implantado seja o VLT (veículo leve sobre trilhos), que trafega entre 80 e 100 quilômetros por hora e viajaria em uma linha única. Além do Labtrans, estão envolvidos no projeto as prefeituras de Londrina e Maringá, pelas Urbamar, Ippul, Agência Terra Roxa de Desenvolvimento, Codem, e Coordenação da Região Metropolitana de Maringá, com o apoio do Ministério dos Transportes (contratante do EVTEA) .

Na reunião em Brasília, deputado Osmar Serraglio, reitor Cantarelli, secretário José Henrique Paim, deputados Eduardo Sciarra e Alex Canziani

O Ministério da Educação confirmou que a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) irá implantar dois cursos superiores no campus da antiga Unioeste em Santa Helena, no Oeste do Paraná. A medida ainda precisar ser aprovada pelo Conselho Superior da UTFPR, para que a instituição possa realizar os preparativos do primeiro processo seletivo da sua nova unidade. Os cursos a serem ofertados serão os de Ciências Biológicas e de Ciências da Computação. “Esta é uma vitória da população de Santa Helena que, durante todos esses anos, se manteve mobilizada reivindicando a reativação do ensino superior no município”, afirmou o deputado federal Eduardo Sciarra (PSD-PR), principal articulador da reabertura do campus universitário, que foi confirmada em reunião com o secretário de Ensino Superior do MEC, José Henrique Paim. Também participaram do encontro os deputados federais Alex Canziani e Osmar Serraglio, além do reitor da UTFPR, Carlos Eduardo Cantarelli. Em março passado, Sciarra encaminhou ao governador Beto Richa o pedido para a re-

abertura dos cursos superiores em Santa Helena. Desde então, diversas reuniões entre representantes das Secretarias Estaduais de Educação e de Ciências, Tecnologia e Ensino Superior, Unioeste e MEC foram realizadas com o objetivo de definir o melhor formato dos novos cursos. A primeira opção era de se viabilizar a retomada do campus pela Unioeste. “Mas, por questões de viabilidade técnica, pedagógica e econômica, decidiu-se repassar o campus para a UTFPR”, explicou o deputado Sciarra. De acordo com Sciarra, os jovens da região vinham sendo obrigados a deixar o município para ingressar no ensino superior. Segundo o parlamentar, os cursos superiores escolhidos – Ciência Biológicas e Ciências da Computação – atendem ao perfil dos estudantes da região. “São duas áreas profissionais em crescimento no mercado de trabalho e que abrem amplas perspectivas de futuro para os jovens”, avaliou Sciarra. Cerca de 70% dos alunos da antiga Unioeste eram moradores da região, sendo as demais vagas ocupadas por estudantes de outras localidades ou mesmo de fora do estado.

Matrículas abertas para o 2º semestre. Matricule-se e indique um amigo. Para cada amigo matriculado, ganhe R$ 50,00 de desconto.


Toledo/PR •14 a 20 de setembro de 2012

05

GERAL Casa Toledo

101 anos da imigração italiana é destaque O

s 101 anos da imigração italiana no Brasil é um dos destaques da Casa Toledo 2012. O evento será aberto ao público nesta sexta-feira, 14, permanecendo durante um mês à visitação pública em endereço central da cidade – Avenida Maripá, 5505. Alem de vários ambientes preparados por arquitetos, decoradores e designers, haverá uma programação paralela de palestras, rodas de conversa, café, exposições e apresentações culturais. A exposição de fotos retratando a imigracão italiana é uma iniciativa do empresário italiano Nino Granata, da Pizza Itália, que se tornou uma referência na cidade em questões ítalo-brasileiras. Nino assina o artigo contido nesta página, historiando a trajetória dos imigrantes italianos no Brasil. História da emigração italiana no mundo

Rio Grande: um corte transversal da emigração italiana para o Brasil Parece que fazemos um discurso retórico quando dizemos que a migração é a fonte de riqueza potencial para hoje ou para amanhã. A realidade histórica, no entanto, não é uma opinião, não é retórica. Fico feliz que o jornal L’Osservatore Romano de 07 de fevereiro tenha dedicado algumas páginas para relatar como os imigrantes italianos de um século atrás marcaram o futuro do Rio Grande do Sul e foram responsáveis por torná-lo o jardim do Brasil, também do ponto de vista religioso. Aqui estão alguns dos pontos interessantes do artigo de Gianpaolo Romanata: Quando o Brasil se tornou independente, em 1822, era um imenso território despovoado, com enormes problemas: a colonização de terras não cultivadas; motins em prol da independência que estouraram em todas as províncias periféricas e o declínio da escravidão, depois que a comunidade internacional proibiu o comércio de escravos. Imigração parecia o remédio apropriado. Os colonos estrangeiros, que ocuparam as áreas vazias, substituíram o trabalho escravo. Assim, represaram-se as rebeliões e houve o reequilíbrio da população de brancos, dado que, mesmo em 1860, a maioria dos brasileiros era composta por negros ou mulatos. A política de imigração era uma política deliberada que visava reconstruir o país, a partir do sul. Após a imigração de milhares de colonos alemães – que ocuparam a melhor terra na costa, ao norte de Porto Alegre – o governo incentivou a chegada dos italianos, o que aconteceu, de acordo com documentos de imigração, a partir de 1875. Da Itália foi o início da emigração em massa para o Rio Grande. O início da grande transformação, sua incorporação definitiva ao Estado brasileiro. Quando chegaram ao Brasil, os italianos foram dirigidos para São Paulo, para Minas Gerais, para Espírito Santo ou, de fato, para o Rio Grande do Sul. A maior oferta de terras e oportunidades é que caracterizou a instalação dos emigrantes. Por diversas razões, algumas já citadas, o governo do Rio Grande não definiu, de fato, uma área muito grande para os colonos: a maior parte foi destinada ao Vale do Pó: região montanhosa, sem estrutura na área educacional, longe de tudo.

Os italianos, em meio ao desespero, adaptaram-se a fazer tudo. Mantiveram uma coesão interna extraordinária, com uma taxa de fertilidade incrível (pelo menos uma dúzia de filhos por família). Assim, superando o desafio, o grupo italiano se criou na área que lhe tinha sido atribuída. Dessa forma, o povo gaúcho desenvolveu o embrião de um outro Brasil, muito diferente do tradicional. Quais eram as características desta comunidade? Em primeiro lugar, a força da estrutura familiar. Os colonos puderam contar com a coesão da família, com a sua capacidade para o trabalho e a energia moral que isso implicava. A segunda característica foi o apego ao sentimento religioso. Os emigrantes eram oriundos das regiões italianas em que a Igreja era o único elemento de agregação, o único lugar real para pertencer. A solidão e abandono em que se encontraram neste novo mundo aumentaram a religiosidade, materializada nas igrejas e capelas rurais, que serviram como um lugar de oração e de reunião. Os locais dos encontros foram construídos na floresta, muitos dos quais ainda existem. Porém, a crônica falta de clero favoreceu o crescimento de uma religião muito independente, impulsionada, nos primeiros anos da colonização pelos leigos, que dirigiam o Sunday Times de adoração. Enterravam seus mortos e aconselhavam as pessoas. Às vezes, é argumentado, provavelmente com razão, que a comunidade com base no caráter laico surgida nos últimos anos no Brasil, tem organização religiosa muito parecida com a das antigas comunidades emigrantes. Uma terceira característica foi composta do que poderíamos chamar de “ética de trabalho”. O trabalho era a salvação da primeira geração de colonos.

MC do Brasil 800 vagas limitadas Remuneração de R$ 40,00 a R$ 200,00 por semana para assistir de 3 a 15 propagandas por semana. Necessário ter computador com internet Fones para contato e mais informações: (45) 9990-3494/ (45) 9966-3400 (45) 3054-8957 CNPJ 077192640001-49

Se eles não tivessem trabalhado em um ritmo inimaginável, limpando a floresta, construindo casas – primeiro em madeira e depois em alvenaria –, fabricado ferramentas essenciais, cultivado os campos. Se eles não tivessem aberto estradas, começado a estrutura essencial do intercâmbio comercial, para eles seria uma derrota. E a derrota era equivalente à morte. Assim, a capacidade de trabalho no Brasil italiano, que a princípio era a salvação dos emigrantes, posteriormente, tornou-se um recurso extraordinário para o país. Apoiada por um espírito empreendedor, autonomia, capacidade de inovação e um sentido de risco que enriqueceram muito a economia nacional. Estima-se que os descendentes de italianos do Rio Grande sejam mais de dois milhões, um quinto da população do Estado. Esta comunidade, originalmente de camponeses e trabalhadores não qualificados, produziu, nos últimos 50 anos, a elite de intelectuais local: jornalistas, profissionais liberais, professores universitários, políticos ao mais alto nível, como por exemplo, José Serra que concorreu à Presidência da República do Brasil e ainda mais cinco governadores têm ascendência italiana. * Nino Granata é cidadão italiano e empresário em Toledo


06

Toledo/PR • 14 a 20 de setembro de 2012

VIVER BEM “A ideologia, nos separa. Os sonhos e angústias nos unem.” (Eugène Ionesco)

Mayara Martan

Está tudo no sangue Cientistas vêm estudando casos e mais casos de trombose venosa, em que um coágulo entope uma veia, causando inchaço, feridas e dificuldades de movimentação nas pernas e pesquisando os pacientes chegaram a uma conclusão: o grupo A+ associa-se a quadros severos dessa doença. Segundo os pesquisadores, esses sujeitos estariam propensos aos perigosos trombos. Para piorar, ao menos em tese o coágulo também poderia bloquear uma artéria que irriga o coração. Por isso, acreditam eles, que detentores de A+ também sofrem com uma maior suscetibilidade de se tornarem vítimas de um infarto. Está tudo no sangue II Partindo do pressuposto que, talvez, partes do DNA que definem a que tipo pertencemos, também provoquem efeitos adversos, os pesquisadores resolveram ir mais a fundo na pesquisa genética sobre o sangue. Essa hipótese de que os genes responsáveis por um ou outro tipo do líquido vermelho influenciam funções do organismo fez com que o americano James D’Adamo criasse uma teoria bem controversa. Cada grupo sanguíneo apresenta traços de personalidade únicos, assim como uma afinidade com alimentos específicos. Está tudo no sangue III O naturopata inclusive elaborou uma dieta detalhada para cada sangue. E concebeu uma série de recomendações sobre como uma pessoa B+, por exemplo, deve agir para potencializar os pontos fortes mentais que detém, supostamente em razão do que carrega nas artérias. Será? Está tudo no sangue IV Desde os anos 1950, cientistas sugerem que o sangue influi no aparecimento de cânceres gástricos. Recentemente, o epidemiologista Gustav Edgren, do sueco Instituto Karolinska, resolveu tirar isso a lim-

BRUNO RADUNZ

Bruno Marcos Radunz é escritor, administrador de empresas e presidente da Academia de Letras de Toledo.

po. Após investigar dados de mais de 1 milhão de doadores, ele concluiu: “O grupo A realmente parece predisposto a desenvolver esse mal”. A justificativa estaria, de novo, na genética. Porém, antes de tachar a primeira letra do alfabeto como sinônimo de azar, observe o que a bióloga Lilian Castilho acrescenta: “Existe um vínculo entre o H. pylori e o surgimento de úlceras que propiciam tumores gastrointestinais. E há evidências de que o tipo O está mais sujeito a infecções por essa bactéria”. Síndrome das pernas inquietas Quando a noite chega, surge um desconforto nas pernas que parece inexplicável. Não dá pra dizer se é dor, aflição, arrepio, sensação de peso, mas que algo está errado, está. Na hora de dormir, quem se encontra na outra metade da cama sofre com a movimentação constante da pessoa ao seu lado e pode até tomar um chute na canela sem querer. Síndrome das pernas inquietas II Aparentemente trivial, o transtorno descrito aqui tem nome: síndrome das pernas inquietas, ou SPI. E não afeta pouca gente. A prevalência na população chega a 15%. Mas é um distúrbio ainda desconhecido e cujo diagnóstico não é tão simples. Agora, além do desconforto e da privação de sono, a SPI vem sendo associada a um maior risco de problemas cardiovasculares, como infartos e derrames. Síndrome das pernas inquietas III Esse elo inusitado foi sugerido no ano passado, quando pesquisadores ao redor do mundo publicaram dados mostrando a prevalência de hipertensos entre portadores da síndrome. Um deles veio da Universidade Harvard, nos Estados Unidos. Ao avaliar questionários e medir a pressão arterial de 65 mil mulheres com a mesma faixa etária e sem outros problemas de saúde, os especialistas verificaram que 33% das voluntárias com pernas inquietas tinham pressão alta. Síndrome das pernas inquietas IV Já entre o grupo sem a chateação, essa incidência caía para 21%.

LAMARTINE BRAGA CÔRTES

Primeiro dentista, vice-prefeito na gestão 1973-1976, Lamartine conta detalhes de sua chegada a Toledo, em 1955, extraídos do livro de crônicas “As Histórias e estórias do Tigrão da Lapa”.

Outra pesquisa que ajuda a comprovar a ligação vem da também americana Clínica Mayo. Dessa vez, 584 pessoas diagnosticadas com a SPI submeteram-se a um exame de imagem que avaliava o estado cardíaco. Os resultados mostraram o seguinte: quem chutava mais vezes durante o sono possuía um risco maior de ser acometido pela chamada hipertrofia ventricular esquerda, quando uma parte do coração aumenta de espessura, dificultando o bombeamento do sangue. Aliás, disfunção típica de quem sofre com a pressão nas alturas. Síndrome das pernas inquietas V Ainda não se sabe muito bem por que tudo isso ocorre, mas as principais suspeitas recaem sobre um descompasso que a SPI promove no sistema nervoso simpático, responsável por regular a pressão e os batimentos cardíacos. A síndrome se manifesta quando o indivíduo está propenso a relaxar, naquele estado de transição da vigília para o sono. Com os movimentos, há uma descarga de adrenalina que altera o sistema simpático, elevando a pressão durante o período noturno. Síndrome das pernas inquietas VI Esses picos contribuem para que a hipertensão arterial se instale de vez — de noite, de dia, toda hora. No entanto, precisa-se de mais pesquisas para confirmar essa relação. Não se sabe se os dois problemas estão associados ou se essas pessoas já apresentavam risco cardiovascular. O que já se sabe é que a SPI é fruto de um problema na ação da dopamina, neurotransmissor envolvido nos movimentos do corpo. Por algum motivo, a capacidade de inibir a movimentação fica diminuída. Com isso, o indivíduo precisa se mexer constantemente.

D. FRANCISCO BACH Bispo da Diocese de Toledo

Relacionamentos duradouros

Como era Toledo em 1955

Os milagres de Jesus

Revirando minhas correspondêndeverás apanhá-la, trazendo-a para cias eletrônicas, chamou-me a atenmim viva! ção uma notícia enviada por um amiOs jovens se abraçaram com go dando conta que naquele dia, ele ternura e logo partiram para cume sua esposa estavam completando prir a missão. No dia estabelecido, 30 anos de casados, na mais perfeina frente da tenda do feiticeiro, os ta união, tendo o casal gerado dois dois esperavam com as aves. O vefilhos, que já estão formados, trabalho tirou-as dos sacos e constatou lhando e se auto-sustentando. que eram verdadeiramente formoComecei a pensar em como está sos exemplares dos animais que ele ficando cada vez mais difícil os catinha pedido. sais chegarem a esta idade juntos. – E agora, o que faremos? Os joEu próprio havia sido uma das vítivens perguntaram. mas da separação. – Peguem as aves e amarrem uma A parte econômica, a meu ver é à outra pelos pés com essas fitas a principal causa de tantas separade couro. Quando estiverem amarções que ouvimos falar quase todos radas, soltem-nas para que voem lios dias e de pessoas próximas. Sem vres. Eles fizeram o que lhes foi orcondições financeiras ideais, o amor denado e soltaram os pássaros. A se vai. águia e o falcão tentaram voar, mas Também casos de intolerância conseguiram apenas saltar pelo terentre as pessoas têm pesado dereno. Minutos depois, irritadas pela mais nos relacionaimpossibilidade do mentos, sem convôo, as aves arretar com as uniões messaram-se uma estáveis, onde as contra a outra, biA lição principal é pessoas vão simcando-se até se plesmente morar saber que somente machucar. juntas, sem aqueEntão o velho livres as pessoas são disse: le compromisso capazes de amar. assumido perante - Jamais esquea Igreja e perante çam do que eso cartório de retão vendo, esse é gistros, o que lhes o meu conselho. concede, psicologiVocês são como a camente, maior facilidade para uma águia e o falcão. Se estiverem amarpossível separação. rados um ao outro, ainda que por Busquei opiniões de outros psiamor, não só viverão arrastandocólogos, li alguns livros sobre o as-se, como também, cedo ou tarde, sunto e nas minhas pesquisas encomeçarão a machucar um ao oucontrei um texto muito interessante, tro. Se quiserem que o amor entre que gostaria de compartilhar com os vocês perdure, voem juntos, mas amigos leitores sobre o assunto por jamais amarrados. Libere a pessoa mim levantado. que você ama para que ela possa Conta uma lenda dos índios Sioux voar com as próprias asas. Essa é que, certa vez, Touro Bravo e Nuvem uma verdade no casamento e tamAzul chegaram de mãos dadas à tenbém nas relações familiares, de amida do velho feiticeiro da tribo e pezade e profissionais. Respeite o didiram: reito das pessoas de voar rumo ao – Nós nos amamos e vamos nos sonho delas. casar. Mas nos amamos tanto que A lição principal é saber que soqueremos um conselho que nos gamente livres as pessoas são capazes ranta ficar sempre juntos, que nos de amar. assegure estar um ao lado do outro Assim podemos constatar que até a morte. Há algo que possamos não há uma fórmula especial para fazer? relacionamentos duradouros, o que E o velho Pajé emocionado ao vêé essencial é transformar as peque-los tão jovens, tão apaixonados e nas coisas cotidianas em grandes tão ansiosos por uma palavra, disse: coisas, respeitando os valores da ou– Há o que possa ser feito, ainda tra parte, tendo muito jogo de cintuque sejam tarefas muito difíceis. ra para conseguir atravessar imune Tu, Nuvem Azul, deves escalar por tempestades e maus momentos o monte ao norte da aldeia apeno relacionamento. nas com uma rede, caçar o falcão Moral da história: o melhor relamais vigoroso e trazê-lo aqui, com cionamento não é aquele que une vida, até o terceiro dia depois da lua pessoas perfeitas, mas aquele onde cheia. E tu, Touro Bravo, deves escacada um aprende a conviver com os lar a montanha do trono; lá em cima, defeitos do outro, e admirar suas encontrarás a mais brava de todas qualidades . as águias. Somente com uma rede Pense nisso!

balhou com vários prefeitos, semProsseguindo nossa narrativa sopre foi “pau para toda obra” e muito bre Toledo na década de 50, à frendedicado, desde a fundação do Clute do cemitério, havia duas chácabe do Comércio até se aposentar ras com pastos, da família De Conto prestando serviço na prefeitura. e de Luiz Basso (leiteiro). Na vizinhança morava o WaldomiNa sequência, a propriedade do ro Belotto, funcionário do escritório pioneiro Sr. Cornéllius. Deste lado da Maripá, mais tarde eleito vereatambém morava o Sr. Leduc, pioneidor, e o Severino Manosso, também ro e patriarca da família Leduc (as funcionário da Maripá. filhas casadas Emília Beal, Ignês LoSeguindo a rua, na quadra seguinrenz, e Sra.(?) Mazurek), com raízes te, na esquina, ficava o armazém do também em Marechal Cândido RonLindolfo Henrique Hoesker, vindo don (o Lincoln Leduc, famoso radiade Arroio do Tigre- RS, que ainda lista, falecido alguns anos atrás, costumava vender com “cadernevítima de acidente automobilístico). ta” com pagamento no fim do mês, Depois da divisa com a estrada, para os bons fregueses (inclusive estava a colônia do Sr. Barbieri, dedona Irene), ajudado por dona Herpois comprada pelo Yara Country ta, e os filhos (Odete, Nilse e LouClube, e do outro lado a colônia de rival). dona Ida Becker (hoje Vila Becker). Hoesker trabalhou como dentista Adiante, ao lado esquerdo, as por muitos anos em Arroio do Tigre, colônias do Sr. Iashombeck, outro até que sua saúde permitisse, e foi amigo que conquistei e grande. Na o único dentista “prático-licenciacurva da estrada para Dez de Maio, do” que eu conheficavam as proprieci - o único que dades dos Rigo, e tinha licença condos Felicetti. Voltando ao Arthur Mazzaferro era cedida pelo govercentro, na quadra pessoa importante em no federal, após prestar exame na onde hoje está a Toledo. Trabalhou com Universidade do Praça da Cultura (construída pelo vários prefeitos, sempre Rio Grande do Sul. prefeito Wilson foi “pau para toda obra” Eu disse que foi o único verdadeiraCarlos Kuhn com e muito dedicado. mente licenciado, a Casa da Cultuporque a maiora), havia somente ria dos dentistas uma casa, que era práticos que eu conheci, diziam-se do Arlindo Grizza, construtor, enlicenciados, porém só o eram pela canador, mecânico e faz- tudo, que prefeitura, depois de pagar o alvará se revelou mais na prefeitura resolde licença. vendo todos e quaisquer problemas Os únicos dentistas licenciados que apareciam na construção do legalmente foram os que se sujeiGinásio de Esportes Alcides Pan. taram às exigências impostas pelo Projetou e confeccionou todos os presidente Getúlio Vargas, no início mecanismos para levantar as tabeda década de 30, para regularizar a las de basquete e adaptação das situação de muitos práticos exisredes de vôlei e futebol de salão, tentes e a falta de profissionais sendo muito elogiado pelo então formados, isto até 1933, mais ou prefeito Duílio Genari. menos. Uma das condições era A casa do Grizza foi posteriorque já tivessem prática compromente desapropriada pela prefeivada de mais de cinco anos e ter tura como todo o quarteirão, para trabalhado por pelo menos um a formação de uma futura praça, ano com dentista formado, e tamhoje Praça da Cultura “Dr. Wilson bém só no município para onde a Carlos Kuhn”. O prefeito que desalicença era concedida. Depois de propriou o imóvel era o Dr. Ernesto exames de suficiência prestados Dall’Oglio, no seu segundo mandaperante banca de professores de to, sendo Atílio Tonin o presidente universidade, no caso Rio Grande da Câmara. do Sul, que eu saiba, único estado Arthur Mazzaferro morava ali deque concedeu títulos de dentistafronte. Ele era pessoa importante -prático-licenciado nessas condiem Toledo, braço direito de Willy ções. Barth na Maripá e na prefeitura, tra-

É suficiente abrir qualquer um Jesus demonstra-nos que o seu dos quatro evangelhos, para amor abrange a pessoa toda. nos encontramos imersos nos Deus quer o bem de seus filhos. Outras vezes, os gestos milamilagres que marcam constantemente a vida de Jesus. O que grosos de Jesus são manifestasão os milagres neste contexto? ções da sua divindade, como a São ações admiráveis, realizadas pesca milagrosa, devido à hora por Jesus, para iluminar a nossa insólita ou à quantidade de peimente e fazer-nos compreender xes. Admiráveis são os episódios em que Jesus ressuscitou que ele é o Senhor. Consideremos alguns exem- mortos, como quando restituiu à plos tirados dos evangelhos. viúva de Naim o seu filho único Jesus restituiu a vista a alguns ou quando ressuscitou Lázaro, cegos, levantou os coxos e os seu amigo, devolvendo-o à comparalíticos, curou os leprosos. panhia de Marta e Maria. Nestes Estes são apenas alguns casos acontecimentos sobressaiu clarelatados, pois sabemos dos ramente a natureza do milagre, Evangelhos que numerosos fo- pois só Deus pode ressuscitar os ram curados. Muitas vezes Je- mortos. Em contexto maior, o que recosus impôs o silêncio sobre a sua ação. Não quer ser considerado nhecemos como admirável é a obra de Jesus no como um curanseu conjunto. É deiro, mas deseja um grande gesto que a alegria pela A obra de Jesus é de amor pela husaúde readquium grande gesto manidade, fruto rida e se torne, da sua misericórdentro da pesde amor pela dia que se inclina soa, uma pergunhumanidade, fruto ta: quem é este da sua misericórdia sobre a humanihomem que está que se inclina sobre a dade pecadora. Sem ambiguidaà minha frente? humanidade pecadora. des, os evangePor que me ama lhos dizem-nos deste modo? O que Jesus afasque está por trás tou os demônios da autoridade das suas palavras e da luz do seu e perdoou os pecados. Ele disse olhar? Por que ele curou-me? à adúltera: “Também eu não te condeno. Vai e de agora em dianQuem é ele? O milagre torna-se um sinal que te não tornes a pecar” (Jo 8,11). leva o agraciado à fé. Se não for Ao expulsar demônios e restituir estimulada na pessoa esta nova a liberdade e a paz às pessoas maneira de ver, o evento milagro- possuídas e atormentadas, Jesus so continuará a ser certamente mostrou a razão de sua encarnaum fato incompreensível, até ção: libertar dos laços do pecado maravilhoso, mas que não produ- e abrir as portas da eternidade. zirá uma mudança duradoura e Deus fez-se homem em Jesus significativa. Nos evangelhos, as para assumir sobre si os nossos curas dos leprosos ocupam um pecados e libertar-nos do mal. O mistério da encarnação de lugar especial, visto que na antiguidade a lepra era considerada Jesus, assumindo a nossa humanão só como uma doença física, nidade, é prova do seu infinito mas também espiritual. Era uma amor por cada pessoa. Tenhaenfermidade terrível que obriga- mos presente que o amor de va os leprosos a afastarem-se Deus continua a manifestar-se de suas famílias, da convivência em nossos dias. Ele prometeu social e, pior ainda, eram consi- que estaria sempre conosco e, derados pecadores. Curando-os de fato, ele está no meio de nós.


Toledo/PR • 14 a 20 de setembro de 2012

07

ESPORTES Ricardo e Rodrigo Sperafico disputam Bola volta a rolar na semana que vem pelo prova da Stock Car em Cascavel Campeonato Amador

O Autódromo Internacional de Cascavel será reinaugurado neste final de semana em grande estilo, recebendo a oitava etapa da Copa Caixa Stock Car. Na pista, a torcida será grande para os toledanos Rodrigo e Ricardo Sperafico, da equipe Prati-Donaduzzi. Para Rodrigo, correr no autódromo de Cascavel é como estar no quintal de casa: “Com certeza tem um gosto especial. Antes, Londrina era o circuito mais próximo, agora estamos literalmente ao lado de casa. A presença dos amigos e dos patrocinadores é sempre algo que em-

polga ainda mais”. Ricardo complementa e diz também que a presença dos amigos e da família traz um ar mais especial pra etapa: “Já estamos correndo há algum tempo na Stock Car, as expectativas para correr em Cascavel são as melhores. Se não ganharmos, não vai ser por falta de torcida, todo mundo vai estar lá!”. Rodrigo, que diz estar evoluindo a cada etapa do campeonato, confessa que apesar da pista nova ser um desafio para todos os pilotos, as expectativas são muito boas para o final de semana: “Eu já havia corrido em Cascavel

Após uma paralisação de quase dois meses, a bola vai voltar a rolar pelo Campeonato Municipal de Futebol Amador – Copa Sicredi Oeste – Troféu RC Esportes. O reinício da competição será na semana que vem dias 22 e 23, com os jogos valendo pela quarta rodada do certame.

Os jogos serão os seguintes: Colorado/São Luiz x Comercial; Penharol x Maracanã/Vila Nova; Santos x Náutico; Panorama x Socedema; São Paulo x Ipiranga. Folga: Coopagro. A categoria Sub-20 também volta a campo pela quarta rodada, com os mesmos confrontos do Amador.

Ricardo e Rodrigo Sperafico contam com o apoio da torcida na prova que acontece neste final de semana em Cascavel na pista antiga, antes da reforma. A vantagem é que teremos um treino extra, fica

mais fácil de se adaptar ao circuito novo, que está mais largo do que o antigo”.

Toledanos conquistam 19 medalhas em campeonato de Jiu Jitsu A bagagem veio pesada, com 19 medalhas: 10 de ouro, seis de prata e três de bronze. Essas foram as conquistas dos atletas da academia Gracie Barra Sul/Red Lions/RedeLux/Rodolfo Garcia na 6ª Copa Cascavel de Jiu Jitsu. A competição aconteceu no domingo (10) no Complexo Esportivo Ciro Nardi. Atletas de Toledo, Palotina e Marechal Cândido Rondon defenderam a academia que ficou em segundo lugar na classificação geral. Em primeiro ficou Bera Jiu Jitsu, de Cascavel e em terceiro, Poderoso Jiu Jitsu. Os destaques foram os atletas Douglas Mellos (faixa preta) que conquistou o primeiro lugar na categoria médio e absoluto, e Klidson Abreu (faixa roxa) que ficou em primeiro lugar na categoria super pesado e absoluto. Ainda na faixa preta, a academia trouxe medalhas com

Rodolfo Garcia (2º lugar, pesadíssimo), que depois de anos parado, voltou a competir; Laércio Laurindo (3º lugar, médio) e Claudio dos Santos (3º lugar, pena). Na faixa branca, seis atletas ocuparam o lugar mais alto do pódio: Mário Castello (leve), André Holtz (pena), Eduardo Zalewski (médio, juvenil), Nicolas Schone Holz (pluma, juvenil), Janaína Tolfo (leve) e Ana da Silva (pena, mirim). Em segundo lugar, ficaram Alessandro Padilha (meio pesado), Eduardo Rotta (meio pesado, juvenil), Augusto Schone Holz (pluma), Leonardo Cogo (leve, mirim) e João da Silva (pluma, mirim). Também na faixa branca, Jair Majolo (super pesado) conquistou o terceiro lugar em sua categoria. “Nossos objetivos foram alcançados. A nossa participação

Campeonato Amador e Sub-20 voltam à ativa na semana que vem

PITÁGORAS S. BARROS

Professor e bancário aposentado, ex-vereador e missionário pita_barros@yahoo.com.br

Os sons do coração (I)

Atletas da faixa preta mostram as medalhas conquistadas no campeonato em Cascavel foi ótima e reforçamos o nome da nossa academia no cenário regional”, assegura o técnico, Rodolfo Garcia. Cerca de 200 lutadores participaram da competição. Ele destaca a participação da

atleta Ana da Silva, que com 11 anos, foi a única menina a disputar na sua categoria. “Ela lutou contra garotos, mostrou força e técnica e conquistou o primeiro lugar”, relata orgulhoso o técnico.

Copa Sicredi acontece Basquete Sub-17 neste final de semana garante vaga a final Acontece neste sábado, a quarta edição da Copa Sicredi Oeste de Futebol Sete. O certame terá disputas nas categorias masculino e feminino, e tem como objetivo proporcionar entretenimento e lazer para os associados. A competição vai reunir as comunidades da área de atuação da cooperativa, nos seguintes locais: Toledo (Unidades Centro, Barão, Pioneira e Dez

de Maio) - na Associação Banestado; Nova Santa Rosa, no campo da Asmunsar; Vila Nova e Novo Sarandi, no Esporte Clube Ouro Verde; Tupãssi, no Memória Country Clube; São Pedro do Iguaçu e Ouro Verde do Oeste. Os campeões regionais participarão da grande final que acontece no dia 22, na Associação do Banestado, em Toledo.

do Paranaense

REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DO PARANÁ COMARCA, MUNICIPIO E DISTRITO DE TOLEDO RUA ALMIRANTE BARROSO1 1713 - CENTRO O senhor SÉRGIO PAZZOTI LAURINDO, ofi cial do cartório de registro civil de pessoas naturais, no uso de suas atribuições (art. 1527), FAZ SABER, a quem interressar, que as pessoas a seguir nominadas requereram suas habilitações para casarem-se civilmente perante este Cartório, apresentando os documentos exigidos pelo art. 1.525, I a IV, do Código Civil Brasileiro.

Relação de processos de casamentos Altieres Pereira Machado

Tatiana Roberta Bertol

Antonio Marcos Trovo

Francisca da Costa Freire

Clodomar Pereira de Araújo

Ana Cláudia de Oliveira

Hassan Kachimar

Jamile Barreto de Aragão

Jonatas Barreto

Miria Becker Prestes

José Cezário de Paula

Lindalva de Souza

Lucas Renan Pastore

Stella Taciana Fachin

Maicon Rafael Walker

Cristina Reinke

Rodrigo Russo

Laura Zillmer

Rogério Rodrigues

Leidi Cristiane de Aquino Fróes

SE ALGUÉM souber de impedimento ou causa suspensiva, oponha-o na forma do art. 1529 do Código Civil. DADO E PASSADO nesta cidade e Comarca de Toledo-PR, aos 14 dias do mês de setembro de 2012. (ass.) Sérgio Pazzoti Laurindo - Oficial

O time Sub-17 de Toledo conquistou vaga para disputar a final do Paranaense O time Sub-17 do projeto Ninfa/Incomar/Toledo garantiu vaga na fase final do Campeonato Paranaense de Basquete, que vai acontecer de 10 a 14 de outubro. A conquista da vaga veio com

o terceiro lugar obtido no Campeonato Paranaense, encerrado no final de semana passado. Na mesma competição, o time Sub-13 de Toledo terminou em quarto lugar.

pelos irmãos lassalistas eram os boEu vi o filme com este nome e me leiros bons de bola, como o Edir Lolembrei dos meus sons do coração, catteli, o Werner Keller, o Cláudio Soprincipalmente na minha juventude, mensi e o Gerhardt Dietrich. A cada ao lado do Rafael Wiezzer, do Adeboa partida eles tinham um ou dois mir Donin, do Jurandir Dalprá (Nica), pontos a mais nas notas. Foi por aí do Clóvis Mazzafferro, do Nativo e que o Tita descobriu o “caminho das do Norberto Lang. Ouvíamos os Beaíndias” - inventou o conjunto Os Rittles, Chubby Checker (o rei do Twismistas, cuja primeira formação conty), Elvis Presley (o rei do Rock), The tou com a dupla citada e mais o AdeMamma´s and the Pappa´s, Cliff Rilar Bracht (violão adaptado com um chards, The Fevers, Os Incríveis, Remicrofone amarrado ao braço com nato e seus Blue Caps, Os Carbonos fita adesiva), Edmir César Della Cose outros “pauleiras” para a nossa ta (marimba), Danilo Mattielo (conépoca. Por causa desse nosso gostrabaixo) e mais o Nelton Friedrich to éramos taxados de “transviados” que entrou para ser uma espécie de pelo Lidovino Perin, mas numa boa. apresentador, mas que, além disso, Poucos fora de nosso grupo saaprendeu a tocar chocalho, maraca biam das outras preferências que e triângulo para não ficar de bobeitínhamos como: Ray Conniff, Billy ra enquanto os outros tocavam, haja Vaughan, Louis Armstrong, Glen Milvista que não cantava nada. ler, Paul Anka, The Platters, Frank Começaram os Sinatra, Nat King treinos na casa do Cole, Elton John, Attilio Dalla Costa Diane Ross, Toni e da dona MargaBenett, Ray CharÍamos a todos rida, mas também les e Trini Lopes. Éramos ecléticos e matinês dançantes ensaiavam nos fundos do teatro do La nem conhecíamos domingueiros mais Salle. este termo. Tomaram “teAs outras turmas para ouvir música do nência” e resolvetambém não se diram estrear para ferenciavam muique para dançar. a comunidade em to de nós. Tinha a um baile no Clube turma do Tita Camdo Grêmio, conpos, que incluía tratados pelo exo Zé Miguel Kuhn -presidente Danilo (Mig) e o irmão AnPagot, que igualmente era o goleiro tônio Carlos (Neco), os manos Elizier titular do time. e Edmir Dalla Costa; tinha a turma O baile foi no dia 5 de março de do Vítor Beal e do Sérgio Kloeckner; 1964, véspera do início da Quaresa do Nelton Friedrich e do Olavo Roma. Justo por isso, à meia-noite o Sr. hde, e tantas mais. Bracht veio buscar seu filho Adelar e Íamos a todos matinês dançantes não teve argumentação que o demodomingueiros mais para ouvir músivesse do intento. Isso praticamenca do que para dançar. Também era te acabaria com o baile, mas então interessante chegar cedo ao Cine o restante dos músicos correu até Imperial para conhecer os últimos a casa do Alceu Correia Pinto, funlançamentos musicais que o Lucídio cionário da Prefeitura que era exímio Mendes trazia de fora. violonista. Depois de alguma insisE então... Eureka! Surgiu um contência – enquanto acontecia a pausa junto musical nos sítios do Colégio no baile – conseguiram levá-lo e terLa Salle, a partir de uma ideia do minar a noitada que foi até às 6 hoTita de “matar” a aula cívica semaras da manhã. Fato que deixou o panal, tentando enganar o irmão Jorge dre Santo Pelizier muito irado e ele (diretor) com – ao invés de uma depraticamente excomungou a gurizaclamação, poesia ou discurso cívico da na missa matutina. – tocar uma bateria que era do Sapo O baile, não é preciso dizer, foi um (Erwino Hutt), acompanhado pelo sucesso. Melhor ainda com a particiElizier com sua gaita de 12 baixos. pação do Alceu. Os dois acabaram por ser aclamaOs sons do nosso coração estados e o irmão Jorge gostou, apesar vam tomando, a partir daquela data, de o Tita só tocar samba e o Elizier identidade e endereço com aquela só vaneirão. galera animada. Naqueles tempos os preferidos


08

Toledo/PR • 14 a 20 de setembro de 2012

GERAL Conexão Empresarial

Toledo realiza a quarta edição da Feira de Imóveis

Oscar Schmidt abriu o programa que conta com quatro grandes palestras Feira teve lançamento realizado na entidade de apoio empresarial

Feira teve lançamento realizado na entidade de apoio empresarial

A FEIRA Participarão da Feira de Imóveis Obra Nota 10 as empresas integrantes do Núcleo Setorial de Imobiliárias: Imobiliárias Ativa, Maximize, Modelo, Panorama, Plena, Giaretta, Habitabem Brasil, Pascoal Corretores de Imóveis, Dal Bosco Engenharia e Construções, Rivel Consórcios; Caixa Econômica Federal, como instituição financeira oficial do evento; e Sebrae/PR, no apoio. A abertura da Feira será na sexta-feira (21), às 14h, com encerramento às 22h. No sábado (22), o horário de funcionamento será das 9h às 22h e no domingo (23), das 9h às 20h. do seu imóvel”, ressalta. Este é o segundo ano em que a Feira é realizada na forma de circuito, abrangendo Foz do Iguaçu e Cascavel, e a evolu-

ção tem sido constante. Conforme o consultor do Sebrae/PR e gestor do Programa Obra Nota 10, Volmir Valentini, o circuito de feiras movimenta o merca-

do imobiliário de todo o Oeste do Paraná. “E importante gerar negócios para as empresas que produzem e vendem imóveis e acima de tudo, oferecer ao consumidor final boas oportunidades para realizar o sonho de adquirir casa própria”, salienta. “As inovações que as empresas implementam no dia a dia na assessoria e comercialização de imóveis serão apresentadas na feira, além das simulações de financiamentos e facilidades para acesso ao crédito, complementa, o consultor.

Recorde de financiamento de veículos é comemorado pelo Sicredi

www.miriamriosdecoracoes.com.br

Papel de Parede

Financiamento de veículos alcançou recorde na cooperativa de crédito

O Sicredi registrou recorde no financiamento de veículos em julho deste ano, totalizando saldo superior a R$ 1 bilhão. Em comparação com o mesmo período de 2011, houve um aumento de 42% no saldo da carteira. O destaque estende-se à baixa inadimplência, onde o percentual das operações em atraso superior a 90 dias é de 1,6%, em julho de 2012, 4,4 p.p. abaixo do mercado, que

apresentou uma inadimplência de 6% no mesmo período. As perspectivas são de que os índices continuem positivos até o final do ano. “A proximidade da cooperativa de crédito com o associado é um dos grandes diferenciais. Esta relação nos permite orientar o associado na escolha de produtos e serviços adequados a sua necessidade, como o crédito, e reflete-se na baixa inadimplência”, analisa Paulo Valadares Pereira, superintendente de Crédito do Banco Cooperativo Sicredi.

R$ 139,00

Com previsão de apresentar cerca de dois mil imóveis ao público interessado, a etapa de Toledo da 4ª Feira de Imóveis Obra Nota 10 está programada para os dias 21, 22 e 23 de setembro, no Centro Comercial Catedral. O lançamento do evento ocorreu na terça-feira (11), com a presença de lideranças do município, organizadores, parceiros e expositores. A iniciativa envolve o Sebrae/PR, Sindicato da Habitação e Condomínios do Paraná - Secovi/PR, Núcleo Setorial de Imobiliárias, com apoio da Associação Comercial e Empresarial de Toledo e patrocínio da Caixa Econômica Federal. Em Toledo este é o quarto ano consecutivo em que é promovida a Feira de Imóveis. A primeira edição aconteceu durante a 16ª Feira Shopping, em 2009, e nos anos seguintes, ganhou maiores proporções. Segundo o coordenador do Núcleo Setorial de Imobiliárias, Gabriel Sebben, aproximadamente três mil imóveis serão ofertados. Entre eles, apartamentos, casas, imóveis comerciais e rurais, além da opção de imóveis na planta. “A expectativa é de que a feira fomente os negócios no segmento. Como já é o quarto ano, o evento tem credibilidade, o público já está familiarizado e sabe que encontrará boas oportunidades para aquisição

Oscar Schmidt traz lição de persistência

O segredo do sucesso é trabalhar com obstinação e paixão. Esta é uma das convicções de vida que o ex-jogador de basquete Oscar Schmidt relatou na palestra de abertura do Programa Conexão Empresarial para um público de aproximadamente mil pessoas, no Teatro Municipal. O evento é promovido pela Associação Comercial e Empresarial de Toledo (Acit). Com números impressionantes, como a marca de 49.737 pontos em 32 anos de carreira, sendo 20 deles defendendo a seleção brasileira de basquete, Oscar destaca que venceu pela obstinação, porque queria ser cada vez melhor no que fazia. “O sucesso não chega sem sacrifícios. Precisa ter foco e treinos”, assegura. Após deixar as quadras, com 49 títulos em campeonatos, sendo o último aos 45 anos, Oscar passou a se dedicar a transmitir sua experiência e fazer palestras por todo o país. O que também não aconteceu de modo fácil ou sem persistência. Começou em 1996, de forma amadora, mas com o tempo e novamente, obstinação, se aperfeiçoou. “Não sabia nada, mas sempre tive isso comigo. Vou fazer e vou ficar bom nisso. Trabalhei dei duro e quero ganhar o prêmio top of mind do Estadão. Vou morrer tentando”, brincou. De forma simples e descontraída, Oscar relatou que sua vida é pautada em cinco valores, visão, decisão, time, obstinação e paixão. A partir destes valores, conduz sua palestra, levando lições de vida que podem ser aplicadas na vida profissional e no ambiente empresarial. “O segredo do sucesso é trabalhar para vencer e por prazer. Tem que sair do comodismo, ter determinação, coragem, treinamento e persistência. E para continuar

a vencer, tem que inovar e se especializar”, ensina. Lições para a vida cotidiana Para o diretor de Treinamentos da Acit, Rogério Oliveira, a avaliação da palestra é positiva. “Tivemos uma palestra descontraída, em que foram repassados valores muito importantes para o dia a dia pessoal e profissional. Pela manifestação do público, superou as expectativas”, afirma. Segundo o gerente da loja Salfer, Agnaldo Navarrete, a palestra proporcionou momentos especiais e valiosos. “Ele falou de valores que precisamos resgatar, mudar posturas e buscar a auto-motivação. Nas empresas começamos a viver um outro, trabalhando com a gestão de pessoas e é preciso mostrar que a capacidade e o poder de execução está em nós mesmos. Temos que acreditar neste potencial para fazer a diferença.” O empresário Claudiocir César Camargo, da Tolear, ressalta que os exemplos citados por Oscar servem para refletir a forma de liderança. “Participamos junto com dez colaboradores e todos tiveram uma excelente avaliação. Nos faz refletir sobre como liderar nosso time e todos os conceitos e valores podem ser aplicados para obter o melhor resultado”, salienta. Ao final da palestra foi sorteado um tablet. O ganhador é Irineu Nascimento, colaborador de uma revendedora de veículos associada à Acit. Parceiros Para realizar a sexta edição do Conexão Empresarial a Acit conta com parceria das Lojas LM, Ford Slaviero, Supermercados Lunitti, Lumiar Turismo, Olinda Park Hotel, Gráfica JA, Result Consultores, Fiasul, Colégio La Salle, Sicoob Oeste, Sebrae e Prefeitura de Toledo. Especializada em forro e molduras em gesso, portas e janelas em vidro temperado, box para banheiro, piso laminado, portas e janelas em PVC (tecnologia alemã), persianas, entre outros. Rua barão do Rio Branco, 3593 Vila Industrial 3054-5157/3055-4193


09

TURISMO Chapada Diamantina: beleza natural no coração da Bahia Nem só de praia é formada a paisagem da Bahia. No coração do estado está um dos mais belos cenários do país, salpicado de cachoeiras, grutas, cânions e vales. Cobiçado pelos amantes do trekking, o Parque Nacional da Chapada Diamantina tem atrações que extrapolam seus limites e se espalham por cidadezinhas que tiveram seu apogeu no final do século 19, quando a região era famosa somente pelas jazidas de diamantes. Uma das principais cidades da Chapada é Lençóis, com suas ruas de paralelepípedos e casario colonial que abriga pousadas, restaurantes e

agências que oferecem atividades pelo parque e arredores. São muitas as opções de passeios - feitos sempre caminhando. Imperdíveis são os que levam aos cartões-postais: morro do Pai Inácio, com 1.200 metros de altitude, vista panorâmica e ponto de contemplação de um belíssimo pôr do sol; e cachoeira da Fumaça, a maior do país, com 380 metros de queda. Como as atrações ficam distantes umas das outras, vale a pena pernoitar em outras cidades e povoados, como Mucugê, Andaraí e Vale do Capão, que oferecem charmosas pousadinhas, mesa farta e típica e mui-

ta hospitalidade, além de guardarem e contarem histórias do Ciclo dos Diamantes. As casas dos nativos também se tornam abrigos na Chapada - são nelas que os aventureiros que encaram os cinco dias de caminhada pelo Vale do Paty fazem pernoites, com direito a comida caseira, luz de lampião e muita prosa. A travessia tem 70 quilômetros e surpreende os trekkers do início ao fim. Por todo o percurso surgem recompensas naturais, como platôs, quedas d’água, rios, vales, poços, grutas, etc. Não é à toa que a travessia é considerada a mais bonita do Brasil.

Cachoeira da Fumaça A cachoeira mais alta do Brasil, com 380 metros, é uma das principais atrações da Chapada. A maneira “mais fácil” de vislumbrar a água que jorra de um buraco no paredão é de cima, arrastando-se até a beira do precipício. Para chegar lá é preciso caminhar duas horas (seis quilômetros). Quem pretende apreciar a queda por baixo deve se preparar - partindo de Lençóis, são três dias de caminhada em meio às serras. Gruta Torrinha A mais interessante gruta da Chapada é tomada por ornamentações, como as agulhas de gipsita, com 60 centímetros de comprimento; e as raras flores de aragonita, que parecem de vidro. As visitas guiadas duram entre uma hora e duas horas e meia e, em alguns trechos, é preciso andar agachado.

Chapada Diamantina: muita natureza no coração da Bahia

Cachoeira do Buracão: é possível nadar próximo à queda

Cachoeira da Fumaça: 380m de queda

No Poço Azul é possível flutuar pelas águas cristalinas e azuladas

Poço Azul Uma caverna inundada por águas cristalinas e azuladas só poderia ganhar o nome de Poço Azul. A profundidade chega a 16 metros e é permitido flutuar em alguns trechos - apesar da profundidade, dá para observar as formações rochosas incríveis debaixo da água transparente. Vá no início da tarde, quando a incidência do sol deixa as águas ainda mais azuis. O poço fica fora da área do Parque Nacional e é cobrado ingresso. O passeio e a flutuação são acompanhados por guias. Cachoeira do Buracão A caminhada fácil passa por belos cenários como Rio Manso, “Espalhado” - conjunto de pequenos poços formados pelo rio -, Buracãozinho (piscina em meio a um cânion) e cachoeiras das Orquídeas e do Recanto Verde. Cerca de uma hora depois, chega-se a um cânion de três metros de largura e 90 de altura (por onde corre um rio de águas escuras), que leva ao Buracão. Nesse ponto, há duas opções: colocar um colete salva-vidas e nadar (mais segura) ou atravessar uma pinguela em meio aos paredões, além de caminhar agarrado às pedras (deixe essa tarefa para o guia, que levará sua máquina fotográfica com segurança). Quem enfrenta os desafios é recompensando com uma grande aventura - nadar próximo à queda, de 85 metros, e até entrar atrás da cortina de água, dependendo do volume. No caminho de volta, dois mirantes naturais descortinam a queda e o “buracão” de cima - a vontade é de voltar e sentir a emoção toda de novo! A cachoeira fica em Ibicoara, a 93 quilômetros de Mucugê.

Natal e Reveillon no Hotel Panorama em Foz do Iguaçu Com o final do ano quase chegando, vem a dúvida sobre qual destino escolher para viajar com a família, aproveitar as férias as datas comemorativas mais esperadas.

E quando o assunto são momentos inesquecíveis, Foz do Iguaçu é o roteiro turístico certo para quem busca diversão, aventura e principalmente belezas naturais. Prova disso são os milhares de turistas que passam pela cidade todos os anos. Localizado próximo as Cataratas do Iguaçu, o Hotel Panorama & Acquamania Resort preparou pacotes especiais para o Natal e Réveillon na Terra das Cataratas. O pacote de Natal oferece uma deliciosa ceia, com coral natalino além de acesso ao Parque Aquático Acquamania. O hotel disponibiliza também a opção de Ceia de Natal, para quem deseja apenas saborear a culinária dessa noite e aproveitar a data especial. Já o pacote “Réveillon das Águas” coloca a sua disposição o passeio no Parque das Aves, o delicioso almoço no Restaurante Porto Canoas, com vista para as Cataratas do Iguaçu, e uma super aventura no Macuco Safári. Aproveite também a oportunidade única que a cidade oferece e faça compras direto do Paraguai. Encerre o ano em grande estilo com os pacotes de Natal e Réveillon do Hotel Panorama & Acquamania Resort. Faça sua reserva no site www. hotelpanoramaresort.com.br ou ligue (45) 3529-8200.

R$ 281,47

Jr.

Toledo/PR • 24 de 01 de março 2012 Toledo/PR • fevereiro 14 a 20 dea setembro de 2012

Desfrute as delícias das festas de final de ano no Hotel Panorama

R$264,00


10

Toledo/PR • 14 a 20 de setembro de 2012

SOCIAL

“O silêncio é um amigo que nunca trai.”(Confúcio)

ALEX DONEGA

alex@vivertoledo.com.br

Prato cheio

Canção

Um dos maiores eventos gastronômicos do País, a Festa Nacional do Porco no Rolete movimentará, domingo que vem, o Clube Caça e Pesca de Toledo. A trigésima nona edição do almoço atrairá cerca de 30 mil comensais.

Jovens talentos de Toledo já podem começar a afinar a voz, pois a Secretaria de Cultura de Toledo já abriu as inscrições para o 3º Festinho – Festival da Criança de Toledo. O evento, que será realizado no Teatro Municipal, nos dias 13 e 14 de outubro, é destinado a cantores das categorias Infantil, de quatro a sete anos, e Infantojuvenil, de oito a 13 anos.

Exposição A Secretaria de Cultura realizará no dia 14 de setembro às 19h30, no Teatro Municipal de Toledo, a abertura da exposição de arte em homenagem ao artista plástico toledano Lauro Schuck (in memorian). A exposição será de 14 a 29 de setembro reunindo aproximadamente 30 obras de arte com pinturas em tela com figuras humanas, paisagens e pintura sacra.

Luis durante sua apresentação no King’s Pub, inclusive foi um sucesso de público Fabiana Pansera em um belo ensaio feito por Mario Marcante

Estar Foi aprovado em Toledo projeto de lei que promete dar fôlego aos usuários do EstaR (Estacionamento Regulamentado). Se for sancionado pelo executivo municipal, os condutores terão até 15 minutos de tolerância antes de serem notificados ou multados por não possuir o cartão. Atualmente, a regra em vigor é a seguinte: o veículo que for flagrado na zona demarcada, das 9h às 12h e das 13h às 17h de segunda à sexta e das 9h às 12h dos sábados sem o cartão, é automaticamente notificado. O autor do projeto foi vereador Ademar Dorfschmidt (PMDB).

As inseparáveis amigas Marcia e Ana Paula estiverem recentemente no Rio de Janeiro, participando de um Congresso Acadêmico, e nas horas vagas aproveitaram para conhecer e curtir um pouquinho as belezas de lá. Curtindo um belo Sol na Praia de Copacabana, na Confeitaria Colombo, a mais antiga e famosa do Rio.

Violência As cinco maiores cidades do Oeste, que juntas reúnem mais de um terço de toda a população regional, registraram nos oito primeiros meses deste ano um dos períodos mais violentos da história, uma preocupante média de um homicídio por dia.

Crianças à partir de 4 anos de idade ganham

35% de desconto!


Toledo/PR • 14 a 20 de setembro de 2012

11

SOCIAL MACIEL

maciel@anestezia.com

Desembargador Miguel Kfouri Neto com seu Título de Cidadão Honorário de Toledo, ladeado pelo prefeito José Carlos Schiavinato e pelo diretor do Fórum, Eugênio Giongo

Cidadão do Oeste

Tais Beurem e Lily Boeno, destaques nos acontecimentos sociais da região.

Pedro Muffato é o mais novo Cidadão Honorário do Oeste do Paraná. A escolha de seu nome foi definida pelos 52 prefeitos da Amop - Associação dos Municípios do Oeste do Paraná. Empresário e piloto de automobilismo, Muffato, que desde a temporada de 2000 atua no Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, compunha uma lista de cinco personalidades da região e foi apontado por unanimidade para receber a comenda.

a

Malou Amarilla, de Asunción, Paraguay, prestigiando o Empório Santa Maria

As amigas Luiza, Camila, Marina e Suelen

Conexão Empresarial Foi ótima a palestra proferida por Oscar Schimidt, um dos maiores jogadores de basquete de todos os tempos, com o tema Obstinação e Trabalho em Equipe, atraindo a atenção do grande público que lotou o teatro. As fotos do evento estão à disposição no site www. anestezia.com.

Amanda, Eloisa, Karine, Gabriela, Camila e Lais na Green Lake

Cidadão do Oeste II “A escolha de Muffato para o título justifica-se com louvores por vários aspectos”, observa o presidente da Amop, José Carlos Schiavinato, prefeito de Toledo. “Pelo aspecto político, já que foi vereador e prefeito de Cascavel, pelo aspecto esportivo, pela brilhante trajetória nas pistas de corrida, pelo aspecto empresarial e sobretudo pelo arrojo em todas essas áreas. Pedro Muffato é um homem que se caracteriza pelo pioneirismo e pela iniciativa”, atribui.

Cidadão Honorário

Isabela, Gabriela, Laura, Carol e Julia na balada curtindo a Green Lake

Emocionante. Assim podemos dizer sobre a sessão solene que a Câmara Municipal promoveu, no Auditório do Centro de Eventos Ismael Sperafico, quando fez a outorga do Título de Cidadão Honorário ao Desembargador Miguel Kfouri Neto, o qual, visivelmente emocionado, enalteceu por várias vezes a cidade e efusivamente agradeceu a todos pela honraria. Logo após a cerimônia, que pouco antes contou com os atos oficiais de instalação da Terceira Vara Cível e da Vara de Família e ainda a elevação da comarca para Entrância Final, os convidados foram recepcionados com um jantar no Olinda Park Hotel. As fotos da sessão solene e do jantar estão à disposição no site www.anestezia.com.

38

A beleza de Marcia Sales


12

Toledo/PR • 14 a 20 de setembro de 2012

SOCIAL

“O senhor não daria banho em um leproso nem por um milhão de dólares? Nem eu. Somente por amor se pode dar banho em um leproso.” (Madre Teresa de Calcutá)

WANDERLEY GRAEFF

wanderley@vivertoledo.com.br

Porco no Rolete Um show de gastronomia e atrativos vai marcar a 39ª Festa Nacional do Porco no Rolete, neste domingo, no Clube de Caça e Pesca. Trata-se de um evento de vários ambientes contidos numa grande festividade, atraindo milhares de visitantes e turistas de várias partes do país. Entre os atrativos, uma exposição de carros antigos e, no período da tarde, a apresentação da Esquadrilha da Fumaça.

Conexão

A Miss Santa Catarina 2012, Manoella Deschamps, visitou o Beto Carreo World. Apaixonada pelos personagens da DreamWorks, Manoella fotografou ao lado da turma de Madagascar, Po (Kung Fo Panda), Shrek e Gato de Botas. A bela catarinense concorre ao Miss Brasil com outras 26 misses, no dia 29 de setembro

Reflexão Nestes tempos de eleições, uma reflexão de autoria do geógrafo e escritor Milton Santos - um cidadão que pensou o mundo, que o arquiteto Ênio Perin postou em sua página no Facebook: “Um homem que pensa, e que, por isso mesmo, quase sempre se encontra isolado no seu pensar, deve saber que os chamados obstáculos e derrotas são a única rota para as possíveis vitórias, porque as idéias, quando genuínas, unicamente triunfam após um caminho espinhoso”. Uma mensagem, sem dúvida, forte e que deve servir de inspiração a muita gente.

Marlene e José Carlos Schiavinato, ele prefeito de Toledo pelo segundo ano consecutivo e com 33 anos de carreira no serviço público, completou quarta-feira, 12, 58 anos de idade

Sucesso

Depois de Oscar Schmidt e Dado Schneider, Leila Navarro fará a palestra da vez do Conexão Empresarial 2012. “Resultado e Sucesso” será o tema no evento promovido pela Associação Comercial e Empresarial de Toledo. Será segunda-feira (17), às 20h, no Teatro Municipal.

Casa

Ermínia e Wagner Machiavelli, quando prestigiavam o lançamento do novo livro de Bruno Radunz

A Casa Toledo será aberta nesta sexta-feira à visitação do público. O evento permanecerá aberto até 14 de outubro, na Avenida Maripá 5505. Alem dos vários ambientes preparados por arquitetos, decoradores e designers, haverá uma programação paralela de palestras, rodas de conversa, café, exposições e apresentações culturais.

Bom Jesus

Bruno no lançamento do livro, entre Neudir e Jaci Schumacher

O escritor Bruno Marcos Radunz, colaborador do Viver Toledo e presidente da Academia de Letras de Toledo, é só sorrisos com o desempenho comercial de sua mais recente obra. “Fernando Collor de Mello – O Mito” está vendendo que é uma maravilha nas livrarias – na toledana Saber, tambem é sucesso. Bruno tambem comemora o sucesso do contrato com o Grupo Livrarias Curitiba, que está presente em Curitiba, São José dos Pinhais, Londrina, Ponta Grossa, Maringá, São Paulo, Florianópolis, Joinville, Blumenau e Balneário Camboriú, num total de 19 lojas, alem da venda pelo site.

Um jantar beneficente, nesta sexta-feira, 14, vai marcar os 41 anos do Hospital Bom Jesus. O evento será realizado na Associação de Moradores de São Roque de Lopeí – BR-467, com acesso ao lado do Big Peixe. Na oportunidade será feito o lançamento da campanha “41 motivos para você contribuir com o Hospital Bom Jesus”.

sobrou

Fernando, Flávia e Enzo Fenner, em trajes gremistas, na “Trilha da Sustentabilidade”, promovida pelo Colégio Alfa/Intentus

Rápidas A Secretaria de Cultura de Toledo convida para uma exposição de arte - Figura humana, paisagens e pintura seca - em homenagem ao artista plástico toledano Lauro Schuck - in memorian (19252007). O evento permanecerá aberto entre 14 e 29 de setembro, no hall do Teatro Municipal. Sesi Fashion é o evento de quarta-feira (19), às 19 horas, no Teatro Municipal. A promoção é do Colégio Sesi. Informações sobre ingressos: (45) 3379-6166. Estão abertas as inscrições para o 3º Festinho Festival da Criança de Toledo, agendado para o dia 14 de outubro, no Teatro Municipal. Poderá ser inscrito um representante indicado por município que integra a Associação Cultural do Extremo Oeste do Paraná. Informações: (45)3055-8712 e 3055-8713.

Gesso Convencional e Acartonado, Papéis de Parede, Persianas, Banheiras, Cubas e Acabamentos em Geral, Pisos Laminados, Pisos Porcelanato, Revestimentos, Pastilhas, Aberturas em Vidro Temperado

45 3055-4574 - RUA BARÃO DO RIO BRANCO, 2107 - CENTRO - TOLEDO - PR

Ortodontia - Implantes Dentários, - Cirurgia Bucal Facial Prótese Dentária - Estética Bucal Mastersat Eletrodomésticos, Eletrônicos e Informática Ltda Rua Barão do Rio Branco, 1782 - Centro - Toledo - PR Tel (45) 3054-5009 / (45) 3054-5045

Dra. Kely Gruber - Dr. Isabella Rotta - Kleber Gruber Tel: (45) 3054-7922 - (45) 9961-7919 Rua Haroldo Hamilton, 596, Centro Comercial do Lago - Toledo - PR

161ª edição do Jornal Viver Toledo  

161ª edição do Jornal Viver Toledo

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you