Page 6

calçado do outro, difícil é dispor-se à alteridade de enxergá-lo para além dos estigmas e da herança dos frutos podres que desde cedo nos são dados como alimento e como instrução. Que o senso comum, a homofobia, o racismo, o feminicídio, a opressão de classes, a xenofobia, que todos esses rostos do machismo se tornem, a cada dia mais, os verdadeiros outsiders. Sejam eles os deslocados, os excluídos, os eliminados. Que a gente desperte os sentidos e a vontade para entender e enfrentar o verdadeiro inimigo e seu exército de formas, linguagens, poderes, pessoas. Que a nossa revolução comece em nós mas em nós não termine e não se contenha; que se expanda, que invada a rua, o comércio; que barulhe os ouvidos até que seja verdadeiramente escutada, sentida, pensada. Há muito para fazer: há um tanto de dureza e concreto para demolir. Os caminhos, contudo, estão aí, abertos. Há um incômodo com potência para ser mudança. Há gente muito boa na rua pronta para o novo. Que a gente não perca o embalo e nem a coragem e, se porventura, faltar o norte, que a gente tenha o gosto do nojo na memória: aquele líquido branco banhado de sangue e pranto – gozo egoísta, monstruoso.

O ENGANO É A ARMA DX INIMIGX Por Karl Straight Se as pessoas não enxergarem morrerão enganadxs. X inimigx primeiramente espalha dúvidas na nossa mente e coração. Quer se manifestar em nosso dia a dia através do engano, sua arma favorita. Somos acorrentadxs na sua lavagem cerebral, pela mídia monopolizadora que quer nos iludir diariamente. Você é seu maior inimigo, que agora luta contra isso. Viva o agora, o hoje e nunca o amanhã de incertezas. Não diga o que você faria se as circunstâncias fossem outras. O segredo, a vitória em ação e a persistência estão em você, esta é a resposta. Não tente acrescentá-la a algo ou explicar o que realmente deve significar. Faça suas, suas palavras. O ser humano e suas transgressões contra a própria humanidade que está destruindo todas as coisas boas. Eis aqui o mal ainda mais perigoso e perverso das pessoas. Ressentimento, rancor, vingança, má vontade, mágoas, ódio e ganância; você então conhecerá o coração do ser humano. Quando você compreender o poder destrutivo disso será capaz de manter-se livre em todas suas formas, que é possível ficar verdadeiramente livres destes sentimentos que as pessoas trazem consigo. Derrota, desesperança, dívidas, desânimo, doenças, destruição, dúvidas... estes são nossos adversários, que buscam a quem possam tragar. Devastação, desapontamento, desonestidade, desalento, todas estas coisas para nos destruir. Não deixe a vida construtiva e positiva para um futuro vago e indefinido. Não culpe a falta de tempo e oportunidade, o infortúnio, o destino ou outras pessoas. Viva o agora, o hoje e nunca o amanhã de incertezas. Resista a tudo isso, nunca desista e espere o bem. Esta atitude para com a vida é transformação. Na vida, nossas palavras saem procurando ajudar a nós... ou nos destruir.

Profile for Vivência Punk

Vivência Punk N° 3  

Cultura Punk

Vivência Punk N° 3  

Cultura Punk

Advertisement