Page 1

Janeiro | 2010

1


2

Janeiro | 2010


Janeiro | 2010

3


Sumário

Gastronomia

Silvio Lancellotti Em Camburizinho, recanto delicioso batizado de Manacá

16 Vinhos

Deise Novakoski O meu vinho preferido é ...

18 Consultor de Negócios

Luiz Marins O vício de chegar atrasado

23

24

Matéria de Capa: Viviane Senna Clipping Motor

20

Decoração Mercado Imobiliário Educação Estilo Roteiro Provado & Aprovado

Turismo

08 14 26 34 50 52 66

28

Golfe

Durval Pedroso Inclua o golfe em seu roteiro de férias

27 Moda & Beleza

Cristiana Arcangeli Fique linda, sempre

45 Cinema & DVD

Rubens Ewald Filho Anthony Hopkins: o astro do mês

46 Pais & Filhos

Içami Tiba O importante é aprender com as aulas

47 Corpo & Equilíbrio

Nuno Cobra Depois dos 30

48 Qualidade de vida

Roberto Shinyashiki Você tem competência para ser feliz? Sambódromo de São Paulo

4

49 Janeiro | 2010


Janeiro | 2010

5


Carta ao Leitor 2010 sustentável Estamos ansiosos para colocar em prática nossa lista de realizações para 2010, principalmente a que ocupa o seu topo: a colaboração com o desenvolvimento sustentável do planeta. Para começar, além de já utilizarmos papel oriundo de florestas plantadas e renováveis, agora toda a tinta usada para a impressão da revista é ecológica, ou seja - à base de óleo de soja - emite menos componentes orgânicos voláteis (VOC) na atmosfera, tem parte da matéria-prima renovável e tempo de biodegradação menor que o de tintas comuns. O tema sustentabilidade também será frequente no conteúdo da revista, como você já confere na entrevista com a presidente do Instituto Airton Senna, Viviane Senna. Exemplo de responsabilidade social - um dos pilares para o desenvolvimento sustentável - Viviane fala sobre o problema da educação no Brasil, a atuação do empresariado brasileiro no terceiro setor e a importância da imagem de Airton Senna para o instituto. E como janeiro é hora de voltar às aulas, preparamos uma reportagem especial com tudo o que você precisa saber para planejar a educação de seu filho na escola, em cursos extracurriculares e em casa. Boa leitura e um ano sustentável a você! A redação

Tiragem

30.000

exemplares confirmada por

Distribuição Alphaville - Tamboré

Aldeia da Serra

• condomínios e edifícios residenciais e comerciais e centros comerciais

• condomínios e centros comerciais

Mailing da Revista

• condomínios e centros comerciais

Calçada das Palmas, 20 - 1º andar Centro Comercial de Alphaville - Barueri SP - CEP: 06453-000 editorial@vivasaopaulo.com.br www.vivasaopaulo.com.br

Granja Viana e Cotia

[anuncie[

(11) 2132-7000

Expediente DIRETORES EXECUTIVOS: Alfredo Cônsolo Junior - COMERCIAL - junior@vivasaopaulo.com.br | Rosana Aragon de Oliveira - ADMINISTRATIVO - editorial@vivasaopaulo.com.br | EXECUTIVOS DE CONTA: Andréa Amaral e Raymundo Araújo | ASSISTENTES COMERCIAIS: Camila Faria e PRISCILA FLEMING | ARTICULISTAS: Cauê Rigamonti, Cristiana Arcangeli, deise novakoski, Durval Pedroso, Içami Tiba, luiz marins, Nuno Cobra, Roberto Shinyashiki, Rubens Ewald Filho e Silvio Lancellotti | DESIGNERS GRÁFICOS: Giselle Moreno Alves e Marcus Vinicius da Silva | EDITORA e JORNALISTA RESPONSÁVEL: Renata Vieira - MTB. 36.366 | REVISORA: Maria Deosdédite Giaretta Chaves | MARKETING: FeRNANDA FARIA | ADMINISTRATIVO: Fernanda Matos | FOTÓGRAFO: Henrique Vilela | PROJETO GRÁFICO: Projeto Editora | IMPRESSÃO: Plural Editora e Gráfica | DISTRIBUIÇÃO: Editora Premium A revista Viva é uma publicação mensal da Projeto Editora. Não nos responsabilizamos por opiniões expressas nos artigos assinados. Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização. Os preços de produtos e serviços divulgados nesta edição foram informados pelos fabricantes ou fornecedores e podem sofrer alterações sem aviso prévio.

6

Janeiro | 2010


Janeiro | 2010

7


CLIPPING Texto: Renata Vieira

Revista Viva

Foto: Lourivaldo Santos Filho

Gabriel comemorou o aniversário de 4 anos, em 14/12, no Buffet Cosmos, em Alphaville. 2. Com a mãe, Daniela Zanotelllo e o pai, Sérgio Grassi. 3. Daniela (3ª da esq. para dir.) com amigas e famliares. 4. Em 18/12, Sônia Silva Fernandes, da Pequenas Delícias, inaugurou nova unidade da doceria no Alpha Shopping. Na foto com o marido Marcos Fernandes.

1 1. Em 10/12, a comitiva do movimento Barueri, Sou do Bem, coordenada pela primeira-dama Sônia Furlan, esteve em Berilo, Minas Gerais, para entregar alimentos, roupas, brinquedos e kit escolares arrecadados pela prefeitura.

2

5. Em 8/12, o Polo Alphaville premiou os profissionais de arquitetura, decoração, engenharia e construção que mais prestigiaram a associação de

3

5

4

8

6

empresários, no Espaço Personal Party, em Alphaville. Na foto, a primeira colocada do ranking 2009, a arquiteta Sueli Adorni, que ganhou um Peugeot 207. Em segundo lugar ficaram os arquitetos Luis Henrique e Marisa Cundari, que ganharam viagem para Paris ou Miami; em terceiro, a arquiteta Vera Teixeira, que recebeu TV Led Samsung. 6. Em dezembro, a Concessionária CCR, em parceria com a Ciranda Comunicação, do grupo Markplan, expôs árvore de Natal de 27 m de altura, no início da Rodovia Castello Branco. Janeiro | 2010


Janeiro | 2010

9


CLIPPING

Revista Viva 2. Em 8/12, Sidnei Brandão (dir.), da Ville Du Vin, comemorou seis anos da loja em Alphaville. Na foto com o amigo Edmilson Neves. 3. Em 22/11,o morador de Alphaville Pietro Rimbano, 11 anos, ganhou o campeonato de kart Red White Sangari International, em Kuala Lumpur, Malásia.

1

4. A Prefeitura de Santana de Parnaíba, com apoio da Associação de Skate do município (ASSP), realizou nos dias 11,12 e 13/12, o 3º Skate Art Show.

1. A assessora de comunicação da Prefeitura de Barueri Fabíola Sarcinella (dir.) festejou seu aniversário com amigas, em 14/12, no restaurante Lua Nova, em Alphaville. Na foto com a primeira-dama do município, Sônia Furlan.

5

10

Foto: Sávio Barletta

3

2

4

Em 8/12, a Blue Ville e a chef Valéria Chociai, do La Pasta Gialla Tamboré, realizaram jantar de confraternização de fim de ano para a revista Viva S.A. e seus convidados, com apoio do Pão de Açúcar, Ceratti e Netuno Pescados. 5. A chef Valéria preparando risoto de frutos do mar. 6. Equipe revista Viva S.A.

6 Janeiro | 2010


Janeiro | 2010

11


CLIPPING

Revista Viva 2. Em 14/12, Bruna Furlan reuniu empresários e políticos a fim de apresentar seus projetos para 2010, no restaurante Coffee & Griil, em Barueri. 3. Em 2/12, os lojistas do Alpha Shopping realizaram festa de confraternização de fim de ano, em Alphaville.

1 1. Em 13/01, a nova diretoria da Acib - presidente Valdir Sifuentes e vice Clemens Fein -, realizou sua primeira reunião onde foram apresentadas metas para gestão 2010/2011. Entre elas, a mudança da associação para av. Henriquieta Mendes Guerra, 712 (próximo ao Ganha Tempo), a partir de fevereiro.

2

4. Em 10/12, Daisi Benedetti, na foto com seu marido e colunista da revista Viva S.A. Durval Pedroso, e Teresa Furuiti, do Atelier Ceramiche, realizaram exposição de cerâmica, em São Paulo. 5. Em 22/12, Wagner Ignácio inaugurou a loja de aquários de parede Wgrif, em Alphaville.

3

4

5

6. Em 15/12, Luciano Camandoni, da Aluminc; Roberto Fragoso, da Decor Banho; Sérgio Ribeiro, da Parnaíba Mármores; Marcio Passero, da Passero Áudio e Vídeo; Cristina Maczka, da Florense; Gutho Galiano, da Lunare Iluminação; Regina Amaral, da Sundeck, e Douglas Filambra, da Decor Banho, além de Sergio Benini, da Aldeia Cores (não está na foto), realizaram festa de confraternização com os arquitetos, decoradores, amigos e parceiros, na Santé, em Alphaville.

6

12

Janeiro | 2010


Janeiro | 2010

13


DECORAÇÃO

Texto: Haydée Maciel | Fotos: Henrique Vilela

Revista Viva

Três ambientes em um

A

brigar living, sala de TV e bar num mesmo espaço foi o desafio deste pequeno flat em Alphaville. “Precisávamos otimizar a área para atender o cotidiano da moradora”, explica a designer de interiores Sandra Amaral, que, juntamente com o arquiteto José Roberto Tieppo, idealizou o projeto. Cenários luminosos e móveis escolhidos a dedo foram fundamentais na hora de decorar.

contato

Sandra Amaral e José Roberto Tieppo Shopping Flamingo: Al. Araguaia, 762, sobreloja 49, Alphaville. Tel.: (11) 4191-6731 | arquiteto@jrtieppo.arq.br interiores@sandradoamaral.com.br

serviços Sandra Amaral & José Roberto Tieppo

Arquitetos

14

• Estantes e painel: Florense Alphaville - Tel.: (11) 4191-6885 • Sofás: Brentwood - Tel.: (11) 5507-3172/2221-2923 • Tapete: Clatt Carpete & Cia - Tel.: (11) 3891-0638 • Cortina: Alpharrapos - Tel.: (11) 9998-6641 • Tela: igaleria - Tel.: (11) 4193-1303

A iluminação focada valorizou peças e cantos. Ao receber em casa, basta acender todas as luzes. Já a cortina com blecaute é ideal para assistir à TV durante o dia ou mesmo para acomodar a visita que vem para dormir. Atrás do aparelho, o painel dá mais personalidade ao living. A estante no canto da sala abriga o bar e os delicados cactos. O quadro vivo e os peixes em taças trazem mais vida ao espaço, que também ganhou dois abajures de esculturas. Para completar, quadro do artista Carlos Araújo.

[ Ficha técnica [

Integrar sem perder o conforto

Tempo de execução da obra: 40 dias Tamanho da área: 17 m²

Janeiro | 2010


Janeiro | 2010

15


GASTRONOMIA

Revista Viva

Em Camburizinho,

recanto delicioso batizado de Manacá

M

ineiro de Uberlândia, sangue mouro por parte de pai, Edinho Engel cresceu ao redor de um fogão de lenha. Mas, na década de 70, apesar da paixão latente pela culinária, decidiu estudar Ciências Sociais em São Paulo. Época difícil, a sua matéria dizimada pela Ditadura Militar. Assim, acabou por se empregar na companhia do Metrô, um dos responsáveis pela integração do transporte

Fotos: Divulgação

Restaurante ganha fama como referência de boa comida no litoral

Silvio Lancellotti

Jornalista, chef de cozinha e escritor

16

dos trilhos com as rodas dos ônibus da megalometrópole. Não resistiu, porém, ao apelo da cozinha. E, em 1980, em Pinheiros, abriu um restaurante baseado nas receitas de sua região. Chamava-se Fazenda Mineira e, logo, se transformou em sucesso. Ele, no entanto queria mais. Resolveu viajar - e aprender. Por um bom tempo correu o País, a América do Sul e a Europa. E, enfim, se instalou no Litoral Norte, na praia do Camburizinho, onde, no princípio dos anos 90, montou um recanto delicioso, batizado de Manacá. Fica praticamente incrustado num pedaço da Mata Atlântica, todo em madeira, sobre palafitas, de forma a se manter livre das en-

chentes de um rio vizinho, em meio à vegetação absurdamente luxuriante. É comum que pássaros multicoloridos voem através de seus espaços.

Natureza no cardápio Numa ocasião em que eu lá estive, em 1993, uma perereca insolente divertidamente invadiu o decote de minha filha Daniela. Um acidente do qual, até hoje, rimos, e bastante. Aconteceu durante o primeiro festival que Edinho realizou com os chefs que admirava e que tinham sido seus mentores em estágios e em cursos de aprimoramento: Emmanuel Bassoleil, Hamílton Melão e Luciano Boseggia. Daí, o Manacá decolou, admiravelmente, a ponto de se transformar em referência de boa comida em toda a costa do Brasil. Hoje, aos quase 55 de idade, a sua coleção de prêmios orgulha a equipe, compacta mas eficientíssima, no atendimento do salão e na pilotagem das panelas. Um autodidata, Edinho criou, no Manacá, uma história de cardápios de autor, novidades alvissareiras que impactam, até mesmo, os seus colegas mais celebrados. Particularmente no departamento dos frutos-de-oceano, relíquias que alinhavou num livro belíssimo, O Cozinheiro e o Mar. Caso, por exemplo, dos camarões em molho de cogumelos e legumes com gnocchi de semolina, ou do robalo em crosta de pistaches com musseline de mandioca e vinaigrette de gengibre. Como escoltas de suas preciosidades, uma adega climatizada com duzentos rótulos de vinhos. E que ninguém tema os terríveis borrachudos que, ao cair das tardes, infestam aquelas plagas. Edinho protege os visitantes com repelentes e com velas de citronela. Claro, sempre existe o perigo de um sapinho maroto circular ao pé das mesas. Mas, se trata de um risco folclórico, que o menu e o seviço compensam com o seu raro fulgor. Restaurante Manacá R. Manacá, 102, Camburi, São Sebastião, SP Tel.: (12) 3865-1566 | www.restaurantemanaca.com.br Janeiro | 2010


Lulas à provençal recheadas com camarão e alho poró e mousseline de mandioquinha Ingredientes: Lulas: 16 a 20 lulas inteiras; 1 colher (sopa) de alho picado; 1 xícara (chá) de vinho branco; 2 colheres (sopa) de ervas picadas (alecrim, tomilho, salsinha e manjericão); 1 tomate sem pele e sem sementes picado em cubinhos; 3 colheres (sopa) de azeite extravirgem; 1 xícara (chá) de camarão rosa médio cortado em cubos; 1 parte branca de alho poró picado bem miúdo; 1 cebola pequena bem picada; 2 colheres (sopa) de azeite de oliva; limão, sal e pimenta-do-reino a gosto. Mousseline de mandioquinha: 800 g de mandioquinha; 2 colheres (sopa) de manteiga; 1/2 xícara (chá) de creme de leite; sal e pimenta-do-reino a gosto.

Janeiro | 2010

MODO DE PREPARO: Lulas: Refogue a cebola e o alho poró no azeite até que estejam macios. Junte os camarões, refogue por três minutos e reserve. Limpe e recheie as lulas com o refogado de camarão. Temperes com sal, limão e pimenta-do-reino e grelhe numa chapa ou frigideira de fundo grosso. Quando dourar de um lado, vire com cuidado e deixe dourar do outro lado por um minuto. Adicione o alho, o azeite e as ervas. Vire novamente. Adicione o vinho e, em fogo forte, deixe evaporar metade. Despeje o tomate e salpique com as ervas. Sirva as lulas acompanhadas pelo mousseline de mandioquinha. Mousseline de mandioquinha: Cozinhe a mandioquinha, passe-a pelo processador e, numa panela, acrescente, aos poucos, a manteiga e o creme de leite, até obter consistência de purê fino, mas firme. Tempere com sal e pimenta-do-reino.

17


VINHOS

Revista Viva

O meu vinhopreferido é ...

Ainda tenho muito trabalho antes de me decidir pelo melhor rótulo

Deise Novakoski

Apresentadora do programa Menu Confiança, na GNT; Membro da Associação Brasileira e Internacional de Sommeliers

18

O

utro dia, um amigo me saiu com essa: “fale com toda a sinceridade, qual é o seu vinho favorito?” Respondi: “ainda não me aposentei”. Ele e todos à mesa riram. Fiquei com vergonha e me calei. Mas o que quis dizer com aquela resposta é a mais pura verdade. Todos têm planos para a aposentadoria, e eu também. O meu é o seguinte: escolher uma região do mundo e passar o resto da vida bebendo somente os vinhos de lá. No momento, como estou em franca atividade e com minhas papilas gustativas no auge, não posso me dar o luxo. Diferentemente das modelos, que aos 30 anos começam a pensar em deixar a passarela, um sommelier com 30 anos está apenas começando a escalar a montanha. São necessários muitos anos para juntar um banco de dados razoável. Paralelamente, nossa papila gustativa vai amadurecendo e é a partir de então que começamos a formar opinião. Como é o meu caso, que já passei há muito dos 30. Com os saberes acumulados, passamos

a distinguir não somente sabores e aromas, mas, principalmente, a potencialidade de um vinho. Se é bem elaborado, se tem potencial de guarda ou se deve ser bebido em poucos anos, se harmoniza bem com esse ou aquele alimento, e por aí vai... O trabalho não para, estamos constantemente experimentando, testando e comparando vinhos. Como se não bastasse a quantidade de novas vinícolas que surgem dia sim, outro também, ainda temos as mudanças de safras. Aquele profissional que se permite parar numa determinada região, safra ou uva, certamente vai se tornar especialista no assunto, porém, terá perdido muitos vinhos pelo caminho. Eu ainda não estou nessa. Por isso, não perco uma feira de vinhos, uma degustação técnica ou amadora. E me exercito também circulando em lojas de vinhos. Geralmente parto do princípio de que um sommelier tenha feito as escolhas da loja. Felizmente, minhas últimas investidas foram bem sucedidas. Outro dia encontrei o merlot Elegance de Lesparre Bordeaux 2004, o que despertou minha atenção, além do preço (R$ 47,50). Produzido por Michel Gonet & Fils e importado pela Vitis Vinífera, o vinho é muito elegante e ficou mais fino ainda com queijo gruyère e pão. Na mesma loja, comprei o sul-africano Obikwa 2007 (R$ 29,90), de uva cabernet sauvignon, um verdadeiro achado. De cor brilhante, acentuado sabor de amoras e leve toque de baunilha - adquirido pelo tempo preciso do vinho em contato com o carvalho - foi acompanhado por rosbife, mas não precisava. Também encontrei o siciliano La Segreta Rosso 2005 (R$ 45), um corte das uvas nero d’Avola (50%), merlot (30%) e syrah (20%). Uma beleza de vinho, moderno - como a vitivinicultura da Sicília, região mais conhecida por seus vinhos de sobremesa. Por falta de coragem em mexer com a estrutura tão equilibrada do vinho, fui tendenciosa e servi berinjela à moda siciliana. E mais uma vez dou vivas à harmonização regional. E vamos ao trabalho... Janeiro | 2010


Consultor de Harmonização: Robson Castor, sommelier do Pão de Açúcar Alphaville

Uva CABERNET SAUVIGNON

Vinho

• Provolone • Gorgonzola

Cozinha indiana, caça, carnes vermelhas e defumadas

• Camembert • Brie • Provolone • Parmesão

Carne de cordeiro, cozinha italiana e francesa

• Gorgonzola • Provolone

Caça e carnes vermelhas

• Parmesão

Carnes grelhadas e carne de cordeiro

Sonoma County Zinfandel 2006 Califórnia, Estados Unidos (US$ 59,50) Pontuação: 93 pontos - Wine Spectator Este excelente tinto já foi indicado por várias safras seguidas para a lista dos 100 Melhores Vinhos do Mundo da Wine Spectator - feito único entre todos os Zinfandel californianos. Encorpado e rico, com toque italiano e muita personalidade.

Janeiro | 2010

Carne de cordeiro, cozinha francesa e italiana

Viñas de Gain 2006 Rioja - Espanha (US$ 69,90) Pontuação: 92 pontos - Wine Spectator Segundo Robert Parker, “ninguém produz Riojas mais complexos, concentrados e dignos de envelhecimento”. Excelente relação qualidade/preço, com um bouquet amplo e complexo, e ótima presença de boca. Conquista sempre os maiores prêmios para vinhos espanhóis.

ZINFANDEL

• Brie • Camembert • Provolone • Parmesão

Montes Alpha Cabernet Sauvignon 2006 Vale do Colchagua - Chile (US$ 69,90) Pontuação: 89 pontos - Wine Spectator Verdadeiro clássico, foi o primeiro grande tinto chileno, inspirado nos melhores vinhos de Bordeaux. Foi eleito o melhor Bordeaux chileno pela revista Decanter. Concentrado e refinado, com muita estrutura, camadas e mais camadas de fruta madura e um elegante final de boca.

TEMPRANILLO

Pratos

Artadi Pagos Viejos 2005 Rioja - Espanha (US$ 227) Pontuação: 94 pontos - Wine Spectator Pagos Viejos é um dos mellhores e mais disputados vinhos da Rioja. Elaborado em minúsculas quantidades por Artadi, combina de maneira magistral potência e elegância num tinto exuberante e complexo, sempre entre os melhores da Espanha.

CABERNET SAUVIGNON

Queijo

Cuvée Alexandre Cabernet Sauvignon 2006 Vale do Colchagua - Chile (US$ 47,90) Pontuação: 90 pontos - Wine Spectator Produzido a partir de vinhas com mais de 60 anos de idade, este Cabernet Sauvignon é concentrado e potente, com muita elegância e o inconfundível toque francês dos vinhos da prestigiosa Casa Lapostolle, produtora do melhor vinho do mundo pela Wine Spectator em 2008.

TEMPRANILLO

Taça

19


MOTOR

Beetle Texto: Renata Vieira | Fotos: Divulgação

New

Volks muda a cara do Fusca contemporâneo e ainda promete novos membros para a família

D

ifícil achar quem não se encante com o charme do Fusca. Não são raros os amantes do besouro de origem alemã que, inclusive, costumam se encontrar em clubes do mundo inteiro para discutir o modelo. Neste ano esses encontros de “beetle maníacos” prometem esquentar ainda mais. Seu irmão mais novo, o New Beetle, terá pela primeira vez mudanças radicais, desde que assumiu a responsabilidade de dar sequência ao legado do velho Fusca em 1998. A Volkswagen lança nos Estados Unidos o New Beetle Final Edition, um besouro mais agressivo, com modificações no design, novo interior e duas versões: coupé e conversível.

A versão ganha rodas exclusivas, luzes de neblina e suspensão mais esportiva

20

Janeiro | 2010


A pintura de dois tons Aquarius Blue lembra o padrão antigo visto no Fusca original.

Visual Repaginado - A edição especial tem como diferencial a pintura Aquarius Blue, que lembra uma das cores que marcaram o Fusca Original. A versão coupé ganha teto preto e a conversível, laterais em dois tons, como nos Beetles da década de 60. As rodas de liga leve de 17 polegadas, presentes em ambas as versões, luzes de neblina e suspensão mais esportiva dão charme extra ao modelo. O New Beetle Final Edition conta ainda com freios ABS, motor de 150 cv, transmissão automática de seis velocidades e controle de estabilidade, além do conjunto de equipamentos de série do modelo convencional. Na cidade seu consumo é de 8.5 km/l, e na estrada, 12 km/l. Novidade limitada Pena que a “roupa nova” do New Beetle não esteja ao alcance de muitos. Para a tristeza dos apaixonados pelo besouro alemão, quem quiser ter a última edição, programada por enquanto apenas para os Estados Unidos, terá que correr. A Volks colocará no mercado apenas 1.500

unidades de cada umas de suas versões por US$ 20.240 (coupé) e US$ 27.170 (conversível). Já o New Beetle, que circulou por 11 anos pelas estradas do mundo inteiro, promete sair de linha. No entanto, esse não é o fim do Fusca. Em meio à nuvem de especulações, é possível que seja lançada uma linha de derivados, trazendo novos membros à família Beetle. Os cotados são um

coupé com quatro lugares tendo como base o Scirocco; e ainda um novo Karmman-Ghia, uma van e até uma picape. E para apimentar ainda mais a conversa, rumores afirmam que outra evolução do New Beetle saia em 2012. Embora os detalhes ainda dependam de confirmação, ele pode usar a mesma plataforma do Golf MKVII, e utilizar o motor híbrido. Pelo jeito, o velho Fusca ainda vai dar o que falar!

Janeiro | 2010

Automasa Concessionária Volkswagen Tel.: (11) 4512-4444 21


CONSULTOR DE NEGÓCIOS

Revista Viva

O vício de chegar atrasado Cuidado com a imagem que os outros criam a seu respeito

E

la deveria estar no local às 13 horas. Eram 13h20 e todos comentavam: “ela tem mesmo esse vício de chegar atrasada”. Em outro caso, todos estavam famintos, mas o jantar não era servido porque faltava apenas uma pessoa, que chegou 35 minutos depois. Todos comentavam: “ele tem o vício de chegar atrasado”...

a palavra empenhada. Vejo isso acontecer todos os dias com vendedores, prestadores de serviço, funcionários, amigos, médicos, dentistas, advogados. E os políticos? É melhor nem comentar. Para se fazer importantes, atrasam no mínimo 40 minutos e todos devem esperar a “autoridade” para dar início à cerimônia. Os problemas que esses viciados em atrasar causam é muito grande. Vejo isso acontecer em palestras que não começam, porque alguns ainda estão estacionando seus veículos. Muitas vezes vi 300 pessoas aguardando 20 atrasados, o que me faz lembrar do ditado latino “quem protege os errados, ofende os certos”. Pense se você também não é um viciado em chegar atrasado a seus compromissos. Se acha isso bonito ou pensa ser isso importante, ou então que não custa nada que o esperem, saiba que certamente essa não é a imagem que as pessoas têm de você. Você está sendo ridículo e não está percebendo. Pense nisso. Sucesso!

enquete Qual o maior problema que você vê ou sente em sua empresa?

Luiz Marins

Antropólogo, consultor de empresas, escritor e apresentador de TV

Janeiro | 2010

Confesso que nunca havia pensado no “chegar atrasado” como vício, mas sou obrigado a concordar que muitas pessoas tornaram-se viciadas em atrasar. E o mais interessante é que chegam esbaforidas, ofegantes, correndo. Será que os relógios dessas pessoas também têm o vício de atrasar? Chegar atrasado uma vez ou outra por motivos justos não é vício. O que todos comentavam sobre os dois exemplos é que simplesmente nunca chegavam no horário. Esses viciados em atrasar acostumam-se tanto com seu mau comportamento que já nem pedem desculpas pelo inconveniente. Chegam sorrindo, com a maior cara lavada, pouco se importando com as demais pessoas que chegaram antes do horário combinado para cumprir

grande incoerência entre 35,3% Há discurso e prática muita briga entre os 7,6% Há departamentos

15,2%

Falta foco. Ninguém sabe direito o que fazer

15,9%

Falta execução. As coisas simplesmente não acontecem

verdade ninguém respei3,4% Na ta o cliente

22,8%

As pessoas não têm feedback. Ninguém aqui é avaliado seriamente Pesquisa realizada pelo site www.anthropos.com.br

23


MATÉRIA DE CAPA

Texto: Renata Vieira

Viviane Senna H

á 15 anos, Viviane Senna mudou a história de sua vida e, consequentemente, a de cerca de 10 milhões de crianças e jovens carentes. Disposta a colocar em prática o sonho de Ayrton, inconformado com a realidade social do País, Viviane entrou na corrida contra a má qualidade da educação pública brasileira. A psicóloga abandonou a profissão e o consultório onde atendia semanalmente cerca de 50 pacientes para fundar o Instituto Ayrton Senna (IAS). Com a meta de ajudar pessoas menos favorecidas a se desenvolve-

rem integralmente e empunhando a bandeira do sonho do irmão campeão, Viviane se tornou líder de uma das principais instituições do terceiro setor nacional e, através de projetos voltados para a aceleração do aprendizado escolar, ajudou a formar crianças e jovens em 1.372 municípios. Seu desempenho como presidente do instituto é digno de um lugar no pódio, tanto que já recebeu diversos prêmios nacionais e internacionais, como sua inclusão na lista Líderes para o Novo Milênio, pela revista americana Time, e no grupo Amigos Adultos do Prêmio das Crianças do Mundo, lugar que ocupa ao

lado da Rainha Silvia, da Suécia, e de Nelson Mandela, ex-presidente da África do Sul. “É gratificante saber que estamos rompendo o ciclo gerado pela má qualidade da educação pública e mudando a realidade de alunos que, de tanto fracassar na escola, acabam abandonando a esperança de um futuro melhor”, vibra a psicóloga que nesta entrevista para a revista Viva S.A. fala sobre os principais projetos do Instituto Ayrton Senna, sobre a posição do empresariado no terceiro setor e defende que é possível, sim, acelerar para recuperar o atraso da Educação Brasileira.

SOBRE O INSTITUTO

SOBRE OS PROBLEMAS

SOBRE SOLUÇÕES

SOBRE A CONTRIBUIÇÃO

Nossos programas cumprem o mes-

DA EDUCAÇÃO NO BRASIL

PARA A EDUCAÇÃO

DO SETOR PRIVADO

mo objetivo: transformar o potencial

Os problemas são reflexos do modelo

Qualificar a educação pública é

O empresariado está cada vez

nato de cada criança ou jovem em

econômico excludente que afasta a

o grande desafio a médio prazo.

mais consciente de seu papel nas

competências e habilidades para a

maioria da população de seus princi-

Por isso, ações em escala, que

mudanças da sociedade para que

vida. São programas emergenciais,

pais direitos à saúde, à educação, à

combatam na raiz os males do

nos tornemos uma nação dentre as

que trabalham a aceleração da apren-

cultura, ao lazer e ao trabalho. Não é

analfabetismo, da repetência e da

mais competitivas do mundo, em

dizagem e o combate ao analfabetis-

à toa que somos o 10º PIB do mundo

evasão escolar, são fundamentais.

todos os níveis. É vantagem para a

mo de repetentes (Acelera Brasil e Se

enquanto temos um desenvolvimen-

Nossa experiência mostra que,

população e é também para quem

Liga); e programas preventivos, que

to humano que ocupa o 70º lugar

com programas bem estruturados

presta serviços ou oferece produtos.

atuam nas redes, qualificando a ges-

no ranking mundial. Acredito que

e focados, é possível aumentar em

A postura co-responsável, efetiva,

tão do ensino e para evitar que esses

os primeiros passos para reverter

até 11 vezes a velocidade com que

vai além da visão de ganhos. Ela está

problemas apareçam (Gestão Nota 10

esse quadro já estão sendo dados,

um município evolui na educação. A

compromissada com o futuro do

e Circuito Campeão). Quando o aluno

principalmente na educação. Atin-

escola pública se torna atraente para

País. E isso significa investir recursos

está fora da escola ou em escolas de

gimos quase a universalização no

os alunos quando são implantadas

em causas amplas, que gerem

tempo integral, oferecemos soluções

ensino fundamental, mas ainda não

metodologias focadas e eficazes,

transformações impactantes, a médio

que utilizam o esporte, a arte e o

conseguimos diminuir o abandono.

que lidam contra a repetência e o

e a curto prazo. Ações pensadas

trabalho (Educação pelo Esporte, Edu-

Quase todas as crianças estão na

abandono, capacitam e valorizam os

estrategicamente, com metas a

cação pela Arte e SuperAção Jovem).

escola, mas não recebem a educação

professores e habilitam os gestores

ser alcançadas, acompanhamento

Na área de educação e tecnologia,

adequada para seguir em frente e ser

escolares a atuar com eficiência nas

constante, avaliações sistemáticas

temos os programas que qualificam a

vencedoras. Milhares são repetentes

redes de ensino.

e transparentes. O empresário que

educação, promovem a inserção di-

e quase metade não sabe ler nem

se compromete com algo assim, em

gital e preparam jovens para o melhor

escrever. Precisamos, sim, de quan-

escala, está mesmo focado em ajudar

desempenho no mercado de trabalho

tidade, e, sobretudo de qualidade.

a construir um Brasil melhor e mais

(Escola Conectada e Comunidade

Sem essa mudança o País não sairá

justo para todos.

Conectada).

da lanterninha em desenvolvimento humano.

24

Janeiro | 2010


SOBRE A EMOÇÃO DE AJUDAR É emocionante perceber que depois de 15 anos conseguimos ampliar as oportunidades educacionais de mais de 11 milhões de crianças e de jovens carentes e que isso terá reflexo positivo na vida de cada um deles. É muito gratificante saber que estamos rompendo o ciclo gerado pela má qualidade da educação pública e mudando a realidade de alunos que, de tanto fracassar na escola, de tanto repetir de ano, acabam abandonando os estudos e a esperança de um futuro melhor. SOBRE OS PROJETOS FUTUROS Desejamos ampliar nossa atuação por meio de novas parcerias com as redes municipais e estaduais de ensino para ajudá-las a qualificar a educação oferecida nas escolas, porque ainda há muito para se fazer. A população de crianças e de jovens sem oportunidades educativas de qualidade ainda é imensa. É só olhar os números: no Brasil, 73% dos alunos de 1ª a 4ª série e 12% de alunos da 5ª a 8ª, embora estejam na escola, são analfabetos. Isso significa um contingente de 13.600 milhões de crianças por ano que precisam aprender a ler e a escrever. SOBRE O AYRTON SENNA O Instituto é a concretização do sonho do Ayrton de estender a um número maior de pequenos brasileiros as oportunidades necessárias para que desenvolvam suas potencialidades e sejam campeões na escola e na vida. E eu percebo o quanto meu irmão influencia, até hoje, a vida de Foto: Juan Guerra / Instituto Ayrton Senna

tantas pessoas aqui e no mundo. Os valores que ele vivenciava dentro e fora das pistas, como determinação, perseverança, superação e garra,

“O Instituto é a concretização do sonho do Ayrton de estender a um número maior de pequenos brasileiros as oportunidades necessárias para que desenvolvam suas potencialidades e sejam campeões na escola e na vida” Janeiro | 2010

estão sendo despertados entre crianças e jovens brasileiros por meio de nossos programas

Para contribuir, basta acessar o site www.senna.org.br e fazer sua doação.

25


MERCADO IMOBILIÁRIO

Revista Viva

Tradição em contraponto

ao boom vertical

Os lotes residenciais ainda são destaque em Alphaville

Cauê Rigamonti

Jornalista

26

A

lphaville é referencial no mercado imobiliário nacional em função dos lotes residenciais fechados, que consolidaram padrão de qualidade de vida todo especial. E se é verdade que o mercado da região mudou por conta das torres residenciais, também é verdade que a “tradição horizontal” do bairro ainda dá mostras de força, em contraponto ao boom vertical. São pelo menos cinco os loteamentos residenciais fechados que mantêm a tradição de Alphaville. E com projetos cada vez mais inteligentes, privilegiando a “nova ordem” mundial: a ecossustentabilidade. “Pessoas que escolhem lotes residenciais têm a percepção de que é vantajoso morar em locais com restrições de construção - assim todos são obrigados a cumprir, e ninguém vai extrapolar seus projetos. Mas a grande força do setor ainda é o modelo de segurança aplicado, aprimorado ao longo desses anos”, destaca o engenheiro Marco Reynol - morador de Alphaville há 30 anos, e que já passou por diretorias das

empresas mais tradicionais do setor: Albuquerque Takaoka e Alphaville Urbanismo. E é com observação e vivência no ramo, nesses anos, que ele e sua equipe assinam a coordenação geral de um desses novos lotes residenciais fechados da região - o Villa Solaia, empreendimento da construtora São José. E é justamente como morador e personagem ativo na construção do “modelo Alphaville” que lançou a grife do “m² inteligente”. “A começar pela rede de distribuição de energia elétrica, rede para TV a cabo, telefonia e internet subterrâneas. Tecnologicamente é o mais moderno. A localização também é privilegiada - é o único que está em Barueri, portanto, mais próximo da Castello Branco. São diferenciais marcantes”, aponta. O empreendimento, com 257 lotes de 500 a 1.000 m² e área verde de 80 mil metros quadrados, conta com 34 projetos de residências aprovados (alguns já em construção) e 70% das unidades já comercializadas. “Novidades no setor de lotes em Alphaville sempre vão atrair novos clientes. Já há lotes de revenda que chegam a custar R$ 1.500/ m². Além de se valorizar constantemente, pois em um empreendimento como o Villa Solaia, por exemplo, o metro quadrado custa em média R$ 700, com financiamento em até 60 vezes”, explica Reynol. “E uma informação interessante: pelo menos 90% dos compradores são da região”, complementa.

para quem quer lote Confira os principais empreendimentos de Alphaville/Tamboré: • Alphaville Burle Marx (Alphaville Urbanismo) • Campos do Conde (Conde Desenvolvimento Imobiliário) • Gênesis (Takaoka) • Itahyê Residencial (Cipasa /Adolpho Lindenberg) • Tamboré 11 - Terras de Provence e Tamboré 10 - Terras Altas (Tamboré S/A) • Villa Solaia (São José)

Janeiro | 2010


GOLFE

Revista Viva

Inclua o golfe em

seu roteiro de férias

Foto: Divulgação

Excelentes campos o aguardam no Brasil e no mundo

N

ste mês vou dar dicas de golfe para as férias, tratando de cinco destinos que, sem dúvida, alcançam o bolso de todos os tipos de praticantes. Para os mais afortunados e com maior disponibilidade de tempo, sugiro o Golf Safari. A Rovos Rail oferece viagem de trem durante nove dias por campos de golfe espalhados pela África

Iberostar Praia do Forte Golf Club

Durval Pedroso

Empresário e diretor da Federação Paulista de Golfe. dpsgolfe@uol.com.br

Janeiro | 2010

do Sul, como nos tempos de glamour do início do século passado. Saindo da Cidade de Pretória, no sentido leste, os golfistas têm a possibilidade de jogar em campos fantásticos. Já seus acompanhantes não golfistas tem à disposição inúmeras atrações. No caminho, lindas paisagens e todo o exotismo africano. Os 72 passageiros (distribuídos por 36 magníficas cabines) podem apreciar também a cozinha do trem, comparada à de hotéis cinco estrelas, onde chefs altamente especializados cumprem os desejos mais refinados. Mantendo o alto nível, sugiro para aqueles que preferem destino mais próximo, Bariloche, que, além do campo do Llao Llao Hotel & Resort, Golf and Spa, tem outros campos com excelente padrão. É o caso do Aralauquen Golf

and Polo. Para os acompanhantes que gostam de pescaria, trecking ou que querem aproveitar a culinária não faltam programas interessantes.

No Brasil Em solo brasileiro, a indicação é o Iberostar Praia do Forte Golf Club, na Bahia. Com um dos melhores campos de golfe nacional, sua estada e a de sua família no resort de nível internacional será fora de série. O Iberostar atende a todos os membros da família, com as mais diversas atracões, e o sistema all inclusive propicia tranquilidade em matéria de culinária, especialmente para os pequenos e os seniores, que têm suporte 24 horas. Sem falar que seu campo de golfe é assinado pelo famoso arquiteto Pete Dye, que dispensa comentários. Com maestria ímpar, ele conjugou dunas e matas tropicais da costa brasileira ao campo, sendo 3 dos 18 buracos junto ao mar. A opção para quem tem poucos dias e não quer viajar de avião é o Damha Golf Club, em São Carlos. A menos de três horas de carro, você tem um campo muito bom, o quarto melhor do Brasil, segundo a Golf Digest. O clube também tem ao seu redor muitas opções de lazer para os membros da família não golfistas. E para aqueles que vão às praias do Guarujá ou do litoral norte de São Paulo, como destinos de férias, além do Guarujá Golf Clube (que vai exigir que sócio o convide), o Riviera de São Lourenço Golf Club, em seu segundo ano de atividades, é opção muito boa. O clube permite a compra de pacotes de green fee (taxa para usar o campo) com bom incentivo para quem for jogar mais vezes, e tem em seus 18 buracos de par 3 (os melhores do Brasil), ótima oportunidade para o treinamento do jogo curto. Aproveite as férias com muito golfe, mas não se esqueça de que no campo, como na praia, onde você fica mais de quatro horas exposto ao sol, a proteção é requesito básico e essencial. Boas Férias e Viva o Golfe!

27


Texto: Filipe Albuquerque | Fotos: Divulgação

SãoPaulo Entre arranha-céus de instituições financeiras, edifícios antigos, museus, restaurantes e livrarias, os 2,8 quilômetros da avenida, inaugurada em 8 de dezembro de 1891, reservam surpresas, como o Parque Siqueira Campos, ou Trianon, um pedaço da Mata Atlântica no coração da metrópole. Já no centro da cidade, a Rua 25 de Março é conhecida como o maior shopping a céu aberto, dedicado ao comércio popular, da América Latina. Recebe durante todo o ano paulistas e paulistanos e excursões vindas de todos os estados do país atrás de descontos e de peças que vão de vestuário a mimos para o lar.

28

30dicas

Avenida Paulista e Rua 25 de Março

Para comemorar o aniversário da cidade, elegemos lugares e pessoas que representam o que é essa loucura diária difícil de entender, e mais difícil ainda de abandonar

3

Foto: Alexandre Diniz

1e2

SAMBódromo

Os 530 metros de comprimento da pista e os 10 módulos de arquibancada, projetados por Oscar Niemeyer, comportam mais de 21 mil espectadores e são hoje o endereço definitivo do carnaval em São Paulo. Instalado junto ao complexo do Anhembi, é utilizado também para shows de rock e de música eletrônica. Janeiro | 2010

Foto: Christian Knepper / Embratur

TURISMO


teatro municipal

O local recebeu a Semana de Arte Moderna de 1922, divisor de águas na história das artes produzidas no país. Ainda hoje mantém a decoração dos dias de sua inauguração, em 1911, quando a região era conhecida como Morro do Chá. Uma combinação de estilos como o Barroco, o Renascentista e o Art Noveau, além da história contada por quase um século de atividade, fizeram do edifício uma das obras de arte mais belas da cidade.

Foto: Jefferson Pancieri

4

8 Entre as avenidas Ipiranga e São João está um dos pontos mais famosos da cidade. O bar mantém a arquitetura e o charme dos estabelecimentos do final dos anos 40.

Foto: Alexandre Diniz

9 e10 5a 7

MASP, MAM e Pinacoteca do Estado

O acervo do Museu de Artes de São Paulo é um dos mais preciosos do mundo. Por lá já passaram exposições de gênios das artes mundiais como Miró, Salvador Dali, Botero, Tolouse Latrec e Cândido Portinari. Já o Museu de Arte Moderna é pautado por inovações e experimentalismo que desconhecem padrões pré-concebidos de obras de arte. A Pinacoteca do Estado de São Paulo é o museu mais antigo da cidade, com mais de 100 anos de atividade. Janeiro | 2010

COPAN E EDIFício do banespa

Assinado por Oscar Niemeyer nos anos 50, o Copan é um retrato da versatilidade da capital paulista. Em forma de S abriga hoje mais de 2 mil moradores, divididos em 1160 apartamentos em seis blocos, 72 lojas e uma igreja evangélica. Já o prédio do Banespa oferece a vista mais espetacular de parte da cidade. Construído entre 1939 e 1947, é hoje o quarto mais alto da cidade e o quinto do país. O Mirante do Vale, no topo do edifício, permite visão com alcance de até 40 quilômetros.

29


parque do ibirapuera

Em tupi, Ibirapuera significa árvore apodrecida. O local, que hoje abriga o principal e mais charmoso parque da cidade, já pertenceu a uma aldeia indígena, no período Brasil-colônia. Hoje, são 1.584 quilômetros quadrados de área verde, que abrigam atrações como o recente Auditório Ibirapuera, o tradicional Planetário, os Museus de Arte Moderna (MAM) e Contemporânea (MAC), o Pavilhão da Bienal, quadras, ciclovia, pistas de cooper e o tradicional lago artificial.

12 a 14

Praça Benedito Calixto, Praça da República e Feira do Masp

A feira na Benedito Calixto, em Pinheiros, acontece desde 1987, e se tornou ponto de encontro de descolados da cidade todos os sábados. Fãs de LPs, de roupas antigas e de mobiliários retrôs acham tudo de que precisam ali na praça. Já na República, no centro da cidade, a boa pedida são as obras dos artistas populares, de artesanato a esculturas de artistas anônimos. A feira do MASP, realizada embaixo do principal museu do país, é conhecida pelas antiguidades encontradas, como coleção de moedas raras e obras de artistas que ainda não chegaram ao olimpo das artes plásticas, que fica logo ali no andar de cima.

15

Praça pôr do sol

Pouca gente imagina que exista lugar específico para a contemplação do fim de tarde na capital paulista. Mas a praça localizada na parte residencial do bairro de Pinheiros, num dos pontos mais altos da zona oeste, é ideal para assistir à despedida diária do sol. 30

16

TERRAÇO ITÁLIA

A vista panorâmica da cidade já vale a visita. São 165 metros de altura, 46 andares e 19 elevadores que atendem a escritórios, lojas e ao terraço, um dos lugares mais interessantes para observar a cidade. Além do visual deslumbrante, o restaurante conquista o público pela decoração kitsch, preservada desde a inauguração, nos anos 60, pela carta de vinhos e os diversos gêneros musicais que preenchem as noites de um dos pontos mais altos da cidade.

17 e18

Festas de San Genaro e de Nossa Senhora Achiropita

A Mooca é quase um pedaço da Itália em São Paulo. É lá que acontece a Festa de San Genaro, uma das mais tradicionais da cidade. São 36 edições já realizadas em todo o mês de setembro. Este ano, foram mais de 150 mil pessoas saboreando as delícias da culinária italiana durante os 12 dias de festa. No Bexiga acontece a Festa de Nossa Senhora Achiropita. Organizada pela paróquia que batiza o evento, já são 83 anos da tradição mais saborosa do bairro, também uma colônia italiana. A festa transcorre durante os finais de semana de agosto, e chega a receber mais de 250 mil visitantes por edição.

19

Foto: Alexandre Diniz

11

galeria olido

A degradação de parte do centro da cidade espantou o público entre os anos 70 e 80. Mas o local foi restaurado, trazendo o Cine Olido novamente à ativa e oferecendo espaços culturais como o Ponto de Leitura Olido, o Centro de Fotografia e o Centro de Dança Umberto da Silva.

20 e 21

igreja nossa senhora do brasil e catedral anglicana

É uma das igrejas mais requisitadas para casamentos. Situada na Praça Brasil, no Jardim América, é palco de celebração de matrimônios entre famosos. Construída em 1940, atrai pela arquitetura e pela reprodução das pinturas da Capela Sistina. Já a Catedral, no bairro de Santo Amaro, foi idealizada por ingleses no século 19 e teve sua primeira versão construída 1873 próxima à Estação da Luz. É também uma das mais procuradas para casamentos. Janeiro | 2010


22

museu do futebol

O museu está instalado embaixo de parte da arquibancada do Estádio do Pacaembu. Informatizado, conta a história do esporte desde sua invenção, a chegada ao Brasil e os fatos mais marcantes do futebol brasileiro; em quase 7 mil metros quadrados de área ocupada, mais de 1.400 fotos e um quilômetro de cabos de fibra ótica.

Ninguém representou musicalmente tão bem São Paulo quanto Adoniram Barbosa. Filho de imigrantes italianos, compôs sambas como Trem das 11, No Morro da Casa Verde e Vila Esperança, nos quais abusava do sotaque italianado. Falecido em 1982, ainda é um dos símbolos da cidade. Já Tom Zé, que adotou São Paulo ainda nos anos 60, registrou em São Paulo, Meu Amor, de 1968, a relação de amor e ódio vivida entre paulistanos e imigrantes e a cidade cinza. O corinthiano Dan Stulbach é o artista da nova geração que captou o espírito da capital paulista. Filho de judeus poloneses, é ator frequente dos palcos paulistanos e viu sua fama crescer em 2003, quando interpretou o violento Marcos na trama global Mulheres Apaixonadas. Seu sotaque típico da capital pode ser ouvido diariamente no programa Fim de Expediente, na CBN.

26

pico do jaraguá

Quer uma visão incrível da cidade, vista dos limites dela? O Pico fica no extremo oeste da Serra da Cantareira, no Parque Estadual do Jaraguá, considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1994. Do alto dos mais de 1.135 metros de altura é possível avistar toda a zona oeste da capital paulista mais as recentes obras do Rodoanel Mário Covas. Janeiro | 2010

29

Foto: André Stefano

23 a 25

Adoniram Barbosa, Tom Zé e Dan Stulbach

27 e 28

Vilas Maria Zelia e Madalena

A primeira Vila Operária do Brasil continua quase intacta, muito próxima do que era quando foi construída, entre 1911 e 1916, no bairro do Belenzinho, zona leste da cidade. Projetada pelo industrial Jorge Street, abrigou inicialmente mais de 2 mil operários da Companhia Nacional de Tecidos de Juta. Hoje, recebe cerca de mil visitantes semanais. A outra Vila, a Madalena, é o canto boêmio da cidade. Se pela manhã é tomada por ateliês e lojas descoladas, à noite ferve em bares e clubes sem, no entanto, perder o ar de bairro tradicional da cidade.

MERCADO MUNICIPAL

Inaugurado ao público em 1933, está instalado em meio ao Parque Dom Pedro I. Com 12.600 metros quadrados de área construída e 1.600 funcionários, o mercado movimenta 350 toneladas diárias de alimentos, comercializados em 291 boxes. São 14 mil visitantes diários pelos corredores do mercado, decorado por vitrais coloridos do artista russo Conrado Sorgenicht.

30

AUTÓDROMO DE INTERLAGOS

Apesar das modificações no traçado e das vitórias emocionantes de Ayrton Senna nos anos 90, o nome Interlagos remete diretamente aos anos 70, quando Emerson Fittipaldi fez o brasileiro se apaixonar por velocidade.

31


ALPHAVILLE TÊNIS CLUBE

Revista Viva

Acontece no

Alphaville Tênis Clube

Calendário Social

MATINÊS DE CARNAVAL Traga seus filhos para o ATC no Carnaval 2010! De domingo a terça-feira, dias 14, 15 e 16 de fevereiro, tem matinê das 15h às 19h no Salão Nobre, com grupo musical e concurso de fantasias para a ga-

rotada. O evento é indicado para crianças a partir de 3 anos de idade. A entrada é gratuita para associados. Não associados podem adquirir ingressos na secretaria do clube, nos dias das matinês. Mais informações, no Depto. Social. Imperdível!

SÁBADO MUSICAL Dia 23 de janeiro o Grupo Gil tocará no Bar da Piscina a partir das 12h30, com repertório de MPB, samba e rock. Buffet de aperitivos a R$12 por pessoa. SHOW DE MÁGICA

Assistir é ótimo, partipar é mágico! Domingo, dia 31 de janeiro, crianças de todas as idades estão convidadas a assistir o show do Mágico Marthin, às 11h no Boulevard. Venha se divertir com números engraçados que envolvem a participação do público. Fazem parte do espetáculo os animais de estimação de Marthin: o minipoodle toy, o coelho e os pombos. Gargalhadas garantidas para adultos e crianças.

32

BAILE NOTURNO DE CARNAVAL Sábado, dia 13 de fevereiro a partir das 22h, venha para o ATC cair na folia!! O baile terá decoração especial e música ao vivo. Venha fantasiado! Para associados a partir de 16 anos. Convites à venda na secretaria do clube.

FEIJOADA & SAMBA Sábado, dia 06/02, a partir 12h. Local: Restaurante e Lanchonete Spazzio Allegra Música ao vivo (grupo de samba). Valores: Associados: R$ 45 // Convidados: R$ 55. Crianças de 03 a 07 anos pagam somente 50% do valor. Buffet: Mesa de aperitivos; Feijoada Completa; Bebidas (refrigerante normal e diet, água com e sem gás, 2 tipos de suco, batida de pinga de limão e cerveja); Bar de Caipirinhas e Sobremesas. Cada participante ganha uma camiseta do evento. Publieditorial


Calendário Esportivo FESTA DE CARNAVAL PAM E ALPHA ESPORTES Dias 10 e 11 de fevereiro, quarta e quinta-feira, todos os alunos do PAM e Alpha Esportes, de 3 a 11 anos, participarão da Festa de Carnaval no Conjunto Poliesportivo Estefano Carrieri durante o horário de regular de aulas. Os professores pedirão aos pais e responsáveis para que as crianças tragam pratos de SERVIÇOS

VOCÊ SABIA? • O novo prédio esportivo, já em construção, terá 7 salas de aula, além das salas para Departamento Médico, Fisioterapia, Almoxarifado Esportivo, Departamento Geral de Esportes, Brinquedoteca e Xadrez. Haverá novos vestiários, lanchonete e uma ampla área externa, totalizando 1.857,00 m2 de área total.

doces e salgados. Venha curtir, dançar e se divertir! Não esqueça sua fantasia! RECREAÇÃO INFANTIL Em 2010, a recreação infantil continua no ATC todos os finais de semana, das 10h00 às 15h00. Até o final de janeiro, brinquedos infláveis à disposição da criançada de 3 a 11 anos, nas quadras 1 e 2 do Conjunto Poliesportivo Estefano Carrieri. Traga seu filho! • Em janeiro de 2010 a Rádio Academia entrará em funcionamento no Espaço Fitness. Uma programação dirigida exclusivamente aos associados combinará gêneros musicais diversos com informações e notícias sobre o clube. • Novos banheiros, um masculino e o outro feminino, foram construídos na área da Piscina Externa.

CAMPANHA “MEMÓRIA ATC” PREVÊ EXPOSIÇÃO DE FOTOS E OBJETOS De 16 a 28 de fevereiro, no Espaço de Arte. Se você tem fotos, objetos ou histórias para contar que relembrem a trajetória do Alphaville Tênis Clube, desde sua fundação, ou até mesmo antes dela, colabore conosco! Para a apresentação de seus objetos ou fotos para digitalização, contate o Departamento de Comunicação, de segunda a sexta-feira das 9h às 18h, ou pelo e-mail: comunicacao@alphaclube.com.br. Qualquer tipo de ajuda é bem-vinda!

Publieditorial

Foto: Gustavo Nóbrega

Quadras de tênis, em 1979

Alphaville Tênis Clube, Barueri. Fax: 2188-2713 / Tel: 2188-2700 www.alphavilletenisclube.com.br

33


EDUCAÇÃO Texto: Anderson Silva

futuro A escola e o

de seu filho

Nunca antes na história desse país a educação se preocupou tanto em formar crianças para a vida social e para o mercado de trabalho. Veja o que a escola pode (e deve) fazer para garantir o sucesso profissional dos alunos. Matricular a criança na escola transformou-se em verdadeiro desafio. Preocupados com a formação dos filhos e com as oportunidades que terão no mercado de trabalho, os pais têm procurado instituições que ofereçam o maior número de atividades extracurriculares. A lista de opções é imensa, o que pode deixar muita gente indecisa quanto à escolha. Elas vão desde aulas de mandarim (uma das línguas faladas na China), alemão e francês até cursos de empreendedorismo e de orientação vocacional. Com tantos novos conteúdos a ser aprendidos, muitas crianças ficam sem tempo para fazer mais

34

nada - e as brincadeiras, também fundamentais para o desenvolvimento saudável, ficam em segundo plano. Mas aí fica a pergunta: será que isso tudo é mesmo necessário? O que de fato a escola pode fazer na preparação dos meninos para o mercado de trabalho? O que não pode faltar no aprendizado deles e o que pode dar uma forcinha extra para que cresçam tendo em vista um futuro brilhante? Preparamos um guia com o que é essencial, o que é bom e o que é exagero nas escolas. Leia com atenção e evite fazer escolhas no escuro. Seu filho pode lhe agradecer muito por isso. Janeiro | 2010


O principal: garantir o aprendizado dos conteúdos escolares Pode até parecer loucura ou contrasenso, mas foi só na última década que as instituições escolares assumiram a obrigação de fazer com que todos aprendam. “Ensinar é uma coisa, aprender é outra. Não é porque um professor ensinou determinado conteúdo da forma que ele achava ser correta que todos vão aprender com ele. Hoje é preciso diversificar as ferramentas didáticas para respeitar o ritmo de aprendizagem de cada aluno. Esta máxima orienta todo o trabalho educacional: todos podem aprender”, explica a psicóloga e mestre em desenvolvimento infantil Regina Scarpa, coordenadora pedagógica da Fundação Victor Civita, de São Paulo. Essa máxima revolucionou a educação. Você mesmo deve se lembrar de seu tempo nas carteiras escolares, quando o professor falava, falava, falava e os alunos copiavam, copiavam, copiavam, tentando entender o que se passava. Os que não acompanhavam esse ritmo eram taxados de mais fracos e acabavam repetindo o ano e ficando pelo caminho. Hoje isso não é mais possível. Não dá mais para colocar criança sentada na carteira somente ouvindo o professor por quatro ou cinco horas seguidas. Elas estão acostumadas a fazer várias coisas ao mesmo tempo - quem tem filhos em casa sabe que eles ficam no computador, escutam música e assistem à televisão sem se confundir ou achar estranho - e o tédio desse tipo de aula é o pior inimigo da aprendizagem. A receita para evitar toda essa

66 Ensinar é uma coisa, aprender é outra. Não é porque um professor ensinou determinado conteúdo da forma que ele achava ser a correta que todos vão aprender com ele. 66

Janeiro | 2010

35


res. Uma criança que saiba ler e interpretar textos com eficiência, que domine os diferentes procedimentos matemáticos (que compreenda em quais situações cada um deve ser usado) e que saiba buscar respostas para as mais variadas indagações do dia-adia se sairá bem em qualquer profissão que escolher. Esses conteúdos - todos eles básicos e que são construídos a partir dos

66Quem sabe interpretar textos ou escrever em diferentes gêneros textuais já sai na frente no mercado de trabalho.

66

chateação e esse marasmo é simples: as aulas devem trabalhar no contexto em que os alunos estão inseridos, ou seja, para ensinar determinado conteúdo de matemática ou de língua portuguesa, por exemplo, é preciso deixar claro para o aluno por que ele está aprendendo aquilo, a fim de propor situações reais nas quais ele possa utilizar esse novo

sabe resolver uma situação inesperada de maneira criativa, do que aquele que sabe muito sobre determinada área, mas que trava quando uma situação sai fora do esperado. O famoso jogo de cintura é o que os alunos aprendem quando são treinados a buscar novas saídas para velhos problemas.

Educando em casa

conhecimento. Por isso antes de matricular os filhos, os pais devem questionar a escola: como as aulas serão dadas, que tipo de estratégias para envolver os alunos serão usadas e quais os recursos para ajudar aqueles que não estão avançando. “Uma boa escola é aquela que está preparada para enfrentar esse desafio e que assume que quando uma criança não aprende, a responsabilidade é da instituição e não do pequeno”, ressalta Regina.

O dever da escola Não há nada mais importante que a escola possa fazer pelo futuro da criança do que lhe ensinar os conteúdos escola-

36

primeiros anos do ensino fundamental funcionam como instrumentos para que ela saiba se relacionar com o conhecimento e seja capaz de encontrar caminhos para aprender qualquer coisa. “Uma boa base construída nas séries iniciais vai facilitar a aprendizagem no ensino médio, em que a grade de conteúdos é muito maior e mais específica”, afirma Magdalena Viggiani Jalbut, coordenadora pedagógica do Instituto Superior de Educação Vera Cruz, de São Paulo, um dos mais respeitados institutos de formação de professores do país. Em suma, a escola deve ensinar os meninos a pensar e a resolver problemas. O mercado de trabalho hoje valoriza mais aquele que

Você pode estar se perguntando: saber ler e escrever bem é o mínimo, a escola deve fazer mais pelo meu filho. E você tem razão. O grande problema é que alcançar esse mínimo já é bem complicado. Dados do Ministério da Educação mostram que mais de 70% dos brasileiros têm dificuldade de entender qualquer coisa maior que um bilhete. “Quem sabe interpretar textos ou escrever em diferentes gêneros textuais já sai na frente no mercado de trabalho”, acredita Madalena. Nos vestibulares e nas provas de aptidão, a grande maioria vai mal exatamente em interpretação de texto e em redação. Será que, então, saber isso é pouco? Nessa história os pais têm papel fundamental: é deles a responsabilidade de acompanhar o que os filhos estão aprendendo e ainda de estimular a leitura como valor. Pesquisas mostram que crianças que crescem em ambiente letrado, no qual os pais têm o hábito de ler diariamente para elas e que são estimuladas a interpretar histórias e a debater notícias e informações dominam mais rápido as práticas sociais de leitura e escrita. Dessa forma, uma ajuda e tanto é ler para e com os filhos diariamente, transformando essa simples atitude em prazer.

Janeiro | 2010


“O mercado de trabalho hoje exige a eficiência em inglês e em mais outra língua, no mínimo”, ressalta Marcílio Moraes, consultor empresarial e headhunter de São Paulo. As escolas se adaptaram bem a essa exigência. As aulas de inglês são obrigatórias por lei e várias instituições já incluíram outros cursos em sua grade. Algumas delas investem em espanhol, outras em alemão e outras em mandarim e japonês. Aqui vale um alerta: nem sempre a escola vai dar conta de ensinar nova língua, por isso é importante colocar o filho em um curso específico. Quanto maior for o contato dele com a cultura e com as práticas sociais da língua estrangeira, maior será o domínio dele sobre o idioma. Esse é um investimento com retorno garantido. “O ensino de línguas garante ainda a ampliação do universo cultural da criança, o que é fundamental nesse mundo sem fronteiras”, ressalta Regina. Também se tornaram comuns nas escolas práticas esportivas variadas, como natação, futebol e artes marciais. Muito além de promover saúde - o que já é importante por si - essas aulas ensinam ações muito valorizadas no mercado de trabalho, como a superação de limites, a busca por melhores resultados e a importância do trabalho em equipe. “No mundo empresarial a competição e o trabalho em equipe são indissociáveis. É necessário competir para ter promoção e ser o melhor, mas só é possível atingir esse resultado se o profissional souber trocar ideias e trabalhar em grupo”, acredita Marcílio. É papel da escola também investir no que os especialistas chamam de aprendizado social. As crianças precisam saber como trabalhar em equipe e como desenvolver ideias em conjunto. É por isso que hoje é quase palavra de ordem: o bom ensino é aquele que se

Janeiro | 2010

propõe em grupo e com troca de experiências. Um ajuda o outro a aprender e a buscar soluções. Descobrir se a escola valoriza e incentiva essa forma de trabalho é outra boa dica.

Iniciação científica, estágios e formação de empreendedores

Novidades é o que não falta nas escolas. Algumas delas podem ser para lá de úteis quando se pensa no futuro desses jovens. O incentivo à pesquisa por meio da iniciação científica é um bom exemplo. Saber pesquisar é saber descobrir e construir conhecimento, uma aprendizagem que faz toda a diferença. Mesmo que a criança não queira seguir a carreira científica, saber onde e como procurar respostas é garantia de um futuro de sucesso. Pensando na vida real: se um chefe pede algo que você não sabe, mas você responde que vai pesquisar e em pouco tempo dá resposta, já é meio caminho para se tornar valorizado no ambiente de trabalho. Outra boa novidade: orientação vocacional. As escolas hoje oferecem profissionais especializados em verificar para quais áreas o aluno tem maior aptidão. Com isso, elas conseguem encaminhá-lo para atividades que o ajudem a desenvolver ainda mais seu interesse. Algumas instituições chegam a oferecer aos alunos

66Nem todo curso extracurricular vai ajudá-los a se preparar para o mercado de trabalho. Um bom futuro profissional está ligado ao prazer e à vontade de fazer um trabalho. 66

O papel do esporte e do ensino de línguas

a oportunidade de estágios em grandes empresas para que sintam na pele se aquele trabalho é o mesmo que eles esperam para a vida. “Essa é uma chance de os alunos vivenciarem como é a vida profissional naquela área e isso pode evitar a frustração de escolher um curso na faculdade, em que o trabalho não seja como ele imaginou”, acredita Marcílio. Há alguns exageros que têm rondado as escolas. Um deles é o curso de formação de empreendedores. A ideia dessas aulas é estimular a capacidade empreendedora da turma - o que pode ser grande engano, já que para as crianças essa ideia fica muito distante da realidade deles. O tempo que se perde com esse tipo de aula seria muito mais bem aproveitado se o aluno o experimentasse em atividades que realmente lhe interessam e que façam sentido. “Nem todo curso extracurricular vai ajudar o aluno a se preparar para o mercado de trabalho. Um bom futuro profissional está ligado ao prazer e à vontade de fazer um trabalho”, ressalta Marcílio. Vale tomar um cuidado: excesso de atividades não é garantia de boa formação. As crianças devem, sim, ser preparadas para o futuro, mas não podem deixar de ter tempo para as atividades de que gostam e, principalmente, de brincar. As brincadeiras, além de ser importantes para o desenvolvimento cognitivo das crianças, garantem um aprendizado social muito importante: o respeito ao outro. Sem esse conhecimento, o sucesso no futuro correrá perigo.

37


Colégio

Objetivo

Av. Yojiro Takaoka, 3.500. Tel.: (11) 4152-8812/ 41528813.www.objetivo.br colégio@objetivo.br

38

O

Colégio Objetivo acredita que se aprende fazendo e que o ensino deve estar sempre associado à atividade e à criatividade. A preocupação da instituição é oferecer condições para que o conhecimento seja construído pelo estudante, e não apresentado a ele como produto acabado. O objetivo é formar o indivíduo pleno, com consciência crítica, sentido de cidadania e capacidade de interagir no mundo globalizado e tecnológico. A Educação Infantil busca desenvolver o processo de autonomia e de independência da criança, tornando-a ativa, questionadora e segura no ambiente escolar e social. No Ensino Fundamental, privilegia-se a formação integral do educando, estimulando o senso crítico e a atitude independente e responsável, tanto dentro quanto fora da escola. No Ensino Médio, as preocupações primordiais são o aprofundamento de todo o conhecimento adquirido ao longo da educação básica e o exercício da cidadania. O vestibular ganha destaque na programação pedagógica. Os professores, em plantão permanente, resolvem e comentam todos os grandes exames vestibulares, analisando tendências e inovações para incorporá-las de imediato aos cadernos de atividades e aos livros da Coleção Objetivo. Infraestrutura: laboratórios de arte, informática, biologia, física, química, redação, culinária, bibliotecas, sala multimída, quadra de esportes, enfermaria, lanchontes, piscina coberta e aquecida, salas ambiente, teatro, parque, horta, playground, papelaria, brinquedoteca, sala de ballet, judo, sala multiuso e sistema de segurança. Publieditorial


Janeiro | 2010

39


Colégio Presbiteriano

Mackenzie Tamboré

Av. Mackenzie, 905. Tel.: (11) 3555-2139. www.emack.com.br tambore@mackenzie.br

40

E

m 30 anos de história na região de Alphaville, o Mackenzie Tamboré proporciona aos alunos ensino de qualidade voltado para o futuro e norteado por uma filosofia baseada em princípios éticos e cristãos. O Colégio oferece cursos da Educação Infantil até o Ensino Médio, tendo o modelo Cognitivo Interacionista de aprendizagem como corrente pedagógica, aliando conteúdo imprescindível à formação acadêmica, às atividades esportivas, artísticas e culturais. Na Educação Infantil, as crianças têm a oportunidade de ampliar sua socialização e descobertas, desenvolvendo o espírito de cooperação e criatividade. Durante os nove anos do Ensino Fundamental, os alunos são estimulados a construir o conhecimento, a desenvolver o raciocínio lógico e sua capacidade de comunicação, reforçando a autodisciplina e a responsabilidade, e valorizando os laços de amizade, lealdade e respeito para com o próximo. No Ensino Médio, os estudantes têm acesso à educação voltada para a solução de problemas concretos e de conteúdos que visem à formação integral e sólida, sob visão que concilia a perspectiva de humanidade cidadã e responsável e com habilidade tecnológica. Infraestrutura: ginásio de esportes, piscinas cobertas e aquecidas, campos de futebol, quadras poliesportivas, salas de ginástica, bibliotecas, laboratórios de ciência, física, química, biologia e informática, salas-ambiente, salas multimídia, auditórios, capelania, restaurante, lanchonete, ambulatório médico, copiadora, papelaria e segurança.

Publieditorial


Janeiro | 2010

41


Escola

Morumbi

Al. América, 710, Polo Empresarial Tamboré. Tel.: (11) 2666-2888 www.escolamorumbi.com.br

42

Há 40 anos construindo história de sucesso na área educacional, a Escola Morumbi atualmente recebe desde bebês, no Berçário, até adolescentes, no Ensino Médio, dedicando a mesma atenção aos alunos, independentemente da faixa etária. Uma de suas marcas registradas é o atendimento individualizado, que se destina a estimular cada um a desenvolver ao máximo seu potencial e a diversificar seus interesses para tornar-se um indivíduo autônomo e apegado a valores morais e éticos indispensáveis à vida produtiva e feliz, em busca do bem da coletividade. O diálogo entre a Escola Morumbi e os pais é constante, pois considera-se fundamental para a formação do aluno que haja plena harmonia entre os adultos dedicados à sua formação. O corpo docente, bem preparado e atualizado, conta com recursos didáticos modernos, aliados a tecnologia da informação, de modo que se proporcione o melhor para o aluno - que se envolve no aprendizado, também graças ao ambiente acolhedor, amistoso e seguro, propício à socialização saudável. A prática de esportes, o contato com a música e as artes e as atividades externas também incentivam o convívio e ampliam o prazer de aprender. No final do Ensino Médio, os estudantes contam ainda com orientação vocacional para a escolha da carreira e com atividades especiais para facilitar seu ingresso nas faculdades mais concorridas. Infraestrutura: piscina aquecida e salinizada; quadras poliesportiva; salas de ginástica, de inglês, de música, de iniciação teatral e de realidade virtual; laboratório de ciências e de informática; ateliê de artes; biblioteca; brinquedoteca; parques; pátios recreativos cobertos e ao ar livre; cantina; praça de alimentação; centro de convivência. Publieditorial


Janeiro | 2010

43


MODA & BELEZA

Revista Viva

Fique linda, sempre Prepare-se para todos os verões de sua vida

N

a temporada de praia, muitas pessoas me procuram pedindo dicas de como deixar o corpo bonito. Barriga, celulite, culote, estrias: tudo vira problema, mas nem sempre minha resposta atende os desejos das mulheres. Não acredito em tratamentos milagrosos, cremes que fazem efeito do dia para a noite e nem em dietas radicais. A gente tem que investir, sim, em tratamentos, em cremes tecnológicos e em dietas saudáveis. Mas é preciso saber que são necessários anos e anos cultivando bons hábitos para “mostrar” o resultado na praia.

A mudança de comportamento nos garante o corpo sempre em dia, a barriga satisfatória e muita saúde para levar esses dilemas femininos para toda a vida. Uma vida longa e feliz, se forem respeitados os limites e as necessidades do corpo. A qualidade de vida faz a diferença. Malhar pelo menos 30 minutos por dia, seja com caminhada, musculação, yoga... Comer alimentos cheios de nutrientes e dar ao corpo uma carga menor de estresse vão deixá-la linda para o próximo verão e para este também, se você já começar a traçar esse novo caminho. Um beijo, Cris

Salão ecológico

Fotos: Divulgação

O hair stylist Marcos Proença inaugurou, em São Paulo, um salão com conceitos de arquitetura eco-friendly. O espaço, que leva seu nome e foi projetado por Esther Giobbi, tem piso de madeira certificada de manejo ambiental, iluminação de alto desempenho e baixo consumo e reaproveitamento de água, com lavatórios de sistema de fechamento automático. É uma iniciativa a ser seguida. Proença oferece serviços de corte, tratamento e química para os cabelos; maquiagem; depilação; spa nail para pés e mãos, e salas especiais para unhas de porcelana e para tratamentos e cortes masculinos. R. Professor Artur Ramos, 395, Cidade Jardim. Tel.: (11) 3081-6218.

Preços pesquisados em dezembro de 2009

Você quer cheiro de quê?

Cristiana Arcangeli

Empresária, consultora de beleza e escritora

Janeiro | 2010

A francesa Mane desenvolveu um método de extração de odores que reproduz fielmente qualquer cheiro. A casa de fragrâncias usa o equipamento Jungle Essence para decifrar a composição de qualquer aroma e depois recria o cheiro com a experiência de seus perfumistas. Assim, cheiro de chuva, cheiro da comida da mãe, do travesseiro e muitos outros podem ser recriados. O Jungle Essence já está sendo usado para alguns novos perfumes e promete virar moda. www.mane.com

Flores naturais Nesta época do ano some o desejo de passar horas no salão de beleza. A gente quer mais é ficar ao ar livre e curtir o sol. Aproveite as festas para explorar o estilo mais natural. Aposte no cabelo preso em coque básico com flores. Claro que você não vai ficar até o amanhecer com a flor na cabeça, porque ela murcha, mas um jantar, uma festa ou um passeio ficam mais glamourosos com a dica.

45


CINEMA & DVD

Revista Viva

Anthony Hopkins:

o astro do mês

O ator é dono de extenso e invejável currículo

V

olta e meia o ator é apontado como pessoa de temperamento difícil, mas nada que o impeça de ter sido um dos mais requisitados pelo cinema mundial nas últimas décadas. Tanto que sua filmografia, iniciada em 1966, já ultrapassa os cem títulos. O astro britânico caiu no gosto de Hollywood depois de interpretar o príncipe Richard em Leão no Inverno, em 1968. Logo depois brilhou como

Claudius, em Hamlet. E não parou mais. Sua lista de sucessos é invejável, sem falar em prêmios e honrarias, como alguns Emmy, Globo de Ouro e o Oscar de melhor ator, em 1991, por O Silêncio dos Inocentes, no qual viveu o psicopata Hannibal Lecter, que lhe rendeu mais dois filmes: Hannibal e Dragão Vermelho. Hopkins várias vezes anunciou sua aposentadoria, mas a cada ano surpreende os fãs com novos filmes, como no recente O Lobisomen.

[ Você Sabia? [ Nomeado Comendador da Ordem do Império Britânico, em 1987 (daí o título de Sir, que ele não utiliza), o ator irritou os ingleses quando disse que prefere a vida na Califórnia, onde passa a maior parte do tempo.

Fotos: Divulgação

O Lobisomen (Terror) Ambientado na Inglaterra vitoriana, Lawrence (Benício Del Toro) retorna ao castelo de seu pai, Sir John (Anthony Hopkins) e se apaixona pela bela Gwen (Emily Blunt). No entanto, é mordido por um lobisomem e passa a viver terrível maldição. Estreia prevista para 2/2.

nos cinemas

Rubens Ewald Filho

Jornalista, crítico de cinema e escritor

46

Astro Boy

O Fim da Escuridão

Amor sem Escalas

(Aventura) Após a morte do filho, cientista

(Suspense) O detetive de homicí-

(Comédia) Ryan (George Clooney) gosta

constrói robô para substituí-lo. No entan-

dios Thomas Craven (Mel Gibson)

de passar o tempo em quartos de hotéis

to, a máquina não consegue cumprir sua

testemunha o assassinato da filha, uma

pouco conhecidos. Com a promessa

tarefa e é abandonada à própria sorte. Até

jovem ativista, em frente à sua casa.

de trabalho em misteriosa firma de

que outro cientista resolve adotá-la e ela

Convencido de que ele era o alvo, parte

consultoria, ele está perto de conquistar

passa a ter a missão de ajudar a humani-

para uma investigação, obcecado por

seu objetivo: um milhão de milhas como

dade. Estreia prevista para 22/1.

justiça. Estreia prevista para 29/1.

passageiro. Estreia prevista para 5/2.

Janeiro | 2010


PAIS & FILHOS

Revista Viva

O importante é

aprender com as aulas

Com a mudança dos exames vestibulares, aprender tornou-se essencial

A

maioria dos estudantes passava pelo Ensino Fundamental e concluía o Ensino Médio, sendo aprovados com inúmeras facilidades. Bastava cumprir o esperado, não importando se havia aprendido ou não. O aluno podia colar na prova, praticar a decoreba (estudar somente na véspera da prova), enfrentar segunda época, recuperação, dependência, reclassificação, comprovar que ficou doente no dia do exame e até fazê-lo em casa. Facilidades que não garantem o aprendizado. É o jovem consigo próprio, sem concorrência. Aos pais cabia verificar se o filho havia feito a lição de casa e lembrá-lo com o odioso “vai estudar, meu filho”, como se sua aprovação fosse responsabilidade deles. Aos professores cabia somente a correção de provas e a contagem das faltas às aulas para reprovar ou não o aluno. Um dos recursos utilizados para fazer com que o aluno se interessasse um pouco mais pela matéria era dizer “isso cai no vestibular”.

A regra agora é outra Içami Tiba

Psiquiatra, escritor e conferencista

Janeiro | 2010

Com as recentes atualizações dos exames vestibulares, o que mais se avalia agora é

a capacidade de pensar e de usar o conhecimento, e não mais a quantidade de informações acumuladas no cérebro do vestibulando. Isso sem perder o caráter competitivo das provas. Não basta se sair bem, é preciso estar mais bem preparado que os outros. Aprender tornou-se essencial. A vida não oferece aulas como nas escolas. Aulas são preciosidades que resumem as melhores ideias de seus autores. É a melhor oportunidade que o aluno tem para construir seu corpo de conhecimentos de forma organizada e não aleatória. Perder aula é desperdício de aprendizado. A pessoa bem sucedida tem que ser competente, íntegra, produtiva, aprender sempre e gostar do que faz. Tudo isso pode ser adquirido. É importante que os pais avaliem o aprendizado de forma mensurável. Quer ajudar seu filho? Pergunte o que ele aprendeu. Peça que faça um resumo de cada aula com 140 caracteres e com seu próprio vocabulário. É a responsabilidade do cotidiano para se preparar ao vestibular. No mundo competitivo vence o mais bem preparado.

Qualquer relacionamento pode deixar de ser um nó para se transformar num laço. O autor mostra que o convívio amoroso tem seus conflitos, mas o uso adequado das palavras e o entendimento das situações permitem que se refaça a relação, a ponto de torná-la verdadeira e frutífera.

O Nó e o Laço Desafios de um relacionamento amoroso Autor: Alfredo Simonetti Editora: Integrare Preço: R$ 33,90 Preços pesquisados em dezembro de 2009

47


CORPO & EQUILÍBRIO

Revista Viva

Depois dos 30 Faça dieta alimentar sem radicalismos. Evite o “8” ou “80”

A

partir dos 30 anos é comum ocorrer o aumento do peso. Isso se deve, em grande parte, à diminuição da atividade física, já que a baixa atividade corporal ocasiona a perda de massa muscular e diminui o gasto calórico em 5% a 7%, suficiente para reduzir a atividade metabólica, o que provoca a tendência de aumento de peso.

Os hábitos alimentares tendem a continuar os mesmos, no entanto, a mudança metabólica começa a provocar o aumento de peso lento, mas constante. Comer é enorme fonte de prazer, porém, muitas vezes, querer exercer controle racional sobre questão emocional pode gerar o efeito contrário. A obsessão construída em relação à perda de peso cria a áurea de proibição do prazer de comer. Como, em relação ao prazer, tudo o que é proibido é mais gostoso, aquilo do qual fugimos torna-se irresistível. Podemos comparar o desejo a uma represa, e caso não haja a mínima vazão, a represa estoura e o estrago é bem maior. Por isso é importante saber dosar a dieta alimentar sem radicalismos, evitando o “8” ou “80”, que é exatamente o maior perigo. É muito comum a quem faz dieta passar por períodos de austeridade e de carência alimentar, para em seguida ir ao extremo oposto, ou seja, ao relaxamento e ao excesso alimentar. Esse comportamento faz o corpo acionar o mecanismo de defesa que transforma em gordura de reserva os carboidratos ingeridos, causando ganho de peso.

equação equivocada

Nuno Cobra

Perda de peso rápida é igual a ganho de peso também acelerado. Existe uma equação muito comum para a maioria da população: quanto mais idade, menos atividade física e mais acúmulo de gordura. As pessoas se acomodam e passam a conviver passivamente com o excesso de peso e com o abandono do próprio corpo, como se esse comportamento fosse consequência natural da idade, mas não é! Quanto mais idade, mais passamos a dispor de nosso tempo; sendo assim, o

resgate da atividade corporal pode tornarse algo possível e desejável. A atividade física tem função reguladora em todo o nosso organismo, controlando, inclusive, hormônios que influem na psique e no humor. A questão não é apenas pensar: “vou fazer exercício físico para evitar doenças e perder peso”, mas também para viver melhor em toda a nossa potência. E agora! Não caia na armadilha das dietas, resgate o prazer de movimentar o corpo, sempre com muito cuidado e carinho.

Preparador físico-mental e conferencista

48

Janeiro | 2010


QUALIDADE DE VIDA

Revista Viva

Você tem

competência para ser feliz? O momento certo é agora

O trabalho deve ser fonte de felicidade e não de angústia

Roberto Shinyashiki

Psiquiatra, escritor e conferencista

Janeiro | 2010

A

felicidade se baseia na competência. A pessoa que se dedica a um projeto, mas não tem competência para realizá-lo vai inevitavelmente se sentir frustrada. Para um empreendedor, o raciocínio é o mesmo: sem competência, montar um negócio pode ser passaporte para o inferno. Quando se gerencia bem o trabalho, ele se transforma numa fonte de realizações. A maioria vê o trabalho como meio de sobrevivência quando ele pode ser fonte de satisfação. A felicidade surge quando a gente não consegue separar o trabalho da diversão. Sem competência, o profissional não pode dizer que vive de seu trabalho; ele apenas sobrevive em seu trabalho. É triste ver tanta gente lutando para sobreviver. E eu não falo apenas daqueles que ganham salário mínimo, mas principalmente de executivos que vivem angustiados com maus resultados, e empresários que fogem dos cobradores. Se desenvolvemos a capacidade de realizar nossos projetos, de curtir cada aprendizado e principalmente de ser amigos dos companheiros de empresa, trabalhar passa a ser imensa fonte de felicidade.

Se seu trabalho é fonte de angústia, pare para refletir sobre os seguintes pontos: será que estou no lugar certo? Será que estou no emprego que corresponde a meu talento? Será que quero passar a vida inteira fazendo isso? Se você não está feliz, mude de profissão, de empresa ou aprenda mais para conseguir emprego melhor. Não faça algo apenas por obrigação, procure sempre obter muito prazer no que faz. Viva com paixão. Quando a pessoa faz algo de que gosta, não sabe diferenciar se está trabalhando ou se divertindo. O mais importante: o melhor momento para ser feliz é agora! Se para ter sucesso você precisa de metas, para ser feliz você deve abandonar seus objetivos futuros. Quem põe a felicidade em algum lugar do futuro nunca vai alcançá-la. Assim, não espere a promoção ou a aposentadoria para começar a ser feliz. Seja feliz todos os dias. Afinal, a sensação de ser feliz é combustível para sentirmos que viver vale a pena.

O livro tem por objetivo ajudá-lo, com estratégias e ações inteligentes, a obter o trabalho ideal, de maneira a fazê-lo alcançar resultados seguros e eficientes. O objetivo é mostrar não apenas como obter salário, mas sim como fazer transição de emprego consciente e bem planejada.

Encontrei “o” emprego! Autor: Samir Boulos Filho Editora: Gente Preço: R$ 39,90 Preços pesquisados em dezembro de 2009

49


ESTILO

Texto: Roberta Viganó | Fotos: Divulgação

Linha Monokuro Para a meninada, a linha dos porquinhos preto e branco, composta por maletas plásticas, cadernos, agendas, estojos, nécessaires, bolsas e mochilas, tem feito sucesso. O estojo vertical, confeccionado em PVC, custa R$ 50. www.cordez.com.br. A maleta plástica ofício, R$ 20. www.clickyes.com.br

Lancheira Vilage Hello Kitty Com puxador emborrachado, tem cartão de identificação, compartimento para lanche e garrafa plástica. R$ 79,90. www.choicebag.com.br

Lápis de cor funcional O estojo Colour Grip Branco, da Faber Castell, tem design funcional e traz 12 ou 24 ecolápis coloridos, mais uma grafite e um lápis cor metálica. As esferas antideslizantes e o formato triangular garantem maior firmeza. R$ 30. www.fabercastell.com.br

Corretivo para papel reciclado Com ponta metálica e secagem rápida, a Caneta Corretiva Mercur é a única para papel reciclado. Disponível em embalagem de 6 ml, é compacta e prática de usar. R$ 3,95. www.mercur.com.br

Mochilas Pucca e Paul Frank Para carregar o material sem fazer esforço, a mochila Pucca traz confortável haste, que possibilita o transporte pela alça. R$ 168. www.submarino.com.br. Já a mochila Paul Frank, da grife californiana conhecida pelo simpático macaquinho Julius, tem detalhe frontal de zíper sobre tecido estampado, imitando um moletom, que ao ser fechado dá forma ao rosto do mascote. R$ 196. www.cordez.com.br

50

Janeiro | 2010


Maleta para colorir Moranguinho A embalagem é linda e colorida. Traz 12 marcadores de colorir, 12 lápis de cor, 12 giz de cera, 12 giz pastel a óleo, 12 pastilhas aquareláveis, lápis preto HB nº 2, borracha, apontador, pincel, cola e régua. Tudo estampado com a personagem. R$ 31,90. www.molin.com.br

Pendrive Mimoco Melleta - Mimobot O Pendrive Meletta Amarelo tem capacidade de 2GB. Produzido por Simone Legno, criador do universo Tokidoki, hoje um dos expoentes do Toy Art mundial. Na memória do pendrive vem Revista Digital mimoZine, ícones, avatares, papel de parede, protetor de tela e software de som. R$ 159. www.imaginarium.com.br

Mochila Stöd Desenvolvida em nylon, a linha Scooler traz detalhes florais. Conta com compartimento para notebook, e bolso especial para celular na alça traseira, duas aberturas, um bolso frontal e bolso com saída de fone de ouvido. A partir de R$ 95. www.stod.com.br

Caderno NX Zero Quem é fã desta banda de pop rock pode levar os meninos para onde quiser. O caderno universitário, de 96, 200 e 300 folhas, tem capa dura, com quatro opções de estampas, e traz separador de matérias decorado, adesivos e pôster tamanho A3, além de bolsa plástica preta interna. R$ 17. www.jandaia.com.br

Caneta Borracha Com design exclusivo, disponível nas cores rosa e preta, a caneta trava o botão acionador na altura desejada e evita o recuo da ponta da borracha durante o apagamento. Livre de PVC, vem com refil extra. R$ 2,20. www.mercur.com.br

VAIO Mini Notebook Série W Com processador Atom de 1.66 GHz, tem tela de 10.1 polegadas e pesa cerca de 1 kg. O modelo está disponível nas cores branco, marrom e rosa e é equipado com Windows 7 Starter, memória RAM de 2 GB, disco rígido de 250 GB, Bluetooth e Wi-Fi integrados. Bateria com duração de até três horas. R$ 1.999. www.sonystyle.com.br Janeiro | 2010

51


Novidades

A 15º unidade da Pizza Hut desembarcou em Alphaville. O cardápio segue o conceito casual dining, que inclui entradas, wraps, saladas, pastas e as famosas pizzas. O cliente também encontra as 15 novas sobremesas preparadas em parceria com a Hershey’s e a Haagen Dazs. Coma a pizza no restaurante ou leve para casa. Al. Araguaia, 820, Alphaville. A lanchonete The Fifties e mais um restaurante Maria João são outras novidades. Os dois estarão no edifício West Point, que faz parte de um complexo que fica ao lado do futuro Shopping Iguatemi. Com os carrinhos da SnackCar, equipes percorrem as empresas oferecendo frutas, bolachas, iogurtes, sanduíches, guloseimas, sucos, refrigerantes e até café da manhã. Tel.: (11) 4193-8982.

O que vem por aí • Beyoncé. 6/2. Estádio do Morumbi. Tel.: (11) 4003-1527. • A-ha (10/3) e The Cranberries (29/1). Credicard Hall. Tel.: (11) 2846-6010. • Guns N’ Roses. 13/3. Palestra Itália (Parque Antártica). • Metallica. 30/1. Estádio do Morumbi. Tel.: (11) 4003-8282. • Franz Ferdinand (23/3) e Twitter Festival (31/1). Via Funchal. Tel.: (11) 2144-5444.

52

Janeiro | 2010


Texto: Haydée Maciel | Fotos: Henrique Vilela e Divulgação

Mais lojas O La Ville Mall Center, no Centro de Apoio 1, em Alphaville, ganhou duas lojas: a Performance (Tel.: (11) 41532707), especializada em moda praia, fitness e natação, e a Luxury Femme (Tel.: (11) 4153-0585),em relógios, produtos de óptica, bijouterias e acessórios.

Monte seu frozen Na YogoUP, o cliente monta seu frozen iogurte natural. Escolha o tamanho do pote e três acompanhamentos. São mais de 30 opções, além das caldas. Refrescante, no verão é boa pedida. Com delivery. Calç. das Violetas, 229, Centro Comercial, Alphaville. Tel.: (11) 4191-3618.

Sabonete do Chefe A D’agua Natural desenvolveu sabonete líquido para as mãos dos cozinheiros de plantão. Usado antes do preparo de pratos, com função higienizadora, e também depois, para hidratar e retirar os odores dos alimentos. Deixa suave perfume. Mais informações: (11) 4162-4532/ (11) 9960-1372 (Angela) / (51) 2118-7588.

Paintball Tamboré

Preços pesquisados em dezembro de 2009

O espaço é boa pedida para levar a criançada. O kit (marcador, protetor de pescoço, máscara e colete) + 100 tiros sai por R$ 26 por pessoa (1 hora). Mais de dez jogadores, 50 tiros extras para cada. O macacão (R$ 8) é opcional. Al. Europa, 1.393, Polo Empresarial Tamboré. Tel.: (11) 4152-4988/7144-2749 (com Beth).

Janeiro | 2010

53


Gastronomia & CIA

Surpresa do chef O cardápio do Takumi Sushi Bar traz combinações de sushis e sashimis. O Combinado do Chef 1 (R$ 26,90, por pessoa) traz 12 unidades de sushi e 8 fatias de sashimi, tudo bem fresquinho. O destaque do prato fica por conta dos sushis criados na hora pelo chef. Há ainda opções de entradas e temakis. Em dias quentes, sente no deck. Não abre de segunda-feira. De terça e quarta só funciona à noite. Av. dos Pássaros, 121, lj.10, Shopping Aldeia da Serra. Tel.: (11) 4192-1710.

Alphaville Sopa deemSorvete Criado por Maria Auxiliadora, a Dora, da Gelato Di Italia, essa deliciosa receita leva duas bolas de sorvete (R$15) ou três (R$ 18), biju, cereja, castanha de caju ou farofa e cobertura. O toque especial fica por conta do ganache quente, chocolate que não endurece e vai ao fundo do prato. Experimente a colorida combinação de pistache com frutas silvestres e Italianíssimo. Calç. das Anêmonas, 34, Centro Comercial, Alphaville. Tel.: (11) 4195-9766.

54

Janeiro | 2010


Azeite aromático Com casquinha de limão ou alecrim fresco, o azeite de oliva ganhou sabores. Os da Azeite Borges são assinados pelo famoso chef catalão Ferran Adrià, do elBulli Restaurante. E que tal temperar a salada com o levemente picante shoyo com gengibre. Há outras marcas e sabores como alho, pimenta e trufa. No Pão de Açúcar, Mambo, Carrefour Bairro e Bertin Beef Shopping.

Massa de carolina O Gougéres Sandwich Brie (R$ 15,50), servido na boulangerie Le Pâtissier, leva pão muito leve, feito da mesma massa do doce Carolina, só que na versão salgada. O recheio traz rúcula e generosa quantidade de queijo brie derretido. Para beber, peça limonada rosa, mistura de limonada com calda de cereja (R$ 5). R. José Felix de Oliveira, 820, Granja Viana. Tel.: (11) 4612-0972/4612-5022.

Preços pesquisados em dezembro de 2009

Monte sua salada A Salad Creations oferece 40 ingredientes e três tipos de folhas para você montar seu prato (R$ 16,90). Entre os 15 molhos, destaque para os de baixas caloria e carboidrato, como o Gengibre com Gergelim. Tradicional nos Estados Unidos, a rede prepara ainda saladas exclusivas do Chef e wraps frescos ou grelhados. É uma refeição. Shopping Tamboré: Av. Piracema, 669, Pça. de Alimentação. Tel.: (11) 4193-2271. Janeiro | 2010

55


Casa, Construção & Cia

Espreguiçadeiras estilosas A Caribe e a Caribe dupla, encontradas na Design da Vila, são feitas em madeira de demolição, o que confere um charme a mais ao ambiente. Coloque na piscina, na varanda ou até mesmo no spa do banheiro e na sala de TV, como linda chaise. Use as espreguiçadeiras com ou sem futton, confeccionado pela loja no tecido escolhido pelo cliente. Confira também os modelos produzidos em fibra sintética. Preço sob consulta. Av. Valville, 550, Alphaville. Tel.: (11) 4154-5052.

Tudo organizado Quer adaptar a arrumadeira ou a cozinheira ao ritmo da sua casa? Solicite o treinamento da Adhara Profissionais do Lar. Em oito horas, a treinadora dá dicas ao profissional, depois de um bate-papo com a dona da casa sobre suas necessidades. Como montar cardápio, arrumar geladeira e armário, limpar pisos sem estragá-los e como dobrar roupas são algumas delas. Calç. das Anêmonas, 75, 1º andar, Centro Comercial, Alphaville. Tel.: (11) 4193-6474.

56

Janeiro | 2010


Porcelanato espanhol Da Zirconio, tem relevo e textura de pedra (R$ 165,90 o m², 20 x 24 cm). Aplicado, não se percebe o rejunte, parecendo mosaico. A novidade é da Vivoli Revestimentos Especiais, que está com promoção no porcelanato italiano Infinity Stone para leitores Viva S/A. Calç. das Violetas, 29, Centro Comercial, Alphaville. Tel.: (11) 4208-3321.

Painel de demolição Aplique no home theater, no jardim, para pendurar lindos vasos de plantas, ou apenas use para decorar parede. No Antigão, o metro quadrado, instalado e acabado com cera de carnaúba, custa R$ 500. Painéis da loja puderam ser vistos na Casa Cor 2009, em São Paulo. O piso em madeira de demolição sai por R$ 220 o m². Rod. Raposo Tavares, km 22, Granja Viana. Tel.: (11) 4702-3637.

Preços pesquisados em dezembro de 2009

Teto com tecido O revestimento é uma das especialidades da designer de interiores Meg Maria de Souza, da Cortina Persiana & Cia, que trouxe da infância a paixão pelos tecidos, quando emendava retalhos da mãe costureira. As opções vão da chita à seda. A mão-de-obra custa, em média, R$ 40 o m². Destaque para sistema suíço de cortina que usa trilho deslizante. Meg também repagina ambientes. Av. Valville, 550, sl. 02G, Alphaville. Tel.: (11) 8871-0200. Janeiro | 2010

57


Estética, Saúde & Beleza

Mãos mágicas Quando a simpática Dona Lúcia, 70 anos, da Reflexo da Harmonia, massageia os pés, a tensão, o estresse e as dores no corpo vão sumindo. A profissional usa a reflexologia podal, técnica milenar que aprendeu no Japão e que ensinou a filhas e netas. A técnica consiste em massagear os pontos reflexos nos pés que correspondem a cada órgão do corpo. Depois da sessão (R$ 90), tome um delicioso chá. Calç. das Papoulas, 53, Centro Comercial, Alphaville. Tel.: (11) 4195-3195.

Curso e endereço novo A Psico Alpha ministrará o curso de aprimoramento profissional “Estruturas e Diagnóstico na Clínica Psicanalítica”, voltado para psicólogos e profissionais autorizados a atender pacientes na área clínica/psíquica. Tem início em março de 2010 e duração de um ano. Outra novidade é que a clínica está com endereço novo: Pça. das Dracenas, 98, Centro Comercial, Alphaville. Tel.: (11) 4193-8016/4193-6496.

58

Janeiro | 2010


Ginástica funcional Este treinamento é uma das especialidades do personal trainer Michel Costa, professor do ATC Alphaville Tênis Clube. Exercícios físicos são adaptados à atividade praticada pelo aluno. Um tenista, por exemplo, pode utilizar cones para aprimorar a coordenação. Costa atende também pessoas que buscam perda de peso e ganho de massa muscular, além de casos de reabilitação. Tels.: (11) 8091-7315/8153-6215.

Mamães mais magras O Emagrecentro criou programa de emagrecimento estético para as mulheres no pós-parto. Pode ser iniciado 45 dias após a mamãe dar à luz e dura cinco semanas. Inclui técnicas que combatem a gordura localizada e a celulite, auxiliam a redução de medidas e tonificam a pele, além da aromaterapia. Tels.: Barueri - (11) 4163-3364 / Cotia - (11) 4243-7600.

Preços pesquisados em dezembro de 2009

Unha encravada Esta é uma das especialidades da podóloga Alzira Navarchi, há dez anos atuando em Alphaville. Alzira cuida também de unha infeccionada, olho de peixe, calo e micose, e realiza limpeza técnica dos pés, além de ortese corretiva, correção da curvatura da unha para não encravar. Calç. das Margaridas, 70, 1º andar, Centro Comercial, Alphaville. A partir de R$ 50, com uma hora de atendimento. Tel.: (11) 4191-0065. Janeiro | 2010

59


Compras

Ralph Lauren na Reed Bros A loja, especializada em moda masculina, agora traz peças da famosa marca. Destaque para a polo Big Pony (R$ 388, da foto). O cliente encontra também as polos clássicas (R$ 243). Camisas (R$ 393), desde as listradas até as mais despojadas, vêm com bordados e aplicações. Os modelos estão disponíveis apenas na loja do Shopping Flamingo. Al. Araguaia, 762, lj. 50T, Alphaville. Tel.: (11) 4191-8324.

Tiaras para todos os estilos Incremente seu look com os novos modelos da Edyna Barchetta. As românticas podem apostar nas tiaras com flores de cetim. As mulheres mais ousadas, nas peças com pena de ganso, de pavão ou de galinha d’angola. Os modelos com faixa de shantung e as peças com círculos de sizal são uma graça. Esses acessórios custam a partir de R$ 76. Calç. das Orquídeas, 260, Centro Comercial, Alphaville. Tel.: (11) 4193-5589.

60

Janeiro | 2010


Biquinis Água Doce A CiviCia está com a nova coleção 2010 da marca, até o número 42 (tamanho G). Confira também as saídas de praia. A loja conta com linha mais clássica, em modelos que vão do 44 ao 50. Aproveite para dar uma olhada nas calças da Amarras, que vão até a numeração 52 (tamanho GGG). R. José Félix de Oliveira, 991, lj. 4, Granja Viana. Tel.: (11) 4702-3072.

Inspiração nos jogos de polo A marca brasiliense Polo Collection desembarcou na região. Na loja, o público encontra vários tipos de peças, como camisas, calças e, é claro, grande variedade de polos, inspiradas nos torneios internacionais do esporte. Experimente também um dos modelos de jaquetas. Shopping Tamboré: Av. Piracema, 669, lj. 131. Tel.: (11) 2166-9787.

Preços pesquisados em dezembro de 2009

Vestidos Marcia Mello Chegaram na Con & Cia novos modelos da estilista (a partir de R$ 231). Longos, os vestidos vêm coloridos e alguns com estampa em degradê. A butique também oferece macacões da Teka Sampaio (a partir de R$ 230). Prove o tomaraque-caia ou aposte no macacão com babado atrás. Av. Mirim, 142, Centro Comercial Estrelas, Aldeia da Serra. Tel.: (11) 4192-7002. Janeiro | 2010

61


Programe-se

Naga Cable Park Dê manobras radicais em um lago de 62 mil m² de água pura com peixes. O esquiaquático praticado no parque de Jaguariúna substitui as lanchas e utiliza o sistema de torres, cabos suspensos e rampas. A partir dos 14 anos, com autorização dos pais. De terça a domingo (9h às 20h). Ticket de 1, 2 ou 4 horas, ou diária. Hora cable: de R$ 50 a R$ 150. Ingresso apenas para visita: R$ 5 (acima de 12 anos). Consulte promoções. Para toda a família, com playground e lanchonete. Tel.: (19) 3837-2244.

Conheça os filhotes de macaco-aranha e de mico-leão da cara dourada do Parque Zoológico Municipal Quinzinho de Barros, que tem a maior coleção de papagaios, aranhas e periquitos do Brasil. De terça a domingo (9h às 17h). Às segundas, nos feriados ou vésperas. Ingresso: R$ 3. Até 9 anos não paga. De 25 a 29/01 ocorre o Tranzôo - Tranzando o Zoológico (13 a 18 anos), gratuito, com gincanas sobre efeito estufa. Inscrição no local em 20/01. Tel.: (15) 3227-5454.

62

Foto: Paulo Ochandio

Zoo de Sorocaba

Janeiro | 2010


Béth Soâres Que tal levar a garotada para a cozinha? A chef Val Garcia, da Escola de Culinária Béth Soâres Paladar & Requinte, dará aula de culinária no dia 23/01, às 9h30. As crianças vão se divertir fazendo pizza rápida, biscoito de queijo, gelatina colorida, brigadeiro e bicho de pé. De 7 a 10 anos. Inscrições até dois dias antes. Calç. das Gloxínias, 7, Centro Comercial, Alphaville. Tel.: (11) 2175-2384.

Museu das Invenções Imagine piano dobrável, chuveiro portátil e churrasqueira descartável. Esses objetos existem, funcionam e podem ser vistos na Inventolândia, o Museu das Invenções. São mais de 500 itens que vão aguçar a criatividade da criançada. De segunda a sexta (10h às 17h30). Ingresso: R$ 10 (menores de 2 anos não pagam). Agendamento de visitas pelo telefone: (11) 3873-3211.

Preços pesquisados em dezembro de 2009

Kick Bola Urbana De 11 a 30/01, o parque estará aberto ao público. Meninos e meninas podem jogar futebol no escuro e até medir a velocidade do chute. De segunda a sábado (12h às 18h). Passaporte: R$ 30. Passe Vip: R$ 150 (todos os dias). Cortesia para crianças de até 4 anos e acompanhantes não-participantes. O espaço organiza eventos. As festas em janeiro estão com 20% de desconto. Tel.: (11) 5044-5088. Janeiro | 2010

63


Programe-se

Os 12 metros de comprimento de uma réplica em tamanho natural do esqueleto de um Tyranossauro Rex impressionam quem visita o espaço, em Santo André. Outro atrativo é o Fúria da Natureza, que simula terremotos. Os mais novos moradores do local são dez Pinguins de Magalhães que se juntaram aos sete que habitavam o pinguinário. De terça a domingo (8h30 às 17h30). Ingresso: R$ 10. Gratuito para menores de cinco anos. Tel.: (11) 4422-2000.

64

Foto: Júlio Bastos

Sabina Escola Parque do Conhecimento

Janeiro | 2010


Parque da Água Branca O aquário (R$ 2, a partir de 6 anos, não abre segunda), com peixes das bacias do estado de São Paulo e Amazônica, é uma das atrações. O Museu Geológico (quarta a domingo), com fósseis da PréHistória, vale a pena. O parque tem 4 mil árvores, de 126 espécies. De 23 a 25/01 ocorre um evento de flores. Diariamente, das 6h às 19h, horário de verão. Tel.: (11) 3865-4130.

Maria Fumaça Resgate a história do trem e do café nesse agradável passeio com uma locomotiva a vapor da década de 20. O trem sai da estação de Anhumas, em Campinas, e vai até Jaguariúna, com duração de 3h e meia. Um guia mostra as fazendas e fala do significado das estações. Sábado (10h10) e domingo (10h10 e 14h30). Passagem: R$ 40. Crianças de 5 a 12 anos e maiores de 60 pagam meia. Tel.: (19) 3207-3637.

Preços pesquisados em dezembro de 2009

Shopping Tamboré O Cineminha 4D promete atrair crianças e jovens com imagens saindo da tela, efeitos especiais de movimentação das cadeiras, vento e pingo d’água. Cada sessão dura cerca de cinco minutos e custa R$ 5. A partir dos 5 anos. Até 17/2. Na compra de dois ingressos, o cliente ganha 10% de desconto no Best Burger (ver horários). Av. Piracema, 669, Pça. de Eventos. Tel.: (11) 2166-9700. Janeiro | 2010

65


Provado Aprovado

&

Milk-shake à brasileira Apaixonado pela combinação goiabada com queijo, Carlos Monteiro, o Monteiro do Best Burger & Co., criou o Romeu & Julieta (R$ 13 o baby, cerca de 400 ml, e R$ 21,90 o copão de alumínio, em torno de 700 ml). O cremosíssimo milk-shake leva sorvete de creme mesclado com goiabada, batido com leite, e calda de goiabada. Para quem gosta de bebida docinha, é boa pedida. Leva goiabada mesmo. E que tal experimentar a bebida degustando o novo sanduíche da casa? O Big One (R$ 18,50) leva 200 g de hambúrguer - um mix de carnes nobres - maionese caseira, tomate e rúcula, para completar o sabor.

BEST BURGER & CO.

Preços pesquisados em dezembro de 2009

Shopping Tamboré: Av. Piracema, 669, Espaço Gastronômico. Tel.: (11) 2166-9988. www.bestburger.com.br

66

Janeiro | 2010


. te en ci ns co a ist or ot m é l ga le a ist or ot m

se usar medicamentos, não dirija sem antes consultar seu médico. No trânsito é preciso ter sempre em mente o perigo que você pode causar aos outros e a si mesmo. Alguns medicamentos causam sonolência ou perda de reflexos. Uma simples consulta ao médico pode salvar vidas. Dirija com consciência. 68

www.eusoulegalnotransito.com.br Janeiro | 2010

103 | Revista Viva S/A | Janeiro 2010  

103 | Revista Viva S/A | Janeiro 2010

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you