Page 1

Maio Amarelo mobiliza governo e sociedade civil pela segurança no trânsito em Petrópolis/RJ O Brasil se iluminará de amarelo este mês. Trata-se do Maio Amarelo, movimento nascido no Brasil mas que já se tornou internacional, que propõe uma ação coordenada entre Poder Público e a sociedade para reduzir os acidentes de trânsito. A ideia é colocar em pauta o tema da Segurança Viária e mobilizar órgãos de governo, empresas, associações e entidades de classe para reduzir a violência no trânsito. O movimento terá ações em vários estados. A mobilização foi organizada pela Frente Parlamentar em Defesa do Trânsito Seguro após o sucesso dos movimentos Outubro Rosa, em prevenção ao câncer de mama e Novembro Azul, em prevenção ao câncer de próstata. Durante todo o mês de maio, monumentos e prédios simbólicos do País receberão iluminação amarela. No dia 10, o Maracanã será iluminado de amarelo antes do jogo entre Botafogo e Criciúma, às 21h. No dia 30, o Rio vai sediar um simpósio com o tema "Plano Nacional de Redução de Acidentes de Trânsito para a Década da ONU". Petrópolis, na Região Serrana, vai se transformar na capital fluminense em defesa da vida no trânsito com a realização de várias atividades lúdicas e educativas e a iluminação em amarelo de seus principais monumentos públicos como o Museu Imperial, o Obelisco e a Catedral. Nas ações de rua que serão realizadas na Praça Dom Pedro, no Centro, estão programadas uma caminhada Pela Paz no Trânsito; exibição de equipamentos de socorro e resgate do Corpo de Bombeiros e da Policia Rodoviária Federal; exposição de vídeos e banners; distribuição de fitas e laços amarelos e ações orientadoras sobre a mistura álcool e direção organizadas pela Operação Lei Seca e pela Ong TRÂNSITOAMIGO . Segundo o deputado federal Hugo Leal (PROS-RJ), autor da Lei Seca, o Maio Amarelo reforça a Década de Ação pela Segurança no Trânsito 2011-2020, tratado da ONU que prevê a redução em 50% do número de mortes ao volante. “A cada ano, mais de 40 mil pessoas morrem no Brasil em colisões e atropelamentos. O índice de mortes é de 23 para cada 100 mil habitantes, um número inaceitável. Daí a importância da conscientização e do esforço integrado para mudar este quadro”, afirma Hugo Leal.

Release Maio Amarelo - Petrópolis  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you